Page 1

R$

Editor-chefe: Kiko Carli Ano XI - Edição 734

Confirmado: Claudia Leite será a grande atração da FAI 2013

A Festa do Aniversário de Itapeva – FAI 2013 já está sendo pensada pela nova administração, a qual promete trazer muitas atrações imperdíveis. Uma delas é a cantora Claudia Leite, que segundo o assessor do prefeito Roberto Comeron, Marco Penha, já está confirmada. João Carreiro e Capataz e Munhoz e Mariano estão em negociação. Página 07.

Baixa umidade do ar faz aumentar a procura por Postos de Saúde Com a baixa umidade do ar ocorre o ressecamento das mucosas da pele, ou seja, irritações no nariz e olhos, além da sensação constante de sede. Esses são os principais efeitos sentidos no organismo. Com isso há o aumento de atendimento em postos de saúde. Página 09.

3,00

Itapeva, 17 de maio de 2013

Padre e andarilho morrem em acidente na SP 249

Um acidente ocorrido no final da noite de terça-feira (14), no quilômetro 88 da Rodovia da Eduardo Saigh, SP 249, que liga Itapeva a Itaberá culminou na morte de duas pessoas, sendo elas um andarilho que ainda não foi identificado e um padre, que atuou na Abadia de Itaporanga por 25 anos. Detalhes e fotos deste fatídico acidente na página 03-B.

Bandidos explodem caixa eletrônico Em uma ação cinematográfica, bandidos explodiram pelo menos quatro caixas automáticos na madrugada de sábado (11) em Buri. De acordo com a Polícia, a ação dos criminosos ocorreu por volta das 2h57 e foi necessário acionar o GATE para desativar uma bomba, que foi encontrada no dia seguinte nas dependências da agência bancária. Página 03-B.

Final da Copa 11 Pinheiro e amistoso com a equipe Showbol Guarani F.C. marcam o final de semana A 1ª Copa 11 Pinheiro de Futebol Society realizada em parceria do curso de Educação Física da FAIT e a empresa 11 Pinheiro chega à sua grande final hoje (17), a partir das 19h30 na Chácara 11 Pinheiro. Dois bons jogos marcarão as decisões desta sexta, que serão registradas pela Web TV Ita News. No sábado um amistoso e uma deliciosa feijoada fecham o evento com chave de ouro. Página 06.

26

Corpo de João Guilherme foi encontrado e família e amigos se despediram

Depois de três dias de buscas, os bombeiros de São Francisco do Sul conseguiram localizar na manhã de domingo (12) o corpo de João Guilherme, que se afogou na quinta-feira (09) nas águas da Praia Grande na Enseada. O itapevense de 21 anos era da cidade de Itapeva e estava no litoral catarinense para participar de um congresso nacional da igreja que frequentava. Página 02-B.

Vigilância Sanitária confirma oito casos de dengue em Itapeva Apesar de serem casos importados, ou seja, adquiridos em outras localidades, Itapeva registrou oito casos de dengue, o que não significa que haja epidemia ou focos do mosquito por aqui. Porém, não estamos fora de risco e todo cuidado é pouco. Página 11.

Município terá internet gratuita Começa neste sábado (18), na Praça de Eventos Zico Campolim a fase de teste da internet gratuita em nossa cidade. De iniciativa do prefeito Roberto Comeron, a novidade, se der o resultado esperado, será implantada em mais 18 pontos estratégicos do município como praças, parques e áreas de lazer. Compareça à Praça e faça o teste deste serviço!


2

17 de maio de 2013

Editorial

“Os secretários extrapolaram nos seus orçamentos”, diz presidente da CEI

A imprensa Ser ou não ser, eis a questão. A frase mais do que nunca cabe à imprensa do interior, que luta bravamente para manter aberto um veículo de comunicação, o qual depende de patrocinadores para se manter fiel à realidade vivida em cada município. Mas como se manter desta forma? Os “donos” do poder sempre têm algum amigo em comum entre os comerciantes, isso quando não são os proprietários de alguma empresa e usam laranjas para alavancá-las e por tabela vender às Prefeituras e Câmaras de forma sorrateira, tentando burlar a lei. Entretanto, o que nos interessa não são esses ambiciosos, que se acham donos de tudo e de todos, mas sim como conduzir a empresa sem ter que se curvar a algum poder. Trabalho, muito trabalho é o que dirão todos aqueles que sonham com uma imprensa livre, sempre em busca de dar ao povo o que lhe é por demais precioso: a verdade. As cidades sempre estão divi-

didas em situação e oposição e ao ser imprensa não se pode priorizar este ou aquele lado, em detrimento da verdade, mas sabemos que dizer sempre a verdade é um crime que a maioria dos políticos repudia e a condenação vem através das finanças da empresa. Nunca foi e nunca será fácil manter uma empresa jornalística longe dos grandes centros, onde a comercialização de seus produtos às vezes esbarra na conduta de lideranças, que ávidas pelo poder infinito não permitem que vozes se pronunciem a bem da verdade. Todavia aqueles que lutam por uma cidade, estado ou país melhores não podem se calar. Uma imprensa livre é a solução para tanta bandalheira, que acontece diariamente em nosso querido Brasil. Mãos à obra, pois políticos sujos, desonestos, maioridade penal, leis brandas e manobras de bastidores não podem parar um bem, que trabalha em benefício da maioria que é o nosso povo. Avante imprensa desse nosso glorioso Brasil!

C

hegou ao fim a CEI do Calote na última sextafeira (10), quando na oportunidade foi colhido o último depoimento com a oitiva do ex-prefeito Luiz Cavani. Ainda se recuperando de uma doença, Cavani foi ouvido em sua residência e se colocou à disposição para esclarecer quaisquer dúvidas da Comissão. Segundo ele, todos sabiam do orçamento e quanto tinham para gastar. Conforme o presidente da CEI, Jeferson Modesto, os secretários extrapola-

ram nos gastos, confira: IN – Como foi a oitiva do ex-prefeito Luiz Cavani? Jé - A oitiva foi muito boa e esclarecedora, o ex-prefeito nos atendeu muito bem e devido ao seu estado de saúde nós colhemos o depoimento em sua casa, eu juntamente com os membros, Margarido e Eliel. Ele nos esclareceu muitas dúvidas que restavam sobre a administração e sobre as pendências, que ficaram de 2012.

CALL MASTER SECURITY CONTRATA:

A PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVACAMPINA COMUNICA:

Vendedor ex terno par a tr abalhar com produto nov o de grande ac eitaç ão. Maior de 18 anos , c om ex periência. Nec es sár io Habilitação. Dis ponibilidade par a v iagens . Salário f ix o, comiss ões e benefícios . Inter ess ados env iar cur r íc ulo par a: r h@c allmas t er s ec ur ity. c om.br

Dia 28 de Maio es tar á aber to o AGENDAM ENTO par a a INSCRIÇÃO COMPLEMENTA R das CA SAS POPULARES - NOVA CAMPINA, NO BA IRRO LONGA V IDA . AGENDAMENTO OBRIGAT Ó RIO PARA AS INSCRIÇÕES Data: 28/05/2013 Horár i o: das 9h00 às 17h00 Local: PREF EIT URA MUNICIPAL DE NOVA CAMPINA A venida Luis Pastore, nº 240 Centro INSCRIÇÃO: Data: 29/05/2013 Horár i o: das 9h00 às 17h00 Local : PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA CAMPINA A venida Luis Pastore, nº 240 Centro AT ENÇÃO Fam ílias já cadas tr adas p ela CDHU no per íodo de 05/11/2008 estão autom aticam e nte ins critas, NÃO h avend o necess id ade de com parecim ento n o período acim a, devendo aguardar co nvocação para p art icip ação no sorteio. Em caso de dúvida, consu ltar a lis tagem das fam ílias ins critas qu e encontra-se afixada na Prefeitura e Câm ara Municipal, publicada no site da CDHU ( w w w .cd h u .s p .g o v.b r ) SÓ SERÃO FEITAS AS INSCRIÇÕ ES M EDIANTE O AGENDAM ENTO .

CAPAL COOPERATIVA AGROINDUSTRIAL, torna público que requereu na CETESB concomitante a Licença Prévia e de Instalação para atividade de Beneficiamento de cereais, sito à Rodovia SP Francisco Alves Negrão SP 258 km 254,4. Taquarivaí – SP.

Indústria Gráfica IN Ltda - ME CNPJ: 15.017.953/0001-30 | Inscrição Estadual: 372.082.326.112 Rua Alfredo Moreira de Souza, 379 - Parque Industrial Fones: 3521-1386 | 3521-1176 E-mail: jornalitanews@ig.com.br | Site: www.grupoitanews.com.br

Editor-chef e: Kik o Carli Jornalista Responsáv el: Marcus Oliveira - MTB 42240 Consultor Jurídico: Dr. Renato Jen sen Rossi - OAB 234.554 Impres são: Gráfica IN (Registrada em Cartório sob nº 2470 em 26/08/2009) Tiragem: 3.000 exemplares | Registrado em Car tório sob nº 2474, no liv ro de matrículas de jornal no dia 17/09/2009. A dir eção deste jornal não se responsabiliza por artigos assinados que não necessariamente expressam a opinião deste veículo. O jornal Ita New s não é responsável pela qualidade, prov eniência, veracidade e pontualidade das colocações dos anúncios classific ados publicados em s uas páginas, bem como os conteúdos de seus colunistas, os quais não possuem nenhum vínculo empregatício com a empresa. Circ ula em Buri, Capão Bonito, Guapiara, Itararé, Itapeva, Nova Campina, Ribeirão Branc o, Ribeirão Grande, Riv ersul e Taquarivaí.

IN – O que ele acrescentou em relação ao que já havia sido apurado? Jé - Ele acrescentou algumas coisas, que eu achei interessante como no caso da Santa Casa, que ele falou várias vezes que a dívida não é todo aquele valor, que é de um milhão para baixo. Também colocou que os secretários eram orientados mensalmente sobre todas as Secretarias, sobre todos os gastos e orçamentos das suas Secretarias, e que cada secretário era o ordenador de despesa. Ele deixou isso claro para todos os secretários, disse que não tinha como estar olhando todas as Secretarias e que Itapeva é uma cidade muito grande, a qual não tem como olhar todos os dias e mês a mês o que está acontecendo. Neste sentido cada secretário é ordenador de sua despesa e cada um é responsável pelos gastos, tanto de convênio como a despesa gasta com recurso próprio. IN – Que opinião o senhor tem agora com o final dessa CEI? Jé – A minha opinião é que os secretários extrapolaram nos seus orçamentos, porque são gestores e nomeados para

isso. Neste caso eles trabalham com o orçamento na mão e em cima disso tinham que gastar o orçamento e não acima do mesmo. Ele tinha que ter uma previsão e não ir gastando. Se na vida pessoal ganhamos R$ 1 mil, temos que gastar R$ 1 mil. Eu acho que o Cavani foi muito feliz, ele falou que realmente avisava a todos eles para trabalharem com orçamento, mas também acho que como prefeito ele tem autonomia para tirar ou colocar o secretário, que é um cargo de confiança. Se o secretário está extrapolando o orçamento no meu modo de ver tem que trocá-lo. O prefeito colocou a posição dele dizendo que o orçamento era do secretário e ordenador de despesas, mas no meu modo de ver os dois são responsáveis, o prefeito que nomeou o secretário que ordenou a despesa e o secretário também, que gastou demais e é o responsável. NR : O relatório final foi entregue nesta quinta-feira (16) pelo relator Wilson Margarido, porém até o fechamento desta edição ainda não tínhamos os detalhes de todo o processo da CEI do Calote.

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAPEVA C.N.P.J. 46.634.358 /0001-77

Editais de: - Pregões Presenciais: Nº. 59,60,61,62/2013 e 47/ 2013 REPETIÇÃO Acham-se aberta nesta Prefeitura as seguintes licitações: Pregão Presencial Nº 059/2013 Pregão Presencial Nº 059/13 do tipo Menor Preço, OBJETO: Contratação de Serviços de Exames Médicos Especializados – Triagem Auditiva Neonatal, para atender as necessidades da Secretaria Municipal da Saúde. Credenciamento início às 14h00min horas do dia 04/06/2013. O Edital completo disponível no Site:www.itapeva.sp.gov.br. Informações: pregao@itapeva.sp.gov.br ou fone(s) (15) 3522-1002 - 3526-8079. Demais detalhes serão fornecidos na Seção de Compras, no horário normal de expediente à Praça Duque de Caxias, nº 22 – Centro - Itapeva –SP. Prefeitura Municipal de Itapeva, 16 de maio de 2013. JOSÉ MARIA RIBEIRO – Pregoeiro Pregão Presencial Nº 060/2013 Pregão Presencial Nº 060/13 do tipo Menor Preço – SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS, OBJETO: Contratação de empresa para fornecimento de COFFEE BREAK, para atender as necessidades das Secretarias Municipais. Credenciamento início às 09h00min horas do dia 07/06/2013. O Edital completo disponível no Site:www.itapeva.sp.gov.br. Informações: pregao@itapeva.sp.gov.br ou silmara@itapeva.sp.gov.br - fone(s) (15) 3522-1002 - 35268108. Demais detalhes serão fornecidos na Seção de Compras, no horário normal de expediente à Praça Duque de Caxias, nº 22 – Centro - Itapeva –SP. Prefeitura Municipal de Itapeva, 16 de maio de 2013. SILMARA DE OLIVEIRA GARCEZ SANTOS – Pregoeira Pregão Presencial Nº 061/2013 Pregão Presencial Nº 061/13 do tipo Menor Preço, OBJETO: Aquisição de Pranchas de Madeira Eucalipto, para atender as necessidades da Secretaria Municipal de Transportes e Serviços Rurais. Credenciamento início às 09h00min horas do dia 05/06/2013. O E dit al c omplet o dis poní vel no S it e: www.itapeva.sp.gov.br. Informações: pregao@itapeva.sp.gov.br ou silmara@itapeva.sp.gov.br - fone(s) (15) 3522-1002 - 35268108. Demais detalhes serão fornecidos na Seção de Compras, no horário normal de expediente à Praça Duque de Caxias, nº 22 – Centro - Itapeva –SP. Prefeitura Municipal de Itapeva, 16 de maio de 2013. SILMARA DE OLIVEIRA GARCEZ SANTOS – Pregoeira Pregão Presencial Nº 062/2013 Pregão Presencial Nº 062/13 do tipo Menor Preço – SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS, OBJETO: Aquisição de Placas de Sinalização de Trânsito, para atender as necessidades da Secretaria Municipal de Defesa Social. Credenciamento início às 14h00min horas do dia 07/06/2013. O Edital completo disponível no Site:www.itapeva.sp.gov.br. Informações: pregao@itapeva.sp.gov.br ou kleberdiniz@itapeva.sp.gov.br- fone(s) (15) 3522-1002 - 35268048. Demais detalhes serão fornecidos na Seção de Compras, no horário normal de expediente à Praça Duque de Caxias, nº 22 – Centro - Itapeva –SP. Prefeitura Municipal de Itapeva, 16 de maio de 2013. KLEBER APARECIDO RIBEIRO DINIZ – Pregoeiro Pregão Presencial Nº 047/2013 – REPETIÇÃO – REEDITADO COM ALTERAÇÕES Pregão Presencial Nº 047/13 do tipo Menor Preço, OBJETO: Contratação de empresa para prestação de serviços na área de próteses odontológicas total e parcial, para atender as necessidades da Secretaria Municipal da Saúde. Credenciamento início às 14h00min horas do dia 06/06/2013. O Edital completo disponível no S it e: - w w w . i ta pe va . sp. gov. br.   I nform a çõe s: pregao@itapeva.sp.gov.br ou fone(s) (15) 3522-1002 - 3526-8079. Demais detalhes serão fornec idos na Seção de Compras, no horário normal de expediente à Praça Duque de Caxias, nº 22 – Centro - Itapeva –SP. Prefeitura Municipal de Itapeva, 16 de maio de 2013. JOSÉ MARIA RIBEIRO – Pregoeiro


3

17 de maio de 2013

Estamos de Olho Auxílio moradia Caiu mais um benefício que brindava os deputados estaduais tão carentes de privilégios custeados pelo povo. Não receberão mais o auxílio moradia. Seria esse o motivo da criação da PEC 01/2013 na Assembleia Legislativa, que visa retaliar as ações do Ministério Público?

CEI do Calote Pelo relatório parcial que recebemos, a CEI do Calote só irá criar uma dívida a ser paga pelo Roberto Comeron. Ninguém será punido e os fornecedores receberão em longo prazo algo que poderia ser negociado com calma. Tentaram pegar o Luiz Cavani e o tiro saiu pela culatra.

Alertamos Gabriel de Araújo Maciel esteve na Casa de Leis reivindicando algo que foi noticiado no Ita News em edições passadas: a falta de segurança na Vila dos Comerciários e Jardim São Paulo. Que os vereadores façam a sua parte e busquem soluções de apoio aos moradores.

Limitações Marmo – “Eu fico analisando a cidade como um todo e sobre as comunidades. Na cadeira eu acabo me sentindo impotente, incapacitado, um sentimento de não ter forças para conseguir minimizar alguns problemas da sociedade, que ao longo do tempo eu venho cobrando. É um sentimento de ver que não se consegue tudo, nós assumimos compromissos e responsabilidades, mas não dá para fazer tudo, porque a administração pública é limitada”. Seria importante que os vereadores se conscientizassem que é necessário a formalização de projetos para ajudar o Executivo a mudar o quadro atual. A fase de indicações já passou e o Poder Legislativo deve estar em busca de soluções consistentes que podem ocorrer com a aprovação e implantação de projetos.

Perigo Célio Cavaco bem no estilo Maguila agradeceu a tudo e a todos pelos serviços prestados na hora em que “mais o vereador precisou”. Pediu uma atenção especial do COMUTRAN em relação aos motociclistas, que correm riscos constantes no dia a dia.

Prioridades Tião do Táxi – “Gostaria de comentar sobre a segurança, sei que a segurança da cidade está

dependendo muito de uma ação junto à população, o delegado, o promotor público, a Câmara e a Prefeitura para fazer uma divulgação e trazer um resultado no futuro. Quero impor ao prefeito que tem quatro anos pela frente, que ele tem que chamar o secretário de Obras e ver estas prioridades, construir um cronograma de trabalho para atender essas comunidades”. É claro que o secretário de Obras Junior Zacharias já tem seu traçado para o ano, mas o tempo ainda é curto para que os resultados sejam notados, mas a preocupação do vereador é pertinente e deve ser avaliada e discutida pelo prefeito e seus assessores.

Ora a lei Preto do Bairro de Cima – “Eu também ando pela cidade toda e vejo coisas tristes, já tem uma lei criada na Casa e não sei porque não está sendo usada. Os donos de disk entulhos, quando vão retirar a caçamba ao invés de cobrir com uma lona deixam encher até a boca e andam em alta velocidade pela cidade. Fica impossível andar atrás desses caminhões. Há alguns dias eu estava na Avenida, onde caiu uma caixa de papelão em meu carro, não aconteceu nada, mas e se fosse uma moto? Quem vai se responsabilizar, quem vai entregar sexta básica para a família do motoqueiro?” A lei deve ser cumprida sempre, independente a quem atinja, mas fica a pergunta: quem vai fiscalizar e fazer cumprir o que foi determinado?

Promessas Toni – “Nós fazemos uma reflexão e começamos a pensar em um monte de coisas. Não vou me referir apenas ao governo atual, vou falar da política e do político de uma forma geral e é muito desencanto. É muita esperança e muito sonho que as pessoas têm, e quando chega época de eleição nós percebemos as visitas e as avalanches de promessas, porque na época de eleição tudo é possível, tudo se faz. Falo isso tanto do candidato a vereador como prefeito. Acho que era necessário que falassem a verdade, que tratassem as pessoas com dignidade”. É fundamental que o pensamento do Toni reflita em todos os seus companheiros de bancada e também no Poder Executivo, já que o povo está cansado de tantas promessas. Indo além, podemos lembra que foram prometidas a duplicação da SP-258, a 16º Região Administrativa, o fortalecimento da nossa gloriosa Santa Casa, entre outros. Chega de nos fazer de idiotas.

por Kiko Carli

Derrotas

Solução II

Descaso

Teimosia

Célio Cavaco solicitou ao secretário Papita uma valorização maior para atletas itapevenses, já que se gasta muito com jogadores de fora. Caro vereador, os custos dos “atletas” do time de futsal até que nos provem o contrário são bancados pela iniciativa privada, ficando para a administração municipal taxas, alimentação e transporte. Acho que o retorno ainda é pequeno e concordo com o nobre edil que o investimento deveria ser direcionado para atletas locais. O time ultimamente não ganho nem par ou impar.

Para se resolver o problema da vinda de feiras para a cidade é muito simples, basta dias antes da realização da mesma fazer outra com uma total queima de estoque de nossas lojas, o que dará um novo impulso ao comércio, boas compras aos clientes e uma renovação nos estoques dos empresários. Preços acessíveis e condizentes com a realidade fariam com que investimentos com a Femalhas não acontecessem na cidade. Será que o empresário abraçaria a ideia? A ACIAI a realizaria sem visar lucro? A resposta sendo positiva acabaria com os atravessadores de nosso já sofrido comércio.

Tião do Táxi – “Venho a essa tribuna tecer comentários que acho de bastante importância. Relacionado à CEI, onde lamentavelmente o setor da Saúde falhou demais, deu um tiro no pé. O secretário Marco André pelo relatório não atentou pela maior importância da cidade de Itapeva, que é a Santa Casa”. Lamentável a forma que se tratou a Santa Casa ao final de um mandato e temos seérias preocupações se algo irá acontecer pelos problemas causados à entidade, que muitos inclusive usam o nome da entidade em campanha se omitiram em relação ao déficit.

“Meu pai dizia que casa que começa com alicerce torto no telhado não dá cobertura”, gosto muito do vereador Laércio, muitas vezes a minha ideia não bate com a dele. Este projeto caiu na minha comissão de justiça e redação, e eu como presidente sugeri aos demais membros que isso é uma iniciativa do prefeito Roberto Comeron. Ele que tem que nos mandar esse projeto e nós votamos pelo arquivamento, mas veio na comissão do Laércio e ele achou por bem mandar a plenário”. Infelizmente a inexperiência do jovem vereador o levou a tempestivamente tentar ser o líder maior das igrejas e não conseguiu seu objetivo. Foi alertado, mas não quis ouvir e ficou apenas com o ônus do projeto.

A pista Jé –“Também quero parabenizar o prefeito Roberto por ter atendido um pedido meu para fazer uma pista de caminhada na Avenida Mário Covas. As obras já começaram e eu fiquei contente, porque a população precisa de lazer”. O serviço está sendo feito e deverá ser benéfico para toda a população. Contestaram a forma com que está sendo feita a pista por usarem malhas de ferro em local onde passarão apenas pessoas. Não existe liga de um concreto com outro e a dilatação poderia fazer com que em futuro próximo o trabalho precise ser refeito. É melhor prevenir do que remediar.

Solução “Também queria falar a respeito da feira, porque isso me irrita, se tem uma coisa que me angustia é quando avisto uma placa escrito feira, ou quando eu vejo estes caminhões cheios de móveis vendendo em Itapeva, porque sei como é difícil pagar imposto e como é difícil manter um funcionário. Não está fácil para o comércio hoje, e esse pessoal vem aqui para levar todo o dinheiro embora. Eu pedi ao Isael da ACIAI para me ajudar e ele está encaminhando a mim uma lei que existe em Limeira e em quatro cidades. Eu quero discutir com todos os vereadores sobre essa lei e vamos tentar barrar eles e dificultar a vida deles aqui, já entraram com pedido sobre a feira da madrugada e essa é mais uma para arrancar o nosso dinheiro”, finalizou o vereador Jé. O vereador deveria também pedir para a ACIAI um balanço da FEI para saber qual o destino que foi tomado pelo dinheiro pago pelos empresários, que estiveram no local e saíram totalmente insatisfeitos. Eu fiz o pedido e não fui atendido, porque será?

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAPEVA C.N.P.J. 46.634.358/0001-77

Edital de: - Pregão Presencial N. 63/2013 Acha-se aberta nesta Prefeitura a seguinte licitação: Pregão Presencial Nº 063/2013 Pregão Presencial Nº 063/13 do tipo Menor Preço, OBJETO: Aquisição de Cestas de Alimentos, para at ender as necessidades das diversas Secretarias Municipais.. Credenciamento início às 14h30m i n horas do dia 03/ 06/ 2013. O E dit al c omplet o dis poní vel no S it e: www.itapeva.sp.gov.br. Informações: pregao@itapeva.sp.gov.br ou silmara@itapeva.sp.gov.br fone(s) (15) 3522-1002 - 3526-8107. Demais detalhes serão fornecidos na Seção de Compras, no horário normal de expediente à Praça Duque de Caxias, nº 22 – Centro - Itapeva –SP. Prefeitura Municipal de Itapeva, 16 de maio de 2013. SILMARA DE OLIVEIRA GARCEZ SANTOS – Pregoeira

Isenção Os vereadores mostraram ao Laércio que legislar em causa própria não é um bom negócio na Casa de Leis e com algumas propostas anexadas ao projeto que daria isenção às igrejas fez com que o mesmo recuasse. O projeto ficou para 2014 e quem sabe para nunca mais, já que se aprovada uma lei que beneficia as igrejas poderá ocorrer uma avalanche de pedidos, que criará sérios problemas para o Executivo.

Isenção II Oziel – “Vale ressaltar que você disse associações e está bem frisado aqui, associações e entidades, as entidades têm seu valor e também merecem esta isenção de taxa, e para que todos fiquem cientes, em nenhum momento eu fui contra o projeto da igreja”. Temos a certeza que o nobre edil cumpriu com a sua parte que é defender o povo, independente do assunto a ser tratado. O senhor prestou um bom serviço ao erário público. Tião do Táxi também teve importante papel no desenrolar do projeto, que não vingou.

Isenção II Dr. Pedro – “Quanto à emenda número três nós não somos contra a isenção, apenas não concordamos em deixar aberta a todas as igrejas, apesar do objetivo ser esse também em estender paulatinamente às outras igrejas. Algumas têm se preocupado com o social, mas nem todas, é uma maneira de agora contemplarmos num primeiro momento às igrejas que estão realmente empenhadas no serviço social, eu não sou contra a isenção, mas tem que ter critérios”. Perfeito. O trabalho social deve ser a grande meta de todos aqueles que pleiteiam benefícios do poder público.

GONELLI E PAMPOLHA CONTRATA: Vendedor externo para trabalhar com serviços de grande necessidade para Segurança Rural,Empresarial e Pessoal. Necessário bom conhecimento da área rural de Itapeva e região. Maior de18 anos, com experiência. NecessárioHabilitação. Disponibilidade para viagens. Salário fixo, comissões e benefícios.Interessados enviar currículo para: gonelli@ callmastersecurity. com.br

A lição Marmo – “Vamos parar de brincar de legislação, isenção de impostos é coisa séria, nós podemos trazer à baila assuntos polêmicos sem conhecimento daquilo que está propondo. O município não pode dar isenção para ninguém sem que ele apresente de onde vai trazer recurso para alocar aquela despesa. Quem dá isenção é o prefeito municipal e não os vereadores, não cabem ao vereador propor, quando ele faz isso está infringindo a legislação, que é de iniciativa privada do Executivo”. Poderia dormir sem essa não é Laércio. Temos muitos assuntos importantes a serem tratados e sabemos que o nobre edil pode ser um grande auxílio no desenrolar desse projetos. Ainda dá tempo de mudar vereador.

De novo Eliel – “Ocupo essa tribuna para falar de nossa visita ao prefeito Cavani na sexta-feira. Ele nos recebeu com grande alegria, não deixou nenhuma pergunta sem esclarecimento, fiquei feliz de vê-lo firme e não se desviando de sua responsabilidade. Fazer parte dessa CEI foi mais uma experiência para mim. Uma coisa que me causa estranheza é que vereador não pode entrar na Santa Casa para fiscalizar. Eu fui barrado por várias vezes e gostaria de saber porquê o Aristeu não deixa vereador entrar na Santa Casa”. Também ficamos felizes com a boa recuperação do ex-prefeito, mas já cansou essa briga do vereador contra a Santa Casa. Se existe alguma dúvida em relação a entidade que tão bons serviços presta à comunidade, inclusive sem receber em alguns momentos, que se vá ao Ministério Público.

Brincalhão Aquele que se intitula o líder dos líderes, o vereador cassado Tarzan continua andando à tiracolo do prefeito Comeron e teima em não abandonar a “boquinha”. Sai fora prefeito, que isso seca até pimenteira.

Brincalhão II Quem está cassado pode ser funcionário contratado pelo Condersul? Itapeva, Itararé e Taquarivaí abraçaram a lei da Ficha Limpa e como um político cassado pode ser diretor da entidade?

Coerente Mulher de poucas palavras, mas de ações e propostas nobres. Essa é a vereadora Williana, que cresce a cada dia no conceito daqueles que a elegeram para a Casa de Leis.

Trabalho O dia em que o assessor de imprensa da Prefeitura de Itapeva José Luiz Couto parar de se preocupar com o Facebook e promoção pessoal e dar ao prefeito o espaço que ele precisa ocupar, talvez ele seja visto como um membro importante da administração, pois por enquanto é o rei das fofocas.

Recado Quem tem medo de ameaça é ladrão, contrabandista e estuprador. Trabalhador não. Se você não se encaixa nos três citados acima fique tranquilo!

EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 20/2013 A PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO BRANCO tor na público, para conhecimento dos interessados que, no Auditório da Prefeitura Municipal de Ribeirão Branco, localizado na Praça Antonio Rodrigues de Souza Sobrinho, 646, centro, nesta Cidade, nas datas e horários abaixo indicados, será realizada licitação na modalidade de PREGÃO PRESENCIAL DO TIPO MENOR PREÇO POR ÍTEM, para aquisição de material escolar e de informática para soluc ionar as nec essidades existentes da Secretaria Municipal da Educação, nas escolas a ao atendimento dos alunos da rede municipal de ensino, neste Município. A entrega da Proposta de Preços, Documentos de Habilitação e das Amostras deverão ser entregues no dia 29/05/2013, às 09h00min, no local acima. A sessão de processamento do Pregão Presencial ocorrerá no mesmo local e às 09h30m in no dia 29/05/2013. O Edital completo e melhores informações poderão ser obtidos na Secretar ia da Prefeitura Municipal, pelo telefone ( 15) 3553-1152 / (15) 3553-1178 / (15) 3553-1179 e/ ou e-mail: prefeiturarblic itacoes@ig.com.br, de 2ª a 6ª feira no horário do expediente – Josenei Gonçalves – Pregoeiro. Ribeirão Branco/SP, 14 de maio de 2013.


4

17 de maio de 2013

Entre Tantas Coisas

por Fany Almeida

Gestão e Negócios

Fazer o que gosta ou...

A força e o poder do verbo Modéstia não é um dos meus atributos, mas sempre gostei de me expressar bem oralmente, eu gosto de entender, e de me fazer ser entendida. Tento sempre da melhor maneira usar palavras expositivas que correspondam ao que gostaria de dizer ou ao que eu havia preparado para tal. A prega das minhas cordas vocais tem que acompanhar com fidedignidade a minha mente, me preparei com alguns cursos de hermenêutica, homilética e oratória nas aulas de teologia para que não tenha bloqueio com o público, apesar do pensamento se fazer um pouco mais completo quando escrevo. No ato da escrita eu tento ser sincera e razoável no meu pensar, nas minhas reflexões e até nos meus devaneios. Escrever para mim é uma forma de botar para fora a ursa interior que desperta esfomeada depois de um longo período hibernação. O motivo de dar introdução a este texto falando de mim é porque tenho assistido admirada aos inúmeros pronunciamentos de políticos, palestrantes, marketeiros, pastores e etc. Eles brincam com a retórica, subestimam a nossa inteligência. Em relação aos políticos é normal apresentarem uma dificuldade enorme de comunicação oral e não dão a mínima para

isso, e diante dessa dificuldade fazem gracejos tentando roubar do público à atenção para essa falta de traquejo na oratória, dando tanta ênfase ao assunto por ele abordado que às vezes são até ovacionados, e aplaudidos de pé, por algumas alienadas mentes menos favorecidas pela inteligência. Sou a favor que se querem ingressar nesta carreira seja como político ou em outra área em que tenham que usar a comunicação que passem por um curso de oratória, e até por um fonoaudiólogo se for necessário. Há quem diga que me estresso com pouco, mas essa situação para mim é muito irritante, posso colocar aqui também que as pessoas acima de qualquer outro obstáculo são um desafio para a minha cabeça chata, o adágio popular diz que é errando que se aprende, mas eles erram tanto e por tanto tempo que parece que não aprendem nunca, e como o brasileiro é um povo que necessita ouvir, precisa de heróis, é carente de bons políticos acabam engolindo tudo sem ao menos questionar. A minha narrativa é para instigar o povo para que seja mais vigilante para impedir qualquer meio de iludir, ludibriar ou comover através de uma mal articulada fala, e que cada vez mais possamos ouvir

Muitas Lutas por Lutar

mensagens que nos mostre verdades incontestáveis e que nos convença do real motivo do pronunciamento, e que isso não seja somente um gerador de “lero lero” para tentar desviar a atenção daquilo que realmente interessa, não precisa ser nenhum Rui Barbosa , mas que apenas mostre a que veio. Eu fico inebriada quando escuto um pronunciamento bem articulado, com uma fala bem expressiva e de fácil entendimento. Outro dia decupando um áudio ouvi a seguinte frase a respeito de uma caçamba estacionada numa vaga para idosos. “Acho que tem que estar usando vaga de idoso mesmo porque está desmontando”. Tem que ter a sensibilidade, o cuidado e acima de tudo a ética profissional, em saber o que, e sobre o que está articulando, se desconhece o assunto não aborde. Eu simplesmente ando analisando e colocando na balança todos esses requisitos para que numa próxima oportunidade eles não ocupem um lugar de tão alta relevância.

por Jair Carvalho

“Só é possível ensinar uma criança a amar, amando-a.” (Johann Goethe) Estamos vendo a discussão sobre a menoridade penal, assistimos televisão e vemos as atrocidades cometidas por menores, sem falar nos pequenos roubos e furtos que acontecem e que não interessa à mídia em publicar. Lembro-me que há bem pouco tempo as crianças brincavam até 12 anos ou mais; e as brincadeiras eram muito mais sadias, era futebol na rua, jogos de tacos, carrinhos de rolimã, amarelinha, cinco Marias, bolinha de gude, cantigas de roda, passa anel, roda pião, empinar pipa, dentre várias outras e, assim, se divertiam muito. Antigamente as crianças não tinham tantos brinquedos como os de hoje e, por isso, tinham que usar mais a criatividade para criá-los. Na roça então, qualquer toco ou graveto virava uma vaca ou uma boiada. Todas as brincadeiras eram sadias. Com os avanços da modernidade, a tecnologia trouxe brinquedos que não exigem a criatividade das crianças, pois já encontram tudo pronto, além dos computadores e vídeos games. Qualquer celular hoje é uma maquina de jogo e todos podem ter um, vende-se a pres-

tações a perder de vista. Hoje, basta que se fique um minuto vendo um desses joguinhos de guerra e veremos muito sangue rolando, muitos tiros e facadas, como se isso fosse uma coisa normal. Antigamente bastava o olhar dos pais e a criança já sabia que estava sendo censurada por alguma coisa errada e se recolhia sem pestanejar. Hoje vemos filhos enfrentando os pais com palavras e até com agressões. Fala-se muito em educação, mas na verdade, esperam que os professores passem a educação aos filhos, muitos pais não sabem dizer um não e sofrem quando tem que admitir que o filho está errado. Certa vez fui nomeado para defender um menor que tinha cometido um roubo e a mãe veio me visitar. Falava ela que seu filho era bonzinho e que as companhias que ele tinha fizeramno ficar assim. Eu somente ouvi, sem dizer nada, até que ela caiu no choro, tinha ela um tique nervoso e não parava de chorar. Então lhe falei: Quando alguém está doente, o que se deve fazer? E ela me respondeu: Vai-se ao médico. Eu lhe disse: Não, primeiro é necessário admitir

por Marcelo M. Holtz

que está doente e depois procurar o médico para tratamento. Assim deve ser com seu filho, primeiro a senhora tem que admitir que ele está contaminado, enfim que ele está virando um marginal e daí dê o tratamento de choque ao mesmo. Assim aconteceu, ao visita-lo na Fundação Casa, depois de alguns meses de ausência, a mãe começou a notar a diferença. Passados uns anos recebi uma visita. Era a mãe e seu filho, um moço bonito que queria me convidar para seu casamento. Estava curado pela atitude da mãe que aprendeu a dizer não ao filho e ele disse sim à sua mãe. Eu fico indignado quando ouço alguém dizer que temos que diminuir a idade para punir alguém. Todo erro deve ser punido sim, mas não justifica querermos substituir a família no cuido dos filhos, temos que dar a estrutura necessária para que não se criem mais marginais e não queremos nivelar todas as crianças como delinquentes. Uma boa sugestão para comemorar o dia das crianças é a família fazer um levantamento das brincadeiras do tempo de seus pais e de seus avós, aproveitando para se distraírem com seus filhos, ensinando-os outras formas de diversão e as possibilidades de se criar jogos e brincadeiras. E o mais importante disso é que vamos ensiná-los que para brincar não precisamos gastar ou agredir as pessoas. Nosso mundo está na verdade precisando de um toque de espiritualidade. É necessário que tiremos alguns aparelhos do ar e coloquemos um pouco de ensinamento espiritual a nossos filhos. Não vamos tirar o circo, mas vamos dar um pouco de pensar a eles. Por enquanto é só, pessoal, mas ainda HÁ MUITAS LUTAS POR LUTAR...

“Di primeiro”, já dizia vovó Frô lá na garoa e no frio de Rio Menino: “o que é de gosto é regalo da vida”, ou seja, faça o que gosta, pois a vida é para ser vivida. Naquela época as coisas eram mais simples, não tinha computador, nem internet, tinha a máquina de datilografia, as carreiras eram menos e mais definidas, não tinha micro ondas e o jantar era salada, arroz, feijão e mistura, então as escolhas eram menos complicadas. Com a popularização da informática nos anos 90, temos uma grande transformação no trabalho, as informações transitam em segundos e a única certeza que temos é que tudo é incerto, por isso temos atualmente uma grande multidão tendo que aprender a gostar do que faz devido a erros de escolhas no processo vocacional e de formação ou por desconhe-

Licitações Muita gente já deve ter ouvido falar em licitação, mas não sabe o que significa. Estamos tentando deixar bem mastigado, pois é um assunto extremamente importante. Uma empresa, por exemplo, pode contratar quem ela quiser. Já o Governo não. Antes de contratar, ele tem que selecionar a proposta que melhor atende ao interesse público. Licitação nada mais é que a forma como se vai selecionar essa proposta. Um exemplo é selecionar o fornecedor de mercadoria que ofereça o menor preço. Após abordarmos anteriormente conceito/princípios e modalidades, esta semana, o tema é o seguinte: Fases da licitação A licitação é dividida em 02 (duas) fases, uma interna que acontece antes da publicação do edital e uma externa, após a publicação do edital. A fase interna compõe-se de procedimentos formais, tais como elaboração do edital, definição do tipo e modalidade de licitação (tudo executado por uma comissão de licitação). A fase externa iniciase com a divulgação ao público da licitação, sucedida pelas subfases: habilitação/apresentação de propostas e documentos, classificação e julgamento, homologação e adjudicação. Edital O edital é o ato pelo qual a Administração Pública faz uma oferta de contrato a todos os interessados que atendam às exigências nele estabelecidas. É o instrumento convocatório. O art. 40 da Lei 8.666/93 - que dispõe sobre o edital - preceitua os requisitos que devem conter o procedimento e o contrato administrativo, ou seja, fixa os limites da licitação e do contrato. O convite também é um ins-

Sindical SERRARIAS – Itapeva e região possuem cerca de 150 serrarias, cujo empregado são assistido pela SINTICOM. A partir do 1° de junho/2013, os trabalhadores terão reajuste salarial, através de Acordo Coletivo ou Dissídio Coletivo, promovido pelo Sindicato, por força das Assembleias a categoria reivindica infração do período mais 10% de aumento real, bem como um piso salarial de R$ 1.100,00 alem das clausulas sociais já conquistadas. SINTICOM Itapeva – Empossou no ultimo dia 10 sua diretoria eleita em 13 e 14 de fevereiro, como Presidente Norival Romeda – Vice - Marion Camar-

cimento das inúmeras profissões que viriam no futuro que hoje é presente. Atualmente, a situação é mais complexa, pois a mesma tecnologia que cria novos padrões de trabalho destrói outros em questão de dias. Como está nossa carreira atual? Fazemos o que gostamos ou gostamos do que fazemos? Se fizermos o que gostamos, estamos realizados, mas se não fizermos o que gostamos e temos contas para pagar atreladas as nossas receitas, temos que aprender rapidamente a gostar do que fazemos, para executarmos com dedicação e esmero, pré-requisitos fundamentais para o sucesso no trabalho. Como aprender a gostar do que faz? Crie motivos prazerosos e motive-se com eles. Para tentar amenizar esse “problema” de escolha, é funda-

mental que ocorram nas escolas uma orientação vocacional desde cedo para que o jovem chegue ao ensino médio sabendo o que as áreas de exatas, humanas e biológicas podem fazer pela profissão que ele irá escolher. É necessário evitar que as pessoas entrem nos cursos, desistam no meio, acabem aprendendo tudo sobre nada, e terminem endividados nos financiamentos estudantis. Como será essa geração? De que forma atuarão no mercado e que produtos produzirão? Um abraço. (mmhitapeva@ terra.com.br)

por Gilberto Mendes trumento convocatório, contudo destina-se a exteriorizar o desejo da Administração Pública em contratar por meio da modalidade convite. Pergunta & Resposta Quais são as exigências para habilitar uma empresa a concorrer em licitações e quais são os documentos comprobatórios de sua habilitação jurídica? A habilitação jurídica exigida pode ser diferente de um órgão para outro, mas basicamente são solicitados os seguintes documentos: 1. Contrato Social e alterações contratuais registradas na Junta Comercial (alterações de sócios, capital e objeto mercantil). 2. Certidão Simplificada da Junta comercial. (validade 90 dias) ou Breve relato do cartório. 3. Prova de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ). 4. Prova de inscrição no Cadastro de Contribuintes Estadual ou prova de inscrição no Cadastro de Contribuintes Municipal (relativo ao domicilio ou sede da pessoa jurídica). 5. Certidão de Regularidade para com a Fazenda Federal (Tributos Federais). Obs. Conjunta com a Dívida Ativa da União. 6. Certidão de Regularidade do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços, expedida pela Secretaria da Fazenda Estadual (ICMS) ou Certidão Negativa de Débitos Tributários expedida pela Procuradoria Geral do Estado ou Declaração de isenção ou de não incidência, assinada pelo representante legal do licitante, sob as penas da lei; ou Certidão Positiva de Débitos com efeitos de Negativa. 7. Certidão de Regularidade

com a Previdência Social (CND – INSS). 8. Certidão de Regularidade de situação perante o FGTS (CRS). 9. Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas (CNDT), ou Certidão Positiva de Débitos Trabalhistas, com Efeitos de Negativa expedida pela Justiça do Trabalho. 10. Certidão de Falência (validade 90 dias). 11. Declaração de pleno atendimento aos requisitos de habilitação e inexistência de qualquer fato impeditivo à participação ao certame. 12. Declaração da empresa de que não possui, em seu quadro de pessoal, empregado(s) menor(es) de 18 (dezoito) anos em trabalho noturno, perigoso ou insalubre e, de qualquer trabalho a menores de 16 (dezesseis) anos, salvo na condição de aprendiz, a partir de 14 (quatorze) anos, nos termos do artigo 7°, inciso XXXIII, da Constituição Federal e artigo 27, inciso V, da Lei 8.666/93. 13. Comprovação de capacidade técnica, se for o caso. Próximo tema: Procedimentos da licitação. Dúvidas e/ou esclarecimentos, faça-nos contato enviando e-mail para: jornalitanews@ig. com.br ou gilberto.licita@ gmail.com Amplie seus negócios no mercado de licitações públicas!!!

por Zé Lampião go Costa – Tesoureiro – Djalma Pedroso e Secretario Geral – Francisco Carlos. O ato da posse realizado no Solar do Lampião - Contou com a presença de autoridades e Sindicatos do Estado de São Paulo. Trabalho Escravo Governador Geraldo Alkimin de SP assinou esta semana decreto lei regulamentando no Estado o trabalho em condições análogo a escravidão e imigrantes na informalidade, a perda no registro no ICMS pelas empresas que forem constadas essa irregularidade, o que ocorre muito nas indústrias têxteis e Construção Civil do Estado.

10% de Gorjeta Aprovado na comissão de Assuntos Economias do Senado projeto de lei que da aos garçons incluírem a gorjeta opcional nos rendimentos para eleito de aposentadoria e o patrão que não repassar ao empregado, será multado e enquadrado na lei.


17 de maio de 2013

5


6

17 de maio de 2013

Copa 11 Pinheiro de Futebol Society chega a sua fase final A 1ª Copa 11 Pinheiro de Futebol Society realizada em parceria do curso de Educação Física da FAIT e a empresa 11 Pinheiro Empreendimentos teve seu início no dia 16 de março e chega agora para sua grande final hoje (17), a partir das 19h30 na Chácara 11 Pinheiro. Grandes jogos, muitos gols, organização impecável e bom público presente em todos os jogos a 1ª Copa 11 Pinheiro de Futebol Society foi com certeza um grande sucesso. Os organizadores já estão projetando a 2ª Copa para 2014, visto que muitos interessados das cidades de Capão Bonito, Itapetininga, Apiaí, Buri, Itararé, Sengés e outras equipes de Itapeva já entraram em contato com a organizacão para reservar convite para a próxima edição, lembrando que a Copa é des-

tinada apenas para equipes convidadas. Os organizadores agradecem antecipadamente todos os patrocinadores e parceiros que acreditaram no projeto, aqueles que trabalharam no evento, às equipes pela lisura com que disputaram a competição e aos parceiros Inspetoria de Esportes, Ita News e FAIT. Dois bons jogos marcarão as grandes finais desta sexta, que será transmitida pela Web TV Ita News ao vivo: CATEGORIA VETERANOS – 19h30 NETTO VEÍCULOS/LIGAMIL X TAQUARIVAÍ/RESISUL CATEGORIA LIVRE – 20h30 MINERAÇÃO ITAPEVA/ LIGAMIL X BANESPINHA Nos destaques individuais,

estão brigando pelas premiações os atletas: GOLEIRO MENOS VAZADO: Categoria Veteranos: Neno (Netto Veículos/Ligamil) e Everaldo(Taquarivaí/Resisul). Catergoria Livre: Leandro (Banespinha) e Rodrigo (Mineração Itapeva/Ligamil). ARTILHEIRO: Categoria Veteranos: Valclei (Taquarivaí/Resisul). Categoria Livre: Danilo e Paulo Galvão (Banespinha). Após as FINAIS será entregue a premiação aos campeões, vices e destaques da Copa. SHOWBOL No sábado (18) acontece um

grande evento na Chácara 11 Pinheiro. A equipe organizadora irá receber ex-jogadores do futebol brasileiro, que juntamente com a equipe do Showbol do Guarani F. C. farão um amistoso. Estarão presentes entre outros os ex-jogadores AMOROSO, ZENON, JOÃO PAULO, GLEGUER, etc. Programação do Dia 18/5 – Sábado: 10h - Amistoso das crianças (5, 6 e 7 anos) - Escola de Futebol FUT-CRAQUES 11h - 11 PINHEIRO X GUARANI F. C. Após o jogo será servido uma Feijoada acompanhada de

música ao vivo com a presença dos ex-jogadores. As pulseirinhas para feijoada já estão a venda (restam poucas) e são limitadas. Lembando que a Web TV Ita News irá cobrir todo o evento e gravando os jogos, que poderão ser assistidos no endereço eletrônico: www.tvitanews.com.br Vale a pena prestigiar esse importante evento! A Copa 11 Pinheiro de Futebol Society é realizada pelo curso de Educação Física da FAIT em parceria com a 11 Pinheiros Empreendimentos e apoio da Inspetoria de Esportes de Itapeva e cobertura do Jornal Ita News.


7

17 de maio de 2013

Confirmado: Claudia Leite será a grande atração da FAI 2013

A

Festa do Aniversário de Itapeva – FAI 2013 já está sendo pensada pela nova administração, a qual promete trazer muitas atrações imperdíveis. Uma delas é a cantora Claudia Leite, que segundo o assessor do prefeito Roberto Comeron, Marco Penha, já está confirmada.

Em entrevista à nossa equipe de reportagem, Marco Penha falou sobre a festa e os preparativos, que já estão bem adiantados, confira: IN – Em relação à FAI 2013, como está o andamento? Marco Penha – A nossa preocupação com a FAI vem desde que o Roberto assumiu o mandato. Eu e o Fernando Cancelli conversamos com o Dr. Hélio

para ver se conseguíamos mudar o sistema da festa. A festa é licitada há mais de dez anos e é notório que é a mesma empresa que sempre ganha. A preocupação que nós temos é que quando chega ao final da festa sobra um rombo para pagar. O promotor nos aconselhou a não mexer com isso e deixar a festa da maneira como está no edital, sendo licitada, porque ele acha a maneira mais correta. IN – Quanto a quantia de dias, houve mudança? Marco Penha – Em princípio estamos pensando em fazer a festa em cinco dias, mas isso vai depender da quantidade de patrocínio. Vamos licitar para cinco dias, mas se entrar recursos pode ser estendido para até dez dias. Porém, eu acredito que vai ser para oito dias. O comércio local terá seu espaço, mas é bom esclarecer que a festa não é feita para aventureiros ganhar dinheiro, quando falamos em comércio local, falamos em pessoas que estão estabelecidas na cidade. IN – E quanto à licitação, ela

ter diferenciação? Marco Penha – É uma licitação ao contrário, geralmente a Prefeitura compra o preço mais barato e quanto à licitação da festa ela vende por um preço mais caro, quem paga mais, leva a festa. É aberta para todos, a última foi vendida por R$ 150 mil. IN – E para este ano já tem um preço pré-estabelecido? Marco Penha – Nós estamos estudando isso com o Alceu e com o prefeito para colocar o preço mínimo e mais um artista que eu não sei quem é, e isso vai gerar em torno de R$

250 mil. IN – A empresa que compra a festa tem regras a serem seguidas em relação a preços de alimentos e toda a economia que gera na festa? Marco Penha – A Prefeitura nunca opinou sobre isso antes, quem ganhava a festa vendia os alimentos pelo preço que queria, mas este ano vai mudar, os preços vão ser estipulados pelo edital, quem estiver nos camarotes pagarão um pouco mais caro, e quem estiver na arena vai ter um preço mais reduzido. IN – Em relação ao local? Marco Penha – Cogitou-se

Estação Cultura: Mostra Drummond Testemunho da experiência humana Memória Amar o perdido/ deixa confundido/ este coração. Nada pode o olvido/ contra o sem sentido/ apelo do Não. As coisas tangíveis/ tornam-se insensíveis/ à palma da mão. Mas as coisas findas, / muito mais que lindas, / essas ficarão Carlos Drummond de Andrade (livro: Claro Enigma) Está aberta para visitação, na Estação Cultura Prof. Newton de Moura Müzel, a Mostra: “Drummond, Testemunho da experiência humana”, até o dia 19 do corrente mês. Esta Mostra consta de dezes-

seis painéis que tratam sobre a vida e obra do poeta Carlos Drummond de Andrade (31/10/190217/8/1987) e insere-se no Projeto Memória que é resultante de uma parceria entre a Fundação Banco do Brasil, a Petrobrás, a Associação Casa de Rui Barbosa e a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Itapeva. A abertura, no dia 10, contou com as presenças do gerente de governo do Banco do Brasil, Sr André Luiz Araújo, da Secretária Municipal de Cultura e Turismo, Setembrina Lourenço de Oliveira, do Vice-Prefeito Geraldo Tadeu dos Santos Almeida e de pessoas interessadas na

arte literária. Drummond publicou, em 1930, seu livro “Alguma Poesia”, sendo logo aclamado como um dos maiores poetas brasileiros. Sem dúvida, é o maior poeta do nosso modernismo. A obra de Drummond é vasta e reflete a experiência humana, os problemas mundiais como a guerra, lançando um olhar particular para a política, com uma visão crítica da sociedade, quase sempre expressa através do humor e da ironia. Seus temas são: amor, terra, família, destruição, tempo, máquina do mundo, “gauche”, perplexidade. Sempre marcada pela

inovação criadora, sua poesia, rica quanto às vibrações e impressões, registra as palpitações e nuances de uma sociedade muito complexa. O conjunto de sua obra abrange, além da poesia, contos, crônicas, ensaios, traduções e colaborações com outros autores. Estão todos convidados para visitar a Mostra “Drummond”. Parabenizamos a Secretária Setembrina e seus parceiros culturais por mais esta contribuição enriquecedora à cultura literária em nossa cidade. Mais informações no site: www.culturitapeva.com.br. Maria Olinda Rodrigues

em mexer em nosso Centro de Eventos, que a é Fazenda Pilão D’ Água, a qual foi comprada para ser o Centro de Eventos da gestão passada, mas por não ter tempo hábil para começar a mexer em outros locais vai ser feita no mesmo local do ano passado pela última vez. IN – O Centro de Eventos é uma promessa de campanha da equipe da atual administração, mas existe este compromisso de mudar de local e ser próprio da Prefeitura? Marco Penha – Ainda este ano nós vamos dar início ao Centro de Eventos, vamos começar a fazer provas de laço e uma pista de laço para acostumar o povo a ir ao local. Vamos atrás de parceiros, de empresas, para começarem a construir seus espaços. Nós vamos doar os espaços, e mudar a terraplanagem. IN – Quais serão as características da festa de 2013? Marco Penha – Este ano, nós não vamos conseguir mudar a cara da festa, vai ser a festa do aniversário da cidade com rodeio e shows, mas para o ano

que vem vamos partir para a exposição. IN – Quais são as expectativas para a festa? Marco Penha – A expectativa é boa, já fechamos com a Claudia Leite para o dia 19 de setembro e estamos conversando com Jades e Jadson, João Carreiro e Capataz, Munhoz e Mariano e Rosa de Saron. IN – A entrada será franca? Marco Penha – Nas outras festas a entrada era 1 quilo de alimento e os ingressos eram repassados para as entidades. Esse ano nós vamos colocar um caminhão na porta e um pessoal para receber a mercadoria. Quem não levar o alimento vai ser cobrado um preço simbólico no valor de R$ 5,00. IN – O público gospel vai ter espaço? Marco Penha – Nós estamos conversando para chegar num meio termo de oito dias para fazer um dia gospel, um dia para os católicos e um dia infantil para poder agradar todos os públicos. Estamos conversando com Ludmila Ferber para o público gospel e Rosa de Saron para os católicos, mas tudo ainda é conversa, não temos nada fechado neste sentido.

Prêmio Cliente Multicred é contemplado com uma tela da artista plástica Terezinha Mariozi, a qual recebeu das mãos de Paulo Baltazar.


8

17 de maio de 2013

SAMU completa um ano em Itapeva

A

Central Regional do Serviço de Atendimento Médico de Urgências (SAMU), da região de Itapeva começou a operar em maio do ano passado. A unidade que funciona na Avenida Mário Covas, 171, oferece atendimento para as bases descentralizadas em Apiaí, Guapiara, Itararé e Itapirapuã Paulista. Para ter acesso ao serviço, os pacientes devem ligar de qualquer uma das cidades, para o número 192, em caso de urgências médicas. Itapeva também é responsável por cobrir os municípios de Nova Campina, Taquarivaí e Buri, com a disposição de duas viaturas. Uma delas é da Unidade de Suporte Básico (USB) e outra da Unidade de Suporte Avançado (USA). Ao todo, sete ambulâncias atendem a região, sendo unidades móveis básicas e avançadas. As básicas são destinadas para ocorrências mais simples, e contam com um técnico de enfermagem na unidade, ou um enfermeiro quando necessário, além do motorista. Na unidade avançada, a equipe é composta por um médico e um enfermeiro e pode inclusive realizar pequenas cirurgias, caso sejam necessárias. Nossa equipe de reportagem entrevistou a enfermeira e coordenadora do SAMU Regional, Ana Paula Lagisk, a qual falou sobre este primeiro ano em nossa cidade, confira: IN – Qual o balanço desse primeiro ano de serviço prestado em Itapeva? Ana Paula – Nós percebemos o crescimento que o SAMU

teve nesses 12 meses, quanto a qualidade do atendimento à população e no atendimento préhospitalar, pois antes a população não tinha a qualidade que nós estamos oferecendo agora,

Antes a população não tinha a qualidade no atendimento pré-hospitalar que nós estamos oferecendo agora

se não fosse o SAMU, talvez não tivesse a condição de ir até o hospital e não teria o atendimento pré-hospitalar, que faz com que a pessoa tenha mais chance de sobrevivência. IN – Durante este ano quantas ocorrências foram prestadas pelo SAMU? Ana Paula – Em doze meses nós tivemos 35.907 ocorrências entre atendimento à população, na rua ou na casa, e ligações telefônicas, isso dá uma média de 2.992 por mês. IN – Quantos profissionais estão envolvidos? Ana Paula – Aqui em Itapeva, que é a central de regulação de urgência e emergência, onde cai toda a ligação da nossa região, nós temos 38 profissionais, sendo que oito são médicos, são eles quem fazem os atendimentos no telefone, e temos médicos que fazem o aten-

dimento de intervenção nas ruas. O total da nossa região é de 102 profissionais envolvidos no atendimento pré-hospitalar, lembrando que nós atendemos as cidades de Guapiara, Itararé, Apiaí e Itapirapuã. Cada cidade dessas que eu citei tem uma ambulância, a qual a população de Guapiara por exemplo liga e cai a ligação aqui. Nós recebemos um recurso para isto e cada cidade recebe o recurso para manter a ambulância. IN – O que precisa ser melhorado no serviço? Ana Paula – Nós precisamos ter médico na intervenção durante as 24 horas do dia. Hoje nós temos médicos todas as segundas e sextas das 7h às 19h, que vão para as ruas e fazem os atendimentos pré-hospitalares e caso necessário na casa da pespessoa está presa em ferragens, choques e situações parecidas, e nós atendemos os casos clínicos, mas quando a população liga para o 192 ou o 193, nós falamos com o Corpo de Bombeiros e resolvemos qual recurso vai para o atendimento. IN – Deixe um recado para a população. Ana Paula – Nós gostaríamos de agradecer a população. Recebemos muitos elogios, mas as críticas também são bem vindas para que possamos melhorar, e qualquer dúvida soa ou na rua. Temos médicos que ficam durante as 24 horas no telefone. Temos que expandir ainda esses atendimentos de 24 horas de intervenção, temos também uma obra que estamos terminando aqui na central, que é lavagem de materiais e de ambulâncias e que hoje nós fazemos em outra localidade e essa obra precisa ser terminada aqui. IN – Hoje, quais são as principais funções do SAMU? Ana Paula – O atendimento pré-hospitalar, que é o atendimento na pessoa antes dela chegar ao hospital fazemos orientações por telefone, porque nem todas às vezes precisamos sair da base. Fazemos transferências inter-hospitalares com qualidade. Temos uma UTI completa, que o Ministério da Saúde disponibilizou e outra UTI com-

pode ligar para o 192 e conversar com o médico, ou com a técnica de enfermagem, que atende ao telefone. Quero lembrar às famílias para conversarem com as crianças, para que não passar trote no SAMU e no Corpo de Bombeiros, porque uma linha ocupada quando alguém está precisando dificulta e demora mais o atendimento da pessoa. Nós estamos à disposição e queria agradecer por esses 12 meses, que estamos atendendo. Esperamos sempre melhorar.

pleta que o município comprou. A qualidade do atendimento à população melhorou muito. IN – Foi difícil para a população diferenciar o SAMU do Corpo de Bombeiros e as diversas ocorrências que cada um presta? Ana Paula – Até hoje nós temos alguma dificuldade, porque a pessoa liga no Corpo de Bombeiros ou liga aqui, porque temos esses dois serviços na cidade. Nos mantemos afinados junto ao com o Corpo de Bombeiros para saber quem vai atender quem, para que as duas ambulâncias não vá na mesma ocorrência, enquanto uma segunda pessoa está ligando e as duas ambulâncias estão empenhadas. Nós fechamos com os Bombeiros para atender mais situações de traumas em que a

Cancelada a vinda de Marco Feliciano a Itapeva O Pastor Marco Feliciano viria a Itapeva nesta sexta-feira (17), porém teve sua viagem cancelada e segundo a sua assessoria, a vinda acontecerá em julho, mas o mesmo não soube dizer qual o dia. Em entrevista com o Pastor Antonio de Pádua Barros Barbosa, da Igreja Batista Nova Aliança responsável pelo evento, o mesmo nos contou que em seu lugar virá o Pastor Paulo Marcelo, confira: IN – Por que o evento programado para o Pasto Marcos Feliciano foi cancelado? Pastor Pádua – Na verdade esse evento é um culto da Igre-

Por Dentro da Lei

ja Batista Nova Aliança, que inicialmente estava previsto para o Pastor Marcos Feliciano estar conosco, mas até onde eu sei foi em virtude de força maior, por questões de compromisso dele em Brasília e por isso não pôde estar aqui, pois não teria tempo hábil de sair de Brasília em virtude de seus trabalhos no Congresso. Assim, ele se prontificou a vir no próximo mês se fosse do nosso interesse. Ele se justificou e em nenhum momento nos deixou na mão, e nos indicou um Pastor Preletor o Paulo Marcelo, que atua nos Gidões há dez anos. Nesse dia 17 daremos início ao

culto às 20 horas com o motivo principal de louvar ao Senhor. Nesse evento o prefeito Roberto Comeron e o secretário de Obras Junior Zacharias irão entregar a nós o projeto com a autorização da construção do nosso novo templo com previsão de término daqui há dois anos. IN – Deixe um convite para a população. Pastor Pádua – Eu gostaria de convidar a todos para estarem presentes nesse evento o que para nós é um prazer, é um privilégio receber todos os irmãos e todas as pessoas que queiram louvar a Deus conosco.

por Wanderley Verneck Romanoff

Superior Tribunal de Justiça pacifica possibilidade da desaposentadoria Tema relevante tem tempos atuais é a questão da desaposentadoria e recentemente houve decisão proferida no Superior Tribunal de Justiça (STJ) junto ao Recurso Especial (REsp 1.334.488), onde foi pacificado o entendimento acerca da possibilidade do segurado aposentado renunciar ao benefício para, contando com o período de contribuição utilizado para concessão do primeiro benefício, obter nova aposentadoria sem que tenha de devolver os valores anteriormente recebidos. A decisão havida unifica en-

tendimento que já vinha sendo proferido em reiteradas decisões do próprio Superior Tribunal de Justiça, firmando a orientação a ser seguida pelos Tribunais Regionais do país, que, diariamente, recebem centenas de processos referentes à matéria. O entendimento adotado foi de extrema felicidade, uma vez que em se tratando de benefício previdenciário, ou seja, direito patrimonial de caráter disponível, não se justifica o óbice imposto pelo Instituto Nacional do Seguro Social aos segurados no intuito de condicionar a re-

núncia do benefício à devolução dos valores recebidos. A devolução dos valores recebidos pelo segurado em decorrência do benefício a ser renunciado se mostrava ainda mais absurda em virtude do nítido caráter alimentar da verba em questão, caráter esse pacífico no âmbito jurisprudencial, já tendo o Supremo Tribunal Federal (STF) em diversas oportunidades se manifestado a esse respeito. O posicionamento adotado, atende a realidade dos segurados do Regime da Previdência Social, que, em sua grande maioria,

ao terem seu benefício concedido, sofrem sensível redução em seus vencimentos, seja pelo baixo valor das contribuições vertidas para a Seguridade Social, seja pela alta incidência do fator previdenciário, tendo de retornar a trabalhar com a finalidade de garantir uma subsistência digna para si e para sua família. Nesse contexto, correto que o segurado se utilize das contribuições para a Previdência Social em razão do novo vínculo empregatício, adquirido após a concessão da primeira aposentadoria com a finalidade de ob-

ter benefício mais vantajoso, devendo ser levado em consideração o fato de que o segurado não possui escolha se irá contribuir ou não em razão do novo vínculo, uma vez que a filiação ao sistema previdenciário é obrigatória, bem como está sujeito às contribuições por força de lei. Agora, resta agora aguardar o julgamento pelo Supremo Tribunal Federal do Recurso Extraordinário (RExt 381.367), que irá por fim de uma vez por todas à discussão em torno da matéria, o Recurso em questão

foi interposto por segurado do INSS, em que foi reconhecida a repercussão geral da matéria, já tendo o ministro relator, Marco Aurélio, proferido voto provendo o recurso e reconhecendo o direito à desaposentação, após o voto do relator, pediu vista o ministro Dias Toffoli.


9

17 de maio de 2013

Baixa umidade do ar faz aumentar a procura por Postos de Saúde

C

om a baixa umidade do ar ocorre o ressecamento das mucosas da pele, ou seja, irritações no nariz e olhos, além da sensação constante de sede. Esses são os principais efeitos sentidos no organismo. As irritações podem ir desde uma secreção nasal, até a infecções, sinusite e o sangramento das mucosas. Em entrevista à

nossa equipe de reportagem, a coordenadora das Unidades Básicas de Saúde, Maria Cristina Ribeiro Fonseca falou sobre a baixa unidade do ar, bem como o aumento do atendimento em Postos de Saúde devido a este problema, confira: IN – Em algumas cidades da região houve um aumento de até 30% de procura nos Postos

de Saúde. Em Itapeva esse número também aumentou devido ao ‘tempo seco’? Maria Cristina – Sim, normalmente nesta época do ano, como já é previsto em anos anteriores há um aumento da procura das unidades básicas de saúde. Como já era esperado, este ano também houve um aumento na procura da

população pelo atendimento relacionado a problemas da parte respiratória. IN – Esse aumento pela procura nos Postos já chega a uma situação crítica? Maria Cristina – Está dentro daquilo que era previsto, não há necessidade de um reforço, não é uma situação de fugir do número esperado, se compa-

rado aos anos anteriores. IN – Há alguma região ou bairro específico, onde a procura é maior? Maria Cristina – Normalmente o aumento em todas as unidades básicas de saúde é geral e acredito também que com relação ao Pronto Atendimento deve ter aumentado o número também. IN – Esta procura tem um tempo pré-determinado? Maria Cristina – Durante o inverno a procura normalmente é aumentada, mas isso tam-

bém não depende só dos meses do ano, porque atualmente nós temos períodos de frio na época do verão e neste sentido ultimamente altera a previsão dos meses de procura. IN – Isso muda alguma questão na eficácia do atendimento? Maria Cristina – Quando aumenta a procura, os profissionais têm que se esforçar para conseguirem atender toda essa demanda e normalmente o tempo de atendimento é diminuído com o objetivo de atender e assistir toda a população.

Avenida Mário Covas terá pista de caminhada

A Secretaria Municipal de Obras, Recursos Hídricos e Meio Ambiente iniciou as obras de urbanização e revitalização da Avenida Mário Covas, onde está

sendo construída uma pista de caminhada em todo o seu trajeto. Segundo o secretário, Junior Zacharias, a inauguração está prevista para setembro.


10

17 de maio de 2013


11

17 de maio de 2013

Vigilância Sanitária confirma I Fórum de Protagonismo Juvenil oito casos de dengue em Itapeva A A conteceu na quarta-feira (15), no plenário da Câmara Municipal de Itapeva o I Fórum de Protagonismo Infantil, que foi realizado pelo Grêmio Estudantil e Cidadania, Meio Ambiente e Sustentabilidade com vistas à IV Conferência Nacional Infanto-juvenil pelo Meio Ambiente. Em entrevista à nossa equipe de reportagem, a dirigente de ensino Edilene Simão Freitas falou sobre este evento, confira: IN – Fale sobre este primeiro Fórum do Grêmio Estudantil, que está acontecendo aqui na Câmara Municipal? Edilene – É um momento que me deixa muito feliz e ao mesmo tempo responsável por estar com tantos jovens dos seis municípios, que compõe a Diretoria de Ensino. É uma forma de chamá-los a um trabalho bem efetivo dessa escola sus-

tentável e isso não se trata de um rótulo, se trata de ações, que terão que ser desenvolvidas na rotina desses jovens, inclusive com mudanças de paradigmas. IN – Esse primeiro Fórum é importante para os alunos? Edilene – Sim é muito importante, eles são os protagonistas da concretude dessa ação, de uma escola e de uma

sociedade sustentável. IN – Que recado a senhora deixaria para esses alunos? Edilene – Para que continuem com essa militância e que observem o seu papel de cidadão nesse espaço e nesse tempo e que realmente estejam atentos às demandas sociais para construirmos uma sociedade mais justa e igualitária.

pesar de serem casos importados, ou seja, adquiridos em outras localidades, Itapeva registrou oito casos de dengue, o que não significa que haja epidemia ou focos do mosquito por aqui. Porém, não estamos fora de risco e todo cuidado é pouco. A Vigilância Epidemiológica, através da responsável Kely Keiko e o Departamento de Zoonoses, através de Tatiana Ribas Gemignani Vancini têm realizado um trabalho de conscientização bastante importante contra a doença. Em entrevista à nossa equipe de reportagem, a enfermeira Kely Keiko falou sobre estes caso, confira: IN – Quais são os casos constatados em Itapeva em relação à dengue? Kelly – Foram confirmados oito casos, todos importados de outros municípios e nenhum caso autóctone. IN – E como é a triagem que vocês fazem para ter a certeza que os casos foram importados de outras cidades, e quais são essas cidades? Kelly – Quando o Pronto Socorro da Santa Casa, o Pronto Atendimento da Prefeitura, ou as unidades de saúde notificam a Vigilância Epidemiológica nossos funcionários vão fazer a investigação e a partir desse momento é detectado se a pessoa viajou ou não, e pelas datas nós ficamos sabendo se são casos importados, ou de dentro do município. Nós tivemos casos importados da cidade de Santos, Bauru, Campinas, Avaré, Ribeirão Branco, Minas Gerais e outro caso importado da cidade de

Oswaldo Cruz. IN – Quais foram os cuidados que essas oito pessoas tiveram? Kelly – Elas foram encaminhadas para o serviço especializado e depois de confirmado elas recebem acompanhamento médico. IN – Elas ficam isoladas? Kelly – Durante a suspeita da doença nós orientamos para que tenham atendimento médico, mas a melhor orientação é o repouso, hidratação oral, que é muito importante e retornar conforme a orientação médica. Esse paciente sai desse atendimento com uma ficha para saber que ele é uma suspeita de dengue, porque se por acaso ele piorar de um dia para outro e for a outro serviço de saúde com essa carteirinha, eles vão saber que ele já foi notificado e que está sendo acompanhado para que fique mais atento, porque apesar de ser uma suspeita de dengue, enquanto não sai o resultado do exame, pode se tor-

nar grave. Enquanto não sai o resultado não é aconselhável que ele fique se locomovendo, porque o nosso município é infestado. IN – O que leva a cidade ser considerada infestada e não ter nenhum caso específico do município? Kelly – Nós fazemos o levantamento em janeiro, julho e outubro, quanto ao nível de infestação na cidade e graças ao trabalho dos agentes de vetores e agentes de saúde nos PSFs e a colaboração da população nós não temos casos autóctones na cidade. IN – Quando vocês se referem a cidade infestada, significa o quê? Kelly - Significa que a cidade tem o mosquito, é infestada e por isso a população tem que estar consciente e não deixar água parada em casa, eliminar todo o criadouro e tudo que pode aumentar a infestação. Eliminar água dos recipientes e não deixar água parada em nenhum local para que o mosquito não bote ovos.


12

17 de maio de 2013

Sinticon realiza cerimônia de posse da diretoria O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção, Mobiliário, Cimento, Cal, Gesso e Montagem Industrial de Itapeva realizou na última sexta-feira (10), no Solar do Lampião, a solenidade de posse da nova diretoria da entidade. Fazem parte da diretoria empossada Norival Romeda, Marion Camargo Costa, Francisco Carlos R. Silva, Roque Bispo Santana, Djalma Pedroso, Amarildo José Gomes e Marcelo Santos Barbosa. Em entrevista à nossa equipe de reportagem, o presidente do Sinticon, Norival Romeda, falou sobre este evento, confira: IN – Como foi a posse que aconteceu no último sábado no Solar do Lampião? Romeda – A posse ocorreu muito bem, contamos com a presença de muitas pessoas e várias autoridades de Itapeva como o Ministério de Trabalho

e seus auditores e o deputado Ulysses Tassinari. Foi uma festa muito boa. IN – Quais são os projetos futuros para o Sindicato? Romeda – O nosso projeto é dar continuidade ao trabalho anterior. Nós estamos com mais 14 municípios, que vieram somar aos 14 que nós já tínhamos, completando 28 municípios, que vieram de Paranapanema, Itaí, Taquarituba, Itaporanga e toda aquela área, que também passou a ser visitada pelo Sindicato de Itapeva. IN – E sobre os associados do Sindicato? Romeda – Nessas cidades nós vamos intensificar mais a fiscalização em todas as obras e em todos os setores de nossa base. Para ter uma noção só no ano de 2012 entregamos de mão em mão para o trabalhador 8500 cartilhas, onde se relata os seus direitos para que o trabalhador fique ciente. Hoje nós contamos com seis sub sedes, sendo Ca-

pão Bonito, Guapiara, Apiaí, Buri, Itararé e Taquarituba com possibilidades de abrirmos outras na cidade de Angatuba. Contamos com os benefícios e convênios com a UNIMED, Santa Saúde, laboratórios, dentistas e cabeleireiros, todos gratuitos. IN – E em relação a atuação do Sindicato como funciona? Romeda – O Sindicato trabalha em conjunto com o Ministério do Trabalho, atuando na segurança do trabalho para que os acidentes não venham a acontecer, pois a o índice de acidentes na área de construção civil é grande. De 100 acidentes ocorridos no Brasil, 50 é na construção civil. Nós trabalhamos sobre registro na carteira profissional, recolhimento do fundo de garantia, bem como fiscalizar o cumprimento dos acordos coletivos de trabalho. Nós temos mais ou menos 10 mil trabalhadores, dos quais 20% ainda estão na informalidade.

IN – Deixe um recado para a população dizendo o que eles podem esperar do senhor à frente do Sindicato novamente. Romeda – Nós vamos con-

tinuar na luta, porque se o trabalhador deu mais quatro anos de mandato para essa diretoria é porque eles acreditam no nosso trabalho. Nós

vamos intensificar mais as fi sca liz açõ es ini bin do os maus patrões, para que venham cumprir todos os acordos coletivos.


13

17 de maio de 2013

Obras inacabadas: secretário fala sobre prazo para terminá-las

M

uitas obras ficaram sem a conclusão da administração Cavani, que foram herdadas pela atual, mas que devem em breve ser finalizadas e entregues à população. Para saber quais os prazos para o término, nossa equipe de reportagem esteve com o secretário municipal de Obras, Junior Zacharias, confira: IN – A administração anterior deixou algumas obras inacabadas e uma delas é a Casa da Cultura, como está o andamento desta obra? Secretário - Em relação à Casa da Cultura, nós recebemos esta obra para administrar a aproximadamente 15 dias. Ela estava sob a administração da Secretaria da Cultura. E nesse período nós já tomamos algumas providências, primeiro fazendo o levantamento da situação de como pegamos essa obra. Fizemos uma radiografia, um relatório fotográfico, e todas as marcações pertinentes, pelo menos para que as primeiras intervenções fossem em função de preservar o patrimônio, visto que as intervenções anteriores feitas pelo governo anterior não teve essa preocupação. Foi feita a troca de telhado, porém não trocaram a calhas, e os condutores pluviais não foram trocados também e isso tem causado um grande prejuízo. A infiltração nas paredes e na fundação foi o que trouxe o risco de perder o patrimônio. Nós estamos fazendo o reforço nas fundações, fazendo todo esse levantamento de águas pluviais para que no mínimo nós possamos conter a destruição que vem ocorrendo por motivo das chuvas. IN – Essa obra é com recurso próprio? Secretário – Essa obra no momento está sendo feita com recurso próprio e essas pequenas intervenções no intuito de

sanar esses problemas que estão ocorrendo. Esta semana nós vamos para São Paulo junto com a secretária da Cultura Setembrina Oliveira para tentar buscar recursos junto com o Governo Estadual, porque vai ser um projeto para realmente terminar essa reforma. O restauro já não é mais possível foi modificado muitas coisas dos materiais antigos, muitas coisas já não estão mais lá e nós vamos tentar fazer um misto de reformas e restauro, preservando as características arquitetônicas do prédio.

IN - Qual o prazo para a entrega da obra? Secretario – Enquanto nós não tivermos um recurso definitivo, não tem como estipular um prazo. Eu espero para que nos próximos dois meses possamos sanar esses problemas de infiltração, que é o grande causador da deterioração do prédio, mas para a população poder usufruir daquele espaço não existe um prazo determinado. Eu acredito que se nós conseguirmos o recurso, no prazo de um ano aproximadamente nós consigamos resolver. A ideia é de pelo menos sanar os problemas de infiltração, terminar a fachada da parte externa para poder retirar os tapumes que estão atrapalhando o trânsito,

mas que estão posicionados de uma maneira que caibam os andaimes internos e que a população não corra risco de algo cair e machucar. Terminando a reforma da parte externa, nós vamos trabalhar a parte interna e vamos deixar livre ao menos as calçadas. IN – Outra obra conhecida na cidade é o Mirante do Debret, que foi considerada como um elefante branco, cuja obra esta parada há mais de 24 meses. A atual administração junto com a Secretaria de sua competência vai dar continuidade a esta obra? Secretário - Esta obra foi licitada a bastante tempo e durante a execução esse projeto foi modificado. Com a modificação do projeto, a Caixa Federal que era o agente fiscalizador bloqueou os pagamentos, enquanto a Prefeitura não apresentasse outro projeto de adequação em relação à execução. Mas o governo anterior não apresentou esse projeto e bloqueou todos os pagamentos. O tempo foi se passando e chegou na situação em que a empresa que ganhou a licitação preferiu abrir mão do crédito que ela tinha para receber, a ficar com a obra parada, porque isso acaba prejudicando outros contratos. A obra do Mirante Debret vai fazer parte de uma obra maior, que é a Avenida Revolucionários de 32 de urbanização, onde vamos trabalhar com paisagismo, iluminação, acessibilidade, escadas e rampas. A própria Praça do Debret é uma obra que vai estar englobada nessa urbanização da entrada da cidade. Nós já fizemos o processo burocrático de cancelamento com a empresa, a empresa já abriu mão e foi encaminhada para a Caixa. A parte jurídica já está definida e agora estamos fazendo um novo projeto e nós já enviamos para a

Caixa e em poucos dias eles vão dar o parecer. Nós vamos ver uma contrapartida de recursos próprios e nossa ideia é terminar não só a urbanização, mas o Debret e a Praça ainda este ano. IN – O Centro Comunitário da Vila Aparecida, que segundo informações há nove anos está abandonado a atual administração vai dar continuidade? Secretário – Sim, está recebendo continuidade. De uma maneira geral nós pegamos a Prefeitura com uma continuidade de processo seletivo bastante grande para a execução das obras, mas os prazos já estavam vencendo e grande parte dessa mão de obra nós não temos mais. Outra informação importante é que foi contratado no final da gestão anterior muita gente, 1400 pessoas aproximadamente foram para a área da Educação e isso fez com que o limite prudencial, que é o máximo que a Prefeitura pode pagar com mão de obra já chegasse ao limite. Hoje nós estamos dispensando as pessoas e estamos com dificuldade de contratação para terminar as obras. Todas as obras que a Prefeitura tinha mão de obra de execução própria estão sendo licitadas, e para fazer a licitação, mesmo com as obras em andamento nós temos que pegá-las na situação em que está e fazer um novo orçamento atualizado de acordo com as fases que ainda faltam terminar e fazer os processos licitatórios para que elas aconteçam. Muita coisa que estava parada, já está andando novamente. Nós demos um foco principal ao Itapeva F, que é uma obra de grande importância para a administração do governo Roberto Comeron. Focamos toda a nossa energia nesse começo de ano para criar uma situação, fazer uma força tarefa entre licitações, departamento jurídico e departamento de compras, para que pudéssemos licitar todas as etapas restantes, a fim de que

fosse terminada este ano. Algumas obras tiveram que passar por esse processo de mudança de tipo de gestão para que tenham andamento. Isso está acontecendo com a obra do Jardim Maringá, com a Praça do Jardim Europa, que era com mão de obra própria e como não temos mais como contratar, estamos licitando esses serviços, e em poucos meses estas obras vão estar em andamento. Outras obras que estavam paradas por falta de contratos, ou por contratos vencidos também já tiveram seus problemas resolvidos e já estão em andamento. O CAPS praticamente está pronto, a obra do Guarizinho está pronta, uma quadra no Jardim Maringá já está pronta e nós estivemos focando em algumas obras menores, que já estão terminadas e agora estaremos dando continuidade às obras maiores. Temos feito contrato direto com as empreiteiras que ganharam os contratos das obras daqui de Itapeva. Tinham obras paradas muitas com contratos vencidos, e agora já conseguimos colocar as coisas em ordem e a tendência é que elas caminhem de uma maneira mais tranquila. IN – Algumas obras como o Córrego do Lageadinho, o Centro de Saúde do Jardim Virgínia, a Escola do Jardim Maringá, a Praça de Eventos do Jardim Europa. Todas elas são de responsabilidade de sua Secretaria? Estão recebendo atenção da atual administração, qual é a prioridade hoje entre essas obras? Secretário – Eu tenho acompanhado todas essas obras, a Escola do Jardim Maringá está em andamento. Todas as obras estão sob a responsabilidade da Secretaria de Obras seja na fiscalização, seja na execução. Por exemplo a obra do Jardim Maringá nós já fiscalizamos e ela está em andamento. As obras do Jardim Virgínia também estão em andamento, nós recebemos a obra do SEREST

com alguns problemas, notificamos a construtora que ganhou a licitação e ela está fazendo os reparos necessários, reitero que todas essas obras estão em andamento. IN – Assim como a Secretaria de Administração Regional sofre com a falta de mão de obra no município na parte de capinagem e manutenção em geral, a Secretaria de Obras também está sofrendo com o mesmo problema? Secretário – Sim, a situação que o governo anterior deixou é bastante irresponsável no meu modo de ver. Hoje nós estamos enfrentando bastante dificuldade. A atual administração não tem como contratar mão de obra, nós estamos licitando essas obras para que elas sejam terminadas. Outra coisa que estamos dando andamento é a reurbanização com pista de caminhada e alguns elementos para ginástica, que vai ficar bastante interessante, é a mesma ideia que temos na Revolucionários de 32, que é na entrada da cidade, no sentido de criar uma urbanização e acessibilidade, deixando a entrada da cidade mais bonita. A mesma coisa nós já demos início aqui na Avenida Mário Covas, que foi colocado asfalto e calçada, mas a cidade precisa de uma carinha melhor, ela precisa ficar mais bonita. IN – A população não quer saber o que a antiga administração deixou, e sim o que está sendo feito e quando esses problemas vão sanar. O senhor acredita que nos próximos 24 meses estas obras estejam todas concluídas? Secretário – Eu acho que é em um prazo bem menor, eu acredito que em menos de um ano elas vão estar concluídas. Em 18 meses nós vamos iniciar novas obras, quanto a isso eu não tenho nenhuma dúvida, as coisas foram e serão modificadas.

“As chuvas de janeiro acabaram com a obra, quem passar por lá vai constatar”, diz Margarido sobre continuação da Mário Covas

O

vereador Margarido em entrevista à nossa equipe de reportagem disse que há muitas obras paradas na cidade, que não foram acabadas na administração anterior. Segundo ele foi solicitado uma resposta de quando serão entregues, mas que até o momento ninguém havia se manifestado, confira: IN – A administração anterior deixou várias obras inacabadas, que até o presente momento a atual administração não deu continuidade. O senhor que vem de um mandato anterior, o que tem a dizer sobre isso? Margarido – Acho uma tremenda falta de responsabilidade, uma vez que foram investi-

dos grandes recursos públicos do município e outros oriundos de verbas de convênios. Na verdade, essas obras estão paradas, algumas estão a passos de tartarugas e até o momento nós não temos perspectivas de conclusão de nenhuma delas. A obra da Avenida Europa a erosão está acabando com a Avenida, quem passar por lá vai ver que a erosão já comeu metade dela. A obra da Vila Aparecida, onde deveria ser o Centro Comunitário é verba de convênios, e outras obras como a do matadouro, que há muito tempo está paralisada. Nós podemos verificar, e eu já mandei um requerimento para a atual administração para nos informar sobre quantas

obras são conveniadas, quanto tem de recursos e quanto foi aplicado para sabermos se esses recursos estão sendo bem administrados. Até o momento eu não recebi a resposta do Executivo e da Secretaria de Finanças, mas assim que estiver em mãos vamos fazer o levantamento de todas essas obras e quanto foi investido e em relação a valores que foram conveniados para saber se está sendo bem administrado. Nós não sabemos ainda se a obra da Casa da Cultura é com recursos próprio ou convênio, mas a obra está paralisada e segundo informações o prédio estava caindo. A Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Obras precisa fazer

o levantamento técnico para ver se existe estrutura naquela base de taipa para ser conservada, e se não tem que ser demolida. IN – Muitas dessas obras já estão paradas há bastante tempo e isso acarreta a própria estrutura, e com recursos que poderiam ser investidos em outras obras como Educação e Saúde, quem paga isso é a população? Margarido – Eu tenho um exemplo, que é a continuação da Avenida Mário Covas, que não sei por qual motivo já vinha a longo tempo sendo preenchido aquele vale. Em outubro, novembro e dezembro se fez a guia e a sarjeta, investimento de máquinas e caminhões, patrol e carregadeiras e valores altíssi-

mos, que foi paralisada, as chuvas de janeiro acabaram com a obra, quem passar por lá vai constatar que já foi embora a metade das guias a das sarjetas colocadas no local. IN – Nós constatamos algumas obras que não estão recebendo investimento da atual administração, o senhor não acha que não está na hora da Câmara se unir e fazer um requerimento para que o Executivo tome providências? IN – Eu já fiz esse pedido por requerimento para saber quais são as obras paradas que foram feitas por convênios, as que foram com recursos próprios e nós vamos ver quanto tem de recurso e orçamento para ser

aplicado nesses locais. Nós já estamos trabalhando nesse sentido e estamos esperando o retorno do Executivo através do secretário de Finanças para nos informar sobre estes valores e quais obras foram conveniadas e após isso nós vamos tomar as devidas providências. IN – A população está cansada de esperar pelas respostas, existe um prazo para isso? Margarido – O secretário tem um prazo de 15 dias para responder, mas esses 15 dias já se passaram e ele não me respondeu. Agora o segundo passo é irmos até a Prefeitura conversar com o Executivo e com o secretário para ver o que está acontecendo.


14

17 de maio de 2013


Sexta-feira, 17 de maio de 2013 Editor Chefe: Kiko Carli Ano XI - Edição 734 Não pode ser vendido separadamente

Mulher morre após ser atropelada por moto

Na quinta-feira (09), por volta das 18h, a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros compareceram à Rua Nove de Julho, para atender vítima de atropelamento. Segundo a Polícia, um motociclista, que trafegava à referida rua, sentido Centro/Bairro, ao avistar uma senhora que atravessa a via correndo, não conseguiu parar sua motocicleta, vindo a bater na sarjeta e em seguida derrubando a vítima ao chão. O Corpo de Bombeiros esteve no local e na sequência o SAMU foi acionado, já que a vítima Maria Aparecida estava em estado gravíssimo. Ela recebeu os primeiros socorros no local e foi encaminhada ao Pronto Socorro da Santa Casa de Itapeva, mas não resistiu aos ferimentos, pois teve politraumatismo, vindo a óbito.


2B

17 de maio de 2013

Corpo de João Guilherme é encontrado e família e amigos se despedem João Guilherme de Oliveira Santos de 21 anos, era de Itapeva e estava no litoral catarinense para um congresso cristão Depois de três dias de buscas, os Bombeiros de São Francisco do Sul conseguiram localizar na manhã deste domingo, o corpo do turista paulista que se afogou na quinta-feira (09) nas águas do costão da Praia Grande na Enseada, em São Francisco do Sul. João Guilherme de Oliveira Santos, 21 anos, era da cidade de Itapeva e estava no litoral catarinense para participar de um congresso nacional da igreja que frequentava. Foi um grupo de pescadores que encontrou o corpo do rapaz, boiando por volta das 7h30 de domingo, há quase um quilômetro da costa entre a Praia Grande e Ervino. Eles acionaram os bombeiros, que providenciaram o resgate.

Parentes do rapaz que desde o dia do afogamento foram

para São Francisco do Sul, acompanhar as buscas reconhe-

ceram o corpo, que foi levado ao IML (Instituto Médico Legal) de Joinville. Conforme a funcionária da igreja que promoveu o encontro, o congresso foi realizado em Itajaí, e João teria aproveitado a oportunidade para encontrar amigos na região. O rapaz teria se afogado quando entrou no mar para tirar uma foto no costão e foi arrastado por uma onda. No início da noite de domingo, o corpo foi transladado para Itapeva, onde ocorreu o funeral. Ele era solteiro e não tinha filhos. O enterro aconteceu na manhã de segunda-feira (13), no Cemitério Municipal, cujo cortejo foi acompanhado por familiares e amigos, os quais puderam dar o último adeus ao rapaz.

Colisão entre veículos na Avenida Gastão de Mesquita Filho No último dia 09, a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros compareceram à Avenida Gastão de Mesquita Filho, no Jardim Maringá para atender vítima de acidente de trânsito. Chegando ao local, os policiais se depararam com uma motocicleta e uma Saveiro, que haviam colidido, sendo que a condutora da moto sofreu queda, foi socorrida pelos bombeiros e encaminhada ao Pronto Socorro com fortes dores na clavícula.

Trator e veículo se chocam na SP 258 Na tarde da última sextafeira (10), a Polícia Militar Rodoviária e o Resgate da CCR SP Vias compareceram à Rodovia Francisco Alves Negrão, SP 258, para atender uma ocorrência de acidente de trânsito. No local se encontravam um veículo Fiesta Sedan, que teria colidido na traseira de um Trator, que tracionava uma ‘carretinha’ e trafegava pela re-

ferida estrada, o que pela lei não é permitido. O condutor do veículo foi encaminhado ao Pronto Socor-

ro da Santa Casa de Itapeva e o motorista do trator nada sofreu. O Fiesta teve a sua parte frontal destruída.

Queimadas: Bombeiros atendem em média quatro ocorrências por dia

N

esta época do ano é comum as ocorrências de queimadas, principalmente devido a estiagem, em que o tempo fica seco e a propagação do fogo é maior. Hoje em média quatro ocorrências são atendidas pelo Corpo de Bombeiros por dia e em sua grande maioria as queimadas são provocadas pela própria população, que não tem noção do mal que estão causando a si mesma. Em entrevista à nossa equipe de reportagem, o tenente Renó falou sobre este problema, confira: IN – Como evitar queimadas nesta época de estiagem? Tenente – Para evitar as queimadas é interessante que a população mantenha sempre os terrenos limpos e cobrem isso dos proprietários das imediações. Também é necessário pedir para as pessoas que têm suas residências próximas a matagais e florestas em geral para que mantenham limpo de dois a três metros, para que no caso de incêndio o fogo não pas-

se na residência. Mas em geral para evitar essas queimadas é necessário manter esses terrenos limpos e com isso a probabilidade é menor de se ter fogo em mato. IN – Qual é o número de ocor-

rências de incêndios em mata diariamente? Tenente – Nas últimas semanas nós temos atendido em média de três a quatro ocorrências de fogo em mato por dia e com a estiagem e a falta de chuva atendemos ocorrências no

final de abril e começo de maio. Nos meses de janeiro e fevereiro nós praticamente não tivemos este tipo de ocorrência. IN – Como se inicia estas queimadas? Tenente – São vários fatores, o primeiro é a vegetação seca propícia para queimar, isto se dá com terrenos sujos e matas em geral. A segunda é a ação humana dolosa ou culposa, as pessoas podem queimar para limpar o seu terreno ou atear fogo por maldade mesmo, ou culposamente a pessoa pode derrubar uma ponta de cigarro, ou um pescador que faz uma fogueira próxima ao rio e se espalha para a vegetação, ou ainda alguém que se aventurou pela mata e acabou fazendo uma fogueira. Faíscas em geral também são causas de incêndio. IN – Quando são atendidas essas ocorrências pode ser que se demore para atender outras prioridades? Tenente – Quando estamos em atendimento de fogo em mato a nossa viatura está em-

penhada, e se no momento tiver uma ocorrência mais grave no mínimo nós estaremos demorando em chegar ao incêndio em residências, ou se o nosso resgate estiver empenhado e a nossa segunda viatura estiver em fogo em mato nós teremos dificuldade para atender qualquer outra emergência. IN – Se alguém presenciar uma pessoa colocando fogo em

mato, ela pode denunciar? Tenente – Pode ligar para 190, ou para a Secretaria do Meio Ambiente, onde ele tem acesso no Disk Denúncia da própria Prefeitura Municipal e da Secretaria do Meio Ambiente, que é o 3524-1579. IN – De que forma as queimadas e estiagem atingem nossa saúde? Tenente – Elas afetam tanto

Fogo na Avenida Vaticano incomodou moradores na tarde do dia 15

o nosso patrimônio, quanto a nossa saúde, pois o ar fica mais seco, a fumaça causa na população em geral problemas respiratórios. A própria fumaça danifica pinturas e danifica as residências se o fogo se espalhar. Pode prejudicar águas de piscinas e causar transtornos, tanto para a nossa saúde com a emissão de fumaça ou ao patrimônio também.


3B

17 de maio de 2013

Bandidos explodem caixa eletrônico em Buri

E

m uma ação cinematográfica, bandidos explodiram pelo menos quatro caixas automáticos na madrugada de sábado (11) em Buri. De acordo com a Polícia, a ação dos criminosos ocorreu por volta das 2h57 na agência do Banco do Brasil da cidade. Conforme a Polícia Militar, não houve feridos, mas a explosão foi ouvida a um quilômetro de distância. A força da explosão provocou a destruição dos equipamentos de autoatendimento, além de uma parede da agência. Após a ação, os criminosos fugiram. A Polícia chegou a fazer buscas pela região, mas ninguém foi encontrado. Conforme informações os bandidos estavam em quatro veículos, sendo três gols e uma pick up, que foram alugadas em uma locadora de carros. Segundo populares, os bandidos “tocaram o terror” na cidade e ouvia-se tiros por todos os lados. Os assaltantes chegaram a bloquear as passagens no Centro, todos com metralhadoras e armas de grandes calibres. Segundo testemunhas, quatro assaltantes participaram da ação dentro da agência e cerca de seis outros faziam a cobertura pelo lado de fora. De acordo com o responsável pelo banco, todos os caixas foram danificados, mas apenas quatro foram roubados. Durante o patrulhamento a PM localizou na Estrada Vicinal, que liga Buri ao Bairro Matão duas gavetas de caixa eletrônico, que foram dispensadas, mas conti-

nham em seu interior R$ 15.200,00. A Polícia suspeita que a quadrilha seja a mesma que atuou em outras cidades da região, inclusive os projéteis encontrados no banco são do mesmo calibre encontrado em uma agência de Campina do Monte Alegre, alguns dias antes, cujo modus operandi foi o mesmo. Na manhã seguinte, ao averiguarem a agência em busca de pistas, a Polícia encontrou um artefato explosivo em um dos caixas e foi necessário a presença do GATE (Grupo de Apoio Tático Especial), que esteve em

Buri e em uma ação lenta e minuciosa para preservar a integridade dos moradores adjacentes, conseguiu explodir o artefato, cuja ação coroada de êxito foi comemorada pelos burienses. A delegado Dra. Elizabete Molina em entrevista à nossa equipe de reportagem contou como foi encontrado o explosivo, confira:

IN – Como tudo aconteceu? Delegada - Os indivíduos chegaram ao banco usando explosivos, detonaram os caixas e levaram uma quantia de dinheiro não informada pelo banco. Tem-se notícia de que eles ficaram bloqueando as saídas ao redor do banco para que ninguém se aproximasse e chegaram a efetuar vários tiros com armamentos pesados.

IN – O que foi encontrado pela Polícia? Delegada – A Perícia esteve de madrugada no local e nós os acompanhamos e não achamos nada. Este artefato eu acho que deveria estar escondido dentro dos caixas que não foram detonados e a hora em que o banco foi fazer a limpeza encontrou e preservaram, nós acionamos o GATE que fez a contenção da área, até a chegada de sua equipe.

Padre e andarilho morrem em acidente na SP 249

N

a noite desta terça-feira (14), por volta das 23h30, a Polícia Militar Rodoviária, o Corpo de Bombeiros e o DER foram solicitados a comparecer ao quilômetro 88 Rodovia da Eduardo Saigh, SP 249, que liga Itapeva a Itaberá para atender uma ocorrência de acidente de trânsito. No local foi constatado tratarse de atropelamento seguindo de colisão entre os veículos Gol com placas de Itaporanga e o caminhão que estava carregado com 15 mil quilos de açúcar mascavo com destino a São Paulo. Segundo informações do motorista do caminhão, Julio Lima Rocha, 65 anos, de JobotiPR localizada na região norte do Estado, a 204 km de distância da capital paranaense, o mesmo vinha sentido Itapeva, quando foi surpreendido pelo veículo Gol, que vinha sentido contrário na mesma mão de direção. Conforme ele relatou, após

a curva, o Gol conduzido por Paulo Wantroba, 68 anos, atropelou um andarilho, que atravessou a pista, o qual ainda não foi identificado e perdeu o controle da direção, vindo em sua direção, momento em que jogou a carreta para o acostamento, sendo inevitável a colisão. O automóvel bateu de frente com o caminhão e foi arrastado por alguns metros. Tanto o andarilho como o motorista do Gol, que era vigário e atuava há 25 anos na Abadia Nossa Senhora da Santa Cruz de Itaporanga não resistiram ao forte impacto e tiveram morte instantânea. O condutor do caminhão nada sofreu, mas estava em estado de choque com o ocorrido, pois segundo ele em 30 anos de profissão foi a primeira vez que vivenciou esta situação. A cena do acidente foi preservada até a chegada da Perícia Técnica. O padre Paulo era natural de Rio Azul e possuía

familiares em Irati. Segundo informações, o padre voltava para a casa depois de celebrar uma missa em Buri. Em entrevista à nossa equipe de reportagem, o sargento Dionísio do Corpo de Bombeiros, que atuou juntamente com os soldados Baz e Cruz e teve o apoio do bombeiro civil Batista no CAD, relatou como foi o trabalho realizado por eles nesta ocorrência, confira: IN – Qual foi a situação encontrada aqui pelo Corpo de Bombeiros ao chegar no local do acidente? Sargento Dionísio – Ao chegar ao local constatamos que tinha sido uma vítima de atropelamento pela pista já em óbito evidente, e dentro do carro que estava junto ao barranco com o caminhão estava também uma vítima fatal presa nas ferragens. IN – Após o ocorrido qual foi o procedimento utilizado pelo Corpo de Bombeiros para que os corpos fossem resgatados? Sargento Dionísio – Com o apoio da Polícia Rodoviária e do DER, assim que a pista foi interditada e deixado o local em segurança, fizemos a retirada da vítima do Gol, que segundo informações era um padre de Itaporanga e foi efetuada a retirada e a preservação do corpo até a chegada da funerária. IN – Esse tipo de ocorrência tem sido frequente aqui nas estradas de nossa região?

Sargento Dionísio – Por ser uma estrada de pouca iluminação e com uma pista bastante sinuosa, o local aqui é próximo a uma curva e isto facilitou esta fatalidade. IN – O pedestre já foi identificado? Sargento Dionísio – Nós tentamos averiguar nos bolsos de suas roupas e não conseguimos encontrar nenhum documento, mas segundo informações trata-se de um andarilho que mora nas redondezas de Itapeva.


4B

17 de maio de 2013


Sexta-feira, 17 de maio de 2013 Editor Chefe: Kiko Carli Ano XI - Edição 734 Não pode ser vendido separadamente

Jovens da Paróquia Nossa Senhora Aparecida homenagearam as mães No sábado (11), os jovens do Grupo Marianos da Paróquia Nossa Senhora Aparecida homenagearam suas mães. Foi um

momento de oração, emoção e confraternização. Os jovens agradecem a presença de todos que comparece-

ram, mostrando a importância de se ter uma família constituída na Fé. Todos que quiserem partici-

par do Grupo de Jovens Marianos, que se realiza todos os sábados às 20h, no Salão Paroquial podem comparecer, pois se-

rão muito bem recebidos. “Os jovens devem dizer ao mundo: é bom seguir Jesus,é bom caminhar com Jesus; é boa

a mensagem de Jesus, é bom sair de si mesmo; as periferias do mundo e da existência para levar Jesus”. (Papa Francisco)


2C

17 de maio de 2013

Escola Acácio Piedade presta homenagem No dia 10, a Escola Municipal Coronel Acácio Piedade, prestou uma homenagem ao Dia das Mães com a participação de 620 alunos, sendo 26 turmas de 07 a 11 anos de idade. Estiveram presentes pais eresponsáveis, as mães homenageadas, professores, funcionários e coordenação pedagógica sob a direção da diretora da Escola Maria José Rolim e a vice-diretora Janaína Moura W. F. Oliveira. O evento aconteceu no Ginásio Crescêncio Ferrarezi dos Santos (CCE). A homenagem feita pelos alunos foi simples, mas

de coração e com certeza emocionou a todos ali presentes. Neste ano a escola completa 100 anos e as comemorações se iniciaram com esta festividade do Dia das Mães. “2013 é o ano do 1° Centenário desta tradicional escola, a qual já tem formada uma comissão, pois faremos ao longo do ano vários eventos e festividades com a presença de autoridades, da população e de ex-alunos, culminando em dezembro com um jantar dançante no Espaço Jubileu para 2.500 pessoas”, disse a direção.

AACC ofereceu café da manhã às mães Aconteceu na amanhã do dia 09, nas dependências da AACC, Associação de Amigos no Combate ao Câncer, que presta auxílio a pessoas de baixa-renda portadoras dos mais diversos tipos de câncer, que estão em tratamento na rede pública de saúde na região de Itapeva, um café da manhã em comemoração ao Dia das Mães. Segundo Helena Camargo, presidente da AACC, o café da manhã foi preparado com muito amor e carinho para fazer com que as mulheres (mães), que são atendidas pela Associação tivessem uma manhã inesquecível. “Realizamos diversos contatos para fomentar uma grande parceria. As mães que são aten-

Lar do Amor comemorou o Dia das Mães Na sexta-feira (10), foi realizado no Lar do Amor um chá em comemoração ao Dia das Mães.

didas pela AACC vão poder fazer escova no cabelo, maquiagem e vão participar de sorteio

de diversos brindes que foram doados pelas consultoras e representantes de vendas da Natura.” disse Helena. A diretoria da AACC agradece também o apoio prestado pela Escola de Cabelereiros Mauro, que realizaram escova e maquiagem as mães presentes a confraternização. Helena relata que as pacientes (mães) ou não, que são atendidas pela Associação, são verdadeiras guerreiras e merecem todo o apoio da comunidade e dos colaboradores, que são fundamentais para que estas pessoas possam ter uma melhor qualidade de vida na luta contra o câncer.

A decoração do evento foi realizada pelos próprios alunos, que puderam entregar uma lem-

brancinha às suas mães, além delas curtirem uma apresentação das crianças.


17 de maio de 2013

3C


4C

17 de maio de 2013

Planeta Terra comemorou a Semana do Pau-Brasil P ara sensibilizar a comunidade sobre a importância da arborização para a qualidade de vida, o Instituto Planeta Terra, realizou uma programação especial para a 10ª Semana da Árvore Pau-Brasil. Devido à necessidade de um maior conhecimento da espécie, na segunda-feira (06) aconteceu o plantio de uma muda na EMEF Professor Manoel Yukito Kitamura, localizada no Bairro das Pedrinhas, em Taquarivaí. Os alunos da Unidade de Ensino ouviram atentamente a história do paubrasil. Na terça-feira (07), o cerimonial de plantio teve uma encenação do nascimento da muda e os alunos do Recanto do Menor participaram, junto com os funcionários e pacientes do PSF da Vila São Miguel. Na quarta-feira (08), a Semana do Pau-brasil continuou promovendo atividades de plantio no PSF do Parque São Jorge. Alunos da E.M Leonor Cerdeira e funcionários e pacientes do PSF participaram do cerimonial. No dia 09, no PSF da Agrovila 1 foi plantada uma muda pelos alunos e alunas da E.M. Prof.ª Terezinha de Moura Rodrigues Gomes, da E.M. Governador Franco Montoro e dos funcionários e pacientes do PSF. No dia 10, no PSF da Vila Aparecida as atividades de conscientização teve a participação dos alunos da E.M. Prof.ª

Ivis Piedade Marques e pacientes e funcionários do PSF, que plantaram uma muda de um Pau-brasil batizada com o nome da patronesse da escola. O encerramento da Semana Nacional aconteceu no dia 10, no Grupamento do Corpo de Bombeiros, onde aconteceu o cerimonial de nascimento da pequena muda de árvore e plantio de muda com a presença dos alunos da E.M. Leonor Cerdeira

e dos militares e funcionários do Corpo de Bombeiros da Região de Itapeva. Em entrevista à nossa equipe de reportagem, o diretor da ONG, Paulo Saponga falou sobre este evento coroado de sucesso, confira: IN – Qual foi o evento realizado hoje no Corpo de Bombeiros junto da Escola Leonor Cerdeira?

Saponga – Todos os anos nós fazemos um evento na primeira semana do mês de maio sobre o Pau Brasil. No dia três de maio foi o Dia Nacional do Pau-Brasil e existe um decreto de lei, que institui esta data, que nós estendemos seja uma semana, e durante esta semana nós fazemos esse cerimonial de plantio e adoção do Pau-Brasil. As crianças adotam como pai e mãe do Pau-Brasil, as instituições também adotam, e a maioria das crianças ficam responsáveis por essa muda de árvores, que é plantada naquela localidade. Neste ano nós tivemos um plantio na cidade de Taquarivaí, depois nós viemos no PSF da Vila São Miguel e em seguida fomos ao PSF do Parque São Jorge, depois na Vila Aparecida e no Corpo de Bombeiros. IN – Qual a faixa etária das crianças envolvidas nesse projeto? Saponga – Em torno de 10 a 17 anos e contamos também com as autoridades. Esse é um evento para todos, é para dar consciência ambiental e se trata apenas de uma árvore, mas simbolicamente ela recebe padrinhos, pai e mãe, tem obstetra para fazer o parto da árvore, tem o cartorário, que faz o registro de nascimento e é um cerimonial muito bom, que conscientiza as crianças de que elas têm que cuidar do meio ambiente. IN – Qual a importância do

projeto Pau-Brasil? Saponga – A maioria das nossas crianças não conhecem o Pau-Brasil, não sabem como é, mas têm curiosidade. Quando eu era pequeno tinha curiosidade, porque ouvia falar na madeira que dava tinta e que os portugueses traficavam daqui, mas e eu não sabia e nunca tinha visto o Pau-Brasil. Depois de adulto eu vi que tinha uma data especial para o Pau-Brasil e acreditava que as instituições de ensino ou não, nesse dia prestassem essa homenagem ao Pau-Brasil, que é uma árvore além de ser símbolo do

país, ela é símbolo da natureza, da preservação da vida na terra, a importância é para que

as crianças cuidem do meio ambiente e conheçam a árvore que deu nome a sua nação.

Gygabon: uma franquia além do esperado

H

á poucos meses instalada em Itapeva, a Sorveteria Gygabon tem atraído pessoas de paladar apurado, que sabem apreciar um saboroso e diferenciado sorvete. Sorvetes recheados, preços especiais e promoções são alguns dos atrativos da empresa. Em entrevista à nossa equipe de reportagem, a empresária Maria Aparecida Moreira Siqueira nos contou como surgiu a ideia de montar este empreendimento em nossa cidade, confira: IN – Como surgiu a ideia de trazer o Gygabon para Itapeva? Maria – Surgiu porque nós fizemos uma pesquisa de mercado e vimos à possibili-

dade de trazer um produto diferenciado para Itapeva. Pensamos em uma cidade, a qual nós tivéssemos um carinho especial e Itapeva é a cidade onde estão nossos familiares, nós nascemos aqui e por isso optamos

por essa praça. IN – Quais os produtos oferecidos pela empresa? Maria – A Gygabon possui produtos diferenciados. Temos a linha de sorvetes de massa, a linha de picolés recheados e a linha de pote de dois litros. IN – Qual o diferencial em relação aos outros? Maria – O diferencial é que na linha de massas nós temos o picolé e o sorvete sem gordura vegetal hidrogenada. São 21 tipos de picolé a base água e a base leite, e todos eles têm recheio. Os da base de água têm o recheio da fruta e os da base leite têm recheio de leite condensado. IN – Como foi a aceitação pela população? Maria – A população de Ita-

peva teve um carinho muito grande com a Gygabon. Ela possui 16 lojas no Estado de São Paulo e a aceitação foi imediata e surpreendente. IN – Existem planos futuros? Maria – Nós temos um plano de expansão em Itapeva e em toda a região Sul Paulista a médio e longo prazo. IN – Qual o endereço e o telefone para contato? Maria – A Gygabon fica localizado na Avenida Acácio Piedade, nº 716, no Centro, esquina com a Rua Mário Prandini. O telefone é o 3521-8161, e o e-mail é gygabon.itapeva@hotmail. com e o facebook é gygabon. itapeva@hotmail.com.

IN – Faça um convite para a população vir conhecer a sua sorveteria. Maria - Nós convidamos a todos os itapevenses que nos acolheram tão bem, a virem à Sorveteria Gygabon para experimentar essas delícias diferenciadas e com promoções especiais. IN – O que é feito em relação às embalagens que não são mais utilizadas? Maria – A Gygabon está sempre preocupada com a preservação e conservação do meio ambiente, portanto todo a material relativo às embalagens dos sorvetes é reciclada através da separação e da preparação e

entregue para os recicladores de lixo, que fazem a coleta diariamente. IN – Em relação às promoções, a sorveteria está tendo alguma? Maria – Nós estamos com a promoção do picolé recheado, cujo preço unitário é R$ 1,00 e a partir de 20 unidades o preço sai por R$ 0,75 centavos a unidade . Neste mês de maio estamos com um lançamento, que é novidade na cidade o sorvete de leite ninho. Este é R$ 1,50 cada, preço especial de lançamento, o qual está agradando muito a população em geral.


5C

17 de maio de 2013

Mostra sobre Drummond segue até sábado Exposição integra o Projeto Memória, da Fundação Banco do Brasil Segue até este sábado (18), a exposição Drummond - Testemunho da Experiência Humana, na Estação Cultura “Newton de Moura Müzel. Inaugurada oficialmente na última sexta-feira (10), expoentes da cultura em Itapeva falaram sobre o legado deixado pelo escritor Carlos Drummond de Andrade, cujos poemas são referência para a literatura brasileira. Segundo o vice-prefeito, professor Geraldo Gegê, a produção literária de Drummond é marcada, principalmente, pelas temáticas do cotidiano brasileiro, abordadas de forma única e reflexiva. “Drummond é um ser completo enquanto poeta e escritor que colocava o cotidiano em seus textos com brilhantismo”, afirmou Gegê, que leu em voz alta o poema “Mãos Dadas”, publicado em 1940. O engajamento político-social de Drummond também foi lembrado pela secretária municipal de Cultura, Setembrina Oliveira, que destacou a simplicidade e a força literária do poeta, que através de seus artigos e

A secretária municipal da Cultura Setembrina Oliveira

Exposição retrata as diferentes visões do poeta sobre a sociedade brasileira

poemas publicados nos jornais da época, tornou-se porta-voz das mudanças sócio-culturais. “Drummond prepara o ambiente da crítica moral dirigida à apodrecida elite burguesa dominante da época. Foi um homem simples e engajado politica-

mente, um homem a frente de seu tempo”, disse a secretária. Um dos principais responsáveis pela mostra em Itapeva é o gerente de governo do Banco do Brasil, André Luiz Araújo, que esteve na abertura e manifestou a intenção da agência local de apri-

NOVA CAMPINA

Prefeito Nilton solicita o asfalto da vicinal Luis José Sguário ao governador Geraldo Alckmin O prefeito Nilton Ferreira da Silva esteve no último sábado (11), na cidade de Pilar do Sul para participar da inauguração das 91 casas do Conjunto Habitacional Jardim Vale Verde, evento que contou com a presença do governador do Estado, Geraldo Alckmin.

Na ocasião, o prefeito Nilton entregou ao governador o ofício solicitando a pavimentação do asfalto da vicinal que liga Nova Campina ao Distrito de Itaoca. O governador, sempre atencioso, ouviu a solicitação do prefeito e assinou o recebimento do ofício.

“Agora é só aguardar uma resposta do governador e estou confiante de que essa será positiva. O nosso município e os nossos bairros merecem ter essa vicinal pavimentada para o bem e a segurança de todos que circulam diariamente por ela”, ressaltou o prefeito.

morar a relação institucional com a Prefeitura para celebrar outras parcerias no circuito cultural. A mostra fica aberta a visitação de segunda a sexta, das 08h às 20h, e no sábado, das 08h às 17h. (Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Itapeva)

Servidores públicos do município de Nova Campina terão reajuste salarial Na manhã do dia 14, o prefeito Nilton Ferreira da Silva concedeu o reajuste salarial de 7,20% aos servidores públicos do município de Nova Campina. O valor do reajuste é o que estava previsto e foi concedido no mês de sua data-base, período anual previsto por lei para discussão do reajuste salarial. “A administração municipal encontrou um quadro econômi-

co difícil neste início de gestão, no qual os gastos com despesas de pessoal (salários e outros custos) estavam próximos ao limite legal. E, para complicar ainda mais, a receita do município permanece sem aumento. Tudo isso dificultava a adoção de medidas visando dar aumento salarial aos servidores municipais. Mas, após a realização de estudos de impacto

econômico financeiro, chegouse a conclusão da possibilidade de conceder o reajuste de 7,20% aos servidores públicos do município”. Considerando que o mês de maio é o Mês do Trabalhador, nada melhor do que reconhecer o esforço e a dedicação destas pessoas, que tanto contribuem para o desenvolvimento da nossa cidade”, disse o prefeito.

Vigilância Sanitária orienta comerciantes em Taquarivaí No dia 30, a Diretoria Municipal da Saúde, através da Vigilância Sanitária do município de Taquarivaí com apoio do GVS (Grupo de Vigilância Sanitária) de Itapeva promoveu um evento na Câmara Municipal, de sensibilização e conscientização aos comerciantes, no que se refere ao cumprimento das normas legais que regem a Vigilância Sanitária e suas atribuições junto ao comércio. A palestra foi ministrada pela diretora do GVS de Itapeva, Carmen Fernanda Rodrigues Sozin com apoio do técnico da Vigilância Sanitária, Enio Santos Silva, engenheiro agrônomo, na

Escola Municipal de Música tem novo endereço Alunos terão espaço mais amplo para aulas de iniciação e aprimoramento do estudo musical Desde o dia 06, a Escola Municipal de Formação Musical Professor Hugo Bellezia está funcionando em novo endereço. Com um espaço mais amplo e melhor condições de infraestrutura para abrigar seus alunos, a escola vai funcionar no prédio da antiga escola Thereza Silveira Melo (Rua Adil Bernardino, 522, Bairro Miguelzi-

nho). A mudança do mobiliário vai acontecer na próxima semana, portanto as aulas entre os dias 29 de abril e 03 de maio serão suspensas. A Escola de Música atende cerca de 200 alunos que têm entre 8 e 17 anos matriculados em cursos como teoria e história da música, violão, piano, teclado, trompete, trombone, barítono, trompa, clarinete, saxofone, flauta e per-

cussão. O objetivo da Escola é oferecer a iniciação e aprimoramento do estudo musical em Itapeva e assim contribuir socialmente para o desenvolvimento do município. Informações sobre os cursos e vagas (para alunos das redes pública e particular de ensino) podem ser obtidas pelo telefone (15) 3521-6467.

qual o foco principal foi a Campanha Antitabagismo, lei nº 13.541, de 07/05/2009 que “Proíbe o consumo de cigarros, cachimbos ou de qualquer outro produto fumígeno ou não do tabaco” e a lei 14.592, de 19/10/ 2011, que “Proíbe vender, ofertar, fornecer, entregar e permitir o consumo de bebida alcoólica, ainda que gratuitamente, aos menores de 18 (dezoito) anos de idade”. Além dos comerciantes, estiveram presentes o prefeito de Taquarivaí, Edson Valdir Sima, seu vice, Maurício Fernandes Dias e representantes do Conselho Tutelar, já que um dos prin-

cipais assuntos tratados é pertinente ao menor de 18 anos de idade. O referido evento foi muito bem sucedido, onde os comerciantes interagiram livremente com os palestrantes, levantando problemas do cotidiano e esclarecendo dúvidas dos mais diversos assuntos relacionados ao comércio. Com apoio do prefeito ficou estabelecido que a Prefeitura Municipal, através da equipe da VISA Municipal estará realizando campanha de conscientização em cada ponto comercial e distribuindo exemplar do cartaz do álcool e do fumo.


6C

17 de maio de 2013


7C

17 de maio de 2013

Praias paradisíacas fazem de Punta Cana um dos destinos mais desejados do Caribe Praias paradisíacas, mar azul, areia branca e coqueiros por todos os lados. O paraíso existe e leva o nome de Punta Cana. Destino de muitos casais em lua-de-mel, a cidade litorânea no mar do Caribe concentra mais de 30 resorts, um ao lado do outro e todos oferecem o sistema all inclusive. As orlas, sem dúvida, garantem os principais atrativos. Além de poder passar horas contemplando as águas transparentes, deitado sob a sombra de uma árvore, o turista poderá desfrutar de passeios de caiaque ou mergulho. Não será muito difícil nadar ao lado dos encantadores golfinhos. A calmaria vai embora junto com o Sol, quando a vida noturna agitada é embalada ao som de merengue dos cassinos e boates. Poucas vezes o hóspede precisará sair do hotel para experimentar a comida dominicana, dominada pelos frutos do mar. O indicado aos que desejam tirar a mão do bolso e provar lagostas, mariscos e peixes com um toque bem tropical são os restaurantes especializados nas refeições ao ar livre, unindo gastronomia de alto padrão e a bela paisagem. O forte de Punta Cana é, definitivamente, a beleza natural. Por isso mesmo não há muitas opções de lojas ou grandes shoppings destinados a encher a mala de presentes. Pequenas galerias reúnem marcas como Puma, Tommy, Diesel e Armani AX. Alguns hotéis abrigam lojas exclusivas aos estrangeiros e preços de duty-free. Comum em diversas praias, núcleos de comerciantes podem ser facilmente encontrados durante as caminhadas. Pontos Turísticos em Punta Cana ILHA SAONA

Este é um dos principais passeios de quem visita a República Dominicana e figura entre os melhores lugares para tirar aquela foto de causar inveja a qualquer um. Durante o caminho, que inclui travessia de catamarã, são feitas paradas voltadas ao mergulho com snorkel em um aquário natural. A excursão costuma durar o dia todo, mas aqueles que desejarem voltar antes da hora marcada podem solicitar lanchas especializadas no serviço. ALTOS DE CHAVÓN Nem só de praia vive o turismo da região. Próximo de Punta Cana, em La Romana, está a Vila Altos de Chavón, réplica de cidade italiana medieval composta por igreja, restauran-

tes, lojas, galeria de arte, escola de design e anfiteatro, que já recebeu show de Frank Sinatra. ILHA CATALINA Praticamente deserta é o destino indicado para quem quer praticar o mergulho e conhecer os mistérios do colorido fundo do mar caribenho. Caso não queira se aventurar nas profundezas do oceano, o uso apenas do snorkel já permite visualizar corais e espécies marinhas. O passeio normalmente inclui transporte entre o hotel

e a ilha por meio de lanchas. DOLPHIN ISLAND PARK Se o Caribe é o paraíso das praias, o reduto dos golfinhos fica aqui. Formado por piscinas naturais, o parque oferece a oportunidade de nadar ao lado destas belas criaturas e se cansar de tirar fotos. Os mais corajosos também conseguem se aproximar de tubarões e arraias. O passeio custa caro, mas tem extremo valor para quem aprecia o contato com a natureza.

MA NAT Í PARK Punta Cana também tem parque temático. Formado por jardins de plantas tropicais, o visitante poderá desfrutar de shows e conferir o artesanato regional. O local surpreende ainda pela Vila Taino, espaço dedicado à cultura do país e rituais tradicionais. Há ainda museu, estátuas e pinturas típicas. Crianças e adultos podem interagir com iguanas, flamingos, cobras, caranguejos e leões marinhos. PRAIA RINCÓN Dona de areia branca e água com diferentes tonalidades de azul, a Praia Rincón integra as listas das melhoras do mundo. Apesar de ser muito procurada por turistas, está completamen-

te preservada, tornando-a ainda mais especial e perfeita para momentos de descanso. Onde Comer em Punta Cana JELLYFISH RESTAURANT Como tudo na região, o visual é um dos principais atrativos, mas neste restaurante de dois andares a paisagem compete diretamente com os sabores dos peixes, mariscos e lagostas. O indicado aos que escolherem fugir dos frutos do mar são os pratos que levam frango, leves para encarar o calor, o sol e o mar, que fica a poucos metros dali. JALAPEÑO Tacos, tortillas, nachos, burritos e pimenta, muita pimenta. O Jalapeño é um pedacinho do México na República Dominicana e oportunidade de diversificar de forma barata as comidas servidas dos resorts. EL DELFIN Restaurante especializado em peixes, frango e carnes que podem ser acompanhadas com cervejas nacionais. A clientela composta por turistas e nativos aprecia a tradicional gastronomia dominicana no melhor estilo pé na areia. LA YOLA Instalado dentro de um resort, a especialidade do La Yola é a cozinha mediterrânea e pratos servidos em ambiente elegante que aproveita toda a beleza ao seu redor. O piso de vidro oferece uma curiosa vista da vida marinha. TAU RESTAURANTE A fusão de sabores asiáticos

pode ser descoberta no Tau, dentro de um complexo hoteleiro. Na dúvida sobre qual prato escolher, deixe se levar pela ‘Loucura do Chef’, momento de conhecer a criatividade de quem comanda a cozinha. Onde Comprar em Punta Cana PALMA REAL SHOPPING VILLAGE Para quem não resiste em visitar um bom centro de compras mesmo quando está num paraíso tropical, o Palma Real tem opções comuns nos grandes shoppings como lojas de roupas, calçados, acessórios, presentes, bancos, farmácias e cinema. DON LUCAS Cigarros e charutos dominicanos são a grande atração do local, que ainda abre as portas da pequena fábrica aos visitantes mais curiosos. No local também é possível apreciar cafés e comprar pequenas lembranças da viagem. SAN JUAN SHOPPING CENTER Colorido e sempre movimentado, o empreendimento une em um só lugar vestimentas, acessórios, serviços e restaurantes. Boa pedida para quem quer conhecer pessoas e fugir da atmosfera dos hotéis. CAP CANA A marina tem espaço exclusivo às compras de enfeites, vestuário e artesanato. Há ainda mercado e farmácia. UNIVERSAL TURISMO (15) 3524-2705

Shopping da Economia irá sortear moto aos consumidores Consumidores que escolherem o Shopping da Economia para realizar suas compras poderão participar de uma superpromoção, na qual concorrem a prêmios. A cada R$ 10,00 gastos, o consumidor recebe um cupom, o qual preenche, deposita na urna localizada no Shopping e já estará participando da promoção, que irá entregar no final do ano uma moto zero quilômetro (YBR Factor) ao primeiro colocado, um Home Teather ao segundo e um aparelho de DVDs ao terceiro. Todos os box participam da promoção e o sorteio acontecerá no dia 26 de dezembro, após o Natal. Não perca esta chance de ganhar o seu próprio veículo e deixar de andar a pé. Prestigie o comércio de nossa cidade, são muitas lojas esperando por você com novidades e preços menores que a concorrência.


8C

17 de maio de 2013


Sexta-feira, 17 de maio de 2013 Editor Chefe: Kiko Carli Ano XI - Edição 734 Não pode ser vendido separadamente

Dia do Desafio: Itapeva enfrenta Taquaritinga No dia 29, a cidade de Itapeva irá mobilizar a maior quantidade de pessoas para utilizarem no mínimo 15 minutos do seu tempo para a prática de exercício como participação no Dia do Desafio. Este ano a novidade ficou por conta de um curso de capacitação, em que participaram profissionais da Secretaria Municipal de Esportes, para que tudo saia como o planejado, como nos contou em entrevista o diretor de eventos especiais, Fernando Moura: IN – Itapeva irá participar do Dia do Desafio. Qual cidade iremos enfrentar este ano? Fernando – Como ocorre todo ano, Itapeva mais uma vez participará do Dia do Desafio, sendo que neste ano as atividades ocorrerão na última quartafeira do mês de maio, exatamente no dia 29, durante todo o dia e as atividades serão computadas da 0 hora do dia 29 até às 20 horas. Enfrentaremos a cidade de Taquaritinga-SP. IN – Qual a expectativa de participação neste evento? Fernando – Estamos preparando as atividades, contatando alguns parceiros, como por exemplo, os professores da rede municipal e estadual de ensino. O objetivo do SESC é que 40% da população participe e para isso temos que preparar atividades para as diversas faixas etárias. IN - Há alguma nova regra para este ano?

Fernando – As regras são as mesmas dos anos anteriores. IN – Como será realizado o planejamento para que mais pessoas possam computar seus 15 minutos de exercício em favor da cidade? Fernando – Levantamos a quantidade de escolas da rede municipal, estadual e particular da cidade, pois neste segmento estão a maioria dos participantes, e com a ajuda dos coordenadores faremos uma pequena apostila de atividades, que poderão ser realizadas no dia 29. Entramos em contato com as Faculdades, Secretarias

Municipais e demais repartições públicas e devemos contatar também os sindicatos, que representam os comerciantes e os comerciários. Por fim, manteremos atividades durante o dia todo na Praça de Eventos. Contaremos com funcionários para computar em

planilhas toda a movimentação que ocorrerá durante as atividades realizadas neste dia e ao final do dia passaremos as informações ao SESC/SP. IN – Houve no final de semana capacitação para funcionários do Esporte referente a este evento. Como foi? De que for-

ma esta capacitação beneficia a cidade? Fernando – Na verdade, o SESC Sorocaba convidou a Professora Andreia Frangakis, que é especialista em ginástica laboral e ludicidade em ambientes corporativos, com o objetivo de treinar os participantes com dinâmicas que podem ser realizadas tanto em escolas, como também em empresas e demais locais de trabalho, contribuindo com isso para a execução das atividades no dia 29. Itapeva participou com 3 profissionais, que estão preparando as atividades para o Dia do

Desafio. IN – Faça um convite para que as pessoas possam participar este ano. Fernando – Muitas pessoas me perguntam porque o programa dura apenas um dia, mas o objetivo real da atividade é criar o “DESAFIO” de em apenas um dia, promover a prática de atividades físicas a um maior número de pessoas e conseguir com isto, que os praticantes tornem-se ativos regularmente. Hoje, temos grande acesso a informação, mas ainda existem milhares de pessoas que sofrem os efeitos da inatividade física, dentre os quais

podemos citar a obesidade e outros males da vida moderna. Estudos comprovam que com 15 minutos diários de atividades físicas, conseguimos manter a saúde em níveis adequados. Portanto, o que peço é que na quarta-feira, dia 29 de maio, que os itapevenses procurem os locais de prática esportiva e participem do Dia do Desafio, procurando manter esse hábito em sua vida cotidiana, criando assim uma “vacina”, que previne os problemas de saúde que afligem os brasileiros. Não se esqueçam de computar sua participação pelos fones: (15) 35223967, 3521-7246, 3521-6869.


2D

17 de maio de 2013

Capão Bonito conquista título inédito da Copa TV Tem Título coroa esforço e determinação da Associação Esportiva de Capão Bonito (AECB) que fez renascer o futsal do município A equipe da Associação Esportiva de Capão Bonito (AECB) conquistou na noite de terçafeira (14), o título inédito de campeã da Copa TV Tem. Era uma conquista que a equipe perseguia nos últimos anos. Em 2012, bateu na trave ficando como vice. A conquista diante de um Ginásio José Elias de Proença lotado e com a torcida empurrando a todo instante foi emocionante, coroando o esforço de determinação da família Sonvesso, da comissão técnica da AECB, patrocinadores e jogadores. “Conseguimos formar uma equipe muito forte, que soube ter forças para superar momentos difíceis numa competição de alto nível. Ser campeão em nossa casa, diante da nossa torcida é algo surreal. Um presente de aniversário para os 156 anos de nossa cidade. Obrigado a todos os torcedores que nos empur-

raram para essa conquista”, afirmaram os técnicos Anderson Sonvesso e Bruno Bloes. Como foi o jogo - O público compareceu e fez uma grande festa nas finais da 10ª Copa TV TEM de futsal da região de Itapetininga. Com o apoio da torcida, Capão Bonito derrotou Avaré por 3 a 2 e ficou com o almejado caneco. No jogo de ida, Capão Bonito havia vencido por 4 a 1 e precisa de um empate no tempo normal para ficar com o título. Mas não foi nada fácil. Avaré errou bem menos do que no primeiro jogo e soube aproveitar muito bem falhas de marcação de Capão Bonito. O equilíbrio tomou conta do primeiro tempo. As duas equipes estavam bem postadas em quadra e os times criaram boas oportunidades. Mas foi um goleiro que abriu o marcador. Aos 16 minutos,

André Luis, arqueiro do Avaré, chutou forte e fez: 1 a 0. A reação de Capão Bonito demorou dois minutos. Felipe Mello balançou a rede e deixou tudo igual para alívio da torcida. E faltando apenas sete segundos para o fim do primeiro tempo, Diego, de Avaré, desempatou a partida e deixou a equipe na frente outra vez. Capão Bonito voltou com tudo para a etapa complementar. O time começou pressionando e jogando na quadra adversária e conseguiu empatar a partida. Aos 4 minutos, Giva deixou tudo igual. O gol trouxe mais confiança e o time, então, se empolgou e fez mais um: Felipe Mello, um dos grandes nomes do jogo, aos 8 minutos, fez o terceiro gol de Capão Bonito. A partir do terceiro gol, Capão Bonito passou a tocar mais a bola e Avaré passou a correr contra o relógio. Faltando menos de 2 minutos para o final da

Nos pênaltis, Taquarivaí vence Pilar do Sul e sagra-se bicampeã No jogo de ida, Pilar venceu por 6 a 4. Taquarivaí levou a melhor na partida de volta, derrotando o adversário por 2 a 1 Emoção também não faltou na decisão do título feminino da Copa TV TEM de futsal. Taquarivaí sagrou-se bicampeão do torneio nas cobranças de pênaltis em cima de Pilar do Sul, que havia vencido todos os jogos do torneio. No jogo de ida, Pilar do Sul venceu o adversário por 6 a 4 e entrou em quadra precisando apenas de um empate para ficar com a taça. Mas como Taquarivaí venceu a partida de volta por 2 a 1, a disputa foi para os pênaltis. Nas penalidades, deu Taquarivaí: 4 a 3. O primeiro tempo foi muito equilibrado. As equipes estavam retrancadas e pareciam estar estudando o adversário. E, em uma confusão dentro da área, Pilar abriu o marcador com Aline, aos 13. Dois minutos depois, Emily, de Taquarivaí, matou a bola no peito e chutou, deixando tudo igual. Precisando da vitória de

qualquer maneira, Taquarivaí começou a partida pressionando. E a tática deu certo. Emily desempatou o jogo aos 2 minutos. Taquarivaí se fechou e não deixava Pilar atacar. Desta forma, a equipe conseguiu assegurar o resultado positivo e lavar a disputa para os pênaltis. Nas cobranças, Pilar errou

três das seis cobranças que chutou e Taquarivaí errou apenas duas. Final: 4 a 3. “Parabéns ao futsal feminino de Taquarivaí pela conquista do bicampeonato de futsal da Copa TV TEM de 2013 e ao prefeito Edson Sima e seu vice Mauricio que não mede esforços para apoiar o esporte”, disse o técnico.

partida, uma confusão no meio

da quadra paralisou o jogo. O árbitro acabou expulsando um jogador de Avaré que ficou com três em quadra. O jogo foi retonado e Capão Bonito só esperou o tempo passar para comemorar a primeira conquista da cidade no maior campeonato regional de futsal. O prefeito Julio Fernando e o vice Marco Citadini estiveram entregando as medalhas e o troféu. “Acabamos de terminar uma grande festa – a Expo Rodeio – e agora vemos na nossa cidade uma outra grande festa do esporte. Essa equipe merece. Parabéns a comissão técnica, jo-

gadores e empresas que apoiaram este time, que fez história, colocando nossa cidade em destaque”, afirmou o prefeito Julio Fernando. O vice Marco Citadini elogiou o planejamento da AECB. “A equipe conseguiu trazer jogadores importantes que realmente vestiram a camisa da cidade. Foi um planejamento muito bem elaborado. É um marco para o nosso futsal, uma modalidade que tem muito potencial e grandes talentos na cidade”, afirmou Marco Citadini. Por Wagner Santos Assessoria de Comunicação Prefeitura de Capão Bonito

Programa Escola da Família realiza campeonato de futsal

Aconteceu no dia 05, na Escola Nicota Soares, através do Programa Escola da Família, a contin uidade do 2º Campeonato Regional de Futsal Infantil, oportunidade em que ocorreram os seguintes jogos: Taquarivaí x Fut Escola de Craques (categoria 99/2000) Taquarivaí x EFCI (categoria 2001/2002) Taquarivaí x Arizona (categoria 2003/2004) Meninos da Vila x Atleta Solidário (ca tegoria 2001/ 2002) Os próximos jogos serão realizados na Escola Zulmira de Oliveira no dia 19, a partir das 10h. “Contamos com a presença de todos”, disse o educador universitário Júlio César.


3D

17 de maio de 2013

Itapeva terá eventos de lutas para 2013

A

novíssima Associação Liga de Esportes de Combate de Itapeva e Região irá realizar a partir deste ano eventos de esportes de combate em nosso município com total apoio da Secretaria Municipal da Juventude, Esportes, Lazer e Eventos Especiais de Itapeva, através do secretário Rogério Vieira Galvão, (Papita), nossa cidade e região terá para a família, para o jovem amante de esporte uma ótima opção. Nossa equipe de reportagem entrevistou o Goulart, que é o presidente da Liga de Esportes de Combate e também proprietário da Academia Team Goulart, a qual dará total apoio aos eventos em nosso município. IN – Conte-nos um pouco mais sobre a Associação. Goulart – Esta Associação foi criada no intuito de fortalecermos o esporte de combate em nosso município e nossa região. Essa Associação nos tira do anonimato, pois passamos a ser uma organização reconhecida pela existência de seu estatuto e seus objetivos que é de promover, divulgar, apoiar e oferecer sempre o melhor aos que venham participar da Associação como cursos, seminários, eventos e qualquer

outra forma de fortalecer o atleta de nossa região, podendo colocá-lo no circuito nacional e até internacional de lutas. Lembrando que qualquer pessoa pode participar da Associação. IN – O que a população deverá esperar em termos de eventos a partir disso? Goulart – Olha, fazer um evento de qualidade nem sem-

pre é tarefa fácil, mas estamos trabalhando por isso. A cada um que se realizar teremos mais condições de fazer outros maiores e melhores. O grande diferencial é que temos total apoio da Secretaria Municipal da Juventude, Esportes, Lazer e Eventos Especiais de Itapeva e estamos buscando apoio das grandes empresas de nossa cidade, assim todos acabam sendo fortalecidos e trabalhando em prol

de um objetivo nobre, que é o esporte e o lazer para a família. IN – Que eventos teremos aqui? Goulart – Teremos os mais diversificados estilos de lutas. Em nossos planos queremos criar uma agenda, onde ofereceremos à população a possibilidade de prestigiar lutas de boxe, muay thai, jiu jitsu e também o MMA. Além disso, a realização de seminários, cursos aos amantes de lutas e aos atletas em si, oferecendo a possibilidade de aumentar o conhecimento e melhorar a técnica dos mesmos. IN – Já tem algo previsto para acontecer? Goulart – Sim, como isso envolve uma série de fatores e pessoas para se chegar num perfeito funcionamento os bastidores ficam agitados com datas disponíveis, equipe, logística, ofício, atletas, patrocínios e muito mais. Mas posso dizer que estamos em meio a uma negociação para realizar um super evento de boxe em nossa cidade, que há muito tempo não víamos, o boxe olímpico e o profissional e é com isso que pretendemos presentear a todos de nossa cidade. A Secretaria Municipal da Juventude, Esportes, Lazer e Eventos Espe-

Judô fica em 4º lugar em Torneio de Angatuba

A

equipe de Judô de Itapeva participou no sábado (11), do 4º Torneio Aberto de Judô da cidade de Angatuba, evento oficializado pela Federação Paulista. Mais uma vez os atletas tiveram uma ótima participação, ficando com o 1º lugar na classificação geral, após conquistar 36 medalhas. Em entrevista o técnico Takeshi Yokoti falou sobre mais esta participação de Itapeva em campeonatos de Judô no Estado, confira: IN - Como foi o Campeonato em Angatuba? Takeshi - Foi realizado no último dia 11, o 4º Torneio Aberto de Judô de Angatuba, evento oficializado pela Federação Paulista de Judô, que contou com a participação de 16 entidades e 400 atletas. IN - Quantos atletas participaram de Itapeva e como o senhor classifica a atuação deles? Takeshi - Participamos com 48 atletas de diversas classes de idade e nível técnico, pois

muitos deles foram pela primeira vez para uma competição. Procurei mesclar a equipe, levando vários atletas novos com atletas já experientes, desta forma dando condições e experiência para os atletas iniciantes, que fazem parte da escolinha de judô da Secretaria Municipal de Esportes, onde muitos deles se destacaram, conquistando muitas medalhas. IN - Quantas medalhas e quais os principais atletas vencedores? Takeshi - Conquistamos 36 medalhas, sendo 14 de ouro, 05 de prata e 17 de bronze e fomos BI CAMPEÃO GERAL da competição 2012/2013, que ficou desta forma até a 5º colocação: 1º Itapeva – 102 pontos, 2º Itapetininga – 95 pontos, 3º Tatuí – 90 pontos, 4º Itararé – 81 pontos, 5º Angatuba – 77 pontos. Nossos atletas tiveram uma boa participação onde todos se destacaram, mais gostaria de destacar os atletas que sagraram se campeões nesta competição Jean Carlos Santos, Cyrilo Camargo, Daniel

Brito que estão classificados para final do Campeonato Paulista Infantil 2013, que acontecerá no mês de junho, com grandes chances de medalhas. IN - Qual o próximo campeonato? Takeshi - A equipe juvenil masculina e feminina estará no dia 25/05, na cidade de Sorocaba disputando uma vaga para fase final dos Jogos da Juventude e as demais categorias estarão no dia 26/05, na cidade de Piedade, participando do Torneio Aberto da Federação Paulista de Judô. IN - A que se atribui essas grandes conquistas dos atletas de nossa cidade? Takeshi - Realmente é o investimento e apoio da Prefeitura Municipal de Itapeva, através da Secretaria de Esportes, que tem dado todo respaldo necessário para que nossos atletas possam participar em todos os eventos, e principalmente investimento nas categorias de base, onde a Secretaria de Esportes mantém a escolinha de judô.

ciais de Itapeva, já é um apoiador muito forte nisso e iremos desenvolver um trabalho com muita qualidade podem ter certeza, pois até empresas já estão querendo patrocinar e certamente será um sucesso, pois quanto mais se envolverem, mais fácil fica e eleva muito o nível do evento. IN – Aguma novidade a mais por aí? Goulart – Tudo isso é um presente para nossa cidade. Como acontece em outras localidades todos têm essa op-

ção à mais de entretinimento, pois as artes marciais estão em alta e pessoas de várias idades estão cada vez mais somando a legião de fãs em todos os cantos do mundo. Aqui não será diferente, estamos trabalhando muito para que Itapeva “respire” tudo isso, assim todos ganham, pois a arte marcial disciplina, afasta jovens das drogas, socializa, proporciona saúde e bem estar e cria inúmeras possibilidades e é para todas as idades. Hoje nossa academia está junto de atletas

profissionais de várias localidades do país e isto habilitará a oferecer o que há de melhor para aqueles que participarem conosco. Enfatizo a grande vontade que a Secretaria Municipal da Juventude, Esportes, Lazer e Eventos Especiais de Itapeva em trabalhar para a nossa população e nós estamos nos juntando à essa vontade de realizar. Teremos muitas empresas nos apoiando e com fé em Deus tudo dará certo, apostem nessa ideia, na realização deste sonho.

Liga Sorocabana de Voleibol

A

conteceu no dia 09, no Ginásio da CCE, mais uma rodada do Festival de Voleibol Adaptado, válida pela Liga Sorocabana de Voleibol. Em entrevista à nossa equipe de reportagem, o técnico de Itapeva, Edvar Pereira falou sobre a atuação das equipes neste campeonato, confira: IN – Faça uma avaliação do jogo Itapeva x Sorocaba. Edvar – Para mim foi dos melhore jogos que nós fizemos até hoje. Foi um jogo equilibrado, onde nós dominamos e subimos muito na competição, porque treinamos direto. Foi um jogo difícil, não foi fácil para Sorocaba e nós demos muito trabalho, mas é isso que esperávamos, estamos a cada dia melhorando e sempre jogando mais. IN – Como estão os treinamentos da equipe? Edvar – Gostaria de agradecer em nome da Prefeitura, nós temos a oportunidade treinar aqui todos os dias nos melhores Ginásios da cidade e gostaria de abrir um convite para a população. Este é um time aberto e quem quiser participar, independente de idade está à disposição, é só fazer a inscrição da Secretaria. Resultados: Voleibol Feminino – Itapeva 1 x 2 Sorocaba (15x9, 9x15, 12x15) Voleibol Feminino – Itapeva 2 x 0 Itararé (15x2, 15x5) Voleibol Masculino – Itapeva 2 x 1 Sorocaba (15x10, 9x15, 16x14) Voleibol Masculino – Itapeva 0 x 2 Santana do Parnaíba (10x15, 12x15)


4D

17 de maio de 2013

Jornal Ita News edição 734  

www.redeindecomunicacao.com

Advertisement