Issuu on Google+


PUBLICAÇÃO

ALIA NÇA ARTES GRÁFIC ASLT DA.

Opinião

Registrado no Cartório de Tít ulos e Document os de Tatuí, sob nº 12216/97

Rua Pedro Miranda Campos, 891 - CEP 18285-000 - Cesário Lange - SP TELEFAX (15) 3246-1132 - e-mail: contato@jornalalia nca.com.br

COLABORADORES

Miguel Arcanjo Corrêa

Geraldo de Camargo Barros, Gilberto Radicce, Isabel de Miranda, João José Corrêa Sampaio, Pe. Luiz Carlos de Oliveira, Luiz de Almeida Marins Filho, Fernando Siqueira e Tiago Miranda.

JORNALIS TA RESPO NSÁVEL REG. MTB - 58.980/SP

Diléa Maria da Silva REDAÇÃO - e-mail: atendimento@jornalalianca.com.br

PÁG. 02 JORNAL ALIANÇA

DOMINGO

Jaqueline Miranda e Dênis Ribeiro

06 DE NOVEMBRO DE 2011

Adilson Ap. da Silva

ASSINATURAS E PUB LICIDADE - e-mail: pu blicidade@jorn alalianca.com.br

Todas as m atérias assin adas s ão de inteira responsabilid ade de seus autores.

FOTOLITOS

Editorial

O Que Vocêé Fala Mais Al to Era uma tarde de domingo ensolarada na cidade de Oklahoma. Bobby Lewis aproveitou para levar seus dois filhos para jogar mini-golf. Acompanhado pelos meninos dirigiu-se à bilheteria e perguntou: - Quanto custa a entrada? O bilheteiro respondeu prontamente: - São três dólares para o senhor e para qualquer criança maior de seis anos. A entrada é grátis se eles tiverem seis anos ou menos. Quantos anos eles têm? Bobby informou que o menor tinha três anos e o maior, sete. O rapaz da bilheteria falou com ares de esperteza: - O senhor acabou de ganhar na loteria, ou algo assim? Se tivesse me dito que o mais velho tinha seis anos eu não saberia reconhecer a diferença. Poderia ter economizado três dólares. O pai, sem se perturbar, disse: - Sim, você talvez não notasse a diferença, mas as crianças saberiam que não é essa a verdade. Sem a consciência que Bobby tinha da importância de sermos verdadeiros em todas as situações do cotidiano, muitos de nós apresentamos uma realidade distorcida aos nossos filhos. Tantas vezes, para economizar pequena soma em moedas, desperdiçamos o tesouro do ensinamento nobre e justo. Desconsiderando a grandeza da integridade e da dignidade humanas, permitimos que esses valores morais sejam arremessados fora, por muito pouco. Nesses dias de tanta corrupção e desconsideração para com o ser humano, vale a pena refletir sobre os exemplos que temos dado aos nossos filhos. Às vezes, não só mentimos ou falamos meias verdades, como também pedimos a eles que con-

firmem diante de terceiros as nossas inverdades. Agindo assim, estaremos contribuindo para a construção de uma sociedade moralmente enferma desde hoje. Ademais, o fato de mentirmos nos tira a autoridade moral para exigir que os filhos nos digam a verdade, e isso nos incomoda. Pensamos que pequenas mentiras não farão diferença na formação do caráter dos pequenos, mas isso é mera ilusão, pois cada gesto, cada palavra, cada atitude que tomamos, estão sendo cuidadosamente observadas e imitadas pelas crianças que nos rodeiam. Daí a importância da autoridade moral, tão esquecida e ao mesmo tempo tão necessária na construção de uma sociedade mais justa e digna. E autoridade moral não quer dizer autoritarismo. Enquanto o autoritarismo dita ordens e exige que se cumpra, a autoridade moral arrasta pelo próprio exemplo, sem perturbação. A verdadeira autoridade pertence a quem já conquistou-se a si mesmo, domando as más inclinações e vivendo segundo as regras de bem proceder. Dessa forma, o exemplo ainda continua sendo o melhor e mais eficaz método de educação. Sejamos, assim, cartas vivas de lições nobres para serem lidas e copiadas pelos que convivem conosco. Diz o poeta americano Ralph Waldo Emerson: "quem você é fala tão alto que não consigo ouvir o que você está dizendo." Em tempos de desafios e lutas, quando a ética e a moral são mais importantes que nunca, assegure-se de ter deixado um bom exemplo para aqueles com quem você trabalha ou convive.

Rapidinhas Muitobarulho Muitos moradores residentes perto da Praça da Matriz reclamam todos os finais de semana do Som alto causado pelos jovens que ali se reúnem. Enquanto isso os jovens que gostam de som alto, reclamam de não poder fazer o que gostam no único lugar da cidade em que as pessoas se reúnem. Parece que está mesmo difícil agradar a todos. Mas será que se a cidade tivesse um lugar apropriado para essa atividade esse problema seria resolvido? Quando se agrada um dificilmente se agrada a todos.

Maistrabalho Parece que o Departamento de obras da Prefeitura Municipal de Cesário Lange vai ter muito trabalho daqui para a frente, quando parar essa chuvarada. Pelo menos no que se tratar de tapaburacos, afinal essa chuva teimosa que caiu durante os últimos dias deixaram muitos buracos pelas ruas. Em alguns lugares eles parecem verdadeiras piscinas, em outros eles são médios e até pequenos, mas estão em todos as ruas e lugares. Haja massa asfáltica para cobrir todos esses estragos em Cesário Lange...

Maispedido

Issoatrapalha

Um dos principais pedidos da população quanto à segurança de nossa cidade é a implantação de uma central única de atendimento que facilite a comunicação entre as viaturas da Guarda Municipal, Polícia Militar, Civil ou mesmo o Conselho Tutelar. Pois em alguns casos, as pessoas não sabem ao certo a quem recorrer ou o número para ligar em uma emergência. Fica aí uma dica. Com uma central única as ligações estariam interligadas facilitando a vida da população. É para se pensar??

É louvável a iniciativa de diversas pessoas em reformar suas casas, ou mesmo de construí-las, porém, essa situação normalmente gera transtornos para os demais moradores, principalmente aos pedestres da cidade, pois, na maioria das vezes, a calçada que deveria servir de passeio público é feita de depósito de materiais de construção. Será que não tem nenhuma lei para previnir esse tipo de situação, fica difícil andar na calçada, com elas ocupadas com areia, tijolos e uma infinidade de entulhos.

Vai aumentar

Pode precisar

Essa semana presenciamos mais uma vez, uma cena que explica todo o problema com o número de cães em nosso município. Um senhor de aparentemente 70 anos de idade e sem consciência nenhuma, parou o seu carro e despejou na rua cinco cães ainda pequenos e saiu como se nada tivesse acontecido. Isso é uma vergonha, além de ser crueldade com os animais ainda irá agravar mais o problema com os cachorros. Pior é saber que essas cenas devam se repetir até que a população tome consciência de seus atos.

Mesmo com o crescente uso de celulares, os telefones públicos continuam sendo usados por muitas pessoas e o maior dever da população é mantê-los conservados e em bom estado. Mas infelizmente isso não vem acontecendo com os orelhões da cidade, pois quase sempre, quando alguém precisa usá-los, eles não funcionam. Isso é um descaso, mas é bom lembrar que ninguém está livre de uma emergência e que qualquer pessoa pode precisar usar o telefone público. Inclusive quem ajudou a quebrá-los.

Continuasuja Muito lixo, sujeira e entulho. É isso que se vê bem embaixo de uma placa onde se lê “Proibido jogar lixo ou entulho” na Rua Almiro da Silva, perto de onde termina o asfalto. Muitas pessoas ainda cobram do poder público melhorias em suas ruas ou até mesmo em seus bairros, numa das mais corretas maneiras de exercer a cidadania. Porém o caso citado acima é um exemplo de que infelizmente ainda existem pessoas que nem ao menos estão interessadas em saber o que é cidadania.

Dóinobolso Já faz três anos que a eleição passou, mas em algumas casas ainda existem propagandas políticas. De acordo com TSE o prazo da retirada das propagandas era até 04 de novembro de 2008, mas parece que para a sorte de alguns, Cesário Lange não está sendo fiscalizada como deveria. Será que os proprietários dessas residências sabem que a lei prevê multa tanto para candidato quanto para o proprietário do local onde fica a propaganda? Deveriam saber afinal são R$ 8 mil, cada mês de atraso, e já se passou quase um ano.


Cidade 0 3

J ORNAL ALIANÇA

DOMINGO, 06 DE NOVEMBRO DE 2011

Lazer

Religião

Centenas de fiéis passaram pelo Cemitério Municipal de Cesário Lange

Santa Casa fará Muitas homenagens e celebrações festa beneficente marcaram o Dia de Finados em dezembro A Beneficência Hospitalar de Cesário Lange estará realizando no mês de dezembro, mais um beneficente à entidade. A programação que vai de 09 a 11 de dezembro conta com diversas atrações. Na sexta-feira (09), o evento começa após a Missa, com rodadas de bingo beneficente, porções, bebidas e animação do Saint Tropez no Salão de Festas de Fes-

Turismo

tas da Igreja Matriz No sábado (10), também, após a Missa o Salão de Festas contará com grande quermesse animada pela Corporação Carlos Gomes de Cesário Lange, além dos tradicionais comes e bebes. No domingo o evento terá início as 14h00 com Leila de prendas vivas ao lado do Salão de Festas. Compareça.

Saudade. Esse foi o sentimento que pode descrever o que se passou pela cabeça de muitos cesariolangeses, que dedicaram uma parte de seu tempo aos seus familiares e amigos já falecidos durante o feriado de Finados. O cemitério da cidade permaneu bastante movimentado durante a quarta-feira (02), principalmente na manhã, em que foi celebrada a Santa Missa no Cemitério Municipal. Orações e demonstra-

ções de carinho, com flores, velas e coroas deixadas nos túmulos, marcaram o feriado, como manda a tradição. A comemoração dos mortos que igreja celebra no dia 2 de novembro, logo depois da festa de todos os santos, que é comemorado no dia primeiro de novembro, é uma comemoração de saudade, para recordar os nossos mortos, mas também de oração pelos mortos.

O dia dos mortos é um dia de respeito, dedicado para que as famílias celebrem a vida eterna dos seus entes falecidos, tendo esperança de que tenham sido recebidos pelo reino de Deus. As missas em memória às pessoas falecidas tiveram sua origem no século IV, mas foi no século seguinte que a igreja passou a consagrar um dia para essa celebração. A escolha da data se deu em virtude do dia de todos os santos,

primeiro de novembro, pois os religiosos acreditavam que todas as pessoas, ao morrerem, entram em estado de graça, mesmo não sendo canonizados. A cultura de dedicar um dia para homenagear os mortos varia muito de localização ou religião, mas segue os princípios do catolicismo, pois a partir do século XI, os papas Silvestre II, João XVII e Leão IX passaram a exigir tal celebração. Por Diléa Silva

Por Diléa Silva

Mavsa contrata novo gerente de treinamento O Mavsa Resort Convention & Spa, localizado em Cesário Lange, no interior paulista agora conta com um novo gerente de treinamento. Paulo Roberto Baron, formado em Administração de Empresas pela Ucis de Caxias do Sul, tem como desafio reestruturar a área de treinamento do resort. O executivo que é ex-docente do Senac Águas de São Pedro, já trabalhou no InterContinental Rio, rede Quatro Rodas, Hotel Glória Rio, Bourbon Cataratas Convention Resort, Meridien Hotel, Rede Tropical, Senac Águas de São Pedro e Naoum Plaza Brasília. "Nos últimos anos a hotelaria teve uma grande expansão, o que exigiu uma qualificação do segmento. A especialização da mão

de obra do setor, não acompanhou o crescimento do número de hotéis, o que fez com que houvesse uma divergência nos serviços tanto das redes como de hotéis independentes", declara. Baron que foi um dos precursores da capacitação hoteleira na Bahia, afirma que todos os setores do hotel precisam estar alinhados. "Em virtude deste aprimoramento o Mavsa Resort nos próximos meses deve passar por um processo de formatação em todas as áreas para melhorar ainda mais o atendimento. Prosseguiremos com os treinamentos já existentes, mas incrementaremos novos cursos com a finalidade de equalizar o atendimento do resort", finaliza Roberto Baron. Por Juliana Albino

Educação

Cesário Lange adere ao Programa Creche Escola

Prefeitura assina convênio para o Bairro Dom Lázaro Na segunda-feira (31), o Prefeito em exercício Ronaldo Pais de Camargo, Dinho, esteve na sede da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social – Seds, em São Paulo, onde assinou um Termo de Adesão ao Programa "Ação Educacional/Estado/Município/ Educação Infantil" - Creche Escola, o qual possibilitará a construção de uma Creche no Bairro Dom Lázaro em Cesário Lange

Paulo Roberto Baron, novo gerente de treinamento do Mavsa Resort

no valor estimado em R$ 1.300.000,00 ( um milhão e trezentos mil reais) e atenderá aproximadamente 150 crianças com idade entre 0 a 5 anos. No evento, estiveram presentes, o secretário Rodrigo Garcia, José Afondo Carrijo representando o secretário estadual de Educação, Herman Voorwald, o secretário estadual de Saneamento e Recursos Hídricos, Edson

Giriboni, além de deputados estaduais e outros trinta prefeitos das regiões de Botucatu, Sorocaba e Vale do Paraíba que também assinaram o termo de adesão. Ao todo 69 municípios, já são adeptos ao programa, lançado em setembro pelo governador Geraldo Alckmin. Angatuba, Areiópolis, Bofete, Itatinga, Pratânia e Torre de Pedra da região de Botucatu; Campina do Monte

Alegre, Cesário Lange, Guareí, Ibiúna, Iperó, São Miguel Arcanjo, Sarapuí e Tapiraí da região de Sorocaba; Arapeí, Areias, Bananal, Cachoeira Paulista, Canas, Cunha, Ilhabela, Lagoinha, Lavrinhas, Lorena, Monteiro Lobato, Natividade da Serra, Piquete, Potim, Queluz, Redenção da Serra, Roseira, Santa Branca e São Bento do Sapucaí da região do Vale do Paraíba foram os municípios convidados para assinar o termo. Creche Escola é um programa realizado entre as Secretarias de Estado da Educação e de Desenvolvimento Social, que tem por objetivo fortalecer e ampliar o atendimento de crianças em Unidades de Educação Infantil. Sobre o Programa O secretário Rodrigo Garcia esteve no dia 26/09, no Palácio dos Bandeirantes, com o governador Geraldo Alckmin e o secretário de estado da Educação, Herman Voorwald,para a assinatura do decreto instituindo o Programa Creche Escola, que será desenvolvido em colaboração entre o Estado e os municípios para ampliar o atendimento a crianças na Educação Infantil. Na primeira etapa do programa, serão atendidas 160 cidades selecionadas com base em critérios de vulnerabilida-de social estabelecidos pela Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade). Por Diléa Silva/ Fonte: Assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Cesário Lange e Secretaria de Desenvolvimento Social.


J ORNAL ALIANÇA

0 4 Cidade DOMINGO, 06 DE NOVEMBRO DE 2011

Cultura

Cesário Lange recebe oficialmente o Hino Municipal em solenidade

Conservatório entrega hinos aos municípios da comarca de Tatuí O Conservatório Dramático e Musical Dr. Carlos de Campos, finalizou a gravação dos hinos da comarca de Tatuí e realizou na quarta-feira, dia 26 de outubro, no Teatro Procópio Ferreira, a cerimônia de entrega das canções. O Prefeito em exercício, Ronaldo Paes de Camargo, (Dinho), esteve na solenidade representando a cidade de Cesário Lange. Na ocasião, os hinos de Cesário Lange, Capela do Alto, Guareí, Poran-gaba, Quadra, Tatuí e Torre de Pedra foram executados

pelo Coro e pela Banda Sinfônica do Conservatório. O projeto da gravação teve início em 2009, quando, na solenidade de posse dos vereadores e prefeitos eleitos no pleito do ano anterior, o diretor executivo do Conservatório, Henrique Autran Dourado, descobriu que a maioria dos municípios da comarca não tinha hinos. Desta maneira, ele propôs que a instituição organizasse e fizesse o arranjo das melodias já existentes para gravá-los. Participaram do projeto os asses-

Saneamento

sores pedagógicos Antônio Ribeiro e Erik Heimann Pais e o diretor administrativo-financeiro, Dalmo Magno Defensor, com a criação, junto com João José de Andrade, do hino de Quadra. “Assim, fica cumprida não a promessa, mas a missão de preparar as cidades da Comarca para a bela festa de diplomação dos eleitos, em 2012. Com pompa e circunstância”, disse Dourado. Desde então, segundo o diretor do Conservatório de Tatuí, o projeto está crescendo e o Conservatório de

Tatuí já produziu o hino da Apamagis (Associação Paulista de Magistrados), lançado em dezembro de 2010, e da Secretaria de Assuntos Penitenciários, o que fez o Secretário de Estado da Cultura, Andrea Matarazzo, encampar a ideia e estimular esse trabalho de forma organizada. “Por que não dizer, eventualmente, para todos os municípios do Estado que não possuem hino. O resto só o futuro dirá, mas foi dada a partida”, concluiu Dourado. Fonte: Assessoria do Conservatório

Secretário de Saneamento e Recursos Hídricos visita a cidade

Edson Giriboni anunciou rede de esgoto para o Bairro dos Costas O Secretário de Saneamento e Recursos Hídricos Edson Giriboni esteve em Cesário Lange na sexta-feira (28), visitando bairros onde estão sendo feitas melhorias na rede de esgoto e que ainda necessitam dessas benfei-torias. Acompanhado do Prefeito em exercício Ronaldo P. Camargo (Dinho), dos Vereadores Antonio Antunes e Aloísio Carlos de Sá e do Gerente da SABESP de Cesário Lange Sr. Valter, o secretário primeiramente visitou o Bairro dos Costa que conta diversas famílias e que pede pela rede de esgoto, lá os moradores receberam a notícia de que já foram iniciados os estudos para a construção da rede, e o projeto já está sendo avaliado pela SABESP, segundo Valter. No bairro o se-

cretário Edson Giriboni, disse que estará fazendo o possível no que lhe compete para que essa obra seja agilizada. Em seguida o Secretário e as autoridades visitam as obras da Rede de Esgoto do Bairro Torninos, obra essa que foi conseguida através dos esforços de Giriboni na Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos, que conseguiu a liberação da verba e hoje proporciona aos moradores do local muita alegria, pois a rede já está quase toda concluída. Em Cesário Lange, o Secretário ainda visitou as dependências da Usina São Francisco acompanhado de sua assessoria e das autoridades municipais. Por Diléa Silva

EDITAL DE PROCLAMAS 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Liv., D-5, Fls. 184, t ermo N.º 3.201. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 F-A-Ç-O saber que pretendem se CASAR e apresentaram-me os docu1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 mentos exigidos pelo art° 1.525 n°s I, III e IV, do Código Civil Brasileir o, os 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 pretendentes. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 EVERTON MIRANDA VENANCIO e DANIELE APARECIDA DA SILVA 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 PAES. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 E l e , b r a s i l e i r o , f r e n t i s t a , s o lteiro, com 24 (vinte e quatro) anos de idade, 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 natural de TatuíSP,nascido nodiase is de abril de milnovecentos e oitentaesete 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 (08/09/1987), residente e domiciliado nesta cidade, na Rua Jaime Ferrarezi, 158 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 - Vila Nova CesárioLange;filho de CELSO VENA NCIO e MARIA DO RO ZARIO 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 MIRANDA VENANCIO. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Ela,bras ileira,ass istente de lider,solteira, com 22 (vinte e dois)anos de 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 idade,natural de Ces ário LangeSP,n ascida no diavinteeoito de março de mil 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 novecentos e oitentas e nove (28/03/1989), residente e domiciliada nesta cidade, 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 na Rua 21 de abril, 921 - Vila do Cr uzeiro;f ilha de OSCAR PAES e ANTO NIA 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 CLARET DA SILVA. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Se alguém souber de algum impedimento, oponha-se na forma da lei. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Lavro o presente para ser afizado neste cartório no lugar de praxe e 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 publicado pela imprensa local. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Cesário Lange, 20 de Outubro de 2011. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Oficial - Mauro Rodrigues Duarte - Substituto. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 _____________________________________________________________________________________________________________ 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Liv., D-5, Fls. 184v t erm o N.º 3.202. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 F-A-Ç-O saber que pretendem se CASAR e apresentaram-me os docu1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 m entos exigidos peloart° 1.525 n°s I, III e IV, do Código CivilBras ileir o,os 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 pretendentes. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 TIAGO DE JESUS AFONSO e CAMILA RODRIGUES DA SILVA. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Ele, brasileiro, pedreiro, solteiro, com 23 (vinte e três) anos de idade, 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 natural de Porto FelizSP,nascido no diavinteetrês de novembro de milnove1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 centos e oitenta e oito (23/11/1988), residente e domiciliado em Porto Feliz, na 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Rua Edga rd de Mora is,35-Jardim São Marcos;filho de ADEMIR APARECIDO 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 JOSÉ AFONSO e EDITE BEZERRA DE SOUZA AFONSO. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Ela, brasileira, estudante, com 17 (dezessete) anos de idade, natural de 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Cerquilho SP,nascida no dia quinze de março de milnovecentos e noventa e 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 quatro (15/03/1994), residente e domiciliada neste município, na Rua Cristino 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Antunes de Miranda,s/n° - Distrito Fazenda Velha;filha de LUIZ RO BERTO 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 RO D RIGUES DA SILVA e GIANE RO DRIGUES DA SILVA. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Se alguém souber de algum impedimento, oponha-se na forma da lei. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Lavro o presente para ser afizado neste cartório no lugar de praxe e 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 publicado pela imprensa local. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Cesário Lange, 24 de Outubro de 2011. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Oficial - Mauro Rodrigues Duarte - Substituto. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 ___________________________________________________________________________________________ 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Liv., D-5, Fls. 184v t erm o N.º 3.203. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 F-A-Ç-O saber que pretendem se CASAR e apresentaram-me os docu1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 m entos exigidos peloart° 1.525 n°s I, III e IV, do Código CivilBras ileir o,os 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 pretendentes. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 IAN MONTEIRO MOTTA OHARA e JAQUELINE RIBEIRO DA SILVA. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Ele, brasileiro, modelista, com 21 (vinte e um) anos de idade, natural de 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 São PauloSP,nascido nodiavinte de março de milnovecentos e noventa (20/03/ 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1990), residente e domicil iado nes ta cidade,na Rua Olavo Vieira de Cam argo, 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 503 - Haras do Sul; filho de FERNANDO PEDRO OHARA e MARIA CLARA 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 M O NTEIRO MO TTA OH A RA. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Ela,bras ileira,dolar,solteira, com 18 (dezo ito)anos de idade,naturalde 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Cesário Lange SP,nascida no dia oito de janeiro de milnovecentos e noventae 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 três (08/01/1993), residente e domicil iada nes ta cidade,na Rua Olavo Vieira de 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Cam ar go, 503 Har as d o Sul ; fi l ha de CILA BEL RIBEIRO DA SILVA e 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 CLAU DETE APARECIDA RIBEIR O. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Se alguém souber de algum impedimento, oponha-se na forma da lei. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Lavro o presente para ser afizado neste cartório no lugar de praxe e 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 publicado pela imprensa local. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Cesário Lange, 25 de Outubro de 2011. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Oficial - Mauro Rodrigues Duarte - Substituto. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 ______________________________________________________________________________________ 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Liv., D-5, Fls. 184v t erm o N.º 3.206. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 F-A-Ç-O saber que pretendem se CASAR e apresentaram-me os docu1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 m entos exigidos peloart° 1.525 n°s I, III e IV, do Código CivilBras ileir o,os 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 pretendentes. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 EDERSON PERES e JESSICA RAQUEL RIBEIRO PAULINO . 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Ele, brasileiro, solteiro, ajudante off-set, com 23 (vinte e três) anos de 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 idade,natural de Andirá SP,nascido nodiavinteetrêsdesetembro de milnove1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 centos e oitenta e oito (23/09/1988), residente e domiciliado nesta cidade, na Rua 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Agenor de Arruda, 223 - Vila Nova Cesário Lange;filho de MIGUEL PERES 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 N ETO e APARECIDA MARILHO PERES 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Ela, brasileira, solteira, operadora de caixa, com 19 (dezenove) anos de 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 idade,natural de ConchasSP,nascida nodi atrintadejaneir o de milnovecentos 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 e noventa e dois (30/01/1992), residente e domiciliada nesta cidade, na Rua Abílio 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Rodrigues de Paula, 488 - Vila Nova Cesário Lange,filha de LUIZ PAULINO e 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 AU TA MARIA TEIXEIRA RIBEIRO LIMA 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Se alguém souber de algum impedimento, oponha-se na forma da lei. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Lavro o presente para ser afizado neste cartório no lugar de praxe e 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 publicado pela imprensa local. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Cesário Lange, 03 de Novembro de 2011. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Oficial - Mauro Rodrigues Duarte - Substituto. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 _______________________________________________________________________________________ 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Liv., D-5, Fls. 185 term o N.º 3.207. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 F-A-Ç-O saber que pretendem se CASAR e apresentaram-me os docu1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 ileir o,os m entos exigidos peloart° 1.525 n°s I, III e IV, do Código CivilBras 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 pretendentes. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 ZAURI APARECIDO FAKRI D O AMARAL e REGINA APARECIDA DOS 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 SANTOS. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Ele, brasileiro, solteiro, motorista, com 31 (trinta e um) anos de idade, 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 natural de TatuíSP,nascido nodi a novedefevereiro de milnovecentos e oitenta 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 (09/02/1980), residente e domicil iado nesta cid ade,na Av. São Paulo, 489 - Vila 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Bras il;filho de ZAURI CASSEMIRO DO AMARAL e MARIA DA GR AÇ A 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 FAKRI. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Ela, brasileira, divorciada, costureira, com 36 (trinta e seis) anos de idade, 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 istaSP,nascida nodiaoito de novembro de milnovecennaturaldeLaranjalPaul 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 tos e setentaequatro (08/11/1984), residente e domicil iada nesta cidade,na Av. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 São Paulo, 489 - Vila Bra s il;filha de ANTO NIO GALVÃO PIRES DOS SANTOS 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 e EVANIRA APARECIDA CORREA D OS SANTOS. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Se alguém souber de algum impedimento, oponha-se na forma da lei. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Lavro o presente para ser afizado neste cartório no lugar de praxe e 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 publicado pela imprensa local. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Cesário Lange, 03 de Novembro de 2011. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 Oficial - Mauro Rodrigues Duarte - Substituto. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234

MAD BENT cachaça Artesanal LTDA ME, CNPJ n°12.355.829/0001-96, torna público que requereu junto a CETESB a Licença Prévia e Licença de Instalação para Fabricação de Aguardente de cana-de-açúcar, sito a Sítio São Francisco - Bairro Mato Seco, zona rural, município de Cesário Lange.

TECNOCAIXA INDUSTRIA E COMÉRCIO LTDA ME, torna público que recebeu da CETESB a Licença de Operação N° 64000271, válida até 10/10/2015, para Tanques e Reservatórios metálicos, sito à Rua Antonio Fakri, 390, Distrito Ind. I, Cesário Lange/SP


Cidade 0 5

J ORNAL ALIANÇA

DOMINGO, 06 DE NOVEMBRO DE 2011

Educação

Educação

Cesariolangense participa da 5ª FETEPS

96 alunos devem Projeto eco-sabão foi levado para participam da a Feira de Tecnologia em São Paulo 7ª OBMEP Mais de 818,5 mil estudantes do ensino fundamental e médio de todo Brasil fazem neste sábado, 5 de novembro, às 14h30, as provas da segunda etapa da 7ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep). Os testes serão aplicados por professores indicados pela coordenação da olimpíada em 8.685 centros, em 5.380 municípios. Participam dessa segunda fase alunos de 39.931 escolas do país. Em Cesário Lange participam 96 alunos. Dezessete da EMEF Gov. André Franco Montoro, trinta e dois da Escola Estadual Aristeu Vasconcelos Leite, dezoito da EMEF Honório Roque de Miranda Torres, dezessete da EMEF Natam da Silva Pires e doze da EMEFEI Orlando Iazzetti. Os participantes da competição devem chegar ao local de prova com 30 minutos de antecedência e apresentar o cartão informativo da Obmep que foi distribuído das escolas e documento de identificação. É necessário levar lápis, borracha e caneta. A prova será realiza nas dependências da Escola Aristeu Vasconcelos Leite, em Cesário Langel. Responderão as questões estudantes do sexto ou do sétimo ano (nível 1) e do oitavo ou nono ano do ensino fundamental (nível 2) e de qualquer série do ensino médio (nível 3). Em três horas, eles devem responder seis questões

Educação

dissertativas, explicar e exibir os cálculos e o raciocínio empregado ao responder a cada item. A divulgação dos resultados está prevista para fevereiro do próximo ano. Projeto de estímulo ao estudo da matemática, a olimpíada envolve estudantes e professores de escolas públicas de todo o país. Para atrair participantes, a Obmep produz e distribui material didático, oferece estágio a professores premiados e indica alunos premiados para participação no Programa de Iniciação Científica Júnior (PIC) — os indicados estudam matemática por um ano, com bolsa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). A Obmep também prepara, a cada ano, cerca de 30 ganhadores de medalhas de ouro para competições internacionais. Promovida pelos ministérios de Ciência e Tecnologia e da Educação, a Obmep é realizada pelo Instituto Nacional de Matemática Pura Aplicada (Impa) e pela Sociedade Brasileira de Matemática (SBM). Este ano, a competição recebeu 18,7 milhões de inscrições de alunos de 44,6 mil escolas dos 26 estados e do Distrito Federal. As provas da primeira etapa foram aplicadas em 17 de agosto. A segunda etapa vai definir os medalhistas de ouro, prata e bronze e as menções honrosas. Por Diléa Silva/ Fonte: OBMEP

O estudante cesariolangense Deivisom Souza, atualmente no 3º semestre do curso de Maio Ambiente da E.T.E.C. Salles Gomes de Tatuí, esteve nos dias 25, 26 e 27, na cidade de São Paulo juntamente participando da 5ª Edição da Feira Tecnológica do Centro Paulo Souza, onde apresentou o projeto Eco-Sabão. Um sabão feito com óleo de cozinha usado e abacate. Junto com ele

estiveram os alunos Gilmar Camargo, Aparecida Isabel e a Professora Orientadora Angela Capelari Renzano. A FETEPS 2011 aconteceu nos dias 25, 26 e 27 de outubro na EXPO - Barra Funda em São Paulo, contando com um espaço para a demonstração e socialização de projetos de pesquisa, produções culturais, serviços e experiências bem sucedidas das escolas técni-

cas e faculdades de tecnologia do Centro Paula Souza, assim como de integração das instituições de educação profissional pública entre de diversos estados do País e de parceiros da América Latina. Passaram pelo local aproximadamente 20 mil pessoas por dia. O evento contou ainda com a presença de autoridades como o Governador Geraldo Alckimin e a Diretora superintendente do

Centro Paula Souza, Laura Laganá. Foram 358 trabalhos expostos, selecionados entre 759 inscritos. Os 273 projetos de estudantes das Etecs foram organizados em sete categorias. Outros 49 foram das Fatecs e 18, de alunos de instituições de educação profissional de cinco países latino-americanos: Argentina, Costa Rica, Peru, República Dominicana e Uruguai. Por Diléa Silva

Educadores tem promoção Geral Comunidade da Campininha realiza nova festa em honra aos padroeiros salarial de 22% Eventos anteriores possibilitaram construção do novo salão de festas Diretora superintendente do Centro Paula Souza, Laura Laganá; Aparecida Isabel Cleto; Governador Geraldo Alckmin e Deivisom Souza.

No quinto dia útil deste mês, 36.285 educadores da rede estadual de ensino receberão aumento de 22,1% sobre o salário-base da respectiva categoria. A promoção é destinada a professores, supervi-sores de ensino e diretores de esco-la que tiveram melhor desempenho na avaliação do Programa de Valorização pelo Mérito, da Secretaria de Estado da Educação. Entre os profissionais contemplados, 35.385 são docentes. A prova foi realizada nos dias 11, 12 e 13 de julho, e contou com cerca de 56 mil participantes. O acréscimo será retroativo a 1º de julho deste ano, e todo o montante, cerca de R$ 54,7 milhões, será pago no próximo dia 8, por meio de folha suplementar, segundo a Secretaria da Fazenda. No processo de promoção deste ano foram seguidos os critérios anteriores à lei complementar nº 1.143/2011, sancionada pelo governador Geraldo Alckmin em julho, cujas normas entram em vigor para as avaliações a serem realizadas a partir do próximo ano. Atualmente, a promoção é concedida a até 20% do contingente de cada classe (o cálculo é feito sobre o total da categoria ou faixa e não apenas sobre o número de profissionais aptos a participarem do exame). Além do resultado da prova, a análise funcional do profissional nos anos anteriores é levada em conta para a ascensão salarial. Entre os fatores considerados estão a assiduidade e o tem-

po de permanência em uma mesma escola. Devido à política salarial que passou a vigorar em julho deste ano, o aumento de 25% aplicado sobre o salário-base vigente até junho corresponde a 22,1% sobre o vencimento atual. Confira lista dos educadores promovidos por meio do Programa de Valorização pelo Mérito. Aperfeiçoamento do mérito A partir de 2012, a promoção pelo mérito deverá incluir,além da prova, outros mecanismos de avaliação de desempenho. A iniciativa de aprimoramento da promoção pelo mérito tem sido debatida com especialistas em educação, como Guiomar Namo de Mello e Felícia Madeira, e as ex-secretárias estaduais Maria Helena Guimarães de Castro e Rose Neubauer. Os critérios de evolução também estão sendo discutidos em uma comissão paritária, formada por representantes da Pasta e de entidades profissionais. As normas a serem implementadas, válidas para os processos de promoção a serem realizados a partir do próximo ano, deverão beneficiar todos os educadores que atingirem a nota mínima na prova de mérito. A lei complementar nº 1.143 ampliou de cinco para oito os níveis de promoção por desempenho e de progressão acadêmica. Entre as mudanças estão a adoção de intervalos de três anos, com aumentos de 10,5% sobre o salário para todos os que atingirem determinadas metas de avaliação, a serem estabelecidas.

Nesse final de semana a comunidade da Campininha está realizando mais uma festa em honra a Deus Pai aos padroeiros São Roque, São Benedito, Nossa Senhora Aparecida e Divino Espírito Santo. A programação religiosa teve início com a celebração da Santa Missa na quinta-feira (03) e também na sexta-feira (04) às 19h30. No sábado a celebração foi realizada aos 19h00 e seguida

de grande quermesse com leilão, comes e bebes e show com o Grupo Gingado Brasileiro. Neste domingo às 16h30 haverá missa na Capela do Bairro e também a tradicional procissão com os andores dos padroeiros, após a procissão segue o leilão com Cido e Zetti, com comes e bebes e show com Grupo Gingado Brasileiro. Toda a renda da festa será re-

vertida em prol à construção do novo Salão de Festas da comunidade. As festas anteriores já possibilitaram uma série de melhorias a Capela do Bairro Campininha e a generosidade da população que participou e participa desses eventos pode ser vista através das estruturas já levantadas do novo Salão de Festas da comunidade, porém esse ainda precisa de uma boa renda para que com o passar

desse evento, o antigo salão seja derrubado e as paredes do novo sejam levantadas. Para isso será necessária a sua colaboração, participando da festa, louvando aos padroeiros e fazendo sua doação, através dos leilões, ou mesmo saboreando os deliciosos comes e bebes que terão a renda de suas vendas revertidas em prol da construção do novo Salão de Festas. Compareça, prestigie e colabore. Por Diléa Silva


J ORNAL ALIANÇA

0 6 Região DOMINGO, 06 DE NOVEMBRO DE 2011

Guareí

Cidade tem Hino Oficial gravado por Coro e Banda Sinfônica

Boituva

Autoridades receberam o Hino em Doaçãodesangue Cerimônia no Conservatório mobiliza mais de 60 pessoas O Prefeito de Guareí José Neves e Vereadores receberam o Hino de Guareí em Cerimonia no Conservatório de Tatuí no ultimo dia 26 de Outubro de 2011, juntamente com as cidades de Capela do Alto, Cesário Lange, Porangaba, Quadra, Tatuí e Torre de Pedra Foi entregue ao Prefeito e Vereadores o Hino de Guareí com o novo Arranjo e gravado pelo Conservatório Dramático e Musical de Tatuí. O Governo do Estado de São Paulo e o Conservatório Dramático e Musical Dr. Carlos de Campos finalizaram a gravação dos hinos da comarca de Tatuí e a cerimônia de entrega será realizada no dia 26 de outubro, às 20h30, no Teatro Procópio Ferreira. Na ocasião, os hinos de Capela do Alto, Guareí, Cesário Lange, Porangaba, Quadra, Tatuí e Torre de Pedra serão executados pelo Coro e a Banda Sinfônica do Conservatório de Tatuí. O projeto da gravação teve início em 2009, quando, na solenidade de posse dos vereadores e prefeitos eleitos no pleito do ano anterior, o diretor executivo do Conservatório, Henrique Autran Dourado, descobriu que a maioria dos municípios da comarca não tinha hinos. Desta maneira,

Bofete

o diretor propôs que a instituição organizaria e faria o arranjo das melodias já existentes para graválos. Participaram do projeto os assessores pedagógicos Antônio Ribeiro e Erik Heimann Pais e o diretor administrativo-financeiro, Dalmo Magno Defensor, com a criação, junto com João José de Andrade, do hino de Quadra. "Assim, fica cumprida não a pro-

messa, mas a missão de preparar as cidades da Comarca para a bela festa de diplomação dos eleitos, em 2012. Com pompa e circunstância", disse Dourado. Desde então, segundo o diretor do Conservatório de Tatuí, o projeto está crescendo e o Conservatório de Tatuí já produziu o hino da Apamagis (Associação Paulista de Magistrados), lançado em dezembro de 2010, e da Secretá-

ria de Assuntos Penitenciários, o que fez o Secretário de Estado da Cultura, Andrea Matarazzo, encampar a ideia e estimular esse trabalho de forma organizada. "Por que não dizer, eventualmente para todos os municípios do Estado que não possuem hino. O resto só o futuro dirá, mas foi dada a partida", concluiu o diretor Dourado. Fonte: Vereador Geraldinho

Cerca de 60 pessoas realizaram doações de sangue em uma campanha realizada pelo Rotaract Club Boituva. A Campanha da Doação de Sangue 2011 ocorreu na manhã de terça-feira, 18, no Rotary Club, em parceria com o Hemocentro de Sorocaba (Colsan). Toda bolsa de sangue pode ser doada para até 5 pessoas, o que to-taliza uma média de 300 pessoas que vão poder ser beneficiadas. Além das bolsas, dezenas de pessoas contribuíram para o cadastro de medula óssea, também feito no local. Cada doador que realizou a doação, recebeu um pequeno coração da campanha e um lanche. Vão receber também, pela Colsan, uma carteira de doador com um exame sanguíneo, gratuitamente.

“É muito importante que o Rotary, ou outra entidade, promova essas ações, que são um trabalho de amor para o próximo, pois cada doação poderá salvar até 5 pessoas”, diz Ronaldo Silva, rotaractiano e embaixador da paz pela Organização das Nações Unidas (ONU). A campanha foi realizada em parceria com as Faculdades Integradas Brasileiras (FIB), Diretório dos Estudantes da FIB e Associação Águia da Castelo. A doação de sangue: Doação de sangue é o processo pelo qual um doador voluntário tem seu sangue coletado para armazenamento em um banco de sangue, ou hemoc-entro, para um uso subsequente em uma transfusão de sangue. Trata-se de um processo importante para o funcionamento de um hospital ou centro de saúde. Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal de Boituva.

Rede Municipal de Ensino realiza projeto diversidade

Projeto está sendo implantado em todas as unidades escolares Foi realizado pela Rede Municipal de Ensino de Bofete o Projeto Diversidade, que está sendo implantado em todas as unidades escolares do município. É um projeto desenvolvido pelos professores de ciências, que iniciou no mês de junho deste ano, e tem como objetivo auxiliar na espontaneidade dos alunos, para facilitar na comunicação com os pais, de modo geral, e em especial sobre a questão das drogas. Também proporciona mobilizar a opinião escolar, mediante campanhas de alerta, onde se trata a difusão dos conhecimentos sobre drogas, fazendo com que conheçam os perigos que a mesma representa para a sociedade. No programa interdisciplinar, envolveu todos os professores da rede de ensino e todas as disciplinas da grade curricular. Assim, numa diversidade de assuntos, onde além de drogas, os alunos

estudaram e discutiram o Meio Ambiente, a Reciclagem, o Folclore, a dança, a Literatura, o Halloween e o Bullying. Tudo isso culminou numa discussão com toda a escola sobre identidade cultural dos nossos alunos e as várias cultu-ras existentes em nosso país e fora dele, onde busca associar as diversas linhas do conhecimento. Com esse trabalho, o projeto visa formar cidadãos críticos e autônomos, que participam do processo social, conscientes de seus direitos e deveres com base no respeito mútuo. No tema Bullying, foi abordado o preconceito, rótulos, discriminação e violência. É inevitável que desde muito cedo, nossas crianças entram em contato com esses discursos negativos. Para que as crianças saibam lidar com essas diferenças, é preciso que tenham familiaridade com a diversidade.

Laranjal Paulista

Universitários estão na batalha contra a Dengue A diretora de educação, Ana Biasi, comentou que os resultados esperados com esse projeto, é que os alunos se tornem mais conscientes sobre os males causados pelo abuso de drogas à vida humana. Que a criança deve sim buscar sempre formas de melhorar a sua qualidade de vida, agin-

do com res-ponsabilidade, preservando a sua maior fonte de felicidade e realização, que é saúde. "Dizer SIM à vida significa estar receptivo a tudo o que o mundo nos proporciona de bom, ser capaz de vencer as pressões negativas da massifi-cação, do consumismo, da corrup-ção, da discriminação, da exclusão e da violência”, ressaltou Ana Biasi Para finalizar a programação, no dia 19/10, os alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental II, assistiram a uma palestra ministrada pelo PM sargento Alcides Cunha, onde foi abordado o tema drogas. A diretoria da escola aproveita a oportunidade para agradecer o sargento Cunha pelo trabalho prestado ao município. Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal de Bofete.

No mês de novembro, a Prefeitura de Laranjal Paulista, através da Secretaria Municipal de Saúde, inicia uma nova campanha de combate e prevenção à Dengue. A ação contará novamente com a mobilização dos universitários laranjalenses, que sairão pelas ruas da cidade conscientizando toda a comunidade sobre a necessidade da prevenção na eliminação dos criadouros do mosquito da Dengue, e dos riscos da doença. Os universitários interessados devem dar o nome para os coordenadores dos ônibus no qual viajam, para que seja encaminhado à Secretaria da Saúde, até a quinta-feira de cada semana. Os participantes terão as horas trabalha-

das registradas e descontadas das necessárias para o recebimento do auxílio que a Prefeitura dispõe para o transporte universitário, conforme estipulado em Lei Municipal. As ações dos universitários com a equipe da saúde acontecerão aos sábados, das 8 às 11h e das 13 às 16h, tendo inicio no dia 05 de novembro. O trabalho de conscientização dos universitários e equipe da saúde enfatizará a população a respeito da eliminação dos criadouros do mosquito da Dengue: todo o tipo de material que possa reter água, como garrafas, vasos, pratos, vasilhas, bacias, pneus, caixa d’água entre outros. Maiores informações a respeito da campanha podem ser obtidas pelo telefone 3283-4600.


Região 0 7

J ORNAL ALIANÇA

DOMINGO, 06 DE NOVEMBRO DE 2011

Conchas

Jumirim

Cidade realiza Conferência dos Direitos da Criança e Adolescente

Prefeitura investe CDMDCA aconteceu no salão do na alimentação Senhor Bom Jesus e São Roque de seus alunos A Secretaria de Educação adquiriu uma batedeira planetária de 12 litros para melhorar o atendimento da Alimentação Escolar, agora poderemos servir bolo mensalmente aos nossos alunos, como já aconteceu na Semana da Criança aonde foi servido bolo gelado, e por sinal muito gostoso. Aproveitando gostaria de parabenizar os nossos padeiros Polaco, Zé e o ajudante Ismael que vêm executando um ótimo trabalho na Padaria, hoje os nossos alunos saboreiam pão temperado bem macio, e também por idéia dos nossos padeiros e aprovação da nutricionista vem recebendo pão doce com coco. OBRAS DACOZINHAPILOTO EPADARIAPILOTOESTÃO EM ANDAMENTO A Secretaria de Educação junto com a atual a administração vem

acompanhando as obras da nova cozinha e padaria piloto que está sendo construída próximo a COHAB I , em parceria com curso de pedreiro do SENAI de Botucatu. As obras já se encontram bem adiantadas, já estamos na fase conclusão da laje e iniciaremos a parte de acabamento. A prefeita espera que a cozinha seja inaugurada no mês janeiro para que a partir do próximo ano as nossas merendeiras possam trabalhar num espaço digno, já que as mesmas são responsáveis pelo preparo da Alimentação Escolar. A Prefeita e o Secretário aproveitam para parabenizar as merendeiras e nutricionista pelo exaustivo trabalho na Semana da Criança, em que elas com prazer e sorrisos preparam o cardápio especial. O nosso muito obrigado a todas vocês. Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal de Conchas.

No dia 20 de Outubro, quintafeira, foi realizada pelo CMDCA de Jumirim, a Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente em Jumirim sediada no Salão de Festas do Senhor Bom Jesus e São Roque. Participaram da Conferência Autoridades Municipais, integrantes do Conselho Tutelar e Câmara Mirim, a Patrulha do Verde e os Munícipes. A Reunião foi fomentada pela Diretora de Promoção Social do Município de Quadra a Sra. Miriam M. Fantazia que explanou Cinco Eixos da Conferência. Em seguida houve um trabalho em grupo, debates para discutir a pauta da Conferência e a eleição do Delegado da Conferência Regional. Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal de Jumirim.

Cerquilho

Projeto “Escola e Família”:

Parceria promove sucesso e coloca Itapetininga a Educação em destaque no Brasil Revólver e pistola são usados em assalto a chácara A Educação de Cerquilho mais uma vez se destaca no cenário nacional. O Projeto “Escola e Família”: uma parceria que promove o sucesso, com objetivo de estimular a participação da família na escola, elaborado pela Secretaria Municipal de Educação e

Às 05h30 de segunda-feira (31), três indivíduos atacaram uma chácara situada às margens da Rodovia Raposo Tavares km 164, Vila Serafim em Itapetininga. Eles estavam armados com revólveres e pistola. Atiraram na porta da casa; em ação contínua, adentraram no local e renderam os moradores: Carlos Rodrigues Furtado, 28 anos e a esposa dele, Vanessa de Oliveira Marcondes de 26 anos.

Os ladrões agrediram o proprietário da chácara com coronhadas no rosto . Os bandidos roubaram: secador de cabelo, celulares, TV 40 polegadas, relógio de pulso, R$ 1.400 em dinheiro e um veículo Celta branco, placa NDG 3340 de Itapetininga-SP. Cabo Cruz e o soldado Neto, ambos da 1ª Cia da Polícia Militar compareceram ao local para registrar a ocorrência. A polícia civil investiga o caso.

Tietê

Cultura, está entre os 20 melhores do Brasil, concorrendo ao prêmio Inovação 2011, concedido pelo Ministério da Educação. Os vinte projetos finalistas serão avaliados, para que os dez melhores sejam premiados. Na última quarta-feira (26), o

prefeito Du Pilon, acompanhado do secretário municipal de Educação e Cultura, Osinaldo de Oliveira e da supervisora Marli De Nadai, recebeu a visita dos avaliadores do MEC, Maria das Graças Galvão e Alexandre Martins. Du Pilon falou sobre a cidade de Cerquilho que recentemente foi divulgada como a melhor do Brasil nos últimos anos como responsabilidade fiscal, social e de gestão. Os avaliadores tiveram a oportunidade de conhecer os trabalhos realizados em salas de aula da rede municipal de ensino, conversaram com professores, diretores e pais de alunos. “Consideramos que a participação e o envolvimento dos pais na vida escolar dos filhos fazem com que estes tenham um melhor desempenho no ensino/aprendizagem e assim haja uma diminuição no índice de retenção e evasão, o que leva ao aumento de

aprovações”, comentou o secretário. Hoje as reuniões da rede municipal de ensino alcançam uma média de 85% de presença de pais e responsáveis, graças a uma visão que oportuniza à comunidade a participação democrática na construção de uma educação de qualidade. “Além disso, procuramos compartilhar práticas pedagógicas, socializar experiência positivas e dificuldades encontradas no trabalho com os alunos, orientar os pais quanto aos seus direitos, deveres e responsabilidades, assim como proporcionar á comunidade local espaços de discussões para que venha ajudar a ampliar a participação deles nas ações escolares”, explicou Osinaldo. Todo esse avanço coloca a cidade de Cerquilho mais uma vez em destaque nacional. É Cerquilho fazendo jus ao slogan “Educação de qualidade é o nosso objetivo”. Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal

Elektro realiza projeto na rede Tatuí Estudantes realizam o plantio de 150 mudas nativas no bairro Santa Adelaide Entre as espécies plantadas estão de ensino cedro rosa, guanandi e outras Uma parceria entre a Elektro e a Prefeitura Municipal de Tietê, através da Secretaria da Educação, está levando às escolas municipais o “Projeto Elektro nas Escolas” que tem por objetivo estabelecer um sistema de cooperação técnica para o desenvolvimento de um programa de capacitação de professores do ensino fundamental básico e do ensino médio, com vistas a disseminar as questões afetas à conservação de energia, eficiência energética e educação ambiental junto aos alunos. Esse projeto reuniu cinco professores de cada escola que passaram por curso de capacitação, para que possam trabalhar com questões que mostrem aos alunos a necessidade e a importân-

cia do uso racional da energia, ampliando seus conhecimentos sobre as diversas formas de energia, sua conservação e suas relações com a sociedade, natureza e a preservação ambiental. Na manhã desta sexta-feira, 28, o convênio foi assinado durante o encerramento dos cursos de capacitação, no Centro Educacional, Histórico e Administrativo “Luiz Antunes”. Na ocasião, o gerente da Elektro, Eduardo Zornoff e o Secretário da Educação, Sulleiman Nicolosi, assinaram o convênio na presença do Analista de Desenvolvimento de Projetos Sérgio Luis Gatti, que foi o monitor do curso de capacitação e também dos professores participantes.

O Departamento de Planejamento Ambiental e Departamento Educação Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e a Secretaria Municipal de Educação realizaram o plantio de 150 mudas de espécies nativas no dia 21 de outubro, no bairro Santa Adelaide com os alunos das EMEF “Prof. José Galvão Sobrinho”, do Jardim Tókio.As espécies plantadas foram: cedro rosa, jatobá, guanandi, angico, mulungu, cabreuva, pau-viola, palmito jussara, uvaia entre muitas outras espécies. O plantio faz parte do Projeto Recuperação de Áreas Degradadas, sob supervisão da técnica ambiental Juliane Maria dos Santos e está inserido na “6ª Semana Municipal de Educação Ambiental”.O interessado em recuperar área florestal em sua propriedade pode entrar em contato com o Departamento de Planejamento Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e se cadastrar no Banco de Áreas. Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal


JORNAL A LIANÇA

0 8 Região DOMINGO, 06 DE NOVEMBRO DE 2011

Pereiras

Praça João Batista da Palma recebe obras de revitalização

A Prefeitura Municipal realizou mais uma revitalização na cidade A Prefeitura Municipal de Pereiras, através da Secretaria Municipal de Obras realizou mais uma revitalização na cidade, desta vez na Praça João Batista da Palma, também conhecida como Nossa Senhora Aparecida. No local, lajotas quebradas foram substituídas, muros consertados, além da limpeza do jardim

e o corte de raízes que estavam deteriorando as calçadas. A obra irá proporcionar melhor infraestru-tura aos cidadãos que freqüentam a praça. De acordo com o prefeito Betinho Silveira, a revitalização torna o lugar mais útil, podendo ser freqüentado por todos moradores. “Os cidadãos pereirenses po-

derão caminhar sem receio de cair ou tropeçar em buracos e poderão usufruir de um ambiente agradável. A revitalização valoriza o espaço utilizado e deixa a cidade mais bonita”, afirmou o prefeito. Além dessa obra, a secretaria de obras realiza outros serviços pelo município como reformas em es-

colas, praças, operações tapa buraco, entre outras. “Diariamente funcionários realizam reparos por todo município, proporcionando bem estar à população. Esse é o compromisso da administração Betinho/ Ticão, transformar Pereiras numa cidade cada vez melhor”, disse Adair Tristão, responsável do Almoxa-rifado. Fonte: Assessoria

Torre de Pedra

Município assina convênio com o “Creche Escola” O Prefeito de Torre de Pedra e mais trinta prefeitos das regiões de Botucatu, Sorocaba e Vale do Paraíba assinaram o termo de adesão nesta segunda-feira (31), na sede da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social - Seds, em São Paulo. Dentre outras autoridades, estiveram presentes o secretário estadual de Desenvolvimento Social, Rodrigo Garcia, e José Afondo Carrijo, representante do secretário estadual de Educação. “Estamos dando o primeiro passo em direção ao anseio de muitos prefeitos, que é a educação em creche. Sabemos que muitos municípios não têm condições de fazer frente a essa de-

manda. Todos os municípios do Estado, até o final de 2014, serão contemplados e os primeiros passos foram dados com os municípios que mais precisam", afirmou Rodrigo. Na primeira etapa do programa, deverão ser atendidas 160 cidades selecionadas com base em critérios de vulnerabilidade social estabelecidos pela Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade). O Programa Creche Escola é realizado entre as Secretarias de Estado da Educação e de Desenvolvimento Social, que tem por objetivo fortalecer e ampliar o atendimento de crianças em Unidades de Educação Infantil.

Quadra

Autoridades participam de audiência Porangaba

Prefeitura inicia mais uma obra de revitalização

Estacionamento do Terminal Rodoviário deverá ser beneficiado A Prefeitura de Porangaba, por meio de seu departamento de obras, iniciou na manhã da última segunda-feira (24/10) a expansão dos trabalhos de recuperação do estacionamento dos ônibus e de parte da saída do Terminal Rodoviário Municipal. De acordo com o prefeito Luiz do Deraldo,

toda a obra será custeada com recursos da própria administração. A prefeitura vai retirar a pavimentação deteriorada, que terá uma nova compactação do subsolo e receberá duas camadas de malha de aço e aplicação de doze centímetros de cimento

usinado. O objetivo é recuperar uma área total de aproximadamente 115 metros quadrados. Segundo Luiz do Deraldo, com esse trabalho, que vem sendo realizado pela equipe de funcionários municipais, a prefeitura pretende sanar de vez o problema no estacionamento do terminal.

“Acredito que com estas obras, os problemas existentes em nosso terminal sejam solucionados, pois o mesmo modelo de recuperação já foi aplicado em outros pontos da cidade, com ótimos resultados”. Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal de Porangaba.

Na tarde de segunda-feira, 10/ 11, o Prefeito Municipal de Quadra, Carlos Vieira de Andrade e a Secretária de Cultura, Esportes, Turismo e Lazer Maria Regina de Oliveira Rodrigues estiveram reunidos em audiência com o Secretário de Estado José Benedito Pereira Fernandes da Secretaria de Esporte,Lazer e Juventude em seu gabinete, onde o Prefeito Carlos solicitou ao nobre recursos na área esportiva para o município(um campinho de areia fechado e iluminado e fechamento com alam-brado de campo municipal), também recebeu o kit de material esportivo do Programa Pintando a Liberdade para o

Projeto Municipal Chute Certo. No mesmo dia também estiveram em audiência na Secretaria de Estado da Cultura com o Assessor Parlamentar João Manoel da Costa Neto encaminhando pedido ao Secretário de Estado Andrea Matarazzo, para aquisição de instrumentos musicais a Fanfarra Municipal e show no Aniversário do Município. Com esses recursos o Prefeito Carlos estará investindo no Lazer, no Esporte e na Cultura para os munícipes de Quadra, que é de fundamental importância para o bem estar do cidadão e sua convivência em sociedade. Fonte: Secretaria de Cultura


Política 0 9

J ORNAL ALIANÇA

DOMINGO, 06 DE NOVEMBRO DE 2011

LEI Nº. 1344/2011 De 24 de Outubro de 2011 “Dispõe sobre a abertura de Crédito Suplementar Adicional e dá outras providências.” Prefeito do Município de Cesário Lange, Estado de São Paulo, no uso das atribuições que lhes são conferidas por Lei, FAZ SABER que a Câmara Municipal aprovou e ele sanciona e promulga a seguinte Lei: Art. 1º - Fica autorizado a abertura de Crédito Suplementar Adicional no Setor de Contabilidade, o valor de R$ 1.796.000,00 (Hum milhão e setecentos e noventa e seis mil reais), nas seguintes dotações orçamentárias.

Art. 2º - O crédito aberto pelo artigo 1º, correrá por conta da anulação parcial das seguintes dotações orçamentárias:

Art. 3º - Ficam alteradas as Leis 1237 de 24/07/ 2009, que institui o Plano Plurianual para o período de 2010 a 2013 e também a Lei 1286 de 20/09/2010 que dispõe as Diretrizes Orçamentárias do Exercício de 2011. Art. 4º - Esta Lei entrará em vigor, na data de sua publicação, retroagindo seus efeitos legais a partir de 03 de outubro de 2011. Cesário Lange, 24 de outubro de 2011. RONALDO PAIS DE CAMARGO Prefeito Municipal em Exercício Publicado no quadro de avisos instalado no átrio do prédio desta Prefeitura Municipal de Cesário Lange e registrado nos livros próprios da secretaria da municipalidade, na data supra. Andréia Cristina Pais Leite Resp/Exp/Secretaria

LEI Nº. 1345/2011 De 27 de Outubro de 2011 “Autoriza o Executivo Municipal a subvencionar a Corporação Musical Carlos Gomes e dá outras providências” Prefeito do Município de Cesário Lange, Estado de São Paulo, no uso das atribuições que lhes são conferidas por Lei, FAZ SABER que a Câmara Municipal aprovou e ele sanciona e promulga a seguinte Lei: Art. 1º- Fica autorizado o Executivo Municipal, a repassar a título de subvenção à Corporação Musical Carlos Gomes, associação de direito privado, sem fins lucrativos, com sede no município de Cesário Lange, à Rua Francisco Ribeiro da Silva, 812-centro, inscrita no CNPJ sob o nº. 45.947.914/0001-48. Art. 2º - A subvenção financeira de que trata o art. 1°, será no valor de R$ 4.500,00 (quatro mil e quinhentos reais), sendo o repasse em 03 (três) parcelas mensais, feitas através de Decreto do Executivo Municipal. Art. 3° - A Entidade beneficiária deverá apresentar programa de trabalho, contendo a forma de aplicação dos recursos concedidos. Parágrafo único - A entidade beneficiária descrita no art. 1º, prestará contas bimestralmente dos recursos recebidos, devendo até 31 de janeiro de 2012, aprestar a prestação de contas consolidada, na forma e nos termos da Instrução n° 2/2008 do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, editada pela Resolução nº 08/2008 de 10 de dezembro de 2008. Art.4º- Para fazer face às despesas decorrentes da execução da presente lei, fica autorizado o setor de contabilidade abrir crédito suplementar adicional na seguinte dotação orçamentária, consignada no orçamento de 2011, a saber: 02.05.03-Departamento de Cultura 133920015.2.036000-3.3.50.43.00 Subvenção a Corporação Musical Carlos Gomes Art. 5º- Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação. Cesário Lange, 27 de Outubro de 2011. RONALDO PAIS DE CAMARGO Prefeito Municipal em Exercício Publicado no quadro de avisos instalado no átrio do prédio desta Prefeitura Municipal de Cesário Lange e registrado nos livros próprios da secretaria da municipalidade, na data supra. Andréia Cristina Pais Leite Resp/Exp/Secretaria

LEI Nº 1347/2011 De 27 de Outubro de 2011 Autor: Vereador Aloísio Carlos de Sá – PPS “Denomina via pública do Distrito da Fazenda Velha, localizado neste município e dá outras providências” Prefeito do Município de Cesário Lange, Estado de São Paulo, no uso das atribuições que lhes são conferidas por Lei, FAZ SABER que a Câmara Municipal aprovou e ele sanciona e promulga a seguinte Lei: Art. 1º - Fica denominada a viela sem saída da Rua Antônio Gonçalves de Medeiros, localizada no Distrito da Fazenda Velha, de Viela “José Irineu Falcão. Parágrafo Único – A placa indicativa da via pública ora denominada constará a inscrição: Viela “José Irineu Falcão” Art. 2º - O Poder Executivo adotará as providências necessárias para colocação da placa indicativa de denominação. Art. 3º - As despesas decorrentes da execução da presente lei correrão por conta das dotações orçamentárias consignadas no orçamento vigente. Art. 4º- Esta lei entrará em vigor na data da sua publicação. Cesário Lange, 27 de Outubro de 2011. RONALDO PAIS DE CAMARGO Prefeito Municipal em Exercício Publicado no quadro de avisos instalado no átrio do prédio desta Prefeitura Municipal de Cesário Lange e registrado nos livros próprios da secretaria da municipalidade, na data supra. Andréia Cristina Pais Leite Resp/Exp/Secretaria


1 0 Esportes

J ORNAL ALIANÇA

DOMINGO, 06 DE NOVEMBRO DE 2011

Futebol

Meninos de Tietê garante classificação em 3 categorias na final

Futebol

Escolinha de futebol faz bonito no Morro Vermelho Campeonato estadual 2011 vence com outra goleada A escolinha de futebol do C.T. “Meninos de Tietê” / Comercial fez história ao conseguir classificação com as três categorias para final da fase regional do campeonato estadual 2011. A equipe dentão ( nascidos em 1995 e 1996) precisaram de duas partidas para chegar a grande final. No sábado em jogo válido

Handebol

pela quartas de finais vitória por 1 a 0 diante da equipe de Itaí com gol de Dionatan Queiroz. No domingo pela semifinal foi a vez de enfrentar a equipe de Itapetininga que se despediu do campeonato sendo derrotado por 4 a 0 com Dionatan Queiroz 3 vezes e Bruno sendo os autores dos gols Tieteenses, agora o adversário na

final será a equipe de Itu. Já na categoria Dente de Leite (1997 / 1998) passou direto pela quartas de finais e foi logo para semifinal onde enfrentou a equipe de Itaí, garantiu a classificação para final na vitória por 2 a 1 com Vinicius (carreirinha) e Felipe marcando os gols Tieteense. O adversário da final será a equipe

de Cerquilho. Já na categoria dentinho ( nasc. 1999 / 2000) foi a partida mais emocionante do dia ao vencer nos pênaltis a equipe do Clube de Campo de Tatuí. Como aconteceu com o Dente de Leite também a equipe Dentinho foi direto para semifinal, logo no começo da partida ficou atrás do placar mas com muita força de vontade a equipe que representa Tietê não desanimou e foi pra cima do adversário empatando a partida com Caio Bussanra Vidotto . A escolinha “Meninos de Tietê” ainda teve um gol anulado erradamente pelo árbitro da partida, gol este que até o próprio adversário disse que foi legitimo. Nos pênaltis vitória para a equipe Tieteense por 4 a 2 e classificação para grande final onde enfrenta a equipe de Itapeva. As partidas das finais acontecem neste sábado 05 de novembro no campo do ginásio Acácio Ferraz à partir das 9h00. A escolinha de futebol do C.T. “Meninos de Tietê” / Comercial convida a todos para irem assistir e torcer pelo futuro do futebol Tie-teense. Por Juliano

Cadete conquista o título em cima de Vinhedo

Equipe de Tietê sagrou-se campeã da série prata ao vencer Vinhedo A equipe Tietê Handebol, sagrou-se campeã cadete da série prata ao vencer na final a equipe de Vinhedo por 37 X 26. As finais aconteceram na cidade de Campo Limpo Paulista no dia 27/ 10. A equipe cadete é formada por meninas de até 16 anos, são elas: Larissa, Mariana, Lidiane, Carla, Ana Lucia, Giovana, Milena, Julia Oliveira, Julia Calazans, Natália Oliveira, Nathalia Cruz, Mirela, Pietra e Letícia. As equipes do handebol de Tietê são mantidas pela prefeitura através da secretaria de esportes e tem o patrocínio de Refrigerantes Xereta. Por Fábio

Futebol

Bico sofre com a sua segunda derrota

2ª rodada da Copa Laranjal segue com competições acirradas Pela 2ª rodada da Copa Laranjal de Futebol com realização e organização da L.L.F e SEJEL com apoio da prefeitura municipal e cobertura total da WebTV Dinesportes, aconteceu no domingo (30/10) somente um jogo, sendo entre o Bico x Morro Vermelho. O primeiro jogo que aconteceria entre as equipes da VAEL x Maristelense, não foi realizado pelo trágico falecimento de Felipe, amigo dos atletas da equipe da Maristelense. No entanto o jogo foi cancelado e transferido para a última rodada. No único jogo da tarde fresca e chuvosa, o líder Morro Vermelho venceu o Bico por 2x0, com gol marcados marcados somente no segundo tempo com Renatinho aos 27’00 e Carlinhos já nos acréscimos aos 48’00. Com a vitória o Morro segue com 100% de aproveitamento, já o Bico conheceu a sua segunda derrota. O Morro lidera o seu grupo com 6

pontos ganhos e 1 jogo a mais. O Estica é o segundo colocado com 3 pontos e um jogo a menos que o Morro e a Maristelense vem na terceira colocação ainda sem jogo pelo grupo B. Já no grupo A o

Ferroviário é o primeiro colocado com 0 ponto e 2 gols de saldo. Em seguida o Bico também com 0 ponto e -6 gols de saldo. Na terceira colocação a VAEL que também como a Maristelense não

estreou ainda no certame. Confira abaixo a próxima rodada. Domingo 06/11 14h30 - Ferroviário x Maristelense 16h10 – Estica x VAEL Fonte: Dinesportes

O E.C. Morro Vermelho realizou mais um amistoso no sábado, dia 29 de outubro, enfrentando a equipe do Bico de Laranjal Paulista no estádio Silvio Bordignon. O Morro Vermelho jogando em casa, e dominando a partida desde o inicio, fazendo 4x0 no primeiro tempo e com mais 4 gols no segundo tempo, conseguiu uma grande goleada por 8x0. Os gols foram marcados por Douglas

Futebol

(3), Paulinho(2), Julio Cesar Vicente (2) e Willian. O Morro Vermelho volta a jogar no próximo sábado contra o Água Branca de Boituva no campo do Morro Vermelho. O Morro Vermelho entrou em campo com a seguinte escalação: Neizão, Bruninho (Andre Felipe), Jú, Merenda e Sorriso (Julio Vicente), Djalma (João Pilon), Willian, Felipe Carniel e Rodrigo(Paulinho), Douglas e Fernandinho. Por Reginaldo

Laranjal Paulista realiza passeio Ciclístico No próximo dia 06 de novembro, a prefeitura de Laranjal Paulista e a Bicicletaria Santa Terezinha, realizam mais um grande e divertido Passeio Ciclístico pelas ruas da cidade. O evento começa às 9h30, com saída do Estádio Municipal Acácio Luvisotto, contando com a animação do Ministério Anunciar, apresentação de freestyle, e ações de conscientização sobre Dengue e trânsito. Haverá também o sorteio de bicicletas e premiação para a bike mais enfeitada. As inscrições podem ser feitas na Bicicletaria Santa Terezinha e nas Secre-

tarias Municipais de Esporte e de Cultura, com a doação espontânea de 1 quilo de alimento não perecível, que será doado ao Fundo Social de Solidariedade de Laranjal Paulista. Maiores informações podem ser obtidas pelos telefones 3283-2673, 32831275 e 3283-4308. Participe!

LEI Nº 1346/2011 De 27 de Outubro de 2011 Autores: Vereador Aloísio Carlos de Sá – PPS e Antônio Antunes Sobrinho - PSC “Dispõe sobre denominação de Escola Municipal de Ensino Fundamental que especifica e dá outras providências” Prefeito do Município de Cesário Lange, Estado de São Paulo, no uso das atribuições que lhes são conferidas por Lei, FAZ SABER que a Câmara Municipal aprovou e ele sanciona e promulga a seguinte Lei: Art. 1º - Fica denominada de “EMEF - Prof.ª Sônia Maria de Campos Sperândio”, a nova Escola Municipal de Ensino Fundamental localizada no Bairro dos Torninos, nesta cidade de Cesário Lange. Parágrafo Único – A placa indicativa da escola ora denominada constará a inscrição: “EMEF - Prof.ª Sônia Maria de Campos Sperândio” Art. 2º- O Poder Executivo adotará as providências necessárias para colocação da placa indicativa da denominação. Art. 3º - As despesas decorrentes da execução da presente lei correrão por conta das dotações orçamentárias consignadas no orçamento vigente. Art. 4º- Esta lei entrará em vigor na data da sua publicação. Cesário Lange, 27 de Outubro de 2011. RONALDO PAIS DE CAMARGO Prefeito Municipal em Exercício Publicado no quadro de avisos instalado no átrio do prédio desta Prefeitura Municipal de Cesário Lange e registrado nos livros próprios da secretaria da municipalidade, na data supra. Andréia Cristina Pais Leite Resp/Exp/Secretaria


Opinião 1 1

J ORNAL ALIANÇA

DOMINGO, 06 DE NOVEMBRO DE 2011

Motivação

Luiz Almeida Marins Filho

Por que ou “para que?” Quando alguma coisa, boa ou ruim; agradável ou desagradável; alegre ou triste e, principalmente quando algo negativo acontece em nossa vida, temos a tendência de perguntar “por que isso está acontecendo comigo?” Queremos uma explicação dos motivos com a pergunta “por que?” Ficamos o tempo todo buscando uma causa e quase sempre nos achamos injustiçados: “eu não merecia isto!” Conheço pessoas que acabam se revoltando contra tudo e até mesmo contra Deus quando

alguma coisa desagradável e inesperada ocorre. Temos que compreender que ninguém está livre de acontecimentos desagradáveis. Temos que ter a inteligência e o bom senso de entender que imprevistos acontecem e em vez de perguntarmos o tempo todo “por que?”, deveríamos buscar aprender com os acontecimentos nos perguntando “para que?” e tirar lições que existem em meio aos acontecimentos da vida - sejam eles agradáveis ou desagradáveis, bons ou

ruins como comentamos acima. Perguntando “para que?” em vez de “por que?” dirigiremos nossa mente para buscar as lições escondidas nos acontecimentos. Assim, abriremos nosso coração para mudar o que deve ser mudado e muitas vezes evitaremos a repetição de acontecimentos indesejáveis, permitindo que apenas as coisas boas se repitam em nossa vida. Não devemos, portanto, perguntar “para que?” somente nos acontecimentos ruins e nos mo-

Jornalista Fernando Siqueira 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 mentos tristes. Devemos fazer essa mesma pergunta em nosso sucesso, em nossas conquistas. Ao perguntarmos “para que?”, talvez descubramos o quanto as pessoas mais necessitadas precisam de nós; o quanto temos e que podemos ajudar aos que menos têm; ou o quanto devemos ser agradecidos às pessoas que nos ajudaram. Pense nisso. Pergunte “para que?” em vez de “por que?”. Sucesso!

Nova visão

Rui Ramos Terra

Cuide de você e seja bastante feliz Diz uma lenda que um homem foi levado a uma sala onde estavam guardados preciosos “Livros da Vida”. Mas para chegar a essas preciosas obras, era preciso convencer os seguranças para permitir a sua entrada e ali ter acesso ao seu destino e modificá-lo a sua maneira. Ele conseguiu a sua entrada, e o segurança disse: “Te dou 5 minutos”, de permanecia neste local. O homem ficou radiante, afinal era tempo suficiente para mudar a sua história de vida que estava escrita naqueles livros.

Porém, ele se preocupou primeiro em encontrar o livro onde tinha a vida do seu inimigo. Rapidamente, apagou as coisas boas e escreveu nestes somente coisas ruins. Depois, foi em busca do seu livro e se animou, porque chegara a hora de escrever neles somente coisas alegres e virtuosas. Mas mal tocou nele o segurança disse: “O seu tempo acabou! Eu te dei cinco preciosos minutos para você transformar a sua vida e você não soube aproveitá-los, preferindo se preocupar mais com a vida dos

outros do que com a sua própria vida. Vá embora já.” Esta sala e os livros não existem, já a atitude do homem de se preocupar com a vida alheia... Isso é tão corriqueiro. Vigie apenas os teus atos, sua vida e sua maneira de respeitá-la, porque é isso que lhe cabe de direito. Ninguém irá realizar os seus sonhos ou suprir gratuitamente as suas faltas. Só você pode fazer algo para si e reescrever a sua própria história. Dedicar o seu precioso tempo à cuidar da vida do “vizinho”, não

Refletindo

(o)a levará a lugar algum. A partir de hoje passe a refletir sobre o que você acaba de ler. Veja que não é bem isso que você quer para a sua vida. A sua parte e os seus compromissos estarão cumpridos se você cuidar pessoalmente deles. Agora se você ficar bisbilhotando e olhando a vida dos seus colegas de trabalho, parentes e vizinhos, continuará a reclamar da vida, ser intolerante e sendo mais um(a) paciente num hospital ou Unidade Básica de Saúde (UBS) da sua cidade. Fique com Deus.

Pe. Luiz Carlos de Oliveira

Geração dos que O procuram Um mundo de santos Gastamos mais tempo em reclamar dos problemas e dificuldades do mundo do que em perceber suas belezas e riquezas. Mesmo vendo suas grandes maravilhas, nos esquecemos da metade de sua realidade, a vida espiritual. Todos têm um mundo de riquezas espirituais. Por mais frágeis que sejamos e, mesmo malvados, há em nós uma faísca divina. É triste ver pessoas preparadas serem tão ignorantes sobre as coisas espirituais. Um cientista sem Deus é um perigo. É preciso ser sábio. Não são tão preparadas assim, pois desconhecem o que de muito rico somos. Podemos não reconhecer aDeus como Pai, mas Ele nos reconhece a todos como filhos: “Vede que grande presente de amor o Pai nos deu: de sermos chamados filhos de Deus. Em nós o somos! Se o mundo não nos conhece é porque não conheceu o Pai” (1Jo 3,1). Deus não tem filhos que não o podem chamar de Pai. Que maravilha é o amor de Deus! Isso nos faz santos mesmo quando somos pecadores. Há um modelo de santidade muito bonito ao qual tantos correspondem. Mas fomos nós que o fizemos. Deus tem o seu. Cada filho seu é maravilhoso. O amor do Pai por nós liberta-nos de todos esses modelos, pois o colo do Pai tem lugar para todos. Sendo assim, qual é a missão de quem crê em Deus e em Seu Filho Jesus Cristo? O que fazemos como cristãos que prezam este nome? Anunciar as maravilhas de Deus que todos somos filhos e dar testemunho de como se vive a resposta deste amor tão grande. Por isso todos somos santos na medida de Deus e com esfor-

ço de fazer nossa medida. Da parte de Deus nada nos falta. Jesus olha cada um de nós, como olhou o jovem rico e nos ama. Não se manifestou ainda o que seremos, mas quando se manifestar, seremos semelhantes a Ele, porque O veremos tal como Ele é” (1Jo 3,2). Celebrar a festa de Todos os Santos não é somente lembrar todos os habitantes do Céu, mas também todos os que procuram ir para essa sua casa própria. Os que se debatem contra Deus, não o fazem contra Ele, mas contra certas caricaturas que fazemos dele. Se brigam com Deus é porque crêem que Ele existe, senão não iriam perder tempo de brigar com o vento. Santidade de pé no chão Santo Afonso diz que muitos colocam a santidade em orações, penitências, jejuns etc... mas toda a santidade consiste em amar Jesus Cristo. O amor é quem modela todas as atitudes do cristão. Sem isso, não podemos ser cristão autênticos. E Jesus, muito prático, mostra o que significa esse amor através do discurso da Montanha: ser pobre de espírito, aflito pelo bem, mansos, famintos e sedentos de justiça que vem de Deus, misericordiosos, puros de coração, promotores da paz, perseguidos por causa da justiça; Estes podem exultar. Tudo isso podemos fazer. Neste caminho nós podemos fazer tantas coisas na simplicidade e na caridade. Às vezes ensinamos tantas coisas estranhas e esta fica fora. Pastoral da santidade O Concílio nos trouxe muitas verdades, que mesmo sendo antigas, foram obscurecidas por ide-

ologias dentro da Igreja. Afirma que todos podem e devem ser santos em qualquer estado de vida que estejam. Se ser santo era copiar em si modelos de santidade esteriotipados. Agora podemos criar nosso modelo aprendendo dos antigos não como faziam, mas com a intensidade de seu amor a Jesus Cristos, pela Igreja na caridade. As ordens religiosas e os santos se dedicavam ao socorro dos pobres, dos abandonados. No coração da Igreja puderam viver o Evangelho e levar adiante a mensagem de Jesus Leituras: Apocalipse 7,2-4.-4; Salmo 23; 1João 1-12ª; Mateus 5,112 Homilia da Solenidade de Todos os Santos (06.11.11) 1.Além das dificuldades do mundo temos que ver suas belezas. Há cientistas que negam Deus e o espiritual. Negam a metade do homem. Não são sábios. A beleza maior é sermos filhos de Deus. Cada um é filho de Deus. Todos temos a faísca de Deus. Foram criados modelos para a santidade. São belos, mas Deus é quem dá a medida. No colo do Pai tem lugar para todos. Nossa missão é anunciar este amor e mostrar como vive-lo. 2.Todos podem ser santos na situação em que vivem. A santidade consiste em amar Jesus Cristo. Jesus mostra que, vivendo as bem-aventuranças, seremos como Ele e faremos seu caminho na simplicidade e na caridade. 3. O Concílio ensina que todos são chamados à santidade. É um pensamento antigo, mas obscurecido pelas ideologias. Não copiamos o modo de ser santo dos antigos, mas a força e a disposi-

Via Planalto

ção de seguimento e de caridade para com os necessitados. Viver o Evangelho, na Igreja e levar avante a mensagem de Jesus. O santo caiu do altar Às vezes, quando temos muitos aniversários, fazemos uma festa para todos de uma só vez. Assim também é a festa de Todos os Santos. Comemoramos de uma só vez todos os santos que não estão no calendário. Queremos, com esta festa, lembrar todos os habitantes do Céu. É uma festa de família, pois reunimos todos da família de Deus. Que diferença têm esses santos que não estão no calendário e os que celebramos festivamente, fazemos igrejas com seus nomes, prestamos o culto devido? Na base, nenhuma. A diferença está nisto: os que estão no Cânon, isto, na lista dos santos, foram reconhecidos pela Igreja e são colocados como modelos. Não fala que os outros não são. Há “canonizados”, (canonizar significa colocar na lista dos santos). O povo de Deus reconheceu sua santidade e a Igreja sancionou. A santidade está no coração do que ama Deus. Ele dá a seus filhos participação. J esus nos dá o caminho para sermos cidadãos do Céu: As bemaventuranças. Elas são o jeito de ser o que Jesus quer de nós, pois Ele era assim: humilde, pobre, preocupado com os outros, com a justiça, misericordioso, puro de coração, promotor da paz. Engraçado! A gente fala de tantas coisas para ser santo, mas não fala do caminho de Jesus. Não precisamos estar no altar para ser santo, é preciso ter o altar dentro de nós, isto é Jesus.

123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 CONFIABILIDADE – OsíndiAGORA PARA VALER SUS123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 ces de confiança de um povo PENSÃO DACARTA DE MOTO123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 servem para medir a temperaRISTA – Câmara fixa o prazo de 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 t u r a soc i al d o paí s . Um a pe squ i 12 meses para suspensão da 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 sa nessa direção elaborada reCarteira de Motorista, pelo Pro123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 centemente pelo IBOPE mostra jeto de Lei 5453/01, do Senado, 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 q u e a i n s t i t u i ç ã o f a m í l i a é a m a i s que altera Código Trânsito Bra123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 c o n f i á v e l , e n q u a n t o o s p a r t i d o s sileiro (Lei 9.503/97) para deixar 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 políticos e instituições financei- claro que será aplicada a pena 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 r as estão na ponta contrária, são de suspensão do direito de diri123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 menos confiáveis. Os governos gir ao condutor que atingir o 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 – federal e municipal – também prazo de 12 meses, a contagem 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 acusam queda, somente a pre- de 20 pontos em infrações. A 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 s i d e n t e D i l m a , i n spira confiança proposta segue para sansão pre123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 d e 7 1 % d a s o c i e d a de brasileira. sidencial. 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 O Congresso Nacional, princi123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 palmente, a Câmara dos DepuISENÇÃO DE PEDÁGIO – A 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 tados, teve uma queda na ponComissão de Viação e Transpor123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 t a , p o r c a s o d o v o t o s e c r e t o . E s s e tes aprovou no final de agosto 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 é o r e t r a t o d o B r a s i l . A s o c i e d a deste ano, o Projeto de Lei 1023/ 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 de em geral está decepcionada e 11, do deputado Esperidião 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 s e d i s t â n c i a d a e s f e r a p o l í t i c o Amim/SC, que isenta de paga123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 partidária, devido à impunidamento de pedágio os motoris123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 de.Abrigando-senoseio do lar, tas que moram ou trabalham 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 na esfera dos amigos. A Igreja e no município onde se localiza a 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 Forças Armadas estão entre as praça de cobrança. A proposta 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 instituições mais prestigiadas. O altera a Lei 9.277/96, que autori123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 sistema de saúde foi o que apre- zou a repassar trechos de rodo123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 sentou maior queda. E até o Ju- vias federais para estados e mu123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 diciário baixou a pontuação, per- nicípios. A aprovação foi pedida 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 dendo pontos de confiabilidade. pelo relator da matéria, deputa123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 Esse é o Brasil que ainda precisa do Edinho Araújo/PMDB-SP. A 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 m elhorar. saída tem sido a aprovação de 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 leis municipais isentando a po123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 AUMENTA A IMPENHORApulação da tarifa. Com uma lei 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 BILIDADE SOBRE IMÓVEIS – federal, a situação é resolvida 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 A Câmara amplia através do para todos os casos. 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 Projeto de Lei 987/11, do depu123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 tado Carlos Bezerra/MT,que PROJETO DEFINE LIMITE DE 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 impede a penhora mesmo que DÍVIDA – A Comissão de De123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 não seja utilizado como residên- fesa do Consumidor aprovou na 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 cia própria pela família. A pro- Câmara, no fim de setembro, o 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 posta altera a Lei 8009/90, que Projeto de Lei 786/11, do depu123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 assegura a impenhorabilidade tado André Moura/SE, que es123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 do bem de família por lei. Essa tabelece que o prazo de prescri123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 Lei foi assinada pelo então atual ção à cobrança de dívida do con123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 senadorJoséSarney,quandofoi sumidor tem inicio na data do 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 presidente da República e tinha vencimento da dívida. O proje123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 com o ministro daJustiça, Dr. to proíbe qualquer atualização 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 Saulo Ramos, salvou muitas fa- após esta data. Atualmente, o 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 mílias da ganância dos bancos. Código do Consumidor, Lei 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 Ela veio e tranqüilizou todo ci- 8.078/90, estabelece que seja 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 dadão golpeado pelos planos de proibida a manutenção do re123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 governo na época. Toda dívida gistro do consumidor nos servi123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 contraída pelos cônjuges ou pe- ços de proteção ao crédito de 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 los pais ou filhos que sejam pro- qualquer dívida, após cinco 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 p rietário ou nele residem, o imó- anos. O código não especifica de 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 vel único não pode responder maneira clara se a contagem do 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 p o r q ualquer tipo de dívida. O prazo de prescrição começa a 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 Projeto do deputado Carlos Be- valer na data do vencimento do 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 z e r r a , e l imina duas das setes ex- débito ou na data em que ele é 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 c e ç õ e s p r e vista na lei anterior e registrado nos serviços de pro123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 proíbe a penhora para execução teção ao crédito. Não valerá mais 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 d e h i p o t e c a sobre o imóvel ofe- o registro lançado de juros so123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 recido como qualquer garantia bre o valor mensalmente como 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 ou para cumprir obrigação de- forma de “renovar” a data de 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 c o r r e n t e d e c o n t r a to de locação. inscrição da dívida, assim eterni123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 O p e s s o a l d a á r e a jurídica tenta za a negativação do consumidor 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 sempre burlar a Lei 8009/90, no e afronta a Constituição e Códi123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 entanto esbarram no julgamen- go Civil artigo 206, parágrafo 5º 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 t o d o STF, a ond e sã o barrados. impedindo a prescrição por lei. 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212



Jornal Aliança - Edição 459