Issuu on Google+

Jornal Escolar

Edição número1

O Cerejinha Editorial: A exemplo do que já foi feito no passado, vamos retomar a edição do jornalinho O CEREJINHA, desta vez com edição apenas online. Comprometemo-nos a colocar cá fora, trimestralmente, todas as coisas boas que realizamos na nossa escola. Queremos que a comunidade educativa partilhe connosco os melhores momentos da nossa vivência escolar.

Índice:  Liga Portuguesa contra o cancro  Bandeira Eco-Escolas  Outono e Pão por Deus  Segurança em casa, na rua e na escola  Trabalhos dos alunos  Festa de Natal  O Circo

A escola é composta por todos aqueles que intervêm no processo educativo das crianças e jovens desta localidade. A escola não é constituída apenas pelos professores, pelos alunos, pelas assistentes operacionais (funcionárias). A ESCOLA É COMPOSTA POR TODOS NÓS; é por isso que a designamos COMUNIDADE EDUCATIVA. Na comunidade educativa o papel principal vai para os ALUNOS. TUDO ESTÁ PENSADO E ORGANIZADO EM FUNÇÃO DAS SUAS NECESSIDADES DE DESENVOLVIMENTO. O desenvolvimento harmonioso da criança / do aluno / do jovem é a prioridade máxima da instituição escolar que tem, como MISSÃO, contribuir para a FORMAÇÃO, dos cidadãos futuros. Cidadãos que desejamos sejam: SÁBIOS, LIVRES, AUTÓNOMOS e SOLIDÁRIOS. Não queremos dizer, com isto, que tudo vai ser perfeito. Somos seres imperfeitos. Como podemos fazer tudo perfeito? Quotidianamente (diariamente), há erros a corrigir, atitudes a melhorar, aprendizagens/ reflexões permanentes a fazer para que, da nossa parte, possamos responder às exigências de cada um e de todos em conjunto. Isso será feito com amabilidade, com justiça, com rigor científico, (cumprindo os programas escolares e ajudando os nossos alunos a ter sucesso). Os professores e todo o pessoal que trabalha nesta escola deseja a todos um bom ano de 2013.

Página 1


Jornal Escolar

Edição número1

Campanha de angariação de fundos a favor da Liga Portuguesa Contra o Cancro Esta iniciativa da escola, (lanche/convívio), teve como objetivo colaborar com a Liga Portuguesa Contra o Cancro . Com o empenho e colaboração de toda a Comunidade Educativa foi possível arrecadar 265 euros para esta associação.

Página 2


Jornal Escolar

Edição número1

Outono e Pão por Deus Trabalhos realizados pelos alunos, nas aulas de Artes e Ofícios, alusivos ao outono e ao Pão por Deus.

Página 3


Jornal Escolar

Edição número1

Em sequência do projeto em curso "Segurança em casa, na rua e na escola" realizado em parceria entre a SRERH, o Serviço Regional de Proteção Civil e a Associação Insular de Geografia, realizou-se no dia 4 dezembro, na EB1/PE do Jardim da Serra uma ação de de sensibilização para os alunos. Esta ação incluiu a visualização dum powerpoint , a realização de alguns jogos no exterior e num exercício de evacuação geral. No fim do dia, realizou-se uma sensibilização para os pais, docentes e não docentes na EB1/PE do Foro.

:

Página 4


Jornal Escolar

Edição número1

Os trabalhos de Natal, realizados na sala pelos meninos do pré-escolar.

Pré-escolar

Página 5


Jornal Escolar

Edição número1

Eco-Escolas Dia Internacional Eco_Escolas No dia 7 de novembro comemorámos o dia internacional Eco-Escolas. Toda a comunidade escolar trouxe t-shirts verdes. Os alunos do préescolar semearam favas que crescerão apenas com água e sol. As atividades foram publicadas no site www.eco-schools.org.

Página 6


Jornal Escolar

Edição número1

Eco-Escolas No dia de 15 de outubro de 2012 a EB1/PE do Jardim da Serra recebeu pela sexta vez a bandeira verde, no âmbito do Projeto EcoEscolas. A turma do 4º ano foi representar a escola nesta cerimónia, que foi presidida pelo Presidente da Câmara Municipal, e que contou com a participação de todos os estabelecimentos de ensino contemplados com o referido galardão. Os Diretores de cada escola, dirigiram-se à respetiva bandeira e hastearam-na ao som do hino da alegria. É sempre gratificante, ver o trabalho e empenho da nossa escola, no que concerne às questões ecológicas ser valorizado.

Tema do ano Eco-Escolas 2012/2013 Agricultura biológica Para além de dar continuidade aos temas base: resíduos, água e energia a EB1/PE do Jardim da Serra, escolheu como tema do ano : Agricultura Biológica. Optámos por este tema porque na nossa escola existem muitos alunos com familiares agricultores e não esquecendo que a escola possui uma pequena horta pedagógica, que os alunos gostam muito de “cuidar”. Sendo assim, devemos consciencializar toda a comunidade escolar para praticar um tipo de agricultura que proteja o ambiente.

Página 7


Jornal Escolar

Edição número1

Eco-Escolas

O clube dos 4r’s também participou no concurso “ Energia solar em imagens”. Cada aluno elaborou um desenho sobre a energia solar. O vencedor da escola foi o : Paulo Miguel do 3º ano.

Aposta na Formação No dia 13 de novembro decorreu na escola uma ação de sensibilização sobre a agricultura biológica com a Engenheira Guida Gouveia, da Quinta do Mitra . Estiveram presentes alunos e Encarregados de educação.

Página 8


Jornal Escolar

Edição número1

1ºano Os meninos do 1º ano têm aprendido muitas letrinhas, sempre com ajuda de algumas histórias como : a da Carochinha e do Gato Ulisses.

Página 9


Jornal Escolar

Edição número1

2ºano O inverno é uma estação do ano. No inverno usamos cachecol e casacos porque está muito frio na rua. Nesta estação podemos brincar na neve e fazer bonecos de neve. Podemos até patinar no gelo.

Página 10


Jornal Escolar

Edição número1

3ºano Obras literárias do Plano Nacional de Leitura, estudadas no 1º período, pela turma 3ºC.

Página 11


Jornal Escolar

Edição número1

Página 12


Jornal Escolar

Edição número1

O Natal

3ºano

No dia vinte e cinco de dezembro, celebra-se o nascimento do menino Jesus. Nesta época costumamos fazer o presépio. Colocamos: o Menino Jesus nas palhinhas, a Nossa Senhora, o São José, os pastores, as ovelhas, os reis magos e no topo da gruta, a estrela e o anjo. Enfeitamos o pinheiro com: bolas, fitas e luzes. É no pinheiro que o Pai Natal deixa os presentes na noite de Natal. Na época natalícia é tradição comer: broas e bolo de mel, carne vinho e alhos, canja, cacau quente e bombons. É nesta altura que acontece a matança do porco. Na noite de Natal, as famílias vão à missa do galo, onde é representado o auto de Natal. O Natal é a altura para estarmos juntos em família. É uma festa muito bonita, além de recebermos presentes é uma oportunidade para a família estar reunida.

Página 13


Jornal Escolar Presépio desenhado e pintado em pedras .

Edição número1

4ºano

Página 14


Jornal Escolar

Edição número1

4ºano Dia de Santo Amaro No dia de Santo Amaro Vamos à casa da vizinha Beber uma canjinha

Depois da festa acabar Esta tradição vamos recordar Divertir e cantar.

A turma do 3º ano a entoar canções de Santo Amaro, acompanhados à viola, pelo professor Élvio, de Expressão Musical.

Santo amaro A

15 de janeiro é celebrado

Nesse dia varremos os armários de Todos os vizinhos, e comemos O que sobrou do natal

A esta festa, associamos os Momentos que passámos A viver o natal Relembrando aquilo que mais gostámos Os doces, as canções e os amigos.

Página 15


Jornal Escolar

Edição número1

Ensino Recorrente Visita de Estudo ao museu etnográfico da Madeira Este museu está dividido em salas. Há utensílios de pesca, em que incluíam barcos como o Xavelha, canoas de pescas, as redes, os arpões e o cesteirão , material para a pesca do espadarte. Os transportes do campo eram feitos por carroças puxadas por bois e também para transportes de turismo eram carros puxados por bois e cavalos ou eram puxados por homens. O linho é semeado e depois de seco é cortado, malhado, esmagado e depois de pronto vai para a tecedura, para fazer tapetes, carteira, almofadas, casacos etc. A cozinha é constituída por vários utensílios tais como: fogão a lenha, panelas de ferro, púcaras para deitar a carne de vinhos e alhos, também a salgadeira, a púcara para deitar a banha etc. Os cereais são semeados, depois secos são cortados e malhados, depois vão para os moinhos para serem moídos, vão para a farinha, para o fabrico de massas de bolos, pão, doces etc. As habitações antigas eram de pedra e a cobertura era de palha, dos cereais, que também servia para encher os colchões das camas. A mercearia tem as balanças, um frasco com muitas divisões para por os doces, tem as prateleiras para por os alimentos. Tem o engenho para moer a cana de açúcar, tem o lagar para pisar as uvas e depois de feito o vinho, este é transportado para os continentes. Por fim vimos o material escolar como caixa métrica, álbum de leitura, pedra ardósia, mapa de Portugal, o globo e diplomas antigos. Assim terminámos a nossa visita de estudo.

Visita de Estudo ao moinho de água da Madeira A nossa turma fez uma visita de estudo ao único moinho de água da Madeira, em São Jorge. Esse moinho tem mais de 300 anos e é sempre das mesmas famílias. A dona esteve explicar, como o moinho moía os cereais com mais água e com menos água. Comprámos farinha de milho para trazer para as nossas casas.

Página 16


Jornal Escolar

Edição número1

Ensino Recorrente Visita aos presépios Presépio da igreja da Nazaré

Presépio no RG3

Presépio na Câmara de Câmara de Lobos

Página 17


Jornal Escolar

Edição número1

Artes e Ofícios

Página 18


Jornal Escolar

Edição número1

Inglês

I can sing a rainbow

Página 19


Jornal Escolar

Edição número1

TIC

Página 20


Jornal Escolar

Edição número1

Página 21


Jornal Escolar

Edição número1

Homenagem à Dona Laurinda, assistente operacional, pela sua aposentação e pelo trabalho, empenho e carinho que dedicou à nossa escola. Um grande abraço e beijinho ,à nossa Dona Laurinda e um muito obrigado.

Depois da representação do Auto de Natal, contámos com tão aguardada presença do Pai Natal, que não se esqueceu da prendinha para os alunos, um livro. Seguiu-se um lanche com toda à comunidade educativa.

Página 22


Jornal Escolar

Edição número1

Os alunos da EB1/PE do Jardim da Serra, junto com so seus familiares, no dia 17 de dezembro, assistiram a uma sessão do Circo Mundial. Foi uma tarde bem passada e boa maneira de terminar o primeiro período .

Página 23


Jornal cerejinha 1ªed.