Page 1

EDIÇÃO ESPECIAL TOKUSATSU Editora Smile

Ano 01

Número 01

FOCUS FILMES:

Conheça as séries da distribuidora oficial de tokusatsu no Brasil que inclui títulos como os clássicos JASPION E CHANGEMAN!

KAMEN RIDER BLACK!

Sucesso no Brasil e no Japão, o DVD do homem mutante é o mais novo lançamento do mercado brasileiro!

GRÁTIS!

DVD com o primeiro capítulo de «National Kid contra os Incas Venusianos»!


TOKUSATSU Conheça esse estilo de procução e saiba porque faz tanto sucesso no Japão e no mundo!

A

pós o final da 2ª Guerra Mundial com a vitória dos Aliados em 1945, houve uma enorme expansão nacionalista iniciada pelos Estados Unidos, que aumentou consideravelmente a criação, divulgação e produção de heróis que exaltavam tal ideal, como Superman, Mulher Maravilha e Capitão América, entre outros. Acreditase que o Japão, temendo que essa invasão de heróis ocidentes advindos da “nãção da liberdade” (um manto sob o qual cobriase os heróis norte-americanos) se alastrasse pelo seu território, resolveu iniciar os primeiros pro-

jetos de criação de seus próprios “heróis”[necessita de fontes]. As primeiras produções tokusatsu de que se tem notícia foram os longametragens do monstro Godzilla (produzidos pela Toho), que fizeram muito sucesso na década de 50. Em 1958, a Toei Company produzia o primeiro super-herói japonês da história: Gekko Kamen (traduzido como Máscara Luar). A partir de então, o gênero começa a abranger as séries televisivas e produções cinematográficas de super-heróis. Nos anos 60, o gênero passa por uma grande “onda”, desencadeada pelas novas tecnologias da época (principal-

mente pela televisão a cores), num período em que a produção de heróis aumentou consideravelmente e diversas produtoras engajavam-se na criação de novas e variadas produções. Em 1966, pelas mãos de Eiji Tsuburaya, surge Ultraman, herói que revolucionou o conceito do tokusatsu e desencadeou uma das maiores ondas produtivas e iniciou o sucesso dos chamados Kyodai Heroes (heróis gigantes), que invadiram a TV japonesa até meados dos anos 70. Anos mais tarde, em 1971, a série Kamen Rider, do mangaká Shotaro Ishinomori, ganha uma adaptação para a televisão, tornando-se um


dos maiores sucessos da época e também “abrindo” uma nova franquia que, de certa forma, mostrava-se como uma antítese ao “modelo gigante” dos heróis gigantes. Em 1975, estréia a série Himitsu Sentai Goranger (Esquadrão Secreto Goranger), que abre uma nova vertente no tokusatsu: o gênero Super Sentai (então chamado simplesmente de “Sentai”), que também fez grande sucesso e tornou-se uma franquia independente. Ao longo do tempo, o gênero tokusatsu aumentou de forma considerável sua abrangência, atualmente contemplando não apenas as séries e filmes de super-heróis produzidas anualmente, mas também outras produções anteriormente não abrangidas (como as adaptações live-action de mangás ou animes, por exemplo).

Produtoras

Atualmente, quatro produtoras japonesas se destacam na produção de tokusatsus, apesar de existirem outras que também produzem o gênero, porém em número limitado. A supremacia da Toei é notável em relação a empresas menores, como a Toho ou a Takara, em razão de sua riqueza de subsídios e quantidade de patrocinadores, o que traz mais aprimoramentos aos projetos das séries. Porém, a Tsuburaya, por produzir apenas o gênero Ultraman, também se destaca por aperfeiçoar cada vez mais o género e vem ganhando espaço na modernidade. Produtoras como a PProductions, que se destacou em séries como Lion Man e Spectreman (além de uma infinidade dos chamados Kyodai Heroes), estão atualmente extintas/falidas. Toei Company: Maior produtora de televisão do Japão, é

responsável por mais de 70% da produção de tokusatsus e criadora dos gêneros Super Sentai, Metal Hero e Kamen Rider. Tsuburaya: Criada por Eiji Tsuburaya (considerado um mago da televisão no país), produz a franquia Ultraman, considerado o super-herói mais popular do Japão. Também já produziu outras séries como Denkou Choujin Gridman. Toho: Responsável pelos filmes do Godzilla, pelas séries Cybercops, Guyferd e pela trilogia Chouseishin (Gransazer, Justiriser e Sazer-X). Takara: Inicialmente uma produtora de brinquedos e outras variedades (concorrendo diretamente com a Bandai), hoje possui um núcleo que produz tokusatsu em parceria com outras empreendedoras, sendo responsável pelas séries Madan Senki Ryukendo, Tomica Hero Rescue Force e sua continuação, Tomica Hero Rescue Fire.

Gêneros

As séries tokusatsu são divididas em grupos ou franquias, nos quais cada um possui suas peculiaridades. São elas: Sentai ou Super Sentai, Kamen Rider, Metal Hero, Ultraman, Henshin Hero e Kyodai Hero. Ainda existem sub-classificações, principalmente dentro dos Henshin Hero, como as Super Heroine, Children Hero e Classic Hero, entre outros. Sentai/Super Sentai Produzida pela Toei Company, foi criada por Shotaro Ishinomori em 1975 e dura até os dias atuais. São séries nas quais equipes de três a cinco guerreiros, cada um vestindo um uniforme de cor

diferente, defendem a Terra das forças do mal. Até 1979, a franquia se chamava apenas “Sentai”, mas após as duas primeiras séries (Goranger e JAKQ), as demais equipes passaram a dispôr de veículos mecânicos que se transformam em um robô gigante (mecha), passando a denominar-se Super Sentai. O gênero passou por diversas reformulações ao longo de três décadas, porém mantendo sua premissa básica. A franquia norte-americana Power Rangers usa estas séries como base, chegando a usar o mesmo figurino, monstros, veículos e até mesmo algumas cenas de ação originais. No Brasil, as séries a terem sido exibidas são Goggle V, Changeman, Flashman e Maskman. Metal Hero Produzido pela Toei Company. A premissa básica era um jovem que usava uma armadura metálica de última geração para combater uma organização maligna que ameaçasse a paz na Terra. Considerada uma grande inovação do Tokusatsu à época de sua criação, o gênero sofreu grandes e variadas modificações no decorrer dos anos, sofrendo um severo desgaste que culminou com o seu fim em 1997, após a exibição da última série, B-Fighter Kabuto.


JASPION O herói de maior sucesso nos anos 80 foi o primeiro a ser lançado em DVD no Brasil. Conheça mais sobre o guerreiro do planeta Edin!

a galáxia e o universo das forças do mal, Edin crê ser este o garoto predestinado a se tornar o lendário guerreiro. Ele adota o menino e o cria sozinho, dandolhe o nome de Jaspion, na esperança de que, algum dia, o garoto venha a combater as ameaças do temível Satan Goss, do Império dos Monstros.

K

yojuu Tokusou Jaspion, traduzido como Investigador de Monstros Juspion, e lançado no Brasil sob o título O Fantástico Jaspion) é uma série de televisão do gênero tokusatsu, pertencente à franquia dos Metal Heroes. Produzida pela Toei Company, foi exibida originalmente entre 15 de março de 1985 e 24 de março de 1986 pela TV Asahi, totalizando 46 episódios. Foi estrelada por Hikaru Kurosaki no papel-título. No Brasil, foi transmitida pela Rede Manchete apartir de 1988 e mais tarde durante boa parte da década de 90 pela Rede Record, obtendo enorme sucesso e desencadeando uma febre nacional pelo gênero de superheróis japoneses no país, abrindo as portas para a importação de novas produções

tokusatsu. Devido à popularidade gigantesca, o personagem Jaspion tornou-se o protótipo do herói japonês, imagem que se mantém até os dias atuais. Após negociações, a série completa foi lançada no Brasil em DVD pela Focus Filmes em 2009. Atualmente é exibida pela Ulbra TV de Porto Alegre.

História No planeta Edin, uma estrela a muitos anos-luz da Terra, o profeta Edin encontra um garoto humano que sobreviveu à queda de uma nave espacial no planeta, acidente no qual seus pais morreram. Crente nas profecia da Bíblia Galáctica, a qual preceituava que um guerreiro celestial salvaria

Anos mais tarde, já adolescente, Jaspion aprende sobre seu destino, e aceita de seu “pai” os equipamentos que seu mentor construiu para auxiliá-lo. Entre os artefatos, estão a armadura Metaltex, feita do metal mais resistente do universo; a andróide Anri, que passa a ser sua companheira na jornada, e a nave espacial Daileon, que tem o poder de transformar-se em um poderoso robô gigante. Sua missão é encontrar os pedaços da Bíblia Galáctica (que havia se espalhado pelo Universo após o planeta ancestral de Edin ter sido destruído por um cometa) e destruir o império de Satan Goss. Após algumas aventuras em planetas desconhecidos (num deles tendo resgatado a alienígena Miya, que é adotada e passa a acompanhar ambos), Jaspion e Anri chegam à Terra, alvo do maligno Satan Goss e seu filho MacGaren, que torna-se o rival do herói. Aqui, ganham novos aliados, como Boomerman (Boomerang, no original), o professor


Nambara, e seus filhos, Kanoko e Kenta.

Personagens • Jaspion: o protagonista da série. Foi achado por Edin após sobreviver um acidente espacial em que seus pais morreram. Criado pelo profeta, Jaspion cresceu em harmonia com os animais e a vida selvagem. Quando se tornou adulto, Edin o avisou da ameaça de Satan Goss sobre o universo, prevista na Bíblia Galáctica, e Jaspion partiu para uma jornada pelo espaço. Após visitar alguns planetas, ele chega à Terra para livrá-la da investida de Satan Goss e de seu filho MacGaren. • Anri: andróide construída por Edin, acompanha Jaspion em suas missões. Quando conhece Boomerman tem uma leve queda por ele, despertando seus sentimentos como um humano sendo uma andróide quase perfeita. Ajuda Jaspion durante sua jornada e, sendo uma máquina, possui a vantagem de ser imune a qualquer tipo de poder maligno (como as bruxarias de Kilza e Kilmaza). • Edin: eremita e cientista da galáxia, ele é o último dos profetas seculares encarregados de proteger a Bíblia Galáctica por milênios incontáveis. Leu na Bíblia Galáctica sobre a chocante profecia que revelava a aparição de Satan Goss. Sempre carrega consigo um cajado. Ele, além de figura paterna, também é guia e mentor espiritual do herói. Edin morre ao final da série, sacrificando sua própria vida enfrentando sozinho Satan Goss a fim de ganhar tempo para Jaspion encontrar o bebê irradiado pelo Pássaro Dourado. • Miya: bebê alienígena de aparência similar aos Teletub-

bies, nascida no planeta florestal Beezee. Salva da morte por Jaspion e Anri na primeira de suas viagens espaciais, passou a acompanhá-los em sua jornada. Não fala quase nada da língua terrestre, limitando-se a gemer ou pronunciar somente o seu nome. Porém, é muito inteligente, servindo de cozinheira e ajudante dos heróis. • Boomerman: a todo custo, este ex-estudante de medicina visa vingar a morte de seu irmão mais velho, assassinado por investigar uma rede de contrabando de armas controlada por MacGaren. Tendo se tornado policial da Interpol, ajuda Jaspion em diversas ocasiões. Luta com dois bumerangues gêmeos e adquire ao longo da série uma técnica especial, Cross Cutter em que une suas duas armas em uma cruz. • Professor Ken’ichirou Nambara: fotógrafo viúvo que começa a participar da série a partir do episódio 15. Após ter sucessivos e estranhos sonhos, começa a procurar suas imagens em livros de mitologia, até chegar a uma obscura lenda sobre o Pássaro Dourado. Suas pesquisas chegam aos ouvidos de MacGaren, que em um primeiro momento tenta re-

crutá-lo para encontrar o Pássaro, oferecendo-lhe 1 bilhão de ienes. Ante a negativa do ético Professor, MacGaren ordena contra eles uma caçada sobre-humana. Desde então passa a colaborar com Jaspion de maneiras diversas. • Kanoko Nambara e Kenta Nambara: filhos do Professor Nambara, moram com o pai. Posteriormente, é revelado que Kanoko é a primeira criança irradiada pela luz. • Kumiko: a segunda “criança irradiada” encontrada, ela e sua mãe grávida foram usadas como isca por Kilza no episódio 36 para atrair Jaspion para uma cilada traiçoeira. • Daisuke: a terceira criança irradiada encontrada. Um garoto valente, motivado a vencer a maratona em que competia visando ser beijado pela garota por quem estava apaixonado. • Hiroshi: a quarta criança irradiada encontrada. Desenvolveu uma amizade especial com o alienígena telepático Pep. • Mika: a última das 5 crianças irradiadas a ser encontrada por Jaspion e seus amigos. • Rod e Satie: casal que trabalhava para a quadrilha de MacGaren.


CHANGEMAN Ao lado de Jaspion, o Esquadrão Relâmpago cativou em cheio o público brasileiro. Saiba mais sobre as avnturas dos defensores do planeta Terra!

História

C

inco integrantes do exército dos Defensores da Terra são banhados pela Força Terrestre (Earth Force) e adquirem cada um os poderes de um densetsuju (animal lendário): Dragão (Change Dragon), Grifo (Change Griphon), Pégaso (Change Pegasus), Sereia (Change Mermaid)

e Fênix (Change Phoenix). Com um vasto arsenal e o poderoso Change-Robô eles lutam contra os alienígenas de Gôzma, um império galáctico cuja sede fica no planeta de mesmo nome, e que conquistara e anexara um número sem-fim de mundos. Gôzma é liderado pelo malévolo Senhor Bazoo (Sei Oh Bazoo) e sua horda de ajudantes, que querem a qualquer custo dominar o planeta

Terra. 

Personagens

• Hiryuu Tsuruji (em japonês: Tsurugi Hiryū?) / Change Dragon (em japonês: Chenji Doragon?): da tropa aérea dos defensores, é o líder da equipe. Também é ex-jogador de beisebol, sendo conhecido no mundo


esportivo como o lançador da Dragonball (Bola Dragão no Brasil. No episódio 38, chega a arremessar sua espada com esta técnica para derrotar um monstro). Nas horas mais desesperadoras sempre incentiva seus companheiros a nunca desistirem de lutar. Seus ataques são o Dragon Kick, Dragon Attack e a Dragon Force. É um homem frio e um tanto amargurado, mas luta com fervor. • Em japonês, Tsurugi significa “espada”, Hi significa “voar” e Ryū é “dragão”. • Shou Hayate (em japonês: Hayate Shō?) / Change Griphon (em japonês: Chenji Gurifon?): da tropa do comando florestal, Hayate é o galã da equipe. Mulherengo, sempre estava tentando cantar alguma garota da equipe ou as cientistas. Tinha um estilo “bad boy”, trajando uma jaqueta de couro. Está sempre com um pente na mão, arremessando-o de modo jocoso nos seres espaciais. Tem como ataques o Griphon Attack e o Griphon Magma Claws (Grifon Garra Magma). Foi o mais popular entre os personagens e tinha como marca registrada sempre pentear o cabelo antes de uma luta. • Hayate significa “vento forte” e Shō é “conhecimento”. • Youma Ozora (em japonês: Ōzora Yūma?) / Change Pegasus (em japonês: Chenji Pegasasu?) - da força defensora da Terra, é o comediante da equipe. Guloso, infantil e desafinado (em um episódio ele consegue derrotar um monstro apenas cantando). É mestre em explosivos. Seus ataques são o Pegasus Attack e Pegasus Lightning Energy. • Ōzora significa “grande céu”, Yū é “coragem” e Ma é “cavalo”.

• Sayaka Nagisa (em japonês:Nagisa Sayaka?) / Change Mermaid (em japonês: Chenji Māmeido?) - da operação de ataque, é a cientista da equipe. Ela é o “meio-termo” do time, tendo um jeito maternal e equilibrado senso de dever. Até hoje, é tida como “a musa” da equipe, com roupas justas e curtas. Tem como ataques o Mermaid Attack, Mermaid Big Wave e Super Looping (com Mai). • Nagisa significa “praia”. • Mai Tsubasa (em japonês: Tsubasa Mai?) / Change Phoenix (em japonês: Chenji Fenikkusu?) - a esquentadinha da equipe. Motoqueira invocada, odeia levar desaforo para casa e também é mestra em disfarces. Seus ataques são o Phoenix Attack, Phoenix Flaming (Fênix Fogo) e Super Looping (com Sayaka). • Tsubasa significa “asa”. [editar] Aliados • Sargento Ibuki (Comandante Ibuke, no original) - líder do Esquadrão Relâmpago e membro da Organização Mundial dos Defensores da Terra, demonstrava com frequência conhecimento sobre povos, equipamentos e len-

das de outros planetas, e estranhamente nunca foi questionado a respeito da fonte de tanto saber. A resposta para esse enigma veio no episódio A Vingança de Ahames: Ibuki é na verdade um alienígena nativo do planeta Heath, ou seja, ele é heatheano, e que escapou da destruição de seu mundo por Bazoo. Seu nome verdadeiro é Yui Ibuki, e tem a pele roxa, cabeça pontuda e olhos amarelos sem pupilas (tudo escondido por um disfarce, que a série não revela se é holograma ou metamorfose). Na Terra passou a treinar o grupo antes de se transformarem nos Changeman. É durão, mas sempre que o grupo passava dificuldades era ele que os incentivava a não desistir de lutar. • Nana - nativa do Planeta Tecnolíquel (Rigeru, no original), Nana detém uma inteligência fora do comum. Aparece pela primeira vez ainda criança no episódio 13 e foi utilizada pelo Doutor Kumasawa (um cientista terráqueo que havia se aliado a Bazoo). Depois é salva pelos Changeman e por conta de sua Aura Energética (Aura Rigeru, no original) passa a ser perseguida por Giluke e Ahames. Por ser nativa do planeta Tecnolíquel, tem infância curta,


KAMEN RIDER BLACK O mais novo lançamento em DVD foi também um dos maiores sucessos de sua época! Com vocês: Isamu Minami, o homem mutante!

K

amen Rider Black traduzido no Brasil como Black Kamen Rider e Blackman) é uma série de televisão japonesa do gênero tokusatsu pertencente à franquia dos Kamen Riders. Produzida pela Toei Company em associação com a Ishinomori Productions, foi exibida originalmente entre 4 de outubro de 1987 e 9 de outubro de 1988 no canal a cabo TV Asahi. Foi a primeira série da franquia a

ser transmitida no Brasil, exibida pela extinta Rede Manchete a partir de abril de 1991, no bloco Sessão Super Heróis, obtendo grande sucesso e popularidade. A série marcou o retorno da franquia após um hiato de 6 anos sem a produção de séries televisivas. É a única série da franquia Rider a ter uma continuação direta, intitulada Kamen Rider Black RX, que continua a saga do protagonista Issamu Minami. A temática adulta

e dramática da série, contrastante com as demais séries do gênero, foi (e até hoje é) elogiada por muitos fãs, sendo por muitos considerada uma das melhores produções da franquia e do gênero tokusatsu já produzidas no Japão.

História Numa noite, os irmãos de criação Issamu Minami (Kotaro Minami no original) e Nobuhiko Aiki-


zuki comemoram o aniversário de 19 anos de ambos, rodeados por convidados influentes: políticos, artistas, etc. De repente, uma nuvem de gafanhotos surge do nada atacando a todos, mas estranhamente ninguém, exceto os irmãos aniversariantes, se abala com isso. Era o primeiro sinal do que estaria por vir. Os irmãos são transportados subitamente para a base secreta dos Gorgom, uma organização temível que deseja dominar o mundo enganando os humanos. Daí se explica: aqueles convidados foram indiferentes aos gafanhotos, que passeavam sobre seus corpos na festa, justamente por serem adeptos dos Gorgom, e ainda estavam cientes de tudo o que viria pela frente. Issamu e Nobuhiko foram escolhidos porque nasceram no mesmo segundo em que se completava um eclipse total do Sol. Deste modo, passam por uma operação mutante, para adquirirem poderes e transformarem-se em homensgafanhoto, ou como é citado na série, nos dois Imperadores Seculares. A alusão aos insetos se dá, possivelmente, por serem estes os seres vivos mais fortes do planeta, já que muitos podem levantar várias vezes o seu próprio peso. Aqui, a intenção dos Gorgom era de que os irmãos, desprovidos de memória, lutassem entre si até a morte, para que o vencedor saísse proclamado o sucessor do Grande Rei dos Gorgom. Por intervenção do pai de Nobuhiko, Issamu é o único a conseguir fugir, antes de ter a memória apagada. Mas ele já tem em seu corpo o Kingstone, a pedra responsável pela mutação, e é com estes poderes que ele se torna o Kamen Rider Black. Com a memória preservada, Issamu tem a consciência das pretensões malignas dos Gorgom. Por isso, para vingar a morte de seus pais

biológicos (depois também do adotivo) e tentar salvar o irmão, além de livrar a Terra da escravidão, usará os poderes excepcionais para lutar contra essa organização do mal. Porém, mesmo determinado a libertar Nobuhiko, Issamu não consegue impedir que ele se torne o Imperador Secular Shadow Moon, seu arqui-inimigo na segunda metade da série.

Curiosidades • Tetsuo Kurata, o ator que interpretou Issamu Minami, também canta o tema de abertura da série, além de uma música somente vista em um dos especiais para cinema da série, de título “Ore ga Seishun”. • No primeiro episódio, enquanto Issamu tenta escapar dos sarcedotes de Gorgom, ele se transforma pela primeira vez em uma forma diferente daquela adotada para o resto da série. Na verdade, trata-se do visual original usado no mangá de Shotaro Ishinomori. • Mesmo com o título de Black Kamen Rider adotado pela dublagem, a série era anunciada

como Blackman, que também era usado para os brinquedos e para o LP da trilha sonora. Entretanto, nos primeiros anuncios de estreia da série, o nome adotado era BLACK KAMEN RIDER, mas por ser um tanto longo e dificil para criançada, resolveu-se simplificar para BLACKMAN. • Apesar do enorme sucesso no Brasil, o último episódio (51 - O Último Dia de Gorgom) jamais foi exibido, embora exista um boato de que foi exibido por uma única vez, Especula-se que os licenciadores não compraram o episódio por razões econômicas. • De qualquer forma, o episódio mais visto na história das séries foi o “Renascimento dos Sacerdotes” (36). Pela primeira vez roubando a audiência, a Rede Manchete vence a Globo com Xuxa. O episódio era o retorno triunfante dos sacerdotes destruindo Tóquio. • O nome do personagem Doutor Kuromatsu significa em japonês fim negro (kuro=negro/ preto, matsu=fim). • O ator Susumu Kurobe (Kuromatsu) também interpretou o personagem Hayata em Ultraman e o personagem Dr. Kuroda no primeiro e no último episodio de Winspector. • Em 8 de agosto de 2009, Kamen Rider Black teve uma participação tanto na série Kamen Rider Decade (episódios 26 e 27) quanto no filme que reuniu todos os Riders em uma grande luta contra a organização Dai Shocker, intitulado Kamen Rider Decade: Gekijouban! All Riders Vs. Dai Shocker. • No mês de novembro de 2010 a distribuidora Focus Filmes anunciou que para o ano de 2011 lançará em DVD no mercado brasileiro.


JIRAIYA

O incrível ninja conquistou duas legiões de fãs durante sua exibição em 1989 e em 1998! Com seu lançamento em DVD conquistará muito mais! Conheça Toha Yamashi, o sucessor de Togakure!

S

ekai Ninja Sen Jiraiya traduzido como Guerra Mundial dos Ninjas Jiraiya e lançado no Brasil sob o título Jiraiya, o Incrível Ninja) é uma série de televisão japonesa do gênero tokusatsu, pertencente à franquia dos Metal Heroes. Produzida pela Toei Company, foi exibida originalmente entre 24 de agosto de 1988 e 22 de janeiro de 1989 pela TV Asahi, totalizando 50 episódios. A série diferenciou-se de suas antecessoras por quebrar o padrão da franquia na qual está inserida, introduzindo um herói sem superpoderes e utilizar como temática a tradição japonesa dos ninjas, até então nunca explorada nos Metal Heroes. Foi trazida ao Brasil pela extinta Top Tape e estreou no dia 25 de setembro de 1989. Anos mais tarde voltou a ser exibida

pela Rede Manchete entre 1998 e 1999. Com a falência da Manchete, a série foi exibida pela manhã na RedeTV! até meados de 1999, pouco antes da emissora estrear a sua programação definitiva. Atualmente, é exibida no bloco “Made in Japan” da Ulbra TV de Porto Alegre, aos sábados à tarde e pela Rede NGT de televisão de segunda a sexta-feira às 15 horas, para agradecimento dos fâs saudosos e para os novos também.

Curiosidades • Em outubro de 2004, Takumi Tsutsui (o intérprete de Touha/Jiraiya) veio para o Brasil, junto com Hiroshi Watari (Den Iga/Sharivan em Sharivan, Kenji Sony/Spielvan em Spielvan,

Boomerman em Jaspion, entre outros), em um evento em São Paulo chamado Ressaca Friends. Retornou ao Brasil em 2008 junto com Akira Kushida (cantor dos temas de Sharivan, Jaspion e do próprio Jiraiya, entre outros temas de tokusatsu) no evento Anime World, em Porto Alegre, e no evento Anime Friends em São Paulo. • O ator que interpreta o personagem Tetsuzan Yamashi, Dr. Masaaki Hatsumi (o qual fora entrevistado em 2002 pela revista brasileira Henshin), é também o fundador da Bujinkan (Casa do Guerreiro Divino), uma instituição que ensina o Ninjutsu (arte marcial dos Ninjas). Dr. Masaaki Hatsumi nasceu na cidade de Noda, na província de Chiba, em 2 de dezembro de 1931. Ele graduou-se na Universidade Meiji, de Tóquio, hoje ele é o diretor de sua própria clínica na cidade de Noda, sendo considerado um dos maiores traumatologistas do Japão. Ele recebeu das mãos de seu maior mestre, Toshitsugu Takamatsu (o último ninja profissional) o título de Grão-Mestre (Soke; havendo apenas um por tradição e por geração) de nove tradições marciais antigas do Japão. Uma dessas tradições é a Togakure Ryu, a qual é citada na série, e como o personagem Tetsuzan Yamashi, Dr. Masaaki Hatsumi é de fato o 34º Soke (herdeiro) da Togakure Ryu. • Líbero Miguel, que fazia


a voz do vilão Dokusai e dirigia a dublagem do seriado, morreu e por conta disso teve de ser substituído no episódio 17 por Gilberto Barolli e Nair Silva assumiu a direção da dublagem. Do elenco brasileiro de dublagem, além de Líbero Miguel, também já faleceram Carlos Laranjeira (Spiker), Waldyr Wey (Tetsuzan), Gastão Malta (Barão Owl) e João Paulo Ramalho (Pako). • São contraditórios os dados disponíveis relativos à performance comercial (audiência e licenciamento) do seriado no Japão. A revista Herói (1a fase Editora ACME) diz que, tal como Jaspion e National Kid, Jiraiya não fez grande sucesso em seu país de origem (sem prejuízo mas também sem grandes lucros), mas foi muito bem-sucedido no Brasil. No entanto, a revista Gyodai no 1 (Editora ZN) diz que a audiência da série foi boa o bastante em terras nipônicas a ponto de os produtores da Toei Co. pensarem inicialmente no conceito de seu sucessor, Jiban, como um “Policial Ninja”.

viria a participar da série Super Sentai Zyuranger, na qual interpretou Boi/Tiger Ranger. • Em 1987, o ator Issei Hirota (Spiker) fez o papel de Akira (Blue Mask) em Maskman. • O nome original da espada do Jiraya é Jikkou Shinkuu Ken, que significa Espada do Vácuo Luminoso Magnético. Não se sabe do porquê a dublagem brasileira ter mudado o nome para Espada Olímpica além do fato de que a série foi exibida no Japão durante a realização dos Jogos Olímpicos de Seul. E a série chegou no Brasil um anos depois. O mais provável é que tenha sido por motivos comerciais, já que o nome original é extenso e confuso. Apesar de não fazer muito sentido, o • Outras provas colaboraram nome “Espada Olímpica” pegou para a hipótese de sucesso apone até hoje é facilmente lembrado tada no item acima: o número de pelos que assistiram a série. episódios - 50 - dificilmente se • Outra mudança “imporaplicaria a séries de desempenho tante” da adaptação brasileira foi mediano (que têm em média 45 ou o termo Guerra Mundial dos Nin46). A aparição de um personagem jas para Ninja Olimpiada (olimde Jiraiya na sua série sucessora piada dos ninjas). (ver parágrafo seguinte) também • O ator Noriaki Kaneda, parece indicar uma boa trajetória: intérprete do vilão Dokusai, tamdificilmente isso acontece com bém trabalhou em Jaspion como uma série mal-sucedida e já encero dublê do Gigante Guerreiro rada. Daileon e do próprio Jaspion e • Takumi Hashimoto tamtambém outros seriados que foram bém repetiu seu papel como exibidos no Brasil como Metalder, Manabu em um dos episódios de Jiban, Spielvan, etc. Jiban no ano seguinte. Em 1992


ESSA NÃO!!! ERA PRA HOJE!!!

CURSO DE MEMORIZAÇÃO

CARDOSINHO Não vá esquecer, hein? Tel: (21) 9876-5432

DVD Brasil - Trabalho de AV2 de Computação Gráfica  

DVD Brasil - Trabalho de AV2 de Computação Gráfica

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you