Page 101

Problemas sociais complexos e governação integrada

TABELA IX - Custos e benefícios da colaboração interorganizacional Custos

Benefícios

Perda de superioridade tecnológica; risco de perder posição competitiva.

Oportunidades para aprender e para se adaptar; desenvolvimento de competências; desenvolvimento conjunto de novos produtos.

Perda de recursos: tempo, dinheiro, matérias-primas, informação, status,…

Ganho de recursos – tempo, dinheiro, informação, matérias-primas, legitimidade, estatuto; utilização de capacidade disponível não usada.

Ficar ligado com o fracasso; partilhar Partilha do custo do desenvolvimento do produto; os custos do falhanço, como a perda de riscos partilhados. reputação, estatuto e posição financeira. Perda de autonomia e capacidade de controlar unilateralmente os impactos; perda de controlo.

Ganho de influência; capacidade de entrar em novos mercados; posição competitiva e acesso a mercados estrangeiros.

Perda de estabilidade, sentimento de estar deslocado.

Capacidade de lidar com a incerteza, resolver problemas complexos e invisíveis; capacidade de se especializar e diversificar; capacidade de afastar competidores.

Conflito sobre domínio, objetivos e métodos.

Ganho de suporte mútuo; sinergias de grupo e relações harmoniosas de trabalho.

Atrasos nas soluções devido a problemas Respostas rápidas a mudanças de necessidades dos na coordenação. mercados; redução do atraso no uso de novas tecnologias. Intrusão do Governo.

Ganhar a aceitação de Governos estrangeiros para a entrada no país.

Fonte: Alter e Hage (1993: 36)

Finalmente, no que diz respeito à liderança, dada a sua relevância, aprofundaremos, nos próximos parágrafos, a sua compreensão.

3.2.1. Liderança no quadro da Teoria da Vantagem Colaborativa A mensagem-chave de Huxham e Vangen (2005) é que é necessário gerir proativamente a colaboração, ao invés de esperar que ela aconteça espontaneamente. Defendem que “deixada por si só, a colaboração é muito mais atreita à inércia colaborativa que à vantagem colaborativa”204. Esta pró-atividade exige liderança adequada. É defendido que os modelos tradicionais de liderança hierárquica não se adequam, tal e qual, aos contextos interorganizacionais pelo que é necessário procurar novas abordagens205. 99

Profile for Instituto Padre António Vieira

Problemas Sociais Complexos e Governação Integrada  

Esta publicação resulta de uma versão resumida e atualizada da tese de doutoramento de Rui Marques “Problemas Sociais Complexos e Governação...

Problemas Sociais Complexos e Governação Integrada  

Esta publicação resulta de uma versão resumida e atualizada da tese de doutoramento de Rui Marques “Problemas Sociais Complexos e Governação...

Profile for ipav
Advertisement