Issuu on Google+

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresas

Introdução a SEO Os primeiros passos para otimizar seu site e conquistar as primeiras posições do Google


IntroduçãoaSEO

Sumário Introdução

1. 2. 3. 4.

Como a busca orgânica do Google funciona: entendendo o básico Contexto: entendendo os fatores internos do site Autoridade: a força de cada página Dicas importantes: implementando as otimizações

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

2


IntroduçãoaSEO

Introdução: O poder do Google na atração de clientes e a importância de estar nas primeiras posições Suponha que você esteja viajando e queira comer alguma coisa. Onde encontrar o telefone de uma pizzaria? Ou que um problema não permita que você execute um determinado programa no seu computador. Onde encontrar ajuda? São só exemplos de como o Google é presente em nossas vidas e praticamente a primeira coisa a que recorremos quando precisamos de alguma solução. Essa mudança de hábitos também traz para as empresas uma grande oportunidade: as pessoas estão buscando por informações sobre o seu mercado. O que fazer para aproveitar essa chance de ganhar tráfego muito qualificado e de forma gratuita?

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

3


IntroduçãoaSEO

O que muita gente não sabe é que a distribuição de cliques em uma página de resultados do Google é extremamente desigual. Mais de 80% das pessoas não chegam a visitar a segunda página da busca. Pior ainda, quase 60% dos cliques acontecem apenas nos três primeiros resultados. Por isso são necessários todos os esforços em otimizações para as ferramentas de buscas, o popular SEO (Search Engine Optimization). Chegar ao topo é uma guerra e esperamos que esse eBook consiga dar o conhecimento necessário para que sua empresa dê os primeiros passos da melhor maneira possível.

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

4


IntroduçãoaSEO

Vale a pena investir? Você verá nesse eBook que SEO exige diversos esforços por parte da empresa. Como a tabela na última página mostrou, não adianta entrar timidamente, já que só as primeiras posições importam de fato. Será que esse investimento realmente vale a pena? Nossa opinião é que sim. SEO é um ativo de longo prazo, uma autoridade que vai sendo construída e continua oferecendo benefícios ao longo tempo, mesmo que eventualmente sua empresa deixe de investir. Veja o tráfego orgânico da Resultados Digitais ao longo do tempo:

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

5


IntroduçãoaSEO

A página anterior nos mostrou que os resultados tendem a vir ao longo do tempo. No entanto, é possível calcular a economia atual que esse tipo de investimento oferece se compararmos algumas palavras-chave de bom ranking com o custo médio desse termo no Google Adwords. A tabela abaixo usa apenas cinco keywords e o CTR médio por posição para estimar o tráfego. Apesar das palavras não serem reveladas, são números reais de um cliente:

Palavra-chave Volume de buscas Ranking A 4300 B 2800 C 1430 D 5600 E 3200 Total

Visitas esperadas CPC Médio (Adwords) Valor economizado 3 409 R$1,10 R$449,35 2 350 R$0,80 R$280,00 4 113 R$1,60 R$180,75 4 442 R$1,30 R$575,12 1 1165 R$2,10 R$2.446,08 2479 R$3.931,30

Com apenas 5 palavras e no prazo de 1 mês seriam R$ 3.931,30 ou R$ 47.175,60 em um ano. Imagine agora o montante se levarmos em conta uma abrangência maior de palavras e um universo de tempo maior. Fica evidente que os esforços em SEO se pagam e, mais do que isso, dão um grande lucro de maneira sustentável e previsível. É um tráfego praticamente garantido todo mês.

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

6


IntroduçãoaSEO

Por que falamos apenas do Google e não das outras ferramentas de busca Uma pergunta que recebemos com frequência é sobre as outras ferramentas como o Bing e o Yahoo. Há duas coisas importantes sobre esse assunto. A primeira é que a diferença de como cada ferramenta classifica os resultados é relativamente pequena. As mesmas práticas da otimização para o Google também devem gerar resultados semelhantes nas outras opções. A segunda é o market share das ferramentas: o Google tem mais de 90% no domínio do mercado. A tabela abaixo mostra as 5 opções mais utilizadas no Brasil:

Fonte: Hitwise Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

7


IntroduçãoaSEO

1. Como a busca orgânica do Google funciona: entendendo o básico

O primeiro passo antes de otimizar um site para o Google é entender um pouco melhor como a ferramenta funciona e de que forma ela apresenta seus resultados de pesquisa. As buscas são dividas entre resultados pagos e orgânicos (gratuitos). Os resultados em amarelos são aqueles em que um anunciante paga pelo clique através do Google Adwords. Falamos sobre esse assunto de forma específica no Webinar “Introdução ao Google Adwords”. A intenção desse eBook é falar apenas de como otimizar para a parte orgânica (verde), que ocupa a posição de maior destaque e recebe a grande maioria dos cliques. Vamos apresentar aqui o mecanismo de forma bastante simplificada, mas suficiente para entender a filosofia das buscas e começar um bom trabalho. Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

8


IntroduçãoaSEO

Para explicar esse algoritmo costumamos utilizar uma comparação que torna o entendimento um pouco mais claro: imagine que você está entrando em uma livraria e queira comprar um bom livro sobre marketing. Não importa se alguém escreve se for sobre outros assuntos, a primeira coisa a se fazer é limitar pelo tema. Para isso, precisamos encontrar “pistas” em cada livro que mostrem se eles possuem relação com o assunto ou não. Encontramos essas pistas olhando o título, o subtítulo, a capa, o índice, o sumário e talvez alguma folheada no meio do conteúdo. Depois é preciso classificar os melhores, colocando em ordem de acordo com a relevância. Nesse ponto devemos tentar identificar as melhores obras e autores mais reconhecidos. Formas de fazer isso são tentarmos nos lembrar das indicações que já recebemos, de palestras feitas, do currículo de cada um e assim por diante.

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

9


IntroduçãoaSEO

No caso do Google, a intenção é mesma: escolher algo que represente bem o tema e classificar de acordo com a relevância. O que muda é a forma de se chegar lá, uma vez que não há memória ou julgamento humano para escolher os resultados. Para identificar se a página fala sobre o assunto são analisadas partes importantes da estrutura como o título, os subtítulos, os textos, as legendas das imagens e outros elementos que vamos apresentar mais adiante. Tudo isso é comparado com as palavras buscadas, procurando assim reconhecer alguma relação. Já a classificação leva em conta o quanto o site é indicado por terceiros. Na Internet isso toma a forma de links recebidos, que funcionam quase que como votos. Quanto mais links e de sites com maior autoridade uma página tiver, maior a probabilidade dela alcançar as primeiras posições do Google.

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

10


IntroduçãoaSEO

Hoje os compartilhamentos em mídias sociais também ajudam e tendem a ter um peso ainda maior no futuro, mas por enquanto os links ainda respondem por grande parte do resultado. Essa é a base de um bom trabalho de SEO: páginas orientadas para as palavras-chave que são importantes para o seu negócio e buscadas pelo seu público e diversos links recebidos gerando autoridade. Nos próximos capítulos vamos entrar mais a fundo em cada um desses itens.

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

11


IntroduçãoaSEO

2. Contexto: entendendo os fatores internos do site

Como já dissemos ao apresentar o funcionamento do Google, existem muitos aspectos do próprio site/página que dão dicas para a ferramenta se há uma forte relação com o tema buscado. Há algumas partes específicas de uma página que possuem maior peso na busca e merecem uma atenção especial. Trabalhá-las significa ter uma chance maior do Google te considerar como resultado para uma busca desejada. Isso na indústria é chamado de “otimização on-page”. Neste capítulo vamos apresentar alguns desses elementos e explicar como utilizá-los para obter melhores resultados em buscas orgânicas.

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

12


IntroduçãoaSEO

Page Title

O que monitorar?

A Page Title não é necessariamente o título do artigo ou o que aparenta ser o nome da página para os usuários. É na verdade uma propriedade do código HTML, identificado através daquela frase que aparece em cima do navegador ou na página de resultados do Google:

Em termos de SEO, o Page Title é o elemento mais importante da página. No entanto, muitas vezes seu espaço é ocupado por slogans ou frases que não descrevem bem a página ou usam as palavras-chave importantes para o negócio. Como resultado, o Google pode não identificar a relação do seu site com esses termos. Procure descrever precisamente o que a página aborda. A ordem das palavras também importa: as primeiras tem maior relevância que as últimas. Além disso, a quantidade de palavras também tem valor: quanto menos palavras, maior a importância das mesmas. Recomenda-se um tamanho máximo de 63 caracteres: essa é a quantia que costuma aparece no Google ao exibir os resultados de uma busca.

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

13


IntroduçãoaSEO

O que monitorar? URL (endereço da página) O Google procura pelas palavras-chave também no endereço da página. Por isso recomenda-se que ele seja descritivo, algo como http://site.com.br/nome-do-post, ao invés de códigos como no modelo http://site.com.br/ct136781xg19g37 ou também parâmetros como site.com.br/?p=12447. Além disso, muitos dos links que você receber vão usar o próprio endereço da página como texto âncora, que como veremos mais adiante, também é bem relevante.

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

Imagens Há no código HTML a opção de configurar um texto substitutivo caso sua imagem não seja exibida. É o atributo Alt, que aparece da seguinte forma no código:

O Google utiliza essa informação para determinar o assunto da imagem e considera esse dado no algoritmo.

14


IntroduçãoaSEO

Headings

O que monitorar?

No código de uma página é possível determinar subtítulos que indicam a prioridade algumas partes da página. Eles variam do 1 ao 6, sendo o 1 o conteúdo mais importante. Os headings são indicados pelo código “<h1> parte do site escolhida como cabeçalho </h1>”. Na maioria das vezes, o que aparenta ser o título de um post ou frase de destaque em uma página é o o H1, como no exemplo abaixo:

Recomenda-se o uso de um único H1 por página e, se necessário, múltiplos H2 e H3. Ter a palavra-chave buscada dentro desses subtítulos também ajuda a estar nas primeiras posições. Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

15


IntroduçãoaSEO

O que monitorar? Meta Description A Meta Description é um código inserido na página que não tem peso como fator de rankeamento, ou seja, o texto que ali estiver não vai te fazer estar melhor ou pior posicionado para uma palavrachave. No entanto, é aquele fragmento que costuma aparecer na página de resultados e serve para mostrar para o usuário o que a página aborda e convencê-lo de que vale a pena abrir para ler:

Assim, preencher a Meta Description com um texto atrativo pode aumentar muito a taxa de cliques quando seu site aparecer entre os resultados. Veja mais sobre o assunto nesse post: http://resultadosdigitais.com.br/blog/por-que-e-importante-editar-a-meta-description-das-paginase-posts-do-seu-site/

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

16


IntroduçãoaSEO

Textos simples

O que monitorar?

Links internos

Apenas ter a palavra-chave ao longo do texto da página não vai ajudar muito se os outros itens não estiverem otimizados, já que seu peso é um pouco menor.

Um link é uma forma importantíssima de mostrar ao Google a relação entre um tema e uma página e os links internos devem ser utilizados com frequência em seu site.

No entanto, recomenda-se que a palavrachave apareça entre 3 e 5 vezes no documento para mostrar relevância. Mais do que isso pode ser exagero e passar a imagem de spammer.

Evite links do tipo “clique aqui” e tente ser descritivo, utilizando as palavras-chave importantes da página da linkada.

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

17


IntroduçãoaSEO

O que monitorar? Fazendo otimizações On-Page Embora uma ferramenta não seja obrigatória para a otimização, pode tornar mais fácil e efetiva a identificação de oportunidades. A nossa plataforma de Marketing Digital, o RD Station, oferece uma funcionalidade com o propósito específico de diagnosticar uma página, dando uma nota e apontando todas as possibilidades de melhoria:

Conheça mais sobre o RD Station. Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

18


IntroduçãoaSEO

O que monitorar?

3. Autoridade: a força de cada página

Como indicamos anteriormente, para ter sua página exibida nos primeiros resultados é preciso não só demonstrar que elas falam do assunto buscado pelo usuário, como também que o conteúdo é confiável e é melhor do que as outras opções disponíveis. Para determinar a força de uma página é que foi criado o famoso algoritmo Page Rank (em homenagem a um dos fundadores do Google, Larry Page).

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

19


IntroduçãoaSEO

O que monitorar?

O Page Rank de uma página é determinado de acordo com o número e qualidade dos links que ela recebe:

Perceba pela figura acima que receber um link de uma página de grande autoridade pode ser mais vantajoso do que receber links de várias páginas com baixa autoridade. Vale ressaltar novamente que a imagem e o conceito são apresentados aqui de forma bastante simplificada. Receber links de sites maliciosos, por exemplo, não contribui para que sua empresa ganhe autoridade. Links no começo de um artigo valem mais do que links ao final e no rodapé e diversos outros detalhes fazem diferença. O importante por enquanto é entender o contexto geral.

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

20


IntroduçãoaSEO

O que monitorar? A estrutura do site como transmissor de autoridade Os links internos, apesar de contarem bem menos que os links de terceiros, também ajudam e fazem com que a estrutura do site exerça um papel importante em SEO. Novamente para fins didáticos, imagine que o Page Rank de uma página é dividido pelo número de links que ela indicar. O resultado é “repassado” a cada um desses links. Se a Home do seu site, por exemplo, tem uma “autoridade” 5 e é possível clicar em 20 links por lá, é repassada uma autoridade de 0,25 para cada uma das páginas (5/20). Por isso, recomenda-se que o site tenha boa estrutura de navegação e que não sejam necessários muitos passos para ir da Home até uma página importante do site. Por outro lado, o excesso de links irá diluir muito o valor repassado a cada página, por isso não vale a pena usar nuvem de tags e outros tipos de links que não agregam muito. Dividir o conteúdo em categorias principais e usar links de paginação são boas formas de oferecer uma boa experiência e deixar páginas “profundas”, como posts antigos do blog, mais próximos da Home, que costuma ser a página com maior autoridade. Abordaremos mais detalhes sobre a arquitetura de um site em um outro eBook futuro, mas é importante ter essa noção inicial. Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

21


IntroduçãoaSEO

O que monitorar? Conteúdo duplicado e Redirect 301 Existem alguns itens que podem atrapalhar sua busca por mais autoridade. Vamos falar de alguns deles aqui. O primeiro é o conteúdo duplicado. Sabia que as versões do seu site com e sem o www. na frente são consideradas pelo Google como páginas totalmente diferentes, mesmo que o conteúdo seja igual? Ao invés de ter uma única página mais forte, os links recebidos são contados de forma separada em cada versão e o site deixa de colher frutos a que teria direito.

Versão com www. Versão “unificada” Versão sem www. A solução é escolher uma versão e fazer com que a outra seja redirecionada para a escolhida. Se você digitar www.resultadosdigitais.com.br, por exemplo, será redirecionado para resultadosdigitais.com.br.

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

22


IntroduçãoaSEO

O que monitorar? O tipo de redirect mais recomendado e o que usamos nesse caso é o 301, que indica para o Google que o conteúdo foi movido de forma permanente e transmite praticamente toda a autoridade para o novo endereço. O redirect 302 indica mudança temporária e não é recomendado, assim como o redirecionamento via javascript ou meta refresh, que não transmitem a força para o novo endereço. Se você quer entender melhor sobre conteúdo duplicado e o Redirect 301, recomendamos esse artigo: http://resultadosdigitais.com.br/blog/redirect-301-ecanonical-tag-por-que-sao-importantes-para-seo-e-quandoutilizar/

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

23


IntroduçãoaSEO

No-follow

O que monitorar?

Adicionamos esse item como um pequeno alerta. Há uma propriedade que pode ser inserida em um link para indicar ao Google que você não quer transmitir autoridade para a página linkada. Ela pode ser utilizada quando sua empresa citar um site malicioso como mal exemplo, um concorrente ou na parte de comentários do blog, para que os visitantes não postem links e façam spam e se aproveitem do seu site para ganhar autoridade de forma fácil. Por isso, quando analisar os links que postar e receber, procure observar se são ou deveriam ser no-follow.

Exemplo de código de link utilizando No-follow

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

24


IntroduçãoaSEO

O que monitorar?

4. Dicas importantes: implementando as otimizações Ao explicar o funcionamento de algumas ferramentas, as possibilidades de ajustes na página e a necessidade de conquistar links externos já abrem uma vasta gama de possibilidades para sua empresa. A intenção desse capítulo é mostrar como alguns desses itens que podem ser feitos e observados no dia a dia para que o trabalho seja bem realizado.

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

25


IntroduçãoaSEO

que monitorar? Crie um Sitemap O XML É possível criar e enviar para o Google uma espécie de mapa do seu site. Essa prática pode ser bastante interessante para: - Certificar-se que todas as páginas do site possam ser indexadas; - Ajudar as ferramentas de busca a entender a estrutura do site e indexarem melhor o conteúdo; - Dar um sinal positivo de confiança, mostrar que o dono do site é preocupado com a qualidade do que oferece aos visitantes. Existem algumas ferramentas que facilitam bastante a criação de Sitemaps. Se o seu site/blog utiliza a plataforma WordPress, basta instalar um plugin como o Better WordPress Google XML Sitemaps. Para outros sites, é possível utilizar o Google Sitemap Generator, do próprio Google. O download da ferramenta auxilia bastante na criação de um mapa partindo do zero. Por fim, é possível criar o arquivo manualmente, como documento no formato XML. Todas as instruções de formatação podem ser encontradas nesta página do sitemap.org. Com o sitemap pronto, é preciso envia-lo na Central do Webmaster do Google. Se ainda não tiver, faça o cadastro. Será útil para outros fins também.

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

26


IntroduçãoaSEO

O que monitorar? Faça uma boa pesquisa de palavras-chave Antes de fazer qualquer trabalho de SEO, é essencial fazer uma boa pesquisa de palavras-chave. Caso contrário, todo trabalho será um “tiro no escuro”. É importante identificar e atribuir: - Qual é o volume de buscas mensais que são feitas no Google para as palavras-chave importantes para o seu negócio; - Qual é a dificuldade de se posicionar bem para cada palavra-chave; - Qual é o “valor” que cada palavra-chave tem no mercado; - Qual é a posição em que meu site está atualmente para cada palavra-chave; - Qual é a relevância que cada palavra-chave tem para meu negócio em específico. Para criar a sua lista de palavras-chave, pense nesses itens como fontes de ideias: • Palavras que descrevam sua empresa, produtos/serviços e o mercado em que atua; • O seu próprio site; • O site de concorrentes ou de referências no mercado; • Se você já usa alguma ferramenta que meça o tráfego do site, como o Google Analytics, inclua as palavras que já te geram tráfego orgânico; • Use o Ubersuggest para extrair algumas sugestões relacionadas ao tema; • Sinônimos, gêneros e outras formas diferentes de pesquisar os termos já encontrados.

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

27


IntroduçãoaSEO

O que monitorar?

Para ajudar na criação e gestão dessa tabela, há uma funcionalidade do RD Station que viabiliza e facilita muito esse trabalho: o Painel de palavras-chave (ilustração abaixo) Esse painel traz todas as informações relevantes mencionadas no slide anterior, além de acompanhar a posição do seu site no Google para cada um dos termos e identificar a evolução e os resultados dos esforços de otimização ao longo do tempo:

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

28


IntroduçãoaSEO

O que monitorar? Uma palavra-chave = uma página Um erro bastante comum entre as empresas que querem otimizar antes de estudar as melhores práticas é usar a mesma keyword como foco em diversas páginas diferentes do site, como por exemplo a Home, a página de produtos ou os posts do blog. Essa ação é chamada de canibalização de palavras-chave, já que uma página acaba competindo com outra do próprio site. A nossa recomendação é escolher uma página, fazer a otimização on-page (título, headings, textos e imagens) para uma palavra-chave específica e então utilizá-la como foco na obtenção de links de qualidade e textos-âncora direcionados para a palavra desejada. Dessa forma não há uma diluição dos esforços e a probabilidade da página de fato chegar ao topo é maior.

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

29


IntroduçãoaSEO

O que Cuidado com código quemonitorar? o Google não consegue ler: Flash, javascript, imagens Para que o Google consiga ler e entender o contexto da página é preciso utilizar uma linguagem amigável com a ferramenta. Existem muitos sites atrativos e interessantes que se utilizam bastante de Flash, javascript ou de imagens substituindo textos. O problema desses casos que há uma diferença grande entre o que o Google e o usuário veem. Veja como o usuário e o Google veem o site da Coca-Cola, por exemplo:

Hoje há possibilidade de usar HTML sem deixar para trás a aparência e um código muito mais amigável ao Google.

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

30


IntroduçãoaSEO

O que monitorar?

Cuidado com orientações para o que o Google não leia indexe seu site Se você não quer que uma página específica do seu site seja indexada pelo Google, há duas formas de fazer isso. Uma delas é através da meta tag NO-INDEX, a ser colocada no Header da página:

A outra é usar o robots.txt, um arquivo no formato .txt que fica hospedado no seu site e pode restringir os robôs do Google de acessarem uma lista de páginas. Para mais informações de como utilizar o robots.txt veja esse artigo do próprio Google: http://support.google.com/webmasters/bin/answer.py?hl=pt-BR&answer=156449 É importante citar isso porque não são raros casos em que essas opções são utilizadas por engano, principalmente através de alguns plug-ins do Wordpress.

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

31


IntroduçãoaSEO

Link building

O que monitorar?

Link building (ou construção de links) é um dos temas mais importantes em SEO e merecia um eBook por si só. Otimizações on-page são relativamente fáceis depois de um pouco de estudo ou ao utilizar uma ferramenta como o RD Station. A parte difícil é receber links em boa quantidade e qualidade. Nesse eBook traremos algumas dicas iniciais, mas o assunto deve será abordado em maiores detalhes em outros materiais.

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

32


IntroduçãoaSEO

Construa relacionamentos Se identificar algum canal que pode ser relevante para sua empresa, procure construir algum relacionamento, respondendo a tweets, deixando comentários ou entrando em contato para discutir oportunidades e sinergias entre as partes. Estar próximo de quem escreve aumenta a chance dele lembrar de você e seu conteúdo quando precisar indicar algum artigo ou citar uma referência. Essa relação também pode te dar abertura para abordá-lo caso identifique que um link se encaixaria bem em alguma publicação.

Link baits Existem alguns tipos de posts que funcionam como iscas, principalmente quando apelam para o ego, e possuem uma tendência maior de receber links. Entrevistas (ao menos o entrevistado costuma divulgar), lista de melhores ou piores, concursos, discussões ou discordâncias publicas de um outro artigo (pode render respostas com um link de volta). Isso deve ser feito com moderação e respeito, mas quando bem feitos de fato funcionam.

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

33


IntroduçãoaSEO

O que monitorar? Guest posts Escrever como convidado é uma prática interessante para tanto para o veículo que publica, já que é difícil manter uma frequência de bons posts, quanto para o próprio autor (no caso, indicamos à você e sua empresa essa prática). Um artigo como convidado é garantia de se obter ao menos um link de qualidade e, dependendo do veículo, de vários links com o texto âncora controlado pelo próprio escritor. Isso tudo além da vantagem de alcançar uma nova audiência. Veja mais sobre os benefícios de um guest post e como conseguir publicar nesse artigo: http://resultadosdigitais.com.br/blog/como-e-por-que-escrever-guest-posts/ Se identificar algum canal que pode ser relevante para sua empresa, procure construir algum relacionamento, respondendo a tweets, deixando comentários ou entrando em contato para discutir oportunidades e sinergias entre as partes

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

34


IntroduçãoaSEO

O que monitorar? Produzir conteúdo de qualidade As técnicas anteriores sem dúvida ajudam, mas produzir conteúdo de qualidade de forma consistente é a maneira mais efetiva e escalável de se receber links externos e garantir que as páginas também sejam compartilhadas nas mídias sociais. A maioria dos sites só colocam links para outro quando encontram algo que é realmente muito interessante, curioso, ajuda a resolver um problema e/ou traz informações relevantes e bem organizadas. Escrever um blog é um ótimo caminho para gerar mais tráfego via buscas orgânicas, já que cada post é uma página a mais brigando por uma nova palavra-chave e o conteúdo pode atrair mais links. No entanto, o blog não é o único canal. Nossos eBooks, por exemplo, também já nos renderam uma grande diversidade de links e compartilhamentos em mídias sociais. Infográficos também costumam funcionar muito bem.

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

35


IntroduçãoaSEO

Assessoria de imprensa Uma boa assessoria de imprensa consegue aparições para a empresa em veículos de comunicação. Uma assessoria de imprensa preocupada com resultados na Internet consegue fazer com que muitas das aparições sejam também acompanhadas de links, com o benefício extra de que esses links em geral são de sites com bastante autoridade perante o Google. Entrevistas, notas de lançamentos de produtos ou eventos são sempre oportunidades de conseguir links relevantes.

Aparições off-line Não ignore o poder das aparições off-line. Dar palestras, participar de eventos, fazer reuniões podem dar benefícios diretos em SEO (como links no site do evento) mas principalmente iniciar o relacionamento ou levar sua mensagem a mais pessoas, que podem vir a ser benefícios indiretos, a serem convertidos em links futuramente. Em eventos, por exemplo, é muito comum que algumas pessoas da audiência escrevam reviews sobre as palestras ou comecem a acompanhar o site do palestrante caso tenham se interessado pelo assunto.

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

36


IntroduçãoaSEO

Evite o Black Hat Black Hat é o nome que dão às “trapaças” para driblar o Google e conseguir alcançar as primeiras posições de forma ilegal. São exemplos de Black Hat: - Escrever textos e/ou links com a mesma cor do fundo do site, para que o Google leia o conteúdo mas o usuário não; - Comprar ou manipular links (incluindo criar novos sites somente para a troca de links); - Manipular o destino da página de acordo com o agente visitante: o Google vê um resultado mas o usuário vê outro. O algoritmo do Google vem evoluindo muito e fica cada vez mais difícil enganar a ferramenta. O grande risco é que, caso descoberta a manipulação, seu site pode ser punido fortemente e não aparecerá mais nos resultados de pesquisa.

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

37


IntroduçãoaSEO

Evite cópia de conteúdo e otimizações em excesso Duas atualizações de algoritmo ficaram bastante conhecidas recentemente e derrubaram o tráfego orgânico de uma diversidade de sites: o Panda e o Pinguim. O Panda tem como objetivo priorizar conteúdo original e de qualidade, fazendo com que não valha a pena simplesmente copiar o conteúdo de alguém ou escrever qualquer coisa só para estar bem rankeado. Esse tipo de conteúdo dificilmente conseguirá alcançar um bom ranking atualmente. Já o Pinguim pune a otimização em excesso: um alto número de links com o texto-âncora igual, por exemplo, pode parecer suspeito. Links no rodapé e de programa de afiliados em sites de terceiros também podem não funcionar da forma natural que o Google gostaria que essas indicações funcionassem e também pode desconsiderar seu valor.

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

38


IntroduçãoaSEO

Ferramentas úteis O trabalho de SEO pode se beneficiar bastante de algumas ferramentas. Para quem está começando, ficam algumas sugestões de partida: Google Webmaster Tool (Central do Webmaster) É uma ferramenta gratuita que mostrar ao dono do site como o Google tem visto o desempenho do site. Lá é possível enviar o Sitemap XML, receber sugestões e diagnósticos de problemas com HTML, verificar quantas vezes o site tem aparecido nas buscas orgânicas entre outras funcionalidades realmente úteis. A conta pode ser criada e acessada em: http://www.google.com.br/webmasters/

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

39


IntroduçãoaSEO

Ubersuggest Sabe quando realizamos uma pesquisa e o Google mostra formas de completar a frase?

O que o Ubersuggest faz é pegar todas as formas possíveis de completar uma palavra-chave e coloca em uma lista para que você consiga ter ideias do que as pessoas procuram. Não é preciso criar contas, basta acessar: http://ubersuggest.org/

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

40


IntroduçãoaSEO

Open Site Explorer O Google não declara abertamente e de forma atualizada qual a força de cada página e domínio. Como solução para essa incógnita, a SEOmoz criou uma espécie de réplica do Google, que também varre a Internet e, através dos links, consegue medir a força de uma página, os conteúdos mais importantes de um domínio e os principais sites que possuem links para esse domínio. Vale a pena analisar o próprio site e os concorrentes (3 consultas grátis por dia): http://www.opensiteexplorer.org/ HTTP Header Checker - MestreSEO Quer descobrir qual o tipo de redirecionamento uma página da sua empresa está utilizando? Com essa ferramenta basta colocar o endereço e ver o status de resposta. Se as versões com e sem www retornarem o código 200, é porque o site tem conteúdo duplicado. Um deles deveria indicar redirect 301 para o outro. Consulte gratuitamente: http://www.mestreseo.com.br/ferramentas-seo/http-header-checker/

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

41


IntroduçãoaSEO

RD Station O RD Station é o software criado por nós, da Resultados Digitais e tem como objetivo unificar diversas funcionalidades do Marketing Digital em uma única plataforma. Duas das funcionalidades podem ser extremamente úteis no trabalho de quem está buscando melhorar os resultados em buscas orgânicas: o painel de palavras-chave e a otimização de páginas. O painel de palavras-chave traz informações referentes ao volume de busca e acompanha automaticamente a evolução do site da sua empresa no ranking do Google para cada uma das palavras-chave que estiverem listadas. Já a otimização de páginas faz um diagnóstico de cada página escolhida e dá uma nota, apresentando todos os problemas e oportunidades para melhorar e conseguir chegar às primeiras opções. Para conhecer um pouco mais, acesse e teste gratuitamente por 15 dias: www.rdstation.com.br

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

42


IntroduçãoaSEO

Dúvidas e comentários? Caso tenha alguma dúvida ou sugestão, clique aqui e deixe seu comentário sobre esse eBook. Qualquer questão adicional, entre em contato conosco .

Compartilhe

Aprenda mais

Se você gostou desse eBook, clique nos links abaixo e recomende-o para mais pessoas

Acompanhe nossos posts da forma que preferir

Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresass

43


Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresas

A Resultados Digitais é uma empresa que tem como objetivo de ajudar as Médias e Pequenas Empresas a entenderem e aproveitarem os benefícios do Marketing Digital, conseguindo assim resultados reais e permanentes para os seus negócios. Fazemos isso hoje de três formas principais: • Temos um software completo e integrado para gestão de Marketing Digital. O RD Station permite gerenciar em uma única ferramenta todas as ações de atração e conversão de Visitantes qualificados em Leads e Clientes, monitoramento e relacionamento nos diferentes canais e mídias sociais, e análise e otimização do funil de vendas para garantir um retorno sobre investimento cada vez maior. Para conhecer mais sobre o RD Station, clique aqui. • Temos uma metodologia passo a passo de implementação de Marketing Digital que já rodamos e refinamos com mais de 50 empresas clientes. Oferecemos pacotes de consultoria em cima desta metodologia e do uso efetivo do RD Station. • Produzimos muito conteúdo educativo cobrindo temas como mídias sociais, blogs, email marketing, SEO, web analytics, Landing Pages, monitoramento, compra de mídia online, geração e nutrição de Leads, entre outros. Este conteúdo toma forma forma de posts no blog de Marketing Digital, eBooks e Webinars gratuitos e palestras presenciais 44


Introdução a seo