Page 1

ESCOLA SECUNDÁRIA / 3º CICLO DE ERMESINDE RELATÓRIA DA ACTIVIDADE VISITA DE ESTUDO A BARCELONA 14, 15, 16 e 17 de Abril de 2010

A visita iniciou-se com a concentração de todos os participantes no Aeroporto Francisco Sá Carneiro às 7:00 horas do dia 14. Após o cumprimento de todas as formalidades, embarcamos no avião tendo prosseguido a viagem segundo o horário estipulado. À chegada ao Aeroporto de Girona aguardava-nos o autocarro que nos levou até ao Hotel onde chegamos às 13:00 horas.

Passeio, passeios, passeamos…

1


À chegada ao Hotel deparamo-nos com duas situações que nos deixaram preocupados: a primeira foi a fraca qualidade das instalações; a segunda, a indisponibilidade para nos alojar no momento. Estavam a decorrer obras nos quartos e só estariam terminadas ao final da tarde, princípio da noite. Pedimos um local para guardar as bagagens e fomos almoçar. Entramos então em contacto com os professores Fernando Alves e Augusta Medeiros que se encontravam em Portugal, transmitindo as nossas preocupações. Estes entraram em contacto com a agência de viagens para que nos resolvessem este problema. No final da tarde recebemos a informação que não iríamos ficar neste Hotel mas noutro, com excelentes condições, situado na periferia de Barcelona. Devido à sua localização, tivemos à nossa disposição um autocarro que nos transportou todos os dias do Hotel até ao centro da cidade, da parte da manhã, e nos levou de volta à noite.

Durante os quatros dias da visita, o programa que tínhamos estabelecido decorreu conforme planeado, segunda consta no Roteiro que segue em anexo.

Passeio, passeios, passeamos…

2


No último dia da estadia, 17 de Abril, depois de visitarmos o Museu-Teatro Dali, em Figueres, como previsto, deslocamo-nos para o Aeroporto de Girona onde iríamos proceder ao embarque. Quando entramos, fomos confrontados com a informação que o nosso voo tinha sido cancelado devido à nuvem vulcânica oriunda do vulcão Eyjafjallajökull. Depois de algum tempo de incertezas quanto à possibilidade do voo se realizar ou não nesse dia ou no dia seguinte, surgiu a confirmação que não haveria voo nos próximos dias. Entretanto os pais e os professores que nos foram acompanhando em Portugal, ficaram ao corrente da nossa situação e foram dando sugestões e tentando arranjar soluções. Depois de recolhidas informações decidimos tentar contratar um autocarro no local para nos levar até casa. Os nossos telefonemas foram inúteis pois era Sábado à noite e todos as agências de transportes estavam encerradas. O Sr. Ribeiro, pai da Francisca Ribeiro do 10º M, prontificou-se a contactar um dos donos da Pacense para arranjar um autocarro. Passados cerca de trinta minutos recebemos a confirmação de que teríamos um autocarro no dia seguinte ao início da tarde. Passada esta preocupação, passamos ao problema de alimentar 52 alunos, muitos já sem dinheiro, num local com apenas um pequeno restaurante de aeroporto com preços elevados. Entre todos tudo se resolveu. Entre improvisações, espírito criativo e muito boa disposição, a noite foi passando entre o dormir e o acordar, entre o chão e os bancos do aeroporto. Todos demonstraram uma adaptação extraordinária às circunstâncias pouco favoráveis sem que ninguém tenha reclamado. No dia seguinte, às 16:00 horas, chegou o autocarro que nos levaria até casa. Chegamos à Escola às 7:00 horas do dia 19 de Abril, extremamente cansados, cheios de sono, com duas noites seguidas sem ver uma cama mas com uma satisfação enorme por termos visitado uma cidade extraordinária, criado profundos laços de amizade e nunca termos desistido nas adversidades que surgiram.

Os nossos “jantares”

3


Participaram nesta visita 52 alunos das turmas 10ºL, 10ºM, 11ºJ e 12ºI do Curso de Artes Visuais, acompanhados pelos professores: Antónia Matos, Arminda Garrido, Glória Neiva, Mário Gandra e José Alberto Matos. Todos os alunos manifestaram sentido de responsabilidade nas visitas realizadas e um espírito de camaradagem e entreajuda em todos os momentos. Apresentaram uma postura correcta e vontade de conhecer levantando questões sempre que lhes surgiram dúvidas sobre os assuntos abordados, locais visitados e obras de arte observadas. Da avaliação a esta visita realizada em sala de aula, os alunos realçaram como aspectos importantes: Melhor conhecimento de todos os colegas e professores participantes. A possibilidade de conhecer diferentes formas de expressão artística. Conseguir diferenciar várias expressões artísticas e localizá-las no seu contexto espácio-temporal. O contacto com uma língua e cultura diferentes.

Barcelona, linda também à noite.

4


Gaudi…

… Gaudi…

& muito Gaudi!

5


Ramblas acima…

…Ramblas abaixo!

6


O M.A.C.B.A.

7


Confraternização… SEMPRE.

8


Momentos de descanso‌ (alguns!!!)

9


À procura de... ??? (Bairro Gótico)

10


Reunindo os guerreiros

11


Pavilh達o Mies van der Rohe

12


Estádio Olímpico de Montjuïc

13


Museu-Teatro Dali ‌

14


Museu-Teatro Dali ‌

15


Aeroporto: Preparativos para a grande noite

16


…Nenhum pormenor foi deixado ao acaso…

17


Ora vira para a direita‌

‌ora vira para a esquerda

18


Tudo foi vรกlido quando o cansaรงo chegou.

19


O nosso Hotel… MESMO!!!

ATÉ BREVE BARCELONA.

20

Relatório Visita a Barcelona  

Relatório da visita de estudo a Barcelona - 14 a 17 de Abril de 2010. Escola Secundária de Ermesinde

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you