Issuu on Google+


O prop贸sito pode mudar o mundo?


Bem-vindo à uma empresa que sabe que pode. Nós somos a Interface: Global em presença, pensamento e ação. Projetamos uns dos mais belos e confiáveis carpetes em placas do mundo. Fabricamos esses carpetes em placas há quase 40 anos.Gostamos do nosso trabalho.Gostamos dos nossos clientes. Temos muito orgulho de poder influenciar o nosso setor na aplicação de soluções mais sustentáveis. Por isso,agradecemos ao nosso falecido fundador, Ray Anderson, o homem que nos ensinou a viver e trabalhar na plenitude de nossas crenças. Se, após ler o que temos a dizer, você achar que temos algo em comum, entre em contato conosco. Você estará em boa companhia.

Interface’s FOLIO No 4 (2011)


Quem é a empresa chamada Interface? Por definição, somos o maior projetista e fabricante de carpete em placa do mundo. Por reputação, somos uma empresa com ideias e coragem. Essa postura é tanto o nosso patrimônio quanto o nosso futuro. Ray Anderson fundou a Interface em 1973, porque ele acreditava no potencial global da indústria de carpete em placa e construiu uma empresa repleta de talentos capazes de tornar o sonho em realidade. Da fabricação até a gestão, a visão sempre foi a regra – não a exceção.


Quando vc se levanta, você se destaca Interface’s FOLIO No 2 (2009)

A Interface está repleta de pessoas intelectualmente corajosas que irão lutar contra o status quo quando for necessário. Pessoas que inovam, criam, e surpreendem até nós mesmos. Defendemos o projeto como uma maneira de pensar em um nível organizacional e como uma crença estética dos nossos produtos. Defendemos nossos clientes. Ajudamos a transformar as ideias criativas dos nossos clientes em realidade. O nosso objetivo não é apenas prestar um serviço de excelência, queremos criar experiências abrangentes e excepcionais para os nossos clientes em qualquer lugar do mundo. Apoiamos a sustentabilidade. Num setor saturado de petróleo, este pensamento é uma contradição. Mas para nós, o que foi primeiro um modelo de negócio, agora é a nossa natureza.


Inovação, projeto, sustentabilidade, trabalho em equipe, tecnologia e mais do que um pouco de coragem moral. Essas coisas estão no cerne da história da Interface. Na realidade, os nossos produtos podem ser considerados a linha de revestimento de piso mais inteligente do mundo.

Interface’s “O Piso Positivo,” Milan Design Week, Milan Triennale (2011)


Estamos

Vivemos onde trabalhamos. Isso pode parecer básico, mas isso torna a Interface única no setor de tapete. Ter uma presença verdadeiramente global —ter tijolo e argamassa e estar presente em seis continentes—não é pouca coisa. Isso dá base ao nosso compromisso com o atendimento. Para os nossos clientes ao redor do mundo, isso significa o acesso local e fluência na língua e cultura. Viver onde trabalhamos também significa saber que estamos empenhados no sucesso de qualquer comunidade, pois fazemos parte dela. E, se sentir em casa em todo o mundo é fundamental para o projeto.

em casa


A Interface ganhou a confiança dos clientes no mundo todo por ser fácil de acessar e negociar. Isso pode fazer toda a diferença não importando se a sua empresa é uma multinacional que faz negócios em vários continentes, ou uma empresa local que precisa de um parceiro de projetos de classe mundial com conhecimento dos mercados locais. Ao oferecer uma verdadeira experiência global ao cliente, além de relações locais e capacidade de resposta no país, podemos oferecer uma solução inteligente. “Solução” nesse caso significa um relacionamento comercial que é colaborativo, compromissado, produtivo e sempre valorizado.

O vínculo que une 6 continentes ao redor do mundo onde estamos presentes. Temos fábricas na Austrália, China, Holanda, Tailândia, Reino Unido e Estados Unidos. 47 Showrooms, onde você pode ver nossos produtos. Mais de 40 idiomas e dialetos falados pela equipe da Interface no mundo inteiro.


Realizar o que almejamos exige inovação. É tão importante para nós quanto qualquer outra matéria-prima em nossa indústria. Inovação e criatividade trabalham de mãos dadas para nos ajudar a ultrapassar as expectativas do cliente, bem como as nossas. Quando dizemos ‘sim’ para o inesperado, exploramos novos caminhos para a descoberta. E a descoberta nos ajuda a fornecer novas tecnologias, estética nova,e maior desempenho do produto.


o foco

Deslocando

Tudo começou com uma pergunta em 1994. Um cliente queria saber sobre a posição da empresa em relação ao meio ambiente e Ray Anderson não ficou satisfeito com sua própria resposta. Assim, ele abordou o problema de uma maneira que só um engenheiro poderia: com estudo e estratégia. Foi preciso determinação e engajamento para mudar a forma como fazíamos negócios em todos os níveis. Mas o resultado foi transformacional. Para nós e para o setor. Hoje, a sustentabilidade faz parte da agenda oficial das empresas. Nos sentimos orgulhosos em ter desempenhado um papel na projeção de como isso aconteceu. Para a Interface, a sustentabilidade continuará sendo a jornada de uma vida.


Usando o inspiração aos nossos pés Em 2000, trouxemos para a nossa indústria a ciência estudada por da Vinci, os Irmãos Wright, e mais recentemente, a Sra. Janine Benyus: a Biomimética. Ao aprender como a natureza resolve problemas,desenvolvemos ou inspiramos soluções técnicas e estética que revolucionaram novamente a indústria do carpete. Então, como a natureza projetaria carpetes em placas? Alguns exemplos. O sistema de instalaçãoTacTilesTM no-glue inspirado nas pequenas patas pegajosas de uma lagartixa.. Ou os nossos icônicos produtos EntropyTM ,estilos inspirados tão aleatórios como a natureza, projetados para menos resíduos e uma instalação mais fácil.Obrigado, mãe natureza, pelas ideias.


Onde a beleza começa

Para algumas empresas, o ‘projeto’ se refere apenas A algo superficial. Na aparência. Mas nós definimos o projeto amplamente na Interface. Para nós o projeto é uma mentalidade. É um compromisso profundo de todas as coisas importantes — essencialmente para vocês, nossos clientes—sobre a nossa empresa e nossos produtos num nível organizacional. A total experiência do cliente é o motivo pelo qual temos visto projeto como uma estratégia de negócios, além de uma estética visual. E é isso que faz a interface muito mais do que apenas um rostinho bonito. Interface’s SQ FT Magalog, Vol. 2 (2000)


Como Criar um Clássico

A estética de projeto da Interface é básica. Mantemos uma vigilância constante nos mundos (literalmente) da arte, moda, mídia, viagens, tecnologia, e educação—tantas coisas—para ter a certeza de que cada produto da Interface é sintonizado e relevante. Nosso objetivo é ajudar os clientes a criar espaços ideais e realizar suas visões de projetos. Os resultados, acreditamos, são escolhas tão empolgantes e variáveis como muitos dos showrooms globais onde você irá encontrá-los. A maioria dos produtos são produzidos e distribuídos localmente. Todos são projetados para ter um bom desempenho e durar bastante com um firme compromisso com a sustentabilidade.

Interface’s SQ FT Magalog (1996)


Se você pudesse visitar alguns dos clientes mais respeitados do mundo, você viria o nosso trabalho à mostra. Neste caso, “nosso trabalho”, não significa apenas os nossos produtos, mas também a nossa capacidade de apoiar e estimular a visão criativa dos nossos clientes. Como um par de binóculos vendo através de paisagens arrebatadoras, compartilhamos o nosso ponto de vista do projeto com os clientes e focamos em ajudar a trazer beleza e funcionalidade. Com a nossa inspiração do seu lado, não há limite para o que você vai ver.

Interface’s Ambiance Collection Catalogue (2010)


Isso é o que nós sabemos: Isso é o que nós sabemos: Que nenhum pedaço de papel pode dizer quem somos. Que apenas as nossas ações irão verdadeiramente demonstrar o nosso caráter como parceiros de negócios, colaboradores e colegas de mentes criativas. Segurança e confiabilidade são arduamente adquiridas no negócio e devem ser conquistadas a cada dia. Isso é o que acreditamos. Algumas pessoas têm o dom de ver além das suas gerações. Ray Anderson era uma dessas pessoas. Algumas empresas têm uma senso de responsabilidade maior do que os produtos que vendem. Para algumas empresas, o projeto se tornou tão central para a sua missão que agora virou um hábito. Em ambas os lados, a Interface é essa empresa. E assim, vamos aplicar o que sabemos e o que acreditamos em nosso relacionamento com você. Somos Interface. Nós somos Projeto Com Propósito.


1981

1988

Frustrado com o alto custo e as limitações do projeto de impressão de estampas sobre carpete unido por fusão, a Interface compra sua primeira máquina de turfar em1981.O investimento dá mais flexibilidade ao projeto, retenção superior de padrão e cor e utiliza menos água. Mesmo antes da sustentabilidade ficar popular, os seus princípios já eram aplicados na Interface.

Adquirimos a Heuga Holdings BV na Holanda, acrescentando décadas de experiência no projeto de carpetes em placas e uma presença industrial na Europa e Austrália. A Interface torna-se a maior fabricante de carpetes do mundo.

1973

1985

O Ray Anderson lidera um empreendimento conjunto com a Carpets International, uma empresa britânica, e um grupo de investidores para produzir e comercializar carpetes em placas na América. A jovem empresa abra com 15 funcionários e a tecnologia avançada de corte e ligação.

A Interface adquire a Carpets International em Yorkshire e surge a Interface do Reino Unido.

1982 A Carpets Internacional passa a ser denominada Interface Flooring Systems, Inc, e expande sua presença global: A Compact Carpet do Canadá é adquirida junto com a Tuca Tile da Irlanda do Norte. O crescimento da empresa também mantém sua oferta pública inicial na bolsa de valores NASDAQ.

1978

O uso de carpete em placa cresce em popularidade e as vendas da Interface atingem US$ 11 milhões.

1995

ReEntryTM,o nosso programa de recuperação de carpete é introduzido. Em seus primeiros dezessete anos de existência, o ReEntry remove mais de 113 milhões de quilos de carpete de aterros sanitários em todo o mundo.

1993 A máquina tufadeira especial acrescenta capacidades esculturais de projeto ao nosso portfólio. Misturando níveis altos e baixos juntamente com estampas integradas significa que podemos fazer produtos versáteis que coordenam entre si.

O QUEST (Qualidade Utilizando Sugestões de Funcionários e Trabalho em Equipe), um programa de redução de resíduos alavanca. O QUEST vai economizar milhões para a Interface em custos evitados de resíduos com ideias geradas pelos funcionários.

1994

Um cliente pergunta o que a Interface está fazendo em prol do meio ambiente. Não tendo uma resposta na ponta da língua, Ray Anderson lê “A Ecologia do Comércio”, de Paul Hawken. Ray define a meta audaciosa de não tirar nada da terra que não possa ser substituído pela terra, traçando uma trajetória em direção à sustentabilidade. Nós introduzimos o conceito de “letting tile” com produtos de carpetes modulares projetados para serem instalados em um método de quarto de volta ou parquet.

1996 A Interface produz o SQ FT, o primeiro ‘megacatálogo’ da indústria do carpete. “Esta combinação estilosa de catálogo, revista, livro e amostra emociona o mundo do projeto. A Interface inicia operações de fabricação em Chonburi, na Tailândia para atender o mercado asiático.

1997

A Interface está entre as primeiras empresas a se tornar oficialmente um membro do USGBC.

1999 À frente de seu tempo, a Interface está entre as primeiras empresas de carpete no mundo a oferecer uma linha completa de produtos na Internet. O site oferece critérios de pesquisa, especificações de produtos, métodos de instalação, fotos de produtos e instalação, harmonização de cores e possibilidades de pedidos de amostra.


2001

2007

2009

Recebemos a denominação Reciclador do Ano pela Carpet America Recovery Effort (Campanha Carpet America de recuperação de carpetes). A Interface do Canadá é designada como Platina na categoria Empresas do Conselho de Reciclagem de Ontário para a redução de resíduos a nível provincial. Ray Anderson foi nomeado como um dos “Heróis do Meio Ambiente” pela revista Time.

A Interface apresenta o GlasBacTM RE, apoio de material reciclado, oferecendo o mais alto conteúdo reciclado pós consumo do setor.

2000

2012 Levamos a AwareHouse para a Europa, abrindo o segundo dos nossos centros exclusivos de atendimento ao cliente em uma fábrica convertida em Heuga Scherpenzeel, na Holanda.

A Interface abre a Aware House, um centro de atendimento ao cliente e escritórios apresentando nossos produtos de uma maneira nova e empolgante. O armazém de dois andares expõe tetos, linhas simples, móveis artesanais e muitas vezes apresenta exposições de projeto e ideias relevantes para o setor.

A Interface resolve continuar inovando através de projetos e inovações.

2005

Inspirado no conceito de Biomimética, usamos a natureza como um guia de projeto, dando origem a produtos como o Entropia que instalam resíduos de redução não-direcional e criando instalação ainda mais fácil.

Introduzimos no mercado o Cool BlueTM, uma tecnologia de apoio que começa a separar o nosso processo de fabricação a partir do poço de petróleo para matérias-primas do GlasBacRE e nos dá a flexibilidade de buscar novas matérias-primas renováveis e reutilizáveis. A Interface é a primeira empresa no setor de carpete a ficar no topo da lista de Cidadãos Corporativos do Business Ethics. . Passamos a utilizar resíduos para produção de energia quando iniciamos uma parceria com a Cidade de LaGrange, Geórgia, para converter gás metano do aterro sanitário local em uma fonte de energia verde. O nosso primeiro showroom na Ásia abre em Xangai, alcançando status Gold LEED.

2002

A Interface UE recebe o Prêmio da Rainha para o Desenvolvimento Sustentável. Neste mesmo ano, a Interface se associa aos Conselhos Green Building australianos e canadenses.

2003 A Interface se torna a primeira empresa de carpete a receber a certificação EPP ((Produtos Preferíveis do Ponto de Vista Ambiental)) para seus produtos. Primeira empresa a introduzir o carpete neutro para o clima através do programa CarpetTM Cool.

2006

Introduzimos no mercado o TacTiles - Sistema de Instalação da Próxima Geração - que oferece menor impacto ambiental do que os adesivos na instalação do carpete. Depois de 12 anos, a Interface revigora a sua jornada de sustentabilidade com o mantra “Mission Zero®” (Missão Zero), uma forma mais simples e humanista de expressar nosso compromisso de “Fazer bem, fazendo o bem”. A Interface do Canadá ganha o Prêmio GLOBO de Competitividade Empresarial.

2010

2008 A Interface dá um passo significativo no sentido de fechar o ciclo da cadeia de suprimentos através da introdução da plataforma de projeto Convert™. Estilos Convert são projetados e fabricados com um espectro completo de conteúdo pós consumo de fibras de nylon e suporte PVC não virgem tipo 6 ou 6,6 resultante do ReEntry 2.0.

Nós nos comprometemos a adotar as Declarações de Produtos Ambientais (EPDs) em todos os produtos globalmente. EPDs permitem que os clientes vejam e comparem os impactos ambientais através de certificações emitidas por terceiros de desempenho do ciclo de vida do produto. A tecnologia Tapestry™ nos permite criar carpetes em placas que atingem o padrão nítido, arrojado e a sensação de luxo de carpete tecido, sem comprometer o nosso compromisso com a sustentabilidade.

2011 A revista Fast Company coloca a Interface na sua lista das 30 melhores empresas baseadas em projetos que “Fazem bem”. Essa honra, coloca a empresa no mesmo patamar da Apple, Nike, Target e entre outras. Continuando com nosso legado de desbravar novos caminhos, nós introduzimos carpetes em placas produzidos com fio 100% reciclado e SKY-TILES ™, um avanço na categoria de carpetes em placas de aviação. Nosso querido fundador Ray Anderson morre em sua casa em Atlanta cercado pela família. Sua visão vive entre os funcionários da Interface no mundo inteiro, nos negócios globais de sustentabilidade e comunidade e mais além.


Nossa presença global

Escritório Global, Showroom, e Rede de Fabricação da Interface

EUA Atlanta, Georgia Boston, Massachusetts Chicago, Illinois Dallas, Texas Houston, Texas LaGrange, Georgia Los Angeles, California New York, New York San Francisco, California Toledo, Ohio Washington D.C. Canadá Belleville, Ontário Toronto, Ontário Vancouver, British Columbia América Latina Cidade do México, México São Paulo, Brasil Europa e Rússia Almaty, Cazaquistão Atenas, Grécia Barcelona, Espanha Belgrado, Sérvia e Montenegro Bratislava, Eslováquia Bucareste, Roménia Budapeste, Hungria Copenhaga, Dinamarca Craigavon, Irlanda do Norte Dublin, Irlanda Erlenbach, Suíça Espoo, Finlândia Halifax, Reino Unido Istambul, Turquia Kaunas, Lituânia Kiev, Ucrânia Krefeld, Alemanha Lisboa, Portugal Londres, Reino Unido Madrid, Espanha Milão, Itália Minsk, República da Bielorrússia Moscou, Rússia Oslo, Noruega Paris, França Praga, República Checa Reykjavik, Islândia Riga, Letónia Sarajevo, Bósnia e Herzegovina Scherpenzeel, Holanda Skopje, República da Macedónia Skurup, Suécia Sofia, Bulgária

Tallinn, Estónia Vilnius, Lituânia Wemmel, Bélgica Varsóvia, Polônia Zagreb, Croácia Oriente Médio Abu Dhabi, Emirados Árabes Unidos Casablanca, Marrocos Doha, Qatar Dubai, Emirados Árabes Unidos Kuwait City, Kuwait Manama, Bahrain Riyadh, Arábia Saudita Tel Aviv, Israel Índia Bangalore, Índia Chennai, Índia Hyderabad, Índia Mumbai, Índia New Delhi, Índia África do Sul Cape Town, África do Sul Joanesburgo, África do Sul South Africa Ásia Bangkok, Tailândia Pequim, China Chonburi, Tailândia Hong Kong, China Cidade de Ho Chi Minh, Vietnã Jacarta, Indonésia Kuala Lumpur, Malásia Seul, Coreia do Sul Xangai, China Cingapura Taicang, China Taiwan, China Tóquio, Japão Austrália e Nova Zelândia Adelaide, Austrália do Sul Leederville, Oeste da Austrália Milton, Queensland, Austrália Picton, Austrália Southbank, Victoria, Austrália Surry Hills, New South Wales, Austrália Auckland, Nova Zelândia Sede Corporativa Atlanta, Georgia


4. 3.

5. 2.

1.

Locais de Fabricação 1. Chonburi, Tailândia 2. Craigavon, Irlanda do Norte 3. LaGrange e West Point, Georgia, EUA 4. Taicang, China 5. Picton, Austrália 6. Scherpenzeel, Holanda

6.


This publication has been printed on Greencoat carbon balanced paper, an FSC速 certified stock. The cover is printed on 80% post consumer recycled paper and the text pages are 100% post consumer recycled paper. The CO2 emissions from its manufacture and distribution have been carbon offset. The entire print run for this publication has saved 875m2 of critically threatened tropical forest at World Land Trust Balanced Paper Project sites.

FSC and World land trust logo

This publication has been printed by Seacourt Ltd using processes that are: Waterless Alcohol and substitute free Carbon Neutral using 100% Renewable Energy Vegetable oil based inks



Global Brand Book POR