Page 91

é mais ou nunca foi meu. Ele é coletivo e transcende mesmo o espaço institucional. Hoje, alunos e ex-alunos desenvolvem projetos com os mesmos princípios em outros espaços. Familiares que voltaram a estudar, que buscam aprender a ler para participar mais da vida de seu filho, são exemplos que ultrapassam esses limites, e esses dados são de extremo valor.”

Pedagogicamente, partimos para grupos por afinidade, maturidade, e não apenas por faixa etária, questão social ou geográfica.” Um trabalho como esse não ocorre sem que exista uma profunda inserção na vida comunitária. Isso acontece não apenas por meio da agenda de espetáculos, mas sobretudo pelo compromisso social que o centro assume. O Centro Cultural Piollin é parte de uma rede de proteção de direitos das crianças, dos adolescentes e dos jovens chamada Educação (Con) Vivência Integral. Essa rede reúne 14 instituições do bairro em debates sobre a educação e a garantia dos direitos e deveres de crianças, dos adolescentes e dos jovens das comunidades. Ações como essa agregam valor ao trabalho e são traduzidas em dados. Segundo Simone, cada vez mais jovens dão continuidade aos estudos, seja em cursos técnicos ou universitários, ajudando a diminuir as estatísticas de subemprego. “Hoje, tenho certeza de que todos, dos voluntários aos patrocinadores e apoiadores, comungam da proposta da instituição. Esse projeto não

Simone, também ela, é um exemplo desse tipo de superação. Aos 13 anos, vinda de uma família pobre e rígida na criação dos filhos, passou a frequentar aulas de circo na extinta escola Pirilampo. Já fez de tudo um pouco e foi até russa num circo onde trabalhou. Hoje, pedagoga formada, capitanea o projeto pedagógico do centro enquanto termina uma especialização em gestão educacional. Entusiasmada, Simone sabe que quintal da escola é o quintal do mundo: “Tudo é pensado e preparado para e com o coletivo. Entendendo que esse processo será vivenciado para muito além dos muros do Piollin. Formar seres cooperativos, ativos e críticos é o que queremos e é do que o mundo necessita”.

Sentidos - Rumos Educação, Cultura e Arte  

"Sentidos - Rumos Educação, Cultura e Arte" registra o percurso da edição 2011/2013 desta carteira do Rumos.

Sentidos - Rumos Educação, Cultura e Arte  

"Sentidos - Rumos Educação, Cultura e Arte" registra o percurso da edição 2011/2013 desta carteira do Rumos.