Page 1


Estar presente na comunidade e poder falar de Educação Ambiental de uma forma lúdica aliada ao conceito de um almanaque cultural, assim nasce o Almanaque Menino Caranguejo. Com o objetivo de trazer em um único espaço: Entretenimento, Quadrinhos, Cultura e Educação Ambiental; ser um veículo de comunicação entre o Instituto Caranguejo e a comunidade formada por professores, educadores, estudantes, ambientalistas e também pela família.

Almanaque nº 07 - O PERÍODO DE DEFESO É período de Defeso no Manguezal e o Caranga está feliz e radiante! Ele poderá caminhar tranquilamente pelo Mangue sem se preocupar em ser capturado, pois está protegido pela Lei! Mas eis que surge uma surpresa, uma emboscada e, junto com seus amigos Caranguejos-uçá, ele é capturado por um catador que não está seguindo as regras de proteção!

O Almanaque Menino Caranguejo é uma revista que reúne histórias em quadrinhos inéditas do Menino Caranguejo e seus amigos, como também aborda as questões ambientais por meio das informações, curiosidades, passatempos e atividades.

Caranga, muito esperto e perspicaz tem um plano para escapar das garras deste malfeitor! Enquanto isso, o Menino Caranguejo prepara uma grande surpresa para seu amigo caranguejinho, mas será que ele irá encontrá-lo a tempo?!

O Almanaque é quinzenal, com distribuição gratuita na comunidade, em escolas, hospitais, postos de saúde, ONG’s, gibitecas e bibliotecas de Joinville, SC e região.

Não perca esta aventura, conheça mais sobre o período de Defeso, sobre o Caranguejo-uçá e ajude a preservar as espécies! Boa leitura!

Expediente: Vamos juntos colocar a Educação Ambiental no mapa do Brasil! A sua comunidade ou escola desenvolve um projeto de Educação Ambiental? Entre no site caranguejo.org.br e envie seu trabalho! Conte-nos como ele está sendo aplicado. Após uma seleção, ele poderá ser publicado aqui no Almanaque! Você que possui um estabelecimento comercial ou de prestação de serviços e quer nos ajudar a distribuir gratuitamente o Almanaque Menino Caranguejo, seja um Voluntário! Entre em contato conosco pelo site: www.caranguejo.org.br.

Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução e cópia total ou parcial desta publicação sem o consentimento por escrito dos autores. Almanaque Menino Caranguejo copyright © - 2013

• Direção Geral: José Francisco P. Xavier (Chicolam) • Direção de Conteúdo: Viviane C. Mendes • Pesquisa e Redação: Jéssica C. Santiago • Design: Fabiano Debortoli e Ana Luiza Eberhardt • Roteiro e Argumento: Thiago do Carmo • Desenho/Roteiro/Argumento/Arte Final: Chicolam • Desenho e Ilustração: Victória Wada • Cores: Joana Helena de Souza • Cores e Ilustração: Thiago do Carmo • Edição de Imagem e Vídeo: Maikon Miranda • Editoração e Revisão: Viviane C. Mendes • Revisão: Regina Carla Mendes de Brito Impressão: Corgraf Gráfica e Editora Tiragem: 10.000 exemplares - Novembro/2013 ISSN: 1980-9328 Distribuição: Instituto Caranguejo de Educação Ambiental DISTRIBUIÇÃO GRATUITA!

VENDA PROIBIDA!

Contato: Instituto Caranguejo de Educação Ambiental Rua Tenente Antônio João, 4296 – Bom Retiro Joinville – SC – Brasil - CEP 89223-395 Telefone: (47) 3473-0772 Email: instituto@caranguejo.com Site: www.caranguejo.org.br Facebook: www.facebook.com/institutocaranguejo Twitter: @caranguejo_ong Colaboração: Juliana Conde Zootecnista e Bióloga CRBio 71873 Educadora Ambiental SEMMAM / Vitória, ES. v

produzido em harmonia com o meio ambiente


meninocaranguejo.com.br

03


04 meninocaranguejo.com.br


meninocaranguejo.com.br 05


06 meninocaranguejo.com.br


meninocaranguejo.com.br

07


08 meninocaranguejo.com.br


meninocaranguejo.com.br

09


10 meninocaranguejo.com.br


O QUE É DEFESO? É uma medida de proteção aos recursos ambientais marinhos, que proíbe a pesca ou a captura de um determinado recurso pesqueiro, num determinado período do ano (em geral durante a desova).

POR QUE EXISTE? Para proteger a reprodução de algumas espécies. O período do defeso pode envolver uma única espécie ou um grupo de espécies para, principalmente, evitar a captura de fêmeas. Abrange: Marinhas / Continentais / Zonas de Transição.

QUAIS SÃO AS ESPÉCIES? No site do Ministério da Pesca e Aquicultura (www. mpa.gov.br) podem ser encontradas as informações que abrangem tanto o período de defeso – ou seja, o período em que a pesca é proibida – como também as instruções normativas que deram origem à proteção das espécies. Você pode realizar a pesquisa pelas espécies com a busca tanto pelo nome científico quanto pelo popular. No site também pode ser encontrada a informação sobre a localidade, região e estados onde o período de defeso ocorre.

FISCALIZAÇÃO O IBAMA – Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis é o órgão responsável pela fiscalização das áreas em que ocorrem o Defeso, além de ser responsável por receber denúncias de práticas ilegais de pesca e captura.

O Caranguejo-Ucá: ´

DEFESO DO CARANGUEJO-UÇÁ (Ucides cordatus) A Portaria nº 52, de 30 de setembro de 2003 proíbe, anualmente, a captura, a manutenção em cativeiro, o transporte, o beneficiamento, a industrialização o armazenamento e a comercialização do caranguejo-uçá nos estados do Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Santa Catarina. O período de proibição ocorre em dois momentos: Defeso da Muda (ou de troca de carapaça/casco): • De 1º de outubro a 30 de novembro: Todos os indivíduos (machos e fêmeas); • De 1º a 31 de dezembro: Estende-se somente para as fêmeas. Defeso da Andada (Reprodução): Entre os meses de janeiro e abril (1 semana cada mês, nos dias de lua cheia e nova). ATENÇÃO! Durante todo o ano, fêmeas ovadas, indivíduos com largura de carapaça inferior a 6,0 cm (seis centímetros) e partes isoladas (quelas, pinças ou garras) não podem ser capturadas, coletadas, transportadas e/ou comercializadas. O período de Defeso no Brasil: O IBAMA estabelece, com base em pesquisas e peculiaridades locais, as épocas de defeso específicas para cada região. Informe-se e ajude a preservar!


Nem todos conhecem o Período de Defeso e quando ele ocorre. Aprenda a fazer um móbile de caranguejos para informar e se divertir!

6. Vire o seu caraguejo. Para fazer as patas, dobre as extremidades como na figura abaixo:

Você precisará de: • Sobras de papel recortadas em quadrados; • Barbante ou nylon; • Lápis com ponta; • Cabide ou gravetos.

7. Depois dobre a ponta de seu caranguejo.

1. Dobre o quadrado ao meio, duas vezes, como demonstrado abaixo:

8. 2.

Vire-o e pronto! Você já tem o seu primeiro caranguejo!

Faça uma dobra diagonal e depois volte ao formato quadrado. Em seguida dobre de acordo com a imagem abaixo para formar um triângulo.

Depois é só repetir os passos 1 a 8 para ter vários caranguejinhos! Para montar o móbile, perfure o centro de cada caranguejo, com a ajuda de um lápis e passe barbante. Para deixá-los em posições fixas, faça pequenos nós em baixo de cada caranguejo.

3. Repita o passo anterior com o outro lado do papel até que ele fique com a forma abaixo:

4. Agora você tem dois triângulos grudados. Pegue um deles e dobre suas extremidades para dentro:

5. No topo, faça uma dobra para trás.

Não esqueça de fazer uma placa com papel, para alertar sobre o período de Defeso! Pode ser quadrada, redonda, impressa ou desenhada. Use o barbante para fixá-la na base de seu móbile!


*

*ECDISE: Troca de casco. 14

meninocaranguejo.com.br


O Patrocínio por meio da doação contempla a produção e a distribuição do Almanaque Menino Caranguejo, na colaboração de projetos focados em Educação Ambiental e na conscientização pela conservação da biodiversidade, além de atividades de apoio à pesquisa, comunicação e Educação Ambiental.

Patrocínio:

Apoio:

Realização:

Instituto CARANGUEJO de Educação Ambiental

Almanaque Ambiental Menino Caranguejo nº 7  

Número 7: O Período de Defeso É período de Defeso no Manguezal, e o Caranga, feliz e caminhando tranquilo pelo mangue, não se preocupa em s...

Advertisement