Page 1

Resumo: Manifesto do Partido Comunista. Marx, Karl Heinrick Engels, Friedrich As ideias marxistas sobre o triunfo do proletariado sobre a burguesia já havia tomado conta da Europa e existia a necessidade de organizar as frentes que já existiam e se organizavam.Marx e Engels foram incumbidos pela Liga Internacional dos Comunistas de organizar os ideais comunistas em um único documento. A ideia era escrever em forma de catequismo para um melhor entendimento das massas quanto o conteúdo. 1) Burgueses e Proletários Existe desde o principio a luta de classes antagônicas em busca de liderança/poder. Algumas sociedades de formas mais particulares outras não, mas sempre existem organizações sociais onde alguém é o opressor e alguém é oprimido. Essa formação de classes mantem as condições de opressão e seu desenvolvimento caminha para a formação de duas classes especificas: a burguesia e o proletariado. O desenvolvimento economico (grandes navegações e descoberta das Américas) ofereceram as bases à ascensao da burguesia. Com a ampliação dos mercados e da industria houve substituição da manufatura. Os burgueses agora eram proprietários de grandes fábricas. A expansão desses mercados criou o mercado mundial, que seguiram o mesmo caminho dos meios de comunicação por terra e refletia a extensão da indústria. “A medida que a industria, o comercio, a nevegaçao e as estradas de ferro se desenvolvem, cresce a burguesia multiplicando seu capital na exploração da classe legada” Tudo é consequencia do processo de desenvolvimento no modo de produção e de troca ligado ao processo político. O governo é um comitê para gerar lucros a burguesia. A burguesia, durante o percurso histórico, privilegiou a manutenção do poder e do capital acima acima de quaisquer valores. A burguesia só pode existir e manter-se se revolucionar incessantemente os instrumentos de produção, as relações de produção e as relações sociais. Marx já previa a globalização e o comércio das multinacionais criando necessidades de compra. Também percebeu o crescimento da cidade em detrimento do campo, a concentração da propriedade privada e da política. A criação de nações federalistas e grandes unificações que fortalecem a burguesia. Os meios de produção e de troca foram se fortalecendo e desenvolvendo na sociedade feudal que, não suportando, teve que mudar suas bases para dar lugar a produção em massa. Em seu lugar chegou a livre concorrencia com a nova ordem social, economica e politica. A propria burguesia já não controla mais os gigantescos meios de produção que ela mesma criou pois existem crises comerciais que ameaçam a existencia da burguesia e deixa instável as relações trabalhistas. O proletariado, camada criada por essa evolução capital, se une e remete suas forças as ações de motin. Os meios de comunicação auxiliam na organização de trabalhadores do mesmo ramo, de cidades diferentes e até países diferentes. “Toda luta de classes é uma luta política”. Por isso a burguesia vive em uma guerra perpétua para a manutenção de seu poder. Ela necessita do proletariado para manter-se. Para Marx o ideal é o fim da propriedade privada. Essa é a missão do proletariado pois a propriedade privada está ligada ao acumulo de capital. A luta do proletariado é a luta da maioria pela maioria. Marx acredita que a base do poder burguês é a industria e essa é frágil. A queda deles será a


vitória do proletariado. 2) Proletários e comunistas Os comunistas distinguem dos outros partidos em dois ponto: 1 – lutam por interesses comuns dos proletarios do mundo inteiro. 2- Representam o movimento em seu conjunto. O partido comunista impulssiona os demais (com seus ideiais e organização) e compreende melhor e mais nitidamente as condições que os demais. O objetivo é a constituição do proletariado em classe, derrubada da supremacia burguesa, conquista do poder político sobre o proletariado e abolição da propriedade privada. Ser capitalista é deter os meios de produção. Porém o capital é produto do esforço e trabalho coletivo e não pode ser detido em poucas mãos. O capital é uma força social. A propriedade tem carater capital e do trabalho. A partir do momento que o capital é publico a propriedade também é publica. 1. Trabalhador assalariado O trabalhador recebe o mínimo necessário para sobreviver como trabalhador e reproduzir a sua vida. O dinheiro deve ser de todos para todos na sociedade comunista. Na sociedade burguesa as pessoas são meros instrumentos de produção e minimizam as relações familiares. 2. Marx cita algumas medidas para implementar o comunismo. (LER)

Resumo do Manifesto do Partido comunista  

Registro mental para apresentação do texto em resumo bem elaborado, porém, pessoal.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you