Issuu on Google+

R$

Editor-chefe: Kiko Carli - Ano XII - Edição 776

3,00

Itapeva, 14 de março de 2014

Consumo de bebida alcoólica: Existe solução para o problema? Aconteceu na sede da Câmara de Itapeva na noite desta quarta-feira (12), uma reunião com autoridades de nossa cidade para debater a situação das crianças e adolescentes, que estão vulneráveis ao uso de drogas, bebidas e ao vandalismo. A situação tem tomado grandes proporções nas madrugadas, sendo necessário a Polícia agir de forma mais rigorosa com os delinquentes. O prefeito Comeron sugeriu que fosse tirado os benefícios das famílias que possuem menores infratores como forma de punição. Página 08.

Munícipe acusa Poupatempo de ser cabide de emprego Eliezer Araújo Siqueira, que atualmente trabalha como mototaxista procurou nossa equipe de reportagem para denunciar contratações realizadas pela terceirizada do Poupatempo, as quais segundo ele são indicações políticas. Página 07.

Manifesto pela vida pede mão única na Rua Dr. Ricardo Whaterly

Estabelecimentos sofrem vandalismo no final de semana No fim de semana, proprietários de dois estabelecimentos comerciais da cidade registraram Boletim de Ocorrência na Delegacia, pois tiveram seus patrimônios bastante danificados por vândalos. Página 03-B.

Lance inicial é de R$ 4,4 milhões O Clube de Campo de Itapeva será leiloado e desde o dia 05 de março está sendo anunciado com lance inicial de R$ 4,4 milhões. A Justiça decretou a venda do Clube inteiro, que está avaliado em R$ 8 milhões, porém a dívida da instituição, segundo diretoria é de R$ 40 mil, o que para eles não condiz com a realidade e por isso vão entrar com pedido de impugnação do mesmo. Página 06.

Cadastro de medula óssea recebe 300 coletas O cadastro de medula óssea realizado sábado (08), no Itapeva Clube, reuniu pessoas interessadas em participar da campanha, cujo objetivo foi detectar possíveis doadores para salvar a vida de pacientes com leucemia. Página 05-C.

Justiça coloca Clube de Campo a leilão.

Na última semana, um atropelamento na Rua Dr. Ricardo Whaterly tirou a vida da querida Dona Dora, que não conseguiu atravessar a via sem ser atingida por uma motocicleta. Em protesto a favor da vida e

cobrando do Executivo melhorias na segurança do trânsito, moradores se reuniram na noite desta quarta-feira (12) e mesmo debaixo de chuva ocuparam a via com faixas pedindo mão única. Página 12.

Profissionais da Educação realizam manifesto contra a Prefeitura No sábado (08), profissionais da Educação saíram às ruas para exigir da Prefeitura Municipal alguns direitos. Página 05.

DISE apreende 390 gramas de cocaína no Jardim Bonfiglioli Policiais da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes – DISE apreenderam na última quarta-feira (12), 390 gramas de cocaína e vários objetos, os quais estavam em uma residência localizada no Jardim Bonfiglioli, na qual tinham informações de que havia a prática de tráfico de entorpecentes. Página 02-B.

Polícia é forçada a usar equipamentos não letais para conter jovens na Praça de Eventos Confira na página 03-B


2

14 de março de 2014

Editorial

A demagogia Hoje ao ligarmos nossos aparelhos de televisão, de imediato vimos assassinatos, estupros, roubos, furtos, menores(?) travestidos de criminosos ainda reinando na impunidade, além de sexo a exposição de adultos e crianças em todos os horários. Lá pode? A nossa Praça de Eventos continua sendo um recinto de bandalheira, prostituição, desrespeito a moradores e frequentadores do local e ainda acusações de consumo de bebidas e drogas. Lá pode? Os jornais de grandes centros anunciam para milhões de leitores convites para troca de casais, swing e mulheres que se identificam como universitárias ou casadas em busca da venda do corpo, assim como rapazes que se colocam à disposição de mulheres e também de casais. Lá pode? Anunciamos em nossa páginas empresas que propõem trabalho em São Paulo para ganhos em uma boate sem a mínima conotação sexual e destacando que a proposta é para maiores de 18 anos, o que está dentro da lei, e muito distante do que citamos acima. Um vereador de nome Laercio Lopes, que se diz defensor da moralidade e nunca fez uma crítica sequer na Casa de Leis aos abusos que acontecem na televisão ou grandes órgãos de imprensa, nos afirmou que tal anúncio era “aliciamento” para prostituição e que iria denunciar no Ministério Público. É claro que de imediato consultamos pessoas inteligentes e ligadas a área jurídica, para

saber se estaríamos cometendo algum exagero ou erro e a resposta foi negativa. Uma pessoa de 18 anos de idade ou mais, que aceita um trabalho em qualquer parte do Brasil via anúncio é porque em sua cidade não existe a menor possibilidade de crescimento, ou ainda de arrumar um dos mais simples empregos existentes. E o que fez o vereador para mudar isso? Quantos projetos de sua autoria aconteceram para que esse quadro mudasse? Nada e nenhum é a resposta de uma pessoa, que só aparece na Casa de Leis durante as sessões e não passa de mero espectador, que nem a sua classe representa com clareza e determinação. Nossa história é de bons serviços prestados ao município e sempre dentro da lei e se não fosse assim, não estaríamos às portas de dar início ao 12º ano de nossa história. Vá às ruas e veja a vergonha que está a cidade e a falta de opção de lazer, diversão e oportunidades de trabalho, que não acontecem em consequência de um governo, o qual é do seu partido e sua omissão é total. Ao invés de gerar empregos, o vereador quer atrapalhar o trabalho de empresa séria, que gera muitos empregos há muitos anos e não menospreza classes sociais, idealismo religioso ou opção sexual. A conotação dada pelo parlamentar é discriminatória e absurda e que ele vá sim ao Ministério Público para que possamos mostrar sua incompetência à frente de um mandato por sua omissão e descaso aos anseios da população.

Força Tática prende autor de roubo no Jardim Maringá

Durante patrulhamento pela Vila Dom Bosco, a equipe da Força Tática deparou-se com uma pessoa vítima de roubo pelo Jardim Maringá. Segundo a vítima, dois indivíduos o abordaram, pegaram o seu aparelho celular e evadiram-se em seguida. De posse das características dos autores, a Força Tática realizou o patrulhamento pela Vila São Francisco, onde acabaram abordando um indivíduo com características idênticas e feita

Casa de Apoio às Mulheres Vítimas de Violência é instalada e gera questionamentos

A

s mulheres itapevenses que são vítimas de violência têm, desde a sexta-feira (07), um espaço para receber apoio. A Casa de Apoio à Mulher Vítima de Violência não terá seu endereço divulgado, segundo a secretária municipal de Ação Social Elizabeth do Rocio Minaif Santos, por medida de proteção às vítimas. Segundo ela, toda a demanda será recebida no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), que fica na Rua José Basílio, 114. Segundo a secretária, embora as mulheres sejam amparadas pela Lei Maria da Penha, que reforçou as punições para quem pratica violência contra a mulher, ainda existe um grupo ainda desconhecido do poder público, sofrendo agressões físicas e psicológicas. O novo espaço criado pela Prefeitura tem a missão de proteger e também de atrair essas vítimas, cujos filhos também serão amparados. Todas elas serão encaminhadas ao Creas pela Santa Casa de Itapeva, pela Delegacia de Mulher ou pelos postos de saúde da cidade. Lá elas serão recebidas por uma equipe multidisciplinar composta de uma assistente social, dois psicólogos e um advogado. Caso seja necessário, a vítima poderá permanecer na Casa, até que ela esteja em segurança. Porém, a Prefeitura divulgou que o projeto era de sua autoria, por meio da Secretaria Municipal da Ação Social, o que causou revolta na vereadora Wiliana, confira a entrevista: IN – Na sessão de Câmara a senhora falou da inauguração da Casa Abrigo com bastante revolta, por quê? Wiliana – Eu recebi da mídia local uma frase, que foi comemorada pelo prefeito Roberto Comeron sobre a implantação dessa Casa Abrigo. Disse que achei uma falta de ética, porque tem algumas pessoas que estão envolvidas como a Marlene e a Fany Almeida, que vivem perguntando quando será a inauguração da Casa. Eu estou todos os meses lá para saber sobre a inauguração dessa Casa, porque dei a palavra para a Marlene e para a população de Ita-

peva. Eu li a matéria da assessoria da Prefeitura, a qual dizia que o prefeito Roberto Comeron está comemorando e eu fiquei surpresa. Mas desde que seja para o bem das mulheres, que ele comemore mesmo, porque se for beneficiá-las que seja feito da melhor maneira. IN – A senhora se sentiu magoada por não ter sido comunicada sobre abertura desta Casa? Wiliana – Eu esperava que eu fosse comunicada. Por que recebi a notícia de um projeto meu e não é só a Wiliana, pois eu sou representante de um povo. Tiveram várias pessoas, que chegaram até mim perguntando sobre isso. Tem mais pessoas contando com o meu trabalho e com a minha responsabilidade. Não posso dizer que não fiquei triste, mas ver que o prefeito está comemorando... Só quero dar satisfação para o povo sobre meu trabalho é para isso que fui eleita. IN – O que a senhora espera agora em relação ao assunto? Wiliana – Eu espero que a Beth e o Comeron façam o melhor trabalho possível e que essa Casa seja um sucesso, porque isso não é para glorificar nome nenhum e sim para que as mulheres de Itapeva sejam realmente beneficiadas. Nossa equipe também ouviu a cabeleireira Marlene Moraes, que criou este projeto e procurou a vereadora para que a aju-

busca pessoal nada de ilícito foi localizado. O mesmo portava um aparelho celular, porém não era da vítima, porém foi reconhecido pela mesma como sendo o autor do delito. Diante dos fatos, as partes foram conduzidas ao Plantão Policial, apresentada a ocorrência à autoridade policial, que determinou a lavratura do auto de prisão em flagrante ao indiciado e o mesmo conduzido à Cadeia Pública de Capão Bonito, ficando à disposição da Justiça.

Indústria Gráfica IN Ltda - ME CNPJ: 15.017.953/0001-30 | Inscrição Estadual: 372.082.326.112 Rua Alfredo Moreira de Souza, 379 - Parque Industrial Fones: 3521-1386 | 3521-1176 E-mail: jornalitanews@ig.com.br | Site: www.jornalitanews.com.br Editor-chefe: Kiko Carli Jornalista Responsável: Marcus Oliveira - MTB42240 Consultor Jurídico: Dr. Renato Jensen Rossi - OAB 234.554 Impressão: Gráfica IN (Registrada em Cartório sob nº 2470 em 26/08/2009) Tiragem: 3.000 exemplares | Registrado em Cartório sob nº 2474, no livro de matrículas de jornal no dia 17/09/2009. A direção deste jornal não se responsabiliza por artigosassinados que não necessariamente expressam a opinião deste veículo. O jornal Ita Newsnão é responsável pela qualidade, proveniência, veracidade e pontualidade dascolocações dos anúnciosclassificadospublicados em suaspáginas, bem como os conteúdosde seuscolunistas, osquais não possuem nenhum vínculo empregatício com a empresa. Circula em Buri, Capão Bonito, Guapiara, Itararé, Itapeva, Nova Campina, Ribeirão Branco, Ribeirão Grande, Riversul e Taquarivaí.

dasse nessa empreitada, a qual também ficou de fora desta inauguração: IN – O que a senhora acha do projeto ter saído do papel e ter sido inaugurado no dia 07 de março? Marlene – Eu estou muito feliz e falo de boca cheia, porque tenho provas que teve um esforço pessoal meu de elaborar e de ser sensível à causa da violência contra as mulheres e pela minha própria vivência na questão. Acho maravilhoso que o poder público tenha se sensibilizado, aceito e colocado em prática, porque esse é mais um local de apoio que a mulher tem. No tocante a inauguração da Casa eu nunca tive a menor pretensão de receber louros por isso e para mim é tranquilo. O que eu acho é que o gestor público deve convidar e comunicar as pessoas, pois como era notório que sou a autora do projeto e isso foi divulgado em todos os lugares, gostaria de ter recebido uma carta de comunicado da inauguração. Estou feliz, mas iria ficar ainda mais. Quero ressaltar que esse proje-

to foi elaborado por mim e pela minha amiga Fany Almeida, que esteve comigo na gestão passada na Câmara dos Vereadores apresentando o projeto em 2011. Eles ficaram sensíveis mais não saiu do papel. Quando mudou a gestão eu procurei o vereador Preto e apresentei o projeto, ele ficou muito animado e me pediu se podia convidar outra vereadora para assinar junto com ele pelo fato de ser mulher e convidou a Wiliana, que também se empenhou. Eu acho que o Preto foi esquecido, porque foi por empenho dele e a sensibilidade do Comeron que essa Casa saiu do papel. IN – O que você espera dessa Casa de apoio às mulheres? Marlene – Que ela funcione adequadamente como foi previsto no papel, conforme concebida a ideia. Que os órgãos encaminhem essas mulheres em situação de violência e que ela seja acolhida e consiga sair dessa situação e tenha uma perspectiva. Que receba apoio psicológico, que os filhos possam continuar frequentando a escola, é isso que eu espero.


3

14 de março de 2014

Estamos de Olho Rua Ricardo Waterly “Quarta-feira houve uma passeata e eu quero em nome de todos os vereadores solicitar ao COMUTRAN para instalar um semáforo naquele local em regime de urgência, porque se vier a acontecer outro acidente no local vão paralisar o setor”, disse Margarido. Os moradores e todos que fazem uso do local exigem e precisam que se faça algo e a reivindicação dos moradores é mão única. Será que a Prefeitura atenderá a comunidade?

De novo Mais uma vez o vereador Margarido fez menção a má qualidade dos trabalhos da Sabesp e em especial no Jardim Grajaú e adjacências. Volto a repetir que se cobre dos vereadores e do prefeito do mandato anterior, que aceitaram um contrato de 30 anos com a empreiteira. A falta de água no Bairro de Cima foi cobrada também pelo vereador Preto.

Segurança A vereadora Áurea lamenta os fatos que vêm ocorrendo em função da depredação e saques ocorridos em lojas do município e pede uma ação mais efetiva das forças policiais. “Como vamos falar em geração de emprego se existe uma insegurança muito grande, porque nós temos que investir não mais em funcionários e sim em grades”, cutucou a vereadora.

Desrespeito Williana – “Gostaria de falar sobre um projeto o qual eu tenho aqui discutido há muito tempo, que é a Casa Abrigo para as Mulheres. Esse projeto vem desde 2013, eu venho batendo nessa mesma tecla, junto com a

Beth, com o prefeito e várias pessoas tem me ajudado, mas algumas têm apoiado como a Marlene e até deputados nessa empreitada com o Roberto Comeron, que disse que a Casa foi inaugurada na sexta-feira e eu estou aqui ansiosa, convidando as pessoas para o dia 13, mas o prefeito divulgou que a casa já foi inaugurada, no mínimo isso é falta de ética”. Não esquecer que a Fany Almeida também lutou muito para a chegada deste momento. O curioso é o prefeito culpar a assessoria de imprensa da notícia ser colocada como autoria única do Executivo. Se os assessores colocaram é porque alguém falou e tenho a certeza de que os mesmos não inventariam tal história.

Respostas Marmo – “A Avenida Mário Covas será inaugurada e o trecho daquela obra, que demorou um ano e três meses para finalizar foi colocado mais de R$ 600 mil, sendo R$ 120 mil de fechamento com galvanizado, mais a terraplanagem e a grama. Estamos pedindo informações. Outro requerimento que fizemos foi em relação ao Parque Industrial. Quantas indústrias existem lá? Quanto de emprego está sendo gerado? Qual o ICMS promovido pelas empresas naquela área? Qual era o PIB municipal que agrega nas finanças públicas para a economia e quantos empregos diretos? Quais eram os ramos de atividade? E a Prefeitura não tinha condições de responder”. Seria importante um raio x do local para dar transparência ao trabalho, que mostra estar sendo bem executado. Quanto ao Distrito Industrial, o esquecimento é tão grande que duvido que alguém saiba responder ao vereador.

E a coragem? Toni – Até esse momento o

por Kiko Carli prefeito está brincando. Em um ano e três meses com discursos praticamente iguais, até vereadores que não faziam esses discursos estão começando a falar. Se o prefeito não tomar atitude e não tomar consciência, o seu mandato vai ficar complicado, a credibilidade que ele tinha até as eleições está deteriorando pela sua falta de compromisso. Nós pegamos aquela lista de promessas dele, em que fez três caderninhos e distribuíram por toda a cidade falando que ele como prefeito seria diferente, seria realmente um inovador, mas daquela lista não foi cumprido nada. Infelizmente o prefeito não está aproveitando a Câmara Municipal e o nosso objetivo é ajudar, levamos as reivindicações, levamos os pedidos, mas ele age com indiferença, ou realmente ele não tem condições de administrar Itapeva, não fez o curso que deveria para ser um gestor. A credibilidade dele hoje é praticamente zero”. E vou comentar o quê? O Toni tem se mostrado coerente desde o início do mandato em uma oposição tranquila e serena e como não dar atenção às palavras do vereador? Tentaram nas redes sociais ligálo a possíveis irregularidades cometidas pela empresa o qual trabalha (Cofesa), o que é uma vergonha, já que se a irregularidade existe, que reclamem para o dono, já que o Toni é apenas funcionário. Será que alguém tem peito para isso?

Reunião Oziel – “Nós ouvimos tantas reclamações, mas o PTB perdeu a eleição e nem por isso nós deixamos de estar juntos ao Roberto Comeron. Fomos convidados e fazemos parte desse governo. Eu quero dizer que aqui nós escutamos muitas críticas, mas o que fazemos

para melhorar? Chegamos aqui e continuamos criticando, eu acho que nós vivemos e sobrevivemos de Itapeva e quem gosta de Itapeva tem que lutar para ter uma Itapeva melhor. Não adianta ficarmos nos degladiando e um falando do outro”. Vamos propor uma reunião dos vereadores com o prefeito e secretários”. A reunião pode acontecer vereador, mas o problema é que o que o prefeito dirá nesta, não será cumprido em função da incapacidade de alguns secretários e da falta de compromisso do chefe do Executivo com as lideranças da cidade. A campanha continua e as ações não aparecem. Ninguém é contra o governo ou Itapeva, mas sim contra o desgoverno, que reina na cidade com mostras de incompetência diária. É um parque de diversões para o prefeito, que ainda está em clima de campanha e comemorando a vitória. Itapeva não merece tanto descaso.

cupam com o Meio Ambiente. Lamentável que uma pessoa que tem um elo muito grande com o Meio Ambiente e faz de tudo para melhorar a qualidade de vida do itapevense, seja tão desrespeitado pelo Executivo. Uma vergonha!

Concluindo

Segundo informações de um educador, no ano passado não foi repassado a sobra do FUNDEB para os professores, que foi utilizado para a manutenção que estão fazendo hoje no novo prédio da Secretaria da Educação, que, diga-se de passagem, não é próprio e está sendo pago a bagatela de R$ 23 mil de aluguel. A indignação é que não podem aumentar os salários, diminuíram o quadro de profissionais e com isso as salas estão cheias e as merendeiras mal conseguem dar conta da cozinha para centenas de crianças apenas em duas, mas estão instalando elevador na sede da Educação, que possui apenas quatro andares. Elevador em prédio particular? E o que fazem os vereadores? Assistem, ou vão inaugurar a obra? Na Prefeitura não existe acessibilidade para cadeirantes e vamos colocar elevador em

Moradores das imediações da Rua Dr. Ricardo Whaterly se reuniram e debaixo de chuva realizaram uma manifestação ao longo da via com faixas pedindo mais segurança no trânsito. Eles querem que o local vire mão única. Djalma, filho da mulher de 92 anos que faleceu após ser atropelada, disse que apesar da dor que sente pela perda da mãe, o pior foi ter escutado do secretário Patriarca que ali não tem nada a fazer. Esse também está na listinha?

Dando adeus Paulo Saponga tem reclamado a falta de apoio por parte da Prefeitura aos seus eventos e disse esta semana que se não houver colaboração não fará mais a premiação aos melhores do ano, que se preo-

Virando moda Professores estão indignados com o prefeito que prometeu aumento e não irá concretizar. Segundo elas, além da revisão salarial ainda faltam as abonadas, a licença prêmio e a insalubridade para as merendeiras. Devido ao descaso, elas resolveram sair às ruas na noite de sábado. Porém falta a adesão de muitos, pois apenas alguns gatos pingados participaram do manifesto. A reivindicação é pertinente, mas a desunião da classe é notória e esvazia o movimento e suas pretensões.

Expliquem

um prédio alugado. Coisas do governo Comeron.

De quem? Outra deficiência do local é a falta de estacionamento. A sede da Educação fica às margens da Avenida Dr. José Ermírio de Moraes, na qual não pode estacionar veículos. E curiosamente está sendo aberto um estacionamento particular em frente à Secretaria, onde funcionava um Posto. Quem será o sortudo (?).

Soluções Foi realizada na Casa de Leis de Itapeva uma reunião para que fossem apresentadas propostas para melhorar a situação de crianças e adolescentes em nossa cidade. Será que o secretário de Governo e Negócios Jurídicos da Prefeitura é contra ou a favor das blitz nas madrugadas, já que o seu boteco fica aberto noite afora? Por lá não existe a Lei Seca? Que belo exemplo do secretário, que está no cargo para fazer com que as leis sejam cumpridas. Desde que não seja no seu boteco é claro. É por essas e outras que o governo Comeron é motivo de tantas críticas nos quatro cantos da cidade.

Soluções II É claro que todas as iniciativas em prol deste problema que está se tornando crônico em nossa cidade são válidas e merecem atenção, mas o momento é de cobrar a responsabilidade de pais e responsáveis, que lavam as mãos, soltam seus filhos de 11 e 12 anos de idade nas ruas e querem que os poderes constituídos achem uma solução. Indiciem os pais dentro do que a lei permite e veremos se tantas crianças continuarão bebendo e frequentando a madrugada.

Comissão dos Direitos Humanos discute soluções para a questão dos moradores de rua

N

a segunda-feira (10), a Comissão dos Direitos Humanos da Câmara Municipal realizou uma reunião, na qual foram discutidas as questões dos moradores de rua, que têm aumentado em nossa cidade. Em entrevista à nossa equipe de reportagem o vereador Dr. Pedro Correa e a secretária da Ação Social, Elisabeth do Rocio dos Santos falaram

sobre esses primeiros trabalhos no sentido de solucionar este problema social, confira: IN – Como presidente da Comissão de Direitos Humanos, o que foi decidido nessa reunião? Dr. Pedro – Hoje o assunto foi especificamente sobre moradores de rua e tivemos um bom avanço, já deixamos agendada uma próxima reunião para o mês de abril, no

dia 09 às 10 horas, em que vamos contar também com a presença do diretor da DRADS Luciano de Oliveira e o representante da Igreja Maranata, porque a situação é um pouco complicada no momento e vamos precisar juntar esforços de várias entidades para que saia do papel e comece a surtir resultados. A secretária da Ação Social participou da reunião conosco hoje e ela tem bons projetos para serem implantados, porém isso não é fácil depende de diálogo com as entidades, que estão dando apoio e inclusive vamos pedir a participação da DRADS, que é um órgão de Estado, mas que também tem muita força para nos ajudar em termos de região, uma vez que engloba 18 cidades. IN – Como foi a reunião dos Direitos Humanos? Secretária – Eu vim muito segura do que falar, mostrei um trabalho de pesquisa científico, de amostragem sobre os mora-

dores e Rua de Itapeva e também trouxe algumas propostas para discutirmos com o Legislativo a possibilidade de execução dessas propostas.

IN – O que a senhora acha que está faltando para colocar em prática e isso sair do papel? Secretária – Eu acredito que agora nós estamos iniciando a

primeira reunião com o Legislativo e já marcamos uma próxima para elaborarmos algumas etapas propostas aqui e executarmos.


4

14 de março de 2014

Sociedade e Ímpeto

Pacato Cidadão

por Gabriel Marcondes

por Luiz Eduardo Galvão de Morais Paixão

O Maior Professor Meu caro amigo leitor, hoje, isenta-me a fé e a religiosidade neste momento para falar sobre o maior professor de todos nós - “Presente, passado e futuro, nem sempre o passado passou, mas em todos os casos, o dia a dia na vida é o nosso maior professor.” - Assim já dizia o poeta Luís Carlos da Vila, então, lá vamos nós. Até mesmo na lida de uma sala de aula não há um só professor que seja igual ao outro, cada um com sua história, cada um com sua lida, cada um com seu tempo de mestre. O nosso aprendizado não vem das experiências que passamos, mas sim das lições que delas tiramos. Podemos passar eu e você pela mesma situação, por mais parecidas e idênticas que sejam as circunstâncias dificilmente teremos o mesmo aprendizado ou a mesma reflexão, esse é o papel da nossa consciência agindo como maestra na orquestra de nossas futuras ações. Esse nosso maior professor é implacável, raramente permite erros, e a nós só cabe o erro

Licitações

na intenção de acertar, pois mesmo sabendo da boa intenção, não estamos isentos das consequências. E a cada acerto, o silêncio ensurdecedor da vida nos dizendo que não fizemos mais que a nossa obrigação pode chocar há muitos, mas essa é a vida como ela é. E verdade seja dita: ao acerto só chegamos depois de muito errar, muito. Esse mestre aplica e implica sem muitas vezes se explicar, mas ele não é egoísta, não nos enganemos. Egoístas somos nós que não notamos que a vida nos permite por diversas vezes companhias com quem podemos aprender e dividir, multiplicar e construir. Família, amigos e conhecidos. Vivemos uma constante construção do conhecimento que só se encerra ao cerrar dos olhos, e tolo aquele que acha que só morremos ao cerrar dos nossos próprios olhos. Morremos aos poucos, morremos ao cerrar dos olhos de nossos entes queridos, de nossas companhias, amigos, família e conhecidos. O caprichoso mestre da mesma forma

Os Normais

que faz com que pouco de nós morra com os que nos deixam em vida, também permite que deixemos vivos em nós parte deles, o nome disso é: Legado. Então antes de maldizermos nossas vidas por perdas, e o tempo por sua voracidade, honremos a todo o momento o ensinamento que nos é propiciado no dia-a-dia, e façamos desse ensinamento motivação para que possamos sempre melhorar. A vida e o tempo jamais deixarão de nos cobrar ensinamentos, posições e posturas por maldizê-los ou bajula-los. Mas humildemente quero deixar um conselho, conselho de quem começou essa escola há apenas 21 anos atrás: Pare, pense, reflita e aprenda sobre o seu dia-a-dia na vida, ele tem muito a te ensinar e você muito a aprender. Foi assim que eu aprendi, e é assim que eu vou aprendendo. Pois só é sábio aquele que na vida e da vida é emérito aprendiz.

SOBRE A BOLSA ELETRÔNICA DE COMPRAS - BEC fonte: www.bec.sp.gov.br Perguntas frequentes (6) NEGOCIAÇÕES ELETRÔNICAS Como funciona? Como obter a senha de acesso às negociações eletrônicas da BEC/SP? Após validação do cadastro, a senha de acesso às negociações será enviada, automaticamente, ao e-mail da empresa cadastrado no Caufesp. Na página de acesso às Negociações Eletrônicas, basta inserir o número do Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica - CNPJ, para fornecedor pessoa jurídica, ou o número do Cadastro de Pessoa Física - CPF, no caso de fornecedor pessoa física, e a senha recebida. Saiba mais consultando: Manuais para o Fornecedor Caufesp. Teste seu conhecimento. Qual é a alternativa correta? O pregão, em se tratando de licitações, constitui-se como:

a) modalidade de licitação, estabelecida através de medida provisória, posteriormente convertida em Lei. b) meio cabível a se realizar a concorrência, exatamente como nas bolsas de valores, obedecendo aos rigores formais do ato. c) as atividades exercidas pelas pessoas jurídicas, órgãos e agentes incumbidos de atender concretamente as licitações. d) Todas as afirmações estão erradas. Teste anterior: São modalidades de licitação, previstas na Lei 8.666/93: Resposta: concorrência, tomada de preços, convite, concurso e leilão - Alternativa (d) PUBLICAÇÕES PREFEITURA MUNICIPAL DE ITABERÁ (SP) Tomada de Preços 09/2014 ABERTURA 25/03/2014 Objeto: Contratação de empresa para execução de obra de ampliação do PSF - Deolindo Wagner em regime de empreitada global, inclusos mão de obra, materiais e equipamentos necessários, no valor globa l es tim ado em R$ 136.370,15 (cento e trinta e seis mil, trezentos e setenta reais e quinze centavos). Tomada de Preços 08/2014 ABERTURA 25/03/2014 Objeto: Contratação de empresa para execução de obra de ampliação do PSF - Jardim Santa Inês em regime de empreitada global, inclusos mão de obra, materiais e equipamentos necessários, no valor global estimado em R$ 128.563,55 (cento e vinte e oito mil, quinhentos e

Cinco dias na semana, em algumas, seis, em outras, sete. Não há limites para José, porque é de muita fé. Fabrica carros, mas na chuva, anda “a pé”. Ele não tem automóvel, seu motor é sua vontade. José corre “pra” lá, corre e pula “pra” cá. Tem filhos ainda crianças, mas não pode pagar Babá. Quanto é possível, Zé passeia com a esposa. Queria poder levá-la a um restaurante melhor. Mas não consegue, o aluguel já lhe custa o suor. Maria é a mulher de sua vida, grande mãe e companheira. O salário dela é contado, não lhe

sobra algum. Mas docinho “pros” filhos, com sacrifício, sempre traz um. Se alguém adoece, lá vão “pro” Hospital. A demora é grande, depende do dia. E no atendimento, quase não há simpatia. Para os filhos crescerem, uma boa escola procuram. Difícil encontrar, o sistema tem falhas e está muito aquém. A exigência é pouca: o ano passa, o aluno também. Na casa alugada, instalou uma grade. Não pode “bobear”, a malandragem é crescente. E para piorar, a segurança é pouca, infelizmente. No ano da Copa, José quer mais qualidade. Comprar uma TV melhor, para os jogos assistir. O problema é que com certeza os preços irão subir.

Maria orienta os filhos para serem boas pessoas. Mas um dia um deles questionou, com uma grande indagação: “- Mamãe, quem é o preso sorrindo na TV e o que é corrupção?”. A mulher pensa aqui, pensa acolá: “... Deus do céu, o que é que vou falar?...”. “... Com um país assim, como meus filhos irão prosperar?..” . Mas o casal é formado por bons cidadãos, que são pessoas do bem. Com sofrimento e honestidade, conquistaram tudo o que têm. Quem de vocês não conhece “Josés” ou “Marias”? Bons exemplos para os filhos, darão, até seus últimos dias.

Por Dentro da Lei

por Gilberto Mendes

por Wanderley Verneck Romanoff Responsabilidade civil dos estabelecimentos comerciais que disponibilizam estacionamentos a seus clientes

Analisando os custos para participar de licitações públicas Nas semanas anteriores, descrevemos sobre: Fator 1 - Recursos Humanos / Fator 2 - Informações e Treinamentos Fator 3 - Custo de Entrega Se você ganhar uma licitação, você tem que entregar o serviço ou produto proposto. Por isso, é essencial calcular bem quanto vai custar para produzilos ou comprá-los, analisar a tributação, etc. Fazer uma boa negociação de compra irá refletir em sua lucratividade. Avalie bem a sua seleção de fornecedores para evitar custos ainda maiores. Próxima semana: Fator 4 Logística

José acorda, levanta, arruma-se, trabalha, trabalha e almoça. Almoça, trabalha, trabalha e descansa. Dorme, acorda, levanta, arrumase e logo ao trabalho se lança.

sessenta e três reais e cinquenta e cinco centavos). Tomada de Preços 07/2014 ABERTURA 19/03/2014 Objeto: Contratação de empresa para execução da construção do PSF no bairro CAFEZAL NOVO, em regime de empreitada global, inclusos mão de obra, materiais e equipamentos necessários, no valor global estimado em R$ 408.000,00 (Quatrocentos e oito mil reais). Tomada de Preços 06/2014 ABERTURA 19/03/2014 Objeto: Contratação de empresa para execução de obra de ampliação do PSF- Vila Dom Silvio, em regime de empreitada global, fornecimento de materiais, mão de obra e equipamentos necessários, no valor global estimado em R$ 82.200,00 (Oitenta e dois mil e duzentos reais). Tomada de Preços 05/2014 ABERTURA 18/03/2014 Objeto: Contratação de empresa para execução de obra de ampliação do PSF- Toriba do sul, em regime de empreitada global, fornecimento de materiais, mão de obra e equipamentos necessários, no valor global estimado em R$ 99.900,00 (Noventa e nove mil e novecentos reais). Dúvidas e/ou esclarecimentos, faça-nos contato enviando e-mail para: gilberto.licita@ gmail.com – cel. (15) 997040542 Amplie seus negócios no mercado de licitações públicas!!!

Muitas vezes nos deparamos com avisos em supermercados, shoppings e demais estabelecimentos, os quais disponibilizam estacionamento a seus clientes, que não se responsabilizam por objetos deixados no interior do veículo ou danos à ele causados. Sempre persiste dúvida se eles realmente são válidos e retiram a responsabilidade dos estabelecimentos em reparar possíveis danos. Pois bem, a Súmula 130 do Superior Tribunal de Justiça, a qual orienta as instâncias inferiores em julgamentos de igual natureza, veio para acabar com qualquer dúvida, eis que assim determina: “a empresa responde, perante o cliente, pela reparação dodano ou furto de veículo ocorrido em seu estacionamento”. Ou seja, de nada adianta os avisos que não se responsabilizarão pelos danos causados aos veículos, sendo entendimento dos tribunais que, por se tratar de relação de consumo, incumbe ao fornecedor do serviço o dever de proteger a pessoa e seus bens. A responsabilidade

nesses casos será objetiva, conforme determina o Artigo 14 do Código de Defesa do Consumidor, ou seja, sem necessidade de comprovação de culpa na ocorrência do dano ao consumidor. Também vale destacar que os tribunais vêm seguindo o posicionamento de que o fato de o estacionamento ser gratuito não exime a responsabilidade dos fornecedores, pois muitas vezes o estacionamento funciona como atrativo, devendo dessa forma oferecer confiança e segurança aos clientes. O dano ocasionado poderá ser comprovado por meio do boletim de ocorrência, notas fiscais da compra e também testemunhas, pois segundo a justiça, a conjugação desses elementos, quando em harmonia com as datas e horários, são provas mais do que suficientes para fundamentar o pedido de indenização. O estabelecimento por sua vez em sua defesa em eventual ação judicial, com o instituto da inversão do ônus da prova, deverá comprovar que o consumidor não fez uso do seu estacionamento naquele dia e horário,

bem como que não ocorreu o furto, roubo, tentativa ou qualquer dano, podendo se utilizar das câmeras de segurança, por exemplo. Ou seja, caberá ao estabelecimento comprovar a não ocorrência do dano. Pelo exposto, temos visto que nossos tribunais têm decisões firmes quanto à responsabilidade dos estabelecimentos comerciais que disponibilizam estacionamento a seus clientes, caso ocorra furto, roubo, ou mesmo tentativa do crime, devendo reparar o dano material e se o caso, também o dano moral. Tais entendimentos ao determinarem a responsabilidade dos estabelecimentos comerciais por danos causados nos estacionamentos, estimulam os mesmos a melhorarem continuamente seus procedimentos de vigilância e garantir aos clientes um mínimo de segurança e proteção.

por Zé Lampião

Sempre Alerta Paraiso Fiscal Os países que oferecem facilidades como baixa tributação, sigilo bancário, para sonegação de impostos ou lavagem de dinheiro, são chamados de paraíso fiscal. Comoo México, Ilhas do Caribe, Suíça e alguns países árabes são os mais visitados por dinheiro estrangeiros. Os mais prejudicados são os países pobres e emergentes, alem de permitir que criminosos lavem dinheiro sujo, eles ajudam os ri-

cos ficarem mais ricos e os pobres sem recursos governamentais. O expediente não é só utilizado por empresas, mas também por políticos, jogadores de futebol profissional, artistas e entidades não governamentais ou ate pessoas físicas pra fugir do imposto de renda. O 6-8 grupo feito pelos 8 países mais poderosos do mundo, já analisou formas de combater esse mal, mais interesses pessoais não levam adiante. Cabe a policia Federal e a Interpol rastrear de onde veio e para onde vai esse dinheiro, os países alinhados no MERCOSUL, favorecem informações um a outro, mas os Europeus, Asiáticos e Caribenhos não concordam, pois os depósitos são feito em dólares. A fiscalização nas fronteiras entre países deixam a desejar e se limitam, mas com drogas e mercadorias. As moe-

das de troca com o dólar o EURO menos vulnerável ao fisco com países fiscais favorecendo a riqueza ilícita, grande parte da economia vem através de impostos que impõe custos ao cidadão rico ou pobre que ganha salários controlados pelo governo e com uma tabela de Imposto de Renda ainda injusta com uma isenção de R$ 1.787,77 não da pra ter uma vida econômica a altura de suas necessidades, quando se sabe de desvio de verbas, sonegação de impostos e privilégios a políticos e a demanda comercial vai a função da oferta e da procura, não é possível analisar se o custo é igual ao beneficio.


5

14 de março de 2014

Profissionais da Educação realizam manifesto por aumento de salário

N

a noite do último sábado (08), profissionais da Educação saíram às ruas para exigir da Prefeitura Municipal alguns direitos, que segundo eles não estão sendo respeitados. Aumento de salário, abonadas e licença prêmio foram algumas das reivindicações de professores e merendeiras, que se reuniram em frente ao Itapeva Clube e subiram o Calçadão até a Avenida Cel. Acácio Piedade com faixas e cartazes pedindo uma atenção do Poder Executivo. Apesar do protesto pacífico, os servidores exigem que o prefeito Roberto Comeron tome uma iniciativa e que garanta condições melhores de trabalho para eles. Em entrevista à nossa equipe de reportagem a orientadora de alunos Adriana e as merendeiras Rosana e Cristina falaram sobre esta manifesta-

ção, confira: IN – Por que vocês resolveram realizar esta manifestação? Adriana – Pelo fato de não termos aumento de salário e não termos direito a abonadas e licença prêmio. Esse dinheiro investido nos profissionais não vai influenciar em nada para a Prefeitura de Itapeva, pois eles pagam R$ 24 mil de aluguel no prédio da Educação, sendo essa verba jogada fora. O povo parou de ser bobo, somente eles que não acordaram ainda. Tivemos a informação de que a secretária Vânia vai desistir do cargo, porque nem ela está mais aguentando trabalhar desta forma. Ela promete uma coisa e o prefeito não faz, então o manifesto é sobre o aumento, pois nós precisamos desse aumento e o merecemos, uma vez que trabalhamos muito e prefeito sabe disso. IN – Vocês não estão conten-

tes com essa administração? Adriana – De maneira alguma, não só o nosso setor, mas a Saúde e outras áreas, nas quais ninguém está contente com essa administração. IN – E o que você espera dessa manifestação? Adriana – Nós esperamos que o prefeito tenha consciência e dê um aumento justo para os funcionários da Educação, melhorando também a Saúde, porque acho isso uma falta de respeito com o povo que o elegeu. IN – Por que a senhora resolveu aderir à manifestação? Rosana – Estão uma vergonha geral todos os setores. Nosso salário está uma ninharia e precisamos de melhorias urgentes. Não estou nem um pouco contente com a administração Roberto Comeron. Em relação à secretária não posso dizer nada, ela é muito boa de conversa, boa

de papo. Merecemos um aumento, porque estamos ganhando menos que uma empregada doméstica. Cristina – Nós queremos

um salário digno, ser reconhecida pelo que fazemos. Fizemos concurso para merendeira, sendo que merendeira só serve o alimento e faz o preparo, ficamos dispostas ao calor da cozinha, chegamos até a passar mal e queremos direito a insalubridade, porque não temos nenhum seguro dentro de uma cozinha. Se acontecer de explodir uma panela, nós poderemos sofrer danos graves e não temos nenhum recurso para manter nossas famílias se tivermos um problema sério. Estamos lutando por isso, além do salário, pela insalubridade, periculosidade, licença prêmio e abonada. IN – Vocês tentaram falar

com o prefeito? Cristina – Nós tivemos uma reunião com o prefeito no começo do ano, mas ele não deu a oportunidade para falarmos, disse que logo teríamos uma surpresa. Mas isso ficou entre aspas, pois que surpresa seria essa boa ou ruim? Segundo informações nós não teremos aumento de salário. Na época de campanha ele fez promessas, teve nosso apoio e, agora queremos o apoio dele. NR : Nossa equipe de reportagem contatou a secretária da Educação Vânia Páschoa, a qual disse que não tem pretensão de deixar o cargo neste momento e que as afirmações são infundadas.


6

14 de março de 2014

Justiça coloca Clube de Campo a leilão. Lance inicial é de R$ 4,4 milhões Membros do Clube questionam decisão da Justiça e querem impugnar o tramite

O

Clube de Campo de Itapeva será leiloado e desde o dia 05 de março está sendo anunciado com lance inicial de R$ 4,4 milhões. Parte do Imóvel matriculado sob número 34.257 no Cartório de Registro de Imóveis da Comarca de Itapeva, sendo uma área de terras medindo 70 metros de frente por 78,50 metros situada na Avenida Cândido Rodrigues e mais uma parte de terras com 1 alqueire e meio, situada nos fundos da referida área, sendo ambas separadas pela linha da estrada de Ferro Sorocabana formando um só imóvel. A Justiça decretou o leilão do Clube inteiro, que está avaliado em R$ 8 milhões, porém a dívida é de R$ 40 mil, o que para diretores e associados não condiz com a realidade e por isso vão entrar com pedido de impugnação do mesmo, como nos contou o presidente Daniel Kolomenconkovas, confira: IN – Por que o Clube de Campo será leiloado? Daniel – Existem algumas dívidas das gestões anteriores. Dívidas trabalhistas, fiscais e uma dívida inclusive municipal, que já há um pré-acordo com a Prefeitura, em que está sendo cedida uma área de terra, onde posteriormente será criado um Posto de Saúde, uma creche ou

escola, e isso está sendo analisado ainda. As dívidas que estão sendo questionadas nesse leilão são trabalhistas. O Clube de Campo foi avaliado pela Justiça em aproximadamente R$ 8 milhões e essa dívida é aproximadamente R$ 30 a R$ 40 mil, que já está no Jurídico do clube para que sejam tomadas as devidas providências. IN – E que providências estão sendo tomadas? Daniel – O Clube de Campo de Itapeva é uma instituição pública. Qualquer pessoa está

disponível para se associar ao clube. A questão financeira do clube é uma realidade em qualquer clube, antigamente eles eram mencionados como um top de linha, mas hoje todos os clubes estão passando por dificuldades financeiras. IN – Quais as dificuldades financeiras que hoje o Clube de Campo enfrenta? Daniel – Na minha gestão de maio de 2013, até agora todos os funcionários estão registrados e todos estão recebendo em dia. O clube não tem nenhu-

por Bruno Ricardo Pereira Almeida

Saúde

Fina Flor

go, professor, artista, médico, policial, entre outros. Cada um destes papéis é uma persona, uma máscara para o eu. Tentando alcançar seu objetivo de ser bem visto e aceito socialmente. Pode ocorrer de o indivíduo utilizar a persona de tal maneira que ele vive como gostaria de ser e não o que realmente é. Exemplo: Um homem é general do exército. Ele vive essa persona de general em todos os lugares. Em sua casa ele trata sua família como se estivesse num quartel general com regras e punições. Mas se por ocaso eu viver sem persona? A pessoa não será aceita pela sociedade, não conseguirá se relacionar com alguma pessoa sequer ou viver em qualquer ambiente, pois jamais conseguirá se

adaptar às circunstâncias e jamais estará receptivo para novas posturas e pontos de vista. No processo terapêutico, conhecemos as personas do paciente para ajudar a se ajustar nos ambientes em que convive e tornando mais flexível para se comunicar com outras pessoas. Bruno Ricardo Pereira Almeida CRP: 06/119079 Psicólogo Clínico Sugestões ou dúvidas, E-mail: psi.bruno@hotmail.com Tel.: (15) 99681.5009

por Marlene Moraes Maciel

mos ir até o céu se quisermos, pois o limite quem dá, somos nós mesmos e nem venham dizer que a capacidade é limitada, pois não é.... Sermos vencedores de nós mesmos, superar nossa negatividade é o que mais dificulta a vitória, quando cremos numa palavra negativa que vem do outro, daquilo que é dele, pois o outro nos diz, aquilo que é vivência dele, mas ao mesmo tempo, ele deve nos servir como espelho, nosso reflexo e daí a complexidade do relacionar-se, pois ao mesmo tempo, que temos que olhar para o outro sem deixar que ele nos influencie e tome nossa vida, vamos tendo que lidar, com aquilo que ele nos devolve, para não ficarmos somente nós em nosso mundo. Conhecemos pessoas que não consideram o outro de forma

por Fany Almeida

Na alegria e na tristeza

O dia de hoje A vida e as pessoas são impressionantes e surpreendentes. Nada pode superar a mágica do ser humano e de ser o que se é. Somos capazes de mágicas para salvar a vida de alguém, e no instante seguinte, capazes de matar. Pode-se matar a esperança, a alegria, a raiva e o amor, dependendo de como encaramos os lados da coisas. Há fatos na vida política por exemplo, que são definidos pela imoralidade, outros pela capacidade de enxergar o lado do outro. Nos relacionamentos, quando há quebra, fica a amargura, as ofensas e quando alguém faz algo que surpreende, somos pegos de uma emoção tênue e de uma alegria surpreendente. Mas o mais impressionante, é a nossa capacidade de superação que temos, quando desejamos fazer mais e melhor. Pode-

dores é tentar desmembrar uma área e ceder para a Justiça para que seja vendida. IN – Qual parte que será vendida? Daniel – De acordo com a Assembleia Geral do Clube de Campo com todos os diretores e sócios seria uma área de 1.200m² aproximadamente. Essa área perfaz a divisa com a Avenida principal do Clube, atrás da Secretaria. IN – E o valor a ser vendido? Daniel – Está avaliado pela imobiliária em torno de R$ 450

Entre Tantas Coisas

Qual máscara você usa para se relacionar com o mundo? Na Psicologia Analítica existe um termo chamado Persona criado pelo psiquiatra Carl Gustav Jung (1875-1961) que significa máscara. A palavra vem do teatro grego, onde cada personagem utilizava uma máscara para construir seu personagem. Já palavra personagem, por sua vez, surgiu da palavra persona. Em latim, per-sona que dizer através do som. A persona é como se fosse uma máscara que usamos para sermos visto pelo outro. Jung percebeu que nós agimos de maneira diferente em cada ambiente social, de que precisamos ser aceitos para pertencer ao grupo e temos que nos adaptar dependendo da circunstância. Os papéis sociais de: pai, filho, irmão, irmã, mãe, amigo, psicólo-

ma dívida com os funcionários que entraram e que saíram na minha gestão, o que tem são dívidas anteriores. IN – Vocês entraram com uma impugnação para que não ocorra o leilão? Daniel – Sim, de acordo com o nosso setor jurídico, o valor é inviável e não condiz com a realidade da dívida, que é de aproximadamente R$ 40 mil e o Clube é avaliado em R$ 8 milhões. O que nós pretendemos fazer até por uma autorização da Justiça ou um acordo com os deve-

a R$ 650 mil. IN – Quem pode participar da compra? Daniel – Qualquer um que se interesse e também veja a dificuldade que o Clube tem de transferir a escritura, mas a pessoa poderá entrar com usucapião futuramente ou até mesmo com esse dinheiro vendido exclusivamente para pagar essas contas e então poderemos transferir as escrituras. IN – Esse patrimônio sendo vendido como fica a situação dos associados? Daniel – No caso do leilão como já citei não condiz com a realidade, o que vamos tentar fazer é vender essa área para saldar as dívidas. Nós não temos outra saída. A maioria dos associados do clube já estão cientes dessa situação, e a assembleia geral já aprovou a venda dessa área. IN – O que você diria à população sobre essa venda? Daniel – Eu diria que como qualquer clube hoje passa por dificuldades, e nos vemos a ACM que é uma instituição internacional e que não teve condições também de seguir em frente e todos os outros que passam por dificuldades, o Clube de Campo não é diferente com essa realidade. Mas a população pode ficar tranquila que não vão ficar sem o Clube de Campo.

alguma, pois não conseguem fazer este paralelo com sua vida e a dos outros. Ou, ao contrário, vive-se para o outro e esquece-se de que tem uma vida própria e seu próprio caminho para seguir. Portanto, viver é uma arte e aprender é ouro e espalhar o conhecimento é o que nos salva da solidão e da mesquinhez. Repartamos aquilo que temos de sobra, refaçamos nossas ações que nem sempre são corretas e ao exercitar tal virtude, vamos nos tornando cada dia um pouquinho melhor!

Basta anunciar a corrida pelo voto no período eleitoral que ouvimos sempre a mesma cantilena, e para nós “macacos velhos” na arte de ouvir tais mimimis já começamos até a antecipar as principais promessas de todos os candidatos. POR UMA EDUCAÇÃO PÚBLICA DE QUALIDADE: SAÚDE PÚBLICA PARA TODOS; MAIS SEGURANÇA PÚBLICA; GERAÇÃO DE MILHARES DE EMPREGOS; ACABAR COM A M ISÉRIA E A FOME; CUIDAR DO DINHEIRO PÚBLICO E NÃO DEIXAR ROUBAR (esta é a primeira promessa que esquecem), entre outras. Agora pare e pensem, estas promessas para se concretizarem dependem unicamente deles, ou exigirá envolvimento de diversos outros segmentos e da própria sociedade que deveria está organizada? Esse é um questionamento que faço ao nosso querido povo sofrido de nossa não menos querida cidade de Itapeva, haja vista que ouvimos promessas que são pura utopia e sabemos que jamais serão concretizados, os tais hábeis nas palavras conseguem criar um Neverland para fazer inveja a qualquer Peter Pan. Ora, seria bom que nós os eleitores deixássemos de sofrer da conhecida amnésia pós-eleitoral, já que esta doença é típica e faz parte do caráter de nossos políticos e, que as promessas feitas fossem cobradas diuturnamente, e não aceitássemos passivamente que ela só dure o tempo da campanha, permitindo que passada as eleições sumam feito fumaça, levandonos ao esquecimento. Poderíamos até querer entender que os “coitadinhos de nossos políticos” fossem tomados de uma amnésia repentina, ten-

do em vista, a forte pressão porque passam para ser eleitos ou reeleitos, e diante disso, os sintomas da doença se façam aparecer após as eleições. Poderíamos até entender que os efeitos da doença lhe acometam após a campanha e siga até a véspera da reeleição, onde eles humildemente nos relembrem as promessas feitas, quando justificam que 04 anos foram poucos para poder cumprir o prometido. Vai vendo que nós iremos assistir um vale a pena ver de novo com direito a choro no final do filme. Não dá para compreender que ao assumir o mandato faz exatamente tudo o contrário do prometido. Será que só sobrou tempo p ara cumprir aquilo que estava fora do seu caderno de promessas? Aliás, o mais comum é executar as promessas a pedidos daqueles que nada contribuíram para a sua eleição, muito pelo contrário, tudo fizeram para derrota-lo. Como não dá para entender o discurso moralizante feito nos palanques da vida, criticando os adversários, quando está convivendo com correligionários que estão utilizando as mesmas práticas dos acusados, se locupletando nos cargos assumidos e fazendo dos órgãos públicos a muleta de amparo de suas candidaturas Ou o pau que dá em Chico não dá em Francisco? Não estamos vendo justamente isso acontecer em na nossa cara e ainda temos que nos fazer de desentendido? Se soubermos prescrever o remédio na dosagem certa, se votarmos com consciência e passarmos a exigir que o paciente de tempos em tempos realize os exames periódicos de praxe, se cobrar regularmente que preste con-

ta dos seus atos e o que tem feito para concretizar as promessas, estará fiscalizando com rigor este nosso paciente, exigindo respeito e que sejamos tratados com a mesma atenção que era dedicada no período eleitoral. Fico consternada com certo desvelo das nossas excelências para com o nosso povo que graças a Deus estão aprendendo a colocar a boca no trombone e mostrar a realidade dos fatos, “bendita rede social” que suporta a revolta, a verdade e a manifestação de todos o que não aguentam mais ser enganados e ficarem tomando em doses homeopáticas as desculpas de nossos nobres eleitos. Sem contar a baderna que a máquina pública vira após a posse dos tais eleitos. Chega de administração pública servir de cabide de emprego para pessoas despreparadas, muitas delas comprovadamente com dificuldade de conseguirem empregos fora da Coisa Pública. Política executiva e legislativa é coisa séria. As próprias famílias e entidades deveriam de se abster de sugerir empregos para pessoas-problema em seus lares, em seus ambientes corporativos. Não dá para a sociedade reclamar dos serviços públicos, políticos militarem por melhorias no mesmo serviço, quando no lado inverso acabam colaborando para a manutenção da baixa produtividade do setor público por indicarem pessoas sem experiência ou perfil para o trabalho.


7

14 de março de 2014

Poupatempo dá início às atividades antes de sua inauguração

D

esde sexta-feira (07), o Poupatempo de Itapeva deu início às suas atividades operacionais, que segundo a Prodesp são procedimentos realizados nos postos antes de sua inauguração, para que eventuais erros possam ser consertados e atinjam os padrões de qualidade que o órgão deve estabelecer. Em entrevista à nossa equipe de reportagem, Maria Carolina Mischiatti Lopes, assessora de comunicação do Poupatempo respondeu alguns questiona-

mentos sobre o funcionamento e contratação do órgão governamental, acompanhe: IN – Quando teve início o atendimento à população? Assessoria – O Programa Poupatempo informa que na última sexta-feira, 7 de março, o Poupatempo Itapeva deu início à pré-operação, procedimento comum a todos os postos, quando são feitos todos os testes para que os ajustes necessários sejam providenciados antes da inauguração e abertura oficial à população. Em breve, assim que

for constatado que a unidade está funcionando dentro dos padrões de atendimento e qualidade do Poupatempo, o posto será inaugurado. IN – Quais serviços serão oferecidos em Itapeva? Assessoria – Entre os serviços oferecidos na unidade estarão Carteira de Identidade (RG), Atestado de Antecedentes Criminais, Carteira de Trabalho, todos os serviços do Detran, como Licenciamento e transferência de veículos e Carteira Nacional de Habilitação, serviços eletrônicos, como Nota Fiscal Paulista e Boletim de Ocorrência, além de acesso gratuito à internet, pelo programa Acessa SP. O posto também contará com uma unidade bancária, exclusiva para recolhimento de taxas de serviços realizados no Poupatempo. IN – Como foi realizado a escolha das pessoas que irão trabalhar no Poupatempo? Qual o consórcio vencedor da licitação? Quais os critérios que seriam utilizados para a contratação após o teste realizado com os interessados? Há muitas denúncias de que foram contrata-

dos apenas pessoas ligadas a políticos de nossa cidade. Vocês Têm conhecimento sobre isso? Assessoria – Com relação aos colaboradores da unidade, a seleção e contratação é de competência do consórcio

vencedor da licitação, uma vez que se trata de um posto terceirizado. O Consórcio Poupatempo Região de Sorocaba – Sudeste, o qual a empresa líder em Itapeva é a 3P Brasil, deve cumprir os critérios estabelecidos no edital de lici-

tação executado para contratação dos serviços, levando em consideração o perfil dos funcionários a serem contratados. Cabe ao Programa Poupatempo acompanhar o desempen ho do post o, bem como de seus colaboradores.

Munícipe questiona contratações de funcionários do Poupatempo

E

liezer Araújo Siqueira, que atualmente trabalha como mototaxista procurou nossa equipe de reportagem para denunciar contratações realizadas pela terceirizada do Poupatempo, as quais segundo ele são indicações políticas. Nossa equipe de reportagem, entrevistou Eliezer, o qual desabafou e pediu providências por parte das autoridades, confira: IN – Qual é a sua denúncia em relação ao Poupatempo aqui no município de Itapeva? Eliezer – Está havendo no Poupatempo em minha opinião cabide de emprego, porque tem duas filhas de um vereador, duas filhas de um motorista da Câmara e outras indicações, como a mulher de um ex-secretário do prefeito anterior e várias pessoas que não sei dizer o nome. Eu gostaria que fossem tomadas algumas providênci-

as a respeito disso, porque para mim isso está errado. O Alexandre que é o supervisor do Poupatempo da terceirizada é amigo do Ananias, que segundo informações teve uma sociedade com ele em Itapetininga numa loja de informática, para mim foi indicação do amigo. Eu gostaria que as autoridades averiguassem esse caso. IN – O senhor pleiteava algum cargo dentro do Poupa Tempo? Eliezer – Não pleiteava, mas acabei descobrindo essas irregularidades no treinamento. Em Itapeva eu sou motorista de táxi, trabalho à noite e fiz corrida para várias pessoas que estavam no treinamento. Acabei fazendo algumas perguntas, liguei na PRODESP em São Paulo tentando falar com a Mara, que é secretária do Ademir Ferro, ela não me atendeu e eu passei o que estava aconte-

cendo aqui em Itapeva, porque o Poupatempo nem inaugurou e já começou tudo errado, com

cargo por indicação política. IN – O senhor enquanto cidadão que vai se utilizar dos

trabalhos do Poupatempo se sente lesado com essa situação? Eliezer – Eu acho uma vergonha, porque tem muitas pessoas que fizeram o treinamento e foram dispensadas e os políticos dão nomes de pessoas para serem selecionadas. Acho isso muito errado. Eu não estou sendo lesado, mas acho que a população está, pois não acho justo beneficiar parentes de políticos. IN – O que o senhor enquanto cidadão pediria neste momento em relação ao esse caso? Eliezer – Que as autoridades competentes tomassem providências. A promotoria pública ou os próprios políticos e a Câmara revessem e tomassem as medidas cabíveis, porque não estamos mais nessa época, nesse tempo de indicação. Tem a promotoria e o Ministério Público para to-

Detran passa a operar sob novo padrão de qualidade Novo posto funciona junto ao Poupatempo e tem capacidade para 13 mil serviços mensais. Oferece todos os serviços de trânsito, agora também aos sábados Desde o dia 07, Itapeva passou a contar com uma nova unidade de atendimento que integra o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) e o Poupatempo. Localizado na Avenida Governador Mário Covas, 269, no Centro, o posto irá funcionar de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e também aos sábados, das 8h às 12h.

O Detran.SP Itapeva tem infraestrutura moderna, com móveis e equipamentos novos, atendimento por meio de senha, funcionários treinados, condições de acessibilidade, sistema para avaliar o serviço prestado e pagamento de algumas taxas com cartão de débito, entre outras benfeitorias. “Gradativamente, estamos

implantando o padrão Poupatempo nos serviços de trânsito, em todo o Estado. Nossa meta é oferecer um atendimento mais ágil e eficiente para o cidadão. Em Itapeva, serão mais de 13 mil serviços por mês”, explica Daniel Annenberg, diretor-presidente do Detran. Agora, quem for tirar a pri-

meira Carteira Nacional de Habilitação (CNH) não usará mais papel e caneta para fazer o exame teórico, que passará a ser realizado no formato eletrônico. A partir de 11 de março, as provas para primeira habilitação poderão ser feitas em nove computadores, duas vezes por semana. Atualmente, cerca de 100 provas teóricas são reali-

zadas toda semana em Itapeva. A prova teórica também é feita na renovação da CNH de condutores habilitados antes de 1999, quando não havia exigência do curso de primeiros socorros e direção defensiva. No p ortal d o Detra n.SP (www.detran.sp.gov.br), o candidato pode estudar pelo simulado de prova teórica.

marem providência em relação a isso. IN – Como o senhor ficou sabendo a respeito desse treinamento no Poupa Tempo? Eliezer – Eu descobri, porque sou motorista auxiliar, pois estou desempregado no momento, fiz corridas para algumas pessoas e fui até lá para verificar e vi o Alexandre e o Ananias e constatei quem eram as pessoas que estavam fazendo o treinamento, porque eu nasci em Itapeva e conheço os políticos. Achei isso uma coisa vergonhosa. NR : Nossa equipe de reportagem contatou o responsável pelo Poupatempo do município, o qual não tem autorização para dar entrevista. Assim, falamos com a assessoria do Poupatempo, cuja entrevista se encontra acima, os quais não responderam as questões de forma esclarecedora.

Campeonato de Futebol na Avencal Acontece neste domingo (16), mais três jogos válidos pelo Campeonato de Futebol do Bairro Avencal, que é realizado pelo esportista Manoel. 10h - Marmoraria Dingo x Bairro das Pedras 13h - Agromaia x Avencal B 15h - Bela Vista x Chelsea


8

14 de março de 2014

Autoridades discutem vandalismo, venda de bebidas e situação de adolescentes em Itapeva N a noite de quarta-feira (12), aconteceu no plenário da Câmara Municipal de Itapeva uma reunião sobre segurança pública, que reuniu diversas autoridades, entre elas, o juiz Dr. Rodrigo Murat, o promotor da Infância e da Juventude, Dr. Luiz Otávio Ferreira, o delegado Seccional, Dr. Claudio Medeiros, o prefeito Roberto Comeron, o capitão da PM, Tenente Jhonson, o comandante da GM, tenente Aranha, a representante do Conselho Tutelar Débora Marcondes e secretários municipais. Nossa equipe entrevistou o juiz Dr. Rodrigo, os vereadores Àurea e Marmo, bem como o secretário dos Negócios Jurídicos, Dr. Maurício Andrade para saber o que foi acordado, confira: IN – O que foi definido nessa reunião e quais os principais temas debatidos? Dr. Murat - Na reunião foi levantado todo um aspecto referente ao atendimento à criança e ao adolescente na cidade, no que tange os serviços prestados pelo Poder Executivo e os trabalhos desenvolvidos pelo Poder Judiciário, em relação ao que o Ministério Público tem feito e inclusive ao que tem trabalhado o Poder Legislativo em prol deles. Com base nisso foram levantados inúmeros problemas a serem resolvidos, seja no que se refere à entidade de acolhimento, ou aos aspectos relacionados à prática de atos infracionais, o levantamento de verbas destinadas ao FUNCARI e em especial ao que tem mais nos atormentado e nos deixado em situação bastante desconfortável, que são as práticas infracionais no comércio da cidade em finais de semana durante a madrugada. Diante disso foi definido ao que parece como foco de todos esses problemas, que é evidente que deve ter a participação de maiores de idade, mas com envolvimento de adolescentes e de bebida alcoólica e drogas. Assim, optou-se pela atuação mais incisiva dos órgãos de segurança pública, que contarão com o apoio do Judiciário, Ministério Público e também da Casa de Leis, esta se propondo a fazer ajustes no Código de Postura. IN – Há prazo e previsão para uma segunda reunião? Dr. Murat – Por enquanto não ficou definido. Houve a sugestão do diretor da DRADS para que seja feita uma reunião ao menos mensalmente para traçar alguns planos e metas de atendimento de direitos relacionados às crianças e adolescentes. IN – O que aconteceu durante a reunião das autoridades?

Áurea – Fizemos uma reunião e chamamos as autoridades do poder público, o prefeito Roberto Comeron, os secretários, a Guarda Municipal, a Polícia Militar, a Delegacia Seccional, através do Dr. Claudio, o juiz Dr. Rodrigo e o promotor Dr. Luiz Otávio da Vara da Infância, juntamente com o Conselho Tutelar, Pastoral da Criança, Igreja Quadrangular, presidentes de Partidos e vereadores para debater assuntos sobre o vandalismo e alcoolismo de crianças e adolescentes nos finais de semana na cidade de Itapeva. IN – E o que ficou acordado nessa reunião? Áurea – A reunião foi muito boa, até porque o juiz de direito e o promotor estão apoiando a inciativa, assim como a Associação Comercial de Itapeva e várias entidades, que estão colaborando. Ficou definido em reunião, que nós temos que agir como uma força tarefa e mostrar para a sociedade que temos condições de tentar amenizar esta situação que hoje é gritante. Em uma das blitz, que eu acompanhei, havia crianças de 12 anos bêbadas pelas ruas, meninas totalmente embriagadas de uma forma brutal. Primeiramente estamos chamando para a responsabilidade os pais e vamos começar a traçar um plano de trabalho junto com o Conselho Tutelar, Conselho dos Direitos da Criança, Poder Público e achar uma alternativa. O juiz e o promotor estão empenhados e já temos uma planilha, que de início não podemos divulgar. O Código de Postura do munícipio em alguns itens deve ser alterado e ressalto que a lei é para ser cumprida e no nosso Código tem algumas que não estão sendo e neste sentido vamos fazer um grande esforço para resolver a questão. Todos sabem que é proibida a venda de bebidas alcoólicas a menores de idade, mas muitas pessoas insistem em vender. Quanto ao barulho de som, temos direito do sossego público, mas ocorre que muitos por desconhecimento da lei não respeitam o direito do outro e temos que rever isso no Código de Postura do município. O juiz está fazendo um comunicado, porque estamos na época do imposto de renda e as pessoas podem passar o benefício para o fundo municipal dos direitos da criança, que é uma lei que foi criada para que esse dinheiro ajude no trabalho com menores. O mais agravante é a responsabilidade dos pais, porque se deixam os filhos de 10 anos às 3 horas da madrugada nós não podemos

esperar mais nada. IN – Qual foi a posição do prefeito nessa reunião? Áurea – O prefeito foi bastante cobrado pelos poderes e alega que a parte de espaço da Casa Transitória e Casa Abrigo está resolvendo, disse também que comprou um carro para o Conselho Tutelar. A secretária da Ação Social foi bastante clara e que no tocante a Prefeitura ela vai tentar solucionar o caso e esperamos que o Poder Público cumpra com suas promessas, senão vamos enxugar gelo. Essa reunião foi muito proveitosa, porque havia participação popular, a sociedade organizada está vendo e está assistindo a tudo isso e ela espera a atitude. IN – O que o senhor achou da reunião na Câmara? Secretário Jurídico – A reunião foi muito proveitosa, porque é muito difícil numa cidade como Itapeva reunir ao mesmo tempo o Executivo, Judiciário, Ministério Público e a sociedade civil organizada para resolver um problema, que não é somente de Itapeva, é um problema social e a violência urbana hoje assola todo o país. Isso demonstra mais uma vez que a cidade de Itapeva não está inerte, principalmente os poderes constituídos, que estão em busca de soluções. Achei muito importante e que essas reuniões continuem acontecendo não só para resolver os problemas de violência urbana, mas para todos os problemas da comunidade, pois é importante a participação dos poderes e principalmente da sociedade civil organizada e de todos os cidadãos. IN – O senhor concorda com o que foi dito na reunião? Secretário – Em partes eu concordo. Os problemas que foram levantados realmente existem, mas ao mesmo tempo algumas questões que foram colocadas não concordo plenamente posto que, eu entendo que o problema de violência urbana é mais social do que propriamen-

te de falta de fiscalização, falta de atuação dos poderes constituídos, independente de ser Legislativo, Executivo, Ministério Público ou sociedade civil. IN – Com o que o senhor não concorda? Secretário – O ponto que eu deixei mais claro numa segunda reunião que teve após a pública, é que toda essa comoção que tomou conta de Itapeva nesses últimos dias não se transforme numa perseguição ao comércio de Itapeva. Os nossos comerciantes estão buscando se legalizar, buscando seus alvarás, trabalhando, gerando emprego e o que eu pedi é que toda essa ação não se volte contra os comerciantes, que não são em minha opinião responsáveis por um problema que é social. IN – O que a Prefeitura irá fazer para colaborar com essa fiscalização? Secretário – O Poder Executivo através de seus órgãos como fiscalização de postura, Vigilância Sanitária, Conselho Tutelar já vem atuando plenamente naquilo que lhe competem. O que nós iremos melhorar é a intensidade da fiscalização, mas ressalto, eu não entendo, não penso que essa seja a chave do problema, mas o Poder Executivo, através de seus órgãos sempre fiscalizou dentro dos seus limites pessoal e vai agora intensificar para poder auxiliar os outros órgãos e tentar resolver ou pelo menos minimizar esse problema de violência urbana. IN – O que foi tratado na reunião e o que ficou resolvido? Marmo – O assunto abordado é está em pauta hoje é a questão do vandalismo na cidade, a questão do alto consumo de bebida alcoólica, inclusive por menores, adolescentes e até crianças em nossa cidade e que ultimamente vêm causando muita insatisfação por parte dos estabelecimentos comerciais, bem como a todos os moradores próximo a esses estabelecimentos. Nós traçamos algumas ações

com o objetivo de minimizar essas ações, que estão ocorrendo no município de Itapeva, para que possamos oferecer à população mais segurança. Dentre várias propostas apresentadas, estaremos nesse colegiado com certeza fazendo com que a comunidade de Itapeva sinta aquilo que ela sempre sentiu, que é a sensação de segurança, e que não venha ter a sensação de impunidade pelos vândalos, que têm provocado enormes prejuízos à nossa sociedade. Após essa reunião houve outra com as autoridades e a Promotoria Pública para traçar algumas ações, mas eu tenho certeza que a partir de agora estamos juntamente com toda a sociedade traçando ações e a partir dessa reunião, menores adolescentes, consumos de drogas, consumo de bebidas e venda de bebidas em estabelecimentos após o horário permitido serão inibidos por todas as autoridades municipais, trazendo com certeza a paz para a nossa população. IN – Quais foram as ideias ali propostas? Marmo – Dentre as ideias propostas por várias pessoas presentes nós apresentamos uma delas, que é em relação à delimitação do comércio e o consumo de bebidas alcoólicas em postos de gasolina, e também estamos discutindo com a sociedade esses horários estendidos a outros estabelecimentos comerciais e principalmente o cumprimento do Código de Postura, que é evitar que veículos com altos volumes de som permaneçam pelas ruas da cidade, em estabelecimentos comerciais ou até mesmo na área central e na periferia trazendo grande perturbação do sossego público. Algumas propostas foram discutidas com a Promotoria da Infância e Juventude, que é um grande parceiro nesse projeto, juntamente com o juiz e o delegado Seccional e apresentadas pelo Executivo, dentre elas o prefeito municipal embora possa não ter a concordância e a discordância da opinião formada desse vereador, propõe que esses menores sejam apreendidos e detectados quem são, e essas punições sejam estabelecidas aos pais, e que sejam responsabilizados, e as penas poderão ser com a suspensão do Bolsa Família, de vales e de ações sociais governamentais, ou até mesmo proposto pelo governo municipal naquele momento, não permitindo mais a inscrição desses pais em casas populares no município de Itapeva. Nós vamos ver a legalidade dessa proposta que foi apre-

sentada pelo prefeito, porque a sociedade vem apresentando uma solução imediata, eu tenho certeza que a partir de agora as ações serão tomadas. IN – Deixe um recado para os pais e para os comerciantes que estão em desespero por conta desse problema? Marmo – Na condição de pai e na condição de participante do comércio local e vendo as dificuldades que os comerciantes têm sofrido ultimamente em nossa cidade, e também as dificuldades que os moradores próximos aos estabelecimentos comerciais têm vivido e vendo as dificuldades que os pais desses menores têm passado em suas casas, pois seus filhos estão frequentando descontroladamente lugares noturnos e consumindo bebida alcoólica e participando de vandalismo, o nosso objetivo é fazer com que tragam mais segurança ao comércio, paz e sossego público aos moradores próximos a esse comércio, paz aos pais e com certeza a segurança aos jovens e a esses menores de idade, que até o momento estão na rua. Quero dizer que isso vai acabar, mas a nossa intenção é diminuir o número de jovens que persistem no vandalismo no município de Itapeva.

COMUNICADO AOS SECRETÁRIOS Esta semana enviamos ofício aos secretários municipais para que nos enviassem até quarta-feira (12) um balanço dos projetos realizados até o momento em suas Secretarias e quais seriam os projetos para os próximos anos. Todos assinaram os ofícios, que foram protocolados, mas até o fechamento desta edição alguns não haviam nos mandado o material para a reportagem. Assim, queremos agradecer aos secretários (Setembrina Lourenço - Cultura; Ralph Gemignani - Indústria e Comércio; Elisabeth do Rocio - Ação Social; Luiz Tassinari - Saúde e Rogério Galvão - Esportes) pelo respeito com que têm com nosso trabalho e nosso periódico, pois nos enviaram a resposta prontamente. O secretário da Agricultura e da Defesa Social, Rafael Campolim e Patriarca justificaram e mandarão na próxima semana, mas os demais se omitiram. Por conta disso estendemos o prazo até o dia 18 de março, semana em que a matéria será publicada.


9

14 de março de 2014

Vereador questiona loteamento do Jardim Bonfiglioli

O

vereador Marmo Fogaça levantou na tribuna da Câmara, na última segunda-feira (10), o problema do loteamento do Jardim Bonfiglioli, no qual segundo ele possui várias áreas ociosas, que foram concedidas a munícipes que não construíram no local. O questionamento do parlamentar é bastante importante, já que há uma lista de espera por famílias que realmente precisam de um local para morar e não possuem lotes. Em entrevista à nossa equipe de reportagem Marmo falou sobre o problema e cobra da Prefeitura uma resposta, confira: IN – Na sessão da Câmara de segunda-feira (10), o senhor

falou que vão fazer novas demarcações no Jardim Bonfiglioli. O que isso significa? Marmo – Ao lado da Vila Santa Maria existe um loteamento denominado Jardim Bonfiglioli, que foi implantado na gestão do prefeito Wilmar Mattos e que desse tempo para cá vem sendo feito através da Secretaria da Ação Social um atendimento aos sem tetos de Itapeva, que é sempre liderada pelo Formiga ou outros, os quais defendem que a Prefeitura conceda uma espaço de moradia a essas famílias. O que estamos solicitando da Prefeitura Municipal é que faça um levantamento do mapa de todo o loteamento do Jardim Bonfi-

glioli, haja vista que o local se encontra com vários terrenos ociosos, os quais ainda não se iniciaram a construção e que já tiveram a sua concessão há mais de 5 anos. Precisamos fazer uma reavaliação para ver se há necessidade dessas famílias continuarem posseiras desses imóveis e se vão construir ou não, ou se deve ser feito uma nova divisão e nova concessão de doação às famílias que ainda aguardam na lista de espera e que estão necessitando urgentemente de construir a sua moradia. IN – O que pode ser feito pelo senhor, enquanto vereador? Marmo – Nós não podemos

Chuva abre buraco em via pública

Imóveis de 1.700 famílias de baixa renda serão regularizados em Itapeva

Um buraco no cruzamento entre as Ruas Érico Pimentel Dias e Epitácio Piedade chamou a atenção de moradores, motoristas e da Secretaria Municipal de Obras. Inicialmente parecia

uma cratera comum em via pública, porém a parte inferior deste buraco estava totalmente oca e caso algum veículo passasse por ali, corria o risco da via ceder e o veículo cair na galeria.

Imediatamente o secretário de Obras, Junior Zacharias, compareceu ao local e solicitou o reparo da via, preservando assim o patrimônio e a integridade das pessoas que por ali trafegam.

como pessoa física fazer a demarcação, mas podemos fazer com que a Prefeitura dê legalidade, pois ela detém o poder e que infelizmente está inerte e não toma as devidas providências. Não existe uma política voltada ao social e sim só promessas pelo então prefeito municipal e que infelizmente não vem sendo cumpridas. Essas classes menos favorecidas, que são os sem tetos estão nessa fila aguardando as promessas e o prefeito nada faz. Nós vereadores podemos propor ser linha de frente para que o Executivo comece a caminhar e as pessoas realmente sejam atendidas pela Municipalidade.

Convênio assinado pelo prefeito Roberto Comeron beneficia seis bairros da zona urbana Na data de seu 44º aniversário, o prefeito de Itapeva, Roberto Comeron, comemorou a assinatura do Programa Minha Terra autorizando a regularização de 1.700 imóveis da zona urbana do município. A medida vai beneficiar moradores da Vila Santa Maria, Jardim Bonfliglioli, Vila Bom Jesus, Vila São Benedito, Jardim Brasil e Bairro de Cima. Acompanhado do secretário municipal da Agricultura e Abastecimento, Rafael Campolim, o prefeito participou nesta terça-feira (11) da solenidade de assinatura do convênio em São Paulo, realizada na sede do Instituto de Terras do Estado de São Paulo (ITESP). Segundo Roberto Comeron, além de ser uma das principais conquistas de seu governo, o convênio de regularização fundiária é o maior presente de aniversário que ele podia ter re-

cebido. “Estou muito feliz, pois essa medida permite a legalização da escritura do imóvel a custo zero, fazendo com que essas famílias tenham segurança na propriedade em que moram”, disse o prefeito. “A partir de agora, o proprietário passa a ser dono de fato e ninguém vai poder tirar a casa construída com muito sofrimento”, completou.

Também participaram da audiência o Diretor Executivo da Fundação ITESP (Instituto de Terras do Estado de São Paulo), Marco Pilla, Jonas Villas Bôas, Diretor Adjunto de Recursos Fundiários, Manoel Martins dos Santos, Assistente de Direção da Diretoria Adjunta de Recursos Fundiários e o coordenador Regional Sudoeste – Sorocaba, Carlos José da Silva e Souza.


10

14 de março de 2014

Comércio é o setor que mais oferta vagas de emprego em Itapeva Entre janeiro de 2013 e 2014, mais de três mil pessoas foram contratadas Os estabelecimentos comerciais de Itapeva foram os principais responsáveis pelo saldo positivo obtido na geração de empregos em 2013 no município. Segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o comércio foi o que mais gerou vagas formais de trabalho em 2013. Ao todo, houve um crescimento de 289 comerciários contra 50 no setor da agropecuária, extração vegetal, caça e pesca; 01 da extrativa mineral; 38 da indústria de transformação e 05 da construção civil. Os setores que menos admitiram foram o de administração pública e serviços industriais de utilidade pública, com apenas três contratações cada. Ainda de acordo com o Caged, em cinco anos houve um crescimento de 1.345 profissionais. Segundo o presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Itapeva (Sincomerciários), Marcelo Nunes de Castro, ao longo dos anos o comércio tem se fortalecido cada vez mais. Para ele, Itapeva é referência no comércio. “A tendência é crescer ainda mais. Como consequência as vagas de emprego aumentarão também”, destaca. No total, Itapeva conta hoje com 2.099 estabelecimentos comerciais formais que empregam 5.266 funcionários. (Dados de janeiro de 2014). Se o comércio está em alta, por outro lado, o setor da agro-

res em nossa região, às pessoas procuram estudar mais, almejam maiores salários e outro ritmo de trabalho. Sempre acontecerá de o jovem optar por trabalhar no comércio apenas até que termine seus estudos, a partir daí, dificilmente ele deixará de atuar na sua área de formação”, detalha. Isael acredita ainda que a rotatividade no comércio é algo que se observa há muitos anos e continuará assim. “Dificilmente se mudará isso, mas podemos, uma vez admitindo o fato, criar mecanismos para suprir essa carência repondo as vagas sempre com profissionais mais preparados. Isso se dará pela disponibilidade de cursos e treinamentos para a capacitação da massa jovem que estão entrando no mercado de

pecuária, extração vegetal, caça e pesca sofre. Ele foi o setor que mais desempregou. Conforme o Caged, foram 2.245 desligamentos. Rotatividade – Entre janeiro de 2013 e janeiro de 2014 os dados divulgados pelo Caged revelaram também a alta rotatividade no comércio de Itapeva. Ao todo, foram 3.093 admissões contra 2.802 desligamentos no setor. Um saldo positivo de 291.

De acordo com o gerente comercial da Associação Comercial de Itapeva (ACIAI), Isael Prateano, não é apenas um elemento responsável por essa rotatividade, mas sim, uma série de fatores. Dentre os principais, Isael cita a idade dos comerciários - a grande maioria são jovens e, com o aumento do nível de formação, o emprego no comércio acaba se tornando algo provisório e a dificuldade de se encontrar bons profissio-

trabalho”, declara. 1º emprego – Ainda conforme os números do Caged, o comércio é a porta de entrada para o 1º emprego. Das 3.093 contratações, recorrentes durante janeiro de 2013 e 2014, 545 foram de pessoas sem experiência. Conforme Marcelo, em geral, o comércio não faz nenhuma exigência de experiência, escolaridade ou qualificação específica, logo muitos aproveitam a oportunidade para ter um registro na carteira. Região – Os números nas cidades pertencentes à base territorial do Sindicato dos Empregados no Comércio de Itapeva (Sincomerciários), em sua maioria, também apresentam saldo positivos. Confira os quadros.

nais na área. “Porém podemos observar que, aquele que se identifica com a profissão, permanece por muitos anos na mesma empresa”, enfatiza. Conforme o gerente, o comércio varejista é aquele que mais apresenta rotatividade. Para ele, os empresários já se conscientizaram e entendem que este rodízio faz parte do processo, pois, não existe uma solução definitiva. “Com muitas ofertas de cursos superio-

Novo sistema facilita a abertura de novas empresas em nossa cidade Prefeitura quer agilizar a análise e liberação dos documentos necessários para a instalação dos novos negócios Empresários interessados na abertura e licenciamento de novas empresas em Itapeva ganharam nesta semana um forte aliado contra burocracia. Desde o dia 10 de março, o município conta com o sistema integrado de Licenciamento do Via Rápida Empresa beneficiando inclusive contadores que atuam no setor. O sistema está sendo implantado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT), por meio da Subsecretaria de Empreendedorismo e Micro e Pequenas Empresas (SEMPE) e da Junta Comercial de São Paulo (JUCESP), formando uma parceria com a Prefeitura com intuito de facilitar os negócios do pequeno até o grande empresário, que poderá obter o licenciamento da sua empresa de baixo risco de forma simples e integrada com os órgãos estaduais.

Com o novo sistema, a Prefeitura pretende agilizar a análise de viabilidade, bem como, a emissão do Alvará para o início do funcionamento da empresa. A Prefeitura é composta por vários órgãos que operam de forma interligada e que são responsáveis pela emissão de documentos, ju ntam ent e co m o Cor po Bombeiros, que é responsável pela validação dos papéis. “O sistema foi implantado para acelerar o procedimento na hora de abrir uma empresa e sem burocracia. No procedimento antigo, o contador ou empresário fazia uma peregrinação entre os três órgãos estaduais, Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária e CETESB para obter o licenciamento de sua empresa. Agora, o Estado facilitou o procedimento fazendo com que as empresas possam obter as licenças estaduais de

forma integrada por meio da internet”, explicou o secretário municipal de Finanças de Itapeva, Alceu Silva de Paula. A facilidade permite ao interessado trabalhar por meio de um sistema online e integrado, em forma de questionário, que deverá ser respondido pelo empresário ou contador. O documento pode ser encontrado no endereço http:// www.jucesp.fazenda.sp.gov.br. Dúvidas podem ser respondidas através da Secretaria Municipal de Obras, Serviços e Meio Ambiente, no Departamento de Meio Ambiente de Itapeva (telefone 153524-1579) e na Divisão de Tributos Mobiliários (35268021 e 3526-8009).


11

14 de março de 2014

Andreus Calodiano é empossado presidente da ACIAI Aperfeiçoar cada vez mais os serviços e estreitar o relacionamento com os associados,

essas fizeram parte das palavras do novo presidente da Associação Comercial de Itapeva, o se-

nhor Andreus Calodiano Leite, na cerimônia oficial de posse realizada na noite do dia 11 de março de 2014 no plenário da Câmara Municipal de Itapeva. O evento reuniu associados, novos e ex-diretores da ACIAI juntamente com seus familiares, representantes de outras entidades e autoridades politicas de nossa cidade. No discurso, Andreus destacou que a principal meta da ACIAI é oferecer serviços de valor aos associados e também buscar outros meios de geração de receitas, uma vez que, o serviço considerado carro chefe da entidade vem se apresentando em queda nos últimos anos, muito influenciados pelo aumento das vendas online e pelo cartão de crédito. O novo presidente focou a importância da entidade no sentido de organizar e representar as empresas, as quais exercem papel fundamental na vida social e econômica das pessoas, além de se preparar para as transformações que Itapeva pode sofrer com a instalação da 16ª região administrativa, bem como deve estar atenta ao futuro e desenvolvimento da nossa cidade e da região, visando consolidar-se como polo regional de desenvolvimento. Citou ainda a importância da família ao assumir cargo de alta relevância no meio empresarial, colocando-a como porto seguro, que sustenta e motiva as pessoas para enfrentarem even-

tuais dificuldades que possam surgir, declarou ainda a confiança na nova equipe e apoio dos mais antigos e que muito podem agregar com suas experiências adquiridas em gestões anteriores. Sabemos das dificuldades dos empresários sobreviverem em meio a cenários econômicos imprevisíveis, o comércio e a prestação de serviços são os maiores empregadores e promovem o desenvolvimento econômico local, infelizmente continuamos sendo penalizado com excessiva carga tributária,

em troca de serviços que muitas vezes não atendem às reais necessidades dos empresários. Em sua fala, o vice-prefeito de Itapeva, Geraldo de Almeida, parabenizou a nova diretoria desejando-lhes sucesso e firmou propósito em continuar com as parcerias que acontecem sempre em prol do desenvolvimento comercial de nossa cidade e região. Andreus Calodiano é o 19º presidente da ACIAI em seus 46 anos de fundação. “Daremos continuidade no propósito de abraçar as causas locais, como

cidadania, educação, trânsito e preocupação com a região, são esses itens fundamentais para o progresso de Itapeva como centro de uma região que atende a diversas outras cidades menores”, declarou o presidente ao final do cerimonial. Também fazem parte da diretoria Henrique Mariano Marchetti (1º vice), Silas Walter Cardoso Müzel (2º vice), Jane Vieira Campos (1ª secretária), Adriane Duarte Moraes (2ª secretária), Ernesto Bonilha (1º tesoureiro) e Ederaldo de Almeida (2º tesoureiro).


12

14 de março de 2014

Moradores realizam manifesto pela vida e pedem mão única na Rua Dr. Ricardo Whaterly N a última semana, um atropelamento na Rua Dr. Ricardo Whaterly tirou a vida da querida Dona Dora, que não conseguiu atravessar a via sem ser atingida por uma motocicleta. Na semana retrasada dois acidentes no cruzamento desta via com a Ernesto de Camargo deixaram duas pessoas feridas. Em protesto a favor da vida e cobrando do Executivo, melhorias na segurança de trânsito, moradores dos arredores se reuniram na noite desta quarta-feira (12) e mesmo debaixo de chuva ocuparam a via com faixas pedindo mão única naquela rua ou a implanta-

ção de radares e semáforo. Em entrevista à nossa equipe de reportagem o filho de Dona Dora, Djalma Pedroso e alguns moradores locais falaram sobre a indignação e o perigo que esta via representa para nossa população, confira: IN – O que significa esta manifestação para o senhor, filho da Dona Dora, que morreu após ser atropelada na última semana nesta via? Djalma Pedroso – No momento eu me encontro em uma situação muito difícil pela perda de minha mãe e isso não tem volta, mas dentro da minha tristeza e junto com os moradores

Dona Dora foi vítima de acidente de trânsito

da Rua Ricardo Whaterly eu me dispus a levantar a bandeira, para que amanhã não tenhamos mais mães e nem ente queridos sendo atropelados nesta via. O que queremos é que nossa política administrativa de Itapeva tome uma posição imediata, porque esta rua já tem dados antigos de vários atropelamentos. Minha mãe é a segunda vítima fatal. Eu não quero mais ver isso e no que depender de mim estou à disposição. Gostaria de registrar, que segundo o secretário Patriarca não tem o que fazer neste local. Além da dor e do sofrimento, eu lamento ter que ouvir isso, porque não queremos mais mortes e nem atropelamentos por aqui. Hanna Lahoud – Eu sou morador circunvizinho daqui e todas as vezes que precisamos atravessar essa rua é uma complicação, pelo fato de ter um tráfego completamente louco, pessoas correndo o máximo que podem e não dão chance para que o pedestre possa andar. O que nós queremos da Prefeitura é que essa rua se torne mão única, dê uma solução através de semáforos ou algo que resolva o problema. Não justifica uma mulher de 92 anos, que poderia ter uma morte natural, vir a falecer a cinco passos de sua casa devido a um acidente de trânsito, porque ela não conseguiu atravessar a rua. A nossa reivindicação é pela vida. Nós queremos ter sossego

para passar a nossa rua. Margot – A nossa rua é um problema muito sério há muito tempo. Os veículos descem essa rua com muita velocidade. Nós precisamos de radar, lombadas ou de uma mão única de preferência só subir, porque ela é muito violenta e pedestre não tem vez nesta rua. Paulo Saponga – Eu moro aqui do lado, atravesso sempre essa rua e vejo o perigo que ela representa. Resido em Itapeva há muitos anos e conheço todas as ruas, mas essa é uma das mais violentas. Quando mudei para cá eu não sabia do perigo que ela oferecia. Os carros pas-

sam em alta velocidade, porque são duas mãos e é bem asfaltada. Têm motoristas que passam por aqui a 120 quilômetros por hora, eu mesmo quase sofri atropelamento nessa rua, para mim isso é um caos. A Prefeitura tem que tomar providência, nós esperamos uma pessoa morrer para fazer essa manifestação, não vamos esperar acontecer outra vez para achar uma solução. Eu acho que a rua tem que ser mão única, só subida, porque descida não adianta e procurar fazer melhorias na beira do Córrego. Valéria Machado – Nós viemos aqui hoje com uma indig-

nação muito grande pela morte de nossa vizinha Dona Dora. Muitas pessoas podem dizer que isso foi uma fatalidade, mas na verdade não foi, isso era uma tragédia anunciada. Nós moramos há mais de 40 anos nessa rua e já socorremos muitos acidentados. Todo mundo reclama, não temos mais condições, as pessoas não respeitam o limite de velocidade, ultrapassagem e isso agora culminou com a morte de nossa amiga. Estamos hoje iniciando uma solicitação e uma luta para que essa rua mude se possível para mão única, somente subida, entre a Rua Ricardo Watherly e a Rui Barbosa.

Radar fixo seria uma solução para o controle de velocidade na via

A

Rua Dr. Ricardo Wather ly é uma das principais vias de acesso à cidade para aqueles que vêm de outras cidades, pois ela tem a função de ligar a SP 258 ao Centro. Também há um grande fluxo de veículos do próprio município que se utilizam desta “artéria” para se locomover a diversos bairros. Entretanto, com o aumento do tráfego no local, também aumentam as ocorrências de acidentes, como a morte de uma senhora na semana passada vítima de atropelamento. Em entrevista à nossa equipe de reportagem, o diretor do DEMUTRAN, Luciano Barbarotti falou sobre esta via e o que pode ser feito para que o problema possa ser sanado, confira: IN – O que pode ser feito na Rua Ricardo Whaterly em relação ao excesso de velocidade? Luciano – Já está sendo aprovado pelo Conselho Municipal de Trânsito desde 2008, a implantação de um radar fixo, no trecho da Rua Ernesto de Camargo e Rua Jaú, porque o maior problema que temos de velocidade é naquele local. No trecho da Praça Sinharinha Pimentel foram feitas melhorias na sinalização, assim como na altura da Rua Jaú para baixo, a fim de diminuir o risco de acidentes.

Como se trata de um declive existe a Resolução nº 38 do CONTRAN, que não permite a instalação de lombadas em descidas e também não permite qualquer tipo de redutor de velocidade e no caso de desobediência, quem vai responder é a Prefeitura por ter instalado lombadas em lugares proibidos. IN – Na semana passada uma senhora foi atropelada na Rua Ricardo Whaterly com a Rua Ernesto de Camargo e faleceu. O que pode ser feito no local?

Luciano – A Rua Ricardo Whaterly é uma via arterial do munícipio. Fala-se muito na ideia de colocar mão única, mas se tirar uma mão dessa via, não teremos outra via que possamos jogar o trânsito que passa nela hoje. Se jogar o trânsito para outro lugar, ele vai parar. O projeto que temos na Rua Ricardo Whaterly em relação à visão de tudo isso é o alargamento dela começando na Rua Levino Ribeiro e vai até a Rua Lucas de Camargo derrubando aquelas ca-

sas que existem subindo do lado direito. Há muito tempo já se fala no alargamento desse pedaço e esse projeto já foi encaminhado e se encontra na Prefeitura, mas para isso tem o processo de desapropriação e tudo é a longo prazo. Hoje temos que nos empenhar e ter uma cobrança em cima desse assunto, cobrar e colocar a sinalização, mas temos que reforçar a que já está lá. Temos um dispositivo de sinalizador, que é uma tinta mais grossa, onde fazemos várias fai-

xas, só que isso não reduz a velocidade, só avisa o motorista que é uma área perigosa, porém, o que tem que ser feito no local no meu ponto de vista é a instalação de radar, ver o orçamento, brigar para fazer a licitação e reduzir a velocidade do local. IN – Quando irá começar a funcionar os radares na cidade? Luciano – Existe essa cobrança, o Conselho de Trânsito está empenhado. No caso da Rua Ricardo Whaterly não dá para colocar uma lombada eletrônica, porque a calçada é estreita e se colocarmos uma lombada vai tomar conta do passeio público. É só colocar um radar fixo e acaba o problema, ele funciona por 24 horas e vai autuar quem exceder a velocidade. IN – Na quarta-feira teve uma manifestação no local onde aquela senhora sofreu o aciden-

te. O que o senhor diria para tranquilizar a população no sentido de orientá-la? Luciano – O problema na Rua Ricardo Whaterly não é somente lá e sim em várias ruas da cidade. Tem muitas pessoas solicitando a mesma coisa dessa via. O que nós temos a dizer é que está aprovada a melhoria e dentro das possibilidades nos vamos encaixar isso. Nós convidamos a população para conhecer o Conselho de Trânsito para ver como ele realmente como funciona. A reunião do Conselho acontece toda primeira terça-feira do mês na Secretaria da Defesa Social, Setor de Trânsito e é formado por 16 entidades representativas da sociedade, não tendo gestor político e nem vereador, o qual está lá para ajudar a população e todos os pedidos estão aprovados.


13

14 de março de 2014

Guarizinho é beneficiado com serviço de telefonia móvel e internet Prefeitura é autora do pedido para a instalação da torre de telefonia no Distrito Moradores do Distrito do Guarizinho realizaram um antigo sonho. Desde o final do ano passado, o bairro passou a contar com serviço de telefonia móvel e rede de dados 3G que possibilita o acesso a internet pelo aparelho de telefone celular. Nesta quinta-feira (13), o prefeito Roberto Comeron recebeu em audiência a consultora institucional da Telefonica/ Vivo, Débora Moreira Matos, e em nome dos moradores e vereadores do Guarizinho, agradeceu a empresa pela implantação da rede de telefonia celular no bairro. Segundo o prefeito, esse era um projeto prioritário de seu

governo, um compromisso que foi assumido junto aos moradores do bairro. “Há muitos anos os moradores reivindicavam a implantação de uma torre de telefonia celular e agora nosso governo pode contribuir para que isso viesse a se tornar realidade”, comemorou. Na reunião, o prefeito pediu ainda a ampliação do serviço de telefonia móvel para beneficiar o Avencal e outros bairros da zona rural e solicitou melhorias na qualidade do serviço de telefonia móvel na zona urbana do município. De acordo com a consultora da Vivo, em breve o bairro do Avencal será contemplado com um projeto semelhante.

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAPEVA Senhores Contribuintes, Informamos a aqueles que não receberam os seus carnês de ISS ESTIMADO, que terão o primeiro vencimento para o dia 07/02/2014 e PREÇO PÚBLICO  para  o dia  10/02/2014, TAXA  DE LICENÇA  DE FUNCIONAMENTO  e ISS  FIXO, com primeir o vencimento para o dia 10/05/2014, podem adquiri-los junto à Prefeitura Municipal de Itapeva na DIVISÃO DE TRIBUTOS MOBILIÁRIOS (ISS).

“CONCURSO PUBLICO DE AGENTE DE ORGANIZAÇÃO ESCOLAR Sessão de es colha de v agas para contrataç ão temporaária por 1 ano. Estão convocados os classificados entre 97° ao 130° para comparecerem a Diretoria de Ensino Região Itapeva, Rua Torquato Raimundo, n° 96, jardim

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAPEVA C.N.P.J. 46.634.358/0001-77

Edital de: - Tomada de Preços N. 09, 10, 11, 12 e 13/2014. Acham abertas nesta Prefeitura as seguintes licitações: Tomada de Preços nº 09/2014. Tomada de Preços nº 09/14 – Objeto: Fornecimento e Instalação de Unidade Sanitária Individual (USI), Convênio SSRH Nº 07/2013. Encerramento às 10:00 horas do dia 01/04/2.014. O Edital completo disponível no Site:- www.itapeva.sp.gov.br.  e demais detalhes serão fornecidos na Seção de Compras, no horário normal de expediente ou pelos fones (15) 3522–1002. Local Praça Duque de Caxias, nº 22 – Centro – Itapeva–SP. Prefeitura Municipal de Itapeva, 13 de Março de 2.014. PATRICK AGRESTE VASCONCELOS – Presidente da Comissão Julgadora Tomada de Preços nº 10/2014. Tomada de Preços nº 10/14 – Objeto: Fornecimento e Instalação de Unidade Sanitária Individual (USI), Termo Aditivo ao Convênio SSRH Nº 29/2012. Encerramento às 14:00 horas do dia 01/04/2.014. O Edital completo disponível no Site:- www.itapeva.sp.gov.br.  e demais detalhes serão fornecidos na Seção de Compras, no horário normal de expediente ou pelos fones (15) 3522–1002. Local Praça Duque de Caxias, nº 22 – Centro – Itapeva–SP. Prefeitura Municipal de Itapeva, 13 de Março de 2.014. PATRICK AGRESTE VASCONCELOS – Presidente da Comissão Julgadora Tomada de Preços nº 11/2014. Tomada de Preços nº 11/14 – Objeto: Execução da obra de reforma e ampliação da Unidade Básica de Saúde e reforma e adequação do Dispensário de Medicamentos, na UBS Vila Aparecida. Encerramento às 10:00 horas do dia 02/04/2.014. O Edital completo disponível no Site:- www.itapeva.sp.gov.br.  e demais detalhes serão fornecidos na Seção de Compras, no horário normal de expediente ou pelos fones: (15) 3522–1002 ou 3521–1510. Local Praça Duque de Caxias, nº 22 – Centro – Itapeva–SP. Prefeitura Municipal de Itapeva, 13 de Março de 2.014. PATRICK AGRESTE VASCONCELOS – Presidente da Comissão Julgadora Tomada de Preços nº 12/2014. Tomada de Preços nº 12/14 – Objeto: Pavimentação asfáltica com fornecimento e aplicação de Concreto Betuminoso Usinado à Quente CBUQ em diversas ruas do município. Encerramento às 10:00 horas do dia 03/04/2.014. O Edital completo disponível no Site:- www.itapeva.sp.gov.br.  e demais detalhes serão fornecidos na Seção de Compras, no horário normal de expediente ou pelos fones: (15) 3522–1002. Local Praça Duque de Caxias, nº 22 – Centro – Itapeva–SP. Prefeitura Municipal de Itapeva, 13 de Março de 2.014. PATRICK AGRESTE VASCONCELOS – Presidente da Comissão Julgadora

Ferrari, Itapeva-SP, no dai 11/03/2014 às 14h, munidos de RG e CPF. Tratase de contr atação temporária e aqueles que não c ompar ec erem, não terão seus direitos exauridos do ref erido concur so”.

PREFEITURA MUNICIPAL DE TAQUARIVAÍ GABINETE DO PREFEITO Rua Benedito Paulino Nogueira, 001 – CEP 18.425- 000 – Taquarivaí/SP E-mail: pmtaquarivai@bol.com.br - CNPJ 60.123.049/0001-63 Decreto nº 055/2014 – “Dispõe sobre nomeação de cargo de provimento em comissão”. De cret o nº 056/2014 – “Dispõe sobre a aber tur a de Cr édito Adic ional Suplementar para o orçamento de 2014, e dá outras pr ovidências”. Decreto nº 057/2014 – “Prorroga prazo de validade do Concurso Público Municipal nº 001/2012.” Decret o nº 058/2014 – “Dis põe sobr e aber tura de Crédito Adicional Especial e de Crédito Adicional” Decret o nº 059/2014 – “Dis põe sobre nomeação de nov os membr os da Equipe de Vigilância Sanitária – VISA, e dá outras providênc ias.” Decreto nº 060/2014 – “Dispõe sobre a fixação dos valores concedidos ao servidor público para custear despesas de alimentação, locomoção urbana e hospedagem em viagens a serviço do município de Taquarivaí/SP.” Lei nº 855/2014 - “Dispõe sobre abertura de Crédito Adicional Suplementar par a o orçamento de 2014, e dá outras providências” Lei nº 856/2014 - “Dispõe sobre abertura de Crédito Adicional Especial e de Crédito Adic ional Suplementar para o orçamento de 2014, e dá outras pr ov idências ”.

EDITAL Nº 001/2014 O Dr. Claudio Luiz de Medeiros, Delegado Seccional de Polícia de Itapeva, no uso de suas atribuições legais, etc. FAZ SABER QUE, de acordo com o artigo 27, inc iso III, do Decreto 44.448 de 24.11.99 e da Resolução SSP n.º 46, de 21.12.70, proc ederá aos trabalhos de Cor reição Periódica correspondentes ao primeiro semestre do ano em c urso nas Unidades desta sub-região, conforme segue abaixo, f icando convoc ados as Autor idades Policiais e func ionár ios a elas sujeitos, na oc asião, facultado ao povo em geral, pres tar ou pedir inf ormações , apresentar queixas, s ugestões ou reclamações sobre os serviços policiais ou condutas dos funcionários.

Tomada de Preços nº 13/2014. Tomada de Preços nº 13/14 – Objeto: Estudo de Viabilidade Técnica Socioeconômica, Ambiental e Financeira. Encerramento às 10:00 horas do dia 04/04/2.014. O Edital completo disponível no Site:- www.itapeva.sp.gov.br.  e demais detalhes serão fornecidos na Seção de Compras, no horário normal de expediente ou pelos fones: (15) 3522–1002. Local Praça Duque de Caxias, nº 22 – Centro – Itapeva–SP. Prefeitura Municipal de Itapeva, 13 de Março de 2.014. PATRICK AGRESTE VASCONCELOS – Presidente da Comissão Julgadora

Itapeva, 11 de março de 2.014 CLA UDIO LUIZ DE MEDEIROS Delegado Seccional


14

14 de março de 2014

Apoio da iniciativa privada garante recuperação da Vicinal Faustino Daniel da Silva O presidente da Câmara Júnior Guari vem trabalhando desde o ano passado para garantir que a Empresa Fibria execute as obras que já estão em ritmo acelerado. O trabalho tem parceria da Prefeitura Municipal Um tema constantemente abordado nas sessões do Legislativo é a necessidade de obras de recuperação da Vicinal Faustino Daniel da Silva que liga Itapeva ao Município de Paranapanema, passando pelo Distrito do Guarizinho. Nesse sentido o presidente da Câmara ve-

reador Júnior Guari desenvolveu ações também junto à iniciativa privada para garantir que as obras sejam realizadas. Numa parceria da Empresa Fibria com a prefeitura Municipal foi possível garantir as obras, que foram iniciadas há cerca de um mês e já está com

setenta por cento realizada. Inicialmente Júnior Guari encaminhou ofício à Gerência da Empresa Fibria, falando a respeito da necessidade de providências na Vicinal que liga os Municípios de Itapeva e Paranapanema, passando pelo Distrito do Guarizinho, a qual se encontrava em péssimas condições devido ao intenso tráfego de veículos. Salientou o Presidente que tendo em vista que a Fibria utiliza a referida estrada diariamente, com o transporte de seus produtos, solicitou uma avaliação da situação, de forma que, dentro da viabilidade técnica, fossem providenciados reparos que se fazem necessários no local. Para isso Júnior Guari recebeu em seu gabinete na Câmara a visita de técnicos da Fibria, ocasião em que expôs a situação da Vicinal a qual puderam ser comprovadas através de fotos, ficando acordado que a Empresa providenciaria uma equipe técnica para fazer avaliação da situação, para execução das obras necessárias naquela vicinal. Na oportunidade participaram da reunião com o Presidente da Câmara Júnior Guari o Secretário Municipal das Administrações Regionais, Luiz Carlos Piloto; os representantes da

Fibria, Wallace Jean de Carvalho e Benedito Benilson Izaltino, Técnicos em Estradas – Setor de logística e Carlos Eduardo Olímpio, representando a TMW Transportes Mecanização e Terraplanagem, que é uma empresa parceira da Fíbria. Depois de realizado todo esse processo, uma parceria da

Empresa Fibria com a prefeitura municipal, que cedeu uma parte das máquinas e mão de obra, foi possível viabilizar as obras que se encontram em ritmo acelerado na Vicinal Faustino Daniel da Silva, com mais da metade já realizada. De acordo com Júnior Guari essa é realmente uma grande

conquista para o município e como se trata de uma obra cara, a prefeitura não teria condições financeiras para executá-la, e, sendo assim, a participação da iniciativa privada foi providencial para que a recuperação da vicinal se tornasse realidade. (Assessoria do Vereador Júnior Guari)


Sexta-feira, 14 de março de 2014 Editor Chefe: Kiko Carli Ano XII - Edição 776 Não pode ser vendido separadamente

Projeto amplia poder de fiscalização dos bombeiros O governador Geraldo Alckmin anunciou na segundafeira (10), durante o 134º aniversário do Corpo de Bombeiros da capital, que assinou e encaminhará para a Assembleia Legislativa o Código Estadual de Proteção contra Incêndios e Emergências do Estado de São Paulo. Entre as suas novidades, o projeto fortalece a atuação dos bombeiros para fiscalizações sobre as condições de segurança em imóveis e permite medidas que, hoje em dia, só podem ser realizadas por fiscais das pre-

feituras, como interdições. “Este código é o anseio do Corpo de Bombeiros, do Governo do Estado e da própria sociedade” afirmou o governador. “Nós teremos a fiscalização das edificações do Estado mais eficaz. O Corpo de Bombeiros passa a ter poder de polícia administrativa, o que significa maior poder e maior responsabilidade a uma instituição que inspira segurança”, complementou Alckmin. O Projeto de Lei Complementar permitirá que o bombeiro faça vistoria mesmo

que não seja solicitada, com aplicação de multa, notificação de prazo para adequação do imóvel e até interdição do local. Atualmente, as vistorias dos bombeiros só podem ser realizadas quando são solicitadas pelos responsáveis pelo imóvel, quando há o pedido do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), ou em casos de emergência, quando também é possível a interdição. “Se hoje o país tem normas eficientes na prevenção de incêndios e acidentes, muito se deve ao Corpo de Bombeiros paulista, que, com sua experiência e competência, serve de modelo para corporações de outros Estados e, por vezes, de outros países”, disse o secretário da Segurança Pública, Fernando Grella Vieira, durante o anúncio do projeto. Em emergências, o projeto prevê que o Corpo de Bombeiros mobilize e comande bombeiros municipais, bombeiros civis, bombeiros voluntários e guarda-vidas para combater incêndios, desastres naturais ou outras emergências. Nessas situações, o comando dessa rede de atuação ficará a cargo do bombeiro de maior pos-

to no local. O Código Estadual de Proteção contra Incêndios e Emergências também permitirá mais investimentos para equi-

par e expandir os serviços do Corpo de Bombeiros, com a criação do Fundo Estadual de Segurança contra Incêndios e Emergências (FESIE), que terá,

entre as suas fontes de recursos, a arrecadação com as multas de imóveis que não seguirem as regras exigidas pela instituição.


2B

14 de março de 2014

DISE apreende 390 gramas de cocaína no Jardim Bonfiglioli

P

oliciais da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes – DISE apreenderam nesta quarta-feira (12), 390 gramas de cocaínas e vários objetos, que estavam em uma residência no Jardim Bonfiglioli, a qual tinham informações de que ali havia a prática de tráfico. Em entrevista à nossa equipe de reportagem, o delegado Dr. Reinaldo Braga contou como teve início esta operação, confira: IN – Como os policiais da DISE chegaram até esta ocorrência? Dr. Reinaldo – Nós tínhamos informações há alguns dias sobre uma casa no Jardim Bonfiglioli, próxima a Vila Santa Maria, de que estaria havendo o tráfico de entorpecentes. Inclusive na semana passada já demos um flagrante neste mesmo

bairro e essa residência, que nós adentramos hoje, estaria ligada

a anterior. Continuamos as campanas no bairro, pois o local é

Polícia Civil surpreende rapaz comercializando drogas

Na tarde de sexta-feira (21), policiais civis da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes surpreenderam um jovem de 21 anos, o qual estaria comercializando drogas em uma rua do Jardim Bonfiglioli. Segundo a Polícia, havia informações de que um cruzamento daquele bairro era ponto

para a comercialização de drogas. Assim, com uma viatura descaracterizada os investigadores se aproximaram de dois indivíduos, quando um dele descartou um objeto no chão. De imediato os indivíduos foram abordados e constatado que o tratava-se de uma marmita descartável de alumínio, na

qual continha 22 porções de crack. O indiciado acabou confessando para a Polícia que estava ali para vender a droga. O indivíduo foi encaminhado à Delegacia, onde foi autuado por tráfico de drogas e encaminhado à Cadeia Pública de Capão Bonito, onde aguardará decisão da Justiça.

Carro bate em moto e foge sem prestar socorro

um pouco dificultoso, haja vista que tem muito olheiro, mas

De acordo com a Polícia, um automóvel Fox, de cor preta, chocou-se contra uma motocicleta pelo referido endereço, mas acabou se evadindo do local sem prestar socorro à vítima, que ficou caída ao chão.

Com a chegada do resgate dos bombeiros, a vítima que sofreu ferimentos leves foi atendida e encaminhada ao Pronto Socorro da Santa Casa, onde ficou sob cuidados médicos.

residência? Dr. Reinaldo – Os policiais encontraram uma grande quantidade de cocaína, vários recipientes plásticos “tubetinhos” para colocar cocaína, balança de precisão, plástico para embalar droga e tudo o que demonstra que ali realmente existia o tráfico de entorpecentes como tínhamos informações. IN – Alguém foi detido? Dr. Reinaldo – O réu, que na verdade era quem deveria ser preso não estava no local no momento e essa adolescente, que é esposa dele vai ser encaminhada ao juiz da Infância e da Juventude, para saber qual será a sua decisão, se vai custodiá-la ou se vai libertá-la. Com relação ao réu, eu vou pedir ao juiz a prisão dele e assim ficará como procurado pela Justiça.

Investigadores apreendem tijolo de maconha na Vila Bom Jesus Na sexta-feira (07), por volta das 16h30, a Polícia Civil, através da DISE, logrou êxito na prisão de uma mulher de 48 anos, acusada por tráfico de drogas. Os investigadores tinham a denúncia de que em uma residência na Vila Bom Jesus havia uma motocicleta produto de furto na cidade de Nova Campina. Também foram informados que o local servia para o comércio de drogas, onde residiam a mulher e seu filho adolescente. Ao chegarem no local, os policiais indagaram à mulher onde estava seu filho, a qual informou que ele havia saído com uma moto. Ela autorizou a entrada dos policiais e em uma gaveta no quarto havia vestígios de maconha e R$ 86,00 em dinheiro. Segundo os investigadores, a mulher aparentava certo nervosismo, dando mostras de que queria esconder alguma coisa. Eles avistaram um capacete em um móvel e quando o ergueram encontraram meio tijolo de maconha envolto em fita marrom. Foi dada voz de prisão à mesma e conduzida à Delegacia, onde foi autuada por tráfico de entorpecentes. Quando a autoridade policial estava encerran-

do o Auto de Prisão em Flagrante, compareceu à Delegacia espontaneamente o adolescente infrator, o qual assumiu ser proprietário da droga apreendida, bem como do dinheiro e afir-

mando que sua mãe não tinha ciência dos fatos. Assim a indiciada não foi mantida em prisão, sendo o adolescente apreendido e encaminhado à Justiça.

Bombeiros resgatam gambá em casa no Jardim Maringá Na segunda-feira (10), o Corpo de Bombeiros foi solicitado a comparecer à Rua Alberto Vilhena Junior, no Jar-

No final da tarde da última terça-feira (11), a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros compareceram à Avenida Revolucionários de 32 para atender uma ocorrência de acidente de colisão entre veículos.

conseguimos continuar com as investigações mesmo assim. Notamos a movimentação e pedi o mandado de busca e apreensão para o juiz, que até o momento não foi apreciado. Concedido ou negado, fiquei preocupado, porque talvez a droga sumisse e então autorizei os policiais que entrassem no local, desde que a pessoa que estivesse lá fosse notificada a deixassem os entrarem. IN – E qual foi o procedimento a partir daí? Dr. Reinaldo – Os policiais chegaram no local hoje cedo e na residência foram atendidos por uma adolescente, uma jovem grávida de 17 anos e depois de conversar com ela, o sogro dela chegou e nos autorizou a entrar no local. IN – O que foi encontrado na

dim Maringá, para resgatar um animal, que estava andando em um muro de residência. No local os bombeiros

constataram tratar-se de um gambá, o qual foi capturado e colocado de volta em seu habitat natural.


3B

14 de março de 2014

Polícia é forçada a usar equipamentos não letais para conter jovens na Praça de Eventos M ais um final de semana de muita bagunça tirou o sono de moradores das proximidades da Praça de Eventos Zico Campolim. Por volta das 3h, a PM foi solicitada a comparecer no local para atender uma ocorrência de perturbação de sossego e no intuito de coibir o som alto de veículos parados nas vias, acabou entrando em conflito com as pessoas envolvidas, que começaram a investir contra as autoridades atirando garrafas e outros objetos e se utilizando de palavras de baixo calão. Em entrevista à nossa equipe de reportagem, o PM capitão Jhonson falou sobre a bagunça generalizada que se instalou no local e pediu medidas para ajudar as autoridades a conter esse tipo de ocorrência aos finais de semana, confira: IN – Na madrugada do dia 9, entre 2 a 3 horas da manhã, a Polícia teve que conter os jovens na Praça de Eventos novamente. Por que foi necessário utilizar procedimentos e porque isso ocorreu? Capitão – Está havendo aglomeração de veículos na ci-

dade e está ocorrendo a incidência da perturbação do sossego de trabalhadores, que querem dormir a noite em suas residências. A Polícia Militar tem intensificado o patrulhamento nesses locais e com a ação de presença da viatura tem conseguido evitar que o som dos veículos ultrapasse o limite, que atrapalha as outras pessoas. Ocorre que no sábado, quando a viatura passava pelo local por volta das 3 horas da manhã, uma das pessoas que lá se encontrava acabou por desacatar os policiais e ela foi detida. Neste momento as demais pessoas iniciaram uma tentativa de agressão aos policiais, jogando garrafas e partindo em direção a eles, que no momento era só uma viatura. Os policiais tiveram que atuar de forma a garantir a integridade física deles e de quem estava sendo detido, utilizando de equipamentos não letais para dispersar aquela multidão que ali se encontrava. IN – O que foi utilizado e como funcionam esses equipamentos não letais? Capitão – Eles visam garantir que a Polícia Militar cumpra

a sua missão de preservar vidas e aplicar a lei, procurando minimizar os riscos de lesão ou de morte de pessoas. Diante de tudo isso que vem ocorrendo na cidade, a Polícia Militar está oficiando a Prefeitura e a Câmara Municipal, no sentido de solicitar o apoio para que seja verifi-

cada a viabilidade de no entorno da Praça de Eventos ser proibida a venda de bebidas alcoólicas em recipientes como garrafas e latas, porque eles podem ser utilizados como objetos de agressão. Que apenas sejam vendidas em copos descartáveis. Outra sugestão é que seja

estudada a possibilidade de a Praça de Eventos ser fechada com um portão de entrada, com controle de entrada e saída e com horário de funcionamento, que pode ser fechado da meia noite às 4 da manhã. Outro pedido é que na rua lateral retorne a placa que havia ali anteriormente com a vedação de horário de estacionamento de veículos às sextas e sábados das zero às cinco da manhã. Isso contribuiria muito com o problema final, mas existe uma série de medidas a serem tomadas anteriormente para evitar que tenha a necessidade de uma ação policial como está acorrendo. Nós não queremos atuar desta forma, porém as pessoas que ali se encontram em razão das atitudes que estão tomando, estão demandando uma ação policial mais enérgica. IN – Futuramente a PM irá fazer uma ronda mais específica naquele local? Capitão – Sim, nesses locais com maior aglomeração de pessoas e índice de perturbação do sossego nós vamos ter uma atenção especial, visando garantir o sossego dos trabalhadores,

que querem dormir a noite. Porém, nós também não podemos esquecer que temos a demanda do 190 de outras ocorrências, que por vezes acabam empenhando a guarnição em atendimento e prejudicando um pouco a atenção especial que temos que dar nesses locais. Estamos programando algumas operações como já tem sido feita. IN – Além da Praça de Eventos, quais outros locais em Itapeva que causam esse tipo de problema? Capitão – Nós estamos tendo problemas em alguns locais como postos de combustíveis, mas como são propriedades privadas são mais fáceis de resolver, conversando com os proprietários e adotando algumas medidas conseguimos minimizar as ocorrências. Os problemas maiores se encontram em locais e vias públicas e hoje, a Praça de Eventos. Gostaria de finalizar dizendo que a Polícia Militar está à disposição da população através do telefone 190 e no ano de 2013 prestamos em torno de 6.500 atendimentos de solicitações de atendimentos de pessoas do município de Itapeva.

Estabelecimentos sofrem vandalismo no final de semana No final de semana, proprietários de dois estabelecimentos comerciais de nossa cidade registraram Boletim de Ocorrência na Delegacia, pois tiveram seus patrimônios danificados por vândalos. O primeiro, localizado à Rua Santos Dumont, trata-se de uma clínica, a qual teve a porta de blindex estourada pela ação de vândalos. Não houve furto no local, porém a câmera de segurança registrou minutos antes a chegada de um

veículo, que parou em frente ao local. O segundo estabelecimento localizado à Rua Lucas de Camargo também sofreu com a ação dos desocupados, que quebraram uma parte do blindex. Porém, segundo a proprietária nada foi levado da loja de calçados. Comerciantes da cidade estão desesperados e alguns estão tomando providências e retirando o blindex para colocar outro material em portas, janelas e vitrines.

Veículo bate em poste na Avenida Dr. José Ermírio de Moraes Na sexta-feira (07), a Polícia Militar foi solicitada a comparecer à Avenida Dr. José Ermírio de Moraes para atender uma ocorrência de acidente de trânsito. Ao chegarem no local a PM constatou tratar-se de uma colisão lateral entre dois veículos Gol. Segundo informações, o automóvel Gol Bola vinha sentido FAIT / Centro, quando o Gol G4, que vinha no mesmo sentido, cruzou a sua frente, causando o choque lateral e em seguida fazendo com que o mesmo se perdesse e viesse a colidir com um poste. Nenhum dos condutores sofreu ferimentos e os prejuízos foram apenas materiais. A Perícia compareceu ao local, tendo em vista que houve dano ao patrimônio.

Colisão entre automóveis em Avenida Na terça-feira (11), a Polícia Militar compareceu à Avenida Higino Rodrigues Garcia, no Central Park, para atender uma ocorrência de acidente de trânsito sem vítima. Segundo informações, o veículo Elba descia a referida Avenida, quando o condutor perdeu o controle da direção, vindo a colidir na traseira de um veículo de Auto Escola. Vale ressaltar que é comum nas adjacências o trânsito desses automóveis com condutores aprendizes na direção, os quais muitas vezes interferem no andamento do tráfego. Os condutores nada sofreram e os prejuízos foram apenas materiais.


4B

29 de novembro de 2013


Sexta-feira, 14 de março de 2014 Editor Chefe: Kiko Carli Ano XII - Edição 776 Não pode ser vendido separadamente

Lira Itapevense recebe prêmio da Funarte em São Paulo Corporação Musical recebeu cinco instrumentos de sopro e foi apontada como destaque em 2013 A Corporação Musical Lira Itapevense foi uma das bandas

musicais homenageadas na cerimônia de entrega de instru-

mentos musicais aos 22 contemplados no Estado de São Paulo pelo Prêmio Funarte de Apoio a Bandas de Música 2013. A solenidade foi realizada na segunda-feira (10) no Centro de Convivência Waly Salomão do Complexo Cultural Funarte, em São Paulo, e contou com a presença da Ministra da Cultura Marta Suplicy. Representando os músicos da Lira Itapevense, o maestro João Carlos Kuntz recebeu das mãos da presidente da Funarte, Guti Fraga, cinco instrumentos de sopro, compostos por duas trompas, um sax alto, um trompete e uma flauta. O vice-prefeito de Itapeva, Geraldo Almeida, que acompanhou a comitiva itapevense, foi chamado pela ministra da Cultura para compor a mesa de autoridades representando as 22 cidades paulistas premiadas. Em seu pronunciamento, Geraldo falou do compromisso da atual Administração Municipal com a cultura. “Na cidade de Itapeva, como polo de desenvolvimento regional, a cultura é uma prioridade permanente e de alcance regional, cujo compromisso da Administração do prefeito Roberto Comeron é ampliar cada vez mais

os investimentos para fomentar os projetos do setor”, destacou. Segundo a ministra Marta Suplicy, a proposta estabelecida ao assumir o Ministério, de priorizar a inclusão social e a maior oportunidade de acesso

à cultura para os brasileiros, já contabiliza, importantes realizações. “Se pudéssemos investir mais em música, o mundo seria melhor”, disse ela. A secretária municipal da Cultura e Turismo, Setembrina Oliveira, também participou

da cerimônia, acompanhada de outros integrantes da Lira Itapevense. De acordo com Setembrina, “é uma alegria ver a nossa Lira brilha também lá fora, tendo um alcance que vai além da nossa cidade”.


2C

14 de março de 2014

Novos conselheiros do FUNDEB tomam posse Na tarde da última quintafeira (06) foi realizada na Secretaria Municipal da Educação de Itapeva, a posse dos novos Conselheiros do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e da Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB). Na cerimônia, também foi realizada a escolha da nova presidente do Conselho. A eleição dos novos membros do Conselho do FUNDEB é realizada a cada dois anos seguindo as exigências da Lei Federal n° 11494/2007. A função principal do órgão é proceder ao acompanhamento e controle social sobre a distribuição, transparência e aplicação dos recursos do Conselho. A ação é independente dos órgãos da administração pública. Vale des-

Vice-Presidente José Pedro Lino e a presidente Lídia de Oliveira Costa

tacar que os membros participantes não são remunerados. Em Itapeva, os membros que compõem o Conselho do FUNDEB são representantes do Poder Executivo, Conselho Muni-

cipal da Educação, Conselho Tutelar, Educação Especial (APAE), diretores, professores, estudantes, pais de alunos e servidores técnicos administrativo das escolas públicas municipais.

À frente da reunião, a secretária municipal da Educação, professora Vânia Páschoa, aproveitou para afirmar a importância do FUNDEB para a educação do município. “Esse Conselho é muito importante, porque é por meio dele que o processo se torna transparente e colaborativo, ou seja, é onde surgem ideias melhores”. Lídia de Oliveira Costa, diretora da Escola Municipal de Educação Infantil Professor Antônio José Belézia foi eleita para o cargo de presidente do Conselho e como vice foi eleito o professor José Pedro Lino. A presidente eleita destacou: “Nós vamos trabalhar para que as relações sejam cada vez mais harmônicas. A composição do colegiado já reflete a democracia,

com a representação da sociedade civil organizada. É importante frisar o nosso papel de colaborador na busca da melhoria da qualidade de nosso ensino”. Conheça os demais conselheiros: Representantes do Poder Executivo: Edivaldo Souza Alves, Gracinda de Paula Martins, Ana Cristina Vasconcelos M. Marczuk e Juliana Fonseca de Araújo Representantes dos Professores: Jesiel Soares de Lima e Tânia Silva Marques Representantes dos Diretores das Escolas: Sidnei Rodrigues Pereira e Lídia de Oliveira Costa Representantes dos Servidores Técnicos Administrativos: Débora Priscila da Silva

Santos e Sandra Oliveira Dias de Medeiros Representantes dos Pais de Alunos: Juliane Rodrigues Costa, Priscila de Paula Rodrigues dos Santos, Beatriz Faria de Melo Leite e Cristiane Aparecida Almeida Oliveira Pontes Representantes dos Estudantes: Antônio Alves de Lima, Adriana Monique Oliveira e Vanderléa Santana Furquim de Andrade Representantes do Conselho Municipal de Educação: José Pedro Lino e Célia Regina de Assis Souza Representantes do Conselho Tutelar: Elza de Araújo Senne e Juli Francis de Lima Representante da Educação Especial (APAE): Deise Flaviane Pereira Rodrigues


3C

14 de março de 2014

5º Fórum da Mulher é realizado em Itapeva

A

conteceu na tarde do último sábado (08), no Auditório Haru Izumi, no Calçadão Dr. Pinheiro, a quinta edição do Fórum da Mulher, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. Realizado pela Associação Comercial de Itapeva em parceria com a Secretaria da Cultura, o evento contou a participação do pre-

sidente da instituição, Andreus Calodiano, do deputado Dr. Ulysses e de algumas mulheres da comunidade itapevense. Em entrevista à nossa equipe de reportagem, a funcionária da ACIAI, Sonia Arnussi falou sobre a importância de se comemorar a data, confira: IN – Qual o objetivo deste evento?

Sonia – Esse é o 5º Fórum que fazemos com o objetivo de dar importância à data. De um tempo para cá, essa data do dia 08 de março tem sido de vital importância, tanto para o comércio, que cresceu bastante na cidade em função disso, como também para prestar essa homenagem à mulher, que é uma consumidora em potencial.

IN – O que esse Fórum aborda? Sonia – A Secretaria da Cultura ficou com essa parte e foi ministrada uma palestra e apresentações culturais. IN – Para você qual a importância desse Fórum para o público feminino? Sonia – A importância é o esclarecimento. Nós queremos

estar juntos com a Secretaria da Saúde e o importante é que as informações cheguem até a mulher. A Saúde está com a parte de prevenção do HIV e outras atividades que eles estão realizando junto com o Fórum da Mulher e palestras educativas e culturais. Acho isso de extrema importância para a população em geral.


4C

14 de março de 2014

Comunidade da Amarela Velha ganha noite de lazer

N

o sábado (08), aconteceu no Bairro Amarela Velha, zona rural de Itapeva, uma grande festa promovida pelos comerciantes locais, para que a comunidade possa ter uma noite de lazer depois de muito trabalho durante o dia. Com a presença da cantora Daiane Johnson e banda o evento foi bastante alegre e todos que compareceram puderam se divertir e dançar até a madrugada. O pré-candidato a deputado federal, João Fadel foi convidado a comparecer e se fez presente ao evento, onde pôde receber os cumprimentos de populares e lideranças do bairro. Em entrevista à nossa equipe de reportagem, o comerciante Edivaldo Negão falou sobre esta festa, confira: IN – Qual o objetivo desse evento no Bairro da Amarela Velha? Edivaldo – Fazemos esta festa todo ano, em datas diferentes. No ano passado fizemos no final de junho, mas

agora resolvemos antecipar. O evento é em parceria com o Torto, que é proprietário do bar aqui do bairro e que nos ajuda

nos trabalhos da região. Essa festa anual ficou marcada pela presença da Daiane Johnson, que sempre nos ajuda e nos

apoia. Esse evento é feito para o povo aqui da Amarela Velha e bairros vizinhos, a fim de que eles possam se divertir,

pelo fato de trabalharem pesado no dia a dia. Acho que eles merecem ter este momento de lazer.

IN – Como é feito este evento, em relação à ajuda de custo? Edivaldo – Esse evento não tem fins lucrativos. Na realidade fazemos uma reunião com os comerciantes para que possamos pagar a banda. Não temos um fundo financeiro e todos ajudam voluntariamente. IN – Como está o Bairro da Amarela Velha? Edivaldo – Se formos citar todas as necessidades existem várias coisas para nós reclamarmos, mas a Saúde deixa muito a desejar aqui no bairro, porque está precária demais. A briga com o secretário Luiz Tassianari, já é uma constante em relação ao Posto de Saúde. Toda vez que o procuramos, ele dá um prazo para a inauguração e até agora isso não aconteceu. Eles vieram aqui há alguns dias e instalaram lâmpadas, capinaram e fizeram um piso de cimento ao redor do Posto, mas foi só isso, a situação da Saúde na Amarela Velha e Cercadinho está complicada.

Projeto Guri prorroga inscrições em polos da região de Itapeva Programa de formação musical disponibiliza mais de 200 vagas gratuitas em quatro polos de ensino. Matrículas podem ser feitas até 21 de março O Projeto Guri, programa de formação musical da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, voltado para crianças e adolescentes com idade entre 06 e 18 anos, prorroga inscrições em quatro cidades da região de Itapeva. São mais de 200 vagas gratuitas para cursos de instrumentos, canto coral e iniciação musical (este para crianças de 6 a 8 anos). As inscrições foram prorrogadas até 21 de março nas cidades de Guapiara, Itaberá, Piraju e Taquarivaí. Para participar, os interessados devem comparecer ao polo que desejam estudar, acompanhados dos pais ou responsáveis, portando RG ou certidão de nascimento e comprovante de matrícula escolar e/ou declaração de frequência escolar. Não é preciso ter conhecimento pré-

Polo Guapiara Vagas: 28 Cursos: canto coral e violão Funcionamento: Segundas e Quartas-Feiras, das 13h às 17h Endereço: Rua Shiguemi Kacuta, 149, Centro, CEP:18310-000 Telefone: sem telefone

vio de música, nem possuir instrumentos ou realizar testes seletivos. As aulas começam de acordo com a data de

inscrição de cada aluno. Consulte cursos, vagas disponíveis, data de início das aulas e horário de funcionamento

diretamente com o polo de sua cidade. Para mais informações acesse www.projetoguri.org.br/ matriculas/.

Polo Itaberá Vagas: 123 Cursos: canto coral, viola, violino, contrabaixo acústico, violoncelo, clarinete, flauta transversal, saxofone, eufônio, trombone, trompete, trompa, tuba e percussão Funcionamento: Segundas e Quartas-Feiras, das 7h45 às 11h15 e das 13h às 17h30 Endereço: Rua Francisco Antônio Silva, 334. CEP: 18440-000 Telefone: (15) 3562-2042

Polo Piraju Vagas: 85 Cursos: canto coral, viola, violino, contrabaixo acústico e violoncelo Funcionamento: Quartas e Sextas-Feiras, das 13h30 às 17h30 Endereço: Praça Benedito Silveira Camargo, 144,Centro, CEP: 18800-000 Telefone: (14) 3351-1361 Polo Taquarivaí Vagas: 61 Cursos: canto coral, violão e percussão Funcionamento: Terças e Quintas-feiras, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30 Endereço: Rua Benedito Paulino Nogueira, S/N. CEP: 18425-000 Telefone: (15) 3534-1170 ramal 216


5C

14 de março de 2014

Quaresma: período de mudança em nossas vidas A quaresma é o tempo litúrgico de conversão, que a Igreja marca para nos preparar para a grande festa da Páscoa. É tempo para nos arrepender de nossos pecados e de mudar algo de nós para sermos melhores e poder viver mais próximos de Cristo. A quaresma dura 40 dias. Começou na Quarta-Feira de Cinzas e termina no Domingo de Ramos. Na quaresma, Cristo nos convida a mudar de vida. A Igreja nos convida a viver a quaresma como um caminho a Jesus Cristo, escutando a Palavra de Deus, orando, compartilhando com o próximo e praticando boas obras. Convida-nos a viver uma série de atitudes cristãs, que nos ajudam a parecer mais com Jesus Cristo, já que por ação do pecado, nos afastamos de Deus. Por isso, a Quaresma é o tempo do perdão e da reconciliação fraterna. Cada dia, durante a vida, devemos retirar de nossos corações o ódio, o rancor, a

inveja, os zelos que se opõem a nosso amor a Deus e aos irmãos. Em entrevista à nossa equipe de reportagem, o Pastor Ricardo da Igreja Filadélfia falou sobre este período, confira: IN – Qual é a programação da Igreja nesse período pascoal? Pastor – A Igreja nesse período tem se focado na direção de trazer o povo a uma realidade espiritual, a realidade cristã. Ver o sacrifício de Jesus por nós, pelo mundo, pelas pessoas que estão distantes do Senhor e passando consequentemente por momentos de aflição, de tristeza ou de dor. Nesse momento da quaresma, de Páscoa é o momento em que nós acentuamos mais a questão do sacrifício de Jesus. IN – Qual é a importância da quaresma? Pastor – A quaresma é o período de purificação após a festa da carne, que é o carnaval. É o momento em que temos que fazer uma reflexão da nossa ori-

gem, porque não essa terra, nós somos criados no coração de Deus e Ele está no céu, logo a nossa origem é o céu. Esse é o momento para refletir aquilo

Expectativa no comércio de pescados é grande A venda de pescados e frutos do mar aumenta significativamente nos estabelecimentos especializados durante a quaresma. Isto por conta da tradição cristã de trocar a carne vermelha pelo peixe durante as refeições, como forma de penitência e de louvor a Deus. Neste ano os varejistas acreditam num incremento de aproximadamente 15% na quantidade de itens comercializados. “No início do período as vendas são ainda lentas, mas com a chegada da Semana Santa e como o preço continua praticamente o mesmo do ano passado, se mantendo estabilizado, acredita-se no aumento da demanda”, diz Miguel Brustolin, proprietário da Casa de Carnes do Miguel. Os supermercados, açougues e peixarias trabalham com

Pastor – Eu creio quem não só neste período, mas em nossas vidas precisamos olhar um pouco para o alto, porque as correrias do dia a dia, as situações e as circunstâncias muitas vezes fazem endurecer o nosso coração naquilo que é mais importante. A Bíblia tem um versículo, que relata o que adianta o homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma. Estamos aqui apenas por um tempo, a nossa vinda para essa terra não é passageira, estamos aqui para cumprir um propósito que o Pai nos predestinou e nesse sentido precisamos despertar e buscar a Deus. A Bíblia nos ensina que conhecereis a verdade e a verdade nos libertará. Às vezes não temos o conhecimento para resolver uma situação e sofremos com isso, mas a partir do momento que começamos a aprender não apenas com o problema, e sim como lidar com a situação, as coisas vão se resolvendo.

Cadastro de medula óssea obtém excelentes resultados em Itapeva Foram coletadas 300 amostras de sangue, 60 testes rápidos e 90 aferições de pressão

a linha congelada: salmão, bacalhau, camarão, filés de peixes, lula, carne de siri e postas fazem parte do leque de opções. “Na Quaresma a procura maior é por filé de merluza e tilápia, além é claro do bacalhau. É a época do ano que mais são co-

mercializados pescados, por isso nos preparamos para atender bem aos clientes”, pontua o empresário. Para Miguel o filé de merluza é a melhor indicação para este período, porque rende mais e está com excelente preço.

Sábado tem peça teatral no Auditório Dom Silvio

Neste sábado (15), às 20h, acontece no auditório Haru Izumi (Dom Silvio), a apresentação da peça teatral “Quinta Estação”, da Cia. de Artes Sem Limites. A entrada será gratuita pelo portão no Calçadão Dr. Pinheiro. Inspirada na peça de Joracy Camargo, a peça faz uma reflexão social sobre as pessoas que vivem à margem da sociedade. Ramirez (vivido por Márcio Gouveia) e Zildinha (vivida por Daniela de Oliveira) se encontram na porta de uma igreja com o mesmo fim, praticar a arte da mendicância. Ela pela circunstância e ele por opção. E é por opção que Ramires inicia Zildinha na arte da mendicância por profissão.

que nós não encontramos aqui, que é a compreensão, o amor, o carinho, a comunhão e deixar os nossos interesses pessoais para viver realmente um propósito

de Deus em nossas vidas. IN – Qual o verdadeiro significado da Páscoa? Pastor – A Páscoa representa a morte e o sacrifício de Jesus e a redenção do povo, o qual ele tem chamado. Todos são chamados por Deus, então através desse ato de Jesus Cristo, ele nos dá condição de ter uma aliança com o Pai. A melhor coisa que eu vejo e que às vezes as pessoas não compreendem, é porque o Pai sempre espera o seu filho e muitas vezes nos deparamos no meio em que vivemos com famílias desestruturadas por falta da presença do pai. Mas Deus é nosso Pai eterno e Ele quer que aprendamos Dele para recebermos uma grande herança e isso só é dada ao filho. Quando nós nos colocamos como filhos de Deus, recebemos também o melhor de Deus. IN – O que devemos fazer segundo a crença cristã neste período?

Aproveitando a passagem de outros personagens à porta da igreja, Ramires ensina como mendigar pode ser conveniente também para quem doa, não só para quem recebe. Seria Ramirez um louco? Um marxista? A peça traz um questionamento importante para os dias de hoje, afinal nos acostumamos realmente com as misérias que vemos diariamente? Será que o ato de doação apenas aplaca nossa consciência, por que na verdade deveríamos cobrar um sistema mais justo para todos? Esses e outros questionamentos são colocados para o público como reflexões a serem consideradas na esperança de

apontar em nossas atitudes um recomeço. A Cia. de Teatro “Sem Limites” sempre teve a preocupação de desenvolver em seu público a consciência crítica e reflexões, que procuram gerar uma postura mais politizada, seja para o público estudantil, seja para um público mais adulto. Sabendo da carência de atividades desse gênero foi que Marcio Gouveia, ator e diretor da Cia. de Teatro e Daniela de Oliveira, atriz e produtora formaram essa parceria com a Secretaria da Cultura e Turismo. Com essa apresentação, esperase também iniciar uma rotina de apresentações aos finais de semana.

O cadastro de medula óssea realizado no sábado (08), no Itapeva Clube, reuniu centenas de pessoas interessadas em participar da campanha cujo objetivo é detectar possíveis doadores para salvar a vida de pacientes de câncer, especificamente leucemia. A iniciativa da AVACCI – Associação dos Voluntários de Apoio e Combate ao Câncer de Itapeva contou com a equipe da Secretaria Municipal da Saúde reunindo 25 pessoas entre enfermeiros, técnicos de enfermagem e profissionais do NASF – Núcleo de Apoio à Saúde da Família. Foram feitas 90 aferições de pressão, 60 testes rápidos de sífilis e colhidas 300 amostras de sangue que serão encaminha-

das pelo biólogo Francisco Martins da Costa Filho, coordenador técnico do Hemonúcleo do Hospital de Jaú ao INCA – Instituto Nacional do Câncer.

Na ocasião foi apresentada a nova presidente da AVACCI, Daiane Araújo Mattos Barabarotti que assume o lugar de Ivonete Issobe na Associação.


6C

14 de marรงo de 2014


7C

14 de março de 2014

Cruzeiro Imperatriz O  Imperatriz  é um exclusivo navio de cruzeiro que desafia qualquer definição de categorias. A sua combinação de instalações de tamanho acolhedor e totalmente reformadas convertem-no na opção ideal para os que desejam usufruir duma experiência completa de cruzeiro num ambiente mais íntimo. 12 cobertas repletas de atividades, entretenimento e opções de alojamento. Divirta-se num dos nossos variados bares e dance a noite toda no nosso Club noturno com decoração inspirada no musical da Broadway. Espetaculares vistas panorâmicas de 360º a 45 metros do mar no nosso exclusivo Viking Crown Loung. O glamour faz parte dos ambientes internos de um dos mais refinados cruzeiros do mundo. A harmonia impera em todas as áreas sociais, elegantemente deco-

Dados técnicos Bandeira: Malta Idioma a bordo: Português Lançamento: 1990 Reforma: 2004 Tonelagem: 48.500 Velocidade em nós: 19 Comprimento: 208 metros Largura: 30 metros Passageiros: 1853 Tripulação: 675 Decks: 9 Voltagem: 110/220

Clientes Oswaldo, Cristina, Beatriz, Xixo, Maria José, Victor, Pedro, Tereza, Neto, José Guilherme, Maria do Carmo, Benedito, Letícia, Carme, Elizabeth, Nadir e Neusa.

radas para proporcionar conforto e satisfação. Todas as re-

feições e bebidas a bordo fazem parte do sistema Tudo In-

cluído, ou seja, tudo à vontade durante todo o cruzeiro. 

Cabines:  Cabine interna (de 11,1m2 a 13,3m2) Cama de casal convertível em duas de solteiro, banheiro, penteadeira, televisão, cofre e secador de cabelo. Algumas cabines também possuem beliche. As cabines internas não possuem janelas.  Cabine externa (de 11,4m2 a 19,8m2) Cama de casal convertível em duas de solteiro, beliche, banheiro, penteadeira, televisão, cofre, secador de cabelo e janela com vista para o mar.  Suíte com varanda (de 20m2 a 54,5m2) Cama de casal convertível em duas de solteiro, banheiro, penteadeira, televisão, cofre, secador de cabelo, e varanda com vista para o mar. Algumas possuem sofá cama, mini bar e jacuzzi, enquanto em outras as camas não podem

ser convertidas em duas de casal. Itens de lazer Academia Parede de Escalada Piscinas Jacuzzis Spa  Salão de beleza Discoteca  Sala de leitura Biblioteca Sala de cartas e vídeo game Sala de Internet Salão de espetáculos Lojas Teen´s Club Cassino  Piano Bar

Gastronomia Este cruzeiro guarda o que há de melhor na cozinha internacional. Pratos saborosos são cuidadosamente elaborados por conceituados chefs e podem ser degustados em seis restaurantes aconchegantes. O navio possui ainda o sistema Tudo Incluído, com refeições e bebidas à vontade durante todo o cruzeiro.  Sistema Tudo Incluído O sistema Tudo Incluído Pullmantur é um serviço que oferece todas as refeições e bebidas alcoólicas e não alcoólicas (exceto drinks da carta premium) quantas vezes o passageiro desejar, a qualquer hora do dia.    Para mais informações ligar 3524-2705 Universal Turismo

Planeta Terra realiza a Semana Mundial da Água Acontece entre os dias 17 e 22, mais uma edição da Semana Mundial da Água, que tem a realização da ONG Planeta Terra, único órgão preocupado com as questões ambientais em nossa

cidade. O evento conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Itapeva, bem como com a participação de colaboradores, os quais se dispõem em discutir

sobre o tema e ministrar palestras aos alunos da rede municipal de ensino, bem como às pessoas que tiverem interesse em saber um pouco mais sobre este líquido sagrado para a vida e que nos últimos anos tem sido amplamente discutido, já que não existe mais em abundância. O diretor da ONG, Paulo Saponga, realiza este evento com a preocupação de conscientizar nossas crianças a adolescentes sobre desperdício, poluição, escassez e a importância da água para o ser humano, que poderá ao longo do tempo sofrer as consequências do mau uso no presente. As palestras durante toda a semana irão acontecer na Sala Verde, localizada no Parque Ambiental Avelino Comeirão Peixe Filho. No dia 22, encerramento do projeto, acontece na Praça Anchieta, das 09h às 13h diversas atividades, incluindo atrações culturais. PROGRAMAÇÃO Data: Dia 17 às 14h Palestrante: Tatiana Santos Verde – Analista Ambiental da Votorantim Cimentos Tema: A gota d’água Público Alvo: E.M. Dom Silvio Maria Dário Local: Instituto Planeta Terra(Sala Verde) Data: Dia 18 às 09h Palestrante: Fernanda Alvarenga – Analista de Meio Ambiente Florestal da Fibria – Capão Bonito Tema: “O que podemos fazer para conservar os recursos hídricos na Agricultura Familiar”

Público Alvo: E.M. Franco Montoro – Agro Vila I – Itapeva Local: Instituto Planeta Terra (Sala Verde) Data: Dia 19 às 14h Palestrante: Bruno Sacone – Engenheiro Florestal - Consultor (Consultant) Trainee no Grupo Jari e Roberto Hebert Gretz – Escritor Tema: Água e consumo consciente Público Alvo: Recanto do Menor da Paróquia Santana Local: Instituto Planeta Terra (Sala Verde) Data: Dia 20 às 09h Palestrante: Antônio Lourenço da Cruz – Técnico da Sabesp Tema: Escassez da água em Itapeva... Mito ou verdade? Público Alvo: Colégio do SESI e Colégio Metodista de Itapeva Local: Instituto Planeta Terra

(Sala Verde) Data: Dia 21 às 14h Palestrante: Dr. Sergio Eleutério Silva Netto – médico infectologista Tema: “Importância da água no organismo humano” Público Alvo: E. E. Jeminiano David Müzel Local: Instituto Planeta Terra (Sala Verde) Data: Dia 22 – das 09h às 13h Tema: Variedades – Desenho, dança, música, distribuição de mudas, panfletagem e brincadeiras. Atrações: Projeto Guri – Instrumentos de percussão; PETI São Benedito – Dança; Escola da Família EE Nicota Soares – Atividades esportivas/ambientais; Casa Transitória – Vamos desenhar a água; Paulinho Saponga,

vocalista da Banda Mikareggae Encerramento: E.M. Celso Duch Villar – Roda de Capoeira Público Alvo: Livre – Para toda população de Itapeva e região que quiserem participar Local: Praça Anchieta Todos os participantes serão citados no relatório anual, que será enviado para o Executivo, Legislativo e Judiciário do Município, do Estado e da União. Durante o transcorrer do ano, serão somadas as participações dos profissionais da Educação e das Unidades de Ensino dos Municípios, do Estado e Particulares da 16ª Região Administrativa para receberem o Prêmio: “Instituições e Profissionais de Ensino com Responsabilidades Ambientais”, edição 4.


8C

14 de marรงo de 2014


Sexta-feira, 14 de março de 2014 Editor Chefe: Kiko Carli Ano XII - Edição 776

Judocas participam de curso ministrado por Takeshi A 16ª Delegacia Regional Sul da Federação Paulista de Judô realizou no último dia 09, na cidade de Itapetininga o Curso Regional de Arbitragem. O evento teve como palestrante Takeshi Yokoti, árbitro internacional e membro da Comissão Estadual de Arbitragem. O curso reuniu 120 árbitros novos e veteranos, bem como vários professores da região, que compareceram para a atualização das novas regras impostas pela Federação Internacional de Judô para o ano de 2014. Os judocas e árbitros da SEMJEL Itapeva estiveram presentes no curso com 15 representantes.


2D

14 de março de 2014

Dezenas de crianças comparecem ao lançamento do álbum FUT Craques de 2014

N

a manhã de sábado (08), a FUT Escola de Craques lançou oficialmente o seu álbum de figurinhas, que está em sua segunda edição. Com a presença de muitas crianças e pais, a Banca do Rubinho ficou sem espaço para abrigar todos que queriam adquirir o álbum e os pacotes de figurinhas. Em entrevista à nossa equipe de reportagem, o professor de Educação Física, Fabio Oliveira e autor do álbum falou sobre este lançamento, confira:

IN – O que significa contar com tanta gente durante o lançamento do álbum FUT Craques de 2014? Fabinho – Estamos muito emocionados por ter tanta gente aqui hoje participando desse lançamento. Quanto a preparação, nós começamos no início de dezembro, sempre na correria, a tirar as fotos, organizar o álbum, fazer e envelopar todas as figurinhas, prestar atenção e acertar o nome da criança com data de nascimento, mas ver a

alegria deles é emocionante, isso vale todo o esforço que tivemos. IN – Como é para você ver a emoção de cada criança em abrir o pacote e ver as figurinhas? Fabinho – É muito bom ver o sorriso delas aqui. Todos estão emocionados e esperando para comprar e com a expectativa de tirar a própria figurinha. Isso é muito legal e as crianças adoram. IN – Vai ter algum prêmio para quem completar o álbum primeiro? Fabinho – Tem várias figurinhas premiadas com diversos prêmios, mas o primeiro a completar o álbum, ganha um brinde especial, que é surpresa e nós não podemos revelar. IN – O que você pode falar dessa inovação feita por você na cidade de Itapeva? Fabinho – Surgiu da ideia de conversar com o Luciano e o Andrey. Agora está virando um marco da escolinha e de Itapeva, tanto que em toda a região os meninos estão conosco. Tem

gente de Itaberá, Capão Bonito e de Itararé que participa e o álbum virou uma assinatura da FUT Escola de Craques. IN – E como está a escola hoje?

Fabinho - Eu só tenho a agradecer a Deus e à minha família por todo o suporte, porque a escola tem crescido cada vez mais. Hoje somos uma referência na região e a cada ano

que passa estamos inovando, participando de campeonatos, eventos diferenciados, além do profissionalismo, com todo o cuidado e a dedicação que temos.


3D

14 de março de 2014

Equipe feminina de Itapeva vence Itararé na Copa TV Tem de Futsal Aconteceu na última sextafeira (07), no Ginásio de Esportes Antônio Pelissari, em Itararé, mais uma rodada válida pela Copa TV Tem de Futsal. A primeira partida da noite foi uma grande surpresa para a equipe feminina de Taquarivaí, pois o adversário, Ribeirão Branco, não compareceu ao jogo. Assim, a equipe do técnico Lucio Lara formada por Adriane, Alessandra, Denise, Emilly, Franciele, Andréia, Letícia, Adriana, Letícia Fogaça, Karine, Daniela, Adriele Pereira, Vitória, Carla e Flaviane acabou vencendo por W.O. Em seguida entraram em quadra as equipes femininas de Itararé e Itapeva. As donas da casa vieram com força total, mas não conseguiram imprimir o melhor jogo perdendo para Itapeva. Composta por Marciele, Janaína, Brenda, Luciane, Jenifer, Elenice, Bruna, Letícia, Ana, An-

Itapeva

gelita, Lívia (01), Jhenifer, Vanessa (03), Regiane e Camila, Itapeva, comandada por Marcus Alemão conquistou a vitória por 04 a 02. Itararé do técnico João Luiz foi formada por Carla, Vivian, Thamires, Annaysa, Maria, Natalia, Isabelly, Thayná, Najila, Amabily, Marielen, Joziane, Renata, Suellen e Adrielle.

Itararé

A terceira partida da noite aconteceu entre as equipes masculinas de Itararé x Itaberá. Os donos da casa golearam o adversário pelo placar de 08 a 02. Itararé, comandada por Marciliano, veio em quadra com Rodolfo, Cleberson, Kléber (01), Maicon, Fabiano, Daniel (05), Thiago, Marcelo, Júlio Cesar,

2º Campeonato de Futebol Master chega as quartas de final Esportistas de Itapeva e região estão convidados a prestigiar as quartas de final do 2º Campeonato de Futebol Veteranos 35 anos, que está sendo re-

alizado no campo da SEMJEL, na Vila Isabel. Este campeonato tem a organização da Ospedal Sports e conta com o apoio da Secreta-

ria de Esportes, através do secretário Rogério Galvão (Papita), que tem ajudado os organizadores. Seguem os jogos:

2º Campeonato de Futebol Master Itapeva Atletas nascidos no ano 1978 QUARTAS DE FINAIS

Whelentton, Jean (02), Wanderley, Diego, Juninho e Wallace. Já Itaberá foi composta por Álvaro, André, Cristian (01), Diones, Gabriel (01), João, Luiz, Lucas, Paulo, Rômulo, Tiago e Vitor. Em entrevista à nossa equipe de reportagem, o técnico Marcus Alemão falou sobre esta disputa, confira:

IN - Qual a sua avaliação sobre o desempenho da equipe hoje? Marcus - Nós sabíamos que era um jogo muito difícil contra Itararé, aqui dentro de Itararé. Viemos com a força máxima, porque sabíamos que enfrentaríamos dificuldades. Mas as meninas se portaram bem, conseguiram desenvolver um bom

Copa Cidade de Itapeva Começa neste domingo (16), a 1ª Copa Cidade de Itapeva de Futebol Amador, que tem como organizador a Ospedal Sports. Os jogos

serão realizados sempre aos domingos no Campo do Itapeva Clube, a partir das 14h. Prestigiem!

1ª COPA DE FUTEBOL AMADOR CIDADE DE ITAPEVA

DIA 16/03 09h 10h30

DOMINGO Jogo 1 Jogo 2

Campo: SEMJEL 4º AMARELA VELHA x 1º AA ITAPEVA x

5º ITABERÁ 8º INTERLITÃO

DIA 23/03 09h 10h30

DOMINGO Jogo 3 Jogo 4

Campo: SEMJEL 3º BURI x 2º BISTECÃO x

6º MARQ. VEICULOS 7º CAPÃO BONITO

DIA 30/03 09h 10h30

SEMIFINAL DOMINGO Jogo 5 Jogo 6

Campo: SEMJEL VENC. JG 2 x VENC. JG 1 x

VENC. JG 3 VENC. JG 4

DIA 16/03 14h 16h

Domingo GUARANI x SPARTAKS x

Campo: Itapeva clube PAULISTÃO VILA BOAVA

DIA 07/04 10h

FINAL DOMINGO Jogo 7

Campo: SEMJEL VENCEDOR JG 5 x

VENC. JG 6

DIA23/03 14h 16h

DOMINGO TAQUARIVAÍ x KAXETÃO x

Campo: Itapeva clube RODAF VR/ VA

DIA 30/03 14h 16h

DOMINGO BOM BOI x PADARIA DO GALO x

DIA 06/04 14h 16h

Domingo VR/ VA x RODAF x

Campo: Itapeva clube PADARIA DO GALO BOM BOI

DIA 13/04 14h 16h

Domingo PAULISTÃO x SPARTAKS x

Campo: Itapeva clube RODAF KAXETÃO

DIA18/04 14h 16h

FERIADO GUARANI x VILABOAVA x

Campo: Itapeva clube TAQUARIVAI VR / VA

DIA 27/04 14h 16h

DOMINGO KAXETÃO x BOM BOI x

Campo: Itapeva clube PADARIA DO GALO TAQUARIVAI

DIA 04/05 14h 16h

DOMINGO PADARIA DO GALO x PAULISTÃO x

DIA 11/05 14h 16h

Domingo PAULISTÃO x RODAF x

Campo: Itapeva clube TAQUARIVAI GUARANI

DIA 18/05 14h 16h

DOMINGO KAXETÃO x SPARTAKS x

Campo: Itapeva clube VILA BOAVA VR / VA

DIA 25/05 14h 16h

SEMI FINAIS DOMINGO Campo: Itapeva clube Jogo 1 2º A colocado x 1º B colocado Jogo 2 1º A colocado x 2º B colocado

DIA 01/06 16h

FINAIS Domingo Campo: ITAPEVA CLUBE Jogo 3 Venc. Jogo 1 x Venc. Jogo 2

Grupo A BOM BOI TAQUARIVAI RODAF PAULISTÃO GUARANI

Grupo B KAXETÃO SPARTAKS PADARIADO GALO VR / VA VILA BOAVA

TABELA

Campo: Itapeva clube GUARANI SPARTAKS

Campo: Itapeva clube VILA BOAVA BOM BOI

jogo e graças ao trabalho delas nós conseguimos a vitória.  IN - Qual será o maior desafio para vocês daqui para frente? Marcus - Nós não sabemos ainda o que virá das outras chaves, porque teoricamente já estamos classificados, mas precisamos aguardar os resultados das outras chaves. Ainda tem Avaré, Pilar do Sul e Capão Bonito, que sabemos que são equipes que têm um trabalho forte no feminino. Vamos então analisar as equipes para ver como vamos jogar.  IN - Itapeva está se preparando para mais vitórias então? Marcus - Sim, claro, nós entramos com o intuito de sermos campeões. Acho que todo mundo quando entra num campeonato tem essa meta. Às vezes acontece, às vezes não. Lógico, nós sabemos que apenas uma equipe será campeã e esperamos que seja a nossa. 

Inscrições Abertas Campeonato Amador de Futebol Estão abertas as inscrições para a participação do Campeonato Amador de Futebol, que se encerram no dia 31. Poderão participar equipes na categoria masculino adulto. Não há taxa de inscrição, porém é necessário o pagamento da taxa de arbitragem no valor de R$ 60,00 (por equipe e por jogo). O Congresso Técnico acontece no dia 31, às 19h, na Secretaria de Esportes, na Vila Isabel. Amadorzinho de Futebol Teve início no dia 10 e se encerram no dia 31 as inscrições para o Campeonato Amadorzinho de Futebol nas categorias Sub 15, Sub 13 e Sub 11. Não há taxa de inscrição e a arbitragem custa R$ 20,00. O Congresso Técnico acontece no dia 02 de abril, às 19h, na sede da Secretaria. Copa Cidade de Itapeva de Futsal As inscrições para a Copa Cidade de Itapeva de Futsal vão até o dia 27 para equipes interessadas em participar do masculino adulto. A taxa de arbitragem será de R$ 50,00 (por equipe e por jogo). O Congresso Técnico acontece no dia 28 de março, às 19h, na sede da SEMJEL. Serviço: Rua Carmino Farina, 172, Vila Isabel Fones: 3522-3967 ou 3521-7246.

Agenda esportiva Dia: 15/03 – Sábado Copa Verão de Itararé Ginásio Municipal Pelissari – Itararé 15h - Basquete Masculino – Itapeva X (Itaberá ou Buri) 15h30 – Vôlei Feminino – Itapeva X Itararé Dia: 16/03 – Domingo Copa São Paulo de Karatê – Cotia /SP Dia: 18/03 – Terça-Feira – Capão Bonito Copa TV Tem de Futsal 2014 Ginásio Municipal de Capão Bonito 20h – Feminino – Ribeirão Branco X Itapeva 20h30 – Masculino – Capão Bonito X Itapeva


4D

14 de marรงo de 2014


SUPLEMENTO ESPECIAL DO JORNAL ITA NEWS

Sexta-feira, 14 de março de 2014

14 de março, dia mundial do sono Os efeitos milagrosos de um sono reparador Sentindo-se menos alerta hoje? Buscando aquele copo extra de café para ficar acordado? Seus hábitos de saúde e sono podem estar contribuindo para um sono insuficiente e de má qualidade, o que pode levar a outros problemas de saúde. Na sexta-feira, 14 de março, 2014, será comemorado o Dia Mundial do Sono em todo o mundo. Este evento anual é uma celebração do sono e um convite para discussão sobre assuntos importantes relacionados ao sono. A campanha, encampada pela Academia Brasileira de Neurologia, leva o tema: “Sono Restaurador, Boa Respiração, Corpo Saudável”, uma mensagem “três em um” que ressalta os fatores de risco ??para a síndrome da apnéia obstrutiva do sono que podem ser prevenidos. Vamos dar uma olhada em cada ponto do slogan deste ano. Sono Restaurador Como você sabe se você está tendo um sono restaurador? Um sono bom e restaurador deve ser contínuo e ininterrupto, profundo e com duração adequada. Se você consegue ter todos essas características, você deve sentir-se descansado e alerta durante todo o dia. Se estiver faltando um ou mais desses elementos, a sua concentração, produtividade, atenção e alerta irão sofrer. Você pode apresentar sonolência diurna, e esse sintoma pode ser perigoso e levar a acidentes automobilísticos. Boa respiração Pessoas com a síndrome da apneia obstrutiva do sono podem não perceber quantas vezes estão acordando durante a noite, mas se a sua via aérea não está suficientemente aberta, você não está tendo um sono bom. “Quando a respiração durante o sono é um esforço, a qualidade do sono é reduzida”, diz

www.worldsleepday.org. Este ano, a WASM está enfatizando os fatores de risco da síndrome da apnéia obstrutiva do sono que podem ser prevenidos com o slogan “Sono Restaurador, Boa Respiração, Corpo Saudável”. Você pode participar do Dia Mundial do Sono tornando-se um representante. No ano passado, os representantes do Dia Mundial do Sono trabalharam localmente para difundir o conhecimento acerca dos problemas de sono realizando eventos especiais, criando e distribuindo folhetos e panfletos sobre sono, realizando eventos escolares para crianças, fazendo vídeos promocionais e traduzindo materiais do Dia Mundial do Sono para outras línguas. Para mais informações sobre o Dia Mundial do Sono, incluindo os recursos adiciona is d e m íd ia , v á pa ra www.worldsleepday.org.

Antonio Culebras, médico, professor de neurologia da SUNY, Upstate Medical University em Syracuse, Nova York e co-presidente do Comitê do Dia Mundial do Sono. Um dos fatores de risco mais importantes para a síndrome da apneia obstrutiva do sono é estar acima do peso. O acúmulo extra de gordura nas vias aéreas superiores pode reduzir a abertura da garganta, enquanto um abdômen grande pode interferir com o funcionamento do diafragma. Estudos recentes têm mostrado que a perda de peso, por si só, pode reduzir a apneia do sono em algumas pessoas acima do peso. Outro fator de risco para a apneia do sono inclui o tabagismo, que pode piorar a obstrução nas vias aéreas superiores. Parar de fumar pode reduzir a apneia do sono e prevenir as

complicações da sonolência diurna. Em crianças, o aumento das amígdalas pode promover apneias e sua remoção pode ser o tratamento. Corpo Saudável Tornar-se saudável não apenas leva a um sono melhor – o mesmo princípio funciona inversamente. Um sono melhor leva a uma saúde melhor. Estar alerta e descansado pode fazer você se sentir mais motivado para se exercitar regularmente e comer de forma saudável, enquanto a falta de sono pode deixar você se sentindo sonolento e cansado demais para se mover. Além disso, estudos têm demonstrado que a falta de sono por apenas alguns dias perturba os níveis hormonais e metabólicos, resultando em aumento do apetite e ingestão de calorias. Dia Mundial do Sono 2014 O Dia Mundial do Sono é organizado pela Associação Mundial de Medicina do Sono (WASM), uma associação internacional cuja missão é promover a saúde do sono em

todo o mundo. Para passos práticos para iniciar a sua jornada em d ireção a um

sono de qualidade, confira os 10 Mandamentos do Sono da WASM encontrados no site

Acontece Comunicação e Notícias (11) 3873.6083 / 3871.2331 Kelly Silva ou Patrícia Boroski acontece@acontecenoticias.com.br www.acontecenoticias.com.br


2 Saúde

14 de março de 2014

Santa Casa reúne gerentes para apresentar novo programa de informática hospitalar O intuito é melhorar a qualidade dos serviços e inovar a tecnologia digital utilizada na Instituição A Santa Casa de Itapeva tem a missão de proporcionar aos seus clientes e a comunidade, ações com qualidade e responsabilidade social, assegurando o desenvolvimento profissional de seus colaboradores. E para isso, uma das visões de organização hospitalar almejada pela administração são as novidades que visam a excelência no ambiente hospitalar. De acordo com o superintendente, Aristeu de Almeida Camargo Filho, a Santa Casa já tra-

balha há alguns anos com um sistema de gestão e utilização de Prontuários Eletrônico do Paciente, mas o objetivo é ampliar esse sistema e melhorar a qualidade dos serviços prestados pela Santa Casa. “Acredito que as ferramentas digitais que visam a excelência no atendimento hospitalar em um curto espaço de tempo já não será nenhuma novidade, mas primeiro é preciso saber como funciona, e se é possível trazer para a nossa realida-

de da Santa Casa e para isso, convidamos a empresa que é referência no mercado”, frisa Aristeu. Na ocasião, os diretoresexecutivo da empresa Input, Sr. Edson da Silva Leite e a Sra. Neide da Silva Leite, ambos experientes no mercado em administração hospitalar fizeram a apresentação dos sistemas que são utilizados em hospitais de grandes centros, destacando alguns pontos do sistema que visa a resolutividade em saúde. Dentre as novidades apresentadas, por exemplo, foi mostrado como é feito o controle de administração e checagem de medicamentos, controle de visitas, controle de leitos, controle de exames de imagem, cirurgia segura, onde há dados que possibilitam maior segurança tanto para o paciente como para o profissional médico, sistema de prontuário com diversas informações do paciente, sistema de voz e senha eletrônica, entre outros.

Na oportunidade, a diretor da Input, Sr. Edson destacou que a empresa está no mercado há 25 anos e investe constantemente em inovação para a gestão de pequenas, médias e gran-

des empresas. “Fazemos tudo para que as organizações consigam administrar de maneira eficaz e com maior segurança as suas informações”. Ao final, os gerentes e super-

visores dos diversos setores da Santa Casa fizeram perguntas e esclareceram dúvidas de como utilizar os serviços de informática e adaptar na rotina do seu dia-a-dia no Hospital.

Cuidados com a postura são essenciais até durante a leitura de um livro Especialista do ITC Vertebral Ribeirão dá dicas sobre como tornar o momento ainda mais saudável e agradável Ler é uma atividade extremamente necessária para o equilíbrio entre o corpo e a mente. Na velocidade atual dos acontecimentos da vida em sociedade, configura como um instante de relaxamento e conhecimento. Porém, é necessária uma posição adequada e confortável durante a prática, que não leve a lesões na coluna vertebral. O fisioterapeuta Giuliano Martins, diretor regional da Associação Brasileira de Rea-

bilitação de Coluna (ABRColuna), proprietário do ITC Vertebral Ribeirão e ITC Vertebral Curitiba e perito judicial do trabalho, orienta as posições corretas que o leitor deve adotar: 1. Encontre uma cadeira confortável, na qual a coluna fique toda apoiada. Coloque um travesseiro entre o encosto para o suporte total, caso necessário. 2. Utilize cadeiras que permitam o apoio dos pés no chão, isso evita a sobrecarga da parte inferior da coluna. 3. A mesa deve estar de acordo com a sua altura, de maneira que os braços formem um ângulo de 90 graus quando apoiados. 4. Prefira ambientes claros. A falta de luz adequada prejudica os olhos. 5. Deixe sempre os ombros relaxados. 6. Caso seja possível, utilize um suporte para o livro com inclinação de 40 graus. É ideal para evitar dores no p es co ço .

Na falta do equipamento, procure fazer exercícios inclinando a cabeça para cima e para baixo, de um lado e para o outro, contudo, sem forçar. 7. Faça intervalos de 10 a 15 minutos a cada duas horas de leitura. Movimente os braços e, principalmente, as pernas. Segundo Giuliano Martins é indispensável, também, encontrar um ambiente calmo e tranquilo, livre de ruídos e arejado para a prática da leitura diária. Confira mais orientações em www.itcvertebralribeirao. c om . b r /m e d i a /u p l o ad / cartilha.pdf Sobre o ITC Vertebral Fundado pelo fisioterapeuta Helder Montenegro, presidente da Associação Brasileira de Reabilitação de Coluna (ABRColuna) e reconhecido como um dos maiores especialistas em tratamento de coluna no Brasil, o Instituto de Tratamento da Coluna Vertebral iniciou suas atividades em 2005, em Fortaleza (CE). Em apenas dois anos foram mais de 700 pacientes tratados, com êxito, pelo método RMA. Tais resultados alcançaram grande projeção e o ITC Vertebral passou a receber pacientes de todo o Brasil. Com o aumento da demanda, o ITC Vertebral decidiu formatar a primeira franquia em fisioterapia do país e, em 2007, deu início à uma expansão que já contabiliza 70 unidades no país. Capitais como São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, por exemplo, já contam com mais de uma unidade do

Instituto. O ITC Vertebral é afiliado à ABF (Associação Brasileira de Franquias). Em 2010, foi ranqueado pela Revista Pequenas Empresas Grandes Negócios em primeiro lugar no quesito crescimento econômico e terceira posição em satisfação dos franqueados que, juntos, já trataram mais de 4 mil pacientes. Por conta do reconhecido trabalho, o ITC Vertebral recebeu convites para demonstrar seus resultados no México, Inglaterra, Holanda, Portugal, Argentina, Chile e Venezuela, países que estão em vias de instalar unidades do Instituto.

Serviço ITC Vertebral (Instituto de Tratamento da Coluna Vertebral) Avenida Presidente Vargas, 2121 sala 2401 Edifício Times Square. Telefone (16) 3623 3248 Site : www.itcvertebralribeirao.com.br


3 Saúde

14 de março de 2014

Vacinação contra HPV começou nesta segunda-feira em escolas e postos de saúde Cerimônia realizada em escola de São Paulo marcou o início da vacinação no país. A meta é vacinar 80% do público-alvo, formado por 5,2 milhões de meninas de 11 a 13 anos, em 2014. O vírus HPV é a principal causa do câncer do colo de útero A presidenta da República, Dilma Rousseff, e o ministro da Saúde, Arthur Chioro, participaram nesta segunda-feira (10), em São Paulo, da cerimônia de lançamento da vacinação contra HPV, que será realizada nos postos de saúde e em escolas públicas e privadas de todo o país. A meta do Ministério da Saúde é vacinar 80% do público-alvo, formado por 5,2 milhões de meninas de 11 a 13 anos, em 2014. Durante a cerimônia, que aconteceu no Centro de Ensino Unificado Professora Elisabeth Gaspar Tunala - Butantã, a presidente Dilma Rousseff ressaltou a importância da vacinação, lembrando que vírus HPV é a principal causa do câncer do colo de útero, terceiro tipo mais frequente entre as mulheres. “Hoje estamos adotando uma medida de saúde pública para garantir às meninas uma vida saudável. Cada menina tem sua individualidade, mas é obrigação do Estado proteger todas elas”, afirmou a presidenta. A presidenta Dilma também destacou a importância da parceria entre o Ministério da Saúde e o Instituto Butantan para o desenvolvimento da vacina. “Esta parceria, além de garantir proteção à saúde das meninas, assegura o emprego de muitos brasileiros”, observou a presidenta. O ministro Arthur Chioro também ressaltou a importância da vacina para proteger às meninas contra o HPV e reafirmou a necessidade de que todas as doses sejam aplicadas. “Não adianta tomar apenas uma dose. Para garantir proteção, é preciso tomar as três doses, inclusive a terceira, daqui a cinco anos”, afirmou o ministro. Ele lembrou que a meta do Ministério da Saúde é imunizar 80% das meninas para garantir uma maior cobertura vacinal. “Estudos australianos indicaram que os meninos passaram a ser protegidos, indiretamente, com a vacinação do grupo feminino. Naquele país, houve drástica redução da transmissão do HPV entre homens,

após a introdução da vacina”, observou o ministro. ESCOLA - O Ministério da Saúde recomenda que a primeira dose (de um total de três) seja aplicada nas escolas públicas e privadas que aderiram à estratégia. A vacina – que passa a integrar o calendário nacional - também estará disponível nas 36 mil salas de vacinação da rede pública de saúde durante todo o ano. A segunda será aplicada com intervalo de seis meses e a terceira, de reforço, cinco anos após a primeira dose. As secretarias municipais de Saúde foram orientadas a programar a vacinação nas escolas a partir desta segunda-feira (10). As instituições de ensino devem informar, com antecedência, aos pais ou responsáveis a data de vacinação. Tanto no ambiente escolar como nos postos de saúde, a vacina será aplicada por profissionais de saúde. Os pais ou responsáveis que não quiserem que a adolescente seja vacinada deverão preencher e enviar à escola o termo de recusa distribuído pela instituição de ensino antes da vacinação. No caso das unidades de saúde, é importante que a adolescente apresente a caderneta de vacinação. Para assegurar a aplicação das três doses, o serviço de saú-

de vai registrar cada adolescente imunizada, monitorar a cobertura vacinal e realizar, se necessário, a busca ativa das meninas. ESQUEMA VACINAL - O esquema adotado pelo Ministério da Saúde é chamado de “estendido” e composto por três doses. Recomendado pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS/ OMS) e utilizado em países como Canadá, México, Colômbia e Suíça, o modelo garante maior duração da proteção fornecida pela vacina. Ao iniciar a imunização, seja na escola ou no posto de saúde, a adolescente receberá orientações sobre a administração da segunda dose, que ocorrerá na unidade de saúde. Neste ano, serão vacinadas meninas de 11 a 13 anos. Em 2015, a vacina passa a ser oferecida para as adolescentes de 9 a 11 anos e, em 2016, às meninas que completam nove anos. Com isso, o Brasil, em apenas dois anos, protegerá a faixa etária (meninas de 9 a 13 anos) que melhor se beneficia da proteção da vacina. PROTEÇÃO - O Ministério da Saúde adquiriu 15 milhões de doses para o primeiro ano de vacinação. A vacina utilizada é a quadrivalente, que confere proteção contra quatro subtipos (6, 11,

16 e 18) do HPV, dos quais dois (subtipos 16 e 18) são responsáveis por cerca de 70% dos casos de câncer de colo do útero em todo mundo. Usada como estratégia de saúde pública em 51 países, a quadrivalente é recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e tem eficácia de 98% contra o vírus HPV. A vacinação é o primeiro de uma série de cuidados que a mulher deve adotar para a prevenção do HPV e do câncer do colo do útero. Ela não substitui a realização do exame preventivo e nem o uso do preservativo nas relações sexuais. O Ministério da Saúde orienta que mulheres na faixa etária dos 25 aos 64 anos façam o exame preventivo, o Papanicolau, a cada três anos, após dois exames anuais consecutivos negativos. CAMPANHA – O Ministério da Saúde iniciou, neste sábado (8), veiculação da campanha publicitária para orientar a população sobre a importância da prevenção contra o câncer do colo de útero em TV, rádios e jornais. Com o tema “Cada menina é de um jeito, mas todas precisam de proteção”, as peças convocam as adolescentes para se vacinar e alertam as mulheres sobre a prevenção. As informações são veicula-

das por meio de cartazes, spot de rádio, filme para TV, anúncio em revistas, outdoors e campanhas na internet, especialmente nas redes sociais. O investimento do Ministério da Saúde na campanha publicitária é de R$ 20 milhões. PRODUÇÃO NACIONAL - Para a produção da vacina contra o HPV, o Ministério da Saúde firmou Parceria para o Desenvolvimento Produtivo (PDP) com o Instituto Butantan e o laboratório privado Merck Sharp & Dohme (MSD). Será investido R$ 1,1 bilhão na compra de 41 milhões de doses da vacina durante cinco anos – período necessário para a total transferência de tecnologia ao laboratório brasileiro. A PDP possibilitou uma economia estimada de R$ 83,5 milhões na compra da vacina em 2014. O Ministério da Saúde pagará R$ 31,02 por dose, o menor preço já praticado no mercado. O HPV é um vírus transmiti-

do pelo contato direto com pele ou mucosas infectadas por meio de relações sexuais. Por tratar-se de um vírus que se transmite com muita facilidade, considera-se que o HPV seja a infecção sexualmente transmitida mais comum no mundo, com quase todas as pessoas sexualmente ativas tendo contato com o vírus em algum momento da sua vida. Na grande maioria, o HPV cura-se espontaneamente, mas em algumas mulheres eles produzem lesões que podem desencadear o câncer de colo do útero. O HPV também pode ser transmitido da mãe para filho no momento do parto. Estima-se que 270 mil mulheres, no mundo, morrem devido ao câncer de colo do útero. No Brasil, o Instituto Nacional do Câncer estima o surgimento de 15 mil novos casos e cerca de 4,8 mil óbitos nesse ano. Por Carlos Américo, da Agência Saúde

Campanha de Intensificação na Tuberculose Até o dia 15 de março, a Secretaria Municipal da Saúde de Itapeva estará realizando a Intensificação na busca da Tuberculose. A campanha tem por objetivo incentivar o diagnóstico precoce, através de um simples exame de escarro (catarro) e orientação a toda população sobre os sintomas da doença. A Tuberculose ainda é uma doença de alta incidência, principalmente no Estado de São Paulo. Anualmente ainda morrem 4,5mil pessoas ano por tuberculose, sendo que esta tem tratamento e cura. O principal sintoma é a tosse (com ou sem catarro) há

mais de 2 semanas, além, febre e suor excessivo no final da tarde e a noite, falta de apetite, emagrecimento, dor no corpo e cansaço extremo, falta de ar e dor no peito ao respirar. Estima-se que em Itapeva existam em média 36 novos casos a cada ano. Porém, este ano só foram diagnosticados 05 novos casos. O diagnostico é realizado pelo exame de escarro, coletado em todas as Unidades de Saúde. Itapeva possui um laboratório municipal especializado para realização deste exame, sob responsabilidade da farmacêutica Lúcia M. de Almeida, ela e sua equipe estão de pronti-

dão para garantir o resultado o mais rápido possível. Já o tratamento é realizado no SAE – Serviço de Assistência Especializada em parceria com a Unidade de Saúde mais próxima. O tratamento é realizado por medicamento oral por um período de 6 meses e garante a cura da doença. Todas as pessoas que estão com tosse há mais de duas semanas devem realizar este exame, para fazê-lo basta ir a qualquer unidade de saúde, das 07 as 17hs e solicitar, o exame é coletado na mesma hora, independente da campanha, o exame é coletado todos os dias nas unidades de saúde.

Tuberculose mata e tem cura. Secretaria Municipal da Saúde de Itapeva Karen Grube GlausereGerente Técnica do SAE-MI


4 Saúde

14 de março de 2014

O sono da criança contribui com a sua saúde O sono, função fisiológica de grande importância para a criança, contribui na sua saúde como um todo. A boa qualidade de sono é aquela que supre as necessidades no que toca à quantidade de horas dormidas, com a criança acordando sem dificuldades, e permite que, no período seguinte de vigília, ela sinta-se descansada e em boas condições de funcionamento mental, com desempenho satisfatório de suas funções cognitivas de memória e atenção. Distúrbios relacionados ao sono Nas crianças pequenas, doenças como otites, distúrbios respiratórios, ou outras que provoquem dor e desconforto podem afetar o sono por tempo limitado. A alergia ao leite de vaca causa despertares frequentes, com ciclos de sono curtos. A doença do refluxo gastro-esofágico costuma acordar a criança por dor, e a dor é aliviada quando se retira a criança do berço. A Síndrome de apnéia / hipopnéia do sono é causada principalmente por patologias ot orrinoló gicas ou por obesidade, que levam a criança a apresentar apneia e/ou hipopnéia, alterando a arquitetura do sono e prejudicando até mesmo o rendimento escolar. A prevenção consiste no diagnóstico e tratamento dessas afecções médicas que têm repercussão no sono. 

Adotar um ritual para dormir de acordo com a dinâmica familiar, sendo prazeroso para todos. Como regra de ouro: a criança deve habituar-se a adormecer sem a presença dos pais. Assim, quando ela acordar durante a noite, terá habilidade para adormecer sem a ajuda dos pais.

Orientações gerais para prevenção de distúrbios de sono: O s ono é um proce sso aprendido, associado ao ritmo do dia e da noite e às condutas dos familiares em relação às rotinas para o sono da criança. É interessante que se repita um mesmo horário para dormir diariamente. O organismo se habitua aos horários, que se tornam rotina. As crianças são sensíveis às rotinas estabelecidas, trazendo para eles tranqüilidade para dormir. Devem-se evitar ativida-

des que excitem a criança perto da hora de dormir; como exemplo: visitas, brincadeiras, som alto, televisão, entre outros. Desencorajar o hábito de dormir na cama dos pais, pois assim seu filho se habituará a só adormecer na presença dos pais. Esta atitude, no início parece facilitar o sono da criança, mas traz muito trabalho para ser retirada. É aconselhável que o bebê seja exposto à claridade do sol entre as 10h e às 15h; marcar a diferença entre a claridade do dia e o escuro da noite favor ece a consol idação do

sono noturno; Em nosso meio, é freqüente o hábito de oferecer mamada durante a noite. A criança que já teria condições de amadurecimento de seu relógio biológico para uma noite de sono consolidado pode passar a despertar em virtude do ritmo de fome que se estabelece, pois ela se habitua a despertar naqueles horários. Portanto, a orientação deve ser de eliminar a alimentação durante a noite. Dormir no ambiente escuro é o mais adequado; Eliminar desconforto físico (dor, temperatura ambiente);

O ambiente deve ser confortável, agradável, familiar e sem ruídos; Evitar utilizar o berço para brincadeiras e alimentação durante o dia;

Dra. Lucia Thomaz - Pediatra


Jornal Ita News - Edição 776