Issuu on Google+

O que é o Natal para você?

E

Celebração natalina realizada no dia 26 de Novembro de 2014

sta pergunta foi feita no ambiente escolar para diversas pessoas e as respostas foram tantas. Disseram que o Natal é família, amigos, presente, alegria, vida, paz e tudo de bom! Mas, o que é mesmo o Natal para você? Natal é a celebração do nascimento do Menino Jesus, que veio para o nosso bem com sua luz, pois Ele é o maior presente recebido de Deus. Na luz de Jesus apresentamos mais essa edição do ‘‘O Pallottino’’ com algumas das atividades ocorridas ao longo do segundo semestre. A Direção Geral deseja a toda comunidade escolar um Feliz Natal e abençoado Ano Novo!

Pastoral da Juventude Em 27 de setembro, onze de nossos alunos participaram da XIII Olimpíada de Química do RS. Dois de nossos alunos conseguiram passar na prova. São eles:

Gustavo Gabbardo dos Reis Felipe do Carmo de Souza

A MENÇÃO HONROSA foi entregue a estes alunos em cerimônia realizada dia 03 de novembro na FIERGS. Professora Adriane Dal Bó

N

o dia 25 de novembro, a Pastoral da Juventude Palotina (PJP), visitou a Casa Lar do Cego Idoso, levando as doações arrecadadas através da campanha café e leite. Momento muito especial de sensibilização e solidariedade.


2

O PALLOTINO • JORNAL DO INSTITUTO VICENTE PALLOTTI | ANO II | JUL-DEZ 2014

Feira de Ciências e inovação mct-pucrs

E

m 10 de outubro, as alunas Ana Piber, Bruna Conti, Maria Eduarda Neufeld e Maria Eduarda Franceschini, do segundo ano do Ensino Médio, apresentaram seu trabalho intitulado ‘‘FOBIAS: Um medo irracional’’ na Feira de Ciências e Tecnologia realizada no Museu de Ciências e Tecnologia da PUCRS. O trabalho das alunas foi selecionado através de um resumo enviado previamente. A seleção para participação desta feira é feita por uma equipe de professores de Ciências da Natureza da Universidade. Professora Adriane Dal Bó

Visitando escolas Palotinas americanas

N

o último mês de setembro, tive a oportunidade, com apoio do Colégio Pallotti, através do Diretor Padre Jadir, de visitar e conhecer um pouco do jeito “palotino” de ser nos Estados Unidos. Com muita alegria pude conhecer duas escolas palotinas nos estados de Maryland e New Jersey. A primeira escola que visitei foi a Saint Vicent Pallotti High School, na cidade de Laurel, estado de Maryland. Esta localidade fica entre a cidade de Baltimore e a capital americana, Washington. Laurel é uma cidade com um ambiente muito agradável, bem arborizada e que tem uma população aproximada de 30.000 habitantes. É uma cidade tranquila e muito acolhedora. Nesta escola fui muito bem recebido pela Sra. Rudinsky e pela Irmã Carol, que com sua experiência presta serviços à escola a mais de cinquenta anos. Pude acompanhar algumas turmas de espanhol, conhecer todas as instalações da instituição de ensino e participar de um ensaio da banda de concertos dirigida pelo Professor Niko Iampieri. As irmãs palotinas estão a quase cem anos envolvidas com esta escola em Laurel, que conta hoje com mais de 500 alunos. A escola atende do primeiro ao quarto ano da high school, que é equivalente ao nosso Ensino Médio mais o nono ano. Entre as características gerais da escola pude perceber e sentir um ambiente muito agradável de grande camaradagem e respeito entre alunos e professores, sendo que todos os alunos trajam uniformes. Durante as aulas

Expediente Instituto Vicente Pallotti Porto Alegre (RS) Rua Tupi, 212 Fone: (51) 3341-3055 contato@colegiopallotti.com.br colegiopallotti.com.br

me chamou a atenção a educação, colaboração e participação dos alunos.

Professor André Oliveira

Direção Geral: Pe. Jadir Zaro | Vice-Direção: Ir. Leandro Carlos Benetti Jornalista responsável: Pe. Judinei Vanzeto - MTb n° 15784 Projeto e diagramação: Juarez Rodolpho dos Santos Impressão e acabamento: Gráfica e Editora Pallotti | São Leopoldo (RS) Professores colaboradores: Adriana Marcolin, Adriana Ouriques, Adriane Dal Bó, André Franco, Andréia Vieira, Gerhardt, Auzonia Lopes, Camila Alves Boucinha, Caroline Freitas, César Ritter, Cintia Carnevale, Daniel Santos, Fabiene Silviera, Karina Severo, Karine Charão, Jaqueline Danelon, Luciana Vale, Luciane Ramos, Maria Cristina Abrahão, Melissa Nunes, Raquel Bohrer, Renata Mengue, Régis Schanz Rozana Moura, Silvânia Matias, Viviane Ribeiro. Tiragem: 1000 exemplares | Distribuição gratuíta


3

O PALLOTINO • JORNAL •DO INSTITUTO VICENTE PALLOTTIPALLOTTI | ANO II | JUL-DEZ O PALLOTINO INFORMATIVO DO COLÉGIO 2014 2014

Clube de Ciências

H

á mais de uma década o Clube de Ciências, do Colégio Pallotti, desenvolve atividades que têm como objetivos promover a interação e a cooperação entre o grupo, por meio de atividades diversificadas, além de despertar o gosto pela disciplina de ciências. Participam do Clube, principalmente, alunos das séries finais do Ensino Fundamental. Nossos encontros ocorreram às sextas-feiras, no horário das 13h20min às 14h05min. Passeios, visitas e palestras, quando possível, foram algumas atividades propostas no Clube. Nesse 2º semestre de 2014, estivemos envolvidos na organização da horta escolar, em parceria com o turno integral. No final do mês de outubro, fizemos uma visita ao Jardim Botânico. Prof. Régis D. Schanz

Atividades do Clube de Ciências nos últimos anos

Municipal de sita a Câmara

 Vi

Porto Alegre

 Palestra Dmae sobre Primeiros Socorros, no antigo Laboratório de Ciências

 Visita ao

tânico

Jardim Bo

Visita a Exposição - ‘‘Cenários de Guerra: Sentimentos de um combatente da Força Expedicionária Brasileira”

N

o dia 30 de outubro, as turmas 301 e 302 visitaram a exposição de armas e blindados da FEB no Museu Militar de Porto Alegre. Após termos estudado a Segunda Guerra Mundial, decidimos fazer uma visita ao museu para ir além do conteúdo formal e proporcionar uma forma diferenciada de aprendizagem. Tivemos assim a possibilidade de visualizar cenários de guerra como uma trincheira em tamanho real, blindados usados nos combates, bem como um pequeno histórico da evolução das armas de artilharia. Entendemos, pela visão de um soldado, a diferença entre servir na infantaria e na artilharia e devemos destacar a importância que a infantaria brasileira tem, devido ao treinamento que recebem em função da necessidade de proteção da Amazônia. A importância dos museus como elemento de preservação do patrimônio cultural é enorme, mas muitas vezes a visita a um deles não faz parte da vida de muitas pessoas, que às vezes associam o museu como um local de coisas velhas e sem graça, com cheiro de mofo. Não é essa a realidade. O museu é sim um lugar de aprimoramento cultural, mas que também nos proporciona momentos de lazer e mesmo surpresas. Foi muito bom ver nossos alunos surpreendidos com o que viram. E o melhor de tudo, além de todo o aprendizado que a visita nos proporcionou, ver nossos alunos dos terceiros anos, formandos, com o sorriso de orelha a orelha, subindo nos blindados, entrando dentro dos tanques, explorando como todos os sentidos a História que estava ali, viva para eles, foi muito gratificante. De minha parte não vou esquecer nunca essa visita e sei que ela também ficará no coração de cada um. Fica ainda o agradecimento ao soldado Lafonte pela atenção e carinho com que nos recebeu, esclarecendo todas as dúvidas e se colocando à nossa disposição para nos acompanhar na visita.

Professora Silvânia Matias

Você ainda não estava sabendo das novidades??


4

O PALLOTINO • JORNAL DO INSTITUTO VICENTE PALLOTTI | ANO II | JUL-DEZ 2014

Jornada de Espiritualidade Palotina e DNJ

N

esse semestre, a PJP (Pastoral da Juventude Palotina) esteve atuante em diversas atividades que reforçaram sua espiritualidade e compromisso diante da proposta do grupo. Em setembro, ocorreu a MISSA CRIOULA, que foi preparada e conduzida pelos jovens da PJP, nos turnos da manhã e da tarde. Esteve conosco o Pe. Wilson que presidiu e um amigo gaiteiro, o Sr. Vitor Hugo, que ajudou na animação. Foi um momento importante de celebração e retomada das nossas raízes culturais manifestadas através da indumentária e das canções de cunho gaúcho. Outro momento significativo da caminhada do grupo, além dos encontros semanais que aborda diversos temas, foi a participação da PJP na Jornada de Espiritualidade Palotina que ocorreu em Santa Maria no dia 18 de outubro. O encontro foi no Seminário Colégio Máximo Palotino e foi organizado pelos seminaristas da casa. Estiveram, além da PJP, representantes de diversas paróquias e escolas palotinas de Santa Maria que, no dia seguinte, também participaram do DNJ (Dia Nacional da Juventude) que, neste ano, foi a nível estadual e se realizou no Santuário da Medianeira. Além da espiritualidade, o encontro contou com muita animação, integração e palestras sobre variados assuntos importantes para nossa juventude. A PJP é um importante grupo de representação dos alunos junto a instituição e Professor César Ritter que tem se destacado em inúmeras atividades na escola: recreio palotino, visita das escolinhas, atividades com os alunos, campanhas solidárias, visita à instituições variadas e acima de tudo, um grupo com o carisma palotina que quer disseminar essa importante forma de ser, inspirada em seu idealizador São Vicente Pallotti.

Simulado em preparação para o ENEM

N

o mês de outubro, realizou-se com os alunos do Ensino Médio um Simulado, com o intuito de prepará-los para o ENEM/2014. O simulado foi organizado e planejado dentro dos padrões universitários, vindo a contemplar os conteúdos trabalhados nas disciplinas afins de nossa proposta pedagógica, atendendo as seguintes áreas do conhecimento: Ciências da Natureza e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias, Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias. Essa proposta serviu como experiência positiva no percurso escolar de nossos educandos, visto que houve grande reflexão sobre suas escolhas profissionais, bem como o ingresso ao Ensino Superior, marco de uma nova etapa em suas vidas.

Profª: Maria Cristina Abrahão Supervisora Escolar.

Saída Pedagógica Viagem às Missões

C

onsiderando ser importantíssima a história das Missões e ser uma das raízes da cultura regional gaúcha, integrando a identidade brasileira, a região das Missões muito contribuiu para o desenvolvimento cultural do Rio Grande do Sul, desta forma, através do Projeto “Missões” os alunos dos 5º Anos das turmas 51 e 52 do Instituto Vicente Pallotti, acompanhados pelas Professoras Renata Mengue, Camila Botelho, Orientadora Luciana Valle e Supervisora Maria Cristina, realizaram uma saída pedagógica nos dias 22 e 23 de setembro a São Miguel da Missões. A relevância do assunto encontra consonância nos Parâmetros Curriculares Nacionais “ao reconhecer as formas de organização social das comunidades indígenas e descobrir seu universo cultural, a criança volta seu olhar para o outro, desmistifica preconceitos e compreende a diversidade cultural encoberta pela denominação cultura brasileira”. A valorização dos grupos sociais traz, aos alunos, a certeza de seu pertencimento como indivíduo e como cidadão e a consciência de que faz parte do processo histórico, ainda mais quando conhecem a realidade e as contribuições de outros grupos sociais, assim, aprendem a respeitar as diferenças, valorizar as contribuições culturais de outros povos e construírem seu próprio conhecimento sobre este assunto. Professora Renata Mengue

Não viu as fotos do nosso último evento? Então não perde tempo! Acessa nosso Face!

facebook.com/vicentepallotti


5

O PALLOTINO • JORNAL •DO INSTITUTO VICENTE PALLOTTIPALLOTTI | ANO II | JUL-DEZ O PALLOTINO INFORMATIVO DO COLÉGIO 2014 2014

Passeio ao Zoológico de Gramado - Turmas 12 e 13

N

o dia 20 de novembro, foi realizado o tão esperado passeio ao zoológico de Gramado. Essa saída Pedagógica foi o fechamento do projeto “Mundo Animal”, que surgiu da leitura e análise do livro “Férias na Floresta” de Léia Cassol e Vitor Siegle Percebemos que o tema do projeto despertou o interesse natural das crianças desta faixa etária que em geral contam com várias informações relativas a ele. Levar os alunos do 1° ano para passear no Zoológico de Gramado, com certeza foi uma atividade muito produtiva, pois os alunos tiveram o contato com os animais estudados em aula e a oportunidade de colocarem em prática todo o conhecimento que foi adquirido, através de observações e comparações das características, habitat, alimentação, reprodução e cuidados com os animais em geral. Essa visita também proproporcionou a oportunidade em conhecerem a diversidade da fauna e da flora brasileira, e participarem de uma atividade prazerosa e interessante. No decorrer do projeto, está sendo trabalhado algumas histórias de Contos de Fada que tenham animais, assim, estamos aproveitando o momento para trabalhar com valores éticos e morais de acordo com os objetivos de nossa Instituição Educacional Palotina. Nesse contexto, percebemos que nossos pequenos também estão atentos aos problemas ambientais que afetam o ecossistema brasileiro como a caça, o desmatamento, a poluição, as queimadas, que tanto tem prejudicado a fauna e a flora de nosso país. Para que esse passeio ficasse ainda melhor, contamos com a participação de alguns pais. Portanto, o passeio no Zoológico de Gramado proporcionou o fechamento do projeto onde puderam socializar as informações relativas ao tema em estudo e a realização de uma integração entre alunos, pais e professores. Um abraço das professoras, Auzonia Lopes e Raquel Bohrer / 1° anos

Um ambiente favorável à leitura

N

as aulas de Literatura o trabalho é realizado a partir de obras literárias, necessitando de diferentes abordagens no incentivo e orientação da leitura pelos alunos. Para que cada leitor estabeleça uma relação com a obra lida, crie laços e personalize sua interpretação, um ambiente favorável à leitura é oportunizado antes mesmo da Feira do Livro acontecer. A apresentação dos atores e contadores de histórias Jairo Klein e Bárbara Camargo proporcionou aos alunos momentos de encantamento e experiências teatrais sobre as obras: A outra face, de Deborah Ellis, conta a história de uma menina afegã que se veste de menino para salvar sua família. Dom Quixote de La Mancha, de Miguel de Cervantes, o clássico que satiriza as novelas de cavalaria e tem as personagens mais famosas da Literatura ocidental. O alienista, conto de Machado de Assis que questiona o limite entre loucura e a sanidade a partir da ciência estudada por Simão Bacamarte. O trabalho de incentivo à leitura atingiu sua culminância com a realização da XVIII Feira do Livro da escola. Os encontros com os escritores das obras lidas foram momentos para relatos de experiências de criação e de leitura, aproximando leitores e escritores. Recebemos a visita de Luis Eduardo Matta, escritor carioca especializado em thrillers juvenis. Suas obras adotadas da série Vaga-lume foram ‘‘Morte no colégio’’ um suspense que envolve a antiga lenda de Atlântida, manuscritos perdidos e um crime a ser investigado e da série ‘‘Os caça-mistérios: Rou-

bo no Paço imperial’’ e ‘‘O diário perdido de Pernambuco’’ que trazem aventuras e enigmas interativos ambientados no Brasil. No bate-papo com a escritora paulistana Rosana Rios os alunos puderam entender o processo de criação das obras, ficaram sabendo de revelações inéditas sobre as personagens e entraram no mundo criativo e divertido da autora. As obras lidas foram ‘‘O livro das encrencas’’, um ótimo manual sobre a “encrencologia” e ‘‘O encafronhador de trombilácios’’, que transportou os jovens leitores para uma rua mágica e revelou o poder das “lavrapalavras”. Os alunos saíram enriquecidos das atividades vivenciadas, a apreciação da obra literária foi renovada e o trabalho do professor foi coroado com a leitura, o entendimento e o contínuo interesse pela leitura. Professora Melissa Nunes


6

O PALLOTINO • JORNAL DO INSTITUTO VICENTE PALLOTTI | ANO II | JUL-DEZ 2014

Laboratório de Aprendizagem

O

Laboratório de Aprendizagem é um projeto desenvolvido no Colégio Pallotti para estimular e promover vivências, em que os alunos possam expressar seus sentimentos e pensamentos, num ambiente de trocas e de interação com as pessoas e com os conhecimentos. O projeto tem como objetivo geral atender os alunos com dificuldades cognitivas, com necessidade de apoio técnico e atendimento especializado, no sentido de contribuir para a construção efetiva das aprendizagens básicas fundamentais. O atendimento acontece no turno inverso, para os alunos que, de acordo com a avaliação das professoras, se beneficiem com um acompanhamento em um grupo menor. Nas aulas são propostas atividades lúdicas, em que estejam presentes os jogos do exercício simbólico e de regras. Atividade lúdica, seja ela uma brincadeira ou um jogo, pressupõe relação e interação. Jogar possibilita a formação de atitudes sociais: respeito, solidariedade, cooperação, cumprimento de regras, responsabilidade, iniciativa, dentre outras. As experiências vivenciadas pelas crianças permitem a construção da autonomia e da autoria do pensamento, sendo que também o brincar é uma via importantíssima para organização psíquica dos desejos, das angústias, da circulação dos afetos e dos conhecimentos. O momento da brincadeira, do jogo, da hora do conto, do pular corda, do andar de perna de pau entre outras atividades, permite que o aluno atribua significações à sua função, ao seu corpo e ao lugar que ocupa, autorizando-o a apropriar-se do mundo simbólico a qual pertence. A intenção das atividades é despertar o desejo, estando presente o processo cognitivo. Quando a criança realiza tais experiências, organiza-se, regula-se, constrói regra para si e para o outro. A cada nova brincadeira, a criança cria e recria seu contexto e o mundo que a cerca, além de ser uma linguagem que utiliza para compreender e interagir consigo, com o outro e com o mundo. Durante as atividades no Laboratório de Aprendizagem, os alunos são estimulados a solucionar situações-problema, que desenvolvem a criatividade e a espontaneidade. Através das práticas vividas pelos alunos é revelada a capacidade de agir, pensar, sentir, ser e estar integralmente envolvido com o aprender, superando dificuldades e descobrindo novos caminhos para se apropriar do conhecimento e do seu estilo pessoal de aprendizagem. Ao final das atividades o aluno faz seus registros como um diário de aprendizagens, sistematizando e organizando-as. Na interação com o outro e na troca de informações é que se realizam as atividades desse projeto, que busca lançar um olhar atento e significativo para cada educando, porque, cada vivência é única, cada experiência é singular.

Turma 42 e a Semana da Pátria

T

odo ano o colégio Pallotti comemora a Semana da Pátria, procurando envolver todos os alunos na Hora Cívica, distribuindo as turmas em dias e horários. Além de participar da Hora Cívica, a turma 42 trabalhou com o texto: “A Independencia do Brasil”, em que debatemos sobre como o Brasil começou a sua história com seus primeiros governantes, relacionando com o governo atual, e como os governantes eram elegidos na época e nos dias atuais, o significado da palavra “independência”, se somos ou não realmente um país independente.

Ao trabalharmos sobre o Hino da Independência, a sua interpretação , aproveitamos o texto para tratar dos conteúdos gramaticais desenvolvidos em aula. Enfim, diversos assuntos foram abordados durante a Semana da Pátria e percebeu-se que muitos alunos encontram-se atualizados, informados sobre o que acontece hoje em dia em nosso país, já que esse assunto foi abordado na véspera das nossas eleições e já havia passado a Copa do Mundo no Brasil, onde já havíamos conversado sobre o assunto. Esperamos ter proporcionado aos nossos alunos o conceito Pátria, despertando o sentimento de patriotismo, atitude de respeito aos símbolos do Brasil e desenvolvendo a compreensão do passado histórico e da significação da data “Sete de Setembro”.

Professora Andreia Vieira Gerhardt Professora Karine Charão


O PALLOTINO • JORNAL •DO INSTITUTO VICENTE PALLOTTIPALLOTTI | ANO II | JUL-DEZ O PALLOTINO INFORMATIVO DO COLÉGIO 2014 2014

7

Passeio à Quinta da Estância

N

o dia 24 de outubro de 2014, as turmas da Educação Infantil do Colégio Pallotti, realizaram um passeio à Quinta da Estância, localizada no município de Viamão. Esta saída de campo teve o intuito de proporcionar aos nossos pequenos palotinos um contato direto com a natureza, sendo possível, além de apreciar a paisagem local, tocar em alguns animais e alimentá-los. Os alunos andaram à cavalo, ordenharam, passearam de trator, visitaram o grande viveiro com aves silvestres e tiveram a oportunidade de conhecer o réptil tão temido: a cobra, batizada pelos biólogos cuidadores de “Afonso”. Neste momento, as crianças mostraram-se muito atentas e curiosas. Fizeram perguntas quanto a sua alimentação, veneno etc. O mesmo aconteceu ao se aproximarem dos outros animais que vivem no local. Esta atividade certamente despertou nos alunos a importância dos cuidados e respeito que devemos ter pela nossa fauna e flora. Com esta vivência, nos tornamos “Guardiões da Natureza!” Professora Cintia Carnevale

Oficinas de Culinária

Um abraço das professoras, Auzonia Ilha, Raquel Bohrer e Raquel Fraga

N

o 2° trimestre os alunos dos 1º anos e 2º ano, participaram de oficinas de culinária ministradas pela mãe, Roberta Feijó com auxílio das professoras titulares de cada turma. O objetivo foi resgatar tradições das Festas Juninas através da elaboração de pratos típicos como: Queijadinha, Brigadeiro Gourmet, Bolo de Milho e Quentão feito de suco de uva. Essas oficinas aconteceram em três momentos, com muita concentração e aprendizagem, onde os alunos participaram de todas as etapas do processo com atenção. Inicialmente, fazíamos o levantamento dos ingredientes e dos utensílios. Após, passávamos para a execução da receita e, por último, a Turmas degustação, a parte mais esperada por todos. 12,13 e 21 Antes e durante da preparação das receitas comentávamos a importância da higiene dos alimentos para nossa saúde. Ao retornarem para as salas de aula, os alunos analisavam os rótulos de algumas embalagens, realizavam a leitura e interpretação dos textos das receitas e aprendiam algumas grandezas matemáticas como: quantidade, peso e volume. Nesses momentos, foram trabalhados de forma multidisciplinares diversos conteúdos escolares. Devido o interesse e a satisfação das crianças, ao trabalharmos com o reaproveitamento dos alimentos, evitando o desperdício, realizamos com os 1° anos mais uma oficina de culinária na elaboração de um Bolo de Cascas de Banana, que foi demonstrado na Feira de Ciências, realizada no mês de agosto em nossa escola. As oficinas de culinária foram uma diversão, onde os alunos participaram da elaboração das receitas com entusiasmo, interagindo entre si e construindo conhecimentos que dificilmente esquecerão ao longo da vida. Agradecemos a participação e colaboração da chefe de cozinha, Roberta Feijó, que auxiliou para que a alfabetização fosse uma verdadeira delícia.


8

O PALLOTINO • JORNAL DO INSTITUTO VICENTE PALLOTTI | ANO II | JUL-DEZ 2014

Passeio a Torres

N

o dia 26 de setembro de 2014, o terceirão (turmas 301 e 302) do Instituto Vicente Pallotti realizou uma saída de campo para o litoral norte gaúcho, passando pelas cidades praianas de Osório, Torres e Arroio do Sal. A saída de campo, iniciada às 7h, que contemplou as disciplinas de Biologia (prof. Andre Fransceschini) e Geografia (prof. Daniel dos Santos) teve como objetivo proporcionar maior entendimento (in loco) sobre a formação rochosa, falésias, morros testemunhos, planicie litorânea e também a fauna e flora riquísssima que a região proporciona aos visitantes. Na ocasião, os alunos tiveram a companhia da geóloga Kátia Storch, da prefeitura de Arroio do Sal, que nos acompanhou durante todo o trajeto, trazendo sua experiência e mostrando a parte física e formação do ambiente litorâneo. O itinerário da saída de campo foi: (Osório) Morro da Borrússia, (Torres) Rio Mampituba-Molhes, Morro do Farol, Praia da Guarita, Prainha e (Arroio do Sal) Parque Tupancy (trilha e habitat de capivaras) e Marambaia (região dos sambaquis). Professor Andre Franco

Escola na Praça comemora 20 anos com toda a comunidade Durante a 20ª edição da Escola na Praça 2014, o Colégio Pallotti recebeu da Câmara de Vereadores de Porto Alegre, pelas mãos do Vereador João Carlos Nedel, a Comenda Porto do Sol, a mais alta honraria oferecida pela Câmara a uma instituição. Parabéns a toda comunidade escolar!

Matrículas Abertas Em 2015, vem para o Pallotti! #compartilhando conhecimento para a vida!

colegiopallotti.com.br


O palottino 2014 jul dez