__MAIN_TEXT__

Page 1


Es mado(a) munícipe, leitor(a) No cumprimento do primeiro mandato à frente dos des nos do concelho, ve a preocupação de, no primeiro ano, fazer um levantamento das suas reais necessidades e preparar os restantes três anos em termos de obje vos e prioridades além de manter a situação financeira da autarquia equilibrada e estável. Este será sempre um caminho a ser percorrido por este execu vo, um caminho de rigor e sustentabilidade, que nos permi rá trabalhar com segurança e ser mais arrojados nos objevos propostos. O segundo ano de mandato iniciou-se com novas obras. Aliás, quem chega por estes dias à sede de concelho, poderá já verificar a dinâmica de melhoria existente. Existem obras por todos os lados, mas este é o preço a pagar por um concelho melhor. Entre as obras realizadas no âmbito do PARU, temos já concluída uma requalificação muito importante em termos de edificado urbano, a do an-

go edi cio da Coopera va Agrícola. Este novo espaço permi r-nos-á fazer face às necessidades dos serviços da autarquia e ao mesmo tempo apoiar o movimento associa vo. Também na área da requalificação urbana da vila foram intervencionadas várias ruas. Além disso, está já adjudicada a empreitada para a requalificação do emblemá co Jardim D. Lopo Vaz de Sampaio, estando ainda a decorrer a empreitada de beneficiação das instalações do Agrupamento de Escolas de Carrazeda de Ansiães. Destaco também as obras, já terminadas, de requalificação dos edi cios de apoio das piscinas municipais descobertas, sendo esta a primeira intervenção neste espaço desde a sua construção, no início da década de 90. Temos também obras que se encontram em fase de procedimento de concurso e outras já em fase de realização sica. Para não ser exaus vo, elenco a intervenção na ligação a Areias e a ligação entre o nó do IC5 e Pombal de Ansiães, adicionando ainda a construção de uma rotunda em Pinhal do Norte. Também a rua Campo de Aviação em Carrazeda de Ansiães será a curto prazo uma realidade, aspiração an ga que deixará de ser apenas vista como promessa. Vamos ainda submeter, no próximo mês de setembro, a fundos comunitários, a candidatura da obra de requalificação do espaço público em Foz Tua. Esta é uma aldeia estratégica em termos turís cos, uma das portas de entrada no concelho e portanto, queremos que as pessoas que visitam Foz Tua possam ter boas condições e também consigam ali ter contacto com tudo aquilo que o concelho tem para oferecer, levando os turistas para o restante território. Se até agora falámos de obras e de obje vos a curto prazo, não posso deixar de referir que existem também obje vos a médio prazo e que são estruturantes para o concelho, nomeadamente, a ampliação da zona oficinal e artesanal de Carrazeda de Ansiães que, no futuro, se chamará de Parque Empresarial. Temos já concluído o seu plano de pormenor e a nossa intenção é lançar uma


candidatura, ainda este ano, para que possamos iniciar as obras infraestruturais que nos permi rão criar uma zona industrial ainda melhor, capaz de acolher o inves mento considerado fulcral para o desenvolvimento concelhio. Também o Plano Estratégico de Regadio para o Concelho de Carrazeda de Ansiães está a ser complementado com outros estudos, nomeadamente económicos, plano de inves mentos e relação de potenciais beneficiários, sendo nossa intenção protocolar com a Direcção Regional de Agricultura um acordo de parceria para, numa 1ª fase, ainda este ano, submetermos uma candidatura para construção de uma barragem e infraestrutura de regadio de modo graví co (Aproveitamento hidroagrícola da veiga/1ª fase). Ao nível do inves mento privado há sinais muito posi vos, pois temos constatado importantes inves mentos em curso, e outras intenções que nos têm sido dadas a conhecer. Neste momento, está a ser construído um hotel com um inves mento de 2,2 milhões de euros e existe também uma empresa de extração de minerais com um inves mento que ronda os dez milhões de euros, assim como diversos outros inves mentos a serem efetuados nas áreas da hotelaria, turismo e reabilitação habitacional. Na área do turismo, está a ser ul mado o Roteiro dos Miradouros, um produto diferenciador e que dará a possibilidade ao turista de ter uma visão privilegiada sobre o Douro, o Tua e o Planalto. O verão é ainda a altura do ano que traz mais pessoas ao concelho, visitantes, mas sobretudo carrazedenses que regressam para umas merecidas férias nos seus locais de origem. Sendo o concelho muito ligado à agricultura, é nesta altura que se faz a apanha da fruta e, claro, as vindimas tão apreciadas. Assim, é também nesta altura que organizamos a festa de Carrazeda de Ansiães e a Feira da Maçã, do Vinho e do Azeite. Em 2018, a feira passou a ser, não só uma mostra dos produtos da região, mas também o momento alto de divulgação e promoção do concelho. Este ano, a orientação será a

mesma. Marcada de 30 de Agosto a 1 de Setembro, a vigésima quarta edição deste certame contribuirá para consolidar um evento de referência na região. Temos a preocupação constante de criar condições para a melhoria da qualidade de vida de quem reside, trabalha ou investe no concelho, e esse obje vo mo va-nos nesta missão di cil mas que acreditamos ser possível. Sabemos também, que muitos estão disponíveis para ajudar, pois iden ficam-se com os mesmos desígnios. Contamos com todos. Um abraço amigo, João Gonçalves


Durante as sextas-feiras do mês de julho, as praças, do Município e dos Combatentes receberam o “Há Música na Praça”. Um cartaz recheado de novidades que privilegiou espetáculos variados, de cariz internacional, como a música brasileira, as danças flamencas e os animadores e bailarinos com fogo preso, oriundos de Espanha. No dia 27 de julho, para finalizar esta inicia va, o grupo do Padre Victor atuou na Praça dos Combatentes.


No dia 15 de setembro a Igreja de Santa Eufémia na Lavandeira recebeu o Quarteto em Si, um espetáculo integrado no Fes val “8 Mãos, Monumentos com Música Dentro”. Este fes val de referência na região do Douro junta a cultura musical com o património, levando um conjunto de concertos de vários es los musicais, executados a oito mãos, a imóveis classificados como Monumento Nacional ou de Interesse Público.


No dia 13 de janeiro, o auditório do CITICA recebeu os alunos da Academia Municipal de Música para mais um concerto intercalar de ano le vo. Os alunos maravilharam pais, professores e amigos com a interpretação de melodias de cariz natalício.

No dia 28 de janeiro, no auditório do CITICA, decorreu a apresentação de peça de teatro “Auto da Barca do Inferno” pela Companhia de Teatro Filandorra. Esta apresentação reves u-se da maior per nência nessa época do calendário escolar uma vez que as peças de Gil Vicente fazem parte do programa curricular da disciplina de Português.

Com esta a vidade o Município de Carrazeda de Ansiães pretende proporcionar aos alunos uma melhor compreensão dos textos de Gil Vicente assim como uma experiência lúdica, diver da e educa va.


Integrado nas comemorações do centenário do nascimento da escritora Sophia de Mello Breyner Andresen decorreu, no dia 4 de abril, no auditório do CITICA, o Conto Musical “A Menina do Mar”. Este espetáculo, direcionado aos alunos do 1º ciclo do ensino básico do Centro Escolar, foi repre-

sentado pela atriz Marina Machado e acompanhado musicalmente pelo o músico Quim Mané. Os alunos mostraram bastante interesse durante esta a vidade tendo acompanhado com entusiasmo todas as músicas interpretadas.


Nos úl mos 2 anos, o Município de Carrazeda de Ansiães tem assinalado o dia 6 de abril de 1734. Neste dia Carrazeda de Ansiães nasce como concelho e Carrazeda subs tui Ansiães como vila. Mas na prá ca qual o significado desta data e o que se sabe sobre a transferência dos Paços do Concelho de Ansiães para Carrazeda? Sabemos que a par r do séc. XVI a ausência de necessidades defensivas, a escassez de água, a inexistência de terrenos férteis e a aspereza do local ditam a gradual perda de importância da vila de Ansiães. Em 1527 o numeramento geral da população de Portugal indica que em Ansiães apenas residiam 35 moradores ao contrário do que acontecia em muitas das aldeias e lugares do seu termo onde a população excedia largamente a da vila. Este processo de despovoamento agrava-se ao longo dos séculos seguintes até que em 1734, no dia 6 de abril, por intercedência do recém-nomeado juiz de fora José Alvares d’Almeida, os Paços do Concelho e tribunal são transferidos de Ansiães para o emergente lugar de Carrazeda. Reza a história que este processo não foi pacífico tendo exis do entre os habitantes de Ansiães alguma resistência a esta mudança. Como forma de acabar com os protestos o novo juiz de fora Francisco Jus niano Ferraz de Araújo e Castro (1743-1749) manda derrubar o an go pelourinho de Ansiães acabando de vez com as pretensões dos habitantes desta an ga vila.

Fonte: “Memorias Etymologicas e Históricas do Concelho de Anciães” escrito em 1747 por Manoel de Moraes Magalhães Borges e publicado em 1857 por José Maria de Moraes da Mesquita. (….)”pelo outro os nobres e homens bons da dita vila se nham ausentado della, tendo acompanhado o senhor rei D. Sebas ão nas suas invasões a Africa, desaparecendo deste modo a acção das leis e da jus ça; o que deu logar a que alguns moradores da dita Villa e Concelho representassem a Sua Magestade a necessidade de um juiz de fora da dita vila, o que lhe foi concedido no anno de 1734, sendo primeiramente despachado o bacharel José Alvares d’ Almeida que fez conseguir a mudança de Anciães para o logar da Carrazeda, aonde mandou fazer boas cazas do Concelho com repar ções para o tribunal das Audiencias e Camara; accommodações para a rezidencia do dito juiz de fora e seus sucessores, e uma cadêas pegadas ás mesmas cazas; tudo com dinheiro que lançou aos moradores deste Concelho, na importância de 2:000$000 reis. Esta mudança porém do an go local da Villa de Anciães para o de Carrazeda não se fez sem oposição, tanto assim que o juiz de fóra Francisco Jus niano Ferraz de Araujo e Castro para desfazer e acabar com os pres gios que a an ga Vila de Anciães nha ainda para alguma gente, mandou derribar e despedaçar o an quíssimo Pelourinho, em que se achavam abertas as armas deste reino e as da mesma Vila.”


No dia 13 de abril o auditório do CITICA recebeu a peça de Teatro “Ide dar Lavagem à Porca” do Grupo de Teatro de Novelas (Penafiel). Este espetáculo encontrava-se inserido na XI Mostra de Teatro do Douro, promovida pela Associação Vale Douro. Esta foi uma apresentação muito diver da onde es veram representados múl plos quadros (rábulas) e musicais, uma peça que representou essencialmente um sá ra polí ca e social, onde os personagens são construídos e moldados com base no quo diano. As figuras picas, a classe polí ca e outras figuras mais, foram parodiadas ao longo da revista de forma jocosa, maliciosa e hilariante.

Como forma de assinalar o dia 25 de Abril, o Município de Carrazeda de Ansiães ofereceu à população do concelho um espetáculo de Ópera. Foi a primeira vez que o auditório do CITICA recebeu o Circulo de Ópera Portuense que nos presentou com uma magnífica interpretação de temas de ópera clássica pela soprano Liliana Nogueira, pelo barítono José Corvelo, tendo como pianista Lúcia Rodrigues e com a direção musical de Cristóvão Luiz.


Entre julho de 2018 e junho de 2019, o CITICA recebeu as seguintes exposições temporárias: Breve História do Parlamentarismo Português, organização Assembleia da Republica – 5 de junho a 30 de agosto Exposição de Pintura “Textura Cromá ca” de Jorge Alejandro - 8 de novembro a 7 de dezembro Exposição de Escultura e Ecolines de Sara Dionísio – 15 de dezembro a 9 de fevereiro Exposição de Fotografia - Aquedutos de Portugal, de Pedro Inácio, organização Museu da Água – 15 de fevereiro a 31 de março Exposição de Fotografia - Memória de um Olhar, de Noel de Magalhães, organização do Museu do Douro – 6 de abril a 2 de junho Exposição de Fotografia - Minhotos de Pele Salgada, de Leonel de Castro, organização Estação Imagem – 25 de abril a 10 de junho


As obras de valorização da igreja matriz da Lavandeira foram inauguradas, no dia 6 de agosto, com uma missa solene presidida por D. José Cordeiro, bispo da Diocese Bragança-Miranda. A intervenção realizada contemplou, além da reparação de várias fendas estruturais, o restauro do interior com recuperação de vários elementos decora vos salientando-se o restauro dos caixotões que compõem o tecto. Esta intervenção está integrada nas contrapar das resultantes do Aproveitamento Hidroelétrico de Foz Tua representando um inves mento total de 308 mil euros. A Direção Regional de Cultura do Norte foi a en dade responsável pela coordenação e implementação do projeto de valorização deste património. O Município de Carrazeda de Ansiães através de um protocolo recentemente estabelecido com a Fábrica da Igreja da Lavandeira compar cipou parte das obras do arranjo envolvente da referida igreja no valor de 20 mil euros.

No dia 9 de agosto foi inaugurado um novo miradouro em São Lourenço, freguesia de Pombal de Ansiães. Esta estrutura convida o visitante a entrar no Vale do Tua e permite desfrutar em pleno desta esplendorosa paisagem. A estrutura, construída em aço corten é um projeto da autoria do escultor Paulo Moura que u lizou brilhantemente a silhueta de São Lourenço como um elemento iden ficador da história deste lugar criando uma varanda panorâmica de onde se pode observar a magnífica paisagem envolvente. Desta peça escultórica sobressai o rio sinuoso, o recorte das vinhas, dos sobreiros e das oliveiras, que marcam profundamente toda esta paisagem, ao longe pode-se ainda vislumbrar o lugar de S. Lourenço com o casario espraiado pela encosta agreste.


No dia 25 de agosto foi inaugurada a Zona de Lazer do Santuário da Nossa Senhora da Graça, no lugar da Samorinha. Este espaço foi objeto de um plano de intervenção que teve como fim úl mo a valorização paisagís ca e ambiental de todo o santuário e sua área envolvente, através da reabilitação do edificado dotando-o de infraestruturas básicas à sua u lização, nomeadamente a colocação de iluminação pública, a construção de um espaço des nado a bar e instalações sanitárias e a colocação de mobiliário urbano. O projeto foi executado sem pôr em causa a sua principal caracterís ca, a de fruição da paisagem envolvente bem como a a vidade religiosa, nomeadamente, a peregrinação à Nossa Senhora da Graça.


No dia 24 de novembro foi lançado o primeiro número da Revista Memória Rural. A apresentação pública da “Revista Memória Rural” foi realizada pelo Professor Catedrá co da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, Doutor Gaspar Mar ns Pereira. A inicia va contou com a presença de mais de meia centena de pessoas, que viram surgir mais uma edição cultural na região transmontana. A edição deste primeiro número é integralmente suportada pelo Município de Carrazeda de Ansiães que apostou na via editorial para dar dimensão regional a um projeto museológico que desde há cerca de 5 anos tem vindo a ser desenvolvido no seu território concelhio. O Museu da Memória Rural, espaço que acolhe e é responsável pela criação e dinamização desta inicia va editorial, é um projeto museológico polinucleado que tem vindo a ser construído em diversas aldeias do concelho de Carrazeda de Ansiães, caraterizando-se fundamentalmente como uma ins tuição local que visa responder às necessidades de dinamização cultural e

preservação do espólio iden tário de um território. Cons tuído na atualidade por 5 núcleos museológicos dispersos por diferentes localidades do território concelhio, o Museu da Memória Rural está a ser idealizado como um projeto pioneiro na região, assentando os seus pressupostos nos princípios de uma museologia social e coesiva que pretende o envolvimento e a parcipação da comunidade num processo dinâmico de valorização dos recursos culturais do concelho. Metodologicamente, o museu aposta numa abordagem par cipacionista do património, privilegia uma visão dinâmica do passado e pugna por uma intervenção cien fica e cultural capaz de operar com metodologias de intervenção comunitárias, democrá cas e par cipa vas. É neste contexto genérico de valorização do Património Cultural e da Memória Histórica local e regional que agora surge a “Revista Memória Rural”, uma publicação impressa que tem como principal intuito fortalecer o processo de comunicação do projeto museológico, tentando dar-lhe visibilidade e dinâmica regional e nacional.


Durante a época natalícia e como forma de dinamizar e es mular as compras no comércio local, o Município de Carrazeda de Ansiães desenvolveu diversas inicia vas das quais se destacam: Concurso de Montras de Natal; Mercadinho de Natal; Sorteio de Cabazes de Natal e Chegada do Pai Natal.


No dia 8 de fevereiro, o auditório do CAECA recebeu a Campanha de Sensibilização Ambiental “Educar para uma Economia Circular” implementada pela Resíduos do Nordeste com a colaboração do Município de Carrazeda de Ansiães. Este projeto tem como obje vo a realização de ações de educação e sensibilização com enfoque nos primeiros patamares da pirâmide de resíduos (prevenção, reu lização e reciclagem). A correta u lização dos recursos afetos à gestão de resíduos, é a prioridade e visa contribuir para a criação de uma Economia Circular. Com este intuito a Resíduos do Nordeste propõe-se dar a conhecer a existência de prá cas circulares no modelo de gestão de resíduos, através do envolvimento de diversos setores, economia, biodiversidade e pessoas

No dia 9 e 16 de fevereiro decorreu no Centro de Artes de Carrazeda de Ansiães, o “Workshop de Cabeçudos e Gigantones”. Foram dois dias de intenso trabalho e em que foram ensinados todos os passos que envolvem a construção destes bonecos, desde a formação da estrutura em arame, à aplicação do papel e cartão com cola, ao conjunto de várias técnicas de formação do rosto, culminando na pintura e retoques finais. Com esta a vidade o Município de Carrazeda de Ansiães pretendeu dar a conhecer e preservar a tradição da construção destas figuras tão caracterís cas do nosso carnaval.


No dia 5 de março decorreu mais um Cortejo de Carnaval das Associações e Ins tuições organizado pelo Município de Carrazeda de Ansiães, em colaboração com a Associação de Zíngaros. Neste ano, tal como ocorreu em anos transatos, as en dades do concelho responderam afirma vamente ao desafio da autarquia e desfilaram em grande es lo pelas ruas da vila. À noite, tal como manda a tradição, decorreu mais uma vez o “Rebentamento do Pai da Fartura”. Esta tradição secular insere-se no âmbito dos “enterros de entrudo” que se realizam um pouco por todo o país. Em Carrazeda de Ansiães, o entrudo assume a personificação do “Pai da

Fartura”, uma figura picaresca que durante o dia desfila e diverte o carnaval da vila numa postura airosa e bem-disposta, para depois, logo que entrada a noite, ser julgado e condenado a um rebentamento pelos populares que ocorrem à parte an ga de Carrazeda para assis rem a esta manifestação. Este ato tem um carácter simbólico e está de acordo com o calendário religioso da época, uma vez que coloca fim ao período de folia que marcou os festejos carnavalescos, porque os dias que se seguem serão de maior contenção, numa preparação do espirito para a época quaresmal que antecipa a Paixão de Cristo. O “Pai da Fartura”, é um ato que todos os anos traz centenas de pessoas ao fundo da vila de Carrazeda de Ansiães para ouvir as quadras sa ricas e acompanhar o “Pai da Fartura” ao veredito final.


Em cerimónia presidida pelo Sr. Ministro do Ambiente e da Transição Energé ca, Engº, João Pedro Matos Fernandes foi inaugurada, no dia 15 de março, a Rede de Distribuição Domiciliária de Gás Natural, e Unidade Autónoma de Gaseificação – UAG, em Carrazeda de Ansiães. A cerimónia inaugural decorreu no Salão Nobre da Câmara Municipal de Carrazeda de Ansiães tendo sido seguida por uma visita às instalações da Unidade Autónoma de Gaseificação para o descerrar da placa inaugural. Estas infraestruturas, onde foram inves dos um total de dois milhões de euros, vão servir, numa primeira fase, cerca de 700 famílias, empresas e equipamentos públicos. Este inves mento é de extrema importância para os territórios do interior porque irá permi r a estas populações usufruir de gás natural a cerca de metade do preço do gás propano.


Mais de duas dezenas de pessoas oriundas de diferentes partes do norte do país, juntaram-se no Museu da Memória Rural para assis rem e par ciparem em mais Workshop de Queijo Artesanal. Esta é uma das a vidades que esta unidade museológica desenvolve ao longo do ano e uma das mais par cipadas. Aqui os par cipantes não pagam nada pela inscrição, a despesa que fazem diz apenas respeito ao leite que gastarem para produzirem com as próprias mãos o seu queijo que depois levam para casa. O sucesso da tarefa está logo à par da garan do, uma vez que todo o processo é acompanhado de perto pelos ensinamentos e conselhos de senhoras de Vilarinho da Castanheira, todas com muita experiência nesta tarefa, sendo que a maioria delas sempre confecionou o queijo ao longo da vida. Estas inicia vas do Museu da Memória Rural inserem-se no conceito implementado por esta estrutura cultural, no sen do de dar dinâmica a um projeto de museologia social e coesiva, par cipado pela comunidade e onde é valorizada uma abordagem par cipacionista do património.


No dia 25 de abril, o Município de Carrazeda de Ansiães assinalou esta data histórica e emblemá ca para todos os portugueses, símbolo da liberdade e da democracia. Neste sen do, foram realizadas um conjunto de a vidades das quais destacamos: o hastear da Bandeira; a sessão solene no auditório do CITICA; a inauguração da Exposição de Leonel de Castro “Minhotos de Pele Salgada” e à noite, para encerrar o dia comemora vo, a Gala de Ópera interpretada pelo Circulo de Ópera Portuense.


No dia 2 de junho, o Município de Carrazeda de Ansiães organizou mais uma edição do Passeio Sénior. Esta a vidade é des nada a todos os residentes no concelho, com mais de 65 anos de idade. Em 2019 o des no escolhido foi o santuário de S. Bento da Porta Aberta, em Terras do Bouro, a que se seguiu uma visita à cidade de Barcelos. Esta foi a edição mais par cipada de sempre que contou com mais de 600 par cipantes e 12 autocarros envolvidos, o que mostra bem o entusiasmo dos mais idosos por esta inicia va proposta anualmente pelo execu vo municipal. O dia iniciou-se bem cedo, pelas 6h30 da manhã, hora a que estava marcada a concentração junto ao recinto da Feira Municipal. A primeira paragem foi realizada na área de serviço de Penafiel para o pequeno-almoço finda a qual rumou-

-se ao santuário de S. Bento da Porta Aberta, onde os idosos puderam assis r à eucaris a celebrada pelo padre da Irmandade de S. Bento em concelebração com o pároco de Carrazeda de Ansiães, Humberto Coelho, que também acompanhou esta inicia va. Após a eucaris a, o almoço dividiu-se entre os restaurantes locais e o parque de merendas de S. Bento, onde às 13h30 teve início a animação musical abrilhantada pelo músico Ricky Show. Às 15h00 foi altura de deixar o Santuário de S. Bento e rumar à cidade de Barcelos para uma rápida visita ao seu centro histórico e merendar no Parque Municipal. O Passeio Sénior é uma a vidade anual promovida pelo Município de Carrazeda de Ansiães que o atual execu vo irá con nuar a realizar, uma vez que este assume um importante papel social junto da comunidade sénior, permi ndo-lhes sair das suas ro nas diárias e desfrutar de momentos de convívio e animação.


No dia 12 de agosto, o Município de Carrazeda de Ansiães comemorou o Dia Internacional da Juventude com um cartaz cheio de energia. Mundo Secreto e os DJs Diego Miranda e Tiger Lewis animaram e levaram a assistência ao rubro.


A Escola de Dança do Município de Carrazeda de Ansiães tem como obje vo primordial proporcionar à população do concelho um desenvolvimento das capacidades expressivas, cria vas e esté cas através da formação em dança. Esta escola foi criada em 2014 e hoje é frequentada por cerca de 70 alunos, que recebem formação em dança na área do Hip Hop. Ao longo do ano os alunos têm a oportunidade de mostrar as suas capacidades e a evolução da aprendizagem através dos vários espetáculos organizados. Em 2018 e 2019 destacaram-se os espetáculos de Dança “O Mundo do Cinema”, várias apresentações no Casino de Espinho, no programa “Aqui Portugal” e na Feira do Folar.


Pelo primeiro ano Carrazeda de Ansiães recebeu uma prova de Triatlo, organizada pela autarquia com o apoio técnico da Delegação Norte da Federação de Triatlo de Portugal. A prova contou com a par cipação de cerca de 100 atletas e várias equipas, que durante o período da manhã, realizaram uma prova de natação na barragem da Fontelonga, percorreram cerca de 40 km de bicicleta, passando pelas localidades de Fontelonga, Linhares, Parambos e terminaram a compe ção na vila de Carrazeda de Ansiães com a prova de atle smo.


Mais de duas centenas e meia de par cipantes oriundos de vários pontos do norte de Portugal es veram presentes no dia 28 de outubro, em Carrazeda de Ansiães para par ciparem na segunda edição do Ansiães Douro Trail. Os par cipantes nesta prova veram a oportunidade de aliar a vertente despor va com a descoberta de um património e paisagens únicas, bem como conhecer o Castelo de Ansiães e o Alto Douro Vinhateiro, classificado pela UNESCO como Património Mundial. Este evento, que é organizado pelo Município de Carrazeda de Ansiães em parceria com a empresa Naturthoughts, teve este ano como novidade a cer ficação por parte da Associação Portuguesa de Trail Running (ATRP), passando o Ansiães Douro Trail a integrar a Taça de Portugal de Trail. A edição 2018 desta prova despor va registou um acréscimo muito significa vo do número

de par cipantes, tendo duplicado as inscrições face ao ano transato. O Ansiães Douro Trail compôs-se por três provas diferentes que sa sfizeram uma variedade de atletas que se dirigiram até ao concelho de Carrazeda de Ansiães para par cipar no trail longo de 29 Km, no trail curto de 16 Km e na caminhada não compe va, composta por 11 Km. Os atletas par cipantes passaram por vários trilhos, tendo como ponto de par da e de chegada o Centro de Apoio Empresarial de Carrazeda de Ansiães (CAECA). Os percursos das diferentes provas compe vas e não compe vas permi ram a quem nelas par cipou a fruição de extensos troços da paisagem duriense classificada como Património da Humanidade e também do emblemá co Castelo de Ansiães, uma vila medieval classificada como Monumento Nacional e onde ainda permanecem estruturas de grande valor arquitectónico, como é o caso da igreja de São Salvador de Ansiães, considerada por muitos historiadores de arte como uma verdadeira jóia do românico português.


Com o obje vo de promover um es lo de vida saudável com a vidade sica regular e em contacto com a natureza, o Município de Carrazeda de Ansiães organizou entre março e junho de 2019, quatro caminhadas por trilhos do concelho. Estas caminhadas veram os seguintes i nerários: dia 24 de março, Srª da Saúde Srª da Graça; dia 28 de abril, Pereiros-Pinhal do Norte; dia 19 de maio, Parambos-Foz-Tua e dia 23 de junho, Vilarinho da Castanheira-Srª da Ribeira. Durante estas inicia vas o Município de Carrazeda de Ansiães iniciou uma ação de sensibilização des nada a alertar todos os par cipantes para a necessidade de reduzir o consumo de plás co descartável. Esta ação materializou-se na distribuição a todos os caminheiros de uma garrafa

de alumínio reu lizável com a mensagem DIZ NÃO AO PLÁSTICO. Esta garrafa deverá ser u lizada pelos parcipantes em todas as a vidades reduzindo-se assim dras camente o número de garrafas plás cas u lizadas pelos caminheiros. Com esta medida o Município de Carrazeda de Ansiães põe em prá ca as dire vas nacionais que visam promover uma u lização mais sustentável dos recursos na Administração Pública através da redução do consumo de produtos de plás co estando de acordo com a estratégia Europeia para o Plás co numa Economia Circular. O fim úl mo desta inicia va é sensibilizar a população para a necessidade de u lizar materiais com uma maior duração e resistência para um uso con nuado, por oposição aos hábitos atuais de consumo cuja descartabilidade tem causado graves problemas ambientais, nomeadamente nos oceanos.


No dia 1 de junho, pelas 14h30, decorreu nas Piscinas Municipais Cobertas e zona envolvente, a comemoração do Dia Mundial da Criança. Este evento contou com a par cipação de cerca de 300 crianças que veram a oportunidade de usufruir de diversas a vidades entre as quais destacamos: os insufláveis, colocados dentro e fora da piscina; os ateliers de pinturas faciais e a modelagem de balões. Alegria e euforia reinaram durante a tarde até que por volta das 19h30 deram-se por encerradas as referidas comemorações, tendo as crianças bem como os respevos encarregados de educação mostrado uma enorme sa sfação e vontade de ver repe da esta inicia va. Finalmente importa salientar que, apesar de ser fim-de-semana, o Município de Carrazeda de Ansiães disponibilizou transporte e acompanhamento das crianças durante todo o tempo em que decorreu o evento. Os autocarros municipais deslocaram-se as todas as aldeias do concelho para recolher as crianças que mostraram interesse em par cipar nesta comemoração.


Considerando que a prá ca despor va regular é um dos elementos essenciais para adoção de um es lo de vida saudável, o execu vo municipal decidiu alargar o período de funcionamento das Piscinas Municipais Cobertas, assim este equipamento despor vo abriu ao público em outubro de 2018 e fechou no final do mês de maio, garan do a todos os frequentadores 8 meses de u lização ininterrupta. A par do alargamento do período de funcionamento optou-se também pela extensão do horário de u lização passando a estar aberta mais uma hora durante a semana e aos sábados durante todo o dia. No úl mo ano as Piscinas Municipais Cobertas têm atraído um maior e mais variado número de u lizadores, desde a comunidade escolar a ins tuições privadas e população do concelho em geral que a u lizam para a formação despor va com aulas de natação, hidroginás ca e também para a prá ca de exercício sico, no espaço de cardio-fitness.


Em 2019, o Município de Carrazeda de Ansiães apoiou a realização de diversos eventos despor vos de grande impacto nacional e regional. Entre as provas apoiadas contou-se a “Volta ao Douro em Bicicleta” que no dia 31 de março passou no centro da vila de Carrazeda de Ansiães. Esta prova, que teve a sua primeira edição em 2019, iniciou-se no dia 30 de março em Vila Real e terminou no dia 31 de março em Torre de Moncorvo. A segunda etapa que ligou Tabuaço a Torre de Moncorvo percorreu o território do concelho de Carrazeda de Ansiães mais precisamente a estrada nacional 214 e a Rua Luis de Camões onde ficou instalada uma das metas volantes do evento.

A prova de ciclismo “Love Tiles Douro Granfondo 2019” passou, no domingo dia 5 de maio, pelo concelho de Carrazeda de Ansiães. Os ciclistas efetuaram o percurso da estrada da Barragem da Valeira, passando por Linhares em direção a Parambos, Castanheiro do Norte, Ribalonga e Foz-Tua. Love Tiles Douro Granfondo é o maior evento de ciclismo do Douro que percorre a mais bela estrada do mundo, a N-222, e ultrapassa o Muro do Cadão, entre muitos outros atra vos da belíssima Região Património Mundial, como a Foz do Tua, a barragem da Valeira e o Pinhão.


No dia 25 de maio, passou pelo concelho de Carrazeda de Ansiães, a 3ª edição do Ride Across Portugal. Esta prova que tem o seu início em Chaves no dia 19 de maio e percorre todo o país, terminado em Altura no Algarve no dia 25 de maio. O Ride Across Portugal é um evento de ciclismo focado na promoção do nosso país como des no para o turismo despor vo e em par cular para o ciclismo. Este evento teve especial enfoque em par cipantes de dez nacionalidades, África do Sul, Austrália, Bélgica, Brasil, Canadá, França, Holanda, Portugal, Reino Unido e Suécia. A maioria veio pela 1ª vez a Portugal.


O Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar (PIICIE) executado no âmbito do Programa Operacional NORTE 2020 prevê a realização de ações/medidas que permitam melhorar os indicadores rela vos ao insucesso e abandono escolar em Portugal. Em Carrazeda de Ansiães o PIICIE (Operação Norte-08-5266-FSE-000171 - “Promoção do Sucesso Escolar em Carrazeda de Ansiães”) é implementado pelo Município de Carrazeda de Ansiães em parceria com o Agrupamento de Escolas de Carrazeda de Ansiães e tem como organismo intermédio coordenador a Comunidade Intermunicipal do Douro – CIM Douro. As ações a desenvolver neste projeto foram definidas e estruturadas de acordo e em plena ar culação com o Programa Nacional de Promoção do Sucesso Escolar (PNPSE). O obje vo central deste projeto é promover a melhoria do sucesso escolar, reduzindo as saídas precoces do sistema educa vo, combatendo o insucesso escolar e reforçando as medidas que promovam a equidade no acesso à educação, em todos os anos de escolaridade mas com especial incidência no 1º, 2º, 5º e 7º anos de escolaridade (anos de intervenção prioritários).

Esta ação prevê a cons tuição de uma equipa mul disciplinar cons tuída por quatro técnicas, nas áreas sociais e da psicologia. A criação desta equipa pretende garan r o envolvimento não só dos alunos no seu processo de ensino/ aprendizagem mas também dos diferentes agentes educa vos e das famílias, centrando o seu trabalho no desenvolvimento de duas ações: ação de envolvimento e de formação parental e ação de caráter transversal. Estas ações des nam-se a sensibilizar a comunidade escolar para a área de educação, da cidadania, da igualdade de género e paralelamente e em ar culação com os agentes territoriais, atuar precocemente sobre situações de desvinculação à escola (condições socioeconómicas, culturais, familiares) e nas dificuldades de

aprendizagem. Os alunos em perigo ou risco de insucesso e de abandono escolar são a prioridade da ação da Equipa Muldisciplinar, que criou o “Gabinete +Sucesso Escolar”, que presta um acompanhamento personalizado aos alunos e famílias, encaminhados pelo Agrupamento de Escolas de Carrazeda de Ansiães. A par destas a vidades, a equipa desenvolve também várias ações em sala de aula onde trabalha competências de cidadania a va, sócio afe vas e de orientação para o estudo. Ao longo do ano realizou também várias ações de sensibilização/informação e capacitação des nadas a toda a comunidade educa va. A implementar no ano le vo 2019/2020 esta ação/ medida tem como obje vos; auxiliar as crianças no desenvolvimento de conhecimento prá co rela vo às regras básicas que o jogo de xadrez apresenta; propiciar momentos de aprendizagem às crianças que lhes permita iden ficar as várias fases do jogo de xadrez; fomentar nas crianças o espirito de grupo, de tolerância, de autocontrolo, de autonomia, de auto cri ca e reflexão; auxiliar as crianças no aumento do sen do de responsabilidade pelo cumprimento de regras, fomentando também o rigor das a tudes, comportamentos e, decisões e auxiliar as crianças no desenvolvimento da organização metódica do estudo. Implementado no ano le vo 2018/2019 esta ação irá desenvolver-se durante os 3 anos de duração do projeto. Esta medida é cons tuída por uma plataforma intera va de conhecimento, que possui conteúdos programá cos que vão do pré-escolar ao 4º ano do 1º ciclo e onde são es muladas a promoção das competências, a tudes e valores que ajudem as crianças a desempenhar um papel mais a vo na comunidade. A plataforma promove ainda um ambiente de aprendizagem mais facilitador, tecnológico e par lhado pela família uma vez que inclui propostas de a vidades lúdicas que contribuem para um maior envolvimento dos pais na educação dos filhos. Com a plataforma foram também distribuídos no Centro Escolar 120 tablets onde os alunos, entre outras a vidades, podem ter acesso à plataforma de conhecimento. Os tablets estão disponíveis nas várias salas de aula e permitem criar um ambiente de trabalho mais inovador, adaptável e intera vo contribuindo para promover a u lização das TIC na aprendizagem


Durante o ano le vo e nas pausas escolares do Natal, Páscoa e verão, o Município de Carrazeda de Ansiães desenvolve várias a vidades ocupacionais que têm como obje vo propocionar momentos diver dos e diferentes e ao mesmo tempo desenvolver competências em diferentes áreas através de um conjunto de a vidades diversificadas. São obje vos fundamentais destas a vidades ocupacionais: ser um complemento educa vo que deverá reforçar o processo de socialização da criança e da sua aprendizagem; promover o desenvolvimento integral da criança através da realização de a vidades diversas que permitam a aquisição de capacidades e destrezas várias; sensibilizar as crianças para aceitar, compreender e respeitar a diversidade social e cultural; desenvolver a tudes e comportamentos que facilitem uma cultura de amizade, interajuda, respeito e jus ça e promover o desenvolvimento global das crianças, enquanto membro da sociedade em que está integrado e na qual se sente confiante.


Entre fevereiro e maio de 2019, o Município de Carrazeda de Ansiães desenvolveu várias a vidades no âmbito da promoção do livro e da leitura das quais destacamos: Exposição Biográfica de Sophia de Mello Breyner Andresen; Biblio Paper Literário - “A Menina do Mar“, no âmbito do Centenário do nascimento da escritora Sophia de Mello Breyner Andresen, a Biblioteca Municipal realizou uma a vidade de Promoção do Livro e da Leitura baseada na obra: “A Menina do Mar” da escritora; Dia Mundial da Poesia, dedicado à poe sa Sophia de Mello Breyner Andresen, sendo escolhidos 24 poemas. Durante o dia foram distribuídos 1100 poemas da escritora, em todos os cafés e restaurantes da vila “tome 1

café, adoçado com um poema de Sophia”; Comemoração do Dia Internacional do Livro Infan l para celebrar este dia a Biblioteca Municipal dinamizou uma a vidade para apelar à importância do livro durante a infância. Os alunos do Pré Escolar da Santa Casa da Misericórdia de Carrazeda de Ansiães ouviram a “História do Livro A vo” de Conceição Areias e interagiram de forma entusiasta durante toda a a vidade; Conto Musical: A Menina do Mar integrado na comemoração do Centenário do nascimento da escritora Sophia de Mello Breyner Andresen decorreu, no dia 4 de abril no CITICA o Conto Musical :“A Menina do Mar”, cujo texto da obra da escritora foi representado por Mariana Machado, acompanhada musicalmente por Quim Mané.


No dia 30 outubro de 2018 teve início, em Carrazeda de Ansiães, o Curso Técnico Superior Profissional (CTESP) na área das Energias Renováveis e Instalações Elétricas. A sessão inaugural decorreu no Salão Nobre dos Paços do Concelho à qual se seguiu uma visita às instalações e salas de aula onde o curso irá ser lecionado. A presença deste curso em Carrazeda de Ansiães resulta de um acordo estabelecido entre IPB Ins tuto Politécnico de Bragança e o Município que disponibilizou para o efeito as an gas instalações da Escola Profissional. Os Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTESP) são cursos superiores de curta duração que têm como obje vo conferir qualificação do nível cinco de acordo com o Quadro Nacional de Qualificações (QNQ). Um CTESP tem 120 créditos e a duração de quatro semestres, sendo o úl mo em contexto de trabalho. Os tulares destes diplomas podem prosseguir os estudos de Licenciatura, através de um concurso especial de acesso. Parte da formação efetuada no CTESP será creditada na futura Licenciatura. Podem concorrer aos CTESP os tulares de um curso secundário ou de habilitação legalmente equivalente, os estudantes maiores de 23 anos que nham sido aprovados nas provas especiais de acesso, os tulares de um diploma de especialização tecnológica, os tulares de um curso técnico superior profissional e os tulares de um grau de ensino superior que pretendam a sua requalificação profissional.


O Serviço Educa vo do CIVT - Centro Interpreta vo do Vale do Tua desenvolveu diversas a vidades lúdico-pedagógicas, direcionadas para a população escolar, com o intuito de dar a conhecer a diversidade do património ambiental, histórico e cultural do Parque Natural Regional do Vale do Tua. Pretende-se assim, preservar a memória do Vale do Tua através dos diferentes conteúdos temá cos e intera vos, estando o discurso exposi vo e educacional alicerçado nos temas que evocam o Vale, a Linha do Tua e a Barragem. Neste âmbito, o projeto educa vo e integrado no Plano de A vidades do Agrupamento de Escolas de Carrazeda de Ansiães, os docentes e os alunos do ensino Pré-escolar e do 1.º ciclo realizaram, no dia 13 de março de 2019, uma visita ao CIVT - Centro Interpreta vo do Vale do Tua. Estas a vidades têm sido desenvolvidas de forma con nuada e efe va com diversas comunidades de diferentes agrupamentos escolares em contexto de visita de estudo integrante dos conteúdos curriculares ou em âmbito de a vidades de tempos livres. Convictos de que as manifestações culturais têm “protagonistas no presente, veram protagonistas no passado e terão protagonistas no futuro”, o Museu da Memória Rural desenvolve junto das escolas locais um programa pedagógico com vista a gerar mecanismos de consciencialização da iden dade cultural. No museu, as crianças dispõem de tecnologia e materiais que lhes permitem iden ficar as matrizes gerais da comunidade cultural de onde são originários e onde no dia-a-dia se integram.


A edição de 2018 da Feira da Maçã, do Vinho e do Azeite ficou marcada pela aposta na renovação tendo-se optado por concentrar todos os expositores no interior do recinto da feira e reservado um espaço coberto, com 1100 m2, dedicado à exposição dos produtores locais. Esta facto permi u aumentar largamente a visibilidade destes produtos endógenos assim como ampliar exponencialmente o volume de vendas. Es ma-se que na edição de 2018 tenham sido vendidas cerca de 3 toneladas de maçã, um volume oito vezes superior ao do ano transato. A par da Feira, a aposta na renovação do cartaz com espetáculos de música com ar stas do panorama nacional, bem como um conjunto de a vidades paralelas como o programa da RTP “Aqui Portugal” o “Ansiães Douro Triatlo” foram mo vos que contribuíram para trazer mais visibilidade ao evento e um maior número de visitantes à feira, es mando em 20 mil o número de pessoas que visitaram o evento durante os 3 dias. É também de salientar o envolvimento da comunidade local, que durante estes três dias esteve presente e par cipou a vamente no evento através das a vidades paralelas como o cortejo etnográfico, a procissão dos padroeiros, o Ansiães Douro Triatlo e a gincana de tratores. Segundo o presidente da Câmara de Carrazeda de Ansiães, João Gonçalves, o evento superou todas as expeta vas, gerando um grande dinamismo económico na vila, ao mesmo tempo que o nome de Carrazeda de Ansiães foi levado a todo o país e a todo o mundo. O presidente da autarquia referiu-se à transmissão em direto efetuada pela RTP1 e pela RTP Internacional do programa “Aqui Portugal” como um evento produzido a par r de Carrazeda de Ansiães com grande profissionalismo, que permi u que o nome do concelho fosse levado a todo o mundo durante as oito horas em que a transmissão esteve no ar. João Gonçalves enalteceu ainda a par cipação e a colaboração empenhada das ins tuições, associações e de todos os agentes económicos e empresários locais que es veram presentes em massa no evento, trazendo para este recinto os seus inves mentos e os projetos que desenvolvem no território concelhio.


Entre os dias 18 e 20 de abril o Município de Carrazeda de Ansiães realizou no Centro de Apoio Empresarial mais uma edição da Feira do Folar e dos Produtos da Terra. Este certame tem como obje vo promover e dinamizar a comercialização deste produto pico transmontano Na edição deste ano es veram presentes no espaço de exposições as padeiras locais que ainda detêm a arte e o saber da confeção dos famosos folares doce e de carne. Confecionar um bom folar doce tem alguns segredos e é preciso muita experiência e engenho para trabalhar uma massa que tem de levedar durante várias horas, num lento e longo processo que acabou por dar a este doce a alcunha local de “dormidoiros”. É esta tradição que o Município de Carrazeda de Ansiães pretende preservar e divulgar ao levar a cabo anualmente esta mostra de produtos locais, a par de outras a vidades como os dois workshops que vão ensinar os segredos e os truques para fazer um bom folar doce e de carne. Mas esta mostra não se esgotou na venda e confeção de folar. Durante o fim de semana da Páscoa passaram pelo palco do CAECA associações e grupos do concelho que animaram o espaço numa verdadeira mostra das artes locais. Os mais novos também não foram esquecidos tendo este ano sido preparado um programa especial com ateliers, showcooking, pinta faces, insufláveis e muita animação. A realização deste certame é já uma aposta ganha uma vez que traz a Carrazeda de Ansiães muitos visitantes durante o fim de semana da Páscoa, para comprar os folares que vão arranjar as mesas dos transmontanos nesta época especial.


Pelo quinto ano consecu vo, entre os dias 24 e 27 de janeiro, o Município de Carrazeda de Ansiães marcou presença em mais uma edição da Feira da Caça e do Turismo de Macedo de Cavaleiros. A par cipação neste certame teve como obje vo a divulgação das potencialidades turís cas do território concelhio.

Nos dias 15 e 16 de março, o Município de Carrazeda de Ansiães esteve presente na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) para mais uma ação de divulgação das potencialidades turís cas do seu território. No decorrer dos dois dias houve muita animação e varias ações promocionais com especial enfoque nos três produtos de excelência, a maçã, o vinho e o azeite. É de salientar que este ano contámos com a presença do enólogo Vítor Rabaçal que levou a cabo, no espaço CIM Douro, uma prova comentada dos vinhos produzidos no concelho de Carrazeda de Ansiães. A par da promoção dos produtos locais foi realizada, no auditório TPNP, a apresentação dos principais pontos de interesse turísco do concelho incidindo na valorização do património cultural e paisagís co. Para concluir, os Zíngaros de Carrazeda de Ansiães animaram toda a feira ao som das tradicionais gaitas-de-fole, clarinete, requinta, caixas, bombos e com os famosos gigantones e cabeçudos.


No dia 12 de abril, o Município de Carrazeda de Ansiães esteve presente no I Encontro Internacional de Bloggers de Turismo, realizado em Zamora e organizado pelo Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial, ZASNET.

Entre os dias 2 a 5 de maio decorreu no Parque Urbano do rio Diz, na Guarda, a FIT- Feira Ibérica de Turismo. O Município de Carrazeda de Ansiães esteve pela primeira vez representado neste certame aproveitando esta excelente oportunidade para apresentar e promover os seus produtos endógenos, assim como, as suas potencialidades e serviços turís cos. A Feira Ibérica de Turismo é um evento chave na divulgação dos territórios do interior uma vez que permite potenciar e incrementar a ligação comercial estratégica a Espanha. Este certame, que vai já na sua sexta edição tem como foco

a dinamização turís ca ibérica sendo uma montra de excelência dos eventos ibéricos ligados ao Turismo. Os seus principais obje vos assentam do intercâmbio estratégico e económico transfronteiriço, no es mulo ao relacionamento comercial entre ambos os países e, consequentemente, no desenvolvimento das regiões. Para além da sua vertente profissional e de negócios, a FIT é também des nada ao público em geral, apresentando um programa de animação diver- so, dos espetáculos musicais às a vidades despor vas e de lazer.


Decorreu de 6 a 9 de junho, no parque de exposições de Silleda (Espanha), a Feira Internacional da Galiza – Turexpo Galicia, na qual o Município de Carrazeda de Ansiães par cipou pela primeira vez. Foi uma oportunidade de apresentar a XXIV Feira da Maçã, do Vinho e do Azeite e promover os produtos endógenos, assim como, as potencialidades e serviços turís cos que o território oferece.Para além da área de exposições e de a vidades de animação, a Turexpo Galicia tem como

obje vo desta- car a realização de uma bolsa de contratação turís ca, espaço de encontro e reunião entre os múl plos agen- tes do setor, que contou com a presença de 43 opera- dores turís cos de 12 países. É um quadro perfeito para gerar negócios, na qual reúne os melhores instrumen- tos de vendas e convoca profissionais, a fim de garan r um retorno importante. Para além da sua vertente profissional e de negócios, a Turexpo Galicia é também des nada ao público em geral, apresentando um programa de animação diverso, dos espetáculos às a vidades despor vas e de lazer.


Atualmente a a vidade turís ca assume um papel de extrema importância sendo decisivo em termos de desenvolvimento territorial. No âmbito da divulgação e desenvolvimento das suas potencialidades turís cas, o Município de Carrazeda de Ansiães tem promovido ao longo do ano visitas guiadas a todo o território, mais precisamente, aos principais pontos de interesse turís cos, Castelo de Ansiães, Museu da Memória Rural, Centro Interpreta vo do Castelo de Ansiães, Centro Interpreta vo do Vale do Tua, Núcleo Museológico do Azeite, Núcleo Museológico da Telha, Moinho de Vento e Igreja de Santa Eufémia da Lavandeira. Ao longo do ano, desfrutaram das visitas guiadas aos espaços de interesse turís cos do concelho de Carrazeda de Ansiães, centenas de visitantes oriundos de vários locais do país e do estrangeiro. Para tal, o Município de Carrazeda de Ansiães con nua a trabalhar para uma melhoria do serviços de turismos e dos espaços turís cos, para que o visitante/turista seja bem recebido e usufrua do melhor que o território tem para oferecer.


O Município de Carrazeda de Ansiães lançou no passado mês de junho a Rota dos Miradouros. Esta rota permite-lhe desfrutar das magníficas e diversificadas paisagens deste território, delimitado a sul pelo singular e icónico vale do rio Douro, a Oeste pelas deslumbrantes encostas graní cas do vale do rio Tua, a par da imensidão do planalto a norte e nordeste. O que marca esta circunscrição territorial e administra va é, sem dúvida, a sua grande diversidade paisagís ca, nesse sen do, o município sen u a necessidade de dar a conhecer as deslumbrantes paisagens que o território oferece. Par ndo à descoberta do concelho de Carrazeda de Ansiães i nerário proposto inclui sete miradouros,

e permite aceder a alguns dos pontos de observação únicos, nomeadamente a par r do Miradouro da Sra. da Graça, Miradouro da Brunheda, Miradouro de S. Lourenço, Miradouro dos Olhos do Tua, Miradouro do Sr. da Boa Morte, Miradouro do Douro e Miradouro da Fraga da Ola. Para tal traçamos um mapa que lhe permite realizar o roteiro, este será difundido digitalmente, na página web do Município de Carrazeda de Ansiães, bem como através de um folheto que contém o mapa da Rota dos Miradouros e uma sucinta descrição de cada um dos locais. Cada um destes pontos de observação estará equipado com uma mesa de leitura que contém informação e auxilia a iden ficar e contextualizar os diversos pontos de interesse observáveis a par r de cada um dos locais.


No ano le vo de 2018/2019 o Município de Carrazeda de Ansiães reforçou os apoios no âmbito da Ação Social Escolar, compar cipando em 100% as refeições todos os alunos do 1º ciclo. Este facto resulta da convicção do execu vo camarário que as medidas de apoio socioeduca vo assumem um papel de extrema importância revelando-se indispensáveis no combate à exclusão social, ao abandono escolar e à promoção da igualdade de oportunidades no acesso e sucesso escolar.

Apoios Ação Social Escolar Ano Le vo 2018/2019 1. Compar cipar em 100% o transporte dos alunos do ensino básico e secundário; 2. Compar cipar em 100% o transporte das crianças da educação pré-escolar; 3. Compar cipar em 100% a alimentação das crianças da educação pré-escolar; 4. Compar cipar em 100% a alimentação dos alunos do 1º ciclo do ensino básico; 5. Atribuição de material escolar “Kit de Material Escolar”, sendo seus beneficiários os alunos que se enquadrem no escalão A e B do abono de família. 6. Atribuição das fichas de trabalho das disciplinas correspondentes a cada ano de escolaridade do 1º ciclo, sendo seus beneficiários os alunos que se enquadrem no escalão A e B do abono de família.

Ciente do papel fundamental da educação, na formação do individuo e na garan a de acesso ao mercado de trabalho, o Município de Carrazeda de Ansiães entendeu por bem reforçar os apoios sociais, aos alunos do Ensino Secundário e Superior, concedidos no âmbito do Regulamento de Atribuição de Bolsas de Estudo. Neste sen do e pela primeira vez são atribuídas um total de 15 bolsas de estudos, 5 a alunos do ensino secundário e 10 a alunos do ensino superior, aumentado igualmente o valor a atribuir a cada bolsa de estudo que passa de 15% para 20%, no ensino secundário e de 30% para 40%, no ensino superior, do valor indexante dos Apoios Sociais (IAS). O apoio monetário total para o ano le vo de 2018/2019 é de 13 050, 00€ o que reverte-se numa ajuda significa va para os agregados familiares apoiados promovendo uma polí ca de igualdade de acesso de oportunidades e de equidade e jus ça social.


A Câmara Municipal de Carrazeda de Ansiães, considera que a habitação condigna é um dos elementos fundamentais para a qualidade de vida dos munícipes. Neste sen do, tem vindo a apoiar através do Regulamento Municipal dos Estratos Sociais Desfavorecidos, os agregados familiares mais carenciados. Com a alteração do Regulamento Municipal aos Estratos Sociais Desfavorecidos do Cartão Sénior e do Cartão Jovem, o valor apoiado subiu de um máximo de 3.700,00€ para um máximo de 5.000,00€.

Este programa pretende combater a diminuição da taxa de natalidade, bem como ajudar as famílias desfavorecidas. Assume a forma de atribuição de subsídio, de prestação única, sempre que ocorra o nascimento de uma criança e a mesma esteja registada como natural do concelho de Carrazeda de Ansiães.

O Cartão Sénior tem como obje vo facultar à população da terceira idade do concelho o apoio em diversas áreas, atribuindo mais bene cio às que se encontrem em situação de vulnerabilidade financeira.

O Cartão Jovem tem por obje vos possibilitar aos seus tulares melhores condições de vida, contribuindo para a sua realização pessoal, fomentar a uma par cipação a va cívica e, ainda, contribuir para a sua atração e fixação no concelho.


No dia 22 de outubro no auditório do CITICA, a CPCJ de Carrazeda de Ansiães propiciou a realização da peça de teatro “Mariana num mundo igual”. Esta peça teve como público-alvo as crianças do pré-escolar e do 1° ciclo e abordou as temá cas da igualdade de género, da não discriminação sensibilizando o público infan l para estes assuntos, promovendo e fomentando a prá ca de comportamentos justos e princípios de igualdade.

No dia 30 de abril, a CPCJ de Carrazeda de Ansiães em parceria com a GNR (Escola Segura), o Programa PES, o Agrupamento de Escolas de Carrazeda de Ansiães e a Santa Casa da Misericórdia de Carrazeda de Ansiães e com o apoio do Município de Carrazeda realizou a a vidade “Laço Azul Humano” com recurso a guarda chuvas. Nesta inicia va par ciparam mais de duzentas crianças do pré-escolar e dos 1º e 2º ciclos do Ensino Básico do Agrupamento de Escolas de Carrazeda de Ansiães e Santa Casa da Misericórdia Com esta ação termina o mês de abril dedicado à prevenção dos maus tratos na Infância.


A CPCJ de Carrazeda de Ansiães em colaboração com a Guarda Nacional Republicana, o Agrupamento de Escolas de Carrazeda de Ansiães e o Programa PES realizou no dia 24 de maio uma a vidade dirigida a todos os alunos e comunidade educa va do Agrupamento de Escolas e alunos do pré-escolar da Santa Casa da Misericórdia de Carrazeda de Ansiães. Esta a vidade inserida no Plano de Ação 2018/2019 desta CPCJ realizou-se no campo de jogos do Agrupamento de Escolas de Carrazeda de Ansiães e teve como principais obje vos consciencializar os alunos sobre a importância da segurança, demonstrar as formas de intervenção das diferentes valências da GNR, desconstruir mitos e reconhecer as forças de segurança como elementos protetores. Nesta a vidade es veram presentes as várias valências da GNR (Trânsito, GIPS) com algumas das suas viaturas que os alunos veram oportunidade de ver e perceber em que situações são usadas. Es veram presentes também alguns elementos da Cavalaria, e da Equipa Cinotécnica que fizeram uma demonstração com os cavalos e com os cães respe vamente. Estas equipas mostraram como os animais estão ensinados para atuar em situações que assim o exijam. Quem não faltou a este evento, foi a mascote da GNR, a “Guardoo”, que ca vou os mais pequenos.


No âmbito do protocolo estabelecido em 2017, entre o Município de Carrazeda de Ansiães e o Ins tuto Português de Oncologia do Porto que visa garan r o transporte dos doentes oncológicos não isentos de encargos

A prá ca de a vidade sica regular promove uma maior capacidade funcional do idoso contribuindo para que este possa realizar as suas a vidades quo dianas sem dificuldade. Tem também bene cios fisiológicos, psicológicos e sociais, promovendo um envelhecimento saudável e a vo. Com este propósito, o Município de Carrazeda de Ansiães promove todas as semanas a vidades sicas em várias aldeias do concelho deslocando para o efeito uma técnica superior de desporto a 15 localidades. No âmbito da parceria estabelecida entre o Município de Carrazeda de Ansiães e a UCC (Comunidade Mais Saudável em Movimento), a qual se traduz na a vidade sica mas também na abordagem de diversos temas relacionados com a saúde, a Enfermeira Margari-

pelo Serviço Nacional de Saúde. Ao abrigo deste protocolo o Município de Carrazeda de Ansiães con nuou em 2018/2019 a prestar apoio, transporte dos doentes a tulo gratuito.

da desloca-se às diversas localidades onde se pra cam estas inicia vas para efetuar a medição da tensão arterial e dos diabetes. Todos os meses é abordado um novo tema sempre relacionado com a saúde.


Iniciaram-se os trabalhos de beneficiação da estrada que liga o nó do IC5 do Pinhal do Norte a Pombal de Ansiães. A empreitada consiste no melhoramento do piso existente e na construção de uma rotunda no início da estrada que liga Pinhal do Norte a Carrazeda de Ansiães. Esta empreitada incluiu ainda o melhoramento do piso da estrada de ligação entre Areias e o Amedo. Estes trabalhos têm como obje vo melhorar as condições de circulação e segurança dos peões e têm um custo de 296 283, 18€.

No dia 17 de junho teve inicio a empreitada de conservação de estradas municipais que consiste na limpeza das bermas, no reperfilamento de taludes, na construção de serven as e na beneficiação de piso. As estradas abrangidas por esta empreitada são as seguintes: EM Portelinha - Paradela – Pombal; EM Castanheiro do Norte - Ribalonga - Foz –Tua; EM Vilarinho da Castanheira - Pinhal do Douro; EM EN 214 - Belver – Fontelonga e EM Zedes – Pereiros.


Encontra-se em execução a pavimentação do caminho da ribeira em Tralhariz, este caminho para além de melhorar o acesso às explorações agrícolas permite o acesso ao rio Tua.

A requalificação da Rua Campo de Aviação vai ser uma realidade, no dia 12 de julho, o Município de Carrazeda de Ansiães lançou a 9ª empreitada de 2019 referente à “ RUA CAMPO DE AVIAÇÃO - QUALIFICAÇÃO URBANA E REMODELAÇÃO DE INFRAESTRUTURAS”. Este projeto tem como obje vo definir formalmente a circulação viária, pedonal e zonas de estacionamen-

to assim como dotar este arruamento das seguintes infraestruturas: rede de drenagem pluvial e rede de abastecimento de água. No âmbito deste projeto as an gas infraestruturas elétricas aéreas passarão a ser subterrâneas assim como as infraestruturas de telecomunicações. O inves mento total da obra a concurso é de 363 280,60€.


Está em concurso a obra de beneficiação do caminho de terra ba da que estabelece a ligação entre as aldeias de Arnal e Parambos. Esta obra irá permi r a uniformização deste acesso, em termos de geometria, pavimentação e drenagem, com os restantes caminhos

Encontra-se a concurso a obra de requalificação da Praça D. Lopo Vaz de Sampaio. A proposta apresentada prevê corrigir problemas de drenagem e inclinações transversais pelo que se propõe a subs tuição do pavimento existente por saibro com caracterís cas semelhantes. O projeto prevê ainda a subs tuição de todo mobiliário urbano, nomeadamente, bancos e papeleiras. Ao nível do arranjo paisagís co serão repostas as plantas de forma a manter a traça existente. De acordo com as novas medidas ambientalmente amigáveis e ecologicamente responsáveis a proposta contempla a instalação de um sistema de rega por meio de aspersores e tubo gotejador.

agrícolas que nos úl mos meses foram também objeto de beneficiação. A realização deste projeto irá garan r a melhoria das condições de comodidade e segurança para todos os u lizadores desta via. Será um inves mento aproximado de 140 000,00€.


FICHA TÉCNICA

EDIÇÃO - AGOSTO 2019 PROPRIEDADE - MUNICÍPIO DE CARRAZEDA DE ANSIÃES DIRETOR - JOÃO MANUEL DOS SANTOS LOPES GONÇALVES PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE CARRAZEDA DE ANSIÃES FOTOGRAFIA - MUNICÍPIO DE CARRAZEDA DE ANSIÃES DISTRIBUIÇÃO - GRATUITA TIRAGEM - 1500 EXEMPLARES


Profile for isabelopes

Boletim Municipal 2019  

Boletim Municipal Município de Carrazeda de Ansiães 2019

Boletim Municipal 2019  

Boletim Municipal Município de Carrazeda de Ansiães 2019

Advertisement