Page 1

Fortaleza-CE - 02 de Dezembro de 2016 - Turismo -Cultura - Negócios - Lazer - Esportes - Variedades M A N I F E S TA Ç Ã O C U LT U R A L N A C I O N A L

ESTÁ LEGALIZADA A PRÁTICA DA VAQUEJADA NO BRASIL Informações da Agência Brasil dizem que o presidente Michel Temer sancionou sem vetos a lei que eleva rodeios, vaquejadas e outras expressões artístico-culturais à condição de manifestação cultural nacional e de patrimônio cultural imaterial. Em julgamento feito em 6 de outubro, o Supremo Tribunal Federal (STF) considerou inconstitucional uma lei cearense que regulamentava eventos desse tipo... PAG 4 EM PORTO ALEGRE

É UMA ATRAÇÃO O PASSEIO LINHA TURISMO ILUMINADO

PAG 3 Vaquejada é preservada por projeto do Senado Federal

M A G I A D O N ATA L

DESTINOS NACIONAIS ENGALANADOS PARA A TEMPORADA

Ônibus de turismo iluminado em Porto Alegre

CRUZEIRO LGBT

NO DANÚBIO, SETE NOITES DE VIAGEM NO VERÃO EUROPEU

MAIS UMA VEZ, A EXPOLOG CUMPRIU RELEVANTE PAPEL

PAG 3

PAG 4

RÉVEILLON NO ATERRO DA PRAIA DE IRACEMA

GRANDE FESTA PARA MAIS DE UM MILHÃO DE PESSOAS

PAG 3 Boulevard Olímpico no Rio de Janeiro em clima natalino

NO CEARÁ

CINCO MUNICÍPIOS COM CERTIFICAÇÃO PRAIA LIMPA PAG 2 FATÍDICO DESASTRE DE AVIÃO NA COLÔMBIA

MORREU QUASE TODO O TIME DE FUTEBOL DA CHAPECOENSE PAG 4

Révellon 2016 em Fortaleza-CE

PAG 2


02 DE DEZEMBRO DE 2016 RÉVEILLON NO ATERRO DA PRAIA DE IRACEMA

COMOÇÃO E TRISTEZA Manhã cedo da terçafeira, 29, perplexo, ouvi a triste notícia de que caíra já nas proximidades do aeroporto José María José Carlos de Córdova, em Meddelin, na Araújo Colômbia, o avião que transportava a delegação de futebol da Chapecoense, o bravo representante do futebol brasileiro que ia disputar a primeira de duas pelejas pela conquista de campeão sul americano contra o Atlético Nacional, da terra colombiana. O noticiário era comovente, atingindo até pessoas pouco sensíveis. Na tragédia morreram 75 pessoas, das quais apenas seis sobreviveram à queda do avião, mas com fortes sequelas, um dos quais logo faleceu tal a extensão dos ferimentos. Os noticiários minuciosos apresentavam todo o impacto de lamentação ocasionado no mundo todo. O abatimento foi geral, não apenas nos meios futebolísticos e sociais brasileiros, mas em camadas diversas de países de todos os continentes. Afinal, não foi apenas um desastre com aviões, mas uma tragédia que atingira jovens e esperançosos jogadores valentes e surpreendentes que estavam honrando o nosso futebol. A brava equipe de futebol do interior de Santa Catarina era o Brasil. Lamentável, como o destino nos reserva aqui e ali páginas de tanta dor!

DESCUIDOU-SE, ERROU Esta nossa “última flor de Lácio, desconhecida e obscura...”, aparentemente fácil para comunicação, nos reserva armadilhas sutis como poucas línguas no universo. Se o linguajar do dia a dia é cantante e sem maiores obstáculos, por outro lado a comunicação certinha, escrita ou oral, não é tão fácil assim. As regras gerais de entendimento e compreensão até que não oferecem caminhos difíceis. O diabo é que, fugindo do geral, é preciso muito “engenho e arte” para não se cometer erros. Até os mais versados no Português, se não estiverem atentos e bem condicionados, cometem gafes tidas como imperdoáveis pelos puristas defensores do idioma pátrio. Qualquer descuido, falta de atenção, é fatal. Da nossa parte, não têm sido poucas as vezes que cometemos pecados no falar e e s c r e v e r. É v e r d a d e , m a s n ã o é justificativa, que os noventa e mais janeiros, juntos com a perseguição do “alemão”, em ocasiões diversas nos levam a esquecer de regras e até da grafia correta de vocábulos. Emprego correto dos tempos e modos dos verbos é outro obstáculo. Quase sempre, para não cair em tantas esparrelas, vou ao “pai dos burros” ou consulto mestres versados que continuam vivos na nossa pequena biblioteca. Nos últimos tempos, faço os testes do Quiz. Nem sempre fico com a nota desejada, principalmente por que não damos muito atenção às perguntas. Agora mesmo, nos porque, porquê e por que da vida, quase fiquei embananado. Ah!, com o “afora” e “a fora” também, Mas valeu, pois mostrou que não se pode deixar de estar em dia com o idioma do caolho genial, Camões.

GRANDE FESTA PARA MAIS DE UM MILHÃO DE PESSOAS

Anuncio das atrações do révellon 2017

A Prefeitura de Fortaleza divulgou, na segunda-feira passada (28), as atrações para o Réveillon 2017 em Fortaleza. A programação reúne artistas locais e nacionais, com potencial de atrair mais turistas para a cidade durante o período. Claudia Leitte, Jorge e Matheus, O Rappa, Simone e Simaria, Solteirões do Forró e

Beto Barbosa são as principais atrações. O tradicional Réveillon fortalezense acontece mais uma vez no Aterro da Praia de Iracema e deve contar com mais de 1 milhão de pessoas, que vão conferir de graça os shows. De acordo com o secretário de Turismo de Fortaleza, Erick Vasconcelos, a festa será a segunda maior do País, ficando atrás apenas do Rio de Janeiro, e faz parte do calendário turístico da Cidade. Reforçando o que diz o secretário da Setfor, o vice-presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis no Ceará (ABIHCE), Darlan Leite, afirmou ter expectativa de que a rede hoteleira se iguale ao ano passado, com uma ocupação de 94%. Confirmando o otimismo, o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Rodolfo Trindade, destacou a importância de trazer grandes nomes.

UM EXEMPLO DE VIDA Evidente que, nesta minha caminhada de “oitenta quilômetros”, tenho amealhado exemplos que dignificam a vida. Pela exuberância de cada dessas expressões, não me canso de as exaltar. Carlos Casaes Desta feita, busco “fotografar” Abrajet BA uma imagem que é a concepção da mulher especialmente concebida. Mulher que tem imposto a sua presença Brasil afora pela sua excepcionalidade de carater. Partícipe de uma comunidade familiar muito especial, não simplesmente acomodou-se na postura de esposa e mãe exemplar. Seguiu bem mais distante, no momento em que a vida lhe impôs a liderança, porquanto afirmou-se como guerreira absoluta e consciente. Despegando-se o varão líder da família, não vacilou em assumir a rédea do grupo que concebeu com tanta generosidade. Hoje, quando a imagem da mulher busca ocupar o espaço que lhe é devido, no compartilhamento das responsabilidades, emergiu com invulgar segurança e firmeza. Não apenas para consumar a formação das cinco almas que compuseram e compõem a família modelo. Mas no comando mesmo de todo o patrimônio construído com o entusiasmo e a energia dos voluntariosos. Um patrimônio de invejável formação, tão complexo quanto valioso. Configurado nos quatro cantos por onde se expandiu. Para o domínio do universo dos bens emergidos da busca pela afirmação, soube, competentemente, encaminhar a formação de cada um dos membros da sua prole especial. E, desse equilíbrio de eficiência pessoal, pode gerir compartilhadamente não apenas a confirmação dos bens, mas a sua ampliação. Bens de natureza tão variada quanto sua origem e destinação. Tanto assim que, na demanda a configuração do considerável bem imóvel, construiu o instrumento responsável pela sua valorização. São bens rurais e bens urbanos. Nestes últimos, num momento inspirado cuidou de transformar parte deles em aproveitamento muito especial. Naquela preferência, inclusive, negou uma assertiva vigente nos meios empresariais e profissionais do importante setor da atividade turística: a hotelaria. Conceito de que hotéis geridos de forma familiar não seriam o modelo ideal. Porque, não simplesmente concebeu uma unidade hoteleira, mas um exemplo de “resort” que, desde o seu lançamento, passou a ocupar posição privilegiada no concerto da hotelaria brasileira. Mas alí não se acomodou. O sucesso da investida levou a família a inserir mais um e mais outro ao, hoje, grupo de hotéis de invulgar sucesso. A hotelaria baiana, e brasileira, portanto, conquistou um muito especial coadjuvante na afirmação do melhor do turismo nacional. Hoje, “Hotéis Catussaba” são um modêlo especial de investimento muito bem sucedido. Na complexidade empresarial integrada por algumas unidades, cada um dos partícipes dessa família invulgar tem a sua cota de responsabilidade. Mas, na testa do grupo familiar, a força e a imperiosa responsabilidade não se desprende da EXPEDIENTE Diretor/Editor: José Carlos de Araújo (Rg.149-1-37-52 DRT-CE) Diretor Comercial - Fenelon Gonçalves de Oliveira Paginação - Raimundo Pereira Paiva Jr

impetuosidade de MARIAH JATAHI FONSECA. A marca da sua personalidade não se exaure na admiração dos que lhe são próximos. Afirma-se, ocupando destaque, além limites da sua comunidade, porque conquistou o prestígio, o respeito e o apreço de toda a comunidade nacional. Mais ainda e em especial, hoje é uma bandeira de liderança proclamada pela unanimidade da imprensa que milita especialmente nas hostes do turismo brasileiro. Ao lado de Marcos, de Dilson, de Darkson, de Marcelo e de Mariazinha, figura na galeria dos consagrados destaques. E nunca é demais evidenciar que a sua prole segue as suas pegadas, cada qual perseguindo a condução no seu grupamento. Lembrem do Dilson, pela segunda vez, Presidente Nacional da ABIH, o que lhe confere especial liderança na comunidade hoteleira do país. Tanto quanto Marcos, na sua passagem pela Presidência da Associação Comercial da Bahia. Evidenciados, ainda quanto Darkson, Marcelo e Mariazinha nos seus misteres. MARIAH destaca-se inda mais nas ações sociais, do que a proximidade do Natal é momento de particular realização. Nunca são demais, assim, os tantos louvores quanto a vida nos permite a essa mulher exemplo, modelo, que já há tantos anos emergiu em Salvador da Bahia para a conquista do especial espaço no Brasil.

NO CEARÁ

CINCO MUNICÍPIOS COM CERTIFICAÇÃO PRAIA LIMPA

Praia de Iracema recebe certificação

As praias de Morro Branco, Barra Nova, Iracema, Jericoacoara e Lagoinha, respectivamente nos municípios de Beberibe, Cascavel, Fortaleza, Jijoca e Paraipaba receberão a certificação Praia Limpa no próximo dia 13 de dezembro, às 15h, no auditório Murilo Aguiar, na Assembleia Legislativa. Todas receberam a pontuação de três estrelas do mar, ou seja, ficaram entre 50 e 75 pontos. A certificação (Lei nº 13.892/07) é um programa de governo coordenado pela Secretaria do Meio Ambiente, que consiste na concessão de um selo de Certificação Ambiental, aos municípios que aderirem voluntariamente ao programa inscrevendo suas praias, para que sejam avaliadas. O selo de qualidade atesta as condições de higiene / limpeza, segurança e conservação exigidas pelo programa dentro de critérios estabelecidos, conforme a legislação. Os municípios foram avaliados por meio do Questionário de Gestão da Praia (preenchido pelo município) e do Questionário de Avaliação da Praia, (de responsabilidade da Comissão de Avaliação). A nota final da Certificação Praia Limpa é a soma simples das notas alcançadas. É obrigatório que o município preencha e envie a documentação do Questionário de Gestão da Praia. Caso contrário, o município é desclassificado. A nota mínima que o município precisa atingir é 50 pontos. São três categorias. Desde a criação, nenhum município conquistou a categoria de cinco estrelas do mar. Categorias: Maior ou igual a 50 pontos e menor que 75 pontos - TRÊS ESTRELAS DO MAR. Maior ou igual a 75 pontos e menor que 100 pontos – QUATRO ESTRELAS DO MAR. Igual a 100 pontos - CINCO ESTRELAS DO MAR

QUEIXUMES NO TURISMO Concordamos, é evidente, com opiniões de alguns empresários, quando se referem ao desenvolvimento das atividades turísticas, em nosso Estado, mormente as de Fortaleza, fazendo críticas construtivas. Nós, também, Antônio José de como jornalista de turismo, falamos, Oliveira abertamente, sem receio de ferir susceptibilidades de outros empresários do ramo e de gestores públicos, responsáveis pelo desenvolvimento sustentável e solidário do turismo cearense. Às vezes, é preciso e necessário dar um “puxão-de-orelha”, no “trade” turístico local, incluindo dirigentes públicos, para que seus componentes conduzam melhor o setor, com profissionalismo, inclusive nas menores ações. As palavras podem ferir os ouvidos e a autoestima dos que militam, na área turística, sobretudo daqueles que se julgam estrelas e não gostam de receber críticas, mesmo construtivas. Urge levar a sério esse segmento econômico e estar atento para o fato de que não se deve brincar de “fazer turismo” e muito menos bater palmas para os amadoristas do setor. Turismo não aceita improvisações, nem escassez de investimentos, nem “vender algodão por veludo” em sua promoção. Bem! Estamos cansados de escrever, nos artigos sobre turismo, que, primeiramente, tem-se de investir mais verbas, na divulgação do potencial turístico do Ceará, nos mercados emissores do Sudeste e Sul do Brasil, não se esquecendo, também, de outros Estados nordestinos e da zona Norte. O maior atrativo de um polo turístico é a qualidade de vida de seu povo. Desafiamos

alguém afirmar o contrário! Como um Estado pobre, as desigualdades persistem ainda mais quando se enfrenta cinco anos consecutivos de seca. Agora, indagamos: qual a pessoa que gosta de visitar um polo turístico, onde constata adultos e menores famintos, maltrapilhos, pedindo esmolas, nos restaurantes, nas praias, nos semáforos e se drogando à frente dos transeuntes e, às vezes, furtando seus pertences? Que ser humano deseja visitar uma localidade, onde a miséria e a violência se encontram à vista de todos? E que dizer da exploração sexual de menores? Só se for uma pessoa masoquista mesmo! Ah! Muito já foi feito pelo engrandecimento do turismo alencarino, tanto pela iniciativa privada, quanto pela pública. Na Bahia, respira-se turismo as 24 horas do dia. Aqui, um terço, quem sabe, desse tempo. Isso para significar que estamos caminhando, porém ainda longe de atingirmos o ideal, em matéria de exploração racional do potencial turístico do Ceará. O governador Camilo Santana e o prefeito reeleito, Roberto Cláudio, – temos certeza – acreditam na força do turismo e investirão, maciçamente, em sua promoção e infraestrutura de suporte a esse segmento. Pois é, minha gente! Vamos em frente! Profissionalismo e Ética, acima de tudo, quando se pensar grande em prol do desenvolvimento sustentável e solidário do turismo cearense. Por último, lembremo-nos de que o Ceará necessita gerar mais empregos e renda e, é claro, distribuí-la, de forma mais justa, para reduzir a sua concentração e seu povo desfrutar melhores condições de vida.

Propriedade: JOTA CARLOS COMUNICAÇÃO Av. Barão de Studart 1966 - 201/B. - 60.120-001 C.G.C. 00.868.304/0001-75 - Fone: (85) 3244-4847 email : j.carlos.araujo@bol.com.br

jccomunicacao@hotmail.com Blog: http://rotadosolce.blogspot.com/ Twitter: @rotadosolce Fortaleza - Ceará

Antonio José de Oliveira Presidente da Abrajet-Ceará

MATÉRIAS ASSINADAS SÃO DE RESPONSABILIDADE DOS AUTORES


02 DE DEZEMBRO DE 2016 MAGIA DO NATAL

DESTINOS NACIONAIS ENGALANADOS PARA A TEMPORADA

Arvore de Natal do Parque do Ibirapuera - SP

O clima de Natal já toma conta de cidades por todo o Brasil. E, no quesito encantamento, destinos nacionais proporcionam programas ideais para viajantes que decidem botar o pé na estrada nesta época do ano. A sondagem do consumidor intenção de viagem, do Ministério do Turismo, revela que mais de 80% dos brasileiros que pretendem viajar nos próximos seis meses planejam ficar no próprio país. As opções são muitas e, como sugestão, eis algumas para a escolha do tusrista que deseja muita diversão. NORTE E NORDESTE – Manaus, a cidade porta de entrada das belezas da Amazônia e palco do encontro das águas dos rios Negro e Solimões, reserva uma programação especial. Os eventos se concentram no Centro Histórico, em frente ao Teatro Amazonas. Um dos pontos mais visitados da cidade, o teatro, que completa 120 anos em 31 de dezembro, abrigará concertos de Natal entre os dias 16 e 21 do mesmo mês. Os espetáculos terão a participação da Orquestra Amazonas Filarmônica, do Coral, do Corpo de Dança e do Balé Folclórico do Amazonas, entre outros. Já o Centro Cultural Largo de São Sebastião abrigará uma árvore de 28 metros de altura e a Casa do Papai Noel que terá uma oficina de brinquedos. São Luís está com uma programação repleta de shows e eventos culturais para abrilhantar ainda mais os cenários típicos da capital, formados por praias e casarões históricos. Até 22 de dezembro, shows de música e dança e peças teatrais serão realizados em pontos turísticos da cidade. A agenda começou ontem (1º), diante do Palácio dos Leões, com show pirotécnico e acendimento da iluminação natalina. Amanhã, , a Praça da Lagoa da Jansen receberá Papai Noel e um espetáculo de bonecos. A temporada natalina se encerrará com a tradicional Cantata na Igreja da Sé. A programação pode ser conferida no endereço http://bit.ly/2g9VrQV Fortaleza vive o clima natalino em vários pontos da cidade, com brilhante iluminação e caprichada decoração. Mas as atrações maiores estão na Praça do Ferreira e na Praça Portuga, ambas com belíssimas Arvores de Natal, feérica iluminação e esmerada programação diária. Natal - A gigante Árvore de Mirassol, com 112 metros na zona sul da cidade, é um dos principais atrativos da capital que faz aniversário em 25 de dezembro. Conhecido destino de sol e praia, Natal oferece dois meses de celebrações culturais, com direito a Casa do Papai Noel, onde o Bom Velhinho recebe crianças. A decoração da época pode ser vista por toda a cidade, que reúne ainda shows e espetáculos de rua, além de festivais de corais, dança, audiovisual e literatura. O visitante ainda pode aproveitar para experimentar a rica gastronomia local, à base principalmente de frutos do mar e carne de sol. SUDESTE - RIO DE JANEIRO - No Boulevard Olímpico - O bom velhinho escolheu a zona portuária para estacionar seu trenó neste Natal. O Armazém 2 do Pier Mauá vai receber o evento “Uma Aventura de Natal”, o primeiro parque natalino da cidade, que acontecerá entre os dias 10 e 28 de dezembro. O público vai conferir cenários do Deserto, Galiléia, Cidade do Papai Noel e Mundo de Gelo. O Papai Noel vai recepcionar os visitantes no Mundo de Gelo e sua

cidade terá a casa da Vovó Noel, casa dos doces, fábrica de brinquedos e um teatro com apresentações do coral de ursos. SÃO PAULO - ÁRVORE SÓ O IBIRAPUERA - A um mês do Natal, a Prefeitura de São Paulo inaugurou no sábado passado (26) a única atração pública programada para tentar garantir o clima natalino à capital. Com 35 metros, a mesma altura do ano passado e metade do que já foi um dia, a tradicional árvore do Parque do Ibirapuera foi o único projeto aprovado no Natal Iluminado do prefeito Fernando Haddad (PT), que corre para conter os gastos e passar o bastão sem extrapolar os limites orçamentários de 2016. Com 16 metros de diâmetro, um a mais do que 2015, o enfeite só interessou à Coca-Cola FEMSA. De acordo com a SPTuris (São Paulo Turismo), a empresa, que vai cobrir todos os gastos, foi a única a atender o chamado para os projetos de decoração. Segundo a SPTuris, sem interesse algum, não há certeza nem se prédios públicos receberão uma lâmpada sequer. Além da árvore menor, o “clima natalino” da capital também não estará presente na Avenida Paulista, que costumava receber a maior parte dos projetos natalinos. Desde o ano passado, a avenida mais famosa de São Paulo não tem o palco que ficava próximo ao Parque Mário Covas, com enfeites e bonecos gigantes. Para este ano, mais uma vez, não houve interesse das empresas.

Sem perder tempo, os shoppings por toda capital já inauguraram suas decorações natalinas para tentar atrair o consumidor. Árvores, luzes e Papais Noéis estão espalhados por corredores e fachadas, mas a crise mantém muita gente cautelosa. SUL - Gramado (RS) - Shows, peças de teatro, desfiles e paradas compõem o Natal Luz de Gramado, uma das maiores festas mundiais do gênero, que começou em 28 de outubro e segue até 15 de janeiro. No evento, que chega a sua 31ª edição, centenas de bailarinos, cantores, músicos e atores se apresentam em várias atrações e transformam Gramado numa cidade mágica. Canela (RS) - A cidade, vizinha de Gramado, é palco do Sonho de Natal, que alia decoração e espetáculos de música e teatro. A 29ª edição do evento, de 26 de novembro a 8 de janeiro, se concentra na rua principal, em frente à Igreja da Matriz. Destaque para a Vila dos Sonhos, com a Casa do Papai Noel; o Auto de Natal, que retrata o Menino Jesus narrando passagens da Bíblia, e o Christmas in Concert, um show onde arranjos natalinos ganham ritmo de rock and roll. Blumenau (SC) - Fortemente influenciada pela colonização alemã, a cidade é conhecida pela Oktoberfest, mas também fascina visitantes com o Magia de Natal. O evento ocorre na Vila Germânica, que de 11 de novembro a 30 de dezembro concentra desfiles temáticos, shows musicais e peças teatrais, além das tradicionais

Casa do Papai Noel e Fábrica da Família Noel, entre outras atrações. Curitiba (PR) - Famosa por cartões postais como a Ópera de Arame e o Jardim Botânico, a capital paranaense é palco de uma das mais emblemáticas cenas de Natal no Brasil: o Coral do Palácio Avenida, no qual, há mais de 20 anos, 120 crianças executam à noite uma apresentação emocionante nas janelas do imponente prédio.A cidade também oferece o Natal no Paço da Liberdade, um evento teatral emoldurado por um cenário de arquitetura histórica, que completou 100 anos em 2015. O visitante tem ainda como alternativas as feiras de Natal das praças Osório e Santos Andrade, no Centro, onde é possível comprar artesanato e experimentar pratos locais. (MTUR)

Decoração de natal do Bolevard Olímpico

“SOLIDARIEDADE, UNIÃO E CUIDADO”TOMBAMENTO DE QUATRO BENS

CABOCLINHO DE PERNAMBUCO É PATRIMÔNIO CULTURAL

Manifestação popular tombada

Faltam três meses para o Carnaval e quem for curtir a folia em Pernambuco poderá apreciar de perto o mais novo Patrimônio Cultural do Brasil. Originalmente de cunho religioso, o Caboclinho pernambucano é uma das danças mais tradicionais do carnaval pernambucano. A presença dos grupos de Caboclos, ou Caboclinhos se estende de Alagoas até o Rio Grande do Norte e se manifesta, nas ruas, desde o final do século XIX. Os grupos mais expressivos, cerca de 70 agremiações, estão na Região Metropolitana de Recife e a Zona da Mata Norte de Pernambuco. O reconhecimento desse patrimônio nordestino simboliza a preservação da memória do encontro cultural e da resistência dos povos indígenas e africanos escravizados. A performance artística reúne elementos de dança e música, com narrativas de guerreiros e heróis. Os grupos conectam a vida cotidiana ao elemento mítico do caboclo brasileiro. A prática é marcada por uma forte presença religiosa de raízes africanas e indígenas com o culto à Jurema e entidades espirituais denominadas Caboclos. As apresentações, em palcos e no carnaval, atraem visitantes e incentivam a integração entre o turista e a comunidade.

Os instrumentos musicais são outra singularidade da expressão cultural. O Caracaxá e a Preaca (em forma de arco e flecha), são exclusivos dos Caboclinhos. A música apresenta uma sonoridade singular, tanto pelos instrumentos empregados, quanto pelos aspectos do ritmo e melodia. Como tantas outras expressões da cultura popular, a tradição é mantida entre as gerações pela observação e a prática dos mais jovens. A transmissão é feita de forma oral através da orientação e conhecimentos dos mais antigos para os jovens. A indumentária e os adereços dos caboclinhos são emplumados e ornamentados com muito brilho. Os Caboclinhos integram um conjunto de formas de expressão culturais características da Zona da Mata de Pernambuco, juntamente com o Frevo, o Maracatu Nação, o Maracatu de Baque Solto e o Cavalo-Marinho, todas elas já registradas como Patrimônio Cultural do Brasil. O Frevo, a maior delas, é reconhecido pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade. A cultura

EM PORTO ALEGRE

É UMA ATRAÇÃO O PASSEIO LINHA TURISMO ILUMINADO

Ônibus iluminado

Durante este mês, as noites de Porto Alegre terão uma atração a mais para marcar o período das festas de final de ano. É o passeio

CRUZEIRO LGBT

NO DANÚBIO, SETE NOITES DE VIAGEM NO VERÃO EUROPEU

Cruzeiro de luxo no rio Danúbio

Especialmente programado para o público LGBT, está programado um cruzeiro, que começa em Budapeste e termina em Nuremberg, com oportunidade de explorar destinos como Bratislava, na Eslováquia,

popular, além da identidade pernambucana, é uma das marcas do turismo no estado, bem como a culinária, o artesanato, os monumentos históricos e as belezas naturais. RECONHECIMENTO - A aprovação do novo Patrimônio Cultural do Brasil foi feita na quinta-feira passada (24) pelo Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural, que avalia os processos de tombamento e registro. O grupo é formado por especialistas de diversas áreas, como cultura, turismo, arquitetura e arqueologia. Ao todo, são 23 conselheiros. Nessa reunião também foram aprovados os pedidos para tombamento de quatro bens do Rio de Janeiro: os prédios das antigas Docas Dom Pedro II; do antigo Supremo Tribunal Federal; do Instituto de Resseguros do Brasil, além de um Lampião situado no Largo da Lapa. Todos os atrativos ampliam a oferta turística na região histórica e portuária do Rio de Janeiro. (Com o MTUR).

Viena, Dürnstein, Melk,na Áustria, Passau , Regensburg, Kelheim, na Alemanha, tendo a bordo o conforto 5 estrelas, mais piscina aquecida e cinema, à noite. No preço da viagem, a partir de US$ 2545,00, está incluído o cruzeiro de sete noites em acomodação dupla, seis excursões em terra, quatro atividades Emerald Plus que incluem um chá da tarde com uma família eslovaca, bike tour de Melk a Dürnstein, vinte refeições a bordo, água de cortesia na cabine, entretenimento a bordo, à noite, guias locais em inglês, wi-fi grátis, transfer do e para o aeroporto, gorjetas e bebidas ilimitadas com o pacote Premium Drinks Package A data desta viagem LGBT é 29 de julho de 2017 e as reservas já estão abertas na Velle, que é representante da Emerald no Brasil. Informações: info@velle.tur.br

noturno Linha Turismo Iluminado, que volta a oferecer, a porto-alegrenses e turistas, uma opção diferenciada de lazer e de interação com a cidade. O city tour especial, realizado em um ônibus de dois andares externamente iluminado e com mensagens de Boas Festas, está disponível ao público. Os ingressos estão disponíveis na Central de Passagens Linha Turismo, ao preço único de R$ 25. O passeio integra a programação do Brilha Porto Alegre deste ano, iniciativa que busca posicionar a cidade como um destino atrativo para turistas nesta época do ano. Estará disponível ao público até o dia 30 de dezembro, com exceção dos dias 24 e 25, véspera e feriado de Natal. As saídas ocorrerão sempre às 20h30, de quartas a domingos, com embarque no terminal localizado na Travessa do Carmo, 84 – Cidade Baixa. Com capacidade para 57 passageiros no andar superior, aberto, e outros 15 no primeiro piso, durante os 90 minutos do passeio noturno os passageiros poderão conferir a maior parte dos atrativos do tradicional roteiro Centro Histórico. Entre eles o Parque Moinhos de Vento (Parcão), a Praça Júlio de Castilhos, o Shopping Total, o Santander Cultural, com luzes na fachada e na árvore de Natal, a Fundação Iberê Camargo e o Barra ShoppingSul, também com árvores de Natal externa iluminada, entre outros espaços especialmente decorados por conta do Brilha Porto Alegre e que se localizarem no trajeto.


02 DE DEZEMBRO DE 2016 MANIFESTAÇÃO CULTURAL NACIONAL

E S T Á L E G A L I Z A D A A P R Á T I C A D A VA Q U E J A D A N O B R A S I L Informações da Agência Brasil dizem que o presidente Michel Temer sancionou sem vetos a lei que eleva rodeios, vaquejadas e outras expressões artísticoculturais à condição de manifestação cultural nacional e de patrimônio cultural imaterial. Em julgamento feito em 6 de outubro, o Supremo Tribunal Federal (STF) considerou inconstitucional uma lei cearense que regulamentava eventos desse tipo. Desde então, a proposta que visava à sua legalização ganhou força no Congresso Nacional e foi aprovada no mesmo dia (1º de novembro) tanto na Comissão de Educação, Cultura e Esporte quanto no plenário do Senado. A decisão do STF resultou também em uma manifestação contrária a ela, feita por vaqueiros no dia 11 de outubro na Esplanada dos Ministérios. A vaquejada é uma atividade competitiva bastante praticada no Nordeste brasileiro, na qual os vaqueiros têm como objetivo derrubar o boi, puxando-o pelo rabo. As

prática passa a ter respaldo legal. Na defesa que fez de seu relatório aprovado em novembro, o senador Roberto Muniz (PP/BA) argumentou existir ações de aperfeiçoamento da atividade para proteção do animal. Segundo ele, é preciso

MAIS UMA VEZ, A EXPOLOG CUMPRIU RELEVANTE PAPEL

Vaquejada é manisfestação cultural nacional

pessoas contrárias à atividade argumentam ser comum o tratamento cruel de animais. Com a sanção presidencial publicada no Diário Oficial da União do último dia 30, a

FATÍDICO DESASTRE DE AVIÃO NA COLÔMBIA

MORREU QUASE TODO O TIME DE FUTEBOL DA CHAPECOENSE

Homenagem na Arena Condá, Chapecó - RS

É uma notícia que registramos com um peso no coração. Na madrugada da última terça-feira, fatídico desastre de avião ocorreu nas proximidades de aeroporto de Medellin, matando setenta e cinco pessoas e seis seguem internadas. Nosso maior pesar está em que na trágica ocorrência estava a delegação da aguerrida equipe da Chapecoense, de Santa Catarina, que disputaria anteontem, quarta-feira, 30, a primeira partida para apontar o campeão sul americano de futebol de 2016. Ainda mais, também morreram 20 jornalistas que iam fazer a cobertura da partida A queda da aeronave da La Mia aconteceu a 30 quilômetros de Medellín, onde a Chapecoense jogaria com o Atlético Nacional da Colômbia. Até o momento, com precisão não se aponta a razão do desastre, se bem que dizem ter sido uma “pane seca” Os exames das autoridades da aeronáutica peruana sobre o acidente estão começando. As “caixas pretas” do avião foram encontradas em perfeito estado, podendo ser o maior indicativo para o resultado final. Não apenas o futebol, o jornalismo e o povo brasileiro de modo geral estão de luto. Se a consternação atingiu em cheio principalmente o mundo futebolístico e a imprensa do País, as manifestações de condolências partidas de jogadores e autoridades de países de todos continentes são demonstrações de que a todos atingiu. AS VÍTIMAS – São estes os componentes da delegação da Chapecoense que estavam viajando: Jogadores: Ananias, Bruno Rangel, Canela, Danilo, Dener, Filipe Machado, Gil, Gimenez, Kempes, Lucas Gomes, Matheus Biteco, Sérgio Manoel, William Thiego, Thiaguinho, Josimar, Cleber Santana, Marcelo, Arthur Maia, Mateus, Caramelo. Comissão técnica: Caio Júnior (técnico), Eduardo de C. Filho, Anderson Paixão, Anderson R. Martins, Marcio B. Koury, Rafael Gobbato, Luiz C. M. Cunha, Luiz F. Grohs, Sergio L. F. de Jesus, Anderson

discutir formas de cuidar bem dos animais sem que seja necessário negar a prática de manifestações culturais, e que a proibição da vaquejada representa "desprezo do que é a cultura nordestina", em especial a cultura do interior do país

D. Lucas, Adriano W. Bitencourt, Cleberson F. da Silva, Emerson F. di Domenico, Eduardo Luiz Preuss, Mario Luiz, Stumpf, Sandro L. Pallaoro, Gilberto, Pace Thomas Dirigentes: Nilson Folle Junior, Decio Sebastião, Jandir Bondignon, Mauro Dal Bello, Edir Félix de Marco, Davi Barela Dávi, Ricardo Philippi Porto, Delfim Peixoto Destes, sobreviverm à queda da aeronave: Tripulantes: Ximena Suárez e Erwin Tumiri. Jogadores: Alan Luciano Ruschel, Jackson Ragnar Follmann e Helio Hermito Zampier. Jornalista: Rafael Henzel COMOVENTE HOMENAGEM – Refletindo o sentimento de toda uma comunidade, a Arena Condá, de Chapecó, ficou lotada na noite de anteontem, para a homenagem de sentimento e, ao mesmo tempo, gratidão à equipe que tanto honrou e honra o município e que fora tão abalada pelo destino trágico. As manifestações de pesar foram tantas e diversas, dentro e fora da Arena, com cânticos e manifestações que traduziam a tristeza de uma população atingida pelo rude golpe. No estádio Atanasio Girardot, em Medellín, milhares de colombianos, também na noite de anteontem, compareceram para homenagear a Chapecoense, com o verde do time brasileiro prevalecendo. Em coro, cerca de 45 mil comovidos presentes cantaram "Não esqueceremos, esta Copa vai para o céu" e, gesto tocante, e pediram que o título da Copa Sul-Americana fosse entregue ao time catarinense. No momento que seria o início da partida Atlético Nacional x Chapecoense, após um minuto de silêncio, celulares e velas foram acesos e o grito "campeão, Chape, campeão" marcou a parte final da homenagem

Alcançaram o êxito esperado a EXPOLOG – Feira Nacional de Logística e o XI Seminário Internacional de Logística, que se realizaram anteontem e ontem, no Centro de Eventos do Ceará. Durante os dois dias, com temas da mais alta relevância para o desenvolvimento do país, estiveram na pauta dos trabalhos, pela manhã e à tarde, o transporte terrestre brasileiro, energias renováveis, logística portuária, importância da integração dos modais. A abertura do evento, na manhã da quarta-feira, contou com a participação das mais altas autoridades setor de logística do país e representantes de grandes empresas, entidades e órgãos públicos, setores de transporte e comércio exterior do país, transportadoras; operadores portuários; Companhias Docas, Portos e Terminais; autoridades do setor, construtores, hidroviários e personalidades aduaneiras. A palestra magna, a cargo do coronel Paulo Roberto de

Mesa de abertura da EXPOLOG

Souza, sobre o cenário de roubos e cargas do Brasil, foi o ponto alto da solenidade. Registre-se que, mais uma vez, a Expolog, promoção do Diário do Nordeste e realização da Prática Eventos, cumpriu importante papel, contribuindo para o desenvolvimento de segmentos da mais alta relevância no crescimento da economia brasileira.

TAP, GRANDE ELO DE CONEXÃO DO TURISMO PORTUGUÊS Portugal está, definitivamente, no mapa dos brasileiros quando o assunto é turismo. Nos últimos anos, o país luso tem registrado uma crescente demanda de visitantes do Brasil, o que é comprovado por uma série de indicativos numéricos. A terra de Camões recebe mais de 600 mil turistas brasileiros por ano, o que faz do Brasil o sexto maior mercado de procura externa para Portugal. Para algumas regiões específicas, como o Norte e o Alentejo, o Brasil aparece na terceira colocação, além de estar entre os quatro países que mais visitam Lisboa e o Centro. Em termos de satisfação, os números são pra lá de positivos. De acordo com o inquérito de avaliação da satisfação dos turistas brasileiros que visitaram Portugal no último ano, 74% dos visitantes manifestaram interesse de retornar ao país. Em 2015, apenas considerando turistas brasileiros, Portugal gerou uma receita de 376 milhões de euros, com 1,3 milhão de diárias registradas. De acordo com o Euromonitor, em 2016, Portugal surge como o sexto destino europeu mais procurado. Este crescimento está diretamente ligado ao esforço da TAP para estreitar relações com o Brasil e se tornar o principal elo de conexão entre os dois países. Atualmente, a companhia faz mais de 65 voos semanais para Lisboa ou Porto partindo de dez cidades brasileiras:

Belém, Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. Recentemente, a TAP lançou no Brasil seu mais novo programa, o Stopover, incentivando os passageiros de longo curso que viajam com a companhia, em trânsito por Lisboa ou Porto, a aproveitarem a passagem por Portugal para descobrir e visitar o país, podendo ficar até 3 dias numa destas cidades portuguesas e visitando dois lugares pelo preço de um. Este novo produto tem como objetivo captar cada vez mais visitantes internacionais para Portugal, estimando a TAP atingir 300 mil turistas por ano, com um potencial impacto de 150 milhões de euros para a economia nacional, nos próximos três anos.

A TAP é uma força motriz do turismo

VALE EUROPEU

T U R I S M O C U LT U R A L E D E C O M P R A S N O VA L E D O I TA J A Í Quem visita Blumenau (SC), em busca de cerveja, comida típica e outros atrativos característicos da cultura alemã pode esticar a viagem pelo Vale Europeu. O roteiro pode começar e terminar pela própria Blumenau que concentra boa parte dos atrativos turísticos da região. São muitas as opções espalhadas pelo Vale Europeu: da arquitetura típica à culinária, celebrada em grande estilo durante festas típicas; dos roteiros de compras pelas cidades-polo da indústria têxtil catarinense às celebrações religiosas que acontecem em vários municípios; do ecoturismo ao turismo rural. Tem opções para todos os gostos, bolsos e tipos de

viajantes. A arquitetura, os costumes, a gastronomia e até os dialetos remetem ao velho continente. Em Blumenau, Pomerode, Brusque e Gaspar, a cultural alemã predomina. Em São João Batista, Rodeio e Nova Trento destaca-se a colonização italiana. Em quase todos os 21 municípios da região há festas que celebram a cultura dos imigrantes. O mês de outubro é marcado pelas tradicionais Oktoberfest (Blumenau), Fenarreco (Brusque), a Festa do Imigrante (Timbó) e a Kegelfest (Rio do Sul). Até o fim do ano tem a Festa Pomerana (Pomerode), a Festitália (Blumenau), a Festa Trentina (Rio dos Cedros) e a La Sagra (Rodeio). TURISMO DE COMPRAS – Algumas cidades do Vale Europeu são conhecidos destinos de compras. Brusque é um dos principais polos têxteis do país. No ramo calçadista, destaca-se São João Batista. Enquanto Blumenau foi a primeira cidade do Vale Europeu a apostar no turismo de compras de cristais, porcelanas, têxteis, brinquedos e chocolates. TURISMO RURAL - Viajar pelas cidades do Vale Europeu é um dos passeios mais agradáveis que se pode fazer em Santa Catarina. A paisagem é entrecortada por rios e cascatas. Em 12 municípios da região as propriedades rurais oferecem hospedagem, pescarias, cavalgadas e trilhas, além de mesa farta, com café colonial, produtos orgânicos e caseiros. As paisagens incluem casas de estilo enxaimel (colonial alemão), moinhos, rodas-d'água, capelas e engenhos. TURISMO RELIGIOSO - O Vale Europeu também abriga santuários, capelas, oratórios, igrejas e

grutas dedicadas a diversos santos. Só em Nova Trento são mais de 30 instituições ligadas à fé católica, incluindo o Santuário Santa Paulina, dedicado à primeira santa brasileira. Destacam-se, ainda, o Santuário Nossa Senhora de Azambuja, em Brusque e a Gruta Nossa Senhora de Fátima, em Doutor Pedrinho. O roteiro conta também com igrejas luteranas em Blumenau. ECOTURISMO - Morros, vales, rios, cascatas e cachoeiras do Vale Europeu são um convite permanente para a prática de trekking, rapel, cascading, canyoning, mountain biking, voo livre e parapente. A tradição da bicicleta é mais uma herança dos colonizadores europeus e opção de esporte em contato com a natureza no roteiro catarinense. O circuito ciclístico intermunicipal do Vale Europeu, com 300 km, atravessa nove municípios. Rio dos Cedros faz parte da rota e chama a atenção pela beleza dos lagos cercados de montanhas. Outra atração imperdível no roteiro dos ciclistas, pela sua beleza natural, é a caverna de Botuverá, a maior do Sul do país. (Com o MTUR).

Santuário de Azambuja em Brusque

Rsn 20161202  

Noticias sobre Turismo, Lazer e Negócios enfocando a divulgação do Turismo no Ceará, no Brasil e no Mundo.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you