Issuu on Google+

SEGUNDA-FEIRA

QUINTA-FEIRA

Chegai-vos a Deus e Ele se chegará a vós. Tg 4:8

Outubro 2013 | Nº 58

TERÇA-FEIRA

SEXTA-FEIRA ÁGAPE HOSP: Vanda LÍDER: Dyego END: R. Francisco da Cunha, 129 apt 1602 - Boa Viagem HORÁRIO: 19h30 CONTATO: 33259191 / 97358292

SÁBADO

ALTAS HORAS HOSP: Rodolfo/Vânia LÍDER: Vânia END: R. Amélia Bernardino de Souza 454 Bl C apt 103 - Boa Viagem HORÁRIO: 23h CONTATO: 88174075

QUARTA-FEIRA CAMINHO CERTO

GRUPO JOVENS - END: R. Icó, 25 PINA- HORÁRIO: 19H

HOSP: Helena/Eduardo LÍDER:Eduardo (Dudu ) END: R. Prof. Pedro A. C. Leão, 387 BL A15 Apt 03 Conj Res. B. Viagem HORÁRIO: 19h30 CONTATO: 33259191 / 97358292

SEMEANDO HOSP: Rosália LÍDER: Patrícia END: R. Profº Fernando Mota, Vila do SESI - IBURA HORÁRIO: 19h30 CONTATO: 85290750 / 97748661

VISITANTES: Sentimo-nos muito honrados com a sua visita na IPPINA. A nossa Igreja deseja que você sinta-se a vontade na presença de Deus e em comunhão conosco. Deus abençoe sua vida e de seus familiares e amigos. Se Alguém fala, fale de acordo com os oráculos de Deus; se alguém serve, faça-o na força que Deus supre, para que, em todas as coisas, seja Deus glorificado, por meio de Jesus Cristo, a quem pertence a glória e o domínio pelos séculos d o s s é c u l o s . A m é m

1Pedro 4:11

AVISOS

REPARTINDO PÃO HOSP: Léo/Sara LÍDER: Léo/Sara END: R. Campo Grande, 211 apt 104 - Piedade HORÁRIO: 19h30 CONTATO: 96706686 / 87973264

UNÇÃO DE DEUS HOSP: Marlene LÍDER: Genilda END: R. Santos Leite, 92 - PINA HORÁRIO: 17h CONTATO: 34636329 / 91056953

Dia 11/Out - ACAMPAKIDS 2013 na IPPINA. TEMA: SOLDADOS DE CRISTO. Dia 13/Out - SAF convoca todas as sócias para Eleição da Diretoria 2014 na IPP. Dia 21/Out - SAF: Reunião Exec da Federação às 14h, na IP Prazeres Entrega de Relatórios. DIA 16 NOVEMBRO DAS 9H ÀS 17H - DIA DE CONVIVÊNCIA IPPINA NO SÍTIO SAPOTI EM ALDEIA.

Nosso lar um campo aberto

[... "Vai para tua casa, para os teus. Anuncie-lhes tudo o que o Senhor te fez e como teve compaixão de ti".] Marcos 5:19


Nós fomos criados por Deus para cumprir uma maravilhosa e grande missão. Segundo Mc 5:1-20 um homem geraseno, de origem grega, foi liberto por Jesus. As reações do povo à este grande milagre foram curiosidade (v. 14b), temor (v. 15) e oposição (v. 16-17). Os contrastes entre sua situação antes (v. 2-5) e depois de Jesus (v. 15) são intensos: preso por uma legião de demônios – livre pelo poder de Jesus; desnorteado – assentado; nu – vestido; desequilibrado – perfeito juízo; incontrolável – dócil; solitário – relacionável; escória social – agente de mudanças. Extasiado com estas profundas transformações estabelecidas exclusivamente por Jesus, quis ficar para sempre ao lado Dele (v. 18) mas, para sua surpresa, foi impedido pois Jesus tinha para ele um grande projeto: usá-lo na evangelização da sua família (v. 19). Lutero afirmou que “a família é a fonte da desgraça e da prosperidade de todos os povos” – desgraça quando predomina o poder do diabo, prosperidade quando predomina o poder de Jesus. A evangelização não é um programa, mas uma paixão do coração que se ex p re s s a n u m a a ç ã o re d e n t o ra q u e te m c o m o p r i m e i ro fo c o a fa m í l i a . O FOCO GEOGRÁFICO DA EVANGELIZAÇÃO É A CASA: “vai para a tua casa” (v. 19). Não basta ouvir o “vinde” de Jesus – convite para a salvação (Mt 11:28), é necessário igualmente ouvir o “ide” – convocação para a missão (Mc 16:15). A primeira fronteira da missão é a casa. O geraseno, segundo Lucas 8:27, “não habitava em casa alguma”, pois o diabo lhe roubara seu bem maior e prioritário: a casa, que agora foi plenamente restituído em Cristo Jesus. Igualmente, depois de nos dar a certeza da casa celeste (Jo 14:1-6), Ele nos chama de volta para a nossa casa numa caminhada que implicará necessariamente em: humildade – precisamos avaliar com sinceridade o lugar que a casa ocupa em nossa vida; prioridade – a redefinição da agenda a partir da centralização da casa; agilidade – esta volta é um projeto para hoje e não para amanhã.

01 Emerson Ferreira Alan Carlos Aline Lino 02 Dhalmo Krause Benigna de Holanda Jailson Lourenço 03 Ivone Lima 04 Tereza Rafael 05 Maria Severina Adriano Lucas 09 Luiza Guerra 11 Luciana Luna

13 Raul Cadena (DI) Danielle Barreto 16 Camila Maria Elizangela Florêncio Walter Alexandre Daniela Bezerra 17 Washington Neto 18 Antônia Severina 20 Luan Gustavo Josenildo Junior Davi Martins (DI) Iêda Andrade

email: ipb.pina@hotmail.com 21 Fernando Anacleto 23 Pablo Genuíno 24 Adrielle Cavalcante Alexandre Barreto 25 Israel Paulino Luiz Fagundes 26 Pablo Damascena 28 João Felipe 29 Alessandra de Sá 30 Rebeka Rodrigues Wagner Frazão 31 Gabriel Teodoro (DI)

"E não vós conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus. Romanos 12:2

Conselho de Missões. Como, porém, invocarão aquele em quem não creram? E como

Orando pelas nações. crerão naquele de quem nada Líbia - Cap. - Trípoli

ouviram? E como ouvirão, se não há quem pregue? Romanos 10:14

Texto: Pr. Jair Francisco Macedo IP Pedra Viva – Goiânia -GO

ATIVIDADES DA IPPINA Domingo: Projeto Ana (Mães em Oração) / 8h Culto Matinal / 9h Escola Bíblica / 10h Culto de Celebração / 18h Segunda: Oração por Missões / 19h30 Quarta: Jejum e Oração / 9h Quinta: Reunião do Conselho IPP Sábado: Edificando as famílias / 19h30 Local: Projeto Icó. Rua Icó, Nº 25 - Pina

GABINETE PASTORAL Pastor Efetivo: Daniel de C. Chagas Júnior Pastor Auxiliar: Levi de Oliveira Alencar

Rev. Daniel Chagas Jr. (Presidente) Rev. Levi Alencar Pb. Mário Messias ( Vice-Presidente) Pb. Vilmarde Barbosa (secretário) Pb. Natanael Genuíno

Toda Igreja está convidada a nos ajudar neste evento que buscar gloricar a Deus orando, contribuindo e agindo.

Colabore! Entregamos mensalmente 20 cestas básicas as famílias da IPPINA. Procure nossos Diáconos.

JUNTA DIACONAL IPPINA Reunião toda 1ª 4ª-Feira do mês

Dc. Alexandre Freitas (Presidente) Dc. Lenilson Gomes (Vice-Presidente) Dc. Ridlav Silva ( Secretário) Dc. Alan Carlos Dc. Cariorlando Bernardo Dc. João Antônio Dc. Manoel Lopes

ACONSELHAMENTO ESCOLA BÍBLIA IPPINA

A pergunta conclusiva é: Com pelo menos três posturas: convicção (v. 20 “então ele foi”) – priorizar a evangelização de nossa família deve ser um princípio central em nossa vida; obediência (v. 20 “e começou a proclamar”...) – a evangelização familiar não se faz com boas intenções mas com rápidas ações que envolvem presença, proclamação e persuasão; estratégia (v. 20... em Decápolis tudo o que Jesus lhe fizera) – “Decápolis” eram dez cidades de influência grega na região; Lucas diz que ele anunciou “por toda a cidade” (8:39) – sua ação nos inspira a prosseguir na visão de multiplicarmos pela cidade através das células familiares, visando o anuncio da salvação em Jesus o qual foi a Sua missão e hoje é o nosso chamado “IDE”. . .. .. .. .. ..

Ano de Fundação: 1939 Data da Organização: 08 de Dezembro de 1950 Av. Conselheiro Aguiar, 165 - Pina Cep: 51011-031 Fones: 3326.6322 - 3033.0880 Email: ipb.pina@hotmail.com Pastor Efetivo: Daniel de C. Chagas Júnior Pastor Auxiliar: Levi de Oliveira Alencar

CONSELHO DA IPPINA

O FOCO PESSOAL DA EVANGELIZAÇÃO É A FAMÍLIA: “... para os teus” (v. 19). Não basta estar presente em casa, é necessário ter uma presença de qualidade! A evangelização não começa com pregação, começa com relacionamento. Por isso, precisamos tomar medidas que venham otimizar nossos relacionamentos domésticos como a redução radical do tempo gasto na TV e na internet, a restauração do convívio ao redor da mesa, a priorização do diálogo, enfim, a priorização de um tempo de qualidade!. .. .. .. .. .. .. .. .. .. . O FOCO VERBAL DA EVANGELIZAÇÃO É O ANÚNCIO: “... anuncia-lhes tudo o que o Senhor te fez” (v. 19). Não basta estar e relacionar na casa, é necessário anunciar nela o Evangelho! Este anúncio tem pelo menos três dimensões: testemunho – anunciar “tudo” é testemunhar (At 1:8) = relatar o que Jesus fez por nós – o conteúdo da mensagem passa pela narrativa da nossa experiência pessoal com Jesus; Cristocêntrico – precisamos anunciar o “que o Senhor fez” – o foco do testemunho deve estar centrado no senhorio de Jesus sobre a história; humilde – o testemunho deve evidenciar a “compaixão de Jesus”, conferindo assim glória ao testemunhado e não à te ste m u n h a ( J o 3 : 3 0 _ _ _ _ _ _ _ _ ) . . . . . . .

www.ippina.com.br

Aniversariantes

O FOCO DA EVANGELIZAÇÃO

AGENDA FIXA Plenária da SAF Todo 3º Domingo do mês, às 8h na IPPINA.

Sua família crescendo em intimidade e vida com Deus

Espiritual - Liliane Chagas - 2ª, 4ª,5ª e 6ª (Manhã)

DATAS COMEMORATIVAS Dia 01 - Dia Nacional e Internacional do Idoso Dia 11 - Dia da SAF em Revista Dia 12 - Dia das Crianças e Dia Internacional da Criança Presbiteriana. Dia 31 Dia da Reforma Protestante


Boletim 10 outubro 2013 1