Page 127

Problemas sociais complexos e governação integrada

Segundo Patton (2011), este modelo de avaliação não é universal, havendo situações em que não é aplicável. Deve, no entanto, ser escolhido para ambientes complexos e dinâmicos, em que não exista uma solução conhecida, nem um único caminho, mas múltiplas possibilidades e em que se necessita de inovação e experimentação social. Exige equipas disponíveis para correr riscos e com abertura à inovação275. Está focado nas mudanças no sistema ao longo de um continuum, que pode ir desde o local até ao global. Uma das dificuldades evidenciadas em todos os processos de avaliação em contexto de complexidade é a das métricas. Se em realidades lineares é possível e desejável medir os resultados comparando-os com os objetivos pré-estabelecidos e procurando avaliar impactos específicos, mensuráveis, alcançáveis, realísticos e calendarizados, já a AD deve ser capaz ir estabelecendo métricas e acompanhando à medida que os impactos acontecem, podendo as métricas evoluir ao longo do tempo. Outra diferença significativa entre as abordagens formativa/sumativa e abordagem desenvolvimental é a análise de atribuição, no primeiro caso, e uma análise de contribuição, no segundo. Realizar uma AD coloca alguns desafios, começando desde logo pela gestão das fronteiras para o avaliador e o ter de lidar com a ambiguidade e a incerteza. Depois é necessário conciliar múltiplas partes interessadas e gerir um volume significativo de dados. Manter o foco em resultados, ser credível e desenvolver capacidade para a AD são outros desafios a ter em conta276. Também o papel do avaliador é distinto entre estes modelos. Se no modelo clássico o avaliador é independente, estruturando nesse facto a sua credibilidade, na AD o avaliador faz parte da equipa de inovação, tendo um papel de facilitador e traz para o grupo as aprendizagens do processo, sendo que a sua credibilidade depende da relação de respeito mútuo. Deve, neste quadro, ter “flexibilidade metodológica, ecletismo, adaptabilidade, pensamento sistémico, equilíbrio entre criatividade e pensamento crítico, alta tolerância à ambiguidade, agilidade, competências de trabalho em equipa”277.

125

Profile for Instituto Padre António Vieira

Problemas Sociais Complexos e Governação Integrada  

Esta publicação resulta de uma versão resumida e atualizada da tese de doutoramento de Rui Marques “Problemas Sociais Complexos e Governação...

Problemas Sociais Complexos e Governação Integrada  

Esta publicação resulta de uma versão resumida e atualizada da tese de doutoramento de Rui Marques “Problemas Sociais Complexos e Governação...

Profile for ipav
Advertisement