Page 43

Problemas sociais complexos e governação integrada

abordagem integrada e holística, como a capacidade de resiliência e de inovação na conceção e execução de respostas a este desafio. 1.3.4. “Crianças e jovens em risco” como problema social complexo Os desafios que se colocam na análise da temática das crianças e jovens em risco são múltiplos. Identificada recorrentemente na literatura como problema social complexo61, a situação de risco ou perigo de crianças e jovens, já tipificada na lei, inclui situações de abandono ou de viver entregue a si própria, maus tratos físicos ou psíquicos, abuso sexual, falta de cuidados adequados, sujeição a comportamentos de risco, a que se juntou mais tarde o absentismo e abandono escolar. As múltiplas dimensões do problema, que vão da saúde à justiça, da segurança social à educação, bem como a dificuldade de definir o problema e de encontrar uma solução, consolidam este enquadramento. Este conjunto de tipos de problemas constitui um universo fluido, sem fronteiras bem definidas, no qual um problema pode transformar-se noutro, estar associado a outro ou ser causa/consequência de outro, características típicas dos problemas complexos. A dificuldade em defini-lo exatamente, resultante de múltiplas abordagens, por exemplo consoante o ponto de vista da especialidade (saúde, educação, segurança social, forças policiais), é uma outra evidência da complexidade62. O carácter único de cada caso, que exige também uma solução personalizada, não podendo ser aplicadas sempre soluções standard pré-desenhadas, acrescenta pontos para a sua caracterização, enquanto problema complexo. O problema tem diversas causas, tal como Rittel e Webber (1973) apontavam, que se interligam e em que cada consequência gerada pode transformar-se numa nova causa. É, também, muito evidente a possibilidade de medidas apresentadas como soluções, ainda que imperfeitas, poderem gerar novos problemas e consequentemente dilemas difíceis de gerir (e.g. quando se retira uma criança à sua família e esta é institucionalizada, pelo risco que corre, estão também a quebrar-se os laços parentais e a correr os riscos do impacto negativo da institucionalização; ou se se protege o valor da unidade da família e, apesar do risco, se mantém a criança no seu ambiente natural, a criança pode sofrer novos maus-tratos). 41

Profile for Instituto Padre António Vieira

Problemas Sociais Complexos e Governação Integrada  

Esta publicação resulta de uma versão resumida e atualizada da tese de doutoramento de Rui Marques “Problemas Sociais Complexos e Governação...

Problemas Sociais Complexos e Governação Integrada  

Esta publicação resulta de uma versão resumida e atualizada da tese de doutoramento de Rui Marques “Problemas Sociais Complexos e Governação...

Profile for ipav
Advertisement