Page 1

I SABELLABORGES ARQUI TETURAEURBANI SMO

SELEÇÃO DETRABALHOSREALI ZADOSNO PERÍ ODO DE201 6-201 8 PORTFÓLI O DEARQUI TETURAEURBANI SMO


CURRICULUM VITAE


ÍNDICE

01

PROJETO ARQUITETURA + PAISAGISMO - Lar Sensorial 2016.2

02

PROJETO ARQUITETURA - Escola Bento Ribeiro 2017.1

03

PROJETO DE INTERIORES - Residência Estudantil Ilha do Fundão 2017.2

04

PROJETO DE INTERIORES - Café e Quiosque 2017.2

05

PROJETO DE INTERIORES - Detalhamentos 2016.2


01

Lar Sensorial Lar de idosos Tijuca, Rio de Janeiro - RJ - Brasil 2016.2


Em meio a duas pequenas travessas e a movimentada Rua Barão de Mesquita, suas contrastantes características estimulam o Edifício Sensorial a conectar as sensações que esse entorno tão diversificado provoca. Permeabilidade é essencial nesse residencial de idosos que busca instigar os sentidos e atrair não apenas os moradores, mas também os pedestres, à descobrir as peculiaridades do edifício. A entrada ampla cria um corredor que conecta os fluxos das ruas ao redor e exprime diversas possibilidades de lazer. Hortas e jardins sensoriais tem destaque por aguçarem os sentidos e serem acessíveis a qualquer pessoa, inclusive cadeirantes, que podem circular com facilidade e participar do cultivo dos jardins, graças às suas alturas adequadas e plantas mais altas no meio dos canteiros e baixas nas extremidades.


ÁGUA e CINEMA - 28,8m² + HORTA SENSORIAL

- 20,1m²

Espaço aberto situado 30cm acima do nível da rua. O painel vertical de pedras funciona ao mesmo tempo como parede de projeção e fonte artificial, criando assim um ambiente versátil. As diferentes alturas dos canteiros possibilitam uma maior acessibilidade. Funciona ao mesmo tempo como jardim sensorial e horta, tendo como objetivo o

DECK DE MADEIRA - 32,4m² Espaço localizado na frente do edifício que proporciona um local de descanso. O canteiro rebaixado evidencia o edifício e os fluxos que levam até ele.

SOMBRA E ÁGUA FRESCA

- 38m²

Local sombreado localizado em frente ao comércio da rua Barão de Mesquita, funcionando assim como suporte. Tem como mobiliário mesas e cadeiras de madeira pintadas de vermelho.

IMPLANTAÇÃO


PLANTA TÉRREO

PLANTA PAV. 1

PLANTA PAV. 2

PLANTA PAV. 3

PLANTA PAV. 4

PLANTA PAV. 5

CORTE s/ escala


02

Escola Bento Ribeiro Escola Bento Ribeiro, Rio de Janeiro - RJ - Brasil 2017.1


A capacidade inventiva e proativa da criança pode ser ferramenta essencial para a apropriação de espaços que geralmente passam despercebidos por quem caminha pelas ruas. A escola pode ser um equipamento mediador responsável por gerar alternativas e soluções que envolvam as crianças em atividades de intervenções dentro e fora da escola, sendo esta a responsável por se abrir simbólica e fisicamente para a comunidade, gerando espaços capazes de se transformar em lugar. Tais ambientes conformariam gradativamente a identidade da escola em conjunto com o bairro, fortalecendo a idéia de pertencimento da criança tanto a escola, quanto as ruas, vias e praças.

Buscando maior eficiência e ampliação do território educativo, o programa da escola foi pulverizado e diluído dentro do bairro de Bento Ribeiro.

BIBLIOTECA E SALA MULTIMÍDIA A biblioteca e a sala multimídia foram situadas nas esquina das ruas Paramirim e Pacheco da Rocha, de forma a aproveitar o fluxo de pessoas já existente no local, valorizando o percurso do território educativo até a escola. Sua implantação proporcionou a criação de uma pequena praça na esquina, oferecendo mais um espaço de convivência voltado aos moradores.

PLANTA BIBLIOTECA s/ escala

PERCURSO TERRITÓRIO EDUCATIVO Toda a extensão do percurso doTerritório Educativo será utilizada como local laboratório dos programas educativos da escola.


ESCOLA BENTO RIBEIRO O corpo principal da escola foi consolidado em um terreno de aproximadamente 18.000m² situado ao final da Rua Paramirim. Seu programa inclui salas de aula, ateliês, refeitório, etc., enquanto seu espaço aberto oferece opções de lazer como quadra poliesportiva, muro de escalada, pista de skate e espaços contemplativos possibilitando grande desenvolvimento cultural e social para os jovens e moradores do bairro.

CORTE B s/ escala

IMPLANTAÇÃO s/ escala

Durante o funcionamento da escola, as portas do pátio coberto são fechadas, limitando o uso da área externa somente aos estudantes. Já nos fins de semana, as portas permanecem abertas para que toda a comunidade faça uso dos equipamentos de lazer.

PLANTA PAV. 1 s/ escala

CORTE A s/ escala


03

Residência estudantil Alojamento para estudantes Ilha do Fundão, Rio de Janeiro - RJ - Brasil 2017.2

PLANTA APARTAMENTO s/ escala


04

Cafézin Restaurante/Café e Quiosque Tijuca, Rio de Janeiro - RJ - Brasil 2017.2

PLANTA PAV. TÉRREO

PLANTA PRIMEIRO PAV.

s/ escala

s/ escala


05

Detalhamentos


5.1 - Detalhamento de banheiro


I SABELLABORGES i sabborges@gmai l. com ( 21 )99465-0597

Porfólio de Arquitetura - Isabella Borges  

FAU UFRJ - Faculdade de Arquitetura e Urbanismo

Porfólio de Arquitetura - Isabella Borges  

FAU UFRJ - Faculdade de Arquitetura e Urbanismo

Advertisement