Page 1

comunicação corporativa + marketing + branding_


CONCORRÊNCIA DE COMUNICAÇÃO NOVELIS

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL


“Nada de grande se realizou no mundo sem paixão”. Georg Hegel, filósofo alemão

03


Introdução Para apresentarmos a Intra e sua experiência em comunicação corporativa, optamos por narrar, de forma breve e pontual, a história da agência. Ao interpretar a demanda da carta convite, percebemos de imediato, uma grande sinergia com nosso DNA. Afinal, são 10 anos de trabalho pautados em planejamento de comunicação integrada para grandes players do cenário nacional. Boa leitura.

04


Como percebemos a Comunicação Corporativa

05


Há 10 anos aproximamos pessoas de resultados. Sempre entendemos a comunicação como um processo

1 Logo nos primeiros anos de atuação, tornou-se evidente

essencialmente humano. Assim, trouxemos para

que investir na capacitação humana, sem contar com

o Brasil, ainda em 1999, uma metodologia que se

uma comunicação interna consistente e alinhada à visão

consolidou nos anos vindouros como a vanguarda em

corporativa, era uma solução paliativa.

treinamento e desenvolvimento organizacional. 0 DEAL, ou Desenvolvimento Empresarial ao Ar Livre, foi o embrião do que viria a ser a Intra poucos anos depois: uma agência especializada em comunicação corporativa.

Precisávamos ir além. Com esse foco em mente, agregamos novos talentos à equipe e abrimos nossas portas em 2003, já tendo

Com o DEAL, capacitamos mais de 4.000 líderes e liderados em todo o Brasil e atendemos clientes, como Telemig Celular, Amazônia Celular, HSBC, Tim, Telemar e Citibank.

em carteira um primeiro contrato com a Telemig Celular. Como responsáveis por toda a comunicação corporativa em Minas Gerais (contrato vigente até a presente data com a Vivo), tivemos a oportunidade de participar, como parceiros estratégicos, dos vários momentos vividos pela empresa, demandando do planejamento uma forte habilidade para atuar dentro de diversos cenários mercadológicos ao longo de 9 anos.

06


Há 10 anos aproximamos pessoas de resultados. Missão: Acreditamos que a qualidade se dá pelo atendimento a

1 Valores: Todo negócio é feito por pessoas e são elas que

poucos clientes, o que nos diferencia da filosofia de massa

transformam o nosso dia a dia.

do mercado. Oferecemos uma equipe sênior com atenção

contínua dos gestores, entregando projetos únicos com preços justos e medimos o nosso sucesso pelo sucesso dos nossos clientes

• Pensar em conjunto é melhor que pensar só. • Para fazer bem, você deve gostar do que faz. • O crescimento dos nossos clientes é o nosso crescimento. • É sempre possível ir além.

Visão: Ser referência nacional por nossos resultados e filosofia de trabalho, crescendo de forma sustentável e respeitando os valores do próprio negócio.

07

• Ser consciente é adotar e multiplicar atitudes sustentáveis.


Planejamento: certeza do sucesso.

2

Hoje, é uma grande satisfação sermos percebidos pelo

Com uma equipe multidisciplinar, temos uma ampla

mercado como uma agência que tem, em sua estrutura

visão de gestão de negócios. A capacidade de alinhar

organizacional, o planejamento como pilar de atuação.

expectativas entre clientes internos e mensurar a efetividade dos nossos projetos, faz com que todas

Com propostas alinhadas ao planejamento estratégico,

as nossas entregas sejam acompanhadas por uma

trazemos o foco da comunicação para a estratégia e não

arquitetura de monitoramento eficaz e diferenciada.

somente para a implementação. Afinal, planejar é conhecer com quem se comunica, entender suas expectativas e,

Para que possamos nos manter sempre atualizados,

assim, construir relacionamentos sólidos e duradouros.

acompanhamos as principais tendências mundiais de gestão e comunicação em fóruns nacionais e internacionais, como os promovidos pela HSM, bem como pela assinatura de publicações, como a Harvard Business Review e a aquisição de relatórios da Trend Watching.

08


Indicadores de desempenho e pesquisas: transformando dados em informação.

Como o Professor Vicente Falconi, CEO da Falconi Consultores de Resultado – uma das dez maiores consultorias de negócio do mundo e cliente da Intra – diz:

3 entregando, para a área demandante, análises completas sobre o andamento de cada uma das campanhas/projetos.

“0 que não é mensurado não é gerenciado”. Mapear, entender e agir com sabedoria. Assim nós Acreditando nessa afirmativa, nossos projetos são baseados em indicadores de desempenho (KPIs), que, aplicados a diferentes dimensões da comunicação – logística, atenção, relevância e influência – direcionam os planos de ação e promovem resultados mensuráveis,

09

trabalhamos todos os dias.


4 Somamos para multiplicar. Desde 2012, assinamos um acordo operacional com a Press Comunicação, empresa com mais de 20 anos de atuação de mercado.

A qualidade dos serviços da Press Comunicação é comprovada por seus pares. Saiba quem são: • Vallourec & Mannesmann do Brasil (V&M Florestal, V&M Mineração)

Com esse acordo, passamos a ofertar aos nossos clientes um serviço ainda mais amplo, intensificando nossa interlocução com o mercado e as comunidades por meio de uma estruturada assessoria de imprensa.

• Natura • Sicoob – Sistema Crediminas • Mercantil do Brasil • Teksid

10


Clientes

11


5

Nossos pares

Ir além faz parte do nosso jeito de ser. Apostamos nas relações duradouras e o reflexo disso está em nossa história. Nossas realizações são fruto de planejamento, dedicação, criatividade e atenção aos menores detalhes, pois seu sucesso é nossa conquista.


Vivo A Telefônica Vivo é a maior empresa de telecomunicações do País, com 91,9 milhões de clientes, sendo 76,8 milhões apenas na operação móvel.

• responsáveis por toda comunicação interna do único Call Center proprietário do Brasil, com mais de 1300 colaboadores, incluindo diversas iniciativas, dentre elas: desenvolvimento de líderes, programas de incentivo, eventos e promoções;

Período de atendimento: desde 2001 (antiga Telemig Celular/Amazônia Celular).

• transposição da marca Telemig Celular para Vivo, conduzindo o aculturamento para a nova marca.

Escopo de atuação: • responsáveis por toda comunicação interna Vivo Minas entre os anos de 2001 e 2008;

13


ALE Quarta maior distribuidora de combustíveis do país, com cerca de 1.750 postos em todo o território nacional. Período de atendimento: desde 2008.

• planejamento, conceituação e gestão de todos os projetos nacionais realizados desde 2009, gerenciando mais de R$15.000,000,00 em orçamento e impactando mais de 10.000.000 de consumidores; • relacionamento contínuo com stakeholders diversos, como gerentes comerciais, revendedores, frentistas e consumidores finais;

Escopo de atuação: • planejamento, desenvolvimento e implementação dos Planos de Marketing 2010, 2011 e 2012 para engajamento dos revendedores frente às metas de gestão;

14

• cogestão de eventos internacionais direcionados a revendedores.


Tracbel Com unidades de negócio em 23 estados, o Tracbel Group é a maior revenda Volvo da América Latina e a maior revenda SDLG do mundo.

• consultoria de branding para construção da nova marca e do aculturamento de valores dentro do novo posicionamento nacional;

Período de atendimento: desde 2010.

• desdobramento da estratégia global Dual Brand Volvo/ SDLG para todos os colaboradores do Brasil;

Escopo de atuação:

• ações e campanhas de relacionamento para o publico interno;

• desenvolvimento do Planejamento Estratégico de Comunicação Interna 2011, 2012 e 2013 para os mais de 1200 colaboradores de todas as unidades, visando a implantação de um modelo de governança corporativa e internacionalização da marca;

15

• gestão, pré-produção e produção de eventos internos.


Falconi Antigo INDG, do conhecido Prof. Vicente Falconi, é uma das 10 maiores consultorias de negócio do mundo presente em 25 países. Período de atendimento: desde 2012. Escopo de atuação: • responsáveis pelo processo de aculturamento e resgate dos valores corporativos para todos os colaboradores nos 25 países de atuação após a transição da marca INDG para Falconi;

16

• ações e campanhas de relacionamento para o público interno; • suporte na implantação das ações de T&D.


Unimed-BH Maior plano de saúde de Minas Gerais e Top of Mind Brasil com mais de um milhão de clientes ativos.

• ações e campanhas de relacionamento para o público interno;

Período de atendimento: desde 2011.

• gestão, pré-produção e produção de eventos internos.

Escopo de atuação: • desenvolvimento do Planejamento Estratégico de Comunicação Interna para os mais de 4000 colaboradores da operadora e dos serviços próprios, visando o desdobramento da Visão 2015 do plano de negócio;

17


MMX Única mineradora de minério de ferro brasileira com logística integrada listada no Novo Mercado da BM&F Bovespa. Período de atendimento: contrato de 24 meses em vigor desde outubro de 2012.

Escopo de atuação: • planejamento Estratégico de Comunicação Integrada para o biênio 2013/2014, envolvendo as áreas de comunicação interna e externa para todas as unidades operacionais e administrativas em âmbito nacional;

18

• implementação das ações previstas no planejamento de comunicação visando o atingimento das metas estabelecidas no Planejamento Estratégico de Comunicação Integrada.


6

Quem passou por aqui.

AlÊm dos clientes que atendemos em caråter permanente, temos outras demandas pontuais. É sempre um prazer ser um parceiro de escolha.

19

19


Testemunhais

20


O que falam sobre nós.

7

A Intra possui características ímpares em sua prestação de serviço: disponibilidade, agilidade, responsabilidade e criatividade. Por isso, essa parceria é um sucesso desde 2005! Narly Simões Responsável pela Comunicação – Vivo Minas

Trocar de agência e escolher, entre tantas outras no mercado, a Intra como parceira foi uma das escolhas mais assertivas do Grupo Tracbel. Isabella Bregunci Responsável pela Comunicação – Tracbel Group

21


Trabalhar com a Intra tem sido muito gratificante, não só pelo alto grau de profissionalismo demonstrado mas, sobretudo, pela qualidade das soluções apresentadas, sempre agregadoras de valor. Foi uma grata surpresa ver a grande e deliciosa Ivan Dutra Diretor de Marketing da Táticas e Estratégia

limonada feita a partir do limão que apresentamos para criar o treinamento ideal que imaginamos. Em menos de duas semanas, vocês OUVIRAM, ACREDITARAM, CRIARAM e EXECUTARAM um trabalho complementar junto a outros dois fornecedores, o que garantiu a entrega de um treinamento vivencial que foi fundamental para o

Trabalhar com a Intra é sempre uma grata surpresa.

sucesso de nosso Treinamento de Vendas.

A cada projeto apresentam trabalhos diferenciados, criativos e impecáveis, que traduzem de forma brilhante o que queremos comunicar nos eventos

Obrigado e parabéns pela seriedade e profissionalismo (sem perder o bom humor.)

da empresa. Enfim, a Intra sempre dá um show de criatividade e competência.

Gustavo Styllus Gerente Geral de Vendas América Latina – ACCOR

Danielle de Araújo A. Pena e Maria Helena Sander T. S. Meira – Coordenadoras do Programa de Qualidade de Vida do BDMG

22


Começamos nossa parceria com a Intra em 2005, momento em que estávamos buscando implantar um processo eficiente de endomarketing e maior envolvimento entre pessoas e setores. Iniciamos este trabalho com diversas ações que envolviam Ter a Intra como parceira é motivo de orgulho para a Athos Farma. Os profissionais são dinâmicos, criativos e ‘antenados’ com as tendências da comunicação e do mercado – exatamente aquilo que buscamos. Pontualidade, proximidade e atenção especial são algumas das principais características da nossa parceira. Luciana Paula Vieira Rodrigues Assessora de Comunicação – Athos Farma

treinamentos internos e ao ar livre. As pessoas de todos os níveis da empresa puderam vivenciar momentos de muita integração que no campo organizacional nos trouxe crescimento e melhoria do desempenho. A Intra continua sendo nossa parceira, sempre nos entregando serviços de qualidade com pontualidade e acima de nossas expectativas. Continuaremos essa trajetória juntos, com a certeza de que a Intra sempre será nossa parceira de sucesso. Sidney Cruz Gerente Comercial – Florense Móveis/Movin Concept

23


A NOSSA FORMA DE

PLANEJAR E EXECUTAR

24


O porquê da Comunicação Interna

25


8.1

O porquê da Comunicação Interna

..................................................................................................................................................................................................................................................

Um departamento de CI deve considerar que a mudança de comportamento a partir de uma mensagem só é possível por meio de processos cognitivos planejados, ordenados e encadeados. Por isso, a Comunicação Interna: • fundamenta o negócio, transpondo o Planejamento Estratégico para o universo dos colaboradores, reduzindo a rotatividade dos colaboradores e criando o sentimento de pertencimento; • influencia positivamente o clima organizacional; • facilita os processos de gestão da mudança; • fortalece a reputação corporativa; • constrói a memória da empresa.

26


8.1

O porquê da Comunicação Interna

..................................................................................................................................................................................................................................................

Abaixo: pesquisa realizada pela consultoria Mercer a respeito da relação entre comunicação da visão de futuro e satisfação dos colaboradores.

CONSIDERA DEIXAR A EMPRESA NOS PRÓXIMOS 12 MESES

ESTÁ INSATISFEITO COM A EMPRESA

40%

39%

16%

7%

Quando a alta direção

Quando a alta direção

Quando a alta direção

Quando a alta direção

COMUNICA

NÃO COMUNICA

COMUNICA

NÃO COMUNICA

claramente a visão de futuro da empresa

claramente a visão de futuro da empresa

claramente a visão de futuro da empresa

claramente a visão de futuro da empresa

Fonte: What’s working - Mercer Survey of People at Work - 2002

27


8.1

O porquê da Comunicação Interna

..................................................................................................................................................................................................................................................

São fatores críticos de sucesso: • definição do propósito da Comunicação Interna; • validação e apoio da alta gestão; • alinhamento do conceito de sucesso dentre todas as áreas da empresa; • estruturação e investimentos na área de Comunicação Interna; • envolvimento dos setores na elaboração e implementação do Plano de Comunicação Interna; • construção de um relacionamento de alto nível com a área de Recursos Humanos; • sensibilização e adesão das lideranças para a disseminação dos conceitos e desdobramentos das práticas.

28


Quais os benefĂ­cios dessa abordagem?

29


8.2

Quais os benefícios dessa abordagem?

..................................................................................................................................................................................................................................................

A proposta Intra: • contribui para a definição de papéis e objetivos, trazendo o foco para a estratégia e não para a execução; • norteia os resultados do Planejamento Estratégico, alinhando expectativas entre as áreas e melhorando o retorno esperado; • mantém o foco de colaboradores e líderes; • enfatiza a importância da Comunicação Interna para as lideranças.

30


8.2

Quais os benefícios dessa abordagem?

..................................................................................................................................................................................................................................................

55%

Ao lado: gráfico que ilustra, de acordo com Philip Kotler, a importância do

30%

processos o que ele vivencia

exemplo

exemplo das lideranças na construção do comportamento organizacional.

o colaborador vê e ouve da liderança, ou seja, a cultura é moldada pelos líderes

31

15%

veículos


8.2

Quais os benefícios dessa abordagem?

..................................................................................................................................................................................................................................................

PAPEL DA COMUNICAÇÃO

PAPEL DA LIDERANÇA

• Entender as crenças atuais;

• Liderar a mudança/dar o exemplo;

• planejar a comunicação;

• contar uma ‘história’ que faça o link entre passado/ presente/ futuro;

• simplificar as mensagens;

• discurso e prática coerentes;

• estabelecer o papel do líder;

• comunicar o porquê mais, mais e mais;

• colocar os líderes no centro da comunicação da mudança;

• intensificar a comunicação durante períodos de caos; • responder como nós iremos mudar;

• integrar veículos internos para suportar a mudança;

• manter o diálogo.

• medir o sucesso.

Fonte: What’s working - Mercer Survey of People at Work - 2002

32


Metodologia | O processo

33


3 8.

Metodologia | O processo

..................................................................................................................................................................................................................................................

1º passo: nova cultura • Implementar a cultura de medição de resultados; • considerar diferentes tipos de avaliação (formais e informais); • avaliar as melhorias em um espaço de tempo superior a 18 meses; • aprofundar nos temas relevantes; • avaliar as ações pontuais.

34


3 8.

Metodologia | O processo

..................................................................................................................................................................................................................................................

2º passo: escolha do método Abaixo: a régua de efetividade (ou régua de Lindenmann) é um dos modelos de avaliação e mensuração de resultados no contexto da Comunicação Corporativa. Principal objetivo: a mudança de comportamento.

35


3 8.

Metodologia | O processo

..................................................................................................................................................................................................................................................

3º passo: identificação dos objetivos • Acompanhar, avaliar e mensurar sistematicamente os impactos e resultados das ações; • fomentar o processo de retroalimentação para correções necessárias (PDCA); • demonstrar a contribuição dos esforços do setor para os objetivos do Planejamento Estratégico, tais como Índice de Retenção de Talentos (IRT), Índice de Comprometimento dos Colaboradores (ICC) e Índice de Compreensão dos Colaboradores (ICC).

36


3 8.

Metodologia | O processo

..................................................................................................................................................................................................................................................

4º passo: identificação dos instrumentos de medição

CONSELHO DE COMUNICAÇÃO

CIRCULAR GASTAR SOLA DE SAPATO

PESQUISAS FORMAIS

• Para ouvir os colaboradores

• Vivenciar a empresa

• Apresentar causa e efeito

• Para criar uma via de mão-dupla

• Circular pelas áreas

• Registrar os ganhos

• Para dar força à comunicação

• Ouvir as pessoas

• Aprofundar nos temas

• Para um processo mais pertinente

• Considerar o que é dito

• Ter a visão sistêmica

37


3 8.

Metodologia | O processo

..................................................................................................................................................................................................................................................

4º passo: identificação dos instrumentos de medição > modalidades • Quantitativa: identifica e quantifica opiniões. • Qualitativa: aprofunda e analisa os resultados críticos apontados no monitoramento quantitativo.

Acompanhamento: monitora as ações de comunicação no cotidiano | “toma o pulso”.

38


3 8.

Metodologia | O processo

..................................................................................................................................................................................................................................................

Arquitetura de Monitoramento

39


3 8.

Metodologia | O processo

..................................................................................................................................................................................................................................................

Estrutura de Planejamento de Comunicação Interna

PLANO DE COMUNICAÇÃO ESTRATÉGICA Primeiro Trimestre

Segundo Trimestre PDCA

Mensuração de resultados + KPIs

diagnóstico pesquisa qualitativa e quantitativa

Terceiro Trimestre PDCA

Mensuração de resultados + KPIs

pesquisa quantitativa

PDCA

Mensuração de resultados + KPIs

pesquisa quantitativa

40

Quarto Trimestre PDCA

Mensuração de resultados + KPIs

pesquisa quantitativa

pesquisa qualitativa e quantitativa


3 8.

Metodologia | O processo

..................................................................................................................................................................................................................................................

Entradas

Entregas Plano de Comunicação com as seguintes áreas: _Apresentação

_Análise dos canais

_A importância da Comunicação Interna

_Meios e suportes

na construção da cultura

_Pesquisa Qualitativa _Pesquisa Quantitativa _Avaliação dos Canais _Avaliação da Estrutura Organizacional

_Premissas

_Ações e recomendações

_Objetivos do Plano de Comunicação Interna

_Comitê de Comunicação

_Metodologia

_Campanhas e eventos

_Etapas do Plano de Comunicação

_Monitoramento e controle:

_Descrição das etapas _Diagnóstico _Metodologia do Diagnóstico

41

_Mudanças nos canais existentes

ferramentas e técnicas _Planejamento Anual


A INTRA E A NOVELIS

42


A experiência Novelis, nosso ponto de partida

9

O que define uma experiência? Pode ser um estímulo sensorial – uma visão inspiradora, por exemplo – ou algo maior, como um aprendizado, uma conquista ou uma realização. Como substantivo, está quase sempre associado ao verbo viver: “eu vivo, nós vivemos”. Como conceito, ganha força se estamos ao lado de pessoas que compartilham nossos valores.

Mas o que define se os momentos serão significativos, se ficarão ou não para sempre, se trarão um sorriso de satisfação ao serem lembrados, ou ao serem contados, é o nosso grau de envolvimento – e também o sentido que percebemos neles. Por mais que cada um assimile tudo isso à sua própria maneira, nosso desejo é que todos desfrutem a melhor experiência possível.

43


Pilares de comunicação

10

Assim como orientado em briefing, os seis pilares abaixo nortearam nossa proposta :

• Desenvolvimento profissional • Crescimento na carreira • Segurança no ambiente de trabalho • Bom ambiente organizacional • Equilíbrio entre vida pessoal e profissional • Compensação financeira atrativa

44


Justificativa

11

No contexto de uma grande organização, engajamento e encantamento caminham juntos. A Novelis parte de uma importante premissa: as expectativas de seus funcionários são efetivamente ouvidas e utilizadas como insumos para a construção da estratégia de comunicação. Contudo, essa postura deve estar alinhada à capacitação e ao comprometimento das lideranças para que a consonância entre o que é falado e o que é praticado seja mantida. Vimos, aqui, uma oportunidade para trazer melhorias ao processo comunicacional. Analisando o briefing, entendemos que experiência deve ser o termo que irá nortear toda a proposta. Assim, apresentamos uma proposta envolvente, na qual várias acepções poderão ser trabalhadas – do plano pessoal ao plano sensorial – e, por meio de canais inovadores e estrategicamente assertivos, cumpriremos os objetivos propostos.

45


Objetivos de comunicação

12

1.

Tendo a experiência como driver, estimular nos profissionais o orgulho de fazer parte da Novelis.

2.

Engajar as lideranças para que possam cascatear o conhecimento e inspirar pelo exemplo.

3.

Municiar os profissionais de informação para que possam se tornar aptos a assumir responsabilidades.

4.

Promover ações, peças e canais de Comunicação Interna que, dentro de uma estratégia coerente, façam sentido para profissionais de todos os níveis e todas as unidades Novelis no Brasil.

5.

Propor suportes de comunicação inovadores com vistas ao aumento do engajamento.

46


Mote de comunicação

A Novelis envolve você.

47


Mote de comunicação

A Novelis envolve você. Racional criativo: 1. A experiência de fazer parte da Novelis: equilíbrio entre pessoal e profissional, orgulho de pertencer 2. Valores da Novelis alinhados às expectativas dos colaboradores: proximidade, respeito 3. Envolver: apelo emocional, ambiente positivo, funcionário cercado de benefícios e oportunidades, cultura paternalista das relações trabalhistas no Brasil

48


49


Estratégia de comunicação

3 1

Para lançar a campanha, optamos por utilizar, além dos canais tradicionais, canais inovadores, a fim de atrair e reter a atenção de nosso profissional. Trabalhando sob essa ótica, escolhemos uma peça que será utilizada como fio condutor do projeto, sustentada, em diversos momentos, por outras peças complementares. Apresentaremos a seguir, as três principais plataformas da proposta. Aproveite esta experiência.

50


13.1

Estratégia de comunicação | principais peças e canais

Álbum de figurinhas, a peça central Faz parte da nossa natureza registrar memórias. Cada cultura tem sua forma de preservar histórias que compõem seu patrimônio imaterial – e o ato de colecionar imagens constitui um expediente frequentemente utilizado. Dentre os vários suportes para isso, escolhemos o álbum de figurinhas com base em cinco motivos: 1. O aspecto social: quando falamos de figurinhas, falamos de troca. O álbum é um canal de comunicação que ganha vida a partir da relação entre as pessoas. 2. O caráter lúdico: diferentemente dos canais tradicionais, em que o profissional é impactado por uma mensagem, aqui ele cria o conteúdo à medida que se engaja na tarefa de completar as páginas. 3. Maior vida útil: tudo aquilo em que investimos tempo e dedicação acaba sendo mais difícil de se abrir mão. É sempre prazeroso revisitar um álbum completo. 4. Importância estratégica: podemos trabalhar os valores da organização e reforçar a cultura corporativa de forma amigável. 5. Aderência ao briefing: informação + apelo emocional + engajamento

51


13.1

Estratégia de comunicação | principais peças e canais

Organização estrutural do álbum Propomos que o álbum contenha 88 cromos ilustrados autocolantes, sendo: 40 relativos aos pilares de comunicação; 30 referentes à história da Novelis e sua presença global; 16 com fotos das 8 unidades no Brasil (2 para cada imagem); 2 figurinhas metálicas especiais. Timeline O álbum e o primeiro lote de figurinhas serão entregues em novembro e os profissionais terão até o mês de fevereiro para completar os álbuns. Reforço do papel das lideranças A utilização da estratégia “bottom up” incentiva a busca de informações com as lideranças imediatas. Ao fortalecermos esta iniciativa, precisamos de líderes informados, engajados e liderando pelo exemplo. O ciclo de capacitação prévio com todas as lideranças visa prepará-los para lidar com os questionamentos que irão surgir.

52


13.1

Estratégia de comunicação | principais peças e canais

Álbum de figurinhas, a peça central Representação de todas as unidades Cada uma das oito unidades no Brasil será apresentada por uma imagem formada por duas figurinhas coladas lado a lado. A ideia é que cada foto mostre a forma como a unidade e seus profissionais se veem dentro do universo de uma única Novelis. Envolvimento para a escolha da foto de cada unidade Tantos os líderes quanto os demais profissionais serão envolvidos nesta escolha. Reconhecimento do engajamento A fim de reforçar o conceito de envolver por meio de experiências, sugerimos que um determinado número de profissionais que forem os primeiros a completar o álbum receba prêmios com foco em experiências – gastronômicas, de viagem, bem-estar, entre outras.

53


13.2

Estratégia de comunicação | principais peças e canais

Videobox, uma peça sensorial Ver e ouvir são partes fundamentais do processo de comunicação. Quando nos dispomos a escutar com atenção nossos pares e nossas lideranças, assimilamos a mensagem com eficácia maior do que se ela estivesse registrada em um veículo impresso. Segundo uma pesquisa realizada em Harvard, a aceitação de uma mensagem pode subir até 65% quando o emissor é uma pessoa próxima. Ou seja, a confiança é a base da comunicação. Overview O que é um Videobox? Reprodutor de vídeo e áudio contendo depoimentos de profissionais que reconheçam um dos pilares da Comunicação, traduzindo sua experiência por meio de testemunhal. É uma peça que explora os conceitos de museografia, permitindo a interação com o usuário.

54


13.2

Estratégia de comunicação | principais peças e canais

Videobox, uma peça sensorial Consideramos este um canal de suporte com alta relevância estratégica. 1. Altamente acessível a todos os níveis: mesmo os profissionais do estrato operacional podem operá-lo facilmente, pois não há necessidade de operações complexas. 2. Não depende de computadores ou acesso à Internet, o que possibilita sua utilização nas unidades fabris, na usina hidrelétrica, nas pequenas centrais e nos centros de coleta de alumínio, além do escritório central. 3. Facilmente replicável, de simples transporte e fácil instalação.

55


13.3

Estratégia de comunicação | principais peças e canais

Rádio Novelis, um estímulo à informação e bem estar É sabido que o som é uma poderosa forma de evocar sentimentos positivos quando o assunto é experiência de marca. Como forma de trazer mais conforto e comodidade aos ambientes comuns das unidades de negócio, propomos a criação da Rádio Novelis. Com uma programação mista, intercalando “programetes” descritivos sobre as iniciativas realizadas nos seis pilares deste projeto e músicas de diversos gêneros, a rádio poderá evoluir, no futuro, para um novo canal de comunicação, podendo, a qualquer momento, ser fomentada com inúmeras outras formas de conteúdo, tais como comunicados importantes ou gravações dos profissionais artistas.

56


Cronograma macro, uma visão geral da proposta

14

• Pré-lançamento: 2 semanas. Neste período envolveremos as lideranças. Nosso objetivo aqui é prepará-los para conduzir e sustentar, por meio de respostas bem estruturadas, este novo momento. • Lançamento: 2 semanas. Neste período envolveremos todos da empresa com um grande dia D e, posteriormente, implementaremos outros canais de comunicação que se fizerem pertinentes. Aqui, a palavra-chave é envolver para conquistar. • Sustentação: trabalhado como uma grande campanha “guarda-chuva”, esse momento poderá ser estendido até o final do contrato, sendo o encerramento do álbum concomitante aos nove anos da Novelis.

57


KPIs

15

Para que seja possível estabelecermos os indicadores de desempenho do projeto, precisamos identificar, em conjunto, qual nossa situação atual conforme apresentado em nossa metodologia.

58


Disclaimer

16

Entendemos que o foco nas pessoas é um dos pilares estratégicos da Novelis. Contudo, falta à organização um banco de imagens que retrate profissionais de todos os níveis e todas as unidades para que as peças de comunicação possam trazer um tom mais próximo e humano. Ainda que não seja uma demanda específica do briefing recebido, chamamos a atenção para este assunto e nos colocamos à disposição da Novelis para desenvolvimento e implementação de um plano de ação em um momento oportuno.

59


Escopo e Premissas Escopo de fornecimento Para a realização do escopo especificado, a prestação do serviço será dividida em 7 etapas, a saber:

17 • especificações de fichas técnicas; • workshops de capacitação de lideranças.

1. assinatura do contrato de NDA; 2. levantamento das informações e compreensão do cenário (planos de CI e Mercado existentes e ações em andamento, bem como avaliação completa dos veículos, incluindo periodicidade, públicos e editorias; 3. compilação dos documentos existentes e profissionaischave para construção das pesquisas qualitativa e quantitativa; 4. aplicação das pesquisas com base na impressão obtida, tendo como foco o atingimento do Planejamento Estratégico; 5. tabulação e geração do Plano de Comunicação com base nas pesquisas e objetivos traçados;

Premissas para o fornecimento a) Diagnóstico e Planejamento 1. Todas as informações devem ser agrupadas de forma lógica e entregues em um único momento. Entregas realizadas após o início dos trabalhos serão consideradas como refação do planejamento. 2. Deverá ser cumprido o cronograma macro proposto pela agência. 3. A agência deverá ter acesso aos profissionais demandados para as entrevistas qualitativas. b) Atendimento da conta 1. O fornecimento está condicionado ao preenchimento do briefing, conforme modelo acordado entre as partes, antes da realização de cada demanda.

6. apresentação do resultado e validação pela área; 7. entrega do documento final.

2. O fluxograma apresentado na página 61 sugere um esquema de trabalho que envolve as relações entre Intra e NOVELIS.

Exclusões do escopo • desenvolvimento de projetos gráficos para os veículos avaliados;

3. Será enviada pelo atendimento da conta à NOVELIS, todas as segundas-feiras, uma relação de todos os trabalhos previstos para a pauta da semana acompanhados do status de cada um.

• briefings para campanhas propostas; • despesas com viagens adicionais às previstas em proposta; • gravação e/ou condução de focus group;

60


Cronograma e Fluxograma

18

Abaixo: prazos estimados para cada etapa e fluxo de trabalho sugerido. Nele, o briefing, o planejamento e o monitoramento das ações têm importância fundamental.

• Levantamento das informações e compreensão do cenário (planos de CI e Mercado existentes e ações em andamento, bem como avaliação completa dos veículos, incluindo periodicidade, públicos e editorias) – 10 dias • Compilação dos documentos existentes e profissionaischave para construção da pesquisa qualitativa e quantitativa – 15 dias

61

• Aplicação das pesquisas com base na impressão obtida tendo como foco o atingimento do planejamento estratégico – 15 dias • Tabulação e geração do plano de comunicação com base nas pesquisas e objetivos traçados – 15 dias • Entrega do documento final – 10 dias


Capacidade de Atendimento

62


Nossos talentos A equipe designada para o atendimento à NOVELIS é formada por profissionais com vasta experiência de mercado e comprovada expertise em suas respectivas áreas do conhecimento. Os profissionais serão divididos em duas equipes com atuação complementar: 1. Equipe de Diagnóstico, formada por gestores e profissionais sêniores da agência concorrente e de sua coligada; 2. Equipe de Atendimento e Planejamento, formada por profissionais sêniores e plenos e responsável por dar andamento às demandas de comunicação. 1. Diagnóstico Fabio Araújo, Diretor Executivo Intra Comunicação Administrador com especialização em Marketing Estratégico e mais de 10 anos de experiência no mercado de comunicação corporativa. Palestrante da ABRH – Associação Brasileira de Recursos Humanos. Professor no MBA da FUMEC nas cadeiras de Mercados Competitivos, Estratégia e Performance e Comunicação Interpessoal. Eleito o professor mais bem avaliado na universidade em 2012.

63

19 Varda Kendler, Planejamento Intra Comunicação Consultora em Comunicação Organizacional e Marketing e professora. Formada em Publicidade e Propaganda pela PUC-MG; pós-graduada em Gestão Estratégica da Informação pela UFMG, Comunicação e Gestão Empresarial pelo IEC-MG e Marketing pela FGV- MG; Mestranda em Administração pela Fumec. Atuou como gestora de comunicação e marketing, por mais de 20 anos, em empresas de grande porte (Usiminas, V & M do BRASIL/ Grupo Vallourec, Vivo Minas/Telemig Celular e Sebrae-MG), período em que recebeu diversos prêmios nacionais Aberje. Claudia Tanure, Diretora Press Comunicação Bacharel em Relações Públicas pela Newton Paiva, pósgraduada em Administração de Marketing (UNA) e Mestre em Comunicação Organizacional com foco na Análise do Discurso da Sustentabilidade (PUC Minas). Possui 27 anos de experiência profissional, sendo 19 em cargo de diretoria. Cristiane José, Planejamento Press Comunicação Bacharel em Administração de Empresas pela Universidade São Judas Tadeu – USJT – e pós-graduada em Gestão de Comunicação pelo Instituto de Educação Continuada (IEC). Possui 24 anos de experiência profissional, tendo planejado e implementado a estrutura de comunicação do CDL-BH, dentre outros projetos.


Nossos talentos

19

2. Planejamento, Atendimento e Criação A equipe de atendimento pós-diagnóstico será definida após termos a dimensão exata do escopo de trabalho a ser realizado.

IED FIRENZE – Itália. Possui mais de quatro anos de experiência em Comunicação e Eventos. Atuou como planejamento em eventos corporativos em agências de comunicação e na Fiat.

Vitor Garcia, Sócio e Diretor de Criação Intra Comunicação Gestor da equipe de criação e responsável pelos projetos gráficos da agência. Designer gráfico com mais de 15 anos de atuação no mercado, desenvolvendo e gerenciando projetos de comunicação corporativa, design, multimídia e marketing.

Simone Barros, Coordenadora de Atendimento Intra Comunicação Comunicóloga com ênfase em Publicidade e Propaganda e especialização em Marketing e Comunicação. Vivência de 9 anos na área, com passagem por agências de publicidade, fornecedores e empresa de varejo.

Ronan Sato, Coordenador de Planejamento Intra Comunicação Graduado em Publicidade e Propaganda pela PUC-MG com especialização em Gestão de Projetos pela FDC. Possui oito anos de experiência de mercado, sendo três deles dedicados à Comunicação Organizacional. Colaborou na elaboração de Planos de Comunicação para clientes de relevância nacional, inclusive do setor de mineração. Seu escopo de atividades compreende desde o diagnóstico até a elaboração dos planos de ação estratégicos.

Silmara Oliveira, Assistente de Atendimento Intra Comunicação Publicitária, cursando MBA em Marketing e Vendas pelo Centro Universitário Newton Paiva. Experiência no departamento de marketing em indústrias e em comunicação corporativa. Desenvolvimento de briefings junto ao cliente, realização de orçamentos e contato com fornecedores.

Amanda Ferreira Alkmim, Planejamento Intra Comunicação Graduada em Publicidade e Propaganda pela FUMEC-MG (2008) com especialização em Gestão de Marketing pela PUC em andamento com previsão de término para julho de 2014. Possui cursos complementares de marketing estratégico pela

64

Marco Aurélio Silva, Diretor de Arte Intra Comunicação Designer gráfico graduado pelo Centro Universitário Una com mais de 10 anos de mercado. Trabalhou em diversas agências, entre elas, Agência Nube, Torchetti Design, Bros Comunicação e Design entre outras, onde desenvolveu peças para grandes clientes do setor automobilístico, industrial, de telecomunicação e de mineração.


Nossos talentos Vinícius Gomes, Diretor de Arte Intra Comunicação Designer formado pelo INAP, com mais de 7 anos de atuação na área. Experiência como arte-finalista, designer gráfico e web designer, participando de processos criativos de jobs impressos e digitais. Rui Tofani de Oliveira, Redator Intra Comunicação Graduado em Comunicação Social com habilitação em Publicidade e Propaganda. Trabalha há mais de 2 anos em redação e revisão de textos. Atuou durante 4 anos no setor de construção civil, na área de locação de máquinas e equipamentos. Ana Carolina Rocha, Analista de Comunicação Press Comunicação Graduada em Comunicação Social (PUC/MG) e pós-graduada em Comunicação Empresarial (UNI-BH). Possui cerca de 11 anos de experiência em Comunicação Organizacional, produção de conteúdo para veículos institucionais e Assessoria de Imprensa (Case New Holland/Fiat Industrial). Participou na prestação de assessoria, atendimento e esclarecimento de dúvidas junto à comunidade, bem como no estabelecimento de uma política de boa vizinhança, para cliente de relevância nacional (Cimentos Liz).

65

19 Luciano Lopes da Fonseca, Editor Press Comunicação Bacharel em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo pelas Faculdades do Norte de Minas (FUNORTE) com pós-graduação em Marketing e Comunicação (UNI-BH). 10 anos de experiência em Assessoria de Comunicação, edição e produção de conteúdo. Agraciado com os prêmios 3M de Jornalismo (2007) e João Valiante de Jornalismo (2008). Atua como Editor e participa do atendimento ao cliente a da produção de matérias para revistas institucionais.


Para a Intra, o importante nĂŁo ĂŠ o quanto se investe, e sim investir corretamente. Obrigado

66


67

Concorrencia novelis digital 3  

Apresentação concorrência Novelis

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you