Page 1

nº 2018

C E N T E N Á R I O

B. K . S. IYENG A R

Sañjaya

ABIY em REVISTA EDIÇÃO SEMESTRAL

DEZ/2017

01


VOZ DA DIRETORIA [p.2]

EVENTOS [p.4]

CONEXÃO PUNE [p.6]

ABIY ENTREVISTA [p.8]

ESQUINA DA LEITURA [p.10]

GEOMETRIA DO ASANA [p.11]

LUZ SOBRE A CIÊNCIA [p.13]

SUTRA EXPRESS [p.14]

CANTINHO DO ASSOCIADO [p.15]


SAÑJAYA - ABIY em REVISTA FICHA TÉCNICA Presidente Sun Vaz Moura Vice-Presidente Ana Silvia Stocche Comitê de Comunicação (CCom) Coordenação Karla Vasconcellos Redesenho Marca ABIY e Criação Logomarca Centenário Guruji Ana Carolina Fernandes Keila Akemi Design Gráfico Ana Carolina Fernandes Caroline Cantelli Nicole Bartosik Tradução Filipe Castelo Karla Vasconcellos Régis Mikhail Abud Filho Tania Iglesias Marketing e Jornalismo Clarice Maia Cristiane Destri Daniela Santa Rosa Elenice Maria Casarteli Isabel Zagonel Midias Sociais Liana Velasquez de Brito Renan Mazzali Outros Colaboradores Isabela Carvalho Luanda de Moura (Comitê de Eventos) Marcia Neves Pinto Noemia Wainer A Revista da ABIY é elaborada pela equipe de voluntários do CCom. Entretanto, todos os associados são convidados a participar enviando suas sugestões, comentários, críticas e correções para o e-mail revistaABIY@iyengar.com.br

1


VOZ DA DIRETORIA

2018

C E N T E N Á R I O

B.K.S. IYENGAR

ABIY NOVOS CAMINHOS, NOVAS POSSIBILIDADES Queridos Amigos, Associados, Professores e Companheiros no caminho do Yoga, Nova gestão, novos ares, novas diretrizes e uma nova Associação Brasileira de Iyengar Yoga (ABIY) muito mais perto de você. Como os novos representantes da diretoria, e com o apoio de um lindo corpo de voluntários, unimos forças para compor um grupo de trabalho comprometido que trará novas perspectivas, ideias, projetos e gestão para abrir novos caminhos para a ABIY, entidade que nos une pelos laços comuns da prática de Iyengar Yoga. A criação do Comitê de Comunicação foi também um grande passo. O CCom já estreia lançando uma revista digital semestral rica em conteúdo e que contribuirá muito para a informação e união desta comunidade que não para de crescer. Com muita alegria apresentamos SAÑJAYA - ABIY em REVISTA e, celebrando esta ocasião, convidamos a todos a unirem-se a nós nesta jornada. Disponibilizamos esta primeira edição para todos os interessados, associados ou não, e pedimos a vocês que a compartilhem para que assim cumpra seu papel: ligar o praticante às novidades da atuação da ABIY e à comunidade internacional de praticantes de Iyengar Yoga.

Sañjaya era o conselheiro de Dhrtarāstra, rei cego dos Kauravas,

no poema épico Bhagavad Gita. Com seu dom de antever eventos sob certa distância (divya-drishti) narrava a ele toda a sua visão divina sobre a batalha de Kuruksetra. Tal poder lhe foi concedido pelo sábio Krishna Dwaipayana Veda Vyasa, de quem era discípulo devoto. Marcando também este reinicio, e com grande simbolismo, lançamos a nova logomarca da ABIY que foi completamente redesenhada. Repaginada, acreditamos que ela carrega consigo todo o dinamismo e leveza que desejamos imprimir no ritmo da ABIY daqui para frente e, com ela, nasce também uma nova identidade visual, colorida e repleta de movimento. Criamos também uma marca comemorativa ao ano do centenário de Guruji e, durante todo o próximo ano, usaremos sempre as duas marcas combinadas, homenageando este ano tão festivo e repleto de significado.

2018

C E N T E N Á R I O

B.K.S . I YENGAR

2


Planejamos um 2018 de muitos eventos e realizações e estamos trabalhando com muita vontade, dedicação e companheirismo para dar continuidade ao trabalho feito até aqui pelas Diretorias que nos antecederam, ao mesmo tempo realizando nossos ideais e projetos:

• Levar o método Iyengar para um público mais amplo, facilitando que seja difundido para além dos grandes centros urbanos e alcance os cantos remotos do país; • Profissionalizar a ABIY no intuito de melhor atender os associados; • Melhorar a comunicação e interação entre associados, professores e praticantes e, principalmente, o acesso a esta Diretoria; • Dar início à implementação de Projetos Sociais; • Iniciar Projetos de Pesquisa sobre os efeitos da prática de Iyengar Yoga sobre a qualidade de vida dos praticantes; • Elaborar traduções de textos e obras publicados em outros idiomas; • Realizar e dar apoio à realização de workshops, aulões, Convenções Nacionais e Internacionais; • Estreitar a Conexão Índia-Brasil, ABIY-RIMYI; • Publicar semestralmente uma revista que informe, esclareça e inspire e • Retomar a assinatura anual da revista Yoga Rahasya, trazendo novamente ao Brasil esta publicação tão especial do Instituto em Pune. Agradecemos o carinho, apoio e receptividade demonstrados nas eleições em outubro passado e contamos com a ajuda de cada um de vocês para conseguirmos executar todas essas ideias em benefício de todos os praticantes deste método tão especial. Hoje, uma de nossas principais preocupações é recuperar a confiança de nossos membros e estreitar os laços. Desejamos ser uma diretoria aberta, dinâmica e realizadora e, assim sendo, contamos com o apoio e a participação de cada um de vocês. Juntem-se a nós nesta nova jornada. Incentivem a adesão de novos associados entre seus alunos. Esta é a oportunidade de iniciarmos um novo ciclo de existência, marcado por uma gestão clara, verdadeira, harmoniosa e amorosa. Acompanhem-nos também nas redes sociais, seguindo nossas postagens, apoiando nossas iniciativas e participando de nossos eventos. Estamos à disposição para ajudá-los com qualquer questão. Ideias e/ou sugestões serão muito bem vindas, pois somente com esta pluralidade poderemos construir uma ABIY unida, solidária e forte na defesa e difusão de nossos propósitos. Seguimos com as bênçãos dos Mestres. Juntos vamos muito mais longe! Um grande abraço a todos. Com amor,

Sun Vaz

Presidente presidencia@iyengar.com.br

Silvia Stocche

Vice-Presidente vicepresidencia@iyengar.com.br

3


EVENTOS

RAYA UMA DATTA na 2ª Convenção Brasileira de Iyengar Yoga

CENTENÁRIO B.K.S IYENGAR Seguindo a Luz do Mestre Dando início às celebrações do centenário de BKS Iyengar, a ABIY convidou o renomado professor indiano Raya Uma Datta do RIMYI para conduzir a 2ª Convenção Brasileira de Iyengar Yoga.

Convenção: 26 e 27 de maio de 2018

BE3113

Requisito: Para praticantes de yoga com um mínimo de 6 meses de prática de yoga (qualquer método) Atenção: Para os praticantes de Iyengar Yoga, que quiserem aprofundar os estudos, o professor ministrará 2 cursos nos dias seguintes da Convenção. Pouquíssimas vagas!

- Curso 1: 28 a 30 de maio de 2018

Requisito: Para praticantes de yoga com um mínimo de 3 anos de prática de Iyengar Yoga que tenham participado da Convenção.

- Curso 2: 31 de maio a 01 de junho de 2018

Requisito: Para praticantes de yoga com um mínimo de 3 anos de prática de Iyengar Yoga que tenham participado da Convenção e do Curso 1. Mais infomações e Ficha de Inscrição estarão disponíveis em breve no site da ABIY.

Fique atento! SOBRE RAYA UMA DATTA Raya Uma Datta é aluno do Ramamani Iyengar Memorial Yoga Institute (RIMYI) em Pune, Índia, desde os 10 anos de idade. Seus pais foram íntimos colaboradores de BKS Iyengar desde a criação do Instituto. Raya cresceu ao lado de Abhijata, neta de BKS Iyengar, tendo recebido ensinamentos diretamente da família Iyengar. Aos 20 anos começou a ministrar aulas infantis no RIMYI. Ensina regularmente no Instituto desde 2002 e acompanhou BKS Iyengar e Geeta Iyengar nas últimas convenções que realizaram na Rússia, China, Austrália, África do Sul e Europa. Participou de seminários e convenções em Israel, Canadá, Espanha, Itália, Alemanha, Brasil, Chile e Argentina. Raya é mestre em Filosofia e um apaixonado por fotografia. Sua compreensão sobre a prática e filosofia do yoga tornou-se rica através dos muitos anos de convivência estreita com BKS Iyengar. Conjuntamente com Abhijata Iyengar, Raya Uma Datta representa a nova geração de propagadores do grande legado de BKS Iyengar, que tem a imensa responsabilidade de dar continuidade aos seus ensinamentos ao redor do mundo. Raya é um professor surpreendente que ensina com sensibilidade, propriedade, simplicidade, profundidade e grande energia!

4


12º Exame de Certificação de Professores A ABIY recebeu com alegria 26 inscrições para o exame de certificação de professores de Iyengar Yoga. As provas para os níveis Introdutório II e Junior I, com 22 e 4 inscritos, respectivamente, serão realizadas entre 14 e 16 de abril de 2018, na cidade de São Paulo, em local a ser definido. Visite o site da ABIY para manter-se informado sobre maiores detalhes e aproveite para conferir o Guia do Candidato à

Certificação.

ABIY

na ÍNDIA Iniciantes terão oportunidade de praticar em Pune em Português - 2018 Em colaboração com Pune, a ABIY está organizando a ida de um grupo de praticantes iniciantes (mínimo de 1 ano de prática de Iyengar Yoga) de 17 a 27 de julho de 2018, para fazerem aulas especiais no Ramamani Iyengar Memorial Yoga Institute (RIMYI), com tradução para o português. Maiores informações estarão disponíveis em breve no site da ABIY. Vagas limitadas!

ÍNDIA

Celebração do Centenário de BKS Iyengar Marcando o início das festividades de celebração do centenário de Guruji (14 de dezembro de 2018), o RIMYI realizará o evento Yogānuśāsanam Prashantiji, em Pune, de 17 a 22 de dezembro de 2017, para praticantes com mais de 10 anos de prática de Iyengar Yoga. 5


CONEXÃO PUNE

Guruji B.K.S. Iyengar por Marcia Neves Pinto

Guruji = Guru, aquele que conduz o discípulo da escuridão da ignorância para a luz do conhecimento +ji = aquele que é muito amado. Este é o tratamento dado por milhares de praticantes de Hatha Yoga de acordo com os ensinamentos de Bellur Krishnamachar Sundararaja (B. K. S.) Iyengar a seu mestre, um homem nascido em uma família simples na cidade de Bellur, Índia, em 14 de dezembro de 1918, que conduziu milhares de praticantes em todo mundo no caminho do conhecimento através da prática do yoga da ação (karma yoga) até o 20 de agosto de 2014, dia em que sua luz migrou para o firmamento, e tornou-se uma estrela guia para os seus cerca de seis mil professores certificados ao redor do mundo (dados de 2002), sendo 114 no Brasil (dados de 2017). Em 14 de dezembro próximo será dado início ao ano de comemorações pelo centenário do nascimento de Guruji, período no qual todas as associações de Iyengar Yoga do mundo estarão promovendo eventos de celebração da data (14 de dezembro de 2018), a começar por Yogānuśāsanam Prashantiji, em Pune, de 17 a 22 de dezembro de 2017, para praticantes com mais de 10 anos de prática de Iyengar Yoga. Em colaboração com Pune, a ABIY também está organizando a ida em grupo de praticantes iniciantes (mínimo de 1 ano de prática) em meados de 2018, para fazerem aulas especiais no Ramamani Iyengar Memorial Yoga Institute (RIMYI), com tradução para o português. Ainda na esteira das comemorações, a ABIY vai realizar em maio de 2018 sua 2ª Convenção (a primeira foi em 2016), com o especialíssimo professor do RIMYI, Raya Uma Datta, celebrando o centenário de Guruji. Guruji foi iniciado na prática de yoga na idade de 16 anos, na cidade de Mysore, pelo grande yogi Tirumalai Krishnamacharya, seu cunhado, pelo caminho da prática da pétala dos asanas objetivando melhorar sua saúde, uma vez estar sofrendo de tuberculose. Após dois anos com seu Guru, Guruji foi enviado para lecionar o que lhe era ensinado na

cidade de Pune onde, em 19 de janeiro de 1975, inaugurou o RIMYI, dedicado à memória de sua esposa. Estudantes e professores de todo o mundo ombreiam lado a lado nas aulas do instituto, a fim de aprenderem a essência do yoga e seus valores para colocarem em prática nas suas vidas. O desenho único do prédio do instituto espelha a integralidade dos ensinamentos de Guruji, sendo composto de três andares que representam o corpo, a mente e a energia divina em cada um de nós. Suas oito colunas representam as oito pétalas do yoga que seus alunos são instados a praticar: yama, niyama, āsana, prānāyāma, pratyahara, dhārāna, dhyāna e samādhi. Guruji tinha uma personalidade total e sua presença era notada por seus alunos tão logo ele colocava os pés em sala de aula: sua energia podia ser sentida ainda que ele não fosse visto. Guruji desenvolveu seu sistema de yoga ouvindo os conselhos de seu Guru interior. Sua obstinação, perfeccionismo e curiosidade científica, aliados ao trabalho duro diário, envolvendo tremenda força de vontade, determinação e integração de seu próprio corpo, mente, inteligência, emoções, memória, percepção, análise, síntese, experiência e sabedoria geraram um método altamente prático e ao mesmo tempo científico. Sua prática era seu próprio laboratório. Guruji também deixou um legado precioso em seus diversos livros, traduzidos e publicados no mundo inteiro, generosamente compartilhando com a humanidade sua prática e aprendizado de yoga, que se tornou lendária. Para ele:

6


“Āsana é Deus, cuja representação é AUM: A é assumir o āsana, U representa a reflexão sobre o uso, o propósito e o significado do āsana executado, M é bhāvanā, a experimentação do sentimento correto na forma de alegria e bem-aventurança.” A prática devotada e desprendida dos oito estágios de Astānga Yoga eram o que ele recomendava a todos os seus alunos, dizendo: “As oito pétalas do yoga estão interligadas e entrelaçadas. Se uma pétala está explícita, as outras estão implícitas e é assim que funciona o yoga.” “Se você se equilibrar no presente, você está vivendo na eternidade. Yoga ensina a viver no presente.” O método de ensino de āsanas proposto por ele se baseia no tripé (1) precisão, (2) permanência e (3) sequenciamento das posturas, que não estão submetidos a um regramento rígido, mas sim a um modo de combinação que dependerá da conjugação de vários aspectos, tais como: objetivo, condição, idade, hora do dia, estado mental, tempo disponível, condições ambientais, etc. Guruji usou seu próprio corpo como laboratório durante anos de experimentação e observação precisa, inclusive dos efeitos das mais diversas combinações sobre o corpo e a mente. “Quando um āsana é executado corretamente, os movimentos do corpo são suaves, há leveza no corpo e liberdade na mente.” “Quando estou em um āsana, vou além das amarras cronológicas e psicológicas do tempo.” “Yoga é para todos. Projetei acessórios para que todos pudesssem se beneficiar deles”. E como começar? Tudo o que é requerido para nossa prática é grande diligência, observação, percepção, sensibilidade, análise, síntese e discernimento. É preciso grande atenção, aplicação e integração. A fim de preservar a integralidade e uniformidade de seus ensinamentos, em 2004 Guruji estabeleceu uma série de parâmetros a serem seguidos tanto pelos professores certificados no método, quanto pelos estudantes, contidos no documento denominado Pune Constitution (https://iynaus.org/s i t e s / i y n a u s _ fi l e s /p a g e s /2 0 0 9 - 0 8 _ R e v i s e d_Pune_Constitution.pdf), que deve ser seguido por todas as associações e institutos de Iyengar Yoga em todos os locais do mundo, determinando que nos lugares onde houvesse uma comunidade de pratican-

tes e professores do método, fosse criada uma associação nacional com o objetivo primordial de: • Difundir o ensino de Yogacharya Sri B.K.S. Iyengar e manter o padrão de ensino estabelecido por ele; • Assumir o encargo de ser o único órgão responsável pelo treinamento e avaliação de candidatos interessados em ensinar de acordo com o método e também pela emissão dos certificados de professores (http://www.iyengar.com.br/certificacao/passo-a-passo-para-a-certificacao.html); • Manter um registro nacional de professores aprovados para lecionar Iyengar Yoga (http://www.iyeng a r . c o m . b r / P r o f e s s o r e s / M e m b r o s / ? fi l ter=all&profiletype=2&sort=alphabetical); • Manter um registro nacional de formadores de professores aprovados de Iyengar Yoga (http://www.iyengar.com.br/certificacao/cursospreparatorios-para-certificacao.html);

No APPENDIX C deste documento, Guruji estabelece o procedimento para treinamento, exame do nível de prática, conhecimento teórico e capacidade de ensino para a obtenção de certificação dos professores do método Iyengar Yoga. No Brasil, estas tarefas competem exclusivamente à ABIY – Associação Brasileira de Iyengar Yoga, fundada com as bençãos de Guruji no ano de 2006. Os recursos financeiros obtidos pela ABIY com o pagamento da taxa de manutenção da condição de associado da ABIY revertem em parte para o Bellur Krishnamachar & Seshamma Smaraka Niddhi Trust (BKSSNT) e são usados na construção e manutenção de escolas e de um hospital na terra-natal de Guruji, no Sul da Índia. A taxa de manutenção do certificado e uso da logomarca é enviada integralmente para o RIMYI. Namaskar!

7


ABIY ENTREVISTA

MARÍA JESÚS LORRIO CASTRO María Jesús Lorrio Castro nasceu em Salamanca, na Espanha, mas mora em Colônia, na Alemanha, onde dirige, desde 2004, seu próprio estúdio, o Iyengar-Yoga-ZentrumKöln-Mitte. Trabalhou como bailarina profissional por muitos anos até terminar sua Formação em Iyengar Yoga no Centre de Yoga Iyengar de Paris com Faeq e Corine Biria e começar a ensinar há 20 anos. María é uma praticante muito dedicada e uma professora em constante aperfeiçoamento. Em 2013, recebeu o certificado Senior Intermediate III concedido pelo próprio Guruji Iyengar em Pune, Índia. E agora em 2017 recebeu o certificado Advanced Junior I das mãos de Geeta Iyengar. Ela vem ao Brasil anualmente desde 2006, inicialmente como assistente de Faeq Biria, a convite da Associação Brasileira de Iyengar Yoga, para preparar os candidatos aos exames dos níveis Introdutório e Junior. Suas aulas são muito dinâmicas, e María as conduz com muita vitalidade, energia e entusiasmo. Ela concedeu a entrevista à ABIY por e-mail em outubro último. Como foi o seu início no Yoga e no método Iyengar? Foi em 1992 quando, depois de morar seis meses na Alemanha pela primeira vez, voltei a Madri por um período. Meu irmão Leandro era e continua sendo aluno de Patxi Lizardi em Madri e me aconselhou a frequentar aulas de Yoga, pensando que seria algo muito bom para mim. Desde a minha primeira aula, eu soube que tinha encontrado algo muito importante em minha vida... Observar a maestria de Patxi Lizardi ao estender a planta dos pés em Tadasana me fez confiar em seu ensino e em suas palavras. Depois de ter frequentado suas aulas regularmente por três meses consecutivos, Patxi anunciou a chegada de seu professor Faeq Biria em Madri, e disse que todos os alunos do Centro, independentemente de sua experiência, poderiam participar do curso intensivo de um dia. Por motivos importantes, e com a permissão de Patxi, pude somente participar da sessão de prática da tarde, mas foi o suficiente para confirmar que o Yoga, a partir daquele momento, sempre me acompanharia por toda a minha vida. Ao voltar à Alemanha, e seguindo o conselho de meu professor Faeq Biria, comecei a praticar sozinha com o livro Luz Sobre o Yoga e

sempre que meu trabalho de bailarina me permitia, eu viajava para Paris para participar de aulas com Faeq e Corine Biria, assim como para Madri com Patxi Lizardi. Desde 1995, comecei a participar dos intensivos de verão conduzidos por Faeq em Blacons, graças aos quais a estabilidade e a constância na minha prática foram reafirmados.

“...ele me disse textualmente: “bring your brain to your back, and not your back to your brain” (traga o seu cérebro para as suas costas e não as suas costas para o seu cérebro). Essa frase marcou a minha vida e a minha prática até os dias de hoje”. Conte uma história marcante que você viveu com Guruji. Mais do que uma história, eu destacaria uma conversa que me pareceu uma das mais importantes que tive com ele desde minha primeira viagem a Pune no ano 2000. Depois de muitos anos, eu tive a coragem de perguntar-lhe como a escoliose pode ser combinada com uma prática

8


avançada e ele me disse textualmente: “bring your brain to your back, and not your back to your brain” (traga o seu cérebro para as suas costas e não as suas costas para o seu cérebro). Essa frase marcou a minha vida e a minha prática até os dias de hoje.   Qual a relação da dança e do Yoga na sua vida? Quando comecei a praticar Yoga, a dança continuava sendo minha profissão. Antes de começar os ensaios matinais, praticava meia hora de posturas em pé ou outras posturas, e ao terminar a jornada de 8 horas de trabalho, antes de dormir, eu praticava meia hora de posturas invertidas. Pouco tempo depois, eu observei que a cada dia eu me sentia mais tranquila e melhor no palco, e percebi que era graças à prática regular de Yoga.  

“Não devemos esquecer que somos praticantes de Yoga antes de tudo, que somente um bom aluno pode chegar a ser um bom professor”.

Qual o seu conselho para um candidato "iniciante" Introdutório II e para um "avançado" Sênior? O conselho é o mesmo para ambos, e para qualquer praticante de Iyengar Yoga que escolha o caminho da certificação estabelecido por Guruji: não devemos esquecer que somos praticantes de Yoga antes de tudo, que somente um bom aluno pode chegar a ser um bom professor. Também é importante desenvolver o professor dentro de nós mesmos, para que possamos nos auto-observar e autocorrigir, assim amadurecendo a capacidade de observar e corrigir os nossos alunos. Como você concilia a intensidade e a suavidade na sua prática pessoal? Segundo Patañjali, os praticantes de Yoga podem ser suaves, médios, intensos e intensamente intensos. Ou seja, uma prática intensa não pode ser suave e vice-versa. Poderíamos talvez substituir a palavra suavidade pela ausência de rigidez. A partir deste ponto de vista, eu diria que a prática deve ser intensa, desde que a intensidade não se confunda com a rigidez.

Para conseguir que a prática seja intensa e não rígida, devemos abordá-la a partir de uma atitude física e mental tranquila e relaxada. É importante buscar um ritmo respiratório adequado, ou até abaixo do normal, que nos permita manter um estado de calma e relaxamento físico e mental que evite a tensão. Desta maneira, pode-se combinar a prática intensa com a suavidade dos músculos e a passividade do cérebro. Qual foi a maior lição que o Iyengar Yoga trouxe para a sua vida? Me ensinou e continua ensinando que temos que fazer o possível para mudar e transformar tudo o que pode ser mudado e transformado no caminho da evolução, assim como aprender a desenvolver a atitude mental correta para aceitar viver com tudo aquilo que não pode ser modificado.   Como vê o desenrolar da história de BKS Iyengar e da propagação de seu legado após a partida do Guruji?  Graças a Deus, tivemos a graça divina de poder ver a prática do Guruji quase até o fim de seus dias, assim como podemos ter acesso ao seu legado através de seus livros. Temos ainda o privilégio de contar com os ensinamentos de Geeta, Prashant e Abhijata, assim como de todos os alunos mais antigos e diretos do Guruji. Isso é um privilégio para todos nós, praticantes de Iyengar Yoga. Em um país como o Brasil onde o método Iyengar ainda é pouco conhecido, e onde o Yoga de forma geral ainda é visto como algo circense ou como meditação passiva em uma postura sentada de olhos fechados, que conselhos daria para ver esse método propagar-se de forma mais eficaz?  Acho que estas duas visões extremas do Yoga em geral se devem ao desconhecimento do tema e isto é algo comum não somente no Brasil, mas também em outros países onde Iyengar Yoga é muito mais conhecido. De qualquer maneira, desde a primeira aula de Iyengar Yoga, o praticante rompe os conceitos errôneos de ver o Yoga como uma disciplina passiva de postura sentada e olhos fechados e, à medida que a prática avança no tempo, ele percebe que o Yoga está mais próximo da meditação ativa do que da preconcebida meditação passiva.

9


Foto: Luisa Meyer (no Centro Iyengar Yoga São Paulo)

Ensino regularmente no Brasil há 12 anos e pude observar que o culto ao corpo neste país tem uma importância capital se você o comparar com um país como a Alemanha, onde resido e ensino há muitos anos. Em geral, o corpo de um brasileiro está muito apto para qualquer disciplina física e, por isso, às vezes, é possível que o Yoga seja confundido com qualquer uma delas. Penso que quanto mais fácil uma postura nos pareça, mais perguntas temos que considerar sobre se nossa prática de Yoga está realmente indo pelo caminho correto. O nível de consciência é às vezes maior para os praticantes que têm menos aptidões físicas do que para os mais dotados fisicamente. Por isso, é importante saber que o corpo é somente um meio e não um fim. Somente podemos falar em Yoga quando a ação seja consciente.

ESQUINA DA LEITURA

REVISTA YOGA RAHASYA: Assine em 2018!

Yoga Rahasya é uma publicação trimestral em inglês do Ramamani Iyengar Memorial Yoga Institute (RIMYI) em Pune e do Light on Yoga Research Trust (LOYRT) em Mumbai, Índia, sob a direção do Dr. Rajvi H. Metha. A publicação tem quatro edições anuais, geralmente fevereiro, maio, agosto e novembro, correspondentes às datas comemorativas do aniversário do RIMYI, Hanuman Jayanti, Guru Purnima e Patañjali Jayanti, enviados aos assinantes diretamente por Pune (http://bksiyengar.com/modules/Referen/YR/yr2017.html). O objetivo da Revista Yoga Rahasya é compartilhar a essência dos ensinamentos do Yogacharya BKS Iyengar e contém artigos originais e transcrições de palestras ministradas por Guruji Iyengar, Geeta e Prashant Iyengar sobre filosofia, psicologia, a vida, a ciência e a arte do yoga. Contém também artigos de seus alunos sobre suas próprias experiências, detalhes sobre a prática de āsanas e o tratamentos de condições crônicas através do yoga. A partir de 2018, a ABIY voltará a realizar a intermediação das assinaturas entre Pune e seus associados. Em breve enviaremos e-mail para cadastramento dos associados interessados com instruções para o pagamento da assinatura.

SEJA ASSOCIADO DA ABIY E ASSINE A REVISTA! 10


GEOMETRIA DO ASANA

VIRABHADRASA II POSTURA DO GUERREIRO Por Noemia Wainer

Noemia Wainer nasceu em 1934, foi bailarina clássica profissional e a primeira brasileira a praticar Iyengar Yoga há mais de 40 anos. Virabhadrasana II é uma das posturas preferidas da Noemia. Ela nos conta que escolheu essa postura “não só pela beleza, mas pelo simbolismo que ela expressa: o herói guerreiro que mantém, ao mesmo tempo, sua atenção no que vem de trás; o olhar fixo para frente; e o tronco girando fortemente da direita para a esquerda, com coragem, mas também suavidade.” Praticantes, iniciantes ou experientes, sabem que Iyengar Yoga se distingue de outros sistemas de Hatha Yoga, entre outros motivos, pelas minuciosas explicações para a correta execução das posturas. Neste texto, pretendo modestamente ilustrar alguns aspectos de Virabhadrasana II, que talvez não sejam tão aparentes, mas que uma vez percebidos podem ajudar na melhor compreensão da postura. Os asanas que aparecem em A Luz Sobre o Yoga e que formam as bases do sistema foram elaborados pelos antigos mestres há milênios, na Índia, através da observação da vida animal e vegetal. Eles também nomearam algumas posturas em homenagem às divindades do panteão hindu. Guruji desenvolveu um interessante aspecto que diz respeito a geometria das posturas, algo que fica muito claro nas posturas em pé: triângulos e quadrados são formados pela ação coordenada do tronco, braços, cabeça, pernas e pés. Por exemplo em Virabhadrasana II: a partir do momento em que, de Tadasana, saltamos para Utthita Hasta Padasana e separamos as pernas já formamos o primeiro triângulo. Com o tronco ereto num eixo vertical e os braços abertos num eixo horizontal, giramos os pés

para a direita para entrar na postura relaxando a virilha interna da perna direita até que a flexão do joelho forme um ângulo de 90 graus entre a coxa e a canela, que deverão estar paralela e perpendicular ao chão, respectivamente. Se traçarmos uma linha imaginária desde o topo da cabeça, passando pelo períneo em direção ao chão, são formadas duas figuras geométricas: um quadrado, com a coxa da perna frontal paralela ao chão, e um triângulo na perna de trás, firmemente ancorada ao chão pela parte externa do calcanhar.

A clareza e a linearidade,  típicas  das formas geométricas, dão aos praticantes a possibilidade de expressar na postura o alinhamento e a força arquetípica do herói: o peito se abre e o esterno, elevado e firme, denota coragem e determinação; o tronco, apesar do movimento lateral das pernas, mantém-se ereto e voltado para a frente, enquanto a cabeça gira livremente para a direita, acompanhando com o olhar a linha reta formada pelo braço direito, ao mesmo tempo que o braço esquerdo se estende fortemente para trás.  Assim, Virabhadrasana II oferece-nos a possibilidade de vivenciar a força que vem da visão do herói, que olha para o futuro com coragem, tem sua atenção plena no presente, não perde a consciência do passado e permanece vigilante e atento em todos os momentos! Por que não procurar observar sempre, dentro deste método inigualável desenvolvido por Guruji, novos caminhos que iluminem nosso conhecimento e ajudem no desenvolvimento e progresso de nossa prática? 

Força, suavidade e equanimidade são as virtudes do herói guerreiro que inspiram minha postura favorita! 11


Com a cadeira (foto abaixo), as formas geométricas que iluminam o alinhamento em Virabhadrasana II ficam bem evidentes. Apoiar a nádega direita no assento facilita a flexão do joelho até formar o ângulo de 90 graus entre coxa e canela. O assento da cadeira também serve de referência para o joelho manter-se em linha com o quadril. Com essas ações, a pelve pode se abrir, o abdome se elevar, e o tronco girar da direita para a esquerda.

Fotos: Deborah Weinberg

As fotos foram tiradas no Centro Iyengar Yoga Deborah Weinberg, no Rio de Janeiro. Uma curiosidade: Deborah foi uma das primeiras alunas da Noemia e a professora pioneira no Rio de Janeiro. Atualmente, Noemia é aluna dela.

Iyengar Yoga Chega ao Brasil no Final da Década de 1980 Por Noemia Wainer Para escrever sobre meu encontro com Iyengar Yoga é preciso relembrar que BKS Iyengar e seu método foram levados primeiramente para a Inglaterra, pelas mãos do grande violinista Yehudi Menuhin e, após a publicação do livro Light on Yoga, em 1966, Iyengar Yoga encontrou terreno fértil, primeiramente naquele país e aos poucos foi se espalhando para outros países, entre eles a África do Sul. Devido a minha profissão - eu era funcionária do Ministério das Relações Exteriores fui designada para servir no Consulado do Brasil em Cape Town e naquela bela cidade, em 1976, encontrei uma professora do método e passei a frequentar suas aulas. Em 1981, fui transferida para o Consulado do Brasil em São Francisco e tive a imensa sorte de encontrar meu professor, Manouso Manos, naquela época um jovem barbudo e intenso, que ministrava suas aulas numa pequena academia de ginástica. Pouco depois, foi inaugurado o Iyengar Yoga Institute de São Francisco, que contava com um extraordinário time de professores, e entre eles estava Manouso. Três anos mais tarde, em 1984, meu professor organizou a Primeira Convenção de Iyengar Yoga nos Estados Unidos, que contou com a presença de Guruji. Que momento histórico e poderoso! Também naquele ano, comecei a fazer a formação oferecida pelo IYI de São Francisco e, como parte dos estudos, viajei para Pune em 1986, a fim de estudar com Geeta Iyengar. Em 1989, fui transferida para Brasília e posso dizer que naquela época Iyengar Yoga era totalmente desconhecido no Brasil. Comecei, então, a ensinar a um grupo, quase todos ligados ao Itamaraty.

A prática de Iyengar Yoga tem sido, além da aprendizagem que nunca cessa, um caminho que oferece saúde, coragem e equanimidade nos momentos difíceis que chegam a todos nós. 12


LUZ SOBRE A CIÊNCIA

Estudo Realizado em Universidade de Boston Comprova a Eficácia de Iyengar Yoga contra a Depressão A depressão é uma condição frequente e de curso crônico, onde o tratamento padrão com medicação antidepressiva não atinge a remissão em 50% dos casos. Na maior parte dos casos, a melhora acontece quando alguma terapia é realizada em conjunto com o tratamento padrão. Estudos anteriores de meta-análise e randomizados mostraram que existe uma relação entre a prática de yoga e a melhora no quadro dos pacientes. Estes estudos especificaram que o método Iyengar Yoga apresenta resultados expressivamente melhores do que outros métodos terapêuticos. Baseados nisso, um grupo de pesquisa liderado pelo Dr. Theodore Whitfield e pela Dra. Marisa Silveri da Boston University Medical Center (BUMC) realizou um novo estudo randomizado através do qual procurava a evidência da prática de Iyengar Yoga como terapia eficiente para o combate à depressão. Este estudo foi publicado no volume 23 do The Journal of Alternative and Complementary Medicine (JACM) em março de 2017 e todos os dados deste artigo são baseados nesta publicação. Foram selecionados 30 indivíduos de 18 a 64 anos, diagnosticados com Distúrbio Depressivo Maior (DDM) baseado no método Beck Depression Inventory II (BDI-II) com notas iguais ou maiores a que comprovam o diagnóstico de depressão) que estavam sem medicação antidepressiva ou com a dosagem de medicamentos estabilizada há 3 meses. Os indivíduos entraram num estudo de 12 semanas onde foram distribuídos em dois grupos: (1) alta dosagem e (2) baixa dosagem. O grupo de alta dosagem recebeu 3 aulas de 90 minutos de Iyengar Yoga por semana com professor, além de um treinamento guiado (com CD) para realizar em casa. O grupo de baixa dosagem recebeu 2 aulas de 90 minutos de Iyengar Yoga por semana com professor, além de material guiado para a prática em casa. Os professores foram treinados por Patricia Walden (professora Sênior I Norte-Americana) e, como pré-requisito, deveriam ser certificados no nível Introdutório II ou superior, além de possuir experiência como professor de, no mínimo, cinco

anos. Estes professores participaram da estruturação do protocolo de aula que era composto por uma aula de 90 min na seguinte progressão:

• Posturas sentadas ou reclinadas (para centramento enquanto o sūtra referente a aula era traduzido e sua interpretação era lida); • Saudações ao sol; • Posturas em pé; • Torções; • Posturas invertidas; • Relaxamento profundo (Śāvāsana); • Respiração consciente (Ujjāyi) Foram utilizados os seguintes props: • Tapete de yoga • 2 blocos • Cinto • Bolster • 3 cobertores • CD para a prática em casa, com 15 minutos de respiração guiada. Dos oito membros do yoga descritos por Patañjali, o tratamento incluía o 3º membro (āsana), 4º membro (prānāyāma), 6º membro (dhāranā) e o 7º membro (dhyāna). CONCLUSÃO: Este estudo comprovou a existência da relação entre a prática de Iyengar Yoga em combinação com a respiração consciente e a diminuição significativa de DDM, tanto para pacientes com uso de medicação antidepressiva constante quanto para pacientes não medicados. A remissão foi maior nos sujeitos que praticaram 3 vezes na semana. Este grupo apresentou mais indivíduos com notas de BDI-II menores de 10 (remissão da depressão) do que os que praticaram apenas 2 vezes semanais, porém ambos tiveram resultados importantes.

13


NOTA: Um estudo com 30 indivíduos não é uma conclusão definitiva sobre um assunto, porém abre espaço para novos estudos e tratamentos envolvendo Iyengar Yoga, tornando o método reconhecido e mais consistente quanto aos seus benefícios. Link para acesso a pesquisa: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28296480

SUTRA EXPRESS

I.1 atha yogānuśāsanam atha: agora, auspício, uma prece, uma dádiva, benção, autoridade, um bom

presságio. yoga: ato de juntar, união, junção, combinação, aplicação, uso, meios, resultado, meditação profunda, concentração, contemplação do Espírito Supremo. anuśāsanam: conselho, direção, ordem, comando, instruções, estabelecer regras e preceitos, um texto revisado, introdução ou guia dado de maneira procedimental. Assim, significa orientação nos códigos de conduta a serem observados e que formam a base a partir da qual se cultiva a vida ética e espiritual de uma pessoa.

Com preces por bênçãos divinas, agora começa uma exposição da arte sagrada do yoga. Agora segue uma exposição detalhada da disciplina do yoga, dada passo a passo na ordem correta, e com a direção adequada para o auto-alinhamento. Patañjali é o primeiro a nos oferecer uma codificação do yoga, de sua prática e preceitos, e a imediatez da nova luz que ele está vertendo sobre um assunto conhecido e antigo é enfatizada pelo seu uso da palavra "agora". Sua reapreciação, baseada em sua própria experiência, explora um terreno novo e nos lega uma obra duradoura e monumental. No contexto cultural de seu tempo, suas palavras devem ter sido cristalinas e até mesmo para a mente moderna, espiritualmente empobrecida, elas nunca são confundidas, embora muitas vezes sejam

quase impenetravelmente condensadas. A palavra "agora" também pode ser vista no contexto da progressão a partir das obras prévias de Patañjali, seus tratados sobre gramática e ayurveda. Logicamente, devemos considerá-las como precedentes aos Yoga Sūtras, na medida em que a gramática é um pré-requisito para o discurso lúcido e compreensão clara, e a medicina ayurvédica para a limpeza do corpo e o equilíbrio interno. Juntos, esses trabalhos serviram de preparação para o ápice da exposição do yoga de Patañjali : o cultivo e a transcendência final da consciência, culminando com a liberação dos ciclos de renascimento. Esses trabalhos são conhecidos coletiva-

14


mente como moksa śāstras (ciências espirituais), tratados que traçam a evolução do ser humano da servidão física e mental rumo à liberdade definitiva. O tratado sobre yoga flui naturalmente do trabalho ayurvédico e guia o aspirante (sādhaka) a um estado de consciência treinado e equilibrado. Neste primeiro capítulo, Patañjali analisa os componentes da consciência e seus padrões comportamentais, explicando como suas flutuações podem ser aquietadas a fim de atingir a absorção e integração internas. No segundo, ele revela todo o mecanismo de ligação do yoga, por meio do qual a conduta ética, o vigor e a saúde corporais e a vitalidade fisiológica são incorporadas à estrutura do progresso evolutivo humano rumo à liberdade. No terceiro capítulo, Patañjali prepara a mente para atingir a alma. No quarto, ele mostra como a mente se dissolve para dentro da consciência e a consciência para dentro da alma e como o sādhaka bebe o néctar da imortalidade. O Brahma Sūtra, tratado que lida com a filoso-

fia Vedanta (o conhecimento do Brahman), também começa com a palavra atha ou "agora": athāto Brahma jijñāsā. Ali, "agora" representa o desejo de conhecer Brahman. Brahman é tratado como o objeto de estudo e é discutido e explorado ao longo de todo o texto como o objeto. Nos Yoga Sūtras é aquele que vê ou o verdadeiro Eu que deve ser descoberto e conhecido. Yoga é portanto considerado uma arte, ciência e filosofia subjetivas. "Yoga" tem várias conotações, conforme mencionado no início, mas aqui representa samādhi, o estado indivisível de existência. Assim, este sūtra pode ser entendido da seguinte maneira: "as disciplinas da integração são expostas aqui através da experiência e são ofertadas à humanidade para a exploração e reconhecimento daquela parte escondida do ser humano que está além da consciência dos sentidos". (Light on the Yoga Sūtras of Patañjali – BKS Iyengar – Samādhi Pada)

CANTINHO DO ASSOCIADO

JUNTE-SE A NÓS: ASSOCIE-SE OU RETOME SUA CONDIÇÃO DE ASSOCIADO!

2

C E N T

Você leitor é muito importante para a Associação Brasileira de Iyengar Yoga (ABIY). Sua participação como associado ou apoiador é fundamental para o sucesso desta entidade. Assim, gostaríamos de convidá-la(o) a fazer parte ou voltar a integrar este lindo projeto de desenvolvimento e propagação de Iyengar Yoga, com o suporte e orquestração da ABIY. Sua participação é importante porque impulsiona a difusão do método Iyengar Yoga em nosso país, apoiando-o financeiramente e incentivando-nos a promover eventos e cursos, além de viabilizar a tradução de livros, apostilas e artigos que promovem a divulgação dos ensinamentos de nosso querido Guruji entre os leitores brasileiros. O pagamento das contribuições à ABIY também permite que colaboremos para a existência e manutenção do RIMYI (Ramamani Iyengar Memorial Yoga Institute em Pune) e do projeto Bellur, lugar de

B.K.S.

nascimento de Guruji na Índia e que se desenvolveu enormemente através da fundação criada por ele (http://bksiyengar.com/modules/Institut/Yogini/yogini.htm) Adicionalmente, associando-se à ABIY, você estará conectando-se com as demais associações de Iyengar Yoga espalhadas pelo mundo inteiro e tornando-se parte desta comunidade mundial de praticantes. Para associar-se, preencha seu cadastro no link: http://www.iyengar.com.br/cadastro.html, ou entre em contato conosco para reativar sua conta inativa. Temos dois planos de assinaturas. Escolha aquele que melhor se adapta a sua necessidade.

15


Contribua integralmente com nossos projetos através do Plano Associado. A cota é semestral e paga através de boleto bancário enviado ao seu endereço, correspondendo à quantia de R$25,00 mensais, acrescido do valor da taxa bancária de R$5,90. Este plano é compulsório para professores certificados atuantes no Brasil e para aqueles em processo de certificação. Oferecemos também o Plano Apoiador, cuja contribuição será semestral, através de boleto bancário enviado ao seu endereço e corresponderá a R$12,50 mensais, acrescido do valor da taxa bancária de R$5,90. Como Associado ou Apoiador você poderá usufruir dos seguintes benefícios:

•Acesso a eventos e cursos promovidos pela ABIY com professores desta instituição, professores internacionais e especialmente professores vindos diretamente do RIMYI, na Índia, desde que cumpra o requisito mínimo de tempo de prática exigido, incluindo descontos proporcionais e inscrição antecipada; •Acesso à assinatura da revista Yoga Rahasya, enviada diretamente de Pune, Índia pelo correio; •Acesso a notícias atualizadas sobre Iyengar Yoga no Brasil e no mundo; •Direito a voto nas Assembleias Extraordinárias e Gerais, podendo assim influir nas decisões da ABIY; •Recebimento em seu e-mail da publicação Sañjaya - ABIY em REVISTA, onde poderá sempre encontrar as últimas novidades em cursos e eventos, além R I O de artigos sobre a prática e a filosofia de Iyengar G A R Yoga; •Descontos em algumas escolas de Iyengar Yoga do país.

praticantes com apenas 1 ano de experiência. Desde já contamos com o seu apoio para levar todos estes projetos adiante. Participe: juntese a nós e incentive a adesão de novos associados. A ABIY não é uma associação exclusiva de professores: é uma associação de praticantes e apoiadores dos ensinamentos do Guruji B. K. S. Iyengar. Estamos à disposição para ajudá-lo com qualquer questão. Ideias e/ou sugestões serão muito bem vindas. Por favor encaminhem-nas para o email secretaria@iyengar.com.br. Seguimos com as bênçãos dos Mestres. Um grande abraço. Com amor,

Sun Vaz

Presidente presidencia@iyengar.com.br

Silvia Stocche

Vice-Presidente vicepresidencia@iyengar.com.br

Temos muitos projetos para os próximos anos: três professores de Pune já têm workshops confirmados no Brasil em 2018, 2019 e 2020; está em andamento a tradução de libretos do Instituto por iniciativa de tradutores voluntários (Preliminary e Intermediate Courses e Basic Guidelines for Iyengar Yoga Teachers), mas precisamos de apoio financeiro para a edição e impressão, entre outros serviços prestados em benefício dos associados. É importante lembrar que 2018 marca o ano do centenário de nascimento do estimado Guruji, ocasião para a qual várias atividades estão sendo programadas para a celebração, inclusive uma viagem em julho ao Instituto, em Pune, para um curso de 10 dias com tradução inédita para o português, aberto a

16


“Ensinar é aprender e reaprender é o verdadeiro ensinamento”. B.K.S Iyengar

(Astadala Yogamala Vol. 8 p. 72)


Sañjaya ABIY em REVISTA

Profile for ABIYSanjaya

Sanjaya-ABIY em REVISTA  

Primeira edição de Sanjaya-ABIY em REVISTA. Associação Brasileira de Iyengar Yoga

Sanjaya-ABIY em REVISTA  

Primeira edição de Sanjaya-ABIY em REVISTA. Associação Brasileira de Iyengar Yoga

Profile for iyengar5
Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded