Issuu on Google+

em

jb folhas o informativo do jardim botânico

outubro/novembro 2010 | ano 6 | nº37 distribuição gratuita

Jockey Club Boulevard Impacto viário e ambiental preocupa moradores e trabalhadores do Jardim Botânico.  (Páginas 5 e 6)

s

r

JBF indica  s

Jardim Botânico de bicicleta  r

Espaços investem cada vez mais em equipamentos para a prática de exercícios de pilates.  (Página 6)

Diretor do filme “Malu de Bicicleta”, Flávio Tambellini circula pelo bairro há 25 anos.  (Página 7)


Editorial  Viva nossos amplos horizontes!

Expediente

Caro Leitor,

O JB em Folhas é uma publicação bimestral, editada pelo Armazém Comunicação Projetos Jornalísticos Ltda. www.armazemcomunica.com.br

Não bastasse o fato de estarmos cercados de grandes áreas verdes em nosso bairro – como o

Editora Responsável: Christina Martins (Mtb 15185 -RJ)

Parque Lage, a Lagoa e o Jardim Botânico –, nós, moradores da região, ainda podemos contar com

Projeto Gráfico: Paulo Pelá - www.bolaoito.com.br

a Hípica e Jockey Club para nos proporcionar um horizonte mais amplo e com menos poluição. Mas nem tudo é paisagem nestas cercanias. No último mês, a polêmica sobre a possível exploração comercial de parte do terreno Jockey Club ganhou a grande imprensa carioca e também

Revisão: Carla Paes Leme Publicidade: Célia Medeiros - 9311-9174 Impressão: CMYK Gráfica - 2581-8406 Secretária de Redação: Sheila Gomes Fotos da Capa: Chris Martins, Divulgação(pilates) Tiragem: 5.000 exemplares

nossas páginas 5 e 6.

Telefone: 2294-4926

A especulação imobiliária é mesmo a grande vilã do momento e está presente também na página 3, na nota sobre um novo condomínio na Rua Corcovado. Ela também é alvo de preocupação do cineasta Flávio Tambellini, que não gostaria de que o bairro perdesse esse perfil residencial e lista seus motivos. Veja na coluna Ilustre Morador, na página 7. Como outubro é o mês das crianças, nós achamos um espaço na coluna JBF Indica para recomendar os serviços da Tatibitati Música e Diversão, que vem fazendo um trabalho bacana no bairro, com educação musical para os pequenos. E ninguém melhor do que as crianças para nos mostrar o colorido da vida. Por isso, em homenagem a elas, essa edição ganhou cor em todas as suas páginas. Viva!! Até dezembro!

Christina Martins e Betina Dowsley

DE OLHO NO JB

Redação: Betina Dowsley

Para elogiar ou para reclamar, este aqui é o seu espaço. Mande a sua opinião para jbemfo­lhas@armazemcomunica.com.br.

Valeu!

Foi mal!

O supermercado Cris Mar que há pouco mais de três meses passou a abrir também aos domingos, das 9h às 17h.

O Pão de Açúcar teve seu espaço de preparo de comida japonesa interditado pela Vigilância Sanitária. estabelecimento foi multado também por falta de asseio, comercialização de produtos impróprios ao consumo e industrialização e comercialização de carne bovina sem autorização.

e-mail: jbemfolhas@armazemcomunica.com.br site: www.jbemfolhas.inf.br

Telefones úteis Bombeiros 193 / 3399-1234 Cedae (água e esgoto) 195 / 0800 281195 CEG (emergência) 0800 240197 CET-Rio 2286- 8010 Comlurb 2204-9999 Defesa Civil 199 / 2576-5665 Disque-Denúncia 2253-1177 Disque-Luz (Iluminação urbana) 2535-5151 Disque-Barulho e Patrulha Ambiental 2503-2795 Guarda Municipal 153 Light 0800 210196 15ª DP 2332-2871 Polícia Militar 190 Subprefeitura da Zona Sul 2274-4049 / 2511-0501 Vigilância Sanitária 2503-2280 Tele-Dengue 3553-4025 Tele-gripe 0800 2810 100 Procon 151

Distribuição: Bancas de jornais, galerias e prédios comer­ciais do Jardim Botânico, Bibi Sucos, Cavídeo, Jardim Botânico, Parque Lage, Agência dos Correios da rua Jardim

CHRIS MARTINS

Botânico. Display: Galeria da Rua Maria Angélica.

Cara do JB  Ione Cordeiro de Melo O Jardim Botânico pode estar crescendo e mudando, mas não para Ione Cordeiro de Melo. Proprietária há 12 anos da D’Ione Presentes, ela acha que, pelo menos naquela área, o comércio continua o mesmo. A loja foi uma das primeiras da região a investir em artigos variados, direcionados especialmente para o público feminino. “Mulher gosta de comprar e aqui no bairro as pessoas são elegantes”, afirma. Mas sua loja tem de tudo um pouco: artigos para mulheres, para homens e até para crianças, que costumam ir à loja à procura de bonecas de pano artesanais. Já as adolescentes batem ponto no local em busca da linha de cosméticos e perfumes. D’Ione – Rua Jardim Botânico, 728.

Cidadania  r

Não à Dengue Recentemente, a região do Jardim Botânico apareceu na lista das mais infectadas pela dengue. Para que a doença não se

instale por aqui, algumas providências são fundamentais: mantenha a caixa d’água sempre fechada, as calhas e as lajes limpas para não acumular água parada; troque a água e lave semanalmente com sabão vasos de plantas aquáticas; coloque areia nos pratinhos dos vasos de plantas; guarde garrafas sempre de cabeça para baixo; não guarde pneus velhos em locais onde possam acumular água; coloque seu lixo em sacos plásticos e mantenha as lixeiras bem fechadas. 2


Folhas do Jardim  q

lícia Militar, da Guarda Municipal, do Corpo de

abriu loja no comecinho da rua Jardim Botânico,

Bombeiros e da 27ª Região Administrativa da

e o HSBC, que abre uma agência no bairro, per-

Burle Marx a salvo

Prefeitura. Na ocasião, ficou garantido o policia-

tinho dos Correios. Uma novidade mais do que

mento reforçado nas imediações da Rua Faro e

bem-vinda é que o bairro passa a integrar o Cir-

a população foi orientada a registrar a ocorrên-

cuito Carioca de Feiras Orgânicas, funcionando

cia na delegacia, a fim de possibilitar o reconhe-

na praça da igreja São José da Lagoa, aos sába-

cimento dos assaltantes.

dos, das 8h às 14h.

Niemeyer faz projeto para o Jardim Botânico

Último Sebinho do ano

O arquiteto Oscar Niemeyer projetou especialmente para o Jardim Botânico do Rio de Janeiro um centro de exposições todo envidraçado, quase transparente, localizado em frente ao EsFOTOS: CHRIS MARTINS

paço Tom Jobim, no corredor cultural do parque. Segundo o mestre, que levou três anos para completar o desenho, o objetivo é “preservar a beleza do nosso Jardim”. A obra, uma das maio-

A Prefeitura tombou o edifício Antônio Ceppas, na rua Benjamin Batista, 180. O prédio foi proje-

res de Niemeyer, deve ficar pronta em 2012 e

Esse ano, a Copa do Mundo atropelou a agenda

promete ser mais um bom motivo para um pas-

do Sebinho nas Canelas e, por isso, o troca-troca

seio ao Jardim Botânico.

de livros terá apenas mais uma edição até o final

Comércio em movimento

do ano, que será dia 20 de novembro, sábado. O tema será Reciclagem e estão programados um

tado pelo arquiteto Jorge Machado Moreira, com

troca-troca de brinquedos entre as crianças e uma

paisagismo e obras de arte de Roberto Burle

oficina de presentes com material reciclado. O

Marx. Salve ele! Nada mais justo num bairro in-

evento acontece na Praça Pio XI, das 10h às 18h.

timamente ligado à natureza.

Tocão tinha bingo clandestino

Especulação imobiliária

No final de setembro, fomos surpreendidos com

Uma das maiores preocupações dos moradores

a notícia de que no andar de cima do restau-

do Jardim Botânico é o crescimento desordena-

rante Tocão funcionava um bingo clandestino.

do do bairro, especialmente no que diz respeito

Agora é para valer: depois de 15 anos de boa

Agentes da Polícia Militar apreenderam 15 caça-

à construção de novos imóveis. A fim de organi-

mesa, o restaurante Fazendola fechou as portas

níqueis e prenderam o dono do restaurante.

zar e legitimar os questionamentos em relação

de vez na simpática casa da Visconde da Graça,

ao empreendimento da CHL na Rua Corcovado, a

deixando muita gente de barriga vazia. A loja

Adoção de animais

AMA-JB agendou uma reunião extraordinária no

de móveis Masotti também encerrou atividades

A G.A.R.R.A – Grupo de Ação, Resgate e Reabilita-

próximo dia 4 de novembro, às 20h, no Colégio

no bairro. Fechado também, mas por tempo li-

ção Animal – vai dividir espaço com a feira orgânica

Divina Providência, na rua Lopes Quintas.

mitado, foi o Le Pain du Lapin, cujas instalações

na praça em frente à Igreja São José. Todo segun-

sofreram um incêndio no começo de setembro.

do sábado do mês, das 10h às 14h, voluntários do

Insegurança ronda o bairro

Os proprietários têm recebido manifestaçoes de

grupo estarão na área dando informações e dispo-

Pequenos assaltos e arrastões vêm mobilizando

carinho dos frequentadores e aguardam parecer

nibilizando animais para adoção. Quem quiser tirar

moradores e trabalhadores do Jardim Botânico,

parecer da seguradora para dar início às obras.

suas dúvidas logo, basta ligar para (21) 9248-8445

que já se reuniram com representantes da Po-

Movimento oposto fez a Italínea Móveis, que

ou mandar email para adote@garranimal.com.br.

DrDoLAR HIDRÁULICA | PINTURA | ELETRICIDADE COLOCAÇÃO DE PISOS | REFORMAS EM GERAL

FLÁVIO- 9746-4955 - R. Pacheco Leão, 08 3


4


CHRIS Martins

em um grande empreendimento imobiliário, com escritórios, consultórios médicos e praça de alimentação. O projeto do Jockey Club Boulevard está em discussão entre os associados desde 2007, mas só em setembro chegou ao conhecimento da população, que tem demonstrado preocupação com o impacto do projeto no dia a dia do bairro. E não é para menos! Afinal, desde 1989, o terreno do Jockey é considerado Área de Proteção Ambiental. Suas arquibancadas e parte do muro são tombadas pelo IPHAN, assim como o espelho d’água da Lagoa Rodrigo de Freitas e seu entorno. O estudo de tal pacote imobiliário é consequên­ cia do prejuízo do clube – na casa dos milhões – numa tentativa de viabilizar a atividade do turfe, afirma a diretoria. Porém, a sócia e criadora de cavalos Jéssica Dannemann (foto página 6), que frequenta o clube desde os dois anos de idade, lamenta a

Polêmica no Prado

forma como este assunto vem sendo conduzido: — Somos completamente contrários a essa pro­posta. Infelizmente, o turfe encontra-se em profunda minoria hoje em uma Assembléia Extraordinária. O quadro social mudou muito a par-

a circulação de ar e a sensação de amplidão.

tir das sedes sociais, em que os frequentadores

essenciais para nosso bairro ter um dos mais al-

Se até pouco tempo ninguém tinha pensado

são facilmente cooptados a achar que o projeto

tos índices de IDH na cidade e ser considerado

em como seria o bairro com grandes investi-

imobiliário seria uma boa solução ao endivida-

o pulmão do Rio de Janeiro vai muito além dos

mentos imobiliários onde hoje descortina-se

mento do clube, explica.

muros do Jardim Botânico e do Parque Lage.

o horizonte, há um mês esta questão vem as-

A revolta fez com que ela escrevesse e publicas-

A preservação das amplas áreas da Sociedade

sombrando os moradores. A ideia da diretoria

se dois artigos de duas páginas em duas edições

Hípica Brasileira e do Jockey Club Brasileiro –

do Jockey é transformar a área de suas cochei-

consecutivas da revista Veja Rio, conclamando a

que se estendem entre a rua Jardim Botânico

ras e vila hípica (fotos) – que vai da rua Gene-

sociedade a dizer não a esse projeto. Em novem-

e a Avenida Borges de Medeiros – garantem

ral Garzon até a entrada do Jardim Botânico – ,

bro – ainda sem dia marcado –, Jéssica promoverá

Pouca gente se dá conta, mas um dos fatores

5


CHRIS MARTINS

te à construção de sedes e praças de esportes". Não bastasse isso, existem exaustivos pareceres dentro da Procuradoria Geral do Estado no tocante à não permissão para outros usos de áreas objeto de cessão ou permuta ou o que quer que seja por parte do Poder Público e, obviamente, em áreas que antes eram água. O projeto do Jockey Club Boulevard é do mesmo grupo que tentou (e não conseguiu) construir um shopping no Flamengo e que vem tentando – e perdendo – a mesma coisa junto a outras instituições. Os clubes Paissandu, Monte um abraço ao Jockey, no qual pretende reunir

Consultada, a AMA-JB está preocupada com o

cerca de 10 mil pessoas contrárias a tal projeto.

impacto viário e ambiental do projeto, mas aguar-

Morador e trabalhador do bairro, Leonel Kaz

da aprovação interna dos associados do clube

acredita que um projeto como este sequer deve-

Libano e AABB também já foram alvo de especulação imobiliária semelhante.

para se manifestar oficialmente sobre o assunto.

construções em áreas resultantes de aterro da

Esclarecendo:

Lagoa e a própria discussão da titularidade ple-

O Jockey Club recebeu o terreno como doação

na do terreno por parte do Jockey. Para ele, os

com encargo (obrigação de uso exclusivo para

moradores deveriam se mobilizar para o tomba-

fins esportivos e recreativos), por tratar-se de

mento total da área, a exemplo do que ocorreu

uma área de aterro, já que a Lagoa Rodrigo de

com o Jockey Club de São Paulo.

Freitas beirava o Jardim Botânico.

- Não devemos nos curvar a esta pressão, que

O que diz a LEI 770, de 24 de abril de 1953:

menciona espaços vazios ou “abandonados”. O

"as áreas marginais da Lagoa, provenientes de

que querem é emparedar o que resta do bairro.

aterro ou prolongamento de logradouros, reser-

Constitui um disparate sem nenhum benefício à

vados aos espaços necessários aos mesmos e à

cidade e ao bairro, afirma.

sua urbanização, serão destinados exclusivamen-

JBF Indica

arquivo pessoal

ria ser cogitado, tendo em vista a lei que impede

Rir é viver

a música como principal estímulo para a

A Companhia do Gesto, com sede no Horto,

garotada se divertir, socializar e desenvolver

acaba de lançar o livro “Rir é viver – imagens”,

a linguagem, a criatividade, a coordenação

O Pilates para manter o bem-estar

um catálogo fotográfico artístico-documental.

motora e a percepção auditiva.

Equilíbrio, força muscular e melhora na res-

As 130 imagens dos fotógrafos Bruno Poppe e

piração. Esses são alguns dos aspectos traba-

Celso Pereira registram o dia a dia do projeto

lhados na prática do Pilates. A técnica é reco-

Rir é Viver em 12 instituições de atendimento a

mendada a qualquer tipo de pessoa, seja para

idosos, crianças, famílias, adolescentes e mora-

manter a saúde do corpo e da mente, seja

dores de rua, e em hospitais do Rio de Janeiro,

como método de recuperação fisioterápico.

somando 5 mil pessoas.

para a prática dos exercícios, como os estúdios

Música e diversão para crianças

de Mariana Lobato e Magda Zago e Espaço

O novo Espaço Tatibitati, no Lunático Café, rea-

Marrara, ou na ABBR, que oferece a ativida-

liza atividades lúdicas para crianças com idades

de há um ano, atendendo, principalmente,

entre seis meses e oito anos. Profissionais espe-

pacientes carentes, em convênio com o SUS.

cializados em desenvolvimento infantil utilizam

CLASSIFICADOS

6

CHRIS MARTINS

Aqui no bairro, encontramos ótimos endereços

Aulas de piano professora formada na França, com mais de 10 anos de experiência, es-

Aulas de francês professor francês diplo-

Baby-sitter jovem francesa, gentil e atencio-

pecializada em aulas para crianças a partir de

mado pela Sorbonne – Universidade de

sa, oferece-se para tomar conta de seus filhos.

4 anos. Em domicílio ou na rua Pacheco Leão.

Paris. Todos os níveis. Pascal: 2512-1940

Pauline: 8229-4537

Béatrice: 2512-1940 ou 8149-0070


q

O Jardim Botânico de bicicleta. Assim o diretor e

Chris Martins

Ilustre Morador  q produtor cinematográfico Flávio Tambellini costuma ver o bairro, onde há 25 anos instalou ora casa, ora escritório. Neste período, morou algum tempo na Gávea, mas voltou ao Jardim Botânico por achá-lo mais central. seu apartamento, o bairro era mais habitado por uma galera alternativa, artistas, gente que curte prédios pequenos, sem porteiro. “Agora há mais prédios de luxo, com maior número de moradores, talvez por isso o bairro venha sendo alvo de arrastões”, reflete. A especulação imobiliária da região é outra coisa que preocupa o cineasta. Ele vê com apreensão o crescimento do gabarito dos imóveis e o projeto de centro comercial no Jockey Club. Para ele, o mais importante é preservar o perfil residencial do bairro:

FLÁVIO TAMBELLINI

Flávio lembra que na época em que comprou

- Adoraria que o Jardim Botânico não perdesse esse clima de bairro que nos permite conhecer as pessoas nas ruas e no comércio local,

Entregas em domicílio não são seu forte. Flávio

Perguntado sobre qual papel prefere desem-

reforça Flávio, que só sente falta de um cinema

acha mais fácil e rápido ir à farmácia – a pé, claro

penhar em sua carreira que já passa dos 25 anos,

ou teatro por aqui.

– do que fazer um pedido por telefone ou internet.

Flávio afirma que “ser diretor é mais visceral, vo-

Pela web, só adianta suas compras no Zona Sul.

cê é o foco, para o bem ou para o mal”. Outros

No dia a dia de Tambellini, o carro passa mais tem­po na garagem do que na rua. Quando não es-

Diretor do premiado filme “Malu de bicicleta”,

futuros projetos ainda em fase de captação de

tá de bicicleta, gosta de andar a pé, seja até o Hu­

recém-exibido no Festival de Cinema do Rio e

recursos deixam mais clara sua dualidade: se-

mai­tá, seja até a Gávea. Costuma almoçar em casa,

com estreia em grande circuito marcada para o

rá o diretor de “O roubo da Chácara do Céu” e

mas, na falta de cozinheira, vai ao Nanquim para

dia 3 de dezembro, Flávio Tambellini será o pro-

produtor de “20 homens num só e uma mulher

uma refeição rápida ou ao Quadrifoglio para encon­

dutor do ‘falso documentário’ “Agamenon”, es-

de 20”. Mas uma coisa é certa para ele: “o lugar

tros importantes. Pode ser visto com frequên­cia

crito e estrelado pelos cassetas Hubert e Marce-

onde você vive sempre influencia seu trabalho”

também no Bibi Sucos ou na Ponte de Tábuas, on-

lo Madureira, que encarnam o personagem to-

e, num sentido mais amplo, “o Rio é sempre per-

de costuma realizar reuniões de trabalho.

dos os domingos nas páginas do jornal O Globo.

sonagem em meus filmes”, completa.

Flagrante  s Moradores do bairro estão insatisfeitos com a João Fortes Engenharia. A empresa não está tendo o devido cuidado com o terreno onde era o posto Shell. No começo de outubro, uma parRocha (foto). E, apesar da promessa de nivelar a calçada, a obra foi mal acabada.

Luize Valente

te dos tapumes tombou em cima da moradora Terezinha Pinheiro, na esquina da rua Oliveira

7


PRÓXIMA EDIÇÃO: DEZEMBRO/ JANEIRO. RESERVE JÁ O SEU ESPAÇO: 2294-4926


JBemFolhas37