Issuu on Google+

1

Uberaba, 16 a 29 de março de 2013 págs. 17 a 24 págs. 25 a 32

Dog Minas aposta na atuação de veterinários na área comercial

Paulo Guimarães comemora sucesso da San Marco e quer mais

página 19

página 27

Uberaba 16 a 29 de março ano 1 - Edição 2

www.jcuberaba.com.br - Distribuição Gratuita

A nossa cara

CDL quer privilegiar o comércio uberabense FOTO/luiz adolfo

#Troca de comando. Nova diretoria da CDL quer manter as conquistas atingidas pelas gestões anteriores, e tem planos para privilegiar os lojistas locais e aprimorar os serviços de atendimento aos consumidores pág. 3

Delícias da gastronomia árabe ganham espaço na culinária local Bar do Latif e Balbec destacam-se como maiores propagadores das delícias do Oriente pág. 13

Novas tecnologias ampliam o armazenamento de dados Nuvem torna-se alternativa segura de proteção a dados pessoais pág. 11

Jardim vertical é opção atraente para casas com pouco espaço

Miguel Faria (esq.), novo presidente da CDL Uberaba, e Fúlvio Ferreira, que acaba de deixar o cargo

Uma miss com muito charme Thiessa Sickert, de Uberaba para conquistar o estado de Minas Gerais pág. 16

Cingapura, metrópole que surpreende pela modernidade Multiculturalidade: país é ponto de encontro de diversas culturas pág. 9

Reclicle a informação: passe este jornal para outro leitor

Unimed Uberaba preocupada com a obesidade da população Cooperativa desenvolve as Olimpíadas do peso e estimula a prática de exercícios pág. 4

Francisco, o Papa da América Latina Pela primeira vez na história, o Sumo Pontífice é de um país do Novo Mundo

pág. 3

FOTO/divulgação

Decoração dá toque natural e refrescante aos ambientes pág. 8


2

Uberaba, 16 a 29 de março de 2013

Opinião

Envie sua opinião ou sugestão para a nossa redação: dangotti.gerencia@gmail.com

#Editorial

Responsabilidade amplificada Leitores e anunciantes estão recebendo o segundo número do Jornal da Cidade, o que, para toda a equipe da mais nova mídia de comunicação de Uberaba, é motivo de satisfação, que torna-se ainda mais gratificante na medida em que nos tem sido possível acompanhar a ótima aceitação, seja da versão impressa, seja nas redes sociais, onde o JC, desde antes de seu lançamento oficial, fez questão de marcar forte presença. Aliar a credibilidade de um jornal impresso, que pode dissertar com maior profundidade sobre temas variados, com a interatividade proporcionada pelas redes sociais, com seu alcance impressionante, é palavra de ordem para a equipe que está à frente do JC. E, se a versão impressa distribuída gratuitamente nos quatro cantos de Uberaba, com tiragem auditada pelo Procon local - fato inédito na história da imprensa escrita da cidade e para o qual, desde já, fazemos questão de re-

conhecer a acolhida do órgão de defesa do consumidor uberabense à nossa proposta de entregar para o mercado o número verdadeiro de exemplares divulgado em nosso expediente, ou seja, 10 mil - eis que nossa responsabilidade se multiplica. Para que leitores e anunciantes tenham noção de como é importante unir a tradição do jornal impresso com a inovação das redes sociais, a edição inaugural do Jornal da Cidade foi vista por mais de 60 mil pessoas no Facebook, sendo que mais de 2.400 “curtiram” a nossa página, para ficar com dados apenas desta que é a mais movimentada rede social do planeta. A versão online disponível em issuu.com/jc.uberaba já foi visualizada por mais de 1 mil pessoas. Por tudo isso e as novidades que ainda estão por vir, é que convidamos você a ler com atenção as páginas desta edição e fazer os seus sempre bem-vindos comentários sobre o JC nas redes sociais. Boa leitura!

Deu o que falar “Habemus Papam” Cardeal francês Jean-Louis Taurean, às 20h14 (hora de Roma) do dia 13 de março, anunciando que o cardeal argentino Jorge Mario Bergoglio, 76 anos, fora escolhido Papa e assumiria o comando da Igreja Católica com o nome Francisco I

“Parabenizamos e aplaudimos de pé o desafio a que se propuseram em brindar-nos com este novo Jornal da Cidade, excelente na qualidade dos temas abordados, na competência e no idealismo dos seus realizadores” Liana e cirurgião-dentista e músico José Gilberto Silva (Gibinha), por e-mail

“Até que enfim um jornal completo, de acesso a todos! Parabéns!” Daniela Cartafina, empresária, no Facebook

“Equipe do Jornal da Cidade, parabéns pela iniciativa! Obrigada pelo espaço na coluna da Rose. Vida longa e trajetória de sucesso ao JC” Iara Fernandes, professora e escritora, no Facebook

“Infelizmente essa praga mundial que é a droga e que está acabando com tudo, ganhou” Graziela Gonçalves, mulher do vocalista Chorão, encontrado morto em seu apartamento em São Paulo no dia 6 de março

www.jcuberaba.com.br - facebook.com/jornaldacidade

E X P E D IEN T E Jornal da Cidade é uma publicação quinzenal da Imprima Editora & Gráfica Ltda, com distribuição gratuita e dirigida. Diretores Abrão Moisés Neto Paulo Cesar de Oliveira Daniel Moisés Gerente Executivo Daniel Angotti (34) 9105.6161 dangotti.gerencia@gmail.com Editores Responsáveis Daniel Moisés - dmoises@terra.com.br Alex Rocha - alexbatistarocha@gmail.com Estagiário de Jornalismo Bruno de Assis - bruno.assis.s@hotmail.com Projeto Gráfico Thiago Ferreira (34) 9145.6914 tferreira.jornalismo@gmail.com Identidade Visual Célula - Marketing e Inteligência de Mercado (34) 3316.9902 Redação Rua Afonso Rato, 453 - Mercês - Uberaba/MG CEP 38060-040 - Tel. (34) 3316.6400 Publicidade Helena Carla (34) 9119.3082 hcarla.comercial@gmail.com Parque Gráfico Imprima Editora & Gráfica Ltda. Rua Edson Gonçalves Prata, 200 Parque do Mirante - Uberaba/MG CEP: 38081-232 - Tel. (34) 3315.9797 Tiragem 10 mil exemplares


3

Uberaba, 16 a 29 de março de 2013

CDL Uberaba empossa a sua nova diretoria A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL Uberaba) realizou no dia 15, posse de sua Diretoria Executiva e Conselho Fiscal - Triênio 2013-15. O lojista Miguel Faria (foto) destaca suas metas à frente da entidade.

FOTO/LUIZ ADOLFO

FOTO/DIVULGAÇÃO

Em destaque

Metas

- Compromisso de manter as conquistas que as diretorias anteriores fizeram pela entidade e concretizar apoios e parcerias com entidades e Poder Público. - Realizar campanhas de vendas, cursos, palestras, eventos culturais, além de oferecer aos associados apoio jurídico, marketing, cobrança e administrativo etc. - Promover cada vez mais o Ceteco, que tem compromissos de melhoria contínua com os empresários e seus colaboradores com treinamentos e reciclagens. Até agora a CDL Uberaba soma dez diretorias lideradas, pela ordem, por Ronaldo Batista Machado (in memorian), Januário Marques de Oliveira, Lucio Scalon, Arnaldo San tos Anjo, Daniel Fabre, Mario Vilmair Silvestre Pereira, Antonio Alberto Stacciarini (in memorian), Fakher Azor

Já na condição de Papa, Francisco acena para a multidão na praça de São Pedro

#Habemus Papam

Igreja Católica escolhe cardeal latino-americano para novo Papa Pela primeira vez na história o Papa será conhecido pelo nome Francisco Os cardeais escolheram pela primeira vez na história da Igreja um Papa que vem do Novo Mundo e não atuou dentro do Vaticano. Eleito Papa na quarta-feira 13 de março, o cardeal argentino Jorge Mario Bergoglio adotou um nome nunca usado antes: Francisco. Depois de cinco votações, os 115 cardeais tinham escolhido o novo pontífice. A alegria foi geral, coletiva e expressada em varias línguas. Depois de mais de uma hora, as portas da sacada da Basílica de São Pedro finalmente se abriram. O cardeal proto-diácono Jean Lou-

is Tauran entrou na sacada da Basílica de São Pedro e anunciou o Habemus Papam. A praça aplaude e, em minutos, entra o Sumo Pontífice eleito. É o argentino Mario Bergoglio o Papa. Jesuíta, Bergoglio escolheu o nome de Francisco. Os milhares de fieis, de diversos países, ficaram debaixo de chuva, à espera da apresentação do novo Papa, até que ele surgiu, detrás do veludo vermelho. Um novo papa na sacada de São Pedro, um argentino, um pontífice latino-americano pela primeira vez, saudou a multidão. Em suas pri-

meiras palavras, na língua italiana, foi um papa descontraído. “Parece que meus irmãos cardeais tiveram que escolher o bispo de Roma quase no fim do mundo”, disse ele, referindo-se à distância entre a Argentina e o Vaticano. Pediu ainda para os fiéis rezarem por ele. A entronização do papa Francisco está marcada para terça-feira 19 de março. É a missa inaugural do pontificado, com a presença de chefes de Estado. Jorge Mario Bergoglio é conhecido como o amigo dos pobres. Tem origem italiana, é um papa imigrante.

Presidente da Aciu participa de encontro entre associações da região

FOTO/JC

Jornal da Cidade nas ruas de Uberaba A equipe do Jornal da Cidade comemorou o aniversário de Uberaba distribuindo a primeira edição do nosso presente à cidade. Na manhã do dia 2, os grupos se concentraram nos semáforos da rua Major Eustáquio com avenida de Leopoldino de Oliveira, Posto Medalha e Parque do Mirante. Foram distribuídos 1.600 exemplares em poucas horas. A repercussão, compartilhada no Facebook (www.facebook.com/ jornaldacidade), foi seguida de participação do gerente executivo Daniel Angotti e parte da equipe de jornalismo no Falou e Disse, programa do apresentador Paulo Sarkis pela TV Universitária. No decorrer da semana, a equipe recebeu cumprimentos de personalidades da cidade, como o vereador Franco Cartafina e o empresário Fernando Abdalla.

Fakhouri, Fúlvio Ferreira e, agora, Miguel Faria. Além de manter o SPC Uberaba (Serviço de Proteção ao Crédito), em parceria com a Aciu (Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Uberaba), a CDL oferece a seus associados serviços nas áreas jurídica, financeira, marketing, cobrança, além de convênios nas áreas da medicina e odontologia. Periodicamente, proporciona cursos, palestras e treinamentos para associados e seus colaboradores.

Na última segunda-feira (11), o presidente da Associação Comercial, Industrial e de Serviço de Uberaba (Aciu), Manoel Rodrigues Neto, e outros dirigentes de associações comerciais Silvio Presley dos Reis - presidente da Associação Comercial de Araguari, Silvio Divino Vilarinho - presidente da Associação Comercial de Ituiutaba e Daniel Freitas Rezende - secretário municipal de Desenvolvimento Econômico de Patos de Minas. Participaram na Aciub (Associação Comercial e Industrial de Uberlândia), de palestra cujo tema foi Desenvolvimento Econômico Regional. O encontro foi coordenado por Rogério Nery, presidente da Aciub. O engenheiro Benício Torres, especialista em projetos de concessões rodoviárias, apresentou alguns estudos referentes à duplicação e concessão de rodovias estaduais no Triângulo Mineiro. A ideia é de união em prol do desenvolvimento e melhorias para toda a região. O presidente

www.jcuberaba.com.br - facebook.com/jornaldacidade

da Aciub de Uberlândia, Rogério Nery, destacou a importância de um estado com boa infraestrutura, gerando empregos, mais segurança, movimentando cadeias de turismo, comércio, educação e tecnologia para todos os municípios. “Neste ano de 2013, estamos trabalhando no sentido de transformar a Aciu numa entidade de alcance regional, buscando, inicialmente com as associações comerciais de Uberlândia, Araguari, Ituiutaba e Araxá, e numa segunda etapa com todas as outras localizadas no Triângulo Mineiro, a construção de um novo tempo, em que as “rixas e disputas” darão lugar aos trabalhos compartilhados e conduzidos por todas essas entidades, sempre em defesa dos interesses dos nossos associados e agora de nossa região. Falo isso pois, realizamos a primeira reunião de trabalho, que culminou com a elaboração de um plano de trabalho e ações.


4

Uberaba, 16 a 29 de março de 2013

Bem Estar & Saúde Unimed realiza Olimpíadas do peso FOTOS/DIVULGAÇÃO

Objetivo é incentivar a alimentação saudável e a prática de exercícios físicos DA REDAÇÃO

A Unimed Uberaba, cooperativa em destaque no Triângulo Mineiro, criou um programa diferenciado para promover a saúde dos diversos públicos estratégicos que compõem a singular. O projeto Olimpíadas do peso é pioneiro no segmento e foi formatado por um conjunto de participantes envolvendo uma equipe multiprofissional, fortalecendo os objetivos de incentivar a alimentação saudável, a prática rotineira de exercícios físicos e a mudança de hábitos a favor da promoção da saúde. A diretoria de mercado da cooperativa juntamente com a diretoria de recursos próprios, por meio do departamento de saúde integral, com a intenção de educar e estimular, desenvolveram um plano que prevê uma disputa positiva. Os participantes saem ganhando com a verídica possibilidade de redução de doenças. “Todos os públicos saem ganhando com colaboradores mais motivados e a redução das despesas com saúde. Elaborado pela equipe interdisciplinar da medicina preventiva, o programa é eficiente, fácil de ser aplicado, e com resultados expressivos”, explicou o doutor Luciano Santiago, diretor de recursos próprios da Unimed Uberaba. Segundo o gestor da área de marketing, Dimas Rodrigues, essa inovação nasceu da vontade de par-

Participantes do programa em uma das ações realizadas em Uberaba

ticipação dos clientes de uma maneira motivadora. Primeiramente as Olimpíadas do peso foi realizada com clientes empresariais. Durante seis meses, as empresas participantes tiveram o acompanhamento pormenorizado de enfermeiras, nutricionistas, assistentes sociais e educadores físicos, recebendo atenção personalizada, atuando em iniciativas de grupos, como palestras e caminhadas. Até um concurso para eleger a melhor receita saudável, criada pelas empresas, foi feito para incentivar o novo ritmo nas organizações. “Ficamos realizados com tantas pessoas dispostas a participar de projetos em busca de saúde, nós da Unimed Uberaba estamos à disposição para construirmos juntos esse novo tempo de promoção da saúde”, destacou a diretora de mer-

cado da Unimed Uberaba, Sabrina Sarreta. Da segunda etapa do programa, que já começou, participam os colaboradores da cooperativa. A primeira ação é a documentação das medidas iniciais: altura, peso, circunferência abdominal, aferição de pressão, entre outros dados. O objetivo, também, é perder peso, mas isso deve ser feito englobando uma ação plural. Para vencer as olimpíadas o participante deverá, além de emagrecer dentro das recomendações dos especialistas, pontuar com a participação em todos os eventos, palestras e a presença nas iniciativas de promoção ao bem viver. Aplicado pela equipe interdisciplinar da medicina preventiva, o programa possui uma mecânica eficiente, fácil de ser seguida e com resultados garantidos. “Para ganhar é preciso aprender a perder. Esse é o pensamento das Olimpíadas do peso. Esse projeto é parte do pro-

grama Quero mais saúde, criado pela Unimed Uberaba, onde desenvolvemos três grandes avaliações. É uma iniciativa com várias etapas que promovem o bem viver”, destacou Aline Dutra, coordenadora da medicina preventiva. Para o presidente da Unimed Uberaba, doutor Sétimo Bóscolo, todos compomos um grande time quando o assunto é ganhar em bem viver. “É a nossa maneira de entrar em campo, unidos, buscando o mesmo objetivo. Somos um exército de força em favor da medicina de qualidade. Projetos desse porte farão diferença na vida de milhares de pacientes, oportunidades de valorização dos nossos cooperados com os destacados trabalhos em favor da vida nos consultórios. Nosso ideal é trabalhar, incansavelmente, pela qualidade na saúde. Um caminho que começa com relevância na prevenção, na promoção da saúde”. FOTOS/DIVULGAÇÃO

#Promoção da saúde

Todos os públicos saem ganhando com colaboradores mais motivados e a redução das despesas com saúde Coordenador de marketing Dimas Rodrigues explicando novo projeto aos colaboradores da Unimed Uberaba

www.jcuberaba.com.br - facebook.com/jornaldacidade


Uberaba, 16 a 29 de março de 2013

Gastronomia L í g i a D e l N e r y S c al o n

#Mistura boa Peixe brasileirinho de dar água na boca

Ingredientes: FOTOS/DIVULGAÇÃO

Olá queridos leitores! Super empolgada com a repercussão da última receita, resolvi continuar na onda, ou melhor, nas ondas do mar, mas pode ser também nas ondas da pororoca. Não importa se o peixe veio do mar ou do rio, o importante é a explosão de sabores dessa receita. Eu, particularmente, adoro peixe. Você já pensou em mistu-

rar peixe com banana? Não torça o nariz nem ache assim tão estranho. Se você pesquisar no melhor amigo do homem da era digital, leia-se Google, vai encontrar um monte de receitas que misturam essas duas delícias. Na minha casa e por onde já passei ensinando e preparando essa receita, foi satisfação garantida com sessão repeteco. Confira!

ligiadelnery.blogspot.com.br ligia.altiva@gmail.com

Que tal um peixe brasileirinho?

A deliciosa união entre peixe e a banana

A união entre peixe e fruta é uma boa pedida para uma mesa bem brasileira

5

Você sabia que a banana . . .

É de origem asiática. É rica em cálcio e potássio. É indicada para tratamentos de insônia. E não é a vilã das dietas e sim parceira, pois dá a sensação de saciedade e diminui a compulsão por doces?

• 04 filés de pangasius ou peixe da sua preferência temperados a gosto. • 02 bananas da terra fatiadas (nem fina nem grossa) • Molho branco mais ralo à vontade • 250g de muçarela • Tomate e cebola cortados em rodelas

Modo de fazer: • Unte uma assadeira ou pirex com azeite, forre com as bananas fatiadas, acrescente os filés de peixe, o tomate, a cebola, o molho branco e a muçarela. • Leve ao forno (150 graus) até gratinar o queijo.

Comer peixe

regularmente é muito importante porque os peixes são ricos em ômega 3 e proteínas de alta qualidade, em geral possuem menos Com dois alimentos tão ricos, gordura que as outras está na hora de experimentar a mistura dos dois. Além de fazer bem carnes e são boas fontes de vitaminas e para a saúde, fica muito saboroso e com cara e gosto de Brasil minerais

Acompanhamentos

Arroz com amêndoas e salada de rúcula

www.jcuberaba.com.br - facebook.com/jornaldacidade


6

Moda&Estilo

Uberaba, 16 a 29 de março de 2013

mariaestilosa.com mvieiraconsultora@gmail.com

ma r c e la v i e i r a

#Tendências

O básico no guarda-roupa feminino

Como será a moda nas próximas estações

Para estreitar os ombros largos usem peças com alças largas, decotes de regata, casacos sem ombreiras, cintura alta, saias plissadas e colares longos. Esqueçam as gargantilhas, enchimentos/detalhes nos ombros e decotes frenteúnica.

Blazer – deixa a mulher elegante, independente da peça que está por baixo dele. Opte pelo blazer preto ou marinho. Calça jeans – eu diria que é a peça mais essencial do guarda-roupa, pois ela combina com tudo e é atemporal (sai e entra temporada, ela sempre está na moda). Camisa branca – pode ser usada para trabalhar e também para ir a um evento social (coquetel, lançamentos etc). A

camisa branca combina muito bem com tudo e os acessórios são ponto forte a ser usados com esta peça. Scarpin – é o sapato com bico fino, seja ele de salto alto ou baixo. Ele é um curinga chique de toda mulher. Escolha um preto ou um marrom, sem texturas ou detalhes. Vestido preto – combina com qualquer ocasião, dependendo dos acessórios utilizados. FOTOs/DIVULGAÇÃO

Outono-Inverno 2013

O que não

Cores fortes, texturas e peças sociais estão em evidência com chegada do frio

Com a chegada de cada temporada, todos os olhos (especialmente os femininos) voltam-se para o que se irá usar, quais serão as tendências. No Outono/Inverno muitas ideias não mudam, a exemplo das cores preta, branca, cinza, a estampa de onça e botas - que são características da estação. Através das Semanas de Moda pude observar algumas tendências que serão fortes: Texturas e Tecidos estarão em evidência: serão as peles (sintéticas), veludo, transparências, couro e renda. Destaque para as cores verme-

lho, burgundy (vinho), azul cobalto, verde musgo e roxo. O terninho, a saia evasê e o moleton voltam a ser tendência. As estampas gráficas, florais com fundo escuro também serão muito usadas, assim como listras e militarismo. Estes são apenas alguns itens que serão destaque na próxima estação, e não quer dizer que você tem que renovar o seu guarda-roupas. Como já havia dito, a moda é composta de tendências que passam e voltam. Importante é adequar as tendências ao seu estilo!

favorece os bustos pequenos são roupas muito coladas ao corpo. Optem sempre por um sutiã com armação e/ou com enchimento, peças drapeadas, utilização de cores e estampas arredondadas na área do busto. Para quem tem pernas grossas e culotes é preciso valorizar a parte superior do corpo, utilizar linhas verticais, saltos finos, peças levemente acinturadas. Saias com prega, bainhas viradas e tecidos colantes só desvalorizam quem possui esta silhueta.

Acessórios: bichos estão a solta mais do que nunca A bicharada tem sido presença forte nos acessórios há algumas temporadas, mas nesta eles estão com tudo! Desde o mais fofo como, o panda, até os mais terríveis, como a cobra, eles invadiram este universo e conquistaram muitas adeptas ao estilo! Anéis de sapos, brincos de tigre, colares com corujas, braceletes de aranha, invadiram

as produções de vez! Para mulheres mais casuais, que querem aderir à moda, utilize um elemento de bicho e o restante mais sóbrio para não haver conflito com o seu estilo. Já as mais ousadas, um elemento no tronco (orelhas e pescoço) e um nos membros (braços e dedos) fica excelente. Cuidado nas combinações e aproveite, pois os bichos estão a solta!

Jeans e camisa branca prevalecem como melhor alternativa no caso de dúvidas

Trajes: acerte na escolha para cada ocasião Traje esporte: traje mais simples/informal utilizado em batizados, almoços, exposições, festas infantis e churrascos. Para homens: jeans, tons cáqui, camisetas lisas, pólos, malhas e jaquetas. Para mulheres: jeans, vestidos, malhas, sapatos baixos e bolsas esportivas. Traje passeio/esporte fino: traje com um toque de formalidade utilizado em casamentos de dia ou civil, almoços, conferências e teatro. Para homens: calças esportivas com blazer, jaqueta ou paletó esporte, com ou sem gravata. Para mulheres: pantalonas, tailleur, clássico vestido preto. Sem muito brilho ou bordado. Traje passeio completo: exige formalidade completa e utilizado em casamentos noturnos, jantares formais, co-

www.jcuberaba.com.br - facebook.com/jornaldacidade

quetéis e grandes comemorações. Para homens: trajes com gravatas, escuros conforme o horário. Sapatos amarrados com meias escuras. Para mulheres: vestidos sofisticados, joias ou bijuterias de peso. Sapatos e bolsa social. Traje black tie: também chamado de gala ou à rigor, este traje exige sofisticação e é utilizado em casamentos importantes, bailes de gala, comemorações glamourosas. Para homens: smoking preto, faixa na cintura, gravata borboleta escura, camisa branca e sapatos pretos com meias escuras. Para mulheres: os vestidos devem cobrir o salto do sapato social. Decote ou fenda, joias, tecidos nobres e muito cuidado para não ficar over, exagerando na produção.


7

Uberaba, 16 a 29 de marรงo de 2013

www.jcuberaba.com.br - facebook.com/jornaldacidade


8

Casa & Decoração

Uberaba, 16 a 29 de março de 2013

t i ag o s o u s a

#Toque natural

Adornos completam a decoração

Jardim vertical é ótima alternativa FOTOs/DIVULGAÇÃO

Espaço é regulador de temperatura e painel artístico

Reaproveitando garrafas

Vasinhos e floreiras são opções para composição do jardim vertical

Os jardins verticais vieram para trazer o verde de uma nova forma, em locais onde não seria possível, pois não caberia nem mesmo um vaso. Eles podem ser instalados no interior ou exterior, muros, parede, fachadas, e ainda podendo ser construídos painéis em madeira ou estrutura metálica, e posterior instalação das plantas. Além disso, questões como umidade podem ser reguladas em épocas mais secas, adicionando ou reduzindo a quantidade de água, fazendo uma troca benéfica com o espaço, eliminando o ar seco e melhorando, consequentemente, o conforto ambiental na edificação, e ainda proporcionando saúde aos usuários do espaço.

Um jardim vertical pode também ter a função de um painel artístico, com desenhos e geometrias obtidos através das diferentes texturas das plantas inseridas no contexto. A composição desse tipo de jardim é feita de fragmentos, que nada mais são do que vasinhos, floreiras ou recipientes que permitam a troca e o manejo das mudas. Com muita facilidade a manutenção pode ser feita, inclusive a adubação de seu jardim. A escolha das mudas deve ser criteriosa, tendo em vista o local onde serão fixadas. Há espécies específicas para cada tipo de ambiente e clima. Uma dica bonita e barata são as samambaias que ficam sempre verdes e vistosas.

Garrafas de vinho, champanhe e azeite, podem ser transformadas em belíssimas arandelas e castiçais. Use suportes de lustres para prender as garrafas à parede; um bom vidraceiro poderá ajuda-lo cortando as garrafas em várias alturas. Reduza as luzes durante a noite, e tenho certeza que você conseguirá criar ambientes bem elegantes e intimistas.

Todos sabem que uma boa decoração só será completa com o uso de bons elementos decorativos, no caso, os adornos. Pensando desta forma, montar uma ambientação acaba ficando fácil, e ajuda a completar qualquer composição que esteja precisando de um “UP”. Mas também, vale a pena lembrar que a composição deve conversar com o restante dos elementos decorativos (e não combinar tudo, por que tudo combinado acaba ficando brega). Vale a pena investir em peças de qualidade, como objetos de antiquário, e até de colecionadores. Não compre por impulso, apenas leve para casa aquilo que realmente fará diferença em sua composição de decoração.

Palets se transformam em deck’s Valorize seu paisagismo reutilizando palets que são inutilizados pela indústria. Como reaproveitar? Construir um deck é uma excelente opção. Após uma prévia revisão da madeira, que normalmente é o pinnus, calcule a metragem a ser utilizada, e

tisousa.blogspot.com tiago_ssilva@terra.com.br

o formato desejado. Disponha as réguas paralelamente sobre caibros de madeira resistente e use pregos ou parafusos para uma fixação segura. Após lixado pode ser envernizado ou encerado. Seu jardim com cara nova em poucos passos.

www.jcuberaba.com.br - facebook.com/jornaldacidade

Existem hoje no mercado lojas que unem bom gosto e qualidade, e tudo isso vem junto com um precinho amigo. Não se esqueça também de usar peças artesanais de sua região. Ponha seu senso de bom gosto para funcionar, se for criativo faça você mesmo seus adornos e reinvente sua decoração

Dicas elegantes para receber bem

Durante o dia tudo se destaca, por isso, muita atenção aos detalhes. Preencha a casa com fartos arranjos de flores, escolha jogos americanos claros ou rústicos. As cortinas não devem eliminar a luz, apenas filtra-la, para que não ofusque a visão de seus convidados. Se desejar clarear mais o ambiente, use espelhos para refletir a luz natural.


Uberaba, 16 a 29 de março de 2013

9

Turismo

felipecostacurta.com

f e l i p e c o s ta c u r ta

#Cingapura

Marina Bay

Onde a Arábia, China e a Índia convivem com a modernidade

Bairro sobre as águas (foto abaixo), incrivelmente moderno com complexos hoteleiros e financeiros, esta área destaca-se pela audácia arquitetônica, Desafios matemáticos edificados em vidros e aço, representa a força e o poder da Ásia contemporânea.

FOTOS/DIVULGAÇÃO

Considerada uma das metrópoles mais futuristas

Ochard

Excelente área para quem quer comprar, de tudo, e para todos!

Sentosa

Vista do alto, Cingapura é um paraíso de prédios e espaços verdes

Língua. Mesmo estando na Ásia, o idioma é o inglês. Pode se falar com todos, dos comerciantes aos empresários; mesmo com sotaque peculiar eles se esforçam em agradar e entender, seja qual for a sua fluência. A população se divide entre malaio, mandarim e tamil. Torre de Babel. Constituída por malaios, chineses, indianos e por várias outras nacionalidades, Cingapura, como qualquer grande centro, tem uma “multiculturalidade” no seu dia a dia. Gente de todos os cantos, Oriente e Ocidente encontram-se neste enorme polo ecumênico! O que se come? Toda esta “multiculturalidade” traz uma diversidade gastronômica incrível. Pratos de todos os lugares do mundo, além, como não podia deixar de ser, uma alta culinária pan-asiática que deixa qualquer ocidental e oriental de queixo caído, o que não significa que sejam pratos caros: lembramos que este é um lugar mais sofisticado, com valores mais elevados que o que estamos acostumados , principalmente na Ásia! Pra lá e pra cá! Locomover-se em Cingapura é fácil, prático e organizado! Por onde se anda

consegue-se uma ótima explicação e ninguém passa maiores problemas. Metrô, táxi, ônibus ou barcos, seja qual for seu meio de transporte, você estará seguro e confortável! Jogo limpo. Da mesma forma o Japão, a Tailândia e algumas exceções no enorme continente, Cingapura é mais do que limpa e orgulha-se de ter o mais limpo bairro indiano do planeta! Ninguém fica de fora. Não importa qual seja o seu perfil, você está IN, de mochileiros a executivos, sofisticados ou relax! Sozinho, em casal ou com amigos, com e sem crianças, Cingapura tem opções para todos os que por ali passam ! Sempre vamos encontrar a “nossa cara” em Cingapura Uma Cingapura por dia. Como dizem os chineses... “Não devemos voltar duas vezes onde fomos felizes” em Cingapura isso nunca acontece, sempre ha algo de novo, de inusitado, de interessante e de descolado para se conhecer, mesmo que não seja a primeira vez, nunca se volta à mesma Cingapura! Parques, monumentos arquitetônicos, jardins, cantinhos aqui ou lá! Restaurantes, atrações, este é o coração da pulsaste Ásia.

Distante do centro está esta pequena ilha que guarda momentos de descontração e diversão para quem se cansou da super agitada Cingapura!

24 horas de shopping

Em Little India encontramos a Mustafa Centre, uma loja que não fecha. Como uma loja mercado encontramos de tudo, de comidas, tecidos, objetos, enfim, uma profusão de fragmentos de diferentes regiões da Índia! Interessantíssimo! Sem contar as comidas! Nas frutas, flores e tudo mais. Um lugar imperdível.

Little Índia, tradições preservadas O bairro indiano que é fiel às suas tradições mesmo depois da mudança político-social após a independência de Cingapura. O lugar que mais guarda e preserva os traços éticos da cultura que formou Cingapura. Traços fortes da Cultura TAMIL (região do sudeste da Índia , berço dos primeiros imigrantes indianos em Cingapura). Por isso encontramos homens e mulheres com sáris e respeitando cultos e tradições indianas mes-

Race Court Road

Uma infinidade de restaurantes de todos os gostos e para todos os bolsos, comidas nepalesas e de várias outras regiões da India!

www.jcuberaba.com.br - facebook.com/jornaldacidade

mo nos dias de hoje. Assim como a Índia, o bairro não é fácil para os turistas, mas é muito limpo e mais organizado que em sua terra natal! Mas se compararmos às outras áreas de Cingapura, percebemos uma densidade muito maior. Exemplo é a Saragoon Road, que revela uma arquitetura diferente e colorida com barraquinhas de temperos, flores, joias, doces, roupas, e uma certa poluição visual, sempre com músicas. Um verdadeiro pedacinho da Índia.

Vem com a gente!

Até a próxima! e não se esqueçam: dia 29 de setembro nos vemos em CINGAPURA, em uma incrível viagem pela Ásia. DUBAI, CINGAPURA, BALI e BANGKOK. Para maiores detalhes sobre esta ou uma das seis viagens que faremos este ano em torno do planeta Terra, informações pelo telefone (34) 3316-6828 (Eventho Turismo)


Uberaba, 16 a 29 de março de 2013

Cultura

rosedutra.blogspot.com rose.rosedutra@gmail.com

r o s e dut r a

#Miniaturas

Dexterz agita a Sirena Tour em Uberaba

Artistas transformam ‘lixo’ em maquetes encantadoras FOTO/DIVULGAÇÃO

Obras compõem catálogos de artesãos locais

Cowboy Fest No dia 23, chega a festa Cowboy Fest (Pró Eventos e I9 Produções), no Jockey Park, trazendo João Carreiro & Capataz, Fernando & Sorocaba, Inimigos da HP e Enzo e Danniel, com vendas de convites no Shopping Uberaba.

Quem visitou a Exposição 193 Anos do Shopping Uberaba viu os painéis com as fotos (antigas e atuais) dos principais pontos turísticos da cidade e encantou-se com a maquete da praça Rui Barbosa, cedida pelo Museu do Zebu, com miniaturas espetaculares retratando os antigos casarões com uma impressionante riqueza de detalhes. O trabalho é do casal de artistas que Uberaba conquistou há 11 anos, José Eduardo e Sandra Monteiro. As obras integram importantes catálogos nacionais com alcance internacional destacando artesãos do interior brasileiro. As peças têm o selo do Instituto Qualidade Sustentável (IQS), uma organização sem fins lucrativos, criada com o objetivo de desenvolver atividades e projetos voltados à melhoria da qualidade, ao aperfeiçoamento tecnológico

e à certificação de produtos e sistemas do setor artesanal. A arte surge a partir de caixas que seriam descartadas e outros materiais que teriam o mesmo destino como pisca-pisca, isopor, espuma. Além das miniaturas, eles confeccionam vasos, flores, bonecas e esculturas diversas, todas rústicas, originais, diferenciadas e ecologicamente corretas. Conheça um pouco mais sobre o talento do casal José Eduardo e Sandra no site www.arteempapelao.com

Uberaba, cidade festeira e com efervescência cultural rara, recebe shows das mais variadas vertentes com o prestígio do público que é eclético e prestigia o talento do sertanejo universitário, passando pela boa MPB e, claro, a música eletrônica. No dia 16 será a vez da Festa Sirena Tour Uberaba 2013 (Top Entretenimentos e Kamillim), na Casa do Folclore, com line bacana formado por Dexterz ( na foto, Junior Lima - Amon ler (Residente Sirena) , Olin Batista, Lima - Julio Torres) , Djs Fabiano Samhara e Fabiano Sousa, além do Tamburus (Warm Up) , Tom Kel- projeto BPM.

Mostra exibe nova fase de Hélio Siqueira No Centro de Cultura José Maria Barra/Sesiminas está em cartaz a Exposição Pintura/ Pinturas do artista Hélio Siqueira, atraindo grande público para prestigiar telas de beleza estonteante. Trata-se de uma nova e renovada fase de sua produção artística: surge uma nova pintura e uma pintura nova, mais jovem e mais madura, de alma leve que se acumula sobre telas

de dimensões variadas, onde Hélio incorpora a emblemática técnica da encáustica e processa suas dúvidas para se renovar e colocar novos ares em seu trabalho. Paulo Miranda é o autor do texto de apresentação da mostra, que reúne trabalhos dos últimos anos de Hélio Siqueira. Visitação pode ser feita até o dia 30, de segunda a domingo, das 9h às 21h. Imperdível!

Banda B4 lança CD com bom pop-rock A banda B4 acaba de lançar o primeiro CD e é a mais nova contratada da DF Produções Artísticas. A banda tem em sua bagagem grande experiência e profissionalismo

Dica da semana

Livro O Lado Bom da Vida, de Quick Matthew, sobre um homem que acredita na felicidade, no amor e na esperança, está entre os mais vendidos segundo a Veja. Vá a Alternativa Cultural e reserve o seu!

www.jcuberaba.com.br - facebook.com/jornaldacidade

adquiridos nos diversos eventos e shows realizados, além de já ter dividido o palco com grandes nomes do rock nacional como as bandas Capital Inicial e Tihuana. Foto/Luiz Felipe Santos

10


11

Uberaba, 16 a 29 de março de 2013

Tecnologia

llopes@hotmail.com

lu c i a n o l o p e s

#Segurança virtual

Arquivos de músicas e filmes nas nuvens

Seus dados protegidos onde você estiver

A computação em nuvem também provocou uma mudança radical no modelo de venda de música. Comprar música (ou alugar filmes) pela internet é muito rápido e simples – e nem é tão caro como antes.

FOTO/DIVULGAÇÃO

Computação em nuvem Dropbox É um dos serviços de armazenamento em nuvem mais conhecidos. Gratuito até 2 GB de espaço, cobra cerca de US$ 10/mês para guardar 100 GB de dados. http:// www.dropbox.com

Já é possível comprar uma música ou um álbum e manter cópias em vários computadores – tudo legalizado e com excelente qualidade de áudio. Conheça o iTunes Match: http://goo.gl/bheFG

Notebooks para computação em nuvem Uma nova geração de notebooks foi criada especialmente para consumidores de serviços de computação em nuvem: aparelhos que não possuem recursos para

armazenar dados no seu interior – quase tudo fica na internet. O preço ainda é salgado e, por enquanto, são raridades no Brasil. Leia mais: http://goo.gl/TVuW5

Google Drive

Computação em nuvem: tecnologia acessível, confiavél e simplificada

Quantos computadores diferentes você usou ou vai usar hoje? É bem possível que mais de um (antes de responder a pergunta, considere que smartphones e tablets são computadores). Com certeza, pelo menos um desses aparelhos possui informações importantes, que têm algum valor para você, para a sua família ou para a sua empresa. Se os dados são importantes, precisam estar protegidos – o que pode ser feito através das cópias de segurança. Quase todas as pessoas (e empresas) guardam informações preciosas em fotos, vídeos, documentos, bancos de dados, e-mails e em outros sistemas. Computadores não

costumam avisar quando um defeito vai ocorrer... então é preciso estar prevenido. Se passamos boa parte do tempo na internet e a utilizamos para pesquisar, descobrir, estudar, trabalhar, divertir e relacionar, por que não utilizá-la para proteger dados importantes? Para aumentar a segurança das informações e evitar problemas quando um computador ou um pen-drive falhar, milhões de pessoas utilizam o armazenamento de dados na nuvem – que é a guarda de informações em locais seguros na internet. Veja, ao lado, algumas opções de empresas que oferecem serviços confiáveis baseados na computação em nuvem.

Permite armazenar gratuitamente até 5 GB de arquivos para quem tem uma conta Google. Um usuário pode armazenar até 16 TB nos servidores do Google, basta bancar uma conta de US$ 800/mês. 1 TB equivale a 1024 GB! SkyDrive Promessa da Microsoft para garantir segurança no armazenamento de dados, oferecia 25 GB gratuitos quando foi lançado. Quem criar uma conta agora tem direito a ‘apenas’ 7 GB.

Backup, cópia de segurança, na nuvem Os serviços para armazenar arquivos são acessíveis a todos. Desde opções gratuitas – com menor quantidade de espaço disponível – até opções pagas com recursos avançados de compartilhamento,

www.jcuberaba.com.br - facebook.com/jornaldacidade

capazes de guardar uma quantidade significativa de informação. Um dos mais conhecidos é o SkyDrive, da Microsoft: 7 GB disponíveis para quem tem uma conta de acesso do Hotmail, Outlook.com ou MSN.


12

Uberaba, 16 a 29 de março de 2013

Esporte

facebook.com/rodolfo.natalio rodolfonatalio@hotmail.com

r o d o lf o a r a ú j o

#Equilíbrio

Por onde anda

Slackline, o esporte da vez FOTOs/DIVULGAÇÃO

Prática surgiu na Califórnia nos anos 80

FOTO/DIVULGAÇÃO

Ex-jogador do Uberaba Sport Club, o atacante Danilo Dias (foto abaixo) segue como um dos destaques do Marítimo. Desde que chegou a Portugal, o time é presença constante na Liga Europa. Show esse cara!

Destaque

O goleiro Fernando Leal tem sido o destaque do Oeste, que disputa a Série A do Campeonato Paulista. O time de Itápolis ocupa a 13ª colocação na tabela. Boa sorte ao Fernando! E para quem tem a curiosidade de experimentar o esporte, vai o conselho. “Todos devem tentar. É um esporte tranquilo, faz muito bem para a mente e para o corpo de quem treina. Com determinação, o resultado é rápido”, diz Ricardo. História - Em meados dos anos 80, escaladores da Califórnia, nos Estados Unidos, em seu período de descanso, resolveram esticar uma corda entre duas árvores e tentaram caminhar de uma ponta a outra. A brincadeira ficou tão divertida que foi passando de pessoa a pessoa, adquirindo uma cultura e técnicas tão impressionantes, que acabou tornando-se um esporte. Com o passar do tempo esta brincadeira virou moda, adquiriu vertentes e passou a se chamar slackline.

Estádio Uberabão ou Uberabinha? O estádio que chegou a ser interditado esse ano precisa de melhorias urgentes. O gramado que foi trocado recentemente está parecendo um pasto. Um mega projeto de remodelação, no valor aproximado de R$ 17 milhões, chegou a ser apresentado em 2009, mas até agora nada

saiu do papel. A atual administração deveria estreitar mais os laços com o Ministério dos Esportes e tentar algo para o nosso estádio. Depois reclamam de comparações com a nossa vizinha Uberlândia, mas vejamos o Parque do Sabiá: um dos melhores estádios do interior do país.

Fiascou?

Natural de Uberaba, o volante Zé Eduardo (foto ao lado) não consegue emplacar na Europa. Revelado pelo Cruzeiro, o jogador de 21 anos era visto como uma grata promessa nacional. Pela Seleção Brasileira de base, esteve presente em importantes competições internacionais. Após passar por Ajax, da Holanda, e Parma, da Itália, o atleta ‘perambula’ por fracas equipes da ‘Velha Bota’. Depois de atuar pelo Empoli, Zé Eduardo está no Padova.

www.jcuberaba.com.br - facebook.com/jornaldacidade

Amor ao time

Os uberabenses Diney Nunes, Jordana Mangela e Plínio Coelho, torcedores do Fortaleza, na inauguração do estádio Castelão, em Fortaleza (CE). FOTO/DIVULGAÇÃO

A corda por aqui não tem nada de bamba. É muito bem esticada, fixada e está sempre entre duas árvores ou pedras. Sobre ela, a pessoa tem como objetivo atravessar de um lado para o outro, com extremo equilíbrio. Esse é o slackline, esporte vindo dos Estados Unidos, que está invadindo as praças de Uberaba. E a brincadeira na cidade ficou séria. Um grupo com quase 200 integrantes foi formado. É o ‘Slackura’. “Comecei a praticar o slackline em 2010. Meus amigos me chamavam para treinar e um dia decidi ir. No nosso grupo, uma média de 30 pessoas se encontram diariamente. Isso é uma terapia que me deixa mais concentrado e em forma”, afirma o estudante universitário Ricardo Vasques.

FOTO/DIVULGAÇÃO

Ricardo Vasques praticando o slackline: esporte ganha força em Uberaba


13

Uberaba, 16 a 29 de março de 2013

Espaço Sinhorescon #Delícias do oriente

Parceria

Culinária árabe conquista o paladar uberabense

O Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares, Condomínios e Similares de Uberaba (Sinhorescon) divulgará suas atividades e informações todos os meses no Jornal da Cidade

Balbec e Bar do Latif são expoentes da gastronomia

A liberdade sindical e o poder negocial RICARDO PERDIGÃO Advogado OAB-44613 MG

Bruno assis Estagiário de Jornalismo

A culinária árabe, muito tradicional em Uberaba, teve suas origens na cidade há aproximados 80 anos, com a migração de libaneses, árabes, sírios e turcos. A denominação árabe é um termo genérico que envolve, principalmente, os povos do Oriente Médio e do norte da África. A popularização das iguarias árabes em Uberaba deveu-se muito aos restaurantes Balbec e Bar do Latif. Marcos Abud, de avô materno libanês, retornou com sua esposa para Uberaba no ano de 1986. Vieram em busca de uma oportunidade de trabalho como professores universitários e, devido a dificuldades do mercado de trabalho, tiveram a ideia de montar uma cozinha árabe. No mesmo ano de sua chegada inauguraram o Balbec. O restaurante iniciou suas atividades com a proposta de vender apenas quibes, esfirras e produtos sírios. Atendendo aos pedidos dos clientes, os proprietários modificaram os seus produtos. Hoje servem quibes crus, fritos, assados, uma variação cuja massa é feita de batata e trigo e recheio de trigo (criado para a época da Quaresma, e devido à boa aceitação é vendido durante o ano todo), esfirras e o charuto (na folha de uva, de repolho ou de couve). Atualmente, a empresa conta com 64 funcio-

nários. “A aceitação da comida árabe em Uberaba foi excelente, pois além de simples, a comida é muito saborosa e fácil de fazer. Qualquer prato árabe é a mistura de dois ou três ingredientes e tempero”, comenta o proprietário. Direto do Líbano Natural do Líbano, Latif Amine Abdallah chegou a Uberaba há 48 anos, e resolveu abrir um bar após fechar sua mercearia. “O propósito foi mesmo o de sobrevivência. Em 1993 tínhamos três filhos pequenos para criar, e como a mercearia não

estava indo bem, resolvi fechá-la e apostar na venda de salgados e porções”, relembra o libanês à época em que inaugurou o Bar do Latif. No início do bar, a esposa de Latif tomou a frente da cozinha. Ela preparava esfirras, quibes, e algumas porções, entre elas ariche, quibe cru e grão de bico. E sob encomenda, fazia charutos, arroz com lentilha e tabule. Hoje, as opções são variadas, são mais de 50 combinações de esfirras de sal, esfirras doces e várias porções árabes. Recentemente, o Bar do Latif inaugurou mais uma unidade, agora no Shopping Center Uberaba.

A Constituição Federal prevê a livre criação de sindicatos, que passou a prescindir da autorização do Estado, caminhando no sentido da liberdade sindical, assim entendida como o direito de auto-regulamentação. Não obstante, manteve a unicidade sindical e a contribuição sindical obrigatória, que mitigam os efeitos da referida liberdade, distanciando o Brasil da efetiva liberdade sindical. Essa liberdade sofre restrição, ainda, no tocante ao conteúdo que pode ser disciplinado em sede de instrumento coletivo (convenção ou acordo coletivo), havendo muita restrição pelos Tribunais no tocante à disciplina de matérias entendidas como não alcançadas pelo poder negocial das categorias profissional e econômica.

No entanto, surgem, no momento, várias frentes defendendo maior poder negocial aos sindicatos, podendo haver disposição, inclusive, de forma não apenas diferente como até mesmo contrária àquelas previstas em lei. A medida é acertada, uma vez que uma lei alcança todo o território nacional, abrangendo todas as categorias (comércio, indústria, prestação de serviços), enquanto que a convenção coletiva se restringe a uma base territorial (por exemplo, a cidade de Uberaba), disciplinando apenas um segmento do setor produtivo. Aguardemos, pois, a nova disciplina legal, a qual promoverá, de fato, o soerguimento do movimento sindical, com ênfase para os sindicatos que realmente prestam um trabalho em prol da categoria que representam.

1989

Comidas como quibe, esfirra, charuto e grão de bico são os pratos árabes mais populares na mesa dos uberabenses

Filie-se ao Sinhorescon Uberaba Av. Leopoldino de Oliveira, 4.113 - Sala 230 (34) 3332-0008 - sinhorescon@hotmail.com

www.jcuberaba.com.br - facebook.com/jornaldacidade

24 ANOS

2013


14

Uberaba, 16 a 29 de março de 2013

Social

da n i e l a n g o tt i FotoS/luiz adolfo

#Posse CDL Miguel Faria assume presidência

Fúlvio Ferreira e Miguel Faria: aperto de mãos na posse

Sob o comando da competente e querida Alcinéia Cabral (foto à dir.), a Revista Especial Mulher completa cinco anos. Uma verdadeira história de cumplicidade e muito sucesso. No dia 22 de março, no Jockey Park, acontecerá o lançamento da 17ª edição. A noite solene terá homenagens, desfile internacional e um coquetel com propostas gastronômicas inovadoras. O local será ambientado com decorações requintadas e músicos animarão a festa. A edição comemorativa será apresentada na ocasião e a equipe do JC estará presente celebrando o sucesso da revista Especial Mulher. Fotos /Luiz Adolfo

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL Uberaba) empossou nesta sexta-feira (15), no Parthenon Vip, sua nova Diretoria Executiva e Conselho Fiscal – triênio 2013-15. A sessão solene contou com coquetel e jantar. Na presidência da CDL, o empresário Miguel Faria (River Auto Peças) substitui o querido Fúlvio Ferreira. Conforme estatuto, 30% dos cargos diretivos foram renovados. Uma novidade é que, nesta gestão, subiu para cinco o número de empresárias lojistas que assumem funções diretivas na entidade fundada há 32 anos. Sucesso à nova gestão.

Especial Mulher celebra 5 anos

Presidente Vicente e a vice Maria Angélica, ladeados por convidados e nova diretoria da OAB Uberaba

Sem Censura

Foto /DIVULGAÇÃO

Com seu humor característico e grande popularidade, o comediante Sérgio Mallandro, o rei do Glu-Glu, vem a Uberaba nos dias 16 e 17. Ele apresenta o seu Stand Up Comedy no Teatro Sesiminas (Centro de Cultura José Maria Barra) às 21h e 20h respectivamente. Caia no riso ié ié ...

Vicente e Raimundo Cândido

FOTOS E VÍDEOS (34) 9199-9796 (34) 9211-9414

www.jcuberaba.com.br - facebook.com/jornaldacidade

Foto/DIVULGAÇÃO

daniel.angotti@terra.com.br facebook.com/danielangotti @danielangotti

Baile marca posse na OAB Posse festiva da OAB Uberaba foi prestigiada no dia 1° de março pela sociedade uberabense, que acredita no trabalho da diretoria e conselheiros para o triênio 2013-2015. O presidente empossado, Vicente Flávio Macedo Ribeiro, ao lado da vice Maria Angélica Queiroz Cosci, discursou rapidamente, parabenizando a diretoria, os conselheiros e presidentes de comissões que assumem, a partir de agora, novos desafios. Durante a oratória, Vicente enfatizou alguns pontos importantes a serem observados com mais atenção durante os próximos anos de gestão na OAB Uberaba, como a defesa das prerrogativas profissionais e revela: “Dessas condições e pensamentos saiu nosso slogan: A advocacia cresce, a sociedade se fortalece”.


15

Uberaba, 16 a 29 de março de 2013

PAULO LÚCIO 9168.1560 Fotos /akinafoto.com

UFF no Jockey Park

A festa que abalou Uberaba no último dia 9 de março, no Jockey Park, foi o UFF (Uberaba Forth Fight) com grandes combates de MMA, e em seguida o show da dupla João Lucas e Marcelo. O camarote foi comandado pelo querido colunista do JC Renato Firmino e foi super badalado, gente bonita e música animada. TOP!

#Cliques Akinafoto.com

UFF no Jockey com João Lucas e Marcelo

Vamos ao teatro

Tonico Carvalho traz para Uberaba nos próximos dias 23 (21h) e 24 (19h), no Teatro Sesiminas, a peça Como passar em Concurso Público. Também já agendadas para abril, Chá de caridade (26) e Os três porquinhos (27).

Turma bonita curtindo o 4º Pega do Garrote que agitou a Leilopec

www.jcuberaba.com.br - facebook.com/jornaldacidade


16

Uberaba, 16 a 29 de março de 2013

Variedades

renato.firmino@uberabadigital.com.br

r e n at o f i r m i n o

#Forbes

Miss Uberaba, Thiessa conquistou o coração das Minas Gerais

Homem mais rico do mundo ganha US$ 7,6 mil por minuto FOTOs/DIVULGAÇÃO

Empresário é dono de empresa de telefonia com ramificações em toda América Latina

Mexicano Carlos Slim Helou, nada menos que o homem mais rico do mundo

Qual nome vem à sua cabeça quando você pensa no “homem mais rico do mundo”? Se você ainda lembra de Bill Gates, você está alguns anos atrasado. O nome da vez é o mexicano Carlos Slim, listado pelo quarto ano consecutivo o maior bilionário do planeta. Aos 73 anos, o empresário, formado em engenharia civil, conta com um patrimônio estimado em US$ 73 bilhões, segundo a revista Forbes. Em relação à lista do ano passado, Slim viu sua conta bancária engordar cerca de US$ 4 bilhões. Você sabe o que isso significa?

Ganhar US$ 4 bilhões em um ano representa acumular US$ 126 por segundo. Carlos Slim ganha em dois minutos de vida mais do que muitos mexicanos faturam em um ano. Estima-se que o PIB per capita do México gire em torno de US$ 10 mil anuais, enquanto o empresário acumula US$ 15 mil em dois minutos. A telefonia tem sido a “galinha dos ovos de ouros” de Slim. Ele é dono da América Móvil, empresa de telecomunicações que tem seus braços espalhados por toda a América Latina, incluindo o Brasil. A Claro é a ramificação da empresa aqui no país.

Milagre 1 Eleito para presidir a Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados, o polêmico pastor Marco Feliciano (PSC-SP) aparece em vídeo que está circulando nas redes sociais pedindo doações de fieis da Assembleia de Deus, na Catedral do Avivamento, da qual ele é presidente. Segundo o vídeo, o flagrante ocorreu em Ribeirão Preto (interior de São Paulo).

Milagre 2

No vídeo, o pastor declara o que está recebendo, desde cheques, motocicleta e até um cartão, mas reclama que o fiel não passou a senha: "Aí não vale, depois vai pedir um milagre para Deus, Deus não vai dar e vai falar que Deus é ruim", afirmou o pastor.

Thiessa Sickert completou recentemente apenas 20 anos de idade. Linda, simples e tem uma humildade que faz a diferença, para quem carrega na cabeça a coroa de mulher mais linda de Minas Gerais e ainda a terceira mulher mais linda do Brasil (única na história de Uberaba). Já está passando da hora de santo de casa fazer milagres. De ser reconhecido o talento e deixar de ser fulano ou beltrano porque tem sobrenome ou porque já teve dinheiro. Social é quem faz a noite, brilha e faz acontecer. A bela, após a participação nestes concursos, tem participado de eventos representando a cidade de Uberaba e Minas Gerais, fazendo fotos para agências publicitárias, lojas ligadas a moda feminina e gravado comerciais.

www.jcuberaba.com.br - facebook.com/jornaldacidade


Um time e tanto recebendo os mimos de Carol e sua família Página 18

Uberaba, 16 a 29 de março de 2013

Dog Minas e os diferenciais que deram certo Uma das maiores distribuidoras do segmento pet da região apresenta os diferenciais que levaram a 12 anos de excelência Página 19

www.jcuberaba.com.br - facebook.com/jornaldacidade

17 FOTOs/arquivo pessoal

Uberaba, 16 a 29 de março de 2013


18

Uberaba, 16 a 29 de março de 2013

Amo meu Pet

Versão online: issuu.com.br/jornalpettop facebook.com.br/jornalpettop jornalpettop@hotmail.com

#Um time e tanto

Participe

Amor pelos animais não tem fim

Entre em contato com a nossa redação e conte a sua história de amor com o seu pet. jornalpettop@hotmail.com Tel. (34) 3316.6400

FOTO/ARQUIVO PESSOAL

Fotógrafa conta as muitas histórias dos animais da sua vida

Carol com alguns dos seus bichinhos de estimação: cuidado e carinho com animais vítimas de maus tratos

cAROL PAULINO Fotógrafa da Pet Book e leitora do Pettop

Minha relação com os animais começou desde cedo. Sempre tive cachorro em casa. Na verdade, comecei com uma cocker, a Anina, que era da minha mãe. Quando ela morreu, já com 15 anos, eu e minha irmã ganhamos uma poodle e uma boxer, a Priska e a Bass. As duas cresceram juntas e foram companhia pra mim e minha irmã durante a infância. A Bass morreu há 4 anos com um tipo raro de câncer, mas a Priskinha continua conosco, hoje com 14 anos. Há cinco anos comecei a trabalhar em um pet shop em Vitória (ES), onde eu morava, e então minha paixão e da minha família pelos animais só cresceu. Lá conheci Virginia Brandão, presidente da Sociedade Protetora dos Animais do Espírito Santo (Sopaes) e cada vez mais me envolvi na causa. Diversos animais passaram por minha casa, como lar provisório, tratamento pós-cirúrgico, ou simplesmente para ter um fim de vida, como o caso da Bolinha, uma vira-latinha resgatada da rua com câncer em estágio terminal. Nesse meio tempo, alguns apareceram e ficaram. Hoje, são onze aqui em casa. Cinco cães e seis

gatos, todos adotados, exceto a Priska, a “matriarca da casa”. Cada um tem sua história e peculiaridade. Pingo, nosso pincher, foi adotado por três famílias e devolvido todas as vezes. O Niko, um vira-lata, foi atropelado e perdeu uma das patas, mas se esquece disso, pois corre e pula como se tivesse as quatro. Fuka e Ludmilla, meus gatos, viveram durante um ano em uma gaiola no pet onde eu trabalhava, até que eu pude levá-los para casa. Fuka foi resgatado em um ferro-velho, com uma ferida no pescoço, que deixava todos os nervos e músculos expostos; hoje ele pesa quase 8 quilos e tem uma vida mansa. Haika, a mes-

Procura-se

Bruce desapareceu nas imediações do bairro Estados Unidos. Informações fale com Diego no (34) 9907-1523

tiça de boxer, foi encontrada na rua, era filhote ainda e estava às voltas de um vira-latinha morto envenenado; foram quase duas horas até que minha mãe e irmã conseguissem pegá-la. Ela estava desnutrida e machucada, o que sinalizava os maus tratos. Levou quase dois meses até que ela se acostumasse conosco, e ainda assim hoje, depois de 3 anos, ela é muito assustada. Como minha mãe costuma dizer, “só gostando muito”, pois não é fácil cuidar dessa tropa toda. Mas nada paga as carinhas de alegria quando chegamos em casa ou nossos bichanos “amassando pão” na cama na hora de dormir.

www.jcuberaba.com.br - facebook.com/jornaldacidade

Procura-se este filhote que desapareceu nas proximidades da Uniube. Qualquer informação ligue para Marcelo: 9125-7139 ou 88249605. Gratifica-se.


19

Uberaba, 16 a 29 de março de 2013

Entrevista

Versão online: issuu.com.br/jornalpettop facebook.com.br/jornalpettop jornalpettop@hotmail.com FOTO/DIVULGAÇÃO

#Dog Minas

Equipe diferenciada para servir bem

Distribuidora conta com veterinários na área comercial para se destacar no mercado pet ALEX ROCHA Jornalista

Com o objetivo de atuar no mercado pet com produtos de qualidade, diferenciados e específicos, que satisfaçam as necessidades dos consumidores e proprieJornal da Cidade - Vocês distribuem produtos de quais empresas? E em quais cidades? Karina Mendes - Atuamos hoje no Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, representando as fábricas Premier Pet e Nutrópica, os laboratórios Merial, Cepav e Labyes e ainda as empresas Empório Pet, Granado e Vet Sense. JC - Quantos profissionais fazem parte da Dog Minas atualmente? KM - Temos uma equipe com cinco funcionárias que atuam internamente no escritório, seis funcionários no estoque, uma equipe de consultores e promotores de venda que atuam externamente. A equipe de divulgação é formada por quatro veterinários e a equipe de vendas é formada por seis profissionais, sendo quatro veterinários. A distribuidora conta ainda com duas supervisoras, ambas veterinárias. JC - Qual função o profissional veterinário exerce na área comercial? KM - Para a distribuidora, o veterinário representa um papel chave na distribuição dos nossos produtos. O que quero dizer é que sentimos mais facilidade na abordagem com o lojista e com o próprio colega de trabalho, o profissional veterinário atuante em clínica, conciliando a teoria da graduação com a prática do dia-a-dia. Os resultados são profissionais seguros, capacitados e preparados para indicar os produtos representados, cientes dos diferenciais, vantagens e possíveis pontos fracos. O segredo é o conhecimento. Se temos conhecimento, conseguimos discutir, debater e convencer o uso ou a indicação do nosso produto. JC - E há preconceito dos próprios profissionais em relação a isso? KM - A maioria dos profissionais veterinários demonstra certo preconceito pela atuação na área comercial, e isso é aceitável pela própria cultura acadêmica, onde aprendemos, na maioria das vezes, clinicar, analisar exames e realizar procedimentos cirúrgicos em pets e em animais de produção, mas aprendemos muito

tários de pets, a distribuidora Dog Minas nasceu há 12 anos. A supervisora Karina Mendes detalha a atuação da empresa, a importância do profissional veterinário na área comercial e avalia a atual situação do mercado pet. pouco em lidar com pessoas, a ser o gestor de uma empresa relacionada à área. A medicina veterinária é um dos cursos que mais oferece segmentação. E isso é bom, nos traz crescimento profissional e visão de mercado. JC - Como é a preparação desse profissional? O que o mercado exige em especialização? KM - Hoje temos alguns pré-requisitos importantes, pois além de preferirmos o profissional da área veterinária, avaliamos a disposição e facilidade em comunicar com as pessoas, além de flexibilidade, pois atendemos uma média de 200 lojas na nossa área. Para criar e manter uma relação saudável desde o início do atendimento, devemos entender, primeiramente, a real necessidade daquele pet, do estabelecimento como banho e tosa, como agropecuária, pet shop, clínica etc. Toda nossa equipe é treinada e capacitada antes da visita e consultoria de vendas nos pet shops. O mercado por si só vai se especializando, a tendência é essa, e lógico que nós, profissionais atuantes ou interessados, devemos acompanhar e procurar por especializações nas áreas afins: administração, marketing, logística etc. JC - Sobre esse mercado. Como vocês o avaliam?

Profissionais qualificados e entrosados garantem o sucesso da Dog Minas, empresa presente em toda a região

KM - O mercado tem se especializado e a concorrência, que em nosso entendimento é sempre saudável, nos leva a procurar um diferencial, uma nova forma de avaliar, analisar e enxergar o nosso mercado. Isso é bom, e traz profissionais cada vez mais preparados e com estratégias inteligentes. O alcance do objetivo final torna-se mais fácil: fazer com que o consumidor, proprietário de pets, tenha acesso cada vez mais e mais rapidamente às informações inovadoras, através de investimentos constantes em pesquisas e aperfeiçoamento de produtos. JC - Com toda essa preparação, a quem os profissionais da área de vendas podem instruir? KM - Temos uma equipe com a função de treinar os atendentes das lojas pets, os veterinários, lojistas e criadores, levando sempre informações atualizadas e reciclando o conhecimento para a indicação clara e segura dos produtos e seus benefícios para os animais de estimação. Os atuantes da área são veículos de informações relevantes para a saúde e nutrição de pets. JC - E para os clientes e consumidores, como a participação desses profissionais gera benefícios? KM - O profissional veterinário gera

e leva credibilidade aos consumidores, e com os produtos que trabalhamos isso fica mais fácil, estamos seguros na indicação, pois sabemos e acreditamos que promovem benefícios, comprovados por constantes pesquisas. Para indicar é preciso confiar, e é por isso que trabalhamos com produtos de qualidade. E o melhor é saber que a relação entre pet shop, distribuidora e consumidor/ proprietário de pet não se resume a uma relação capitalista, onde se

Há 17 anos no mesmo local no mercado uberabense! Regina, grande conhecedora dos animais, vem prestando serviços de primeiros socorros para a comunidade.

PET SHOP Disk Rações (34) 3314-5905

Rações para cães, gatos, peixes, coelhos, pássaros, aves, medicamentos e etc.

FAZEMOS BANHO E TOSA Av. José Valim de Mello, 950 - Uberaba/MG

www.jcuberaba.com.br - facebook.com/jornaldacidade

pede um produto e paga-se por ele. Na nossa concepção, vai além disso. Primeiramente, existe a orientação, a necessidade do benefício para o bem estar do pet e das pessoas que convivem com ele. Um exemplo é o Frontline, um produto de fácil aplicação, indicado para pulgas e carrapatos, não tóxico para o animal e nem para o dono, que traz tranquilidade para as crianças brincarem com seus pets sem risco algum. Isso é diferencial, é qualidade.


20

Uberaba, 16 a 29 de março de 2013

Raças

Versão online: issuu.com.br/jornalpettop facebook.com.br/jornalpettop jornalpettop@hotmail.com

Para colorir

#Eu sou o papagaio

Inteligência garante a popularidade do papagaio-verdadeiro FOTO/DIVULGAÇÃO

Sua habilidade de imitar os sons de seus donos o tornou a ave mais procurada Bruno assis Estagiário de Jornalismo

O papagaio-verdadeiro, cujo nome científico é Amazona aestiva, pode ser encontrado também com os nomes de trombeteiro, curau, papagaio-curau, papagaio-grego, ajurujurá, ajuruetê, papagaio-de-fronte-azul e papagaio-comum. Essa ave vive em mata úmida ou seca, caatinga, cerrado e principalmente nas florestas amazônicas. No interior do Brasil é encontrada desde o Rio Grande do Sul, passando por Mato Grosso, Minas Gerais e Goiás, até a região Nordeste, entre Bahia, Piauí e Pernambuco. Também pode ser encontrada em países vizinhos, como a Argentina, Paraguai e Bolívia. Este pássaro costuma apresentar uma plumagem predominantemente verde, com algumas

Um fato curioso sobre essa ave é que ela costuma ter somente um parceiro durante toda a sua vida

partes do corpo em amarelo, azul e vermelho. A diferenciação entre machos e fêmeas dessa espécie é complicada, já que não apresentam claras diferenças físicas. Sua alimentação é composta por sementes, folhas, castanhas, brotos e frutas. O papagaio-verdadeiro pode atingir mais de 40 centímetros de comprimento e pesa cerca de 400 gramas. Tem uma expectativa de vida variável de 50 a 80 anos. Um fato curioso sobre essa espécie é que ela costuma ter somente um parceiro durante toda sua vida, o que prejudica sua reprodução caso haja morte ou se seu companheiro for capturado. Seus ni-

Além do Brasil, a ave é encontrada na Argentina, Bolívia e Paraguai

nhos são, em geral, feitos em ocos de árvores no interior das matas, e a reprodução tem duração de cinco meses. A fêmea bota entre três a cinco ovos em uma ninhada. Sua incubação dura aproximadamente 30 dias, e após 60 dias da eclosão dos ovos seus filhotes já estão prontos para sair do ninho. É uma das espécies de aves mais inteligentes, pois possui a capacidade de reproduzir sons. Por esse motivo é uma ave muito procurada como animal de estimação e sofre com captura para o comércio ilegal. A forma legal de se ter o papagaio-verdadeiro e outras aves da fauna brasileira é por meio de uma permissão do Instituto do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), que emite uma documentação e uma anilha de identificação para o animal.

Notáveis

A popularidade do papagaio-verdadeiro já lhe rendeu personagens notáveis, como o boneco Louro José, que participa do programa Mais Você, da Rede Globo de Televisão, e está há 16 anos junto com a apresentadora Ana Maria Braga, além do personagem Zé Carioca, criado pelos estúdios Walt Disney na década de 40.

Ariadna Helena C. Murta da Fonseca laboravet.uberaba@gmail.com

Rua: Angélica, nº 502 Vila Maria Helena Cep: 38020-010 Uberaba - MG

Fones: (34) 3333.9540 - 3333.9227 Celular: (34) 7812-0504 (Nextel) Rádio: 55*93*121114 Celular: (34) 7812-8460 (Nextel) Rádio: 55*99*121112

www.jcuberaba.com.br - facebook.com/jornaldacidade


21

Uberaba, 16 a 29 de março de 2013

SOS Pet

Versão online: issuu.com.br/jornalpettop facebook.com.br/jornalpettop jornalpettop@hotmail.com

#Poesia pet

Quatro patas e o mistério do quadro da bailarina taciana tomain

Era um quadro bem antigo Que encontrei no meio do entulho Num lugar da cidade Onde os carroceiros jogavam o lixo... Era feito de madeira Numa pintura muito delicada Onde uma menina bailava Vestida à moda antiga Cheia de rendas, enfeitada Sorrindo, travessa Querendo mostrar seus dotes Um pezinho só no chão Firmava o corpo inteiro O outro pezinho no ar Com uma das mãos Puxando o vestido... Uma dúvida no ar E eu não parava de pensar Como pode um retrato feito a mão Tão bem delineado Em cada ponto, cada traço No lixo ir parar? Pendendo daquela madeira Vinha uma argola de metal E amarrando-a na carroça Bem do lado direito Por onde eu fosse agora estava Minha bailarina a saudar Todos que a vissem passar!

Num local tão abandonado...

Quando vi aquilo Parei a carroça Amarrei numa árvore Pro cavalo não fugir E pra dentro da mansão Corri atrás da cachorra... Gostei daquele quadro!

Restos de louças de porcelana Cortinas, paredes desenhadas Esculturas até nas escadas Que mundo foi esse, eu pensava Onde foram parar As pessoas que aqui, Um dia moraram???

Passei pelo antigo jardim Subi uma escadaria Que, Deus do céu, não sabia Parecia não ter fim!

Pois quando adentrei um dos quartos E na penteadeira avistei Um grande e antigo álbum Com as folhas amareladas Vi, a mesma menina do quadro, Feliz, correndo a abraçar Uma cachorrinha espevitada E que agora, pensando bem Era a mesma, A que me roubou o quadro.......

Com um teto desmoronando, E a força do tempo arrombando A casa parecia ao relento, De muitas primaveras Dando medo, com certeza De sofrer um acidente

Tem gente precisando de um lar FOTO/DIVULGAÇÃO

Leitora

Uma antiga amiga Do seu passado Eis que a cadela pula Bem do meu lado E com os dentes arranca a argola do meu quadro......

Andei por um tempo ali E de todos os cômodos Nenhum tipo de abrigo Ali... encontrei...

Esses filhotes estarão na Feira de Adoção da Supra. Contato: 88473865, Camila.

Cãezinhos para adoção. Contato: 8802-0584 e 3314-0855, Paulo.

Catuxa para adoção! Médio porte, castrada, vacinada, vermifugada e dócil. Contato: 8847-3865, Camila.

Doa-se Beatriz, saudável, vacinada, brincalhona, pelagem curta, dentição perfeita! Espera por um lar muito feliz. Contato: 3311-2989, Cíntia Foster.

Eu levava material de construção Pra todo lado da cidade Casa de rico, de pobre Sempre ia entregar Cimento, areia, argamassa O que meu patrão mandar... Até que um dia, passando numa rua Em frente uma dessas mansões Abandonadas, já sem jardim Onde se podia ver Das rosas que existiram Uns raros e pequenos botões Que, teimosos desabrochavam Por entre a grade dos portões Que já enferrujados E tomados pelo mato Só demonstravam a ausência Dos que foram ali Donos, patrões Abastados Vi, por entre a folhagem Uma cadela, velhinha Encostada também na grade, A esperar, Sem ânimo nem alegria Mas que na minha presença Se assustou, olhando pra carroça, No que eu só podia imaginar, Fome talvez Pelo cheiro do sanduíche Que eu guardava Pra comer mais tarde... Mas, o desespero dela Tão grande, tão estranho Olhando pro meu quadro Onde a bailarina parecia saudar

www.jcuberaba.com.br - facebook.com/jornaldacidade


22

Uberaba, 16 a 29 de março de 2013

Mercado

Versão online: issuu.com.br/jornalpettop facebook.com.br/jornalpettop jornalpettop@hotmail.com

#Empreendedorismo

Formação em auxiliar veterinário é alternativa para pessoas interessadas no mercado pet

Projeta Cursos já formou 120 profissionais em 15 meses O crescimento do mercado pet traz oportunidades a quem deseja uma profissão na área. Uma alternativa de capacitação profissional criada no país há seis anos é o curso de auxiliar veterinário. Em Uberaba, os interessados podem buscar a formação na Projeta Cursos, que oferece o curso há 15 meses e já formou cerca de 120 profissionais. A formação acontece em apenas cinco meses, com carga horária de 80 horas. A grade curricular oferece uma base em atendimento e vendas, autocuidado e biossegurança, comportamento e contenção animal, enfermagem veterinária, saúde pública, nutrição, estética, ética e legislação. O diretor da Projeta, Dalmiro Braga, destaca que a missão do curso é formar o profissional para auxiliar bem o veterinário desde a recepção, durante a cirurgia e no internamento, bem como a recepção em pet shops e a atenção ao cliente. Ele acrescenta: “A missão da escola é profissionalização rápida objetivando fidelização de cliente e lucratividade”. As aulas teóricas e semipráticas, incluindo a simulação de exames e aula de anatomia animal, são realizadas na escola. Já as aulas práticas são realizadas em parcerias com clínicas veterinárias para que os alunos lidem com a realidade e a rotina da profissão. O time de professores é composto pelos médicos veterinários Angelo de Tullio, Sílvia Brasão e Rejane Brasão. O corpo discente não tem restrições. Pessoas de todas as idades, que fazem o curso paralelamente à gradu-

FOTO/DIVULGAÇÃO

alex rocha Jornalista

O cliente de pet não olha preço, ele olha bom atendimento, e isso exige conhecimento

ação em medicina veterinária, ou ainda que fazem o curso para se motivar a ingressar na faculdade, ou mesmo aquelas engajadas em causas de proteção animal. A professora Rejane chama a atenção para o leque de mercado que o aluno dispõe: “A partir do momento em que o profissional tiver o certificado do curso, ele estará mais propício a ingressar no mercado, o qual está crescendo muito aqui na cidade”. Dalmiro acredita positivamente na percepção dos veterinários sobre a necessidade de ter um auxiliar: “Eu sou bem otimista em relação a esse mercado. O marketing nessa área médica veterinária é o boca-a-boca, se ele atender bem, aquela informação vai correr. Se ele entender bem isso, o faturamento tende a aumentar e vai ser muito mais requisitado o auxiliar veterinário”, conclui. Para mais informações: (34) 4102-2000.

Venha trazer seu animalzinho para conhecer a hidratação de ARGAN.

A missão da escola é profissionalização rápida objetivando fidelização de cliente e lucratividade

Clínica e Cirurgia - Banho e Tosa Ofurô Vinhoterapia - Banhos Tropicais Internação - Tosas de Raças Específicas Recreação e Creche - Transporte Plantão 24H Hotel - Tratamento Odontológico

3312-2720 9117-9229 9973-2948 Plantão 24H Rua Conceição das Alagoas,

Dra. Graciela Mendes M. Camacho CRMV.MG-8878

De Segunda à Sexta: das 8hs às 18hs Sábado: das 8hs às 14hs

www.jcuberaba.com.br - facebook.com/jornaldacidade

718 São Benedito


23

Uberaba, 16 a 29 de março de 2013

Galeria Pet

Ângela, cliente da Acãochego, com a dupla dinâmica Tufão e Vitória

Cleia e o golden retreiver Chico, clientes da Studio Pet

Versão online: issuu.com.br/jornalpettop facebook.com.br/jornalpettop jornalpettop@hotmail.com

A dupla de yorks Felipo e Francesca. Look by Studio Pet

Ana Paula Byrro posa com seus novos xodós

Pitelzinha e Pretinha, da leitora Thais Campos, em um momento de ternura

O modelo Rocky Balboa, dos leitores Camila e Jomone Bill, dos papais Helder e Ana Celia, posa para foto

Jazzy, Safira e Mistic, da leitora Zélia, após visita ao Cãotinho

Luck, do leitor Ernani. Look by Cãotinho

A leitora Ana Maria Peres acompanhada do cão Thor

2 filhotinhos de Shih Tzu no Pet Shop Collosso Ligue para 3312.6169 9960.8426 Nosso leitor José Jorge e a cadelinha Nena

Nina ao lado da sua dona, a leitora Jéssica Caetano

www.jcuberaba.com.br - facebook.com/jornaldacidade

O leitor Marcelo Borges acompanhado da Mag

Participe

Mande sua foto para jornalpettop@hotmail.com


24

Uberaba, 16 a 29 de março de 2013

Pet Teen carol oliveira

Versão online: issuu.com.br/jornalpettop facebook.com.br/jornalpettop jornalpettop@hotmail.com FOTOS/ARQUIVO PESSOAL

#Estreia

Cavalos influenciaram Victória em seu hobby Leitores do jornal Pettop, sou Carol Oliveira, tenho 13 anos, sou estudante e hoje é a minha estreia na coluna PetTeen. Eu sempre fui uma fã desta coluna e acompanhei cada edição feita pela Floren-

ça Amorim. A minha primeira entrevistada é a Victória Hueb Castanheira Rocha, 19 anos, estudante de Medicina Veterinária e apaixonada pelos animais desde criança. Espero que gostem desta incrível história!

Carol Oliveira - Qual a idade e nome do cavalo? Sua família é muito apegada a ele? Victória Hueb - Eu tenho seis cavalos. Sendo que hoje estão com: Boy 24 anos, Pocotó - 12 anos, Ibiza - 12 anos, Bianca - 8 anos, Zara - 3 anos, Indy - 4 meses. Sim, todos têm um carinho enorme por eles.

cipei com eles e também com outros animais.

CO - Você já participou de corridas ou campeonatos com ele? VH - O Boy e a Ibiza são os nossos cavalos de competição, e eu já parti-

CO - Eles já ficaram doentes ou foram feridos gravemente? VH - Cavalo é um animal muito sensível, sujeito a várias doenças com

CO - No começo foi difícil treiná-lo? VH - Para treinar um cavalo não é nada fácil. Tem que ter muita paciência, cuidado, e principalmente, gostar do que está fazendo.

Além de seis cavalos, Victória é dona de quatro cadelas

Segunda à Sexta: das 7h30 às 19h Sábado: das 7h30 às 18h Domingo: das 8h às 12h

Victória já foi premiada em campeonatos de laço em dupla, tambor e team penning

facilidade. Eles já tiveram cólicas, laminite, doença de carrapatos e se machucaram no caminhão ao irem para as provas. A Zara foi a que mais sofreu, quando ela tinha dois meses deu laminite nas quatro patinhas, achamos que ela fosse morrer.

VH - Pode se dizer que eu comecei quando nasci. Mas fui aprender a andar sozinha e frequentar treinamentos com quatro anos. E o principal: comecei a laçar com nove anos, quando ganhei meu primeiro lacinho.

CO - Quais são os cuidados que eles recebem? VH - Eles recebem cuidados desde o nascimento até a morte. Muitos comem ração, ficam em pasto apropriado para eles, lambem sal, comem cenoura, rapadura e ovos, recebem remédios para vermes e carrapatos. Quando potros, com seis meses, iniciamos a doma com cabresto.

CO - Você leva a sério ou considera isso mais como um passatempo? VH - Pra levar a sério, tem que ter muito tempo. Como eu estudo muito, eu levo mais como um hobby.

CO - Como começou a fazer montaria? Você já gostava ou recebeu alguma influência? VH - Meus pais, muito antes do meu nascimento, já frequentavam hípicas e centros de treinamento. Meu pai competia pela modalidade de apartação, então eu nasci no meio, tinha um cercadinho para acompanhá-los e cresci cercada por muitos cavalos. Acho que eu nasci gostando, por herança dos meus pais. E para influenciar ainda mais, meu primeiro presente foi uma égua, a Doralina, que acabou morrendo em nossas mãos. CO - Com quantos anos você começou a fazer isso?

Horário de Funcionamento:

CO - Os cavalos fazem o que é pedido ou são desobedientes? VH - Todos os meus cavalos obedecem a mim e ao meu pai. Às vezes querem fazer algo que não pode ou não é necessário para aquele momento, e conseguimos reverter a situação conversando e nunca usando a violência. CO - Você já ganhou algum campeonato? Ou prêmios? VH - Já ganhei vários campeonatos de laço em dupla, um de tambor e um de team penning. Mas a prova que mais me marcou foi uma de laço em dupla, ocorrida em 2011, quando eu competia junto com o Diego, e estava montada na Ibiza. A gente ficou em primeiro lugar, e a prova era beneficente, e demos toda a premiação para a menininha que precisava

de dinheiro. Assim, os outros colocados, vendo o nosso gesto, doaram também todo o dinheiro conseguido como prêmio. CO - Como funcionam os treinos? VH - Os treinos funcionam sempre com duas pessoas, por ser modalidade em dupla. Ano passado, não treinei por conta dos vestibulares, mas nos outros anos eu ia duas ou três vezes por semana treinar ou só dar condicionamento físico para os animais. CO - O que os animais representam para você? VH - Eu sou muito apaixonada e apegada por todos os tipos de animais. Principalmente, por cavalos. Eu acho que não há palavras para explicar o tamanho do meu amor por eles. Não é à toa que estou cursando Medicina Veterinária, para cuidar melhor deles, não só com conhecimento e sim com amor e carinho. CO - Você acompanha sempre o Pettop? VH - Eu sempre acompanho pela página no Facebook e lia quando estudava no Colégio Apoio. Eu acho esse jornal uma ideia ótima e super criativa, estimulando a preservação e cuidados pelos animais de todos os tipos, raças, cores.

DISK RAÇÃO: 3312-1220 Rua Medalha Milagrosa, 429 Mercês - Uberaba/MG

Sempre com as melhores opções para o seu animalzinho.

www.jcuberaba.com.br


José Aparecido traz história de amor que nasceu na infância e hoje ocupa a garagem de casa

25 FOTO/BRUNO ASSIS

Uberaba, 16 a 29 de março de 2013

Página 26

FOTO/DIVULGAÇÃO

Uberaba, 16 a 29 de março de 2013

Chevrolet lança o novo Prisma, versão sedã do hatch Onix Modelo já está disponível para teste-drive na Ubervel Página 32


26

Uberaba, 16 a 29 de março de 2013

Amo meu carro

Versão online: temroda.com.br facebook.com.br/jornalcarroecia FOTO/BRUNO ASSIS

#Willys Itamaraty

O primeiro amor automobilístico Restaurador conheceu carro na infância e hoje é dono da relíquia BRUNO ASSIS Estagiário de Jornalismo

O restaurador de automóveis, José Aparecido Bernardes, de 47 anos, é um apaixonado por carros desde sua infância. Suas primeiras relações de proximidade que o deixaram apaixonado por um carro foram em 1972. Esse foi o ano em que seu vizinho, o “seu Zico”, trouxe de Brasília um carro modelo Willys Itamaraty, ano 68. José passou sua infância brincando com os filhos do vizinho e outros amigos da escola ao redor do automóvel. Passaram-se muitos anos e nunca mais José teve notícias da existência do carro. Em 2005, ele reencontrou-se com os antigos amigos da sua infância, os filhos de “seu Zico”. Estes informaram-lhe sobre a situação do carro e convenceram-no a comprá-lo, porém ainda precisavam conven-

cer o patriarca a desfazer-se do carro, que já estava na família há muito tempo. “Eu nunca pensei que um dia ele fosse me vender o carro, insisti muito e precisei garantir que iria reformá-lo”, conta José, explicando como ocorreu a negociação. A partir da venda, o restaurador apaixonado passou a ser o terceiro dono do Willys Itamaraty. Após mais de 30 anos, aquele já não era o mesmo carro. Havia sofrido as avarias decorrentes do tempo. Há 20 anos o carro quase não era utilizado, estava praticamente parado. Seu antigo dono dirigia muito pouco e limitava-se a dar partidas no automóvel. Estranhou ao ligá-lo e perceber que sua parte mecânica ainda funcionava bem e por conseguir colocá-lo em movimento. O carro manteve-se, quase em sua totalidade, original. A pintura, a parte mecâni-

ca e os impressionantes 42.412 quilômetros registrados no painel atestam isso. Entretanto, apenas os bancos encontram-se em bom estado de conservação. José e seu filho Pedro, que o ajuda em sua oficina, planejam a restauração do carro. Depois que compraram o carro eles andaram muito pouco. “No dia que compramos o levamos para fazer a vistoria. Algumas pessoas na rua o achavam bonito e outras se assustavam. Tivemos um pouco de dificuldades de passar na vistoria, mas no final tudo deu certo”, conta Pedro sobre suas primeiras experiências com o carro. O Itamaraty Willys foi o primeiro carro antigo de José Aparecido, que hoje conta com um Landau 1979, um Mercedes Benz 250 de 1968, um Galaxie americano de 1960 entre outros carros.

José Aparecido é dono de vários veículos e planeja a restauração do seu xodó

www.jcuberaba.com.br - facebook.com/jornaldacidade


27

Uberaba, 16 a 29 de março de 2013

Entrevista Trajetória motivo de orgulho San Marco é destaque em Uberaba há 25 anos ALEX ROCHA Jornalista No comando da San Marco Veículos desde 1999, Paulo Guimarães é formado em engenharia civil, mas iniciou contato com o ramo automobilístico há quase três décadas. Natural de Uberaba, ele ganhou notoriedade quando assumiu a direção

da San Marco (revenda Fiat) há 13 anos. Atualmente, Paulo também é diretor de outros dois negócios de sucesso, a Zibo (revenda Chery) e a Fórmula K (revenda Kasinski). Na entrevista dessa edição, o empresário analisa sua trajetória e elenca os planos de uma das maiores concessionárias da região.

Jornal da Cidade - Como e quando iniciou seu contato com o ramo automobilístico? Paulo Guimarães - Há 27 anos, quando iniciamos as negociações com a Fiat Automóveis para a criação da San Marco Veículos. Na época éramos um grupo de 10 amigos.

PG - Muita experiência, muito aprendizado e principalmente vontade de atender bem o cliente, tanto na atenção, quanto nos produtos e serviços.

JC - Como encara a tarefa de chefiar uma empresa que tem 25 anos? PG - Tranquilamente, minha origem profissional é engenharia, construção civil, muito mais complexa que a parte de veículos. Nossa primeira empresa tem 37 anos. JC - O que esses 25 anos trouxeram de bagagem para a concessionária?

JC - No início, quais eram as dificuldades? Como elas foram solucionadas? PG - Eram muitas as dificuldades, pois a Fiat, como toda fabricante no início, produzia um único produto. Estávamos iniciando o Uno, mas antes era o Fiat 147 e era só aquele modelo. A partir do Uno vieram vários outros modelos e a gama de produtos aumentou muito. Hoje, a fábrica é mais completa com mais modelos de produtos. É a linha mais completa que tem hoje no Brasil.

JC - Hoje, quais os diferenciais que a concessionária e a marca trazem para os clientes? PG - Tentamos na San Marco ter excelência no atendimento, não só nossos colaboradores serem educados com as pessoas, mas tentando resolver as necessidades que elas apresentam. Quanto à Fiat, ela tenta também manter a vanguarda na qualidade e no design dos produtos.

FOTO/ALEX ROCHA

#Progresso

Versão online: temroda.com.br facebook.com.br/jornalcarroecia

JC - Quais as facilidades que o cliente dispõe para adquirir um Fiat? PG - É muito fácil adquirir um carro hoje. Entre as facilidades, o pagamento à vista, o sistema de financiamento através do banco Fiat ou bancos com os quais a pessoa já trabalha, e consórcios. A pessoa tem várias opções para fazer um negócio. E uma troca facilita muito a entrada. JC - E sobre o futuro. O que o cliente Fiat San Marco pode esperar? PG - Melhor atendimento no pós vendas das concessionárias em geral, melhores produtos, e lenta diminuição real dos preços, tendo em vista o aumento de fabricantes de veículos no Brasil e a tendência do governo diminuir tributos.

Engenheiro por formação, Paulo Guimarães envolveu-se no ramo automobilístico e hoje é dono de três concessionárias de destaque

www.jcuberaba.com.br - facebook.com/jornaldacidade


28

Uberaba, 16 a 29 de março de 2013

Notícias

Versão online: temroda.com.br facebook.com.br/jornalcarroecia

#Ele ‘voltousis’

Nissan fecha bimestre com 2,4% FOTO/REPRODUÇÃO

Mussum na campanha do Fusca Fiat na ponta A Fiat fechou fevereiro com 49.498 automóveis e comerciais leves emplacados, mantendo a liderança no mês, com 22,2% de participação

Uma das peças com Mussum e o novo Fusca no Facebook

Como parte integrante da campanha publicitária do novo Fusca, a Volkswagen acaba de lançar ações de mídia digital. As peças trazem o inesquecível Mussum como estrela. A participação do comediante em peças de mídia em diversos portais, além do site do carro e nas redes sociais, não só está atraindo a atenção para a campanha como relembra o jeito peculiar de falar que o tornou famoso. Em uma delas, por exemplo, ele avisa: “Olha quem voltousis!”, diante da imagem do novo Fusca. A peça fez tanto sucesso que, em apenas um dia,

impactou mais de 28 milhões de pessoas, gerando 48.000 likes (curtir) e 16.971 compartilhamentos. No mercado brasileiro, o Fusca contará com várias opções de personalização, que vão desde a tonalidade da iluminação na lateral das portas ao acabamento de couro bicolor dos bancos. Tudo isso, com qualidade de materiais internos que excede a expectativa dos consumidores mais exigentes. Serviço - Volkswagen em Uberaba: Distrive (3319.9000)

Bimestre melhor

No bimestre, o mercado brasileiro absorveu 519.917 automóveis e comerciais leves, crescendo 6,4% sobre o primeiro bimestre de 2012, segundo a Anfavea

A Nissan encerrou fevereiro com 5.060 unidades comercializadas no Brasil. No acumulado de vendas do ano, a Nissan registra 12.513 unidades emplacadas, o que significa 2,4% de participação de mercado no primeiro bimestre. O Nissan Versa atingiu 1.463 emplacamentos, aumento de 22% na comparação com fevereiro de 2012. A picape Frontier registrou 822 emplacamentos, crescimento de 6% em relação ao mesmo período do ano passado. A partir da segunda quinzena

de março, a Nissan começará um novo ciclo com a renovação das cotas de importação de veículos do México. Esse fato, combinado com o início da produção da nossa nova fábrica em Resende (RJ), no primeiro semestre de 2014, contribuirá para um crescimento sólido da marca Nissan, rumo ao seu objetivo de ser um dos principais players do mercado e atingir 5% de market share até 2016. Serviço - Nissan em Uberaba: Kamelcar (2103.7300)

Ford aposta na tração integral Os carros com tração integral estão ganhando popularidade no mundo. Nos Estados Unidos, os automóveis e utilitários equipados com essa tecnologia responderam por mais de 20% das vendas no país e a Ford lidera essa tendência. No Brasil, a marca lançou recentemente três modelos de veículos com a tração integral AWD: o SUV EcoSport 4WD, o crossover Edge e o sedã Fusion, além da picape Ranger. Devido às suas característi-

www.jcuberaba.com.br - facebook.com/jornaldacidade

cas de força e confiabilidade, a tração integral tornou-se uma das principais razões de compra para muitos clientes, especialmente em regiões com condições de pista e clima adversos. A introdução de novas tecnologias inteligentes ampliou e facilitou o nível de utilização da tração integral eletrônica no uso diário de um veículo. serviço - Ford em Uberaba: Texas (2103.6200)


29

Uberaba, 16 a 29 de março de 2013

Notícias

Versão online: temroda.com.br facebook.com.br/jornalcarroecia

Etios será vendido a frotistas e taxistas

#Fila de espera

DS4 já é sucesso em Uberaba FOTO/ALEX ROCHA

Unidades que chegarem à revenda até julho têm dono

A PSA Peugeot Citroën investiu R$ 800 milhões no desenvolvimento do novo 208 brasileiro e na adaptação da fábrica de Porto Real (RJ)

Washington Reusing, gerente da revenda Santa Emília

O DS4, mais novo lançamento da Citroën, já tem lista de espera na Santa Emília, em Uberaba. O veículo está disponívelpara teste-drive, porém, até julho, as unidades que chegarem à concessionária já têm dono. Último integrante da família DS - também composta pelas versões 3 e 5 - o DS4 é o primeiro coupé com quatro portas do Brasil. O preço de tabela sai a partir de R$ 101.670,00. Segundo o gerente deveículos novos da Santa Emília, Washington Reusing, o motivo do sucesso deve-se, em grande

R$ 800 milhões para o novo 208

parte, ao perfil do consumidor da Citroën. “O nosso público utiliza a tecnologia para se informar e saber das novidades antes mesmo delas chegarem aqui no Brasil. São formadores de opinião e ditam tendências. O DS4 acompanha essa atitude de inovação e exclusividade, por isso já temos clientes que o escolheram”, afirma. A motorização THP conta com 165 cv de potência. Serviço - Citroën em Uberaba: Santa Emília (3311.2255)

A Toyota dá início às vendas diretas para empresas frotistas, locadoras e taxistas do seu modelo compacto Etios, nas versões sedã e hatchback. As vendas às pessoas jurídicas e motoristas profissionais representarão uma importante fatia nos negócios da marca neste segmento. A previsão inicial de vendas diretas do Etios é de 7,5 mil uni-

Três anos

No total, foram três anos de trabalho que integrou uma equipe de 780 pessoas baseadas em Porto Real e no Latin America Tech Center, que tem sede no Brasil

www.jcuberaba.com.br - facebook.com/jornaldacidade

dades neste ano. Esse volume representa pouco mais de 10% do total de produção do modelo, fixado em 70 mil unidades. Um dos diferenciais que o cliente de vendas diretas do Etios encontrará é o atendimento da rede de concessionários, no mesmo nível de atenção destinado a consumidores de veículos mais caros, como o Corolla e a Hilux.


30

Uberaba, 16 a 29 de março de 2013

Dicas

Versão online: temroda.com.br facebook.com.br/jornalcarroecia FOTO/DIVULGAÇÃO

#Consultório Mecânico

Mulher pode começar revisão em casa Com providências é possível detectar problemas no automóvel DANIEL MOISÉS Editor

Foi-se o tempo em que as mulheres eram enroladas numa visita ao mecânico. Mas, assim como os homens, todas podem aprimorar seu conhecimento sobre o carro - de modo a facilitar o dia a dia e evitar qualquer probleminha com o veículo. No mês das mulheres, a pedido de Carro&Cia. o Cesvi reuniu dicas para esse perfil: o de quem dirige e cuida do carro sem nunca perder a elegância. - O ponto de partida é a leitura do manual do proprietário. Essa publicação explica as características do veículo e aponta como realizar manutenções simples de alguns itens de forma rápida e segura. - Muitas verificações podem ser feitas sem sair de casa. No chão da garagem, você confere se

existe algum vazamento de óleo. - Também verifique o reservatório de expansão - aquele transparente, responsável pelo líquido que arrefece o motor. Essa checagem deve ser feita com o carro sobre um piso plano, e com o motor frio e desligado. O líquido de arrefecimento deve estar entre as marcações mínima e máxima. Se estiver num nível muito baixo, complete com fluido para radiador, e não se esqueça de tampar o reservatório quando acabar a verificação. - Para checar o nível do óleo, use a vareta. Depois de puxá-la, limpe-a com um papel-toalha ou pano. Recoloque-a até o fundo, aguarde cinco segundos e puxe novamente, com a ponta da vareta virada para baixo. Verifique a marcação do nível e encaixe a vareta de volta no lugar. Se o nível estiver baixo, adicione o óleo recomendado no manual do fa-

bricante ou o que foi usado na última revisão. Faça isso até que o óleo chegue à marcação máxima da vareta. E lembre-se: nunca ultrapasse a quilometragem indicada para a troca do óleo. - Trocou o óleo? Troque o filtro de óleo também. Isso evita que o óleo novo seja contaminado pelo velho, que ficou no filtro. - O nível de fluido de freio também deve ser verificado, observando a marcação ao lado do reservatório. Se estiver fora do especificado, procure uma oficina especializada. - Ligue as lanternas e o pisca-alerta e dê uma volta ao redor do carro para verificar o sistema de iluminação e de sinalização. Acenda os faróis e depois o farol alto, para conferir se estão funcionando corretamente. Uma dica é aproximar o veículo de uma parede e acender as luzes do carro.

Sem sujar as mãos, mulher checa motor do carro: cena cada vez mais comum

Cuidado com o detergente...

Aproveite para completar o reservatório de água do limpador de para-brisa, com a adição de um pouco de detergente neutro - mas não exagere no detergente

... e as palhetas do limpador Verifique as palhetas limpadoras, para conferir se a borracha não está partida ou ressecada, o que além de não limpar o vidro, pode arranhá-lo.

www.jcuberaba.com.br - facebook.com/jornaldacidade


31

Uberaba, 16 a 29 de março de 2013

História

Versão online: temroda.com.br facebook.com.br/jornalcarroecia FOTO/DIVULGAÇÃO

#Uno

Uma história marcada por inovação a preços populares

Carro segue sendo sinônimo de economia bruno assis Estagiário de jornalismo A história do Fiat Uno teve seu início na Europa. Lançado em 1983 na Itália, chegou após um ano e meio ao Brasil. Seu projeto vinha sendo desenvolvido desde o fim da década de 70 e foi finalizado pelo projetista italiano Giorgetto Giugiaro. Na Europa, sua chegada veio findar a linhagem do modelo Fiat 127, enquanto isso no Brasil sucedeu o Fiat 147. Este novo carro trouxe uma grande inovação ao ramo automobilístico. Linhas modernas, interior confortável e uma aerodinâmica diferenciada conferiram ao novo modelo um grande atrativo. Também serviram de chamariz ao consumidor o seu baixo custo e o seu bom desempenho, relacionado ao consumo de combustível. Tais qualidades o transformaram em um grande sucesso de vendas. Em seu início, no Brasil, só existiam modelos de duas portas, e suas únicas diferenças do modelo europeu eram o posicionamento de seu estepe

junto ao compartimento do motor e as suspensões que precisaram ser trocadas, devido aos amortecedores originais italianos não terem passado nos testes em pisos brasileiros. Foi eleito o Carro do Ano no Brasil em duas ocasiões: pela primeira vez em 1984 e no ano de 1991. É também reconhecido como o primeiro carro popular “1000” vendido no país. Durante a década de 80 foram criadas diferentes versões do Fiat Uno. Sua versão sedã, chamada Prêmio, foi lançada em 1985. No ano seguinte surgiu a versão perua do modelo: a Elba. Em 1987, a família Uno ganhava o modelo esportivo com motor Sevel 1.5, pinturas e acabamento interno diferenciados. No final da década, já em 1988, foi lançada uma versão furgão e uma picape nomeados Fiorino. Com o passar do tempo, surgiram inúmeras variações e modelos do carro, tanto em seu visual, quanto em sua parte mecânica. Mas foi em 2010 que teve suas grandes modificações. Foi lançado o novo Uno, que chegou com

O novo Uno (acima), e o primeiro modelo vendido no Brasil

uma grande repaginação em seu visual e um novo motor. Essa nova geração tinha por objetivo tornar o carro mais atraente para um público mais jovem e atualizar o conceito. Curiosidade: A Fiat receou lançar o modelo do carro com o nome Uno na Inglaterra por ter a possibilidade de uma dupla interpretação de seu nome: Uno, “you know” (você sabe, em inglês).

www.jcuberaba.com.br - facebook.com/jornaldacidade


32

Uberaba, 16 a 29 de março de 2013

Lançamento

Versão online: temroda.com.br facebook.com.br/jornalcarroecia

#Chevrolet Prisma

Chega a versão sedã do compacto Onix Aliar jovialidade, tecnologia e esportividade a atributos tradicionais de um sedã - como conforto e requinte - deixou de ser um desafio para se tornar uma realidade com a chegada do novo Chevrolet Prisma 2013, que já está disponível, inclusive para teste-drive, na concessionária Ubervel. Oferecido nas versões LT e LTZ e trazendo de série sensor de estacionamento, direção hidráulica, freios ABS com EBD e airbag frontal em todas as versões, o Chevrolet Prisma 2013 é equipado com a motorização SPE/4 em versões 1.0 e 1.4 flexfuel. Totalmente desenvolvido no Brasil, em um projeto paralelo ao Chevrolet Onix, o Prisma 2013 tem DNA 100% brasileiro, resultado do trabalho do Centro Tecnológico da General Motors do Brasil. O Prisma 2013 tem em seu design uma harmonia de conceitos impossíveis de não serem percebidos. Os “ombros” laterais avantajados da traseira fazem do terceiro volume o ponto alto do design. Avantajada e imponente, ela foi desenvolvida para que houvesse uma superfície bastante escultural que concedesse dinamismo e velocidade ao carro. Os chamados “efeitos de joia” con-

ferem detalhes em todos os pontos do interior do veículo, como bancos, portas e painel. A nova leitura do clássico dual cockpit encontrado em outros modelos Chevrolet e que mescla mostradores analógicos e digitais com LEDs no painel na configuração Ice Blue, permite a perfeita visualização das informações, além de conferir ao carro modernidade. Compartilhando algumas dimensões do Chevrolet Onix, como entreeixos (2.528 mm) e largura (1.705 mm), o Prisma 2013 é pouco mais de 30 centímetros mais comprido que seu “irmão” hatch, com 4.275 mm. Na versão 1.0 são 80 cavalos com etanol e 78 cv com gasolina. A velocidade de 0 a 100km/h é atingida em 13s (eta.) e 12,7s (gas.). Já a versão 1.4 entrega 106 cv a etanol e 98 cv a gasolina. Abastecido com etanol, Prisma vai de 0 a 100 km/h em 10,7s (eta.) e 12s (gas.). Tanto na versão 1.0 quanto na 1.4, a velocidade máxima é de 180 km/h. A transmissão é manual de cinco velocidades.

FOTOS/DIVULGAÇÃO

Novo modelo vai de R$ 34.990,00 (versão LT 1.0) até R$ 45.990,00 (LTZ com motorização 1.4) MOTORES 1.0 flex (80 cv etanol e 78 cv com gasolina) e 1.4 flex (106 cv com etanol e 98 cv a gasolina) TRANSMISSÃO Manual de 5 velocidades DIREÇÃO Hidráulica de série Sedã Prisma traz na dianteira linhas globais dos modelos Chevrolet (acima); detalhe do painel do novo Chevrolet Prisma: ótima iluminação (abaixo)

• Serviço - Chevrolet em Uberaba: Ubervel (3319.3400)

www.jcuberaba.com.br - facebook.com/jornaldacidade

PNEUS/RODAS Rodas em aço; pneus 185/70 R14 (versão LT) TENS DE SÉRIE Sensor estacionamento, direção hidráulica, freios ABS/EBD, ajuste de altura do banco do motorista e duplo airbag entre outros


Jornal da Cidade - ED. 02