Page 1

TENDÊNCIAS TECNOLÓGICAS A NÃO PERDER DE VISTA EM 2018 Tudo o que precisa de saber sobre inteligência artificial, Internet das Coisas, entre outros conceitos


C O N S I D E R A Ç Õ E S

I N I C I A I S

O mundo da tecnologia avança a um ritmo acelerado e torna-se difícil acompanhar todas as suas evoluções. Inteligência artificial, realidade virtual e aumentada, internet das Coisas e análise em tempo real são conceitos que já fazem parte do dia-a-dia de muitas empresas. A transformação digital ocorre todos os dias e as empresas devem adaptar-se rapidamente às mudanças do meio onde estão inseridas, pois só assim conseguirão acompanhar e ultrapassar a concorrência, mantendo níveis positivos de rendimento. Se 2017 foi o ano em que se começou a investir em inteligência artificial, em soluções de Cloud e em novas formas de comunicar com o Cliente, 2018 vai ser o ano de consagração destas tecnologias.  O Simpósio do Gartner/ITxpo 2017, em Orlando, foi o palco para o anúncio das principais tendências tecnológicas estratégicas que afetarão a maioria das organizações em 2018. Os líderes de TI têm de ter em conta estas novas tendências tecnológicas nas suas estratégias de inovação ou correm o risco de perder terreno para aqueles que investem na transformação digital.  Nas páginas seguintes, abordaremos as principais tendências tecnológicas a não perder de vista em 2018. 


C O N S I D E R A Ç Õ E S

Inteligência Artificial  

Segurança

I N I C I A I S

Internet das Coisas

Cloud

Plataformas de Conversação

Realidade Virtual

Análise de dados em tempo real


I N T E L I G ĂŠ N C I A A R T I F I C I A L O que vai mudar?


I N T E L I G Ê N C I A

A R T I F I C I A L

A inteligência artificial é um dos temas do momento. Existe ainda a ideia errada de que este conceito apenas se relaciona com a existência de robots inteligentes que têm o objetivo de eliminar a raça humana. No entanto, os vários avanços da inteligência artificial, também conhecida como AI, têm o intuito de nos salvar. Entre os principais campos de atuação da AI está a medicina, que tem mostrado resultados significativos e muito importantes para encontrar a cura para muitas doenças. Também no mundo das empresas, a inteligência artificial vai ter um grande impacto. CHATBOTS Os chatbots estão a revolucionar o atendimento ao cliente. Um chatbot é um autómato capaz de estabelecer um diálogo com seres humanos. Os chatbots auxiliam o utilizador numa série de atividades que até há bem pouco tempo necessitava de intervenção humana. Se já pediu um Uber ou uma pizza por uma aplicação de telemóvel, já utilizou um chatbot sem ter consciência disso. Esta ferramenta pretende facilitar a interação entre clientes e empresas. Iremos abordar com mais pormenor a importância dos chatbots mais à frente. 


I N T E L I G Ê N C I A

A R T I F I C I A L

GESTÃO A inteligência artificial ajuda as empresas a interligarem todas as suas informações, o que tem um peso importantíssimo nas decisões de gestão. Uma empresa que analise a sua informação em tempo real e que tenha num só local todas as informações de negócio importantes será capaz de tomar decisões mais assertivas e eficazes, o que potencia o sucesso do negócio. WATSON É a grande estrela da IBM e um destaque na computação cognitiva. Este é um sistema que fala e entende o que as pessoas dizem. O Bradesco foi o primeiro utilizador desta tecnologia no Brasil e acredita que terá grande importância nas áreas de atendimento a clientes, formação de colaboradores e gestão de capitais. O Watson tem sido usado também no setor da saúde para dar assistência a médicos, baseando-se em publicações científicas. O sistema é capaz de aprender com a sua própria experiência, oferecendo resultados cada vez mais corretos e precisos. FIM DAS TAREFAS REPETITIVAS A inteligência artificial ajuda a que os colaboradores deixem de perder tempo com tarefas demasiado burocráticas e administrativas. Através de regras, é possível que robots desempenhem a função de assistentes pessoais, dando informações sobre as tarefas do dia-a-dia, reuniões agendadas e tempos de viagem.


I N T E R N E T D A S C O I S A S A sua aplicação nas empresas


I N T E R N E T

D A S

C O I S A S

A Internet das Coisas descreve um cenário em que variados objetos utilizados no quotidiano estão ligados à Internet. Atualmente, cada vez mais objetos se encontram ligados à Web. No início desta era digital, apenas era possível conectar smartphones e tablets e, no entanto, nos últimos anos temos assistido a uma revolução nesta área e atualmente já é possível conectar consolas de jogos, televisões, câmaras de vigilância, veículos, e um número cada vez maior de equipamentos à rede. As aplicações da Internet das Coisas têm uma visão que vai ainda mais além disto e vai afetar largamente os negócios. SERVIÇOS INTELIGENTES A Internet das Coisas pode facilitar muito o serviço de atendimento para o cliente. Hoje em dia, já é possível sermos avisados que um item dentro de um frigorífico ou de uma arca se encontra perto do fim do prazo de validade. Isto é uma enorme vantagem para as empresas que vendem produtos congelados, como os hipermercados. MARKETING EM TEMPO REAL  Com a Internet das Coisas é possível recolher dados reais e atualizados sobre os consumidores em tempo real, antecipando as suas necessidades e criando estratégias e campanhas que as satisfaçam. A recolha de dados em tempo real é bastante mais eficaz do que estudos de mercado exaustivos e muda toda a forma de trabalhar no mundo empresarial, transformando as empresas em organismos proativos e não puramente reativos.


I N T E R N E T

D A S

C O I S A S

MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS A Internet das Coisas pode ser usada para transmitir informação sobre o desgaste dos equipamentos de uma empresa, ajudando assim nas questões de manutenção. É possível também reconhecer falhas no início dos processos produtivos, o que permite que o problema seja reparado de imediato, prevenindo complicações mais sérias no futuro e evitando perdas de lucro. LOGÍSTICA A conexão dos equipamentos de logística com a Internet das Coisas contribui para que as empresas aumentem a sua eficiência no atendimento ao cliente, além de que é possível também fazer entregas mais rapidamente e aumentar assim os índices de satisfação dos clientes. Todo o negócio consegue ser acompanhado em tempo real e todas as informações se encontram conectadas. APLICAÇÃO NO DATA CENTER Nas indústrias, a Internet das Coisas revela-se muito útil pois é possível medir a temperatura e os níveis de humidade. Os sensores são integrados com ferramentas de monitorização de redes e sistemas e, caso os valores estipulados sejam ultrapassados, são gerados alertas para a tomada de ações corretivas.


R E A L I D A D E

V I R T U A L

BenefĂ­cios para o mundo empresarial


R E A L I D A D E V I R T U A L  

Os líderes de diversos setores estão a apostar na criação de conteúdo de realidade virtual de modo a deslumbrar os seus clientes, ganhando destaque na imprensa e ficando um passo à frente dos seus concorrentes diretos. A realidade virtual permite a criação de um ambiente interativo para os clientes, oferecendo-lhes uma experiência multissensorial, potenciando ao máximo o que uma empresa tem para oferecer. De acordo com um estudo do Gartner, até 2019, 20% das grandes empresas adotará soluções de realidade virtual, aumentada ou mista.   É importante diferenciar realidade virtual de realidade aumentada. A realidade virtual cria uma nova realidade em que a pessoa sai do mundo real e entra numa realidade simulada virtualmente, ou seja, num mundo totalmente digital. Esta tecnologia por norma é uma interface avançada de interação entre o utilizador e um sistema computacional. Já a realidade aumentada é apenas uma expansão de uma realidade que efetivamente existe. Neste tipo de tecnologia, existe uma integração entre elementos reais e virtuais. Vamos de seguida abordar as áreas em que esta tecnologia será mais aplicada no futuro.  ARQUITETURA Agora não é preciso marcar uma visita e fazer o cliente deslocar-se para ver uma maquete que ocupa todo o espaço de uma mesa de reuniões. Através de um software é possível analisar modelos 3D num ecrã de um computador ou de um tablet e até visitar virtualmente o interior de um imóvel ainda não construído. Isto é mais prático, mais económico e bastante mais versátil do que uma maquete tradicional.


R E A L I D A D E V I R T U A L  

MELHOR EXPERIÊNCIA DE COMPRA A realidade aumentada é uma grande aposta do IKEA para que os clientes tenham noção de como os produtos ficam nas suas próprias casas. A experiência de compra é uma das tendências tecnológicas para 2018 e pode ser aplicada em diversas áreas do retalho, destacando-se a área da decoração e da moda. E-COMMERCE Para o e-commerce as possibilidades são imensas. As lojas on-line podem usar a realidade aumentada para que os potenciais clientes vejam como é que o produto que pretendem comprar funciona no seu próprio corpo ou na sua própria casa. Isto vai ao encontro do ponto anterior, mas aplicado ao mundo digital. PUBLICIDADE INTERATIVA Um bom exemplo desta aplicação é a campanha promocional chamada Legendary 7, levada a cabo pela empresa de cervejas Heineken. A campanha foi um verdadeiro sucesso entre os fãs de cerveja. Os rótulos das garrafas ganharam conteúdos interativos que apareciam quando eram digitalizados. Os espetadores assistiam a vídeos animados sobre os agricultores, podendo até tirar selfies sobrepostas numa imagem de um dos fazendeiros de forma divertida, partilhar a foto nas redes sociais, aumentando a divulgação da marca. A realidade aumentada pode ser utilizada em ações de marketing muito interessantes que aproximam o consumidor das marcas. 


S E G U R A N Ç A Como garantir a segurança da informação


G A R A N T I R D A D O S

A

S E G U R A N Ç A

D O S

O mercado do software de segurança está a passar por uma transformação dramática e segundo o Gartner são 4 as principais razões: o uso de análises avançadas, a adoção de SaaS (software as a service), ecossistemas expandidos e as novas leis de proteção de dados. Devido a esta nova realidade, as empresas estão a redesenhar os seus sistemas de segurança. “O mercado global de segurança está a passar por um período de interrupção devido à rápida transição para modelos digitais de negócios e tecnologia baseados na nuvem que estão a mudar o modo como as funções de risco e segurança proporcionam valor numa organização”, afirma Deborah Kish, analista principal do Gartner. - Até 2020, o Advanced Security Analytics será incorporado em pelo menos 75% dos produtos de segurança As empresas procuram cada vez mais produtos que incorporem tecnologias analíticas preditivas e prescritivas, ou seja, que sejam “mais inteligentes” e que ajudem a alertar os utilizadores sobre possíveis incidentes de segurança. Estas capacidades analíticas mais avançadas são conduzidas por uma variedade de tecnologias subjacentes, tais como heurística, inteligência artificial/aprendizagem de máquina e outras técnicas.


G A R A N T I R D A D O S

A

S E G U R A N Ç A

D O S

- A aquisição e integração de produtos e tecnologias será uma estratégia crítica para aumentar a participação de mercado e entrar em novos mercados Dada a preponderância de startups e pequenos fornecedores que procuram abordagens inovadoras para problemas de segurança, a aquisição, integração e consolidação são estratégias altamente eficazes para aumentar a participação de mercado e entrar em mercados desconhecidos. Em muitos casos, os fornecedores maduros que perseguem objetivos de crescimento contínuo adquirem empresas de crescimento mais rápido de mercados adjacentes emergentes. Em outros casos, os fornecedores otimizam os lucros através da consolidação de produtos similares sob uma única marca, portanto, alavancando as economias de escala através da combinação de funções essenciais, como desenvolvimento, suporte, vendas e marketing. - A procura por flexibilidade pelos utilizadores finais aumentará a adoção de SaaS Uma pesquisa recente sobre gastos de segurança de utilizador final do Gartner indica que existe uma preferência por produtos num formato de serviço. O SaaS para segurança e gestão de riscos torna-se crítico à medida que os clientes passam às práticas comerciais digitais. 


G A R A N T I R D A D O S

A

S E G U R A N Ç A

D O S

- A nova lei de proteção de dados cria uma oportunidade para o setor da segurança O Regulamento Geral de Protecção de Dados (GDPR) entrará em vigor no dia 25 de maio de 2018 e implicará coimas avultadas para as empresas que não cumpram as regras nele estipuladas. As empresas estarão mais dispostas a investir em soluções de segurança pois o investimento será necessário para que não tenham que pagar multas elevadas. A segurança da informação é crucial para que as empresas se mantenham competitivas e sobrevivam num meio tão "agressivo" como o que temos atualmente. Por esse motivo, devem dotar-se de soluções que garantam a confidencialidade dos seus dados pois só assim conseguirão ser rentáveis e estar em conformidade com as exigências legais. Os perigos para a segurança da informação são cada vez mais diversos e surgem sob várias formas. As empresas devem apostar em várias camadas de proteção articuladas entre si que resultam num escudo protetor intransponível. Soluções como antivírus, firewall, encriptação de dados, segurança dos equipamentos móveis e soluções anti-ransomware são obrigatórias em qualquer empresa em 2018. 


C L O U D Migrar os dados de modo seguro


S O L U Ç Õ E S C L O U D S E G U R A N Ç A

P A R A

M A I O R

O armazenamento na Cloud já é encarado como uma estratégia competitiva que responde às necessidades das pequenas, médias e grandes empresas. Os ficheiros ficam armazenados a kilómetros de distâncias, mas através da Internet, por meio de um login e password, pode conectar-se à sua conta e aceder a todos os seus arquivos. 2018 vai ser o ano de maturidade desta tecnologia, pois as empresas estão cada vez mais conscientes da garantia de segurança que a Cloud proporciona. Vejamos de seguida as vantagens do armazenamento na Cloud. FLEXIBILIDADE Diversas empresas fornecem soluções flexíveis e de acordo com as necessidades específicas de cada organização. Deste modo, não existe a necessidade uma empresa comprar mais espaço na Cloud do que aquele que realmente necessita, o que se torna uma vantagem a nível de custos. Se houver necessidade de aumentar o tamanho do armazenamento na Cloud também é possível fazer esse upgrade facilmente. SEGURANÇA Uma falha no sistema ameaça seriamente a produtividade de uma empresa. Em caso de falha, relatórios importantes podem perder-se e mesmo com uma política de realização de backups frequentes, pode nunca conseguir recuperar-se informação imprescindível para a empresa. Ao usar um sistema de armazenamento na nuvem, os dados ficam totalmente seguros mesmo em caso de falhas do sistema. Terá os seus dados sempre disponíveis e atualizados.


S O L U Ç Õ E S C L O U D S E G U R A N Ç A

P A R A

M A I O R

MOBILIDADE Onde quer que esteja, consegue sempre consultar os seus ficheiros através de um computador ou dispositivo móvel. Já não é necessário transportar discos externos e pens USB para garantir que tem os ficheiros de que necessita quando viaja. A nuvem disponibiliza o acesso universal à computação de máxima potência. COLABORAÇÃO O armazenamento dos arquivos na Cloud permite uma partilha mais fácil com todos os colegas, não havendo necessidade de enviar grandes arquivos por e-mail ou passá-los através de pens USB. Como os arquivos estão armazenados e partilhados na Cloud, cada utilizador pode aceder aos ficheiros e fazer as alterações que quiser, trabalhando colaborativamente nos documentos. Exemplos disto são o Office 365 da Microsoft ou as Google Apps. SUSTENTABILIDADE A sua empresa torna-se mais sustentável e amiga do ambiente com a utilização do armazenamento na nuvem pois vai reduzir o consumo de energia e o número de documentos em papel. MAXIMIZAÇÃO DOS RECURSOS  O armazenamento na Cloud liberta a equipa de TI para outras tarefas e deixa-a livre dos problemas relacionados com falhas de rede. Armazenar os arquivos na nuvem faz com que não tenha custos com manutenção, atualização e formação de colaboradores.


P L A T A F O R M A S D E C O N V E R S A Ç Ã O Nova forma de interação


P L A T A F O R M A S D E C O N V E R S A Ç Ã O

O consumidor atual já não faz pesquisas na Internet; ele vive online. Contudo, os momentos que passa conectado à rede são de curta duração, pelo que procura uma resposta rápida e altamente eficaz. As empresas têm que estar preparadas para esta nova realidade pois só assim conseguirão responder às cada vez maiores exigências do mercado. A forma de comunicar com os atuais e potenciais clientes tem mudado muito nos últimos anos e acredita-se que em 2018 os chatbots sejam os "reis" das plataformas de conversação com o cliente. Vejamos, de seguida, as aplicações possíveis desta tecnologia.  ATENDIMENTO AO CLIENTE Os pedidos de informação recorrentes nas empresas retiram muito tempo aos colaboradores. Utilizando um chatbot, e ainda que seja necessária intervenção humana para finalizar o processo, vai haver uma grande poupança de tempo e o cliente obterá uma resposta mais rápida e assertiva. RELACIONAMENTO Os chatbots oferecem sistematicamente conteúdos relevantes usando os bots e esta é uma ótima estratégia de atração e manutenção de clientes e leads. Assim, o cliente ou lead sentir-se-á mais importante para a marca pois recebe apenas conteúdo relacionado com as suas necessidades e preferências específicas.


P L A T A F O R M A S D E C O N V E R S A Ç Ã O

PARTILHA DE INFORMAÇÃO Para facilitar a partilha de informações apenas dentro de um grupo — numa equipa de trabalho, por exemplo —, é possível criar um chatbot e integrá-lo num software de troca de mensagens. Desta forma a comunicação tornar-se-á mais fácil e rápida. REDES SOCIAIS Os consumidores gostam de falar com as empresas quando têm alguma dúvida ou quando pretendem reclamar ou apresentar uma sugestão ou pedido de informação e procuram fazê-lo da forma mais rápida possível. Integrar chatbots nas redes sociais é uma ótima estratégia pois aproxima a empresa do consumidor, melhorando a relação entre ambos.  VENDAS A integração entre aplicações e tecnologias vai facilitar as vendas a uma grande escala. Os bots serão um ótimo assistente virtual no processo de vendas. A assistente virtual do IKEA, a Ana, foi um ótimo exemplo pois ajudava os clientes de forma imediata, encaminhando-os automaticamente para a página do produto que pretendiam comprar ou conhecer melhor. 


A N Á L I S E E M T E M P O R E A L Decisões conscientes com base em informação sempre atualizada


A N Á L I S E

E M

T E M P O

R E A L

Num mercado em que a informação é o ativo mais importante das empresas e em que os consumidores acedem de forma cada vez mais rápida a todas as informações de que necessitam, analisar os dados em tempo real representa uma vantagem competitiva muito importante. A quantidade de dados gerada tem aumentado significativamente devido à massificação do uso dos dispositivos móveis e devido à redução dos custos de armazenamento. Analisar os dados em tempo real é uma das tendências mais importantes do próximo ano e as empresas devem dotar-se das ferramentas certas para acompanhar continuamente o negócio. De seguida, abordamos as principais vantagens de analisar o negócio em tempo real. VISÃO COMPLETA SOBRE O CLIENTE Com a análise em tempo real é possível perceber de imediato qual o meio preferido pelo cliente, qual a necessidade que tem e os problemas que apresenta. Esta informação garante um serviço mais personalizado e de acordo com aquilo que o cliente realmente necessita. IDENTIFICAR ALTERAÇÕES Uma pequena alteração no mercado ou na concorrência pode aumentar ou diminuir a procura por um determinado produto ou serviço. Tendo informação atualizada ao minuto, é possível identificar essa situação e evitar problemas para o negócio. De facto, após a identificação de uma situação menos positiva é possível adotar medidas corretivas imediatas e minimizar efeitos negativos. 


A N Á L I S E

E M

T E M P O

R E A L

CORRIGIR DESVIOS Uma falha no processo de produção pode significar problemas sérios com clientes, fornecedores e parceiros. Acompanhar o processo produtivo em tempo real permite identificar eventuais falhas e a sua respetiva correção, sem deixar que o processo com um problema se arraste até à sua fase final. ACESSO UNIVERSAL Com a utilização de um sistema de análise de dados em tempo real é possível agregar num só sistema toda a informação relativa à empresa. Deste modo, o acesso à informação torna-se bastante mais fácil e reduz-se o tempo que anteriormente se gastava a juntar a informação oriunda de diversas fontes. MAIOR AGILIDADE Como os programas de gestão da informação em tempo real apresentam a informação de forma condensada e já pronta para análise, a necessidade de fazer relatórios extensos desaparece. Desse modo, os colaboradores que antes tinham essa responsabilidade vão ficar com mais tempo disponível para outras tarefas, o que certamente contribuirá para um aumento de produtividade. VERSÃO ÚNICA DA VERDADE O uso de sistemas de análise de dados em tempo real reduz as falhas de comunicação e acelera a consolidação dos dados. Toda a informação da empresa vai estar apenas num local, o que torna os processos de análise mais ágeis e eficazes.


O

Q U E

E S P E R A R

D O

Não há dúvidas de que a tecnologia tem mudado tudo e a previsão não é de abrandamento. Atualmente, as empresas não podem esperar que os investimentos tecnológicos que fazem hoje se mantenham inalterados durante os próximos anos, pois a mudança acontece a um ritmo acelerado e imprevisível.  A transformação digital faz parte do mundo empresarial e só com um acompanhamento constante das tendências de mercado é que as empresas conseguirão vencer. O futuro nas empresas passa por todos os conceitos abordados neste e-book e por muitos outros que certamente surgirão já em 2018. Uma maior segurança da informação aliada à automação de processos torna as empresas mais confiantes e capazes de atuar no mercado competitivo.  Se no presente estamos a viver uma fase em que já somos alertados sobre alterações através de uma análise programática, no futuro é expectável que os softwares sejam capazes de uma análise autónoma, sugerindo uma reação ao utilizador, o que facilitará muito o seu dia-a-dia. Num futuro mais longínquo, o expectável é que os softwares reajam automaticamente, trabalhando numa base de previsão. 

F U T U R O ?


SERVIÇOS

SOLUÇÕES

SEGURANÇA

PERFORMANCE

INFRAESTRUTURAS

X-AS A SERVICE

Com mais de uma década de existência, a IT PEERS é uma das mais experientes e competentes empresas portuguesas no sector das Tecnologias de Informação. Assegura soluções de elevada qualidade a preços altamente competitivos, caracterizados por um forte enfoque nos clientes, mantendo excelentes relações com as entidades e organismos com os quais se relaciona. A nossa missão é desenvolver soluções tecnológicas inovadoras e de vanguarda, baseadas em padrões e metodologias internacionais de qualidade, para satisfazer plenamente as necessidades dos nossos clientes, apoiando-os na obtenção de melhores níveis de desempenho e de eficácia. www.itpeers.com

C O M O

A

I T

P E E R S O P O D E A J U D A R ?


PRODUTOS O Multipeers é um sistema BAM que permite monitorizar todas as informações de negócio em tempo real, tendo-as disponíveis em qualquer dispositivo. O Multipeers interage diretamente com as suas fontes de dados e é suportado pelos sistemas operativos mais comuns do mercado. www.multipeers.itpeers.com

O Datapeers é uma ferramenta extremamente valiosa sobretudo para administradores de bases de dados, analistas ou programadores. Oferece uma variedade de técnicas scrambling sofisticadas para proteger dados sensíveis, substituindo-os de forma irreversível por dados fictícios mas realistas. Garante que está em conformidade com o novo Regulamento de Proteção de Dados.  www.datapeers.itpeers.com

Infraestrutura dedicada com replicação seletiva. Possibilidade de ativação de desastre quase instantânea em servidores virtuais em ambiente remoto Gestão contínua 24x7.

C O M O

A

I T

P E E R S O P O D E A J U D A R ?


FALE CONNOSCO! ESCRITÓRIO

Rua Eng. Frederico Ulrich, 3210, 1º andar, sala 101 4470-605 Maia  TELEFONE

+351 220 101 587 SOCIAL

info@itpeers.com www.itpeers.com pt.linkedin.com/company/it-peers

Tendências tecnológicas a não perder de vista em 2018  

Tudo o que precisa de saber sobre inteligência artificial, Internet das Coisas, entre outros conceitos Para mais informações, contactar inf...

Tendências tecnológicas a não perder de vista em 2018  

Tudo o que precisa de saber sobre inteligência artificial, Internet das Coisas, entre outros conceitos Para mais informações, contactar inf...

Advertisement