Issuu on Google+

Instância La Puríssima promoveu Leilão de Equinos

Conselho Municipal de Turismo é criado oficialmente

Página 05

Página 09

R$ Editor-chefe: Kiko Carli Ano II - Edição 057

2,50

Quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Angatuba, Apiaí, Bom Sucesso de Itararé, Buri, Guapiara, Itaberá, Itararé, Itapeva, Nova Campina, Ribeirão Branco, Riversul e Taquarivaí

Obras do PSF Jardim São Paulo continuarão paradas até a segunda licitação O projeto do Posto de Saúde, existente no Jardim São Paulo, em Itararé está com as obras paradas desde 2011. O motivo: a empresa que ganhou a licitação e deu início às obras desistiu do serviço. Em várias sessões da Câmara Municipal, o vereador Rodrigo Fadel tem cobrado do Executivo o retorno da construção. O vereador também denuncia que, com a falta de trabalho na obra, a mesma está sendo usada por usuários de drogas, além de destruída à noite por vândalos. Página 08.

Alunos do projeto Cata Vento visitam o Clube dos Boiadeiros O Projeto Cata Vento participou de um passeio cultural, onde puderam visitar as instalações do Clube dos Boiadeiros de Itararé para conhecer as origens e a cultura dos tropeiros de nossa cidade. Participaram de várias atividades recreativas, dentre elas passeios a cavalo e piquenique. Página 03.

Munícipes questionam materiais usados em casas da Vila Novo Horizonte

Itararé está na Copa TV Tem de Futsal A Copa TV Tem de Futsal terá início no dia 25 em Itapeva e os nomes que representarão a cidade de Itararé já foram decididos. A comissão técnica é formada por Márcio (Café Tetra), José Israel e Victor. Página 11.

Nas últimas semanas alguns internautas postaram nas redes sociais que as 36 unidades habitacionais, que estão sendo construídas pelo Programa Minha Casa Minha Vida, na Vila

Novo Horizonte estariam sendo feitas com material de má qualidade e que os profissionais estariam realizando os trabalhos sem EPIs. Veja o que disse o secretário. Página 06.

Secretário da Vereador propõe criação Agricultura da Câmara Mirim explica queda Página 10 na produção agrícola O secretário municipal da Agricultura e Pecuária, José Roberto Cogo, explicou porque houve uma queda na produção agrícola dos últimos meses e consequentemente uma diminuição no repasse dos produtos às entidades assistenciais atendidas pelo PAA. São vários os fatores, confira na página 07.


02

19 de fevereiro de 2014

Estamos de Olho

Editorial

VIVO ou morto? São sete horas da manhã, o relógio desperta e José se levanta. Toma banho, escova os dentes, veste roupa, toma café e vai trabalhar. Assim acontece todos os dias. Chegando ao seu local de serviço inicia a batalha diária, pois José é administrador de uma empresa. Apesar de ficar o tempo todo sentado em sua cadeira, o trabalhador depende de suas ferramentas de auxílio, sendo elas computador com internet, telefone fixo e telefone móvel. Porém, nos últimos meses seus instrumentos de trabalho os têm deixado de cabelo em pé. E não demora muito para que o sorriso com que ele chega à empresa vá embora num piscar de olhos. José não consegue falar com os clientes, quando precisa do banco o sistema está fora do ar, ligações interurbanas cruzam linhas e ele não consegue ver a cotação do dólar ou abrir seus e-mails. Cruza os braços em sua mesa e reza três “Pais Nossos” para que tudo se normalize. A meta que deveria cumprir, fica deficitária em 70% ao fim do dia, pois infelizmente no mundo globalizado depende da máquina e da eficiência dos homens que estão por trás delas para que a sua função seja um sucesso. Quem nunca passou por situação semelhante? É isso que a operadora de telefonia VIVO tem feito conosco há algum tempo. Brincadeira? Sim, é isso mesmo! Estão testando nossos nervos e nos fazendo de bobos, como naquela brincadeira de criança chamada Morto Vivo! Além de perdermos nosso tempo e não conseguirmos atingir nossas metas, ainda nos “roubam” todos os nossos créditos ao tentarmos por inúmeras vezes falar ao celular com a mesma pessoa. O que tem nos quebrado um galho nos últimos dias é o aplicativo Whatts Ap e as mensagens de SMS, mas até quando? Sabemos que a mensagem não chega exatamente como queremos quando não estamos

presentes ou nos expressando pela fala, e neste sentido têm ocorrido muitas situações de desencontros. Mas o que podemos fazer? Continuar pagando por um serviço que deixa e muito a desejar? Ficar esperando pela vontade desta operadora, que hoje detém uma grande maioria de clientes, em atender aos nossos anseios? Ficar pendurado durante horas no atendimento ao cliente ou mesmo na ouvidoria, até nossa orelha queimar, para ouvir que no momento as linhas estão congestionadas, mas que em breve teremos uma solução? É hora de dizer chega! Basta desta operadora que faz publicidade com o slogan “E pega bem” e nada faz para que possamos realmente utilizar seus serviços com qualidade, honrando aquilo que pagamos mensalmente. Deve pegar bem mesmo, pois visto a quantidade de clientes que possui, podemos dizer que “pega bem os trouxas”, ou seja, nós! Proibir a venda de chips não seria a saída, mas que o Ministério Público e o Judiciário tomassem a iniciativa de aplicar uma multa bem alta para esta empresa, que descumpre com todos os requisitos que promete quando passamos a deter seus serviços. Que obrigue a operadora a se adequar à demanda e ofereça qualidade na comunicação e no sinal, pois da forma como está, até o famoso telefone sem fio (duas latas amarradas por um barbante) está sendo mais eficiente. Tem gente dizendo até que sente saudade da Telesp! Falam que privatizar é melhor, mas pelo jeito a cobrança tem sido menor, pois o “privado” faz o que quer com o cliente e nenhum órgão do governo é capaz de se mexer. A verdade é uma só: do jeito que a coisa anda peguemos nossos aparelhos e joguemos todos eles na “privada”. Ainda assim estará pior do que aquilo que preenche oficialmente as latrinas.

Itararé recebe visita de Arlindo Chinaglia O deputado federal , Arlindo Chinaglia (PT-SP), esteve visitando a região neste sábado (15). Em Itararé o convite foi feito pela prefeita Cristina Ghizzi. Chinaglia, líder do governo da presidente Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados, aproveitou a visita para retomar contatos com amigos e empresários, além de conceder uma entrevista para a Rádio Educadora Fafit FM. Na entrevista, o deputado falou sobre saúde, segurança pública, reforma política e também das manifestações que ocorreram por todo país. Após a entrevista, Chinaglia foi recebido por diretores da AVOS e SINCOMÉRCIO. O representante da associação, sr. Amauri, falou da expectativa de ampliar o atendimento da AVOS e disse do benefício proporcionado aos usuários. "Quem paga o plano, paga bem menos do que

pagaria no atendimento convencional". Chinaglia elogiou o serviço prestado pela AVOS e disse que o mesmo é essencialmente benemérito. Para a prefeita Cristina Ghizzi, a visita mostra a importância da boa relação entre a administração municipal e os órgãos federais. “Já temos demonstrações de quanto é benéfica nossa proximidade com o Governo Federal. Exemplo disso é o Kit Conselheiro, recebido há pouco tempo pelo Conselho Tutelar de Itararé composto por 1 automóvel Fiat 0 KM, 5 computadores desktop, 1 impressora multifuncional, 1 refrigerador e 1 bebedouro. Além das discussões sobre o projeto " Cidades Inteligentes¨. O deputado Arlindo Chinaglia é um amigo de longa data e tem condições de trabalhar na liberação de emendas para Itararé”, comentou a prefeita. (Assessoria de Imprensa)

Que bom

Proíba

Munícipes reclamam que a VIVO tem mandando a conta de telefone com atraso. E ainda por cima alegam, que todo mês está vindo uma taxa de juros para ser paga por conta do pagamento em atraso do mês anterior. Pela porcaria de serviços prestados nem deveriam mandar a conta.

Mães reclamam da existência de cantinas nas escolas públicas para crianças pequenas (a partir de 4 anos). Segundo elas, tais crianças não têm maturidade para entender quando os pais podem ou não mandar dinheiro para elas comprarem lanche e muito menos para escolher um lanche adequado, quando levam dinheiro. As mães reclamam também que algumas têm vários filhos e não possuem condições de dar dinheiro para todos sempre. Que as mães oficializem as escolas de que os gastos não autorizados também não serão pagos. Simples e objetivo.

Cuidado Moradores da Vila Osório pedem mais fiscalização na Praça São José. Ultimamente as noites lá têm sido muito barulhentas e conturbadas e constantemente é possível presenciar jovens fazendo uso de substâncias ilícitas no local. Cadê a Polícia?

Falta vergonha A população itarareense está muito descontente com a atuação da operadora VIVO em nossa cidade. Além de deixar a desejar nas linhas telefônicas, nas linhas de celular e na distribuição da internet, agora o atendimento no local também tem sido seriamente desrespeitoso. Façam como Itapeva e entrem na Justiça para exigir nossos direitos.

Na correria Moradores pedem para que seja construído um banheiro público na Praça Vicenzo De Donno. A falta de banheiro público não é restrita a Itararé e sim a toda a região, que deixa os munícipes a mercê da sorte ou de algum matinho escondido.

Lamentável Julião – “A respeito da Saúde, o Posto da Vila Santa Terezinha desde janeiro não tem médico. O de lá, um grande médico por sinal, saiu e agora estamos sem. Peço ao vereador Willer, como líder, que faça chegar essa denúncia aos ouvidos da prefeita, para que ela juntamente com sua secretária possa tomar providências quanto a isso, pois fica difícil as pessoas irem até o Posto só para medir pressão e voltar”. Se já estava difícil com médico imaginem sem. A situação em relação ao problema é crítica e promete piorar nos quatro cantos do Brasil.

Ameaça? Dr. Júnior – Já provocaram a empresa do vereador Zeca, agora a dele, e depois? Vão ameaçar a rádio do Rodrigo? A empresa do João, a do Lúcio? Será que estão querendo que feche todas as

por Kiko Carli empresas da cidade, que são as únicas grandes geradores de empregos de Itararé vão embora?”, desabafou o vereador, “Isso não é democracia! É a vontade de se impor uma ditadura!”)

Sem número Rodrigo Fadel – “Fui procurado pelos moradores da Vila Esperança e eles estão pedindo para que seja colocado o número de suas casas, pois há cinco anos eles não conseguem nem água, nem luz, porque não têm as casas numeradas. Eles me informaram que foram procurar a Prefeitura e lá foram informados que deveriam procurar o Tatá, mas infelizmente não foram recebidos. Nós não sabemos a situação legal da coisa, mas infelizmente eles residem lá, então alguma coisa precisa ser feita, pois são 15 famílias, que estão vivendo sem água e luz”. Seria importante verificar na lei, onde existe a exigência do numeral para a implantação dos serviços. Água e luz é um direito de todo o cidadão e seria importante o vereador confrir se é legal tal exigência.

Rapidinho Zetão – “Falar em VIVO, ruim do jeito que está, é complicado. O prejuízo é grande, mas o maior prejuízo quem está dando para nós é o Correio. O Correio está de matar! A correspondência tem chegado 3 a 4 dias após o vencimento. Isso quando não chega sexta-feira à tarde, daí já contase sábado e domingo de juros. Tem que socar uma Moção de Repúdio contra essa empresa. Não sei se falta funcionários ou o que. Dinheiro é o que não falta. Vou

fazer um pedido de informação caprichado para os Correios, para ver o que eles nos dizem”. Se mandar o pedido por carta e esperar a resposta pelo mesmo sistema, espero que tenhamos a solução até o final do mandato.

Saúde Mara – “A Saúde é um caos em todo lugar, mas aqui em Itararé estão tentando fazer uma melhora. Soube que, a partir desta terça irá começar o mutirão de ultrassom no município. Então aquelas pessoas que estão há meses esperando o ultrassom, um aparelho já foi conseguido, tem um profissional que vai fazer e já estão à procura de outro, pois eles querem acabar com a espera de todos”. Eis uma boa notícia em uma área que é problemática e difícil para qualquer administrador. Esperamos que os sinais de melhora se prolonguem e que a população saia vitoriosa.

Subindo Dr. Júnior – “Eu quero só fazer um anúncio aqui de um decreto. A parcela única do IPTU, que até hoje os nossos munícipes que faziam a opção pelo pagamento à vista tinham direito a 15% de desconto, que era bastante considerável e atrativo, a prefeita baixou um decreto que agora é de apenas 5%. O contribuinte pagando o pato, aqui também, já não bastasse o Governo Federal. Seria a inflação vereador?

Futuro Quando teremos a apresentação de projetos para o crescimento do município?

Vereador declara que empresa onde trabalha sofre ameaça por ele ser oposição Em Sessão da Câmara Municipal desta semana, o vereador Dr. Júnior usou de seu pronunciamento para declarar que a empresa onde o mesmo trabalha teria recebido ameaças de um integrante da atual administração municipal, devido à sua postura na Câmara Municipal. Conhecido desde o início como oposição ao governo Cristina Ghizzi, o vereador disse por várias vezes ter recebido intimidações desse tipo, porém esta foi a primeira vez que a situação chegou até o diretor da empresa, o que o fez querer manifestar sua indignação. O fato é que, a empresa do citado vereador, teria assinado um contrato de prestação de serviços para a Prefeitura durante o mandato do ex-prefeito César Perúcio, o qual teria cumprido. Porém, segundo ele, a atual administração estaria querendo abrir uma sindicância para investigar possíveis falhas no cumprimento do contrato se o vereador continuasse com sua postura opositiva. Em entrevista à nossa equipe de reportagem, o vereador falou sobre essa possível ameaça: IN – O senhor afirma que a Prefeitura chantageou a empresa em que o senhor trabalha. Por quê? Dr. Júnior – Eu não posso dizer a Prefeitura, pois eu não acredito que esta tenha sido uma situação a mando, mas sim uma questão mais política. Mas a intenção era fazer com que eu deixasse de tecer críticas à administração. Isso é evidente. Já não foi a primeira vez que isso aconteceu e hoje tomou uma proporção bem mais exorbitante. IN – Qual será a sua postura

diante disto? Dr. Júnior – Eu vou manter a mesma forma de trabalhar. Acho que eu tenho sido um vereador, na percepção da palavra, que exerce na plenitude o meu mandato. Críticas são consideradas até mesmo construtivas. Acho que o homem público tem que saber conviver com as críticas, aceitá-las, saber que numa situação democrática nós temos a situação e a oposição, mas a impressão que dá é a que esse governo não admite a existência de uma oposição. Logo eles que foram tão oposição à administração anterior. IN – Qual é a postura do proprietário da empresa a respeito? Dr. Júnior – Eu quero crê que isso não tenha outros desenrolares, porque nós podemos in-

clusive vir a perder a empresa que está situada aqui, caso um absurdo desses venha a se concretizar e a pressão e as amea-

ças continuem existindo. Ele não tem porque, é um empresário que ama a cidade de Itararé, e acho que isso seria muito ruim para uma cidade como a nossa, que já tem uma deficiência de empregos. IN – O que o senhor acha que pode ter sido descoberto de irregularidades por parte da Prefeitura em relação à sua empresa? Dr. Júnior – Eu não sei dizer. Não foi levantado nenhuma hipótese, especificamente eu não sei. Houve um contrato de prestação de serviços e esse contrato foi prestado dentro da regularidade. Acho que é mais uma questão de ameaça mesmo, se constatada alguma irregularidade, de ser levado a diante, e não utilizar isso como ameaça. Isso é o gestor sério, responsável, preocupado com o erário público. Aliás, eles prometeram que tão logo entrassem na Prefeitura fariam uma auditoria em tudo, e até hoje nunca foi feito. Agora não dá mais para auditar né, porque se auditar leva até eles juntos.

Itararé News - Jornais, Revistas e Serviços de Comunicação Multimídia Ltda - ME CNPJ: 13.614.945/0001-45 Inscrição Estadual: 380.041.059.119 Rua XV de Novembro, 770 - Itararé/SP - CEP 18460-000 Fone: 3532-3948 Editor-chefe: Kiko Carli Jornalista Responsável: Marcus Oliveira - MTB 42.240 Consultor Jurídico: Dr. Renato Jensen Rossi - OAB 234.554 Impressão: Gráfica Ita News (Registrada em Cartório sob nº 2470 em 26/08/2009) Tiragem: 2.000 exemplares Registrado em Cartório sob nº 2474, no livro de matrículas de jornal no dia 17/09/2009. A direção deste jornal não se responsabiliza por artigos assinados que não necessariamente expressam a opinião deste veículo. O jornal Ita News não é responsável pela qualidade, proveniência, veracidade e pontualidade das colocações dos anúncios classificados publicados em suas páginas, bem como os conteúdos de seus colunistas, os quais não possuem nenhum vínculo empregatício com a empresa.


03

19 de fevereiro de 2014

Escritos de História & Política por Luis Felipe M. de Genaro

Os novos senhores do mundo Afinal, quem são os novos senhores do mundo? Quem é que nos priva de uma liberdade plena e duradoura? Quem é que nos ilude com novas marcas e materiais supérfluos? Quem é que nos controla e observa, dia e noite? Diria, sem problema algum, que o desenvolvimento do sistema capitalista nos últimos quatro séculos gerou um mercado capaz de fazer submisso tanto à esfera política e a maioria dos governos do mundo, como a própria essência da máquina estatal e a parcela sofredora de governados. É nos bastidores deste mercado globalizado que encontramos os novos senhores do mundo. Indivíduos de terno e gravata, muito bem alimentados, polidos, de indiscutível estirpe – “bons sujeitos” que controlam grandes centros financeiros, instituições bancárias, conglomerados de mídia e órgãos in-

ternacionais de diplomacia e guerra. Não obstante, manipulam, iludem e fazem sofrer a grande maioria deste planeta. Uma maioria que nada tem a oferecer senão sua força de trabalho e miséria permanente. Resultado: a minoria vive (e muito bem) à custa da maioria. Em compasso, a desigualdade galopa. A fenda colossal entre os que possuem e os que não possuem cresce exponencialmente. Em fóruns e congressos internacionais, selados por confidencialidades de Estado, presidentes e chanceleres prostram-se perante agentes do capital financeiro, do agronegócio, de indústrias bélica e farmacêutica, em suma, da sedenta burguesia. Uma burguesia que não mais contenta-se em abarcar uma ou duas fabriquetas. Os novos senhores do mundo detêm um poder institucionaliza-

do, legal, dado a eles de bom grado. Controlam empresas descomunais, exércitos inteiros e serviços básicos para mim e para você – todos eles ditados pelo capitalismo. A nós a ilusão. A ilusão de um mundo regado a consumo exacerbado. Consumo. A chave-mestra dos novos senhores do mundo. É graças ao consumo que as guerras seguem. Que o genocídio de crianças permanece. Que a escravidão ainda está em voga. Que a fome ainda é uma doença sem remédio. Saiba disso: a liberdade não é importante para os novos senhores do mundo. Enquanto permanecer submisso e prostrado ela não terá valor algum. E sua vida, se não defendida com luta e suor, valerá muito menos.

Fique atento!

por Sargento Cristiano Borges

Parada rapidinha Quem é que nunca parou seu veículo no meio da rua para o embarque ou desembarque de um passageiro, ou até mesmo na porta do Banco para sacar rapidamente um dinheiro? Muitas vezes aquela atitude que aparentemente aparece não ter problema é também uma infração de trânsito. É comum, principalmente nas portas de escolas, no horário de entrada ou saída de alunos, o pai ou a mãe pararem o seu carro no meio da rua para que o filho embarque ou desembarque, como a maioria das áreas escolares tem suas entradas com espaços regulamentados somente para o estacionamento e parada de veículos de transporte escolar, não é difícil ver a FILA DUPLA formada nos acessos da unidades escolares. Observa-se também alguns motorista, nas ruas tipicamente comerciais, quando na falta de vaga para

parar ou estacionar, acabam por imobilizar seu automóvel na porta do estabelecimento comercial, no meio da rua, para desta aguardar o embarque ou desembarque de outra pessoa. Em ambos os exemplos, muitos cidadãos preferem arriscar, parando em fila dupla, gerando um transtorno para os demais veículos que desejam passar pela Via Pública. Segundo o Código de Trânsito Brasileiro, Estacionar o veículo ao lado de outro veículo em fila dupla é Infração de natureza grave. Outra PARADA RAPIDINHA que comumente ocorre é a parada ou o estacionamento em porta de estabelecimentos bancários. Como a sinalização desses locais, em sua maioria prevê o estacionamento regulamentado somente para os veículos destinados à TRANSPORTE DE VALORES, alguns motoristas estacionam seus auto-

móveis, muitas das vezes com o PISCA ALERTA LIGADO, o que não é pré definido em lei como permitido, prevalecendo a sinalização do local, que permite o Estacionamento de Valores somente para veículos devidamente autorizados, caso dos carros forte, então não corra risco, vale mais procurar uma vaga p ermiti da a estacionar em locais e horários proibidos especificamente pela sinalização pela placa - Proibido Estacionar, que configura Infração de natureza média. Fique atento, cumpra as normas estabelecidas em lei sempre no intuito de promover um Trânsito cada vez mais cortês e seguro.

Alunos do projeto Cata Vento visitam o Clube dos Boiadeiros Nesta última sexta-feira (07), o Projeto Cata Vento esteve participando de um passeio cultural onde puderam visitar as instalações do Clube dos Boiadeiros de Itararé para conhecer as origens e a cultura dos tropeiros de nossa cidade, onde realizaram várias atividades recreativas dentre elas passeios a cavalo e um belo piquenique embaixo das árvores podendo desfrutar da natureza. O Cata Vento é um Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos desenvolvido através da Secretaria Municipal de Assistência Social e referenciado ao CRAS Novo Horizonte, onde atende crianças e adolescentes com a idade de 06 a 13 anos de famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família e que se encontram em situação de vulnerabilidade ou risco social. O serviço tem como objetivo viabilizar trocas culturais e de vivências entre pessoas, fortalecendo vínculos familiares e sociais, incentivando a participação social, o convívio familiar e comunitário e estimulando o desenvolvimento do sentimento de presença e identidade, trabalhando pela prevenção de situações de violação dos direitos da criança e do adolescente, tendo como foco principal os que são explorados pelo trabalho infantil e outras situações. A Secretaria Municipal de Assistência Social, Bárbara Lechinski Cardoso Camargo, a Coordenadora do CRAS NOVO HORIZONTE, Vanessa Roberta Santos Pedroso e a Técnica de Projetos Sociais, Rose Cristina Neves em nome do Projeto Cata Vento. Agradece a atenção do presidente do Clube, Emerson Bueno de Moraes pela parceria e por recepcionar tão bem as crianças. O presidente Emerson Mo-

raes, enfatizou que as portas estarão abertas para realizar

quaisquer atividades que o município necessite.

Programa de Iniciação Científica tem prazo de inscrição prorrogado O Programa de Iniciação Científica FAFIT 2014 prorrogou o prazo de inscrição para até o último dia do mês de fevereiro de 2014. As informações necessárias,

tador e do aluno e o modelo informativo para o projeto de pesquisa, estão disponíveis no link: h tt p :/ / w ww. fa f it . c om . br / cont.php?c=iniciacao_cientifica.

Notas da Polícia Militar

Prefeitura recupera mais um veículo da sua frota A Secretaria de Serviços Municipais recuperou mais um veículo da sua frota. Dessa vez foi um caminhão usina de asfalto. Segundo a Secretaria, o veículo que estava parado

assim como o edital com as informações para a inscrição no Programa, os formulários de inscrição, de avaliação do projeto, os de pontuação do orien-

desde o ano de 2004 teve várias peças recuperadas e outras foram trocadas. Desde o dia 03, o caminhão está nas ruas realizando o trabalho de tapa buracos. Na semana passada a manutenção

foi feita na Rua Gabriel Jorge Merege, no Jardim Alvorada. A Secretaria informa que também recuperou um caminhão utilizado para o transporte de caçambas.

Embriaguez Ao Volante I No dia 15, por volta das 19h, policiais militares ao atenderem uma ocorrência de acidente de trânsito sem vítima, no cruzamento da Rua Nove de Julho com a Rua Campos Salles, foi constatado que um dos condutores apresentava alterações na fala, confusão, bem como euforia. Com o apoio da Guarda Municipal de Itararé foi realizado o exame etilométrico, que comprovou seu estado de embriaguez. Foi dada voz de prisão ao condutor e o mesmo encaminhado à Delegacia de Polícia, sendo apresentado ao de-

legado, que ratificou o flagrante delito pelo crime de “EMBRIAGUEZ AO VOLANTE”, elaborado a multa cabível. O indiciado permaneceu à disposição da Justiça. Embriaguez ao Volante II No dia 16, por volta da 01h05, policiais militares foram atender uma ocorrência de acidente de trânsito sem vítima pela Rua Amazonas Ribas, no Centro, por onde um indivíduo que conduzia um veículo veio a se chocar com outro que estava estacionado. Ao realizarem a verificação da

documentação, bem como do condutor causador do acidente, este aparentava ter ingerido bebida alcoólica. Sendo assim foi solicitado apoio da Guarda Municipal de Itararé que ao submeter o condutor ao teste do etilômetro foi constatado o estado de embriaguez. Foi dada voz de prisão ao condutor e levado à Delegacia de Polícia, sendo apresentado ao delegado, que ratificou o flagrante delito pelo crime de “EMBRIAGUEZ AO VOLANTE” e elaborado a multa cabível. O indiciado permaneceu à disposição da Justiça.


04

19 de fevereiro de 2014

Mamografia sem consulta está Prefeitura irá oferecer apenas Matinê de Carnaval este ano liberada e município adere A partir do dia 17, mulheres de 50 a 69 anos não precisarão mais de pedido médico para fazer mamografia nas unidades de saúde da rede estadual de São Paulo. No mês do seu aniversário, a paciente poderá procurar um dos locais do programa ou ligar para uma central telefônica e agendar o exame - sem consultar um médico. O programa foi anunciado no dia 05, Dia Nacional da Mamografia. Conforme o secretário de Estado da Saúde, David Uip, a ideia é “desburocratizar” o processo de marcação do exame e ampliar o acesso à detecção precoce do câncer de mama. “Depois de feito o exame, a avaliação do resultado será online, em 48 horas, por uma equipe a distância. Caso haja suspeita de câncer de mama, a mulher será encaminhada para ultrassom e biópsia e, em seguida, para tratamento. Hoje, ela precisaria passar três vezes pelo médico para chegar a essa etapa”, afirma. O câncer de mama é o tipo de tumor mais comum entre as mulheres brasileiras, com exceção do câncer de pele não melanoma. Conforme estimativas do Ministério da Saúde, 57 mil

mulheres terão o diagnóstico da doença neste ano em todo o País. Dados divulgados ontem pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca) mostram que só o Estado de São Paulo deverá concentrar 16 mil registros. Um levantamento inédito da Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) em 11 Estados mostra que 1 em cada 8 mamógrafos instalados em hospitais públicos está sem uso - na maioria dos casos, por falta de conserto ou de operadores. Indicase ainda que pelo menos metade das cidades brasileiras com

menos de 50 mil habitantes não tem mamógrafo. Em Itararé, segundo Keila Bertti, coordenadora de Atenção Básica do Município de Itararé a partir de quarta-feira, o município estará aderindo ao projeto em todas as 11 Unidades Básicas de Saúde. Ainda segundo ela, a iniciativa vai resultar em mais rapidez e organização na realização dos exames além de reduzir a mortalidade dessa faixa etária, que, segundo um estudo realizado recentemente, está muito alta em todo o país.

Centro de Convivência do Idoso está em novo endereço A Secretaria Municipal de Assistência Social informa que o Centro de Convivência da Pessoa Idosa, que funcionava na Rua Prudente de Moraes, 1.741 não fechou, apenas mudou de endereço para poder atender melhor e com mais qualidade as pessoas que necessitam desse serviço. A Secretaria também informa que o Centro de Convivência da Pessoa Idosa está passando por uma reformulação

para se adequar à legislação e às orientações técnicas do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. “O Centro é direcionado a pessoas com idade acima de 60 anos que se encontram em situação de vulnerabilidade social. Esse espaço de convivência deve realizar atividades de convívio, encontros, oficinas, trabalhos em conjunto com a família, além de atividade física e de lazer”,

esclarece a secretária. As pessoas que frequentavam o antigo Centro do Idoso e que quiserem continuar realizando atividades físicas podem procurar o Posto de Saúde mais próximo de suas residências e se inscreverem no Projeto Saúde em Movimento. Para mais informações procurar o CRAS Centenário, localizado à Rua Névio Samuel Bardal, 97, Parque Centenário.

O Carnaval de Rua deste ano está sendo organizado pelo Setor de Eventos da Prefeitura, e segundo a responsável Maritza Fabiane Augusto, o evento será destinado principalmente às crianças e adolescentes da cidade. O carnaval adulto não acontecerá este ano. A matinê acontecerá nos dias 02 e 04 (domingo e terça) na Praça São Pedro, das 14h às 17h30. A animação do evento ficará por conta do Tataco e Banda. Além da música ainda haverá pintura no rosto das crianças e atividades de modelagem. Também serão distribuídos confetes e serpentinas para os participantes. O evento vai ser aberto ao público, estará todo amparado no quesito segurança, contando com o apoio do Conselho Tutelar, da Promotoria e da Guarda Municipal.

Coluna Prodonto

por Dr. Bruno A. Pelissari

Problemas causados pela respiração bucal Quando seu padrão de respiração nasal é insuficiente, considera-se o paciente um respirador bucal. Este problema pode ser de origem simples, como uma obstruçäo nasal. Quando näo solucionada, leva a alterações em todo o organismo, tais como: crescimento da face, problemas respiratórios, postura e forma de andar, e desenvolvimento intelectual. A história clínica do paciente com respiração bucal é característica. Freqüentemente, encontramos amigdalites recorrentes, rinite alérgica, hipertrofia de adenóides, etc… É relatado também ronco, mau hálito, síndrome da apnéia obstrutiva do sono, irritabilidade e/ou agressividade sem causa aparente. Os hábitos cronicamente adquiridos e mantidos, como o uso prolongado de chupeta e mamadeira com bico inadequado, falta de aleitamento materno, podem levar a respiração bucal. A postura errada da mamadeira poderá dificultar a respiração pelo nariz, acarretando a respiração pela boca. A posição do bebê no berço pode ser causa de respiração bucal, pois se ele estiver

mal posicionado não conseguirá respirar pelo nariz. Existe ainda o hábito de respirar pela boca, apesar da possibilidade de respirar pelo nariz, que atualmente é denominada disfunção, isto é, o paciente não respira pelo nariz devido aos anos de obstrução real que o impediram de respirar adequadamente, seus lábios adquiriram uma posição inc orreta, ocas ionada pela falta de tonicidade, sendo necessário uma terapia fonoaudiológica que o ajude a respirar pelo nariz. A respiração bucal obriga o paciente a manter a boca aberta, para suprir a deficiência de ar respirado, alterando o equilíbrio da musculatura facial. Tornando-se altamente comprometedora no desenvolvimento de forma e contorno dos arcos dentários. Das mais variadas causas de problemas de posicionamento dentário e mordida, a respiração bucal é a mais potente, constante e variada em seus resultados. O desenvolvi men to assi mét ric o d os músculos, como dos ossos do nariz, maxila e mandibula, é uma desorganização das funções exercidas pelos lábios, bochechas, e língua. Os efei-

tos da respiração bucal são sempre manifestados na face. O nariz é pequeno, curto, com asas retas; as bochechas ficam pálidas e baixas; a boca fica constantemente aberta; o lábio superior é curto; a mandíbula fica posicionada para trás e tem falta de desenvolvimento, sendo geralmente menor que o normal em seu comprimento, provavelmente devido a pressões não equilibradas dos músculos. O paciente com obstrução das vias aéreas está constantemente doente, sentindo-se cansado devido à diminuição da qualidade do sono, chegando às vezes a ter problemas de insônia. A prevenção deve ser feita por todos os profissionais de saúde, principalmente por médicos, dentistas, fonoaudiólogos e professores de educação física. O tratamento precoce evita o agravamento da doença, isto é, ainda em fase de crescimento. Bruno Andrade Pellissaridentista,Pós-graduando em Ortodontia e Ortopedia Facial


05

19 de fevereiro de 2014

Instância La Puríssima promoveu Leilão de Equinos No sábado (15), aconteceu no Centro de Eventos de Itararé, o 1° Leilão de Equinos da Instância La Puríssima de Itaporanga. Organizado pelo especialista na área, o popular Neguinho, juntamente com o proprietário da Instância, Luiz Carlos Maeda, o evento contou com a participação de empresários de toda a região, além de compradores de cidades distantes como Curitiba, Pato Branco, Lapa e Indaiatuba, que participaram do leilão por telefone. Iniciado com a apresentação dos 32 animais disponíveis para venda, logo em seguida foi servido um almoço e posteriormente dado início à cerimônia leiloeira. Segundo Neguinho, o preço médio estimado de cada

animal foi de R$ 7.200,00, sendo o que o maior lance dado alcançou o valor de R$ 19.500,00 (comprador de Itararé). O evento contou com a participação de um grande número de cidadãos e autoridades de Itararé, interessados nos negócios. Os cavalos da Instância La Puríssima são famosos nacionalmente por sua genética e tratamento. Luiz Carlos Maeda, proprietário da La Puríssima disse que o objetivo desde evento foi fomentar mais a raça crioula, que eles estão criando recentemente, embora sejam apreciadores de cavalos em geral. Ainda segundo o proprietário, a venda dos cavalos está acontecendo para expandir a criação da raça

e eles teriam ficado com duas crias de cada água leiloada. Segundo o organizador e idealizador do evento, em agosto será realizado um “crioulaço” em Itararé, juntamente com a Festa de Laço, evento que contará com a participação de todos os cavalos comprados neste sábado, que disputarão uma moto durante as provas, que será doada pelo Sr. Maeda. De acordo com Neguinho, a ideia é expandir ainda mais o evento para o ano de 2015. “Para Itararé é muito bom, porque recebemos empresários de fora neste evento. Agradecemos a Sagro, que acatou na hora a nossa ideia e permitiu que este evento fosse possível”.

Polícia recupera veículo furtado Na tarde do dia 13, por volta das 13h30, a Polícia Militar recebeu a informação de que pela Rua Tapuias, na Vila Sinhá, havia um veículo parado, o qual se tratava de produto de furto. Chegando ao local, os policiais se depararam com um Fiat Strada, placas ERN-2718, que após pesquisa foi constatado que havia sido furtado no final da tarde do dia 12 pela Rua Frei Caneca. Segundo informações de testemunhas, quatro jovens estariam tentando funcionar o veículo, tendo recebido o auxílio de uma Parati verde. Enquanto a viatura efetuava a preservação do veículo encontrado, a Parati passou próximo ao local dos fatos e imediatamente a Guarnição iniciou o acompanhamento do veículo, que seguiu sentido Bairro do Cerrado, mesmo com intensa chuva pela Rodovia Aparício Bíglia Filho. Foi solicitado auxílio da Polícia de Riversul e no Bairro do Cerrado, os ocupantes da Parati foram abordados e constatado após reconhecimento de uma testemunha, tratar-se do automóvel e das pessoas que tentavam ajudar os demais indivíduos a funcionar o Fiat Strada. Eles foram encaminhados ao Plantão Policial, dois indivíduos foram presos por suspeita de envolvimento no furto. Fotos: Milton Komnicki

No final da noite de segunda-feira (10), por volta das 23h25, a Polícia Militar recebeu um chamado via 190, para atender uma ocorrência de acidente de trânsito envolvendo dois veículos pela Rua São Pedro, na Vila Tonico Adolfo. A Polícia deslocou-se até o endereço solicitado e segundo informações o veículo Gol teria colidido na traseira de outro Gol, vindo a deslocá-lo a uma distância de aproximada de 50 metros adiante. O condutor do Gol, que so-

Veículo é recolhido ao Pátio da Ciretran No dia 11, por volta das 20h55, durante patrulhamento pela Rua Sofia Dias Menck, na Vila Santa Terezinha, a Polícia Militar deparou-se com um veículo Duster, cujo condutor já era conhecido dos meios policiais. Imediatamente o veículo recebeu “Ordem de Parada” e ao conferirem a documentação do seu motorista, confirmouse que o mesmo estava com a sua CNH – Carteira Nacional de Habilitação com “suspensão do direito de dirigir”. O veículo foi recolhido ao Pátio da 111ª CIRETRAN – Ita-

Colisão entre veículos na Rua São Pedro

raré e o condutor conduzido ao Plantão Policial para as devi-

das providências. Fotos: Milton Komnicki

freu a colisão foi convidado pelos policiais a submeter-se ao exame do Etilômetro, o que de pronto concordou. O resultado deste condutor foi de 0,00 mg/L, o que provou não estar sob o efeito de álcool. Já o motorista, que supostamente teria causado a colisão também foi convidado a submeter-se ao exame e no local dos fatos não estaria conseguindo fazê-lo. Desta forma todos foram conduzidos ao Plantão Policial

para as devidas providências, onde o possível autor do delito realizou o bafômetro tendo como resultado 0,93 mg/L. Diante do exposto, a autoridade policial, Dr. Carlos de Moraes Silva arbitrou a “FIAN ÇA” no v al or d e R$ 1.000,00, o qual não efetuou o pagamento da mesma, sendo então preso em flagrante delito e conduzido à Cadeia Pública de Capão Bonito, estando agora à disposição da Justiça Pública. Fotos: Milton Komnicki


06

19 de fevereiro de 2014

População questiona serviços e materiais utilizados nas obras das casas da Vila Novo Horizonte N as últimas semanas algumas pessoas postaram nas redes sociais que as 36 unidades habitacionais, que estão sendo construídas pelo Programa Minha Casa Minha Vida, na Vila Novo Horizonte, estariam sendo feitas com material de má qualidade e que os profissionais estariam realizando os trabalhos sem EPI’s e/ou procedimentos corretos de segurança. Nossa equipe de reportagem buscou a averiguação dos fatos junto ao secretário da Habitação e Meio Ambiente, Antônio Robson Ferreira. Confira a entrevista a seguir: IN - Como está o andamento das construções do Programa Minha Casa Minha Vida da Vila Novo Horizonte? Robson - Mais uma vez agradecemos a oportunidade que temos de esclarecer acerca de questões relativas à nossa Secretaria. O PMCMV 2 está com um ritmo de obras adequado e até o presente momento a expectativa de entrega atende ao que está expresso no cronograma de obras. IN - Algumas pessoas alegam

que a construção está sendo realizada com materiais de baixa qualidade e que os funcionários teriam recebido ordens de misturar o concreto usado com a terra presente no local (estão dizendo que ao esfregar a mão sobre a coluna a mesma esfarela com o simples atrito). Essa afirmação procede? Robson - Importante seria definir quem são essas “algumas pessoas”, porque a utilização do termo fica vaga até para definir a formação delas para emitir tal conceito. Talvez “algumas pessoas” tenham “alguma formação” técnica para a elaboração de um parecer, que é eminentemente técnico. Talvez, e talvez isso somente no talvez, o correto seria coletar informações junto à Secretaria de Habitação e verificar que as construções estão sendo executadas de acordo com a técnica adequada. Com relação à questão de que funcionários teriam sido instados a misturar terra para composição do concreto, acredito não ser verdadeira, pois todo construtor tem ciência do Código do Consumidor e na área de edificações eles sabem quais

são as responsabilidades e as penas por seu descumprimento. Além dessa questão recebemos mensalmente, para que sejam feitas as liberações orçamentárias, Laudo Técnico elaborado por profissional técnico responsável pela obra e que é devidamente credenciado pelo CREA. Acompanham este Laudo os levantamentos fotográficos para visualização do andamento da obra. Essa documentação é encaminhada à Família Paulista, que é a gerenciadora do Programa em nossa cidade, logo, há toda uma rede de responsabilidades que não pode ser ignorada. IN - Também existem denúncias de que os profissionais estariam realizando o trabalho sem EPIs e/ou procedimentos corretos de segurança. A obra está sendo fiscalizada quanto a isso? Robson - O Ministério do Trabalho exige que todo trabalhador use os EPIs adequados à função exercida e todo construtor busca fazer com que isso seja cumprido. Quem trabalha na construção civil sabe das grandes dificuldades que existem para conscientizar o funcionário a utilizar os equipamentos corretamente. Nas vezes que estivemos na obra e fazemos isso sem avisar o construtor, notamos os profissionais trabalhando com os EPIs. Eventualmente pode ser que isso ocorra, porém não é regra, o que é regra é a utilização de equipamentos de proteção individual e procedimentos corretos de segurança, visando resguardar a integridade das pessoas (funcionários ou não) e tentamos até mesmo não permitir a circulação de estranhos na obra para evitar acidentes. IN - Qual o valor do inves-

Transporte Escolar tem novo supervisor O pedagogo Fábio Moreira assumiu o cargo de supervisor de Transporte Escolar do Município de Itararé. Com experiência de 3 anos no controle de frota da Secretaria de Saúde da cidade de Sengés, afirmou estar feliz com o convite e sabe o tamanho da responsabilidade e desafios que a função traz, que é o de transportar alunos de todas as idades e particularidades com eficiência, segurança e principalmente organização e promete muito empenho. No dia 07, Fábio esteve na

cidade de Itapeva onde recebeu das mãos da prefeita Cristina Ghizzi, que foi dada pelo governador do Estado, Geraldo Alckmin, as chaves de um ônibus escolar, doado ao município pelo Governo. O micro da marca Volkswagen com capacidade para 21 passageiros é adaptado com elevador para o transporte de cadeirantes. O supervisor está fazendo um levantamento da situação atual da frota e de todas as linhas, tanto da zona urbana, quanto da zona rural “Faremos alguns ajustes, que facilitarão a

vida de alunos, professores e motoristas” concluiu. Entre os planos do novo supervisor estão a criação de um serviço de atendimento ao usuário através de tele atendimento com telefone e e-mail para receber denúncias, sugestões e para tirar dúvidas sobre o transporte escolar; uniformizar e capacitar motoristas e monitores; mapear e identificar todos os pontos de ônibus escolares; a criação de um Conselho Municipal de Transporte Escolar e a criação de uma base com estacionamento para todos os veículos.

timento? Robson - O investimento total importa em R$ 900.000,00, que em princípio parece ser um número estrondoso (não deixa de ser), mas que divididos pelo número de unidades (36) importaria num total de R$ 25.000,00/ unidade. Cada unidade possui 46,60 m², o que significa que o custo /m² de cada gira na faixa de R$ 536,50. Externamente ao programa provavelmente (de forma particular) não conseguiríamos construir tais casas com as mesmas metragens, pois o custo seria maior. A contrapartida da Prefeitura são os terrenos, o trabalho de terra, sistema de água e esgoto (parcerias SABESP e ELEKTRO). Então as casas são construídas de meio tijolo (o que não afeta o resultado final), a ferragem (pela carga atuante) é adequada... etc... etc... O que

podemos garantir é nosso esforço para que os mutuários possam ter uma moradia digna, construída de forma adequada e que possa, além de abrigá-lo fisicamente, abrigar também seus sonhos. Gostaríamos muito de poder trabalhar com áreas maiores, com mais espaço, mas infelizmente isso ainda não é possível. Quem sabe um dia. IN - Qual o prazo de entrega dessas casas? Robson - Como dissemos existe um cronograma de obra e este cronograma pode eventualmente sofrer algum atraso devido a diversos fatores tais como: atraso na chegada de um determinado material à obra, intempéries, falta de mão de obra adequada, etc. O que consta no contrato firmado é que o prazo é de um ano a partir do início efetivo da obra, logo a previsão de entrega é para maio

(aproximadamente). Importante frisar que concluídas as obras há ainda um pequeno espaço de tempo necessário para documentar os imóveis (registros). Assim esperamos. Assim desejamos e por isso trabalhamos. IN - Quer deixar alguma mensagem à população? Robson - Não costumamos prometer coisas que não podemos cumprir, logo nossa única afirmativa é que temos buscado através do trabalho e do entender a máquina pública, fazer com que nossas ações sejam produtivas. Vou reiterar uma vez mais a disponibilidade que a Secretaria se põe para tirar as dúvidas com relação a questões ligadas a ela preferencialmente. Nosso endereço é Praça Siqueira Campos, 230, Centro, fones (15) 3531-4051 à disposição de todos que queiram conversar conosco.

Professores de Língua Portuguesa são capacitados No dia 11, cumprindo um adendo no contrato do Caderno São Paulo Faz Escola entre Governo do Estado e Prefeitura Municipal de Itararé, os professores de Língua Portuguesa da rede municipal e estadual do ciclo III e IV participaram de uma capacitação no Núcleo Tecnológico da Escola Heitor Guimarães Côrtes. A capacitação teve como tema principal “MEDIAÇÃO E LINGUAGEM”, sendo o dia todo de formação, com videoconferência, debates, leituras, argumentações, sugestões, críticas e inovações para a disciplina. Os trabalhos foram condu-

zidos pela professora e coordenadora do Núcleo Pedagógico

de Língua Portuguesa, Fabiane Gasparini, que faz parte da Diretoria Regional de Ensino de nossa cidade. A Secretaria Municipal de Educação agradece a todos os professores pela participação, a Diretoria Regional de Ensino por essa parceria e espera que essa seja a primeira de muitas ações que estão por vir.

“Errata: Na edição anterior do jornal Itararé News, na matéria publicada sobre a missa em homenagem a Nossa Senhora de Lurdes, publicamos que a missa foi realizada pelo Pároco Nei, porém a cerimônia, na realidade, foi efetuada pelo Padre Elísio Anunciação, da Paróquia Nossa Senhora da Conceição.” 


07

19 de fevereiro de 2014

Vereadores cobram verbas para a recuperação da via Paulo Ferreira O governador Geraldo Alckmin oficializou no último dia 07, em visita a Itapeva, a criação da 16ª Região Administrativa do Estado de São Paulo, durante solenidade que reuniu secretários, prefeitos e lideranças políticas dos municípios do Sudoeste Paulista. “A medida vai aproximar o governo da população e fortalecer o desenvolvimento regional”, disse Alckmin. Segundo o governo, as RAs têm por finalidade promover a descentralização da administração pública, tornando mais ágil a prestação de serviços à população. Presentes ao evento a prefeita Cristina Ghizzi e, representando o Legislativo, os vereadores Laércio Amado, Lú-

cio Mariano e Mara Galvão. Durante a solenidade, Itararé recebeu mais um ônibus escolar. “Espero que nossa prefeita tenha entregado ao governador uma lista de prioridades para nosso município. Vimos vários deles serem contemplados com recursos e benfeitorias e Itararé, com a segunda população da RA, não recebeu praticamente nada”, ressaltou o vereador Laércio Amado. “A criação da16ª região administrativa é um projeto de mais de doze anos do deputado estadual Campos Machado, de meu partido, o PTB. Esta região tão carente tem que ter agora a atenção que merece e que tanto necessita.

Secretário da Agricultura explica queda na produção agrícola

Eu e o vereador Lúcio Mariano apr oveitamos também para cobrar do governador a sua promessa de liberação de recursos para recuperação da via Paulo Ferreira, que é competência do Estado”, comenta Mara Galvão. A área que compõe a 16ª RA – que terá sua sede em Itapeva - é a primeira do estado em minérios e também está entre as que mais produzem grãos, além de concentrar grandes projetos de reflorestamento. Apesar destes pontos de destaque em sua economia, a maioria dos municípios ainda apresenta baixos indicadores sociais. Ela engloba 32 municípios, inclusive Itararé, e uma população de aproximadamente 600 mil pessoas.

Chuva deixa motoristas apreensivos em Rodovia A forte chuva que se abateu na tarde de quinta-feira (13), acompanhada de rajadas de vento assustou motoristas, que transitavam pela Rodovia Aparício Biglia Filho, no momento do ocorrido. Segundo testemunhas, a tempestade começou muito rápida e em poucos segundos, já mal se conseguia enxergar a pista. Além disso, vários destroços de galhos e folhagens invadiram a estrada. Uma árvore caiu e segundo a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros nenhuma ocorrência foi registrada no local.  

O secretário municipal da Agricultura e Pecuária, José Roberto Cogo, explicou em nota porque houve uma queda na produção agrícola dos últimos meses e consequentemente uma diminuição no repasse dos produtos às entidades assistenciais atendidas pelo PAA, confira: Neste início de ano estamos enfrentando inúmeras adversidades, tais como: CLIMA: A temperatura está acima da média (a maior média dos últimos 71 anos), sendo acompanhado de períodos de seca, que vem se acentuando desde o início da estação chuvosa. Como consequência estamos com falta de água na cida-

de desde dezembro passado e no campo muitos açudes estão secando, as minas diminuindo a quantidade de água e os poços atenuando a vazão. A união de altas temperaturas e seca tem causado quedas acentuadas na produção, qualidade e na produtividade dos agricultores familiares. MOSCA BRANCA: Concomitante a isso temos uma severa infestação de “mosca branca” com um agravante, este ano a mosca está transmitindo “viroses” para as culturas. HELICOVERPA ARMIGERA: Soma-se aos dois fatos anteriores a infestação de “Helicoverpa armigeira” que, no ano pas-

sado atacou principalmente as lavouras de soja e trigo, mas neste início de ano está infestando as verduras e legumes dos agricultores familiares. CHUVA DE GRANIZO: No entardecer do último dia oito de fevereiro, tivemos uma chuva acompanhada de vento e granizo que prejudicou, ainda mais a produção de nossos agricultores familiares, chegando em alguns casos a 100% de perda. Diante do exposto acima é nosso dever avisá-los com antecedência todas as quedas de produção que estamos enfrentando, podendo ainda, caso não venha a normalidade das chuvas a se agravar ainda mais.

Professor ministra curso de Desenho Mário Machado, desenhista e pintor, que trabalha há 28 anos como professor de desenho em Itararé, sendo destes, 25 destinados a projetos sociais está promovendo no CPP (Centro do Professorado Paulista de Itararé, ao lado da E.E. Tomé Teixeira) o curso de Desenho: retrato,

caricatura, desenho de humor, HQ e mangá, nível médio e avançado. O professor Mário é um dos maiores desenhistas de Itararé e já possui trabalhos publicados em revistas tanto nacionais como do exterior. As aulas serão realizadas às

segundas-feiras, para crianças a partir de 6 anos e iniciantes e quintas-feiras, para jovens a partir de 14 anos, adultos e pessoas já com experiência. Os horários são das 9h às 11h e das 15h30 às 17h30. A inscrição custa R$ 50,00 e as mensalidades são de R$ 60,00 com mate-

rial e apostila incluídos. Entre os módulos a ser estudados estão desenhos de objetos e composições, desenhos alternativos, isometria, retrato, anatomia, perspectiva, sombreamento, texturas, cartum (desenho de humor) e mangá (quadrinho japonês).


08

19 de fevereiro de 2014

Obras do PSF Jardim São Paulo continuarão paradas até a segunda licitação

O

projeto do Posto de Saúde, existente no Jardim São Paulo, em Itararé está com as obras paradas desde 2011. O motivo: a empresa que ganhou a licitação e deu início às obras desistiu do serviço. Em várias sessões da Câmara Municipal, o vereador Rodrigo Fadel tem cobrado do Executivo o retorno da construção. O vereador também denuncia que, com a falta de trabalho na obra, a mesma está sendo usada por usuários de drogas, além de destruída durante a noite por vândalos. Visando buscar explicações e esclarecimentos sobre o caso, nossa equipe de reportagem procurou o secretário de Obras, Luiz Carlos Colturato. Segundo

Tivemos dezenas de licitações desertas, onde não aparece ninguém ou a que aparece não é compatível com a obra, não cumpre os requisitos básicos para o serviço.

o secretário, a complicação foi a obra ter sido abandonada após iniciada. Confira a entrevista completa a seguir:

IN – Por que as obras do Posto de Saúde do Jardim São Paulo encontram-se paradas? Secretário – O Posto de Saúde do Jardim São Paulo teve um problema de abandono pela empresa que estava realizando as obras. Isso deu um problema sério, porque diante da lei não se pode simplesmente substituir a empresa. Devido a isso teve todo um processo para legalizar a saída desta empresa, em que posteriormente fomos obrigados a contatar as outras duas empresas que participaram da licitação original, para convidá-las a dar continuidade ao processo, porém nenhuma delas teve interesse em conduzir a obra. Diante disso foi possível perante o Ministério comprovar que a obra foi abandonada e então iniciar um novo processo licitatório. Os processos licitatórios em Itararé, porém estão com um problema sério. Nós tivemos dezenas de licitações desertas, onde não aparece ninguém ou a que aparece não é compatível com a obra, não cumpre os requisitos básicos para o serviço. Por isso as licitações estão sendo realmente processos demorados e complicados. Mas para este ano com certeza a finalização desta obra é uma das prioridades. Uma parte do recurso destinado a ela ainda está depositada, mas a Prefeitura terá que dar uma con-

trapartida de cerca de R$ 180 a R$ 200 mil, que já está sendo providenciada. IN – Qual é o problema desta construção? Porque a empresa quis abandonar a obra e nenhuma das outras demostrou interesse em assumi-la? Secretário – Com a obra em si não há problema nenhum. O que fez com que a empresa oficial abandonasse a obra foi sua própria falta de condições, afinal esta não foi a única obra abandonada por esta empresa na cidade. Tivemos cerca de 4 ou 5 obras de igual porte abandona-

Legislativo envia Moção de Repúdio contra a Elektro Em sessão ordinária do dia 10, o vereador Lúcio Mariano iniciou sua fala sobre a situação dos atendimentos e serviços oferecidos pela empresa de energia elétrica Elektro em Itararé. Segundo o vereador, o mesmo teria percorrido a cidade durante a noite, onde em alguns bairros havia mais de 20 pontos escuros (postes com lâmpadas queimadas, quebradas ou até mesmo sem elas). “Eu gostaria que ficasse registrado nesta casa nosso repúdio à Elektro, mais uma vez, e que fosse convocado para

esta Câmara o diretor regional, numa reunião aberta ao público, para que ele possa trazer SOLUÇÕES dessa vez, e não explicações, e também possa ouvir a opinião da população quanto aos serviços oferecidos pela empresa”. O vereador ainda criticou o fato de vir na conta dos moradores a taxa pela iluminação pública, pois segundo ele há muita gente pagando por uma coisa que não tem. O vereador Rodrigo Fadel propôs fazer com que a Elektro execute o contrato feito com a cidade e pague as multas ne-

cessárias pelo mau atendimento e prestação de serviços

inadequada. Revoltado, o vereador Laércio Amado, autointitulado defensor da iluminação pública do município, criticou o fato do Executivo ainda não ter realizado a licitação para a contratação de uma empresa, a fim de fazer o levantamento dos pontos escuros da cidade. O vereador deu o prazo de uma semana para que os trâmites sejam iniciados e declarou que, após esse tempo se nada for feito, o secretário responsável pela Pasta será convocado pela Câmara para prestar esclarecimentos a respeito. Segundo os edis, a iluminação pública é uma das maiores inibidoras da violência noturna, portanto a falta da mesma é um caso de segurança pública.

das pela metade por esta empresa. Os outros que ganharam em 2º e 3º lugares não eram obrigados a pegar a obra, então não quiseram dar reinício a algo que já estava começado. IN – Existe um prazo para a entrega desta obra? Secretário – Devido toda essa situação nós não temos um prazo definido, não é como as outras obras que têm um prazo para terminar, mas o nosso interesse é terminar essa obra o mais rapidamente possível. IN – Existem denúncias de que, por estar abandonado, o

local têm sido alvo de bandidos e vândalos da cidade. O que pode ser feito quanto a isso? Secretário – Aqui em Itararé está sério esse problema de vandalismo. Nós até começamos a mexer lá em cima com um pessoal quando as telhas foram quebradas pela primeira vez, mas para evitar isso completamente seria necessária a presença de uma guarda 24 horas, o que nós não estamos tendo condições de fazer. Mas vamos ver se resolvemos isso tão logo saia o processo de licitação.

Nota de agradecimento Vimos através desta, agradecer sensibilizados, toda doação feita por sua entidade para a Campanha “Mão Amiga”. São ações como esta que caracterizam o espírito de solidariedade das pessoas, sensíveis às necessidades deste hospital que atende a população em geral. Assim sendo, aceitem nossos mais profundos agradecimentos, renovando, desde já, nossos protestos de distinta consideração e apreço. Jornal Itararé News Igreja Nossa Senhora Da Conceição (Matriz) 6º Igreja Do Evangelho Quadrangular 4º Igreja Do Evangelho Quadrangular Igreja Do Evangelho Vivo Comunidade Da Paz 1º Igreja Do Evangelho Quadrangular Igreja Adventista Do Setimo Dia Comunidade Crista De Itararé -

Abba Comunidade Evangelica Fonte Das Aguias Cofesa Loja 02 Cofesa Loja 07 Cofesa Loja 09 Faz Farma Associação Dos Vicentinos   Grupo Da Terceira Idade Escola Estadual Tomes Teixeira Escola Estadual Professor Caetano Carbone Escola Estadual Herculano Pimentel  Escola Estadual Heitor Guimaraes Cortes Escola Estadual Dr. Epaminondas Ferreira Lobo Colegio Objetivo Escola Etec Colégio Adventista De Itararé Atenciosamente, Marcos R. Giannella Interventor Decreto nº 130/ 2013 SANTA CASA DE MISERICORDIA DE ITARARÉ


09

19 de fevereiro de 2014

Itararé agora tem Conselho Municipal de Turismo oficializado

E

m sessão na Câmara de Vereadores do dia 10 foi aprovada por unanimidade a lei que oficializa a criação do Conselho Municipal de Turismo – COMTUR, em Itararé. A existência do COMTUR é um dos critérios obrigatórios para as cidades que almejam receber o título de “Instância Turística”, além de verbas e investimentos federais podem ser destinadas ao Turismo Municipal. Em entrevista à nossa equipe de reportagem, o coordenador de Turismo, Edilson Moraes nos explicou sobre a importância desta conquista: IN – Quais as principais vantagens de se ter um Conselho Municipal de Turismo na cidade? Edilson – As principais vantagens de se ter um COMTUR oficializado na cidade é que com ele estamos cumprindo uma das exigências para se tornar um munícipio de interesse turístico do Estado de São Paulo. Além de se cumprir esses requisitos, com o Conselho nós temos uma proximidade na tomada de decisões do futuro do turismo da cidade, tanto pelo poder público, como pela sociedade em geral. Isso na esfera Municipal e Estadual. Na esfera Federal, o Conselho é um dos requisitos para recebermos verbas federais, pois é preciso que

a cidade tenha uma instituição e nós temos a Coordenadoria de Turismo, o Conselho, que agora foi oficializado. Precisamos do Inventário Turístico do Município. Este último é o processo mais demorado porque, pelo levantamento de preço que nós fizemos, o valor mínimo do mesmo é de R$ 50.000,00, e hoje o turismo de Itararé não tem a verba necessária para se trabalhar isso. Mas ter o inventário é algo realmente muito importante, porque nele será registrado toda a potencialidade do munícipio, com todo o mapeamento da área, tanto física, quanto do aspecto cultural e social, o acesso a essas áreas, enfim, é um mapeamento que não serve só para o turismo mas também para se ter uma visão geral do município e de seus potenciais. IN – De quem foi a iniciativa? Edilson – A iniciativa foi da Coordenadoria de Turismo. Desde o início do ano passado nós fizemos inúmeras reuniões a respeito, a participação não era efetiva de todos os segmentos, mas agora no final do ano, em que a participação foi maior, nós pudemos organizar tudo para oficializar a criação. IN – Sobre a participação popular: qualquer pessoa pode comparecer às reuniões do Con-

selho e dar ideias e opiniões sobre o andamento do Turismo na cidade? Edilson – Sim, qualquer pessoa pode participar. O poder de

voto é a única coisa exclusiva dos membros, mas a reunião é aberta e qualquer um pode participar. Inclusive é uma coisa interessante, porque de repen-

te a participação efetiva de um órgão, que não está dentro da lista de segmentos necessários para a constituição do Conselho pode, por decreto, vir a acrescentar mais como participante oficial. Porque se você for ver, hoje, nós temos uma gama de segmentos que têm interesse no aumento do turismo na região, sejam eles fotógrafos, postos de gasolina, farmácias e supermercados, não necessitando necessariamente ser pousadas, hotéis e restaurantes. Estes últimos são os que estão ligados diretamente ao turismo, mas todos os setores, porém, podem se beneficiar da atividade turística numa cidade. IN – Quais os segmentos necessários para a constituição do COMTUR? Edilson – Para constituir o COMTUR é necessário que haja uma paridade de membros do poder público e da sociedade civil. Em Itararé os segmentos participantes são: Associação Comercial e Empresarial de Itararé, Associação dos Monitores Ambientais de Itararé (AMAI), Rede de Hotéis e Pousadas, Associação de Artesãos, Restaurantes e Similares, Reflorestadoras, Sindicato Patronal e Rural, Caminho Cultural dos Tropeiros Paulistas, Paróquia Nossa Senhora da Conceição, Prestado-

res de Serviços Turísticos, Faculdade Fafit/Facic, ONGs ligadas à atividade turística, turismólogos (como representantes da sociedade) e Secretaria Municipal da Educação, Gabinete do prefeito municipal, Secretaria de Agricultura e Pecuária, Secretaria de Meio Ambiente, Secretaria de Finanças, Coordenadoria de Turismo, Coordenadoria de Cultura, Coordenadoria de Esportes, Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros, Câmara Municipal de Itararé, Secretaria de Serviços Municipal e Assessoria Jurídica (como representantes do poder público). IN – Qual a função do COMTUR? Edilson – Ao COMTUR compete avaliar, propor alterações e deliberar sobre planos e programas de desenvolvimento das áreas turísticas no município, bem como gerir políticas públicas de desenvolvimento, estabelecer parcerias com outros municípios, organizar e promover debates sobre assuntos de interesses turísticos, divulgar informações de interesse do setor, propor formas de captação de recursos para o desenvolvimento do turismo, promover eventos em cima do calendário da região, integrando os diversos segmentos correspondentes, entre outros.

Associação Intermunicipal Circuito Caminho das Tropas promove reunião na cidade Aconteceu na Câmara Municipal de Itararé na terça-feira (11), a segunda reunião da Associação Intermunicipal Circuito Caminho das Tropas. Estiveram presentes líderes do turismo regional, vereadores, membros da Associação e representantes das cidades de Itararé, Itaberá, Itapeva, Taquarivaí, São Miguel Arcanjo, Araçoiaba da Serra, Iperó, Tatuí, Porangaba, Boituva e Sorocaba. A pauta principal foi dar continuidade ao processo de reorganização da associação e ficou decidido pela formação de uma comissão formada pelos representantes dos municípios presentes para apresentarem aos prefeitos dos municípios envolvidos, a importância e necessidade da formação do Conselho de Prefeitos, o qual pode deli-

berar em última instância, sobre os assuntos gerais da associação e assim seguir o processo de constituição da Diretoria Executiva e Conselho Fiscal. O Caminho Paulista das Tropas faz parte do calendário turístico cultural do estado de São Paulo e existe um projeto de lei nº 1210, de 2009, que se dá a denominação de Caminho Paulista das Tropas, ao trecho da rodovia SP-259, entre o quilometro 99,5 da rodovia, Bairro Capelinha (município de Itaberá até o quilometro 357 + 800 metros, perímetro urbano em Itararé). Outro projeto de lei Nº 13.453, DE 13 de março de 2009 instituí o “Dia do Tropeiro”, a ser comemorado, anualmente, no dia 22 de maio. Os Tropeiros apareceram entre os séculos XVII e XIX, viaja-

vam no lombo de burros e mulas em um percurso que era a única ligação comercial entre as regiões Sul e Sudeste do Brasil entre Viamão-RS e Sorocaba. Itararé tem destaque especial, pois a passagem entre os estados de São Paulo e Paraná, no Rio Itararé, ficou conhecido como Barreira, devido a um posto de coletoria de impostos que havia no local. De acordo com Edilson Moraes, Coordenador de Turismo de Itararé, o Caminho Paulista das Tropas pode ser um grande impulsionador do Turismo Rural e Cultural em nossa cidade, com a criação de rotas rurais e culturais que atraiam visitantes, podendo assim agregar valores aos produtores do campo e também resgatar a forte cultura tropeira e rural que são tão marcantes na história do município.

Prefeita visita a Associação de Mulheres Empreendedoras da Agricultura Familiar No último dia 06, a prefeita Municipal Cristina Ghizzi esteve novamente presente no Distrito de Pedra Branca para uma reunião com a Associação de Mulheres Empreendedoras da Agricultura Familiar. Acompanhada do secretário municipal de Agricultura e Pecuária José Roberto Cogo e da vereadora Mara Galvão, a prefeita dirigiu-se ao Distrito com o intuito de conhecer a diretoria da associação, que segundo informado, compõe-se da seguinte forma: · Presidente: Nerci de Fátima Camargo Bonnoto. · Vice-presidente: Vanessa dos Santos Castanho. · 1ª tesoureira: Maria

Inês da Silva. · 2ª tesoureira: Terezinha Bibiano Rodrigues Ramos. · 1ª secretária: Cibele Gaspar de Barros. · 2ª secretária: Suélen Ramos da Silva.  Conselho Fiscal: · Presidente: Célia Maria Aparecida Pereira. · Vice-presidente: Neusa Rodrigues Pinheiro Vieira. · Suplentes: Vane Gonçalves da Silva, Neiva Maria Meira Santos, Kebin Bibiano Rodrigues Ramos e Ivone Alves.  Conselho Deliberativo: · Presidente: Denise Cristina de Souza Moraes. · Representantes: Eleonora Ferreira Machado de Barros, Erika Gaspar de Barros, Rosemara Rodrigues Pereira,

Lauriane Taynara Souza Machado Silva, Silvone Aparecida Matias e Sueli Martins da Silva.   A criação da Associação foi deliberada em outra reunião ocorrida a 15 de janeiro, onde essas mulheres apresentaram suas necessidades o os motivos para tomarem a iniciativa. A Associação, batizada de Sonhar, trará benefícios como o aumento da renda familiar, visto que seu objetivo é o beneficiamento de descartes da produção agrícola, a proximidade entre as mulheres e suas famílias, pois atualmente algumas delas precisam se deslocar do Distrito para poder trabalhar, e a independência financeira.


10

19 de fevereiro de 2014

Comando da Guarda Municipal é questionado e secretário afirma que ele cumpre todas as exigências para ocupar o cargo

E

m sessão de Câmara, o vereador Willer Costa Mendes, declarou apoio à causa iniciada há algumas semanas por Milton Komnicki, que visa comprovar as denúncias de que o atual comandante da Guarda Civil Municipal de Itararé não cumpriria com todos os requisitos previstos no edital para assumir o cargo. Segundo Milton, o mesmo deu início às investigações após inúmeras reclamações de guardas sobre o comandante, como de perseguição por parte do mesmo. Nossa equipe de reportagem entrou em contato com Milton Luís Komnicki para saber mais sobre o caso. Confira: IN – O que levou o senhor a desconfiar de que o comandante da Guarda civil Municipal estaria no cargo sob situação irregular? Milton – No dia 04 de dezembro de 2013 eu recebi informações de alguns GCMs descontentes com as atitudes que vêm sendo praticadas pelo atual comando da Guarda Municipal de Itararé. Eles me informaram de que, após quase um ano de gestão do atual comandante, não sabiam nada sobre o currículo profissional desta pessoa. Eles me procuraram, como jornalista, achei por bem auxiliálos e então protocolei um ofício aos cuidados do comandante solicitando respostas a três perguntas: “se ele seria mesmo um policial militar reformado; em caso de resposta afirmativa, quando de sua aposentadoria, qual seria sua graduação, seja soldado, cabo, terceiro sargento, segundo sargento, primeiro sargento e/ou oficial; e

caso resposta afirmativa, qual o tempo do mesmo exercido naquela graduação antes da aposentadoria”. Para esse meu pedido foi concedido o prazo de 15 dias. Passados mais de 15 dias eu ingressei novamente com uma reiteração deste pedido, pois o mesmo não havia nos respondido. Diante disto ele respondeu dizendo que era para eu encontrar um embasamento legal e fazer esta solicitação judicial. IN – Como está essa situação no presente momento? Milton – Diante de várias tentativas, reuniões, inclusive com membros do gabinete da excelentíssima senhora chefe do Executivo, na minha visão tentativas infrutíferas, porque ninguém me respondeu, eu, na condição de jornalista, que sempre tem fontes e não às revelam, consegui algumas informações a respeito do currículo profissional do comandante da Guarda Municipal de Itararé. Assim que tomei conhecimento dessas informações, novamente protocolei um ofício ao mesmo, indagando se seriam verídicas essas informações que eu recebi. Ele novamente, por sua vez, preferiu omitir a resposta, sem confirmar ou negar, e como cidadão e jornalista acho muito estranho uma pessoa ficar negando informações de seu currículo profissional. Depois dessas tentativas infrutíferas de eu tentar receber informações do comandante, eu tive acesso ao Decreto Municipal nº 34, de 14 de abril de 2000, onde em seu artigo 3º letra B reza que o requisito necessário para ser comandante na Guarda

Municipal de Itararé seria ter o ensino médio completo, ter atuado como autoridade policial civil militar, com conhecimento específico na área de segurança pública, em função de comando. É bom ressaltar isso, “em função de comando”, o que seria ter exercido a função ou cargo de sargento, ou seja, terceiro sargento ou superior. Até onde vão as informações que eu levantei, ele aposentou-se quando ainda ocupava o cargo de cabo, e em razão desta aposentadoria ele foi promovido a terceiro sargento. Segundo informações expressas a esse jornalista, no caso da promoção dele de sargento, ele não é de carreira, ele era cabo, e teria chegado a sargento no momento da aposentadoria. IN – O que o senhor espera que aconteça? Milton – Logo depois que eu procurei a pessoa do nobre vereador Willer, e que o mesmo manifestou-se na sessão da Câmara do dia 03 de fevereiro, recebi um convite para comparecer ao gabinete da prefeita no dia 04, onde eu inclusive convidei 2 representantes da diretoria da Associação dos GCMs, que é uma entidade privada, não pertencente nem à Guarda, nem à Prefeitura. Após conversas, a prefeita fez suas alegações de que na visão deles seria correta a permanência do comandante, porém a mesma se comprometeu de pedir um parecer ao Departamento Jurídico da Prefeitura. Pedi então à prefeita para que este documento fosse também me passado, para que eu pudesse publicar a análise do Jurídico da Prefeitura sobre o caso. Estamos no aguardo e continua sendo analisada a legalidade da continuidade dele ou não cargo. IN – O senhor gostaria de deixar alguma mensagem à população? Milton – Primeiramente eu gostaria de agradecer a confiança e a credibilidade tanto dos CGMs, quando de vocês da imprensa, por nos procurarem para saber da veracidade. Para a população eu gostaria de dizer o seguinte: jamais tenha receio de reivindicar os seus direitos. Nós vivemos num país onde a democracia impera, embora muitos falem que seja uma democracia mascarada, mas enfim, é uma democracia. Terrível foi na época em que não se podia opinar, em que a imprensa era impedida de tudo, por todos.

Hoje, não tenham medo de reivindicar e fazer valer seus direitos. Em entrevista o secretário municipal da Defesa Social, Gustavo Jansson e responsável pela a Guarda Municipal, falou sobre este caso, confira: IN – O comandante da GCM cumpre todos os requisitos para ocupar o cargo? Gustavo – Sim. Ele cumpre todas as exigências de acordo com a lei complementar nº 5 de 4 de abril de 2000, que dispões sobre a criação da Guarda Municipal de Itararé. Em seu anexo 1, dos requisitos para o cargo de comandante da Guarda Civil Municipal, ela diz que é preciso ter Ensino Médio completo, ter atuado como autoridade policial civil ou militar, com conhecimento específico na área de segurança pública, em função de comando. O mesmo é dito no decreto 34, de 14 de abril de 2000, que regulamenta a criação da Guarda Civil Municipal de Itararé. A lei é objetiva, é clara, e ela diz que precisa ser uma autoridade policial civil ou militar, mas não diz se esse militar precisa ser patente de tenente, capitão, cabo ou sargento. É indiferente. O que precisa é ser um militar com conhecimento específico na área de segurança pública, em função de comando. Se você olhar na hierarquia militar, até um soldado pode ter função de comando, desde que ele seja o mais antigo do grupo. Essa função de comando, então, não está dizendo especificamente que precisa ser de sargento para cima. Em segundo lugar, nossa Guarda Civil Municipal é fiscalizada pela Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo, e todo ano nós temos que mandar toda a documentação de todos os guardas, do comandante, dos integrantes, entre outras coisas, para eles e esse material é todo analisado no Departamento de Informações e Registros da Segurança Pública. Se houver algum impedimento, imediatamente somos avisados e eles não autorizam mais o funcionamento da Guarda Civil Municipal. Eles autorizaram da maneira como está, ou seja, se perante a Secretaria Estadual da Segurança Pública nossa Guarda está autorizada, com o comando que tem atualmente, então é porque estamos dentro da lei. Nós não fazemos nada que não esteja dentro da legalidade. Essa indagação de

que o comandante não teria requisitos para assumir essa função, portanto, cai por terra, porque a lei permite. IN – De onde surgiram as denúncias de que ele não cumpriria? Gustavo – Eu não quero entrar no mérito da questão, porque, como eu disse, aqui nós tratamos tudo na legalidade. Se houve algum problema de assuntos estranho a nossa Secretaria e à Guarda Municipal, pois é uma coisa que veio de fora, um questionamento que veio de pessoas leigas no assunto, não quero nem discutir. IN – Qual será o procedimento da Prefeitura sobre o assunto? Gustavo – O procedimento da Prefeitura é o seguinte: o comandante continua no seu cargo, trabalhando sem nenhum impedimento. Se o comandante cumpre perfeitamente os requisitos previstos na lei, não existe procedimento nenhum, simplesmente vai continuar como está. IN – Como o senhor avalia o trabalho do comandante? Gustavo – Eu avalio da seguinte maneira: nós trabalhamos em conjunto, em equipe. O comandante vem dando um auxílio muito grande para a Guarda Municipal, ele trouxe muitas ideias, está implantando bastantes coisas da experiência que teve como policial militar e está passando esses conhecimentos específicos para a Guarda Municipal da melhor maneira possível. Muitas das conquistas que a Guarda teve durante o ano passado e sei que terá ainda mais daqui para frente, sempre acon-

teceram com ele junto. Nossa intenção é sempre manter nossa Guarda Civil Municipal num nível “ótimo” e é o que vem ocorrendo. Portanto a avaliação do trabalho do comandante é uma avaliação positiva. IN – Alguma vez o senhor recebeu reclamações de Guardas Municipais sobre a postura do comandante? Gustavo – Não, não recebi. Porque pelo regulamento disciplinar qualquer Guarda pode me trazer reclamações, desde que ele passe primeiro pelo comandante. Ele não é proibido de conversar comigo, mas ele precisa informar o comandante de sua decisão, sem precisar necessariamente expor a temática do assunto. Oficialmente eu não tive reclamação nenhuma. É lógico que dentro de uma Corporação Militar, ou de qualquer corporação, haverá algumas pessoas insatisfeitas com o comando, mas se você fizer uma avaliação de tudo que vem ocorrendo ela é positiva. A Guarda Civil Municipal, como tem um cunho estritamente militar, tem que seguir o regulamento que é baseado na hierarquia e no respeito com seus superiores. Nós sabemos que se formos pela analogia, ninguém gosta de levar um “puxão de orelha” de seu chefe, mas a partir do momento que você está dentro de um regulamento e descumpre com alguma coisa, você será punido e quem aplica essa punição é o comandante. Isso pode gerar algum descontentamento, mas só que a pessoa sabe que está sendo punida porque ela própria infringiu o regulamento.

Vereador Willer propõe criação da Câmara Mirim Em sessão da Câmara Municipal do dia 10, o vereador Willer propôs a criação de uma Câmara Mirim. Tal iniciativa visa

instruir as crianças para que desde pequenas saibam qual a verdadeira função dos vereadores, para assim, posteriormen-

te poderem cobrar com consciência seus representantes políticos, entendendo até que ponto eles podem ir e quais suas

limitações. “Queria convidar meus companheiros vereadores para criarmos a Câmara Mirim, para nós podermos politizar nossa criançada para que façam política limpa, igual nós estamos fazendo aqui e para passar para seus familiares qual é a função do vereador, até onde nós podemos agir, porque muita gente não sabe ao certo a função do vereador”, declarou Willer. Segundo o edil, os vereadores estão sendo muito criticados e até xingados nas ruas de Itararé por coisas que não são de sua competência. “O povo tem que entender que a função do vereador é legislar (criar projetos e leis) e fiscalizar o Executivo (denunciar caso encontre alguma irregularidade nas ações da prefeita e de seus secretários). Nós não temos o poder de executar (realizar efetivamente o pedido), nós levamos o pedido das pessoas para a Prefeitura e lá eles tomam as providên-

cias”, declarou. Para o vereador, a Câmara Mirim é o início de um amplo processo de politização da cidade, pois aprendendo, as cri-

anças transmitirão os conhecimentos adquiridos aos seus familiares e amigos, além de levarem o conhecimento consigo para toda a vida.


11

19 de fevereiro de 2014

1º desafio de XCO da Fronteira aconteceu neste domingo No domingo (16), aconteceu o 1º desafio de XCO da Fronteira, na cidade de Itararé. O evento foi organizado pelo ciclista campeão e destaque de Itararé Reinaldo Fortes. Segundo o organizador, o objetivo deste evento foi incentivar a existência desta modalidade na região, onde apesar de ha-

ver muitos locais propícios, poucos a conhecem e a praticam. A prova teve um percurso de aproximadamente 4,7 km, na qual o mínimo de volta foram três e o máximo seis com muitos pontos técnicos e obstáculos naturais. Cerca de 50 atletas de várias cidades da região participaram.

Esteve presente no local durante todo o evento uma ambulância e uma viatura da Guarda Municipal para garantir a total segurança dos participantes. “Essa é uma modalidade diferenciada em nossa região. Muitos atletas não estão acostumados, porque não é que nem estradão, onde você solta e vai. Aqui é preciso muito mais técnica, pois há muitos obstáculos, lugares com barro e descidas. Nossa intenção é aumentar cada vez mais o número de ciclistas de nossa região, que pratiquem essa modalidade, porque geralmente são provas como esta que valem no Ranking Nacional, nas modalidades olímpicas e nos regionais também. Então esse desafio já vale como treinamento, caso algum atletas queiram participar dos Jogos Regionais, por exemplo, conta muito como experiência. O fato de ter chovido no sábado deixou o percurso melhor ainda, pelo fato de ter ficado mais técnico e mais pesado”, declarou Reinaldo, em entrevista à nossa equipe de reportagem. “Agradeço a Deus por essa oportunidade e às pessoas que me cederam o espaço Pista de Laço Caiçara Hospedaria de Equinos, Luis Henrique Pellissari e Vagner

Município será representado na Copa TV Tem de Futsal A Copa TV Tem de Futsal 2014 se aproxima, com abertura no próximo dia 25 em Itapeva e os nomes que representarão a cidade de Itararé já foram decididos. Fazem parte da equipe os atletas Rodolfo Eduardo da Silva (Rodolfinho), Cleberson César Soares de Almeida (Clebala), Kleber Adriano Vieira, Maicon Pratine de Oliveira Moura, Fabiano Alves Moreira, Daniel Aparecido de Almeida, Thiago Rabane, Marcelo Aires dos Santos, Gilcimar Pereira, Julio Cézar Pereira, Sávio Oliveira dos Santos, Welington Souza Ramos, Jean Carlos Tadeu Prestes, Wanderley Gomes da Silva (Vandeco) e Josemar Ferreira dos Santos. A comissão técnica é formada por Marciliano Oscar Lopes Camargo (Márcio Café Tetra), José Israel Gonçalves e Victor Paulo Medeiros. Na quinta-feira (13), na cidade de Itapetininga foi realizado o Congresso Técnico para o sorteio dos grupos da Copa TV Tem de Futsal nas categorias Masculino e Feminino. Durante o Congresso, os técnicos tiveram a oportunidade de interagir entre si e conhecerem seus adversários em quadra. Serão 36 equipes de 25 cidades da região. Uma novidade deste ano é que a primeira e a segunda fases da competição serão realizadas

em âmbito regional, e somente a partir das quartas de finais é que

serão integradas as outras três regiões participantes.

Donizete e o apoio da Prefeitura Municipal, as Coordenadorias de Esportes e Turismo, através de Denis Galvão Ribeiro e Edilson Moraes, a Guarda Municipal e a cobertura do Jornal Itararé News e principalmente aos atletas, que deixaram suas casas e estiveram presentes de várias cidades da região como Itapetininga, Capão Bonito, Itapeva, Ribeira, Campo Largo, Sengés, Jaguariaíva, Arapoti e Avaré. Espero que todos tenham gostado do evento e conto com vocês no próximo”, finalizou o atleta.

Equipe Itararé Adventure de Ciclismo na 1ª etapa do GP Ravelli Foi realizada no domingo (09), a 1ª etapa do GP Ravelli de MTB-Marathon na cidade de Itupeva com um recorde de inscritos. Compareceram mais de 1.300 atletas, vindos de vários Estados. Testando a resistência dos ciclistas, o GP ofereceu um desafio para lá de difícil, com terreno montanhoso, com subidas e descidas fortes, muitas pedras soltas, raízes e “singletracks”, inclusive com direito a “empurra-bike”, dividida em dos percursos Sport de 33 km e Pro com 45 km. O percurso oferecia uma média alta de velocidade. Novamente Itararé esteve

presente com Otavio Prego, Osmin Ferraz, Reinaldo Fortes e Victor Meneguetti. No percur-

so Pro de 45 km o resultado foi: Otavio na categoria Sub 30 realizou em 2h01, ficando em 17º na categoria e 123º na geral. Reinaldo na categoria Master C concluiu em 2h08 ficando em 16º na categoria e 168º na gera, já Osmin na categoria máster B concluiu em 2h18 ficando em 39ª na categoria e 228º na geral. Victor na Sub 30 correu na Sport 33 km e teve um pneu furado, mas conseguiu arrumar e concluiu em 1h28, ficando em 12º na categoria e 228º na geral. A equipe agradece mais uma vez o apoio recebido de seus patrocinadores Bazar Cristal, Amazon Representações, Du Bike, Miraluz e Auto Posto Estradão. Agradecimento: Jornal O Guarani, Jornal Itararé News e Folha do Vale.

Resultados do Torneio em três modalidades No sábado (15) e domingo (16) aconteceu a abertura do Torneio Início de Temporada nas modalidades vôlei, basquete e futsal feminino, na cidade de Itararé. Confira os resultados dos 6 jogos, que aconteceram sábado (15): Vôlei masculino: Caça Fantasma 2 x 0 Mutantes Vôlei Feminino: Itaporanga 0 x 2 Sengés Basquete Masculino: Cooresp Juvenil 30 x 65 Clube Atlético Fronteira Futsal Feminino: ARCI/Itararé

10 x 1 Itaberá Futsal Feminino: ARCI/Itararé 11 x 0 Bom Sucesso

No domingo (16) a rodada teve 2 jogos, com os seguintes resultados:

Vôlei feminino: Itararé 1 x 2 Itaí Basquete masculino: NBI 31 x 37 Itaí

A rodada foi marcada pela presença em massa das equipes de cidades vizinhas, compro-

vando que Itararé tem aumentado seu prestígio dentre as cidades da região.


12

19 de fevereiro de 2014


Poupatempo treina funcionários em Itapeva

Vereador de Capão Bonito tem lei respeitada

Página 07

Página 10

DRADS orienta municípios da região Página 13

Quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014 Editor Chefe: Kiko Carli Ano II - Edição 57

R$

2,50

NOVA CAMPÍNA

Comissão Processante espera defesa do prefeito nesta sexta-feira para votação de cassação A Comissão Processante da Câmara Municipal de Nova Campina aguarda até sexta-feira (21), a defesa do prefeito Nilton Ferreira da Silva, o Niltinho do Nicanor, sobre as acusações de improbidade administrativa, que foram apuradas através da CEI das Compras, que teve início no ano passado e término em janeiro deste ano. Segundo a Comissão foram encontradas inúmeras irregularidades em notas fiscais, inclusive feitas diversas compras com dispensa de licitação e valores acima do permitido por lei. Após notificado, o chefe do Executivo teve cinco dias para esclarecer o que ocorreu e quem são os culpados pelas irregularidades apontadas pelos vereadores. A partir deste documento, a Câmara poderá decidir os rumos do município. Em entrevista à nossa equipe de reportagem, o vereador Antônio Isael de Oliveira Junior falou sobre os trabalhos desenvolvidos até o presente momento. Detalhes na página 13.

ITABERÁ Município decreta estado de emergência devido ao calor e a estiagem A Prefeitura Municipal de Itaberá decretou estado de emergência devido ao prejuízo sofrido pelos agricultores por causa do excesso de calor e a falta de chuva nos últimos meses. De acordo com o Executivo, todos os agricultores foram afetados e a perda na produção pode chegar a 70% nas lavouras de soja e milho, além da pecuária. Página 12.

TAQUARIVAÍ

Edson Sima quita dívidas de fornecedores deixadas pela administração anterior Após um ano de administração, o prefeito de Taquarivaí, Edson Sima, colocou como uma de suas prioridades a quitação de dívidas deixadas pelo governo anterior e sem deixar de investir em áreas essenciais como Saúde e Educação, o chefe do Executivo conseguiu pagar todos os credores, zerando o saldo devedor de fornecedores. Agora a meta é quitar dívidas de INSS e FGTS e normalizar os precatórios, conforme nos contou em entrevista. Página 05.

ANGATUBA João Fadel visita Distrito de Bom Retiro

João Fadel esteve no último domingo (16), no município de Angatuba, onde na oportunidade pôde rever alguns amigos e

correligionários do Partido Solidariedade. O pré-candidato a deputado federal pelo SDD foi muito bem recebido pela popu-

lação do Distrito, bem como pelo prefeito, a primeira dama e o presidente do Legialtivo da cidade. Página 04.

RIVERSUL Pescador morre após ser atacado por enxame de abelhas Antônio José Rocha, que popularmente era chamado por Zé Prego, 69 anos morreu na manhã deste domingo (16), após ser atacado por um enxame de abelhas no município de Riversul. Segundo informações, a vítima estava arrancando minhocas para ir pescar em um açude na Fazenda Bergamini, quando mexeu em um entulho, onde estava o enxame de abelhas. Ele recebeu entre 2.000 a 2.300 picadas. Página 09.

RIBEIRÃO BRANCO Chefe do Executivo dá início a uma série de obras Moradias através do Programa Minha Casa, Minha Vida, Barracão de Reciclagem, construção de Creche, construção de Unidade Básica de Saúde e a construção de prédio para a Farmácia Municipal são algumas das novidades anunciadas pelo prefeito de Ribeirão Branco, Sandro Sala, o qual tem realizado uma administração séria e transparente. Página 06.


02

19 de fevereiro de 2014

Estamos de Olho A verdade Oziel – “Eu venho pedir para que os vereadores encampem uma luta contra a VIVO. É lamentável o prejuízo que a operadora vem causando em nosso munícipio e em toda a nossa região. Sabemos que todo mundo hoje depende do celular para negociações ou em geral para o meio de comunicação, e estamos percebendo o descaso que a VIVO está fazendo com todos nós. Sabemos que quando apertamos a tecla para ligar, já estamos pagando e pagando o que, se nós não temos serviço. Eu gostaria que a Câmara se unisse, sabemos também que o Ita News tem encampado uma luta, um abaixo assinado para entrar com uma ação contra a VIVO, mas gostaria de pedir realmente para que o Legislativo abrace esta luta para podermos fazer alguma coisa e dar uma resposta à sociedade”. Nós agradecemos a lembrança do nobre vereador, mas apenas demos o pontapé inicial, já que o grande serviço será prestado por todos que assinaram ou passaram listas contra o péssimo serviço das empresas de telefonia.

De novo Margarido – “Gostaria de levantar um tema a Ciretran de Itapeva acabou, não é mais delegado que comanda o órgão, eles colocaram o papel de diretor da Ciretran e qualquer cidadão que precisa de um documento está esperando até cinco dias pelo mesmo e usa a desculpa da internet”. Novamente caímos no mesmo problema e todos que não podem nos proporcionar bons serviços usam a má qualidade do sinal das operadoras como muleta. E o consumidor...

Cabo eleitoral Tião – “É lamentável que o Roberto Comeron troque a Ana Fadini pelo inexperiente Alexandre Franson. Não tenho nada contra ele, mas no meio profissional dos taxistas ele não conquistou o seu espaço. Ele não tem nenhuma experiência neste ramo. A Ana é uma pessoa que é admirada, não só por mim, mas pelos 90 motoristas cadastrados como profissionais de transportes de Itapeva. O Roberto e os demais secretários vêm tomando decisões sem sequer consultar as pessoas interessadas, que prestam serviço de qualidade e que adoram ser atendidas por um profissional de competência igual à Ana, que nos auxiliou por muito tempo no cargo de chefe de divisão de táxi”. Lamentavelmente o prefeito não ouviu a classe e independente a qualidade do Alexander, o mesmo não é preparado para o serviço. Mais uma vez o prefeito faz política com cargos e despreza uma classe tão importante para o nosso dia a dia. Lamentamos ainda desprezar a opinião de Tião do Táxi, que além de fazer parte do partido do vice-prefeito não foi consultado. Continue acreditando em seus amigos e verá onde irá parar Comeron. Até o PR dá ordens na Prefeitura.

Oportunistas Jé – “Quanto a VIVO ela está morta há muito tempo. O nosso companheiro Junior da Bauma deu a ideia de protocolar no Ministério Público para que imediatamente seja cancelada qualquer linha nova da VIVO por causa de excesso de linha. Se protocolarmos a denúncia no MP para que seja vendido qualquer tipo de linha, os próprios lojistas se mexem. É lamentável o serviço da operadora em Itapeva”. Pura ação de oportunistas, já que todos os detalhes relacionados à empresa já estão sendo tomados pela Dra. Miriam Quarentei de forma direta no Ministério Público. É outra história

que a dupla inventa como a do Porto Seco.

A Festa A 5ª Edição do Expo Rodeio Show de Capão Bonito pode não ocorrer, devido a denúncia feita ao Ministério Público por uma servidora municipal, que alegou que para a realização do evento em 2013, a Prefeitura não teria feito licitações, como exige a lei. Problemas graves estão por vir caso se confirme a denúncia, já que o MP não tolera mais festas sem o respaldo de uma lei rígida.

A Festa II O prefeito Júlio Fernando deixou bem claro, que apesar da denúncia ser vazia, a Prefeitura não irá fazer a festa enquanto o inquérito civil não for concluído. Decisão sensata e oportuna.

A Festa III

irritado, pois ao tentar visitar uma creche do município foi impedido de entrar pelos funcionários. Chaves garante que irá tomar as devidas providências. Esse tipo de atitude só gera mal estar entre os poderes constituídos. Dentro da legalidade o vereador pode e deve fazer tal trabalho, já que fiscalizar é uma das principais funções do Legislativo.

Não Entre II Chaves não vai sossegar enquanto não descobrir de quem partiu a ordem, para proibi-lo de entrar na creche. O vereador está se sentindo completamente desrespeitado. E foi e deve lutar por seus direitos e tenho a certeza de que o prefeito não será conivente com uma ação tão grosseira com um representante do povo.  

Com Moral

Jovens frequentadores do Expo Rodeio Show, ameaçaram via facebook, protestar em frente a casa da servidora denunciante, caso a festa não seja realizada. Ameaça é crime. Se a servidora disse a verdade, qual o motivo da pressão? A quem interessa um evento irregular?

Já é a segunda vez que o governador Geraldo Alckmin elogia o prefeito de Capão Bonito em público. Nas duas visitas do governador a cidade, ele se dirigiu ao prefeito como professor dos prefeitos da região e importante líder político do Estado. Apesar de merecido os elogios estamos em período eleitoral, então...

Faltou

Instabilidade

Os deputados Samuel Moreira, Edson Giriboni, Dr. Ulysses, João Caramez, Bruno Covas e Maria Lucia Amary prestigiaram a visita do governador Geraldo Alckmin em Capão Bonito, diferente do que fez Guilherme Mussi, deputado federal da cidade, que preferiu faltar e enviar seus assessores para representá-lo. Acontece que nem os assessores vimos por lá. Será que o jovem deputado tem tanta certeza da reeleição? Prestou tantos serviços assim à região? É aguardar e conferir.

Um vereador da bancada ruralista de Capão Bonito está ganhando fama por sua instabilidade política. Em um dia critica o prefeito e todo o corpo de secretários, no outro, se rende aos elogios. Nas sessões, pouco se pronuncia, a não ser para fornecer a base de cochichos, informações aos vereadores oposicionistas. É o famoso morde e assopra. Dá o tapa e esconde a mão.  

Descaso Para políticos locais, o não comparecimento do deputado foi um descaso, visto que o governador visitou Capão Bonito para dar início a uma obra importantíssima para o desenvolvimento do município: a duplicação da Rodovia Professor Francisco da Silva Pontes (SP 127), na entrada da cidade. Parece que o deputado terá muita oposição na cidade, que o mesmo diz ser seu principal reduto.

Denúncia O vereador Heitor Silveira, está juntando provas para apresentar denúncia ao Ministério Publico contra  um vereador que está tendo privilégios especiais na Saúde, favorecendo seus eleitores com exames a toque de caixa. Quem é o artista vereador? De nome aos bois.

Candidatos Há 3 anos da eleição para prefeito, a lista de pré-candidatos já conta com seis nomes: Marco Citadini, Zé Maria Nunes, Tamura, Gerson Hussar, Décio da Batata e Celio de Mello. Quanto mais melhor, pois assim o eleitor poderá optar por novidades ou consagrar aqueles que já passaram pelo poder.

Candidatos II Ao cargo de vice-prefeito os favoritos são: Matheus Francato, Heitor Silveira, Paulo Cecap e Marcelo Varella. Nada impede que a ordem seja invertida.

Não Entre O vereador oposicionista Carlos Chaves está extremamente

TAQUARITUBA

por Kiko Carli

Convite O presidente da Câmara de Capão Bonito Celio de Mello está sendo incentivado pelo seu deputado federal Roberto Santiago a candidatar-se a uma vaga na Assembleia Legislativa. O vereador mesmo feliz com o convite, afirmou a seus aliados, que abrirá mão da oportunidade para apoiar os deputados estaduais já eleitos pela região. Importante a decisão do nobre edil, que com o ato fortalece a região e seus possíveis candidatos. Nota 10.

O fim A luta entre os vereadores de Nova Campina e o prefeito Niltinho do Nicanor parece estar chegando ao final. Depois de intimado, o prefeito tem poucas horas para efetuar sua defesa e tentar salvar o seu mandato, pelo menos por enquanto. Momentos possíveis para uma união por Nova Campina aconteceram, mas o prefeito as ignorou em todos os momentos.

Brilhante O prefeito Edson Sima em sua simplicidade e respeito ao município faz com que Taquarivaí cresça mais a cada dia. Sem dívidas e com muito o que realizar já há aqueles que sonham com sua tentativa de reeleição. O homem é corretíssimo e é acompanhado de um vice-prefeito competente (Maurício da Capituva) e assessores que vestem literalmente a camisa da cidade.

Trabalhando Em contato direto com a direção do Partido Solidariedade, os vereadores Valério e Pedrinho estão em busca de emendas e conquistas para a cidade de Taquarivaí. A missão não é fácil, mas a insistência e luta dos vereadores é digna de elogios.

Prefeito convoca reunião para falar sobre revitalização de rua principal Reuniram-se no CRAS – Centro, no último dia 10, o prefeito municipal Dr. Miderson Zanello Milléo, empresários da Rua Dr. Ataliba Leonel, diretores e funcionários da Associação Comercial e Industrial de Taquarituba e Vereadores. O chefe do Executivo agradeceu a presença de todos, abriu os trabalhos para discutir e apresentar o projeto da revitalização da rua principal da cidade. Falou que toda a reforma estrutural gera, no início, muita polêmica, desconforto para muitos, porém mudanças são necessárias e muito importantes para o crescimento de todos. Citou alguns exemplos, como a Zona Azul, a Avenida Mário Covas, Trevo de acesso à cidade, as quais geraram muitas discussões, transtornos e resistências por muitos, porém hoje, todos se adaptaram e se mostram satisfeitos. A reforma será feita em duas etapas, com recursos do Governo Estadual, através de emendas parlamentares. A primeira com recursos de R$ 300.000,00, do deputado Samuel Moreira e R$ 200.000,00 do deputado Eli Correia. A segunda com recursos de R$ 180.000,00, do deputado Carlos Cesar e R$ 160.000,00 deputado Walter Hioshi. O primeiro trecho será da Rua São Paulo até a Rua Benjamin Constant: alargamento das calçadas com concreto de cimento; estreitamento das ruas e troca das lajotas por asfalto; nas esquinas serão diminuídos os espaços para travessia de pedestres; projeto de paisagismo; pontos de ônibus em três locais: Barissão, Praça São Roque e estacionamento da Manoel Rodrigues; pontos de carga e descarga em todas as travessas; será verificada tonelagem máxima para caminhões; posteriormente a CPFL colocará 2 braços em cada poste para utilizar lâmpadas de 250 watts deixando a rua mais iluminada e segura; A Sabesp iniciou seus traba-

lhos identificando 98 pontos de ramais de rede. O único custo que terá para cada comerciante (opcional) será uma caixa mais moderna, que custará R$ 47,00. Dr. Miderson falou que sua administração está bastante voltada à qualidade de vida dos habitantes e em suas gestões já fez várias reformas como a municipalização do ensino, reformas em 11 escolas, criou vários postos de saúde, reformou a Santa Casa, enfim, administra sempre pensando no bem estar dos cidadãos. Informou ainda que a decisão da revitalização da Ataliba Leonel foi muito bem pesquisada, fizeram vários estudos, trocas de ideias com os empresários, prefeitos de cidades como Santa Cruz, Avaré e Curitiba, projetos que deram muito certo e que hoje são sucesso em todas elas. Comentou da reunião que foi realizada ha poucos dias, na Prefeitura, junto à Acit, Sabesp, CPFL e Maqterra para traçar os planos para a execução das obras. A Sabesp iniciando os trabalhos fechará a quadra, entrará a Prefeitura e em seguida, a Maqterra. Explicou que a quadra será fechada para segurança dos trabalhadores e transeuntes. Explicou que a tubulação fica a 90 cm

da superfície e com a vibração do rolo, vulnerável a qualquer acidente. Pediu aos empresários que informem e orientem seus clientes quanto aos fechamentos, ressaltando que é muito importante para a segurança de todos. Fez uma rápida explanação, mostrou o croqui, em que as calçadas ficarão com 2,30 e 3,30 m. Todas as quadras terão estacionamento, porém não será de 45 graus e sim paralelo. O projeto de Taquarituba ficará bem próximo ao de Santa Cruz do Rio Pardo, que foi visto e aprovado por todos. O posteamento não será mudado devido ao custo muito alto do cabeamento e fibra ótica. Outra parceria muito importante foi a do Sebrae, que vai acompanhar a revitalização do comércio, capacitando os empresários em arrumações de vitrines, fachadas com aspectos mais modernos, tudo pensando no bem estar dos comerciantes e consumidores. O prefeito comentou também que todas as cidades que mudaram, as respostas sempre foram mesmas, no início todos ficaram muito preocupados, mas hoje estão muito satisfeitos com a mudança. Fonte: Prefeitura Municipal de Taquarituba


03

19 de fevereiro de 2014

Projeto Guri abre vagas para o primeiro semestre de 2014 na região Inscrições para novos alunos podem ser feitas em 22 polos O Projeto Guri, programa de formação musical da Secretaria de Estado da Cultura voltado para crianças e adolescentes, oferece mais de 1,4 mil vagas para as aulas de instrumentos musicais, canto coral e iniciação musical na região de Itapeva.  Os interessados devem ter de 06 a 18 anos incompletos, para efetuar a matrícula é necessário comparecer diretamente ao polo em que desejam estudar, acompanhados pelos pais ou responsável, portando RG ou certidão de nascimento e comprovante de matrícula escolar e/ou declaração de frequência escolar referente ao semestre. Não é preciso ter conhecimento prévio de música, nem possuir instrumento e realizar testes seletivos. A primeira semana é dedicada a atividades de integração, confirmação das matrículas e reuniões de pais. Os novos alunos têm até o dia 07 de março para efetuar a matrícula, e as aulas começam a partir de 17 de fevereiro*, de acordo com a data de inscrição de cada aluno. As vagas existentes podem tanto ser 100% preenchidas ao longo do período de matrícula, como novas vagas também podem surgir por conta da desistência de alunos. Confira diretamente com o polo se o curso interessado ainda tem vaga disponível. *Consulte cursos, vagas disponíveis, data de início das aulas e horário de funcionamento diretamente com o polo de sua cidade.  Confira abaixo a lista completa dos polos:   Polo Regional Itapeva Vagas: 85 Cursos: clarinete, contrabaixo acústico, canto coral, eufônio, flauta transversal, iniciação musical, luthieria, percussão, saxofone, trombone, trompa, trompete, viola, viola caipira, violão, violino e violoncelo Funcionamento: Segunda a Sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 13h às 17h30 Endereço: Rua Coronel Crescêncio, 714. CEP: 18400-140 Telefone: (15) 3521-8168

  Polo Barra do Chapéu Vagas: 29 Cursos: percussão, violão Funcionamento: Segundas e Quartas-Feiras, das 13h às 17h Endereço: Rua Antônio Alves de Miranda, S/N. CEP: 18325-000 Telefone: sem telefone   Polo Bom Sucesso de Itararé Vagas: 68 Cursos: canto coral e violão Funcionamento: Terças e Quintas-feiras, das 13h às 17h Endereço: Rua Governador Mario Covas, 91. CEP: 18475-000 Telefone: (15) 3533-1378   Polo Buri Vagas: 43 Cursos: canto coral, violão e percussão Funcionamento: Segundas e Quartas-Feiras, das 13h30 às 17h30 Endereço: Rua Vereador Valdemar Lopes de Oliveira, S/N. CEP: 18290-000 Telefone: (15) 3546-1505   Polo Capão Bonito Vagas: 59 Cursos: canto coral, violão e percussão Funcionamento: Segundas e Quartas-Feiras, das 8h às 11h e das 13h30 às 17h30 Endereço: Praça Dep. Antônio Sylvio Cunha Bueno, S/N. CEP: 18300-000

Telefone: sem telefone   Polo Fartura Vagas: 78 Cursos: canto coral, violão e percussão Funcionamento: Terças e Sextas-feiras, das 13h30 às 17h30 Endereço: Rua Benjamin Constant, 1011. CEP: 18870-000 Telefone: (15) 3382-1598   Polo Guapiara Vagas: 50 Cursos: canto coral e violão Funcionamento: Segundas e Quartas-Feiras, das 13h às 17h Endereço: Rua Shiguemi Kacuta, 149, Centro, CEP:18310-000      Telefone: sem telefone   Polo Iporanga Vagas: 40 Cursos: canto coral e violão Funcionamento: Segundas e Quartas-Feiras, das 13h30 às 17h30 Endereço: Rua Carlos Nunes, 91 - Centro. CEP: 18330-000 Telefone: sem telefone   Polo Itaberá Vagas: 171 Cursos: canto coral, viola, violino, contrabaixo acústico, violoncelo, clarinete, flauta transversal, saxofone, eufônio, trombone, trompete, trompa, tuba e percussão Funcionamento: Segundas e Quartas-Feiras, das 7h45 às

11h15 e das 13h às 17h30 Endereço: Rua Francisco Antônio Silva, 334. CEP: 18440-000 Telefone: (15) 3562-2042   Polo Itaí Vagas: 39 Cursos: cavaco e violão Funcionamento: Terças e Quintas-feiras, das 13h30 às 17h30 Endereço: Rua Quinze de Novembro, 1103, Centro, CEP: 18730-000 Telefone: (14) 3761-1885   Polo Itaporanga Vagas: 36 Cursos: canto coral e violão Funcionamento: Terças e Quintas-feiras, das 13h15 às 17h15 Endereço: Rua João Martins Rosa, 540. CEP: 18480-000 Telefone: (15) 3565-1573   Polo Itararé Vagas: 55 Cursos: canto coral, violão e percussão Funcionamento: Segundas e Quartas-Feiras, das 13h30 às 17h30 Endereço: Rua Prudente de Moraes, 1970. CEP: 18460-000    Telefone: (15) 3531-3152   Polo Nova Campina Vagas: 54 Cursos: canto coral, percussão, viola caipira e violão Funcionamento: Segundas e Quartas-Feiras, das 13h30 às

17h30 Endereço: Rua Lourenço Manoel da Silva, 93, Centro, CEP: 18435-000 Telefone: sem telefone   Polo Piraju Vagas: 67 Cursos: canto coral, viola, violino, contrabaixo acústico e violoncelo Funcionamento: Quartas e Sextas-Feiras, das 13h30 às 17h30 Endereço: Praça Benedito Silveira Camargo, 144, Centro, CEP: 18800-000 Telefone: (14) 3351-1361   Polo Ribeira Vagas: 29 Cursos: percussão, violão Funcionamento: Terças e Quintas-feiras, das 13h30 às 17h30 Endereço: Rua Antônio Ciola, S/N. CEP: 18380-000 Telefone: sem telefone   Polo Ribeirão Branco Vagas: 61 Cursos: canto coral, percussão e violão Funcionamento: Terças e Quintas-feiras, das 13h às 17h Endereço: Rua Capitão Cruz, 625. CEP: 18430-000 Telefone: sem telefone   Polo Ribeirão Grande Vagas: 92 Cursos: canto coral, percussão,

viola caipira e violão Funcionamento: Terças e Quintas-feiras, das 13h às 17h Endereço: Rua Manoel Silvério Ferreira, 180, Centro, CEP: 18315-000 Telefone: (15) 3544-8800 ramal 235   Polo Riversul Vagas: 103 Cursos: canto coral, violão e percussão Funcionamento: Segundas e Quartas-Feiras, das 13h às 17h Endereço: Rua Processo Martiminiano de Oliveira, S/N, Centro, CEP:18470-000 Telefone: (14) 3571-1545   Polo Sarutaiá Vagas: 63 Cursos: canto coral, violão e percussão Funcionamento: Quarta e Sexta-Feira, das 13h às 17h Endereço: Rua Catarina Milani Maluly, 184. CEP: 18840-000 Telefone: (14) 3387-1597   Polo Taquarituba Vagas: 78 Cursos: canto coral, violão e percussão Funcionamento: Segundas e Quartas-Feiras, das 13h30 às 17h30 Endereço: Rua Dr. Campos Sales, 196. CEP: 18740-000      Telefone: (14) 3762-2424   Polo Taquarivaí Vagas: 83 Cursos: canto coral, violão e percussão Funcionamento: Terças e Quintas-feiras, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30 Endereço: Rua Benedito Paulino Nogueira, S/N. CEP: 18425-000 Telefone: (15) 3534-1170 ramal 216   Polo Tejupá Vagas: 84 Cursos: canto coral, violão e percussão Funcionamento: Terças e Quintas-Feiras, das 13h às 17h Endereço: Rua Alexandre Absy, 585. CEP: 18830-000 Telefone: (14) 3385-1106

Taquarituba realiza cerimônia de posse da nova diretoria da APAE Foi realizada em Taquarituba, a cerimônia de posse da nova diretoria da APAE do mu-

nicípio. O evento aconteceu no último dia 07 e foi presidida por Josiane Claudia da

Silva Jacob, que iniciou os trabalhos fazendo a leitura da chapa eleita para dirigir a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais no triênio 2014-2016. O pároco da cidade Pe. José Sergio de Lima esteve presente, dando a todos uma bênção especial. Alunos da instituição cantaram a música “Monte Castelo”, da banda Legião Urbana, deixando uma linda mensagem aos presentes, pois “ainda que eu falasse a língua dos homens e dos anjos, sem amor eu nada seria”. A chapa eleita em 18 de novembro ficou assim constituída: Presidente: Josiane Claudia da Silva Jacob Vice-Presidente: João Carlos da Silva 1º Diretor Secretário: Fernando Henrique Ferreira Alvarez 2º Diretor Secretário: Guilherme Cardoso Fonseca 1º Diretor Financeiro: Caio Martins dos Santos 2º Diretor Financeiro: Vinicius Lara Alves Diretor de Patrimônio: Ricardo Diniz Moreira

Diretor Social: Almir Yuzo Tsunase Conselho de Administração: Luiz Fernando Fontana Antunes de Oliveira, José Francisco Romano Junior, Ronaldo Carlos Benini, Rolandro Benini, Sueli Aparecida Teixeira

Meneghel. Conselho Fiscal: membros efetivos: José Francisco Romano, Ricardo Junior Miranda, Terezinha Batista Cardoso. Membros suplentes: Lamara Aparecida Dognani, Wilson Rinaldo, Helena Maria Lopes

Ainda faz parte da comissão Frederico Soldera, Antônio Augusto Alves, Frederico Prestes Gomes e Antônio Carlos Campos Mendes Autodefensores: Sandy Thais e Luiz Fernando Pimentel. (Fonte: Portal way)


04

19 de fevereiro de 2014

ANGATUBA

João Fadel visita Distrito de Bom Retiro João Fadel esteve no último domingo (16), no município de Angatuba, onde na oportunidade pôde rever alguns amigos e correligionários do Partido So-

lidariedade. O pré-candidato a deputado federal pelo SDD foi muito bem recebido pela população do Distrito de Bom Retiro, por onde

pôde caminhar e conhecer um pouco da realidade daquela comunidade. Já na área urbana, João Fadel era esperado pelo vice-prefeito da cidade João Luiz Meira, o presidente da Câmara Municipal André Luis Nunes Ferreira e sua esposa, além do presidente do Partido no município, Paulo de Oliveira Delgado. Na Rádio FM 105,7, Fadel pôde realizar um bate papo com as lideranças políticas de Angatuba e dentre os principais temas foram abordados assuntos pertinentes ao Distrito de Bom Retiro, bem como das demais localidades da cidade e necessidades da região. Os ouvintes sintonizados na frequência da 105,7 ficaram bastante impressionados com a desenvoltura e o senso de responsabilidade do jovem político João Fadel.

TAQUARIVAÍ

Prefeitura recebe veículos e maquinário para auxílio nos serviços da cidade

A

través de convênio com os Governos Estadual e Federal, a Prefeitura Municipal de Taquarivaí tem recebido diversos benefícios e na última semana foi contemplada com um caminhão compactador de lixo, dois micro-ônibus e uma máquina patrol, que veio em boa hora para auxiliar os serviços prestados à população taquarivaiense. Em entrevista à nossa equipe de reportagem, o prefeito Edson Sima falou sobre estes benefícios, bem como sobre as obras de pavimentação, que co-

meçam a todo o vapor em alguns bairros da cidade, confira: IN – O município recebeu alguns benefícios nestes últimos dias, quais foram eles? Prefeito – Recebemos um caminhão compactador de lixo, através de convênio com o Governo do Estado, dois ônibus escolares através do PAR e FNDE e uma máquina patrol através do PAC 2. IN – De que forma este caminhão coletor irá ajudar a cidade? Prefeito – Nos ajudará e muito, pois como contávamos

com apenas um caminhão coletor muito antigo, esse sempre vinha apresentando problemas, o qual tínhamos que substituir por um caminhão normal, o que causava um grande transtorno para nossos funcionários que coletam o lixo. IN – Para que finalidade serão utilizados os micro-ônibus? Prefeito – Os micro-ônibus irão nos auxiliar no Transporte Escolar dos alunos da Zona Rural de nosso município. IN – E quanto à máquina nova que foi recebida. Para que ela servirá? Prefeito – Essa máquina será específica para a manutenção de estradas rurais, pois nosso município possui um número elevado de agricultores, sendo no contexto geral, uma agricultura diversificada, que é muito comum o uso incorreto do solo, o qual altera a conservação do mesmo com o direcionamento de água, que causa danos às estradas, prejudicando a sua trafegabilidade. IN – Taquarivaí tem sido vista com outros olhos pelo Governo do Estado? Prefeito – Graças a Deus sim, Taquarivaí sempre teve o apoio do

Governo do Estado, ele sempre nos auxilia no que é necessário dentro das possibilidades é claro. IN – Como tem sido esta abertura entre prefeito e governador? Prefeito – Tem sido muito boa, era o que nós prefeitos estávamos precisando para que

pudéssemos passar para o governador as demandas de nosso município. IN – Há mais alguma novidade vindo por aí? Prefeito – Sim, teremos a conclusão do nosso Terminal Rodoviário, recapeamento de algumas ruas da Zona Urbana,

lajotamento de 1 quilômetro de rua no Bairro das Formigas, construção de uma Biblioteca, pavimentação de 3 quilômetros de estrada no Bairro das Pedrinhas e demos início às obras de pavimentação de 1 quilômetro da Estrada Cerrado de Cima e muito mais.


05

19 de fevereiro de 2014

ITAPORANGA

FEMAI divulga ensaio fotográfico das candidatas a Rainha 2014

O

s ensaios fotográficos das dez candidatam a Rainha da FEMAI – Festa do Aniversário de Itaporanga 2014 foi divulgado oficialmente nesta segundafeira (17). O baile, que escolhe quatro representantes (rainha, primeira princesa, segunda princesa e garota rodeio), acontece no dia 22 de marco, às 21 horas, no recinto de festas de Itaporanga. A animação ficará por conta da Banda Pecado Capital. O ensaio foi realizado na Fazenda Bergamini sob o comando dos fotógrafos Lucas Chueri e Tayson Lopes. (Fonte: Elvis Ferraz)

ITAPORANGA

TAQUARIVAÍ

Prefeitura realiza manutenção da Estrada do Bairro dos Silvas

Prefeito quita dívidas de fornecedores deixadas pela administração anterior

A Prefeitura Municipal de Itaporanga, através da Secretaria Municipal de Transportes deu início a manutenção da estrada, que liga o município ao Bairro dos Silvas, na zona rural. Os moradores reclamavam

muito das condições da estrada vicinal, que estavam em situação bastante precária. A quantidade de buracos inviabilizava a passagem dos motoristas pelo local, principalmente dos produtores, que tinham dificuldades para escoar a sua produção

agrícola. Após a manutenção a estrada ficou trafegável e já não conta mais com as crateras, que incomodavam os moradores do local e tornava a passagem um verdadeiro safari. (Fotos Elvis Ferraz)

A

pós um ano de administração, o prefeito de Taquarivaí, Edson Sima, colocou como uma de suas prioridades a quitação de dívidas deixadas pelo governo anterior e sem deixar de investir em áreas essenciais como Saúde e Educação, o chefe do Executivo conseguiu pagar todos os credores, zerando o saldo devedor de fornecedores. Agora a meta é quitar dívidas de INSS e FGTS e normalizar os precatórios, conforme nos contou em entrevista, acompanhe: IN – A Prefeitura conseguiu zerar as dívidas que ficaram da administração passada? Prefeito – Não em sua totalidade, conseguimos no exercício de 2013 quitarmos as dívidas processadas com fornecedores, mas ainda restam as referentes a precatórios, INSS e FGTS. IN – Como foi possível este pagamento? Prefeito – Durante todo ano

tomamos o máximo de cuidado para mantermos todos os serviços essenciais, sem deixar perecer, principalmente os da área da Saúde e Educação. As

ações e projetos da administração foram constantemente controlados para que pudéssemos obter uma obra de recursos para quitar os débitos anteriores.

IN – Quanto havia de saldo devedor quando o senhor assumiu? Prefeito – Com fornecedores R$ 2.281.457,44 e com dívida fundada interna (INSS, FGTS e Precatórios) R$ 1.398.129,07. IN – Agora fica mais fácil para poder investir em outros setores esta verba que estava sendo utilizada para pagar dívidas? Prefeito – Haverá um recurso maior para investir, mas o município ainda necessita quitar os débitos referentes à INSS, FGTS e Precatórios, valor que infelizmente, além da dívida original acarretam juros e/ou multas elevados. IN – Mais uma comemoração da administração Edson Sima? Prefeito – Comemoramos todas as etapas vencidas, a cada êxito obtido agradecemos primeiramente a Deus e comprometemo-nos a continuar trabalhando para o melhor de Taquarivaí.


06

19 de fevereiro de 2014

ITAPEVA

Conselho Municipal da Saúde elege novos membros A posse será realizada na sexta-feira, 21, às 14 horas, no auditório da Secretaria da Saúde O Conselho Municipal de Saúde do município de Itapeva promoveu na segunda-feira (10),

a eleição dos membros que irão compor o órgão pelo próximo triênio. O pleito ocorreu nas

dependências da Secretaria Municipal de Saúde que recebeu 251 eleitores os quais distribuíram seus votos da seguinte maneira: O candidato Joel dos Santos Rodrigues não obteve nenhum voto e houve também um voto anulado. Serão reconduzidos aos cargos os membros José Maria de Araújo Filho, José Carlos Machado, Jorge Adrian Sanchez e Spíndola, Elizabeth Menezes de Mendonça Oliveira, Divany Antonia Aparecida dos Santos, Aracelli Pereira Mota Custódia, Jaqueline Santana Martins Ramos. Na sexta-feira (21), será realizada a solenidade de posse dos conselheiros, às 14 horas, no Auditório da Secretaria Municipal da Saúde.

ITAPEVA

RIBEIRÃO BRANCO

Prefeitura abre processo seletivo para contratar coletores de lixo

Chefe do Executivo dá início a uma série de construções

Inscrições podem ser feitas nos dias 20, 21 e 22 de fevereiro na Garagem Municipal Na próxima quinta-feira (20), a Prefeitura de Itapeva abrirá inscrições do Processo Seletivo Simplificado Nº 02/ 2014 para o preenchimento de vagas e formação de cadastro de reserva para o setor de coleta de lixo do município. Serão contratados dez profissionais por tempo determinado para uma jornada de 40 horas semanais. O salário é de

R$ 739,68, somado ao adicional de insalubridade equivalente a 40% sobre salário mínimo. As inscrições podem ser feitas nos dias 20 e 21 de fevereiro, das 9h00 às 16h00, e no dia 22 (sábado), das 9h00 às 11h00, na Garagem Municipal, situada à Rua Gastão Vidigal, 671, Jardim Maringá. As provas práticas serão rea-

lizadas nos dias 8 e 15 de março. Para fazer a inscrição, o candidato deve apresentar o RG, foto 3x4 recente, requerimento de inscrição preenchido e assinado e comprovante de residência. Não será cobrada taxa de inscrição. O edital completo está acessível no site oficial da Prefeitura. (www.itapeva.sp.gov.br).

M

oradias através do Programa Minha Casa, Minha Vida, Barracão de Reciclagem, construção de creche, construção de Unidade Básica de Saúde e construção de prédio para a Farmácia Municipal são algumas das novidades do prefeito de Ribeirão Branco, Sandro Sala, o qual tem realizado uma administração séria e transparente na cidade. Em entrevista à nossa equipe de reportagem, o chefe do Executivo falou sobre o ano de 2014, confira: IN - Qual o balanço que o senhor faz hoje desse quinto ano de seu mandato à frente da Prefeitura de Ribeirão Branco? Prefeito – Na administração temos muitas conquistas, temos muitas batalhas e muitas coisas para serem feitas e resolver todas as coisas fica difícil de conseguir, mas o importante é que estamos caminhando e as coisas estão acontecendo. IN – Nas cidades de nossa região a administração Sandro Sala é uma das poucas que tem sido bastante elogiada. A que o senhor atribuiria este sucesso? Prefeito - Eu não sei o que significa o sucesso numa administração. Acho que tudo o que fazemos é o dever de casa. É nossa obrigação correr atrás e saber administrar os poucos recursos que nós temos e nesse sentido a palavra sucesso não se encaixa na administração, e

sim a palavra trabalho, seriedade, capacidade de conseguir, ter articulação política para conseguir trazer recursos para o município, talvez isso seja o significado de nossa administração. IN – Quais os principais novidades que o Sandro Sala traz nesse ano de 2014 para o município? Prefeito – Nós estamos começando a entregar agora as casas do Programa Minha Casa Minha Vida, que são 40 casas. Estamos fazendo isso de forma gradativa. Começamos na semana passada e no total de 40 casas 15 já estão prontas. Estamos entregando em torno de três casas por semana. Iniciamos a terraplanagem e brevemente estaremos iniciando a construção de uma creche. Estamos também entregando um

barracão para reciclagem, conseguimos através do Governo do Estado e do Governo Federal uma patrol e um caminhão coletor de lixo. Já licitamos também através de uma emenda do Dr. Ulysses a Farmácia Municipal, porque o Conselho Regional de Farmácia exigia que fizéssemos um prédio adequado e em breve iniciaremos a construção. Para a UBS fizemos uma licitação e infelizmente foi deserta, e estamos iniciando novamente o processo de licitação para começarmos a construção da UBS. São coisas que estão em andamento e o grande impacto foi a vinda do governador na região para dar a ordem de serviço da SP 249, que liga Ribeirão Branco a Apiaí. Tenho certeza que essa será uma grande marca do nosso governo.


07

19 de fevereiro de 2014

Poupatempo inicia treinamento de funcionários em Itapeva Colaboradores do município fazem curso esta semana Os futuros colaboradores do Poupatempo de Itapeva começaram a passar pelo treinamento, necessário para atender os cidadãos assim que o posto estiver funcionando, nesta quarta-feira, 12 de fevereiro. O objetivo é que todos estejam devidamente capacitados a trabalhar dentro do padrão Poupatempo de qualidade, que existe

há 16 anos. Os cursos são realizados dentro da futura unidade e contam com treinamento técnico em serviços - relacionados à Carteira de Trabalho, Carteira de Identidade, Atestado de Antecedentes Criminais, sistema de agendamento, Acessa SP e serviços públicos eletrônicos além de conteúdo conceitual e

comportamental, em ambiente virtual e presencial.  Participam das aulas 45 funcionários, entre atendentes, orientadores e administradores. “Essa é uma etapa fundamental no processo de implantação dos novos postos, pois o Poupatempo é reconhecido por 99% da população pela qualidade no atendimento e sabemos que grande parte disso se deve aos seres humanos que estão do outro lado do balcão”, afirma o secretário de Gestão Pública, Davi Zaia.  O treinamento, que vai até o dia 26 de fevereiro, encerra com a ambientação dos novos colaboradores no posto. Logo após, se inicia a fase de pré-operação – última etapa para que os profissionais possam iniciar atendimentos antes da inauguração. A unidade está prevista para ser aberta ao público no mês de março.  Programa Poupatempo O Poupatempo é um programa do Governo do Estado, co-

ITAPEVA

AME utiliza Call Center para avisar pacientes sobre data e hora das consultas O Ambulatório Médico de Especialidades (AME) há quase quatro anos em Itapeva realiza todos os procedimentos com horário marcado O AME atende exclusivamente pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), que são encaminhados conforme a necessidade observada pelos médicos das Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Itapeva e dos 14 municípios da região. Este contato é feito via Central Reguladora de Vagas, para fazer o agendamento da consulta daquele paciente, que necessita ser encaminhado ao Ambulatório para a realização de diagnósticos mais complexos. Segundo o Superintendente da Santa Casa, gestora do AME, Aristeu de Almeida Camargo Filho, a proposta do Ambulatório Médico de Especialidades é oferecer resolutividade em saúde, ou seja, o paciente realiza a consulta e os exames no próprio Ambulatório, preferencialmente no mesmo dia. “Os resultados são direcionados novamente às Unidades, e o paciente continua fazendo o tratamento necessário no Posto de Saúde do seu município” destaca. Em 2014, o AME Itapeva completa quatro anos, e um dos grandes diferenciais é que todos os procedimentos realizados no Ambulatório são com horário marcado, além disso, o paciente somente pode entrar nas dependências do AME uma hora antes.

Tatiane, Silvana e Daiane fazem as ligações para agendar consultas

Para melhorar ainda mais esse processo, as colaboradoras que atuam no serviço de Call Center do AME Itapeva, ligam para os pacientes confirmando o dia e hora da consulta e exames. De acordo com a Coordenadora Administrativa do AME, Natália Facco Nalesso o serviço de Call Center tem o objetivo de relembrar os pacientes sobre a data da consulta ou do exame e também agilizar a fila de espera.

Lucélia Santos recebeu SMS avisando o dia da consulta no AME

“Assim que o paciente é agendado para a sua primeira consulta (retorno e interconsulta) no AME, ele recebe uma mensagem eletrônica automática via celular através da Central de Regulação de Oferta de Serviço de Saúde – CROSS. Mas, nós também dias antes da data agendada, ligamos para o telefone do paciente para confirmar a sua presença. Muitas vezes quando este não pode comparecer, imediatamente remarcamos sua consulta para uma nova data e já ligamos em seguida para outro paciente, que está na fila de espera”, ressalta. Para dona Lucélia Batista dos Santos que passou por diversas especialidades no Ambulatório, as mensagens eletrônicas e as ligações são importantíssimas. “Muitas vezes a data da consulta coincide com outro compromisso que não tem como desmarcar, e quando eles ligam do AME para confirmar fica mais fácil, pois a gente já sabe da nova data e pode se programar”, diz ao mostrar a mensagem recebida via celular.

ordenado pela Secretaria de Gestão Pública que, desde a inauguração do primeiro posto, em

1997, já prestou mais de 382 milhões de atendimentos. Atualmente conta com 32 unidades

de atendimento instaladas na capital, Grande São Paulo, interior e litoral. 

Hospitais da região Sudoeste receberão quase R$ 10 milhões do Estado

O governador Geraldo Alckmin autorizou a liberação de quase R$ 10 milhões ao ano para custeio de 3 hospitais da região Sudoeste. São R$ 800 mil (R$ 66 mil e 600/mês) para a Santa Casa de Piraju, R$ 1,3 milhão (R$ 111 mil/mês) para a Santa Casa de Capão Bonito e R$ 7,6 milhões para a Santa Casa de Itapeva. Recursos oriundos do novo programa do Governo para auxílio aos hospitais filantrópicos, que atendem pelo SUS. “Ficamos muito contente com os novos recursos para os hospitais da nossa região, porque

desde que assumimos o mandato trabalhamos para conseguir mais dinheiro para as Santas Casas. Elas prestam um serviço essencial à população e sobrevivem com dificuldade por causa da baixa remuneração dos serviços médico-hospitalares feita pela tabela SUS, por isso, a iniciativa do governador Geraldo Alckmin é extremamente louvável e só temos a agradecer sua sensibilidade”, comentou Dr. Ulysses. O governador também elogiou o trabalho do Dr. Ulysses e disse “esse é o deputado da Saúde” por sua dedicação à área. Este ano, os hospitais filan-

trópicos receberão R$ 535 milhões extras em recursos do Estado. Para definir os novos valores, o governo classificou as unidades em 3 tipos: hospitais estruturantes que são aqueles de referência em atendimentos de alta complexidade; como a Santa Casa de Itapeva; hospitais estratégicos, de médio porte que servem de retaguarda aos estruturantes, como o de Capão Bonito; e hospitais de apoio, que são os de pequeno porte, como a Santa Casa de Pirajú. Assessoria de Imprensa Deputado Dr. Ulysses (PV) - Jorge Marinho

ITAPORANGA

Ponte com risco de desabamento é interditada A ponte que liga o município de Itaporanga ao Bairro Mosteirinho, localizada na Estrada Vicinal Kazuyochi Kurita foi interditada na segunda-feira (17). A passagem sobre o Córrego do Frango apresenta problemas estruturais e risco de desmoronamento e para se-

gurança das pessoas que trafegam pelo local, a iniciativa foi de inviabilizar o seu acesso. De acordo com informações da Secretaria Municipal de Obras, os reparos são necessários devido ao risco de desabamento, principalmente, pelo intenso tráfego de veículos e caminhões que circula

pela vicinal. Os danos na estrutura foram identificados após vistoria do Departamento de Engenharia Municipal. A previsão é que o local fique fechado para o tráfego até março. A ponte receberá reforço da fundação e aterro nas cabeceiras.


08

19 de fevereiro de 2014

ITAPEVA

Prefeito Comeron visita moradores da Vila São Francisco após chuva Prefeitura fará cadastramento das famílias que vivem em áreas de risco no bairro Na manhã do dia 11, o prefeito Roberto Comeron visitou a Vila São Francisco e conversou com moradores que tiveram suas casas afetadas em decorrência da forte ventania que atingiu o município de Itapeva no sábado (08). Acompanhado dos secretários Major Patriarca (Defesa Social), Elizabeth Minaif Santos (Ação Social) e Luiz Carlos Piloto (Administrações Regionais), Comeron anunciou que as 17 moradias afetadas terão o telhado reconstruído pela Prefeitura, que também executará serviços de limpeza e retirada do entulho que foi depositado pelos próprios moradores na margem do córrego que atravessa o bairro. “Nessa primeira etapa faremos a reconstrução do telhado e o serviço de limpeza da área, que são serviços emergenciais. O segundo passo é cadastrar as

famílias que vivem em áreas de risco para que possamos realocá-las em outras moradias”,

disse Comeron. Segundo ele, o município solicitará ao governo do Esta-

do para que 5% dos imóveis construídos pelo programa habitacional Casa Paulista se-

jam destinados às famílias que moram em áreas consideradas de risco.

MAIS INVESTIMENTOS. Além das ações de emergência por casa das chuvas ocorridas no último final de semana, a Prefeitura pretende promover ações de revitalização do bairro, em parceria com os governos federal e estadual. De acordo com o prefeito Roberto Comeron, o município deve iniciar ainda este semestre a construção de uma avenida interligando a Avenida Mário Covas com a Rodovia que dá acesso ao município de Nova Campina. A obra será executada com recursos federais, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). “Essa obra é fundamental para desafogar o trânsito de caminhões na Avenida Higino Marques e contribuirá significativamente para aumentar a segurança de motoristas e pedestres, além de melhorar o fluxo de veículos na região”, explicou o prefeito.

ITAPEVA

RIBEIRÃO GRANDE

Prefeitura entrega telhas às famílias atingidas pelo vendaval do último final de semana

Terminal Rodoviário é reivindicação dos moradores

Não houve registros de feridos e desabrigados A Prefeitura de Itapeva, por meio da Coordenadoria Municipal de Proteção e de Defesa Civil, órgão ligado à Secretaria Municipal de Defesa Social, entregou na última quarta-feira (12) 211 telhas onduladas em fibra e madeiramentos a 17 famílias atingidas pela forte ventania no último final de semana. O vendaval atingiu os bairros da Vila Mariana e São Francisco e resultou na queda de árvores, destelhamento de várias residências e interrupção do fornecimento de energia. Não houve registro de pessoas feridas e desabrigadas.

Os moradores do município de Ribeirão Grande reclamam a falta de um Terminal Rodoviário na cidade, cujas obras estão paradas desde setembro do ano passado. O local está abandonado. Há material sem uso no local, o moto começa a tomar conta ao redor do imóvel e a plataforma de embarque tem servido de estacionamento. Enquanto o Terminal não é finalizado, os moradores são obrigados a usar pontos improvisados de embarque e desembarque, os quais não possuem cobertura ou banco de espera. Já o acesso aos horários dos ônibus é feito em uma padaria da cidade. A construção da Rodoviária é um projeto entre a Prefeitura e o Departamento de Estradas de Rodagem (DER). O convênio foi assinado em julho de 2012 e o total da obra, de R$ 320 mil, foi parcelado em sete vezes. Segundo o DER, duas parce-

las já foram pagas e este mês de fevereiro deve ser depositada a terceira. Foram duas no valor de R$ 91 mil e o prazo de conclusão do convênio é setembro de 2014. O Executivo informou que os repasses estão atrasados. Segundo o município, a empresa contratada terminou parte da obra antes do previsto. Isso fez com que a construção fosse pa-

ralisada até o DER voltar a repassar o dinheiro. A empreiteira responsável pela construção informou que executou 80% da obra com recursos da empresa, mas os operários pararam de trabalhar porque aguardam o restante dos repasses do DER. Assim que o pagamento for regularizado a situação deve voltar ao normal. (Imagem TV Tem)

ITAÍ

Caminhoneiro morre carbonizado em acidente Motorista atingiu a lateral de outro caminhão durante uma ultrapassagem Um caminhoneiro morreu carbonizado na noite desta terça-feira (11), em um acidente entre dois caminhões no quilômetro 278 da rodovia Raposo Tavares (SP-270), em Itaí. Segundo a Polícia Rodoviária, o motorista perdeu o controle do

veículo e bateu na lateral do outro veículo durante uma ultrapassagem. O caminhão da vítima tinha placa de Londrina-PR e estava carregado com utensílios de plástico. De acordo com a polícia, após o acidente o caminhão

pegou fogo e o motorista não conseguiu sair. O veículo ficou completamente destruído. O motorista do outro caminhão, que estava vazio, não ficou ferido. Devido à batida, a rodovia ficou interditada por aproximadamente 40 minutos.


09

19 de fevereiro de 2014

Acidente mata motorista em Angatuba

GUAPIARA

Ladrões arrombam caixa automático de agência bancária A população está apreensiva após o arrombamento de um caixa automático de uma agência bancária de Guapiara ocorrido no último dia 11. De acordo com a Polícia Militar, os criminosos usaram um maçarico para abrir o caixa eletrônico do bando que fica na área central do município. Os ladrões levaram todo o dinheiro que estava na máquina, porém o valor não foi divulgado pela Polícia. Os funcionários da agência fizeram o levantamento sobre o prejuízo, mas também não divulgaram a contabilidade. A Polícia investiga se houve registro da ação por câmeras de segurança. Na quinta-feira (13), uma

Na tarde de quinta-feira (13), a Polícia Militar Rodoviária foi solicitada a comparecer à Rodovia Raposo Tavares, SP 270, na região de Angatuba, para atender vítima de acidente de trânsito. De acordo com a Polícia, o motorista do veículo Gol com placas de São Bernardo do Campo invadiu a pista contrária, vindo a colidir de frente com um caminhão, na altura do qui-

lômetro 204. O motorista do caminhão não teve tempo de desviar. Com o impacto, a vítima de 50 anos ficou presa às ferragens. O Corpo de Bombeiros foi acionado e fez o corte do teto para a retirada do homem. O condutor chegou a ser socorrido pela unidade de UTI do SAMU, mas não resistiu aos ferimentos e entrou em óbito. Segundo informações da Polícia,

quadrilha foi presa pela Polícia Civil, acusada de praticar este tipo de delito em nossa região.

As ocorrências ainda estão sendo investigadas para ver se há ligação. (Imagens TV Tem)

a vítima morava na capital e trabalhava como vendedor. O motorista do caminhão não sofreu ferimentos. Após o acidente, o trânsito na Rodovia SP 270 ficou lento por aproximadamente 30 minutos. Policiais militares e funcionários do DER sinalizaram a via para evitar outro acidente. A perícia foi até o local e o motivo da colisão será investigada. (Imagem: TV Tem)

ANGATUBA

Homem é preso acusado por furto Na madrugada de sextafeira (14), a Polícia Militar foi solicitada para atender uma ocorrência de furto em estabelecimento comercial. Segundo a PM, o rapaz de 21 anos e mais dois adolescentes adentraram um salão

de beleza e acabaram levando um ventilador, um aparelho de som e creme corporal. O indiciado já tinha passagem pela Polícia acusado por tráfico de drogas. A PM acredita que os objetos furtados seriam trocados por droga.

O rapaz foi encaminhado para a Cadeia de Capão Bonito por furto e aliciamento de menores. Os adolescentes foram encaminhad os ao Conselho Tutelar e entregues às famílias posteriormente.

RIVERSUL

Pescador morre atacado por abelhas Antônio José Rocha, que popularmente era chamado por Zé prego, de 69 anos morreu na manhã deste domingo (16), após ser atacado por um enxame de abelhas no município de Riversul. Segundo informações, a vítima estava arrancando minhocas para ir pescar em um açude

na Fazenda Bergamini, quando mexeu em um entulho, onde estava o enxame de abelhas. Ele recebeu entre 2.000 a 2.300 picadas. A vítima conseguiu correr uns 50 metros, mas caiu ao chão e não resistiu as picadas, vindo a óbito ainda no local. O Boletim de Ocorrência foi

registrado na Delegacia de Polícia de Riversul e o corpo encaminhado ao IML de Itapeva, para realização da necropsia, sendo liberado ainda na tarde de domingo. Antônio José foi sepultado na manhã desta segundafeira (17), no Cemitério Municipal de Riversul. Fonte: Elvis Ferraz

RIVERSUL

Caminhão cai em ribanceira Na quarta-feira (12), por volta das 14h, um caminhão carregado de papelão, que estava transitando pela Rodovia Aparício Bíglia Filho, sentido Riversul / Itararé, próximo ao km 23, perdeu o controle da direção e saiu da estrada.

Para evitar um acidente mais grave, o condutor jogou para cima de um guard rail presente no local e acabou parando em uma ribanceira. O Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar estiveram no local e resgataram o motorista,

que teve apenas ferimentos leves e foi encaminhado para a Santa Casa de Itararé. As causas do acidente ainda estão sendo analisadas. A Scania era da cidade de Pindamonhangaba de propriedade da PNB Transportes. Fotos: Milton Komnicki


10

19 de fevereiro de 2014

Adrianópolis vai ganhar nova fábrica de cimentos e oferecerá mão de obra para a região Companhia Vale do Ribeira e chinesa CITIC HIC vão gerar com o novo empreendimento cerca de dois mil empregos entre diretos e indiretos. Previsão é de que as obras iniciem no começo de 2015 Uma das cidades de menor IDH do Estado do Paraná vai receber em breve um novo empreendimento que promete gerar uma média de dois mil empregos (diretos e indiretos). A CVR – Companhia Vale do Ribeira – em parceria com a chinesa CITIC-HIC vai construir na cidade de Adrianópolis (PR) uma nova fábrica de cimentos com um investimento previsto de R$ 518 milhões. A iniciativa integra o programa de incentivo fiscal Paraná Competitivo. O protocolo de intenções para o investimento já foi assinado pelo governador Beto Richa. Essa será a segunda fábrica de cimentos na região do Vale do Ribeira.

Riquezas Minerais Adrianópolis está localizada na Região do Vale do Ribeira, uma das de maior riqueza mineral do país. Apesar de rica em minerais como o calcário, por exemplo, a população da região tem renda baixa e a falta de perspectivas e oportunidades de negócio favorece o aparecimento de bolsões de pobreza. Com a instalação da nova fábrica e o alto investimento das empresas na região, a cidade volta a respirar na esperança de uma vida melhor para suas famílias. Henrique Bica Zaffari, sócio diretor da CVR, afirma que a empresa já possui o terreno e a jazida, com reservas abundante em matéria prima estimadas em mais de 500 milhões de tonela-

das de calcário. “Vamos aproveitar o potencial mineral da região, a demanda crescente do mercado e a falta de oportunidades para a cidade e a população de Adrianópolis, para lançar um novo empreendimento que vai transformar a cidade, proporcionando aos habitantes uma qualidade de vida cada dia melhor por meio da valorização da mão de obra local”, diz. A expectativa é que a nova fábrica produza 1 milhão de toneladas de cimento ao ano. Devido as proximidades com municípios do Alto Vale do Ribeira e do Sudoeste Paulista esta conquista é um grande avanço, já que deverá abrir vagas para trabalhadores de diversas localidades.

BOM SUCESSO DE ITARARÉ

CAPÃO BONITO

Prefeitura recebe dois ônibus para atender população

Pronto Socorro cumpre lei de autoria do vereador Heitor Silveira

O município de Bom Sucesso de Itararé recebeu dois ônibus para o transporte escolar do Governo do Estado de São Paulo no último dia 07. No total foram entregues 65 veículos, que beneficiarão 27 municípios, com investimento de mais de R$ 10 milhões. Para o prefeito Pacheco é mais uma importante conquista para a cidade. “Estes

novos veículos vão oferecer mais conforto e segurança e auxiliarão na realização do transporte de alunos, já que os novos veículos são adaptados para portadores de deficiência e para trafegar em estradas de terra, proporcionando assim, mais tranquilidade aos pais e mestres”, disse o chefe do Executivo. Os carros foram adquiri-

dos pelo Governo do Estado de São Paulo, através da Secretaria do Estado da Educação e repassados aos municípios conveniados no transporte escolar da rede estadual de educação básica e que atendem aos critérios técnicos de avaliação do FNDE, entre os quais está a quantidade de estudantes que residem na zona rural.

ITAÍ

Monte Vila é campeã do Torneio de Futsal de Férias A equipe do Monte Vila venceu o Torneio Municipal de Férias, realizado pela Diretoria Municipal de Esportes de Itaí. Após uma goleada de 11 a

3 sobre a equipe Wray, o Monte Vila pôde sagrar-se campeão e erguer a taça de primeiro colocado. Em terceiro lugar ficou a equipe do Supermercado Triângulo.

O destaque do campeonato ficou por conta de Vagner Castilho Iag o de Almeida como goleiro menos vazado e Reinaldo Cardoso Junior como o artilheiro da competição.

A partir de agora, quando o paciente chegar ao Pronto Socorro da Santa Casa de Capão Bonito e apresentar o seu Cartão SUS, haverá logo em seguida, um enfermeiro conduzindo o paciente para a sala de triagem. Lá será feito o acolhimento, momento em que o profissional identificará os casos de urgência através da pré-consulta de enfermagem para agilizar e priorizar os atendimentos. Essa mudança no atendimento se deve ao cumprimento da lei nº 3.769 de autoria do vereador Heitor Silveira, que já na tarde de sexta-feira (14), visitou o Pronto Socorro, acom-

panhou o atendimento à população e conversou com diversos pacientes explicando os direitos que a lei garante a todos eles. “No tempo em que permaneci no Pronto Socorro acompanhando o cumprimento de minha lei, pude notar o quanto o atendimento melhorou. Saí de lá muito feliz, pois vi que a nossa população a partir de agora será atendida com mais atenção e dignidade. Continuarei visitando o Pronto Socorro para fiscalizar e acompanhar o atendimento e continuarei lutando por ainda mais melhorias, pois muita coisa ainda precisa ser feita e

a nossa população merece a nossa dedicação”, disse o vereador Heitor Silveira. Ao fim da visita, o vereador conversou com o diretor da Santa Casa Nilton Soares e solicitou que o cumprimento da lei não seja interrompido e se colocou à disposição da Santa Casa para colaborar em tudo o que for necessário. Segundo Nilton, por enquanto, a pré-consulta de enfermagem está sendo realizada apenas de segunda a sábado, até o fim da tarde, mas em breve será realizada 24 horas por dia para melhor atender os pacientes.


11

19 de fevereiro de 2014

CAPÃO BONITO

Nova etapa de pavimentação tem início Comaçaram as obras na Rua Carmelo de Lima Fim Uma nova etapa do Programa de Pavimentação Urbana (PPU) começou na Rua Carmelo Lima Fim, no Bairro Nova Capão Bonito. O valor investido na obra, que vai melhorar a infraestrutura urbana do bairro, é de R$ 240.000,00, com contrapartida

de R$ 47.229, 31 da Prefeitura. Conforme informações da Secretaria Municipal de Planejamento, a pavimentação é executada pela construtora PortCon, com emenda liberada pela deputada estadual Maria Lúcia (PSDB). Com mais este investimen-

Início das obras de pavimentação da rua Carmelo de Lima Fim

to, o valor total de recursos aplicados na terceira etapa do PPU ultrapassará os R$ 802 mil. A terceira etapa também recebeu recursos provenientes de emenda parlamentar do deputado Nelson Marquezelli - R$ 196.400,00 e contrapartida de R$ 103.686,91 da prefeitura e ainda do secretário de Saneamento e Recursos Hídricos, deputado Edson Giriboni, que possibilitou a pavimentação das ruas Eugênio Bento Chaves e Vinte e Cinco no final de 2013. Investimento público contribui para o desenvolvimento do bairro - “A cada projeto executado estamos fechando áreas que não tinham infraestrutura. A meta é atingir os 100% de asfaltamento nos próximos anos”, destacou o prefeito Julio Fernando.

Pavimentação melhora infraestrutura do bairro e estimula o desenvolvimento

Outros processos de licitatórios com emenda já liberada pelo deputado federal Guilherme Mussi estão em andamen-

to e a prefeitura pretende avançar ainda mais na questão da melhoria da infraestrutura no bairro que passou a ter uma das

maiores taxas de crescimento e valorização de imóveis da cidade após os investimentos públicos.

Jovens alistados no Serviço Militar recebem certificados de dispensa Jovens receberam na última segunda-feira (17), o Certificado de Dispensa de Incorporação (CDI) em cerimônia realizada na Base do Corpo de Bombeiros de Capão Bonito. O tenente do Exército Odomar Wiedtheuper, delegado da 15ª Delegacia do Serviço Militar da região, conduziu a cerimônia. A cerimônia de Juramento à Bandeira atraiu a atenção de autoridades e familiares devido a sua beleza e compromisso cívico. O evento contou com a presença do prefeito e presidente da Junta de Serviço Militar de Capão Bonito – Julio Fernando Julio Fernando, do vice Marco Citadini e dos vereadores Célio de Melo, Carlos Chaves, Ezequiel Pereira, Heitor Silveira, Ma-

theus Francatto e Romano Oliveira e do comandante da Base dos Bombeiros, sargento Claudio Araújo. Os jovens dispensados pres-

taram o juramento à Bandeira e receberam os certificados. O prefeito Julio Fernando, o vice Marco Citadini e o presidente da Câmara Célio de Melo

destacaram em seus discursos a importância da solenidade. “O CDI é muito importante na vida de cada um. É um documento indispensável, seja para

prestar um concurso e ingressar em cargo público ou mesmo para ingressar na universidade,”, alegou Célio de Melo. “A entrega dos Certificados

de Incorporação é um marco para maioridade dos jovens brasileiros, porém eles devem manter suas obrigações civis de servir à pátria durante toda sua vida, através da promoção e do exercício da cidadania” afirmou o prefeito Julio Fernando. “O juramento simboliza o compromisso destes jovens com a Pátria. A partir de agora, cada um assume o compromisso de estar à disposição para o Serviço Militar e comparecer imediatamente se for convocado”, acrescentou o vice-prefeito Marco Citadini. Segundo o tenente Edomar, mesmo não prestando o serviço militar, os jovens cumpriram sua obrigação com louvor perante a lei e a cidadania.

Agência da CETESB inaugura novas instalações O secretário estadual do Meio Ambiente, Bruno Covas e o presidente da CETESB – Companhia Ambiental do Estado de São Paulo, Otavio Okano, inauguraram no dia 07, as novas instalações da Agência Ambiental de Capão Bonito, que passa a

ocupar uma área de 300 m², dobrando o espaço ocupado atualmente pelos seus onze funcionários, dos quais cinco são técnicos e seis da área administrativa e de apoio. A agência, localizada na Rua Denise, 131, Bairro Terras do

Prefeito Julio Fernandocom os secretários BrunoCovas e Edson Giriboni: Bruno Covas estará em Capão Bonito inaugurando novas instalações daCETESB

Imbiruçu, passa a ocupar salas num prédio ao lado, proporcionando melhores condições de atendimento aos usuários de seus serviços. A agência foi inaugurada em 2009, atendendo 17 municípios, sendo cinco da região do Alto Ribeira e doze do Vale do Paranapanema. São os seguintes: Apiaí, Barra do Chapéu, Bom Sucesso de Itararé, Buri, Capão

Bonito, Guapiara, Itaberá, Itaóca, Itapeva, Itapirapuã Paulista, Itararé, Nova Campina, Ribeira, Ribeirão Branco, Ribeirão Grande, Riversul e Taquarivaí. Segundo o gerente Guilherme Xavier de Barros, a área de atuação da agência compreende quatro unidades de conservação: Parque Estadual Carlos Botelho, Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira, Parque In-

tervales e Parque Estadual Nascentes do Paranapanema. “Essa é uma das características da área de atuação da Agência Ambiental de Capão Bonito, que precisa conciliar ações de preservação dos recursos naturais com o desenvolvimento econômico”, explica Barros. A região abriga o maior contínuo de Mata Atlântica do país, além de milhares sítios espele-

ológicos, mas, por causa de suas características geológicas, com extensas jazidas de calcário, atrai o interesse de grandes empresas do setor cimenteiro. Há na região, atualmente, duas fábricas de cimento de grande porte e mais duas em instalação. Há, ainda, empresas que atuam na área de reflorestamento, papel e celulose, serraria, carvoaria, cerâmica e outras.


12

19 de fevereiro de 2014

ITABERÁ

Município decreta estado de emergência devido ao calor e a estiagem

A

Prefeitura Municipal de Itaberá decretou estado de emergência devido ao prejuízo sofrido pelos agricultores por causa do excesso de calor e a falta de chuva neste verão. De acordo com o Executivo, todos os agricultores foram afetados e a perda na produção pode chegar a 70% nas lavouras de soja e milho, além da pecuária. 20% da propriedade de três mil hectares tinha irrigação, mas o calor este ano foi tão forte que o sistema precisou ser

interrompido, porque o açude ficou abaixou seis metros e o nível impediu o bombeamento da água. Segundo o vice-prefeito e secretário da Agricultura, Gustavo Prestes Cardoso, os problemas com a agricultura poderão abalar a economia do município, pois a produção do campo movimenta 80% do mercado local. Confira a entrevista: IN – Qual a situação atual da produção agrícola de Itaberá? Secretário – A situação de nossa produção encontra-se

bem abaixo do esperado, porque tivemos perda de 70% da soja do município e do milho também devido a alta estiagem e a alta temperatura de outubro a fevereiro. IN – De quanto foi prejuízo dos produtores? Secretário - Eu não tenho um número estimado, mas posso dizer que temos 35 mil hectares de soja plantados e em torno de 25 mil hectares de milho e essa quebra foi de 50% a 70% da produção. IN – Em que isso pode refletir no setor da cidade? Secretário – Como 80% do município é agrícola isso vai refletir na cadeia econômica inteira, desde o comércio até o aumento de desemprego no setor rural, ou seja, na cadeia como um todo. IN - Haverá racionamento de algum produto? Secretário – Tem caso de muitos produtores fazerem contrato, isso implica em travar o preço que eles acham apropriado para a venda do seu produto, e alguns produtores fecharam esse contrato esperando um número x de sacos de soja. Muitos deles não conseguiram produzir o que fecharam, consequentemente muitas cooperativas não poderão cumprir com o contrato e nesse sentido precisamos achar uma maneira de resolver isso da melhor forma possível. IN – Quanto a alta nos preços tem uma data para estabilizar? Secretário - Não podemos prever uma data, porque não conseguimos prever o mercado, mas já estamos vendo que já começou a refletir bastante na alta dos preços, como a soja que

aumentou em torno de 15% e o pessoal está começando a colheita ainda. IN – Qual é a iniciativa tomada pelo município para ajudar esses agricultores? Secretário – O município entrou em situação de emergência por parte da Prefeitura, junto com a Secretaria da Agricultura. Foi feito um laudo técnico e o governo decretou estado de emergência e isso foi encaminhado pelo Estado, através da Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo. O decreto foi enviado na semana passada e esta semana esperamos a homologação e a divulgação no Diário Oficial. IN – Que recado o senhor deixa à população de Itaberá e aos agricultores neste momento de dificuldade?

Secretário – Acho que é o momento de todos os agricultores de unirem com os bancos e as revendas e entrarem num consenso para que todos possam se ajudar, a fim de que pos-

samos amenizar essa perda e tentar futuramente estabilizar a situação. Uma cadeia deve ajudar a outra, quanto a Prefeitura estamos disponíveis para ajudar os produtores.

ITABERÁ

NOVA CAMPINA

Caminhão carregado de tomate bate em barranco

Instaurada a CEI da Máquina Pesada

Por volta das 14h45 do último sábado (15), a Polícia Rodoviária e o DER – Departamento de Estradas e Rodagem co mpar ece ram à R odov ia Eduardo Saigh, SP 249, para atender uma ocorrência de acidente de trânsito. Ao chegarem no local depararam-se com um caminhão carregado com caixas de tomate, o qual estava caído em um barranco. Segundo informações do condutor do veículo, que não sofreu nenhum ferimento, ele vinha de Itapeva, quando acabou se perdendo no trevo de Itaberá ao fazer a curva, vindo a colidir contra o barranco. Conforme o motorista, as más condições do tempo contribuíram para que o motorista não controlasse a direção, pois em sua carroceria transportava mais 12 mil quilos de tomate. No momento do acidente chovia muito e a pista estava bastante escorregadia. A carga tinha como destino a cidade de Catanduva. Fotos: Ame Notícias

Senhores Contribuintes, Informamos a aqueles que não receberam os seus carnês de TAXA DELICENÇADE FUNCIONAMENTO e ISS FIXO, com primeiro vencimento para o dia 10/05/2014, podem adquiri-los junto à Prefeitura Municipal de Itapeva na DIVISÃO DE TRIBUTOS MOBILIÁRIOS (ISS).

A

Câmara de Nova Campina após receber uma de núncia formalizada de que a Prefeitura teria bancado curso de máquinas pesadas a uma pessoa que não faz parte do quadro de funcionários, resolveu instaurar mais uma Comissão Especial de Inquérito. A CEI da Máquina Pesada teve início nesta segunda-feira (17), com o depoimento de um servidor que também realizou este curso, o qual confirmou a denúncia. As oitivas continuam e em entrevista à nossa equipe de reportagem, o presidente Maurício Lazari falou sobre mais esta acusação contra a administração do prefeito Niltinho, confira: IN – Foi instaurada na última semana mais uma CEI. Quais as irregularidades que deverão ser apuradas desta vez? Maurício – Na última sessão, a Câmara instaurou mais uma CEI para apurar a denúncia feita por um servidor público. O Legislativo de pronto, analisando a denúncia desse servidor, instaurou uma CEI para apurar possíveis irregularidades num curso prestado aos servidores, que seria o curso de máquinas pesadas, em que participou um funcionário e o filho de um servidor do município, que é uma pessoa estranha ao quadro de servidores e essa des-

pesa foi custeada pelo erário público. Neste sentido nós queremos averiguar se essa denúncia procede ou não. IN – E quem faz parte dessa Comissão? Maurício – A Comissão tem cinco membros, eu estou como presidente, o vereador Marcelo está como relator e os membros

são os vereadores Heber, Célio e Cleuza. IN – Por que houve a decisão de instaurar essa CEI? Maurício – Nós recebemos essa denúncia formalizada de um servidor sobre um curso de máquinas pesadas, quando o Governo Federal através do PAC contemplou o município de Nova Campina, em que foi oferecido um curso preparatório de operador de máquina. Um

dos participantes daqui do município é um funcionário servidor e a outra pessoa é estranha ao quadro de servidores, inclusive eu nem a conheço. A informação que foi trazida na denúncia é que se trata do filho de um diretor de transporte, o qual estava organizando os servidores que vinham participar desse evento, que foi patrocinado segundo ele pela Prefeitura. IN – Como o senhor avalia esse momento que Nova Campina está vivendo? Maurício – Em primeira mão eu fico triste e lamento todos os ocorridos, mas eu acredito que tem tudo para melhorar, para que se mude esse quadro da história. Agora os caminhos que vão ser usados para que haja essa mudança, a transformação só o tempo dirá. IN – E quando começam as deliberações dos trabalhos da CEI? Maurício – Inclusive nós já tivemos a primeira oitiva do servidor, que participou desse curso, o senhor Robson, o qual confirmou a denúncia na declaração que fez. No dia 18 ouvimos outras pessoas, inclusive o diretor do Departamento. Acredito que no prazo de 30 dias uma CEI dessa envergadura deverá ser concluída.


13

19 de fevereiro de 2014

NOVA CAMPINA

Comissão Processante espera defesa do prefeito para votação de cassação

A

Comissão Processante da Câmara Municipal de Nova Campina aguarda até esta sexta-feira (21), a defesa do prefeito Nilton Ferreira da Silva sobre as acusações de improbidade administrativa, que foram apuradas através da CEI das Compras, que teve início no ano passado e término em janeiro deste ano. Segundo a Comissão foram encontradas inúmeras irregularidades em notas fiscais, inclusive feitas diversas compras com dispensa de licitação e valores acima do permitido por lei. Após notificado, o chefe do Executivo teve cinco dias para esclarecer o que ocorreu e quem são os culpados pelas irregularidades apontadas pelos vereadores. Nesta sexta-feira a Câmara pode decidir os rumos do município. Em entrevista à nossa equipe de reportagem, o vereador Antônio Isael de Oliveira Junior falou sobre os trabalhos desenvolvidos até o presente momento, confira: IN – A Comissão Processante enviou documento pedindo a cassação do prefeito Niltinho. O que aconteceu a partir daí? Junior – A partir do momento que o procurador do

prefeito Nilton, o advogado Paulo De La Rua foi notificado na última sexta-feira (14), tem cinco dias para se manifestar com a defesa escrita para que possamos dar prosseguimento ao parecer final da Comissão Processante. Nós encontramos algumas dificuldades em localizar tanto o prefeito, quanto seu procurador, porém a notificação foi realizada. IN – Então o prefeito terá o direito a defesa? Junior – Sim, a defesa dele será de cinco dias, contados a partir da data de segunda-feira. Como o procurador recebeu a notificação na data de sexta-feira à tarde, conta-se a partir do próximo dia útil, assim ele tem até sexta-feira (21) para se manifestar por escrito. Eu tenho a informação através da relatora, vereadora Nilcéia, que na parte da manhã de hoje o procurador esteve no prédio da Câmara pedindo vista dos documentos e já estão em poder do mesmo os documentos necessários para a elaboração da defesa, que aguardamos o protocolo até sexta. IN – E quem decidirá o destino de Nova Campina a partir dessa defesa? Junior – A partir dessa defesa

os vereadores da Comissão Processante vão emitir um parecer final e submeter à apreciação do plenário, o qual cabe a decisão aos nove vereadores, que diante dos documentos vão decidir o futuro de Nova Campina. IN – O senhor acredita que a cassação seja inevitável? Baseado em que isso será possível? Junior – Hoje eu diria que a

cassação seria inevitável, porém deixo claro que essa pergunta deveria de feita depois de sexta-feira, porque então teríamos os documentos da defesa escrita de fato, para aí dizer cassação ou não, mas até o momento se for ver os documentos da CEI eu diria enquanto vereador que sim. Porém, posso me surpreender com a defesa.

IN – Quais foram as principais irregularidades encontradas pela CEI que configurasse improbidade administrativa? Junior ��� Algumas irregularidades consideradas pelo relatório final da CEI como compras com notas superfaturadas e compras sem orçamentos são alguns dos fatos de maior repercussão e com certeza, compras feitas com dispensa de licitação, sendo que isto só pode até R$ 8 mil, mas fizeram compras com valores muito maiores. Esses são os tópicos, que mais chamaram a atenção da população e da imprensa de uma maneira geral. IN – A partir de quando a Câmara decidiu tomar a decisão de montar a Comissão Processante? Por que não esperaram pela decisão do Judiciário? Junior – Nós vereadores decidimos isso a partir do encerramento do relatório final da CEI das Compras, que ocorreu no final de novembro. A parir daí os vereadores tinham a opção, ou deixaria para o Judiciário, ou iniciaria uma Comissão Processante. Diante da situação que a cidade está vivendo no dia a dia com todos os seus problemas, decidiu-se pela Câmara formar a Comissão Processante, no sentido

de acelerar os procedimentos, seja de uma cassação ou de um arquivamento. Provando que o prefeito tem ligação direta com os fatos, ou após a defesa dizer que o prefeito é inocente e não culpado direto sobre os fatos. IN – Faça uma análise da cidade de Nova Campina? Junior – Hoje a análise que faço de Nova Campina é de uma cidade que precisa de ajuda, uma cidade que está precisando voltar a crescer. Não temos ambulância, não temos atendimento médico nos bairros, está faltando remédio, tanto que na última sessão conseguimos aprovar o relatório da CEI da Saúde, que era a segunda do ano passado. Infelizmente Nova Campina não está caminhando, não está crescendo e com o orçamento que temos numa estimativa de quase R$ 28 milhões para esse ano, R$ 4 milhões a mais que no ano passado, temos por obrigação dar o resultado e alcançar os objetivos e os sonhos da população da cidade. NR: Em contato com prefeito, o mesmo pediu para que procurássemos o seu procurador Paulo de la Rua, o qual disse que só ia se manifestar após terminar a defesa de seu cliente, que ocorreria no final desta quarta-feira.

GUAPIARA / BARRA DO CHAPÉU

DRADS orienta municípios da região em relação a programas e investimentos

A

través da DRADS, os municípios que recebem recursos do Governo do Estado, vindos da Secretaria do Desenvolvimento Social, são orientados de como utilizá-los da melhor maneira e como eles devem ser investidos em prol da população que mais necessita. O órgão, que tem como diretor Luciano de Oliveira também visita entidades assistenciais para fiscalizar onde estão sendo investidas as verbas disponibilizadas pelo Estado. Na última semana, Luciano esteve em Guapiara e Barra do Chapéu e nos contou em entrevista o que fez por lá, confira: IN – O senhor esteve na APAE de Guapiara. Qual o motivo desta visita? Luciano – Desde que assumimos a DRADS de Itapeva estamos rodando por toda a nossa região, que contempla os 18 municípios do Sudoeste do Estado de São Paulo e estamos indo em todas as entidades sociais, que são mais de 50, que a DRADS tem trabalho. Estamos indo em todas as Prefeituras de nossa região para fazer trabalhos sociais, em que o Governo do Estado de São Paulo está fazen-

do grandes investimentos. Enquanto diretor da DRADS e enquanto equipe técnica, estamos indo com os nossos técnicos para trabalhar os convênios, os investimentos do Governo, porque entendemos que não fazemos gestão à distância. Assim, estamos presentes nessas cidades, nas entidades sociais fazendo o trabalho que nos compete e fiscalizando os investimentos através da supervisão de nossos técnicos. IN – Quanto a APAE de Guapiara, qual o motivo da visita? Luciano – Nós temos vários investimentos em APAEs de nossa região e a APAE de Guapiara não é diferente. Ela recebe

benefícios do Governo do Estado para fazer trabalhos com aqueles jovens e aquelas crianças especiais e quando ela recebe um benefício como todas as outras entidades compete a DRADS estar no local para fiscalizar, avaliar e colaborar com o trabalho desenvolvido. Estamos presentes não só na APAE de Guapiara, mas em todas as entidades sociais de nossa região. IN – O senhor também esteve com o prefeito Jorge Sabino, o que ficou acordado? Luciano – O Governo de São Paulo tem feito um importante investimento nos municípios. Em Guapiara vai investir R$ 558

mil reais, o qual vai atender 43 famílias que moram em situação de vulnerabilidade. Vai ser trabalhada a capacitação dessas famílias e elas vão receber um kit de construção civil para melhorar a sua moradia. Nós estivemos discutindo o programa do Governo que é o São Paulo Solidário, pois nos próximos dias o secretário Rogério Haman estará na cidade de Capão Bonito para assiná-los. Só do São Paulo Solidário nossa região irá receber mais de R$ 8 milhões em investimentos para essa área, por isso estamos indo e orientando os municípios, conversando com os prefeitos e secretários municipais de Ação Social, que é também a finalidade da DRADS. Conversamos sobre o CREAS, o CRAS, a demanda de capacitação para os funcionários municipais da gestão de assistência social. Conversamos também sobre a implantação de um fórum regional do trabalho infantil, sobre ação jovem, renda cidadã, os benefícios do idoso, casa transitória, APAE, ou seja, são vários assuntos que nós abordamos com as Prefeituras. Estamos fazendo esse trabalho, tendo bons fru-

tos, já repercutiu bem essa aproximação da DRADS com as Prefeituras e entidades sociais. Vamos trabalhar dessa maneira aproximando ainda mais as políticas públicas sociais próximas dos órgãos gestores e da população. IN – O senhor esteve em Barra do Chapéu, o que ficou acordado lá? Luciano – Também tratamos dos programas da DRADS para Barra do Chapéu. Já temos pré-agendado uma inauguração do CRAS na cidade, conversamos muito com o prefeito Eduardo sobre o Cadastro Único, sobre os recursos do FEAS, que tem investimentos impor-

tantes sobre as 183 vagas do Ação Jovem, que o Governo do Estado contempla. Conversamos sobre as 123 vagas do programa renda cidadã e as 32 vagas do benefício do idoso. Fora isso, Barra do Chapéu será o maior município da nossa região em recursos para o Programa São Paulo Solidário. O Governo do Estado através da Secretaria de Desenvolvimento Social da DRADS vai investir R$ 754 mil para atender 197 famílias, é um recurso importante e nós estivemos com o prefeito conversando e orientando para que aquela população possa ser contemplada na melhoria de suas residências.

APIAÍ

Usuários do CRAS têm curso de pintura em tecidos O projeto de pintura em tecidos foi desenvolvido nos Bairros Caximba e Assentamento David Macedo e foi desenvolvido através do Programa “CRAS no Nosso Bairro”, da Prefeitura de Apiaí. O secretário municipal de Promoção e Assistência Social, Alysson Garcia e a coordenadora do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), Valeria Perotoni estiveram presentes ao encerra-

mento do projeto. A população dos bairros contemplados com a iniciativa agradeceu a atual administração do prefeito Ari Kinor por levar os cursos oferecidos pelo CRAS até os seus respectivos bairros, atendendo a comunidade de forma mais presente e acessível. Foi disponibilizada uma monitora para desenvolver e acompanhar o curso nos bairros acima. O secretário municipal de Promoção e Assistência Social,

Alysson Garcia enfatizou a importância do atendimento direto nos bairros. “Com o atendimento nos bairros, propicia a população mais facilidade e em realizar cursos de capacitação e geração de renda. É uma das ações das quais visa a garantia de direitos”, afirmou. A professora Sandra Andrade ficou satisfeita com por ministrar as aulas. “A população foi participativa e colaborou com o sucesso do programa”,

disse. Segundo o prefeito Ari Kinor, o programa “CRAS no Nosso Bairro” é importante para o desenvolvimento de ações sociais em Apiaí. “O programa tem desenvolvido ações significativas, que atende a população que mais precisa, em bairros e distritos onde muitas famílias vivem em condições de vulnerabilidade social”, comentou o chefe do poder Executivo Municipal.


14

19 de fevereiro de 2014

CAPÃO BONITO

Governador atende pedido de prefeito e vice e libera R$ 1,3 milhão em custeio para Santa Casa Serão repassados R$ 111 mil por mês para custeio do hospital O prefeito Julio Fernando e o vice Marco Citadini aproveitaram a visita do governador Geraldo Alckmin no último dia 08 e entre os cinco pedidos apresentados inseriram a Santa Casa de Capão Bonito. Durante discurso, o prefeito Julio Fernando agradeceu os investimentos do governo estadual em Capão Bonito e região

e pediu a inclusão do hospital capão-bonitense no Programa SOS Santa Casa, que foi recentemente lançado pelo governador. “Somos o principal parceiro do hospital local senhor governador e não temos medido esforços para melhorar a qualidade do atendimento da Santa Casa que é administrada por sócios voluntários. O novo programa é

um novo alento no sistema público de saúde que há anos sofre com a defasagem da correção da Tabela SUS”, justificou o pedido o prefeito Julio Fernando durante a entrega do ofício pelo viceprefeito Marco Citadini. O pedido de Capão Bonito foi feito na hora exata e o governador de pronto anúncio a liberação de R$ 1,3 milhão (R$ 111 mil por mês), para custeio da Santa Casa de Capão Bonito. O provedor Masaru Ishihara, também presente na visita do governador, destacou que a verba para custeio chega em boa hora e será importante para acelerar projetos e ações do hospital. O programa – Segundo o Governador Geraldo Alckmin, o Programa SOS Santa Casa repassará R$ 535 milhões a hospitais em 2014. O programa ajudará 117 Santas Casas e hospitais filantrópicos de todo o Estado a cobrir

consultas, exames e cirurgias. “Os hospitais foram classificados em três tipos para o cálculo dos valores repassados: hospitais estruturantes (refe-

rência em atendimentos complexos), hospitais estratégicos (de médio porte, que dão retaguarda aos estruturantes) e hospitais de apoio (de pequeno por-

te). Entendemos perfeitamente a preocupação do prefeito Julio e do vice Marco Citadini e vamos ajudar Capão Bonito”, destacou o governador.


Jornal Itararé News/Regional - Edição 57