Page 1

JACKPOT MAGAZINE O melhor do passado... HOJE!

www.facebook.com/jackpot.portugal


JACKPOT MAGAZINE O melhor do passado... HOJE!

JÁ PARTILHASTE O JACKPOT COM OS TEUS AMIGOS?

HÁ QUEM VIVA A RECORDAR.

NÓS RECORDAMOS O QUE VIVEMOS.

PARA PODERMOS CRESCER AINDA MAIS... PRECISAMOS DE TI! www.facebook.com/jackpot.portugal

2


JACKPOT MAGAZINE O melhor do passado... HOJE!

www.facebook.com/jackpot.portugal

3


JACKPOT MAGAZINE O melhor do passado... HOJE!

www.facebook.com/jackpot.portugal

4


JACKPOT MAGAZINE O melhor do passado... HOJE!

“AMIZADES IMPROVÁVEIS” Cá estamos para mais uma recordação, hoje com um sabor especial já que amanhã é feriado e para alguns com fim-de-semana prolongado à porta para outros (como eu) nem por isso… Em toda a nossa vida vamo-nos cruzando com pessoas e criando todo o tipo de laços, sejam familiares, amorosos e de trabalho, criam-se grandes amizades e algumas vezes criam-se laços de amizade com quem menos esperamos. Estando habituados a que certas “raças” não se misturam, por muito belo que achemos não deixamos de ficar admirados quando se vê uma foto com um tigre ou leão abraçar ou a receber carinho de um homem sem que este se torne em alimentação para o animal (até pode ter acontecido depois da fotografia), o mesmo acontece entre a amizade de cães e gatos, gatos e pássaros, afinal geralmente um é visto como predador e o outro como presa. Mas a verdade é que estas relações de amizade e vivência existem e as vemos todos os dias com um misto de prazer e dúvida de como é possível. Se calhar se fossemos habituados a viver em harmonia independentemente da raça ou seja o que fosse talvez achássemos pouco normal o cão andar atrás do gato e etc. Sim já sei o que estão a pensar é a lei da sobrevivência e estes casos são excepções à regra. Nesta vida estamos sempre aprender que tudo é possível quando menos se espera e mesmo assim nunca nos deixamos de surpreender com as coisas boas que a vida nos pode mostrar e trazer. Hoje trago mais um filme da Disney, este talvez menos conhecido do que trouxe www.facebook.com/jackpot.portugal

5


JACKPOT MAGAZINE O melhor do passado... HOJE!

anteriormente mas que fala sobre essas amizades improváveis. Amizade entre um cão de caça e uma raposa. A Dentuça é uma pequena raposa adoptada por uma viúva que tem uma quinta e a Papuça um cão de guarda que vive na casa ao lado, e mesmo que a norma seja um cão de caça caçar uma raposa estes são uma excepção crescem juntas separam-se e quando se reencontram e a amizade é posta em questão. Será que vence a amizade ou o que esta instituído pelo normal? O filme é baseado num romance de Daniel Mannix IV, editado em 1967, sendo a 24º longa-metragem dos estúdios Disney, começou a ser produzido em 1977. Em Portugal estreou em 1982 e foi editado pela 1ª vez em VHS em 1995 dobrado em brasileiro. Trago vos o trailer para relembrar ou para ficar a conhecer (para quem nunca ouviu falar). Recordar o passado é bom mas criar novas recordações ainda é melhor. Vamos criar novas recordações para o amanhã, e sejam felizes hoje (agora). Beijinhos Bom Feriado!

www.facebook.com/jackpot.portugal

6


JACKPOT MAGAZINE O melhor do passado... HOJE!

www.facebook.com/jackpot.portugal

7


JACKPOT MAGAZINE O melhor do passado... HOJE!

www.facebook.com/jackpot.portugal

8


JACKPOT MAGAZINE O melhor do passado... HOJE!

“...EM 1998” Este foi um ano de grandes acontecimentos, principalmente para o nosso Portugal. Mas vamos por partes. No mundo da ciência, grandes notícias com a descoberta de gelo nos polos da Lua. Também importante os dados enviados pela sonda Galileu, que mostram existir em Europa, uma lua de Júpiter, um oceano líquido por baixo duma pequena camada de gelo. Bem podem os futuros turistas espaciais levar consigo umas bjecas, que não vai faltar gelo para as refrescar… Outra notícia importante (dizem) foi a aprovação do citrato de sildenafila, vulgo Viagra, para o tratamento da impotência masculina. Grandes festas (e algumas mortes por ataque cardíaco) tem proporcionado o comprimidinho azul. Dizem… De ataque cardíaco (será que…) morreu, aos 82 anos, Frank Sinatra. The Voice! A Voz! Depois de tanto cantar e encantar, lá se foi aquele que dizia "Só se vive uma vez e, do jeito que eu vivo, uma vez é suficiente". Mais que suficiente foi o fantástico legado musical que nos deixou, o que faz dele um imortal para os milhões de fãs que ainda hoje o recordam. Milhões (onze milhões!) foi o número de visitantes que passaram pela Expo98, Exposição Internacional realizada em Lisboa, entre Maio e Setembro. Uma verdadeira revolução na zona oriental da cidade transformou aquela zona numa verdadeira cidade dentro da cidade capital. www.facebook.com/jackpot.portugal

9


JACKPOT MAGAZINE O melhor do passado... HOJE!

Diversas construções como o Oceanário, o Pavilhão Atlântico ou a Estação do Oriente ficarão como prova de um dos eventos mais grandiosos jamais realizados em Portugal. Tinha mesmo que ser em Lisboa? Certamente que não. Mas já estamos acostumados… Como corolário deste ano inesquecível para Portugal, eis que José Saramago foi agraciado com o Prémio Nobel da Literatura. Goste-se ou não (e eu não gosto!), Saramago conseguiu um feito extraordinário para a Literatura e para a Cultura do nosso país. Honra lhe seja feita, ao menos por isso. Sem a mesma pompa e circunstância, mas de uma enorme importância para o (meu) mundo, eis que uma casa nova veio alegrar a família e melhorar (de que maneira) a nossa qualidade de vida. Um novo Lar, que a gente bem precisava. E merecia! Beijos e abraços e até para a semana.

www.facebook.com/jackpot.portugal

10


JACKPOT MAGAZINE O melhor do passado... HOJE!

www.facebook.com/jackpot.portugal

11


JACKPOT MAGAZINE O melhor do passado... HOJE!

www.facebook.com/jackpot.portugal

12


JACKPOT MAGAZINE O melhor do passado... HOJE!

“WHAT’S UP?” Decorria o ano de 1992, se não estou em erro, e enquanto director de programas de uma Rádio, apaixonei-me por uma canção logo à primeira “escutadela”. E apaixonei-me sem conhecer minimamente o artista em questão e sem que o disco viesse com um qualquer “post it” a destacá-lo. Ouvi-o e, pronto, ficou. Numa altura em que me chegavam às mãos dezenas de discos por semana, escolher aqueles que mereceriam estar no nosso TOP de apostas, convenhamos, não era uma tarefa fácil, não só pela oferta exagerada mas também pelos pedidos das editoras discográficas e, claro, pelos nomes de peso que muitos dos artistas (nacionais e estrangeiros) tinham, algo que, como era e ainda é lógico, abria-lhes portas para merecerem maior evidência na hora da selecção das canções que mais iriam tocar. No meio de mais uma catrefada de cd’s-single, além dos cd-álbum, cruzei-me com um “What’s up?” de uns tais de “4 Non Blondes”, canção que, eventualmente, seria mais uma a catalogar e a atirar para a prateleira dos discos que nunca chegam a acontecer, feliz ou infelizmente, dependendo da perspectiva. Contudo, nem que fosse em simultâneo com outros afazeres, tentei sempre ouvir todas as canções que me chegavam às mãos, viessem por que meio viessem, e por mais que as tivesse que “desligar” ao fim de uns segundos, por já não as suportar. “What’s up?” funcionou ao contrário. Entrou(-me) imediatamente e implantou-se nos meus ouvidos, mesmo sem saber porquê e sem que houvesse uma correlação entre a letra e eventuais estados de espírito. Obrigou-me a ouvi-la em versão “repeat” vezes sem conta. E “pior” do que isso, consegui obrigar-me a fazer algo www.facebook.com/jackpot.portugal

13


JACKPOT MAGAZINE O melhor do passado... HOJE!

que, em anos, nunca aconteceu: colocar uma canção directamente no Nº1 do TOP de apostas musicais. Sim, “What’s up?” foi directamente para a meta sem passar pela casa de partida. A rádio onde estava foi a primeira a apostar seriamente na canção e isso, umas semanas depois, mereceu página no Diário de Notícias. E dessa notícia retenho uma frase, principalmente de cada vez que ouço “What’s up?”: “há pessoas nas rádios que têm um “je ne sais quoi” que lhes permite descobrir sucessos em canções que, aparentemente, deveriam passar despercebidas”. Obviamente que soube bem ler aquilo, mais ainda quando a referência vinha “assinada”, mesmo sabendo que, antes de mim, e pelo mundo inteiro, foram muitos os outros que, tal como eu, entenderam que aquela canção era tal, a tal “What’s up?” que merecia ser Nº1, mesmo que aparecendo sem ter acoplado qualquer “post-it” da editora.

www.facebook.com/jackpot.portugal

14


JACKPOT MAGAZINE O melhor do passado... HOJE!

www.facebook.com/jackpot.portugal

15


JACKPOT MAGAZINE O melhor do passado... HOJE!

www.facebook.com/jackpot.portugal

16


JACKPOT MAGAZINE O melhor do passado... HOJE!

www.facebook.com/jackpot.portugal

17


JACKPOT MAGAZINE O melhor do passado... HOJE!

www.facebook.com/jackpot.portugal

18


JACKPOT MAGAZINE O melhor do passado... HOJE!

JARDIM DO PASSEIO ALEGRE (PORTO) Situado nas margens da foz do Douro, este belo jardim romântico foi inaugurado em 1870 e possui árvores centenárias. O seu chafariz, desenhado por Nicolau Nasoni, é um monumento nacional, e o café Chalé Suíço foi um importante lugar de encontro de intelectuais no final do século XIX. Ladeado de belas avenidas com palmeiras, antigas araucárias e muitas outras plantas, o esplendor e beleza poética do Jardim do Passeio Alegre tornam-no um dos mais apreciados pelos Portuenses. Mais um espaço verde da cidade, este com a grande vantagem de estar localizado bastante próximo do rio ou mar. Delicio-me de cada vez que tenho a oportunidade de relaxar neste verdejante jardim, localizado junto à Foz do Rio Douro e que proporciona sensações únicas, ouvindo as gaivotas ou o bater das ondas nos rochedos ou no paredão da Foz do Douro, para além das suas vistas bastante bonitas. Está em bom estado de conservação e é um local que dá aos seus visitantes uma tranquilidade e sensação de descanso incríveis, o que é raro no centro duma grande cidade. Percorrer o Jardim do Passeio Alegre, tem apenas quatro hectares, mas estão recheados de histórias e curiosidades que justificam plenamente a visita. Para começar, aprecie as moradias apalaçadas da rua fronteiriça, com influências da Arte Nova. Dentro do jardim propriamente dito há duas obras de Nicolau Nasoni, o autor da Torre dos Clérigos: o belo chafariz conhecido como fonte do cágado e dois obeliscos, transferidos da Quinta da Prelada. O Chalé Suisso pode parecer um café/ esplanada vulgar, mas foi construído em 1873 e era um dos pontos de encontro de intelectuais como Camilo Castelo Branco e Ramalho Ortigão. Para mera recreação, está ali instalado o Clube de Minigolfe do Porto. E pode sempre descansar à sombra de uma das velhas palmeiras. Aconselho a visita ! intelectuais como Camilo Castelo www.facebook.com/jackpot.portugal

19


JACKPOT MAGAZINE O melhor do passado... HOJE!

Branco e Ramalho Ortigão. Para mera recreação, está ali instalado o Clube de Minigolfe do Porto. E pode sempre descansar à sombra de uma das velhas palmeiras. Aconselho a visita!

www.facebook.com/jackpot.portugal

20


JACKPOT MAGAZINE O melhor do passado... HOJE!

O JACKPOT DÁ-NOS UM PRAZER IMENSO E ESTAMOS GRATOS POR NOS LEREM, COMENTAREM, PARTILHAREM... E FAZEREM PARTE DE NÓS. QUEREMOS MUITO QUE O RESULTADO DAS TANTAS HORAS QUE LHE DEDICAMOS CHEGUE AO MAIOR NÚMERO DE PESSOAS POSSÍVEL. POR ISSO, SE APRECIA O QUE FAZEMOS TODOS OS DIAS, AJUDENOS A CHEGAR A MAIS GENTE. COMO? CONVIDE OS SEUS AMIGOS A FAZEREM GOSTO NO JACKPOT.

Se GOSTA do JACKPOT, CONVIDE os seus amigos a visitarem-nos e a FAZEREM GOSTO. Para tal, BASTA estar NA PÁGINA JACKPOT do FACEBOOK, ir a CRIAR PÚBLICO (em cima, lado direito, abrir a lista dos Amigos) e CONVIDAR quem acharem (se acharem!) que gostaria de fazer parte desta nova FAMÍLIA que, todos os dias, com empenho e carinho, tenta dar ainda mais sabor ao PASSADO.

Muito Obrigado... mesmo! www.facebook.com/jackpot.portugal

21

JACKPOT Magazine - 42, 28 Abr 2013  

JACKPOT Magazine - 42, 28 Abr 2013

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you