Page 1


cidades

GAZETA DO DIA / TERÇA - FEIRA / 10/07/2012 - página 02

POSSE

VIOLÊNCIA

Polícia prende homem acusado de espancar esposa Por:Cristina de Mesquita A Polícia prendeu na noite de domingo (8), um homem que era acusado, pela esposa de espancamentos. A prisão aconteceu na casa do casal, no bairro Leão. Segundo relato da PM, ao chegar ao local, a polícia foi surpreendida por gritos da mulher. Ela estaria gritando por socorro. Foi quando, ainda segundo informações, o marido, que não teve sua identidade revelada, saiu da casa com uma barra de ferro nas mãos. Foi dado voz de prisão duas vezes, o que ele não atendeu. A policia, então atirou no homem na altura de suas pernas. Os policiais eram ameaçados, segundo o relatório da PM. A mulher (que também não teve sua identidade revelada) apresentou, segundo a PM, vários hematomas pelo corpo. Ele foi levado para o Pronto Socorro da Santa Casa. Um dia antes (7), a polícia prendeu um homem de iniciais W.L (31) que estava foragido da Justiça. A prisão aconteceu no bairro Teotônio Vilela durante um patrulhamento de rotina pelo bairro. Ele teria apresentado atitude suspeita, segundo a PM. W.L foi preso assim que os policiais verificaram que ele era foragido, sendo encaminhado ao presídio. W. L teria cometido crimes como furtos.

Diretoria do Metabase toma posse prometendo cumprir promessas de campanha Por: Gustavo Vieira

EXPEDIENTE Gazeta do Dia Razão Social: Atual Comunicação LTDA CNPJ 13.059.954/0001-11 Endereço: Rua Cel. Afonso Paranhos, nº 386 – sala 3 Diretora: Cristina de Mesquita Netto Editora Chefe: Cristina de Mesquita MTB GO 9845 – JP Tel: 3441 2448 E-mail: gazetadodia@gmail.com Impressão: Gráfica Modelo Diagramação: Waleska Costa

Tomou posse ontem, em solenidade realizada no auditório do Metabase, a diretoria do sindicato, reeleita para mais quatro anos de gestão. A solenidade foi marcada por um grande número de sindicalistas. Presidente reeleito, Arnaldo Antunes acredita que até 2016 conquistará muito aos trabalhadores. “No momento da posse já inauguramos uma sala para assessoria jurídica que será destinada a nossos associados com atendimento gratuito por um advogado. O salão de cabeleireiros também inaugurado aqui é dos um dos anseios desses parceiros. Nossa posse marca aqui uma gestão de muito trabalho e conquistas para os que acreditam no sindicato”, afirma Arnaldo que tem como principal objetivo equiparação de salários dentre as empresas ligadas ao sindicato e direitos trabalhistas como abonos e melhor remuneração.

ESTE ESPAÇO PODE SER SEU!

Arnaldo toma posse com 70% de sua diretoria reformulada. “Foi ideia dessa garotada que comigo está e inclusive fazer o lançamento desse trabalho hoje. Então não estou sozinho e posso confiante dizer que faremos um bom trabalho para satisfazer os anseios dos mais de 1.200 sindicalizados e seu vasto número de dependentes”. Arnaldo conta que, ao longo de sua gestão, terá mais de 20 projetos para serem desenvolvidos. Segundo ele, descontos no comércio local, convênio de saúde, sala de informática e salão de beleza estão entre eles. “Vamos adquirir um veículo para anunciarmos nas ruas nossos projetos. Vamos fazer na porta das empresas uma vez por mês assembleias para discutirmos as necessidades diversas e em longo prazo, já para o ano que vem, iremos construir mais um andar no prédio e nele pretendemos implantar uma sala de informática mais dinâmica e uma serie de cursos como de idiomas e outros”. Na solenidade foi apresentada a comissão diretora e terminada concretizada a posse e fazendo parte da programação. A diretoria com convidados e familiares comemorou a posse no clube recreativo da categoria.


GAZETA DO DIA /TERÇA - FEIRA / 10/07/2012 - página 03

PASTO DO PEDRINHO

Prefeito descarta desapropriação do Pasto do Pedrinho, mas diz que é parceiro com alternativas Por: Cristina Mesquita

DEVOLUÇÃO

Associação de Proteção dos Animais devolve ao município terreno ganhado Por: Gustavo Vieira

“O município não tem dotação orçamentária e nem dispõe de recursos momentâneos para fazer aquisição ou desapropriação daquela área”. A frase é do prefeito Velomar ao final da reunião que discutiu com o Ministério Público e o Movimento de Criação do Parque do Pasto Pedrinho, a desapropriação e ações que visem a sua preservação. A reunião, a primeira com o prefeito depois de uma audiência pública realizada em maio deste ano, foi uma iniciativa do promotor Mário Henrique Caixeta que deixou claro, a sua intenção de desapropriação. Velomar afirmou, porém que quer discutir ações de preservação ambiental. Segundo ele, o município quer ser parceiro em ações que visem a redução dos impactos ambientais sofridos na área que foi adquirida recentemente por um empresário local. O promotor Mário Henrique mostrou as preocupações do órgão com a preservação da área, solicitando também parceria com o município em ações que visem inclusive a prevenção de incêndios e a limpeza do local. Com relação à desapropriação, ele deixou claro que vai procurar alternativas para tanto. Porém não adiantou nenhum tipo de medida. Ele vai assinar junto ao proprietário da área um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) para que medidas de prevenção a acidentes sejam tomadas por ele. Ele acredita que em uma semana o documento esteja pronto. Um dos coordenadores do Movimento, Paulo Hummel, não escondeu sua frustação diante da resposta do prefeito Velomar. Ele acredita que irá buscar recursos para a compra da área junto a grandes empresas da cidade “através de investimentos que chamam de investimentos ambientais que são por empresas por poluírem o meio ambiente e são obrigadas a fazer e por incentivos fiscais”, diz. “Ficamos muito decepcionados com a posição do município porque se ele acenasse com a possibilidade de desapropriação, ficaria muito mais fácil a gente conseguir apoio junto a empresários e junto à população local para a aquisição da área”, disse ele, completando que a maior preocupação do grupo é com a preservação da área. A área fica na saída para Goiânia e foi vendida, segundo informações, por R$ 6,5 milhões. Segundo os membros do grupo, o Pasto do Pedrinho abriga uma grande diversidade da fauna e da flora do cerrado.

Alegando problemas futuros, a ASPAC (Associação Protetora dos Animais de Catalão) decidiu devolver ao município a área que ganhou para a construção de um canil. A doação da área, que fica próxima ao Aterro Sanitário, foi aprovada pela Câmara Municipal no ano passado. Somado ao fato, a associação que se mantém sem fins lucrativos vem perdendo membros de sua diretoria. Conhecido como Cacá Lúcio, é um deles: “Realizamos castração em cachorros, cadelas e ainda conscientizamos a população para que não abandonem esses animais, tudo sem depender da associação o qual não faço mais parte. Conseguimos legalizar a associação e só a partir daí conseguiríamos apoio para construirmos uma sede. Foi-nos doado há pouco mais de um ano pela prefeitura um terreno que se localiza próximo ao aterro sanitário. Levantamos vários outros estudos além de construir um canil e vimos que não seria a melhor opção, porque onde existe canil, em qualquer parte do mundo, ali existe um problema sério. Por isso vamos devolver o terreno à prefeitura”, afirma Kaká apontando que o local poderia ser transformado em um depósito de animais abandonados. “Vimos que isso é o que acontece em cidades que têm canil. Achamos por bem não construi-lo e entendo que o melhor que se tenha a fazer é castrar esses animais, o que não ficaria tão barato vendo a quantidade deles soltos na cidade, mas que seria definitivo para diminuir o número deles nas ruas da cidade”, justifica. No período em que esteve à frente da associação foi aprovado pela Câmara de Vereadores, um projeto de Lei de repasse de recursos à entidade: R$ 2 a R$ 4 mil mensais destinados à castração dos animais e alimentação dos mesmos. “Isso não foi conseguido porque naquela época isso exigiu muita burocracia e as papeladas não ficaram prontas há tempo. Creio que hoje a presidenta conseguirá esse benefício, espero”, diz, se referindo à nova presidente, Mônica Aguiar. Chefe da Vigilância Sanitária, José Luiz Nahas (Zeca), concorda que a construção de um canil não será a solução para os problemas de animais abandonados. Segundo ele, a solução tem sido adotada, que são campanhas de castração: “Ano passado e esse ano realizamos campanhas anticio com aplicações de vacinas e anticoncepcionais. O nosso próximo passo, que é uma recomendação do prefeito Velomar Rios vendo esse grande número de cães na cidade, é fazer realmente um trabalho muito grande visando à castração”. Zeca diz que essa é a alternativa viável porque não fere os termos em que a lei protege esses animais e que apoia determinação do Ministério Público que proibiu o abate dos mesmos. “Isso está em fase de projeto e creio que ainda esse ano daremos início a esse projeto de castração, com toda a supervisão da secretaria municipal de Saúde que é a principal responsável. Estamos levantando o orçamento do projeto para ver quanto isso poderá custar ao fundo municipal de saúde”, conclui. Ele acredita que o trabalho poderá ser desenvolvido por clínicas veterinárias da cidade. “Construir um canil realmente não seria o melhor a se fazer porque ao invés de ajudar isso aumentaria o problema. Vamos num curto espaço de tempo com o projeto concluído clínicas veterinárias para fazer o serviço de castração em cães e gatos. Ela terá que oferecer todo o suporte necessário para o tal procedimento e pagaremos por cada animal submetido ao procedimento cirúrgico”, explica José Eduardo Machado Barroso, veterinário da secretaria municipal de Saúde. Ele diz ainda que a pretensão é implantar um projeto como o SUS, segundo ele, para atender de maneira mais eficaz esses animais. José Eduardo explica que as clínicas que quiserem participar poderão ser cadastradas junto à secretaria para poderem realizar as castrações. “Não será necessário mais que isso para que a clínica possa realizar essa atividade. A partir daí ela oferecerá um serviço público-particular e toda a responsabilidade com o animal será dela, nós simplesmente pagaremos pelos procedimentos e o que ele necessitar”. O veterinário acredita que tudo será novamente estudado e que por isso não se tem um previsão para quando o projeto estará em execução. “Faremos uma reunião com os responsáveis pelas clínicas veterinárias para discutirmos os preços e qualquer viabilidade, mas nada em concreta até o momento”, finaliza.


GAZETA DO DIA / TERÇA- FEIRA / 10/07/2012 - página 04

Por: Cristina Mesquita

O Ministério Público, por meio do Promotor Mário Henrique Caixeta, se reuniu ontem à tarde, com o prefeito Velomar e representantes de entidades não governamentais para discutir a criação de um conselho municipal de combate à drogas. Um projeto de Lei semelhante ao que pode ser aprovado em Catalão foi entregue ao prefeito. Em Goiás, o promotor acredita que apenas as cidades de Rio Verde e Goiânia contam com um Conselho semelhante. Para o promotor, a instituição de um conselho nesses moldes, vai possibilitar o diagnóstico dos problemas que afetam a população no que diz respeito às drogas: a repressão, a prevenção e a inserção social do usuário. “Primeira função do conselho é diagnosticar quais são os problemas do município”, diz, completando que num segundo momento é buscar recursos para o enfrentamento dos problemas. Ele diz que, assim, poderá otimizar os recursos para que eles sejam gastos em ações que enfrentarão o problema. Mário Henrique acredita que, com a criação e estruturação do Conselho Municipal, poderá trabalhar em conjunto, estruturando também as clínicas de reabilitação instaladas no município. “Uma das incumbências do Conselho é cadastrar, orientar e até certo ponto fiscalizar essas clínicas, saber se essas clínicas estão agindo de acordo com as diretrizes do Ministério da Saúde”, diz, informando ainda que o órgão poderá noticiar a órgãos como o Ministério Público, possíveis irregularidades. O promotor informou ainda, que, com a criação do Conselho, um Fundo será criado para a gestão de recursos financeiros que poderão ser arrecadados.

Dilma sanciona lei que reforça combate à lavagem de dinheiro Ocultação da origem de dinheiro obtido por qualquer crime será punível. Por: globo.com

A presidente Dilma Rousseff sancionou nesta segunda-feira (9) a lei que visa reforçar o combate ao crime de lavagem de dinheiro, artifício que consiste em tentar esconder a origem de bens ou quantias obtidos de forma ilegal. O jogo do bicho e a exploração de máquinas caça níqueis, por exemplo, estão enquadrados na nova lei. As informações são do Ministério da Justiça. Apresentado em 2003 no Senado, o projeto foi aprovado com alterações na Câmara em outubro do ano passado e analisado novamente pelos senadores no mês passado. A sanção deve ser publicada nesta terça-feira (10) no Diário Oficial. Uma das principais inovações é a previsão de que recursos obtidos por meio de qualquer infração penal e ocultados serão considerados ilegais. Hoje, somente é considerada lavagem de dinheiro a ocultação de dinheiro oriundo de oito tipos de crimes (tráfico de entorpecentes, contrabrando de armas, terrorismo, extorsão mediante sequestro, praticados por organização criminosa, contra a administração pública nacional ou estrangeira, e contra o sistema financeiro). A lavagem ocorre, por exemplo, quando um traficante de drogas faz transações bancárias ou operações de compra e venda de bens com o dinheiro obtido da venda de entorpecentes tentando passar a impressão de que o recurso teve origem legal. Agora, qualquer pessoa que se utilize desses meios para esconder dinheiro obtido ilegalmente pode ser punida também por lavagem, além do crime pelo qual obteve o recurso.

A punição prevista continua sendo de 3 a 10 anos de prisão e a multa, que antes chegava a no máximo R$ 200 mil, que poderá alcançar R$ 20 milhões. Outra inovação da lei é a possibilidade de a Justiça determinar a apreensão de bens registrados em nome de “laranjas”, pessoas ou empresas usadas por criminosos para tentar se desassociar formalmente do recurso. Hoje, a lei prevê a apreensão só para bens ou valores que estiverem em nome do acusado da lavagem de dinheiro. A alienação dos bens também poderá ser feita de forma mais rápida pelo juiz, evitando que os bens percam valor ao longo do tempo por deterioração. Ela não precisará ocorrer somente após o final do julgamento, como ocorre atualmente, mas com o pedido liminar ou cautelar do juiz. Caso haja absolvição, os bens voltam para o réu. O senador José Pimentel (PT-CE), um dos relatores, diz que a alienação mais rápida e a apreensão de bens nas mãos de laranjas é fundamental para desmontar organizações criminosas, que podem se manter enquanto dura o processo. Ele atribuiu a aprovação à CPMI que investiga as relações com agentes públicos e privados do bicheiro Carlinhos Cachoeira. “Esse é o primeiro resultado mais importante da CPI. Não tenho dúvida que essa legislação vai ajudar muito o Judiciário”, disse. Após a condenação, valores obtidos com o leilão desses bens obtidos ilegalmente poderão ser transferidos para o caixa dos estados e do Distrito Federal.

A Rhenovar tem a partir deste ano uma parceria com a Prefeitura Municipal de Catalão e o Programa de Capacitação Profissional, e vem oferecer cursos GRATUITOS para a população de Catalão! Os cursos tem como objetivo desenvolver as competências comportamentais que todos nós precisamos hoje em dia para construir uma carreira de sucesso, para isto iremos trabalhar dois assuntos que são muito importantes para este crescimento e amadurecimento profissional como podem ver logo abaixo. Os cursos serão totalmente gratuitos à população, e quem sem interessar deverá apenas se inscrever no SINE de Catalão, localizado à Av. 20 de agosto, em frente à Caixa Econômica Federal a partir do dia 06 de junho!!! As aulas terão início em julho (dias e horários a definir). Teremos turmas no período da manhã, tarde e noite! NÃO PERCAM ESTA OPORTUNIDADE, REPASSEM PARA SEUS AMIGOS, COLEGAS DE TRABALHO E FUNCIONÁRIOS!

Anuncie aqui, e tenha ótimos resultados

MP discute criação de um Conselho Municipal de combate à drogas


GAZETA DO DIA / TERÇA - FEIRA / 10/07/2012 - página 05

esporte Por: Tirso Neto

CRAC deixa escapar a vitória no final e empata com o CENE da serie D O CRAC fez neste ultimo domingo sua terceira partida pelo campeonato brasileiro da série D e conseguiu um importante resultado em Dourados –MS jogando contra o CENE ao empatar pelo placar de 1x1 com gol de Nino Guerreiro aos 13 minutos do segundo tempo e Chico para o Cene aos 41 minutos do segundo tempo. No primeiro tempo o CRAC se limitou em se defender fazendo funcionar o esquema com três zagueiros. Mas não conseguiu dar nem um chute a gol da meta do goleiro Fernando, até parecia que o time jovem do CENE venceria o jogo no segundo tempo. Mas não foi isso que aconteceu. O time catalano veio com outro propósito para a segunda etapa e foi logo marcando aos 13 minutos com o atacante Nino Guerreiro que recebeu na marca do pênalti e tocou no canto direito do goleiro Fernando. O tempo foi passando o CRAC foi resistindo bem às investidas do CENE até chegar aos 41 minutos quando o meia Chico foi carregando a bola e de perna esquerda bateu vencendo o goleiro Donizete que chegou a tocar na bola. A próxima partida do Crac na série D, será no dia 22 de julho, contra o Ceilândia, as 16 horas, no estádio Genervino da Fonseca, em Catalão. Na outra partida do grupo A5, Aparecidense venceu o Sobradinho por 1 a 0, no estádio Hailé Pinheiro (Serrinha). O gol foi do atacante Assuério, jogador revelado nas categorias de base do Goiás. O Camaleão volta atuar pela série D no próximo domingo, contra o Cene, em Dourados, às 16 horas. Ficha técnica CENE 1X1 CRAC Local: Estádio Douradão, em Dourados-MS Data: 08/07/2012 Horário: 16 horas Árbitro: Leandro Júnior Hermes Assistentes: Luiz Souza Santos e Adair Carlos Gols: Nino Guerreiro (Crac); Chico (Cene). CENE: Fernando; Xandão, Volpi, Bruno (Adriano) e Serginho; Vinicius, Edgar (William), Chico e Fabiano; Keverson e Careca (Kanu). Técnico: Valter Ferreira CRAC: Donizeti; Tiago Sala, Fábio Paulista e Emerson; Wellington Leão (Pedrinho), Zé Neto, Mário César, Robson Goiano e Fabrício (Jefferson); Dinei (Juninho Paraiba) e Nino Guerreiro Técnico: Zé Roberto

Deu Fluminense na festa do clássico Fla Flu no Engenhão

Fluminense foi o vencedor do clássico que festejou o centenário do Fla-Flu. Em partida disputada neste ultimo domingo, no Engenhão, o Tricolor das Laranjeiras derrotou o Flamengo por 1 a 0, com gol marcado por Fred no primeiro tempo. Com o resultado, o Fluminense chega à vice-liderança do Campeonato Brasileiro, com 18 pontos ganhos, enquanto o Flamengo segue com 12 pontos em nono lugar. Antes do início da partida, em Banda dos Fuzileiros Navais executou os hinos dos dois clubes e executou um mosaico formando a expressão Fla x Flu. Assis, pelo Fluminense, e Fernandinho, pelo Flamengo, deram o pontapé inicial simbólico. No intervalo, o tricolor Paulo Ricardo e o rubro-negro Neguinho da Beija-Flor passaram cantando em trio elétrico que desfilou pelo entorno do campo. Na próxima rodada o Fluminense enfrentará o Botafogo no Engenhão enquanto o Flamengo vai encarar o Bahia em Pituaçu.

CATEGORIA SUB 11: 1º OUVIDOR COM 14 PONTOS 2º CRAC 13 PONTOS 3º PIRES DO RIO 10 PONTOS 4º PRO ESPORTE CRUZEIRO 8 PONTOS. CATEGORIA SUB 13: 1º PRO ESPORTE CRUZEIRO 19 PONTOS 2º CERÃMICA PARAISO NUTRION 18 PONTOS 3º PIRES DO RIO 13 PONTOS 4º OUVIDOR 11 PONTOS. CATEGORIA SUB 15: 1º PRO ESPORTE CRUZEIRO 18 PONTOS 2º CERÃMICA PARAISO NUTRION 15 PONTOS 3º CRAC 9 PONTOS 4º OUVIDOR 6 PONTOS. CATEGORIA SUB 17: 1º PRO ESPORTE CRUZEIRO 18 PONTOS 2º PIRES DO RIO 7 PONTOS 3º GOIANDIRA 3 PONTOS 4º CRAC 1 PONTO. LEMBRANDO QUE AS CATEGORIAS SUB 15 E SUB 17 DO PRO ESPORTE CRUZEIRO ESTÃO COM 100% DE APROVEITAMENTO.

Atlético-GO perde mais uma na série A, agora foi para o Náutico O Náutico venceu o Atlético-GO e conquistou sua terceira vitória no Campeonato Brasileiro, a primeira longe dos Aflitos. A fraca partida, válida pela oitava rodada do Brasileirão, foi marcada pela boa atuação de Araújo, que decidiu o jogo para o time pernambucano. O atacante marcou, de cabeça, o único gol da partida, aos 22 minutos da primeira etapa. Com a vitória, o Timbu chegou aos dez pontos e ocupa a décima posição na tabela, enquanto o Atlético-GO segue na lanterna do Brasileirão com apenas dois pontos ganhos em oito jogos. Na nona rodada, o Atlético-Go terá o Vasco pela frente no domingo, às 18h30m, no estádio São Januário. O Náutico encara o Corinthians fora de casa, sábado, às 18h30, no Pacaembu. Quem marcou o único gol do jogo foi Araújo. O atacante do Náutico aproveitou um bom cruzamento de Lúcio para cabecear para o fundo das redes, aos 23 minutos do primeiro tempo.

Anápolis bem perto da próxima fase da segundona de Goiás O Anápolis está muito perto de alcançar a classificação para a segunda fase do Campeonato Goiano da Divisão de Acesso. Em jogo realizado na tarde deste ultimo domingo, o Tricolor da Boavista derrotou o Iporá por 2 a 0, com gols de Moisés e Raphael Luz. Com o resultado, o Anápolis chegou aos 20 pontos e continua na liderança da conmpetição estadual. A vantagem da equipe de Wladimir Araújo para o quinto colocado é de nove pontos. Já Iporá perdeu a chance de entrar no G4, com dez pontos, o Lobo segue na sexta colocação. Na próxima rodada o Anápolis visita o Goiânia, quarta-feira (11), ás 20h30, no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia. O Iporá recebe o Santa Helena, no estádio Ferreirão, às 15h30.

RESULTADOS DA 3ª RODADA DO 2º TURNO COPA COLÉGIO OBJETIVO CATEGORIAS DE BASE: SUB 13 CERAMICA PARAISO NUTRION: 0 X 2 GOIANDIRA. SUB 11 PRO ESPORTE CRUZEIRO 5 X 1 CRAC. SUB 13 PRO ESPORTE CRUZEIRO 3 X 0 CRAC. SUB 15 PRO ESPORTE CRUZEIRO 1 X 0 CRAC. SUB 17 PRO ESPORTE CRUZEIRO 9 X 0 CRAC. SUB 11 OUVIDOR 3 X 0 PIRES DO RIO. SUB 13 OUVIDOR 2 X 2 PIRES DO RIO. APÓS A 3ª RODADA DO 2º TURNO DA COPA COLÉGIO OBJETIVO A CLASSIFICAÇÃO FICOU ASSIM:

Treinador do Vila Nova lamenta primeira derrota Vilanovense na série C O técnico Robélio Schneiger não escondeu a chateação com o time do Vila Nova após a derrota para a Chapecoense por 3 a 2 neste ultimo domingo (8) na segunda rodada do Brasileirão Série C. O treinador acredita que o resultado foi injusto pois a equipe jogou bem, mas confessou que o time não soube manter a vantagem e por conta de algumas falhas acabou saindo derrotado. Apesar do descontentamento, o técnico garantiu que o grupo irá corrigir as falhas e conseguirá se recuperar. “É cedo, a gente perdeu apenas esta partida, mas jogando bem, foi injusto o placar. Merecíamos no mínimo um empate e ainda acho que deveríamos ter vencido. Mas, é cedo, estamos com os pés nos chãos e nossa equipe vai à Série B do Brasileiro, podem ficar tranquilos”, ressaltou.

Deu Austrália no GP da Inglaterra de fórmula 1 O australiano Mark Webber acirrou a briga pela primeira colocação no Mundial de Fórmula 1, ao vencer neste domingo o Grande Prêmio da Inglaterra da categoria. Largando da segunda colocação, o piloto da Red Bull manteve bom ritmo durante toda a prova, ultrapassou o espanhol Fernando Alonso a quatro voltas do fim e recebeu a bandeira quadriculada em Silverstone. Para conseguir sua segunda vitória no ano, Webber foi beneficiado pelo bom desempenho de seu carro com os dois tipos de pneus para pista seca, enquanto Alonso caiu de rendimento com os compostos macios, que utilizou na parte final de corrida. Companheiro do australiano na Red Bull, o alemão Sebastian Vettel completou o pódio em Silverstone. O brasileiro Felipe Massa fez sua prova mais eficiente em quase dois anos na F-1 e acabou na quarta colocação. O resultado diminui a diferença de Alonso na liderança do Mundial de Fórmula 1. Alonso segue na ponta, agora com 129 pontos, mas Webber aparece na segunda colocação com apenas 13 pontos de desvantagem. O alemão Sebastian Vettel é o terceiro, com 100. A próxima etapa da F-1 é o Grande Prêmio da Alemanha, em 22 de julho, no circuito de Hockenheim.


cidades cidades

GAZETA DO DIA / TERÇA - FEIRA / 10/07/2012 - página 06

IMPORTANTE

Idosos vão à Justiça contra reajustes abusivos em planos de saúde Por: Agência Brasil

A solução adotada por muitas pessoas a fim de garantir atendimento médico de qualidade a um custo acessível, os plano de saúde podem se transformar em pesadelo na fase da vida em que são mais necessários. É comum as operadoras que oferecem esse tipo de serviço aplicarem pesados reajustes para o segurado a partir dos 60 anos de idade, sob a alegação de que clientes nesta faixa etária usam a rede conveniada com mais frequência e dão mais despesas. A boa notícia é que a legislação brasileira e a jurisprudência recente coíbem aumentos abusivos. Com base na Lei n°11.765/2008, que instituiu o Estatuto do Idoso, a Justiça tem proferido sentenças favoráveis a usuários de planos de saúde às voltas com reajustes excessivos. O estatuto estabelece que o aumento no preço de um serviço ou produto não pode ter como único motivo a idade do cliente, pois isto configura discriminação. Em decisão de 2008 contra elevações aplicadas pela Unimed Natal em 2004, a ministra Nancy Andrighi, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), abriu precedente favorável à retroatividade dessa legislação: alegou que o consumidor está sempre amparado por ela, não importando se atingiu 60 anos antes ou depois de sua vigência. O aposentado Ernesto Gustavo Koberstein, de 67 anos, e sua esposa, a dona de casa Maria Conceição Pereira Koberstein, de 72, estão entre os brasileiros que recorreram à Justiça contra aumentos de mensalidade que consideraram abusivos. Os dois têm planos de operadoras diferentes. Ela já venceu o processo em segunda instância. Ele conseguiu um julgamento favorável na primeira instância, mas a empresa recorreu e agora o aposentado aguarda a sentença definitiva. Ernesto Koberstein disse que há um ano e meio, quando a esposa completou 70 anos, o valor do plano de saúde pago por ela saltou cerca de 44%, de R$ 690 para mais de R$ 1 mil. Maria Conceição ingressou com uma ação na Justiça. Além da fixação da mensalidade em R$ 760, ela obteve a devolução de mais de R$ 3 mil que haviam sido pagos à operadora. No caso de Ernesto,o reajuste foi ainda mais significativo. Quando o aposentado completou 60 anos, há sete anos, a parcela subiu de cerca de R$ 800 para R$ 1,8 mil, ou seja, uma alta de 125%. Ele entrou na Justiça há dois anos, e hoje deposita R$ 958 em juízo todos os meses enquanto aguarda a sentença final. Para Ernesto, o maior custo dos clientes em idade avançada para as operadoras não justifica elevações de preço como as que são adotadas. “Acho um absurdo tremendo, pois elas têm muito saldo positivo. Na nossa juventude, praticamente não usávamos [o plano]”. Segundo ele, os valores cobrados estavam pesando no bolso. “Estava muito difícil. Eu

estava para desistir de pagar”, declarou. Ernesto e Maria Conceição têm planos de saúde adquiridos após 1999. Eles tiveram vantagem ao mover a ação judicial, pois seus contratos são regidos pela Lei n° 9.656/98. Ela limita o reajuste para idosos, estabelecendo que o aumento para a última faixa etária não pode ser superior a seis vezes o valor da primeira. Para os planos anteriores à legislação, a regra não se aplica e vale o que está no contrato assinado entre usuário e operadora. O advogado Geraldo Tardin, presidente do Instituto Brasileiro de Estudo e Defesa das Relações de Consumo (Ibedec), disse que isso não significa que clientes de planos contratados antes de 1999 estão à mercê das altas abusivas de mensalidade. “Nestes casos, além do Estatuto do Idoso evocamos o CDC [Código de Defesa do Consumidor]. Nem tudo que está no contrato é válido, pois ele pode ser abusivo”, destacou. Segundo o CDC, cláusulas contratuais que coloquem o consumidor em clara desvantagem podem ser invalidadas. Mesmo sendo titular de um plano antigo, contratado em 1992, a dona de casa Maria Marlene Souza da Costa, de 68 anos, ganhou em segunda instância o direito à revisão dos índices de reajuste. O juiz aceitou o argumento de que o aumento aplicado pela operadora em 2003 feria os princípios do Código de Defesa do Consumidor, e anulou a cláusula contratual que previa a alta. O plano de saúde da dona de casa abrange ela e o marido, o aposentado Antônio Azevedo da Costa, de 75 anos. A empresa elevou a mensalidade dela de R$ 482,37 para R$ 648 (reajuste de 34%) e a dele de igual valor para R$ 1.049,29 (aumento de 117%). A operadora ainda tem 15 dias para recorrer da decisão no STJ. Não havendo recurso, ficará a cargo de um contador da Justiça calcular os novos valores – mais acessíveis – das mensalidades. A reportagem da Agência Brasil entrou em contato com a Agência Nacional de Saúde Complementar (ANS), responsável por regular e fiscalizar as atividades das operadoras de saúde. Por meio da assessoria de comunicação, a autarquia informou que os usuários que considerarem abusivos os reajustes aplicados devem buscar orientação no telefone 0800 701 9656. No caso de planos posteriores a 1999, se o valor estiver acima do permitido pela Lei n° 9.656/98, a ANS notificará a empresa. Caso se trate de um plano anterior à legislação, a autarquia analisará se a reclamação procede. Neste último caso, a agência só pode intervir se a regra para o reajuste não estiver claramente expressa no contrato.

Tenha um artigo de Opinião, publicado no Gazeta do Dia. Envie seu texto com seu nome e profissão para o email gazetadodia@gmail.com


GAZETA DO DIA / TERÇA- FEIRA / 10/07/2012 - página 07

opinião

GERAL

Ex-presidente da CUT promete protestos ‘para evitar a volta da direita’ ao poder Artur Henrique disse que CUT ‘tem lado na disputa de projetos políticos da sociedade’ Um dia após o novo presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Vagner Freitas, ter afirmado que a central sindical poderia colocar manifestantes nas ruas caso o julgamento do mensalão fosse politizado, seu antecessor, Artur Henrique, que ocupou o posto até esta segunda-feita, 9, afirmou que a CUT levará trabalhadores às ruas durante as eleições para evitar a “volta da direita” ao poder. “A CUT é uma central sindical independente, autônoma, mas ela tem lado nessa disputa de projetos políticos da sociedade. A CUT não vai permitir e vai colocar sua militância nas ruas para impedir o retrocesso, a volta da direita. Nós não temos vergonha de dizer que essa é uma central que tem lado”, sustentou durante o Congresso da CUT realizado nesta segunda-feira em São Paulo. Após a declaração, citou o pré-candidato do PT em São Paulo, Fernando Haddad, a quem chamou de “meu companheiro Haddad”, e disse que o instrumento para isso era a plataforma da CUT para as eleições. “Vamos percorrer o país com a nossa militância cobrando compromisso dos candidatos, mas sabendo que nós temos lado nessa disputa e é um prazer ter você (Haddad) aqui no nosso congresso da CUT”. (Fonte: Estadão)

Embraer prevê demanda mundial de 6,8 mil jatos em 20 anos A Embraer prevê uma demanda mundial de 6,8 mil novos jatos de 30 a 120 assentos, no próximos 20 anos, com um valor de mercado estimado em 315 bilhões de dólares a preço de lista, informou a fabricante de aeronaves nesta segunda-feira. A projeção se baseia em uma expectativa de crescimento do setor de 5 por cento ao ano da demanda de passageiro-quilômetro transportado (RPK, na sigla em inglês). A substituição de aeronaves antigas representará 53 por cento das novas entregas, enquanto os 47 por cento restantes suportarão o crescimento do mercado, disse a companhia, em nota. Segundo a Embraer, a frota mundial de jatos em operação com capacidade de 30 a 120 assentos aumentará de 4.150 aviões em 2011 para 7.375 em 2031. (Fonte: Estadão)

Cantor Pedro Leonardo deixa hospital em São Paulo Jovem ficou internado quase 3 meses no Hospital Sírio-Libanês. Ele sofreu grave acidente de carro na divisa entre Minas Gerais e Goiás. O cantor Pedro Leonardo, de 25 anos, teve alta e deixou na tarde desta segunda-feira (9) o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. O jovem ficou mais de dois meses internado no centro médico paulistano, onde se recuperou de um grave acidente de carro ocorrido em 20 de abril. “Muito obrigado, gente. Muito obrigado por tudo mesmo. Obrigado pelas orações, estamos junto e misturados, obrigado pelo carinho. Valeu. Estamos juntos”, disse o cantor ao deixar o hospital. “Vamos para rua agora, vou comer uma galinhada agora, certeza”, disse. “Agora vamos para casa”, disse o pai, Leonardo”. “Vamos”, respondeu Pedro. Ele vestia uma camiseta azul com uma frase escrita em branco: “Never never give up” (nunca desistir, em inglês). (Fonte: globo.com)

Ipameri lança 56ª Expoagro amanhã

O secretário de Agricultura, Pecuária e Irrigação, Antônio Flávio de Lima, representa o governador Marconi Perillo hoje, durante a solenidade de lançamento da 56ª Exposição Agropecuária de Ipameri, prevista para as 19h30. A

programação da exposição inclui shows musicais, 19ª Cavalgada Ecológica, desfile de cavaleiros, rodeio profissional em touros, provas de motocross, cross country e mountain bike, além da queima do açafrão, entre outras atividades. (Fonte: site notícias de Goiás)

Goiás atinge meta de vacinação contra pólio

Em Goiás, a meta de imunizar 95% (418.813) das crianças menores de cinco anos de idade contra poliomielite foi atingida. O Estado foi o segundo colocado entre os Estados com o maior índice de cobertura vacinal na Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite deste ano. Desde o Dia D, realizado em 16 de junho, foram aplicadas 437.668 doses, o que corresponde a um índice 99,28% de cobertura vacinal. A campanha contou com 830 postos fixos da rede pública estadual. A gerente de Imunização e Rede de Frio da SES, Clécia Vecci, acredita que o balanço da campanha foi positivo. “Ao atingirmos a meta, mantemos o compromisso de erradicarmos a paralisia infantil em Goiás”. Desde 2007 as coberturas vacinais das campanhas contra pólio têm ultrapassado a meta de 95%. No ano passado, na segunda etapa da campanha, o Estado ficou em 1º lugar nacional. (Fonte: site Notícias de Goiás)

Vacina Pentavalente começa a ser distribuída em Goiás

Goiás recebeu 26.826 doses da vacina Pentavalente (DTP/HB/Hib). A vacina é combinada e previne contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e meningites causadas pelo haemophilus influenzae tipo B. Segundo a gerente de Imunização e Rede de Frio da Secretaria da Saúde, Clécia Vecci, a nova vacina substitui a Tetravalente (DTP/Hib) no Calendário Básico de Vacinação da Criança e tem como principal vantagem o fato de que, por ser combinada, reduz o número de injeções a serem aplicadas nas crianças. A nova combinação está sendo introduzida pelo Ministério da Saúde a partir deste mês, com indicação para crianças de 2 meses a menores de sete anos de idade, que estão iniciando ou completando esquema de vacinação. O esquema básico da pentavalente requer a aplicação de três doses, com intervalos de 60 dias, a partir dos dois meses de vida, com reforço aos 15 meses e aos quatro anos. (Fonte: Notícias de Goiás)

Por:*Por Roberto Tadeu de Godoy Costa, advogado em Catalão/GO. www.agc.adv.br / roberto@agc.adv.br

AUXÍLIODOENÇA Trata-se de benefício previdenciário concedido ao empregado impedido de exercer suas funções por um período superior à 15 dias consecutivos. Aos trabalhadores que possuem carteira assinada, o empregador se encarregará do pagamento dos primeiros 15 dias de afastamento, enquanto que no restante do afastamento o pagamento será de responsabilidade do INSS. Em se tratando de contribuintes autônomos, especiais, facultativos, domésticos, entre outros, o benefício será pago pelo Instituto Nacional do Seguro Social desde o início da incapacidade, e pelo período que esta perdurar. Para o recebimento do auxílio-doença algumas regras merecem ser observadas: Primeiro, necessário se faz o cumprimento do período de carência para que o trabalhador esteja apto ao recebimento do benefício. Entretanto, caso o motivo da incapacidade decorra de acidente de trabalho ou doenças que deste decorram, não é necessário o cumprimento de referido período de carência, caso em que o benefício será chamado de auxílio-doença acidentário. É indispensável a constatação da incapacidade pela perícia do INSS. Para a manutenção do benefício é necessário a realização de exames médicos periódicos que constatem a incapacidade do trabalhador em retornar às suas atividades laborais. De se observar que o benefício em tela pode ser convertido em aposentadoria por invalidez ou auxílio-acidente, e pode ainda findar quando apresentado pela perícia a capacidade do trabalhador em retornar às suas funções. Caso o benefício não seja concedido diretamente pelo INSS, o trabalhador pode se socorrer de um profissional habilitado para buscar a resolução dos problemas extrajudicialmente na esfera administrativa ou ainda o ajuizamento de ações específicas na seara judicial, visando o recebimento daquilo que é seu direito.

Itamaraty desconhece planos de Lugo de visitar países do Mercosul

De acordo com o Ministério de Relações Exteriores, o Brasil não tentou demover o ex-líder paraguaio a vir ao País O Itamaraty desconhece os planos do ex-presidente do Paraguai, Fernando Lugo, de fazer um circuito de viagens pelos países do Mercosul e nega que tenha tentado demovê-lo de visitar o Brasil. Não há, no Ministério das Relações Exteriores, pedidos de encontros com o ministro Antonio de Aguiar Patriota e nem com a presidente Dilma Rousseff. Não existem impedimentos para Lugo visitar o Brasil, mas ele seria recebido como cidadão comum, já que não tem mais qualquer cargo no governo paraguaio. Poderia ser recebido, mas dependeria de agenda e não seria mais prioritário. Por enquanto, não há planos do governo brasileiro de receber Lugo ou o novo presidente, Frederico Franco. A presidente Dilma Rousseff já havia deixado claro que não receberia Franco. Mas, apesar das declarações à imprensa local de que gostaria de restabelecer as relações normais com o Brasil e encontrar Dilma, o governo paraguaio também não apresentou um pedido formal de visita. (Fonte: Estadão)

Anuncie aqui e tenha ótimos resultad os em sua empres a!


GAZETA DO DIA / TERÇA - FEIRA / 10/07/2012 - página 08

Justiça Federal mantém andamento de 44 obras do PAC sob suspeita MPF pediu suspensão de obras, mas governo alegou que tomou medidas. Juíza entendeu que suspender obras colocaria em risco a ‘coletividade’. Por: globo.com

A Justiça Federal manteve o andamento de 44 obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) que estavam ameaçadas de paralisação por conta de ações ajuizadas pelo Ministério Público Federal (MPF) e Ministério Público Militar. Os procuradores da República alegavam que havia indícios de fraudes na licitação e execução de empreendimentos rodoviários do governo federal. Diante das suspeitas de irregularidades, o MPF requisitou que a 21ª Vara da Seção Judiciária do Distrito Federal embargasse as obras e ordenasse a suspensão dos pagamentos. Os contratos, que haviam sido assinados entre 2004 e 2005, estão sendo executados pelo Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit) e pelo Ministério do Exército. Apesar dos questionamentos dos procuradores da República, a Advocacia-Geral da União (AGU) argumentou que as supostas irregularidades teriam sido sanadas. Os advogados da União destacaram que as suspeitas de fraude teriam sido constatadas pelo próprio governo em meio a uma inspeção da Controladoria Geral da União (CGU). Segundo a AGU, já teriam sido adotadas medidas de controle interno para punir os responsáveis e encerrar todos os convênios questionados, que estavam sob a responsabilidade de fundações de apoio. Os advogados da União ressaltaram à Justiça que, atualmente, os projetos alvo de suspeitas estão sendo tocados pelo Dnit e pelo Exército, sem qualquer participação das entidades responsáveis pelas irregularidades anteriores. A parceria federal, justificou a AGU, teria como objetivo realizar manutenção de rodovias, sobretudo em lugares inóspitos. De acordo com o órgão, os acordos também estariam sendo usados em situações emergenciais. No despacho em que rejeitou o requerimento dos procuradores da República, afirmou a assessoria da AGU, a juíza federal responsável entendeu que a concessão da liminar “colocaria em risco projetos sociais do governo federal que visam beneficiar toda a coletividade”. A magistrada também teria complementado, dizem os advogados da União, que a paralisação dos empreendimentos não teria força de suspender os atos ilegais, na medida em que os convênios já estariam encerrados.

Demóstenes diz que é vítima da “ditadura da perseguição” Por: Agência Brasil

Em mais um discurso para tentar salvar seu mandato, o senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) voltou a se dizer vítima de uma “ditadura da perseguição”. Ele ocupou ontem (9) a tribuna do Senado para defender que os colegas que votaram a favor do pedido de cassação de seu mandato, o fizeram, não por descrença em sua idoneidade, mas por pressão da mídia. “Fizeram porque foram colocados sobre seu peito uma enxurrada de matérias. Não quiseram ser as vítimas da vez. A mídia considera impuro o que de mim se aproxima”, disse o senador. Na semana passada, Demóstenes ocupou a tribuna do Senado por cinco vezes e prometeu falar em todas as sessões que antecedem seu julgamento, marcado para quarta-feira (11) no plenário do Senado. Para aprovar o pedido de cassação são necessários 41 votos, dos 81 senadores. A votação em plenário será feita de forma secreta. “Vivemos a ditadura da perseguição, que se aproveitou de um relatório vazado criminosamente”, considerou o senador, referindo-se à divulgação dos diálogos realizados pela Polícia Federal no âmbito das operações Vegas e Monte Carlo, que o flagraram em diálogos com o empresário goiano Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, apontado como líder de uma organização

Colegas do comentarista esportivo morto a tiros depõem, em Goiânia Seis colegas de Valério Luiz foram ouvidos nesta segunda-feira (9). Na quinta-feira (5), profissional foi baleado quando saía do trabalho. Por : globo.com Seis colegas do comentarista esportivo Valério Luiz, assassinado a tiros na quinta-feira (5), prestaram depoimento na tarde desta segunda-feira (9), na Delegacia de Investigação de Homicídios (DIH), em Goiânia. O depoimento durou mais de uma hora de meia. O profissional foi atingido por seis tiros quando saía do trabalho, uma rádio localizada no Setor Serrinha, na capital. Na saída da delegacia, o cronista esportivo Evandro Gomes disse que falou para a polícia sobre o convívio que tinha com Valério na rádio onde trabalhavam. Ele também revelou que se sente intimidado com o que aconteceu. “Até que o crime seja esclarecido, a gente vai ficar na dúvida sobre o que deve falar. Porque sendo ele o primeiro, quem sabe não seja um aviso para os demais”, questionou Evandro Gomes. Pela manhã, o comentarista Mané de Oliveira, pai de Valério Luiz, disse, em entrevista coletiva, que o crime foi encomendado. “O crime foi cometido por um profissional de alta periculosidade, que sabia de tudo, super frio. No momento em que vi meu filho morto, da maneira que foi, não teria nenhum pai no mundo que não teria tido a reação que eu tive. Mas eu não posso acusar ninguém, porque eu não tenho provas”, relatou.

Mané de Oliveira falou ainda dos comentários polêmicos que o filho vinha fazendo em relação à crise no Atlético-GO. “Ultimamente isso vinha sendo um atrito grande entre ele, o Valério, com o Atlético. A diretoria do clube mandou um ofício para a reitoria da PUC exigindo a cabeça do Valério, a retirada dele da televisão. Ou o Valério saía da emissora, ou, a partir daquele momento, a empresa estaria proibida de entrar no campo do Atlético. O mesmo aconteceu na Rádio Jornal 820 AM”, revelou. Em nota, o Atlético-GO disse que de fato proibiu Valério Luiz de entrar nas dependências do time. E não só ele, mas todos os profissionais que trabalham na mesma rádio e emissora de TV que Valério atuava. O motivo seriam as críticas pesadas que o cronista fazia aos dirigentes e jogadores. Durante entrevista para a TV Anhanguera, a delegada responsável pelo caso, Adriana Ribeiro, falou sobre as investigações e disse testemunhas que presenciaram a execução já foram ouvidas. Ela reafirmou que já existem suspeitos. Ainda falta ouvir pessoas ligadas à família, outros colegas de trabalho. Dirigentes do Atlético-GO também podem ser chamados para depor. “Todos serão ouvidos em momento oportuno e prestarão esclarecimentos acerca do que estava acontecendo, se existia mesmo essa desavença, se foi levado para o lado pessoal ou não”, afirmou Adriana Ribeiro.

criminosa que teria cooptado políticos e empresários. Demóstenes é acusado de ter colocado seu mandato a serviço de Cachoeira. O pedido de cassação do seu mandato foi aprovado de forma unânime pelo Conselho de Ética e pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. Adotando um tom dramático, Demóstenes disse que sua luta para não perder o mandato atende ao propósito de salvar sua honra. “A desonra é pior que a morte. Por isso que eu preferi lutar para salvar o meu mandato”, disse o senador. Demóstenes tentou convencer os senadores que sua cassação, caso seja aprovada, será injusta porque será motivada pelo sensacionalismo. “Reafirmo a minha inocência e asseguro que estou sendo sacrificado por uma grande injustiça. Insisto que não há provas contra mim e estas [provas] carnavalizadas pela imprensa são ilegais e foram montadas” “É preciso relembrar que estamos na antevéspera do momento em que o Senado não pode se curvar ao sensacionalismo. Depois de amanhã, esta Casa vai votar um projeto de resolução que determina a perda do meu mandato. Se ele for aprovado, será a maior injustiça da história do Parlamento brasileiro.”

JORNAL GAZETA DO DIA 10 DE JULHO  

JORNAL GAZETA DO DIA 10 DE JULHO

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you