Issuu on Google+

SANTA CLARA DE ASSIS

Clara Favarone de Offreduccio nasceu em Assis no ano de 1193. Atraída pelo exemplo e pelas palavras de São Francisco, aos 18 anos renunciou à nobreza de sua família e a todas as esperanças que o mundo lhe oferecia, para viver conforme as mais altas exigências evangélicas. Durante 42 anos permaneceu fiel, com força indomável, ao projeto de sua juventude, vivendo na pobreza, oração, penitência, amor a Deus e aos homens, na alegria de possuir a Cristo pobre e crucificado, e de ser inteiramente possuída por Ele.

Em 11 de agosto de 1253, morre aos 60 anos. “Bendito sejais, Senhor, porque me criastes” - com estas palavras, concluiu sua vida terrena e começou a eterna. O Papa Inocêncio IV, que a havia visitado agonizante, presidiu seus funerais. Dois anos mais tarde, foi canonizada por Alexandre IV, e em 14 de fevereiro de 1958, o Papa Pio XII a declarou Patrona da Televisão.

Junto a São Francisco, seu amigo e pai espiritual, Santa Clara tem marcado com um traço de fogo a história do povo de Deus. Em sua vida, iluminou seu século; após sua morte não cessou de atrair atrás de si inumeráveis pessoas. As Clarissas de todo o mundo caminham até Deus, guiadas por sua luz.


Novena a Santa Clara

Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

ORAÇÃO INICIAL Pai cheio de amor, que concedestes a Santa Clara seguir a Cristo com sua vida de pobreza e oração, fazei que também por sua intercessão, aprenda-mos a confiar em vossa providência que nunca nos abandona e aceitar serenamente vossa divina von-tade. Por Jesus Cristo Nosso Senhor. Amém.

Introduzir aqui a meditação indicada adiante para cada dia.

ORAÇÃO FINAL Senhor nosso Deus, ao recordar Santa Clara, com alegria, vos rogamos que por seus méritos e exemplos, arraigados na fé e no amor, vivamos cada dia o mistério da ressurreição e desfrutemos de sua presença no céu. Por Jesus Cristo Nosso Senhor. Amém.


1º DIA: “AMIGOS DE DEUS”

“Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a vida por seus amigos. Vós sois meus amigos”(Jo 15,13-14).

Santa Clara viveu a amizade divina, com uma correspondência de amor total. O amor ao Senhor é a explicação de toda sua vida. Clara escreveu, revelandonos o dom profundo de sua alma: ama com todo o teu coração a Deus e a seu Filho Jesus, que foi crucificado por nós. Ela nos repete: basta ser plenamente, deixando-se penetrar pelo amor de Deus “que nos amou primeiro” (Jo 4,19).

Medite e peça as graças por intercessão de Santa Clara Pai nosso, Ave Maria e Glória.

2º DIA: O EVANGELHO

“Estas coisas foram escritas para que creiais que Jesus é o Filho de Deus e tenhais a vida em seu Nome” (Jo 20,31).

Santa Clara, atraída pelo Evangelho, desde a sua juventude, permaneceu fiel à sua promessa até o último suspiro: Guardar o Evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo” . Cada dia, sua vida foi límpida e iluminada pela luz do Evangelho o qual ela seguiu, como única norma de vida. Que em nós se cumpram, como em Clara, as palavras de Jesus: “felizes os que escutam a Palavra de Deus e a praticam” (Lc 11,28).

Medite e peça as graças por intercessão de Santa Clara Pai nosso, Ave Maria e Glória.


3º DIA: SEGUIR JESUS “Quem quiser seguir-me, negue-se a si mesmo, tome sua cruz e siga-me” (Lc 9,23). Santa Clara caminhou pela vida com os olhos fixos em Jesus, desejosa de identificar-se totalmente a Ele. Jesus era seu caminho e seu ideal: Observa a Cristo, medita nele, contempla-o, decidida a imitá-lo. Ela nos conduz pela mão a Jesus reclinado sobre as palhas, ensangüentado sobre a cruz, oculto na Eucaristia e nos diz: Contempla e busca em teu coração a resposta que deves dar-lhe”. Medite e peça as graças por intercessão de Santa Clara Pai nosso, Ave Maria e Glória.

4º DIA: CRISTO POBRE E

HUMILDE

“Felizes os pobres em espírito, porque deles é o Reino dos Céus” (Mt 5,3). Santa Clara quis possuir somente a Cristo. Porque Clara o amava, o seguiu em sua pobreza e humildade, através de sua vida cheia de amor ao Pai e aos homens, no trabalho e no sofrimento. Assim, exortava suas filhas: Guardemos a pobreza e humildade de nosso Senhor Jesus Cristo e de sua Santíssima Mãe! Ela nos lembra que o desprendimento das coisas da terra nos faz ricos de Cristo e dos bens do Reino. Medite e peça as graças por intercessão de Santa Clara Pai nosso, Ave Maria e Glória.

5º DIA: A ORAÇÃO “Como o Pai me amou, assim eu vos amei, permanecei em meu amor” (Jo 15,9). O segredo de Santa Clara foi sua oração, seu “estar” com Deus. Clara amava o seu Senhor. Buscava no silêncio e na oração o encontro com Deus, pois seu amor apaixona, sua contemplação nutre, sua suavidade preenche, sua lembrança ilumina. Clara é para nós exemplo de profundo e vivo


relacionamento com Deus, em Cristo, pelo Espírito, o qual satisfaz a profunda necessidade de amor e comunhão que o coração humano anseia. Medite e peça as graças por intercessão de Santa Clara Pai nosso, Ave Maria e Glória.

6º DIA: AMOR À EUCARISTIA “Eu sou o Pão da Vida, quem come minha Carne e bebe o meu Sangue fica em mim e eu nele” (Jo 6,35,56). A vida de Santa Clara girava em torno da presença eucarística do Senhor. A Eucaristia era para ela o lugar privilegiado de seu encontro com Cristo. Vivia a liturgia como a Igreja o deseja: saboreando os mistérios de Cristo; despertando em seu coração a alegria, a gratidão e o amor. Assim, brotou de seu coração inflamado aquela frase: Ama totalmente Aquele que totalmente se entregou por teu amor. Medite e peça as graças por intercessão de Santa Clara Pai nosso, Ave Maria e Glória.

7º DIA: AMOR A MARIA “Jesus disse à sua Mãe: Eis aí o teu Filho; e ao discípulo: Eis aí tua Mãe” (Jo 19,27-27). Diante da imagem de Maria, Clara selou sua consagração a Jesus Cristo. Seu amor a Maria era inseparável de seu amor a Jesus. Por isso sua vida foi um constante seguimento das pegadas de Cristo e de sua Santíssima Mãe. Entrega-te a sua dulcíssima Mãe. Assim como Maria o levou corporalmente em seu seio, tu, seguindo seus passos, podes levá-lo espiritualmente em teu corpo casto. Clara nos leva a Maria e Maria nos leva a Jesus. Medite e peça as graças por intercessão de Santa Clara Pai nosso, Ave Maria e Glória.


8º DIA: AMOR FRATERNO

“Eu vos dou um novo mandamento: que vos ameis uns aos outros, como Eu vos tenho amado” (Jo 13,34).

Santa Clara amava com ternura a suas Irmãs e a todos os homens e mulheres. Ela se antecipava em amar e a todos acolhia com bondade, convencida de que o verdadeiro amor a Deus é inseparável do amor a quem Deus ama e nele se reflete. Clara nos diz: Amem-se mutuamente com a caridade de Cristo e manifestai exteriormente o amor que tendes no coração, até o dom sem reservas, como Cristo nos amou.

Medite e peça as graças por intercessão de Santa Clara Pai nosso, Ave Maria e Glória.

9º DIA: AMOR À IGREJA

“Tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei minha Igreja, darei a ti as chaves do Reino dos Céus (Mt 16, 18-19).

Santa Clara não pode separar sua fidelidade a Cristo e ao Evangelho, de sua comunhão com a Igreja, a qual levava em seu coração, em sua oração e em sua penitência. Clara quis que sua vida e a de suas filhas fossem sementes de vida para a cristandade: Considero-te cooperadora do mesmo Deus e sustentáculo dos membros abatidos de seu Corpo inefável.

Medite e peça as graças por intercessão de Santa Clara Pai nosso, Ave Maria e Glória.


Oração Vocacional a Santa Clara Ó querida Santa Clara, que respondeste generosamente ao chamado do Senhor, entregando-te a uma vida de humildade e pobreza, ajuda-me, pela tua intercessão, a descobrir qual é o plano de Deus para a minha existência, alcançar-me a coragem de dizer um sim generoso como o teu, como o de Maria, e a fidelidade em concretizá-lo todos os dias até o fim. Amém. Oração a Santa Clara Ó amável Santa Clara, que seguiste fielmente Jesus pobre e a exemplo de Maria te tornaste mãe no Corpo Místico de Cristo, alcança-me teu amor pela Igreja e por todos os irmãos. Intercede continuamente junto ao Senhor para que eu obtenha força e coragem nas lutas. Que o teu amor ardente à oração raça crescer em mim o desejo de permanecer intimamente unida a Deus. Alcança para minha família a união e a alegria do convívio e roga para que um dia estejamos todos contigo para cantar as misericórdias do Senhor. Assim seja! Salve Clara... Salve Clara, mãe humilde, filha do Altíssimo! Salve, esposa do Espírito, virgem plena de fé e de amor, em cujo seio, como num pequeno claustro, vem e habita a Trindade. Salve, virgem pobre e humilde, que espiritualmente geras a Cristo, imagem verdadeira da Mãe de Deus. Saudamos-te Clara, irmã, pobrezinha de Cristo, discípula de Francisco, efígie da Senhora Pobreza. Amém! Minha querida Santa Clara... Minha querida Santa Clara, que seguistes de perto São Francisco , na vida de pobreza e no amor ao próximo e de Deus, olhai carinhosa para o mundo de hoje, tão necessitado de vossa proteção. Ouvi meu pedido e concedei a graça que vos peço, com fé e confiança. Como verdadeira necessitada, rogo-vos que me alcanceis de Cristo a saúde espiritual e corporal, para mim e meus familiares. Sobretudo, peço vossa ajuda para o problema que me aflige...(coloca-se, aqui, a necessidade). Atendei-me, Santa Clara, pela força que tendes junto a Deus e pela fé que me faz buscar vossa proteção. Amém.



Novena SANTA CLARA DE ASSIS