Page 1


Opinião

PUBLICAÇÃO

ALIANÇA ARTES GRÁFICAS LTDA.

Rua Pedro Miranda Campos, 891 - CEP 18285-000 - Cesário Lange - SP TELEFAX (15) 3246-1132

Miguel Arcanjo Corrêa JORNALISTA RESPONSÁVEL REG. MTB - 58.980/SP

Diléa Maria da Silva

Registrado no Cartório de Títulos e Documentos de Tatuí, sob nº 12216/97 COLABORADORES

Fábio Borri, Geraldo de Camargo Barros, Gilberto Radicce, Isabel de Miranda, João José Corrêa Sampaio, Murilo de Camargo Barros, Pe. Luiz Carlos de Oliveira, Luiz de Almeida Marins Filho, Fernando Siqueira e Tiago Miranda.

REDAÇÃO - e-mail: dilea@jornalalianca.com.br

PÁG. 02 JORNAL ALIANÇA

DOMINGO

01 DE JULHO DE 2012

Adilson Ap. da Silva FOTOLITOS

Todas as matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores.

Editorial A menina e o pássaro

Era uma vez uma menina que tinha um pássaro como seu melhor amigo. Ele era um pássaro diferente de todos os demais: era encantado. Se a porta da gaiola estiver aberta, os pássaros comuns vão embora, para nunca mais voltar... Mas o pássaro da menina, voava livre e vinha quando sentia saudades... Suas penas também eram diferentes. Mudavam de cor. Eram sempre pintadas pelas cores dos lugares estranhos e longínquos por onde voava. Certa vez, voltou totalmente branco, cauda enorme de plumas fofas como o algodão. “Menina, eu venho de montanhas frias e cobertas de neve, tudo maravilhosamente branco e puro, brilhando sob a luz da lua, nada se ouvindo a não ser o barulho do vento que faz estalar o gelo que cobre os galhos das árvores. Trouxe, nas minhas penas, um pouco do encanto que eu vi, como presente para você...” E assim ele começava a cantar as canções e as estórias daquele mundo que a menina nunca vira. Até que ela adormecia, e sonhava que voava nas asas do pássaro. Outra vez ele voltou vermelho como fogo, penacho dourado na cabeça. “Venho de uma terra queimada pela seca, terra quente e sem água, onde os grandes, os pequenos e os bichos sofrem a tristeza do sol que não se apaga. Minhas penas ficaram como aquele sol e eu trago canções tristes daqueles que gostariam de ouvir o barulho das cachoeiras e ver a beleza dos campos verdes.” A menina amava aquele pássaro e podia ouvi-lo sem parar, dia após dia. E o pássaro amava a menina, e por isso voltava sempre. Mas chegava sempre a hora da partida. Chorava a menina e chorava o pássaro. E a menina pediu ao pássaro que não mais partisse. Eu vou lhe contar um segredo, disse-lhe o pássaro: as plantas precisam da terra, os peixes dos rios, nós precisamos do ar... E o meu encanto precisa da saudade. É aquela tristeza, na espera da volta, que faz com que minhas penas fiquem bonitas. Se eu não for, não haverá saudades. Eu deixarei de ser um pássaro encantado e você deixará de me amar. Assim ele partiu. A menina sozinha, chorava de tristeza à noite. E foi numa destas noites que ela teve uma ideia malvada.

Se eu o prender numa gaiola, ele nunca mais partirá; será meu para sempre. Nunca mais terei saudades, e ficarei feliz”. Com estes pensamentos comprou uma linda gaiola e ficou à espera. Finalmente ele chegou, maravilhoso, com suas novas cores, com estórias diferentes para contar. Cansado da viagem, adormeceu. Foi então que a menina, cuidadosamente o prendeu na gaiola para que ele nunca mais a abandonasse. E adormeceu feliz. Foi acordar de madrugada, com um gemido triste do pássaro. Ah! Menina... o que você fez? Quebrou-se o encanto. Minhas penas ficarão feias e eu me esquecerei das estórias... Sem a saudade, o amor irá embora... A menina não acreditou. Pensou que ele acabaria por se acostumar. Mas isto não aconteceu. O tempo ia passando, e o pássaro ia ficando diferente. Caíram suas plumas, os vermelhos, os verdes e os azuis das penas se transformaram num cinza triste. E veio o silêncio. Também a menina entristeceu. Não, aquele não era o pássaro que ela amava. E de noite ela chorava pensando naquilo que havia feito ao seu amigo... Até que não mais agüentou e abriu a porta da gaiola. Pode ir, pássaro, volte quando quiser...”. “Obrigado, menina. Eu tenho que partir. É preciso partir para que a saudade chegue e eu tenha vontade de voltar. Longe, na saudade, muitas coisas boas começam a crescer dentro da gente.” E o pássaro partiu. Voou para lugares distantes. A menina contava os dias, e cada dia que passava a saudade crescia... Que bom, pensava ela, meu pássaro está ficando encantado de novo.... E colocava flores nos vasos à espera do seu amigo... Sem que ela percebesse, o mundo inteiro foi ficando encantado como o pássaro. Porque, em algum lugar ele deveria estar voando. De algum lugar, ele haveria de voltar. À noite, a menina ia para a cama com saudades, mas também com a esperança do reencontro renovada. Ah! Mundo maravilhoso que guarda, em algum lugar secreto do Universo, em plena liberdade, o pássaro encantado que se ama... E que um dia, com certeza, vai voltar...

Errata: Devido a um equívoco, o editorial da edição 490, publicado no dia 24 de junho de 2012, saiu com a legenda dos créditos errada. O texto Honra também se ensina é da Redação do Momento Espírita Disponível no CD Momento Espírita, v. 5, ed. Fep.

Rapidinhas Pavimentação

Nos últimos dias Cesário Lange recebeu recapeamento asfáltico em diversas ruas e muitos ficaram contentes com as obras. Houve quem disse que é obra de ano de eleição e que as pavimentações e recapeamentos feitos nesse mês não devem durar até o próximo ano. Mesmo assim, ao que se vê, a população ficou feliz com a atenção dada. Haviam muitos buracos nas ruas do município e a maioria deles foi escondida pela massa asfáltica. Tem quem não se importa com a durabilidade!

Sem cerol

Com as férias chegaram às preocupações. Ainda que recebam muitos alertas, crianças e adolescentes continuam soltando pipa com cerol. Mesmo tocando diversas vezes nesse assunto e alertando sobre os perigos dessa “brincadeira”, que em muitos casos pode ser fatal, ainda não percebemos conscientização por parte da população. Parece que o povo só toma atitude se atingir o bolso, então, quem sabe se nossa cidade fizesse como em outras da região e aplicasse multa nos teimosos usuários do cerol?

Mau estado

Muitos pedestres em Cesário Lange estão revoltados. As calçadas estão cada vez piores, algumas são muito estreitas, quase impossíveis de serem transitadas e a situação fica ainda pior porque na maioria destas há árvores plantadas em tamanhos irregulares. Quando chove o problema é ainda maior, pois o guarda-chuva não passa de jeito nenhum, e o pior, em frente aos bares da cidade, as calçadas são tomadas por mesas e cadeiras. Muitos se veem obrigados a andar pela rua.

E o NIC???

Já vimos diversas pavimentações, recapeamentos e consertos sendo feitos pela cidade, mas parece que as obras do NIC estão a passos. A população se pergunta o tempo todo qual o motivo dessa demora e querem saber se realmente já está prevista para esse ano a sua conclusão? A população espera que sim, pois esse assunto já foi muito indicado e requerido pelos vereadores, porém, parece que há alguns empecilhos para que essa obra realmente seja finalizada.

Perigo no ar

O hábito de empinar pipas em Cesário Lange já é quase uma tradição, principalmente nessa época de férias, mas há outra preocupação com esse assunto das pipas, que é falta de um lugar apropriado para brincar em nossa cidade. Muitas crianças e até adultos se arriscam em vias públicas perto de rede elétrica e em meio ao trânsito. A falta de lugar também preocupa os donos de algumas propriedades que estão sendo invadidas, para soltar pipa e buscar as que arrebentam no meio da brincadeira.

Sem telefone

Parece que os telefones públicos de Cesário Lange, estão desaparecendo, talvez pelo fato de que o número de pessoas que possuem celulares cresceu. Mas ainda existem muitas pessoas que não tem telefone residencial e nem aparelho móvel, e ainda necessitam dos “orelhões”, para realizar suas chamadas. Muitos moradores dos bairros mais distantes há muito tempo reclamam da falta de um telefone público, pois precisam ir muito longe quando necessitam fazer alguma ligação.

Ficha limpa

Ap ós a rep erc uss ão d a apresentação do Projeto de Lei “Ficha Limpa Municipal”, em Cesário Lange, a expectativa agora está em torno de quando será a votação. Na última semana a Câmara da cidade de Quadra apresentou o projeto e de forma relâmpago já foi aprovado. Na região já é a terceira cidade a adotar o “Ficha Limpa”. Sabemos do empenho, mas precisamos de um parecer de quando será votado para que o projeto possa sair do papel.

Nas ruas...

Muitas crianças têm o costume de brincar o dia inteiro no meio da rua sem saber o quanto estão expostas ao perigo. Andando por aí, presenciamos cenas tão perigosas que parece que só os responsáveis pelas crianças não enxergam. Podemos dizer que atropelamentos graves só não aconteceram ainda, por sorte, pois não é difícil ver crianças passar correndo e entrar na frente de carros e caminhões, principalmente para pegar bolas e tacos usados durante a brincadeira. Atenção pais!!!

Tudo errado!!

Mesmo estando há alguns meses para as eleições municipais, muitos políticos estão empolgados com o rumo de suas candidaturas. A velha prática ainda persiste em alguns equivocados, que insistem em “brindar” o eleitor com favores pessoais. Ao invés de propor mudanças reais para que ninguém precise pedir, insistem em manter o cidadão na eterna dependência, como escravo do voto, tirando-lhe a liberdade de escolher livremente seu representante e assim já contam como ganho o voto e a eleição.

Cultura

Para se evitar a perda das informações que construa uma história real, já está na hora se implantar uma secretária da cultura, não só na cidade de Cesário Lange , assim como, nas cidades que ainda não possuem um trabalho de registrar os acontecimentos. Toda povo tem sua identidade. Com as rápidas mudanças nos comportamentos a tendência é a manipulação das informações. Incentivo financeiro não falta e também não pode falta o interesse.

Pichação

Muitos gostam de exercer a sua cidadania reclamando e cobrando das autoridades medidas urgentes pelos problemas de seus bairros e isso está certo. Mas por outro lado temos que dar aquele “puxão de orelha” nas pessoas que só querem cobrar, mas que não fazem nada para ajudar e ainda acabam destruindo o pouco que temos como os pichadores e vândalos que continuam atacando as praças e outros locais públicos. É necessário que todos zelem pelo bem comum, comece a cuidar do que é seu.

Falta muito

A população continua na espera de que a Prefeitura dê uma solução, é na falta de bocasde-lobo na Rua do Comércio, pois qualquer chuvinha deixa o centro da cidade em estado de calamidade. Em frente a Papi Lange e na esquina do Boticário a situação é ainda pior, pois nessa época de chuva as ruas são tomadas pela água e é praticamente impossível atravessar de uma esquina para outra. Faz muito tempo que a cidade sofre com isso, mas até agora nada. Tomara que venha a solução.


JORNAL ALIANÇA

Cidade 03 DOMINGO, 01 DE JULHO DE 2012

Saúde

Pharmácia + Econômica é inaugurada em Cesário Lange

Drogaria oferece medicamentos a preço de fábrica e planos especiais

C

om uma proposta inovadora e objetivando o benefício de seus clientes foi inaugurada no dia 12 de maio, na Rua Nove de Julho, 615, no centro de Cesário Lange, a Pharmácia + Econômica. Com um convênio especial, a drogaria oferece aos seus clientes a oportunidade de adquirir uma grande variedade de medicamentos a preço de fábrica. Nascido da parceria entre profissionais que atuam na área da saúde, a ideia do associativismo, onde a pessoa adere aos planos oferecidos e automaticamente já pode usufruir das vantagens vai contribuir para melhorar o orçamento das famílias, princi-

Educação

palmente daquelas que gastam centenas de reais por mês na farmácia. Marcos Barbosa, um dos idealizadores do projeto, trabalha no ramo farmacêutico há mais de vinte anos e diz: “Funcionamos como um sistema de cooperativa, deste modo, quanto mais associados tiver, maior é nosso poder de compra, maiores são as vantagens, e menores são os preços para os associados” comentou. Assim, nesse sistema de associativismo o cliente poderá comprar seus medicamentos pelo preço de fábrica, tabelado pelo “Diário Oficial”, o que pode ser comprovado no balcão pelo cliente em tempo real. Com isso,

Por Diléa Silva os medicamentos ficam em mé- Além destes ainda existe o plano dia 40 a 60% mais baratos para empresarial onde o valor da menos associados, sendo que alguns salidade é ainda menor. podem chegar a até 90%. A Pharmácia + Econômica Quem não é conveniado tam- funciona de segunda a sexta-feira bém pode ter acesso aos medica- das 8h às 20h e aos sábados das 8h mentos como em qualquer dro- às 12h. A partir do dia 28 de julho garia, não a preço de fábrica, mas também estará em esquema de com preço justo. Marcos ainda plantão. O telefone é (15) 3246ressalta: “Pode trazer sua lista de 1672. Além de medicamentos a medicamentos e comprove que a preço de fábrica o conveniado diferença será grande”. ainda pode usufruir do diskA drogaria funciona com dois entrega gratuito para todo perítipos de planos básicos: o plano metro urbano, além da aplicação individual e o plano familiar, de medicamentos injetáveis e sendo que este último inclui os toda linha de perfumaria. pais e filhos até 18 anos de idade. Em breve contará com mais O cadastro pode ser feito na pró- uma unidade no Distrito da pria sede e as vantagens podem Fazenda Velha, oferecendo as ser utilizadas a partir da adesão. mesmas vantagens e benefícios.

Cesário Lange assina convênio com Escola Técnica

Classe descentralizada começa a funcionar no próximo semestre

T

rinta e dois convênios foram assinados pelo Governador Geraldo Alckmin na quarta-feira (27) objetivando a implantação de Faculdades de Tecnologia (Fatecs), Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) e Classes Descentralizadas no Estado de São Paulo. Desse número, dois se referem à implantação de Etecs, três de Fatecs e 27 de Classes Descentralizadas. As novas Etecs serão instaladas em Santa Fé do Sul e Rio Grande da Serra, as Fatecs em Ferraz de Vasconcelos, Franco da Rocha e Itatiba, e as Classes Descentralizadas serão instaladas em mais vinte e sete municípios do Estado incluindo Cesário Lange que oferecerá o curso técnico em Administração. Segundo o Prefeito Ramiro de Campos, que esteve presente no evento, a partir do próximo semestre, o município de Cesário

Lange inicia as atividades com quarenta alunos. As aulas serão ministradas no prédio da Escola Municipal Francisco Mendes de Almeida. As inscrições para o processo seletivo foram de 04 a 06 de junho e a prova classificatória acontece neste domingo, 1º de julho, às 13h. A lista que traz os locais de exame para os candidatos que se inscreveram no vestibular das Faculdades de Tecnologia (Fatecs) do Estado de São Paulo para o segundo semestre de 2012 já está no site www.vestibularfatec.com. br. O gabarito oficial da prova será divulgado no dia 1º de julho, a partir das 18h30, nos sites www. centropaulasouza.sp.gov.br e www.vestibularfatec.com.br. As Classes Descentralizadas são unidades que funcionam com um ou mais cursos em parceria com prefeituras ou empresas, sob a administração de uma Etec. “São mais 27 classes descentralizadas,

porque ao invés do aluno ir para a cidade maior, é a escola que vai até ele. A classe descentralizada é uma Etec igual às outras, só que por economia, o diretor é de uma escola maior”, afirmou o governador durante o evento.

“Alckmin assina convênios para expandir ensinos técnico e tecnológico no Estado” As Classes Descentralizadas de: Borborema, Cabreúva, Campos do Jordão, Cesário Lange, Fartura, Guará, Pirapozinho, Piratininga, Presidente Bernardes, Sarapuí, Juquitiba, Vargem Grande Paulista, Iperó, Jaguariúna, Tejupá, Várzea Paulista, Cunha

Por Diléa Silva e Sandovalina iniciam suas atividades no próximo semestre. Já os municípios de Boa Esperança do Sul, Restinga, Santa Salete, Santo Antonio da Alegria, João Ramalho, Urânia, Brotas, Florinea e Itaí, estão previstos para ter Classe Descentralizada em 2013. O Centro Paula Souza é uma autarquia do Governo do Estado de São Paulo vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia. Administra Faculdades de Tecnologia (Fatecs) e Escolas Técnicas (Etecs) estaduais, além das classes descentralizadas em 264 cidades paulistas. As Etecs atendem cerca de 226 mil estudantes, no Ensino Médio e no Ensino Técnico, para os setores Industrial, Agropecuário e de Serviços. Nas Fatecs, mais de 59 mil alunos estão matriculados nos cursos de graduação tecnológica.

Cultura

Festas julinas tem início em Cesário Lange

Por Diléa Silva

4º Arraiá da Educação e Bairro dos Duartes fazem festa neste mês de julho

J

unho acabou, mas não a época de Festas. Agora, a tradicional Festa Junina, ou de São João, cede lugar às Festas Julinas, que acontecem no mês de Julho. Duas festas já tradicionais na cidade estão com suas datas marcadas para comemorar com quadrilha, música, comidas típicas e diversão os santos homenageados Santo Antonio, São João e São Pedro.

“Dias 07 e 14 de julho já tem festas marcadas em Cesário Lange” No dia 7 de julho, acontece o “Arraiá da Educação” que chega a sua quarta edição. O evento tem início a partir das 16h00 na Praça da Matriz com barracas de comidas e bebidas típicas,

Fotos: Cris Castello Branco

brincadeiras, apresentações de quadrilhas entre outras atrações que devem durar a tarde inteira. No início da noite o salão de festas da Igreja Matriz abrigará os participantes do “binguinho” beneficente. As cartelas já estão sendo vendidas pelo valor de R$3,00. Esse ano o prêmio é de R$ 600,00. A festa será animada pelo Grupo Gingado Brasileiro. Já no dia 14 de julho, é a comunidade do Bairro dos Duarte que estará em festa. Também contando com barracas de comidas e bebidas típicas, brincadeiras para as crianças e diversas atrações para animar a noite. O evento será realizado no Salão de Festas que fica na Rodovia Otávio Pilon, KM 12 – Bairro dos Duartes, local que conta com estacionamento para visitantes. A animação também ficará por conta do Grupo Gingado Brasileiro.


JORNAL ALIANÇA

04 Cidade DOMINGO, 01DE JULHO DE 2012

Religião

Igreja de Nossa Senhora do Carmo, na Vila do Cruzeiro, é ampliada

Com doações e muito trabalho a comunidade está reconstruindo a Igreja de Nossa Senhora do Carmo

A

Capela erguida em honra a Nossa Senhora do Carmo e inaugurada no ano de 1985, na Vila do Cruzeiro em Cesário Lange, passa por mais uma ampliação. A reforma teve início no dia 9 de abril desse ano objetivando um

aumento de pouco mais de 184 metros quadrados. Segundo o Pároco Pe. Antonio João Savassa, o projeto de ampliação foi idealizado pelo Bispo Dom Gorgônio Alves da Encarnação Neto, da Diocese de Itapetininga. “Ele veio celebrar

a Eucaristia no local no dia de Nossa Senhora do Carmo e percebeu a necessidade de uma igreja maior. O local ficou lotado e muitos fiéis tiveram que participar da celebração em pé” comentou o Pároco. Pelo projeto de ampliação, a

Igreja de Nossa Senhora do Carmo durante a reforma

A

A torre da Igreja

torre da Capela Quem passa pelo local e vê a reforma da Igreja Nossa Senhora do Carmo pode até achar estranho, que a estrutura tenha sido derrubada e a torre tenha permanecido.

Mas, Mário Antunes Maciel que foi presidente da comissão organizada para a construção da Capela no ano de 1984, conta porque a torre não foi demolida, assim como o resto da igreja. “Ali há muito suor e um valor

Mario A. Maciel mostra a caderneta onde tem anotados todos os nomes dos doadores, e contribuições que estão dando à construção da nova igreja

sentimental muito grande! Muitas campanhas foram feitas para arrecadação e muitas pessoas que já não existem mais, contribuíram para que aquela torre estivesse lá hoje” disse ele emocionado. Mar i o t r ab a l h a p ar a a comunidade há trinta e três anos e lembra-se como se fosse hoje, o esforço que tiveram e até a quantidade de materiais e o dinheiro que tinham na conta da capela quando iniciaram as obras. “Quando idealizamos a torre, tínhamos apenas três metros de pedra, vinte sacos de cimento, C$ 2.000,00 (Dois mil Cruzeiros) em dinheiro e vinte barras de ferro. Somente para o chão da torre, usamos dezenove sacos de cimento. Para a construção do resto foram usadas pelos menos, 75 sacos de cimento, 150 barras de ferro e 14 rolos de arame” comentou. “Sabíamos que o material que tínhamos não daria para construir a torre. Então iniciei diversas campanhas junto com a Comissão para conseguirmos finalizar essa obra, que era um sonho para a comunidade. Com muita fé em Deus e colocando-o sempre em primeiro lugar, batemos de porta em porta e conseguimos através de doações, finalizar a torre. Foi muito difícil ver toda a Igreja ser derrubada, pois em cada pedacinho dela estava o suor da comunidade de Nossa Senhora do Carmo. Eu e toda a comunidade que ajudou

Os bancos da Igreja Nossa Senhora do Carmo também foram conseguidos através do trabalho do Senhor Mario e com as doações da comunidade

Igreja ficará com 16,85 metros de largura e 28,75 metros de comprimento. Na parte da frente ficará o altar. À direita uma sala que servirá de depósito de som, iluminação e instrumentos. E á esquerda uma sala onde será a sacristia. Nos dois lados haverá escadas de acesso a duas salas que serão usadas para a catequese em segundo piso. A Igreja contará ainda com quarenta e dois vitrais do modelo dos que foram usados na Igreja Matriz. Para a colocação dos vitrais, o Padre diz que realizará uma campanha parecida com a que foi feita na Matriz, onde cada família fez a doação de um vitral. A Capela de Nossa Senhora d o C a r m o c o nt av a c o m aproximadamente 300 metros quadrados construídos, comportando pouco mais de 230 pessoas sentadas. Com a ampliação ela passará a ter 484 metros quadrados de área construída sem contar, o barracão para reuniões e festas e salas de catequese que permanecem, sem previsão de reforma. a construir a capela ficamos com o coração apertado ao ver suas paredes serem derrubadas, mas sabíamos da necessidade de aumentá-la. Agora a torre, eu pedi pessoalmente para o Bispo - que idealizou o projeto de ampliação – para que não fosse derrubada. Gastamos e trabalhamos muito para que ela fosse feita com a melhor estrutura possível. Seria até um prejuízo se ela fosse derrubada. Aí o Bispo sabendo de todo o nosso trabalho atendeu ao meu pedido” disse Mário.

“Muitas campanhas foram feitas para arrecadação e muitas pessoas nos ajudaram” Seguindo o projeto de ampliação a Capela deve ser finalizada com apenas a torre existente. Porém, a estrutura e o alicerce já serão preparados para que futuramente seja construída outra torre do lado direito. “Não conseguiremos finalizar a reforma com a construção de mais um torre, pois a estrutura que ela exige é muito cara. Devemos realizar futuramente uma campanha de doação para que então possamos construir a nova torre” comentou o Padre. A previsão é de que até o final desse ano, algumas celebrações já possam ser feitas na Igreja. “Queremos fazer a celebração do Natal na nova capela. Mas, provavelmente não conseguiremos finalizar toda a obra até final desse ano. Até porque dependemos do clima, se ele estiver muito chuvoso as obras atrasam” disse Pe. Savassa. Para Mario, a nova só está sendo construída por que toda a comunidade está colaborando. “A ampliação está sendo feita com as doações que a igreja recebe no dízimo e também com a ajuda das famílias e empresas de Cesário Lange. Há muitos fiéis trabalhando nessa obra. Seja pedindo doações ou doando. Toda estrutura metálica já foi finalizada e as paredes laterais estão sendo levantadas, graças às doações que recebemos e continuamos a receber” disse ele.

Por Diléa Silva

Futura fachada da Igreja de Nossa Senhora do Carmo da Vila do Cruzeiro em Cesário Lange

Uma nova paróquia

C

om a ampliação da Igreja de Nossa Senhora do Carmo, na Vila do Cruzeiro em Cesário Lange, houve boatos entre a comunidade de que aquela Igreja iria se tornar uma nova paróquia. Esclarecendo, o Pe. João Antonio Savassa, diz que a

cidade de Cesário Lange ainda não tem um número suficiente de habitantes para contar com duas paróquias. “Pode ser que daqui alguns anos, com um crescimento considerável isso aconteça, mas por enquanto não há possibilidade disso acontecer” comentou.

Pároco da Santa Cruz de Cesário Lange, Pe. Antonio João Savassa mostra o projeto de ampliação da Igreja de Nossa Senhora do Carmo

F

Sua fundação

ernando B atista de Almeida em seu livro sobre a história da Paróquia fala que a construção da Capela aconteceu a pedido de Frei Nuno Alves Corrêa, o Carmelita, para que a paróquia contasse com uma capela em honra a Nossa Senhora do Carmo. Segundo ele, a comunidade da Vila do Cruzeiro conseguiu uma doação de um lote de terreno da família Pilon em junho de 1981, medindo 37 x 23 metros, onde se construiu um barracão (desmontado da Capela Cristo Rei da Água Branca), onde no mês de julho do mesmo ano, foi realizada a festa em honra

a Nossa Senhora do Carmo, houve quermesse e celebrou-se a primeira missa. Daí por diante, neste barracão celebravam missas e faziam festas. No dia 17 de fevereiro de 1984, organizouse uma comissão, tendo como presidente Mário Antunes Maciel, para se construir a capela. Na ocasião, Elias Ayres Netto organizou uma quermesse para começar tal empreitada, quando se arrecadou a importância de Cr$ 1.017.820,51. No dia 1.º de dezembro de 1985, Frei Nuno Alves Corrêa celebrou a primeira missa na capela semiconcluída.

Igreja de Nossa Senhora do Carmo antes de ser demolida


JORNAL ALIANÇA

Cidade 05 DOMINGO, 01 DE JULHO DE 2012

Meio Ambiente

Alunos são premiados na Escola Honório R. de M. Torres

Meio Ambiente

Unidade entregou medalhas em CRAS planta incentivo a preservação ambiental árvores e ganha nova paisagem N ove alunos do primeiro ao nono ano, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Honório Roque de Miranda Torres, da Vila Brasil, foram premiados na quinta-feira (14) por seus trabalhos com relação à preservação do meio ambiente. Todas as classes levaram seus trabalhos e concorreram em um concurso interno. A premiação

foi divida em três categorias: Cartaz; desenho e objeto. Foram premiados do primeiro ao terceiro lugar, os alunos cujos trabalhos destacaram-se, na forma de utilização dos materiais recicláveis, na criatividade ou ainda na utilidade dos materiais. Usando tampainhas de garrafas, caixinhas de leite, latinhas de refrigerante, papelão e outros materiais recicláveis, os alunos

provaram que dá para reutilizar boa parte dos materiais que vemos jogados no lixo. Todos os trabalhos realizados pela rede municipal de Ensino são supervisionados pelo Secretário Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, Fernando Pedro Paulo Junior e pela Secretária Municipal de Educação, Márcia Campos Trevisan, contando com apoio da direção, coordenação, discentes e

Por Diléa Silva funcionários das escolas. Para incentivar ainda mais a prática da reutilização de materiais como uma forma de preservação ambiental, os alunos receberam medalhas, que foram entregues, pelos representantes da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente. Estagiários Eduardo Munis e Deivisom Souza e, também pela Zootecnista Rosa Helena Miranda.

A

pós um pedido da coordenadora Daniela Nunes Faria, o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) de Cesário Lange recebeu o plantio de duas mudas de árvores, que deverão contribuir na arborização e também no embelezamento do prédio que foi recém-inaugurado na cidade. O plantio foi realizado pela Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente através de seu secretário Fernando Pedro Paulo Júnior na quarta-

Por Diléa Silva feira (13). As mudas são de “Quaresmeiras” uma das principais árvores utilizadas na arborização urbana em todo o Brasil, pois mesmo quando não está em flor, é ornamental. As árvores que foram plantadas em frente ao prédio do CRAS ainda estão pequenas, mas podem atingir médio porte. Sua copa é de cor verde escura, com formato arredondado e sua floração ocorre duas vezes por ano, no outono e na primavera.

Alunos comemoram o mês do Trabalho de Meio Ambiente plantando mudas alunosédestruido D por vândalos

urante o mês de junho a Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente realizou uma série de atividades para comemorar o Dia do Meio Ambiente que oficialmente é comemorado no dia 05 de junho. Uma das atividades que marcaram o mês foi à entrega de trinta jardineiras de pequenas

mudas para as Escolas Municipais de Ensino Fundamental Professor Francisco Mendes de Almeida e Gov. André Franco Montoro. O plantio foi realizado pelos estagiários Eduardo Munis e Deivisom Souza na sextafeira (15), sob a orientação da zootecnista Rosa Helena Miranda da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente

de Cesário Lange. Também supervisionado pelo Secretário de Agricultura e Meio Ambiento Fernando Pedro Paulo Júnior e pela Secretária de Educação Márcia C amp os Tre visan contando com apoio de todos os diretores, coordenadores, funcionários e professores das unidades escolares do município.

Por Diléa Silva As escolas funcionam no mesmo prédio e cada sala de aula ganhou sua jardineira de mudas com o objetivo de conscientizar os alunos da importância da área verde nas cidades, de forma pratica simples e econômica. Caberá aos alunos cuidar e tratar das plantinhas para que elas cresçam e deem seus frutos e folhas.

A

s mudas de árvores plantadas na quartafeira (13) pelos alunos do primeiro ao quinto ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Natan Pires da Silva, na mesma semana sofreram depredações. Segundo o estagiário da S e c re t a r i a Mu n i c ip a l d e Agricultura e Meio Ambiente Deivisom Souza, os alunos ficaram chateados e muito tristes. Não só com a depredação das mudas, mas também em ver um trabalho de quase um dia inteiro ser perdido. Cada sala

Por Diléa Silva tinha a sua própria árvore e os alunos vinham dedicando toda a atenção para que seu crescimento acontecesse de forma saudável e contribuísse com a qualidade do ar local. “Vale lembrar que a população tem um papel fundamental na conservação do meio ambiente e se cada um fizer sua parte o planeta vai se tornar cada vez melhor, e não é isso que foi presenciado em frente à escola algumas pessoas ao invés de contribuir estão destruindo” comentou o estagiário bastante triste com o acontecimento.

Crianças plantando as mudas no dia 13 de junho


JORNAL ALIANÇA

06 Região DOMINGO, 01 DE JULHO DE 2012

Conchas

Alunos visitam Ribeirão que deu nome à cidade

Escola Profª Maria Teixeira Lima realiza passeio com os alunos

O

s alunos da 3ª e 4ª séries A do Ensino Fundamental I da E.M.Profª Maria Teixeira Lima – Dona Nenê visitaram, durante a comemoração da Semana do Meio Ambiente, o Ribeirão Conchas, que dá nome à cidade. A coordenadora municipal do Ensino Fundamental I, Marilza Aparecida Trevizano da Silva, considerou a experiência muito significativa. “Além de ser um momento de diversão e descontração, eles ainda tiveram a oportunidade de conhecer de perto o Rio que deu nome a nossa cidade e até mesmo pegar algumas conchinhas que ainda se encontravam às margens de nosso rio”, conta. Relatos dos Alunos sobre o passeio

Porangaba

“Hoje eu acordei bem alegre porque eu sabia que iria ao rio que deu o nome para nossa cidade: O Ribeirão das Conchas. Acordei pensando no passeio. Fui ao banheiro, escovei os dentes e fui trocar de roupa. Depois de pronta fui tomar o meu café da manhã. Então fui ao ponto de ônibus e segui para a escola. Quando cheguei à sala de aula eu estava muito ansiosa e curiosa para conhecer o Ribeirão das Conchas. A professora falou sobre o Rio e a importância de sua preservação. Ela também pediu para nós termos comportamento durante o passeio. Então fomos com o ônibus. Chegando ao sítio as crianças saíram correndo. Depois de

muita caminhada nós chegamos ao rio. Então nós soltamos os peixes, pegamos conchinhas lindas e brincamos de molhar os pés na água. Eu lavei meu rosto e depois voltamos para a escola. Fiquei feliz ao descobrir que estão limpando nosso rio. Este dia foi ótimo, tomara que tenha mais passeio.” Autora: Ana Luiza - 3º Ano A “No dia 04 de Junho, minha sala de aula foi num passeio ao Rio de Conchas. Nós saímos da escola, na Cohab, e paramos numa escola para esperar os alunos de lá. Dentro do ônibus estava calor, mas depois o motorista ligou o ônibus e refrescou porque o ônibus andou. Nós p ass amos a lgumas porteiras até que chegamos a

uma porteira que o ônibus não passava, então nós descemos e seguimos a pé. Lá tinha muitas vacas. Depois nós entramos num mato, de onde avistamos o rio. Chegando a sua margem soltamos duzentos peixinhos Piauçu e eu peguei vinte e sete conchinhas do rio. Depois saímos andando e alguns alunos correram para chupar mexerica, eu não. Cheguei ao ônibus e fiquei quieto descansando. Então fomos embora. Chegando à escola escrevemos e desenhamos sobre o que aconteceu durante o passeio ao Rio de Conchas. Adorei conhecer o rio que deu origem a minha cidade natal.” Autor: Guilherme Augusto Moreira - 4º ano A

Tietê

Uniso instala curso de Direito na cidade

E

ste sábado, 30 de junho, o foi repleto de atividades na EMEB “Milton Soares de Camargo”, onde funciona também a UNISO, que implantou oficialmente o seu primeiro curso de Direito em Tietê. A festa englobou a inauguração da quadra poliesportiva, ampliação de salas de aula no prédio da escola e instalação de refeitório. Na parte da manhã, das 10 às 12h estavam previstas as seguintes apresentações programadas pela EMEB “Milton”: “Piruetas e Acrobacias” - 5º ano ABCD; “Fico assim sem você” - 1º ano ABCD; “Coral dos Sapinhos” 3º ano ABC; “Malabarismo de argolas” - 5º ano ABCD; “Empreguetis” - 4º ano C; “Arco-íris” - 2º ano AB; “Balão Mágico” - 4º ano ABC; “Malabarismo com Swing Poi” - 5º ano ABCD e

“Pirofagia”. Às 13h terá início o Campeonato de Handebol no Ginásio de Esportes “Oscar Nicolau, na Cohab, ao lado da UNISO, com participação de sete cidades da região com término previsto para 19h. Das 14 às 16h, aferição de pressão arterial e glicemia e se estendendo até as 17h, passeio com trenzinho e distribuição de pipoca e algodão doce. Às 15h30, apresentação da fanfarra da escola “Lyria Toledo Pasquali”. Das 16 às 17h apresentação da Banda da Guarda Municipal de Tietê. Às 17h o cerimonial e apresentação do curso de Direito da UNISO. Logo em seguida encerramento das festividades com apresentação da Banda Antenor Cortelazzi, da cidade de Rio das Pedras.

Itapetininga

Prefeitura adere ao Programa Cidade Legal

Projeto visa a legalização de lotes Policiais da DISE prendem mais habitacionais no município um por tráfico O

município de Porangaba aderiu ao Programa C i d a d e L e g a l, d a Secretaria Estadual da Habitação. O Convênio foi assinado na tarde da última quinta-feira (19), pelo prefeito Luiz do Deraldo, durante cerimônia realizada no Palácio dos Bandeirantes, que além do governador Geraldo Alckmin, contou também com a presença de representantes de vários municípios. Realizado pela Prefeitura em conjunto com a Secretaria de Estado da Habitação, o Programa Cidade Legal tem como objetivo acelerar e desburocratizar o pro-

cesso de averbação de unidades habitacionais, oferecendo apoio técnico para a regularização de parcelamento de solo e núcleos habitacionais públicos ou privados, para fins residênciais, localizados na urbana ou de expansão urbana do município. Segundo o prefeito Luiz do Deraldo, com a implantação do Programa no município, a administração municipal pretende proporcionar aos proprietários de imóveis no município, a oportunidade de conseguir a legalização documental dos imóveis, que estejam dentro dos parâmetros de assistência do programa.

Por Adriano Viega

P

oliciais civis da Dise de Itapetininga, após receberem inúmeras denúncias da população da Vila Paulo Ayres, nas quais o denunciado L.C.B, 43 anos vulgo “penca” estaria traficando entorpecentes em sua residência, realizaram campanas e cumprindo mandado de busca domiciliar na Rua São Miguel Arcanjo, nº 100,

surpreenderam o investigado com 12 porções de crack já embalados para venda, uma porção maior da mesma droga, 02 aparelhos celulares e R$ 87,00 (Oitenta e sete reais) em dinheiro. O indiciado foi autuado em flagrante por tráfico de entorpecentes e encaminhado a uma cadeia da região de Itapetininga.


JORNAL ALIANÇA

Edital 01 DOMINGO, 01 DE JULHO DE 2012

Lei nº. 1389/2012 De 28 de junho de 2012 “Dispõe sobre as Diretrizes para a elaboração da Lei Orçamentária de 2013 e dá outras providências”. O Prefeito do Município de Cesário Lange, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais, FAZ SABER que a Câmara Municipal aprovou e ele sanciona e promulga a seguinte Lei: DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - Ficam estabelecidas, para a elaboração do Orçamento do Município, relativo ao exercício de 2013, em cumprimento ao disposto na Constituição Federal, artigo 165 § 2º, na Constituição Estadual, no que couber, na Lei 4320/64 e Lei Complementar n.º 101, de 04 de maio de 2000, Portaria da Secretaria do Tesouro Nacional, as diretrizes orçamentárias do município, e compreenderá: I – Diretrizes Gerais II – Das Metas e Riscos Fiscais III – Orçamento Geral CAPÍTULO I DAS DIRETIZES GERAIS Art. 2º - As unidades orçamentárias, quando da elaboração de suas propostas parciais, deverão atender a estrutura orçamentária do Poder Legislativo e Executivo e as determinações emanadas pelos setores competentes da área, conforme os anexos do modelo do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (AUDESP); Art. 3º - A proposta orçamentária, não conterá dispositivo estranho à previsão da receita e à fixação da despesa, face à Constituição Federal e a Lei de Responsabilidade Fiscal e Portarias da Secretaria do Tesouro Nacional, atenderá a um processo de planejamento permanente, à descentralização e à participação comunitária e consignará reserva de contingência constituída exclusivamente com recursos do orçamento fiscal como montante equivalente a no mínimo 1% (um por cento) da receita prevista para o exercício, observando-se os seguintes objetivos estratégicos: I – combater a pobreza e promover a cidadania e a inclusão social; II – promover o desenvolvimento do município e o crescimento econômico; III – reestruturação e reorganização dos serviços administrativos, buscando maior eficiência de trabalho e arrecadação; IV – assistência à criança e ao adolescente; V – melhoria da infra-estrutura urbana; Art. 4º- A Lei Orçamentária não dispensará, na fixação da despesa e na estimativa da receita, atenção aos princípios de: I – Prioridade de investimentos nas áreas Sociais; II – modernização da ação governamental III – austeridade na Gestão dos recursos públicos; IV – Princípio do Equilíbrio orçamentário, tanto na previsão como na execução orçamentária; Parágrafo Único – A discriminação da despesa, quanto à sua natureza, far-se-á no mínimo por categoria econômica, grupo de natureza de despesa, modalidade de aplicação e elemento de despesa, nos termos do artigo 6º da Portaria Interministerial nº 163, de 04/05/2001 e orientações do TCE-SP. CAPÍTULO II DAS METAS FISCAIS, PASSIVOS CONTINGENTES E OUTROS RISCOS Art. 5º- As metas de resultados fiscais do município para o exercício de 2013 são aquelas apresentadas no demonstrativo de metas Fiscais, integrante desta Lei, desdobrados em: Demonstrativo I – Metas Anuais; Demonstrativo II – Avaliação do cumprimento das Metas Fiscais do exercício anterior; Demonstrativo III – Metais Fiscais atuais comparadas com as Metas Fiscais fixadas nos três exercícios anteriores; Demonstrativo IV – Evolução do Patrimônio Líquido; Demonstrativo V – Origem e aplicação dos recursos obtidos com a alienação de ativos; Demonstrativo VI.a – Avaliação da situação financeira do Regime Próprio de Previdência dos Servidores Públicos; Demonstrativo VI.b – Avaliação da situação atuarial do Regime Próprio de Previdência dos Servidores Públicos; Demonstrativo VII – Estimativa e Compensação da Renúncia de Receita;

Demonstrativo VIII – Margem de expansão das despesas obrigatórias de caráter continuado; Demonstrativo IX – Detalhamento das Ações dos Programas de Governo; Art. 6º- Integra esta lei o Anexo de Riscos Fiscais, onde são avaliados os passivos contingentes e outros riscos capazes de afetar as contas públicas, com indicação das providências a serem tomadas pelo Poder Executivo caso venha a se concretizar. Art. 7º- As movimentações do quadro de Pessoal e alterações salariais, de que trata o artigo 169, §1º da CF, somente ocorrerão se observados os requisitos legais do Artigo 71 da Lei Complementar nº 101 de 2000. Parágrafo Único - No exercício de 2013, se extrapolados os limites com pessoal, estabelecidos pela Lei Complementar nº 101 de 2000, poderá ocorrer contratação quando destinada ao atendimento de relevante interesse público, que ensejam situação emergencial de risco ou prejuízo para a sociedade. Art. 8º - A proposta orçamentária anual atenderá as diretrizes gerais e aos princípios de unidade, universalidade e anualidade, não podendo o montante das despesas fixadas, excederem a previsão da receita para o exercício. Art. 9º- As receitas e as despesas serão estimadas tomando-se por base a RCL do exercício anterior, aplicando-se o índice de inflação, apurado nos últimos 12 (doze) meses, verificando-se a tendência e o comportamento da arrecadação do Município. § 1º- Na estimativa das receitas deverão ser consideradas, ainda, as modificações da legislação tributária, incumbindo à Administração, o seguinte: I – Atualização dos elementos físicos das unidades imobiliárias; II – edição de uma planta genérica de valores de forma a minimizar as diferenças entre as alíquotas nominais e as efetivas; III – expansão do número de contribuintes; IV – atualização do cadastro imobiliário fiscal. § 2º- as taxas de polícia administrativa e de serviços públicos deverão remunerar a atividade municipal de maneira a equilibrar as respectivas despesas; § 3º- os tributos cujo recolhimento poderá ser efetuado em parcelas serão corrigidos monetariamente segundo a variação estabelecida pela autoridade fiscal do município; § 4º- nenhum compromisso será assumido sem que exista dotação orçamentária e recursos financeiros previstos na programação de desembolso e a inscrição de restos a pagar estará limitada ao montante das disponibilidades de caixa, conforme preceito da LRF; § 5º- A contabilidade registrará os atos e fatos relativos à gestão orçamentário-financeira ocorridos, sem prejuízos das responsabilidades e providências derivadas na inobservância do parágrafo anterior; Art. 10- O Poder Executivo é autorizado a: I – Abrir Créditos Adicionais Suplementares e Especiais até o limite de 20% (vinte por cento) do orçamento das despesas, nos termos da legislação vigente. II – Realizar operações de crédito por antecipação da receita, nos termos da legislação em vigor. III – Transpor, remanejar ou transferir recursos dentro de um mesmo órgão, sempre respeitando a funcional programática da despesa. IV – proceder ao desdobramento de fichas por fonte de recursos, transferindo dotações de uma para outra, dentro da mesma categoria econômica. V – contingenciar parte das dotações quando a evolução da receita comprometer os resultados previstos. § 1º- O limite previsto no inciso I será destinado a suprir insuficiência nas dotações orçamentárias relativas ao aperfeiçoamento das ações e projetos de governo, bem como o atendimento mais eficaz da Administração. Art. 11- Para atender ao disposto na Lei de Responsabilidade Fiscal, o Poder Executivo se compromete a: I – estabelecer Programação Financeira e o Cronograma de execução mensal de desembolso; II – publicar até 30 dias após o encerramento do bimestre, relatório resumido da execução orçamentária, verificando o alcance das metas, e se não atingidas, deverá realizar cortes de dotações da Prefeitura e da Câmara. III – O Poder Executivo emitirá ao final de cada quadrimestre, relatório de Gestão Fiscal; IV- O desembolso dos recursos financeiros

consignados à Câmara Municipal será feito até o dia 20 de cada mês, sob a forma de duodécimo ou de comum acordo entre os Poderes na conformidade com a LOM, respeitando o limite máximo estabelecido no art. 29-A da Emenda Constitucional nº 58, de 23 de Setembro de 2009. Art. 12 – A proposta orçamentária para 2013 será encaminhada para o Poder Legislativo até 30 de setembro de 2012, e deverá conter: I – Texto da Lei; II – quadros orçamentários consolidados; III – anexo do orçamento fiscal discriminando a receita e a despesa; IV – anexos da Lei 4.320/64; § 1º - A Câmara não entrará em recesso enquanto não devolver o projeto de lei para sanção do Poder Executivo; § 2º- Não sendo devolvido o autógrafo da lei orçamentária até o início do exercício de 2013 ao Poder Executivo, fica este autorizado a realizar a proposta orçamentária, até sua aprovação e remessa do Poder Legislativo, na base de 1/12 (um doze avos) em cada mês. Art. 13 – O Poder Legislativo encaminhará ao Poder Executivo, sua proposta parcial até o dia 30 de Agosto, a qual integrará o orçamento do município; Art. 14- O Poder Legislativo encaminhará até o dia 15 de cada mês os balancetes mensais, para fins de consolidação das contas públicas. CAPÍTULO III DO ORÇAMENTO GERAL Art. 15- O orçamento geral abrange os Poderes Legislativo e Executivo e será elaborada de conformidade com a Portaria de nº 42 do Ministério de Orçamento e Gestão, e demais portarias editadas pelo governo federal. Art. 16- As despesas com pessoal e encargos com o Poder Executivo e Legislativo não poderão ter acréscimo real em relação aos créditos correspondentes e os aumentos para os próximos exercícios ficarão condicionados a existência de recursos, expressa autorização legislativa, as disposições emitidas no artigo 169 da Constituição Federal e no artigo 38 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias, não podendo exceder o limite de 54% ao Executivo e 6% ao Legislativo da RCL; Art. 17- Na forma do art. 13 da Lei Complementar 101, até 30 (trinta) dias após a publicação da lei orçamentária, o Executivo estabelecerá metas bimestrais para a realização das receitas estimadas. § 1º- Na hipótese de ser constatada, após o encerramento de cada bimestre, frustração na arrecadação de receitas capaz de comprometer a obtenção do resultado nominal e primário fixados no Anexo de Metas Fiscais, por atos a serem adotados nos trinta dias subseqüentes, o Executivo e o Legislativo determinarão a limitação de empenho e movimentação financeira, em montantes necessários á preservação dos resultados estabelecidos. § 2º- Ao determinar a limitação de empenho e movimentação financeira, o chefe do Poder Executivo e do Legislativo adotará os critérios que produza o menor impacto possível nas ações de caráter social, particularmente a educação, saúde e assistência social. § 3º- Não se admitirá a limitação de empenho e movimentação financeira nas despesas vinculadas, caso a frustração na arrecadação não esteja ocorrendo nas respectivas receitas. § 4º- Não será objeto de limitação de empenho e movimentação financeira as despesas que constituam obrigações legais do Município, inclusive as destinadas ao pagamento do serviço da dívida e precatórios judiciais. § 5º - A limitação de empenho e movimentação financeira também será adotada na hipótese de ser necessária a redução de eventual excesso da dívida consolidada em relação à meta fixada no Anexo de Metas Fiscais, obedecendo-se ao que dispõe o art. 31 da Lei Complementar 101, de 04 de maio de 2000. Art. 18- A limitação de empenho e movimentação financeira de que trata o artigo anterior poderá ser suspensa, no todo ou em parte, caso a situação de frustração de receitas se reverta nos bimestres seguintes. Art. 19 – A concessão de auxílios e subvenções dependerá de autorização legislativa, através de lei específica. § 1º – As entidades para serem beneficiadas com recursos públicos, deverão atender os seguintes requisitos:


JORNAL ALIANÇA

02 Edital DOMINGO, 01DE JULHO DE 2012

I – Estar sediada e comprovadamente exercendo suas atividades em período superior a 12 (doze) meses; II – Estar cadastrada nas Secretarias afetas bem como nos respectivos conselhos municipais; III – Comprovar através de ata à regularidade da atual diretoria; IV – apresentar declaração atualizada de funcionamento regular, lavrada por autoridades de órgão Federal ou Estadual; V – Apresentar certidões do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que somente serão aceitas dentro do prazo de validade; VI – Comprovar que a entidade aplica nas atividades-fim, ao menos 80% de sua receita total; VII – Estatutariamente constar que: a) No caso de dissolução da entidade, doação de seus bens a entidade congênere, sediada no Estado de São Paulo, preferencialmente no Município de Cesário Lange; b) Os cargos de seus dirigentes da entidade (presidente, conselheiros, curadores e diretores) não são de caráter remuneratório. § 2º - Os documentos, descritos no parágrafo primeiro, farão parte do requerimento que solicitar o beneficio, do qual será aberto procedimento administrativo próprio, com manifestação prévia e expressa do setor técnico e da assessoria jurídica do Município. § 3º - As transferências de recursos às entidades somente serão promovidas após a comprovação de Regularidade Fiscal da Entidade, quanto ao recolhimento de contribuições previdenciárias perante o INSS e o FGTS, que somente serão aceitas dentro do prazo de validade nelas assinalado. Art. 20 – O Executivo e o Legislativo Municipal, mediante lei autorizativa, poderão em 2013, criar cargos e funções, alterar a estrutura organizacional, corrigir ou aumentar a remuneração dos servidores, conceder vantagens, admitir pessoal aprovado em concurso público ou em caráter temporário na forma da lei, observados os limites e as regras da LRF (Art. 169, § 1º, II da CF). Parágrafo único – Os recursos para as despesas decorrentes destes atos deverão estar previstos na lei do orçamento para 2013. Art. 22- O Executivo promoverá ações que assegure a concessão da revisão anual aos servidores municipais, na forma disposta no inciso X, art. 37 da Constituição Federal. Art. 23 – O Executivo Municipal, autorizado em lei, poderá conceder ou ampliar benefício fiscal de natureza tributária com vistas a estimular o crescimento econômico, a geração de emprego e renda, ou beneficiar contribuintes integrantes de classes menos favorecidas, devendo esses benefícios ser considerados nos cálculos do orçamento da receita a serem objeto de estudos do seu impacto orçamentário e financeiro no exercício em que se iniciar sua vigência e nos dois subseqüentes (Art. 14 da LRF). Parágrafo único – O principal da dívida mobiliária refinanciada, será atualizado pelo IPCA – IBGE (Art. 5º, § 3º da LRF). Art. 24 – Os tributos lançados e não arrecadados, inscritos em dívida ativa, cujos custos para cobrança sejam superiores ao crédito tributário, poderão ser cancelados, mediante autorização em lei, não se constituindo como renúncia de receita (Art. 14, § 3º, da LRF). § 1º- Considerar-se-á para efeitos de não ajuizamento da execução de dívida ativa os débitos, acrescidos de atualização monetária, juros e multas e consolidados, cujo montante seja inferior a 26 (vinte e seis) UFESPs. § 2º- O não ajuizamento da execução até o montante fixado no parágrafo anterior, não dispensa a Administração Pública de promover a devida cobrança amigável. Art. 25 – O ato que conceder ou ampliar incentivo, isenção ou benefício de natureza tributária ou financeira constante do Orçamento da Receita, somente entrará em vigor após a adoção de medidas de compensação (Art. 14, § 2º da LRF). Art. 26 – Visando a compatibilidade entre as peças de planejamento fica corrigido o valor do PPA para o exercício de 2013, utilizando os valores praticados nesta lei e seus anexos mantendo assim a consistência econômica do plano. Art. 27 - A elaboração do projeto e a aprovação

da Lei Orçamentária de 2013 deverão ser realizadas de modo a evidenciar a transparência da gestão fiscal, observando-se o princípio da publicidade, permitindo amplo acesso da sociedade as informações relativas a cada etapa. Art. 28 – As possíveis alterações tributárias no exercício de 2013 serão feitas por leis específicas, observado o principio da anualidade. Art. 29 – Na estimativa das receitas que constarão do Projeto de Lei Orçamentária poderão ser consideradas, as alterações na Legislação Tributária, que sejam objeto de projeto de lei no exercício de 2013 que tramitarem no Poder Legislativo. Art. 30 – Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação. Cesário Lange, 28 de junho de 2012. RAMIRO DE CAMPOS Prefeito Municipal Publicado no quadro de avisos instalado no átrio do prédio desta Prefeitura Municipal de Cesário Lange e registrado nos livros próprios da secretaria da municipalidade, na data supra. Andréia Cristina Pais Leite Resp/Exp.da Secretaria LEI Nº 1387/2012 De 25 de junho de 2012 “Atualiza o valor da bolsa auxílio aos estagiários, concedido pela Lei Municipal nº. 1217, de 03 de março de 2009 e dá outras providências”. O Prefeito do Município de Cesário Lange, Estado de São Paulo, no uso das atribuições que lhes são conferidas por lei, FAZ SABER que a Câmara de Vereadores aprovou e ele sanciona e promulga a seguinte lei: Art. 1º- Fica atualizado o valor da bolsa auxílio aos estagiários, estabelecido no § 1º do art. 8º da Lei Municipal 1217, de 13 de junho de 2009, em 4,9892% (quatro inteiros, nove milésimo, oitocentos e noventa e dois centésimos percentuais), corrigidos pelo IPCA acumulado nos últimos 12 (doze) meses. Parágrafo único - O valor pago a título de bolsa para o estagiário atualizado será de R$ 2,73 (dois reais e setenta e três centavos) por hora, para o estágio de nível médio e R$ 3,46 (três reais e quarenta e seis centavos) por hora para o estágio de nível superior, observando o que dispõe o art. 6º da Lei Municipal nº 1217/2009. Art. 2º- Esta lei entrará em vigor na data de sua publicação, retroagindo seus efeitos em 1º de junho de 2012. Cesário Lange, 25 de junho de 2012. RAMIRO DE CAMPOS Prefeito Municipal Publicado no quadro de avisos instalado no átrio do prédio desta Prefeitura Municipal de Cesário Lange e registrado nos livros próprios da secretaria da municipalidade, na data supra. Andréia Cristina Pais Leite Resp/Exp.da Secretaria Lei nº 1388/2012 De 28 de junho de 2012 Autor: Vereador João Celso Adriano - PTB “Dispõe sobre denominação de Estrada Municipal que especifica e dá outras providências” O Prefeito do Município de Cesário Lange, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais, FAZ SABER que a Câmara Municipal aprovou e ele sanciona e promulga a seguinte Lei: Art. 1º - Fica denominada de Estrada Municipal Amador de Moura a estrada CSL-004 que inicia-se na Rodovia Floriano de Camargo Barros nas proximidades do Castelo Parque Aquático e vai até a junção com a estrada velha de Cesário Lange-Pereiras – CSL280. Parágrafo Único – A placa indicativa da Estrada Municipal ora denominada constará a inscrição: “Estrada Municipal Amador de Moura” Art. 2º- O Poder Executivo adotará as providências necessárias para colocação da placa indicativa da denominação. Art. 3º - As despesas decorrentes da execução da presente Lei correrão por conta das dotações orçamentárias próprias consignadas no orçamento vigente.

Art. 4º- Esta Lei entrará em vigor na data da sua publicação. Cesário Lange, 28 de junho de 2012. RAMIRO DE CAMPOS Prefeito Municipal Publicado no quadro de avisos instalado no átrio do prédio desta Prefeitura Municipal de Cesário Lange e registrado nos livros próprios da secretaria da municipalidade, na data supra. Andréia Cristina Pais Leite Resp/Exp.da Secretaria LEI COMPLEMENTAR Nº 37/2012 De 25 de junho de 2012 “Dispõe sobre a revisão geral dos salários dos Servidores Municipais e dá outras providências”. O Prefeito do Município de Cesário Lange, Estado de São Paulo, no uso das atribuições que lhes são conferidas por Lei, FAZ SABER que a Câmara Municipal aprovou e ele sanciona e promulga a seguinte Lei: Art. 1º- Ficam atualizadas as remunerações dos Servidores Municipais em 4,9892% (quatro inteiros, nove milésimo, oitocentos e noventa e dois centésimos percentuais), a título de revisão geral anual, nas remunerações e nos subsídios de todos os servidores ativos e inativos do Executivo e do Legislativo do Município de Cesário Lange, a partir de 1º de junho de 2012. Art. 2º- Em face do disposto no artigo 1º, as tabelas de vencimentos passam a vigorar de acordo com os anexos integrantes à presente Lei. Art. 3º- A revisão geral anual que trata o art. 1º é extensiva aos subsídios dos agentes políticos, e aos conselheiros tutelares. Art. 4º- As despesas decorrentes da execução da presente Lei Complementar correrão por conta de verbas próprias do orçamento vigente, suplementadas se necessário. Art. 5º- Esta Lei Complementar entrará em vigor na data de sua publicação, retroagindo seus efeitos em 1º de junho de 2012. Cesário Lange, 25 de junho de 2012. RAMIRO DE CAMPOS Prefeito Municipal Publicado no quadro de avisos instalado no átrio do prédio desta Prefeitura Municipal de Cesário Lange e registrado nos livros próprios da secretaria da municipalidade, na data supra. Andréia Cristina Pais Leite Resp/Exp.da Secretaria PROJETO DE LEI COMPLEMETAR Nº 37/2012 De 25 de junho 2012 A N E X O III (Lei Complementar nº 026/2011) TABELA DE VENCIMENTOS 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40

A 824,80 847,13 870,78 895,77 922,27 950,32 979,99 1.011,91 1.044,68 1.079,91 1.117,21 1.156,68 1.198,48 1.242,70 1.289,55 1.339,13 1.391,64 1.447,20 1.515,50 1.568,33 1.634,27 1.704,07 1.777,97 1.866,71 1.939,02 2.026,71 2.119,52 2.217,80 2.321,84 2.431,97 2.548,32 2.670,48 2.789,31 2.933,45 3.074,87 3.223,37 3.379,29 3.543,00 3.714,90 3.895,39

B 866,03 889,48 914,32 940,56 968,38 997,84 1.028,99 1.062,50 1.096,92 1.133,90 1.173,07 1.214,51 1.258,41 1.304,84 1.354,03 1.406,08 1.461,22 1.519,56 1.591,27 1.646,75 1.715,99 1.789,27 1.866,87 1.960,04 2.035,98 2.128,05 2.225,50 2.328,69 2.437,93 2.553,57 2.675,73 2.804,01 2.928,78 3.080,12 3.228,61 3.384,54 3.548,25 3.720,15 3.900,64 4.090,16

C 909,34 933,96 960,04 987,58 1.016,80 1.047,73 1.080,44 1.115,63 1.151,76 1.190,60 1.231,73 1.275,24 1.321,33 1.370,08 1.421,73 1.476,39 1.534,29 1.595,54 1.670,84 1.729,08 1.801,79 1.878,74 1.960,21 2.058,05 2.137,77 2.234,45 2.336,77 2.445,13 2.559,82 2.681,25 2.809,52 2.944,21 3.075,22 3.234,13 3.390,05 3.553,76 3.725,66 3.906,15 4.095,67 4.294,67

D 954,80 980,65 1.008,04 1.036,96 1.067,64 1.100,11 1.134,46 1.171,41 1.209,35 1.250,13 1.293,31 1.339,00 1.387,39 1.438,59 1.492,82 1.550,21 1.611,00 1.675,32 1.754,38 1.815,54 1.891,87 1.972,67 2.058,22 2.160,95 2.244,66 2.346,17 2.453,61 2.567,38 2.687,82 2.815,31 2.950,00 3.091,42 3.228,98 3.395,84 3.559,55 3.731,45 3.911,95 4.101,46 4.300,46 4.509,40

E 1.002,54 1.029,69 1.058,44 1.088,81 1.121,02 1.155,12 1.191,18 1.229,98 1.269,82 1.312,64 1.357,98 1.405,95 1.456,76 1.510,52 1.567,46 1.627,72 1.691,55 1.759,08 1.842,10 1.906,31 1.986,47 2.071,31 2.161,13 2.269,00 2.356,90 2.463,48 2.576,29 2.695,75 2.822,21 2.956,07 3.097,50 3.245,99 3.390,43 3.565,63 3.737,53 3.918,02 4.107,54 4.306,54 4.515,48 4.734,87

F 1.052,67 1.081,17 1.111,36 1.143,25 1.177,07 1.212,88 1.250,74 1.291,48 1.333,31 1.378,27 1.425,88 1.476,24 1.529,60 1.586,04 1.645,83 1.709,10 1.776,13 1.847,04 1.934,20 2.001,63 2.085,79 2.174,87 2.269,19 2.382,44 2.474,74 2.586,65 2.705,11 2.830,54 2.963,32 3.103,88 3.252,37 3.408,29 3.559,95 3.743,91 3.924,40 4.113,93 4.312,92 4.521,86 4.741,25 4.971,62

G 1.105,30 1.135,23 1.166,93 1.200,41 1.235,93 1.273,52 1.313,28 1.356,05 1.399,98 1.447,18 1.497,17 1.550,06 1.606,08 1.665,34 1.728,12 1.794,56 1.864,93 1.939,39 2.030,91 2.101,71 2.190,08 2.283,62 2.382,65 2.501,57 2.598,48 2.715,99 2.840,36 2.972,07 3.111,48 3.259,07 3.414,99 3.578,70 3.737,94 3.931,10 4.120,62 4.319,62 4.528,57 4.747,95 4.978,32 5.220,20

Lange, de Junho de 2012. Cesário Lange, 25 de Cesário Junho de25 2012. RAMIRO DERAMIRO CAMPOS DE CAMPOS Prefeito Municipal Prefeito Municipal


JORNAL ALIANÇA

Região 07 DOMINGO, 01 DE JULHO DE 2012

Quadra

Festa Junina é realizada para os alunos e seus familiares no município

Jumirim

Festa é realizada pelo quarto ano Cidade realiza 2ª Etapa do Mutirão consecutivo na cidade Oftalmológico N a quarta-feira (13) nos períodos da manhã e tarde os alunos das escolas municipais tiveram momentos marcantes em suas vidas com danças típicas de festa junina e apresentações de danças no estilo sertanejo, também

puderam saborear lanches especiais e doces tudo feito com muito carinho pelas funcionárias da Educação. A festança foi realizada na EMEF João Inácio Soares e teve a participação do prefeito Carlos Vieira Andrade, o vice-prefeito Alcides Baldassim,

a secretária de Educação Iolanda Campos, diretoras das escolas municipais Nilda Camargo e Renata Rodrigues, coordenadora pedagógica Inês Campos, professores, demais funcionários da Educação, pais de alunos e os alunos desde a creche até o 9º ano.

Os pais puderam registrar esse momento tão especial vivenciado pelos filhos, desde 2009 a festa para os alunos e seus familiares é realizada no período diurno, para dar oportunidade a todos de participarem e aproveitarem mais esse momento festivo.

F

oi realizado na quintafeira, dia 14 de junho a segunda etapa do Mutirão Oftalmológico em Jumirim com a presença do ônibus do Banco dos Olhos de Sorocaba (BOS) que atendeu 100 pacientes que ainda estavam na fila de espera, suprindo assim a grande demanda reprimida.

“Agradecemos a equipe de saúde pela colaboração e fica também registrado o nosso agradecimento a equipe do BOS”, agradeceram os senhores - Dr. Daniel Simões, o Técnico de Enfermagem João Fernandes e Valdinei Martins pelo pronto atendimento no município de Jumirim, suprindo assim a grande demanda.

Guareí

Homem foi arrastado por correnteza

U

Laranjal Paulista

Festa em Louvor a São João Batista encerra suas atividades

Foram dez dias de festa contando com diversas atrações

T

erminou no domingo ( 2 4 ) as at iv i d a d e s recreativas da 128ª Festa em Louvor a São João Batista. O evento foi organizado pela Comissão de Festas de São João Batista, contando com o apoio da Prefeitura de Laranjal Paulista, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo. A Festa do padroeiro existe desde 1884, muito antes de Laranjal Paulista se municipalizar, em 1917. Ao longo de 10 dias, além da parte recreativa com parque de diversões, barracas de comidas típicas, parque de diversão, leilão de lenha, de prendas, pau de sebo, cururu, shows com duplas e bandas, houve também a parte religiosa com novenas, missas e procissão. Neste ano, o C orpo de Bombeiros exigiu alguns ajustes para que a festa pudesse ocorrer, dos quais foram realizadas adequações para ter controle de público, sinalizações, saídas de emergência e remanejamento de

barracas que trancavam as saídas do Largo São João. As 8800 bandeirinhas que enfeitam o Largo São João para a festa foram confeccionadas

pelos participantes do projeto Costurando Cidadania, do Fundo Social de Solidariedade laranjalense. Suas cores, verde, vermelho e branco, são em

m homem teve de ser resgatado com um bote do Corpo de Bombeiros após ser arrastado pela correnteza de um rio e ficar preso em uma árvore na manhã desta quarta-feira (20) em Guareí (SP). O helicóptero da Polícia Militar de Sorocaba (SP) chegou a ser acionado para o resgate. Segundo a Polícia Militar, o homem tem 28 anos e é mecânico. Ele estava em seu sítio, que fica entre o centro da cidade e o rio Guareí, e tentava salvar dois cavalos da propriedade quando foi surpreendido pela chuva. Levado pela correnteza, ele conseguiu se segurar em uma árvore e esperou cerca de uma

hora até ser resgatado, às 09h30. Policiais da cidade foram os primeiros a chegar ao local e não conseguiram se aproximar devido à força da correnteza. Bombeiros da cidade de Itapetininga foram deslocados e, equipados com botes salva vidas, conseguiram resgatar a vítima, sem necessidade do helicóptero, que retornou à base. O homem foi atendido no local por uma equipe do Samu e não teve ferimentos, apesar de uma queda na temperatura corporal. Ele foi encaminhado ao Pronto Socorro da cidade. Os cavalos conseguiram nadar até uma área menos alagada e também não se feriram.

homenagem à bandeira italiana, já que este ano é comemorado o “Ano da Itália no Brasil”, e a cidade tem grande influência das famílias imigrantes deste país.

Tatuí

Posto do Acessa SP realiza curso gratuito

O

Acessa SP em parceria com a Prefeitura Municipal de Tatuí, estará realizando no mês de julho seu primeiro projeto, chamado: “Como fazer um currículo?”. O projeto tem como objetivo principal, auxiliar o usuário do Acessa SP a criar seu currículo profissional, seja este, o primeiro ou não.Além de auxiliar o usuário á criar seu currículo, o Acessa SP irá encaminhar os candidatos ao PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador), para que os mesmos alcancem o mercado de trabalho, melhorem seus currículos profissionalmente e até mesmo, se re-

coloquem no mercado. Além de encaminhar os currículos para a ACE (Associação Comercial de Tatuí), onde os currículos poderão vir a ser selecionados pelos comerciantes da cidade.Os interessados, para realizarem suas inscrições, deverão comparecer ao Acessa SP, localizado na Praça Martinho Guedes nº 12. Os interessados maiores de 18 anos deverão estar munidos do RG. E se menor, deverão estar acompanhados dos responsáveis legais, juntamente com a cópia do RG, do responsável e do menor frente e verso. O Acessa funciona das 8 às 21h.


JORNAL ALIANÇA

08 Região DOMINGO, 01DE JULHO DE 2012

Boituva

Vacinação contra raiva na zona rural

A

vacinação contra a raiva para cães e gatos volta foi realizada no último sábado na zona rural após a paralisação por dois anos pela Secretaria de Estado da Saúde. Durante todo o dia várias equipes percorreram 20 pontos em 18 bairros e vacinaram 1.761 animais, sendo 1.544 cães e 217 gatos. No próximo sábado, dia 30, será realizada a vacinação na zona urbana no horário das 8 às 16 horas. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a estimativa é de imunizar mais 9 mil cães e gatos do município. Confira a lista de locais e

horários: Zona Urbana das 8 às 16 horas. Centro - UBS IV Boituva Novo Mundo - UBS Novo Mundo. Santa Rita - UBS Santa Rita Vila Aparecida - UBS Vila Aparecida. De Lorenzi - UBS De Lorenzi. Praça Santa Cruz - Caixa D’Água. Jardim Santa Cruz - Praça Pedro Pinesi. Jardim Esplanada - Av. Brasil Antigo Treviso. Jardim Oreana - Sindicato Rural. CIC - Estacionamento do Cic.

Bofete

Programa de alimentação escolar

N

o dia 30 de maio foi realizada a 3ª chamada pública referente ao PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar). Desta vez foi incluído uma diversidade maior de hortaliças e tubérculos. O objetivo de ampliar os produtos da Agricultura Familiar visa fortalecer a nutrição dos alunos rede escolar. Essa chamada contou com a presença de vários produtores rurais do município e funcionários da

Prefeitura do setor de licitação. O Programa Nacional de Alimentação Escolar tem obtido uma melhora significativa para a nutrição dos alunos, como também para a economia e produção dos produtores rurais de Bofete com a ajuda também da CATI. Os produtores do município que se interessar em participar das próximas chamadas deverão procurara a Prefeitura ou a Casa da Agricultura.

Cerquilho

Cerquilhenses concorrem na fase final do Mapa Cultural Paulista

Pela primeira vez cerquilhenses chegam a final em Literatura

O

s escritores Katia Mota e Ivan Vagner Marcon participaram no último dia 25 de junho na Biblioteca de São Paulo da final de um dos maiores prêmios literários do estado, o Mapa Cultural Paulista. O prêmio foi

Iperó

criado para o conhecimento da produção artística no interior paulista, dar-lhe visibilidade e estimular o intercâmbio dos produtos e artistas das várias regiões administrativas do Estado de São Paulo. O Mapa ocorre em três fases:

municipal, regional e estadual, dividido em nove categorias: artes plásticas, canto coral, composição musical, dança, desenho de humor, fotografia, literatura, teatro e vídeo. Em julho de 2011 aconteceu a etapa municipal que selecionou

os trabalhos dos artistas cerquilhenses que representariam o município na fase regional e Katia Mota e Ivan Vagner Marcon foram os eleitos. No mês de outubro foi a vez dos artistas selecionados, de todos os municípios da região de Sorocaba, participarem de um sarau que aconteceu na cidade de Araçoiaba da Serra. Na ocasião os cerquilhenses Ivan Vagner Marcon e Kátia Mota, se classificaram para a fase estadual, que aconteceu nesta semana. A final na biblioteca São Paulo foi emocionante e contou com a presença de artistas e críticos literários de renome como do jornalista Manuel da Costa Pinto. Tanto Kátia quanto Ivan terão seus trabalhos publicados em um catálogo de âmbito nacional, por serem os finalistas estaduais do prêmio nesta edição de 2011/2012. Segundo a organização do Mapa Cultural Paulista neste ano, reunindo todas as categorias, foram 286 cidades participantes e em torno de 2401 artistas envolvidos na modalidade literatura. “Quero agradecer o apoio da Prefeitura Municipal e da Secretaria Municipal de Educação e Cultura pelo incentivo e espero que mais artistas de Cerquilho estejam participando dos próximos concursos e de outros festivais culturais.”, disse Ivan.

Curso de Bombeiro Mirim está com inscrições abertas

As matriculas vão até o dia três de julho com limite de vinte vagas

A

s inscrições para a nova turma de Bombeiros Mirins em Iperó estão abertas. Os interessados devem comparecer, acompanhados de um responsável, na Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (SADS) com os seguintes documentos: Registro Geral (RG) e/ou Certidão de Nascimento

com uma foto 3x4. As matrículas vão até o dia 03 de julho (terçafeira), com limite de 20 vagas destinadas a jovens entre 12 a 15 anos. Para serem selecionados, os pretendentes terão que fazer uma redação através de um processo seletivo que será realizado no dia 04 de julho (quarta-feira) às 09:30

horas, no Pólo Cultural. A duração do curso é de 10 dias, com o início no dia 10 de julho (terça-feira) e o término 20 de julho (sexta-feira). As aulas ocorrerão no Corpo de Bombeiros de Boituva no período da manhã. Durante o curso os adolescentes irão aprender sobre a prevenção

de acidente doméstico, aquático e os princípios de incêndio, atividades com cordas e cabos, aula de cidadania e prevenção em acidentes no trânsito. Essa iniciativa tem o apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social em parceria com a Base de Bombeiros de Boituva


JORNAL ALIANÇA

Política 09 DOMINGO, 01 DE JULHO DE 2012

Eleições 2012

Cesário Lange conta com dois candidatos a prefeito nessa eleição

O

s partidos políticos dispostos a participar das eleições deste a n o, e m C e s á r i o L a n g e , realizaram nos últimos dias, as convenções para deliberar e homologar as coligações e escolha dos candidatos a Prefeito, Vice-Prefeito e a Vereador do município.

Por Diléa Silva

Cesário Lange conta com dois pré-candidatos com vices definidos. Élbio Aparecido Trevisan com Carlos Mauro Delamutta que disputam apoiados pelos partidos PDT, PP, PMDB, PT, PSD, PTB e PV realizaram a convenção no domingo (24). E, Ramiro de Campos com Ronaldo Pais de Camargo

Candidato a vice-prefeito Dinho, Deputada Maria Lúcia Amary e o candidato a prefeito Ramiro de Campos

Candidato a vice-prefeito Carlos Mauro Delamutta e o candidato a prefeito Élbio Aparecido Trevisan

apoiados pelos partidos PSDB, PR, PPS, PSD, PSC e DEM realizaram a convenção no sábado (16). Os pré-candidatos realizaram encontros reunindo filiados e partidos coligados. As convenções tiveram o objetivo de reunir os membros convencionais que puderam votar e aprovar aquilo que a executiva de cada partido havia proposto para as eleições.

Legislativo

O PSOL que havia disputados as eleições em 2008, esse ano não concorrerá. O partido deixou seus filiados liberados para apoiarem as candidaturas de qualquer partido. Nas convenções também foram apresentadas as intenções de candidatura dos vereadores e as homologadas serão publicadas na próxima edição.

Vereador apresenta projeto de Lei Ficha Limpa Municipal em Quadra

Quadra é mais um município da região em busca da moralidade

O

bjetivando a moralidade do serviço público municipal, Quadra também deve aderir ao Projeto Ficha Limpa Municipal. Um projeto de lei nos moldes da Lei Ficha Limpa Federal foi apresentado durante a última Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Quadra e deve ir para votação nos próximos dias. Segundo o projeto de lei Nº 03/2012 apresentado com data de 05 de junho pelo vereador José Erasmo Leite – Presidente da Câmara Municipal de Quadra -, a lei municipal prevê a vedação da nomeação para cargos em comissão e para participação em licitação, no âmbito dos órgãos do Poder Legislativo e Executivo, de pessoas que tenham como sócios, procuradores, representantes, pressupostos, funcionários, prestadores de serviço à sua ordem, que estejam incluídos nas hipóteses que objetivam proteger a probidade e a moralidade administrativa. Se a lei for aprovada da forma como o projeto foi apresentado,

sem alterações, os que tenham contra sua pessoa representações julgadas procedentes pela Justiça Eleitoral, em decisão transitada em julgado ou proferida por órgão colegiado, em processo de apuração de abuso do poder econômico ou político, desde a decisão até o transcurso do prazo de seis anos, ou pelo prazo da condenação se maior. Encaixamse na lei e não podem exercer cargos públicos. Assim como os que forem condenados à suspensão dos direitos políticos em decisão transitada em julgado, ou proferida por órgão judicial colegiado, desde a condenação ou trânsito em julgado, pelo prazo de seis anos, a contar do cumprimento da pena, ou pelo prazo de suspensão dos direitos políticos, se maior.e e m outras circunstâncias também apresentadas na lei. Na justificativa do projeto o vereador diz “Devemos como representante do povo nos engajar para que o Poder Público direcione suas ações dentro do princípio

da moralidade administrativa, principalmente com a inovação da gestão administrativa que cada vez mais exige seriedade e ombridade na administração pública. Não podemos deixar nos levar por conceitos arcaicos e que por muitas vezes levam a prática de atos de improbidade, temos que nos voltar a verdadeira responsabilidade administrativa, da qual o novo espírito pede não somente transparência pública, mas que haja prevenção de ações que venham a causar lesão ao

Por Diléa Silva erário público. Temos que deixar de utilizarmos da administração pública para atender interesses particulares, pois o dinheiro que o gestor administra é do povo, para o povo devemos trabalhar, em nome do povo somos eleitos, assim apresento este projeto para criarmos uma lei que venha de encontro à lei da ficha limpa, justamente para que os modelos medíocres os quais escondessem interesses escusos, fugindo à verdadeira índole da democracia” disse ele.

PREFEITURA MUNICIPAL DE QUADRA Rua José Carlos da Silveira, n.º 36 – Jd. St. Antonio CEP: 18255-000 - Quadra/SP PABX: 15-3253-1162/3253-1225 – gabinete@quadra.sp.gov.br R E – R A T I F I C A Ç Ã O PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º 10/2012 TOMADA DE PREÇOS N.º 02/2012 OBJETO: PAV ASFÁLTICA PROLONGAMENTO R JÚLIO PRESTES... CARLOS VIEIRA DE ANDRADE, Prefeito Municipal, no uso das atribuições que as leis lhe conferem, FAZ SABER a todos os interessados que os documentos técnicos que constituem os Anexos do Edital expedido nos autos do Processo Licitatório n.º 10/2012, Tomada de Preços n.º 02/2012, tendo por objeto a contratação de empresa para execução de pavimentação asfáltica e outros serviços, sofreram a seguinte alteração no tocante ao item base de bica corrida: Onde se lê: quantidade 95,54 m³, leia-se quantidade 230,00 m³. Onde se lê valor total R$ 9.480,43, leia-se valor total R$ 22.822,90. Considerando que tais alterações afetam necessariamente a formulação das propostas, fica redesignada para o dia 19 de Julho de 2012, no mesmo horário e local previstos no edital, a Sessão Pública para recebimento, abertura e julgamento das propostas, ficando para o dia 18 de Julho de 2012 o prazo máximo estabelecido na cláusula 5.6.5. As empresas interessadas em participar deverão estar cadastradas no Cadastro de Fornecedores deste Município até o terceiro dia anterior à data marcada para abertura das propostas. As demais cláusulas do Edital e seus Anexos ficam ratificadas em todos os seus termos, para todos os efeitos legais. PMQ., 28/06/2012. *********************************************************** R E – R A T I F I C A Ç Ã O PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º 09/2012 TOMADA DE PREÇOS N.º 01/2012 OBJETO: CONSTRUÇÃO QUADRA ESPORTIVA AREIA, VESTIÁRIOS.. CARLOS VIEIRA DE ANDRADE, Prefeito Municipal, no uso das atribuições que as leis lhe conferem, FAZ SABER a todos os interessados que o Anexo I do Edital expedido nos autos do Processo Licitatório n.º 09/2012, Tomada de Preços n.º 01/2012, tendo por objeto a contratação de empresa para construção de quadra de areia, fica acrescido dos seguintes esclarecimentos: *O número de portas e esquadrias é de acordo com o projeto, ou seja, 04 esquadrias metálicas, cujas medidas são 2,50x0,60 por 210 e 12 portas conforme medidas constantes do projeto; *O projeto não contempla chuveiros; *A altura do alambrado é padrão, ou seja, 2,00 m. de altura; *O item 18 do Anexo I, conforme planilha, é previsto por verba, R$ 1.000,00 destinados ao paisagismo e urbanização. *O modelo do banco a ser utilizado é o que se enquadra dentro da verba proposta pela planilha. Considerando que o aditamento do Anexo I pode, em tese, afetar a formulação das propostas, fica redesignada para o dia 20 de Julho de 2012, no mesmo horário e local previstos no edital, a Sessão Pública para recebimento, abertura e julgamento das propostas, ficando para o dia 19 de Julho de 2012 o prazo máximo estabelecido na cláusula 5.6.5. As empresas interessadas em participar deverão estar cadastradas no Cadastro de Fornecedores deste Município até o terceiro dia anterior à data marcada para abertura das propostas. As demais cláusulas do Edital e seus Anexos ficam ratificadas em todos os seus termos, para todos os efeitos legais. PMQ., 29/06/2012.


JORNAL ALIANÇA

10 Esportes DOMINGO, 01DE JULHO DE 2012

Futebol

Braço de ferro

Cerquilhenses garantem vaga para o Mundial

O Passa Três e a Atletas representaram o estado volta do jogador de São Paulo na competição “Imperador” N

O

Passa Três FC jogou sábado passado (23), em Tatuí, contra o Laurindense e ganhou o jogo goleando o adversário por 7 a 1. Para a alegria geral dos Passatrienses o verdadeiro Imperador voltou para reinar por muito tempo no Passa Três. Foi uma volta triunfal do Júlio Cesar (O Verdadeiro Imperador) que nesta batalha comandou seu exército sem dar a mínima chance de defesa ao adversário. Júlio César só jogou o segundo tempo e marcou três gols, isto prova que ele voltou com tudo para dirigir o exército Passatriense. Os outros gols foram anotados por André (O jogador 200), Colina, que depois de matar uma bola forte como se fosse uma

Por Mauro Antunes bolinha de papel, escolheu o canto esquerdo para guardar a bola dentro do gol, Felipe Helicóptero e Espina que marcou o gol mais bonito do jogo, ele pensou que era o Messi e percebendo o goleiro adiantado, de fora da área, jogou a bola por cima dele e sobrou tempo só para ele ouvir o barulhinho da bola deslizando na rede. O P3 jogou também no sábado anterior (16), em Tatuí, contra o Clube de Campo e venceu por 3x1, gols anotados por Borel, André e Colina. Aguardem! Em breve o Passa Três no Mundo do Country Music, acompanhem as notícias do JA que vocês saberão do que se trata. O P3 jogará no sábado (30) contra o CRC de Laranjal Paulista no Estádio Municipal às 15h.

o último final de semana foi realizado em São Vicente o Campeonato Brasileiro de Luta de Braço. Este campeonato é classificatório para o campeonato Mundial que será no Brasil este ano. Participaram do campeonato Atletas do Rio de Janeiro, Pernambuco, Minas Gerais, Ceará e São Paulo totalizando Cerca de 300 competidores nos 2 dias do Evento. Representando o Estado de São Paulo e a cidade de Cerquilho estavam os Atletas do Projeto de Luta de Braço de Cerquilho, Nilson Alves: 3º Colocado nos dois Braços na Categoria 90kg master Bruno Borges: Campeão Braço

Karatê

Esquerdo Categoria 100Kg Classificado para o mundial. Rodrigo Valentim: Campeão Braço Direito Categoria 65Kg Junior Classificado para o mundial. Luis Augusto: 3º Colocado na Categoria Pesada Até 110Kg. Rogerio Valentim: Campeão Braço Esquerdo Categoria 80Kg. Classificado para o mundial. O Campeonato Mundial de Luta de Braço 2012. Será realizado no Brasil na Cidade de São Vicente em Setembro Os Atletas de Cerquilho estão Classificados para participar do campeonato Mundial. Este Resultado foi Conquistado pelo Trabalho do Professor Rogério Valentim Alves e pela

dedicação de seu Alunos e Principalmente pelo Apoio da Prefeitura Municipal de Cerquilho e Secretaria de Esportes Turismo e Lazer (SETUL).

Por Rogério Rogério Parabeniza a todos os Atletas que participaram do Campeonato e diz que agora é treinar para o Campeonato Mundial em Setembro.

Porangaba realiza o 4º Circuito ACAK 2012

Morro Vermelho vence nos dois jogos

O

Esporte Clube Morro Vermelho realizou dois jogos no sábado, 23 de junho, no estádio Silvio Bordignon. No primeiro jogo, o Morro Vermelho enfrentou a equipe do Roma da cidade de Tietê que disputa a série Prata e venceu por 4x1. Douglas fez 1x0 chutando da entrada da área após lançamento de Sorriso. Romarinho fez 2x0 em cobrança de pênalti sofrido por Douglas, terminando em 2x0 no primeiro tempo. No segundo tempo, Fernandinho fez 3x0 após bobeira do goleiro adversário. Após o Morro levar um gol, Julio Vicente cruzou, e o zagueiro adversário fez um gol

Por Reginaldo Paizane contra, terminando o jogo com o placar de 4x1. No segundo jogo, o Morro venceu o Faulin telhas por 3x1. Douglas ganhou na corrida do zagueiro e chutou na saída do goleiro, fazendo 1x0. Romarinho fez o segundo gol do Morro quando a partida estava empatada. Daniel fez o terceiro gol ainda no primeiro tempo, terminando o jogo em 3x1. O Morro Vermelho jogou os 2 jogos com: Jeremias, Bruninho, Jú Bigorna, André Felipe e Fernandinho (Cassiano), Sorriso (Paulinho), Merenda, Romarinho (Robertinho) e João Francisco, Julio Vicente (Daniel) e Douglas.

Ipiranga vence de virada em Cesário Lange

O

time do Ipiranga recebeu em Cesário Lange no campo do Mato Seco Martoré no sábado dia 23 de junho o time do Desengov, para outro amistoso de final de semana e venceu pelo placar de dois a um. O Desengov entrou em campo apresentando um bom futebol, muito objetivo. Mas o Ipiranga também apresentava seu bom futebol de sempre, e com isso equilibrava o jogo. Com este equilíbrio, sobrava e destacava as defesas em segurar os ataques dos dois times, de tanto que o

Por Luciano Camargo primeiro tempo terminou sem gols. Já no segundo tempo, com algumas substituições, o Ipiranga tentou manter o ritmo do primeiro tempo, só que o Desengov aos 09 minutos abre o placar. Mas aos 18 minutos Ricardo empata e aos 33 minutos em um belo cruzamento de Augusto, o artilheiro Cesar aproveita com uma linda cabeçada e desempata o jogo, dando a vitória para o Ipiranga. No próximo sábado o time do Ipiranga vai até a cidade vizinha de Pereiras no campo do Atlético enfrentar o Amigão.

290 atletas de 23 academias e 20 cidades estiveram participando

P

orangaba pela segunda vez realizou a 4ª Etapa do Circuito ACAK. O evento aconteceu no dia 17 de junho no Ginásio de Esportes “ Robertinho”. Foi realizado pela Associação Sei Shin do professor Paulo Duque e sua esposa Daniela e teve apoio da Prefeitura Municipal. Participaram 290 atletas de 23 academias e 20 cidades, além da comissão técnica e o público. Na cerimônia de abertura o professor, Paulo Duque homenageou as autoridades presentes: Lenita Valverde Becheli Secretaria da Educação (representando o Prefeito, Luiz Carlos

Vieira Sobrinho); José Domingos da Silveira Machado – Secretário de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer e o Presidente da Câmara –Jardelino de Queiroz Sampaio Filho. Essas autoridades receberam certificados de Honra ao Mérito pelo incentivo ao esporte. Houve apresentação da Divisão Kata (luta imaginária) e Divisão Especial (luta real) adultos, masculino e feminino. Classificação das 5 primeiras academias: 1º Shidokan (superação) – Jaú com 137 pontos; 2º Washi-ki-o de Capivari com 114 pontos; 3º Washi-kan – Rio das Pedras com 88 pontos; 4º SELL/ CRAS – Tietê com 73 pontos; 5º TK Karatê – Cerquilho com 49.

Por Sueli


JORNAL ALIANÇA

Opinião 11 DOMINGO, 01 DE JULHO DE 2012

Motivação

Luiz Almeida Marins Filho

Pessoas“sincericidas” Conheço pessoas “sincericidas”. Uma pessoa “sincericida” é aquela que usa da sinceridade absoluta e total no momento errado, no lugar errado, da forma errada, para a pessoa errada, cometendo um verdadeiro suicídio. Muitas pessoas se gabam de sua sinceridade, sem perceber que a sinceridade absoluta num momento errado e em local inadequado pode ser altamente ofensiva, rude e condenável. Conheço pessoas que perderam muitos amigos e até seus empregos por “atitudes sincericidas”. Conheço pessoas que falam mal de outras ausentes, em público, sem o menor pudor, se dizendo sinceras. Conheço casamentos que poderiam durar,

sendo desfeitos por causa de “verdades” ditas em ocasiões erradas, de forma errada, com palavras erradas. É óbvio que não sou advogado da mentira ou da falsidade. Mas quero chamar a atenção do leitor para o fato de que vivemos em sociedade e há certas coisas que só devem ser ditas para a pessoa certa, na hora certa, no local certo - e da maneira certa. Se você tem uma opinião negativa sobre a empresa onde trabalha, sobre seu chefe ou mesmo seu subordinado, não deve sair falando publicamente, por mais que deseje ser verdadeiro e sincero. Conheço chefes que falam muito mal de seus subordinados em rodas de amigos, assim como

funcionários que falam mal da empresa em que trabalham a quem queira ouvir. Um caso típico de “sincericidio” (quando a verdade surge quando não deveria) ocorreu quando um fornecedor colocou na sua rede social da internet comentários desairosos sobre um de seus clientes. Resultado: é claro que perdeu o cliente. Também conheço casos de funcionários que colocaram em suas redes sociais comentários negativos sobre seus colegas de trabalho e acabaram perdendo o emprego. Nos dois casos tudo que foi dito é verdadeiro e sincero, mas não deveria ser postado numa rede social, é claro.

Consultoria

Qual é a hora de inovar? Quando nossas empresas estão caminhando a passos largos, aferindo lucros razoáveis e nenhum problema sério nos incomoda, achamos que o melhor a fazer é manter o ritmo e perpetuar a situação para que não haja mudanças negativas. Não é? Mas, é nessa hora que nos enganamos, pois esse é o momento que abrimos as portas para o perigo, ou seja, deixamos de nos preocupar com a possibilidade de crises internas e externas. Embora tenhamos lucros estáveis e um setor administrativo confortável, e gerenciemos o saldo positivo de maneira correta, os custos não deixarão de aparecer e se perpetuar; os aumentos de preços em matérias primas e serviços não deixarão de existir, pelo contrário, acrescerão com o aumento de produção e da venda de serviços. É nesse momento em que os fatores externos, como a concorrência, irão implicar para que o empreendimento deixe de estar em curva ascendente, e inicie a curva descendente, eliminando a estabilidade de

todos os setores da administração e da produção. Agindo dessa forma, a empresa deixa de focar o cliente e passa o foco para as necessidades internas, seus problemas, seus déficits, esquecendo-se de quem mais importa: o cliente. Diante desse cenário, é possível constatar que, quando a empresa está em condições financeiras e administrativas confortáveis, é o momento certo para propor a inovação, a melhoria, sair da zona de conforto e sempre ter inovações que agreguem melhorias para a organização. Mesmo que haja um valor a ser despendido, e a empresa sinta esse investimento como uma queda no lucro, é mais fácil pensar em novos produtos e novos processos no momento de sobriedade financeira, pois essa mudança, focada no cliente, é mais vantajosa por estabilizar uma situação que já esteja em fase de crescimento. Portanto, a reestruturação deve ser efetivamente planejada em todos os setores, mesmo nas áreas em que não haja envolvimento direto na modificação proposta no

momento. E, o melhor caminho para não haver erros nesse planejamento é a constituição de um plano de negócios consistente – elaborado de acordo com a realidade da empresa, incluindo números e previsões reais. Dicas para um bom planejamento 1. Crie uma estratégia para sua a empresa, de forma que você possa implantar e acompanhar o desenvolvimento; 2. O orçamento apresentado deve ser elaborado de acordo com as estatísticas apuradas em exercícios anteriores; 3. O retorno sobre o capital investido deve ser analisado antes de iniciar o projeto, pois a viabilidade está vinculada a esse fator; 4. O planejamento de Recursos Humanos deverá seguir uma meta de acordo com a necessidade do projeto proposto. E, os treinamentos devem seguir um parâmetro de necessidade. Não adianta investir em treinamento de operação de maquinário para quem atuará em vendas internas. O objetivo em ter uma empre-

Queridos e queridas leitoras. Salve! Quanto tempo não nos falamos não é?! Estamos prestes a entrar num tempo que particularmente, gosto muito: tempo eleitoral. Não sei se já confessei a vocês, mas sou um apaixonado pela política e as suas diversas manifestações (independente da posição que se tenha a respeito). Sou (confesso) um dos últimos pelas pessoas que convivo que ainda acredito que uma política de qualidade pode mudar uma região, um município e até mesmo um país. Aí você (ainda como tantos que me relaciono diariamente) me afirma: “impossível ser honesto em meio a tanta corrupção por tão pouco”, mas me desculpe, discordo plenamente. Convivi, e conheci na história de nosso aís muitos cidadãos, como eu e você, estiveram a frente do poder público e mantiveram integridade, seriedade e compromisso com um bem tão precioso:

o povo. Voltando a minha paixão pela política, desde sempre gostei de ver e estudar sobre política. Já pequeno, trocava os desenhos para decorar os “bordões” que anunciavam determinados partidos. O tempo passou..E sem dúvida ao escolher comunicação como norte de carreira profissional não poderia ter escolhido melhor, RP=tudo a ver com política. Sou extremamente rigoroso quando o assunto é política de qualidade, para isso, não mais com gosto de criança de decorar as ‘musiquinhas’ não perco aos horários políticos para levantar as propostas, acessar os sites de campanha para analisar plano de governo e quem terá meu “voto” de confiança. Tenho plena certeza e confesso: se temos um Brasil sem a política que esperamos deve-se e muito ao fato de não estudarmos e não acreditarmos mais na contribuição que temos enquanto cidadãos ativos no meio

Jornalista Fernado Siqueira Conheço pessoas “sincericidas” que usam de reuniões para publicar sua sinceridade, criando um clima constrangedor entre os participantes. “Eu sou assim mesmo: sou sincero e falo a verdade”, me disse uma dessas “sincericidas”, conhecida pela falta de educação e ausência de polidez ao tratar com as pessoas. Pense se você também não é um “sincericida”. Não seja falso, nem mentiroso. Mas pense bem como irá tornar público o seu pensamento. É muito bom que a verdade seja dita e que você seja sincero. Mas faça isso na hora certa, no lugar certo e da forma certa. Pense nisso. Sucesso!

Dr. Fábio Borri

sa com um planejamento de crescimento eficiente é não permanecer instável, mesmo enquanto a empresa está em um momento promissor. Ter um plano de gerenciamento de crise é imprescindível para uma empresa que se preocupa com o seu sucesso no mercado de trabalho. Investir em treinamentos empresariais e buscar inovações são reflexos de empresas que se preocupam com o atual mercado competitivo, mas estão prontas para estar dentro dele. Até a próxima! Fábio Borri Gr a du a d o e m C i ê nc i as Jurídicas e Sociais, com MBA em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), é advogado, consultor empresarial em planejamento estratégico, planejamento e gestão financeira e em Recursos Humanos. Sócio-Diretor da Borri Consultoria Empresarial, palestrante e pesquisador na área de estratégia empresarial. Já atuou em cargos de coordenação e gerência em multinacional americana e empresas nacionais.

O pulo da tecnologia

Por onde nasce a tecnologia brasileira, ao redor das universidades, empresas inovadoras ou criadas por espontaneamente em vários pontos do país. Apesar de ser uma referência mundial a alta tecnologia produzida no Brasil, mesmo assim podemos referenciar como modelo e exemplo deste avanço a EMBRAER, sediada na cidade paulista de São José dos Campos, no Vale do Paraíba, que não costuma parecer bem colocada nos rankings das maiores empresas inovadora pelo mundo. A empresa brasileira costuma ficar atrás até mesmo de companhias do setor de commodities, de petróleo, mineração e do agronegócio. Nos rankings gerais, a EMBRAER normalmente é penalizada pelo ciclo longo de desenvolvimento de produtos do setor aeronáutico, que pode chegar a 20 anos. Um dos indicadores da mais moderna tecnologia no Brasil mais usada para se medir a inovação é a participação de produtos novos, lançados nos três a cinco anos, no que diz a faturamento e no resultado das vendas. Isso faz com que a empresa EMBRAER não pareça bem diante do mercado. As empresas de internet do Vale do Silício (EUA) costumam adotar palavras de ordem como fracasso rápido, fracasse adiante. Portanto, uma fabricante de aviões, como a EMBRAER, não se pode permitir adotar slogans como esses. Paralisada no ar. Quando o ranking é setorial, por outro lado, a empresa acaba ficando muito próxima da média, já que tem um peso imenso no setor aeronáutico brasileiro. Mais uma vez, acaba prejudicada pelas particularidades da área em que atua. No começo do ano passado (2011), a EMBRAER finalizou um diagnóstico sobre a situação da inovação na empresa, e chegou à conclusão de que a atividades inovadoras estavam muito concentradas na engenharia, no desenvolvimento dos produtos. A partir dessa conclusão, a empresa começou a criar programas para incentivar a inovação em outras áreas, como comercial e marketing. Então, basicamente, a empresa foi criada na época para desen-

volver alta tecnologia, e sempre foi muito forte na área de produtos. O mercado mundial passa por grandes mudanças. A configuração atual - em que, numa ponta, concorrem Boeing e Airbus e, na outra, a EMBRAER e Bombardier (canadense), deve mudar rapidamente. Por que surgem novos concorrentes em potencial, oriundos da China, Russa e do Japão, vão entrar neste restrito mercado nos próximos anos. Para nos prepararmos, precisamos oferecer melhores serviços e mudar até a própria forma de comercializar nossos produtos. A EMBRAER construiu sua nova unidade aeronáutica na cidade de Gavião Peixoto, a 30 km da cidade de Araraquara, para onde renovou toda sua estrutura tecnológica no desenvolvimento de modernas aeronaves para operar no regional, nacional e internacional. Nos (EUA) o Vale do Sicílio, principal pólo tecnológico americano, nasceu como disse, da relação entre universidades, empresas e governo, como vem ocorrendo no Brasil. Não foi resultado de uma política pública efetiva, mas, com o investimento do governo em pesquisa nas universidades, nas compras públicas, principalmente no setor de defesa nacional e uma nova estrutura tributária favorável ao investimento, toda história poderia ser outra em nosso país se houvesse a vontade política. O Brasil tem vários polos tecnológicos, ainda nenhum parecido como o americano, cidades como Campinas, São José dos Campos e São Carlos-SP, Porto Alegre e São Leopoldo-RS, Campina Grande-PB, Recife, Belo Horizonte e Rio de Janeiro, têm se visto, surgir empresas de alta tecnologia ao redor de suas universidades, e conseguir atrair centros de pesquisas de empresas multinacionais. Existem gargalos a serem derrubados pela eficiente tecnologia brasileira na pesquisa mais aprofundada, as dificuldades tem avanços, o governo tem dado seu apoio, inclusive, financeiro através do BNDES para aprofundar todo o parque tecnológico no país. Tem caminhado as próximas gerações.

EDITAL DE PROCLAMAS

Comunicação

Política e Prazer

Sucessão

Tiago José Vieira de Miranda em que estamos inseridos. Tenho no meu computador links em que diariamente vejo notícias sobre o mundo político, local, regional e nacional. Rio, me preocupo e vejo como o poder da comunicação está constantemente presente, ainda em destaque neste tempo político de candidaturas. Exemplo interessante, segundo o site UOL (uol.com.br), “O autor da música “Eu quero tchu, eu quero tcha”, Shylton Fernandes, disse que recebeu “mais de R$ 100 mil” pelos direitos autorais para que uma versão da canção fosse usada como jingle da campanha do pré-candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo, José Serra. Fernandes disse que não poderia revelar o valor que recebeu por conta de uma cláusula contratual.” Sim meu povo, tudo isso de 0, R$ 100.000,00 pelo direito de uma melodia para um jingle de minutos. E pergunto a você: qual a diferença que isso faz. Nenhuma? Pelo contrário, TODA! Criar um estilo próprio é muito importante e muitas vezes, mas é um tiro no escuro (muitas

vezes), mas apostar num Hit que deu certo. São votos e mais votos ganhos graças apenas a uma música. Isso mesmo que você entendeu: associa-se a música, ao cantor, ao prazer musical e bingo, voto na Urna. A nota acima é apenas esboçar um pouco como funciona o ambiente político e este atrelado a comunicação intimamente e em todo seu processo, da pré-candidatura a eleição, efetivamente. Que comece a Política né meu povo? Em julho, é permitido por lei o inicio da campanha eleitoral vincula pelos meios de comunicação. A você, candidato, sorte e coragem de ir contra-maré, mostrar seu valores e que estes sejam o norte de sua campanha, por e para o povo, a nós eleitores, tempo de análise e de compreendermos nossa real posição no cenário político no papel principal, do brasileiro e da brasileira que somos os principais responsáveis por um bom governo escolhido. E eu? Sim, me deliciar com o melhor tempo do ano que vivo a cada 4 anos. Feliz meio de ano meu povo!

Livro D-5, Fls. 200, termo nº 3.270. Faço saber que pretendem se CASAR e apresentaram-me, os documentos exigidos pelo artigo 1.525, inciso I, III, IV e V do Código Civil Brasileiro, os pretendes. JOSÉ BERNARDINHO DOS SANTOS e TEREZA MARIA DA SILVA SILVESTRE. Ele, brasileiro, motorista, divorciado, com 56 (cinquenta e seis) anos de idade, natural de Santa Cruz do Rio Pardo SP, nascido aos vinte e cinco de novembro de mil novecentos e cinquenta e cinco (25/11/1955), residente e domiciliado em Tatuí SP, na Rua Vanda Longanesi Laranjeira, 89 - Jd. Primavera; filho de ELIEZER BERNARDINO DOS SANTOS e ANDRELINA BATISTA DOS SANTOS. Ela, brasileira, aposentada, viúva, com 61 (sessenta e um) anos de idade, natural de Assaí PR, nascida no dia quinze de agosto de mil novecentos e cinquenta (15/08/1950), residente e domiciliada nesta cidade, na Rua Artemio Vieira de Camargo, 43 - Haras do Sul; filha de JOSÉ LIDIO DA SILVA e BENVINDA MARIA DE OLIVEIRA. Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da lei. Lavro o presente para ser afixado neste cartório no lugar de praxe, publicado pela imprensa local e cópia entregue para publicação no Registro Civil de da Residência do Pretendente. Cesário Lange, 27 de Junho de 2012 Mauro Rodrigues Duarte - Substituto. Livro D-6, Fls. 001, termo nº 3.271. Faço saber que pretendem se CASAR e apresentaram ao Oficial do Registro Civil de Tatuí - SP, os documentos exigidos pelo artigo 1.525, inciso I, III e IV do Código Civil Brasileiro, os pretendes. THIAGO BUENO FROLLINI e MARIA PAULA VASCONCELOS DELLAMUTTA. Ele, brasileiro, engenheiro, solteiro, natural de Barra Bonita SP, nascido aos trinta de setembro de mil novecentos e oitenta e dois (30/09/1982), residente e domiciliado em Tatuí SP, na Rua Professora Maria Santinha de Almeida Holtz, n° 220; filho de CONSTANTINO FROLLINI NETO e ANELENA BUENO FROLLINI. Ela, brasileira, dentista, solteira, natural de Tietê SP, nascida no dia oito de outubro de mil novecentos e oitenta e três (08/10/1983) residente e domiciliada nesta cidade, na Rua Pedro Miranda Campos, nº 912 - Centro; filha de OSVALDO LUIZ DELLAMUTTA e IVETE APARECIDA VASCONCELOS DELLAMUTTA. Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da lei. Lavro o presente para ser afixado neste cartório no lugar de praxe, publicado pela imprensa local e cópia entregue para publicação no Registro Civil de da Residência do Pretendente. Cesário Lange, 28 de Junho de 2012 Mauro Rodrigues Duarte - Substituto.


Jornal Aliança - Edição 491  

Cesário Lange

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you