Page 1


Mensagem do Conselho / Message from the Board Missão, Visão e Valores / Mission, Vision and Values Cenário Brasileiro / Brazilian Scenery Modelo de Atuação / Performance Model Processo seletivo / Selection Process Bolsistas de 2009 / Scholars in 2009 Carreiras / Careers Networking / Networking Resultado Anual / Annual Results Histórias dos Bolsistas / Scholars Stories Parceiros / Partners Doações / Donations Bolsistas Doadores / Scholars Donors Demonstrativos Financeiros / Financial Statements

06>07 08>09 10>13 14>15 16>18 19>23 24>28 29>35 36>41 42>48 49>57 58>63 64>69 70>73


DO M E G MENSA OM R F E G MESSA ARD THE BO

O incentivo à educação superior tem especial importância no Brasil. Com o início de nossas atividades, em 1991, nosso objetivo na Fundação Estudar era aumentar a presença de brasileiros em escolas de primeira linha no exterior. Hoje, com mais de XX jovens apoiados, nossa meta vai além. Queremos ser a referência brasileira na seleção e formação de jovens com excelência acadêmica, garra e potencial transformador para impulsionar o crescimento do país. Em um ano de desafios tão complexos para todos os segmentos da Economia, sentimos a necessidade de envolver mais bolsistas em nossa gestão para diversificar e otimizar nossas fontes de recursos e nossos processos. Só em 2008, XX novos bolsistas participaram destas atividades, buscando eficiência e maior estrutura para perpetuação de nosso negócio. Neste ano, em especial, 6 | 2008 Annual Report

O incentivo à educação superior tem especial importância no Brasil. Com o início de nossas atividades, em 1991, nosso objetivo na Fundação Estudar era aumentar a presença de brasileiros em escolas de primeira linha no exterior. Hoje, com mais de XX jovens apoiados, nossa meta vai além. Queremos ser a referência brasileira na seleção e formação de jovens com excelência acadêmica, garra e potencial transformador para impulsionar o crescimento do país. Em um ano de desafios tão complexos para todos os segmentos da Economia, sentimos a necessidade de envolver mais bolsistas em nossa gestão para diversificar e otimizar nossas fontes de recursos e nossos processos. Só em 2008, XX novos bolsistas participaram destas atividades, buscando eficiência e maior estrutura para perpetuação de nosso negócio. Neste ano, em especial, percebemos que a Fundação Estudar chegou a um momento em que existem novos bolsistas capazes de compor

percebemos que a Fundação Estudar chegou a um momento em que existem novos bolsistas capazes de compor nossa diretoria, mostrando que nossa máquina para preparação de profissionais maduros está girando em um ritmo adequado para a sucessão e perpetuação da Fundação Estudar. Ao longo de 18 anos de atuação, nosso trabalho tem ficado cada vez mais profissional. E quanto a isso, temos muito a agradecer aos nossos XX parceiros, que com seus perfis tão diversificados nos ensinaram muito sobre aprimoramento de práticas internas e profissionalização de nossa atividade. Agradecemos também os patrocinadores e a nossa diretoria, que tem olhado de perto todo e qualquer trabalho desenvolvido, concentrando esforços e abrindo portas no acompanhamento de bolsistas. Dentre nossas atribuições como Conselho também cabe olhar para cada bolsista que compõe o nosso banco de talentos e estudar formas e diretrizes para a geração de oportunidades cada vez mais vantajosas. Para isso, contamos com o apoio e dedicação de todos os que já conhecem nosso trabalho e acenamos para oportunidades maiores e ainda mais desafiadoras em 2009.

nossa diretoria, mostrando que nossa máquina para preparação de profissionais maduros está girando em um ritmo adequado para a sucessão e perpetuação da Fundação Estudar. Ao longo de 18 anos de atuação, nosso trabalho tem ficado cada vez mais profissional. E quanto a isso, temos muito a agradecer aos nossos XX parceiros, que com seus perfis tão diversificados nos ensinaram muito sobre aprimoramento de práticas internas e profissionalização de nossa atividade. Agradecemos também os patrocinadores e a nossa diretoria, que tem olhado de perto todo e qualquer trabalho desenvolvido, concentrando esforços e abrindo portas no acompanhamento de bolsistas. Dentre nossas atribuições como Conselho também cabe olhar para cada bolsista que compõe o nosso banco de talentos e estudar formas e diretrizes para a geração de oportunidades cada vez mais vantajosas. Para isso, contamos com o apoio e dedicação de todos os que já conhecem nosso trabalho e acenamos para oportunidades maiores e ainda mais desafiadoras em 2009.

Relatório Anual 2008 | 7


OE Ã S I V , O Ã S MIS

ON I S I V , N O I MISS ES AND VALU

VISÃO_ “Colaborar para o desenvolvimento do Brasil por meio do incentivo à educação e à formação de futuros líderes e agentes de mudança, capazes de implementar uma cultura de resultados e eficiência, com sólidos princípios éticos, em suas respectivas áreas de atuação.

VISÃO_ “Colaborar para o desenvolvimento do Brasil por meio do incentivo à educação e à formação de futuros líderes e agentes de mudança, capazes de implementar uma cultura de resultados e eficiência, com sólidos princípios éticos, em suas respectivas áreas de atuação.

MISSÃO_ Diretrizes para o Sucesso

“Ser a melhor referência brasileira na seleção, no apoio à educação e na formação de futuros líderes brasileiros, proporcionando oportunidades para que causem impacto positivo no desenvolvimento do país.

MISSÃO_ “Ser a melhor referência brasileira na seleção, no apoio à educação e na

Diretrizes para o Sucesso

DIRETRIZES PARA RESULTADOS_

DIRETRIZES PARA RESULTADOS_

As diretrizes da Fundação Estudar

para que causem impacto positivo no

reúnem as principais características

desenvolvimento do país.

As diretrizes da Fundação Estudar reúnem as principais características que compõem a identidade da organização. Educação de primeira linha e formação de líderes são os conceitos que norteiam sua atuação desde o início de suas atividades, há 18 anos.

ros, proporcionando oportunidades

que compõem a identidade da organização. Educação de primeira linha e formação de líderes são os conceitos

_Responsabilidade em fazer bem feito e dar resultado_assinar embaixo de tudo o que se faz. Ter compromisso com o país.

que norteiam sua atuação desde o início de suas atividades, há 18 anos.

_Gente boa_gente que corre atrás do sucesso, assume riscos, tem vontade de vencer desafios e fazer a diferença. Gente capaz de alavancar oportunidades. _Educação como elemento transformador e rápido_a educação alavanca a capacidade das pessoas de fazerem a diferença.

_Responsabilidade em fazer bem feito e dar resultado_assinar embaixo de tudo o que se faz. Ter compromisso com o país. _Gente boa_gente que corre atrás do sucesso, assume riscos, tem vontade de vencer desafios e fazer a diferença. Gente capaz de alavancar oportunidades. _Educação como elemento transformador e rápido_a educação alavanca a capacidade das pessoas de fazerem a diferença.

CRENÇAS E CRENÇAS E VALORES _ VALORES _

_Disseminação de princípios: criação de valor_proporcionar oportunidades para que as pessoas se desenvolvam ao máximo permite a disseminação de nossos valores e potencializa a capacidade de criação de valor para a sociedade. _Ética_sem ética não há reconhecimento. Caráter e ética estão na base das sociedades bem-sucedidas.

8 | 2008 Annual Report

formação de futuros líderes brasilei-

_Trabalho e liderança causam impacto e têm efeito multiplicador_essa combinação é a fonte do progresso da sociedade. As pessoas fazem a diferença e o impacto se torna possível por meio do esforço pessoal.

CRENÇAS E VALORES _

_Disseminação de princípios: criação de valor_proporcionar oportunidades para que as pessoas se desenvolvam ao máximo permite a disseminação de nossos valores e potencializa a capacidade de criação de valor para a sociedade. _Ética_sem ética não há reconhecimento. Caráter e ética estão na base das sociedades bem-sucedidas. _Trabalho e liderança causam impacto e têm efeito multiplicador_essa combinação é a fonte do progresso da sociedade. As pessoas fazem a diferença e o impacto se torna possível por meio do esforço pessoal.

Relatório Anual 2008 | 9


cação é cada vez mais importante”, comenta o professor Renato Fragelli Cardoso, diretor da Escola de Pós-Graduação em Economia da Fundação Getúlio Vargas (EPGE/FGV). A preparação deste profissional tem início na sua formação durante o ensino fundamental e médio para que o aluno comece a lidar com problemas inéditos e situações inusitadas, de forma a explorar seus potenciais, capacidade de trabalhar em grupo e formar sua consciência social e cidadã.

N A I L I Z A BR ERY SCEN

O apoio ao ensino superior e a formação de profissionais preparados para o mercado de trabalho Ao longo de seus 18 anos de atuação, a Fundação Estudar pode acompanhar uma série de mudanças e evoluções na economia brasileira. Diferentes perfis de presidentes que chegaram ao poder, a abertura da economia, a chegada de uma nova moeda que trouxe a estabilidade econômica, a privatização de importantes setores marcaram a história do país, que agora atinge sua maturidade. O mesmo acontece com a Fundação Estudar, que desde 1991 busca resultados, eficiência e profissionalismo cada vez maiores. “Todas estas transformações tiveram grande impacto na demanda por trabalho. O profissional de hoje deve estar bem preparado para enfrentar um mercado onde a qualifi-

10 | 2008 Annual Report

O apoio ao ensino superior e a formação de profissionais preparados para o mercado de trabalho

Para Maria Cristina Sucupira, orientadora pedagógica do Colégio Santa Cruz, em São Paulo, ao deixar o ensino médio, a principal exigência para o aluno é que ele dê prosseguimento a sua formação, cursando o ensino superior em uma instituição de excelência, que possibilite desenvolver seu potencial humano. “Espera-se também que ele tenha uma consciência social e que suas ações sejam voltadas para a coletividade”, completa Maria Cristina. Desta maneira, o aluno se tornará um profissional completo que poderá contribuir com o desenvolvimento do país.

Ao longo de seus 18 anos de atuação, a Fundação Estudar pode acompanhar uma série de mudanças e evoluções na economia brasileira. Diferentes perfis de presidentes que chegaram ao poder, a abertura da economia, a chegada de uma nova moeda que trouxe a estabilidade econômica, a privatização de importantes setores marcaram a história do país, que agora atinge sua maturidade. O mesmo acontece com a Fundação Estudar, que desde 1991 busca resultados, eficiência e profissionalismo cada vez maiores.

Entre as características que o acadêmico de hoje deve conservar para fazer a diferença como profissional no futuro, o professor Carlos Azzoni, diretor da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da Universidade e São Paulo (USP), cita: “envolvimento com a realidade do país e da sua comunidade, participação em atividades coletivas, interação e associação com outras pessoas, de preferência face a face, além de viver intensamente o período universitário, maximizando o aprendizado fora da sala de aula”.

“Todas estas transformações tiveram grande impacto na demanda por

Além de participativo, o profissional bem formado deve conservar sua capacidade de

trabalho. O profissional de hoje deve estar bem preparado para enfrentar um mercado onde a qualificação é cada vez mais importante”, comenta o professor Renato Fragelli Cardoso, diretor da Escola de Pós-Graduação em Economia da Fundação Getúlio Vargas (EPGE/FGV).

...uma boa carreira exige uma sólida formação intelectual em um bom curso universitário.

“...uma boa carreira exige uma sólida formação intelectual em um bom curso universitário.” Renato Fragelli Cardoso_diretor da Escola de Pós-Graduação em Economia/FGV

A preparação deste profissional tem início na sua formação durante o ensino fundamental e médio para que o aluno comece a lidar com problemas inéditos e situações inusitadas, de forma a explorar seus potenciais, capacidade de trabalhar em grupo e formar sua consciência social e cidadã. Para Maria Cristina Sucupira, orientadora pedagógica do Colégio Santa Cruz, em São Paulo, ao deixar o ensino médio, a principal exigência para o aluno é que ele dê prosseguimento a sua formação, cursando o ensino superior em uma instituição de excelência, que possibilite desenvolver seu potencial humano. “Espera-se também que ele tenha uma consciência social e que suas ações sejam voltadas para a coletividade”, completa Maria Cristina. Desta maneira, o aluno se tornará um

Relatório Anual 2008 | 11


aprender. “No mundo moderno, onde as tecnologias se transformam continuamente, manter-se competitivo no mercado de trabalho requer esta condição”, completa o professor Fragelli. “Um profissional bem formado é aquele que aprendeu a aprender sozinho, diferentemente daquele que só consegue aprender aquilo que alguém lhe ensina”, conclui.

A importância do apoio Para o professor Fragelli, “uma boa carreira exige uma sólida formação intelectual em um bom curso universitário”. É nesta hora que se torna importante contar com

1991

Início das atividades da Fundação ////////////////////// Beginning of the activities of Fundação

1999

Criação da Diretoria de bolsistas, composta por quatro bolsistas já formados ///////////////////////// Creation of the Alumni Board

2002

Mudanças no processo seletivo e concessão de bolsas também para cursos de Políticas Públicas /////////////////////////////////// Changes in the selection process and granting of scholarships also for courses of Public Administration

o apoio de instituições como a Fundação undação oa Estudar, que auxilia o estudante não apenas financeiramente, mas com acompanhamento constante em carreiras e networking. “Bons alunos precisam de tempo para estudos, o que, na maioria dos casos, só se consegue com bolsas. Acredito que o apoio deva ser seletivo, com base no mérito, demonstrado ao longo do curso e não apenas no vestibular”, comenta o professor Azzoni

12 | 2008 Annual Report

A importância do apoio profissional completo que poderá contribuir com o desenvolvimento do país. Entre as características que o acadêmico de hoje deve conservar para fazer a diferença como profissional no futuro, o professor Carlos Azzoni, da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da Universidade e São Paulo (USP), cita: “envolvimento com a realidade do país e da sua comunidade, participação em atividades coletivas, interação e associação com outras pessoas, de preferência face a face, além de viver intensamente o período universitário, maximizando o aprendizado fora da sala de aula”.

2003

Ampliação do número de membros no Conselho ///////////////////////////// Expansion of the number of members in the Board of Trustees

2004

Estruturação das atividades em três frentes de trabalho: Processo Seletivo, Carreiras e Networking ////////////////////////////////// Structuring of the activities in three work fronts: Selection Process, Carreers and Networking

Além de participativo, o profissional bem formado deve conservar sua capacidade de aprender. “No mundo moderno, onde as tecnologias se transformam continuamente, manterse competitivo no mercado de trabalho requer esta condição”, completa o professor Fragelli. “Um profissional bem formado é aquele que aprendeu a aprender sozinho, diferentemente daquele que só consegue aprender aquilo que alguém lhe ensina”, conclui.

sobre a importância das fontes de apoio à educação superior no Brasil. No Brasil, para se construir uma carreira sólida, é necessário iniciar os estudos numa universidade privada, onde os custos são altos, ou pública, onde as vagas são reduzidas. Desta forma, escolher os maiores talentos e futuros geradores de impacto positivo é uma tarefa que a Fundação Estudar cumpre com responsabilidade e consciência de seu papel no país.

2005

Crescimento expressivo do número de parceiros ///////////////////////// Significant increasing of the number of partners

2006

Abrangência nacional do processo seletivo, com a realização de etapas locais /////////////////////////////////// National coverage of the selection process, with local phases

Class aptent taciti sociosqu: 6.160 blandit, ad litora 38 tincidunt. Praesent dignissim 60 portsem, faucibus, nisi vel ante 32 placerat. Class aptent taciti sociosqu: 6.160 blandit, ad litora 38 tincidunt. Praesent dignissim 60 portsem, faucibus, nisi vel ante 32 placerat.

Para o professor Fragelli, “uma boa carreira exige uma sólida formação intelectual em um bom curso universitário”. É nesta hora que se torna importante contar com o apoio de instituições como a Fundação Estudar, que auxilia o estudante não apenas financeiramente, mas com acompanhamento constante em carreiras e networking. “Bons alunos precisam de tempo para estudos, o que, na maioria dos casos, só se consegue com bolsas. Acredito que o apoio deva ser seletivo, com base no mérito, demonstrado ao longo do curso e não apenas no vestibular”, comenta o profes-

2007

Novas diretrizes estratégicas e concessão de bolsas para Engenharia e Relações Internacionais ///////////////////////////////////////// New strategic guidelines and granting of scholarships for Engineering and Internacional Relations

2008-2009

Criação do Fundo Patrimonial e de nova estrutura de Desenvolvimento Institucional (captação de (recursos) ////////////////////////////////// Duis aliquet libero nibh, vel bibendum metus. Vestibulum adipiscing metus vitae sapien iaculis

sor Azzoni sobre a importância das fontes de apoio à educação superior no Brasil. No Brasil, para se construir uma carreira sólida, é necessário iniciar os estudos numa universidade privada, onde os custos são altos, ou pública, onde as vagas são reduzidas. Desta forma, escolher os maiores talentos e futuros causadores geradores de impacto positivo é uma tarefa que a Fundação Estudar cumpre com responsabilidade e consciência de seu papel no país. Relatório Anual 2008 | 13


DE S O L E D O M CE N A M R O F PER MODEL

O aprendizado que deu certo

O aprendizado que deu certo No início da década de 90, quando iniciou suas atividades no Brasil, a Fundação Estudar tinha como objetivo aumentar o número de brasileiros em escolas de qualidade no exterior e propiciar educação de primeira linha e oportunidades de desenvolvimento a quem quisesse incrementar o currículo com uma experiência internacional. O início, como em qualquer atividade, foi cheio de desafios. Sem qualquer referencial no Brasil, a Fundação Estudar espelhou-se nos diversos fellowships e programas de bolsas das mais prestigidas universidades norteamericanas e européias, que oferecem apoio financeiro por mérito e incentivos a alunos de destaque acadêmico e potencial de liderança. Com o passar dos anos, o projeto tomou forma, os processos ficaram cada vez mais organizados e a Fundação Estudar ficou mais institucionalizada rumo à auto-sustentabilidade de suas ações, com o objetivo de proporcionar, de 14 | 2008 Annual Report

No início da década de 90, quando iniciou suas atividades no Brasil, a Fundação Estudar tinha como objetivo aumentar o número de brasileiros em escolas de qualidade no exterior e propiciar educação de primeira linha e oportunidades de desenvolvimento a quem quisesse incrementar o currículo com uma experiência internacional. O início, como em qualquer atividade, foi cheio de desafios. Sem qualquer referencial no Brasil, a Fundação Estudar espelhou-se nos diversos fellowships e programas de bolsas das mais prestigidas universidades norte-americanas e européias, que oferecem apoio financeiro por mérito e incentivos a alunos de destaque acadêmico e potencial de liderança. Com o passar dos anos, o projeto tomou forma, os processos ficaram cada vez mais organizados e a Fundação Estudar ficou mais institucionalizada rumo à

maneira perene, educação da melhor qualidade a mais estudantes e futuras lideranças do país. Hoje, a Fundação Estudar é vista como um centro de excelência não apenas na formação destes novos líderes, mas também na maneira como conduz suas atividades. “A Fundação Estudar desempenha papel da maior relevância na formação de futuros líderes para a sociedade brasileira. Seu modelo de independência e de auto-financiamento é exemplar”, comenta o economista Roberto Teixeira da Costa, criador da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e atual membro do Conselho de Administração da Sul América e BNDESPar. Como exemplos de modelos rumo à institucionalização e ao auto-financiamento, podem ser citadas a Diretoria de bolsistas, renovada

auto-sustentabilidade de suas ações, com o objetivo de proporcionar, de maneira perene, educação da melhor qualidade a mais estudantes e futuras lideranças do país. Hoje, a Fundação Estudar é vista como um centro de excelência não apenas na formação destes novos líderes, mas também na maneira como conduz suas atividades. “A Fundação Estudar desempenha papel da maior relevância na formação de futuros líderes para a sociedade brasileira. Seu modelo de independência e de auto-financiamento é exemplar”, comenta o economista Roberto Teixeira da Costa, criador da Comissão de Valores Mobiliários

gráficos das doações e de quanto economiza por conta disso

periodicamente, e o programa de contribuições financeiras voluntárias realizadas pelos bolsistas com o objetivo de financiar os estudos de novos jovens e, ao mesmo tempo, expandir a atuação da instituição. Em 2009, 30% do orçamento total da Fundação Estudar é proveniente destas doações. Outros 70% vêm de colaboradores individuais ou de empresas com as quais a instituição já conta

(CVM) e atual membro do Conselho de Administração da Sul América e BNDESPar. Como exemplos de modelos rumo à institucionalização e ao autofinanciamento, podem ser citadas a Diretoria de bolsistas, renovada periodicamente, e o programa de contribuições financeiras voluntárias realizadas pelos bolsistas com o Relatório Anual 2008 | 15


com o apoio há anos, com o cuidado contínuo de expansão e promoção de novas parcerias. Segundo André Reginato, bolsista de 1995 de MBA - Massachusetts Institute of Technology (MIT) e ex-diretor da Fundação Estudar, “existe um plano de perpetuação da instituição, cujo objetivo é tornar os bolsistas participantes da toda a estrutura”.

objetivo de financiar os estudos de novos jovens e, ao mesmo tempo, expandir a atuação da instituição. Em 2009, 30% do orçamento total da Fundação Estudar é proveniente destas doações. Outros 70% vêm de colaboradores individuais ou de empresas com as quais a instituição já conta com o apoio há anos, com o cuidado contínuo de expansão e promoção de novas parcerias.

Ao eleger a educação de primeira linha como fundamento da geração de líderes, a Fundação Estudar contribui decisivamente para a promoção de uma sociedade próspera e democrática.

“Ao eleger a educação de primeira linha como fundamento da geração de líderes, a Fundação Estudar contribui decisivamente para a promoção de uma sociedade próspera e democrática”.

Segundo André Reginato, bolsista de 1995 de MBA - Massachusetts Institute of Technology (MIT) e ex-diretor da Fundação Estudar, “existe um plano de perpetuação da instituição, cujo objetivo é tornar os bolsistas participantes da toda a estrutura”.

Este modelo de atuação é visível não apenas na gestão, mas também Mailson da Nóbrega, ex-ministro da Fazenda e sócio-fundador da Tendências Consultoria Econômica por quem é de fora e participa dos programas e ações como, por exemplo, divulgação do Este modelo de atuação é visível não apenas processo seletivo por todo o país na gestão, mas também por quem é de fora no decorrer do ano. De acordo e participa dos programas e ações como, por com Henrique Soarez, Fundador exemplo, divulgação do processo seletivo por do Colégio Sete de Setembro, de todo o país no decorrer do ano. De acordo Fortaleza (CE), “os valores da Fundação reforçam os valores com Henrique Soarez, Fundador do Colégio da nossa escola. O impacto das Sete de Setembro, de Fortaleza (CE), “os palestras vai muito além dos seus valores da Fundação reforçam os valores da 50 minutos de duração, e a vinda nossa escola. O impacto das palestras vai da instituição até Fortaleza mostra muito além dos seus 50 minutos de duração, que o seu compromisso é realmente e a vinda da instituição até Fortaleza mostra nacional. O que me estimula a que o seu compromisso é realmente naciopensar constantemente sobre o nal. O que me estimula a pensar constanpotencial de cada aluno e questionar

questionar a cada um: “é um candidato a bolsista da Fundação Estudar?”. “Ao eleger a educação de primeira linha como fundamento da geração de líderes, a Fundação Estudar contribui decisivamente para a promoção de uma sociedade próspera e democrática. Os bolsistas que conheci, os quais exercem posição de liderança em empresas de sucesso, constituem prova inequívoca dessa contribuição”, completa o ex-ministro da Fazenda Mailson da Nóbrega, sócio-fundador da Tendências Consultoria Econômica. Após 18 anos de atuação única no Brasil e consciente de sua importante contribuição para a sociedade, a Fundação Estudar está disposta a fazer mais e de maneira cada vez mais qualitativa. O objetivo é formar profissionais mais preparados para o mercado de trabalho e para as mais desafiadoras situações que lhes possam surgir, no caminho de deixarem seus legados e contribuições para um Brasil mais produtivo e desenvolvido.

a cada um: “é um candidato a bolsista da Fundação Estudar?”. “Ao eleger a educação de primeira linha como fundamento da geração de líderes, a Fundação Estudar contribui decisivamente para a promoção de uma sociedade próspera e democrática. Os bolsistas que conheci, os quais exercem posição de liderança em empresas de sucesso, constituem prova inequívoca dessa contribuição”, completa o ex-ministro da Fazenda Mailson da Nóbrega, sócio-fundador da Tendências Consultoria Econômica. Após 18 anos de atuação única no Brasil e consciente de sua importante contribuição para a sociedade, a Fundação Estudar está disposta a fazer mais e de maneira cada vez mais qualitativa. O objetivo é formar profissionais mais preparados para o mercado de trabalho e para as mais desafiadoras situações que lhes possam surgir, no caminho de deixarem seus legados e contribuições para um Brasil mais produtivo e desenvolvido.

temente sobre o potencial de cada aluno e

16 | 2008 Annual Report

Relatório Anual 2008 | 17


Ensino Fundamental ou Médio em escolas públicas.

S S E C O PR N O I T SELEC

O talento em selecionar os futuros líderes Mérito. É assim que a Fundação Estudar todos os anos tem a habilidade de identificar os novos bolsistas que se inscrevem em um processo seletivo que envolve milhares de talentos. Se o principal desafio é oferecer subsídios ao aprimoramento destes jovens, escolher quem deverá compor esse quadro não é tarefa fácil. Só em 2009, foram 4,25 mil interessados. Deste número, foram aprovados 23 novos talentos para graduação e 11 para pós-graduação, sendo que em graduação, a nova turma é composta por jovens oriun-

16 | 2008 Annual Report

O talento em selecionar os futuros líderes Mérito. É assim que a Fundação Estudar todos os anos tem a habilidade de identificar os novos bolsistas que se inscrevem em um processo seletivo que envolve milhares de talentos. Se o principal desafio é oferecer subsídios ao aprimoramento destes jovens, escolher quem deverá compor esse quadro não é tarefa fácil. Só em 2009, foram 4,25 mil interessados. Deste número, foram aprovados 23 novos talentos para graduação e 11 para pós-graduação, sendo que em graduação, a nova turma é composta por jovens oriundos de 11 Estados brasileiros e 30% deles cursou o

dos de 11 Estados brasileiros e 30% deles cursou o Ensino Fundamental ou Médio em escolas públicas. “A Fundação Estudar busca auxiliar pessoas brilhantes a se desenvolverem ainda mais e gerar um efeito multiplicador”, comenta Claudio Andrade, bolsista de 1994 para cursar Administração de Empresas na FGV e integrante da Diretoria da Fundação, sobre a utilização do mérito como critério primordial na seleção dos candidatos. Para auxiliar na seleção e cooperar para a perpetuidade e senso de pertencimento na comunidade da Fundação Estudar, a instituição conta com a colaboração de bolsistas já formados que voluntariamente participam das entrevistas. É o caso de Carlos Pegurier, bolsista de 1996, que há cerca de dez anos se envolve com esta atividade. “Ser um entrevistador me ajudou a refinar a capacidade de ler sinais e detalhes nas pessoas. Além disso, confesso que adoro ser contaminado com o entusiasmo dos candidatos”. Garra, força de vontade, ânimo, interesse, conhecimento, envolvimento e articulação são pontos que contam a favor do candidato à bolsa da Fundação Estudar. Mas, para seguir na seleção, é preciso ser autêntico, verdadeiro, honesto, mostrar preparo e segurança. É a dica de Alfredo Sandes, bolsista de 2008 e aluno de Engenharia Eletrônica no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA).

“A Fundação Estudar busca auxiliar pessoas brilhantes a se desenvolverem ainda mais e gerar um efeito multiplicador”, comenta Claudio Andrade, bolsista de 1994 para cursar Administração de Empresas na FGV e integrante da Diretoria da Fundação, sobre a utilização do mérito como critério primordial na seleção dos candidatos. Para auxiliar na seleção e cooperar para a perpetuidade e senso de pertencimento na comunidade da Fundação Estudar, a instituição conta com

... a Fundação Estudar é uma fonte de inspiração e motivação. É uma comunidade que está sempre me lembrando que posso ser mais.

“..., a Fundação Estudar é uma fonte de inspiração e motivação. É uma comunidade que está sempre me lembrando que posso ser mais Carlos Pegurier, bolsista de xxxx e integrante da Diretoria da Fundação

a colaboração de bolsistas já formados que voluntariamente participam das entrevistas. É o caso de Carlos Pegurier, bolsista de 1996, que há cerca de dez anos se envolve com esta atividade. “Ser um entrevistador me ajudou a refinar a capacidade de ler

Relatório Anual 2008 | 17


A Fundação Estudar busca auxiliar pessoas brilhantes a se desenvolverem ainda mais e gerar um efeito multiplicador.

sinais e detalhes nas pessoas. Além disso, confesso que adoro ser contaminado com o entusiasmo dos candidatos”.

Garra, força de vontade, ânimo, interesse, conhecimento, envolvimento e A Fundação Estudar busca auxiliar articulação são pontos que pessoas brilhantes a se desenvolvcontam a favor do candierem ainda mais e gerar um efeito dato à bolsa da Fundação multiplicador Estudar. Mas, para seguir Claudio Andrade, bolsista de xxxx e integrante da Direna seleção, é preciso ser toria da Fundação autêntico, verdadeiro, honesto, mostrar preparo e segurança. É a dica de Alfredo Sandes, bolsista de 2008 e aluno de Engenharia Eletrônica no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA).

Participando da rede há um ano, Alfredo conta que a bolsa de estudos é apenas a porta de entrada para uma imensa rede de possibilidades: “Sempre que volto de um café da manhã da Fundação Estudar, sinto-me motivado a dar o melhor de mim. Os exemplos de excelência têm sido uma grande inspiração profissional, e era exatamente isso que buscava quando me inscrevi no processo seletivo da Fundação Estudar”, conclui. “Pessoalmente, a Fundação Estudar é uma fonte de inspiração e motivação. É uma comunidade que está sempre me lembrando que posso ser mais”, completa Carlos Pegurier, mostrando o grande retorno do investimento feito em pessoas ao longo destes 18 anos de atuação.

18 | 2008 Annual Report

Participando da rede há um ano, Alfredo conta que a bolsa de estudos é apenas a porta de entrada para uma imensa rede de possibilidades: “Sempre que volto de um café da manhã da Fundação Estudar, sinto-me motivado a dar o melhor de mim. Os exemplos de excelência têm sido uma grande inspiração profissional, e era exatamente isso que buscava quando me inscrevi no processo seletivo da Fundação Estudar”, conclui. “Pessoalmente, a Fundação Estudar é uma fonte de inspiração e motivação. É uma comunidade que está sempre me lembrando que posso ser mais”, completa Carlos Pegurier, mostrando o grande retorno do investimento feito em pessoas ao longo destes 18 anos de atuação.

Relatório Anual 2008 | 19


DE

008 2 F O S R A L O SCH JULIA AVERBUCK Ultrapassando fronteiras para o conhecimento e a importância de ir sempre além Ultrapassando fronteiras para o conhecimento e a importância de ir sempre além “Foi a melhor sensação do mundo”, relembra a carioca de 19 anos, Julia Averbuck, sobre sua aprovação para os cursos de graduação em Yale, Harvard, Princeton, Stanford, University of Chicago, Duke, Columbia e University of Pennsylvania.

“Foi a melhor sensação do mundo”, relembra a carioca de 19 anos, Julia Averbuck, sobre sua aprovação para os cursos de graduação em Yale, Harvard, Princeton, Stanford, University of Chicago, Duke, Columbia e University of Pennsylvania.

Julia, que se tornou bolsista da Fundação Estudar em 2008, optou por cursar Economia e Matemática em Yale, após esperar pelos resultados entre dezembro de 2007 e março de 2008. “Fiquei sabendo dos últimos cinco resultados no mesmo dia. Foi a maior alegria, porque passei meus últimos quatro anos trabalhando para isso”, completa.

Julia, que se tornou bolsista da Fundação Estudar em 2008, optou por cursar Economia e Matemática em Yale, após esperar pelos resultados entre dezembro de 2007 e março de 2008. “Fiquei sabendo dos últimos cinco resultados no mesmo dia. Foi a maior alegria, porque passei meus últimos quatro anos trabalhando para isso”, completa.

Incentivada pelos pais a estudar no exterior, Julia escolheu Yale pela simpatia pelo campus, pelo ambiente acadêmico e por já ter amigos no local. “O que mais impressiona em Yale é a dinâmica do campus, que é muito artística”. A paixão pela matemática começou cedo: aluna da Escola Americana do Rio de Janeiro (EARJ), Julia despertou a atenção dos professores já na 5ª série e cursou matemática avançada durante o 11° e 12° anos, com aulas 20 | 2008 Annual Report

Incentivada pelos pais a estudar no exterior, Julia escolheu Yale pela simpatia pelo campus, pelo ambiente acadêmico e por já ter amigos no local. “O que mais impressiona em Yale é a dinâmica do campus, que é muito artística”. A paixão pela matemática começou cedo: aluna da Escola Americana do Rio de Janeiro (EARJ), Julia despertou a atenção dos professores já na 5ª série e cursou matemática avançada durante o 11° e 12° anos, com aulas de cálculos voltados para engenharia.

de cálculos voltados para engenharia. Com um ano de faculdade, Julia aprendeu uma lição: reconhecer o valor do empreendedorismo e da disciplina individual. “Os estudos são muito importantes, mas o que se faz fora vale muito mais. É preciso ir além”. Pode ser que a experiência não dê certo, mas o importante é tentar”. Ela lembra que na faculdade os programas extra-curriculares têm um peso quase tão importante quanto as disciplinas que compõem sua grade. Apaixonada pelo que encontrou em Yale, Julia tem sede de aprender. Ela pensa em fazer um curso específico de Economia após o fim da graduação e ainda avalia estudar Direito. Para 2010, pretende estagiar em um banco durante o verão, além de cursar teatro na própria faculdade. Sobre as oportunidades que a Fundação Estudar oferece, ela acredita que a instituição possa lhe abrir grandes portas no futuro, já que a jovem sonhadora pretende adquirir experiência no mercado financeiro, onde poderá consolidar todos os conhecimentos que adquiriu durante a vida acadêmica.

Com um ano de faculdade, Julia aprendeu uma lição: reconhecer o valor do empreendedorismo e da disciplina individual. “Os estudos são muito importantes, mas o que se faz fora vale muito mais. É preciso ir além”. Pode ser que a experiência não dê certo, mas o importante é tentar”. Ela lembra que na faculdade os programas extracurriculares têm um peso quase tão importante quanto as disciplinas que compõem sua grade. Apaixonada pelo que encontrou em Yale, Julia tem sede de aprender. Ela pensa em fazer um curso específico de Economia após o fim da graduação e ainda avalia estudar Direito. Para 2010, pretende estagiar em um banco durante o verão, além de cursar teatro na própria faculdade. Sobre as oportunidades que a Fundação Estudar oferece, ela acredita que a instituição possa lhe abrir grandes portas no futuro, já que a jovem sonhadora pretende adquirir experiência no mercado financeiro, onde poderá consolidar todos os conhecimentos que adquiriu durante a vida acadêmica.

Relatório Anual 2008 | 21


FÁBIO KATAYAMA Gestão hospitalar – um desafio para Fábio Katayama Gestão hospitalar – um desafio para Fábio Katayama

A vida profissional de Fábio Katayama, 28 anos — bolsista de 2008 da Fundação Estudar para MBA em Harvard Business School —, estava decidida até os primeiros anos do ensino médio no Colégio Santa Cruz, em meados da década de 1990, quando estava determinado a cursar Administração de Empresas.

Saúde é um dos maiores problemas em qualquer país. [...] Encontrar uma solução que torne o sistema mais acessível e resolutivo é o que busco.

“Saúde é um dos maiores problemas em qualquer país. [...] Encontrar uma solução que torne o sistema mais acessível e resolutivo é o que busco”. Fábio Katayama, 28 anos - bolsista de 2008 da Fundação Estudar para MBA em Harvard Business School 28 anos - bolsista de 2008 da Fundação Estudar para MBA em Harvard Business School

Foi no 2º ano do colegial, quando seu irmão sofreu um acidente e passou um período em recuperação na Santa Casa de Lins – SP, que tudo mudou. “Este fato marcou muito minha vida e foi neste momento em que decidi que queria ser médico. Foi a partir daí que percebi que gostaria de ajudar as pessoas por meio da minha profissão”, diz Fábio ao comentar a mudança de rumo em seu futuro. 22 | 2008 Annual Report

A vida profissional de Fábio Katayama, 28 anos — bolsista de 2008 da Fundação Estudar para MBA em Harvard Business School —, estava decidida até os primeiros anos do ensino médio no Colégio Santa Cruz, em meados da década de 1990, quando estava determinado a cursar Administração de Empresas. Foi no 2º ano do colegial, quando seu irmão sofreu um acidente e passou um período em recuperação na Santa Casa de Lins – SP, que tudo mudou. “Este fato marcou muito minha vida e foi neste momento em que decidi que queria ser médico. Foi a partir daí que percebi que gostaria de ajudar as pessoas por meio da minha profissão”, diz Fábio ao comentar a mudança de rumo em seu futuro. Disciplinado e decidido, aos 17 anos Fábio foi aprovado na Faculdade de Medicina da USP, onde fez iniciação científica com bolsas do CNPq e da FAPESP, estagiou com referências mundiais em cirurgia digestiva e, com isso, ganhou um rico conhecimento tanto acadêmico, como profissional. Com o passar do tempo, Fábio sentiu falta de matérias ligadas a administração no curso de Medicina. Foi aí que, em conjunto com alguns colegas do curso, tomou a iniciativa pioneira de criar em 2003 a Empresa Júnior da Faculdade de Medicina que se tornou um sucesso. “O aluno de Medicina se formava sem saber como montar e gerir seu próprio

Disciplinado e decidido, aos 17 anos Fábio foi aprovado na Faculdade de Medicina da USP, onde fez iniciação científica com bolsas do CNPq e da FAPESP, estagiou com referências mundiais em cirurgia digestiva e, com isso, ganhou um rico conhecimento tanto acadêmico, como profissional. Com o passar do tempo, Fábio sentiu falta de matérias ligadas a administração no curso de Medicina. Foi aí que, em conjunto com alguns colegas do curso, tomou a iniciativa pioneira de criar em 2003 a Empresa Júnior da Faculdade de Medicina que se tornou um sucesso. “O aluno de Medicina se formava sem saber como montar e gerir seu próprio consultório e qual imposto teria que pagar. Resolvemos abrir nossa Empresa Júnior, que tinha como objetivo levar estas informações aos alunos”. Para Fábio, hoje cursando MBA em Harvard, o segredo do sucesso em qualquer atividade desempenhada sempre foi “pensar fora da caixinha”. “Eu sempre gostei do que era não convencional. Fui o primeiro médico da família, fundei a primeira empresa júnior na área de Medicina no Brasil, escolhi administração hospitalar - o que é visto como uma escolha diferente. Eu nunca tive medo de procurar o novo, o diferente”. “Saúde é um dos maiores problemas em qualquer país. É uma questão cada vez mais preocupante e que gera cada vez mais custos. Encontrar uma solução que torne o sistema mais acessível e resolutivo é o que busco”, finaliza.

consultório e qual imposto teria que pagar. Resolvemos abrir nossa Empresa Júnior, que tinha como objetivo levar estas informações aos alunos”. Para Fábio, hoje cursando MBA em Harvard, o segredo do sucesso em qualquer atividade desempenhada sempre foi “pensar fora da caixinha”. “Eu sempre gostei do que era não convencional. Fui o primeiro médico da família, fundei a primeira empresa júnior na área de Medicina no Brasil, escolhi administração hospitalar - o que é visto como uma escolha diferente. Eu nunca tive medo de procurar o novo, o diferente”. “Saúde é um dos maiores problemas em qualquer país. É uma questão cada vez mais preocupante e que gera cada vez mais custos. Encontrar uma solução que torne o sistema mais acessível e resolutivo é o que busco”, finaliza. Relatório Anual 2008 | 23


009 2 N I RS A L O SCH

RENATA MAYER GUKOVAS

Economia / Economics FEA-USP - Intercâmbio HEC École de Gestion de l’Université de Liège 12/2009

LEONARDO BYRRO

MBA - Kellogg School of Management 06/2010

JOSE A. ROSA NETO

MBA - Harvard Business School 06/2010

22 | 2008 Annual Report

FABIO KATAYAMA

MBA - Harvard Business School 06/2010

BARBARA S. FARHAT

Master in International Management EAESP FGV/LSE School of Management 08/2009

ANA KERTESZ

MBA - Harvard Business School 06/2010

BOLSISTAS DE GRADUAÇÃO UNDERGRADUATE SCHOLARS

PEDRO BARRETO ABREU

JOSE A. ROSA NETO

Engenharia Aeronáutica Aeronautical Engineering ITA 12/2012

MBA - Harvard Business School 06/2010

CAROLINA COOPER

MBA - The Warlton School 06/2010

NATASHA GADELHA ROCHA Engenharia de Produção / Engenharia de Produção - UFC - Intercâmbio École Centrale de Paris 12/2010

PEDRO BARRETO ABREU Engenharia Aeronáutica Aeronautical Engineering ITA 12/2012

LEONARDO BYRRO

MBA - Kellogg School of Management 06/2010

BARBARA S. FARHAT

Master in International Management EAESP FGV/LSE School of Management 08/2009

RENATA MAYER GUKOVAS

Economia / Economics FEA-USP - Intercâmbio HEC École de Gestion de l’Université de Liège 12/2009

CAROLINA COOPER

MBA - The Warlton School 06/2010

ANA KERTESZ

MBA - Harvard Business School 06/2010

FABIO KATAYAMA

MBA - Harvard Business School 06/2010

NATASHA GADELHA ROCHA Engenharia de Produção / Engenharia de Produção - UFC - Intercâmbio École Centrale de Paris 12/2010

Relatório Anual 2008 | 23

Relatório Anual Fundação Estudar  

Relatório Anual Fundação Estudar

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you