Page 1

A VOZ DA GRADUAÇÃO

3ª Edição


A VOZ DA GRADUAÇÃO Ano 2 3ª Edição

Con ra nesta edição Pg. 02 - Editorial/Dando asas à criatividade

Pg. 03 - Consultores por um dia

Alunos despertam o lado criativo e mostram a deliciosa parceria entre a arte e a educação

Alunos do quarto período têm a oportunidade de vivenciar as etapas de um processo de consultoria, visitando uma empresa para fazer o levantamento das necessidades de melhoria e dos pontos de inovação

Pg. 04 - Novos caminhos da economia informal

Pg. 05- Competitividade em foco

Na Segunda Semana Acadêmica, o sistema de cooperativas foi um dos temas abordados para ajudar a entender a economia solidária, tendência que ganha espaço no mercado como alternativa justa e sustentável

Alunos do sexto período identi cam o per l do públicoalvo e direcionam ações de marketing ferramentas essenciais para aumentar a competitividade no mercado

Pg. 06 - Da teoria à prática

Pg. 07 - IPOG comemora a infância

Alunos do segundo período fazem a análise da gestão de grandes empresas do mercado goiano

Crianças carentes vivem dia de festa na companhia de professores, alunos e colaboradores

Pg. 07 - Competência e Pro ssionalismo

Pg. 08 - Criação da Diretoria de Graduação do IPOG

Professora Silvana Arrais é homenageada por vereadores em solenidade que destacou a importância dos administradores no mercado

Nova diretoria de Graduação reforça a excelência no atendimento da Instituição

Pg. 08 - Administrando com arte

Pg. 09 - Um sentido para a vida

Entre palestras, debates e shows musicais, administradores investem em quali cação no maior evento da categoria, em Goiás

Alunos do IPOG mostram a sensibilidade para a arte e criam parte de um emocionante roteiro de cinema. Ele conta a história de Carlos, um doente terminal que luta para vencer o maior de todos os desa os

Pg. 11 - Foco, treino e especialização

Pg. 11 - Planejar para crescer

Experiências adotadas em Harvard aproximam alunos do IPOG a uma das melhores instituições mundiais de ensino

A elaboração de um bom currículo pro ssional é o ponto de partida para planejar a carreira

Pg. 12 - A ponte lúdica

Pg. 13 - Momento de descontração

Alunos, colaboradores e professores aprendem brincando a importância da parceria e planejamento

Com bom humor também se aprende


2

Editorial

Um jornal deve estar em constante renovação! Por: Carolina Vilela

Nesta terceira edição, pudemos contar com uma nova equipe e com o frescor de suas ideias. Os alunos veteranos contribuíram com a experiência de quem já escreveu para as outras duas edições. Apresentamos os eventos realizados em mais um semestre da graduação VIP em Administração do IPOG, além de notícias de interesse dos leitores e momentos de descontração. Nesta edição, contamos um pouco sobre a Semana da Integração, que é realizada no início de todos os semestres para dar as boas- vindas aos alunos. Fomos recebidos em grande estilo...com direito a tapete vermelho! Outro evento tradicional do Curso de Administração do IPOG é a Semana Acadêmica, que neste primeiro semestre de 2013 foi apresentada em novo formato e teve como tema central a Sustentabilidade. O questionamento que ca é: será que todos os participantes saíram da semana cientes do que é a sustentabilidade? Talvez seja um conceito que cada um precise desenvolver consigo mesmo, mas na essência quer dizer respeito...respeito pelo outro. Deliciem-se com mais esta edição do jornal A Voz da Graduação, fruto do Curso de Extensão em Língua Portuguesa, que, neste ano, foi oferecido com o título Língua Portuguesa: do coloquial ao empresarial. O curso tem sido ministrado pela professora Eunice Toledo, que, com amor e paciência, consegue nos inspirar a realizar um belo e agradável trabalho, o qual, apesar de árduo, por requerer grande esforço, entregamos todo semestre com muita paixão!

Até a próxima edição!

A VOZ DA GRADUAÇÃO

Expediente A Voz da Graduação é um informativo produzido pelos alunos do Curso de Extensão IPOG Língua portuguesa aplicada a negócios . Professora Responsável: Dra. Eunice Toledo Diretoria de Graduação: Dra. Gláucia Yoshida Coordenação Pedagógica: Dra. Silvana Arrais Jornalista Responsável: Maraisa Lima Fotos: Divulgação


3

7ª SEMANA ACADÊMICA DO IPOG

Alunos de Administração do IPOG re etem sobre aplicação de ferramentas gerenciais sustentáveis Temática foi o centro das re exões que abriram a sétima edição da Semana Acadêmica do IPOG, em maio de 2013: dos jogos de empresa às ferramentas gerenciais. Por: Darione Vieira de Matos e Júnior Arruda

A organização do primeiro dia ficou sob a responsabilidade de uma equipe formada pelos seguintes alunos do 1º período: Alexandre Inácio, Ariston Júnior, Erivaldo Souza, Lucas Bastos, Lucas Weeber, Marcelo Jesus, Mauro Borges, Rafael Schron e Suelene Franca, tendo como cerimonialista o aluno Ariston Júnior. Inicialmente, foi convidada a cantora Amanda Franco para entoar o Hino Nacional. Em seguida, a Prof.ª Glaucia Yoshida fez a abertura da Semana Acadêmica e, na sequência, a Prof.ª Dr.ª Silvana Arrais deu as boas-vindas aos presentes. O grupo 1, do 5º período, composto pelos alunos Carolina Brasiliense, Patrícia Dias, Rosângela Gomes e Sérgio Pádua, apresentou o trabalho com o título Jogos Sistêmicos, discorrendo sobre o Desafio SEBRAE - Simulador Empresarial. A equipe encerrou a apresentação com o vitalizador cantado Te ofereço paz. Na sequência, o grupo 2, do 5º período, composto pelos alunos Ana Paula, Carla, Enesleny e Maria Aparecida (Lia), apresentou o trabalho sob o título Jogos de Processos. As alunas abriram a apresentação, dividindo o público em dois grandes grupos, disponibilizaram resíduos de construção civil e desafiaram os participantes a criar ritmos de batucada. Concluiram,

discorrendo sobre o aproveitamento de resíduos da construção civil, na Consciente Construtora. Após uma pequena pausa para o c o ff e b r e a k , o c e r i m o n i a l i s t a convocou o grupo 1, do 3º período, composto pelos alunos Greyciele Alves, Douglas Castro, Carolina Araújo, Anna Carolina, Lílian Félix e Rayany Cristina, que apresentou trabalho sobre o tema geral Sustentabilidade e ferramentas gerenciais, voltado à empresa Estofados Finesse. O grupo trouxe o proprietário para demonstrar a montagem de um puff, que foi sorteado entre os ouvintes. O grupo 1, do 7º período, composto pelos alunos Carlos Eduardo, Jennifer Bardusco, Joaquim Elias, Lorena Brunis, Luis Gustavo e Roberta Cássia, apresentou o trabalho entitulado Agenda 21 no Contexto da Sustentabilidade – Descarte dos Resíduos da Construção Civil. A apresentação foi ilustrada por fotos tiradas do aterro sanitário de Goiânia, visitado pela equipe, que demonstrou grande preocupação com os efeitos causados aos lençois freáticos. Ao fim desta apresentação, foi dado por encerrado o primeiro dia da 7ª

Semana Acadêmica.

A VOZ DA GRADUAÇÃO


4

Semana Acadêmica

Novos caminhos da economia informal O sistema de cooperativas foi um dos temas abordados para entender a economia solidária, tendência que ganha espaço no mercado como alternativa justa e sustentável Por Carolina Brasiliense, Darione Vieira de Matos, José Orlando Simão, Júnior Arruda, Tatiane Souza

O primeiro dia da semana acadêmica foi encerrado com a palestra dos professores Flávio Guerra e Cesar Camilo, a qual teve como tema: ECONOMIA INFORMAL, SOLIDÁRIA E EDUCAÇÃO FINANCEIRA: A ECONOMIA QUE NÃO SE VÊ, MAS SE PRATICA . Precisamos primeiro entender o que é a Economia Informal: objetivamente, é a produção de bens e serviços que não é informada ao governo. Em Goiânia, temos vários exemplos de informalidade, como a Feira da Lua, Feira do Sol e, a maior de todas, a Feira Hippie, o que acaba gerando uma cadeia de informalidade, pois quem fabrica também está na mesma condição. Guerra apontou algumas causas para a ocorrência dessa Economia Informal, dentre elas o aumento da carga tributária, o desemprego e a aposentadoria precoce. Para descrever a Economia Solidária, ele utilizou a de nição do Ministério do Trabalho e Emprego que diz: Um jeito diferente de produzir, vender, comprar e trocar o que é preciso para viver. Sem explorar os outros, sem querer levar vantagem, sem destruir o ambiente. Cooperando, fortalecendo o grupo, cada um pensando no bem de todos e no próprio bem . Hoje, observamos a Economia Solidária no cooperativismo, que são associações em que as pessoas buscam o mesmo objetivo. Os cooperados são responsáveis pelos resultados, pois todos se sentem um pouco donos da cooperativa. O professor Camilo nos falou da importância da educação nanceira, pois ninguém está livre de passar por uma crise nanceira. No entanto, temos que fazer de tudo para preveni-la. A educação nanceira possui três objetivos, que são: se tornar independente e conseguir se manter; ter condições de se sustentar na velhice; criar e educar os lhos para a vida e fazê-los tornar-se independente. Para isso, é necessário ter um planejamento que contemple o seu orçamento, a racionalização dos gastos e seus investimentos. Camilo fechou sua fala com uma frase do escritor Antoine de Saint-Exupéry que diz: o futuro não é um lugar para onde estamos indo, mas o lugar que estamos criando; o caminho para ele não é encontrado, mas construído. e o ato de fazê-lo transforma tanto o realizador quanto o seu destino .

A VOZ DA GRADUAÇÃO


5

Semana Acadêmica

Competitividade em foco Identi car o per l do público-alvo e direcionar ações de marketing ferramentas essenciais para aumentar a competitividade no mercado. O assunto foi um dos temas abordados por alunos do sexto período durante a 2ª Semana Acadêmica do IPOG Por Carolina Brasiliense, Darione Vieira de Matos, José Orlando Simão, Júnior Arruda, Tatiane Souza

acessibilidade aos serviços e facilidade de locomoção são grandes impulsionadores na hora da aquisição de um imóvel. A pesquisa mostra ainda que os homens são unânimes em a rmar que as esposas/companheiras/namoradas têm um papel mais decisivo na compra do imóvel para moradia. O último dia da 2ª semana acadêmica contou com as apresentações dos alunos do sexto período. A turma foi dividida em dois grupos. O processo de trabalho interdisciplinar das duas equipes foi explanar o tema proposto, contando com a participação de palestrantes externos, para posterior debate. A primeira equipe trouxe um impor tante tema: Pesquisa de mercado e ações de marketing para maior competitividade , aliado a um case de sucesso de uma empresa consolidada no mercado e com um signi cativo know how, a Consciente Construtora. O Gerente de Empreendimentos da Consciente Construtora, Sr. Carlos de Macedo Silva e Filho, apresentou uma pesquisa qualitativa, com públicos segmentados, referente a hábitos e motivações para a compra de imóveis, objetivando caracterizar as opiniões, atitudes e comportamentos da população da capital goiana frente ao assunto. O ponto alto da palestra foi a apresentação dos resultados obtidos com a pesquisa, mostrando que retorno de investimento, preço, vaidade, qualidade de vida,

O segundo grupo levantou um tema também muito importante e bastante discutido pelos governos dos estados: A iniciativa para realização de estudos de viabilidade de projetos de PPPs (Parceria Público-Privada) para implantação do projeto VLT Goiânia (Veículo Leve sobre Trilhos) . Hoje, Goiânia conta com os chamados BRTs (Bus Rapid Transit, ou simplesmente Ônibus de transito Rápido), que são os ônibus que circulam na Avenida Anhanguera, um trecho que compreende a, aproximadamente, 13,5 km, com cinco terminais de embarque e desembarque.

Gerente de Pesquisa e Inovação do Setransp, detalhou todo o processo do estudo e implantação do projeto. De acordo com o palestrante, o VLT Anhanguera signi cará a maior transformação da história de Goiânia. Um projeto grandioso que será realizado na modalidade de concessão, no prazo de 35 anos. O projeto contará com a consultoria de empresas especializadas da França, Inglaterra e Alemanha. Durante a apresentação, o p a l e s t r a n t e re s g a t o u m a t é r i a s estudadas em sala, como pesquisa de mercado e competitividade, ao descrever a trajetória do projeto: do surgimento da ideia, passando pelas alternativas para enfrentar as adversidades até a realização dos estudos de viabilidade das PPPs. A noite foi enriquecedora e dinâmica, devido a muitas informações, que permitiram aliar teoria e prática de mercado, estendendo o conhecimento de todos para além da sala de aula.

O trabalho foi apresentado pelo grupo destacando os pontos mais importantes do tema e em seguida o palestrante Engº Milton Guedes,

A VOZ DA GRADUAÇÃO


6

Semana Acadêmica

Da teoria à prática Alunos do 2° período fazem a análise da gestão de grandes empresas do mercado goiano, durante a Segunda Semana Acadêmica. Oportunidade de ver na prática o conteúdo assimilado nas aulas Por Carolina Brasiliense, Darione Vieira de Matos, José Orlando Simão, Júnior Arruda, Tatiane Souza

A VOZ DA GRADUAÇÃO


7

Destaques IPOG

Competência e Pro ssionalismo Professora Silvana Arrais é homenageada por vereadores em solenidade que destacou a importância dos administradores no mercado Por Amarildo Corrêia, Darione de Matos, Junior Arruda, Maria de Lourdes

No dia nove de setembro, no plenário da Câmara Municipal de Goiânia, aconteceu uma sessão solene em homenagem ao administrador, promovida pelo Conselho Regional de Administração e Sindicato dos Administradores. A homenagem foi dirigida a pro ssionais de destaque em Goiânia, que receberam diploma de Honra ao Mérito pelos relevantes serviços prestados na área de atuação. Entre os homenageados estava a Profª. Drª. Silvana Arrais, coordenadora do curso de graduação em Administração do IPOG. O evento é importante como reconhecimento pro ssional. Para a categoria é fundamental a divulgação da pro ssão e dos pro ssionais que se dedicam ao trabalho de forma séria, polida e ética , declarou-nos a homenageada. O evento foi presenciado por autoridades, familiares, amigos, colegas de trabalho e alunos de instituições de ensino.

IPOG comemora a infância Carinho, amizade e brinquedos - Crianças carentes vivem dia de festa na companhia de professores, alunos e colaboradores IPOG Por Lia Andrade, Rosângela Gomes e Carla Rosane Hageman

O IPOG, empresa comprometida com a responsabilidade social, desenvolve, desde 2010, ações de solidariedade a algumas instituições lantrópicas que prestam serviços à comunidade. A Casa das Meninas dos Olhos de Deus, localizada na cidade de Trindade, é uma das instituições que recebe do IPOG uma carinhosa atenção, por se tratar de um abrigo que cuida de 24 crianças. No último dia 12 de outubro, colaboradores e alunos do Curso de graduação realizaram uma visita, que teve como objetivo desenvolver várias atividades educativas, recreativas e entrega de presentes pelo dia das crianças. A iniciativa foi proposta pela professora Cássia Foppa, coordenadora do projeto Agenda 21 do IPOG, que declara emocionada, A experiência foi ímpar! Tivemos oportunidade de levar carinho, amor e amizade às crianças. Para o IPOG, como instituição de ensino, é muito importante participar de ações como esta, pois demonstramos compromisso com o próximo .

A VOZ DA GRADUAÇÃO


8

Notícias

Criação da Diretoria de Graduação do IPOG Por Amarildo Corrêia, Darione de Matos, Junior Arruda, Maria de Lourdes

Nova diretoria de Graduação reforça a excelência no atendimento da Instituição

Preocupado com a qualidade do atendimento aos alunos, o IPOG criou a Diretoria de Graduação, sob a responsabilidade da Profª. Drª Gláucia Yoshida, para dar maior suporte ao Curso de Administração, coordenado pela Profª. Drª. Silvana Arrais, e aos futuros cursos de graduação da instituição. Dentre outros objetivos está a proposta de estreitar a relação entre o corpo discente, o corpo docente e a diretoria, com vistas ao aumento da qualidade da preparação do pro ssional formado pelo IPOG. Em face à crescente demanda por Cursos de Especialização e MBA, o Professor Leonardo Moraes, que acumulava as funções de diretor da Graduação, da Pós-graduação e Pesquisa, como Diretor Pedagógico, passará a cuidar diretamente dos assuntos relativos à Pós-Graduação e Pesquisa. Diante dessas novidades, a comunidade acadêmica do IPOG só terá a ganhar.

CONAD

Administrando com arte Por Carolina Brasiliense, Darione Vieira de Matos, José Orlando Simão, Júnior Arruda, Tatiane Souza

Entre palestras, debates e shows musicais, administradores investem em quali cação no maior evento da categoria, em Goiás

No presente ano (2012), alguns alunos do IPOG tiveram a oportunidade de participar do CONAD (Congresso Nacional de Administração), cujo tema foi A Arte de Administrar . A participação no principal evento de administração da América Latina foi proporcionada pela Instituição, que sorteou as inscrições entre seus alunos do curso de graduação. O CONAD, em sua 17ª edição, foi realizado nos dias 26, 27 e 28 de setembro, no Centro de Convenções de Goiânia. O evento iniciou suas atividades com a apresentação de painéis durante toda a quinta-feira. À noite, a abertura o cial contou primeiramente com a participação do músico Tom Chris, que nos presenteou com um rico repertório de MPB. O presidente do CONAD, Samuel Albernaz, estava presente na abertura e discursou sobre a importância do evento para os pro ssionais de administração. A noite foi encerrada com uma palestra do jornalista Alexandre Garcia, cujo tema foi A Arte de Administrar o Brasil . O segundo dia seguiu com apresentação de várias palestras. A primeira foi ministrada pelo professor Luiz Flávio Gomes, presidente e proprietário da Instituição de Ensino LFG, que discorreu sobre Empreendedorismo . Ainda pela manhã, tivemos a oportunidade de ouvir o professor José Rafael M. Filho, que discursou sobre O Segredo dos Campeões: Como Construir a sua Raridade Pro ssional . A tarde foi aberta pelo Professor Willian Douglas, juiz federal, que fez uma análise sobre o livro A Arte da Guerra, e como ele pode ser usado na

A VOZ DA GRADUAÇÃO


9

CONAD/Roteiro Cinematográfico

preparação de candidatos a concursos públicos. O período vespertino foi encerrado pelo administrador Gilclér Regina, que teve como tema de sua palestra Transforme Oportunidades em Resultados construindo o futuro . À noite, aconteceu a ADMfest, sempre muito aguardada por todos os participantes. No sábado, as palestras começaram com o Professor Menegatti, falando sobre Liderança Visionária . A última palestra do evento teve como tema A Magia da Criatividade e da Excelência , ministrada pelo administrador e consultor Clóvis Tavares. O evento foi encerrado com o sorteio de alguns brindes e a esperança de que no próximo ano tenhamos outro grande evento.

Um sentido para a vida Por Carolina Brasiliense, Darione Vieira de Matos, José Orlando Simão, Júnior Arruda, Tatiane Souza

Carlos recentemente descobriu que é portador de uma doença terminal. Após o natural abalo emocional, e com a ajuda da família e amigos, ele consegue fortalecer-se para o m inevitável.

cumprimentam, sem muita convicção) PATRÍCIA: Não se esqueçam que são vocês os primeiros a apresentar o trabalho hoje, hein, pombinhos. (em tom de brincadeira e também animada) R E B E C A (tranquila, tentando parecer natural): Não se preocupem. E s t a m o s s u b i n d o. I nve j o s a ! ( s e esforçando para retribuir a brincadeira)

diferente? Close nas mãos do Carlos que acaricia um caderno vermelho com o logotipo do IPOG. Rebeca também está em pé, bebendo água. CARLOS (re exivo): É incrível como todas as banalidades ganham imenso signi cado quando, de repente, nos aproximamos do abismo da morte. REBECA: Fico impressionada em ver tua tranquilidade ao se defrontar com um momento tão... único, por assim dizer. CARLOS: Não foi sempre assim. Quase caí em desespero quando quei sabendo de tudo. Me pareceu tudo tão injusto, tão cruel, tão sem sentido. REBECA: O que te fez pensar

CARLOS: Ah, muitas coisas...

REBECA (vira-se para Carlos): Continuando... Ser um bom estudante de Teologia foi importante nesse processo? CARLOS: Sim e não.

REBECA: Por exemplo...?

REBECA: Não entendi... Espera. Preciso pegar meu pen-drive com a CARLOS: A família, os amigos. Bruna. Já volto. Rapidão! Principalmente os amigos aqui do IPOG, (Flashback) Carlos recorda-se do com quem passo grande parte do tempo. Todos foram fundamentais. seu primeiro dia como graduando de Mas... (pausa) Sabe, há um momento em Teologia. Ele, junto com os colegas de que nada disso é su ciente se você não sala, estava animadíssimo. O professor tem uma visão mais abrangente do (Rufo) entra, cumprimenta a todos, apresenta sua longa carreira mundo, de si mesmo, do homem... acadêmica e pede a todos, também, Nesse momento são interrompidos q u e s e a p r e s e n t e m . S o l i c i t a por um casal de colegas. Eduardo e e n f a t i c a m e n t e q u e a o n a l d a Patrícia. apresentação respondam à seguinte pergunta: Por que estudar Teologia? EDUARDO: Olá, gente! Animação, Alguns antes de Carlos se gente, animação! (numa alegr ia apresentam. Carlos também o faz e, ao esfuziante Carlos e Rebeca os

A VOZ DA GRADUAÇÃO


10

Novidades

nal, responde à pergunta proposta. C A R LO S: Como diria nosso longínquo Aristóteles, esta é a ciência primeira . A ciência que estuda a substância eterna, imóvel e separada, isto é, Deus. A Teologia pra mim tem esse objetivo: chegar à essência de Deus. RUFO: Bela resposta. Qual seu nome mesmo? CARLOS: Carlos. R U F O : Bela resposta, Carlos. Utópica, mas bela. A cena prossegue com outras apresentações, mas sem áudio. A única coisa que ouvimos é a narração de Carlos: Demorou algum tempo até que eu compreendesse o pleno signi cado de 'utopia' na fala do professor Rufo. Era jovem e romântico demais. Achava que o dia chegaria. O dia em que veria a imagem translúcida da pessoa de Deus. De uma forma como ninguém antes. E então seria capaz de fazer com que todos os outros vissem... (Rebeca chega meio ofegante) REBECA: Ufa! Ela tava indo embora, acredita? Já pensou no estrago pra nossa apresentação?... Onde a gente tava mesmo? CARLOS: Você me pergutava se a Teologia havia me ajudado. REBECA: Ah, é. E aí, ajudou? CARLOS: Vou tentar explicar. Ter bons conhecimentos de Filoso a, Teologia, Ciência etc., os grandes pilares da nossa cultura, da nossa civilização, ajuda. Mas, quando se trata de encarar algo tão... (pausa) sem sentido, como a morte, é de pouca valia tudo isso... REBECA: ... a nal de contas, pelo menos até agora, nenhum conhecimento foi capaz de barrar a morte.

A VOZ DA GRADUAÇÃO

CARLOS: Exato. Mas tem outra coisa. REBECA: O quê? CARLOS: Todos nós abriríamos mão de qualquer tipo de conhecimento, se nos fosse dada a oportunidade de viver mais, ou viver pra sempre. Eu trocaria de bom grado. Feliz da vida. E me entregaria eternamente aos bons e maus momentos da vida. Ainda que me dissessem que eu teria mais tristeza do que felicidade. Como no poema do Tom Jobim e Vinícius de Morais: Tristeza não tem m, felicidade sim . Amo viver. Entende? REBECA (meio discordando): Sim, entendo. CARLOS: Volto ao que eu disse antes. Tudo agora é maximamente signi cativo pra mim. Já sinto falta de tudo. Com destaque pro meu dia a dia aqui no IPOG. As atividades pra fazermos em casa, os trabalhos pra apresentarmos, a preocupação com as provas... (pausa) Até mesmo as aulas sem sentido de alguns professores, essa escada horrível que temos que subir... (visivelmente emocionado) A verdade é que, parafraseando o McDonald's, EU AMO MUITO TUDO ISSO. REBECA: Alguma mensagem nisso tudo? CARLOS: Faça desesperadamente o que gosta. O que ama. O que te dá prazer. O que te enche de vida, entusiasmo. Signi cado. REBECA: O que você faria diferente? CARLOS (com muita convicção): Ao invés de investir tanto em Ciência, Fi l o s o a , Te o l o gi a e d e r i va d o s, investiria muito mais em outra grande coluna cultural: a Arte. Principalmente, pessoalmente falando, na Literatura. Já se disse que a literatura é uma forma de esquizofrenia socialmente aceitável.

Concordo. E digo mais. O que há de mais excitante, o que há de mais importante, ocorre na vida privada. E a literatura é o espaço privado por excelência. O local onde acalentamos nossos sonhos mais loucos... PATRÍCIA (só ouvimos a voz dela, quase gritando): Carlos, Rebeca, o professor chegou, viu? Carlos e Rebeca se olham e riem. CARLOS (pegando a mochila): Vamos lá. Chega de melancolia por hoje. Preparada pra sua parte? REBECA: Meio preparada. Subindo as escadas C A R LO S : Como assim 'meio preparada'? REBECA: Ah, você sabe... D e s a p a re ce m e s c a d a a c i m a . A recepção vazia e inteira aparece. Bem lentamente há zoom no local onde o Carlos estava, até aparecer uma pequena folha de papel, meticulosamente dobrado. Uma mão apanha o papel e abre. Está escrito: Aquele que amar apaixonadamente Jesus escondido nas forças que fazem a Terra crescer, a Terra, maternalmente, o levantará em seus braços gigantes, e o fará contemplar a face de Deus ( Teilhard de Chardin) O corpo inteiro de um senhor idoso aparece. (cabelo totalmente grisalho,roupas e caçados inteiramente brancos e segurando o bilhete do Carlos) Close no seu rosto, que bondosamente olha para câmera e dá um sorriso.


11

Semana da Integração

Foco, treino e especialização Experiências adotadas em Harvard aproximam alunos do IPOG a uma das melhores instituições mundiais de ensino

No fechamento da Semana de Integração tivemos a oportunidade de ouvir a Diretora Comercial e de Marketing do IPOG, Tathiane Deândhela, falar sobre a parceria entre sua Instituição e H A R VA R D e a experiência em e s t u d a r, d u ra nte u m m ê s, n a Universidade norte-americana. Durante sua fala, ressaltou o quanto a nossa Instituição está próxima de Harvard em relação às técnicas de ensino utilizadas. Em ambas, a metodologia utilizada é baseada em estudos de caso e os professores são facilitadores, focando sempre a prática. Harvard é uma Instituição com mais de 100 anos, localizada em Boston, Estados Unidos da América. Segundo o ranking das melhores universidades do mundo, a Instituição americana encontra-se por vários anos consecutivos em primeiro lugar. Tathiane nos falou sobre as regras do jogo criadas e desenvolvidas por Harvard para o sucesso dos alunos, dentre as quais é importante citar a pontualidade e assiduidade, a disponibilidade de no mínimo duas horas após as aulas para estudos complementares e a leitura prévia do material. Foco, treino e especialização também foram ressaltados por Tathiane. Outro quesito muito importante é o desenvolvimento da habilidade de relacionamento. Que tal começarmos essa experiência, preparando-nos para as aulas e dando mais importância para a pontualidade e assiduidade? E quem sabe um dia, assim como Tathiane, possamos dizer que estudamos na mesma escola que Barack Obama e Steve Jobs.

Planejar para crescer A elaboração de um bom currículo pro ssional é o ponto de partida para planejar a carreira

Durante a abertura deste semestre, tivemos uma palestra com a professora Dilze Percílio, graduada em sociologia pela UNICAMP, especialista em coaching e sócia proprietária da empresa APOIO. A socióloga desenvolve em sua empresa um programa de Coaching e Planejamento de Carreira. É preciso pensar na carreira em dois níveis, micro e macro. O primeiro passo é fazer uma análise do currículo. Dilze prefere chamar os currículos de books pro ssionais . Ela só acredita no currículo de uma única página se a pessoa tiver pouca experiência. Para pro ssionais com muita experiência, não há como e nem porque colocar em uma única página.

A VOZ DA GRADUAÇÃO


12

Semana da Integração

Nos books elaborados pela Apoio, é descrito o histórico pro ssional da pessoa, seus objetivos, um resumo de suas quali cações, e ao nal, um breve resumo de sua vivência, apresentada através de uma pesquisa comportamental. Na segunda etapa, é necessária a elaboração de metas claras e objetivas, com prazos para serem alcançadas. Isso dará segurança para o pro ssional materializar seus sonhos. Hoje, os pro ssionais são classi cados conforme sua geração. Cada uma apresenta um aspecto especial, e tem sido difícil para o mercado juntar todas essas gerações em um único ambiente. É necessário que todas estejam disponíveis pra abrir mão de alguma coisa. Atualmente, os pro ssionais são orientados para resultados, ou conhecidos como pro ssionais Google, ou seja, se comunicam com pessoas diferentes, de forma a alcançar a todos os públicos. Devemos começar a fazer o diagnóstico da nossa carreira. A professora nos ensinou a elaborar um Crachá da Vida, que é composto por nome, um sonho a longo-prazo, três objetivos que vão nos auxiliar a alcançar o sonho e um planejamento com metas para alcançar os objetivos e, consequentemente, o sonho. Vamos começar a nos responsabilizar pelo planejamento de nossa própria carreira! Que tal colocarmos em prática?

A ponte lúdica Por Carolina Brasiliense, Darione Vieira de Matos, José Orlando Simão, Júnior Arruda, Tatiane Souza

Como numa grande brincadeira, alunos, colaboradores e professores aprendem a importância da parceria e planejamento

O lúdico e a educação corporativa - Este foi o tema da palestra da professora Adriana Ferreira durante a Semana de Integração, que colocou em prática o tema da mesma, desa ando os participantes a montar grupos e construir uma ponte com materiais fornecidos por ela. No entanto, os materiais eram bastante curiosos: palitos de churrasco, canudinhos de plástico, palitos de picolé, ta crepe e copos descartáveis. O último elemento era um caminhãozinho, que faria a prova de que a ponte era forte e sustentável. Foram passadas as especi cações da ponte, como o tamanho e o comprimento. Teríamos apenas 20 minutos para concluir o desa o! Desa o lançado foi interessante ver alunos de todos os períodos, colaboradores e professores unidos em grupos para planejar e executar a construção. Pontes prontas, alguns se preocuparam apenas com o tempo, outros com a estética, outros se lembraram de todas as exigências. Hora de testar a construção e passar os caminhõezinhos por sobre as pontes; sucesso em todos os grupos e a professora passou a apresentar os objetivos da atividade. Por meio do trabalho proposto foi possível identi car a importância das funções da administração, como planejar, organizar, executar e supervisionar. Se tivéssemos seguido os passos e planejado primeiro, a ponte teria cado pronta no tempo certo e com as especi cações exigidas. Não foi uma tarefa fácil, porém descobrimos que o lúdico pode propiciar uma visão diferenciada na tomada de decisão. A VOZ DA GRADUAÇÃO


Momento de Descontração

13

Jovem Consultor Um jovem consultor estava saindo do escritório de uma famosa consultoria de logística, quando vê o presidente da empresa em frente à máquina de picotar papéis, com um documento na mão. - Por favor - diz o presidente - isto é muito importante e minha secretária já saiu. Você sabe como funciona esta máquina? - Lógico! - responde o jovem consultor todo prestativo. Ele liga a máquina, en a o documento e aperta um botão. - Excelente! Muito obrigado - agradece o presidente - eu preciso só de uma cópia.

Você sabe com quem está falando? Numa grande empresa de navegação, com vários departamentos, existia um funcionário que era muito gozador e desbocado. Certo dia, pensando que estava ligando para o ramal de um amigo, errou na digitação e acabou ligando para o ramal do presidente - Fala aí safado; e aí pilantra anda aprontando muito? O presidente surpreendeu-se com a ligação e logo foi dizendo - Sabe com quem está falando? O funcionário percebeu que tinha ligado errado e respondeu Não O presidente lhe disse - Com Fulano de Tal, presidente da empresa. O funcionário todo sem jeito e com medo lhe disse - E você sabe com quem está falando? O presidente respondeu Não O funcionário disse - Graças a Deus - e desligou o telefone.

Sogra no Hospital O sujeito tinha ido ao hospital visitar a sogra, que estava em estado grave. Na volta a esposa, muito preocupada, pergunta: -E então, querido, como a mamãe está? -Está ótima, com uma saúde de ferro! Ainda vai viver por muitos anos! Na semana que vem ela vai receber alta do hospital e vai vir morar com a gente, pra sempre! -Nossa, que maravilha! diz a esposa -Mas isso é muito estranho, querido... Ontem mesmo ela parecia estar no seu leito de morte, os médicos diziam que ela deveria ter poucos dias de vida! -Bom, eu não sei como ela estava ONTEM, respondeu ele. -Mas hoje quando eu cheguei no hospital o médico já foi logo me dizendo que a gente devia se preparar para o pior!

A VOZ DA GRADUAÇÃO


14

Momento de Descontração

Cruzadinha S E V S

V I C

EXCELÊNCIA CRESCENDO VENCEDOR COORDENADOR IPOG VIP S SUCESSO VALORES SOLIDEZ A VOZ DA GRADUAÇÃO

C


15

Momento de Descontração

Palavras Cruzadas 4

1 5

2 6 3 7 8

9 10 1. Ciência humana fundamentada em um conjunto de normas e funções elaboradas para disciplinar elementos de produção. 2. Processo sistemático e contínuo de medida e comparação das práticas de uma organização com as das líderes mundiais. 3. Conceito introduzido por Igor Anso no livro Corporate Startegy. 4. Processo de desenvolver qualidades nos recursos humanos, meio para alavancar o desempenho no cargo. 5. Características básicas para que um indivíduo possa tornar-se um pro ssional de sucesso. 6. Just (?). Técnica de gestão e controle de mercadorias que procura minimizar o nível de estoques nos armazéns das empresas industriais. 7. Segundo Mintzberg, trata-se da forma de pensar no futuro, integrada no processo decisório, com base em um procedimento formalizado e articulador de resultado. 8. A gestão de (?) deixou de ser uma área de atuação de amadores dedicados e habilidosos para se tornar um campo de pro ssionais treinados e quali cados. 9. Ferramenta Gerencial mais utilizada nas empresas. 10. Composto do Marketing-Mix. A VOZ DA GRADUAÇÃO


16

Aniversáriantes/Momento de Descontração

Aniversariantes do Semenstre Camila Carvalho Ramos Silva Rosyeid Nunes Godoi Amarildo Martins Correa Braulio Ferro de Paula Joaquim Elias Nogueira Neto Gleidson Santos da Costa Lucas Caetano dos Santos Rosangela Gomes Pereira Danillo Moreira Leal Gabriel Rodrigo Segati de Andrade Jennifer Bardusco Maria Aparecida de Andrade Silva Wagner Eleuterio Martins Carolina Brasiliense Vilela Fernando Ramos Parreira Hugo Fernandes da Silva Marcos Casção Godinho Rodrigo de Morais Ruivo André Luiz Mateus Anna Carolina de Oliveira Resende Rayany Cristina Gomes da Silva Tony Roberto Silva

14/julho 17/julho 29/agosto 25/agosto 06/agosto 04/setembro 02/setembro 13/setembro 18/outubro 09/outubro 30/outubro 06/outubro 04/outubro 15/novembro 17/novembro 21/novembro 20/novembro 04/novembro 13/dezembro 05/dezembro 06/dezembro 04/dezembro

Respostas Palavras Cruzadas:

A VOZ DA GRADUAÇÃO

ADM/AN2 ADM/AN2 ADM/AN4 ADM/AN2 ADM/AN6 ADM/AN2 ADM/AN2 ADM/AN4 ADM/AN2 ADM/AN6 ADM/AN6 ADM/AN4 ADM/AN6 ADM/AN4 ADM/AN2 ADM/AN6 ADM/AN2 ADM/AN2 ADM/AN2 ADM/AN2 ADM/AN2 ADM/AN2

A voz da graduação terceira edição  
A voz da graduação terceira edição  
Advertisement