Page 1

Dia C já tem compromisso para mais de 150 mil árvores nativas Tradicionalmente, o Dia da Árvore é celebrado em 21 de setembro. Desdeo último ano, porém, a data ganhou em importância no Rio de Janeiro, graças ao Dia C (Dia do Clima). Ação organizada pelo Instituto Terra de Preservação Ambiental (ITPA) em parceria com a Secretaria de Estado do Ambiente (SEA), ela incentiva o maior plantio simultâneo possível de mudas nativas da Mata Atlântica no estado em apenas24 horas. Durante a comemoração de 2009, a primeira edição da campanha resultou em mais de 100 mil novas árvores para o bioma, um dos mais ricos e ameaçadosde todo o planeta. Agora, na segunda edição, o compromisso de plantio já ultrapassaas 150 mil mudas e será executado voluntariamente, uma vez mais, por todos os setores da sociedade: empresasprivadas, prefeituras, entidades sem fins lucrativos e grupos organizados. A novidade para 2010, porém, não se resume ao número superior de árvores que serão incorporadas à Mata Atlântica em relação à edição anterior. Desta vez, o ITPA firmou parceria Secretaria de Estado de Educação(SEEDUC)para incentivar as unidades da rede de ensino a participarem efetivamente do Dia C. Após reuniões com as coordenadorias regionais, ponto central das escolas em cada município, 345 escolas mostraram interesse em participar do plantio, distribuídas em 40 municípios diferentes. Elas receberam um manual completo com instruções de plantio e lista dos viveiros situados em todo o território Fluminense. No dia 21 de setembro, pela manhã, a Colônia de Férias Graham Bell, no centro da comunidade de Francisco Fragoso (no município de Miguel Pereira) vai receber o evento oficial de abertura deste amplo movimento em favor da restauração da Mata Atlântica. Nesta região estão sendo plantadas 100 mil árvores do projeto Replanta Guandu 2, que visa recuperar a bacia hidrográfica do Guandu. Estarão presentes à mesa, além de Maurício Ruiz, secretário-executivo do Instituto Terra de Preservação Ambiental, a Secretária de Estado do Ambiente, Marilene Ramos, o presidente do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Luis Firmino, a sub-secretária de Comunicação e Projetos da Secretaria de Estado de Educação, Delânia Azevedo Cavalcanti, e o prefeito de Miguel Pereira, Roberto Daniel Camposde Almeida. “O Dia C é, antes de tudo, uma ação de educação ambiental muito importante, pois influencia a restauração da Mata Atlântica. É importante salientar que as árvores não serão computadas no Contador de Árvores automaticamente. Primeiro, cada instituição deverá preencher um formulário com as informaçõestécnicas do plantio, como espéciesusadas,coordenadasgeográficas e registro em fotos. Em seguida, elas estarão sujeitas a monitoramentos de campo, feitos por nós”, explica Maurício Ruiz, do ITPA. Vale lembrar que manter as florestas bem conservadassignifica garantir uma série de serviços indispensáveis à vida, como equilíbrio climático, manutenção da biodiversidade e preservação da qualidade dos recursos hídricos. Este, aliás, é o objetivo principal do projeto Contador de Árvores, criado pela SEAem 2008 e no qual está inserido o Dia C. Situado no Instituto de PesquisasJardim Botânico, no bairro homônimo da cidade do Rio de Janeiro, um relógio digital contabiliza todas as mudas nativas plantadas voluntariamente ou por obrigaçõeslegais no estado desde o primeiro dia de 2007. O ITPA ingressou na iniciativa em 2009 e ajudou a transformá-la em um instrumento de mobilização da sociedade para a recuperação da Mata Atlântica. Serviço


Evento: Inauguração oficial das atividades do Dia C Quando: Dia 21 de Setembro Onde: Colônia de Férias Graham Bell - Centro da Comunidade de Francisco Fragoso, em Miguel Pereira

(RJ) Horário: 10h às 12h

Programação 10h

Recepçãodos Convidados e Reprodução do Contador de Árvores do Rio de Janeiro em um telão 10h15 às 10h30 Maurício Ruiz Secretário-Executivo do Instituto Terra de Preservação Ambiental 10h30às 10h50

Marilene Ramos Secretária de Estado do Ambiente 10h50às 11h10

Delânia Azevedo Cavalcanti Sub-secretária de Comunicação e Projetos da Secretaria de Estado de Educação 11h10às 11h30

Luiz Firmino Presidente do Inea 11h30às 11h50- Encerramento

Roberto Daniel Camposde Almeida Prefeito de Miguel Pereira A partir de 12h: Reflorestamento com espécies nativas da Mata Atlântica e apoio de estudantes dos colégios da rede de ensino estadual da região. Outros plantios serão realizados em todo o estado, ao longo do dia.

Release_evento  

Vale lembrar que manter as florestas bem conservadassignifica garantir uma série de serviços indispensáveis à vida, como equilíbrio climátic...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you