__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

>Comemoração IPOG completa 14 anos em setembro e acumula reconhecimentos e premiações pelos serviços de educação prestados à sociedade. Pág. 02 Ano VI n° 58 outubro/2015

> Novas diretorias

Duas novas diretorias do Instituto de Pós-Graduação e Graduação trarão novidades na área de Marketing e de Conteúdos. Um dos novos diretores fez carreira na FranklinCovey, empresa global de treinamentos corporativos, e tem a missão de metodologia própria de ensino do IPOG. Pág. 04

>Case de sucesso

Aluno da pós-graduação compartilha experiência de empreendedorismo que foi desenvolvida em sala de aula. Pág. 08

>Reconhecimento

Aluno do IPOG ganha prêmio em evento de startup por criar aplicativo que facilita a busca por salões de beleza em qualquer cidade do País. Pág. 10

>EAD

Instituto se prepara para a visita de credenciamento do MEC para a oferta de cursos na modalidade a distância. Pág. 07


Aniversário

02 Aniversário

IPOG 14 anos: conheça a história da instituição que inspira vidas

03

Em 2007, o IPOG adquiriu a primeira sede, na rua T-55 do Setor Bueno, em Goiânia. No lote havia uma casa que foi demolida. No lugar foi construído um prédio onde funciona até hoje a matriz, se concentra boa parte dos departamentos administrativos e quatro salas de aula.

Trajetória do Instituto é marcada por conquistas. Expansão da unidade da Avenida T-1, em GO, é um dos planos para o futuro Com o forte propósito de “Inspirar vidas”, em setembro, o Instituto de Pós-Graduação e Graduação (IPOG) comemorou 14 anos de existência. A trajetória curta, mas repleta de conquistas e realizações, é marcada por histórias de pessoas que, lá no início, plantaram o sentimento de confiança e desejo de mudar a vida do outro. A ideia de criar o IPOG nasceu em maio de 2001, quando um dos atuais mantenedores, Paulo Santana, realizou uma pesquisa de mercado sobre o oferecimento de pós-graduações na área do Direito. “Constatei grande demanda de mercado e pouca oferta de curso pelas Instituições de Ensino Superior”, conta. Em setembro do mesmo ano, os trabalhos da empresa começaram. A primeira sede do Instituto foi uma sala de 30m², localizada no 10º andar do edifício comercial Centro Empresarial Sebba, no Setor Nova Suíça, em Goiânia (GO). A primeira turma do IPOG foi de Direito Civil e Processo Civil e tinha 42 alunos. O primeiro módulo aconteceu no 2º fim de semana de dezembro de 2001.

Parceria de sucesso Em 2002, nos bancos da faculdade de Direito, Paulo conheceu um jovem curioso chamado Leonardo Oliveira. “Ele me pediu uma carona porque sua casa era próxima da sede do IPOG, no Setor Nova Suíça. Ele me perguntou o que eu fazia. Acredito que o deixei bastante interessado e também motivado, porque continuou a perguntar mais e mais querendo todos os detalhes do negócio”, conta Paulo. Em 2003, Leonardo se juntou à equipe. Meses depois, tornou-se sócio do IPOG, comprando 50% das ações. “No começo, o IPOG funcionava em uma salinha pequena, mas havia muita energia, esperança, fé e confiança naquela empresa”, compartilha Leonardo.

Em 2010, foi inaugurada a unidade Goiânia Shopping, com quatro salas de aula. Em 2012, outra conquista: a inauguração da unidade da Avenida T-1, também no Setor Bueno. Com estrutura moderna, o local passou a acolher outra parte dos departamentos administrativos e os alunos passaram a ter mais comodidade, com 11 novas salas de aula.

Agora, a expectativa é a ampliação da unidade na Avenida T-1, que receberá novas salas. A previsão é que a obra comece em 2016 e leve, em média, três anos para ficar pronta. Reconhecimentos Em apenas dois anos, o IPOG conquistou por cinco vezes o prêmio Great Place to Work – Melhor Empresa para Trabalhar. O reconhecimento identifica a percepção dos colaboradores

sobre o ambiente de trabalho, medindo o orgulho e o nível de confiança em relação aos cargos de liderança. Em 2014, o IPOG ocupou a 3ª posição no ranking das Melhores Empresas para Trabalhar no Centro-Oeste e a 15ª colocação no ranking nacional, na categoria “médias nacionais”. Já em 2015, a empresa alcançou a 7ª colocação entre as 35 mais bem votadas do prêmio no Centro-Oeste. Nacionalmente, ocupou a 22ª colocação e, ainda, recebeu o prêmio GPTW América Latina, no 32º lugar. Graduação IPOG Além das premiações recebidas pelo GPTW, em 2014, o Instituto teve o curso de graduação em Administração reconhecido pelo MEC com nota 4 (na escala de 1 a 5), o que é considerado pelo Ministério como “muito bom”. A avaliação veio logo depois da formatura

da 1ª turma de Administração, o que reforça o compromisso do IPOG com a qualidade do ensino oferecido e o investimento em graduação. No ano passado, outra conquista da IES foi a autorização do MEC para oferecer a graduação em Engenharia Civil. Atualmente, quase 70 alunos já estão matriculados e cursando. Futuro Os planos para o futuro são ousados. E para quem chegou até aqui, o amanhã é um terreno inexplorado que tem muito a oferecer. Além da ampliação da unidade da Avenida T-1, em Goiânia, o Instituto vai continuar aumentando os investimentos, como explica Paulo Santana. “Vamos buscar negócios inovadores e desafiadores para os cursos CAP, EaD, In Company, Pós-graduação, além de implantar mais um curso de graduação em

Psicologia. Acreditamos também em parcerias de chancelas internacionais para fortalecer todos os nossos cursos”, diz Paulo.


Nova Diretoria 05

04 Nova Diretoria

IPOG lança Diretoria de Conteúdos e Novos Negócios Nova diretoria iniciou os trabalhos em outubro e tem o desafio de padronizar uma metodologia com foco na aprendizagem do aluno

No dia 05 de outubro, foi lançada oficialmente a Diretoria de Conteúdos e Novos Negócios, sob a gestão do professor Luciano Meira. Graduado em Letras, o novo diretor do IPOG possui formação na área de gestão de organizações sem fins lucrativos, MBA em Liderança e ampla experiência com Educação. Profissionalmente, Meira consolidou sua carreira nas áreas de Educação e Gestão. Há quase 10 anos, assumiu o papel de Direção de Conteúdo e facilitação na FranklinCovey Brasil - empresa global especializada em treinamentos para promover a melhoria de performance corporativa. Já trabalhou com o programa “O líder em mim”, aplicado em mais de 300 escolas do Ensino Fundamental e Médio do País. É reconhecido principalmente pela formação de líderes de grandes e médias empresas, a partir dos programas “Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes”

e “A Execução da Estratégia”; pela formação de facilitadores e pela adaptação de programas da FranklinCovey dos EUA à realidade brasileira. Como o IPOG e a FranklinCovey possuem parceria consolidada, Meira também continuará ligado àquela instituição e garante que a interlocução entre as duas empresas só tende a crescer, sobretudo na área dos MBAs. Ele explica que decidiu se mudar para Goiânia por questões pessoais, já que a esposa é goiana, e que identificou no IPOG uma oportunidade de continuar se dedicando à Educação e deixar um legado para a Instituição. Acompanhe a entrevista em que Luciano Meira fala sobre esse novo desafio assumido no Instituto de Pós-Graduação e Graduação. Comunicação IPOG - O que te motivou a assumir a Diretoria de Conteúdos e Novos Negócios? Luciano Meira - A primeira vez que vim dar aula de Liderança num MBA do IPOG, uns três anos atrás,

eu fiquei bastante impactado pelo nível de organização da instituição, pelo nível dos alunos e pelo foco do MBA. Achei que estava tudo muito alinhado. E essa experiência só veio a melhorar à medida em que eu voltei. Vim a Goiânia pelo menos umas 15 vezes e, com certeza, cada experiência me aproximou um pouco mais de entender o nível de profissionalismo e o ideal de uma educação qualificada e aberta que vai além de um conhecimento técnico. Então, o IPOG se afigurou para mim como uma entidade a qual passei a admirar bastante. As pessoas são muito dedicadas, conscientes de que estão fazendo um trabalho de grande valor, cumprindo uma missão. Lógico que isso gerou uma atração e eu diria que, na medida em que decidi morar em Goiânia, que foi uma decisão pessoal, me pareceu óbvio dialogar com o IPOG a respeito da possibilidade de uma contribuição nessa instituição. E o Paulo e o Leonardo foram muito receptivos

a essa ideia e já começaram a criar alguns desafios. As coisas aconteceram de uma maneira muito natural. Estou realmente feliz, porque vejo um campo de possibilidades de contribuir, deixar um legado para essa equipe maravilhosa. Comunicação IPOG - Como será o trabalho nessa diretoria? Luciano Meira - É uma Diretoria que tem várias potencialidades para o futuro e projetos já muito concretos para o presente. Os primeiros estão ligados a uma padronização de metodologia. O IPOG tem professores maravilhosos, iniciativas educacionais excelentes, coordenadores educacionais muito competentes e isso veio crescendo de maneira organizada, mas também orgânica, ou seja, dando frutos nesses 14 anos. Hoje, vemos a possibilidade de haver uma padronização metodológica mais clara, de tal forma que o aluno experimente isso de uma maneira muito sensível em que possa identificar a forma do IPOG ser em termos de metodologia. Comunicação IPOG - Qual é o ponto de partida? Luciano Meira - As próprias experiências bem-sucedidas do IPOG. O que estou procurando fazer nesse plano inicial é primeiro coletar as melhores práticas internas, mas também conectar essas práticas com algumas autoridades internacionais do conhecimento. Existem alguns autores e pensadores bastante consolidados na área da psicologia, na andragogia, que é a ciência da educação para adultos, em inglês

é o “adult learning”. Nós estamos buscando os melhores estudos e comprovações de “adult learning” e também de neurociência no mundo. Vamos trazer esses conhecimentos aprimorados e as melhores práticas já existentes no IPOG para formatar uma metodologia bastante clara e que ajude as equipes da área educacional do IPOG (pedagógico, professores, coordenadores). A ideia é dar suporte com a criação de alguns papers que vão orientar essa metodologia, mas também migrar isso para os materiais didáticos. Existe uma série de ações que precisam ser feitas para que haja essa sensibilidade da metodologia como um padrão. Comunicação IPOG - O seu trabalho na FranklinCovey contribuirá com essa nova experiência no IPOG? Luciano Meira - Na Franklin tive uma escola. Acabei de voltar de uma conferência internacional em que 150 países estavam representados. Tive contato com um grupo de desenvolvedores de conteúdo e metodologias ligados a pensadores e pesquisadores do mundo inteiro. São pessoas que trabalham em contato direto com Jim Collins, com Ram Charan, em termos de conteúdo, por exemplo, ou em contato direto com David Rock, que é um grande neurocientista, pensadores na área de psicologia, como David Kolb e outros. A proposta é justamente aproveitar essa experiência, mas olhar para a cultura real do IPOG. Sem perder a perspectiva

dessa realidade, trazer o melhor possível na montagem dessa metodologia. Comunicação IPOG Como o aluno está inserido nesse processo? Luciano Meira - O aluno é o centro de todo o processo. A diferença entre ensino e aprendizagem é que ensino é uma palavra que ainda tem o foco no educador e aprendizagem no aluno. Desde a década de 1960, vem se estudando a ideia da aprendizagem de adultos, que é a andragogia, e se vem estabelecendo que as melhores práticas educacionais com adultos partem do aprendiz. A melhor prática educacional parte da própria experiência do aprendiz. Um dos princípios mais interessantes da andragogia diz que o adulto aprende não por uma imposição ou por que alguém gostaria que ele aprendesse, ou seja, por fatores externos a ele, por motivações extrínsecas. A verdadeira aprendizagem do adulto vem por uma motivação intrínseca. Ele está em uma certa condição da vida e, para superar dificuldades, ou se sentir melhor consigo mesmo e com a sociedade, precisa passar por uma transformação e essa transformação é a aprendizagem. Então, a ideia da metodologia é colocar o máximo de foco no aluno, como protagonista dessa experiência, e o professor, o educador e o sistema educacional como serviço a essa experiência. Nenhum educador pode substituir o insight do aprendiz, senão não é aprendizagem. Não posso ter o “a-ha” pelo aluno, mas posso criar condições para esse “a-ha”.


Novidades 07

06 Nova Diretoria

Nova diretora Comercial e Marketing do IPOG tem o desafio de atender às novas demandas do mercado A administradora Lorranny Sousa destaca que o atual momento econômico e financeiro exige das pessoas uma autoavaliação para potencializar resultados

A partir de setembro, o Instituto de Pós-Graduação e Graduação (IPOG) passou a contar com uma nova Diretoria Comercial e Marketing. Quem assume a área é a administradora Lorranny Sousa. Ela chega com o desafio de atender às novas demandas do mercado. A expectativa da nova diretora é a agregar valor à marca. “Ajudar o IPOG a alcançar os seus objetivos de crescimento, de estruturação e de know-how de mercado. Para isso, o foco será agregar valor ao que cada membro dessa equipe tem de melhor”, assegura Lorranny. Desafios Sobre o atual momento econômico e financeiro que o País enfrenta, Lorranny adverte que as pessoas são levadas a uma autoavaliação daquilo que precisa ser potencializado ou mudado. Diante desse cenário, o desafio é buscar soluções para encarar as transformações. “Acredito que nossos alunos e a sociedade, de

uma forma geral, passam por em um momento de transformação. Enquanto área Comercial e de Marketing, precisamos entender esse processo de mudança para entregar uma oferta correspondente essa nova demanda”, alerta. Ela afirma ainda que para obter esse resultado é preciso “sair da caixa”. “Precisamos empreender, inovar e desenvolver esse processo de inovação de forma estruturada, para que consigamos aprender com esse momento de mercado”, completa. Experiência Toda carreira de Lorranny Sousa é alicerçada em desafios empreendedores nas áreas de Negócios e Gestão de Pessoas. No Grupo Saga, a administradora é reconhecida, junto à equipe da época, pela reestruturação da área de Gestão de Pessoas, o que levou a empresa a alcançar o prêmio Great Place to Work na categoria nacional, em 2009. Já no Grupo Ramasa - formado pelas concessionárias de veículos Lince Toyota, Katana Nissan e Supreme

Peugeot - recebeu o desafio de reestruturar a cultura organizacional da empresa. Como resultado, o Grupo também foi premiado pela primeira vez como uma das Melhores Empresas para Trabalhar no Brasil, no ano 2013. Sua atuação mais recente foi como gerente-geral do Crool Centro Odontológico, em que recebeu a desafiadora missão de ajudar a transformar um consultório odontológico em um centro odontológico de referência no País. Como resultado do trabalho, o Crool passou a ser reconhecido como referência em odontologia no Centro-Oeste, ganhou, em 2014, o Prêmio Ser Humano (ABRH-GO) na categoria “Melhores Práticas em Integração e Conquista de Talentos”. Além disso, em 2015, a empresa foi premiada como a 9ª Melhor Empresa para Trabalhar no Centro-Oeste, e foi eleita recentemente pelo POP LIST como a clínica odontológica mais lembrada pelos goianos.

Educação a Distância: IPOG se prepara para credenciamento do MEC Após aprovação do Ministério, MBA na área de gestão será o primeiro curso totalmente a distância. Para levar o conhecimento a um número cada vez maior de pessoas, o Instituto de Pós-Graduação e Graduação (IPOG) passa por movimentações na área de Educação a Distância (EaD) com o objetivo receber o credenciamento do Ministério da Educação como ofertante na modalidade. A proposta é implantar, assim que houver a autorização do órgão, o primeiro curso de pós-graduação a distância do Instituto, o MBA Gestão Empresarial, Inovação e Estratégia Competitiva. A expectativa é de que a visita de credenciamento ocorra ainda este ano. “Alguns acertos finais como as devidas sinalizações dos ambientes do prédio ainda estão sendo realizados”, explica Ariana Ramos, gestora de cursos EaD do IPOG. Movimentações Com o intuito de promover uma sensibilização quanto às

características e à importância da Educação a Distância, foram realizadas duas palestras, no dia 1º de outubro, com o tema “Educação a Distância: tão longe, tão perto”. A palestrante Silvia Mara, especialista em EaD,

abordou o assunto para os colaboradores e para os professores do IPOG. Atualmente, a modalidade de Educação a Distância é oferecida no IPOG às disciplinas de Metodologia do Trabalho Científico para as turmas de pós-graduação e às disciplinas semipresenciais da Graduação em Administração. Com a aprovação do MEC, o MBA Gestão Empresarial, Inovação e Estratégia Competitiva será a primeira opção de curso a distância. A proposta é estruturar ainda um portfólio de cursos de curta duração com base em cursos presenciais e em outras demandas de mercado. No mês de outubro, o Instituto se associou institucionalmente à Associação Brasileira de Educação a Distância (ABED).


Case de sucesso 09

08 Case de sucesso

Empreendedor compartilha case de sucesso com alunos da pós-graduação. Professor destacou a excelência com que foi desenvolvido o plano de negócios. Docente afirma que, por meio do exemplo, alunos percebem o valor do aprendizado

Os alunos da 15ª turma do MBA Gestão de Negócios, Controladoria e Finanças Corporativas do Instituto de Pós-Graduação e Graduação (IPOG) puderam conhecer a fundo o case de sucesso do empreendedor Wesley César, que também é aluno do curso, mas de uma turma anterior. Depois de começar o MBA, ele consolidou sua startup, a empresa LionFish. O convite a Wesley para compartilhar a experiência partiu do professor Sérgio Sampaio Monteiro, que ministra o módulo de “Plano de Negócios”. E foi ministrando o módulo no MBA do IPOG que o docente conheceu o empreendedor. O plano de negócios desenvolvido por Wesley em sala de aula foi baseado nas ações que ele executou e estava executando em sua empresa, LionFish, do segmento cervejeiro. Durante o módulo, o professor notou as habilidades demonstradas pelo aluno. “Me chamou a atenção a habilidade do Wesley de converter um plano de negócio em ação. Um

plano de negócios é um conjunto de decisões que norteiam o futuro de uma empresa, mas são apenas decisões, ainda que importantes. Mas ele foi eficaz na implementação, ou seja, pela colocação em prática das decisões que tomou. Esse salto é fundamental para que uma ideia saia da cabeça do empreendedor, se materialize numa fase de investimentos e resulte, futuramente, em retorno de benefícios para todos que participaram do projeto”, comenta Sérgio Sampaio. Case de sucesso Sérgio conta que o aluno se destacou na fundamentação conceitual e técnica na elaboração do plano de negócios, bem como apresentou um conjunto de características necessárias a um empreendedor, como autoconfiança, criatividade, inovação, perseverança, capacidade de assumir riscos e também de negociação. O professor também apontou a qualidade técnica do plano

de negócios concebido em sala de aula e o cuidado na implementação do negócio, a correta estratégia de posicionamento de mercado dos produtos da empresa (LionFish) e a correta estratégia financeira e de operações. Ainda chamou a atenção de Sérgio o design criativo dos produtos e das embalagens criadas. Depois de articular a implementação do negócio, Wesley obteve sucesso e, em 2015, conseguiu expandir sua empresa, que aperfeiçoou as fórmulas de cerveja e iniciou as negociações para a produção-piloto em três fábricas. Wesley também desenvolveu a marca, as garrafas, embalagens, material publicitário e criou o site lionfishbeer.com. Ele também criou uma loja virtual para atender o varejo e usá-la como veículo de divulgação dos seus produtos. Recentemente, a empresa desenvolveu embalagens para presente e uma linha de cervejas para o público feminino. Wesley revela que o conhecimento adquirido no MBA do IPOG tem o ajudado de diversas maneiras: “Cada módulo incrementa o sucesso que estamos conseguindo por meio das estratégias desenvolvidas. O curso me capacita a trabalhar sem medo com os mais ‘vorazes’ investidores financeiros. Fiz muitas pesquisas em busca de um curso que realmente entregasse conhecimento relevante para ser aplicado imediatamente nos meus negócios e escolhi o IPOG”. Ele destaca também que as disciplinas têm aplicabilidade prática em sua vida profissional. “Após cada módulo, já na segunda-feira, uso o conhecimento adquirido ou para abastecer

meus sócios-investidores ou para incrementar ações do próprio negócio”, relata Wesley. Conhecimento Compartilhar o case com os alunos da 15ª turma do MBA Gestão de Negócios, Controladoria e Finanças Corporativas do IPOG foi a maneira que o professor

Sérgio Sampaio encontrou de exemplificar um bom modelo de plano de negócios. “Entendo que os alunos de pós-graduação percebem o valor do que aprenderam ao conhecerem a experiência de um colega que aplicou os mesmos conhecimentos que todos receberam. O estudo da experiência do Wesley Cesar em sala valida os conteúdos

aprendidos. Dá a cada aluno a autoconfiança e a motivação para realizar. Para o IPOG e para a comunidade, demonstra a eficácia do processo educacional, de como é vital o papel das organizações educacionais que, através da produção dos seus alunos, colaboram para a geração de riqueza e bem-estar para toda a sociedade”, afirma. Wesley, que tem obtido resultados mais que satisfatórios em seu negócio e usado o conhecimento adquirido no curso para melhorar ainda mais as estratégias da empresa, orienta as pessoas a estudar e buscar conhecimento. “Indico o curso a todos que tenham vontade de expandir os horizontes profissionais. Não precisa necessariamente estar ligado ao departamento financeiro ou à gestão de negócios. O curso serve para quem quer crescer profissional ou pessoalmente. O curso é bom, muito bom!”, destaca.


10

Case de sucesso

Aluno do IPOG ganha prêmio na Startup Weekend em Goiás João Marra criou, ao lado de outros empreendedores, um aplicativo que facilita a procura por salões de beleza em qualquer cidade do País. o posto mais alto no ranking de melhores trabalhos da Startup Weekend. João conta que a inspiração para empreender se intensificou durante os módulos do MBA do IPOG, com a consultoria e o incentivo dos professores escolhidos pelo coordenador do curso, Joe Weider. “De nada adianta saber montar uma startup se não houver conhecimento de estratégia, inteligência, processos, liderança e boa gestão. E eu tenho certeza que estamos no caminho certo contando com essa equipe de professores muito bem escolhida”, comemora João. Imagine a seguinte situação: você é convidado para o casamento de amigos que moram em outro estado. Como a cidade é desconhecida, você perderia muito tempo procurando salões de beleza. Nessa hora, faria falta um guia para ajudar na busca, não é? E é justamente essa a proposta do vencedor da última edição do Startup Weekend Jataí, um dos maiores eventos de empreendedorismo do País que acontece nessa que é uma das maiores cidades do interior de Goiás. O guia o Smart Salão é um aplicativo, cuja ideia é oferecer opções de serviços de beleza, com comparativo de preços, localidades, sistemas de localização para chegar ao local, horários disponíveis e até opção de pagamento pelo próprio aplicativo. “É uma tecnologia que elimina filas na hora de chegar e na hora de sair, porque não precisa ficar esperando para pagar. É fantástico”, comemora João Marra, um dos criadores do sistema. João é graduado

em Marketing e aluno do MBA Inteligência Competitiva, Inovação e Estratégia do Instituto de Pós-Graduação (IPOG). Na criação do sistema, ele trabalhou ao lado de outros sete empreendedores: Thiago Costa, Felipe Foster, Weuler Borges, Weuler Filho, Gustavo Maciel e Rodrigo Maciel. A parceria reuniu em um só grupo médicos, engenheiros eletricistas, designers e tecnólogos. E o resultado foi

E o trabalho dos alunos do IPOG foi reconhecido pelo vice-presidente da Associação de Jovens Empreendedores e Empresários de Goiás, Victor Navarrete, que esteve entre os jurados da edição: “A ideia vencedora do Startup Weekend Jataí me surpreendeu por atacar um mercado forte, o da estética, e automatizar o processo tradicional de agendamentos e compras de produtos”.

ESPAÇO DO LEITOR Este espaço foi reservado para você comentar esta edição, sugerir matérias e fazer críticas, ajudando sempre a melhorar a qualidade do IPOG News. Sinta-se à vontade! E participe através do e-mail comunicacao@ipog.edu.br

EXPEDIENTE Diretora Comercial e Marketing Lorranny Sousa Gestora de Comunicação Maraísa Lima

Edição - Geral Maraísa Lima Reportagem Humberta Carvalho, Maraísa Lima, Marcela Freitas e Henrique Rodrigues

Diagramação Francinne Menezes / Marketing

Profile for IPOG

IPOG News Outubro  

IPOG News Outubro  

Profile for ipog
Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded