Page 1

Relatório OASIS Vila Emater – Maceió/AL Novembro de 2012.

Parceria:

Realização e Metodologia:


Introdução A possibilidade de trazer o trabalho do Instituto Elos novamente a Maceió surgiu com a realização do XXIV Congresso Pan-Americano de Arquitetos e com a possibilidade de realização de um fórum onde a metodologia da ONG fosse apresentada aos participantes do evento, de forma prática, com a realização de um Oasis. Assim surgiu o Fórum de Tecnologia Social em Arquitetura e Urbanismo. A comunidade escolhida para a realização da metodologia, conhecida como Vila Emater II, passa atualmente por um momento muito especial: após uma década de luta, está prestes a realizar o sonho de seus moradores de construir as moradias do novo conjunto habitacional, com áreas de lazer e equipamentos. As atividades do Oasis tiveram início no dia 01 de novembro, com a realização das etapas do Olhar e do Afeto e prosseguiram com a realização da etapa do Sonho no dia 10 de novembro, congregando moradores da Vila – adultos e crianças, trabalhadores da Coopvila – cooperativa de catadores da Vila, parceiros do Centro de Educação Ambiental São Bartolomeu – CEASB, vários arquitetos e estudantes de arquitetura e outros voluntários e admiradores da Vila Emater e da Coopvila . O primeiro momento ocorreu tendo por sede o prédio do CEASB, com a visita sendo realizada na Coopvila e na Vila Emater, contando com um grupo inicial de 12 pessoas. O segundo momento, do Encontro de Talentos e Sonhos, foi realizado no Espaço Cultural da Vila e contou com a participação de cerca de 35 pessoas. Nesse momento, estamos em vias de realizar o Encontro de Projeto. O presente relatório apresenta um conjunto de imagens, relato das atividades e reflexões desenvolvidas ao longo do trabalho.


Preparação Apresentação: As primeiras atividades para a formação da Caravana se deram através de conversas com representantes da ONG conhecida como CEASB, que realiza diversos trabalhos na Vila Emater há cerca de uma década, representantes da Coopvila, cooperativa fundada por catadores da comunidade, que antes trabalhavam no lixão da capital e ainda da Associação de Moradores da Vila Emater II, bem como com integrantes do Diretório dos Estudantes de Arquitetura e Urbanismo – DEAU da FAU/UFAL. Estes foram momentos de explicar a metodologia e o trabalho que seria realizado. Em dia após, tiveram início as ações do Olhar e do Afeto, com a integração entre representantes da ONG, da cooperativa e da associação, estudantes de arquitetura, arquitetas e admiradores do trabalho da Coopvila. Esse momento começou com a formação da roda em torno do totem de beleza disposto sobre o chão do local do encontro, de modo que todos pudessem se ver e ver o que havia sido preparado. Em círculo, esquentamos as mãos e viramos para o lado do coração. “Ninguém é tão rico que não possa receber; ninguém é tão pobre que não possa dar”. Foi feita a apresentação sobre o nosso objetivo ali e então cada participante foi convidado a se apresentar e dizer como estava chegando. Destaque para a fala do Carlos, que mostrou todo o seu amor e encanto pelo trabalho feito na Coopvila e sua disposição para trabalhar junto. Depois que todos se apresentaram, Ana Lúcia, do CEASB, fez uma fala rápida sobre a situação especial que a vila e a cooperativa vivem hoje. Ela explicou brevemente como a Vila Emater, depois de 9 anos de muita luta, tinha finalmente adquirido o titulo de posse do terreno onde estão localizadas as moradias e como contavam agora com uma emenda parlamentar para construir as casas, tendo que iniciar a obra até 23 de dezembro. E como a Coopvila estava lutando na justiça para conseguir o aval da prefeitura para ser integrada à política de coleta municipal. E, por fim, como o projeto de sustentabilidade da vila incluía estratégias de habitação e geração de renda, em que uma coisa estava necessariamente atrelada à outra. Depois da fala de Ana Lúcia, foi feita uma breve explanação sobre a metodologia do Jogo Oasis como um jogo que busca mostrar que temos o que precisamos para construir já o mundo dos nossos melhores desejos, com especial atenção aos passos do Olhar e do Afeto, falando sobre a apreciação, a necessidade de ver além do corriqueiro das situações de aparente sujeira e violência e de procurar a abundância, aquilo que já possuímos de bom e de bonito e que podemos usar. Em seguida foram explicadas as personagens do dia – Bemvindo e Contatudo e os participantes se dividiram em duplas com cada personagem, observando os recursos que podiam usar para fazer registro: bloco, papel, lápis, caneta, hidrocor. Lemos juntos a carta de dicas do Olhar – sobre fotografias, enxergar com os vários sentidos e com a mente, observar a potência: o que algo pode ser. Após receberem a tarefa do dia – registrar ao menos 5 belezas e 5 recursos, inspirados na carta e lerem as frases de inspiração, saímos.


Olhar - percepção Na atividade do Olhar, os participantes percorreram a Vila em duplas e um trio, junto com algumas moradoras, trabalhadoras da Coopvila. Lá eles puderam registrar de formas variadas belezas e recursos e conhecer diversos lugares e pessoas. Não por acaso, a primeira parada foi a Coopvila, onde eles passaram a conhecer todo o processo de recepção, separação e prensagem do lixo.

Conheceram também o mirante belíssimo feito na Vila em parceria com seu José Gomes, um parceiro que realiza trabalho voluntário lá há algum tempo, levando uma médica amiga dele para atender os moradores e vários outros espaços, como a única creche-escola do governo que atende a vila e que os moradores lutam hoje para manter por lá, além de espaço cultural, campo de futebol etc. Passado o tempo, nos reunimos para a segunda etapa do dia e juntos lemos a carta de dicas do Afeto, sobre escuta, formas de comunicação e os talentos. Mais um morador tinha se juntado a nós: Seu Geraldo, cantador, antigo na comunidade, logo entrevistado como talento e sobre a história de vida pela Renata. As duplas saíram, então, com os convites para distribuir aos moradores para o Encontro de Talentos e Sonhos e com uma nova tarefa: encontrar ao menos 5 talentos e uma história de vida da vila.


Olhar - percepção

Humanas: Pessoas sorrindo e cheias de motivação, pessoas fazendo artesanato. Naturais: Vista, animais diversos; Construídas: Mirantes, construções com fragmentos da cidade. Música: Diversas músicas foram ouvidas na visita. Outras: Cheiro de comida.

Recursos da Vila Emater II

Belezas da Vila Emater II

Atividade na Comunidade Vila Emater II: Reconhecimento das Belezas e Recursos locais levantado

Materiais: Palets da Coopvila e tintas arrecadadas pelas cooperadas para reformar o espaço. Espaços: Coopvila, Baú de leitura, Espaço Cultural, Creche, AA, Campo de futebol. Humanos: Trabalhadores da Coopvila, Voluntários do suporte educacional (Reforço escolar e Educação para adultos) e do consultório médico.

Aprendizados do OLHAR: • Olhar nos faz ver coisas incríveis e conhecer pessoas maravilhosas. • A Vila tem uma estética toda própria, muito relacionada com o modo de vida dos moradores, com o trabalho de catador que eles desenvolvem há bastante tempo. É uma forma de construir que usa material descartado, reciclado, reaproveitado, uma arquitetura toda feita de fragmentos, que tem um charme especial e único.


Afeto - informação Atividade na Comunidade Vila Emater II: Levantamento dos talentos e histórias locais.

Seu Geraldo, cordelista e cantador “Deus acompanhe vocês”.

Aurélio, que entre outras coisas, é o namorador da Vila! (Mas diz seu Geraldo que na Vila todo mundo namora).

Che contou como os moradores lutaram durante anos, como viviam do lixão, “depois o lixão saiu e a gente ficou”. E como agora conseguiram a posse do terreno e estão pra construir o conjunto habitacional.

Espaço Cultural da Vila: feito pelos moradores, todos juntos, em mutirão.


Afeto - informação Atividade na Comunidade Vila Emater II: Reconhecimento das lideranças afetivas e s talentos da

Talentos da Vila Emater II

comunidade.

Aprendizados do AFETO: Reciclagem e teatro (Coopvila) Cantor/cordelista (Seu Geraldo) Rede de pesca (Antônia) Jóias (Jedna) Boneco de cordão (Maria Luciana) Decoração (Maria das Graças) Serventes de pedreiro (Marcos, Paulino) Pedreiro (Vado) Circo (Poliana, Poliano, Ana Paula, João Vitor) Manutenção de computador (Júnior) Artesanato e bordado (Rosiete) Músicos (Alex, Andrea) Líder comunitário (Chê)

- As pessoas da Vila Emater são um exemplo de determinação e força, de não se deixar abater diante das adversidades e de enfrentar a vida sempre com esperança. - “É bom perceber que fora da Vila Emater há pessoas que se preocupam conosco e se dispõem a nos ouvir” (Jadna – Associação de Moradores). - A Vila tem muita coisa, é muito rica.


Olhar e Afeto - síntese A colheita das impressões foi feita em 2 grupos, que tinham muita coisa pra mostrar.

Ao final, fizemos novamente a roda, com direito a esquentar as mãos e a relembrar quão rica era a comunidade que estávamos encontrando.


Sonho - reflexรฃo O momento do Sonho aconteceu na forma de um encontro comunitรกrio, o Encontro de Talentos e Sonhos, que foi realizado no dia 10 de novembro no Espaรงo Cultural da Vila.


Encontro Comunitário Data: 10.11.12 das 14 às 17h Local: ESPAÇO CULTURAL DA VILA Encontro de Talentos e Sonhos O evento iniciou com 30 minutos de atraso e contou com a presença de cerca de 35 pessoas, entre adultos, jovens e crianças da comunidade, arquitetas, estudantes de arquitetura e admiradores da Vila Emater. A programação teve início com a rápida apresentação e boas-vindas aos participantes, passando-se então a uma breve explanação sobre o Jogo Oasis e os passos dados até o momento, o Olhar e o Afeto, mostrando as belezas, recursos, talentos e histórias levantados em campo. Em seguida, os moradores foram convidados a contribuir para completar a montagem da árvore de Talentos da Vila Emater. Depois desse momento, foram iniciados os grupos de conversa para a colheita dos sonhos, tendo sempre ao fundo a trilha sonora do seu Geraldo. Ao final, após a definição dos sonhos prioritários, encerramos com uma roda e com a dinâmica de esquentar as mãos e trocar abraços.


Sonho - reflexão Atividade na Comunidade: Conversas com lideranças afetivas da comunidade e realização do Encontro de Talentos e Sonhos.

Montagem da Árvore dos Talentos

Sonhos coletivos partindo de perguntas inspiradoras


Encontro Comunitário Data: 10.11.12 das 14 às 17h Local: ESPAÇO CULTURAL DA VILA Colheita da Árvore de Talentos no Encontro de Talentos e Sonhos:

• Das Dores - artesã de mão cheia • Crianças do Coral do Baú de Leitura - Silvânia, Walquíria, Rivanilda, Gabriela, Tálisson, Talia, Gênifer, Geneci, Alan, Nadiele, Vanessa, Leonardo, Clerisvaldo, Audicélia, Wilson Júnior • Ivanildo - Servente de pedreiro e pintor • Rafael Ferreira - professor de xadrez • Ana Grasiete - faz bordado • Maria Salete - costureira prestativa • Antonio Belarmino - pedreiro • José Manoel da Silva - cavador de poço • Maria do Socorro - cozinheira e faxineira • Ana Cristina - arrumadeira • Waldir Galdino - soldador • Tanho - eletricista • Maria Carmira da Silva - cozinheira e arrumadeira • José Benedito dos Santos - reciclagem • Antonia Paula - costureira e arrumadeira • Pastoral das Crianças


Encontro Comunitário Data: 10.11.12 das 14 às 17h Local: ESPAÇO CULTURAL DA VILA Encontro de Talentos e Sonhos

Nas rodas de conversa a primeira pergunta orientadora foi: O que a Vila dos nossos sonhos deve ter? •Casa para todos •Ligação de energia nas casas •Água (encanamento para as casas) •Saneamento básico •Posto de saúde para todos •Delegacia/PM BOX •Ônibus •Escola adequada para as crianças aprenderem melhor •Biblioteca para as crianças •Quadra de esporte •Parque de diversões para todos •Mirantes nas encostas •Área de lazer para os velhinhos jogarem dominó •Praça de lazer para as crianças •Cooperativa (URGENTE) •Igreja •Salão de festa •Artesanato •Farmácia •Academia


Encontro Comunitário Data: 10.11.12 das 14 às 17h Local: ESPAÇO CULTURAL DA VILA Encontro de Talentos e Sonhos

- Onde podemos realizar esses sonhos na nossa Vila?

•Reformar o Galpão da Coopvila; •Ver lugares que não serão demolidos com a construção do conjunto.


Encontro Comunitário Data: 10.11.12 das 14 às 17h Local: ESPAÇO CULTURAL DA VILA Encontro de Talentos e Sonhos

- Que sonhos podemos realizar todos juntos em 2 dias?

• Reforma da Cooperativa • Espaço para oficina de artesanato e cursos diversos para os jovens • Lugar para as crianças brincarem


Encontro Comunitário Data: 10.11.12 das 14 às 17h Local: ESPAÇO CULTURAL DA VILA Sonhos através dos cartazes

Relatório Oasis Vila Emater - Olhar, Afeto e Sonho  

Relatório apresentando as atividades já realizadas ao longo do Oasis Vila Emater, em Maceió, AL, no caso as etapas do Olhar, Afeto e Sonho,...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you