Page 1

editorial Editora ECOAVENTURA PABX: (11) 3334-4361 - Rua Anhaia, 1180 Bom Retiro - SP - CEP 01130-000 www.grupoea.com.br Diretoria Farid Curi, Roberto Véras, Rubinho de Almeida Prado e Wilson Feitosa Diretor comercial Roberto Véras rveras@grupoea.com.br Diretor de redação Wilson Feitosa wfeitosa@grupoea.com.br Editora Janaína Quitério (MTb nº 45041/SP) jquiterio@grupoea.com.br DEPARTAMENTO DE JORNALISMO redacao@grupoea.com.br Estagiários da redação Bárbara Blas e Gabriela Ferigato Tradutor David John Arte Gabriel Dezorzi e Paula Bizacho Fotografia Alexandre Tokitaka, Henrique Feitosa e Inácio Teixeira Correspondentes internacionais Fábio Barbosa e Voitek Kordecki Colaboraram nesta edição Denis Garbo, Eribert Marquez, Inácio Teixeira, Roberto Véras e Wilson Feitosa

Novidade em forma de “sereia” A ideia de que a mulher está associada ao “panema” na pesca — do tupi pa’nema (indivíduo infeliz) —, isto é, que traz azar nas incursões — tem ficado restrita às lendas amazônicas. Prova disso é que tem sido cada vez mais comum encontrar pescadoras, aficionadas ou não, nos mares, rios e represas que se constituem em palco para a pesca esportiva. Tanto é verdade que, neste ano, com a troca de governo, o Ministério da Pesca e Aquicultura terá à sua frente — em substituição a Altemir Gregolin — uma mulher. E ela veio com tudo. Ideli Salvatti não esperou o Carnaval passar para dar início à implantação de novas medidas em prol da sustentabilidade dos recursos pesqueiros. Entre as mais importantes, redefiniu as regras para o cadastro de pescadores profissionais. A partir de agora, é obrigatório que o interessado apresente declaração de que não possui qualquer vínculo empregatício em outra atividade profissional, além do comprovante de recolhimento do INSS de acordo com a venda do pescado, entre outras. Dessa forma, serão barrados aqueles que, por anos, usaram petrechos proibidos sob alegação de serem profissionais dependentes dessa atividade, ou seja: é o fim dos impostores na fila do seguro-Defeso. De pesca amadora ou esportiva, até o fechamento desta edição

[meado de fevereiro],

a

Consultores Alexandre Andrade e Eribert Marquez

ministra pouco falou. ”Nunca fisguei um peixe”, confessou, mas assumiu ser hábil em

DEPARTAMENTO COMERCIAL Publicidade Salgado Filho comercial@grupoea.com.br

contro Nacional da Pesca Amadora, realizado em setembro com setores representativos

Marketing Pedro Reis preis@grupoea.com.br Distribuição e edições avulsas Thiago Damasio atendimento@grupoea.com.br Atendimento ao leitor sac@grupoea.com.br Assinaturas assine@grupoea.com.br A Revista ECOAVENTURA é uma publicação mensal da Editora ECOAVENTURA Ltda.. Distribuição com exclusividade para todo o Brasil: Fernando Chinaglia Comercial e Distribuidora S/A, Rua Teodoro da Silva, 907, tel. (21) 2195-3200. Os anúncios e artigos assinados são de inteira responsabilidade dos anunciantes e de seus autores, respectivamente. A Revista ECOAVENTURA está autorizada a fazer alterações nos textos recebidos, conforme julgar necessário. Nenhum colaborador ou funcionário tem o direito de negociar permutas em nome da editora sem prévia autorização da diretoria.

Assinaturas: (11) 3334-4361

fisgar boas ideias. E com relação a isso, não há mesmo com o que se preocupar: o 1º Endo segmento, produziu 30 páginas de um documento que contém os principais requisitos para o desenvolvimento da pesca esportiva no Brasil, tais como harmonizar as legislações nos diferentes níveis de governos em águas federais — caso específico do rio Araguaia —, instituir limites mínimos e máximos no tamanho de captura para espécies esportivas, criar mais áreas destinadas à prática do pesque e solte e promover o Brasil como destino nacional e internacional de pesca esportiva. As ideias já estão lançadas. Agora, resta à nova ministra não apenas fisgá-las, mas colocá-las em pauta, executá-las e, por que não, praticá-las — o que achamos perfeitamente possível, já que muitas das mulheres pescadoras só se apaixonaram pelo esporte em sua fase adulta de vida. Mérito delas, afinal, o capricho e a sensibilidade feminina não têm fase predeterminada para se manifestar. Bem-vinda ministra! Temos certeza de que a senhora não demorará a experimentar os efeitos terapêuticos e inebriantes de um dia de pesca esportiva. Fica aqui o nosso convite.

Edição 18 — março de 2011

Editorial_Revista Ecoaventura 18  

Editorial publicado na Revista Ecoaventura 18, em março de 2011

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you