Issuu on Google+


ORAÇÃO

Senhor, vimos humildemente pedir sua benção para todos os motoristas que estão na estrada neste momento. Livra-os Senhor, de todo ser imprudente, de todo risco mecânico e de todo cansaço. Dê a eles calma, discernimento e sabedoria para enfrentarem as contrariedades que sua viagem pode causar. Coloque em cada um dos corações a Sua bondade e compaixão para que jamais meçam forças com o impossível. Com a certeza da Sua proteção e zelo porque és Deus de todas as coisas, agradecemos. Amém!


PREZADO MOTORISTA: Este manual foi desenvolvido para que você conheça melhor a empresa em que trabalha e execute suas atividades de acordo com um padrão adotado, dentro dos requisitos da Legislação Brasileira. Como é de seu conhecimento, a Romera é uma empresa que se preocupa constantemente com a satisfação de seus clientes, com a melhoria contínua de suas atividades, segurança, saúde e bem-estar de seus colaboradores. Busca o aperfeiçoamento contínuo de seus profissionais e segurança aos produtos transportados. Preocupa-se ainda com a plena satisfação de seus clientes e respeito ao meio ambiente. Neste documento estão sintetizados alguns dados de nossa organização, tarefas e funções dos motoristas, regras de conduta, procedimentos e disciplina. São informações importantes que lhe serão úteis em suas atividades diárias. Em caso de dúvidas, consulte sempre seu superior imediato ou assistente dele. A partir de agora, você faz parte da nossa empresa, o que é muito importante para todos nós. Desejamos-lhes sucesso e esperamos que com empenho, força de vontade, comprometimento e habilidades somados ao apoio da Romera, você atinja seus objetivos profissionais e pessoais. Seja bem vindo!

Arapongas, 1º de Abril de 2013.


4

NOSSA HISTÓRIA Como a história de muitas pessoas, a Romera tem a sua. Escrita com muita luta, momentos inesquecíveis e conquistas memoráveis. Essa bela história de sucesso começa com uma mudança. Com a chegada da família Romera em Arapongas. Uma família que trazia consigo uma bagagem repleta de sonhos e de planos para o futuro. Inquietos e com uma vontade enorme de vencer, inauguram a primeira indústria no ramo de colchões. Neste instante, parte da família cuidaria desta indústria e a outra parte se dedicaria ao varejo. Varejo que começou a dar sinais de expansão com a inauguração da primeira loja Móveis Romera, em Rolândia. Não demoraria muito para que Cornélio Procópio fosse também presenteada com mais uma loja. Vinte anos depois, 35 lojas já faziam parte dos negócios da família. Hoje, esse avanço já alcança muitos estados deste país, com a presença de 185 lojas, 4 mil funcionários e uma frota de 140 veículos próprios. Mas essa empresa não é só uma referência em seu setor, é também atuante no agronegócio e nos transportes. À frente deste gigante, está Anunciata Luiza Menegon Romera e seus dois filhos, Ricardo e Fabiane, que com liderança, encabeçam um grandioso processo de reengenharia, a fim de projetar a Romera entre as 10 maiores redes varejistas do Brasil.


5

ROTINAS DE TRABALHO DOS MOTORISTAS • Sempre observar os horários de trabalho, estando ou não no CD; • Apresentar-se ao trabalho com uniforme padrão da empresa, e com boa apresentação pessoal dentro dos bons hábitos de higiene e limpeza, como barba feita e cabelo penteado; • Fazer o acompanhamento dos procedimentos de carga e descarga com atenção, lembrando que os motoristas não são obrigados a “bater” carga nas filiais, o que não os impede de serem cordiais e prestativos, quando possível; • Verificar sempre a documentação pessoal, do veículo, da carga, malotes, notas fiscais, etc. antes de iniciar sua viagem; • Ao concluir as entregas, entrar em contato com o operacional e seguir as orientações dadas; • Retirar a cada descarga o comprovante de entrega ou canhoto de nota fiscal e trazer de volta o romaneio de conferência devidamente preenchido e assinado;

Ao chegar de viagem: • Apresentar o check list do caminhão para avaliação do encarregado pela manutenção; • Entregar os malotes ao pessoal responsável; • Ao ausentar-se da empresa, deixar todas as chaves e documentos do veículo com o operacional; • Caso haja produtos de Assistência Técnica ou Imobilizado no caminhão, informar ao responsável que proceda a descarga o quanto antes; • Caso necessite faltar, chegar atrasado ou sair mais cedo, comunique-se com seu superior imediato com antecedência.


6

RESPONSABILIDADES DO CONDUTOR: • Obrigatoriamente respeitar as leis de trânsito. Não as cumprindo e sendo autuado, o mesmo arcará com o pagamento de multa correspondente e sofrerá medida disciplinar por ter desrespeitado a lei, mesmo não recebendo multa, mas sendo de conhecimento da empresa; • Todo motorista é responsável pelo veículo que dirige, bem como por qualquer avaria que venha intencional ou culposamente causar ao mesmo; • Nunca ultrapassar o limite de rotação do motor. Tomar cuidado especial quando se utilizar o motor como freio em descidas; • Nunca forçar a direção hidráulica para virar para qualquer lado se as rodas estiverem muito encostadas ao meio fio ou outros obstáculos laterais; • Não descansar o pé em cima do pedal de embreagem. Não deixar o disco de a embreagem patinar desnecessariamente. As desmultiplicações da caixa de mudanças permitem escolher a velocidade adequada para cada ocasião e para todas as condições de trabalho que possam surgir; • Deixar o motor em marcha lenta pelo menos 1 (um) minuto antes de desligar o motor. Evitam-se assim tensões térmicas e perdas de líquidos refrigerantes;


7

RESPONSABILIDADES DO CONDUTOR >>

• Conferir sempre antes de cada viagem se as travas da carreta estão apertadas; • Todo motorista é responsável pela guarda da documentação do veículo e da carga (atenção: as notas fiscais são de propriedade exclusiva do embarcador e destinatário, portanto NÃO forneça a ninguém que não esteja envolvido na operação, a não ser a pedido das autoridades competentes de fiscalização); • Ler atentamente todas as orientações colocadas no quadro de aviso; • Sempre que solicitado, comparecer e participar dos cursos, palestras, treinamentos e reuniões programados pela empresa; • Sempre que afastado por doença ou acidente, manter informado o departamento de pessoal sobre o seu estado de saúde e quando houver previsão, informar ao operacional sobre o seu retorno à atividade; • Por ocasião da rescisão do Contrato de Trabalho, devolver à Empresa: aparelho celular, chip, os uniformes, equipamentos de segurança e ferramentas (se houver), bem como devolver toda a documentação que estiver em seu poder.


8

LOJAS/FILIAIS

As Lojas da Romera são a ponte de ligação entre nosso trabalho e a realização dos sonhos do cliente final e é isso que nos dá a motivação diária para podermos cada vez mais perseguimos a melhoria contínua e o sucesso de toda a operação. Nossa postura diante delas tem que ser a mais profissional possível. Se tiver algum problema que fuja de seu alcance, informe ao gerente do seu setor imediatamente para que possamos resolver da melhor forma possível.


9

ESTANDO NAS DEPENDÊNCIAS DA EMPRESA OU EM SUAS FILIAIS • Respeitar incondicionalmente todos os funcionários, evitando conflitos; • Ser objetivo quanto a sua função evitando fazer ou falar mais do que o necessário; • Não vá além do que determina sua função, pois você está lá como um prestador de serviços, portanto, faça e fale apenas o que você foi treinado a fazer; • Apresente-se sempre devidamente uniformizado e preencha a ficha de avaliação da operação ao final da descarga, quando houver.

ESTACIONAMENTO DO VEÍCULO • Jamais deixe o caminhão (ou outro veículo), desprotegido, estacionado em via pública e longe de sua vista; • Observe a distancia mínima de 4 metros de qualquer veículo que esteja transportando produtos perigosos; • Não estacionar ao longo das rodovias, salvo emergência ou em caso do veículo estar danificado; • Estacionar sempre longe de interferência de pessoas, chamas, centelhas ou qualquer outra fonte de ignição; • Observar sempre as normas de estacionamento nos locais de carga e descarga; • O estacionamento noturno deverá acontecer em local selecionado, com boa iluminação, a uma distancia mínima de 5 (cinco) metros de qualquer edificação; • O pernoite deverá ser feito somente em postos ou locais autorizados pela empresa; • Ao pernoitar, sempre deixe seu veículo engrenado, com freio estacionário acionado e eixo da carreta baixado.


10

CHECK LIST DO VEÍCULO obrigatório realizar o check list ao final de cada viagem v Ée quando solicitado pelo encarregado da manutenção. Ele garante sua segurança, evita o desperdício de combustível e reduz o risco de ficar parado na estrada por alguma pane, entre outros benefícios;

v No caso de detectar alguma irregularidade: problema detectado afetar a sua segurança, do veículo, v Seda ocarga, as leis de trânsito ou a segurança da comunidade, não carregue. Avise imediatamente o seu superior, anote no seu check list e aguarde a solução do problema; detectado não interfere nos itens acima, v Seanoteo problema em seu check list e, assim que possível, comunique a manutenção para abertura da ordem de serviço.

CUIDADOS COM A MANUTENÇÃO DO VEÍCULO É obrigatório ao motorista checar os itens que seguem antes de cada viagem: Extintor: verificar a validade. Cones de Sinalização: quantidade e condições de uso. Visibilidade das placas: Verificar a correta fixação das placas do veículo e sua condição de visibilidade. Água: Verifique o nível dos reservatórios do radiador e de limpeza do párabrisa. Se estiverem baixos, complete-os até a marca indicada pela fábrica.


11 CUIDADOS COM A MANUTENÇÃO DO VEÍCULO >>

É importante checar também se as juntas e condutores destes reservatórios não apresentam vazamento. Na bateria todas as placas devem ser cobertas por água. Complete unicamente com água destilada quando houver necessidade. Embreagem: Complete o reservatório de óleo da embreagem quando o nível estiver abaixo da marca especificada pela fábrica. É conveniente também pisar no pedal da embreagem para testar seu funcionamento. Se faltar óleo, solicite à manutenção a abertura de uma ordem de serviço e peça a reposição. Óleo do Motor: O óleo do motor deve estar entre as marcas de mínimo e máximo. Cheque também se as juntas e condutores não apresentam vazamentos. Complete o nível quando necessário, mas tome cuidado para não ultrapassar o nível máximo. Quando estiver próximo da quilometragem da troca de óleo, evite a reposição, comunique ao encarregado, salvo se estiver com o nível muito abaixo. Se faltar óleo solicite à manutenção a abertura de uma ordem de serviço e peça reposição. Direção Hidráulica: Verifique o nível. Se faltar óleo solicite à manutenção a abertura de uma ordem de serviço e peça a reposição. Rodas e Pneus: A calibragem dos pneus deve ser conferida semanalmente. Porém, você motorista deve checar diariamente se estão em condições de rodagem. Lembre-se de que rodar com o pneu baixo reduz a vida útil e aumenta o consumo de combustível. O desgaste dos pneus deve ser por igual, tanto no sentido radial quanto no transversal. No entanto, há várias causas que provocam um desgaste irregular, mesmo que o pneu esteja calibrado corretamente. A mais comum é o desligamento e o mau balanceamento das rodas, o que pode ser corrigido com facilidade. Os pneus devem estar com os frisos com altura correta e não devem apresentar saliências nas bandas laterais. Verifique o aperto dos parafusos das rodas e se houver alguma pedra ou qualquer objeto preso entre os pneus, retire-os com segurança para evitar o desgaste do mesmo. Suspensão: Olhe cuidadosamente embaixo do caminhão para ver se existem molas quebradas e como estão as borrachas dos amortecedores. Examine se existem afrouxamento ou sinais de vazamento nas juntas e eixos e se as ponteiras e barra de direção estão em bom estado. Luzes e Faróis: Verifique o perfeito funcionamento das luzes de freio, da marcha à ré, das lanternas dianteiras e traseiras, dos indicadores de direção


12

CUIDADOS COM A MANUTENÇÃO DO VEÍCULO >>

e de emergência, bem como dos faróis alto e baixo. Caso você detecte algum problema quanto à iluminação de seu veículo lembre-se que na empresa solicitamos serviço especializado para este tipo de reparo. Este item é passível de multa, por isso anote no check-list, solicite a abertura de ordem de serviço e solucione o problema antes de sair da empresa. Os faróis altos são destinados à iluminação de maior profundidade. Devem ser usados somente quando se trafega em lugares com baixa visibilidade, em velocidade mais elevadas, e que não apareçam veículos em sentido contrário e o carro da frente esteja fora do alcance. Ao cruzar com outro veículo, use faróis baixos. Alerte ao outro motorista com a luz de cortesia {lampejador}, caso ele insista com luz alta. Evite olhar para os faróis do veículo que trafega em sentido contrário. Concentre-se nos sinais de orientação das estradas. Cinto de Segurança: Verifique se o cinto está em bom funcionamento e se as travas estão OK. É obrigatoriamente legal o uso do cinto de segurança desde uma longa viagem até a ida à esquina. Em um acidente, o cinto de segurança: • Evita que você seja lançado para fora do veículo. Sendo lançado para fora, as chances de perder a vida são cinco vezes maiores; • Evita que você seja lançado de encontro ao painel, ao volante ou ao pára-brisa; • Evita que você seja lançado de encontro a outros veículos; • Mantém o condutor em sua posição, permitindo, em alguns casos, que ele empreenda manobras defensivas para evitar danos maiores. Painel: Assegure-se de que todos os instrumentos estão funcionando perfeitamente. Limpeza dos Veículos: É dever do motorista, manter o caminhão em perfeito estado de conservação e higiene, devendo adotar medidas para que o mesmo permaneça limpo e em perfeitas condições para carregamento e descarregamento. Tacógrafo: O motorista não deve alterar de forma alguma o tacógrafo. Resolução 92/99 do CONTRAN art. 9°. A violação ou adulteração do


13

CUIDADOS COM A MANUTENÇÃO DO VEÍCULO >>

registrador instantâneo e inalterável de velocidade e tempo sujeitará o infrator às condições da legislação penal aplicável. Então, tome cuidado com a velocidade para evitar penalizações posteriores. A empresa adota como referência a velocidade máxima de 90 km/h. Porém, não haverá tolerância nem mesmo para ultrapassagem passar desta velocidade. Ficando sujeito à Política Disciplinar da empresa. Caso algum agente fiscalizador venha fiscalizar o seu tacógrafo, você deve abrir o compartimento de disco e fornecê-lo ao agente, caso você não saiba como proceder forneça a chave ao fiscalizador, mas peça que ele se identifique conforme Resolução 92/99 art. 3, parágrafo 4, inciso 2: Nas operações de fiscalização do Registrador Instantâneo e Inalterável de Velocidade Tempo (tacógrafo), o agente fiscalizador deverá identificar-se e assinar o verso do disco ou fita diagrama, bem como mencionar o local, a data e horário em que ocorreu a fiscalização.

PROCEDIMENTO DE CARGA E DESGARGA: • Os procedimentos de carga e descarga são muito importantes dentro do processo logístico e de transporte e por isso é fundamental a presença do motorista em ambos. Devem ser observados a forma de organização e aproveitamento do baú, o posicionamento dos diversos tipos de produtos, especialmente: eletrônicos, TVs, pedras e caixaria, além das divisões por filial e a ordem de carregamento da rota; • Orientar os auxiliares de carga e descarga novatos também é atributo do motorista.


14

VIAGENS • Observar as normas da empresa em relação aos horários para descanso, e restrições de horários para trânsito. Isto será fiscalizado através do tacógrafo do seu veículo e do rastreador; • O abastecimento deverá ser feito preferencialmente no posto interno da Empresa. Caso seja necessário abastecer fora, o mesmo deverá ser do mínimo necessário para conclusão da viagem. 70% do abastecimento precisam ser feito no posto interno; • Apresentar os comprovantes de entrega de mercadoria (canhotos de Notas Fiscais e romaneios devidamente assinados pela gerência da filial de destino); • Quanto ao acerto de contas, apresentar os envelopes devidamente preenchidos com os comprovantes de tarefas, pedágios e despesas de viagem devidamente organizadas e em ordem de data, com o troco da viagem. É expressamente proibido débitos (vales) no caixa da viagem; • Manter respeito aos bons costumes, a boa conduta moral, social e profissional, dentro das dependências da empresa, nas dependências das filiais e de terceiros, bem como perante os órgãos de controle e fiscalização de transito; • É terminantemente proibido o uso de bebidas alcoólicas e outras drogas afins, pois, o consumo habitual dessas substâncias compromete física e psiquicamente o colaborador, além de ser prejudicial à imagem da empresa; • Conhecer as normas das filiais, quanto a horários e locais de descargas; • Diante de eventuais problemas, jamais adotar postura hostil em relação a funcionários de filiais. As divergências deverão ser levadas ao conhecimento da Gerência de Transportes que tomará as devidas providências;


15

VIAGENS >>

• Retirar do interior dos veículos todo e qualquer documento de produtos que não estejam sendo transportados, especialmente aqueles referentes às mercadorias já entregues; • Sempre que ocorrer qualquer contratempo na viagem (problema mecânico, acidente, blitz policiais, etc.) que possa comprometer a previsão da entrega da mercadoria, comunique o operacional.

CONDUÇÃO ECONÔMICA Uma técnica correta de condução permite não somente economizar combustível, como também reduzir o desgaste dos componentes do veículo. Não deixar o motor trabalhar desnecessariamente em marcha lenta. Nas paradas o motor deve ser desligado. O regime de rotação onde o motor tem o menor consumo de combustível indicado pelo tacômetro é a faixa de torque. Portanto sempre que possível, manter a rotação dentro desta faixa. Nas subidas, não reduzir de marcha enquanto o tacômetro estiver na faixa indicada. Considerando que em subida haverá redução na velocidade. Aliviar o acelerador antes do topo e não acelerar se a seguir houver uma descida. Verificar regularmente o desgaste dos pneus, alinhamento das rodas, tanto do cavalo mecânico como da carreta. Nos declives utilize sempre o freio motor.


16

É PROIBIDO AOS MOTORISTAS Portar arma de qualquer espécie nas dependências e imediações da empresa e filiais; A prática de atos e gestos obscenos, ou o emprego de palavras de baixo calão, insulto ou ofensas morais dentro das dependências da empresa, das dependências das filiais ou de terceiros, bem como no trajeto – VOCÊ É A IMAGEM DA EMPRESA; Recusar o cumprimento de ordens de trabalho determinadas pelos superiores, quaisquer que sejam. É aberto, entretanto, o diálogo sobre qualquer assunto, desde que de modo civilizado; Alterar as características ou acrescentar acessórios aos veículos sem autorização da empresa; Executar serviços mecânicos e adquirir peças ou acessórios sem prévia autorização do gerente de manutenção; Deixar as dependências da empresa portando as chaves e/ou documentos do veículo; Oferecer “brindes” ou “prêmios” a funcionários ou prepostos de clientes com a finalidade de obter vantagens de qualquer natureza; Comentar com outras pessoas o tipo de produto que está transportando, quais clientes, valor de mercadoria, valor do frete, origem, destino e itinerário. Não mostrar os documentos de sua carga a ninguém durante o percurso, exceto autoridade competente. Tal medida objetiva a segurança e o sigilo profissional; Entrar de pés descalços ou com calçados abertos (chinelos, sandálias, etc.), bem como bermudas ou camisetas regatas nas dependências das filiais; Parar o veiculo em locais definidos como “CRÍTICOS” pelo operacional da empresa. Não será permitida em hipótese alguma a entrada ou a permanência na empresa de colaboradores que ingeriram bebidas alcoólicas ou qualquer outro tipo de droga que altere seu estado normal, cabendo ainda ao RH aplicação de advertência ao motorista.


17

POLUIÇÃO DAS VIAS DE TRÂNSITO Latas, papéis, garrafas de vidro ou plástico, cigarro, restos de alimentos e demais são atirados diariamente à margem das vias por motoristas. Este lixo é arrastado pelas águas das chuvas causando alagamentos, entupindo bueiros e causando assim erosões às margens das vias. Com o passar dos dias, o lixo orgânico entra em estado de decomposição causando mau cheiro e resultando na proliferação de insetos como mosquito, barata e ratos que são uma ameaça à saúde. Seja prudente, não arremesse nada nas rodovias, além de evitar acidentes e não agredir o meio ambiente, você estará colaborando para melhorar a qualidade de vida de todos nós e evitando autuações. Depois de um repouso ou refeições nos lugares apropriados, à margem das rodovias, não se esqueça de recolher os restos e levar até um local próprio para isso. Nunca deixe resto de fogo ou brasa, nem jogue resto de cigarro aceso pelo caminho, ou qualquer material que possa causar combustão. Evite queimadas. Não moleste os animais silvestres ou agrida a vegetação local, pois ambos são necessários para a preservação ambiental. Leve saquinho plástico para jogar o lixo que você produzir, só deixando em lugar apropriado para isso. Ajude a manter as vias de trânsito limpas e em perfeitas condições de uso. Não jogue lixo ou qualquer objeto pela janela do veiculo nas vias ou nos rios.


18

ACIDENTE COM O SEU VEÍCULO

• BÁSICO: DESLIGAR MOTOR DO VEÍCULO E A CHAVE GERAL; • Para qualquer caso, JAMAIS FUGIR, exceto se estiver correndo perigo de vida, quando então aconselhamos afastar-se a uma distancia segura; • Solicitar a presença da Autoridade Policial, para emissão do Boletim de Ocorrência (BO), acompanhando atentamente a sua elaboração (não saia do local sem um comprovante ou protocolo); • Se houver algum veículo de terceiro envolvido, e este evadir-se do local, procure anotar a placa e marca a cor ou qualquer característica que ajude a elaboração do Boletim de Ocorrência; • Na hipótese de haver outro motorista, e este estar embriagado ou sob efeito de outro tipo de droga, solicitar à autoridade policial ou emergência a realização de exame de alcoolemia (exame que detecta a quantidade de álcool no sangue) ou de sangue; • Comunicar o mais rápido possível a empresa, informando local exato do acidente (nome da rodovia, rua, ponto de referência, hora aproximada, condições do veículo, produto carregado, etc.); • Em caso de necessidade extrema solicite a presença de um preposto da empresa para ajudá-lo, aguarde socorro junto ao veículo, se este não puder prosseguir viagem; • Em caso de acidente com vítima, somente permitir a retirada do disco de tacógrafo pela autoridade competente.


19

PROVIDENCIAR EM CASO DE EMERGÊNCIA OU ACIDENTE Sempre que ocorrer acidente de trânsito ou qualquer emergência envolvendo o veículo da empresa, devem-se adotar as providências mais adequadas a cada caso, que são as seguintes: • Isolar a área, afastando os curiosos; • Sinalizar o local do acidente; • Eliminar ou manter longe todos os focos de ignição; • Avisar imediatamente o operacional da Empresa.

IMPORTANTÍSSIMO: CASO VOCÊ TENHA SE ENVOLVIDO EM ACIDENTE DE TRÂNSITO, A FUGA É UM AGRAVANTE SEVERO – DO PONTO DE VISTA PENAL.


20

ORIENTAÇÕES SOBRE ROUBO, FURTO OU SEQUESTRO

Regras de segurança específica de cada situação para evitar consequências indesejáveis: • Evite deixar o veículo aberto ou a chave no contato; • Nunca deixe documentos, objetos de valor ou dinheiro expostos dentro do veículo; • Seja discreto, evite comentários sobre sua carga e seu itinerário; • Ao sair com o caminhão carregado, observe possíveis suspeitos; se desconfiar mude o itinerário e procure • apoio da polícia militar; • Ao receber sinal de estranhos, não pare; • É expressamente proibido dar carona; Evite ficar parado em lugar deserto. Quando estacionar, • faça-o em local apropriado e bem iluminado; Quando estacionar seu veículo, evite os acostamentos • das rodovias, salvo em emergências; Se ocorrer algo com o veículo, faça o possível para • chegar a um posto policial militar; • Utilizar sempre as rotas previamente definidas; Escolher postos de abastecimento e de apoio em locais • em que o pátio tenha uma boa iluminação e possibilite uma visão ampla; • Evite parada para verificação de avaria ou batida de • pneus em locais que não ofereçam absoluta segurança; • Evitar olhar fixamente para os meliantes em caso de abordagem; • Caso seja exigido, entregar todos os valores que disponha no momento;


21

ORIENTAÇÕES SOBRE ROUBO, FURTO OU SEQUESTRO >>

• Entrar em contato com Autoridade Policial e com a Empresa; • Nunca entrar em luta corporal; • Caso seja exigido pelo ladrão/sequestrador, deixar-se amarrar e amordaçar, nunca esboçar reação; • Dirija sempre com os vidros fechados, usando o sistema interno de ventilação; • Use o cinto de segurança e tranque as portas; • Informe imediatamente a Empresa e registre a ocorrência no • Distrito Policial mais próximo. Informe-se se os documentos do veículo também foram levados. Dirija com consciência e responsabilidade, zelar pela saúde, segurança e meio ambiente também é seu dever.


22

termos de ciência e concordância Comprometo-me a ler e a seguir o conteúdo deste documento, tendo consciência da relevância e das consequências que o não cumprimento pode gerar para mim e para os negócios da Romera. Estou ciente de que devo seguir a conduta ética esperada pela Romera no desempenho de minhas funções, bem como comunicar qualquer atitude ou situação de que tenha conhecimento e que possa estar em desacordo com o nosso Código de Ética. Usarei como canais de comunicação disponíveis para sanar dúvidas e fazer denúncias preferencialmente a linha hierárquica (gerente – supervisor – diretoria – gerente de RH). nome completo matrícula departamento ou loja data/local assinatura

Procure sempre fazer jus a esta confiança que você recebeu na sua admissão, e demonstre senso de orgulho profissional, independentemente de sua área de atuação. Sua presença no quadro de funcionários da Romera é tão importante quanto a de qualquer um de seus colegas, em qualquer cargo.



Manual condutor