Page 1

Ano XIII | Edição 149 | Semanal

Catalão-GO

De 22 a 28 de abril de 2013

Prefeito Jardel Sebba concede aumento de 10% ao funcionalismo público municipal de Catalão A Câmara de Vereadores aprovou na sessão desta terça-feira, 23, projeto de lei de autoria do Executivo que autoriza reajuste salarial de 10% para o funcionalismo público municipal. O projeto foi aprovado por unanimidade pelo Legislativo. Jardel negociou o aumento diretamente com presidente o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (SindCatalão), Fernando Gomes. “O prefeito se comprometeu em dar 10%, que é uma média acima do Índice

Geral de Preços de Mercado (IGP-M) e do aumento do Governo Federal para o salário mínimo. Foi uma grande conquista”, afirmou o sindicalista em alusão ao percentual 1,96% acima da inflação. Além do reajuste, o SindCatalão apresentou uma lista com 31 itens. De acordo com Fernando Gomes, algumas reivindicações foram acordadas com o prefeito e outras ainda serão negociadas, mas houve sinalização positiva de Jardel Sebba, afirmou.

“Estou no início do meu mandato, e todos sabem das dificuldades que encontramos. No entanto, fiz o que foi possível para atender os trabalhadores. Em negociação, concedi o reajuste de 10%, mas ainda quero valorizar muito o funcionalismo público municipal, principalmente, os efetivos”, destacou o prefeito. Jardel adiantou que deve aumentar o valor da cesta básica do funcionalismo municipal e que vai construir um salão social para a categoria.

Vereadores do PMDB dificultam aprovação de projetos da prefeitura de Catalão Na tarde desta terça-feira, 23, foi realizada na Câmara Municipal de Vereadores de Catalão, a 14ª Sessão Ordinária de 2013. As principais discussões ficaram em torno da retirada dos projetos de lei referentes à contratação de profissionais para o combate ao mosquito transmissor

da dengue e à autorização para que o Executivo possa ampliar de 10% para 70% a suplementação orçamentária, o que daria à prefeitura maior mobilidade para tirar recursos de uma dotação orçamentária e relocar em outra. Todos os vereadores da base de Jardel Sebba esti-

veram presentes. Dois parlamentares peemedebistas, Daniel do Floresta e Deusmar Barbosa, presidente da casa, não compareceram. O vereador Paulo Cesar (PMDB) presidiu sessão que durou mais de três horas. No plenário, alguns moradores acompanharam a deliberação, aprovação e emenda de alguns projetos.

Evandro Magal tem aprovação de 92%, diz Serpes Reportagem do Jornal O Popular divulgada na página 11 da edição do dia 24 de abril, mostra que o Prefeito de Caldas Novas, Evandro Magal (PP), tem aprovação popular de 92% dos moradores da cidade. A pesquisa do Instituto Serpes identifica que a administração de Evandro Magal é considerada “boa” por 57,9% dos entrevistados e “ótima” por outros 15,7%. Somado ao índice de “regular” (19%), a aprovação chega a 92,6%.

Alexandre Baldy ouve demandas de empresários no DIMIC e anuncia que distritos goianos receberão R$ 55 milhões em investimentos

O secretário estadual de Indústria e Comércio, Alexandre Baldy, conheceu, na tarde desta quarta-feira, 24, o Distrito Minero Industrial de Catalão (DIMIC). Baldy se reuniu com representantes de 48 empresas instaladas ou em processo de instalação no local. Os empresários aproveitaram para apresentar as demandas do DIMIC.


De 22 a 28 de abril de 2013

2

Vereadores do PMDB dificultam aprovação de projetos da prefeitura de Catalão

Na tarde desta terça-feira, 23, foi realizada na Câmara Municipal de Vereadores de Catalão, a 14ª Sessão Ordinária de 2013. As principais discussões ficaram em torno da retirada dos projetos de lei referentes à contratação de profissionais para o combate ao mosquito transmissor da dengue e à autorização para que o Executivo possa ampliar de 10% para 70% a suplementação orçamentária, o que daria à prefeitura maior mobilidade para tirar recursos de uma dotação orçamentária e relocar em outra.

Todos os vereadores da base de Jardel Sebba estiveram presentes. Dois parlamentares peemedebistas, Daniel do Floresta e Deusmar Barbosa, presidente da casa, não compareceram. O vereador Paulo Cesar (PMDB) presidiu sessão que durou mais de três horas. No plenário, alguns moradores acompanharam a deliberação, aprovação e emenda de alguns projetos.

de Vereadores sempre autorizou 70% como limite de suplementação. “Buscamos apenas o direito do prefeito Jardel Sebba trabalhar livremente e exercer seu papel como gestor de Catalão. A ampliação da suplementação dará ao prefeito liberdade para administrar conforme as prioridades decorrentes de seu plano de governo e não do planejamento do feito pelo PMDB no ano passado”, declarou Macedo.

O novo líder do prefeito na casa, Aurélio Macedo (PSDB) lembrou que durante 12 anos a Câmara

Outros vereadores também se mostraram a favor da ideia de inclusão dos projetos. O vereador Silvano Batista

(PR) acusou o presidente da sessão de abuso de autoridade. “Não podem passar por cima da sociedade. Isso é falta de democracia, precisamos da aprovação desses projetos para o bem da população”, disse o vereador que, em seguida, teve áudio de seu microfone cortado por Paulo César. No plenário, a população se manifestou a favor da ampliação da Lei Orçamentária e houve bate boca entre os parlamentares. Aurélio Macedo fez um pedido verbal para que a inclusão do

projeto fosse votada pelos vereadores presentes. Mesmo assim, não houve aceitação por parte dos parlamentares. Paulo Cesar insistiu que os dois projetos só serão apreciados nas sessões seguintes. Na ocasião, a vereadora Regina Felix (PSDB) ressaltou que os vereadores estão dificultando a aprovação de projetos feitos pela atual administração. “Estão tentando engessar o prefeito Jardel Sebba, mas, fazendo isso, prejudicam a sociedade”, disse a parlamentar.


De 22 a 28 de abril de 2013

Catalão, Maio de 2012

3

Prefeito Jardel Sebba concede aumento de 10% ao funcionalismo Prefeitura de Três Ranchos divulga Assembleia Legislativa: público municipal deValin Catalão preside sessão balanço do carnaval na cidade

2

solene de reabertura apurada dos trabalhos

Durante os cinco dias de festa mais de 30 mil foliões passaram Percentual é 1,96% acima da inflação pela cidade do Lago Azul. A prefeitura comemora uma movimentação econômica de aproximadamente 6 milhões de reais. nos últimos12 meses hóspede foi visivelmente identificada pela nossa equipe neste carnaval, esperamos que na semana santa se repita”. A isso Câmara de VereadoA prefeitura de Três Ranreschos aprovou na sessão desta se preocupou também com terça-feira, 23,lixo projeto de lei de a coleta de do município autoria doaExecutivo queo audurante folia. Segundo cronograma de atividades detoriza reajuste salarial dedo 10% partamento de varrição e coleta, para o funcionalismo público foram coletadas 10 toneladas de municipal. O projeto foi tiveram aprolixo. As ações de limpeza início antes mesmo da semana vado por unanimidade pelo do evento, se estendo até o fim Legislativo. do carnaval.

Jardel negociou o aumenApoio aos turistas Os turistas visitaram to diretamente comque presidente Três Ranchos contaram com o o Sindicato dos Servidores apoio do C.A.T (Centro de atenPúblicos Municipais dimento ao Turista) (SindCaque esteve talão), Fernando aberto ao públicoGomes. todos os “O dias de folia. realizados atenprefeito se Foram comprometeu em nos horários das 8h dardimentos 10%, que é uma média aci-às 21h, prestando esclarecimentos, mainformando do Índice Geral Preços sobre ade programa-

ção do carnaval, hotéis e restaurantes. Também pela primeira vez o centro implantou o sistema de “Camping” no local. O espaço foi adaptado com chuveiros e banheiros químicos para oferecer comodidade aos campistas. O 10º BBM de Catalão Para o secretário Municicomo de costume, esteve com pal de Turismo, Rodrigo Daniel postos montados no C.A.T dos Santos, “Rodrigão” as metas (Centro de Atendimento ao Tudo carnaval foram cumpridas rista) e no ranchão Lago Azul. “Conforme prometido devolveForam realizadas cerca de 400 mos todos os filhos que aqui vieações preventivas durante todos ram às suas mães, em segurança. os dias, como por exemplo, inNão houve nenhuma morte por formações aos pais sobre o uso acidente ou por afogamento dudo colete salva-vidas, visando rante a folia e nos eventos da praconscientizar a todos sobre os ça do Rosário e do sambódromo cuidados a serem tomados no não foram registradas nenhuma lago. O evento “Três Ranchos ocorrência de brigas,” garantiu o Folia 2013”, atendeu todas as exisecretário. gências solicitadas pelo Corpo “Três Ranchos Folia 2013” de Bombeiros para realização da conseguiu conciliar todas as festa, como por exemplo, sinalitribos, segundo o prefeito da cização de saídas de emergência e dade, Rolvander Pereira (PSDB), colocação de extintores em pon“atendemos o pessoal mais jovem tos estratégicos. que gosta do som automotivo, o público que gosta de shows no Moradores aprovaram a sambódromo, tivemos atrações folia 2013 variadas como: apresentações de A Folia agradou todos os Rap do MC Dmek e de Rock do públicos, segundo o empresário Alexandro Cândido, Pagode com Ney Silvio, proprietário do suo Pagolight, Arroxa com o grupo permercado Lago Azul, este foi Nechiville e terminamos com o o melhor carnaval dos últimos sertanejo Universitário de Carlos anos em termos de organização. “A qualidade carnavale vai que&o Jader. firmada entredeste município distrito possacom se expandir se Mesmo o nívele do refletir ano que vem, quando os Governo de Goiás, que nunca adequar às suas atividades, seja na Lago Azul estando com apenas turistas da beira do Lago volta30% dedosua capacidade máxima, existiu últimasa gestões, as melhoria sistema de esgoto, seja rem anas prestigiar nossa cidade”. a folia reuniu mais de 30 mil pesmelhorias já estão chegando. A empresária Patrícia, dona do na malha asfáltica. O governador soas, gente de várias cidades e até Esperamos com atambém visita do fez Marconi Perillo anunciou invesEmpório que, Siqueira, de outros estados. A movimentasua colocação quanto perfil do timentos de mais de 55 milhões secretário e apoio dos ao empreção econômica do município foi turista “a qualidade do turista sários, possamos avançar ainda fez de reais nos próximos meses para de aproximadamente 6 milhões a diferença neste carnaval”. mais, pois a palavra de ordem os distritos industriais no Estado”, de reais, o que mostrou o potenNa rede hoteleira os rencial de Três Ranchos dodimentos prefeito é também a busca deforam parce- sa- afirmou Alexandre Baldy.para todo o estado de Goiás. rias”, declarou o vereador. tisfatórios, a taxa de ocupação A Prefeitura Outra demanda Municipal levantada foi de 100%, entre a Pousada 3 de Três Ranchos, por meio do Ranchos, Parque Águas A expansão dodas setor in- e é a prefeito retomada de áreas que estão Rolvander, vice-prefeito Pousada 3. De acordo sendo utilizadas dustrial foi Lago outraAzul questão aborde forma indevida Haroldinho, e a Secretaria Mucom o empresário, José Eduardo dada. Hoje, existem empresas pelos empresários. “Sãoagradecem empresas nicipal de Turismo, Barroso, dono do Hotel Parque todos os órgãos envolvidos no aguardando para instalaterreno para gerar das Águas,área houve uma mudan- quea receberam “Três Ranchos Folia 2013”, assim ção no distrito. “O Governo do emprego e distribuir renda e não ça muito bem-vinda quanto ao como todos oscom servidores muniEstado a intenção de inves- do estão cumprindo as demandas perfiltem do turista “a qualidade cipais.

“Estou no início do meu mandato, e todos sabem das dificuldades que encontramos. No entanto, fiz o que foi possível para atender os trabalhadores. Em negociação, concedi o reajuste de 10%, mas ainda quero valoAlém do reajuste, o rizar muito o funcionalismo SindCatalão apresentou uma público municipal, principallista com 31 itens. De acordo mente, os efetivos”, destacou com Fernando Gomes, al- o prefeito. Jardel adiantou gumas reivindicações foram que deve aumentar o valor da acordadas com o prefeito e cesta básica do funcionalisoutras ainda serão negocia- mo municipal e que vai consdas, mas houve sinalização truir um salão social para a positiva de Jardel Sebba, categoria. Presidente da Assembleia Como prevê o regimento Legislativa, Helder Valin (PSDB), interno, o primeiro pronunafirmou. de Mercado (IGP-M) e do aumento do Governo Federal para o salário mínimo. Foi uma grande conquista”, afirmou o sindicalista em alusão ao percentual 1,96% acima da inflação.

presidiu a sessão solene que marcou a retomada das atividades da 17ª Legislatura nesta sexta-feira, 15, no Plenário Getulino Artiaga. A solenidade foi prestigiada pelos parlamentares da Casa e autoridades dos poderes Executivo e Judiciário. Representando o governador Marconi Perillo, o secretário de Articulação Institucional, Daniel Goulart (PSDB) discursou em nome do chefe do Executivo. Também prestigiaram a sessão o chefe do Gabinete Civil, deputado licenciado Lívio Luciano (PMDB), quearepresentou o predas medidas serem tomadas feito de Goiânia, Paulo Garcia é a desapropriação. Parcerias (PT); o vice-presidente do Tripúblico-privadas também são bunal de Justiça, Carlos Escher; importantes neste processo”, deconselheiros de tribunais, entre clarou o Baldy. outras autoridades. Em entrevista coletiva, ValinNa destacou queAlexandre continuará ocasião, mantendo um relacionamento Baldy comentou sobre o projeto respeitoso com a oposição e disde arborização , urse ampliação, acreditar que fará uma gestão banização e sinalização, que leva tranquila. “Estaremos empenhaodos nome de Jamil Sebba, pai mado em contribuir da melhor neira possível a governabiliprefeito Jardel. para O projeto foi eladade dopelo Estado, masdo acreditamos borado gerente DIMIC, que os anos de 2013 e 2014 com serão Silvano Mecânico, e contou tranquilos, sem maiores mudanoças apoio de Jamilfrisou. Sebba Calife, estruturais”, “Nossa rediretor executivo do continuará Hospital lação com a oposição Nasser Faiad. “Eu questãoàsde sendo pautada pelofizrespeito divergências, ao contraditório. Com levar este projeto em mãos para diferentes, mas Eu que opensamentos secretário Alexandre Baldy. complementam o processo democrático”, acrescentou.

ciamento coube à bancada de oposição, representada pelo deputado Karlos Cabral, líder do PT. Em seguida, o líder do PSDB na Casa, deputado Túlio Isac, discursou em nome da base parlamentar de apoio ao Executivo, fazendo um balanço das ações do Governo estadual e contrapondo críticas levantadas pela oposição. “Tenho ouvido que a oposição tem falado de buracos em rodovias. Se buraco for padrão para eleição, os prefeitos de Goiânia e Aparecida poderiam ser candidatos onão convidei a conhecer Catalão ae governador. Há buracos por lá o DIMIC para ouvir os empresátambém. O governador Marcorios e ajudar a melhorar o muitos distrito ni Perillo também pegou deburacos. uma cidade que está em pleno E há dois anos trabalha desenvolvimento. Ele gostou do para tapá-los. O senhor (Karlos Cabral), se não andar de avião, projeto e acreditamos que muitas vai encontrar buracos. Mas tammelhorias virão”, afirmou. bém verá ações do governo para corrigi-los”, afirmou o tucano.

Alexandre Baldy ouve demandas de empresários no DIMIC e anuncia que distritos goianos receberão R$ 55 milhões em investimentos

A prefeitura de Três Ranchos divulgou nesta semana o balanço do carnaval 2013. Como sempre a cidade do Lago Azul recebeu o destaque como um dos melhores carnavais de Goiás. A folia começou no dia 08 de fevereiro e se estendeu até a terça-feira, 12. Segundo o prefeito Rolvander Pereira (PSDB) o resultado foi bastante positivo “Há muitos anos não tínhamos um carnaval tão bem organizado. Foi uma festa bastante animada que movimento a nossa turística Três Ranchos,” comemorou o prefeito. Segundo dados do 9º Comando Regional de Polícia Militar – 1º Destacamento de Três Ranchos, durante o período carnavalesco no município foram realizados pela PM, 42 notificações e 30 apreensões de veículos. Para o capitão Consolines Paz Júnior, a corporação trabalhou em prol de um carnaval ordeiro. “A operação carnaval 2013 contou também com o apoio da Polícia Civil esteve presente node muOque secretário estadual nicípio durante todo o período Indústria e Comércio, Alexancarnavalesco. E trabalhamos drepara Baldy, na tarde o que conheceu, tudo saísse conforme desta quarta-feira, o Distrito combinado”, disse24, o capitão. Minero Resultados Industrialfavoráveis de Catalão também para a secretaria Municipal (DIMIC). Baldy se reuniu com de Saúde, segundo a secretária representantes de 48 empresas Maria Teresa Molina, os númeinstaladas ou em processo de insros apontaram como um dos talação no local. Os empresários melhores carnavais dos últimos aproveitaram para apresentar tempos. Com plantão 24hasos demandas DIMIC. com serviço turistas do contaram médico sempre disponível na UBSO(Unidade de Saúde) gerenteBásica do DIMIC, e atendimento nas tendas da Prao vereador Silvano Mecânico, ça do Rosário e no sambódromo. afirmou as maiores No anoque passado foramreivinregistradicações são pela manutenção dos 41 atendimentos, este ano o e melhoria da infraestrutura do número caiu para 13.

distrito. “Hoje, com a parceria

tir no DIMIC de Catalão para

de expansão determinadas. Uma

Álvaro Barbosa da Silva, proprietário das empresas ADUMensagem governamental CAT, ressaltou a importância do Em nome do governador Marconi o secretário contato comPerillo, o secretário. “A preDaniel afirmou que oe sença doGoulart secretário no DIMIC Executivo renova o diálogo com o diálogo com os empresários foi a Casa e deseja um ano muito bom para que Alexandre visse de produtivo em realizações aos perto os nossos“Temos problemas. deputados. um Acresolo ditamos que boas notícias fértil e abençoado para quevirão floresça um período abundante depois deste contato”, salientoudeo práticas positivas para Goiás e o empresário. seu povo”, finalizou.

14.829.700/0001-06


De 22 a 28 de abril de 2013

4

Jardel é recebido com muito carinho por excolegas da Assembleia

Ex-presidente da Assembleia Legislativa em três oportunidades, o prefeito de Catalão, Jardel Sebba (PSDB) transitou com desenvoltura e

foi recebido com honras de chefe de estado pelos seus ex-colegas de parlamento, durante a sessão ordinária realizada nesta quarta-feira,

23.

Jardel foi saudado pelo atual chefe do Poder, Helder Valin. “É uma honra e uma satisfação enorme para to-

dos que integram esta Casa receber um grande amigo. Um político que marcou definitivamente a história da Assembleia”, afirmou. Vários

parlamentares como Túlio Isac, José de Lima, além de servidores da Casa, fizeram questão de cumprimentar o prefeito.

Rodovia entre Marzagão e Corumbaíba começa a ser recuperada pela Agetop Obras se estendem até o perímetro urbano de Caldas Novas e irá beneficiar condutores que viajam do Sudeste

O trecho da rodovia GO-139, que liga os municípios de Marzagão e Corumbaíba a Caldas Novas começou a ser recuperado pela Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop) nesta semana. A empresa CCB, que ganhou a licitação para realizar a obra, começou os trabalhos entre o município Marzagão e Corumbaíba na tarde da última terça-feira. Técnicos da Agetop e engenheiros da empresa CCB coordenaram a sinalização da rodovia e os serviços de topografia. As margens da GO-139 serão roçados para a criação de desvios para recuperação de trechos emergenciais.

De acordo com a assessoria da Agência Goiana de Transportes e Obras, mais de 50 quilômetros serão recuperados na primeira etapa. A reconstrução será iniciada no município de Corumbaíba, passando por Marzagão, e se estenderá até o perímetro urbano de Caldas Novas. O prefeito de Caldas Novas, Evandro Magal (PP), afirmou que a solicitação para que a rodovia fosse recapeada foi feita diretamente com o presidente da Agetop, Jayme Rincon. “Este ano já nos reunimos com o presidente Jayme Rincon por mais de quatro vezes. Pelo menos uma vez

ao mês fomos até a capital solicitar melhorias para a Região das Águas Quentes. Os benefícios nas cidades vizinhas são muito importantes para Caldas Novas também, já que estes municípios são o nosso portão de entrada. Marzagão e Corumbaíba são os locais por onde passam os visitantes que vêm de Minas Gerais e São Paulo. Todas as cidades da região serão beneficiadas com esta importante obra empreendida pelo Governo de Goiás”, contou Evandro Magal. A empresa CCB informou que, a partir desta semana, o tráfego na Rodovia GO-139, na Região das Águas Quentes, será reduzido por conta do

início das obras. Nos locais em que as máquinas trabalham a velocidade máxima permitida será de 60 quilômetros por hora. O motorista da cidade de Catalão, Evaristo Pena Ribeiro, que passava pela rodovia na manhã desta quarta-feira, 24 de abril, afirmou que a obra é uma necessidade de toda a região. “É muito importante essa obra para os municípios da região Sudeste e região das Águas Quentes. Eu passo pelo menos uma vez na semana por aqui, e com a estrada recuperada vai ficar muito mais fácil usar esse trajeto”, relatou o condutor.

“O Governador Marconi Perillo mais uma vez demonstrou a atenção que ele tem por Caldas Novas e região das Águas Quentes. Todas as solicitações que fizemos ao Governador estão sendo prontamente atendidas. As obras na GO-139, que dá acesso a Caldas Novas, deveriam ter começado há mais tempo, porém apenas agora as chuvas deram trégua para que isso fosse possível para que o recurso do contribuinte não fosse desperdiçado. Temos certeza que este será um trabalho que vai engrandecer ainda mais a nossa região, sempre privilegiada com as obras do Governo de Goiás”, afirmou o prefeito de Caldas Novas, Evandro Magal.


De 22 a 28 de abril de 2013

Catalão, Maio de 2012

Diretor do campus da UFG de Catalão é candidato a vice-reitor da universidade

5

Professor Manoel Rodrigues Chaves lança candidatura em chapa que tem como titular Orlando Afonso Valle do Amaral

O diretor do campus de Catalão da Universidade Federal de Goiás (UFG), Manoel Rodrigues Chaves, é candidato a vice-reitor da UFG na chapa encabeçada por Afonso Valle do Amaral. O lançamento da candidatura ocorreu na noite de terça-feira (23), no anfiteatro da universidade em Catalão. Participaram alunos, docentes, técnicos-administrativos e representantes de entidades. É a primeira vez que um professor de um campus do in-

ARTIGO

Com a chegada ao patamar dos 100 mil habitantes, o que está próximo de acontecer, Catalão precisa ser repensada sob todos os aspectos, sobretudo como cidade que tem vocação econômica e se apresenta como fronteira de desenvolvimento na região central do Brasil. Neste sentido, ganha relevo o conteúdo modernizador que o prefeito Jardel Sebba, um homem simples e de passadas largas que já foi governador interino de Goiás, procura conferir à gestão municipal. Catalão, como Jardel tem repetido com alta frequência, não é uma ilha fechada em si própria, mas, sim, uma cidade aberta a novas experiências, especialmente a parcerias com outros níveis de governo e também com a ini-

terior compõe uma chapa majoritária. Manoel é diretor-geral do CAC/UFG pelo segundo mandato. “Recebi o convite para compor a chapa com certa surpresa. Analisei todos os aspectos profissionais, institucionais e pessoais para aceitar esse convite”, afirma Chaves. A dupla Manoel e Orlando propõe a consolidação da estrutura multicampi da UFG, favorecendo a integração orgânica e cooperativa entre seus campi, a conclusão de reforma

do estatuto da universidade e a concretização de projetos de assistência estudantil, como a construção de restaurantes universitários, como o já implantado em Catalão. “O Manoel é uma pessoa muito querida em toda UFG. É competente e tem uma larga experiência na gestão do Campus Catalão, que tem porte de uma pequena universidade. Ele vai agregar muito a nossa chapa com esse olhar de quem passou pela experiência de ver

um campus crescer, trazendo muita experiência para a nosso grupo”, afirmou Orlando, candidato a reitor. A votação será realizada no dia 20 de junho, das 8h às 18h, e até às 21h, onde houver expediente no período noturno. Universidade e Prefeitura

talão. Um dos projetos da universidade que conta com apoio da administração municipal é o de monitoramento da poluição atmosférica da cidade, realizado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmac) e pelos estudantes do curso de Química. Estudantes universitários da unidade também cumprem estágios em algumas secretarias municipais, como a de Esportes e Lazer e a de Educação.

O CAC/UFG é um grande parceiro da Prefeitura de Ca-

Jardel e o chororô da turma do Luizão do radiador ciativa privada. O prefeito sabe das coisas e já inicia a quebra dos paradigmas do provincianismo aos quais Catalão se submeteu ao longo dos 12 anos das administrações do PMDB de Adib Elias e Velomar Rios. Sob o controle dos peemdebebistas, a prefeitura se recusou a firmar parcerias com o Estado e, de maneira absurda, abriu mão de recursos fundamentais para o atendimento de demandas locais. É claro que tudo isso acabou prejudicando a população. Adib e Velomar felizmente são páginas viradas em Catalão e amargam merecido ostracismo político, derrotados pelo voto livre, democrático e popular da maioria dos catalanos. O alto astral que a cidade

vive agora expressa a mudança de métodos que vieram para ficar. Jardel, que tem perfil no Twitter e interage nas redes sociais, governa com propósitos arejados e segue a cartilha do planejamento estratégico. A prefeitura não é mais um curral político e escancara as portas para ideias arrojadas e práticas inovadoras. Enquanto Adib, Velomar e os oposicionistas de plantão agouram os novos tempos como velho do rastelo no famoso poema de Luís de Camões, Jardel vai provando no dia a dia que governar bem não é desafio impossível quando se tem foco e boas propostas. Catalão é hoje conduzida por um prefeito que tem a verdadeira dimensão do cargo que ocupa, que recolocou a cidade no centro da tomada

das decisões estaduais ao trazer o governador Marconi Perillo para despachar no Palácio Pirapitinga. Isso não é pouco. A oposição a Jardel não tem projetos e é pautada pelo discurso sebastianista de que Adib Elias um dia vai voltar para redimir o PMDB e os “manés” do partido. Não discute teses, não oferece alternativas para a cidade. Os oposicionistas de ocasião reproduzem uma catilinária catastrofista que não se materializou e nem materializará no governo de Jardel, que, aliás, é aprovado por mais de 80% dos catalanos, conforme pesquisas realizadas na cidade. Jardel não deve se preocupar com Adib, Velomar e as viúvas do PMDB. Estes já levaram cartão vermelho pelas

José Justino Porto é professor pós-graduado em História (PUC)

estrepolias que protagonizaram na Prefeitura de Catalão. A missão que cabe ao prefeito agora é repensar a cidade e projetá-la para a realidade dos 100 mil habitantes. O resto é chororô da turma perna de pau que frequenta a oficina do Luizão do radiador.


De 22 a 28 de abril de 2013

6

Governador acompanha debate sobre guerra fiscal no Senado

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado voltou a se reunir nesta terça-feira, 23, em busca de um consenso para colocar fim à guerra fiscal relativa ao Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) nas transações interestaduais. No encontro, que começou às 11 horas e se estendeu até o fim da tarde, os senadores discutiram e propuseram emendas ao substitutivo do senador Delcídio do Amaral (PT-MS) ao projeto de reforma do ICMS. A matéria altera o projeto de resolução original do Governo Federal que visa unificar gradualmente as alíquotas interestaduais em 4% até 2025.

Como regra geral, o substitutivo de Delcídio do Amaral estabelece um cronograma para a redução da alíquota interestadual de 12%, praticada pelos estados emergentes (Norte, Nordeste e Centro-Oeste), de um ponto percentual por ano, a partir de 2014, até 2021, quando chegaria a 4%. Os senadores colocaram em discussão, ainda, o que fazer com os incentivos tributários concedidos pelos estados e considerados inconstitucionais pelo Supremo Tribunal Federal (STF). O governo mandou para a Câmara dos Deputados um projeto de lei complementar que viabiliza a convalidação dos benefícios fiscais. Participaram da reunião os três senadores por Goiás (Lúcia Vânia, Cyro Miranda e Wilder Moraes), o presidente da Federação das

Governador Marconi Perillo

O governador Marconi Perillo, único governador da federação a comparecer à sessão, apoia a proposta. “A convalidação dos incentivos não pode ser matéria do Conselho de Administração Fazendária (Confaz), a se manter o critério de votação atual. Bastaria um estado discordar para que todos os incentivos já concedidos e os contratados sejam cancelados”, comentou.

Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), Pedro Alves de Oliveira, e o secretário-Chefe da Casa Civil, deputado federal Vilmar Rocha. ICMS para produtos industrializados A emenda, que tem o objetivo de evitar que os estados emergentes tenham perdas significativas, prevê alíquota de 7% para produtos industrializados nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, além do Espírito Santo, contra 4% para os originados das demais unidades da federação. A proposta, que está

parada na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados, ganhou projeto de idêntico teor de autoria do senador Wellington Dias (PT-PI). Caso os produtos saiam das regiões Sul e Sudeste para as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste e ao Espírito Santo, a alíquota atual de 7% será reduzida, também em um ponto percentual por ano, a partir de 2014, até chegar a 4% em 2016. No caso de mercadorias e bens produzidos em conformidade com o Processo Produtivo Bá-

sico nas Regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste e no Espírito Santo, a alíquota interestadual será reduzida dos atuais 12%, em um ponto percentual por ano, a partir de 2014, até chegar a 7% em 2018. O mesmo arranjo vale para os produtos agropecuários dessas regiões. O substitutivo atribui à União poder de definir o que é Processo Produtivo Básico. Sem essa definição, serão considerados produzidos na região os produtos resultantes de industrialização nas modalidades de transformação ou montagem.

O governador defendeu a manutenção da atual política tributária praticada pelos estados. Ele entende que Goiás se industrializou, cresceu acima da média nacional e gerou o maior número de empregos no Brasil graças aos incentivos que concedeu para atrair investimentos. “Não há renúncia de receita na concessão do incentivo. Estamos oferecendo 70% de isenção de uma arrecadação que não tínhamos. Pela lógica, o Estado, além de ganhar 30% de um ICMS que era zero, ainda gera milhares de empregos”, comparou. Marconi Perillo lembrou que todos os estados brasileiros, em épocas diferentes, cresceram e dinamizaram seus parques industriais ancorados em incentivos fiscais. “Nada mais justo, então, que os estados emergentes tenham a sua oportunidade para continuar crescendo”, observou. O governador lembrou o incentivo fiscal concedido para a atração de indústrias do setor automobilístico para São Paulo.

Secretário de Indústria e Comércio entrega certificados a empresários de Catalão Com os certificados, empresários de Catalão e região estão aptos a pleitear recursos do programa Goiás Fomento 20 a 400 mil reais. “Os micro e pequenos empresários podem se beneficiar dessas linhas de crédito com taxas de juros de 0,50% ao mês que ainda podem abaixar após três meses de carência. Depois de pago o primeiro empréstimo, o contrato pode ser refeito. Estou feliz por ajudar a propiciar essa oportunidade a empresários de Catalão por meio do Governo do Estado. Não é por acaso que a palavra-chave da nossa administração é parceria”, afirmou o Jardel Sebba.

Na manhã desta quarta-feira, 24, o secretário estadual de Indústria e Comércio, Alexandre Baldy, esteve em Catalão, no auditório da prefeitura, entregando certificados a micro e pequenos empresários que

participaram do curso Plano de Negócios, entre os dias 15 e 17 deste mês. A capacitação foi promovida pela Prefeitura de Catalão em parceria com a Associação Comercial e Industrial

e Câmara de Dirigentes Lojistas de Catalão (ACIC-CDL) e Governo do Estado. Os 200 empresários da cidade que participaram do curso podem pleitear recursos do Programa Goiás Fomento, no valor de

O Secretário Estadual de Indústria e Comércio, Alexandre Baldy, afirmou que diversas linhas de crédito estão disponíveis no Fomentar com acesso mais facilitado, inclusive a setores específicos, como no ramo de cabeleireiros, restaurantes, agricultura, com redução de taxas de juros. “A partir de agora, com os certificados em mãos,

os empresários podem procurar a Secretaria de Indústria e Comércio ou Agência de Fomento para ter definitivamente o crédito na sua conta para investir no seu negócio”, explicou Baldy. “Acabei de abrir uma loja de móveis e eletrodomésticos e, apesar de estar neste ramo há mais de 20 anos, o curso foi muito válido. É sempre bom reciclar e ter mais conhecimentos para melhorar nosso negócio. A linha de crédito do Goiás Fomento também é atrativa para nós que somos pequenos empresários”, justificou a empresária Magda Elaine Aparecida Pereira. Também participaram da solenidade, representantes do legislativo, Sebrae, ACIC/CDL, Sindicato do Comércio Varejista e Caixa Econômica Federal. O vice-prefeito e secretário de Infraestrutura Rodrigo Alves Carvelo, ‘Rodrigão’, e o prefeito Jardel Sebba acompanharam a entrega dos certificados.


De 22 a 28 de abril de 2013

Catalão, Maio de 2012

Prefeitura de Caldas Novas abre licitação para alugar área para Parque de Diversões

7

Lance mínino é de 25 mil reais e vencedor terá que revitalizar calçadas, reformas banheiros e plantar árvores A prefeitura de Caldas Novas prepara os últimos detalhes do edital para locação da área conhecida popularmente como “sambódromo”, ao lado do prédio da prefeitura. O terreno será destinado à instalação do novo parque de diversões. A empresa que operava os serviços até março deste ano foi retirada do local por decisão judicial. Em ação movida contra a Prefeitura, o Ministério Público questionou a forma de locação da área e a inexistência de processo seletivo para ocupação de terreno público. O valor também foi alvo de contestação, pois segundo o Poder Judicial, valor cobrados a empresa estavam inferiores aos praticados pelo mercado imobiliário. De acordo com informações da Secretaria Municipal de Controle Interno, a prefeitura irá alugar a área por meio de concorrência pública. Será escolhida empresa que vencer o leilão, com maior lance . O valor mínino para locação do local

é de 25 mil reais e foi estipulado pela Comissão de Valores Imobiliários (CVM). A licitação está marcada para o dia 27 de maio deste ano, às 9 horas da manhã. Nesta data, haverá abertura dos envelopes com a documentação a ser apresentada pelas empresas. Somente pessoas jurídicas que atendam os requisitos do edital poderão participar da concorrência pública para concessão da área. Revitalização

A empresa que ganhar a concorrência deverá realizar a revitalização completa do local, com arborização e preparação de toda infraestrutura necessária para a comodidade dos cidadãos que utilizam o complexo. Estão previstas ações como a reconstrução de calçadas e reformas de banheiros. A Empresa Pública de Exploração Mineração (EMEM), proprietária da área três mil e seiscentos metros quadrados, destinada a locação, estabe-

leceu que o contrato de concessão terá vigência de cinco anos, podendo ser prorrogado por igual período. O prefeito de Caldas Novas, Evandro Magal, afirmou que o próximo parque de diversões a ser instalado no município deverá ser mais moderno e equipado que o anterior. “Cumprimos a Lei, abrindo uma concorrência pública, completamente divulgada em todos os meios de comunicação. Enviamos cópias para os jornais diários de Caldas Novas e Goiânia e publicamos a

seleção em nosso site oficial. A prefeitura impôs algumas regras para a locação dessa área, que será destinada a instalação do parque de diversões. O valor cobrado pela prefeitura será justo, e quem pagar mais terá o direito de uso, mas também será necessário revitalizar toda a área, com calçadas novas, banheiros reformados e até um modelo paisagístico. Queremos que este seja um ponto turístico, um atrativo para as nossas famílias, que vai proporcionar lazer e alegria para turistas e moradores. A decisão da Justiça fez com que o antigo parquinho saísse do local, mas haverá em breve um novo parque para atender o desejo da nossa população”, disse o prefeito Evandro Magal. A Procuradoria do Município, Secretaria Municipal de Controle Interno e Comissão de Licitações, preparam os últimos detalhes do edital para o certame, que será divulgado nos próximos dias. O edital estará disponível no site www.caldasnovas. go.gov.br/editais

Governo lançou plano de ações de fomento à aquicultura em Goiás prefeitos de várias regiões do Estado e piscicultores. “Sempre que quiser transformar Goiás em vitrine para o País, terá todo nosso apoio”, disse Perillo ao Ministro agradecendo por Goiás ter sido Estado escolhido pelo Governo Federal para lançamento do conjunto de ações do Plano Safra da Pesca e Aquicultura que irá destinar R$ 4,1 bilhões até 2014 entre crédito e investimento diretos na área em todo o País.

O governador Marconi Perillo e o ministro da Pesca e Aqüicultura (MPA), Marcelo Crivella, lançaram na manhã desta segunda-feira, dia 21, várias ações

de fomento à pesca e à aquicultura em Goiás. A solenidade, no Auditório Mauro Borges do Palácio Pedro Ludovico Teixeira, em Goiânia, aconteceu com a presença de várias

autoridades em âmbito nacional e local, entre eles secretários de Estado, o presidente da Federação da Pesca em Goiás, João Evangelista, pescadores e

Marconi lembrou sua preocupação com a expansão e a modernização da produção no Estado e com sua industrialização. Mas ressaltou ser o ser humano o alvo de sua maior preocupação. “Minha maior preocupação é com o ser humano que será beneficiado com empregos, negócios e passará a ser auto-suficiente”, comemorou. Um dos decretos assinados determina que a Goiás Fomento financie a juros subsidiados entre 10 e

25 mil reais aos produtores de peixe. “Estamos também solicitando a Secretaria de Indústria e Comércio e a Secretaria da Fazenda que diminua o imposto do peixe para 3%”, anunciou Perillo. O objetivo, segundo ele, é transformar Goiás de comprador para vendedor no mercado interno de pescados, com o desenvolvimento dos parques aquícolas. “O Governo Federal quer ser parceiro de Goiás para aumentar a produção e o consumo desse alimento tão saudável que é o peixe”, disse o Ministro, adaptando versículo da Bíblia ao afirmar que “aqui haverá a multiplicação dos peixes”. Lembrou que Goiás tem áreas hídricas propícias à instalação de tanques-rede, viveiros escavados e farta oferta de grãos para rações, além de privilegiada localização geográfica para escoar sua produção aos principais mercados consumidores.


De 22 a 28 de abril de 2013

8

STF manda Congresso suspender projeto que prejudica novos partidos Ministro Gilmar Mendes tomou decisão após pedido de senador do PSB. Projeto restringe recursos e tempo de propaganda para novas siglas.

O ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes determinou nesta quarta-feira (24) a suspensão da tramitação no Congresso do projeto de lei que prejudica novos partidos.

fusão de novos partidos. É necessário que as regras de regência do próximo pleito sejam claras e aplicadas de modo isonômico e uniforme a todos os envolvidos. Por essa razão, leis casuísticas são altamente questionáveis”, diz o ministro.

A proposta, de autoria do deputado Edinho Araújo (PMDB-SP), impede que parlamentares que mudem de partido no meio do mandato transfiram para a nova agremiação parte do fundo partidário e do tempo no rádio e na TV da sigla de origem. Pelas regras atuais, a maior parte do fundo e da propaganda eleitoral é distribuída de forma proporcional ao tamanho das bancadas. Os defensores da proposta - parlamentares governistas - argumentam que o objetivo é frear a infidelidade partidária. Os críticos - principalmente parlamentares de oposição - dizem que a finalidade é desestimular candidaturas presidenciais para a eleição de 2014. Se sancionada, a lei tornaria menos competitivos novos partidos, como o Rede Sustentabilidade, que a ex-senadora Marina Silva pretende criar. O ministro Gilmar Mendes proferiu decisão liminar (provisória) após pedido do senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) protocolado nesta terça, depois de o projeto ter sido aprovado na Câmara dos Deputados. A liminar prevalecerá até que o plenário do Supremo decida sobre o caso.

O que diz o pedido No mandado de segurança enviado ao STF, Rollemberg diz que a aprovação do regime de urgência na Câmara, na semana passada, foi “ilegal” por ter garantido tramitação mais rápida ao tema com apenas dois votos de vantagem.

Pouco antes do anúncio da decisão de Gilmar Mendes, o Senado havia rejeitado requerimento de urgência para a tramitação do projeto. Se a urgência tivesse sido aprovada, a tramitação seria mais rápida porque o projeto seria votado diretamente pelo plenário, sem passar por comissões. ‘Flagrante desrespeito’ Na decisão, Gilmar Mendes afirma que o Supremo pode analisar questões internas do Congresso em casos de “flagrante desrespeito ao devido processo

legislativo ou aos direitos e garantias fundamentais”. Mendes destacou que a proposta foi aprovada com “extrema velocidade de tramitação”. Ele afirmou ver possibilidade de “violação aos princípios democráticos, do pluripartidarismo e da liberdade de criação de legendas”. “A aprovação do projeto de lei em exame significará, assim, o tratamento desigual de parlamentares e partidos políticos em uma mesma legislatura. Essa interferência seria ofensiva à lealdade da

concorrência democrática, afigurando-se casuística e direcionada a atores políticos específicos”, afirma a decisão. Segundo Gilmar Mendes, a decisão de suspender o andamento foi necessária porque a mudança poderia afetar mobilizações políticas voltadas à criação de novas legendas. “O perigo na demora revela-se na singular celeridade da tramitação do PL em questão, principalmente considerando o impacto da proposição legislativa nas mobilizações políticas voltadas à criação e

A ação afirma que a proposta afeta “direitos fundamentais” ao prejudicar a criação de novas legendas. “[É um] projeto de lei casuisticamente forjado, pela maioria, para especificamente restringir direitos fundamentais titularizados por determinados grupos políticos minoritários e perfeitamente individualizáveis, em nítida situação de abuso de poder legislativo”, diz o pedido. O senador do PSB argumenta que a proposta pretende “esvaziar, de modo absolutamente arbitrário, inconstitucional e casuístico, importantes iniciativas de lideranças políticas e grupos sociais, em torno da criação de novos partidos”. Diz ainda que a proposta surgiu após o PSD ter garantido os direitos.


De 22 a 28 de abril de 2013

Catalão, Maio de 2012

Evandro Magal tem aprovação de 92%, diz Serpes

9

Somado índices de “Bom” e “Ótimo”, número ultrapassa 73%. Pesquisa Serpes foi divulgada por Jornal O Popular Reportagem do Jornal O Popular divulgada na página 11 da edição do dia 24 de abril, mostra que o Prefeito de Caldas Novas, Evandro Magal (PP), tem aprovação popular de 92% dos moradores da cidade. A pesquisa do Instituto Serpes identifica que a administração de Evandro Magal é considerada “boa” por 57,9% dos entrevistados e “ótima” por outros 15,7%. Somado ao índice de “regular” (19%), a aprovação chega a 92,6%. A reportagem do jornal O Popular explica ainda que 3,5% reprovam o trabalho da Prefeitura de Caldas Novas, sendo 2% o classificam como “ruim” e 1,5% como “péssimo”. Em avaliação, o Prefeito de Caldas Novas, Evandro Magal, disse que os números da pesquisa Serpes representam o sentimento popular das ruas. “Os números da Pesquisa Serpes, um dos institutos mais sérios do Brasil, mostram que estamos nos esforçando muito, estamos preocupados com a solução dos problemas, e principalmente, estamos dando respostas aos problemas sociais. Fiquei feliz com os números apresentados”, disse o prefeito Evandro Magal. Maior de Goiás Levantamento realizado

AVALIAÇÃODOPREFEITO

PesquisaSerpesemCaldasNovas

57,9% Bom pelo instituto Serpes aponta que a administração do prefeito Evandro Magal é a melhor avaliada entre todos os 50 municípios goianos analisados pelo levantamento. A estratificação da pesquisa mostra que Evandro Magal teve melhor desempenho. Magal obteve o melhor desempenho entre mulheres com idade entre 25 e 34 anos e curso superior. Ao ser entrevistado, 73% dos eleitores disseram que a prioridade de gestão em Caldas Novas é a Saúde. Em segundo lugar,

com 30,6%, aparece a infraestrutura urbana física, que inclui o recapeamento de asfalto e obras na rede de esgoto. “A pesquisa, além de ser um forte e crível indicador popular, está fundamentada nas ações e prioridades que a gestão deve seguir. Certamente, sou um administrador que ouço os anseios públicos e priorizamos as ações mais urgentes. Pegamos a cidade em total despreparo mas, em pouco mais de 100 dias, já imprimimos novo ritmo”, afirmou o prefeito.

4% Nãoopina

19% Regular

2% Ruim

1,5% Péssimo

15,7% Ótimo

Universo: Caldas Novas. Amostra: 401 moradores. Coleta de Dados: 9 à 10 de abril de 2013. Margem de erro: 4,88 pontos percentuais para mais ou para menos. Responsabilidade técnica: Serpes Pesquisas de Opinião e Mercado Ltda.

Dia D imuniza 231 mil contra a gripe em Goiás O Ministério da Saúde e a Secretaria da Saúde divulgam o balanço parcial do Dia D da Campanha contra a Influenza, realizado no último sábado, dia 20. Segundo dados do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI), em Goiás foram aplicadas 231.991 doses da vacina, o que corresponde a 25,6% do público-alvo, somente na data. Durante o Dia D foram disponibilizados 854 postos fixos e outros 1.500 volantes. Na última segunda-feira, dia 22, dados atualizados do sistema apontaram para uma evolução nos números em Goiás. Até às 9 horas, 32,44% da população já receberam a dose, o que em números gerais representam 293.993 pessoas. As puérperas (mulheres que deram à luz nos últimos 45 dias) foram as que mais procuraram os postos atingindo os 49,92%. Foram

imunizadas 38,85% das crianças e 32,77% dos idosos. Para o grupo dos portadores de doenças crônicas foram distribuídas 41.893 doses da vacina. A gerente de Imunizações e Rede de Frio, Clécia Vecci Menezes, reforça a importância de se receber a vacina que imuniza contra três tipos de vírus, entre eles o H1N1, e evitar complicações e internações decorrentes das infecções pelo vírus da influenza. A campanha de vacinação termina na próxima sexta-feira, dia 26. Balanço parcial do Ministério da Saúde aponta que 29,72% da população brasileira já foi imunizada. A meta é vacinar 31,3 milhões de pessoas, o que equivale a 80% do público-alvo da campanha. Mais informações: (62) 3201-3811


De 22 a 28 de abril de 2013

10

Técnicos da Secretaria Estadual de Saúde inspecionam área do Credeq de Caldas Novas Prefeitura entregou documentação aos representantes do Governo de Goiás. Obra será realizada pela Agetop

Agentes técnicos da Secretaria Estadual de Saúde realizaram, na tarde desta quarta-feira, 24 de abril, vistoria na área onde será construído o Centro de Referência e Excelência em Dependência Química (Credeq), no município de Caldas Novas. O Secretário Municipal de Obras, Catulo de Oliveira Angeles, acompanhou os profissionais da Secretaria Estadual de Saúde para inspeção no terreno. A comitiva que realizou a vistoria era formada pelo Superintendente Executivo da Secretaria Estadual de Saúde, Halim Girade, a Superintendente de Políticas de Atenção Integral à Saúde, Mabel Del Socorro Rodrigues, e assessores.

De acordo com o Secretário Municipal de Obras, Catulo de Oliveira Angeles, a área onde será construído o Credeq conta com cerca de 70 mil metros quadrados de extensão. As instalações contarão com piscina, quadra de esportes, anfiteatro, alas de desintoxicação, e outras particularidades, como terreno para prática esportiva e jardim de inverno. A terraplanagem do terreno, que ficou a cargo da prefeitura municipal, foi iniciada nesta quarta-feira. O Superintendente Executivo da Secretaria Estadual de Saúde, Halim Girade, afirmou que as obras serão executadas pela Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop). A Secretaria de Saúde informou que toda a documentação necessária para

a obra ser iniciada já foi entregue pela prefeitura municipal. “Não existe nenhum entrave burocrático que impeça a construção do Credeq em Caldas Novas. Nós avaliamos a nova área e acreditamos que esse local será realmente adequado para a construção do centro de referência. O prefeito Evandro Magal cumpriu todas as exigências apresentadas pelo Secretário Antônio Faleiros, que quer urgência na realização desta obra que será de extrema importância para o município e toda a região”, contou Halim Girade, Superintendente Executivo da Secretaria Estadual de Saúde. A Superintendente de Políticas de Atenção Integral a Saúde,

Mabel Del Socorro Rodrigues afirmou que o terreno atende todas as expectativas da Secretaria Estadual de Saúde. Para Mabel, o Credeq será um avanço na qualidade de saúde pública de todo o estado de Goiás.

O terreno onde será construído o Centro de Referência em Dependência Química é localizado no bairro Itanhangá II. O local contará com estrutura de transporte público, saneamento básico e asfalto.

“É uma área fantástica, próximo ao centro urbano da cidade, que é uma necessidade para nós. As pessoas que serão atendidas pelo Credeq precisam se desintoxicar, mas não podem ficar completamente isoladas da área urbana. Pois assim todos se sentem melhor integrados à sociedade, o que facilita o tratamento. Nossa expectativa é que a obra comece o quanto antes e seja inaugurada em tempo recorde”, contou a Superintendente Mabel Del Socorro.

Para o Secretário Municipal de Obras, Catulo de Oliveira Angeles, o terreno doado pela prefeitura “servirá de modelo para Goiás e o Brasil”. “O projeto é amplo, com perspectivas grandiosas para o tratamento de dependentes químicos. A obra já começou, a prefeitura ficou responsável por fazer a terraplanagem do terreno, que já foi iniciada e será concluída nos próximos dias. Em curto período de tempo a estrutura começará a ser levantada”, disse.

Estádio Serra de Caldas passa por revitalização e receberá jogos do Campeonato Goiano

Recuperação do gramado, reforma de vestiários e construção de arquibancadas são primeiras melhorias O Estádio Municipal Martinho Palmerston, popularmente conhecido como Estádio Serra de Caldas, passa por reformas em toda estrutura. O trabalho é realizado pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer com apoio da Secretaria Municipal de Obras. Nos primeiros meses do ano de 2013 não era possível a realização de jogos por conta do campo não oferecer condições para a prática de esportes. Diante da gravidade do caso, de acordo com o Secretário de Esportes, Gerfeson Aragão, o principal trabalho realizado foi a recuperação do gramado. “Quando assumimos a Secretaria de Esporte e Lazer em janeiro deste ano encontramos o gramado do Estádio sem nenhuma condição para a realização de jogos. Daquela forma os atletas poderiam se machucar. Tivemos que revitalizar todo gramado, que estava cheio de buracos e imperfeições. Hoje a realidade é outra, o nosso estádio está bonito, iluminado e pronto para receber competições de nível profissional,

não 2013”. No último dia 20, também foi realizada naquele estádio a abertura do Campeonato Municipal “Série A”, que reúne times de Caldas Novas. A competição, de acordo com Secretário de Esportes, é uma forma de atrair as famílias para os estádios, e incentivar a prática esportiva.

que elavam o nome da nossa cidade”, disse o Secretário Gerfeson Aragão. Além da recuperação do gramado, foi realizada a substituição dos refletores de iluminação, reforma dos vestiários, reforma dos banheiros, recuperação e investimentos nas cabines de imprensa, pintura e construção de novas arquibancadas. Servidores da Secretaria Municipal de Obras continuam o trabalho de pintura das arquibancadas. Uma nova ala de acentos também

está sendo construída para ampliar o público. A fachada e portaria do Estádio Serra de Caldas também foram revitalizadas. O Secretário Gerfeson Aragão afirmou que também acontecerão melhorias em todas as praças esportivas do município. Os campos de futebol do bairro Santa Efigênia, Povoado Nossa Senhora de Fátima, Junquerlândia, Brejão (localizado no bairro Itaguaí) e Itaicí II já foram recuperados. O Secretário afirmou que as próximas ações serão voltadas

para a reforma e de quadras de esportes e campos de futebol. Estádio Serra de Caldas receberá jogos do Campeonato Goiano O Estádio Serra de Caldas se prepara para receber jogos do Campeonato Goiano da segunda divisão. Segundo o Secretário de Esportes, Gerfeson Aragão, a reforma no estádio é uma das exigências da Federação Goiana de Futebol (FGF) para sediar as competições do “Goia-

“O Estádio Serra de Caldas está se preparando para receber novamente o grande número de público que recebia no passado. Fizemos todas as adequações para sediar os jogos do Campeonato Goiano, e também começamos a competição mais tradicional da nossa cidade, que é o Campeonato Municipal, Série A. Agora com mais arquibancadas, um gramado revitalizado, banheiros limpos, cheirosos, com papel toalha, sabonete, entre outros, temos a certeza que os moradores, sobretudo as famílias, voltarão a marcar presença nas nossas competições esportivas”, disse o Secretário Municipal de Esportes.


De 22 a 28 de abril de 2013

Catalão, Maio de 2012

Ministros do STF criticam proposta para submeter decisões da Corte ao Congresso Ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) avaliaram nesta quarta-feira (24) que a proposta de submeter as decisões do tribunal ao crivo do Congresso Nacional é uma reação a recentes julgamentos que desagradaram parlamentares. A PEC (Proposta de Emenda à Constituição), aprovada hoje pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara, prevê que decisões do Supremo sobre a não validade de emendas constitucionais devem ser chanceladas pelo Congresso Nacional. O mesmo valeria para as decisões que estabeleçam uma súmula vinculante. Comissão da Câmara aprova PEC que submete decisões do STF ao Congresso Propõe ainda aumentar de 6 para 9 no número de votos para declarar, no STF, uma lei inconstitucional. O tribunal é composto por 11 ministros. Para entrar em vigor, a regra aprovada pela CCJ ainda precisa passar por mais uma comissão, pelo plenário da Câmara e, posteriormente, pelo Senado.

11

questão. O aborto [de embriões anencéfalos], relações homoafetivas, temas ético, morais e religiosos. A toda hora, temos esse ônus de decidir e isso sem dúvida acaba desagradando e as vezes de forma muito ampla”, disse. O ministro Ricardo Lewandowski, por sua vez, que ocupa interinamente a presidência do tribunal, não quis polemizar. “Nós temos um sistema em que se verifica o primado do Judiciário. A última palavra não cabe ao setor político, cabe ao Judiciário, o órgão de cúpula. O guarda da Constituição é o Supremo”, afirmou o ministro do STF Marco Aurélio Mello. “O que implica essa proposta é o afastamento de uma cláusula pétrea, que é a separação dos poderes da República. Não creio que para a sociedade brasileira, para o almejado avança cultural, essa submissão dos atos do Supremo seja boa, ao contrário é perniciosa.”

vota atendendo os anseios da maioria, muito bom. Mas ele tem um histórico de decisões contra majoritárias. Não há espaços para esta mesclagem, a meu ver imprópria, que é a submissão das decisões do Supremo a um órgão político”, disse.

O ministro também argumentou que a medida, no atual contexto, “ressoa como uma retaliação”.

O ministro Gilmar Mendes avaliou que a proposta dificilmente será aprovada em plenário. Ele disse também que é uma discussão que “se arrasta no constitucionalismo

“Quando o Supremo

Além disso, o ministro ironizou o aumento dos votos para a declaração de inconstitucionalidade. “Quem sabe a utopia, a unanimidade. Teríamos que ouvir o Nelson Rodrigues no que dizia que toda unanimidade é burra.”

mundial”, mas que da forma proposta já está superada. “Na nossa memória constitucional isso evoca coisas tenebrosas, nós temos precedentes na Constituição de 37 [de Getúlio Vargas], chamada polaca. Mas acabou que era o presidente da República que podia cassar decisões do Supremo e confirmar a constitucionalidade de leis declaradas inconstitucionais”, disse. “Não é um bom precedente, a câmara vai acabar rejeitando isso”, completou. O ministro concorda com Marco Aurélio ao dizer que a ideia é uma reação a decisões do tribunal que desagradam.

Ele disse que os poderes são independentes e harmônicos e que, no momento certo, se for o caso, o tribunal irá tratar da questão. Em viagem internacional, o presidente do STF, Joaquim Barbosa, afirmou via assessoria de imprensa que não se pronunciaria sobre a questão. Além dos exemplos citados por Mendes, outra polêmica Supremo e o Congresso está na perda do mandato de deputados condenados no julgamento do mensalão. A Corte decidiu pela cassação automática, enquanto parlamantares entendem que a prerrogativa de cassar os mandatos é do Legislativo.

“Pode ser qualquer

Jardel Sebba recebe presidente do Crea

Gerson Taguatinga solicita ao prefeito a concessão de terreno para construir sede definitiva da unidade em Catalão

O prefeito Jardel Sebba (PSDB) recebeu em seu gabinete na tarde desta quarta-feira, 24, o presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Goiás (Crea/GO), Gerson Taguatinga, o inspetor do Crea de Catalão, Raul Evangelista Dores e o presidente da Associação de Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Catalão, Fábio Azzine. Durante a visita, a comitiva solicitou ao prefeito a

doação de um terreno para a construção da sede definitiva do Crea em Catalão. Atualmente, a unidade não funciona em imóvel próprio. Jardel Sebba se comprometeu a realizar um estudo para identificar terrenos públicos que poderão receber a unidade de forma atender suas necessidades. O secretário de Obras, Aldo Filho, também participou da reunião.


12

De 22 a 28 de abril de 2013


JORNAL SUDESTE ED. 149 DE 22 A 28 DE ABRIL DE 2013  

JORNAL SUDESTE ED. 149 DE 22 A 28 DE ABRIL DE 2013

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you