Page 31

Problemas sociais complexos e governação integrada

este tópico, cresceram exponencialmente as referências a “wicked problems” na literatura científica de várias disciplinas, conceito que hoje se impõe como um instrumento central para compreensão dos problemas sociais. Estes autores partiram da sua experiência face aos problemas de planeamento urbano (e aos insucessos que experimentavam), reconhecendo que não podiam ser tratados com sucesso através de abordagens lineares clássicas. Afirmavam perentoriamente que a procura de bases científicas para enfrentar problemas de política social está fadada ao fracasso, por causa da natureza desses problemas. São problemas complexos, enquanto que a ciência se desenvolveu para lidar com problemas lineares44. Para caracterizar esta tipologia, propuseram nesse seu artigo uma grelha de análise que distinguia os problemas lineares (“tame”) dos problemas complexos (“wicked”), salientando que estes últimos se definem pelas seguintes características: 1. Não há uma formulação definitiva de um problema complexo. A informação necessária para entender o problema complexo depende da solução que se encontrar. Na sua perspetiva, a formulação do problema complexo é o problemaVIII. 2. Os problemas complexos não têm um final/solução (stopping rule). Na resolução de um problema de xadrez ou uma equação matemática, quem está a fazê-lo sabe quando a sua missão está concluída: termina quando encontra a solução. Nos problemas complexos, nunca se chega à solução perfeita. Termina-se porque esgota-se o tempo, o dinheiro ou a paciência. 3. As soluções para os problemas complexos não são “verdadeira” / “falsa”; mas “boa” / “má”. 4. Não há um teste imediato ou definitivo da solução para um problema complexo. As soluções para problemas complexos, depois de serem implementadas, gerarão vagas de consequências durante um extenso período de tempo. As consequências, na sua totalidade, não podem ser observadas até que as repercussões terminem e não há maneira de estudar todos os efeitos dessa solução. VIII Este facto leva a que alguns autores prefiram usar a expressão “mess” (desordem, confusão) em vez de “wicked problem”, pois não chega a haver consenso sobre qual o problema (Denning, 2009).

29

Profile for Instituto Padre António Vieira

Problemas Sociais Complexos e Governação Integrada  

Esta publicação resulta de uma versão resumida e atualizada da tese de doutoramento de Rui Marques “Problemas Sociais Complexos e Governação...

Problemas Sociais Complexos e Governação Integrada  

Esta publicação resulta de uma versão resumida e atualizada da tese de doutoramento de Rui Marques “Problemas Sociais Complexos e Governação...

Profile for ipav
Advertisement