Page 1

FUNDADOR: J.C. GUTIERREZ DIRETORA RESPONSÁVEL: ACÁCIA GUTIERREZ

9 A 15 DE MARÇO DE 2018 Ano XVII * Nº 693

Divulgação Divulgação

Divulgação

Divulgação

DORIA ADOTA ITAQUERA

E

m menos de 10 dias, dando demonstração de apreço pelo bairro, o prefeito João Doria esteve em Itaquera supervisionando e realizando inaugurações de obras, mormente na área da educação, asfaltamento e tapa buracos nas vias carroçáveis também foram alvo de sua atenção. Pág. 5

CONFIRA AS OFERTAS DE ANIVERSÁRIO

PÁG.6

AV. MARIA LUIZA AMERICANO, Nº 947 TELEFONES: 2748-0418 / 2749-0663 rededejornaisleste@terra.com.br


2

Anuncie: 2748-0418

Itaquera em Notícias

EDITORIAL

Aposentadoria para todos

Ficamos a imaginar a reforma da previdência como um mero ajuste de contas. Um ajuste que pode causar reduções consideráveis de milhões de pensionistas e futuros aposentados, que contribuem sobre 5, 6, ou sete salários, mas que receberão apenas 1,5 na última fase da vida. O que economistas e toda a massa que trabalha com o meio previdenciário alegam é que a conta não fecha. Antecipando medidas de ‘economia’ que atingem diretamente a previdência, o governo interino emitiu, no dia 7 de julho, um Medida Provisória nº 739/2016 que dificulta ainda mais o acesso ao auxílio-doença e à aposentadoria por invalidez. Entre as mudanças implementadas, está a interrupção automática do benefício no prazo de 120 dias, obrigando o segurado a requerer a prorrogação junto ao INSS, e a criação do Bônus Especial de Desempenho Institucional por Perícia Médica em Benefícios por Incapacidade, que significará um “incentivo” no valor de R$ 60 pago pelo governo aos médicos por cada perícia realizada além da “capacidade operacional ordinária”. Antecipando o resultado das perícias que ainda serão feitas, o governo já calcula que essas medidas

gerarão uma economia de R$ 6,3 bilhões anuais, às custas da diminuição de benefícios dos trabalhadores. A proposta oficial de reforma da previdência, no entanto, não tinha sido apresentada até o fechamento desta matéria. Mas isso é apenas um detalhe. Desde o seu programa antecipado de governo até as muitas declarações de Henrique Meirelles, ministro interino da fazenda, e do próprio Temer, não é segredo para ninguém que, entre outras coisas, o governo provisório quer instituir (e aumentar) a idade mínima para a aposentadoria e restringir as regras da previdência rural. O argumento é que, em nome do ajuste fiscal, são necessárias medidas estruturais que reduzam os gastos do Estado. E a previdência aparece destacada como o maior deles, responsável por um rombo que, segundo previsões do governo interino, deve chegar a R$ 136 bilhões este ano. Esses números, no entanto, são desmentidos por pesquisadores e entidades que se dedicam ao tema. Por mais que a matemática seja considerada uma ciência exata, quando o assunto é a situação da previdência no Brasil, há muito tempo que dois mais dois não têm dado quatro. Lidando com os mesmos dados primários, governos (o interino e o da presidente Dilma) e estudiosos

ARTIGO

chegam a resultados diametralmente opostos. Para se ter uma ideia, enquanto os economistas do governo provisório apontam em 2015 um déficit de R$ 85 bilhões, no mesmo ano as planilhas da Anfip anunciam um superávit de R$ 24 bilhões. E a comparação com os anos anteriores mostra que, em função do aumento do desemprego, que diminui a arrecadação, esse saldo positivo foi bem menor do que os R$ 53,9 bilhões que sobraram em 2014 e os R$ 76,2 bilhões de 2013, anos em que, do lado do Planalto, já se falava em déficit. Além disso, mais uma vez, os números desmentem o argumento: dos 32 milhões de benefícios garantidos pela previdência brasileira, apenas 5,4 milhões ou 16,6% estão nessa modalidade. O número é baixo por uma razão muito simples: com o alto grau de informalidade e instabilidade do mercado de trabalho brasileiro, são poucas as pessoas que conseguem ter vínculo empregatício que gere contribuição por 30 ou 35 anos seguidos. Isso significa que a maioria da população brasileira se aposenta com uma idade muito maior do que aquela que é divulgada pelos defensores da reforma previdenciária.

*Luiz Eduardo Rocha Paiva

Insegurança jurídica e irresponsabilidade política A Procuradora Geral da República defende o “reconhecimento da imprescritibilidade dos crimes de tortura, a reflexão a respeito do alcance da anistia [e que] a natureza permanente do crime de ocultação de cadáver [-] afasta por completo qualquer cogitação de prescrição”. Pretende, certamente, a revisão da anistia de 1979, para punir agentes do Estado que combateram a luta armada. Quanto à prescrição, a Constituição Federal de 1988 (art.5º, XLIV) considera imprescritíveis apenas os crimes de “racismo e ação de grupos armados, civis ou militares, contra a ordem constitucional e o Estado Democrático”. Tortura continuou prescritível, mas deixou de ser anistiável (art.5º, XLIII), embora tal restrição não possa retroagir contra os anistiados em 1979, conforme o mesmo artigo, nos incisos XXXVI (direito adquirido) e XL (irretroatividade da lei penal). O art.5º é cláusula pétrea e, por isso, não pode ser alterado nem por emenda constitucional. A Convenção sobre Imprescritibilidade dos Crimes de Guerra e Contra a Humanidade (ONU-1968) nã o foi ratificada pelo Brasil e a competência da Convenção Interamericana de Direitos Humanos foi ratificada por nosso país para julgar apenas violações cometidas após 1998. Por isso, sua condenação ao Brasil, em 2010, por supostos crimes no Araguaia nos anos 1970, é inválida. Se a Procuradora Geral, equivocadamente, evoca instrumentos internacionais não ratificados pelo Brasil até 1979, propondo repensar a anistia, por coerência, deveria evocar, também, os que implicariam repensar a anistia dos militantes da luta armada. A Assembleia Geral da ONU (2005) aprovou os Princípios e Diretrizes Básicas sobre o Direito [-] à Reparação para Vítimas de Violações de DH [-], em que os Estados se obrigam a: investigar e tomar providências contra os responsáveis por violações, incluindo indivíduos e entidades; garantir a reparação das vítimas; e revelar a verdade, incluindo-a em documentos de ensino (artigos 15 a 22). Por que a

Comissão (da omissão) da Verdade não cumpriu essa legislação? Pela Lei de Anistia (art.1º), foi “concedida anistia a todos quantos, no período [-] cometeram crimes políticos ou conexos com estes [-]” e foram considerados conexos, para efeitos deste artigo, “os crimes de qualquer natureza relacionados com crimes políticos ou praticados por motivação política” (§1º do art.1º). O limite da anistia não estava nem mesmo na natureza do crime e sim na sua motivação. Sepúlveda Pertence, representante da OAB na elaboração da lei, disse: “nenhuma voz se levantou para pôr em dúvida a interpretação de que o art.1º; §1º implicava a anistia da tortura e dos assassínios perpetrados por servidores públicos” . A anistia ampla e geral era condição para redemocratizar o país sem retrocessos e os legisladores, cientes do anseio de pacificação da sociedade, tiveram essa intenção. Assim, esse é o espírito da lei, que não admite reinterpretação fora do contexto histórico. Para completar, a anistia foi reafirmada na Emenda Constitucional Nr 26/1985, que convocou a Assembleia Nacional Constituinte e estabeleceu no art.4º; §1º: “É concedida [-] anistia aos autores de crimes políticos ou conexos [-]”. É a própria Constituição de 1988 acolhendo a anistia. Em 2010, a mesma OAB, que participara e concordara com o texto de 1979, entrou no STF com um pedido que visava a reinterpretação da norma, para que fossem julgados agentes do Estado supostamente envolvidos em crimes no combate à luta armada. A petição foi derrotada por sete votos a dois, sendo contrários ao pleito da OAB o voto do relator e os pareceres da Advocacia Geral da União e da Procuradoria Geral da República. Ora, a justiça mudaria conforme a crença (ou ideologia?) do Procurador(a) Geral de plantão? E como fica a segurança jurídica? A anistia não foi unilateral como a esquerda ilude a sociedade, mas sim ampla, geral e irrestrita, com negociação aberta entre governo, oposição e sociedade civil e com o Brasil em

plena redemocratização, pois o AI5 fora revogado. Os militantes da luta armada receberam tudo que precisavam para voltar à vida normal. Que mais queriam? Que o vencedor lhes desse os meios de vingança? O crime de desaparecimento forçado, por não estar tipificado à época, só podia ser enquadrado como sequestro, um delito continuado. Contudo, a Lei de Indenizações (Nr. 9.140/1995) reconheceu “como mortas, para todos os efeitos legais, as pessoas [-] detidas por agentes públicos, achando-se, [entre 1961-1988], desaparecidas, sem que delas haja notícias” (art.1º). A Lei teve o apoio das famílias de desaparecidos, interessadas em se habilitar às indenizações. Ora essa, pessoas desaparecidas, mas reconhecidas como mortas para todos efeitos legais, não podem estar sequestradas e assim tem decidido a justiça. Há controvérsia jurídica quanto à caracterização do crime de ocultação de cadáver. Existem decisões judiciais reconhecendo sua prescritibilidade, por ser um crime instantâneo, concretizado no ato do desaparecimento do corpo, quando inicia a contagem do tempo de prescrição. Os efeitos seriam permanentes, mas não o crime. Anistia é instrumento político de pacificação e não jurídico, extinguindo o crime e a punibilidade. Não defendo terrorismo, tortura, sequestro e execução por militante da luta armada nem por agente do Estado, mas a sim a anistia ampla, geral e irrestrita acordada em 1979. As anistias pacificaram o Brasil nos conflitos de nossa História, assim, se a sua credibilidade for comprometida, nunca mais será eficaz em futuros confrontos entre irmãos. O STF será um veículo de insegurança jurídica, se voltar a julgar questões já decididas, cedendo à pressão de grupos ideológicos socialistas revanchistas, cujas ações fraturaram a coesão nacional. Será irresponsab ilidade política com risco à paz social. *General da Reserva

Ed. 693 * 9 a 15 de março de 2018

PONTO DE VISTA

Almir Pazzianotto Pinto

A intervenção, do ponto de vista constitucional

Intervenção do governo federal nos Estados é matéria de relevante interesse constitucional. Exceção feita à Carta imperial de 1824, jurada por D. Pedro I, as constituições republicanas, democráticas ou autoritárias, cuidaram do assunto. O primeiro imperador não o fez porque competia a ele, e apenas a ele, nomear e remover, sem oposição, os presidentes das províncias (artigo 165) A primeira Constituição republicana, promulgada em 1891, adotou o modelo federativo, constituído pela união perpétua e indissolúvel das antigas províncias, com o nome de Estados Unidos do Brasil. Para lhes preservar a autonomia, deliberou o Congresso Constituinte que “O Governo Federal não poderá intervir em negócios peculiares aos Estados”, salvo “para restabelecer a ordem e a tranquilidade, mediante requisição dos respectivos governos” (artigo 6º, § 3º). Triunfante a Revolução de 1930, Getúlio Vargas assumiu a chefia do governo provisório munido de poderes para nomear “um interventor para cada Estado”, prerrogativa confirmada pela Carta autoritária de 10 de novembro de 1937, e da qual não abriria mão durante 15 anos à frente do Poder. Derrubada a ditadura, em 29 de outubro de 1945, a Assembleia Constituinte, eleita “para organizar um regime democrático”, tomou como modelo o artigo 12 da Constituição de 1934 e prescreveu, no artigo 7º da Constituição de 1946: “O Governo Federal não intervirá nos Estados, salvo para: I) manter a integridade nacional; II) repelir invasão estrangeira ou de um Estado em outro; III) por termo a guerra civil”. Promulgada pelo presidente Castelo Branco durante o regime militar (1964-1985), a Constituição de 1967 fortaleceu o Executivo e enfraqueceu o Legislativo e o Judiciário. Para o enfrentamento de movimentos radicais de esquerda, também conhecidos como subversivos, a Lei Superior concedeu à União o direito de intervenção nos Estados para “por termo à perturbação da ordem ou ameaça de sua irrupção ou à corrupção no poder

publico estadual” (artigo 10, III). Tomado o texto constitucional ao pé da letra, greves, passeatas e comícios poderiam servir de pretexto à intervenção federal. O Decreto nº 9.288, de 16/2, assinado pelo presidente Michel Temer, peca pela inconsistência. Fundamenta-se no inciso III do artigo 34 da Constituição federal em vigor. Diz o dispositivo: “A União não intervirá nos Estados nem no Distrito Federal, exceto para: (...) III – por termo a grave comprometimento da ordem pública”. Trata-se de hipótese não prevista nas Constituições anteriores, cujo defeito decorre da ambiguidade das expressões. Afinal, qual o significado de “grave comprometimento”? A ordem pública, na antiga cidade maravilhosa, encontra-se a tal ponto descontrolada que se mostrou obrigatório submetê-la à intervenção de general investido de poderes excepcionais? Os problemas do Rio de Janeiro têm raízes na caótica situação social, com repercussões na segurança pública. Segundo a Constituição trata-se de assunto de assunto de alçada policial, não militar (artigo 144). Trago à colação as palavras do interventor, general de Exército Walter Sousa Braga Netto, ao jornal O Estado de S. Paulo: “A situação é grave, mas não está fora de controle”. Ou a análise objetiva do seu superior hierárquico, general Eduardo Villas Boas, comandante-geral do Exército: “Desafios enfrentados pelo Rio ultrapassam o escopo da segurança, alcançando aspectos financeiros, psicossociais, de gestão e comportamentais” (12/2, pág. A-12). Reportagens não revelam a cidade com as instituições em colapso. Vemos soldados munidos de armas de guerra e veículos blindados tendo ao lado estudantes a caminho da escola, mães com crianças no colo, donas de casa de volta das compras, ônibus e metrô lotados, o comércio à espera de compradores, milhares de pessoas na praia. Os serviços públicos funcionam e o futebol atrai torcedores aos estádios. Nada se assemelha à insurreição generalizada.

ARTIGO I

A História do Rio de Janeiro, a partir do momento em que deixou de ser a capital da República, é marcada por crescentes problemas sociais, refletidos na expansão da pobreza e da criminalidade, nos confrontos entre facções do crime organizado em disputa de pontos de tráfico e pelo controle das penitenciárias. A violência ganhou corpo no governo Moreira Franco (19871990) e se aprofundou a partir do segundo governo Leonel Brizola (1991-1994). Basta assistir aos filmes Rio Zona Norte (1957), Rio Babilônia (1982), Cidade de Deus (2002), Tropa de Elite (2007) e Tropa de Elite 2 (2016), e ler Um País Chamado Favela (Renato Meirelles & Celso Athayde, Editora Gente, 2014) para perceber que a população é vítima da decomposição crônica da economia, e de governos incapazes ou corruptos, ou corruptos e incapazes. Nesse sentido escrevem Meirelles e Athayde: “A decadência política do Rio de Janeiro preparou o declínio econômico, empurrando para as adjacências da zona sul da cidade os aglomerados de trabalhadores pobres e suas famílias. Os morros foram invadidos. As favelas proliferaram” (página 9). São mais de 6 milhões de habitantes, dos quais cerca de 2 milhões de favelados, distribuídos em aproximadamente 900 comunidades. A quantidade estimada de assaltantes, traficantes, milicianos, talvez não ultrapasse a mil. Só o Palácio do Planalto julga necessária a intervenção das Forças Armadas, a pretexto de “grave comprometimento da ordem pública”, onde o que temos são famílias pobres, mas trabalhadoras, vítimas da corrupção, da violência, da péssima distribuição de renda, da alta taxa de desemprego, da falência dos serviços de saúde e de educação. Enviar o Exército às ruas compromete a imagem do Estado Democrático de Direito e dará argumentos a quem prega a volta do regime de exceção. O Estado de S. Paulo, 5/3/2018, página A-2

*Elza Queiroz

Eleição para Conselheiros de São Paulo

O conselho municipal de habitação (CMH) como um órgão que se destina a fiscalizar, auxiliar e aconselhar a direção (Gestão) na solução dos problemas habitacionais, trazendo uma visão externa das perspectivas da organização! O objetivo é complementar suas experiências, aconselhar com maior profundidade na área estratégia (Habitação) captação de recursos e acompanhar a implementação dos planos de ação. O (CMH) foi instituído pela lei Nº 13425/02 de caráter consultivo, fiscalizador e deliberativo. Assegura espaço de participação na política habitacional das cidades; os sindicatos de classe, empresas, lideres de movimentos sociais e representante das universidades e do poder publico. O conselho é composto de 48 representantes, com mandados de 2 anos. A cada man-

dato são eleitos representantes de entidades de moradia, 16 da sociedade civil e 16 representantes do poder publico municipal, estadual e federal. O conselheiro e conselheira influenciam nas ações da secretaria municipal de habitação de recursos de conjuntos. O processo eleitoral atende a lei Nº 15.949 de 03-12-13 e ao decreto municipal Nº 56.0021 de 31-03-15 que determinam 50% de mulheres como representantes

na composição de (CMH). Pode votar qualquer cidadão com titulo de eleitor do município de São Paulo. O (CMH) é responsável por participar e fiscalizar os planos e programas da política habitacional, deliberando sobre suas diretrizes e estratégias e prioridades. Terá a missão de acompanhar e avaliar a gestão econômica, social e financeira dos recursos e o desempenho dos programas e projetos.

15-12-2017 - Publicação do Edital de inscrição dos candidatos; 01-03 / 02-03 / 06-03 de 2018 - Abertura dos envelopes das inscrições e analise da documentação; 08-03-2018 - Publicação no diário Oficial da Cidade de São Paulo; 09-03 e 12-03 de 2018 - prazo para entrega dos documentos em falta; 23-03-2018 - Término do prazo recurso; 26-03 / 27-03 de 2018 - Comissão eleitoral analisa Recursos; 29-03-2018 - Publicação no diário oficial. *Líder comunitária

Rede de Jornais Leste Ltda. CNPJ 03.939.099/0001-80 Circulação: São Paulo - SP

Diretora Responsável: Acácia Gutierrez MTb 35.004 Fundador: José Carlos Gutierrez Diretora Administrativa: Mª J.de Lima Gutierrez Redação e Reportagem: Acácia Gutierrez e Moacyr Minerbo. Diagramação e Arte: Daniela Lima Deptº Jurídico: Antonio Luiz L. do A. Furlam

Colaboradores: Almir Pazzianotto Pinto, Luiz Eduardo Rocha Paiva e Elza Queiroz. Redação: av. Maria Luiza Americano, nº 947 - Jardim Nª Srª do Carmo - Cep: 08275-001 -São Paulo - SP Fone: (11) 2748-0418/2749-0663. E-mail: rededejornaisleste@terra.com.br Impressão: Gráfica Pana Fone: 3209-3538

Nossa equipe de Vendas é formada por profissionais autônomos e freelancer que trabalham por edição e com isso não possuem nenhum vínculo empregatício com nossa empresa. As matérias assinadas não refletem necessariamente a opinião do jornal, sendo de inteira responsabilidade de quem as subscrevem. Os nomes dos colaboradores e representantes comerciais não mantém vínculo empregatício com a empresa - Filiado à Ajorleste - Associação dos Jornais da Zona Leste, AJORB - Associação de Jornais de Bairro de São Paulo e à Rede de Jornais Leste Ltda.


Itaquera em Notícias

Ed. 693 * 9 a 15 de março de 2018

Anuncie: 2748-0418

PÁGINA DA FAMÍLIA PÁGINA DA FAMÍLIA PÁGINA DA FAMÍLIA PÁGINA DA FAMÍLIA PÁGINA DA FAMÍLIA sAÚDe

Emagrecer não é fácil Divulgação

Áries - 21/03 a 20/04 Fantasias se enredam com percepções e assim sua mente fica parecendo uma salada cheia de ingredientes, muito apetitosa em tudo que imagina, porém, que depois será indigesta, já que nada tem a ver com nada.

Câncer - 21/06 a 21/07 Sua alma não está presa a uma rotina limitada, sua alma tem capacidade de encontrar o infinito nos pequenos detalhes, pois, esses lhe mostrarão potencialidades que só se descortinam aos olhos que querem enxergar. Leão - 22/07 a 22/08 Encantamentos acontecem sem que as pessoas envolvidas sejam praticantes de feitiçaria. É que a própria vida opera através de mistérios que desafiam o entendimento humano, sempre resistente ao desconhecido. Virgem - 23/08 a 22/09 É bom você se esforçar para entender um pouco melhor as pessoas com que se relaciona, esse é o verdadeiro conhecimento que você precisa. Chega de viagens de autoconhecimento, o assunto agora é conhecer os outros. Libra - 23/09 a 22/10 As confusões acontecem, mas nem sempre hão de ser tomadas como motivo de irritação, já que atrapalhariam o bom andamento de tudo. Há momentos em que as confusões evitam trapalhadas maiores, se você as aceitar com calma. Escorpião - 23/10 a 21/11 Prefira confiar no esforço persistente em vez de no poder da mente, pois, ainda que você produza imagens nítidas, vibrantes e belas sobre um futuro maravilhoso, se você não fizer nada, tudo ficará por isso mesmo. Sagitário - 22/11 a 21/12 Atirar no próprio pé! Ninguém faria isso intencionalmente, porém, muitas vezes acontece isso mesmo por não refletir antecipadamente nos resultados das atitudes empreendidas. Cuide para isso não acontecer a você. Capricórnio - 22/12 a 20/01 Hoje é um daqueles dias em que haveria desentendimentos até com as pessoas que normalmente você se entenderia muito bem. Isso pode passar sem deixar rastros e ser divertido até, se você não levar nada a sério. Aquário - 21/01 a 19/02 Dinheiro é algo que merece ser tratado com respeito. Você obterá todos os recursos que precisar, por isso, não fique sonhando com uma grande tacada que resolveria tudo de uma vez, mas confie no seu trabalho persistente. Peixes - 20/02 a 20/03 Você nunca saberá se está viajando na maionese se você não tomar a iniciativa de colocar em prática as informações que sua alma pressente, só assim conhecerá o alcance de sua sensibilidade e o da sua propensão à fantasia.

CULINÁRIA SAUDÁVEL

Não existe saída mágica: se você quer perder peso e permanecer em dia com a boa forma, será necessário abrir mão de algumas atitudes e excessos. Para te ajudar a se manter disciplinado(a), eis alguns importantes passos que devem ser mentalizados: »É preciso dizer “não” para si mesmo. Muitas vezes, seus pensamentos vão contra a sua vontade. Por exemplo: você sabe que é necessário escolher alimentos saudáveis para te ajudar no processo de emagrecimento, mas, na sua mente, a vontade é de comer doce. »Quando sentir vontade de comer algo que foge do seu planejamento alimentar, pare e pense, antes de agir por impulso e se arrepender. Ocupe o seu pensamento com outra coisa, assim terá tempo para refletir e avaliar se vale a pena. »Aprenda a preparar suas refeições com antecedência.

Assim, não tem motivo para “comer errado”. Pode parecer besteira, porém, essa atitude é fundamental para o seu sucesso. Não use a desculpa de que teve de comer pão de queijo porque esqueceu de levar as castanhas. »Mantenha seu pensamento sempre positivo. Quando sentir vontade de desistir, foque os ganhos obtidos a partir dos novos hábitos. Escreva todos eles e leia sempre que pensamentos negativos e contrários a sua meta invadirem a mente. »Quando você achar que está sendo difícil, faça a seguinte pergunta: é mais difícil se manter em uma rotina saudável ou continuar insatisfeito com o meu corpo? E não deixe de responder. »Comece a observar o que você faz para alcançar a sua meta de emagrecimento e veja se está agindo corretamente. Pare de se sabotar, você é o único prejudicado.

Parabéns Valentina

Você é a estrela mais preciosa que Deus nos enviou... Uma princesa que veio só para iluminar a vida de todos... Que papai do céu te proteja sempre te dando sabedora e muita saúde e que te conceda toda felicidade do mundo. Saiba que nosso amor por você é incondicional. Você é a princesa mais linda do castelo. A flor mais linda do jardim. 26/02-Valentina e titia Ioio Você é tudo que Deus nos proporcionou de mais importante. Você veio para alegrar a todos... Feliz Aniversário. Muitas felicidades. Mil beijos minha princesa da titia IoIo

eDUCAÇÃO

MODO DE PREPARO - Toste as amêndoas em uma frigideira até ficarem douradas. Espere esfriar e corte-as grosseiramente. - Derreta o chocolate em banho-maria e misture todos os ingredientes. Faça bolinhas com a ajuda de duas colheres, disponha os montinhos em uma travessa, salpique os grãos de flor de sal e leve à geladeira até firmar. DECLARO QUE EU CLEITON DE ARAUJO PAIXÃO, CPF: 279.829.168-21, estou renunciando ao cargo de Presidente e me desligando definitivamente da ASSOCIAÇÃO CULTURAL E ESPORTIVA COLORADO CASTRO ALVES, CNPJ: 10.656.380/0001-70 com sede na rua: Brasil Nativo, 196 – Castro Alves – CEP: 08474150 – São Paulo a partir da data de 02/03/2018.

Em seu primeiro ano de cursinho pré-vestibular, em 2015, Pedro Bezerra de Oliveira, de 20 anos, teve de aprender conteúdos que nunca tinha visto no ensino médio. Ele estudou na rede pública e precisou correr atrás da defasagem, principalmente em disciplinas como física e química. Agora, três anos de preparação para o vestibular lhe renderam a aprovação em quatro vestibulares para medicina das principais universidades públicas do Brasil: Universidade de São Paulo (USP), Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e Universidade Estadual Paulista (Unesp). Ele vai estudar na Unicamp, porque prefere morar

Divulgação

Divulgação

Morador da Zona Leste Montinho de Chocolate passa em 4 vestibulares

INGREDIENTES 1 ½ xícara de chocolate meio amargo bem picado ½ xícara de amêndoas cruas ¼ xícara de pistache ¼ xícara de semente de abóbora ½ xícara de cranberries secas ½ xícara de aveia em flocos Flor de sal a gosto

Por Davi Brandão O autor é jornalista. Sugestões podem ser enviadas para davi.jornalista@gmail.com

Referência e exemplo às mulheres

Touro - 21/04 a 20/05 Suspeitar é fácil, difícil é verificar que suas suspeitas eram procedentes e que você devia leva-las a sério. Procure não se acostumar a desconfiar das pessoas, esse é um vício fácil de começar e difícil de largar. Gêmeos - 21/05 a 20/06 As aparências enganam, diz o provérbio. Há dias, contudo, em que as aparências são mais enganosas do que nunca, e há uma única maneira de se enganar feio, que é se deixando seduzir pelo que parece ser atrativo.

CeNA PAULIsTANA

Pedro Bezerra de Oliveira, de 20 anos, fez três anos de cursinho e surpreendeu a todos, inclusive a si mesmo

em Campinas (SP). Morador da Zona Leste, ficou órfão de pai e mãe aos 17 anos e sempre recebeu o apoio da avó e do primo. Agora, Pedro iniciou o curso na última segunda-feira (26) e é um exemplo a ser seguido pelos alunos do cursinho onde frequentou.

No País de muitas Marias, Cristinas, Nilzas, Carmens, Marlys entre outros tantos nomes femininos que se destacam, destacamos uma Lilian, de sobrenome Gonçalves, para ilustrar o poder e a garra feminina e, claro, homenagear as mulher neste Dia Internacional da Mulher. Natural de Minas Gerais, Lilian Gonçalves residiu em Brasília onde morou na residência do presidente Juscelino Kubitschek (JK), local de trabalho de sua mãe como cozinheira e aos 17 chegou a São Paulo para desbravar sua história. “Na mala trouxe apenas dois vestidos e não sabia para onde ir. Cheguei até a rua Jaguaribe, na Santa Cecília onde me abriguei em uma pensão, e ali perto, na Avenida Rio Branco, entrei em um restaurante onde pedi emprego. No outro dia já estava como garçonete do local”, comenta a empresária que preside a Rede Biroska, fundada em 1971, na Rua Canuto do Val, após as bem sucedidas experiências das casas Toca da Angélica e Kalynca Bar e Lanches, também na região central. Dona de carisma e simpatia, a vida de Lilian foi marcada por desafios dentro da metrópole, enfrentando os preconceitos do setor que até então era dominado por homens. “Sempre quis trabalhar e crescer. Para mim os desafios serviram como importantes oportunidades”, resume. O talento no mundo dos negócios levou sua exposição à mídia e, claro, a busca por desafios maiores como a carreira de cantora, atriz e apresentadora. “Quando sai de Brasília tinha o sonho de ser atriz, mas também queria ser uma empresária. Comecei cedo, em Tabatinga, onde já na adolescência tive um bar. Tinha que ajudar no sustento da minha família. Mas aqui em São Paulo fiz a diferença

Divulgação

HORÓSCOPO

3

e conquistei os meus sonhos”, comenta. Com sete casas em operação, Biroska – A Casa dos Artistas, Tudo com Banana, Coconut Brasil, Bar do Nelson, Siga la Vaca, Frango com Tudo Dentro e Japan Tower, além da boutique Calçada da Fama, todas localizadas na Rua Canuto do Val, a empresária recebe mais de 80 mil clientes por mês em seus estabelecimentos que conta uma legião de fãs vindos de diversas localidades do Brasil e do exterior para conhecerem a mulher que se tornou a Rainha da Noite Paulistana, expressão utilizada pela primeira vez pela Revista Visão, em 1986, que é adotada até os dias atuais . Na região central, a aposta da empresária serviu de motivação e espelho para o empreendedorismo de outros empresários, que apostaram seus investimentos em um bairro vitimado pela deterioração, mas que hoje é exemplo de desenvolvimento na cidade. As ações trabalhadas pelos empreendimentos da Rede Biroska deram uma “cara” de renovação para a região que ganhou vida noturna e movimentação econômica, inclusive aos concorrentes da empresária, presentes no entorno da rua mais visitada do bairro de Santa Cecília. Também destaque é a garantia de segurança para sua clientela, com investimentos próprios em equipe de segurança qualificada que marca presença na rua 24 horas por dia.

Talento na veia Filha do compositor e cantor Nelson Gonçalves, Lilian Gonçalves traz em seu DNA, o sucesso! Além das conquistas no campo empresarial, Lilian detém de uma carreira consolidada também no campo artístico onde foi cantora, com a apresentação na década de 1980 de seis discos; atriz com participação em novelas e no cinema e apresentadora de televisão com programas na TV Record e Gazeta. Mesmo com uma agenda repleta, Lilian também escreveu dois livros de sucesso, “A vida brilhando em Neon” e “Dicas de Sucesso

para Novos Empresários”. A empresária recebeu importantes homenagens ao longo de sua trajetória, como o samba-enredo campeão de 1996, desfilado pela Vai Vai, “A Rainha – A Noite Tudo Transforma” e a minissérie da Rede Globo JK, de Maria Adelaide Amaral, onde sua história foi interpretada pela atriz Marina Ximenes. Lilian também foi fonte de inspiração para Silvio de Abreu ao criar a personagem Maria do Carmo, vivida por Regina Duarte na novela “Rainha da Sucata”, entre outras tantas premiações conquistadas.


Itaquera em Notícias

Anuncie: 2748-0418

GIRO NOS BAIRROS

GIRO NOS BAIRROS

Poupatempo Itaquera é modelo para todo o estado

Agendamento prévio faz parte de projeto piloto e deve ser adotado em outras unidades do Poupatempo; serviço tem alto nível de aprovação

Ed. 693 * 9 a 15 de março de 2018

GIRO NOS BAIRROS

Local de descarte irregular vira ponto de encontro na Cidade Líder

Divulgação

A reportagem do Itaquera em Notícias esteve no Poupatempo Itaquera esta semana para constatar algo raro na Zona Leste - um lugar sempre vazio, pois o atendimento é rápido e eficiente, sem filas longas. E este modelo de serviço está sendo expandido para todo o Estado. Para utilizar algum serviço do Tribunal Poupatempo Itaquera serve de modelo para que em toda a cidade seja expandido o serviço de atendimento por agendamento Regional Eleitoral (TRE-SP) ou do Procon.SP no Poupatempo de Itaquera é possível agendar o horário pelo portal do www. poupatempo.sp.gov.br ou pelo aplicativo SP Serviços, que reúne serviços eletrônicos do governo do Estado de São Paulo. Nos 393 cartórios eleitorais do Estado de São Paulo (58 na Capital e 335 no interior), a Justiça Eleitoral já trabalha com agendamento O programa de privatizações é peça central da agenda do pelo portal http://www.tre-sp.jus.br/. tucano, que pode disputar as eleições deste ano. A tendência é Poupatempo Itaquera serve de modelo que ele tente ser candidato ao governo de São Paulo pelo PSDB para que em toda a cidade seja expandido o serviço de atendimento por agendamento. - para isso, Doria terá de deixar o cargo até o início de abril (Lapa, Santo Amaro e Sé, na capital, Caraar livre e do aluguel de bicicletas. A Oca, o picuíba, Osasco, Guarulhos, Santo André, Auditório Ibirapuera, o Viveiro Manequinho São Bernardo do Campo, Diadema e Mauá, Lopes, o Planetário e o Pavilhão das Culturas na Grande São Paulo, além de Franca, Mogi Brasileiras também poderão gerar receitas das Cruzes e Sorocaba, no interior do Estapara a empresa vencedora. Com cerca de do). Nessas unidades o atendimento continua 10,6 mil m² de área construída, o edifício da sendo oferecido por ondem de chegada, sem Oca poderá, por exemplo, receber eventos agendamento. corporativos e exposições artísticas. O AudiO Procon também passou a atender com tório passará para as mãos da concessionária dia e hora agendados no Poupatempo Itaquera apenas em 2020, após o término do acordo de desde o dia 19 de fevereiro. Nas unidades Sé gestão com o Instituto Itaú Cultural. Segundo Empresa vencedora da licitação, então, e Santo Amaro, o atendimento continua sendo estudo preliminar publicado no site da preteria a oportunidade de explorar os cinco feito por ondem de chegada, mas em breve feitura, o Ibirapuera necessita de obras que parques, como o Lajeado também vão adotar o agendamento, para somam ao menos R$ 22 milhões, o que inclui garantir mais conforto aos cidadãos. O primeiro lote de parques municipais a a reforma da marquise e do viveiro, entre Divulgação

Zona Leste será beneficiada com privatização de Parque Lajeado

Divulgação

Ação social visa beneficiar os habitantes da região por meio da prestação de serviços

Com o objetivo de levar a população serviços de saúde, estética e de apoio à vida, a ação social acontecerá na Praça da Estação, uma das áreas verdes ajardinadas mais frequentadas pelos munícipes do território

No dia 10 de março, às 9h da manhã, ocorrerá o evento “Dia do Bem” no centro do bairro de Itaquera. Durante o acontecimento, serão disponibilizadas às pessoas as seguintes atividades: oficina de artesanato, campanha de prevenção ocular, atendimento odontológico, assessoria jurídica, campanha contra o suicídio, atendimento à mulher vítima de violência e espaço voltado para o campo da estética.

Poupatempo Móvel está em Guaianases

Unidade presta serviços no bairro de 06 a 10 de Março

Divulgação

Olha Poupatempo Móvel em Guaianases! Ele atenderá no estacionamento do Mercado Municipal de Guaianases, localizado na Praça Presidente Getúlio Vergas, s/n, durante os dias 06 a 10 de março, das 8h45 às 16h15. Tudo para facilitar a vida, pois assim, evita o cidadão de ter que se deslocar para locais mais distantes, como Itaquera e o próprio centro da cidade. Durante o período, os cidadãos podem solicitar a emissão de documentos como a Carteira de Identidade (RG), Atestado de Antecedentes Criminais (AAC), além de serviços públicos pela internet, como registro de Boletim de Ocorrência Eletrônico, consulta de multas de trânsito e pontuação na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), emissão de segunda via de contas, entre outros. Para pessoas com RG emitido no Estado de São Paulo A entrega do RG é realizada e que não tenham pendências com a justiça, o Atestado em data e local informados no de Antecedentes Criminais pode ser retirado na hora do protocolo de atendimento. atendimento

outros problemas citados. Mas o valor exigido em investimentos deverá ser bem maior. Inaugurado em agosto de 1954, o Ibirapuera tem uma área total de 1,58 milhão de metros quadrados e possui 163 espécies de animais listados. Cerca de 238 mil pessoas moram no entorno do Ibirapuera, considerando um anel de dois quilômetros. A programação da Prefeitura de São Paulo prevê a privatização de todos os 107 parques existentes na cidade e também do Parque Campo de Marte, que ainda será criado após acordo com a União. Ao lado da publicação do edital da concessão do mercado de Santo Amaro, o lançamento do “combo” de parques inaugura temporada na qual a gestão Doria prevê passar diversos equipamentos para a iniciativa privada. A gestão trabalha com o final de junho como prazo para que o “combo” de parques, o estádio do Pacaembu e os demais mercados estejam sob comando de empresas. O pregão para escolha do assessor financeiro que realizará a venda do Anhembi e da SPTuris acontecerá em 28 de fevereiro. A privatização do autódromo de Interlagos, de terminais de ônibus e do Bilhete Único devem avançar só no segundo semestre.

Em maio de 2017, foi realizado, em parceria com a comunidade, um mutirão de limpeza e zeladoria na R. Folhas Caídas, localizada no distrito de Cidade Líder. No local há uma pequena pracinha com brinquedos infantis, uma quadra poliesportiva, uma escadaria e uma longa área ajardinada, que antes era utilizada como ponto viciado de descarte irregular de lixo e entulho. Durante a ação, que fez parte do programa “Faça Seu Bairro Lindo”, foram promovidos: corte de grama, pintura de guias, anti-pichação, varrição e coleta de lixo e buscamos conscientizar às pessoas a ocuparem o espaço e a cuidarem dele junto com a Prefeitura. O pastor Daniel Moura, da Igreja de Itaquera, foi um dos participantes do mutirão, em janeiro ele articulou junto ao prefeito regional de Itaquera, Jacinto Reyes, mais uma ação de limpeza que foi realizada em um fim de semana, com o apoio e equipamentos da administração municipal. Atualmente, ele promove a ação “O amor é doce” que acontece uma vez por mês, aos sábados. “Um café da manhã social, sem cunho religioso, aberto à comunidade”, conta Daniel que aproveita para convidar os moradores para o próximo piquenique que acontece no dia 31/03 às 10h. Na ocasião as crianças podem aproveitar para se divertirem no parquinho e na quadra, enquanto os pais socializam e compartilham dos quitutes que eles mesmos preparam em casa e levam para o local. O objetivo da ação social é estreitar os laços entre os moradores e conscientizar sobre a necessidade de cuidarmos todos juntos daquilo que é de todos nós. “A Prefeitura Regional Itaquera não apenas incentiva que as pessoas realizem ações como esta, como oferece todo o apoio. Esperamos que o exemplo dos moradores desta região inspire cada vez mais munícipes a ocuparem os espaços públicos, zelando pela cidade junto com a gente”, conclui o prefeito regional.

Evento beneficente Prefeito Regional Jurandir Junqueira fez parte da caminhada Mobilize-se, evento beneficente à obra assistencial

No dia 25 de fevereiro ocorreu o evento Mobilize-se - Corrida e Caminhada organizada em prol da Associação Bênção de Paz, entidade responsável por atender gratuitamente centenas de crianças e adolescentes de nossa região. Durante o evento, centenas de participantes correram e caminharam, cada qual ajudou e participou da maneira que pode, pois toda renda foi revertida para ajudar os projetos sociais oferecidos na associação, localizada na Rua Lutécia, 661 - Vila Carrão. A Prefeitura Regional Aricanduva/Formosa/Carrão realizou em todo o trajeto da corrida ações de zeladoria, tais como capinação, tapa-buraco, limpeza mecanizada de bueiros, pinturas de guias e lavagem do local de concentração onde foi dada a largada deste, que foi um grande acontecimento em nossa região! O Prefeito Junqueira participou também da caminhada dos 3km, além de entregar a premiação dos atletas e maratonistas que subiram ao pódio para receber troféus oferecidos ao primeiro, segundo e terceiro colocado. Ínumeras personalidades e autoridades estiveram presentes, todas emanando solidariedade e espírito esportivo, afinal, ajudar aos projetos sociais Benção de Paz é ajudar centenas de crianças, benficiadas diariamente pela conceituada instituição. Foi uma manhã bastante agitada em Vila Carrão, pois o evento muito bem organizado ocorreu no entorno e dentro do Clube Manchester. Presentes bastante animação, alegria, descontração e comprometimento com o social. marcas de um evento que sempre contará com o apoio da Prefeitura Regional Aricanduva/ Formosa/Carrão, garantiu o experiente administrador público Jurandir Junqueira - Prefeito Regional de Aricanduva. Divulgação

“Dia do Bem” chega à Itaquera

ser concedido para a iniciativa privada pela gestão João Doria (PSDB) contará com o parque Lajeado, em Guaianases, Zona Leste, Ibirapuera e outros quatro localizados em demais regiões. Os demais parques deverão ser de outras regiões do município. Ao montar o “combo”, a prefeitura tenta fazer com que a iniciativa privada arque com as reformas básicas, que sempre saem do bolso da população, e aparentemente sem ótimos resultados, e a manutenção de parques considerados menos atraentes pelo mercado. A empresa vencedora da licitação, então, teria a oportunidade de explorar os cinco parques, como o Lajeado e o Ibirapuera, este último considerado o mais rentável de todos na cidade. O Lajeado tem aproximadamente 36 mil m², um dos mais novos: foi inaugurado em 2010. Já o Eucaliptos foi criado em 1995 e tem cerca de 15 mil m². Ambos são parques com instalações modestas, que, segundo as intenções da prefeitura, devem ser modernizadas pelo novo gestor. No caso do Ibirapuera, a empresa vencedora (que a prefeitura espera que seja definida ainda no primeiro semestre) ficará com a renda proveniente de restaurantes e bares, de estacionamento, do patrocínio de shows ao

GIRO NOS BAIRROS

Piquenique na praça

Divulgação

4

Prefeito Regional Jurandir Junqueira ao lado de D. Angela Giudice - Presidente da Associação Bênção de Paz e Eduardo Uyeta, participante da corrida


Itaquera em Notícias

Ed. 693 * 9 a 15 de março de 2018

Anuncie: 2748-0418

5

INAUGURAÇões

Prefeitura inaugura EMEI Parque Savoy City

O prefeito João Doria inaugurou no dia 22 de fevereiro, quinta-feira, a Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Parque Savoy City. A unidade beneficia moradores do distrito de Cidade Líder e possui capacidade para 453 alunos de pré-escola, de quatro a cinco anos. O atendimento para esta etapa teve a fila zerada pela atual gestão em maio do ano passado. “Dedicamos esta EMEI aos pais e mães da região que trabalham e que sabem que podem deixar seus filhos em um local seguro, com

professores e funcionários dedicados”, afirmou João Doria. Durante a inauguração, o secretário municipal de Educação, Alexandre Schneirder, enfatizou que a Educação Infantil é uma prioridade para São Paulo. “Em um feito histórico, alcançado por poucas cidades no país, acabamos com a fila de espera para a pré-escola, garantindo ensino de qualidade para esta etapa tão importante no desenvolvimento das crianças”, disse. O prédio recebeu investimento de R$ 4.399.334,95 e tem 1.260 m² de área construída

Divulgação

Unidade atende a Cidade Líder 453 alunos de pré-escola entre quatro e cinco anos

Prefeito João Doria com os professores e funcionários do EMEI Parque Savoy City

em um total de 2.315 m². Ele conta com uma série de medidas sustentáveis em sua con-

cepção. Uma delas é o sistema de captação de água de reuso por tubulações e caixas, com

capacidade de 12 mil litros, que abastece as descargas dos sanitários. O aquecimento da água utilizada nos banheiros é feito por placas de energia solar. A EMEI possui oito salas de aula e uma de leitura, além de parque e brinquedoteca. Todos os espaços são utilizados para contribuir com o aprendizado e o convívio das crianças, para seu pleno desenvolvimento social e pedagógico. A unidade tem cozinha e refeitório, onde são servidas duas refeições diárias: um lanche e almoço ou jantar, conforme o turno.

O atendimento é realizado em dois períodos de seis horas: das 7h às 13h e das 13h às 19h. O corpo docente é formado por 36 professores e mais 11 funcionários que trabalham no quadro de apoio. A EMEI atende crianças nas faixas etárias de Infantil I (4 anos a 4 anos e 11 meses) e Infantil II (5 anos a 5 anos e 11 meses). Hoje, a matrícula para crianças de 4 e 5 anos é atendido em, no máximo, um mês, seguindo a mesma dinâmica do Ensino Fundamental. Colaborou Fernanda Genovez

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Atento inaugura nova unidade em Itaquera

Presidente da Atento do Brasil Mário Câmara, vice-prefeito Bruno Covas, Vereadora Sandra Tadeu, empresários Roger Gomes da Silva e Wagner Bonetti

Os empresários Wagner Bonetti e Roger Gomes ladeiam o Prefeito Regional Jacinto Reyes

Dia 1° de março de 2018, em uma quinta-feira, o sol da manhã estava a pino, parecendo estar mais radiante que outros dias deste verão, colaborando assim com uma linda manhã de inauguração de uma das maiores empresas provedora de serviços de gestão de clientes e terceirização de processos e negócios do Mundo, a Atendo S.A (Nyse

: Atto ), Em sua 35ª unidade no Pais e a 14ª na cidade de São Paulo (SP), a nova central possibilitará a geração de até 3,5 mil empregos diretos para a região. O evento que marcou oficialmente o início das atividades no local contou com a presença do Prefeito Municipal, João Doria, o vice Bruno Covas, secretário do Trabalho do Estado, José Luiz

Ribeiro, vereadora Sandra Tadeu, o prefeito regional de Itaquera Jacinto Reyes, o padre Rosalvino Moran Vinãyo da Obra Social Dom Bosco, empresários e lideranças da região entre outros que ali estiveram para dar as boas vindas ao novo vizinho. De acordo com o presidente da Atendo do Brasil, Mário Câmara, “ a abertura de uma unidade na Zona Leste

O prefeito João Doria inaugurou, dia 6, (terça-feira), o Centro de Educação Infantil Cidade Líder, no Parque Savoy City. A unidade atenderá 209 alunos de até três anos de idade. Na última sexta-feira (2), a região também foi beneficiada com o CEI Vera Cruz (209 vagas) e, em novembro, com o CEI Manoel Rodrigues Santiago (112 vagas), somando 481 vagas em creches na região. “A inauguração de um Centro de Educação Infantil é resultado de muito trabalho e planejamento, para atender as regiões que mais precisam. Também é um passo importante para toda a comunidade. Vamos continuar seguindo em frente, porque ainda há muito a ser feito”, afirma o secretário municipal de Educação, Alexandre Schneider. O prédio recebeu investimento de R$

4.786.305,12 e tem 920 m² de área construída, em um total de 2.679,70 m². Uma série de medidas sustentáveis faz parte de sua concepção, como o sistema de captação de água de reuso por tubulações e caixas, que abastecem as descargas dos sanitários. Já o aquecimento da água utilizado nos banheiros é feito por placas de energia solar. Além de nove salas de aula, o CEI tem “ solarium”, parque e brinquedoteca, rampas de acessibilidade e elevador. A unidade conta também com cozinha e refeitório, onde são servidas cinco refeições diárias (café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar) em uma jornada de dez horas de atendimento, das 7 às 17h. O corpo docente é formado por 20 professores e mais 12 funcionários no

da capital paulista é mais uma iniciativa que demonstra o compromisso da Atento com o desenvolvimento econômico de diferentes regiões do País ao eleger localidades que disponibilizam mão de obra qualificada e infraestrutura”, falou o presidente. “A Zona Leste de São Paulo tem 4 milhões de habitantes, o mesmo tamanho que a cidade de Belo Horizon-

Prefeito João Doria, Padre Rosalvino Mouran Vinãyo e o vice prefeito Bruno Covas

te. No dia a dia, mais de 2,5 milhões de pessoas fazem o deslocamento para o centro expandido para trabalhar. A lei de Incentivo Fiscal da Zona Leste é um marco para o desenvolvimento regional da cidade e já gerou 32 mil empregos (diretos e indiretos). “Com essa iniciativa, São Paulo estimula a criação de empregos próximos às residências das pessoas, com

Divulgação

Daniela Lima

Doria inaugura “CEI Cidade Líder”

benefícios diretos aos sistemas de mobilidade e, em especial, ao bem-estar dos paulistanos”, ressalta o prefeito João Doria. Localização: Av. Jean Khoury Farah, 450 – Itaquera, São Paulo/SP. Área construída: 8,052m²; Números de empregados gerados: 3,5 mil; Serviços oferecidos: SAC, Vendas, Suporte Técnico e Back Office, além das soluções digitais.

Descerramento da placa inaugural

quadro de apoio. O CEI atende crianças nas faixas etárias de Berçário 1 (de 0 a 11 meses) e Berçário 2 (de 1 ano a 1 ano e 11 meses). Conta também com atendimento para Minigrupos 1 (de 2 anos a 2 anos e 11 meses) e Minigrupos 2 (de 3 anos a 3 anos e 11 meses). A unidade, localizada na Rua Vera Cruz de Minas, 20, na

Ponte Rasa, é administrada pelo Instituto Brasileiro de Educação, Cultura e Meio Ambiente (IBECMA), que recebe repasse mensal da Prefeitura de R$ 122.091,54. Menor demanda São Paulo chegou à menor demanda por creche da história: 44.094 pedidos. É o que aponta balanço relati-

Visão panorâmica do parquinho da CEI Cidade Líder

vo a dezembro de 2017, em comparação ao mesmo mês na última década (em 2007 a administração municipal passou a contabilizar, de maneira unificada, os pedidos por vagas, trimestralmente). O resultado foi obtido com a criação recorde de 26 mil vagas para crianças de até três anos em Centros de Educação Infantil

(CEIs) em 2017, primeiro ano de gestão do prefeito João Doria. Também foram retomadas 26 obras de unidades de Educação Infantil, quatro delas já inauguradas, incluindo o CEI Cidade Líder e o CEI Manoel Rodrigues Santiago, ambas na Zona Leste. Créditos: Secretaria Especial de Comunicação

OBRAS

Prefeito confere, de perto, Asfalto Novo em Itaquera Divulgação

O prefeito finalizou a visita à Zona Leste, na tarde do último sábado (3), com a entrega da primeira fase do recapeamento da Rua Afonso Sampaio Souza, em Itaquera, e também na altura do número 9.291 da Avenida Aricanduva, região da Prefeitura Regional de São Mateus. As iniciativas fazem parte do programa Asfalto Novo. As obras na Avenida Aricanduva contemplaram uma área de 40 mil metros quadrados. Já na Rua Afonso Sampaio Souza foram recapeados 71.900 metros. Contudo, o sábado (3) do

Divulgação

No dia 3 de fevereiro, sábado, o Prefeito João Doria esteve presente na Zona Leste e conferiu de pertinho essa contemplação do Cidade Linda na região

Itaquera esteve na agenda do prefeito no último sábado (3)

prefeito foi dedicado totalmente à Zona Leste. Mais de

60 pessoas estiveram envolvidas na ação Cidade Linda na

região da Cidade Tiradentes pela manhã.

As equipes de conservação de logradouros e áreas

ajardinadas da Prefeitura Regional de Cidade Tiradentes vão atuar em 32 frentes de serviços, como varrição, pintura de guias, corte de grama, cata-bagulho, retirada de propagandas irregulares, plantio de árvores e conservação de logradouros. O Cidade Linda contou também com as carretas de cinema itinerante e de atendimento do programa Doutor Saúde, uma tenda de atendimento oftalmológico, um consultório veterinário móvel e uma unidade de atendimento da COHAB.


6

Itaquera em Notícias

Anuncie: 2748-0418

Ed. 693 * 9 a 15 de março de 2018

VISITA

Divulgação

Acemistas americanos visitam a ACM Itaquera Divulgação

Pastelândia, onde tem muito bom gosto e a crise passa longe

Pastel com massa sequinha, crocante, recheio inacreditavelmente bem temperado e preço camarada! Dá vontade de comer ainda mais!!! Experimente a massa de pastel livre de gorduras trans, acompanhada de sucos, ou ainda, opte por uma opção de grelhado. Se você ainda não conhece, não sabe o que está perdendo. Se você já conhece, o que está esperando para trazer sua família e amigos? A Pastelândia atende os seus clientes na av. JacuPêssego, 1.200, de domingo a domingo, das 8 às 22h! Pastelândia Jacu-Pêssego: av. Jacu-Pêssego, 1.200 esse é o endereço do melhor pastel do mundo!

Dia 27 de fevereiro último, a ACM-Itaquera engalanou-se para receber uma importante comitiva de acemistas norteamericanos, mais precisamente de San Diego, Califórnia, USA. Acompanhados da secretária geral da ACM-Metropolitana -São Paulo, Marisia Donatelli, dos secretários executivos Cristina Neglia, Izabel A. V. Lopes e Esmeraldino Pereira (Dinho), e o diretor da ACM-Metropolitana-São Paulo e vice-presidente da ACM-Guarulhos, Anunciato Thomeo Sobrinho, os visitantes: Mr. Ronald Ferrari, Board of Directors Member e sua esposa, Susam Ferrari, Mr. Baron Herdelin-Doherty – CEO & President

of YMCA San Diego County; Dr. Frank Pavel – Board of Advisors Member- YMCA Misssion Valley que foram recebidos pelo diretor da ACM-Metropolitana-São Paulo e presidente da ACM-Itaquera, Adão Ramos Lopes Sanches, o vice-presidente Armindo Mota Moreira, o secretário executivo Marcio Nery, o ex-vice-presidente da Federação Brasileira das ACMs, professor José Renato dos Santos, os conselheiros Silvio José Gonçalves, Wagner Bonetti, Eudécio Teixeira, Silvio Rangel, Emilio De’cashe, Avanir Duran Galhardo, as professoras Miryan e Gislene, o acemista Renan Gustavo Paniaga e o

O presidente da ACM Itaquera Adão Ramos Lopes Sanches e o secretário executivo Marcio Nery recebem um mimo do Dr. Frank Pavel - Board of Advisors Member (conselheiro)

Adão Ramos Lopes Sanches Presidente ACM/YMCA Itaquera / Marcio Nery (Secretário Executivo ACM/YMCA Itaquera) / Baron HerdelinDoherty - CEO & President of YMCA San Diego County/ Susan Ferrari

jornalista acemista, José Carlos Gutierrez, que conduziram os ilustres visitantes pelos departamentos da unidade, onde obviamente ficaram maravilhados. Vale lembrar que a ACM-Itaquera fundada em 27

de março de 1977, seu terreno e seu belíssimo prédio, com suas linhas arquitetônica modernas, doado pelo empresário Oscar Americanos de Caldas, ainda ostenta o título da “mais bela ACM do mundo!”

EVENTO

Encontro da maçonaria reúne 1,2 mil empresários Aproximadamente 1,2 mil empresários se reuniram no dia 26 de fevereiro, a partir das 18h00 para o “1º Encontro de Negócios de Lideranças Empresariais Maçônicas (LEMA)”, evento organizado pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP) em

Doppio Click

Olha aí, freguesia! São 50 sabores diferentes de pastéis! E agora, dá vontade de comer ainda mais!!! A Pastelândia atende os seus clientes na av. Jacu-Pêssego, 1.200, de domingo a domingo, das 8 às 22h! E agora, está tudo reformado! Experimentar a massa de pastel livre de gorduras trans, acompanhada de sucos é irresistível! Imagine uma massa de qualidade, crocante, um recheio inacreditável e um tempero que só experimentou quem já conhece a Pastelândia! A Pastelândia Jacu-Pêssego apresenta massas tradicionais, além de inovações, com a nova decoração e uma nova praça de alimentação totalmente remodelada. E a Pastelândia continua com o mais alto padrão de excelência no atendimento, tanto no sabor, na qualidade e na infinidade de pastéis, massas e o mais cobiçado chope da Zona Leste!

Na varanda da mais “bela ACM do mundo”, os visitantes com os anfitriões: Izabel Vito Lopes (Secretária Executiva ACM/YMCA São Paulo) / Marisia Donatelli (Secretaria Geral ACM/YMCA São Paulo) / Adão Ramos Lopes Sanches Presidente ACM/YMCA ITaquera / Marcio Nery (Secretário Executivo ACM/YMCA Itaquera) / Susan Ferrari / Baron Herdelin-Doherty CEO & President of YMCA San Diego County / Anunciato Thomeo Sobrinho / Silvio Rangel / Armindo Mota Moreira / JC Gutierrez / Cristina Neglia (Secretária Executiva ACM/YMCA Centro), Esmeraldino José Pereira

Divulgação

Divulgação

O Carrefour Pêssego em Itaquera reinaugurou a sua nova loja, que pelo incrível que pareça, ficou ainda melhor!

Os grãos-mestres das potências maçônicas paulista com o prefeito de Chapecó Luciano Buligon

parceria com as principais obediências maçônicas do Estado – o Grande Oriente São Paulo (GOSP), o Grande Oriente Paulista (GOP) e a Grande Loja Maçônica do Estado de São Paulo (GLESP). “Quando percebemos que estávamos passando pela maior crise da história do nosso País, uma crise que não foi iniciada por nós, mas pela qual fomos os maiores atingidos, a Associação Comercial começou a realizar rodadas para fomentar negócios entre os empreendedores, incluindo um encontro com empresários maçons”, explicou João Bico, vice-presidente da ACSP. Para o grão-mestre do GOP, Pascoal Marracini, o 1º LEMA é uma integração entre empresários que “vai gerar um incremento na economia; assim, com a melhora da eco-

nomia, poderemos retomar nosso destino”. Kamel Aref Saab, grão-mestre do Grande Oriente São Paulo (GOSP), explicou que o encontro surgiu numa conversa informal entre seus integrantes, rapidamente abraçada por toda a comunidade maçônica. “O momento era certo. Nosso País passava por um problema político e econômico e o LEMA veio ao encontro da necessidade de reverter isso.” O grão-mestre da Grande Loja Maçônica do Estado de São Paulo (GLESP), Ronaldo Fernandes, destacou o ineditismo da reunião das três obediências paulistas. Mais do que isso, ressaltou a importância da maçonaria para o Brasil. “Esse País está tomando um rumo de crescimento. Estamos melhorando cada vez mais o País e a maçonaria

ATENÇÃO

tem um papel fundamental nesse sentido”, comentou Fernandes. Convidado a palestrar durante a cerimônia de abertura do 1º LEMA, o prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, contou como a cidade catarinense superou a tragédia aérea que vitimou quase a totalidade do clube de futebol local e mobilizou o mundo.”. De acordo com Buligon, após a tristeza que tomou conta de todos os brasileiros, deu-se início a um processo de resiliência, fraternidade, solidariedade e reconstrução de um povo. Também estiveram presentes no encontro os deputados estaduais Pedro Kaká (Podemos), Delegado Olim (PP) e Itamar Borges (MDB), além dos vereadores Gilson Barreto (PSDB) e Gilberto Natalini (PV). O prefeito de Chapecó/ SC, Luciano Buligon (PSB), e o senador italiano Fausto Guilherme Longo e do deputado Fábio Porta.O valor arrecadado com as inscrições será revertido para quatro instituições de caridade. O evento foi patrocinado pela São Cristóvão Saúde, com apoio do Diário do Comércio, Sicredi, Vinícola Goes, Chopp Germânia, Ulock, Village, Belfort, Engecommerce e Café Santa Monica.

Edição 693  
Edição 693  
Advertisement