Page 1

FUNDADOR: J.C. GUTIERREZ DIRETORA RESPONSÁVEL: ACÁCIA GUTIERREZ

18 A 24 DE SETEMBRO DE 2015 Ano XIV * Nº 601

AV. MARIA LUIZA AMERICANO, Nº 947 TELEFONES: 2748-0418 / 2749-0663 rededejornaisleste@terra.com.br

Divulgação

Um militante fiel Desde que começou a entender de política quando ainda no colégio, José Renato Lisbôa, mais conhecido por “Cabelo” em todo o Vale do Ribeira onde atua como Coordenador Regional da Fundação Instituto de Terras-ITESP, não deixa de falar de uma pessoa do seu partido, PSDB, que foi um dos grandes homem público deste país: o governador Mário Covas Júnior, seu ídolo em todos os sentidos. “Cabelo”, que já foi presidente do diretório de seu partido, PSDB, na cidade de Pariquera Açu, ostenta com orgulho uma foto do seu ídolo em seu gabinete de trabalho.

Acidentes caem 36% na Zona Leste

Z

ona Leste é beneficiada. Dez vias responsáveis pela ligação entre as zonas leste e oeste da cidade tiveram o limite de velocidade reduzido de 60km/h para 50km/h. Passaram pela alteração a Avenida Francisco Matarazzo, Ligação Leste-Oeste, Avenida Alcântara Machado, o Viaduto Pires do Rio, a Rua Melo Freire, Avenida Conde de Frontin, Avenida Antônio Estevão de Carvalho, Avenida Doutor Luís Ayres, o Complexo Viário Itaquera e a Avenida José Pinheiro Borges. Página 3

Triunfo há 37 anos servindo qualidades

Ao passar pela altura do número 2226 da conhecidíssima Avenida Itaquera, lá pelas 10h30 e as 17h00, irá sentir no ar aquele “cheirinho gostoso” do tempero da comida caseira, do frango e da picanha na brasa que só o chefe Vanderlei sabe preparar. Já no interior da casa, o “ maitre” Leite e o Chileno dão conta do recado no atendimento a clientela, servindo os melhores pratos “a la carte” da região. Falamos da Churrascaria Pizzaria Triunfo que há 37

anos conserva a tradição de serviços “a la carte”, onde o frango na brasa tornou-se a sua melhor especialidade, juntamente com a picanha uruguaia e a tradicional feijoada , também famosa pelo seu incomparável sabor. Os pratos são bem servidos e, a picanha uruguaia, dá tranquilo para três pessoas, afirma o empresário Marcos Constantino Pinto, um dos sócios da Triunfo que há mais de trinta anos, com o Chico, Adriano e o Duarte, comprou a casa de seus fundadores, os irmãos

Anuncie 2748-0418/2749-0663 2748-0418/2749-0663 Anuncie portugueses Manoel e Gervásio. A Triunfo foi a pioneira na área de gastronomia em

Itaquera, inaugurando nesse ramo um restaurante de primeira linha na Região.


2

Itaquera em Notícias

Anuncie: 2748-0418

EDITORIAL

OPINIÃO

Invasores ou migrantes? Desde que o mundo é mundo, o homem é homem, a notícia é a notícia, tem-se o conhecimento de histórias sobre disputas de terra. E isso ocorreu em todos os tempos e em todos os lugares. Quando noticiamos no Itaquera em Notícias ou quando a mídia internacional propaga os confrontos, as fugas, as migrações, absorve-se a premissa de que um determinado número de pessoas simplesmente detém uma posse, uma terra, uma cerca, um sítio, uma fazen-

da, uma ilha ou uma cidade inteira. Contudo, em outros aspectos, este mesmo mundo ensina que devemos ser mais cordiais, caridosos com os mais pobres e que devemos ter mais compaixão. Todo esse discurso é bonito, mas, quando um país recebe uma quantidade significativa de imigrantes fugitivos de uma guerra, como o leste europeu tem recebido do Oriente Médio, bem como quando um estado brasileiro recebe migrantes de outro estado mais debilitado, o discurso de bondade parece

ter um basta. E isso não tem religião, crédulo ou regime político. Parecemos mesmo que ainda não estamos totalmente propícios a receber novos vizinhos no dia a dia, seja uma nação inteira ou um condômino de um prédio de São Paulo. Nota-se que os discursos variam muito em relação ao que de fato ocorre. A própria imagem de novas pessoas em torno de uma zona de conforto quase sempre caracteriza o novo indivíduo como um invasor.

ARTIGO I

Juarez Alvarenga

A vida é igual para todos

Desenhar a vida é de acordo com a idade. Só não cabe tirar seus sustentáculos. O apoio a sua vulnerabilidade vem de acordo com nossas experiências. Quanto mais vivemos, mais subimos o pico de sua sabedoria. É uma escola sem termino, onde a carga horária é infindável. Perante a vida ninguém tira nota dez. Somos pequenos diante seu currículo. Falhas e erros são nossos atestados de certificação de que a sabedoria da vida é um rosário interminável. Só avançamos na existência, quando erramos. Os acertos são como as vitórias num cabide de glória, onde

pirotecnia camufla nossas iniciativas. O erro nos impulsiona para frente deste de que não contaminamos com desmotivação. Vidas de sucesso são dos que erram muito. Isto é prova de quem sempre está em atividade e faz das tentativas de erros caminhos para os êxitos. O mundo em movimentos é construído de mais vícios do que acertos. Nas estradas da perfeição existe sempre uma comunhão com os erros. Que não nos cabe confundir com obstáculos intransponíveis. A reação nossa as anomalias é que determina como chegar ao mundo mágico dos acertos.

A primeira estratégia é ser humilde e ter a clarividência do erro. A segunda é roubar dos erros as saídas para os êxitos. As hibridez são as bases do qual erguemos futuramente nosso sucesso deste de que migramos para os acertos. Por isso a vida é igual para todos. Não existe dentro da existência campeão invicto. O direito de errar nem sempre é o fim da caminhada. Nosso enredo é de histórias falíveis. Por isso cabe a você leitor, em qualquer empreendimento humano, corrigir seus passos como o aluno ginasiano humilde num desfile, e arrancar do publico aplausos pela simetria dos acertos.

ARTIGO II

Júlio César Cardoso

Os três patetas

Edinho Silva (Comunicação Social), José Guimarães (PT-CE) e José Pimentel (PTCE) foram escalados pela gerentona e incompetente Dilma Rousseff para defender o governo depois das manifestações. Três bonifrates aparvalhados diante do país esforçaram-se para defender o indefensável: a corrupção do governo (petrolão) e a sua incompetência, a corrupção de políticos do PT, o malogro da política econômica, as pedaladas fiscais, a volta da inflação, a alta do custo de vida, o desemprego, a elevação da taxa de dos juros, o aumento do déficit público, das tarifas públicas, energia, combustível etc. É uma tarefa árdua aos áulicos do governo responder às críticas de que o PT travou o crescimento do Brasil. Nem era necessária a manifestação de domingo, pois o descontentamento da nação, inclusive daqueles que votaram em Dilma, já estava estampado no alto índice de impopularidade da presidente, 71%, rejeição

Ed. 601 * 18 a 24 de setembro de 2015

superior à registrada às vésperas da cassação de Collor. Num regime parlamentarista, Dilma já estaria substituída. Mas a manifestação de domingo, que corresponde ao terceiro protesto massivo e que só foi inferior ao de 15 de março, foi uma demonstração positiva de que a sociedade pode mudar os rumos do país. E enganam-se aqueles que pretendem perpetua-se no poder e trocar o verde amarelo de nossa bandeira. Se for avaliado o montante de cidades brasileiras onde houve manifestação, o total de participantes, com certeza, ultrapassa a um milhão de manifestantes, que desejam o impeachment da presidente, a moralização do país, a limpeza dos políticos corruptos, que são a maioria no Brasil, a prisão de Lula por seu enriquecimento ilícito e agora sabido com dinheiro de empreiteiros indiciados na Operação LavaJato. E aos gritos de “Fora Dilma e Fora o PT”, os mais radicais exigem a extinção do Partido dos Trabalhadores, um

verdadeiro covil de corruptos. Não adianta Dilma se aproximar do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), para aprovar medidas austeras contra o bolso do povo brasileiro, o qual não deu causa à política desastrada e incompetente de Dilma, que só se preocupou com bondades sociais eleitoreiras visando à sua reeleição, não investiu na produção de riquezas, mandou a classe pobre gastar e agora ela está toda endividada, não melhorou o quadro degradante do sistema público de saúde, cortou verbas da educação, esqueceu a segurança pública brasileira, enfim, mostrou por que a sua lojinha de artigos R$ 1,99 fechou em Porto Alegre. Conforme a tônica das manifestações: a bandeira brasileira sempre será verde e amarela e jamais vermelha comunista como desejam os petistas; lugar de políticos e presidentes corruptos é na cadeia; o impeachment não é golpe, mas instrumento democrático e constitucional.

Rede de Jornais Leste Ltda. CNPJ 03.939.099/0001-80 Circulação: São Paulo - SP

Diretora Responsável: Acácia Gutierrez MTb 35.004 Fundador: José Carlos Gutierrez Diretora Administrativa: Mª J.de Lima Gutierrez Redação e Reportagem: Acácia Gutierrez e Moacyr Minerbo Diagramação e Arte: Daniela Lima Depto. Jurídico: Antonio Luiz L. do A. Furlam

Colaboradores: Juarez Alvarenga, Pedro C.da Costa, Humberto P. Silva, Julio César Cardoso e Devanir Amâncio Redação: av. Maria Luiza Americano, nº 947 - Jardim Nª Srª do Carmo - Cep: 08275-001 -São Paulo - SP Fone: (11) 2748-0418/2749-0663. Whatsapp: 97703-0615 E-mail: rededejornaisleste@terra.com.br Impressão: Gráfica Pana Fone: 3209-3538

Nossa equipe de Vendas é formada por profissionais autônomos e freelancer que trabalham por edição e com isso não possuem nenhum vínculo empregatício com nossa empresa. As matérias assinadas não refletem necessariamente a opinião do jornal, sendo de inteira responsabilidade de quem as subscrevem. Os nomes dos colaboradores e representantes comerciais não mantém vínculo empregatício com a empresa - Filiado à Ajorleste - Associação dos Jornais da Zona Leste, AJORB - Associação de Jornais de Bairro de São Paulo e à Rede de Jornais Leste Ltda.

Devanir Amâncio

VOZES pela cidadania e cantos na primavera

O canto da sabiá - laranjeira na praça Dom José Gaspar, atrás da Biblioteca Mário de Andrade - já anuncia a chegada da primavera . Daqui a pouco nossas ruas, nossas praças e parques estão floridos. Vamos aproveitar a primavera para florir nossos bairros com boas ações e intenções. Vamos cuidar da cidade ! Abra a vida aos ventos da primavera . Deixe as flores inspirar você. Mas o meu bairro não tem praça. Então peça uma praça. Mas

ARTIGO III Nos anos sessenta apareceu por nossa casa, universitária francesa, que viera ao Porto ao abrigo de programa de intercâmbio de estudantes. Era jovem de pouco mais de dezoito anos, moderna, desempoeirada, que tinha atitudes e costumes a que não estávamos habituados. Um deles era beijar os homens. Prima de meu pai, que a recebeu em sua casa, incomodava-se com esse “feio” hábito de beijocar os rapazes da família. Com severidade a repreendia e terminava dizendo-lhe: - “ Parece mal! …” - “ Parece mal?! … Porquê?! Que mal há em beijar um homem?! …” E como avisasse que em Portugal não era costume, principalmente rapazes que não fossem de família, a francesa reclamava desolada: - “ Na minha terra todos

onde moro não tem parque . Então peça um parque. Mas na minha rua não tem árvore. Então vá à subprefeitura da sua região e diga que quer plantar uma árvore. Não espere só da Prefeitura e do Estado. Faça alguma coisa pela cidade. Contemple com cidadania a sua comunidade. Lembre-se que as melhores ideias são coisas simples. Desperte a curiosidade e o interesse por São Paulo. Na primavera - procure praças no seu bairro. Mas onde ela

estão. É só procurar ! Quando encontrar uma, olhe para ela e seus galhos, olhe para o gramado, seus bancos, olhe para as lixeiras e depois cante. Não importa se o canto será alegre ou triste. O importante é cantar. Cante a primavera, cante São Paulo. Faça mais: vá à escola do seu filho, converse com o professor e leve todos à praça . Formarão juntos um grande coral de vozes pela cidadania. Muita gente vai ouvir. É apenas uma sugestão. Humberto Pinho da Silva

Parece mal se beijam e ninguém leva a mal! …” Hoje as moças beijam jovens da sua idade ou mais velhos. É normal – beijam colegas de trabalho, de escola, namorados…e ninguém repara. Mas nessa recuada época, em Portugal, não era costume, e o que não era costume, para minha boa prima, parecia mal. Conheço senhora que durante anos recusou usar meias elásticas, porque parecia mal. Outra, já idosa, que apesar de saber que sapatos de tacão alto são perigosos para sua saúde, não deixa de os trazer, porque o raso não faz toalhete… Homem que tinha vertigens, a ponto de recear andar sozinho na rua, não usava bengala, porque era coisa de velhos… Desde que a consciência não acuse nem se ofenda ou se escandalize o semelhante,

PONTO DE VISTA

acho que cada um deve usar o que goste ou precisa, indiferente à moda ou ao “parece mal”. A moda e o “parece mal”, na maioria das vezes, são convenções, que se alteram consoante o tempo e o lugar. Dizia D. Francisco Manuel de Melo, que tinha na sua livraria um livro de Alonso Carraça, criticando as guedelhas, e outro de Pedro Mexia, que censurava os homens tosquiados, e conclui – a razão é o uso; e termina: “São coisas que não sendo más nem boas, o uso as faz boas ou não.” Ande cada um conforme precisa e haja do jeito que mais lhe agrade, indiferente à critica ou ao “parece mal”. Minha querida prima toda se arrepelava pelo facto da francesa beijar os homens, coisa que hoje todos fazem e ninguém vê nisso malícia ou ousadia. Pedro Cardoso da Costa

Tietê, que te quero limpo

Quando surgiram as campanhas de despoluição do rio Tietê na década de 90, mais precisamente em 1992, gerava grande preocupação e desilusão nos mais céticos quando era citado o longo prazo para que o rio tivesse oxigênio e voltasse a ter vida, com peixes e pescadores, prática de esporte e lazer, arborização em toda a sua extensão e até servir como meio de transporte coletivo. Era citado o tempo gasto no processo de despoluição de rios em outros países, com destaque para o rio Sena, na França e o Tâmisa, na Inglaterra. Este teria levado trinta anos para ser despoluído totalmente. Silenciada durante os 18 anos que se passaram no processo de limpeza do rio, no dia 6 de novembro de 2011, na capa da Folha de S. Paulo há a notícia impactante do gasto de quase 2 bilhões de dólares para a poluição piorar um “pouco”. Nesse período já passaram seis governadores pelo Palácio dos Bandeirantes, iniciado com Luiz Antonio Fleury Filho; seguido por Mário Covas, Geraldo Alckmin, Cláudio Lembo, José Serra e Alberto Goldman que formaram o grupo de governadores no processo de “deslimpeza” do rio Tietê. Mario Covas por dois mandatos e Alckmin, já no quarto, são responsáveis pelo período de mais de 15 anos pela limpeza que suja. E o Partido da Social Democracia Brasileira – PSDB é o inegável pai da criança até a maioridade alcançada no final

de 2010. Esse é o número de responsáveis diretos, mas os bilhões desperdiçados impressionam muito mais. Um dos diretores de projetos da Sabesp, órgão responsável pela fictícia despoluição, Carlos Eduardo Carrella, regojiza-se ao afirmar que “se nada tivesse sido feito a situação seria bem pior”, argumento semelhante a outro muito utilizado no passado pelos ministros de economia para minimizar os efeitos deletérios da inflação. Diziam que a inflação de determinado mês não fora tão alta como era esperada, pois ficara em 50%, quando as previsões apontavam 80, 90% para aquele mês. Ao contrário de autoridades de países desenvolvidos, as brasileiras costumam justificar qualquer coisa, por mais absurda que seja; não assumem seus erros. O gasto astronômico sem resultado careceria de investigação mais aprofundada, mais séria do que costuma ser em casos semelhantes. E já deveria ter sido antes de se chegar a gigantesco desperdício de dinheiro público. O diagnóstico de onde vem a sujeira já existe. Então, seriam necessárias algumas alterações em diversas ações e intensificação do trabalho noutras. Fiscalizar e exigir que as residências façam a adequação de seus esgotos para a rede, caso exista, ou para fossas. As indústrias e casas comerciais só deveriam receber a licença de funcionamento após comprovar a destinação adequada do seu esgoto e seu lixo. Aplicar multas desde pedestre que jo-

gasse palito de fósforo, ponta de cigarro nas ruas até quem jogue sofás e material de construção em locais inadequados. Leis já existem em São Paulo. Falta só o cumprimento. Como gostava de dizer o ex-presidente Lula, se o rio tivesse sido limpo, cada governador diria que ninguém nunca na história deste país teria feito tanto pela limpeza, numa busca pelo título de limpador-mor do Tietê. É possível ter havido projeto básico resultante de profundo estudo; projeto de execução; definição de resultado por etapas. Nenhum maluco poderia imaginar todo esse trabalho realizado propositalmente para um aumento “satisfatório” da poluição. Alguém tem que vir a público dizer onde existiram falhas gravíssimas e grosseiras para se chegar a resultado tão bisonho. Não se tem como negar a paternidade ao PSDB e a criação até a presente data. Também falhou a imprensa por não ter acompanhado de perto com cobranças periódicas de resultados. Cada governador teria que explicar quanto gastou e seu percentual de piora. Nenhum argumento justificaria minimamente esse desastre. Apurar e punir os responsáveis seriam dever, mas não resolvem o que já deixou de ser feito. Servem de alerta para acabar com a política de gastar bilhões de dólares para piorar gradativamente um serviço público tão relevante. Com seguimento da política atual de despoluição, daqui a 80 anos 10 bilhões de dólares terão sido literalmente enterrados num rio acabado.


Itaquera em Notícias

Ed. 601 * 18 a 24 de setembro de 2015

Os melhores planos de saúde estão aqui Falar com Pereira 2016-1995/99202-7329

Anuncie: 2748-0418

3

Comunidade

Zona Leste tem redução de acidentes no trânsito

Novo portal acesse:

www.itaqueraemnoticias.com.br Vagas pARA Rapazes

Ambiente familiar, segurança e conforto. Quarto imobiliado, com cama, colchão, guarda-roupa, computador, WiFi, TV, DVD, sky. Cozinha completa, banheiro, lavanderia. Quartos individuais e coletivos. Local: Rua Newton Chaveiro 8B - Jd. Santa Terezinha.Pousada Belha Torno Cantos. Fone: 2724-0501.

Dez vias responsáveis pela ligação entre as zonas leste e oeste da cidade tiveram o limite de velocidade reduzido de 60km/h para 50km/h. Passaram pela alteração a Avenida Francisco Matarazzo, Ligação LesteOeste, Avenida Alcântara Machado, o Viaduto Pires do Rio, a Rua Melo Freire, Avenida Conde de Frontin, Avenida Antônio Estevão de Carvalho, Avenida Doutor Luís Ayres, o Complexo Viário Itaquera e a Avenida José Pinheiro Borges. As extensões dos congestionamentos também caíram, em média, 8% em relação ao ano passado. No horário de pico da tarde, a redução chegou a 14%, de 47,7 quilômetros para 40,9 quilômetros. No pico da manhã,

Divulggação

Houve queda de 21% no número de acidentes sem vítimas nas vias. Nas últimas oito semanas, foram registradas 414 ocorrências e no mesmo período de 2014, 523

Famoso “Mergulhão”, em Itaquera. Desde o ano passado, a velocidade máxima em ruas e avenidas da cidade tem sido reduzida como forma de prevenir acidentes e atropelamentos. Ao longo de 2014, a medida foi implementada em 61 quilômetros de vias na capital

a redução do tamanho dos engarrafamentos ficou em 11%, de 21,8 quilômetros para 19,4 quilômetros. Em toda a cidade, a queda na extensão dos congestiona-

mentos é 6%. Os acidentes com vítimas nas marginais Tietê e Pinheiros, principais vias expressas da capital paulista, tiveram queda de 36% após

a redução da velocidade máxima. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), foram 140 acidentes com mortos ou feridos entre 20 de julho e 13 de setembro. No mesmo período do ano passado, foram registradas 220 ocorrências. Em 2014, acidentes e atropelamentos causaram a morte de 73 pessoas nas duas vias. A velocidade máxima permitida para os carros nas pistas expressas das marginais foi reduzida de 90 km/h para 70 km/h. Para os caminhões, o limite diminuiu de 70km/h para 60km/h. Na pista local da Marginal Pinheiros, a velocidade permitida passou de 70km/h para 50km/h. Na faixa central da Tietê, caiu de 70 km/h para 60 km/h.

SEGURANÇA

Posse do Segundo Comando do Exército Meirelles, jornalista Fernando Girão, membro da ABI, Consul do Haiti Jabur, Coronel Telhada, Coronel Ronaldo Ramos, deputado Antonio Salim Curiati, doutor Alexandre de Moraes, doutor Paulo Adib Casseb, presidente do Tribunal Militar, secretário de segurança pública do Estado, Glauco Castilho Pallá D Antonia, vice almirante comandante do oitavo distrito naval.

Divulgação

Foi realizada a Cerimônia da posse do Novo Comandante de Sudeste, o General do Exército Mauro Cesar Lorena Cid, recebeu o comando das mãos do General Camilo Pires de Campos, no dia 28 de agosto com desfile de tropa, 400 convidados lotaram o quartel do Ibirapuera, entre autoridades civis e militares, exército, marinha e aeronáutica, dentre eles: deputado Fábio de Salles

EVENTO

´ ´

´

´

A Rede Marista de Solidariedade promove no dia 19 de setembro, o Seminário Marista para as Infâncias, das 8 às 12h, no Centro Social Marista Itaquera, em São Paulo. Com o tema Brincar na Educação Infantil, o objetivo do evento é promover o diálogo e a troca de experiências sobre o assunto, além de contribuir na formação dos profissionais que atuam na promoção e defesa de direitos da criança na rede de atendimento à criança na cidade de São Paulo. A palestra será ministrada por Leandro Medina, poeta,

compositor, dançarino e pesquisador das tradições populares brasileiras desde 1995. Atualmente é Diretor Artístico do Núcleo Pé de Zamba, grupo de pesquisa cênica de São Paulo e presta assessoria e formação para o Projeto “Brincadiquê” da Rede Marista de Solidariedade. “As brincadeiras tradicionais são potentes aliadas na Educação Infantil, desde as brincadeiras com palmas, passando pelas cirandas, pelas cantigas de roda, de ninar, pelas brincadeiras de correr, de pular, de esconder. Trata-se

Divulgação

Seminário: Brincar na Educação Infantil

de um conjunto de atividades importantíssimo para o desenvolvimento de uma criança, para o reconhecimento de suas habilidades corporais”, diz Medina. O seminário contribui para a formação continuada dos profissionais que precisam e desejam aprimorar as suas

práticas no dia a dia. Durante o evento haverá o café cultural e relato de experiência do Projeto Brincadiquê? Pelo direito ao brincar, do Centro Marista de Defesa da Infância. Serviço: Itinerários Formativos - Seminário Marista para as Infâncias - Brincar na Educação Infantil Data: 19 de setembro Horário: 8 às 12h Local: Centro Social Marista Itaquera, av. Radial Leste, 198 – Pista Sul – Itaquera Ao lado da Estação do Metrô Corinthians-Itaquera. Site: seminarios.grupomarista.org.br


4

Itaquera em Notícias

Anuncie: 2748-0418

GIRO NOS BAIRROS

GIRO NOS BAIRROS

Domingo foi dia da 3ª Cãorrida do Shopping Aricanduva

Ed. 601 * 18 a 24 de setembro de 2015

GIRO NOS BAIRROS

GIRO NOS BAIRROS

Parabéns, Vila Carrão, 98 anos!

Festa teve feira gastronômica, caminhada, shows, grupos folclóricos, dança e fanfarra

Ivo Justino

Divulgação

Nem o tempo frio espantou 4 mil pesFoi realizada neste fim de sesoas que participaram da 3ª Cãorrida do mana, na Praça Haroldo Daltro, Shopping Aricanduva, no dia 13. O evento Vila Nova Manchester a Festa superou as expectativas do empreendimende 98 anos de Vila Carrão. As to e contou com mais de 1.500 animais comemorações contaram com inscritos entre passeio e a corrida (1,3 km). a Arena Food Truck – festival Já às 7h começou a concentração para gastronômico realizado sempre as provas, que tiveram início às 9h. Os no segundo final de semana do participantes receberam um kit com camês na praça que fica em frente ao miseta, bandana para o cão, medalha de CEE – Vicente Ítalo Feola (Clube participação e outros brindes oferecidos da Vila Manchester), que também pelos expositores. Animais de todas as racomemorará seu aniversário de 47 ças, idades e tamanhos, e seus donos - que anos, e também com um palco em preparam roupas e acessórios diferentes - puderam aproveitar a manhã de domingo. frente ao clube da Prefeitura. Viaduto Conselheiro Carrão - 1970 - Acervo Museu O “cãopeão” da corrida foi o vira-lata Iron, que estava agitado com o seu dono, o professor As terras de acordo com alda Cidade de São Paulo DPH-SMC-PMSP R César dos Santos. “Dá para ver que ele está todo feliz, né? Apesar de tudo, o importante é que guns historiadores faziam parte ele se divertiu”, comemora. da indefinida “Sesmaria de João “Este evento é um dos poucos na cidade voltados exclusivamente aos cachorros. Eles Ramalho”, que ao longo dos anos passou pelas mãos de muitos proprietários e recebeu nomes adoram: brincam, interagem com os outros e de quebra fazem um exercício”, disse Fátima como “Tucuri, “Bom Retiro” e “Chácara Carrão”. Aos poucos do vasto sítio “Tucuri”, “Bom dos Santos, mãe da vira-lata Nina, que veio pelo segundo ano à competição. Retiro” ou “Chácara Carrão” surgiram os bairros: Vila Carrão, Vila Nova Manchester, Vila O evento premiou os cinco primeiros classificados, nas categorias de ambos os sexos, que Santa Isabel e Jardim Têxtil, e o cenário agrícola foi dando lugar ao progresso. Hoje, além de receberam troféus exclusivos e kits dos patrocinadores. Todos os participantes e interessados forte e diversificado comércio, o bairro entrou para o rol de empreendimentos imobiliários podem acessar as fotos por meio do link da Zona Leste. A data oficial de aniversário disponível no site www.caorridashoppingaé no terceiro domingo de setembro. ricanduva.com.br. Hora Certa já realizou meio milhão Atrações: para a ação foi disponibilizada uma estrutura especial. A Pet Love esteve de exames de apoio diagnóstico presente com um stand com produtos difeFila de espera na rede por exames de renciados (como muffin para cachorros, lixa colonoscopia teve redução de 97%. No de unha, etc), um espaço com apetrechos Interessados podem se inscrever até 18/09 caso da endoscopia, queda foi de 72% divertidos para os participantes tirarem fopelo site da instituição até junho deste ano tos, apresentações de agility, profissionais As unidades móveis da Rede Hora Certa Quem deseja aprimorar as técnicas em orientando como cuidar do cachorro em casa, já realizaram mais de 500 mil exames de escrita e pesquisa pode se inscrever para os dicas para adestramento e uma área para masdiagnóstico. O anúncio foi realizado pela cursos gratuitos de Redação de Projetos de sagem pós-corrida para os pets. Além disso, Secretaria Municipal da Saúde, durante visita Pesquisa e Artigos Acadêmicos da Faculdade a empresa realizou a ação “Precisa-se de hudo prefeito à Rede Hora Certa Móvel Vila de Tecnologia do Estado (Fatec) Itaquera. manos”, onde a ONG Cão Sem Dono levou Carrão, unidade na Zona Leste da capital em São 40 vagas para os cursos em português cachorros que acompanharam atletas que não funcionamento desde julho deste ano. e 80 para a língua inglesa. As inscrições tinham um animalzinho e ao final puderam ser Em junho de 2015, somente o projeto das podem ser feitas até 18 de setembro no site adotados. A ONG Ampara Animal também unidades móveis atingiu a produção de 500 da instituição. Para se inscrever, basta preencher o estava presente na Cãorrida com a Exposição mil exames. Se considerarmos, no entanto, As aulas em português abordarão temas formulário e redigir uma carta de interesse. Fotográfica “Ampara Animal–Somos todos todos os processos SUS destas unidades, como citações de fontes externas, normas da As aulas serão dadas na própria Fatec. Para vira latas” e um stand de adoção de animais já foram realizados mais de 1,6 milhões de ABNT, conteúdo e criação de projetos e se obter o certificado, os alunos deverão ter, - a Pet Plan presenteou o novo proprietário procedimentos entre consultas médicas, de iniciam em 1º de outubro. Para as aulas em pelo menos, 75% de presença. Como o link do animal com um mês gratuito de plano de enfermagem e os exames de apoio diagnósinglês, o enfoque será o emprego gramatical da inscrição é muito grande, facilita para o saúde. Já a Mars PetCare levou o Dr. Marco tico. Desde o começo do projeto, as Arenas e a abordagem correta em cada seção requeleitor que digitar no Google: “fatec itaquera Leon que fez uma palestra sobre a saúde oral da Saúde - como também são chamadas as rida em um artigo acadêmico, com início das curso gratuito” e atentar para a 5ª opção do cãozinho e ainda ofereceu um check up unidades móveis - já estiveram em 13 subaulas em 6 de outubro. sugerida; trata-se do formulário em questão. oral canino gratuito no dia. prefeituras. Divulgçaão

Fatec Itaquera oferece curso gratuito de redação acadêmica bilíngue

Sábado tem operação Cata-bagulho

Divulgação

No dia 19 de setembro, a partir das 9h30, a sessão do Câmara no Seu Bairro será realizada na região de Itaquera, Zona Leste da capital. É uma oportunidade de o Legislativo ouvir e ficar mais próximo da população. A reunião acontece no Auditório da Arena Corinthians (Avenida Miguel Inácio Curi, 111 - Itaquera). Seguindo as diretrizes do Ato 1293/15, os vereadores presentes farão pequenos discursos, como no pequeno expediente das sessões ordinárias. Em seguida, abre-se a tribuna popular, onde, por inscrição, os moradores da região farão suas colocações. Os temas que surgirem durante o encontro poderão ser encaminhados para as comissões da Câmara e transformadas em projetos de Lei. Além disso, os moradores da região expõem quais são as obras necessárias para melhoria dos bairros e que podem ser debatidas com os parlamentares para inclusão no Orçamento do próximo ano da Prefeitura. Toda a sessão tem gravação de áudio e vídeo disponível no portal da Câmara, além da transcrição, publicada no Diário Oficial da Cidade para registro de todas as demandas e propostas apresentadas. A Subprefeitura A Subprefeitura de Itaquera é formada pelos distritos de Itaquera, Cidade Líder, José Bonifácio e Parque do Carmo. A população local é de 523.848 habitantes, segundo Censo 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), sendo um pouco inferior a da cidade de Sorocaba, no interior do Estado. Próximas sessões Ao longo de 2015, todas as 32 subprefeituras receberão uma sessão da Câmara. Depois de Itaquera, as próximas subprefeituras serão Freguesia do Ó/ Brasilândia (26/09), Mooca (03/10) e Vila Mariana (16/10). Para mais informações acesse: http://camaranoseubairro.camara. sp.gov.br/entenda/

São Miguel a 40km/h

Descarte com responsabilidade os objetos para que não haja agressão ambiental. A Operação Catabagulho é uma séria tarefa da Prefeitura de São Paulo

19/09 - das 7 às 17h Onde: Av. Aricanduva (lado par – entre Av. Mazaropi e Av. Arraias do Araguaia), Av. Arraias do Araguaia (entre Av. Aricanduva e Av. Pastor Cícero Canuto de Lima) , Av. Pastor Cícero Canuto de Lima (toda extensão), Av. dos Nacionalistas (toda extensão), Av. Aguiar da Beira (entre Av. dos Nacionalistas e Av. Ver. Emílio Meneguini), Av. Emílio Meneguini (toda extensão) e Av. Mazaropi (toda extensão).

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) implantou no dia 16, a Área 40 na região de São Miguel. Esta será a 11ª implantação da operação na cidade. A velocidade máxima regulamentada no trecho delimitado pela Área 40 será de 40 km/h Divulgçaão

Região tem mais de 523 mil habitantes, um pouco menos que a cidade de Sorocaba

Essa ação visa o recolhimento de objetos considerados sem utilidade, como móveis velhos, colchões, pedaços de madeira e eletrodomésticos quebrados, auxiliando no combate ao descarte irregular de materiais em vias públicas ou margens de rios e córregos o que é considerado crime ambiental sujeito a de multa R$15 mil. Para que a ação seja feita de forma organizada, a população precisa colocar os objetos em suas calçadas com uma hora de antecedência de acordo com a programação abaixo, atentando para os horários e para as vias que serão percorridas. Se você quiser descartar algum item inservível, mas sua rua não foi contemplada na última operação Cata-Bagulho, é possível solicitar diretamente na Subprefeitura de sua região ou comparecer a um dos Ecopontos espalhados pela cidade com, no máximo, 1 m³ de entulho (volume equivalente a uma caixa d’água de mil litros). Confira as vias que receberão e os horários da operação:

Divulgçaão

Itaquera recebe Câmara no seu Bairro

Com este complemento de 0,5 km² em São Miguel, a cidade agora conta com 14,9 km² de Áreas 40 km/h

A medida busca melhorar a segurança de pedestres e ciclistas, usuários mais vulneráveis do sistema viário, buscando a convivência pacífica e a redução de acidentes e atropelamentos na área. Juntamente com essa implantação, a velocidade máxima permitida também será de 40 km/h na Avenida Marechal Tito, entre a Praça Padre Aleixo Monteiro Mafra e a Rua Pedro Soares de Andrade; e na Avenida Nordestina, entre a Avenida Marechal Tito e a Rua Doutor José Guilherme Eiras. A região de São Miguel concentra grande volume de pedestres, sendo necessárias velocidades menores para promover condições seguras e confortáveis de circulação a esses usuários, que ainda representam o maior número de vítimas no trânsito em São Paulo. A área também recebeu a implantação de faixas exclusivas para ônibus nos últimos meses.

Novo espaço cultural em São Miguel Paulista Produtores culturais e artistas se reúnem para mais um “capítulo” na construção do Centro Cultural de São Miguel Paulista Em reunião realizada na Casa de Cultura Antonio Marcos (09/09), em São Miguel Paulista, foi anunciada a instalação de um novo espaço cultural no bairro. Trata-se de uma tenda que deverá ser erguida no terreno onde funcionava o antigo cemitério de São Miguel. O anúncio foi feito pelo Supervisor de Cultura, Pedro Roney, durante reunião com integrantes dos coletivos artísticos do bairro. O projeto deve custar R$ 1,8 milhão. A tenda cultural faz parte da iniciativa de grupos artísticos da região, que há anos lutam para construir um centro cultural e educacional na Av. Nordestina, altura do número 200. Hoje, o local está vazio e a escola municipal Darcy Ribeiro fica ao lado. Tenda Cultural resgata projeto da década de 80 do Movimento Popular de Arte (MPA) A proposta de criar-se uma tenda cultural que contemple grupos artísticos de São Miguel e região remonta a iniciativa do Movimento Popular de Arte (MPA), que na década de 80 agitaram os movimentos culturais do bairro, com a criação de um circo. Nele artistas como Belchior, Roberta Miranda se apresentaram e fizeram o seu nome.


Itaquera em Notícias

Ed. 601 * 18 a 24 de setembro de 2015

Anuncie: 2748-0418

PÁGINA DA FAMÍLIA PÁGINA DA FAMÍLIA PÁGINA DA FAMÍLIA PÁGINA DA FAMÍLIA PÁGINA DA FAMÍLIA HORÓSCOPO Áries - 21/03 a 20/04 As grandes realizações entraram no período em que as coisas pequenas, aos milhares, se tornaram tão mais importantes que parecem ter substituído seus grandes projetos. Aceite, não brigue com o que é necessário. Touro - 21/04 a 20/05 De fato, tudo é possível, mas nem tudo é desejável. Acontece que você precisa ter mais foco neste momento, para não se dispersar num labirinto de potencialidades e perspectivas e concentrar-se no que interessa. gêmeos - 21/05 a 20/06 Sua alma reconhece que no fim tudo dará certo, porém, também percebe que esse fim é distante e que muita água passará por baixo da ponte antes de as coisas se acertarem e tudo seja como deve ser. Muita coisa. Câncer - 21/06 a 21/07 Cuidado com as conversas sedutoras para não comprar responsabilidades que, com o tempo, se tornarão tão pesadas que você se arrependerá de tê-las assumido. Neste momento tudo parece fácil e cheio de vida. Leão - 22/07 a 22/08 Há questões concretas que você deve focar e desenvolver, mas ao mesmo tempo há outras que representam ilusões apenas e seria melhor você detectá-las e se distanciar o mais rapidamente possível, para tudo correr melhor. Virgem - 23/08 a 22/09 Há prosperidade disponível, mas se encontra entremeada com várias ilusões que precisam ser identificadas por você o quanto antes, para não atrapalharem o caminho verdadeiro. Isso pode não ser tão fácil quanto parece. Libra - 23/09 a 22/10 Nada está realmente fora de alcance, mas neste momento certas limitações se tornaram tão fortes que as melhores coisas da vida parecem ter ficado distantes, além do seu alcance. Isso vai passar, é só um momento. Escorpião - 23/10 a 21/11 Tudo seria melhor se as pessoas compreendessem e aceitassem que precisam umas das outras. Porém, na prática sempre haverá quem prefira pensar ser a pessoa indispensável enquanto todas as outras seriam substituíveis. Sagitário - 22/11 a 21/12 Dessa vez não será possível apresentar uma nova ilusão para ganhar tempo, neste momento você terá de fazer movimentos concretos que, mesmo pequenos, sejam eficientes para dar a entender que você percebe a realidade. Capricórnio - 22/12 a 20/01 As perspectivas são apenas isso, perspectivas. Porém, infundem ânimo e entusiasmo e isso não é pouca coisa num cenário como o atual. Aproveite a força das perspectivas, mas não se acomode nos sentimentos apenas.

EDUCAÇÃO

AGENDA CULTURAL

Ensino Médio: preparação para os desafios e conquistas O Ensino Médio é considerado pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei 9394-96) como a etapa final da Educação Básica e a define como a conclusão de um período de escolarização de caráter geral. Neste período de escolarização pretende-se que o educando prepare-se para exercer a cidadania e meios para progredir no trabalho e em estudos posteriores. Assim, quando chega o momento de entrar nesta nova fase da vida escolar, é preciso pensar na Instituição de Ensino que ofereça uma proposta educativa forte, prepara e forma o educando para que ele tenha autonomia intelectual para aprofundamento e aplicação dos conteúdos de todas as área do conhecimento; Comunicação aprimorada para entender e produzir informações por meio de formas contemporâneas de comunicação; Organização do conhecimento para entender a importância das tecnologias e do planejamento para a gestão dos estudos e do trabalho; participação social para contribuir com o desenvolvimento político, cultural e econômico da sociedade e aprovação nos vestibulares e bons resultados no ENEM para entrar no curso escolhido e cursar a universidade com eficiência. Esta Instituição existe e está

em nosso bairro há 30 anos. É o COLÉGIO ESCREVIVENDO que está situado na Av. Líder, 2139 e este ano ao completar seu trigésimo aniversário quem receberá o presente, serão os estudantes que em 2016 cursarão o 1º ANO DO ENSINO MÉDIO, TODOS os alunos deste ano/série, terão 30% DE DESCONTO NAS MENSALIDADES. (maiores informações no site www. escrevivendo.com.br). Além deste presente, os alunos também poderão participar do Concurso de Bolsas e concorrer a 1(uma) bolsa de 50% de desconto. CONCURSO DE BOLSAS DE ESTUDO – destinado aos alunos do 2º ano do Ensino Fundamental ao 3ºano do Ensino Médio - do no dia 07 de novembro de 2015 no horário das 8h às 12 horas. Será oferecida 2 (duas) para cada ano/série - de 50% para os primeiros colocados e 25% para os segundos colocados, com exceção do 1º ano do Médio que será destinada somente 1 bolsa de 50% para o 1º colocado. (regulamento no site)

Entre Versos Controversos: o canto de Itaquera Divulgação

Aquário - 21/01 a 19/02 De verdade, nada é impossível, porém, há questões que de tão difíceis seria melhor deixar de lado para não atrapalhar o que é viável no momento atual da vida. As ilusões sempre são mais sedutoras, parecem melhores. Peixes - 20/02 a 20/03 Suas pretensões a respeito do futuro só poderão ser concretizadas através de alianças e parcerias. Por isso, invista forte em relacionamentos, saindo de sua toca e desenvolvendo vínculos com as pessoas de seu interesse.

5

CULINÁRIA

Divulgação

Broinha de Fubá

Ingredientes 3 xícaras (chá) de água; 3 xícaras (chá) de leite; 3 colheres (sopa) de margarina; 6 colheres (sopa) de açúcar; 1 pitada de sal; 3 xícaras (chá) de fubá; 6 a 8 ovos; 1 colher (sopa) de fermento em pó.

Modo de Preparo Leve ao fogo, uma panela com a água, o leite, a margarina, o açúcar e o sal; Quando levantar fervura, tire do fogo e junte o fubá, mexendo sempre, até formar um angu que se desprende da panela; Deixe esfriar e acrescente os ovos e o fermento, misturando bem; Modele as broinhas com o auxílio de duas colheres e ponha em assadeira untada e enfarinhada; Leve ao forno médio a 180°C, por 20 minutos ou até dourar.

Os alunos da E.M.E.F. Prof. Aurélio Arrobas Martins, tiveram a oportunidade em junho de 2014, publicar um livro chamado: Entre versos controversos, no qual estão reunidos poemas de vários alunos. Continuamos com o trabalho e, nesse ano, apresentamos Entre versos controversos: o canto de Itaquera - vol. II. Nessa obra, a temática é voltada ao social: trata-se de um resgate da identidade da periferia e uma forma de “intervenção social” por meio da arte. Os poemas dos alunos não se resumem a exercícios de redação escolar, antes, estão ligados a aspectos mais profundos da ideologia e realidade deles. Seus textos buscam mostrar a importância de se pensar no outro e, por conta disso, há poemas no livro que tratam de preconceito racial, homofobia e transexualidade, segregação social, maioridade penal, etc. Em suma, em um mundo que cada vez mais parece estar envolto à intolerância e ao ódio, os alunos buscam sensibilizar por meio de suas próprias produções artísticas. Ainda sobre o livro, há duas imagens centrais na obra: muros e pássaros. Os muros representam a segregação

social e os estereótipos pelos quais as regiões de periferia passam; já os pássaros servem de metáfora para os jovens que buscam voar além dos estigmas, diferenças, preconceitos e injustiças sociais. Franz Kafka escreveu que “uma gaiola saiu à procura de um pássaro” e o que os alunos-poetas visam com seu livro é mostrar que, embora os olhares frios tentem engaiolálos, os pássaros de Itaquera podem voar alto e mostrar a beleza de seu canto. Daniel Carvalho, o jovem professor que, com métodos pouco ortodoxos, leva jovens a transformar em poesia todas as experiências diárias, faz nascer flores mesmo na brutalidade dos dias, faz chover música em tempos desérticos, sem as preocupações com modismos, clichês ou chavões.

Novo portal acesse:

www.itaqueraemnoticias.com.br


Anuncie: 2748-0418

Itaquera em Notícias

PARABÉNS

Divulgação Divulgação

licioso strogonoff de carne ou frango acompanhado de arroz e batata. Tudo sempre quentinho, gostoso e cheio de recheio, o objetivo é que o cliente se torne fã e volte sempre. Confira todas essas delícias na Pastelândia situada na Praça de Alimentação do Carrefour Pêssego, à Av. Jacu-Pêssego, nº 1200, tel.: 25229101. Horário: domingo a domingo das 8 às 22hs. Aceita vários cartões de débito e crédito.

Pedala Itaquera Venha você também praticar esporte: de terça e sexta, às 19h15, quarta, pedal para iniciantes, saída às 20h30, quinta, às 20h, no domingo sempre um pedal diferente para os parques da cidade. Local de encontro: Av. Vírginia Ferni, s/nº, Pátio da Igreja São José Operário - Cj. José Bonifácio (próximo a Caixa D’água).

Pastelândia Carrefour Pêssego com novidades

Além das tradicionais massas como nhoque, espaghetti ou talharim com acompanhamento grátis, dos diversos sabores de lasanha, das massas recheadas como caneloni, rondelli, capelleti e conchiglione, dos grelhados, panquecas e dos inigualáveis pastéis exóticos inovando com vários sabores como: fritas+queijo+bacon; hamburguer+queijo; feijoada e picanha fatiada+queijo, a Pastelândia Carrefour Pêssego traz também o de-

Ed. 601 * 18 a 24 de setembro de 2015

José Maria Martins, este mineiro nascido em Nova Era, estado de Minas Gerais em 25 de setembro de 1920, ainda empresta saúde para muita gente. Aposentado desde 1995 como motorista de táxi, somente efetivou sua aposentadoria para um merecido descanso e para não ocupar o lugar de motoristas mais jovens, pois, tem saúde ainda para enfrentar o árduo trabalho de taxista neste conturbado e intenso tráfego nas ruas da cidade de São Paulo. Falante e bem informado, todo os domingos pega o seu jornal Itaquera em Notícias na Banca do Hélio na Avenida Tamoio e comentou em um “papo descontraído” com amigos que: “ em seus 95 anos, passou por vários presidentes da República, revoluções armadas e ditaduras, porém, jamais viu em toda sua vida uma “presidenta” e um governo tão ruim como este do PT”.

Anuncie 2748-0418 2749-0663 2748-0418 2749-0663 Anuncie

Divulgação

6

Jornal Itaquera em Notícias  

Edição 601

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you