Issuu on Google+


EDITORIAL

C

hegamos ao final de mais um ano e com muita satisfação digo que foi um ano de muitas conquistas. Dentre as diversas obras e melhorias em prol dos associados, um fato muito importante e recente foi a aprovação, em assembleia geral extraordinária, do financiamento para uma nova subestação e o desmembramento da Cerbranorte distribuição e a Cerbranorte geração. Eu e minha diretoria trabalhamos com muito comprometimento para garantir benefícios e melhorias para nossos associados. Juntos, continuaremos

a lutar e a enfrentar todos os desafios que surgirem, sempre pensando no crescimento e sucesso de nossa cooperativa. Preparamos esse informativo para que todos tenham a possibilidade de conhecer e acompanhar os principais trabalhos e investimentos da Cerbranorte. Estamos felizes em poder mostrar que o ano de 2013 foi muito positivo e, acreditamos que 2014 será um ano de muitas outras conquistas. Aproveito para desejar Boas Festas e um Ano Novo de muita paz e realizações para todos.

Quando o Toninho e o Nelo tomaram posse, em abril de 2011, recebi a missão de gerenciar os trabalhos na Cerbranorte. Foi o início da nova realidade da cooperativa como permissionária de energia no sistema elétrico brasileiro, cujo contrato com ANEEL já havia sido assinado em 2008. Os desafios foram muitos. O crescimento da região exigiu grandes investimentos em

equipamentos e funcionários. Podemos destacar as aquisições de bancos reguladores de tensão, religadores automáticos, GPS, termo visor, gerador, veículos, equipe e caminhão linha viva, condutores e transformadores. Hoje, contamos com três equipes de plantão 24 horas e cinco equipes de construção e manutenção de rede de baixa e alta tensão. A obra da PCH Capivari, em parceria com a Urbano Agroindustrial segue dentro do cronograma e deve gerar energia em meados do próximo ano. A nova subestação, também uma obra importante e fundamental para o futuro da Cerbra-

EXPEDIENTE

DIRETORIA

Antonio José da Silva, Toninho - Presidente.

norte, será iniciada em fevereiro de 2014. Contamos hoje com aproximadamente 19 mil associados e 15 mil consumidores, existindo de nossa parte uma dedicação intensa para que possamos fazer o que o Toninho e o Nelo desejam: distribuir energia elétrica de qualidade a todos. Aproveito para registrar um agradecimento em nome de todos os funcionários à atual diretoria, ao Toninho e ao Nelo, pelos investimentos e pelo apoio que recebemos para realizar as obras necessárias para colocar a Cerbranorte entre as melhores da região sul Catarinense.

José Eduardo Claudia, Dado - Gerente

Presidente - Antonio José da Silva, Toninho Vice Presidente - Manoel da Silva, o Nelo

Irio Luiz Volpato - Secretário

Revista Cerbranorte Cooperativa de Eletrificação de Braço do Norte Cooperativa de Distribuição de Energia e Desenvolvimento de Braço do Norte Sede em Braço do Norte Rua Jorge Lacerda, 1761 – Centro 88750-000 – Braço do Norte – SC Fones: 3658 2499 - 0800 643 2499 Filial em Rio Fortuna Avenida Sete de Setembro, 1220 – Centro 88760-000 – Rio Fortuna – SC Fone: 3653 1129 - 0800 643 2499 Tiragem: 10.000 exemplares Jornalista Responsável: Elizangela De Bona Laurindo JP4210SC Diagramação: Camila Rohling Colaboração: Funcionários Cerbranorte. Produção: Probeta Impressão: Gráfica Soller www.cerbranorte.com.br www.facebook.com/cerbranorte

2

Conselho Administrativo: Juliano Kuerten Costa, Jacinto Della Giustina, Zeno Wiggers e Laudir Vieira da Luz.

Conselheiros Suplentes: Nilton Buss e Adeir Michels Meurer.

Conselho Fiscal:

Celso Bloemer, Claudemar Batista e Vilmar Andre Fornazza

Conselho Fiscal Suplente:

Jair Martins Rocha, Wescley Raldi Santana e Paulo Vendolino Boger.

Revista Cerbranorte . Novembro . 2013


CERBRANORTE: QUALIDADE E AGILIDADE EM PROL DO ASSOCIADO

C

om mais de 50 anos de história, a Cooperativa de Eletrificação de Braço do Norte (Cerbranorte), sempre participou ativamente do cotidiano das cidades em que atua. Em Braço do Norte e Rio Fortuna, quando possível, a cooperativa está sempre presente em programas sociais, eventos beneficentes e comemorativos, projetos esportivos, feiras sociais e no apoio ao crescimento socioeconômico da região. Desde que assumiu a cooperativa em abril de 2011, a atual diretoria, coordenada pelo presidente Antonio José da Silva, tem conquistado bons resultados à frente da cooperativa. “Todas as diretorias anteriores fizeram o que puderam e agora nós estamos fazendo o possível para melhorar o atendimento ao associado e propiciar mais qualidade de energia”, afirma o presidente.

De acordo com Toninho, como é conhecido, importantes aquisições foram feitas desde 2011. Aquisições essas que beneficiam significativamente o associado. Dentre as aquisições estão um caminhão de linha viva e um aparelho Termovisor. “Este aparelho detecta, como se fosse um raio-x, problemas na rede antes mesmo dele se manifestar. E com o caminhão de linha viva é possível que o reparo seja feito com a rede energizada. É mais agilidade e qualidade”, destaca. As obras da Pequena Central Hidrelétrica em Capivari também foram retomadas. O término da obra está previsto para julho de 2014. Uma nova empresa, a Cooperativa de Geração de Energia e Desenvolvimento de Braço do Norte, Cerbranorte-GD, foi criada depois da aprovação dos associados em assembleia. A construção de uma nova subestação,

denominada São Basílio, também foi aprovada em assembleia e em breve, os associados terão mais qualidade de energia.

A Cerbranorte conta, hoje, com 18.995 associados, 14.939 consumidores. Em média, são 85 ligações mensais de novos consumidores.

Para atendê-los, a cooperativa conta com 92 funcionários. É a Cerbranorte evoluindo para entregar o que há de melhor em termos de energia elétrica para você.

CERBRANORTE MANTÉM CERTIFICAÇÃO DA ISO 9001 Após auditoria realizada pela empresa BRTUV nos dias 24 e 25 de julho, a Cerbranorte recebeu a certificação da ISO 9001 para o atendimento das ocorrências emergenciais e o tratamento dado às reclamações. O sistema de gestão já é usado desde 2010. “Hoje estamos em um nível muito bom. O sistema está bem implantado e funcionando de forma correta. Recebemos essa confirmação do órgão auditor”, afirma a gerente comercial Deise Faust Vieira. O certificado para o atendimento de ocorrências e o tratamento de reclamações é exigido pela ANEEL das permissionárias e concessionárias, mas a cooperativa quer mais. A partir do ano que vem, quer ampliar o sistema e conseguir a certificação para toda a empresa, tendo em vista o ganho de qualidade. “A certificação é um atestado para o consumidor de que os seus direitos estão garantidos, de que os serviços solicitados estão sendo realizados com qualidade e de que as reclamações são ouvidas e tratadas de forma ética”.

O QUE É A ISO 9001? A NBR ISO 9001 é uma norma que especifica requisitos para um Sistema de Gestão de Qualidade quando a organização deseja demonstrar, através da implantação, sua capacidade de fornecer, de forma coerente, produtos ou serviços que atendam as exigências do cliente. A NBR ISO 9001 também é implantada quando a organização deseja aumentar o grau de satisfação do cliente.

Revista Cerbranorte . Novembro . 2013

3


AS MELHORIAS: Construção do almoxarifado na sede de Braço do Norte Melhorias na rede trifásica Implantação da fatura instantânea Reinício das obras da PCH, que deve estar pronta em julho de 2014

Instalação de um banco regulador de tensão no Rio Bonito. Um investimento de R$210 mil

Construção de dois Bay de saída na subestação

Instalação de luminárias novas na Rua Senador Raulino Horn

Melhorias na rede de Alta Tensão de Rio Santo Antônio a Pinheiral. Um investimento de R$ 40 mil

Melhorias na rede da Rua Pedro Michels, no bairro Nossa Senhora de Fátima. Um investimento de R$ 15 mil

Melhorias também na iluminação da Rua Cônego Valentim Oenning, no Rio Bonito

Melhorias na parte de informática para agilizar o atendimento na cooperativa

Luminárias novas também na Rua Jorge Lacerda. Foram instaladas 11

Instalação de 20 postes novos. Também foram trocados 8 postes de madeira por postes de concreto em alguns pontos da cidade

Reforma da rede de alta e baixa tensão da Rua Bernardo Heidmann, no bairro Nossa Senhora de Fátima. Um investimento de R$ 38.259 mil

Instalação de um transformador na localidade de Tijuquinhas. Um investimento de R$ 6.250 mil

Melhoria nas redes de energia em geral Instalação de 500 caixas de correio para que os associados possam receber suas faturas com segurança

Fechamento da rede em anel do Rio Café. Esta obra atende diretamente 127 consumidores, dando-lhes garantia de um fornecimento de energia sem falhas e diminuindo os atingidos pelas faltas de energia durante as manutenções necessárias da rede.

1

2

3

1 Instalacão das caixas de correio 2 3 Melhorias na iluminação no bairro Rio Bonito

4 Instalacão de luminárias novas na rua Jorge Lacerda

5 Melhorias também nas

redondezas do ginásio municipal

4

4

5

Revista Cerbranorte . Novembro . 2013


ALGUMAS AQUISIÇÕES: Um caminhão equipado para trabalhar na Linha Viva, em 2013 Rede de fibra ótica para interligar os religadores acima citados

Um aparelho Termovisor, que detecta problemas na rede antes mesmo de eles se manifestarem

Um aparelho GPS para facilitar a localização dos ativos imobilizados Um gerador de energia de 150kva, em 2012. Cinco religadores automatizados, controlado direto do COD, quatro em 2012 e um em 2013

Um Munck e um guindaste para um carro

Uma caminhonete Fiat Strada, em setembro de 2013.

Um banco de regulador para Rio Fortuna

Aproximadamente 150 transformadores novos

Quatro reguladores de tensão, que chegarão em dezembro.

Uma caminhonete Fiat Strada, em 2012

Aquisição de uma rede da Cooperativa de Eletricidade de São Ludgero (Cgero), que vai da nova subestação até o Km 2

Três novos reguladores de tensão e um religador, que fortalecerão e estabilizarão a tensão de energia, o que minimizará as quedas de energia em Rio Fortuna. A aquisição foi feita em março de 2013.

1

2

OBJETIVOS Construir a subestação São Basílio, no bairro Bela Vista. Concluir a PCH Capivari. Melhorar por meio da reposição de cabos as redes de ligação de Braço do Norte a Rio Santo Antônio, de Braço do Norte a Azeiteiro e do Avistoso ao Pinheiral. Investir em todas as redes. Nos bairros, dar continuidade a reposição de cabos antigos por novos e com mais capacidade. Aquisição de mais 500 caixas de correios, beneficiando o máximo possível de associados. Substituição da rede tronco existente, composta por cabos de alumínio 4 caa, instalada em 1974, por cabos de 2/0 de bitola superior na comunidade do Pinheiral. Oferecer para os associados cada vez mais qualidade em termos de energia elétrica e atendimento. Substituição da rede tronco existente, composta por cabos de alumínio 4 caa, instalada em 1974, por cabos de 2/0 de bitola superior no Travessão e no Rio Santo Antônio.

Revista Cerbranorte . Novembro . 2013

3 1 Caminhão Linha Viva 2 Banco regulador de 300 amperes 3 Um termovisor

5


CRIAÇÃO DA CERBRANORTE-GD É APROVADA EM ASSEMBLEIA

A

criação de uma nova empresa foi aprovada no início de novembro, em Assembleia Geral Extraordinária da Cerbranorte, realizada no salão paroquial, em Braço do Norte. Assinaram a lista de presença 292 associados, que votaram para o desmembramento e criação de uma nova empresa, a Cooperativa de Geração de Energia Elétrica e Desenvolvimento de Braço do Norte – Cerbranorte-GD. Tendo como itens apreciados e aprovados o Relatório da Comissão de Desmembramento, a denominação da nova sociedade, o estatuto social, a nomeação dos membros do Conselho de Administração e Conselho Fiscal e fixação de pró-labore, a empresa passa a funcionar a partir

do momento em que todos os registros legais, como CNPJ e inscrição estadual, entre outros, estiverem concluídos.

O desmembramento atende uma exigência da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), que exige empresas distintas para geração e distribuição de energia

Com o desmembramento, parte do capital da Cerbranorte Distribuição, cerca de R$ 17 milhões, será transferido para a Cerbranorte-GD. A diretoria da nova empresa será composta, até 2015, pelos membros da diretoria da Cerbranorte Distribuição, sendo que a cédula de presença não terá ônus. Para o presidente da Cerbranorte, agora também presidente da Cerbranorte-GD, Antonio José da Silva, a assembleia foi uma demonstração da força do associado. “Os associados estão de parabéns, participaram ativamente da assembleia, fazendo valer o seu direito como sócio. Assumimos, mais uma vez, o compromisso de fazer sempre o melhor para o associado”.

CERBRANORTE-GD A Cooperativa de Geração de Energia Elétrica e Desenvolvimento de Braço do Norte – Cerbranorte-GD tem por objetivo a prestação de serviços aos seus associados. Tem como objeto as atividades de infraestrutura, legalmente permitidas, que reúnam os meios necessários para promover o desenvolvimento econômico e social em sua área de atuação, através da geração de energia elétrica para o consumo de seus associados, fornecimento de acesso a fontes alternativas de energia e as novas tecnologias. Tem ainda como objeto a disponibilização dos meios para promover o aperfeiçoamento das atividades desenvolvidas pelos associados e a elevação da sua qualidade de vida. Ainda de acordo com o estatuto, a Cerbranorte GD poderá atuar como produtor Independente de Energia (PIE), isoladamente ou reunida em consórcio com outras empresas que recebam concessão ou autorização de poder concedente para produzir energia elétrica destinada ao comércio de toda ou parte da energia produzida.

Associados votam a favor do desmembramento em assembleia

6

Revista Cerbranorte . Novembro . 2013


O

CONSTRUÇÃO DA SUBESTAÇÃO SÃO BASÍLIO É APROVADA

utra conquista recente da Cerbranorte foi a aprovação da construção e de contratação de financiamento de uma nova subestação, denominada São Basílio, de 138 KV. A aprovação foi dada pelos 292 associados que estiveram presentes na assembleia geral extraordinária, realizada no início de novembro, em Braço do Norte. A nova subestação será construída no bairro Bela Vista, em Braço do Norte. De acordo com o presidente da cooperativa, Antonio José da Silva, além de beneficiar a população quanto à qualidade da energia elétrica, a obra deverá contribuir também com a economia do município. Com a nova subestação aumentaremos a capacidade e consequentemente poderemos atender a de-

D

manda das empresas da cidade e de outras que possam vir a se instalar aqui”, explica.

O início das obras, de acordo o presidente Antonio José da Silva, o Toninho, está previsto para o início de 2014, com término previsto para outubro do mesmo ano.

Outro benefício será a rapidez no atendimento ao associado e na

manutenção. “Quando cai um alimentador aqui e a Celesc não pode religar de Tubarão, eles precisam deslocar uma equipe para cá, para, então, fazer o religamento. Com a subestação aqui, esse problema será resolvido bem mais rápido, já que a nossa equipe fará a manutenção”, afirma o engenheiro eletricista Fábio Mouro. Ainda de acordo com o engenheiro eletricista, em 2006 e 2012 foram realizados estudos juntamente com a Celesc, que apontam para a necessidade da construção da nova subestação. “A linha de distribuição que alimenta a linha de 69 mil volts esta com 98% de sua capacidade, não tem mais como acrescentar carga. A construção da nova subestação dará além de qualidade, mais confiabilidade para o associado”, afirma.

NOVAS NORMAS PARA AS INSTALAÇÕES DE ENERGIA

esde o dia 1o de outubro é obrigatória a apresentação da consulta prévia para construções superiores a 200 m² ou que necessite de carga acima de 50kw. A consulta prévia é um formulário onde constam dados do proprietário da obra, da obra em si e da instalação elétrica. A consulta prévia deve ser apresentada anteriormente ao pedido de análise do projeto elétrico de entrada de energia da unidade consumidora. O pedido da consulta prévia deve ser apresentado em duas vias para protocolo. Outra alteração recente na norma diz respeito às novas ligações e adequações de padrão. Desde o dia 1º de setembro, todas as ligações novas e adequações de padrão dentro da área de atuação da Cerbranorte devem, obrigatoriamente, ter o Dispositivo

de Proteção contra Surtos (DPS) instalado junto ao medidor. De acordo com o engenheiro eletricista e responsável técnico da Cerbranorte, Anízio dos Anjos Paes, os padrões ligados, modificados ou vistoriados após esta data serão considerados não conformes caso não possuam o dispositivo. O objetivo é proteger as instalações elétricas e os equipamentos eletroeletrônicos contra surtos, sobrecargas provenientes de descarga atmosférica ou manobra de chave na cooperativa. “Quando a chave é fechada e aberta novamente pode ocorrer elevação na corrente, e essa descarga atinge as instalações, o que provocar a queima de aparelhos eletrônicos. Com a instalação do DPS se evita esse problema”, explica o engenheiro eletricista.

Revista Cerbranorte . Novembro . 2013

A obrigatoriedade no uso do dispositivo foi introduzida pela norma ABNT 5410/2004, e estabelece que todas as edificações dentro do território brasileiro, que forem alimentadas total ou parcialmente por linha aérea, e se situarem onde há ocorrência de trovoadas em mais de 25 dias por ano, devem ser providas de DPS. A instalação é obrigatória também quando partes da instalação estão situadas no exterior das edificações, expostas a descargas diretas. Quanto às instalações já existentes, o engenheiro eletricista afirma que a adequação também será solicitada aos consumidores no decorrer do tempo. Em caso de dúvidas quanto a consulta prévia ou o Dispositivo de Proteção contra Surtos, entre em contato com a Cerbranorte pelos telefones: 0800 643 2499 ou 3658 2499.

7


PCH: A REALIZAÇÃO DE UM SONHO

A

história da Pequena Central Hidrelétrica Capivari começou a ser escrita há 20 anos, pelas mãos do então presidente da Cerbranorte, Luiz Kuerten, o Tilico. Foi ele quem comprou o terreno onde, hoje, está sendo construída a PCH. Pela história da PCH também passou Evanísio Uliano. Em sua gestão as obras foram iniciadas depois da aprovação de um financiamento do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo SUL (BRDE) de R$ 28 milhões. Em sua gestão, o túnel de adução, de 1291 metros, foi perfurado. Depois de anos paralisada por falta de dinheiro, as obras foram retomadas em 2012, já com Antônio José da Silva, o Toninho, na administração. Uma parceria com a Urbano Agroindustrial foi firmado e a empresa investirá cerca de R$ 50 milhões para concluir a obra. Após a conclusão, a empresa ficará com 50% da hidrelétrica. De acordo com o engenheiro civil Fabio Dyck, responsável pelo gerencia-

mento e execução da obra, aproximadamente 80 funcionários estão trabalhando na obra atualmente.

A PCH terá 18 MW de potência, com média de produção de energia firme de 12 MW

Número que deve aumentar assim que as obras da casa de força e da barragem começarem, o que não deve demorar. “A prioridade agora é o túnel de desvio do rio, depois a casa de força e por último o conduto forçado, que é a tubulação por onde a água passará para gerar energia na casa de força”, afirma o chefe geral da construção civil, José Rodrigues. A estimativa é de que a obra seja concluída até julho do próximo ano.

Paralela a construção da PCH será a construção da linha de transmissão, de São Martinho a Braço do Norte. “É um sonho virando realidade. Um sonho de anos. Hoje, graças a Deus e ao empenho de toda a diretoria a obra está a todo vapor e em breve concluída”, comemora o vice-presidente Manoel da Silva, o Nelo. “Me orgulho de estar a frente desse projeto hoje. O que temos hoje e o que ainda está por vir é o resultado de muito trabalho da diretoria e da cooperação dos associados. A obra já está 50% concluída e até metade do ano que vem estaremos gerando energia e beneficiando cada vez mais o associado”, afirma Toninho. “Uma região que busca o seu desenvolvimento necessita de energia de qualidade e em quantidade suficiente para atender todas as demandas.A construção da PCH vai proporcionar esta condição. É a materialização de um sonho acalentado há muitos anos pela comunidade”, afirma o deputado estadual José Nei Ascari.

A barragem, que terá 160m de largura e 30m de altura, será feita de argila e rocha. O enrocamento terá uma proteção para que a água não entre em contato direto com a barragem. De acordo com o engenheiro Fabio Dyck, a obra terá aproximadamente 20 hectares de área alagada.

8

Revista Cerbranorte . Novembro . 2013


As obras de drenagem e escavação estão a todo o vapor. O objetivo agora é nivelar o terreno para chegar à cota da casa de força, 11 metros de profundidade.

12 MW de energia firme é o que a PCH Capivari irá produzir.

Nilton Buss, conselheiro administrativo, Fabio Mouro, engenheiro da Cerbranorte, Antônio José da Silva, o Toninho, Manoel da Silva, o Nelo e Fabio Dyck, engenheiro civil, responsável pelo gerenciamento e execucão da obra

Células de apoio do conduto forçado. 50% da obra do conduto já está concluída. No topo da obra fica a saída do túnel, onde também haverá uma chaminé de equilíbrio. Pelos 4 metros de diâmetro da tubulação do conduto forçado passará a água que entrará na casa de máquina e gerará energia. A queda do conduto forçado é de 128 metros.

Aproximadamente 80 funcionários trabalham na obra atualmente com escavações e drenagem. Este número deve aumentar assim que as obras da barragem e da cada de forma iniciarem.

Para a conclusão do túnel de desvio faltam aproximadamente 45 metros. Conforme Fabio Dyck, engenheiro civil, são escavados 5 metros por semana.

PCH, em 2012, quando as obras foram retomadas

Revista Cerbranorte . Novembro . 2013

9


ENTREVISTAS

QUAL A SUA OPINIÃO SOBRE A ADMINISTRAÇÃO DO TONINHO A FRENTE DA CERBRANORTE? “Hoje nós temos um presidente que discute com os associados. Tivemos recentemente a experiência da criação de uma nova empresa que é a geradora, debatemos bastante e isso é muito positivo. Demoramos alguns anos para tornar isso uma realidade e hoje é. Vejo o trabalho do Toninho de forma muito positiva. Claro que tem coisa que não concordamos. Não concordamos, por exemplo, com a Cosip. Mas hoje temos a oportunidade de discutir e questionar até chegarmos a um denominador comum. Agradar a todos é impossível. Como presidente da Acivale vejo a atual gestão com bons olhos.” Sílvio Bianchini Neto, presidente da Acivale.

“O Toninho tem vários méritos. Conseguiu colocar em andamento a usina que estava parada a muito tempo. Um grande mérito dele que foi atrás quando já se corria o risco até de perder a concessão. Muito se falava também nas dívidas da cooperativa e parece que ele conseguiu colocar a casa em ordem. Participei da assembleia recentemente e foi bem democrático, outro ponto forte do Toninho. Ele ouve todo mundo, nas reuniões é sempre prestativo, disposto a escutar e atender as pessoas dentro do possível. Para a Câmara dos Dirigentes Lojistas é um grande parceiro. Sabemos das dificuldades com a ANEEL e confiamos nele. Sabemos que ele enfrenta algumas dificuldades mas dentro do possível vem fazendo uma grande administração”. André Michels Júnior, presidente da CDL.

“Eu aprovo a maneira como a diretoria está conduzindo a Cerbranorte. Quando fui prefeito, a cooperativa foi bastante parceira. Sempre prestando serviços de qualidade e procurando melhorar. Tenho acompanhado os trabalhos da Cerbranorte e, inclusive, visitado as obras que a cooperativa vem executando a fim de beneficiar o associado”. Silvio Heidemann, ex-prefeito de Rio Fortuna.

“Apesar de terem pego a cooperativa com bastante dificuldade, o Toninho juntamente com a diretoria soube superar os problemas. Com muito diálogo ele conseguiu unir a equipe e tem passado muita transparência na administração, sempre explicando para os associados que algumas coisas precisam ser feitas de acordo com algumas normas. Deram a volta por cima. Conseguiram colocar a usina em andamento de novo, uma obra de extrema necessidade. A energia é essencial para o desenvolvimento e a equipe que temos a frente da Cerbranorte hoje é muito dinâmica, harmônica e transparente, com certeza muito capaz de contribuir com esse desenvolvimento”. Ademir da Silva Matos, prefeito de Braço do Norte.

10

Revista Cerbranorte . Novembro . 2013


ENTREVISTAS

QUAL A SUA OPINIÃO SOBRE A ADMINISTRAÇÃO DO TONINHO A FRENTE DA CERBRANORTE? “O Toninho tem feito uma administração aberta a todos os associados e bem transparente. Acompanhei o início das obras da PCH, fazia parte da diretoria na época e tenho ido lá até hoje. Com o Toninho já fui duas vezes. Está ficando um trabalho excelente e dentro de pouco tempo deve estar gerando energia e beneficiando nós associados. No mais, só tenho a parabenizar o Toninho, toda a diretoria e também os funcionários, que são como uma família. O Toninho é uma pessoa que entrou na cooperativa e teve coragem de fazer acontecer e tudo isso sempre com muita transparência”. Wilson Cardozo, associado de Braço do Norte..

“Durante a campanha, o Toninho assumiu um compromisso com os associados de fazer uma administração transparente e, em minha opinião, ele está cumprindo com seu compromisso. O associado voltou a acreditar na Cerbranorte, principalmente com a retomada das obras da PCH. Ele também assumiu o compromisso de administrar junto com o conselho e tem feito isso. As decisões tomadas são sempre em conjunto com o restante da diretoria, ele sempre busca opiniões, ouve as pessoas. Tenho acompanhado as obras da PCH e estão bem adiantadas, o que é muito importante para nós associados. Estive também na assembleia geral. Perfeição não existe, mas o que tenho ouvido sobre a Cerbranorte é que ela está sendo muito bem administrada”. Joaci Nunes, associado e ex-presidente da Cerbranorte.

“Já tive a oportunidade de conversar várias vezes com o Toninho e achei ele muito otimista. E pelo que tenho ouvido é uma pessoa que trabalha certo. Foram feitas bastante melhorias aqui no Pinheiral, fomos bastante beneficiados. Só posso dizer que é uma cooperativa bastante prestativa. Quando precisamos atendem na hora. Se precisam desligar a energia avisam com antecedência e isso é muito bom, principalmente para a gente que trabalha com frigorífico”. Vanilda Peron, associada do Pinheiral.

“Quero parabenizar o Toninho. Durante muito tempo a cooperativa ficou na mesmice e isso não pode acontecer, as coisas tem que evoluir. O Toninho fez parcerias muito importantes e a cooperativa evoluiu. Hoje temos também mais qualidade de energia , não temos tantas quedas como antes, que ficávamos as vezes duas, três horas sem energia. Estive na obra da PCH e achei simplesmente espetacular. A nossa região merece uma obra desse porte e tem muito a ganhar com isso. Estou ansiosa pela inauguração. Só tenho a parabenizar o Toninho e os funcionários, até porque o presidente sozinho não é nada. Atrás do presidente tem uma grande equipe, e todos estão de parabéns”. Arlete Ramos, vereadora e associada.

Revista Cerbranorte . Novembro . 2013

11


ENTREVISTAS

QUAL A SUA OPINIÃO SOBRE A ADMINISTRAÇÃO DO TONINHO A FRENTE DA CERBRANORTE? “Falo do Toninho com muita segurança. Tenho acompanhado o trabalho dele a frente da cooperativa e posso dizer que ele tem feito um ótimo trabalho. É parceiro da comunidade. Ajuda nas questões sociais e culturais. O atendimento dele para com o associado também é muito bom. Não deixa de atender e ouvir ninguém. A qualidade da energia também tem melhorado muito de uns anos pra cá. As aquisições que ele tem feito têm sido muito proveitosas, como no caso do caminhão linha viva, que traz mais rapidez aos atendimentos. Não vejo na comunidade alguém que reclame da administração do Toninho. Ele e a diretoria tem feito uma administração muito transparente e isso é muito importante”. Alzira Schurhoff, associada de São José.

“Sem dúvida nenhuma, de um modo geral, a diretoria tem feito um ótimo trabalho. Estou muito contente, pois na primeira gestão, essa diretoria, dirigida pelo Toninho, já fez muito pela nossa cidade, principalmente com a obra da PCH, que se concluirá no próximo ano. Isso me orgulha muito. O Toninho e sua diretoria estão de parabéns pela seriedade com a qual trabalham, sempre passando transparência”.. Luiz Kuerten, o Tilico, ex-presidente da Cerbranorte e associado.

“O Toninho vem fazendo uma ótima administração. Com muita transparência vem tentando sempre atender as exigências da ANEEL. Tenho acompanhado as obras e estive na última assefaaambleia. Também fiz parte do Luiz Kuerten, o Tilico, ex-presidente da Cerbranorte e associado. conselho fiscal e acho que ele está indo no caminho certo”. Modesto Della Giustina, associado do Lado da União.

“A atual administração preocupa-se em levar aos associados uma energia de qualidade atendendo-os sempre com muito respeito e dedicação em suas necessidades. Com relação aos colaboradores da Cerbranorte, a preocupação da administração é mantê-los informados e capacitados para prestar um bom serviço aos associados, que é o bem maior da Cerbranorte. Hoje, como gerente, continuo contribuindo com a administração da cooperativa em Rio Fortuna, sede que atende 2054 associados e uma equipe de 14 colaboradores que trabalham Luiz Kuerten, o Tilico, ex-presidente da Cerbranorte e associado. na manutenção e construção de redes, sempre atendendo as reivindicações dos associados. Como ex-presidente quero dizer que foi uma satisfação fazer parte da administração da Cerbranorte. Neste curto período, a preocupação maior foi em manter os bons serviços prestados, mas ao mesmo tempo buscar melhorias e a implementação de novas redes de transmissão, bem como projetos sociais para atender com responsabilidade todas as necessidades”. Valdir Willemann, o Voico, ex-presidente da Cerbranorte.

12

Revista Cerbranorte . Novembro . 2013


RESPONSABILIDADE SOCIAL

OUTUBRO ROSA Há 19 anos, a Rede Feminina de Combate ao Câncer realiza, com excelência, um trabalho de prevenção e conscientização contra o câncer, e a Cerbranorte sentese honrada por fazer parte desta história e por poder contribuir com o bem estar social. A Cerbranorte mais uma vez foi parceira da Rede Feminina de Combate ao

Câncer na campanha Outubro Rosa. O Rosa tomou conta não só da fachada da cooperativa, como também da página da Cerbranorte no Facebook. E o apoio não ficou só no uso da cor. Textos foram desenvolvidos a fim de conscientizar sobre a importância da prevenção. Panfletos também foram confeccionados e distribuídos com a mesma intenção.

PROGRAMA COOPERJOVEM A Cerbranorte é uma das primeiras cooperativas de infraestrutura no ramo de eletrificação do estado de Santa Catarina a implantar o Programa Cooperjovem. O programa é realizado em parceria com o SESCOOP (Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo), com as Secretarias de Educação e com as escolas que compreendem a área de atuação da cooperativa.

O programa visa divulgar e difundir os princípios e a filosofia do cooperativismo. O sistema cooperativista brasileiro, com base em seus princípios sociais, procura desenvolver e implementar uma proposta de educação, conforme métodos que incentivam a relação ensino-aprendizagem e por meio de materiais apropriados, elaborados, a partir dos valores cooperativistas,

como justiça social, solidariedade, participação, liberdade, igualdade, equidade e autonomia, destinado aos educadores e alunos das escolas e cooperativas educacionais, nos níveis fundamental e médio. Além disso, o Cooperjovem visa colaborar com o trabalho das escolas na preparação dos jovens na formação de senso crítico, melhorando a sua participação efetiva na sociedade.

PROGRAMA DE ORIENTAÇÃO PROFISSIONAL Pelo sexto ano consecutivo, a Cerbranorte ofereceu aos alunos do terceiro ano do ensino médio das escolas públicas e particulares de Braço do Norte e Rio Fortuna, o programa Orientação Profissional. “O programa de Orientação Profissional é muito importante, porque sabemos o quanto é difícil para os adolescentes nesta idade escolher uma profissão. Sair do ensino médio já sabendo com qual área se identifica é um grande passo”, afirma o presidente Antonio José da Silva. O programa é aplicado em três etapas pela psicóloga Andréia Junkes da Cunha, contratada pela Cerbranorte para ministrá-lo. A primeira etapa é a palestra, onde a psicóloga fala sobre as profissões

e sobre a importância de fazer uma boa escolha. Na segunda etapa os alunos elaboram uma redação, que a profissional chama de Projeto de Vida. É nessa etapa que o adolescente escreve sobre seus planos para o futuro. Nesta etapa também é aplicado um teste vocacional. A terceira etapa é a devolução, onde os adolescentes são chamados individualmente para saber o resultado do teste e para conversar com a psicóloga. No decorrer do projeto os alunos ainda tem como apoio um manual de profissões. Mais de 2 mil adolescentes já foram beneficiados pelo programa ao longo destes anos. Conforme as avaliações que a Cerbranorte tem recebido dos alunos, o programa Orientação Profissional tem

sido bem aceito pelos adolescentes. “Muitos jovens têm sido beneficiados pelo programa, o que nos motiva a oferecê-lo. Temos informações que muitos destes jovens que participaram em anos anteriores ou já se formaram ou estão estudando na área de sua escolha”, complementa o presidente da Cerbranorte.

SAÚDE DO HOMEM FOI TEMA DE PALESTRA PARA FUNCIONÁRIOS DA CERBRANORTE A fim de conscientizar sobre a importância da prevenção, a Cerbranorte realizou no dia 23 de agosto, em sua sede em Braço do Norte, uma palestra para os seus funcionários. A palestra, uma parceria da Cerbranorte com a rede Feminina de Combate ao Câncer, fez parte da campanha Agosto Azul. O palestrante, o urologista Paulo Sérgio Machado, falou, dentre outros assuntos, sobre a prevenção do câncer de próstata. Realizada em dois períodos, o evento agradou os funcionários. “Foi muito proveitosa a

palestra, bastante interativa. Muitas vezes deixamos nossa saúde de lado e a palestra nos serviu de alerta”, afirma o eletricista Ésio Vieira. “Foi um puxão de orelha, mas muito adequado. O palestrante nos tirou várias dúvidas”, afirma o engenheiro eletricista Anízio dos Anjos Paes. De acordo com a psicóloga organizacional da Cerbranorte, Anelise Raldi, a palestra contou com a presença de todos os funcionários da cooperativa, representantes da Rede Feminina e do presidente Antônio José da Silva.

Revista Cerbranorte . Novembro . 2013

13


CERBRANORTE CRIA MAIS UM CANAL DE COMUNICAÇÃO A fim de estreitar os laços entre a Cerbranorte e os associados e divulgar os trabalhos, aquisições e investimentos da cooperativa da maneira mais transparente possível, foi criada, em agosto, a página oficial da Cerbranorte no Facebook. Mais um canal de comunicação com o associado. A rede social foi escolhida por ter um expressivo número de associados cadastrados. Quer estar por dentro de tudo o que a Cerbranorte faz em prol do associado? Quer fazer uma crítica? Um elogio? Acesse www.facebook.com/cerbranorte. Além da página, a Cerbranorte

conta também com um site, onde são dispostas todas as informações necessárias aos associados. Há, inclusive, uma área onde o associado pode imprimir a segunda via de sua fatura de energia. Ou seja, não há mais a necessidade de se deslocar até a sede. A menos, é claro, que essa seja a vontade do cooperado. No site, o associado encontra ainda um chat, onde pode solicitar serviços, fazer reclamações e sugestões. Desde outubro de 2009, os associados também contam com o telefone 0800 643 2499, que cumpre todas as exigências do bom atendi-

mento: é gratuito, recebe chamadas de telefones fixos e celulares e está disponível 24 horas, incluindo sábados, domingos e feriados. As ligações da região de abrangência da Cerbranorte são atendidas na central de Braço do Norte. As ligações são gravadas, conforme exigência da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). Aproveitem esses serviços e ajudem-nos a fortalecer a nossa comunicação. Assim, podemos melhorar ainda mais a qualidade de nossos serviços, beneficiando você e todos os outros associados.

WWW.FACEBOOK.COM/CERBRANORTE

0800 643 2499

WWW.CERBRANORTE.COM.BR

OS PERIGOS DO PLANTIO DE ÁRVORES PRÓXIMAS ÀS REDES ELÉTRICAS Árvores são sempre bem-vindas, exceto quando ocupam o mesmo lugar que as redes elétricas. Essa situação é responsável por 6,5% das interrupções de energia não programadas. O contato das árvores com as redes pode ocasionar desde pequenos picos (interrupções breves) até o rompimento de cabos ou quebra de postes, que podem interromper o fornecimento de energia por horas. Árvores próximas à rede também representam um grande risco as pessoas. Para evitar esse problema, a Cerbranorte pede aos cooperados que evitem plantar árvores próximo as redes. “Muitas vezes é construída a rede e depois alguém planta um eucalipto, por exemplo, embaixo da rede. Isso, além de gerar um consumo excessivo, pois a árvore leva a corrente para a terra e a energia se perde, acarreta também em um perigo muito grande para quem trafega pelo local, tanto pessoas como também animais, já que pode haver uma descarga através da árvore”, explica o eletrotécnico Ésio Vieira. Na área rural, a distância mínima é de 7,5 metros de cada lado da rede para o plantio de árvores de grande porte. Ao perceber vegetação com risco potencial de atingir a rede elétrica, ou identificar galhos encostando na rede, informe a cooperativa. É muito importante ressaltar que a poda nesses casos só deve ser feita por profissionais especializados, já que o risco é grande por se tratar de uma rede energizada.

14

Revista Cerbranorte . Novembro . 2013


SAIBA COMO ECONOMIZAR ENERGIA ELÉTRICA Cada aparelho elétrico contribui para o aumento de sua conta de energia. Conheça algumas dicas de como evitar o desperdício e o susto ao ver a conta

FERRO ELÉTRICO

CHUVEIRO ELÉTRICO Nos dias quentes, coloque-o na posição verão. O consumo é de cerca de 30% a menos do que na posição inverno. Deixe o chuveiro ligado somente pelo tempo necessário. Limpe periodicamente os orifícios do chuveiro por onde a água sai. Nunca reaproveite uma resistência queimada. Além de aumentar o consumo, põe em risco a sua segurança.

Acumule o máximo de roupas possíveis para que não precise ligá-lo com tanta frequência. Comece a passar roupas sempre pelos tecidos que exijam temperaturas mais baixas. O aquecimento do ferro consome muita energia. Desligue o ferro sempre que interromper o serviço.

LÂMPADAS

AR-CONDICIONADO Instale-o em um local com boa circulação de ar. Deixe o chuveiro ligado somente pelo tempo necessário. Mantenha portas e janelas fechadas, evitando a entrada de ar do ambiente externo. Nunca reaproveite uma resistência queimada. Limpe os filtros regularmente. A sujeira impede a circulação do ar e força o aparelho a trabalhar mais. Ao sair do ambiente, desligue o aparelho se for permanecer fora por muito tempo.

Utilize, sempre que possível, a luz natural. Evite acender qualquer lâmpada durante o dia. Apague as luzes de ambientes desocupados. Utilize somente lâmpadas de 220 ou 240 volts, compatíveis com a voltagem da cooperativa. Limpe lâmpadas, luminárias e lustres com frequência. Utilize iluminação adequada para cada ambiente. Utilize lâmpadas fluorescentes. Gastam menos e duram mais.

TORNEIRA ELÉTRICA

GELADEIRA Instale-a em local ventilado, desencostada de paredes ou móveis, longe de raios solares e fontes de calor, como o fogão, por exemplo. Nunca utilize a traseira da geladeira para secar roupas. Ajuste o termostato de acordo com a orientação do fabricante. Degele e limpe a geladeira com frequência. Mantenha as borrachas de vedação da porta sempre em bom estado. Guarde ou retire os alimentos da geladeira de uma vez só, se possível. Evite colocar alimentos quentes e destampados na geladeira. Isso exige um esforço maior do motor. Não tape as passagens de ar com toalhas ou prateleiras de vidro. Ao comprar uma geladeira, verifique se ela tem o selo de economia de energia INMETRO/PROCEL.

Use-a somente em caso de necessidade. Mantenha a torneira desligada no verão.

TELEVISÃO Evite deixar o aparelho ligado enquanto não o está usando. Nunca durma com o aparelho ligado.

MÁQUINA DE LAVAR Ligue a máquina somente quando estiver com a capacidade máxima de roupas indicada pelo fabricante. Limpe frequentemente o filtro da máquina. Utilize a dosagem correta de sabão para que não tenha que repetir a função enxaguar. Você economiza energia e água.

EVITE A QUEIMA DE APARELHOS Em dias de chuva com descargas elétricas, desconecte os eletroeletrônicos das tomadas. Evite o uso de tomadas em T para ligar vários aparelhos ao mesmo tempo. Quando faltar energia, desligue os aparelhos da tomada. Isso diminui o risco de danos quando a energia voltar. Ao fazer instalações elétricas, use fios adequados e não faça emendas mal feitas. Utilize iluminação adequada para cada ambiente. Sempre chame um profissional habilitado para fazer serviços elétricos.

Revista Cerbranorte . Novembro . 2013

15



Informativo