Page 1

MESTRADO TERRITÓRIOS METROPOLITANOS CONTEMPORÂNEOS 2011/2012 1ª Edição Ana Vaz Milheiro Gonçalo Sousa Byrne Delfim Sardo João Ferreira Nunes José Luís Saldanha Maria João Gamito Paulo Tormenta Pinto Vasco Moreira Rato

www.dau.iscte.pt


O programa de Mestrado em Territórios Metropolitanos Contemporâneos apresenta-se como uma plataforma de análise, experimentação e interpretação dos fenómenos contemporâneos que orientam o debate em torno das dinâmicas metropolitanas, mediante a convocação da Arquitectura, da Arquitectura Paisagista e da Arte Pública, necessariamente contextualizadas em termos sociais, políticos e económicos.


Imagem: Paulo Tormenta Pinto


Entendida como conceito eminentemente cultural, a paisagem, resulta de múltiplas intervenções desencadeadas determinantemente por arquitectos, arquitectos paisagistas e artistas que reflectem e integram novas estratégias de produção (do espaço também) e novas realidades demográficas.

Neste sentido, o território em geral e o território metropolitano contemporâneo mais especificamente focado neste ciclo de estudos caracteriza-se necessariamente pela construção e especificidade da sua paisagem e pelo entendimento do metropolitanismo como fenómeno que surge da necessidade de ultrapassar os limites da condição urbana tradicional, mediante a exploração de territórios híbridos, construídos na porosidade de fronteiras já distantes da dicotomia funcional entre centro e periferia. Considerando que reflectir sobre Territórios Metropolitanos Contemporâneos é entender também a sua dimensão patrimonial na tripla valência de Arquitectura, Arquitectura Paisagista e Arte Pública, este programa tem como objectivos gerais: garantir uma formação transdisciplinar incidente em diferentes práticas de criação, experimentação e teorização, articuladas, conceptual e operativamente em torno de três ramos: Arquitectura, Arquitectura Paisagista e Arte Pública

aprofundar conhecimentos teóricos e teórico-práticos tendo em vista a consolidação de competências inscritas em actividades de criação e investigação integradas nos domínios da Arquitectura, da Arquitectura Paisagista e da Arte Pública contemporâneas, em cada uma das áreas de especialização do curso; promover o desenvolvimento de metodologias de criação e investigação arquitectónica, artística e científica; desenvolver dispositivos e metodologias de divulgação da investigação realizada; consolidar a presença o Departamento de Arquitectura e Urbanismo na transversalidade das áreas científicas do ISCTE-IUL, nomeadamente nas áreas científicas da Economia, da Antropologia e da Sociologia; promover parcerias com entidades de referência nacionais e internacionais nestas áreas de especialização, tanto no plano da mobilidade educativa, como no contexto dos projectos de investigação a ela associados.


Imagem: Paulo Tormenta Pinto


OBJECTIVOS DOS ESTUDOS COMPLEMENTARES

OBJECTIVOS DOS ESTUDOS ESPECIALIZADOS

garantir uma formação científica específica em Cultura Metropolitana Contemporânea, Espaço Público na Cidade Contemporânea e Gestão e Produção do Projecto, entendidas como domínios complementares e comuns às diversas áreas de especialização;

garantir as competências necessárias ao desenvolvimento de projectos, arquitectónicos, artísticos e científicos autónomos em cada um dos ramos da especialização;

garantir espaços de apresentação e discussão de temas, de orientação individualizada de acordo com a natureza de cada projecto;

promover, na unidade curricular de Projecto, entendida fundamentalmente como espaço de ensaio e experimentação, a aproximação conceptual e operativa ao tema a desenvolver na dissertação.

garantir a consolidação de metodologias de investigação indispensáveis quer no desenvolvimento das restantes unidades curriculares, quer na preparação e elaboração da Dissertação.

Imagens: Paulo Tormenta Pinto


ÁREAS CIENTÍFICAS DO CURSO E RAMOS DE ESPECIALIZAÇÃO O MTMC estrutura-se em torno de três ramos fundamentais (Arquitectura, Arquitectura Paisagista e Arte Pública), procurando-se estabelecer, em cada um dos ramos, um desenvolvimento disciplinar aprofundado, passível de ser cruzado com a estrutura genérica do curso, que elege o laboratório de projecto como local de convergência de todas as reflexões.

RAMO DE ARQUITECTURA ÁREA CIENTÍFICA

CRÉDITOS

Arquitectura

93

Teoria e História da Arquitectura e do Urbanismo

15

Tecnologias da Arquitectura

6

Outras

6

TOTAL

120

RAMO DE ARQUITECTURA PAISAGISTA ÁREA CIENTÍFICA

CRÉDITOS

Arquitectura

93

Teoria e História da Arquitectura e do Urbanismo

15

Tecnologias da Arquitectura

6

Outras

6

TOTAL

120

RAMO DE ARTE PÚBLICA ÁREA CIENTÍFICA

CRÉDITOS

Arquitectura

30

Arte Pública

63

Teoria e História da Arquitectura e do Urbanismo

15

Tecnologias da Arquitectura

6

Outras

6

TOTAL

120


Imagem: Paulo Tormenta Pinto

DESTINATÁRIOS

CALENDÁRIO

Arquitectos, Arquitectos Paisagistas, Artistas, Geógrafos, Urbanistas, Designers, Sociólogos, Antropólogos, Historiadores

Candidaturas – 3 de Janeiro a 28 de Fevereiro de 2011

. CONDIÇÕES DE ACESSO

Calendário lectivo - 3 de Maio a 31 de Julho de 2011 Aulas – 2ª a 6ª feira, no período da tarde Entrega da dissertação – 1ª fase – 30 de Junho de 2012; 2ª fase – 30 de Setembro de 2012

Grau de licenciatura, CANDIDATURAS COMPETÊNCIAS PROFISSIONAIS DE SAÍDA Competências para integrar equipas multidisciplinares de análise e intervenção em territórios metropolitanos e espaço público. PROPINAS O valor das propinas é de 3.500 Euros e inclui o custo da dissertação ou trabalho final de projecto.

De 3 de Janeiro a 28 de Fevereiro de 2011, mediante a entrega da seguinte documentação: - Certidão de licenciatura - Curriculum Vitae - 2 fotografias - Cópia do Bilhete de Identidade - Cópia do Cartão de Contribuinte - Outra documentação relevante (facultativo)


O programa de mestrado, em todas as suas áreas de especialização, estrutura-se em torno de um laboratório de projecto, para onde convergem todas as temáticas abordadas no curso e o seu plano de estudos desenvolve-se em dois anos lectivos, ou quatro semestres curriculares de trabalho, aos quais correspondem 120 ECTS. COORDENAÇÃO CIENTÍFICA Ramo Arquitectura: Paulo Tormenta Pinto (Director Científico do Programa) Ramo Arte Pública: Maria João Gamito Ramo Arquitectura Paisagista: João Ferreira Nunes

O período lectivo decorre em 3 meses (entre Maio e Junho), em regime intensivo. Aos alunos que obtenham aproveitamento nas unidades curriculares da componente lectiva (60 ECTS) é atribuído um diploma de estudos pós-graduados e aos alunos que obtenham aproveitamento na dissertação ou trabalho final de projecto é atribuído o diploma de grau de mestre em Territórios Metropolitanos Contemporâneos (120 ECTS).


RAMO: ARQUITECTURA 1º ANO UNIDADES CURRICULARES Projecto sobre os Territórios Metropolitanos Contemporâneos I

CRÉDITOS 12

Cultura Urbana Contemporânea

3

Pensamento Arquitectónico Contemporâneo

6

Metodologias de Investigação sobre os Territórios Metropolitanos Contemporâneos

3

Seminário sobre os Territórios Metropolitanos Contemporâneos I

6

Projecto sobre os Territórios Metropolitanos Contemporâneos II

12

Espaço Público na Cidade Contemporânea

6

Arquitectura – Intervenções contemporâneas (estudo de casos)

6

Seminário sobre os Territórios Metropolitanos Contemporâneos II

6

2º ANO UNIDADES CURRICULARES

CRÉDITOS

Gestão e Produção de Projecto sobre os Territórios Metropolitanos Contemporâneos

6

Seminário de orientação sobre arquitectura (os Territórios Metropolitanos Contemporâneos)

3

Dissertação em Territórios Metropolitanos Contemporâneos, ramo de Arquitectura ou Trabalho de projecto em Territórios Metropolitanos Contemporâneos, ramo de Arquitectura

51


RAMO: ARQUITECTURA PAISAGISTA 1º ANO UNIDADES CURRICULARES Projecto sobre os Territórios Metropolitanos Contemporâneos I

CRÉDITOS 12

Cultura Urbana Contemporânea

3

Teorias da Paisagem Contemporânea

6

Metodologias de Investigação sobre os Territórios Metropolitanos Contemporâneos

3

Seminário sobre os Territórios Metropolitanos Contemporâneos I

6

Projecto sobre os Territórios Metropolitanos Contemporâneos II

12

Espaço Público na Cidade Contemporânea

6

Arquitectura Paisagista – Intervenções contemporâneas (estudo de casos)

6

Seminário sobre os Territórios Metropolitanos Contemporâneos II

6

2º ANO UNIDADES CURRICULARES

CRÉDITOS

Gestão e Produção de Projecto sobre os Territórios Metropolitanos Contemporâneos

6

Seminário de orientação em Arquitectura Paisagista

3

Dissertação em Territórios Metropolitanos Contemporâneos, ramo Arquitectura Paisagista ou Trabalho de projecto em Territórios Metropolitanos Contemporâneos, ramo Arquitectura Paisagista

51


RAMO: ARTE PÚBLICA 1º ANO UNIDADES CURRICULARES Projecto sobre os Territórios Metropolitanos Contemporâneos I

CRÉDITOS 12

Cultura Urbana Contemporânea

3

Temas de Arte Pública Contemporânea

6

Metodologias de Investigação sobre os Territórios Metropolitanos Contemporâneos

3

Seminário sobre os Territórios Metropolitanos Contemporâneos I

6

Projecto sobre os Territórios Metropolitanos Contemporâneos II

12

Espaço Público na Cidade Contemporânea

6

Arte Pública – Intervenções contemporâneas (estudo de casos)

6

Seminário sobre os Territórios Metropolitanos Contemporâneos II

6

2º ANO UNIDADES CURRICULARES

CRÉDITOS

Gestão e Produção de Projecto sobre os Territórios Metropolitanos Contemporâneos

6

Seminário de orientação em Arte Pública

3

Dissertação em Territórios Metropolitanos Contemporâneos, ramo de Arte Pública ou Trabalho de projecto em Territórios Metropolitanos Contemporâneos, ramo de Arte Pública

51


Imagem: Paulo Tormenta Pinto


Escola de Tecnologias e Arquitectura Departamento de Arquitectura e Urbanismo ISCTE-IUL Avenida das Forรงas Armadas 1649-026 Lisboa Telefone +351 217 903 060 +351 217 903 066 E-mail secretariado.dau@iscte.pt http://www.iscte.pt


Imagem: Anabela Barreiro


www.dau.iscte.pt

Mestrado em Territórios Metropolitanos Contemporâneos  

Brochura do Mestrado em Territórios Metropolitanos Contemporâneos

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you