Page 1

Ma r

no

á 10 1 a ab

10 Anos com você

GLÓRIA A DEUS

Diretor Presidente: JAMES ROSSY PARAGUASSU

05 A 12 DE ABRIL DE 2014 - ANO X - Nº 465

s

Edição Especial

E-mail: jornalfolhadopara@bol.com.br

“Se Deus é por nós, quem será contra nós?”

Jornal Online Diário: www.folhadopara.com

M A RA B Á

Preço do exemplar: R$ 1,00

OAB-Pa protesta execução de advogado e exige Impeachment do governador do Pará A dois dias de completar cinco meses da execução do advogado Dácio Antônio Gonçalves Nunes, 42 anos, assassinado com dois disparos de pistola 380, na cabeça, na noite de (05) de novembro de 2013, no Bairro Rio Verde, em Parauapebas (Pa), mais um advogado é friamente assassinado em Marabá. A execução revoltou a Ordem dos Advogados do Brasil do Pará que protestam contra a falta de impunidade aos crimes de pistolagem no estado. O assassinato do advogado George Antônio Machado, 53 anos, que atuava em Marabá e Parauapebas, no sudeste do Pará, executado a tiros, na noite da última quinta-feira (03), por dois homens em uma moto. Segundo informações da polícia e populares, o crime ocorreu por volta das 20h, quando o advogado se encontrava jantando num ponto de espetinho, localizado na Folha 10, Nova Marabá. A vítima, que atuava na área previdenciária, participava da reunião do Colégio de Presidentes das Subseccionais da Ordem dos Advogados do Brasil, aberta solenemente no mesmo dia de seu assassinato, na subseccional da instituição em Marabá, onde o advogado já fora presidente. O presidente da OAB-Pará Jarbas Vasaconcelos declarou que a impunidade dos crimes de pistolagem no estado é a comprovação da inoperância do estado quanto aos direitos constitucionais dos paraenses. - A OAB tem denunciado nacionalmente e internacionalmente esses crimes e tem debatido sobre o impeachment do governador do estado do Pará. Ele não consegue garantir os direitos constitucionais do cidadão paraense, por isso deve ser afastado do cargo - finaliza Vasconcelos.

Asfalto na cidade de Marabá

Mais de 50 mil pessoas assistiram shows do aniversário de Marabá

Palavra do Senhor 1 [Salmo de ações de graças] Celebrai com júbilo ao SENHOR, todas as terras. 2 Servi ao SENHOR com alegria, apresentai-vos diante dele com cântico. 3 Sabei que o SENHOR é Deus; foi ele quem nos fez, e dele somos; somos o seu povo e rebanho do seu pastoreio. 4 Entrai por suas portas com ações de graças e nos seus átrios, com hinos de louvor; rendei-lhe graças e bendizei-lhe o nome. 5 Porque o SENHOR é bom, a sua misericórdia dura para sempre, e, de geração em geração, a sua fidelidade. Salmo 100

3322-1595 CARDÁPIO DISPONÍVEL NA INTERNET:

www.pizzariaverdesmares.com.br


Página

2

FOLHA DO PARÁ

05 A 12 DE ABRIL DE 2014 - Nº 465 ANO X - MARABÁ - PARÁ

Mutirão na 3ª Vara D

esde 19 de fevereiro recente, a 3ª Vara Cível de Marabá, a dos feitos da Fazenda Pública, está em regime de mutirão, por determinação da juíza Maria Aldecy de Souza Pissolati. Segundo a Ordem de Serviço nº. 01/2014GAB, daquela data, 8.998 processos tramitam pela Vara. Ademais, outros 6.259 estão com despachos e decisões pendentes de cumprimento em secretaria, 4.971 petições carentes de juntada e 550 iniciais sem autuação,

numeração e conclusão. Para regularizar tudo isso, os mutiróies são realizados de segunda a quinta-feira, com a participação de todos os servidores e estagiários, sem prejuízo do atendimento ao público, com uma pessoa, das oito hotas ao meio dia. Durante as jornadas não serão atendidos pedido de cumprimento ou de despacho/sentença, exceto proridades legais. Foi pedida também à Secretaria do F0rum e à Presidência do Tribunal, a cessão de estagiários. Ademir Brazàs

Reforma do Hospital Regional de Marabá a pleno vapor R

esponsável por atender uma região de 1,1 milhão de habitantes de 22 municípios do sul e sudeste do Pará, o Hospital Regional Público do Sudeste, em Marabá, está em fase de ampliação, que deve aumentar consideravelmente sua capacidade de atendimento. Com a reforma e ampliação, a unidade de saúde deve ganhar 20 máquinas de hemodiálise, para atender pacientes renais crônicos, além de serviço de hemodinâmica, para procedimentos de angioplastia, cateterismo e futuramente cirurgia cardíaca. Para isso, já estão sendo ampliados a emergência e o centro cirúrgico, enquanto a UTI já foi ampliada em 10 leitos. Atualmente o hospital tem 115 leitos (77 clínicos e 38 de UTI), mas a obra prevê a criação de mais 30 leitos, o que eleva a capacidade de atendimento para 145 leitos, tornando o Hospital Regional de Marabá um dos maiores do Estado. Orçada em quase R$ 9 milhões, a obra deve ficar pronta no final do ano. Somente em equipamentos e mobílias, o governo do Estado deve investir mais R$ 11 milhões, além do custeio que deve ser de R$ 1,5 milhão por mês. Ou seja: R$ 18 milhões/ano. Com isso, o hospital, que é administrado pela Pró-Saúde ABASH, deve passar de 600 colaboradores para 720. Mas o mais importante é a melhoria no

EXPEDIENTE

atendimento para os moradores da região, como explicou Jose Batista Luz Neto, diretor de Apoio do Hospital. Esse serviço vai desafogar Belém. A gente vai conseguir desafogar grande parte dos casos aqui em Marabá, o que já ocorre em outras especialidades, mas no caso do renal crônico, a gente vai conseguir absorver praticamente toda a demanda da região; e no caso da hemodinâmica pra início do tratamento cardíaco, Santarém já está contemplado, mas a próxima a ser contemplada vai ser Marabá, pra atender também os cardiopatas da região, que, pelo est5udo do perfil epidemiológico, foi algo que se viu necessário, argumenta. Em visita ao hospital nesta quinta-feira, o vicegovernador do Estado, Helenilson Pontes, se disse satisfeito com o andamento das obras e destacou a importância delas para a região: Imagine o que seria da saúde pública do sul do Pará sem o Hospital Regional de Marabá, então estou muito feliz porque eu vi que a obra está num estágio avançado, está pegando ritmo e, se Deus quiser, antes do final do ano, nós voltaremos aqui para inaugurar mais essa grande obra que o povo do sul do Pará vai receber. A reforma também prevê um bloco de apoio, com cozinha, refeitório, oficina, arquivo, farmácia, abrigo de resíduos e sala para o serviço de nutrição e dietética. Chagas Filho Assessoria de Comunicação Hospital Regional do Sudeste do Pará Pró-Saúde HRSP/Marabá (PA)

O JORNAL FOLHA DO PARÁ é editado por: L. Rossy Paraguassu Ltda. 3321-2227

10 anos com você

18.603.268/0001-83 -- Inscrição Municipal: 301012724

E-mail:folhadopara@uol.com.br

DIRETOR PRESIDENTE: James Rossy Paraguassu, COLABORADORES: Ederson Oliveira Drt 1755/PA, Marcelo Rocha, Pr. Jota Maranhão, Rosch Raimundo Cavalcante, Magno Barros Correspondente em Brasília: Val André Mutran, -- REPORTAGENS: Maria Alexandra, Hercília Ferreira, - DIGITAÇÃO/TEXTO: Arlene e Thamires Paraguassu, COLABORAÇÃO ESPECIAL: Miguel Casseb, Secom - Secretária de Comunicação de Marabá Pará, e Secretaria de Comunicação Governo do Estado, Secom Polícia Civil do Pará -- DEPTO COMERCIAL: Jofre Matos / Josemeiry Monteiro - ESPORTE: Gentil Cardoso de Oliveira DIAGRAMAÇÃO E PROJETOS GRÁFICOS: James Paraguassu -- REDATOR: Magno Barros -- VERSÍCULOS BÍBLICOS: Lourdes Paraguassu

Jornal Folha do Pará Online Diário: www.folhadopara.com Mais de 5 Milhões de acessos

Glória a Deus


FOLHA DO PARÁ

05 A 12 DE ABRIL DE 2014 - Nº 464 ANO X - MARABÁ - PARÁ

Página

3

MESMO COM INVERNO, FRENTES DE SERVIÇOS ESPALHAM

Asfalto na cidade de Marabá P

assado o primeiro ano da administração eleita em 2012, no qual a prefeitura de Marabá enfrentou adversidades de todos os tamanhos, principalmente na luta para retirar do Cauc o nome do município e no disciplinado esforço para pagar salários atrasados, herdados da gestão anterior apenas para citar algumas demandas o governo iniciou 2014 com diversas frentes de serviços asfaltando ruas da cidade, apesar das fortes chuvas que se intensificaram nos últimos dois meses. A partir de maio, com a chegada do verão, a meta de implementar o maior programa de pavimentação de ruas de todos os tempos, será deflagrada com a transformação da cidade em canteiro de obras. Nos três Núcleos populacionais, além dos bairros localizados do outro lado do rio Tocantins, a prefeitura terá construtoras espalhando pavimentação nas ruas de Marabá, com as obras de macrodrenagem da Grota do Aeroporto e Grota Criminosa, além de outros projetos de pavimentação a serem cobertos com recursos de outras fontes. Hiroshi Bogea www.hiroshibogea.com.br

Folha 23 (Nova Marabá) Rua Cuiabá (Bairro da Paz)

Rua Cuiabá, com extensão de quase 4 km, será toda pavimentada, bem como suas transversais.

Travessas que ligam a Pará a Silvino Santois também serão pavimentadas até a orla.

Rua Alfredo Monção (Bairro da Paz)

Avenida Itacaiúnas (Belo Horizonte)

Afro Sampaio (Cidade Nova) Revitalização da Velha Marabá – Avenida Antonio Maia

A prefeitura deu início às obras de recapeamento da avenida Antonio Maia, principal via comercial do município, dando start para um projeto maior que é a revitalização do Núcleo Pioneiro, que futuramente contará com calçadas cidadãs, ciclovias e até mesmo a urbanização da orla, com obras da paisagismo.

Folha 22 (Nova Marabá)

Em outro post que estamos preparando, mostraremos como ficará a Antonio Maia. Como todas as obras de pavimentação recebem serviços de drenagem, a Afro Sampaio também ganhou sua estrutura de esgotamento, antes de aplicação do asfalto.

Rua Pará – Bairro Santa Rosa (Núcleo Pioneiro)

Floriano Peixoto (Bairro São Félix) Essa avenida abaixo integra o anel viário do complexo São Félix, do outro lado do rio Tocantins. O asfalto que foi colocado em toda a extensão da avenida Floriano Peixoto por gestão anterior, esfarelou. Foi preciso realizar obras de terraplenagem e asfaltamento de novo da via, para permitir o tráfego de transporte público. A via está ficando assim, embora ainda falte a implantação de meio-fios, que serão colocados ainda em abril.

Antes do bairro Santa Rosa ter sido tomada pela cheia, agora em fevereiro, a prefeitura estava por concluir o calçamento da Rua Pará, via que corre paralela a Silvino Santis, e um dos mais antigos sonhos da população do bairro. Ficou faltando apenas cem metros para a conclusão da rua, que teve sua pista beneficiada com pavimentação ciclópica, calçamento recomendado para áreas que são atingidas por enchentes. Quando as águas do Tocantins e Itacaiínas baixarem de vez, a rua Pará será concluída, bem como as travessa que a ligam a Silvino Santis – com aplicação de meio-fios.


Página

4

FOLHA DO PARÁ

05 A 12 DE ABRIL DE 2014 - Nº 464 ANO X - MARABÁ - PARÁ

Salame exonera quatro secretários

Q

uatro secretários municipais já se desincompatibilizaram visando justamente o processo eleitoral de outubro. O primeiro a deixar o cargo foi Luiz Bressan, por decisão do PT; também vão deixar o cargo o secretário de Indústria e Comércio, Ítalo Ipojucan; de Planejamento, Beto Salame; e da Assistência Social, primeira-dama

Bia Cardoso. Procurado pela reportagem, o prefeito João Salame confirmou a saída dos quatro e nomeou os interinos Heide Castro, no lugar de Luiz Bressan, na Secretaria de Educação; Adnancir Rosa, para substituir Bia Cardoso, na Assistência Social; Roberval Marcos Rodrigues, substituindo Roberto

Salame, no Planejamento; e Alex Silva para o lugar de Ítalo Ipojucan, na Secretaria de Indústria e Comércio. Todas as substituições são em caráter interino, enquanto o prefeito negocia com os partidos da base de apoio os secretários definitivos. Perguntado se todos os secretários que entregaram os cargos serão candidatos nas eleições de outubro,

Salame disse que a ideia é colocar esses nomes à disposição para possíveis candidaturas. Mas tudo será amplamente debatido, para se chegar aos nomes que melhor representem a região e cujas candidaturas tenham viabilidade, dentro do projeto político, do qual o grupo de Salame faz parte. No caso específico do secretário Bressan, Sala-

me disse que a saída dele foi uma decisão do PT, partido ao qual o ex-secretário é filiado. De fato, o próprio Bressan foi às redes sociais para comunicar que desde esta sexta-feira (4) não era mais secretário de Educação. “Saio a partir de uma decisão da executiva municipal por 6x5 votos. Não houve debate com o diretório e com a militância do PT. Para não

prejudicar o governo não vou estender o debate”, desabafou Bressan. Ele ainda agradeceu o apoio recebido do prefeito João Salame, assim como da maioria dos vereadores, do conjunto do governo e principalmente da grande maioria dos filhados do PT. “Acredito neste governo. Vou continuar firme na a defesa da educação”, finalizou.

UFPA convoca candidatos NOVA REPESCAGEM

Vagas são para Engenharia Ferroviária e Logística, e Ciência e Tecnologia

A

Universidade Federal do Pará (UFPA) convoca, em terceira chamada, os candidatos aprovados e não classificados no Processo Seletivo Especial 3 de 2014 (PSE 2014-3) nos cursos de bacharelado em Engenharia Ferroviária e Logística, campus Belém, e Ciência e Tecnologia, campus de Ananindeua. Segundo a instituição, as matrículas iniciam na próxima terça-feira (8). No total, 23 candidatos estão sendo convocados, sendo 13 para o curso de Ciência e Tecnologia e 10 para o curso de Engenharia Ferroviária e Logística. O edital completo com a lista de con-

vocados está disponível no site da instituição, bem como a lista de documentos e formulários a serem entregues no ato da habilitação. A entrega de documentos será das 9h ao meio dia . Para se habilitar é necessário apresentar originais e cópias da cédula de identidade (RG); do CPF; do título de eleitor (para maiores de 18 anos); prova de que está em dia com as obrigações militares (para homens maiores de 18 anos); certificado de conclusão do ensino médio ou diploma de conclusão do ensino técnico integrado ao médio; histórico escolar; comprovante de residência, 1 (uma) foto 3 x 4 recente e de frente, além do cadastro acadêmico.

O Centro de Indicadores e Registros Acadêmicos (Ciac) publicará, até às 16h do próximo dia 14, o edital de homologação do resultado da análise dos documentos apresentados pelos candidatos convocados. Na data, a partir das 14h, ocorrerá, no bloco B do Campus Básico da UFPA, a pré-matrícula do curso de Ciência e Tecnologia. Os alunos deverão levar o documento de habilitação. Já os calouros de Engenharia Ferroviária e Logística serão recebidos para orientação acadêmica no dia 23 de abril, às 14h, no auditório do Instituto de Tecnologia (ITEC), campus Profissional. Do G1 PA

Vacina contra a gripe começa dia 14 A

Secretaria Municipal de Saúde (SMS) aguarda conclusão da vacinação contra HPV para discutir com o Estado a próxima campanha de vacinação contra a gripe, prevista para iniciar na próxima segunda-feira (14), com término em 2 de maio. O objetivo é prevenir os grupos mais vulneráveis à gripe de complicações por doenças oportunistas, dentre elas a pneumonia.

Quando aos grupos prioritários a ser vacinados, são praticamente os mesmos de anos anteriores: idosos (a partir dos 60 anos), crianças maiores de seis meses e menores de dois anos, gestantes, puérperas (mulheres que deram à luz em até 45 dias), indígenas aldeados, profissionais da saúde e pessoas privadas de liberdade. E ainda aquelas pessoas que sofrem de doenças crônicas (respiratórias, cardíacas, renais, imunodepressão, etc.) tam-

bém receberão a dose da vacina antigripal, mediante recomendação médica. Segundo informações não oficiais, a campanha nacional de vacinação contra a gripe deste ano será ampliada para atender crianças de até cinco anos incompletos (quatro anos, 11 meses e 29 dias). No entanto, de acordo com a enfermeira Priscila Lopes, coordenadora do Centro de Imunológicos da SMS, ainda não há confirmação dessa possível novi-

dade, que poderá ser conhecida na próxima reunião com a Sespa. No que tange à vacinação contra o HPV, Priscila informou que, na manhã de segunda-feira (31 de março), havia cerca de 400 doses das mais de 6,3 mil a serem aplicadas em meninas de 11 a 13 de idade. Lembrando que desse total, mais ou menos 200 estão destinadas a uma escola da Marabá Pioneira, o que se aproximará de 100% da meta da campanha.


Social

Josemeiry Monteiro

FOLHA DO PARÁ

05 A 12/04 DE 2014 - Nº 465 ANO X - MARABÁ - PARÁ

O pré‐candidato ao governo do Pará 2014 Helder Barbalho veio comemorar os 101 anos de Marabá e prestigiar o prefeito de Marabá João Salame, pré‐candidato a deputado João Chamon e Ademar de Alencar

Uma das aniversariantes do mês, aqui Ana Carolina Paraguassu junto com seu esposo e seu filho Gabriel, Carol é filha de nosso diretor presidente deste jornal James Paraguassu

Também trocou de idade no último dia 5 foi o repórter cinematográfico Farias Júnior do SBT de Marabá, na foto, junto com sua esposa Abilene e sua filha Keulynne Victoria

5

O jovem Igor Marinho filho de Maurany Marinho e Weber Vivaqua, ladeado na foto, por seus avós Maura e Raimundo Marinho e pelo casal Zenilde Costa e o jornalista Juno Brasil da Folha do Pará, comemorou mais una data natalícia na última sexta‐feira(04).

Claudio Feitosa, sec. de cultura de Marabá, ao lado da renomada cantora Elba Ramalho, em evento do aniversário da cidade

Comemora dia 21 deste mês a psicopedagoga Jamirna Zoraida a quem aqui recebe nossas homenagens

Em passeio por Marabá, Ivanete Carvalho, matando saudades dos familiares, ao lado de nossa redatora Meiry Monteiro e da Bacharel em direito Arlene Paraguassu

Página

A coluna registrou em momento de descontração a Promoter Letícia Werneck, ladeada das amidas Geise e Amanda, curtindo o show do Jorge Aragão.

Também trocando de idade no próximo dia 23 é a professora França Alair, ela que é mãe da redatora do Jornal Folha do Pará, Josemeiry. Nossos Parabéns!


Página

6

FOLHA DO PARÁ

05 A 11 DE ABRIL DE 2014 - Nº 464 ANO X - MARABÁ - PARÁ

SERRA PELADA

Acionista da Colossus toma a frente nas negociações Para recuperar o projeto

O

CEO da Sandstorm Gold, Nolan Watson, se reuniu, na semana passada, com representantes da Cooperativa de Mineração dos Garimpeiros de Serra Pelada (Coomigasp), para tratar do projeto de ouro e paládio Serra Pelada no Pará. A Sandstorm é um dos maiores acionista da Colossus Minerals, sócia da Coomigasp na joint venture Serra Pelada Companhia de Desenvolvimento Mineral (SPCDM). Nolan Watson é um empreendedor prodígio canadense conhecido pela sua contribuição à inovação financeira no setor de mineração. Aos 26 anos ele foi nomeado CFO da Silver Wheaton Corp, onde desenvolveu um modelo de negócios baseado na compra antecipada de metais preciosos a preços fixos. Com isso, levantou US$ 1 bilhão, que fez com que a empresa se tornasse a

maior streaming company do mundo. A reunião aconteceu em Curionópolis (PA) e contou com a presença do interventor Marcos Alexandre

Mendes, os garimpeiros José Antônio e Gildásio Vieira, o advogado Ivaldo Marques, do núcleo jurídico da interventoria, e Francisco Carlos Oliveira de Lima, assessor

Aos 112 anos

Igreja ganha reforma A Igreja Matriz de São Felix de Valois, localizada na praça do mesmo nome, na Marabá Pioneira, recebe os últimos retoques da reforma iniciada em novembro do ano passado. Com 112 anos de existência, o templo será reinaugurado neste domingo (6) durante missa, a partir das 7h, e benção da Capela do Santíssimo, onde fica o sacrário, que conversa as hóstias sagradas para momentos de adoração. O objetivo da reforma, de acordo com o padre Aelson Nunes Vieira, pároco de São Félix, é preservar o patri-

mônio histórico e proporcionar um ambiente acolhedor aos paroquianos. “Queremos fortalecer o senso de espiritualidade e resgatar o valor histórico, não só do prédio, mas da devoção a São Felix”, explica ele, que completa um ano à frente da igreja este mês. A maior parte dos reparos foi realizada no teto da igreja e as mudanças incluem a correção de caibros e ripas e a instalação de uma manta térmica, a fim de evitar goteiras. Um novo forro, feito de gesso, também foi colocado para melhorar a acústica dentro do san-

tuário. Além da pintura, padre Aelson destaca a alteração no local da imagem de São Félix de Valois, que também foi restaurada. “No presbitério, onde ficava a imagem de São Félix, foi colocado o Cristo crucificado, que é o centro da fé católica”, detalha o responsável pela paróquia. Mais de oito homens trabalharam durante toda a reforma e cerca de R$ 50 mil foram investidos na recuperação da igreja, que possui capacidade para 300 pessoas. O padre Aelson frisa que todo o recurso veio dos dízimos e ofertas dos próprios fieis.

técnico e gerente de produção da Coomigasp. Segundo o assessor técnico, Francisco Carlos Lima, o CEO da Sandstorm disse que a intenção é que a mineradora tenha uma nova relação com a Coomigasp e com a comunidade de Curionópolis. Ele aproveitou a oportunidade para dizer que a nova diretoria da Colossus está trabalhando na reestruturação da empresa. Watson apresentou o novo membro do Conselho Administrativo da Colossus no Brasil, que é canadense, mas o nome ainda não foi divulgado. O NMB entrou em contato com a Sandstorm, no Canadá, mas foi informado que somente John Frostiak, diretor e presidente do conselho administrativo da Colossus pode falar sobre esses assuntos. Durante a reunião, o interventor apresentou as

propostas e exigências da Coomigasp, entre elas a correção do percentual de divisão de participação no projeto para 49% para a cooperativa e 51% para a mineradora, como era o acordo original. A cooperativa exigiu, ainda, o fornecimento de dados técnicos do projeto para a Coomigasp. “A Coomigasp é sócia do projeto, mas não tem acesso aos dados”, disse o assessor. O interventor também solicitou que fossem cumpridas condicionantes em relação ao tratamento de água na região, programas de valorização da população e respeito aos idosos. “A população de idosos na região é muito grande, especialmente de garimpeiros que vieram há anos e ficaram por aqui”, explicou Lima. Segundo Lima, Watson prometeu pensar sobre o assunto e voltar ao Brasil de-

pois do dia 15 de abril e marcar uma nova reunião com a Cooperativa. O representante da Sandstorm teria dito que está buscando novos sócios para financiar a continuidade do projeto de ouro Serra Pelada. No Canadá, a Colossus está em concordata. Em janeiro, a mineradora anunciou a saída de J. Alberto Arias, que é fundador, sócio e gerente de portfólio da Arias Resources Capital Management LP, principal acionista da Colossus. O deputado federal Arnaldo Jordy (PPS-PA) afirmou que, em outra reunião da Colossus na semana passada com representantes do governo do Estado do Pará, a Colossus dissera que está buscando captar os R$ 700 milhões que estariam faltando para dar seguimento ao projeto. Notícias de Mineração Brasil


FOLHA DO PARÁ

Página

7

05 A 12 DE ABRIL DE 2014 - Nº 465 ANO X - MARABÁ - PARÁ

Advogado tem o corpo sepultado

F

oi sepultado na tarde de ontem, sexta-feira (4), no Cemitério Jardim da Saudade, no Núcleo Cidade Nova, o corpo do advogado George Antônio Machado, de 53 anos, assassinado na noite anterior, em um restaurante da Folha 10, Núcleo Nova Marabá. Natural do Rio de Janeiro, George se mudou há muito tempo para Marabá, onde cursou Direito na Universidade Federal do Pará – Campi Marabá -, e começou a atuar. Atualmente ele tinha dois escritórios de advocacia, um em Marabá e outro em Parauapebas, onde estava morando. Os advogados de Marabá acompanharam o cortejo até o cemitério em manifestação, com carro de som, iniciada em frente à Subseção em Marabá da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), onde aconteceu o velório. “Isso revela uma deficiência da democracia. Eu e alguns colegas estávamos conversando so-

bre o fato de um cidadão comum ter um conflito ou dois, mas nós, advogados, temos 200, 300, 400 ou mil conflitos porque representamos interesses de clientes e, talvez, o outro lado da demanda entenda que a culpa é do advogado”, declarou o advogado Odilon Vieira. Para ele, é uma situação preocupante. “É interessante que as forças de Segurança Pública se reúnam para chegar à autoria deste delito". O advogado Arnaldo Ramos de Barros Júnior concorda com o colega. “A classe fica vulnerável porque, até agora, outro crime semelhante que ocorreu em Parauapebas há alguns meses não foi desvendado. Este aqui vai se saber se será desvendado, enfim, até quando vão continuar matando advogados no Estado do Pará?”, questiona, acrescentando que deve haver uma investigação rígida para se chegar aos autores do delito. (Luciana Marschall/CT)

Leia no Folha do Pará Online: * * MENINA DE 13 ANOS É PRESA APÓS MATAR E TENTAR ARRANCAR CORAÇÃO DE HOMEM POPULAÇÃO INVADE HOSPITAL PEGA ACUSADO DE ESTRUPO MATA NO MEIO DA RUA

www.folhadopara.com Anuncie 50% de desconto mais de 5 milhões de acessos


Página

8

FOLHA DO PARÁ

05 A 12 DE ABRIL DE 2014 - Nº 465 ANO X - MARABÁ - PARÁ

ADEUS AO ATOR

Parentes e amigos se reúnem para cremação de José Wilker O

corpo do ator José Wilker foi cremado no Memorial do Carmo, no Caju, Zona Portuária do Rio, no início da noite deste domingo (6), em uma cerimônia fechada. Familiares e amigos começaram a chegar ao local por volta das 17h. Wilker foi velado no Teatro Ipanema, na Zona Sul do Rio, deste a noite de sábado (5). O ator morreu aos 67 anos em decorrência de um infarto. O velório, que foi aberta ao público às 23h40, terminou às 14h deste domingo. Velório O ator Marcos Oliveira, que interpreta o personagem Beiçola, na "Grande Família", compareceu ao teatro pouco tempo depois carregando uma rosa branca. Ele disse que era um grande admirador de Wilker. “Eu sou a maior viúva de todas as atrizes. Que me desculpem os outros atores, mas o Wilker era especial”, disse Susana Vieira, que lembrou o personagem Giovane Improta, da novela 'Senhora do destino', que sempre dizia “Se precisar, estou aqui”. “Como pessoa ele sempre foi assim. Sempre disponível para os amigos. Vou aproveitar vocês [jornalistas] para mandar um recadinho para ele. Zé, fica aí, bem bonitinho, com sua meinha colorida, seu tênis cor de rosa. Não sei onde você está, mas fica aí, bem bonitinho”, disse a atriz, que prometeu escrever uma crônica sobre o amigo. "Ele foi cedo demais. Em pleno voo. Mas, não poderia ser diferente, não poderia ser uma morte anunciada. A morte foi tão surpreendente quanto a forma em que ele viveu. Estreamos juntos na TV, em 'Bandeira 2'. Comemorei meus 18 anos com ele. Foi uma amizade intensa. O Wilker não parava de pensar e quis ser o protagonista da vida dele. Criava muito e não se contentava em ser somente autor", afirmou Stepan Nercessian. Milton Gonçalves, amigo de Wilker há 50 anos, disse que ele era uma pessoa muito verdadeira. “Ele era tido como rude, às vezes, mas na verdade, ele era verdadeiro numa sociedade de mentira. Minha amizade com o Wilker durou mais de 50 anos. Só posso falar bem e não é porque morreu não. Às vezes era irritado, mas devemos compreender as pessoas. Ele contribuiu de forma muito positiva para a arte". Stênio Garcia ressaltou o jeito brincaçlhão de Wilker e disse que o amigo era um exemplo de pessoa. “A última vez que estivemos juntos, ele até brincou, dizendo pra nós nos cuidarmos, pois ele estava fazendo alimentação ayurvédica. Ele estava sendo um exemplo de saúde para nós. Vai fazer uma falta incrível! Era sarcástico, mas era brincalhão. Eu já encontrei com ele em diversas partes do mundo", contou Stênio Garcia. A atriz Vera Holtz disse que o amigo está sempre em sua vida. “O Zé ainda não é lembrança, nem saudade. É uma lembrança constante em nossas vidas. Sempre manteve o humor e sempre foi um homem de opinião. A opinião dele em época de Copa e eleição fará falta”, disse Vera Holtz. Beth Goulart estava muito emocionada quando chegou ao velório do ator. “Wilker era um homem que representava a arte brasileira para o mundo. Ele tinha muitas frentes de trabalho. É muito difícil estar aqui, mas a Mariana [filha de Wilker] me enviou um e-mail tão lindo quando perdi meu pai, que eu tinha que estar aqui para dar um abraço nela”, contou a atriz.

Susana Vieira disse ser a maior viúva entre as atrizes

«Ele foi cedo demais", disse Stepan Nercessian

Milton Gonçalves e Wilker eram amigos há 50 anos

Stênio Garcia ressaltou durante entrevista o jeito brincalhão de Wilker

Vera Holtz foi ao velório de José Wiker no Teatro Ipanema

'Wilker era um homem que representava a arte brasileira para o mundo', disse Beth Goulart

Marcos Oliveira disse que era admirador de Wilker

Fã viaja 700 Km para se despedir de Wilker


FOLHA DO PARÁ

Página

9

05 A 12 DE ABRIL DE 2014 - Nº 465 ANO X - MARABÁ - PARÁ

Horóscopo

Leão - De 22 de Julho a 22 de Agosto Áries - 07 de Abril de 2014 Amor: Hoje andará muito carente, procure quem o saiba compreender.

Amor: A sua simpatia e sentido de humor vão conquistar as pessoas que estão à sua volta.

Saúde: Hoje cuide mais da sua saúde psíquica.

Saúde: Tenha mais cuidado com a sua higiene oral, consulte o dentista.

Dinheiro: Hoje não desista de nenhum objetivo, lute por aquilo que quer.Família: Hoje o espírito virtuoso da família provavelmente o envolverá durante o dia.

Dinheiro: A estabilidade reina nas suas economias.Família: Seja paciente e compreensivo com as pessoas de sua família.

Touro - De 21 de Abril a 20 de Maio Amor: Não deixe que a possessividade e o orgulho o afastem de quem mais ama.

Virgem - De 23 de Agosto a 22 de Setembro

Saúde: Seja prudente se estiver frio, pois está atrito a constipações.

Amor: A impulsividade com que diz as coisas pode por vezes ferir os sentimentos dos outros, nunca se esqueça disso. Saúde: Faça exercício físico, ao ar livre.

Dinheiro: Compre uma prenda para si próprio, faça um miminho ao seu ego, a situação financeira permite-o.Família: Os seus filhos vão lhe agradecer da melhor forma pelo tempo que lhes tem dedicado.

Dinheiro: Não abuse nos seus gastos supérfluos.Família: Poderá ter que resgatar suas forças para alguma dificuldade familiar.

Gêmeos - De 21 de Maio a 20 de Junho Amor: Seja mais carinhoso com os seus amigos, essa postura distante só faz mal a si e aos outros.

Libra - De 23 de Setembro a 22 de Outubro

Saúde: Este é o momento ideal para começar uma dieta. Dinheiro: Não se deixe levar pelo impulso e seja mais selectivo nos seus gastos.Família: Alguns sacrifícios poderão ser necessários, esteja sempre perto de sua família.

Amor: Deixe o orgulho de lado e dê o braço a torcer quando souber que não tem razão para ter ciúmes. Saúde: Não tente ser mais forte do que realmente é, para não vir a sofrer fisicamente com isso. Dinheiro: Não gaste o que tem e o que não tem.Família: A família deverá ser de grande importância neste momento difícil.

Escorpião - De 23 de Outubro a 21 de Novembro Câncer - De 21 de Junho a 20 de Julho Amor: Deixe que o seu coração fale mais alto do que a razão, e não se arrependerá. Saúde: Tendência para tensão baixa. Dinheiro: Tudo estará bem vigiado e organizado.Família: Lide cuidadosamente com as dificuldades de seus pais.

Sagitário - De 22 de Novembro a 21 de Dezembro Amor: Deixe de lado as mágoas e perdoe o seu próximo. Saúde: Tendência para problemas de memória. Dinheiro: Continue a saber gerir o seu dinheiro, para não deixar o barco afundar-se. Para vencer, acredite desde logo que é um vencedor.Família: Você poderá evoluir muito se ouvir mais a sua família.

Capricórnio- De 22 de Novembro a 21 de Dezembro Amor: O romantismo quebra a rotina de uma relação, use-o sem ter medo! Saúde: Estará em plena forma. Dinheiro: Não gaste mais do que pode, seja racional com as suas economias.Família: Poderá haver uma resistência muito grande de sua família devido à uma escolha sua.

Aquário- De 21 de Janeiro a 19 de Fevereiro Amor: Será que é mesmo paixão, ou é antes uma linda amizade aquilo que sente? Saúde: Possíveis dores de estômago. Dinheiro: Época favorável. Acredite que possui dentro de si os ingredientes para o sucesso.Família: Poderá não ser muito fácil lidar com problemas na escola de seus filhos.

Peixes - De 20 de Fevereiro a 20 de Março

Amor: Deixe um pouco o trabalho de lado e dê mais atenção à sua família.

Amor: A teimosia não leva a lado nenhum, dê o braço a torcer.

Saúde: Recomenda-se repouso e relaxamento.

Saúde: Faça mais exercício.

Dinheiro: Possível aumento do seu rendimento mensal, poderá estar relacionado com uma promoção no seu local de trabalho.Família: Evite confrontar os seus irmãos pelas decisões que eles podem ou não tomar.

Dinheiro: Não se preocupe, que com calma resolverá todos os seus problemas financeiros.Família: Um grande desgosto de família poderá vir à tona esteja preparado.


Página

10

FOLHA DO PARÁ

05 A 12 DE ABRIL DE 2014 - Nº 465 ANO X - MARABÁ - PARÁ

ENTREVISTAS

Prefeito de Marabá fala sobre seus 460 dias de governo O

prefeito municipal de Marabá, João Salame Neto, falou em entrevista à Folha do Pará sobre a sua atuação política nesses 460 dias de administração pública e da comemoração dos 101 anos de emancipação política de Marabá. Sobre as comemorações, João Salame comentou que a programação festiva com inauguração de obras e atividades culturais se estende por uma semana com Jorge Aragão; Elba Ramalho; Fernandinho; Davison, indicação do arcebispo marabaense Dom Vital Cordelini e os artistas da terra; Swing Moleque; Grupo Sempre Assim; Aurélio Santos, Zequinha e Gilvan Feitosa; Três do Choro; Grupo Todo Seu; Nenzinha e Banda; Ruana Ly e Banda; Clauber Martins e Carajazz Ópera Marabá. Que segundo Salame foram escolhidos para enaltecer a cultura e homenagear Marabá, sem deixar de prestigiar os artistas da terra. Sobre a mudança do local dos shows, o prefeito explicou que a Praça São Felix não caberia o público, e a Colônia Z-30, está abrigando os alagados das enchentes e não seria viável, portanto Salame pede desculpas aos moradores da Marabá Pioneira pela mudança dos shows, ressaltando que o bairro já foi palco de grandes shows e está sendo contemplado com reformas do Cine Marrocos; Estádio Municipal de Futebol; Biblioteca Munici-

pal; pavimentação da avenida Pará, na Santa Rosa; Marechal Deodoro, no Bairro Francisco Coelho (Cabelo Seco) e a revitalização da avenida Antônio Maia. “Gosto muito da Velha Marabá, onde nasci e meus pais moram lá, mas não poderia realizar estes shows na Marabá Pioneira, pelo gigantismo deste evento e o incômodo que causaria aos abrigados das enchentes”, esclarece salame, reforçando que seriam razoáveis as comemorações na Marabá Pioneira, onde começou a cidade e com a maravilhosa paisagem da orla, mas infelizmente o problema da cheia atrapalhou que as comemorações fossem lá. Esclarecido o motivo da mudança do local dos shows, o prefeito enumerou as inaugurações previstas para os 101 anos de Marabá; como o Comitê do Bolsa Família e Planatec; pavimentação e sinalização de várias ruas; creches nos residenciais e a escola municipal Teresa de Jesus, na Vila Poupex. Quanto à gestão pública de Marabá, Salame confessa que sempre teve vontade de administrar a cidade, mas não sabia que ia ter a felicidade de ser o prefeito do centenário da cidade, o que é um desafio muito grande, sobre tudo pela situação que recebeu a prefeitura, com várias dívidas e dificuldades. Salame destaca que seu primeiro ano de administração pública foi muito difícil e que seu maior desafio foi de qui-

tar as inúmeras dívidas herdadas pela gestão anterior, mas que agora o município já se encontra adimplente, em condições de receber os convênios estaduais e federais. “Sobre o asfalto, eu peço paciência à população, mas vamos cumprir nossa promessa de asfaltar as ruas marabaenses, mesmo com as dificuldades das chuvas, estamos com frentes de trabalho de pavimentação e quando chegar a estiagem teremos mais 20 frentes

de trabalho de pavimentação”, detalha o prefeito, salientando que com um ano de governo conseguiu equilibrar as finanças do município e honrar os pagamentos de servidores e fornecedores. E que a prefeitura está atuando com uma grande frente de obras na área rural e urbana, na saúde, na cultura, na educação, no esporte e na assistência social. Salame aponta que nas comemorações de 101 anos de Marabá, o governo já

tem um legado para apresentar e acredita que neste ano com menos dívidas para pagar, menos dificuldades os avanços na gestão pública serão maiores, de maneira a melhorar a qualidade de vida dos marabaenses. Sobre o projeto “Marabá acessível”, Salame aponta que as obras de acessibilidade já iniciaram, com o ciclo via na Antônio Maia e: “em breve iniciaremos as construções das calçadas cidadãs, padronizadas e uni-

formizadas, com acesso para deficientes físicos e aos idosos de forma a atender as necessidades de mobilidades. Nos reunimos com a sociedade e os comerciantes e eles estão entusiasmados, se prontificando a ser parceiros nesta construção. Eles colaboram com o material e a prefeitura com a mão de obra”, finaliza Salame. Juno Brasil

O VICE-PREFEITO DE MARABÁ

Destaca a educação como prioridade municipal O

vice-prefeito municipal de Marabá, Luis Carlos Pies, ressalta que dos 101 anos de emancipação política administrativa de Marabá, ele tem 30 de participação e que tem um amor especial pela cidade, adotada por ele como sua segunda naturalidade e que acredita ser necessário mais investimentos na educação, em prol do desenvolvimento do município, de forma a ser inserido no Programa Federal do “Brasil sem miséria” até o b i c e n t e n á r i o d a Independência em 2022. “Marabá tem em sua história um contexto de conflitos e lutas, mas é muito bonita e promissora. Até a década de 70 era uma cidade localizada entre dois grandes rios, por onde se fazia o principal meio de contato, mas com a fronteira da ocupação da Amazônia Oriental, com a construção da rodovia Transamazônica, Marabá teve um avanço enorme de desenvolvimento, cresceu muito acima da média nacional, e principalmente depois do governo Lula, que tive a oportunidade de conhecer muito bem este planejamento estratégico, quando o estado brasileiro recuperou a capacidade de planejamento”, enfatiza Pies, acrescentando que a partir do governo Lula, viu novas direções de políticas públicas

e de investimentos, no sentido de criar pólos de desenvolvimento no interior do Brasil, para descentralizar o desenvolvimento relativo das metrópoles, e observa que conforme as estatísticas, a partir de 2010/2012, Marabá, Parauapebas, Canaã dos Carajás, Tucuruí, Araguaína e outras cidades brasileiras do interior estão crescendo no ponto de vista populacional, proporcionalmente a outras metrópoles como Belo Horizonte. Segundo Pies essas políticas criam condições a Marabá de ser um pólo de desenvolvimento, um pólo industrial da Amazônia. O vice-prefeito reforça que o projeto da Hidrovia é uma realidade e vem cumprir esse planejamento estratégico, afirmando que dia 8 de maio, já sai o resultado da empresa que virá fazer esta obra. “São visíveis os grandes investimentos do governo federal em parceria com a prefeitura municipal de Marabá, no sentido de se construir uma cidade sustentável, no ponto de vista sócio-ambiental, saneamento básico, moradia e outros, o que colabora com o nosso planejamento estratégico de governo, numa visão de futuro, fazendo de Marabá uma cidade próspera sem miséria, auto-sustentável e sócioambiental, inserindo Marabá no programa do governo Federal de

um “Brasil sem miséria”, até o bicentenário da Independência em 2022”, destaca Pies. Ainda segundo o viceprefeito, cumprindo o planejamento municipal, o prefeito João Salame assinou ordem de serviços da Grota criminosa, o saneamento integrado e universal do bairro São Félix e Morada Nova, realizando trabalhos de infraestrutura do município, promovendo mais qualidade de vida. Educação Para Pies, a educação é o principal elo de desenvolvimento de uma sociedade e que dentro deste propósito, a maior preocupação do atual governo municipal é com a estrutura da educação, relembra que quando chegou a Marabá em 1984, não se tinha vaga para ensino de nível médio e nenhum curso de graduação.“Hoje temos 10 mil graduandos estudando, temos doutores e agora já temos uma universidade, a Unifesspa. Somos hoje um pólo educacional da região sul e sudeste do Pará”, brada Pies, comentando que a prioridade da atual administração municipal é construir escolas, reformar e ampliar as que já são em sede própria e avançar para a escola de categoria integral. Segundo Pies, o grande problema na educação de Marabá, ainda é a infraestrutura, com mais de 50 casas

alugadas inapropriadas para escolas, por isso a prioridade do governo na educação é construir escolas. E já foram aprovadas as construções de 22 grandes núcleos de educação infantil, 10 escolas de ensino fundamental e as reformas e ampliações das escolas que funcionam em sede própria e com central de ar e equipamentos de informática. E também faz parte do projeto a construção da primeira escola agrícola, que funcionará em tempo integral, com a educação no campo, que será construída na vila Santa Maria, no quilômetro 21, da rodovia Tr a n s a m a z ô n i c a . “Hoje a grande sacada do governo Federal é o investimento na educação infantil e nós compartilhamos desse projeto”, comenta Pies, comentando que a capacitação dos profissionais da educação também é uma preocupação do governo municipal e que com este propósito, nos dias 22, 23 e 24 de abril Marabá sediará um curso de capacitação para o Fórum de Educação Carajás, do qual fazem parte 22 secretários municipais de Educação da região, onde vão estudar a experiência das cidades de Redenção e Sobral do estado cearense, que há 10 anos atrás, tinham os índices do Ideb mais baixo do Brasil, abaixo de 2 e hoje estão com os índices acima de 7, que é a meta esperada pelo

Ministério da Educação e Cultura (MEC) até 2020. “Nós celebramos um convênio com a UFPa, UEPa, Unifesspa e IFPa, para potencializar a formação dos professores e Iremos implantar uma experiência inovadora, utilizando a metodologia revolucionária da educação

cearense de Sobral e Redenção, como referência da educação municipal. Agora o ensino médio hoje no Pará é o pior do Brasil, mais de dez anos que não se constrói uma sala em Marabá e precisamos buscar uma solução viável pára este problema”, finaliza Pies.


FOLHA DO PARÁ

Página

11

05 A 12 DE ABRIL DE 2014 - Nº 465 ANO X - MARABÁ - PARÁ

(94) 3321-2227 / 9157-2900 / 8104-9741

ANUNCIE, VEJA NOSSA SUPER PROMOÇÃO

M

arabaense Aurélio Santos, cantor que ficou famoso na década de 80 pelos sucesso de suas músicas populares, estará se apresentando durante a programação de shows do aniversário de Marabá. A Secretaria de Cultura destinou, na programação de 101 anos de Marabá, generoso espaço para os artistas da terra, confirmados nas três noites de eventos. Na última sexta, além de Aurélio, subiram ao palco os cantores marabaenses Gilvan e Zequinha. Aurélio iniciou carreira artística impulsionado pelo hit “Morada Antiga”. Em entrevista ao programa Clube da Manhã, da Rádio Clube, o artista apresentou aos ouvintes a nova letra da canção “Trilha do Progresso”,uma critica social aos governantes que, segundo ele, não tiveram força e interesse para tirar do papel grandes projetos que seriam a salvação para a geração de emprego e renda na região.

FOLHA DO PARÁ ESCRITO E ONLINE

Aurélio Santos volta aos palcos

DILMA

Governo investe mais de R$ 5 bilhões em máquinas A

presidenta D i l m a Rousseff informou hoje (7) que o governo federal já entregou mais de 14,1 mil máquinas para municípios de todo o país. No total, serão mais de 18 mil máquinas entregues em 5.061 municípios. Cada cidade com até 50 mil habitantes vai receber uma retroescavadeira, uma motoniveladora e um caminhão-caçamba. Para as cidades do semiárido ou em situação de emergência por causa da seca, o kit inclui um caminhãopipa e uma pácarregadeira. “Nós estamos investindo mais de R$ 5 bilhões para comprar todas as 18.073 máquinas. Esse investimento é muito bom para os municípios, mas é também muito bom para a economia do país, por-que só compramos máquinas produzidas aqui no Brasil. Com isso, estimulamos a produção nacional e garantimos o emprego e a renda também para o trabalhador das cidades. Faltam menos de 4 mil máquinas para serem entregues. Já contratamos todos os equipamentos para maio, as fábricas trabalham a pleno vapor

para atender às nossas encomendas e têm esse compromisso conosco”, disse. Dilma informou ainda, em seu programa semanal Café com a Presidenta que, além de beneficiar a população dos municípios menores com a manutenção das estradas vicinais, as máquinas

m e l h o r a m o abastecimento de água na região da seca. “Nós precisamos de boas estradas vicinais para transportar os alimentos até a mesa dos brasileiros e também para evitar perdas da própria produção agrícola”, destacou. Roraima, o Rio Grande do Norte, Sergipe, o Espírito

Santo e Mato Grosso do Sul já receberam todas as máquinas. “Hoje mesmo vou estar lá em Contagem, Minas Gerais, para entregar mais máquinas às prefeituras de 151 municípios do estado. Já entregamos todas as retroescavadeiras previstas em todo o Brasil e estamos avançando

também na entrega das outras máquinas, pois nós já distribuímos 3.511 motoniveladoras e 3.131 caminhões-caçamba”, disse a presidenta. Dilma ressaltou que todos os 1.440 municípios do semiárido ou em situação de emergência por causa da seca já receberam a

retroescavadeira, a motoniveladora e o caminhão-caçamba e que já foram entregues 1.431 caminhões-pipa e 960 pás-carregadeiras. O valor de mercado do kit com as três máquinas está em torno de R$ 1 milhão e, com as cinco máquinas para o semiárido, em R$ 1,4 milhão. Agência Brasil


Polícia Página

12

FOLHA DO PARÁ

05 A 12 DE ABRIL DE 2014 Nº 465 ANO X - MARABÁ - PARÁ

OAB protesta o assassinato de mais um advogado em Marabá e pede impeachment do governador do Pará A dois dias de completar cinco meses da execução do advogado Dácio Antonio Gonçalves Nunes, 42 anos, assassinado com dois disparos de pistola 380, na cabeça, na noite de cinco de novembro de 2013, no Bairro Rio Verde, em Parauapebas (Pa), mais um advogado é friamente assassinado em Marabá. O advogado George Antônio Machado, 53 anos, que atuava em Marabá e Parauapebas, no sudeste do Pará, foi executado a tiros, na noite da última quinta-feira (03), por dois homens em uma moto. Segundo informações da polícia e populares, o crime ocorreu por volta das 20h, quando o advogado se encontrava jantando num ponto de espetinho, localizado na Folha 10, Nova Marabá. A vítima, que atuava na área previdenciária, participava da reunião do Colégio de Presidentes das Subseccionais da Ordem dos Advogados do Brasil, aberta solenemente no mesmo dia de seu assassinato, na subseccional da instituição em Marabá, onde o advogado já fora presidente. Segundo informações de testemunhas, que não quiseram se identificar, provavelmente Machado teria reconhecido seus algozes e tentara fugir, entrando num quintal de uma casa, mas fora alcançado e executado a queimaroupa. Ainda conforme populares a vítima acabara de jantar um churrasquinho num barzinho na Folha 10, quando os dois homens apareceram numa moto, usando capacetes e fizeram um disparo, momento em que os clientes se apavoraram e correram do local, inclusive a víti-

O corpo de Machado no local do crime e acima em foto de documento ma também correra, mas fora alvejado e assassinado sem chances de defesa. O presidente da OAB-Pará Jarbas Vasconcelos, que se encontrava em Marabá ao ser informado do homicídio, entrou em contato com o secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, delegado Luís Fernandes e com o diretor da Divisão de Polícia do Interior, por se tratar de um crime "com características de execução", que precisa ser esclarecido, tendo em vista que vários profissionais de Direito vêm sendo vítimas de pistoleiros que estão agindo no interior p a r a e n s e . Va s c o n c e l o s acompanhou todo o trabalho da polícia, que fez o levantamento cadavérico, com a tomada dos primeiros depoimentos, bem como, providenciou a remoção do corpo para exames de necropsia no Instituto Médico Legal, órgão em Marabá do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves. O presidente da OAB Jarbas

O presidente da OAB-Pa Jarbas Vasconcelos quer impeachment do governado do estado do Pará

Vasconcelos falou à Folha do Pará, que “o direito à vida, à liberdade não são assegurados no estado do Pará. E que a maioria dos homicídios violentos cometidos no estado paraense são realizados por pistoleiros. “Vivemos num estado que é o celeiro de pistoleiros do Brasil, onde pistolagem é profissão. O nosso colega, o advogado Dácio Nunes assassinado há 5 meses, em Parauapebas (Pa), até hoje a polícia não sabe nem quem foi o mandante, qual a causa e nem quem foram os executores, assim como vários outros crimes ocorridos no Pará, a polícia não consegue prender nem mesmos os identificados, será que vai conseguir prender os do nosso colega Machado”, protesta Vasconcelos, apontando que a OAB tem denunciado nacionalmente e internacionalmente esses crimes e que tem debatido sobre o impeatement do governador do estado do Pará. "Ele não consegue garantir os direi-

Policiais civis de Marabá suspeitos de estuprar adolescente Um inquérito policial investiga a suspeita de que dois policiais civis lotados no município de Marabá, no sudeste do estado, teriam estuprado uma adolescente de 17 anos em janeiro deste ano. A jovem teria sido apreendida após participar de uma tentativa de latrocínio junto com o namorado, que foi preso. A violência sexual teria ocorrido duas vezes. Os agentes negam o crime. O escrivão da Polícia Civil Jorge Tadeu Guilhon é um dos suspeitos de ter cometido o crime contra a adolescente, mas nega qualquer participação no crime. "Nem tive nenhum contato com essa moça que me

acusa de ter estuprado ela", afirmou. Segundo a denúncia, o escrivão teria estuprado a adolescente no banheiro da delegacia de Marabá, junto com um investigador. Este último teria estuprado a jovem pela segunda vez em um hotel da cidade, quando a menor estava sendo encaminhada para o município de Redenção, também no sudeste paraense, onde reside. O advogado que defende os policiais afirma que nada do que foi relatado pela jovem aconteceu. Os policiais continuam trabalhando normalmente. Segundo o delegado da Superintendência Re-

gional do Sudeste do Pará, Ricardo do Rosário, até o final desta segunda-feira (7) deve ser publicada uma portaria que vai garantir a transferência dos servidores para outro município. "O objetivo é preservar a imagem dos policiais até o fim da apuração do caso, que vai identificar se é ou não verdade", afirmou Rosário, que disse ainda que se os policiais forem culpados e condenados, serão imediatamente exonerados e presos. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Crimes Funcionais da Polícia Civil, localizada na capital paraense.(Fonte:G1)

ANUNCIE AQUI (94) 3321-2227

tos constitucionais do cidadão paraense, por isso deve ser afastado do cargo", finaliza Vasconcelos. O presidente da subseccional da OAB de Marabá, Haroldo Gaia, disse que a violência é geral e que a entidade dos advogados luta para que o estado dê segurança pública ao cidadão e que se faça respeitar o direito constitucional de ir e vir. - Nós realizamos um ato público, para chamar a atenção do Estado e cobrar uma providência, pois estamos num estado de falência, de inoperância de inércia. Temos que ter polícia privada, viver acuados, sem vida pública, é isso o que o estado oferece, já não temos saúde pública, não temos escola e agora temos que ter segurança particular. O estado não cumpre a constituição, está em jogo o estado democrático. Marabá volta ao apelido pejorativo de Marabala, é preciso que o estado nos dê uma resposta se a intenção é intimidar nossa classe não nos intimida-

Gaia: "O Estado do Pará está inoperante está em jogo a democracia"

mos, pois não vamos parar, continuaremos na luta, mesmo que pagamos com a vida não nos calamos -, salienta Gaia, comentando que o crime na verdade é contra a cidadania, uma afronta a justiça e a democracia, que afeta os direitos humanos, o direito de viver e de respirar. "Estado de impu- Jackson Silva, OAB- Parauapebas: nidade, onde se ‘’O sistema policial e judiciário mata e não tem resdo Pará está falido’’. posta e continuam matando, só sabede execução contra sua clasmos que é execução, mas se e sem solução, sem resnão sabemos o motivo e agoposta. "Essa onda de execura com o Machado a mesma ções é comprovadamente a coisa, queremos paz e nossa falência do sistema policial liberdade respeitada. É essa e do judiciário. É preciso a mensagem que se passa o que se tome uma atitude de desrespeito à cidadania, à dedar um basta a esta prática mocracia", protesta Gaia. de pistolagem no sul e suO presidente da subsecciodeste do Pará. Estamos num nal de Parauapebas(Pa) Jackestado gritante", enfatiza son de Souza Silva, se disse Jackson Silva. (Juno Brasil) revoltado com mais um caso

Polícias Civil e Militar prendem quadrilha de assaltantes em Tailândia Enviado por Walrimar As Polícias Civil e Militar, em trabalho integrado, prenderam em flagrante, nesta sexta-feira, 4, quatro homens apontados por envolvimento em roubos na modalidade conhecida como "saidinha bancária", no município de Tailândia, nordeste paraense. A prisão do bando foi realizada pelo Grupamento Tático Ostensivo de Tailândia (GTO) após a equipe policial ser comunicada pelo Núcleo de Apoio à Investigação de Abaetetuba (NAI) e Superintendência Regional do BaixoTocantins. A Polícia Civil já estava monitorando a quadrilha de assaltantes. Os presos são Michel dos Santos Reis; Eudis Almeida Maciel, de apelidos "Euler ou Goiabinha, Valdilene Gonçalves Lopes e Edivan Trindade dos Santos. Com eles, foram apreendidos diversos objetos das vítimas, dinheiro e uma arma de fogo calibre 38. Michel é tido como o líder da quadrilha e acusado de ser membrosda quadrilha que foi presa, em 2013, no município de Acará, com uma metralhadora de calibre ponto 50 usada em guerras. “Goiabinha” também é conhecido da Polícia pela prática de

Presos: Edivan, Michel, Euler e Valdilene roubos do tipo "saidinha bancária" Segundo o delegado Mac Dowell Fortes, responsável pela investigação, Michel já estava sendo acompanhado de perto pelo GTO de Tailândia. “Com base em informações da PM foi iniciada uma investigação para apurar crimes que possivelmente vinham sendo praticados entre Tailândia e Moju pela quadrilha", detalha. O delegado Marco Antônio Oliveira, superintendente regional do Baixo-Tocantins e co-

ordenador do trabalho investigativo, ressalta que o trabalho integrado das Polícias é uma das prioridades na região, por trazer resultados positivos para a Segurança Pública. "Já acompanhávamos o Michel e o pessoal dele graças às informações repassadas pela Polícia Militar. Com o monitoramente de perto feito pelos nossos policiais foi fácil repassar informações para que os militares realizassem a prisão", explica o delegado.


“Marabá, Marabá, Terra bendita”!

Uma homenagem da Assembleia de Deus Missão Sales Batista Pr. Presidente

Foto: Marcelo Sousa

Luiz Carlos Pies Vice Prefeito de Marabá


Página

2

FOLHA DO PARÁ

05 A 12 DE ABRIL DE 2014 - Nº 465 ANO X - MARABÁ - PARÁ

Marabá comemora 101 anos Ao completar 101 anos de emancipação política administrativa, a cidade de Marabá recebe uma extensa programação de inaugurações e cultural. Cerca de 50 mil pessoas participaram das festividades que tiveram início ás 20 horas da última sextafeira (04), com shows dos artistas locais; Swing Moleque; Grupo Sempre Assim; Aurélio Santos, Zequinha e Gilvan Feitosa; Três do Choro e finalizou com Jorge Aragão. No sábado o Grupo Todo seu; Nenzinha e Banda; Ruana Ly e Banda; Clauber Martins; Carajazz Ópera Marabá e Elba Ramalho. No domingo (06) show gospel com Fernandinho e as comemorações continuam no próximo domingo (11) com o cantor católico Davidson. Ainda em 11 de abril, a Banda 4×4, Silvinho do Arrocha e Manelito e

Banda se apresentam a partir das 21 horas, no palco da Morada Nova. E em 12 de abril as atrações musicais se dividem entre São Félix e bairro Liberdade, com Léo Nicácio no palco do São Félix e Ruanna Ly no palco do bairro Liberdade, ambos iniciando às 22 horas. A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Esportes (Semel), realizou nos dias 04, 05 e 06 de abril uma programação especial para comemorar o aniversário de 101 anos de Marabá. O prefeito municipal João Salame enumerou as inaugurações previstas para os 101 anos de Marabá; como o Comitê do Bolsa Família e Planatec; pavimentação e sinalização de várias ruas; creches nos residenciais e a escola municipal Teresa de Jesus, na Vila Poupex e a revitalização da avenida Antônio Maia. História - Marabá é um

Tintim por Tintim

motivos partidários ou para estarem compatíveis nas Eleições 2014. Meio a contragosto, um acordo do Partido dos Trabalhadores (PT), o secretário de Educação, Luiz Bressan, foi o primeiro a deixar o cargo e deve ser substituído pelo vereador professor Pedro Souza, que tem experiência em gestão educacional, tendo atuado na 4ª URE Unidade Regional de Educação do Estado do Pará em Marabá, embora tenha assumido a pasta inteirinamente Heitor de Castro.

Por: Juno Brasil Extinção Cultural Devemos criar um Comitê de Defesa da Extinção Cultural! Só faltava essa!!! A decadência cultural e da Música Popular Brasileira, ser denominada de grande pensamento. Complete a frase... "Segundo a grande pensadora contempor â n e a Va l e s c a Popozuda, se bater de frente..." Acredite se quiser, mas essa foi a questão de uma prova de filosofia, aplicada a alunos do ensino médio de uma escola em Brasília (DF). Até que concordo que isso seja um grande pensamento contemporâneo, pois os pensamentos de hoje, me desculpem a expressão, são uma merda!! ask, que nojo!!! Mas vamos ao que interessa com o Tintim por Tintim nos bastidores da política: Dança das cadeiras Em Marabá vários secretários se exonerar a m d o c a rg o , p o r

Descompatibilizando Com o objetivo se candidatarem nas Eleições 2014, sai o então secretário de Indústria e Comércio, Ítalo Ipojucan e em seu lugar assume Alex Silva. O secretário de Planejamento Roberto Salame, irmão do prefeito João Salame, também entrega a pasta a Roberval Marcos Rodrigues e por fim a primeira-dama Bia Cardoso entrega a sua pasta da Assistência Social a Abnancir Rosa. Boatos Um comentário muito triste chegou aos ouvidos desse colunista, de que o nosso exdeputado federal (PMDB) Asdrúbal Bentes, teria tentado o suicídio na noite do último sábado (05). Mas sei que isso é uma inverdade e não passa de um boato, pois, Deus é maior e quem foi rei nunca perde a majestade, Asdrúbal você será nosso eterno

município brasileiro situado no estado paraense, com sede na mesorregião do sudeste paraense e à microrregião homônima, está a sul da capital do estado, distando desta cerca de 500 quilômetros. Sua localização tem por referência, o ponto de encontro entre dois

Marabá se desenvolveu muito rapidamente, tornando-se um município com forte vocação industrial, agrícola e comercial. Hoje Marabá é um grande entroncamento logístico, interligada por cinco rodovias ao território nacional, por via aérea, ferroviária e fluvial.

Milhares de pessoas participaram das comemorações do aniversário de 101 anos de Marabá Atualmente o municígrandes rios, Tocantins pio é o quarto mais e Itacaiunas, formando populoso do Pará, uma espécie de "y" no contando com cerca de seio da cidade, vista de 251.885 mil habitantes cima. É formada segundo o IBGE/2013, basicamente por seis e com o 4º maior PIB do distritos urbanos estado em 2010, com interligados por rodovi3.601.647,000 mil, o as. seu IDH é 0.668, sendo A emancipação considerado médio, municipal ocorreu pelo PNUD/2010 e sua em1913, com seu renda per capita em desmembramento do 2010 era de 15.427,00. município de Baião. O É o principal centro desenvolvimento do socioeconômico do município durante um sudeste paraense e um grande período foi dado dos municípios mais pelo extrativismo dinâmicos do Brasil. vegetal, mas com a Marabá tem como descoberta da Província característica sua Mineral de Carajás, deputado! Nepotismo Tá certo que nepotismo não constitui um ato de crime, mas é muita “cara de madeira”, certo vereador de Marabá tem uma tribo beneficiada com cargos públicos, mas também a convivência com os brancos é contagiosa e adquirem-se os costumes rapidinho. Outros legisladores e políticos marabaenses também gostam de praticar o nepotismo e esse “esporte” é contagioso. Atividades na CMM As atividades da Câmara Municipal de Marabá (CMM) foram ampliadas nesta semana, com a sessão ordinária na terça-feira (08), mas também com uma audiência pública na segunda-feira (07), solicitada pelo deputado federal Geovani Queiroz, para discutir sobre a demarcação das terras ocupadas por indígenas e a ratificação das áreas que já foram homologadas. Mais audiência Na quarta-feira (09) mais uma audiência pública será realizada na CMM, solicitada pelo vereador Ilker Morais, para tratar de assuntos referentes ao Programa Nacional de Habitação Rural, integrante do programa “Minha Casa , Minha Vida”, devendo contar com representantes da Caixa Econômica Federal (CEF), Banco do Brasil (BB), construtoras e o Governo Municipal. Bom por esta semana é só, na próxima tem mais!!!

grande miscigenação de pessoas e culturas, que faz jus ao significado popular do seu nome: "filho da mistura". A cidade também é conhecida como Cidade Poema, pois seu nome foi inspirado no poema Marabá, do escritor Gonçalves Dias. A etimologia da palavra "Marabá" é de um vocábulo indígena "mayr- abá", que significa filho do estrangeiro com a índia ou ainda, fruto da índia com o branco. Um poema escrito por Gonçalves Dias teria inspirado Francisco Coelho a denominar o seu armazém de aviamento de Casa Marabá, no então povoado de Pontal. O armazém, na verdade um grande barracão, servia aos pioneiros de todo tipo de secos e molhados. Lá, segundo a tradição, Coelho comprava o caucho coletado, andiroba, copaíba, frutos da mata, caças

diversas, e nos fundos mantinha um cabaré, com a venda de bebidas e shows com mulheres. Somente em 1904 a subprefeitura do "Burgo do Itacaiúnas", é transferida para o povoado de Pontal, na época com 1500 habitantes, com o nome de Marabá. É a primeira vez que esta denominação aparece em um documento oficial. A nossa Marabá de Hoje é a esperança do sul e sudeste paraense, por se encontrar em local privilegiado e abençoada com vasta riqueza mineral e a perspectiva de se tornar um pólo industrial da Amazônia, com um desenvolvimento socioeconômico e ambientalmente sustentável, diante dos grandes projetos que estão sendo implantados no município e região. Parabéns Marabá por seus 101 anos e por sua hospitalidade amazônica! (Juno Brasil)

Moventas quer fechar contratos com S11D da Vale A Moventas Salo pretende fechar contratos com a Vale para o projeto S11D, segundo afirmou Jussi Hienonen, vicepresidente da empresa, durante o Seminário Brasil Finlândia, realizado na última quinta-feira (3). No evento, a companhia apresentou uma tecnologia de sistema de gerenciamento online remoto para seus clientes, chamada CMaS, que possui alertas, ferramentas de mensuração e resultado de web analytics. A tecnologia da M o v e n t a s f o i desenvolvida para disponibilizar, dependendo de sua aplicação, parâmetros como temperatura, vibração, carregamento, pressão, rotação por minuto, entre outros.

Um dos objetivos do CMaS é alertar com antecedência os riscos no processo de desgaste. Em entrevista ao NMB, o vice-presidente da Moventas disse que um dos objetivos da empresa no Brasil é estreitar as relações com a Vale. “Nós já possuímos 'gearboxes' nas minas da Vale. Mas queremos

Moventas, pela força da marca na América do Sul. A companhia tem u m a l i n h a d e equipamentos de processamento, como flotação, manuseio de materiais, correias transportadoras e trabalha também com forno rotatório. A Moventas possui fábricas na China e na Alemanha. No Brasil, a

Jussi Hienonen vice-presidente da Moventas Salo durante apresentação no Seminário Brasil-Finlândia ficar mais conectados e emplacar contratos para o projeto S11D e para outras operações da mineradora que estão em expansão em Minas Gerais”, disse. Hienonen afirmou que a empresa tem trabalhado mais com o nome Santasalo, ao invés de

companhia possui um escritório em Sorocaba (SP) com sete empregados. Em todo o mundo, a Moventas possui 900 empregados e trabalha com os setores de mineração, papel e celulose, açúcar, entre outros. (Fonte: NMB)

Folha do Pará Online Anuncie 50% de desc. 3321-2227


FOLHA DO PARÁ

HOMENAGENS

Vereador

05 a 12 DE ABRIL DE 2014 - Nº 464 Página ANO X - MARABÁ - PARÁ

3

Leodato Marques

1º Vice Presidente da Câmara Municipal de Marabá

Foto: Marcelo Sousa

Marabá! Cidade que é exemplo de luta e trabalho de gente honesta e guerreira, que merece toda admiração e respeito. Parabéns Marabá pelo seus 101 anos Vereador Adelmo do Sindicato

Foto: Marcelo Sousa

Neste dia quero parabenizar todos marabaenses, pela força, União e Espírito de Luta. É essa gente que faz agente acreditar e apostar cada vez mais no futuro desta cidade. Parabéns Terra acolhedora. Parabéns Marabá

Foto: Marcelo Sousa

Vereador Miguel Gomes Filho (Miguelito)

Vereador Alecio Stringari

Foto: Marcelo Sousa

Foto: Marcelo Sousa


Página

4

FOLHA DO PARÁ

05 A 12 DE ABRIL DE 2014 - Nº 465 ANO X - MARABÁ - PARÁ

PREFEITURA INAUGURA

Nova escola na Vila Poupex O prefeito João Salame inaugurou no sábado (06) uma escola de ensino fundamental na Vila Poupex, no núcleo Cidade Nova. A escola Tereza de Jesus possui 937 alunos matriculados e possui dez salas de aula completamente climatizadas. “Sabemos da necessidade dessa região e o governo João Salame busca suprir essas necessidades, diminuindo consideravelmente o número de crianças analfabetas” disse Heide Castro, secretária de educação. Os familiares da professora Tereza de Jesus receberam a tarefa de levar até ela as homenagens feitas por pais e alunos da escola; atualmente a professora se en-

Prefeito João Salame, Vice Luis Carlos, deputada Bernadete e professoras descerram a faixa de inauguração da escola municipal Tereza de Jesus

contra em Belém para tratamento médico e por isso, não pôde estar presente na cerimônia de inauguração. “Essa é a primeira escola com salas de aula climatizadas, sala de leitura e sala multifuncional. É esse o

padrão que queremos para nossas escolas, principalmente porque sabemos o quão difícil é se concentrar em aprender algo quando o calor em nossa região se torna insuportável”, disse o prefeito João Salame.

PCC planejava explodir ponte na Copa Uma escuta feita pelo SPF (Sistema Penitenciário Federal) revelou que membros da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) planejavam ataques a rodovias paranaenses para bloquear o tráfego por terra à cidade, uma das sedes da Copa do Mundo no Brasil. A conversa foi interceptada em setembro de 2013 pelo órgão, ligado ao Ministério da Justiça, e distribuída via relatório para as secretarias estaduais de Justiça e Segurança Pública do Paraná. Na gravação, dois presos paranaenses que cumpriam pena no presídio federal de Mossoró (RN) articulam um ataque a uma ponte da rodovia Régis Bittencourt (BR116), que liga Curitiba a São Paulo. Segundo o SPF, o alvo era a ponte sobre a represa do Capivari, a 50 quilômetros da capital paranaense. Amaral Ferreira Americano, 34, apontado como um dos líderes do

PCC no Paraná, sugere que a destruição da estrutura causaria grande prejuízo ao governo e demoraria dois anos para ser reconstruída, impedindo o tráfego para a região Sudeste do Brasil. Americano, conhecido como "Tio", afirma ter desenvolvido o plano e deixado instruções para que outros criminosos o colocassem em prática. "Deixei

tudo escrito lá pros caras desenrolar esse tipo de ideia no momento em que nós saísse (sic) de lá", diz ele a Sergio Aparecido Silva, o "Zé Neguinho", também apontado como membro da facção. "Tio" afirma que o bando tinha oito meses para cometer o ato, ou seja, até junho deste ano, quando ocorre a Copa do Mundo. Os dois presos fo-

ram removidos do Paraná para o Rio Grande do Norte em março de 2013, num mutirão que transferiu mais de 40 condenados ligados a facções criminosas para o presídio federal. Americano foi transferido de volta em fevereiro deste ano e atualmente cumpre pena na Penitenciária de Piraquara, na região metropolitana de

Curitiba. Silva continua em Mossoró. A Secretaria de Justiça do Paraná informou que o caso já era de conhecimento dos serviços de inteligência que atuam no Estado, mas que a secretaria não vai comentar o assunto. A SSP ressaltou que "toda e qualquer atividade anormal no sistema prisional do

Paraná é monitorada por profissionais altamente qualificados dos setores de inteligência" e que "as polícias do Paraná estão preparadas – com armamentos, profissionais qualificados e treinamentos adequados – para atuar e garantir a segurança de todos durante a realização da Copa do Osny Tavares

Jornal Online Diário

www.folhadopara.com Mais de 5 milhões de acessos

Divulgue sua empresa


FOLHA DO PARÁ

HOMENAGENS

05 A 12 DE ABRIL DE 2014 - Nº 464 Página ANO X - MARABÁ - PARÁ

5

Mais de 50 mil pessoas assistiram shows do aniversário de Marabá E

stimativa é de oficial da Polícia Militar: nos três dias de shows realizados na Folha 28, Nova Marabá, mais de 50 mil pessoas comemoraram os 101 anos do município, assistindo aos shows de Jorge Aragão, Elba Ramalho e Fernandinho. As três noites foi de plena alegria, sem registro de qualquer animosidade. Programação de aniversário encerra no próximo dia 11, com o show de Davidson Silva, considerado uma das vozes mais bonitas da música católica.


Página

6

FOLHA DO PARÁ

05 A 12 DE ABRIL DE 2014 - Nº 465 ANO X - MARABÁ - PARÁ

Pms de Marabá também aderem à paralisação

O

s praças do 4º Batalhão da Polícia Militar em Marabá decidiram, desde a última sexta-feira (4), aderir à paralisação de praças da PM. De acordo o cabo

Rodrigo, um dos coordenadores do movimento, a decisão de "aquartelar" foi tomada após uma pequena assembleia realizada na noite da última sexta-feira."Tentamos negociar com o Major

Eduardo, mas não houve acordo. Fazer o que? A situação é no Pará todo", disse Rodrigo. Ainda de acordo com o cabo, não há previsão para que os policiais retornem aos trabalhos.

Praças e cabos da região deverão se movimentar de acordo com o que for definido em Belém e os resultados das negociações. O responsável pelo Comando Regional de Policiamento, Tenente-

Coronel Roberto Silveira, informou que a PM está trabalhando normalmente nas ruas de Marabá e relata seu desacordo com a paralisação na cidade. "Infelizmente está havendo um radicalismo por

parte de alguns policiais que se iniciou em Belém, no 6º Batalhão e que agora a Justiça Militar vai se posicionar em relação a desobediência e à insubordinação", declarou ele. (DOL, com informações do repórter Michel Garcia, de Marabá)

Brasil é o país 'mais perigoso' para os jornalistas Com quatro mortes, num total de nove em todo o continente americano nos últimos seis meses, o Brasil marcou-se como o país mais perigoso da região para os jornalistas. Os relatórios de 25 países, aprova-dos ontem no encerramento da Reunião de Meio de Ano d a S o c i e d a d e Interamericana de

Imprensa (SIP), em Barbados, no Caribe, apontam mais dois mortos no México, outros dois em Honduras e um na Colômbia. Nas resoluções finais, a SIP “condena os nove assassinatos e pede às autoridades desses países maior vontade política e rigorosa aplicação da justiça”. Além disso, faz um

apelo “para se reduzir o clima de insegurança existente no exercíci0 do jornalismo, decorrente dos altos índices de impunidade”. O documento final de Barbados fala em “violência galopante” e “claros retrocessos” para a liberdade de informação na América Latina, além de “um aumento no nível de autocensura” princi-

palmente na Argentina, Peru, México e Honduras. O informe destaca a “angustiante situação” da Venezuela, onde o governo vem dificultando a compra de papel e pelo menos 20 jornais estão ameaçados de parar de circular. A imprensa do país “vive seu momento mais dramático”, com 105 jornalistas detidos desde outubro “e ameaças sem pre-

cedentes”. Entre os demais relatórios, os da Argentina, E q u a d o r, M é x i c o e Colômbia são também preocupantes. O argentino acusa o governo de fazer da publicidade oficial “uma arma para premiar ou castigar” aliados e adversários. Na Colômbia, além dos dois mortos outros cinco crimes prescreveram e 142 seguem impu-

nes. O relatório do Equador adverte que o governo aprovou novo Código Penal e passou por decreto uma Lei de Comunicações. Até o relatório dos Estados Unidos mereceu atenção especial: o informe relata os conflitos entre a mídia e o governo, que aumentou as restrições para divulgar informação.

Morre bebê com suspeita de Gripe A Internada há uma semana no Hospital Regional Público do Sudeste Dr. Geraldo Veloso, em Marabá, a criança indígena com suspeita de Gripa A-H1N1 (Gripe Suína) morreu no dom i n g o ( 6 ) . Trata-se de um bebê do sexo masculino, de apenas um ano e três meses, da etnia Xikrin, em P a r a u a p e b a s . Pequenas amostras de órgãos e tecidos da criança foram coletadas e encami-

nhadas para análise em laboratório especializado em Belém, para confirmar ou descartar a doença. O resultado deve sair nesta quarta-feira (9). A enfermeira Maurícia Ramalho, coordenadora do Departamento de Epidemiologia da Secretaria Municipal de Saúde, em Marabá, diz que pediu urgência na entrega do resultado: “O prazo geralmente é de sete dias, mas nós pedimos que agilizassem devido ao óbito e

vamos ver se a gente consegue estar com esse resultado em mãos até quartafeira”. A médica Claudia Franco Bueno, responsável pela UTI Pediátrica do Hospital Regional de Marabá, que recebeu a criança, lamentou o fato de o paciente ter chegado já em estado bastante grave. “Na verdade, ela chegou num estágio bem avançado pra nós, com uma falta de ar muito intensa; foi neces-

sário colocar um aparelho para ajuda-la a respirar e desde o momento que chegou até o dia em que a criança faleceu, infelizmente, ela ficou no aparelho para ajudar na respiração”, reafirma. Outras cinco pessoas da mesma tribo Xikrin já haviam sido internadas com os mesmos sintomas, mas os exames descartaram a ocorrência do vírus H1N1. http://www.marabanoticias


FOLHA DO PARÁ

05 a 12 de abril DE 2014 - Nº 465 Página ANO X - MARABÁ - PARÁ

7

Promotor pede prisão de mais 20 PMs Dessa vez o pedido é para policiais que participaram de protestos no interior do Estado

O

Promotor de Justiça Armando Brasil recebeu, nesta terça-feira (8), mais uma solicitação da Corregedoria da Polícia para que solicite a prisão de mais 20 Policiais Militares que participaram dos manifestos realizados desde a semana passada por reajuste salarial, concedido somente aos oficiais. Segundo Brasil, os pedidos são, na maioria, para líderes das manifestações no interior do Estado. Agora já são 43 pedidos de prisão, somados aos 23 feitos na segunda-feira (07), para policiais militares da capital. A acusação que pesa sobre esses policiais é a mesma dos militares da capital; de que suas ações 'ferem de pronto a legislação em vigor, com a prática de crime de motim, e insubordinação com prejuízo à administração militar'. O pedido será encaminhado à Justiça Militar, que dará parecer sobre o caso.

Emprego em Marabá tem saldo positivo Ao completar 101 anos de emancipação política e administrativa no sábado (5) Marabá registra saldo positivo de empregos, segundo pesquisa realizada pelo Dieese/PA. A pesquisa aponta que a economia no município tem apresentado ótimo desempenho na geração de empregos formais, com cada vez mais investimentos recebidos. De março de 2013 a fevereiro de 2014, foram feitas no município 27.013 admissões contra 24.699 desligamentos, gerando um saldo positivo de 2.314 postos de trabalhos e um crescimento de 5,86%. O estudo do Dieese mostra também que no período a grande maioria dos setores

econômicos do município de Marabá apresentou crescimento do emprego formal, com destaque para o setor da construção civil, que teve saldo positivo de 1.010 postos de trabalhos, seguido do setor comércio, com saldo positivo de 973 postos de trabalho; e do setor de serviços, com saldo positivo de 203 postos de trabalho. Em seguida, vem o setor da indústria de transformação, com saldo positivo de 97 postos de trabalho e o setor extrativo mineral, com saldo positivo de 68 postos de trabalho. O município ficou entre os quatro do Pará que mais geraram empregos com carteira assinada em todo o estado paraense.

CONFIRA AS VAGAS DE EMPREGO PARA ESTA SEMANA Acompanhe as Dicas de Emprego para as regiões Sul e Sudeste do Pará desta terça-feira (8). As vagas são disponibilizadas pelo Sistema Nacional de Empregos (Sine). Os interessados deverão comparecer ao Sine/Marabá (Folha 32, Quadra Especial, Lote Especial. Nova Marabá – CEP: 68500-070), munidos de seus documentos pessoais. Maiores informações através do fone (94) 3322 2731 ou (94) 3322 5673.


Página

8

05 A 12 DE ABRIL DE 2014 - Nº 464 ANO X - MARABÁ - PARÁ

HOMENAGENS

FOLHA DO PARÁ

Que toda fé, esperança e vontade, presentes no Espirito dos Marabaenses possam permanecer para sempre. São 101 anos que nossa querida cidade comemora. Que essa data seja tão importante quanto as demais que virão. Prosseguimos acreditando com um mundo melhor e numa Marabá próspera e saudavel de se viver. Parabéns Marabá! Pelos seus 101 anos de história e destaque no potencial econômico!

Homenagem do Sindicato dos Metalúrgicos de Marabá Foto: Marcelo Sousa

No caminho que leva ao amanhã conseguimos vislumbrar num passado de trabalho incansável, traços de um povo que sabe lutar para conquistar, com olhar voltado para um futuro de realizações. Que Deus abençoe a todos. Vereadora

Irmã Nazaré Foto: Marcelo Sousa


FOLHA DO PARÁ

05 A 12 DE ABRIL DE 2014 - Nº 465 Página ANO X - MARABÁ - PARÁ

9

Servidores do Estado ameaçam entrar em greve As entidades sindicais dos servidores públicos do Estado do Pará (Sindicatos, Federação e Centrais Sindicais) estão convocando a categoria para um ato público e assembleia geral, a se realizar na próxima quinta-feira (10), na Secretaria de Administração (Sead), a partir das 8h. Os servidores buscam nova negociação com o Governo, que até o momento não deu um retorno esperado. “Diante da intransigência do Governo Jatene, demonstrado mais uma vez na última reunião com as entidades, no dia 3, e sua opção pelo confronto ao não aprovar nenhu-

Funcionários públicos estaduais prometem paralisação dos trabalhos

ma das reivindicações da pauta dos trabalhadores, nos resta o caminho da luta”,

informam as entidades, através de nota. “A categoria não aceita o ínfimo reajuste salarial

de apenas 5,5%, em que o governo descarta qualquer possibilidade de aumento real de

salário e exclui todos os servidores que já receberam reajuste pelo salário mínimo”, completa. Outras reivindicações são o não congelamento do valor do auxílio alimentação, a não incorporação do abono salarial para o servidor de nível médio e o pagamento das perdas salariais históricas da categoria. Na pauta da assembleia, os servidores irão avaliar a proposta do Governo e decidir se entrarão em greve por tempo indeterminado, a partir do dia 10. Fazem parte da entidade, entre outras, a FSPEPA (Federação dos Servidores Públicos do Pará), SEPUB

(Sindicato dos Servidores Públicos Civis do Pará), SINTEPP (Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública no Pará), SINDETRAN (Sindicato dos Servidores do Detran – P a r á ) , S I N D I F E PA (Sindicato dos Servidores das Fundações no Pará),SINTEPA (Sind. d o s Tr a b a l h a d o r e s Estaduais de Previdência e Assistência do Pará), SINDSFEPA (Sindicato dos Servidores Fazendários do Pará), SINDSAÚDE (Sindicato dos Servidores em Saúde no Pará) e SINDPOL (Sindicato dos Policiais Civis do Pará). (Fonte: DOL)

Valesca Popozuda comenta questão que a cita como pensadora: ‘Fiquei bem honrada’ Breno Boechat - A c a n t o r a Va l e s c a Popozuda comentou, em sua página oficial no Facebook, a questão de prova de um colégio de Brasília (DF) na qual ela foi chamada de “grande pensadora”. A pergunta, incluída em uma prova de filosofia, pedia que os alunos completassem um verso da música de Valesca, “Beijinho no Ombro”. Na nota, Valesca diz que se sentiu honrada com a citação e que gostaria de conhecer o professor que elaborou a questão. "Eu queria até saber o nome desse professor para poder agradecer! Fiquei bem honrada, me senti duas vezes homenageada, tanto pela pergunta quanto pelo título de 'pensadora'. Mas isso eu vou ter que recusar, porque é um título muito forte e eu ainda não me sinto pronta para isso. 'Diva', 'diva sambista', 'lacradora', essas coisas eu já estou pronta, mas 'pensadora contemporânea' ainda não. Prometo que vou trabalhar isso.”, comenta a Popozuda. A cantora aproveitou a polêmica para dizer que acha que toda essa confusão só existiu porque o funk ainda é um gênero musical que sofre preconceito no Brasil. Para Valesca, se fosse um cantor de Música Popular Brasileira ou até um estrangeiro o citado na prova, não haveria tamanha repercussão. “Acho que o que criou toda essa confusão é esse tal de pensadora que ele colocou, mas

tudo bem, vamos lá. Eu acho uma bobagem isso tudo. Talvez se ele tivesse colocado um trecho de qualquer música de MPB ou até outro gênero musical que não fosse funk talvez não tivesse gerado tal problema. Sim, eu acredito nisso! E se fosse uma música americana que tanto é valorizada por nós? Será que daria a mesma polêmica?", questionou a funkeira. A imagem da prova fez sucesso nas redes sociais, com comentários classificando como absurda a questão que considera Valesca uma pensadora. No enunciado, o nome de Valesca está escrito incorretamente. A secretaria de Educação não se pronunciou sobre o caso. A cantora já anunciou que vai gravar o seu próximo clipe em Brasília, com o Congresso Nacional como cenário. "Bom dia Popofãs! Vamos falar de polêmica então? Pois é vocês já devem ter visto aquela questão de uma prova que caiu um pedacinho da minha música né? E dai que o professor ainda escreveu “Pensadora contemporânea “ hahaha acho que o que criou toda essa confusão é esse tal “Pensadora” que ele colocou hahah mas tudo bem vamos lá: todo mundo quer saber o que eu acho e eu vou dar minha opinião mesmo que ela não tenha grande efeito, EU A C H O U M A BOBAGEM ISSO

Confira a questão aplicada na prova de filosofia em Brasília(DF)

Valeska Popozuda TUDO, talvez se ele tivesse colocado um trecho de qualquer música de MPB ou até mesmo de qualquer outro gênero musical que não fosse o FUNK talvez não tivesse gerado tal problema sabia! Sim eu acredito nisso! E se a polemica é apenas por ser uma música de funk? E se fosse MPB ou uma música americana que tanto é valorizada por nós? Será que daria a mesma polemica? Hummm ai eu entro como pensadora contemporânea hahahah não por criar frases de efeito tipo “Bateu de frente é só tiro porrada e bomba ou até mesmo "O meu sensor de periguete explodiu pega a sua inveja e vai pra...” sim mas talvez por questionar isso, mas me espanta mesmo é todo mundo se preocupar com uma única questão da prova sem analisar os

termos por trás disso tudo ( E se o professor colocou a questão dentro do contexto da matéria? E se o professor quis ser irônico com o sucesso das músicas de hoje em dia? E se o professor quis apenas distrair a turma e fez a questão apenas pra brincar?) são muitas questões que somente o mesmo poderá responder , eu queria até saber o nome desse professor pra poder agradecer sabia! Eu fiquei foi bem honrada me senti duas vezes homenageada tanto pela pergunta quanto com o titulo de pensadora (Mas isso eu vou ter que recusar porque é um titulo muito forte e eu ainda não me sinto pronta pra isso hahaha) Diva, Diva sambista, Lacradora essas coisas eu já estou pronta ok mas P E N S A D O R A CONTEMPORANEA ainda não ( mas prometo que vou trabalhar isso) então o que eu quero dizer é que o tempo que todo mundo gasta julgando eleo ofendendo por isso, deveríamos era

nos unir e protestar sim pelo salário dela e dos outros professores, pelas condições que muitos dão aulas pelo Brasil, pelas escolas que as vezes nem quadro ou cadeira pro aluno sentar tem , por merendas que faltam, por várias questões que ninguém se preocupa, mas se preocupam com uma questão de uma prova que caiu um trecho de uma música de FUNK “Ó MEU DEUS a música daquela tal POPOZUDA não pode cair na prova, ela é funkeira ó MEU DEUS aonde vamos parar... ou seja meus parabéns a corajoso professor que mesmo não ganhando muito bem é batalhador e corajoso demais pra chegar em casa e elaborar uma questão de uma prova colocando um dito popular do momento e sambando na cara de todo mundo que está o julgando por isso! Agora todo mundo virou juiz e Deus, o bom de todos é que todo mundo se sente capaz pra julgar e apontar os defeitos ou problemas

dos outros né? É todo mundo perfeito o funk não presta e a Popozuda não pode ser pensadora contemporânea então vamos tacar pedra no professor porque o resto vai continuar da mesma forma... enfim.. é isso que eu penso é assim que eu vejo. UMA POLEMICA GRANDE por algo pequeno! Beijos pra vcs! Vou ali ler um Machado de assis e ir treinando pra quem sabe um dia conseguir ser uma pensadora de elite"!

"Incrível mesmo que uma questão desta seja aplicada numa prova de ensino médio como exemplo de grande pensadora contemporânea, mas não é de se e s t r a n h a r, p o i s a decadência cultural e musical está visível e modal. Talvez realmente a fankeira Valeska Popuzuda seja mesmo uma grande pensadora, onde os pensadores atuais somente pensam em besteiras e como dizia minha avó, no lugar de cérebro, um miolo de pote". (JB)


10

Página

05 A 12 DE ABEIL DE 2014 - Nº 464 ANO X - MARABÁ - PARÁ

FOLHA DO PARÁ

Versat QUALIDADE & VARIEDADES

Parabén Marabá pelo seus 101 anos


FOLHA DO PARÁ

05 A 12 DE ABRIL DE 2014 - Nº 465 Página ANO X - MARABÁ - PARÁ

11

3322-1595 CARDÁPIO DISPONÍVEL NA INTERNET:

www.pizzariaverdesmares.com.br Parabenizamos ao povo e a cidade de Marabá pelos seus 101 anos, que esta cidade possa crescer dia a dia mais sob tudo em seu desenvolvimento. É o que deseja toda família Verdes Mares

Centro Comunitário Jofre Alves de Lima Filho Presidente do Centro Comunitário dos Bairros Jardim União e Bela Vista

Foto: Marcelo Sousa

Marabá terra querida Tua beleza contagia As brisas que vem dos rios , teu sol, teu ar Teus rios são mais belos e entregam redes fartas de peixes Quem bebe das tuas águas jamais esquece És vitoriosa e guerreira ao longo destes anos Sinto muita ternura, carinho, respeito e amor por ti Bato palmas neste dia especial em que completas 101 anos.

Vilma Leal Advogada


12

Página

FOLHA DO PARÁ

05 A 12 DE ABEIL DE 2014 - Nº 464 ANO X - MARABÁ - PARÁ

Marabá cidade encantadora! Homenageamos todo um povo que carrega em sua história belas páginas de lutas e conquistas. Parabéns Marabá pelo seus 101 anos.

Miss Pará Globo 2014

O CSSM ( Club na Vila Militar) Castelo Branco no dia 12 de abril, será palco de beleza, simpatia e elegância, com o lançamento da Miss Pará Globo 2014, onde a jovem marabaense Wlistnia Lourenço de 20 anos, 1,78m de altura, 58k e 88 de bustos e 14 de cintura e 98 de quadril. Vai representar o Pará de 2 a 07 de maio em Brasília (DF), no maior certame de beleza do gênero nacional, o tradicional Miss Brasil Blobo 2014. O coordenador do certame estadual e diretor da Miss Model Agência, Raytha Solaires está correndo meses dos preparativos do evento em Marabá na produção para a candidata do Pará se destacar entre as demais candidatas dos outros estados como: Um belo traje tipo regional, traje de gala (vestido longo), um guarda-roupa completo. As mesas estão sendo vendidas no valor de R$ 50,00 e são limitadas pelos fones: (94) 9191-4413 / 8167-5720

www.fillafill.com.br

Av. Antonio Maia, 1055 - Marabá Pioneira Av. Antonio Maia, 1528 - Marabá Pioneira Av. Nagib Mutran, 263 - Cidade Nova

Fones: (94) 3321-2851 3222-9407

Folha do para para online pdf