Page 1

Boletim 336 – 19/08/2012

ESSE É O SIGNIFICADO DE COMUNHÃO “Todos os que creram estavam juntos e tinham tudo em comum.” (Atos 2.44)

Todos nós, como seres humanos, estamos inseridos em uma comunidade qualquer. Quando falamos de vida cristã, também falamos de uma vida em comunidade. Por isso, é tão importante entendermos os aspectos referentes à igreja como uma comunidade. Viver em sociedade pressupõe, com base no texto, dois comportamentos básicos: 1) Estar junto: falar em uma atitude de união quando falamos de comunidade pode parecer óbvio, justamente porque vida em comunidade significa viver junto. Todavia, as tristezas e as situações que passamos, ao longo de uma vida, podem influenciar uma atitude de isolamento. Este isolamento é fruto de frustrações que aconteceram durante a luta para estar junto. Pensamentos, opiniões e decisões diferentes podem trazer frustrações, e, como consequência, a perda de identidade com a vida em comunidade. Quando olhamos para a afirmativa do texto que nos diz que a primeira comunidade cristã estava junta, não podemos ter a ilusão de que não existiam diferenças ou divergências. Como comunidade que eram, tinham os problemas comuns a uma comunidade. Com isso, queremos, então, que você pense na sua relação de proximidade com a sua igreja, ou seja, a comunidade cristã na qual você está inserido. Talvez você esteja um pouco afastado por uma série de motivos, e todos eles podem ser verdadeiros e válidos, mas comunhão traz a necessidade de estarmos juntos, sempre. 2) Ter tudo em comum: a continuação do texto nos mostra que as pessoas da primeira comunidade cristã não viviam na individualidade, mas na coletividade, e isso significava ter tudo em comum. O choro era comum, a alegria era comum, os problemas, as aflições, as necessidades, as dificuldades, tudo era comum. Isto é vida em comunidade: qualidade ou estado do que é comum. Isto significa ter comunhão. Talvez comunhão seja entendida por muitos apenas como um momento de abraço, um sorriso no rosto, ser bem recebido, mas comunhão vai muito além disso. Significa compartilhar, participar, ter as coisas em comum. Neste ano, nós completamos, como igreja (comunidade), 90 anos de existência. Vale a pena pensarmos não apenas no termo “comunidade”, mas no termo “corpo de Cristo”, pois se como seres humanos somos desafiados a viver em comunidade, como servos do Senhor Jesus em muito aumenta esta nossa responsabilidade de vivermos juntos. Eu preciso de você e você precisa de mim. Nós precisamos de Cristo! Pastor Fábio Quintanilha

Editorial 2012-08-19  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you