Page 1

Informativo

São Benedito

Ano XIX • Edição Número 202 • Dezembro 2016

Natal em nossa vida

vida nova, que é Natal, nascimento de Jesus, pela experiência da Ressurreição, não é mais um dia, um momento, uma festa. Natal é quando uma comunidade de fé, pela escuta de Palavra, busca fazer a vontade de Deus. Torna-se assim, espaço fecundo da graça onde Deus monta sua tenda. Uma comunidade acolhedora, missionária gera prementemente a verdade, a luz, a paz que é Jesus. No ano do cinquentenário muitos são os sinais de que, como Igreja, gestamos e fizemos nascer, em Jesus, muita bondade, conforto, consolo, esperança, misericórdia, perdão, alegria. Com a parƟcipação da comunidade 480 crianças, adolescentes e jovens parƟciparam de nossos projetos sociais com direito de olhar para frente e sonhar com possibilidades de dignidade também para eles. Isto é Natal. Ou no cuidado daquilo que é mais frágil que são nossas crianças empobrecidas, passo a passo acompanhadas na celebração da vida e nas visitas mensais nos seus lares. No ano da Misericórdia, quantos e quantas, na experiência de serem perdoados, puderem oferecê-lo aos irmãos. Essa é uma experiência pascal. Isto é Natal. No Curso Bíblico orientado pelo CEBI, muitos viram suas vidas impactadas e fortalecidas pelo encontro pessoal com Deus que aí se revela e se entrega. Isto é Natal. A alegre doação das vidas feitas serviço em tantas pastorais de nossas comunidades, com seu tempo, dons ... Isto é Natal. Quantos, como Maria, no silêncio, parƟlharam de seus bens para que o projeto de evangelização acontecesse com suas ofertas, dízimos, parƟlhas.... Isto é Natal. A conclusão da Iniciação Cristã de adultos, jovens e crianças que imediatamente se colocaram de pé para o seguimento e o serviço. Como não dizer que isto é Natal? A vivência em pequenos grupos de relacionamento e evangelização sustentou a vida e missão de muitos,

como experiência fundante da Igreja de Jesus. Isto é Natal. Tantas liturgias vivas, celebrações mistagógicas, festas com expressão de amor à Igreja e de comunhão fraterna, para nós, isto também é Natal. O zelo administraƟvo tornou nossa casa bonita, acolhedora, adequada à missão que nos cabe viver. Isto é Natal. Não nos esqueçamos de que Deus se fez humano para que nos tornássemos divinos. Se Jesus se fez humano, olhe para você mesmo e diga que você é caro, nobre, digno da cruz de Cristo. O Natal de Jesus que supera o consumo e o comércio é, antes, proclamação da dignidade da vida. A todos, a cada um em parƟcular, nossas famílias, colaboradores, patrocinadores, agentes pastorais e povo de Deus, muitas graças dos céus.

FELIZ E ABENÇOADO NATAL DO SENHOR! Na fraternidade que nos une, Pe. Marcelino Modelski kkii


> Informativo São Benedito <

O fim do ano... ua u uando se aproxima o final do ano, muitas pessoas entr em uma espécie de frenesi, agitação diante das tram op oportu por ortu oportunidades perdidas no ano que está passando; outras entram em uma vivacidade excessiva e vão elaborando projetos que de per si serão irrealizáveis no próximo ano. Há ainda aquelas que se escabelam para conseguir uma lembrança às pessoas queridas e se envolvem em dívidas que trarão muitas dores de cabeça até serem quitadas. Por fim, há muitas e muitas pessoas que no meio do frenesi e da agitação vivem o tempo de modo especial. O final do ano realmente é um tempo muito especial, inicia com o tempo do advento e a pedagogia da esperança, envolta em muita luz. Há certa correria e o desejo honesto de pensar em alguma lembrança às pessoas queridas, de pensar em projetos para o ano que vem. É um tempo de muita Luz porque nos preparamos para acolher a Luz do mundo, Jesus Cristo. A Liturgia do primeiro domingo do advento já faz o convite: ‘Vamos subir ao monte do Senhor, à casa de Deus de Jacó, para que Ele nos mostre seus caminhos e nos ensine a cumprir seus preceitos’ (Is 2,3). E o Apóstolo Paulo nos convida a vesƟr as armas da Luz (Cf. Rm 13,12). Poderemos subir ao monte do Senhor e vesƟr as armas da Luz parƟcipando das novenas de Natal em família, organizando um bonito presépio em nossa casa ou lugar de trabalho, parƟcipando da liturgia dominical e procurando o sacramento da confissão. No meio de tantas luzes vamos deixar-nos guiar pela luz do Senhor (Cf. Is. 2,5). É um tempo de certa correria e com razão, porque a caridade tem pressa. Durante o ano as crises na família e na convivência foram enfrentadas, muitas vezes, de modo

apressado e sem a coragem da paciência, da averiguação, do perdão recíproco, da reconciliação e até do sacriİcio. Vamos correr e abraçar as pessoas de nosso convívio ou de nossa família que precisam de perdão ou que precisamos pedir perdão. Diz o profeta: ‘não pegarão mais em armas uns contra os outros e não mais travarão combate’ (Is 2,4). É tempo de reconciliar. É um tempo de pensar em alguma lembrança às pessoas queridas. Talvez os compromissos durante o ano tenham impedido de culƟvar os laços familiares e este é o momento propício para retornar ao recanto da família sem a obrigação de levar pacotes. Levemos a ternura e, junto com nossos familiares, vamos fazer lembrança de quanto nos queremos bem e somos valiosos uns aos olhos dos outros e todos aos olhos de Deus. Diz o EclesiásƟco: ‘Não te prives do bem de um dia, e não deixes perder nenhuma parcela de um bom desejo’ (Eclo 14,11). É um tempo de pensar em novos projetos e o Apóstolo Paulo nos convida: ‘vós sabeis em que tempo estamos, já é hora de despertar’ (Rm 11,11) à luz de nossa opção vital por Jesus. Nos projetos para o ano que vem Ele nos pede para assumir um esƟlo de vida inspirado na Sua Palavra. É necessário fazer uma reviravolta, um despertar, e rever os projetos desgarrados das mãos de Deus, distantes da Palavra. Cremos Nele e sabemos que Jesus vem a nós e com Ele poderemos fazer um belo caminho de ternura na família, dedicação generosa, esforço por um ideal, porque a vida merece ser vivida inteiramente sob a Luz do Senhor. Dom Sergio de Deus Borges Bispo Auxiliar de São Paulo Vigário Episcopal para a Região Santana

Sua marca poderá aparecer

aqui!

ANUNCIE Tel: 2241-9302

COMÉRCIO DE CACOS DE VIDROS MAZZETTO LTDA.

Fone: 2242.9468 “SOB NOVA DIREÇÃO”

Tel: 2086-5050 www.vidrosmazzetto.com.br vidros.mazzetto@uol.com.br Rua São Gabriel, 45, Jd. São Luiz - São Paulo - SP

sbenedit@uol.com.br

F FERRAMENTAS FE PA PARAFUSOS E F FERRAGENS 2212-3434 2201-2954 Av. Guapira, 1860 2949-4666 (11)

CEP: 02265-002 - Jaçanã - SP bemarparafusos@terra.com.br

Mosca Branca Equipamentos contra incêndio Extintores e Recargas Mangueiras e Acessórios Luz de emergência Pára- raios munhozextintores@munhozextintores.com.br www.munhozextintores.com.br

R. Abílio Pedro Ramos, 736

Tel.: 2241-4486

2 | Dezembro - 2016

Areia, Cimento, Cal, Lajes e Materiais de Acabamento

Tel: 2242.8850 Nextel: 54*21805

Financiamos em até 12 vezes Aceitamos cartões Visa e Credicard

"Exame de vista grátis" Armações a partir de R$ 79,99 Av. Luis Stamatis, 431 loja 44

R. Abílio Pedro Ramos, 50

Dentro do Hipermercado Bergamini do Jaçanã

Tel: 2248-8080

fone: 2240-1903


> Informativo São Benedito <

m nosso dia a dia existem aações que praƟcamos com ttanta t regularidade que deixamos de refleƟr sobre a sua importância e significado. Grande parte dos dizimistas, no exercício de sua fidelidade dizimal, acaba por transformar a ParƟlha do Dízimo em um compromisso roƟneiro, não refleƟndo sobre a importância deste ato e o verdadeiro e intenso significado de sua condição de dizimista na comunidade. Com a proximidade do final do ano e em aƟtude de avaliação da nossa caminhada, convidamos você, dizimista ou não, a refleƟr um pouco sobre a parƟlha, sobre os aspectos de nossa Fé, pertença à Igreja, Corpo de Cristo, povo de Deus e com Deus – a caminho. Quantas situações acontecidas neste ano que podemos rememorar – algumas muito alegres e dignas de celebração, outras tristes que só nos fazem lamentar. Existem, também, as situações que ocupam nossa roƟna

apressada, das quais já nem conseguimos nos lembrar. O risco do esquecimento é uma das causas que exigem de nós a celebração da vida, para que não nos esqueçamos do que é essencial. Por isso celebramos os aniversários e, dentre eles, o aniversário mais especial que é o Natal, festa do nascimento do menino Jesus, prenúncio e início do mistério pascal de Cristo que se consuma na sua paixão, morte e ressurreição e que, como memorial vivo de nossa libertação, celebramos na EucarisƟa, em conơnua atualização do Mistério de Cristo. O dízimo deve ser visto nessa dimensão celebraƟva, afinal, ele é o fruto do nosso trabalho, dom que recebemos de Deus e que a Deus resƟtuímos com espírito de ação de graças, tanto por tudo que Deus nos oferece gratuitamente, quanto pelo privilégio de poder parƟlhar entre irmãos. O dízimo é um acontecimento que gera vida e dinamismo à nossa comunidade e que traz a ela a possibilidade de proclamar a Boa Nova de Deus a todas as pessoas de boa vontade. A equipe da Pastoral do Dízimo expressa a todos os paroquianos os votos de um Santo Natal e um feliz e abençoado Ano Novo!

CELEBRAMOS COM VOCÊ, LEITOR, ESTE NATAL! dvento não é preparação para comemorar uma fesdv d tta. a Vai mundo além disso. Advento é celebrar a chegada de Jesus, o Messias, o Salvador. Isto é muito maior. A você que durante todo este ano nos presenteou com sua atenção como leitor, com sua presença na comunidade paroquial, nos serviços, nas orações, no voluntariado, nas doações, nas parcerias, no patrocínio, na obra da evangelização, no silêncio operante, nossos votos de que as festas sejam sinal de uma realidade muito maior do que luzes e mesa farta. Casa de Carnes CENTER LÍDER Carnes Frescas todos os dias Aceitamos todos os tickets sem acréscimo Só trabalhamos com carne de boi R. Irmã Emerenciana, 867

2241-0092

Seja este Natal, para você e sua família um tempo de metanoia, de mudança de mentalidade, um tempo de coragem de remar contra a maré do pensamento dominante, para estabelecer relações e aƟtudes que revelem a presença do Reino de Deus entre nós. Relações fraternas, permeadas de amor e de cuidado. Certamente será um Natal cheio de senƟdo! E trará luzes duradouras para o próximo ano!

Santo Natal e um Ano Novo abençoado! Dr. José Rogério Pedrine

LEMAPLAST

Cirurgião Dentista Clinica Geral - Ortodontia 2a feira das 15h30 às 20h 3a a 6a feira das 8 às 12hs e das 14 às 20hs Sábado 8h30 às 14h

Tel: 2249-6099 Rua Dr. Carlos Bastos Aranha, 193 Jaçanã / (Rua da feira de 4a feira)

Materiais para indústrias de calçados, bolsas, confecções, plástico, couro, ferragens e demais artigos do ramo. Rua Uruguaiana,191 - Brás Tel. 2692.9104 Fax. 2692.3907 www.lemaplast.com.br

Dezembro - 2016 | 3


> Informativo São Benedito < A Irmandade de São Bendito do Jaçanã, agradece toda a comunidade pelas orações pelo êxito do XX Congresso das Irmandades de São Benedito, que sediamos nos dias 05 e 06 de novembro, que contou com as assessorias do teólogo Claudio França e do Pe. Luiz Fernando Oliveira. Nosso agradecimento especial ao Pe. Marcelino e Pe. Severino, pelo apoio e confiança. Paz e Bem

Grande Célula de novembro realizada em comunhão com a Paróquia NaƟvidade do Senhor, que também vive a experiência celular de evangelização e missão.

No final de outubro um dia cheio de alegrias: foi inaugurada a biblioteca e a sala mulƟuso, D.Sergio deu a bênção ao local onde será a nova comunidade Santa Teresa de Calcutá e na mesma data os jovens que fizeram sua Iniciação à Vida Cristã receberam o sacramento da Crisma

Visita de D.Sergio ao grupo que está fazendo a formação bíblica do CEBI A graƟdão da comunidade por tantos anos de dedicação dos ministros que deixaram seu ministério e que certamente vão conƟnuar servindo de outras maneiras. Deus lhes seja generoso! 4 | Dezembro - 2016


> Informativo São Benedito <

I FÓRUM INTERNACIONAL DO SISTEMA DE CÉLULAS DE EVANGELIZAÇÃO ntre os dias 7 e 10 de novembro de 2016, aconteceu o n I Fórum Internacional do Sistema de Células Paroquiais de Evangelização, na Basílica de Santo Eustórgio, quia em Milão. Aproximadamente 60 pessoas, representando 18 países, Ɵveram a oportunidade de apresentar como se deu o surgimento e desenvolvimento das células em seu contexto, além de comparƟlhar as principais vantagens da evangelização em células e os principais desafios enfrentados. O evento começou e terminou com a palavra de moƟvação do Fundador e Presidente do Organismo, Pe. PiGi Perini, que apesar de estar se recuperando de um acidente sofrido recentemente, onde fraturou todo o seu lado direito, contagiou todos os delegados com seu incrível amor a Jesus, a Igreja e à evangelização. Durante o fórum um dos Bispos auxiliares de Milão, Dom MarƟneli, ministrou uma preciosa conferência sobre o Documento Iuvenescit Ecclesia, sobre a relação entre dons hierárquicos e carismáƟcos para a vida e missão da Igreja, na qual enfaƟzou o carisma próprio das células, que é a renovação paroquial. Por fim, o promotor nacional, Sandro F. Peres, auxiliado pelo grande amigo Pe. Juarez Dalan, que serviu na tradução para o português, apresentou a história das células no Brasil, desde a primeira experiência do Pe. Luis Fernando, passando pelo surgimento e consolidação da Agência Católicos em Células nos úlƟmos 9 anos e transmiƟu a realidade atual, marcada pela presença não somente de paróquias, mas de muitas novas comunidades e movimento eclesiais. No Brasil hoje somos em torno de 1070 células, em torno de 60 grupos.

Linha completa de materiais de limpeza e utensílios

A MULTIPLICIDADE DOS DONS

uem acompanhou as liturgias destas últimas semauue nas, teve a alegria de presenciar o envio de vários nna jovens, jovens crianças e adultos a variados serviços conforme jo os dons próprios de cada um. Diz o Documento 105 dos Cristãos Leigos e Leigas, no seu nº 105, que “na Iniciação à Vida Cristã temos a fonte e a origem do discipulado e da missão” Por isso, entre todos os membros da Igreja, “reina verdadeira igualdade quanto à dignidade e ação comum a todos os fiéis na edificação do Corpo de Cristo. Compreender e viver a Igreja como diversidade na unidade é fundamental para entender e valorizar a vocação, a identidade, a espiritualidade e a missão dos cristãos leigos e leigas” Alegramo-nos, pois, que decorrido o tempo da mistagogia daqueles que receberam os sacramentos, concluímos que sua experiência de Jesus e de comunidade os fez aceitar uma missão que será própria de cada um, tendo alguns optado por participar da liturgia, outros da Iniciação à Vida Cristã, outros responderam como coroinhas ou cerimoniários, outros participando das células, do canto, dos serviços sociais.Tivemos ainda o envio de dois novos catequistas que assumem novas turmas no próximo ano. Tudo fruto de uma adesão verdadeira a Jesus Cristo que continua a se desenvolver por toda vida. Se é hora de se fazer um balanço do ano, apuramos um saldo positivo, muito consolador depois de tanto empenho; muito animador para o futuro que virá. A cada sim, o nosso louvor a Deus. Crescer e multiplicar discípulos missionários de Jesus Cristo: eis a missão da IVC, eis a missão das células, eis a missão de cada um de nós batizados. Eis a missão da nossa Igreja!

SEMAF Indústria e Comércio Ltda. MATERIAIS PARA CONSTRUÇÕES EM GERAL SERRALHERIA

Esquadrias de ferro e alumínio www.redecasalimpa.com.br Rua Abílio Pedro Ramos, 266 - Vila Nilo/Jaçanã - SP CEP: 02279-000 - 11 2338-5956

E-mail: loja22@redecasalimpa.com.br

Fones: 2241.6799 - 2241.6163 Rua Abilio Pedro Ramos No 699 CEP: 02279-000 - Vila Nilo - São Paulo - SP

Dezembro - 2016 | 5


> Informativo São Benedito <

CONSTRUINDO O FUTURO ãão o Leonardo Murialdo em sua mis((1828-1900) (1 1 são ã educaƟ e va dizia com frequência interna e externamente aos confrades e a diversos setores de políƟcas sociais, especialmente em eventos cívicos, que “o mais importante na sociedade são as crianças e o mais importante nas crianças é o coração”. Esta afirmação, que enriqueceu ainda mais os escritos religiosos e pastorais de Murialdo, é bastante atual e provocaƟva. Na sociedade contemporânea, perguntaria se de fato conseguimos ver este público como sendo tão importante para o desenvolvimento da nação que idealizamos. Preocupamo-nos, de fato, em ensinar que as crianças de hoje sejam melhores do que nós no futuro? Melhores na fé, na educação, no bem comum... A sociedade é espelho de suas escolhas. As escolhas podem estar condicionadas, mas nunca determinadas! Cada escolha parte da éƟca interiorizada em cada um. Enquanto a moral pergunta: “o que devemos fazer”, a éƟca pergunta: “o que devo fazer”. Por isso, é tão importan-

te educar o coração como caminho que ajuda nas escolhas corretas que o indivíduo toma diariamente moral-eƟcamente. Temos que educar para a vida e não para a sobrevivência, educar para Deus e a missão e não para o convencionalismo ou indiferença religiosa, educar para a parƟlha e não para a concentração nociva, educar para o perdão e o diálogo e não para o embarreiramento social, cultural. Todos são educadores e educadoras. O principal reduto de educação é em casa, mas se estende ao trabalho, ao ambiente de estudo, à obra social, à paróquia... todos que tem contato com o público infanto-juvenil têm que se preocupar com sua educação. Nossa Obra Social São Benedito, um dos grandes testemunhos evangélicos da paróquia e que conta com amigos e benfeitores além do território paroquial, trabalha neste pensamento e missão: “eduquemos para a vida, eduquemos para o amor”. “Estamos nas mãos de Deus, estamos em boas mãos”. Pe. Severino Lisboa – vigário e diretor OSSB

APOSENTADORIA POR INVALIDEZ Aposentadoria por invalidez é um beneİcio devido ao trabalhador permanentemente incapaz de exercer qualquer aƟvidade laboraƟva e que também não possa ser reabilitado em outra profissão, de acordo com a avaliação da perícia médica do INSS. O beneİcio é pago enquanto persisƟr a incapacidade e pode ser reavaliado pelo INSS a cada dois anos. Inicialmente o cidadão deve requerer um auxílio-doença, que possui os mesmos requisitos da aposentadoria por invalidez. Caso a perícia-médica constate incapacidade permanente para o trabalho, sem possibilidade de reabilitação em outra função, a aposentadoria por invalidez será indicada. Outras informações • Doença anterior à filiação à Previdência: não tem direito à aposentadoria por invalidez quem se filiar à Previdência Social já portador de doença ou lesão que geraria o beneİcio, a não ser quando a incapacidade resultar no agravamento da enfermidade; • Adicional de 25% para acompanhante: o aposentado por invalidez que necessitar de assistência permanente de outra pessoa poderá ter direito a um acréscimo de 25% no valor de seu beneİcio, inclusive sobre o 13º salário, con-

Sua marca poderá aparecer

aqui!

ANUNCIE Tel: 2241-9302

11/03

sbenedit@uol.com.br

6 | Dezembro - 2016

forme determina o art. 45 da Lei 8.213 de 24 de julho de 1991. Nesse caso é necessário efetuar o requerimento na agência do INSS onde é manƟdo o beneİcio. Além disso, o segurado passará por uma nova avaliação médico-pericial do INSS. Caso o beneİcio seja cessado por óbito, o valor não será incorporado à pensão deixada aos dependentes. • Fim do beneİcio: a aposentadoria por invalidez deixa de ser paga quando o segurado recupera a capacidade e/ou volta ao trabalho. • Revisão periódica do beneİcio: de acordo com a lei, o aposentado por invalidez deve fazer perícia médica a cada dois anos para comprovar que permanece inválido. Os maiores de 60 (sessenta) anos são isentos dessa obrigação, conforme a Lei n. 13.063/2014. • Solicitação de acompanhante em perícia médica: o cidadão poderá solicitar a presença de um acompanhante (inclusive seu próprio médico) durante a realização da perícia. Para tanto, é necessário preencher o formulário de solicitação de acompanhante e levá-lo no dia da realização da perícia. O pedido será analisado pelo perito médico e poderá ser negado, com a devida fundamentação, caso a presença de terceiro possa interferir no ato pericial. Colaboração enviada por Francisco Luz - Fonte: siƟo da Previdência Social: www.previdencia.gov.br

KAT-ÓTICA

Tapeçaria e decorações

Indústria e Comércio em Vila Nilo desde

REGINA

1966 50 anos com as bênçãos de Deus promovendo a saúde da sua visão.

Comércio de Areia e Pedra SANTOS Ltda.

- Reforma de sofás / cadeiras - Capas de sofás sob medida

SANTOS – EDIGAR

Tel.: 2242 5008

Tel. 2241 6835 2241 3585

Juarez / Arlete Rua Irmã Emerenciana, 148

Rua Abílio Pedro Ramos, 776


> Informativo São Benedito <

- Por que não tomou? -Porque no rótulo estava escrito: “mantenha fechado” ****************************************** No consultório, o médico recomenda: “O senhor vai to- Dúvida cruel: mar este remédio durante uma semana e retornar aqui”. - Mamãe, não consigo me decidir se me caso com o Depois de uma semana o paciente volta e o médico médico ou com o militar... pergunta: “Tomou o remédio direitinho? Como se - Não há o que pensar, minha filha. Case-se com o sente?” militar. Esse pessoal sabe cozinhar, fazer a cama e - Não tomei, não, senhor. obedecer ordens.

PARA SORRIR

Você sabe o que é a Coroa do Advento?

Descubra as 7 diferenças entre as imagens

ocê já deve ter visto aquela coroa oc o que q a cada domingo do Advento se acende uma vela de cor diferente. ace Desde a sua origem a Coroa de Advento possui um senƟdo especificamente religioso e cristão: anunciar a chegada do Natal. Inspirado nela vem o costume de se pendurar uma coroa (guirlanda) na porta da casa. Sua forma circular recorda que Deus também não tem princípio nem fim, por isso reflete sua unidade e eternidade. É sinal do amor que se deve ter pelo Senhor e pelo próximo, que deve se renovar constantemente. Os ramos verdes representam Cristo vivo entre nós. Verde é a cor da esperança e da vida. Recorda a vida de graça, o crescimento espiritual e a esperança que devemos culƟvar durante o Advento. As quatro velas representam cada domingo do Advento. Elas permitem refleƟr sobre a escuridão provocada pelo pecado, o qual deixa o homem cego e o afasta de Deus. Neste senƟdo, assim como as trevas se dissipam com cada vela que acendemos, os séculos foram se iluminando cada vez mais com a proximidade da chegada de Cristo ao mundo. As quatro velas são acesas semana a semana, nos quatro domingos do Advento e com uma oração especial. Tradicionalmente as velas da Coroa são três roxas e uma rosa, podendo-se também usar as cores roxa, vermelha, rosa e verde. A rosa é acesa no terceiro Domingo do Advento, dia conhecido como “Domingo Gaudete”, ou da alegria que senƟmos diante da proximidade do nascimento do Senhor. A cor roxa representa o espírito de vigilância, penitência e sacriİcio que devemos ter para nos prepararmos adequadamente para a chegada de Cristo.

Procure as palavras em negrito

CONPEW CONTABILIDADE Paulo/Edna

Abertura/Alteração I. Renda/Encerramento Sede Própria Tel: 2241-0016/2241-4378 Email:conpew@terra.com.br R:Thomaz Cyro Pozzi, 466 - fundos Jaçanã- cep:02263-030.

Luís

Marcia

Corretora de Seguros (todos os ramos) Trabalhamos com várias Cias. de Seguros Fone: (11) 3331.2728 Rua Abílio Pedro Ramos, 493 Vila Nilo - CEP. 02279-000

Dezembro - 2016 | 7


> Informativo São Benedito <

DATAS IMPORTANTES - Dezembro 2016

04/12 – Confraternização da comunidade 09/12 – Adoração ao Sanơssimo 10/12 – Festa da Pastoral da Criança 10/12 – Novena dos pais da IVC 13/12 – MuƟrão para confissões a parƟr das 19h30 14/12 – Entrega de cestas da P.Criança 17/12 – Novena dos pais da IVC 18/10 – Apresentação da Obra social na missa das 7h30 22/12 – Encerramento da Novena de Natal 24/12 – Vigília de Natal – 20h 25/12 – Natal do Senhor – missas 10 e 19h 31/12 – Missa de ação de graças – 18h 01/01/17 – Dia mundial da paz – missas 10 e 19h na matriz e celebração nas capelas. ROTEIRO DIÁRIO DE ORAÇÃO COM A PALAVRA DE DEUS

TORTINHAS DE MAÇÃ COM MASSA FOLHADA

01/12– Mt 7,21.24-27 02/12– Mt 9,27-31 03/12– Mt 9,35-10,1.6-8 04/12– Mt 3,1-12 05/12– Lc 5,17-26 06/12– Mt 18,12-14 07/12– Mt 11,28-30 08/12– Lc 1,26-38 09/12– Mt 11,16-19 10/12– Mt 17,10-13 11/12– Mt 11,2-11 12/12– Lc 1,39-47 13/12– Mt 21,28-32 14/12– Lc 7,19-23 15/12– Lc 7,24-30 16/12– Jo 5,33-36 17/12– Mt 1,1-17 18/12– Mt 1,18-24 19/12– Lc 1,5-25 20/12– Lc 1,26-38 21/12– Lc 1,39-45 22/12– Lc 1,46-56 23/12– Lc 1,57-66 24/12– Lc 1,67-79 25/12– Jo 1,1-18 26/12– Mt 10,17-22 27/12– Jo 20,2-8 28/12– Mt 2,13-18 29/12– Lc 2,22-35 30/12– Mt 2,13-15.19-23 31/12 – Jo 1,1-18

INGREDIENTES 1 embalagem de massa folhada 3 maçãs pequenas sem casca e picadas 1/2 colher (chá) de canela em pó 1/2 xícara (chá) de açúcar 1/2 xícara (chá) de água 2 colheres (sopa) de mel ou glicose de milho 1 colher de gengibre ralado suco de ½ limão ½ xícara de passas pretas ½ xícara de castanha do Pará ou nozes picadas PREPARO: Coloque em uma panela as maçãs picadas, a água, o açúcar, a canela em pó, as passas, o gengibre e o suco de limão. Cozinhe por aproximadamente 10 minutos, ou até as maçãs ficarem macias e secar a água. Acrescente o mel e as castanhas. Deixe esfriar. Tome forminhas de cupcake ou empadas. Corte a massa folhada em tamanho suficiente para cubrir o fundo da forminha e sobrar pequenas bordas para fora. Leve ao forno até que estejam assadas. Quando esfriar, reƟre das forminhas, coloque o recheio preparado e polvilhe açúcar de confeiteiro.

Paróquia São Benedito Horário das Missas Domingo: 7h30 - 10h - 19h | Segunda-Feira: 20h Sexta-Feira: 7h30 | Sábado: 18h Adoração ao Santíssimo: 2a Sexta-Feira do mês - 20h

Expediente da secretaria De Segunda à Sexta das 9h às 12h e das 13h às 18h Sábado: das 9h às 12h

Endereços Matriz: Rua Igarité, 338 - Jaçanã - São Paulo - CEP: 02264-000

Tel: 2241-9302 Capela Bom Pastor, Rua da Paz, 22 Vila Nilo Capela Sagrado Coração de Jesus Rua Desembargador Galvão, 49 - Jd. Cabuçu sbenedit@uol.com.br - www.paroquiasaobenedito.org.br

Obras Sociais CCA Murialdo - Tel: 2240-7640 / 2241-1376 CCA Nadino - Tel: 2242-7717 CEDESP São Benedito - Tel: 2247-2748

Informativo São Benedito COORDENAÇÃO GERAL: Marcia Bertolino EDITORAÇÃO: Marcelo Silva Calixto. TIRAGEM: 2200 exemplares. “Santidade é viver com amor e oferecer o testemunho cristão nas situações de todos os dias.” (Papa Francisco)

Tel: 2249-8500 / Fax: 2241-9597 Rua Freire Bastos, 430 • www.aroumar.com.br

Zeus Segurança e Vigilância Ltda (11) 2242-3949 Fax: (11) 2240-6871 www.zeusseguranca.com.br Rua Biguazal 85, Jaçanã CEP: 02227-020 - São Paulo - SP

Infomativo São Benedito Dezembro 2016