Page 1

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2015

1


2


SUMÁRIO

3

CARTA AO LEITOR

04

O SAÚDE CRIANÇA SÃO PAULO

05

LINHA DO TEMPO

06

PRINCIPAIS NÚMEROS

07

PERFIL DAS FAMÍLIAS

08

NOSSO TRABALHO

10

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

28

EVENTOS

32

VOLUNTÁRIOS

34

PARCEIROS

36

DEMONSTRAÇÃO FINANCEIRA

42

EQUIPE

43


CARTA AO LEITOR Nossa mensagem deste ano começa com um grande agradecimento. Sabemos que 2015 foi um ano complicado para todos no Brasil, e, justamente por causa disto, queremos reconhecer a importância do nosso incrível grupo de parceiros, voluntários, padrinhos e amigos. Graças ao apoio de todos vocês, conseguimos mais uma vez atingir nossas metas e continuar crescendo. Muito obrigado! Depois de termos ampliado nosso espaço e estrutura de atendimento em 2014, chegamos ao final de 2015 cumprindo nosso objetivo de atender 120 famílias. Se por um lado, isto foi motivo para muita comemoração, por outro também nos tem feito pensar nos próximos passos. Queremos atender cada vez mais famílias, mas será que conseguimos encontrar outras formas de multiplicar o impacto do nosso trabalho? 2016 começa, portanto, com muitos novos desafios pela frente, mas também com a certeza de que estamos no caminho certo. Contamos com vocês, mais uma vez, para seguir transformando a vida de quem mais precisa!

4


O SAÚDE CRIANÇA SÃO PAULO O Saúde Criança São Paulo é uma organização sem fins lucrativos que trata os aspectos sociais do adoecimento, apoiando famílias em condição de vulnerabilidade para lidar com problemas de saúde de seus filhos. Somos uma franquia social da Associação Saúde Criança, e desde 2011 atuamos na cidade de São Paulo. Por meio de atendimentos mensais, auxiliamos as famílias através do desenvolvimento de suas capacidades pessoais e sociais, fortalecendo o acesso à rede pública e aos serviços de direito do cidadão. Estamos localizados no bairro da Santa Cecilia, e recebemos famílias de todas as regiões da cidade de São Paulo e grande São Paulo, sempre encaminhadas por hospitais públicos. Atualmente, são 120 famílias atendidas, e um total de 1.161 pessoas já impactadas.

CERTIFICAÇÕES Estado de São Paulo - Entidade Promotora de Direitos Humanos - Reconhecimento de isenção do ITCMD - Registro no Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente – CONDECA - Certificado de Regularidade Cadastral de Entidades – CRCE - Registro na Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social - SEDS Município de São Paulo - Utilidade Pública Municipal - Registro no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA - Cadastro Único de Entidades do Terceiro Setor - Registro no Conselho Municipal de Assistência Social - COMAS 5


LINHA DO TEMPO

2015

2013

2011 Fundação do Saúde 1 Criança São Paulo Parceira com a Santa Casa de Misericórdia de SP

Início do atendimento das primeiras famílias

1 ABRIL Implementação do sistema online de atendimento

Expansão da sede Projeto Primeira Infância Atelier Saúde Criança SP

2012

2014 6

Parceria com novos hospitais: GRAACC, ABRIL ITACI e Hospital São Luiz Gonzaga Documentário “Tão Perto, Tao Longe”


PRINCIPAIS NÚMEROS Desde a fundação, o Saúde Criança São Paulo já impactou a vida de 264 famílias e contribuiu para reduzir significativamente os dias de internação de crianças doentes, melhorando a qualidade de vida das famílias atendidas: 5X MAIS FAMÍLIAS ATENDIDAS

3X MAIS ATENDIMENTOS MENSAIS

264

74% de redução nos dias de internação. 1.200 dias de internação evitados.*

172 111 82 54

2012 2013 2014 2015

Total acumulado de famílias atendidas

33

105

55

2012 2013 2014 2015

Média de famílias atendidas por mês

Com uma média de 20 meses de atendimento e um plano individualizado focado nas necessidades de cada família, 57 famílias já completaram nosso ciclo de atendimento, tiveram suas vidas transformadas e hoje vivem de forma mais autônoma. * Dados do período 2012-2015: referente ao total de crianças com atendimento já encerrado que permaneceram no mínimo 12 meses no projeto.

7


PERFIL DAS FAMÍLIAS Toda família atendida pelo Saúde Criança São Paulo tem uma criança com uma doença crônica, que requer tratamento contínuo, e vive em situação de vulnerabilidade social*, decorrente da pobreza ou da falta de acesso a serviços públicos e a direitos sociais. Adultos trabalhando ao entrar no Saúde Criança São Paulo

Idade média dos responsáveis pelas famílias atendidas

37%

35 anos

Média de integrantes por família

Renda média ao entrar no Saúde Criança São Paulo

4,6

R$ 953 Famílias morando em área de risco

21% *Definição segundo o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Fonte: Banco de dados da Associação Saúde Criança São Paulo

8

Onde moram:

Outros municípios da Grande São Paulo

27%


9


NOSSO TRABALHO As famílias em situação de vulnerabilidade social e com uma criança com doença grave passam por três passos para começar conosco o processo de transformação para autonomia:

1

2

3

Encaminhamento realizado pelos hospitais parceiros

Primeira entrevista com os profissionais do Saúde Criança São Paulo

Elaboração do Plano de Ação Familiar e acompanhamento mensal

Avaliação de enquadramento no perfil atendido pela organização

Atendimento multidisciplinar realizado individualmente, por profissionais nas áreas de: assistência básica, cidadania, educação, moradia e geração de renda.

10


O Saúde Criança São Paulo promove um processo de transformação por meio de uma METODOLOGIA MULTIDISCIPLINAR, fazendo com que as famílias atendidas COMECEM A ACREDITAR NELAS MESMAS.

11


NOSSO TRABALHO O trabalho que realizamos no Saúde Criança São Paulo tem como base a força das famílias e a capacidade que têm em traçar caminhos de superação e buscar a autonomia. Temos como objetivo informar e tornar acessíveis todos os serviços oferecidos pela rede de assistência, saúde e educação do município que, devido à falta de conhecimento, a população que atendemos não utiliza. Por meio dessa conscientização, as famílias passam a adquirir muitas ferramentas que são fundamentais. A partir das necessidades de cada família, desenvolvemos ações específicas e pontuais nas áreas de serviço social, psicologia, direito, nutrição, educação, renda e primeira infância. Ao cumprir essas ações, a família passa a conhecer os serviços da rede sócio assistencial do município e a ter domínio dos seus direitos. A cada ação realizada, continuamos a caminhar com a família, acompanhando a evolução da autoestima e a ampliação da rede de apoio, até que ela apresente domínio das ferramentas necessárias para seguir seu caminho de forma independente. Nossos projetos são realizados dentro de cinco áreas previstas no Plano de Ação Familiar- PAF: assistência básica, cidadania, educação, moradia e geração de renda. Essa é a metodologia proprietária do Saúde Criança, que considera a vida de cada indivíduo de maneira integral.

12


ASSISTÊNCIA BÁSICA CIDADANIA EDUCAÇÃO MORADIA GERAÇÃO DE RENDA 13


NOSSO TRABALHO ASSISTÊNCIA BÁSICA O primeiro passo do nosso trabalho é ajudar a família a aceitar a doença de sua criança. Assim, todos são capazes de entender e participar ativamente do tratamento. Os projetos que realizamos nessa área são:

PSICOLOGIA

371 atendimentos psicológicos realizados no ano O atendimento psicológico mensal busca acompanhar o indivíduo em diversas esferas: família, trabalho, relações afetivas e outras áreas. Além disso, a psicologia realiza um trabalho focado nas dificuldades relacionadas à saúde da criança atendida que acabam por influenciar outras áreas, como adesão ao tratamento, renda, serviço social e questões jurídicas. Para as pessoas que apresentam demanda de acompanhamento psicológico frequente, são realizados encaminhamentos para a rede de serviços e instituições do município, como por exemplo para clínicas-escola e postos de saúde. Todo o trabalho visa ao aumento da autoestima, à aceitação e compreensão do diagnóstico, e à solução de conflitos e dificuldades emocionais. 14


NOSSO TRABALHO

NUTRIÇÃO

419 atendimentos nutricionais realizados no ano As nutricionistas voluntárias estão atentas aos hábitos alimentares das famílias atendidas. Elas realizam atendimento individual com o objetivo de acompanhar o estado nutricional de cada membro da família, orientar e estimular o consumo de alimentos saudáveis. Além disso, acompanham, junto com as famílias, as limitações alimentares das crianças atendidas, garantindo que compreendam a importância dessas restrições e as sigam corretamente.

PRIMEIRA INFÂNCIA

107 crianças participaram do projeto em 2015 Primeira Infância é um projeto que foca nos aspectos mais importantes desta etapa da vida, com atendimento específico das áreas de psicologia e nutrição para famílias que têm filhos com idade entre 0 e 6 anos e que tenham uma doença grave. Através do vínculo estabelecido dentro de um atendimento individualizado, os profissionais realizam aconselhamento e estimulam crianças e seus familiares para que alcancem, dentro de seus limites, as conquistas fundamentais desta fase, levando em conta as restrições impostas pela doença da criança, o vínculo entre pais e bebê, e, principalmente o incentivo à apostas positivas no desenvolvimento da criança.

15


NOSSO TRABALHO ASSISTÊNCIA BÁSICA Para garantir o acesso imediato a bens essenciais oferecemos alguns produtos emergenciais para as famílias atendidas, levando em consideração a renda e a necessidade de cada família atendida. PRODUTOS DOADOS EM 2015:

1.231latas de leite 1.182 remédios 1.851 latas de leite especial/ fórmula infantil

919 cestas básicas

TOTAL R$ 187.916*

948 kits higiene 40.528 fraldas infantis e geriátricas

O fornecimento destes produtos varia de acordo com a necessidade das famílias e com o desenvolvimento das outras ações do Plano de Ação Familiar, já que o objetivo final da organização é colaborar para o autossustento de cada família atendida. *Em valores de mercado

16


“O Saúde Criança São Paulo ajudou muito a minha família neste momento tão difícil que não imaginávamos passar na vida. Estávamos perdidos, sem saber o que fazer, com quem conversar e o que dizer para garantir um tratamento de qualidade para minha filha. Aqui tivemos as respostas necessárias, as orientações nos ajudaram a falar com os médicos e nos deram força para enfrentar este tratamento de saúde tão delicado”. Melba Cespedes Chacon, atendida pelo Saúde Criança São Paulo

17


NOSSO TRABALHO CIDADANIA A cidadania também é fundamental para a construção da autonomia das famílias. Adquirindo conhecimento e com a rede de apoio ampliada, as famílias partem em busca de seus direitos.

SERVIÇO SOCIAL

724 atendimentos de serviço social realizados no ano O assistente social acompanha a família desde os seus primeiros momentos no Saúde Criança São Paulo até o seu desligamento. Cabe a esse profissional entender a história, avaliar o perfil para entrada, acompanhar o percurso de atendimento e ouvir as demandas sociais. Nos atendimentos individuais, o serviço social é responsável por identificar as necessidades de cada família e realizar orientações e encaminhamentos para a rede de serviços existente na cidade, garantindo o acesso aos benefícios e direitos básicos do cidadão. As ações mais frequentes são: orientar e encaminhar para benefícios sociais (Bolsa Família, Auxílio Aluguel, Benefício de Prestação Continuada- BPC, entre outros), informar e orientar sobre a importância de ter a documentação básica atualizada e articular com a rede em caso de violação de direitos e proteção da família. 18


NOSSO TRABALHO

JURÍDICO

385 atendimentos jurídicos realizados no ano

O setor jurídico tem como objetivo garantir que as famílias conheçam seus direitos e consigam ter acesso aos meios para efetivá-los. Durante os atendimentos, damos suporte, orientações e encaminhamentos para todas questões jurídicas apresentadas pelas famílias, nas diversas áreas do direito: familiar, cível, trabalhista, previdenciário, penal e imobiliário. Acompanhamos, por exemplo, os processos de vagas em creche, processos de pedido de medicamento, insumos e fraldas junto à Secretaria de Saúde ou por meio judicial, nos casos de recusa. Em situações de violações de direito, entramos em contato com a rede e procuramos fazer uma articulação conjunta no atendimento à família.

19

“Quando a Bia ficou doente, eu não entendia como conseguiria conviver com todas as mudanças que vieram, e nem sabia com quem poderia contar neste momento. No Saúde Criança São Paulo, pude compreender a importância de conhecer os meus direitos e ir atrás deles. Regularizei todos os documentos da minha família e, depois de cadastrada, passei a receber o BPC, que me ajudou a reorganizar toda a minha situação e da minha filha”. Pamela de Oliveira Campos, atendida pelo Saúde Criança São Paulo


NOSSO TRABALHO EDUCAÇÃO Para uma criança doente e seus irmãos, ter um bom desempenho escolar é um grande desafio. Por isso, trabalhamos fortalecendo a ponte entre a escola, a família e a instituição de saúde para que a educação de cada criança seja a melhor possível. ESTÍMULO E VALORIZAÇÃO DA VIDA ESCOLAR

655 atendimentos realizados

Desenvolvemos um trabalho de valorização da vida escolar de todas as crianças atendidas. Além de garantir que estão matriculadas, é importante que os responsáveis acompanhem os estudos, e frequentem tanto a escola como as reuniões de pais e professores. Durante o período em que a família é atendida, nossa pedagoga faz a ponte entre as instituições de ensino e saúde, entrando em contato, visitando as instituições e principalmente favorecendo o diálogo entre elas. Essa ação contribui muito para o atendimento pedagógico dentro das escolas, pois é comum que educadores sintam dificuldade em lidar com crianças que passam por algum tipo de tratamento de saúde.

HORA DO CONTO

16 momentos de contação de história ao longo do ano

Para os pequenos da brinquedoteca, nossos voluntários contam histórias que são escolhidas com muita atenção. Nesse momento, estimulamos a criatividade, a atenção e a imaginação, além de demonstrarmos a importância da leitura como ferramenta de expressão, como troca de experiências, identificações e respeito. 20


NOSSO TRABALHO

ENCAMINHAMENTO PARA A REDE

35 encaminhamentos para a rede e 83% de engajamento das famílias na solução dessas demandas Com ajuda do serviço social, o setor de educação faz encaminhamentos de crianças e jovens para o Centro para Criança e Adolescente (CCA) da região em que as famílias moram, para que possam realizar atividades no período complementar ao da escola. Esses serviços auxiliam as famílias no tempo de que dispõem para trabalhar, e proporcionam momentos alternativos, diferentes do convívio nas regiões de risco e conflito em que vivem. Para os adultos que desejam voltar a estudar, o encaminhamento é feito para o Educação de Jovens e Adultos (EJA). Os encaminhamentos também acontecem para as crianças que não estão matriculadas na creche e necessitam de vagas para iniciarem seus estudos, e para aquelas que precisam de atendimento em serviços especializados por alguma necessidade específica.

BIBLIOTECA

90 livros emprestados ao longo de 2015

A nossa biblioteca é um espaço ativo para todas as pessoas que frequentam e participam do Saúde Criança São Paulo. Nela, é possível alugar livros para todas as idades com o objetivo de estimular o gosto e o hábito da leitura. Acreditamos que o livro dá asas à imaginação e à criatividade, além de ser uma fonte importantíssima de aprendizado e informação.

21


NOSSO TRABALHO EDUCAÇÃO

RODAS DE CONVERSA

730 presenças em 12 meses de roda Desenvolver um espaço de aprendizado e troca para adultos é o objetivo das rodas de conversa. A cada mês, um tema diferente é desenvolvido e trabalhado com as famílias, sempre a partir de dinâmicas de grupo, informações e muita troca de experiências.

BRINQUEDOTECA Em um espaço confortável, lúdico e apropriado às diferentes faixas etárias, voluntários brincam com os pequenos enquanto seus pais e/ou responsáveis são atendidos pela nossa equipe. Nesse espaço, todos podem brincar de ser criança, independentemente da idade ou dificuldade que tenham. Contamos com um acervo de brinquedos e jogos variados que contribuem para a expressão de diversos aspectos sociais e emocionais da criança, como criatividade, sociabilidade, livre expressão e imaginação.

22


“Meu filho Rickelme tem muita dificuldade de socialização, por conta dos problemas de saúde que ele tem, e eu estava enfrentando uma batalha no contato com a escola, que o liberava mais cedo e não tinha um atendimento especializado para ele. Depois de muitas conversas e ações junto com o Saúde Criança São Paulo, conseguimos que ele ficasse o período na escola, assim como todas as outras crianças e tivesse uma pessoa especializada para acompanhar o desenvolvimento dele. Estou muito agradecida por toda a ajuda, pois agora o direito do meu filho foi garantido e ele vai poder se desenvolver cada vez mais.” Maurelina Rodrigues dos Santos, atendida pelo Saúde Criança São Paulo

23


NOSSO TRABALHO MORADIA Uma moradia digna contribui imensamente para a promoção da saúde, da qualidade de vida e da inclusão social. Por isso, oferecemos suporte e orientações às famílias para que tenham um lar mais adequado.

ACOMPANHAMENTO DAS FAMÍLIAS QUE MORAM EM ÁREA DE RISCO

76 visitas domiciliares realizadas durante o ano

A partir da visita domiciliar realizada pelas nossas assistentes sociais e dos relatos das famílias durante os atendimentos, é possível identificar sinais de risco que comprometem a saúde e a qualidade de vida da família. Os profissionais realizam orientações para cada família e fazem encaminhamentos para os serviços assistenciais do município que poderão garantir apoio e mudanças quando possível.

SUPORTE PARA PROJETOS HABITACIONAIS

39 orientações relacionadas a projetos de moradia e bolsa aluguel

O encaminhamento para os programas habitacionais do município é uma das ações mais frequentes que realizamos nesse tema. Isso se dá porque, uma vez que muitas famílias vivem em casas alugadas ou em terrenos invadidos, a demanda por moradia é muito grande. 24


NOSSO TRABALHO

REFORMAS

7 reformas realizadas no ano, sendo 12 casas reformadas até hoje

Em conjunto com organizações parceiras, realizamos pequenas reformas nas casas das famílias que tenham demandas habitacionais que interfiram diretamente no estado de saúde da criança atendida. Para receber a reforma de sua casa, é necessário que a família demonstre engajamento nas ações propostas pelo Saúde Criança São Paulo e tenha casa própria com documentação atualizada.

25


NOSSO TRABALHO GERAÇÃO DE RENDA Muitos pais abandonam seus empregos para cuidar de suas crianças doentes. Assim, auxiliamos na busca de fontes de renda alternativas e ajudamos as famílias a controlarem melhor suas finanças.

FINANÇAS DOMÉSTICAS

603

atendimentos realizados no ano As famílias recebem orientação sobre a importância do planejamento financeiro e da utilização eficaz de sua renda. A partir de um controle financeiro realizado individualmente, cada família pode conhecer seus ganhos e gastos, além de buscar auxílio para novas formas de geração de renda e otimização dos gastos familiares.

REDE DE APOIO PARA CURSOS PROFISSIONALIZANTES

86

demandas de elaboração de currículo e busca de vagas apresentadas no ano A recolocação profissional ou mesmo a busca por uma forma de geração de renda é um desafio para as famílias atendidas pelo Saúde Criança São Paulo. Nesse atendimento, as famílias recebem auxílio para elaboração de seus CVs, orientação para a procura e inscrição para vagas de emprego e encaminhamento para serviços do município que auxiliem nessa busca de emprego. 26


ATELIER SAÚDE CRIANÇA SP Produzimos materiais de costura e artesanato, sob encomenda, como caixas forradas, sacolas e brindes coorporativos, que são vendidos para empresas e pessoas físicas. O objetivo do projeto é o empoderamento de homens e mulheres atendidos pelo Saúde Criança São Paulo, visto que recebem capacitação profissional e geram sua própria renda. Além disso, com o desenvolvimento do atelier, investimos os recursos arrecadados com a venda de produtos no nosso próprio projeto, visando o aumento do número de famílias beneficiadas.

25 pessoas receberam capacitação nas áreas de costura e artesanato;

14 pessoas passaram a trabalhar para o atelier como artesãs prestadoras de serviço; R$ 529 foi a renda extra média para as famílias participantes;

R$ 26.795 arrecadados com a venda de produtos.

27


ATIVIDADE COMPLEMENTARES REENCONTRO DAS FAMÍLIAS QUE JÁ FORAM ATENDIDAS Em 2015, realizamos o 1º Reencontro com as famílias que completaram o nosso ciclo de atendimento. O principal objetivo do evento é saber como as famílias estão e qual o impacto que o nosso trabalho tem a longo prazo em suas vidas. Todas as 11 famílias que participaram do reencontro declararam que as condições de vida continuaram melhores depois do término do atendimento, que estão utilizando a rede de serviços do município e não contraíram novas dívidas. Na ocasião, quando perguntadas sobre o que aconteceu após o fim do ciclo, algumas famílias revelaram que: - Fizeram planejamento em várias áreas da vida; - Realizaram cursos de manicure e guardaram parte do salário para comprar itens para montar um salão; - Aprenderam a administrar o salário e aumentaram a união familiar; - Sentiram-se experientes e preparadas para lidar com novas situações ligadas a saúde; - Passaram a olhar para o próximo; - Começaram a construir uma casa; - Conseguiram manter a casa sozinha; - Foram inseridas na rede de atendimentos do município; - Conquistaram mais qualidade de vida, saúde, paz e momentos felizes;

28


“Vocês deram todo o pilar e a estrutura para a gente aprender a seguir (...) Sempre deixo um espelho na bolsa para lembrar que além de mãe eu sou mulher, e aprendi isso aqui. De tanto pegarem no meu pé com a parte financeira, agora tenho uma tabela que preencho com as minhas contas todo mês. Quando você lembra que é um cidadão, você consegue lutar”. Fabiana de Lima dos Santos, mãe atendida pelo Saúde Criança São Paulo.

29


ATIVIDADE COMPLEMENTARES DIA DAS MÃES Para celebrar o dia das mães, realizamos anualmente uma festa para todas as mães atendidas. Cabelereiro, manicure, massagem e bingo são algumas das atividades que oferecemos para proporcionar uma manhã divertida e um momento em que as únicas preocupações que elas têm são se divertir e cuidar delas mesmas.

DIA DAS CRIANÇAS As crianças também têm, anualmente, uma festa realizada especialmente para elas. Organizamos uma tarde muito gostosa, com piscina de bolinha, jogos de tabuleiro, gincana, bingo e presentes para os pequenos. É sempre muito gratificante juntar todas as crianças que atendemos num mesmo espaço para brincarmos juntos.

FESTA DE FINAL DE ANO Anualmente, organizamos também uma festa para celebrar o ano ao lado de todas as famílias atendidas. A festa de 2015 foi inesquecível: organizada pela Disney e seus voluntários, teve pintura de camisetas, autorama, piscina de bolinha, desenho, massinha e muita farra. O momento mais especial foi quando o Mickey chegou! Nem os pequenos, nem os adultos conseguiram segurar sorrisos e lágrimas.

30


31


EVENTOS TÃO PERTO, TÃO LONGE Quando começamos a atender as famílias e nos familiarizamos com suas questões – e com a vida que levam –, passamos a cultivar o sonho de mostrar essa realidade para o mundo. Por isso, em parceria com a Twins Bushatsky Produções Cinematográficas, realizamos o documentário “Tão Perto, Tão Longe”, que conta a história de quatro famílias atendidas pelo Saúde Criança São Paulo. A ideia do filme é promover a empatia e fazer pensar no quanto estamos, ao mesmo tempo, tão perto e tão longe de realidades que muitas vezes sequer imaginamos existirem. Com a casa lotada, o lançamento do documentário aconteceu no MIS - Museu da Imagem e do Som. A exibição foi seguida por um debate conduzido pela jornalista Sandra Annenberg. Após o evento, o filme foi disponibilizado na internet, e foi exibido na Matilha Cultural e no Centro Cultural Banco do Brasil. Em 2016, o filme também poderá ser visto no Canal Brasil.

3 BINGO BENEFICENTE SAÚDE CRIANÇA SÃO PAULO Desde 2013, realizamos um bingo beneficente para divulgar o trabalho do Saúde Criança São Paulo e captar recursos para o desenvolvimento do projeto. É um evento muito animado e que traz muita alegria para os voluntários, parceiros e convidados. Em 2015, ficamos muito felizes com o resultado do evento, que contou com a presença de 450 convidados, e com o apoio de 5 patrocinadores e mais de 100 empresas parceiras que doaram produtos e serviços para o evento, contribuindo para que batêssemos nosso recorde de arrecadação. 32


33


VOLUNTÁRIOS Os voluntários são a alma do trabalho que realizamos com as famílias atendidas. Através do trabalho voluntário podemos contar com uma equipe extremamente motivada e que nos traz diversas ideias para aprimorarmos nosso trabalho. Em 2015 tivemos um AUMENTO DE 25% no número de voluntários em comparação com 2014. São eles: Adolfo Brobow Altiery Monteiro Ana Luiza Campos Ana Paula Bezerra Mariano Ana Paula Paes de Barros Antonio Alves Antonio Penteado Mendonça Beatriz Garcia Pacheco Bruna Puoli Camila Costa da Silva Camila Franciss Galliez Camila de O. Rossetti Jubilut Camila Tassinari Carl Christian Ott Carlos Eduardo Bragotto Carolina Avancine Carolina de F. Pires Caroline G. Loreto Catherine Veiga Bertelli Cibele Spinelli

Chica Sachs Claudia Furnari Amaral Gama Claudia Oliveira Claudio Martins Cristina Carvalho Oliveira Cristiane Vargas Riguzzi Cristina Freitas Daniel Dall Acqua Daniel Denes Daniela Gallucci Daniela Padilha Moraes Danielle C. Baptista Denise Rocha Belfort Arantes Dirce de Fátima G. M. Forcin Elaine Aparecida Barbiero Elis Pena Elke Klaassen Eugênio Amodio Conte Fernanda Nardy Flávia Mange 34

Gabriela Castiglioni Mano Gabriela Coser Georges Martens Filho Geraldo Carbone Gisela Andreoni Helen Cordeiro Iara Manin Isabela Aggiunti Jeam Camilo Jyingi Wang Laura Pavan Viggiano Leila Okumura Lia Jamra Lia Vidigal Livia Deodato Souza Louise M. da Costa Carvalho Lucas Vulcano Lucia Handel Luciana Fernandes dos Reis Luiz Augusto Haddad Figueiredo


Marcos Valentini Priscilla Okubo Marcos Vidigal Filho Maria Carolina Zemella Maria Cristina M. de Freitas Maria Eugênia Nardy Maria Inez Cunha Maria Teresa Nunes Pereira Mariana Maciel dos Santos Marilia Martins Ferro Marina Gaensly Marina Vidigal Brandileone Marina Xavier de Camargo Rabello Marjorie Carbone Mayra Carbone Mervyn Figueroa Miguel Netto Mirella Carneiro Murched Taha Nathalya Moleda de Oliveira Neide M. S. Uyebano Odete Moura Oscar Andrade L. Nestarez Pamella Argulo Eredia Marchão Patricia Barrachina Camps Patricia Parizoto

Pedro Maffei Priscila Costa Pires Raul Bastos Regina Pires Renata Costa Renata Villas Boas Roberta Santello Robin Vogelaar Rogerio Pecchini Rossana de Almeida Pavan Sergio Valente Silvia Bicudo Simone Verzbickas Solange Chatagnier Solange Godoy Sophia Maggi de Goés Stella Callas Suely Kfouri de Angelis Tania Pena Tatiana Monteiro de Barros Thais Barbosa Thais Braga Dias Thais Duarte Luna Machado Victoria Kohen Xica Mendonça Zequinha Mendonça 35


PARCEIROS Acreditamos que a participação de toda a sociedade é fundamental para que o Saúde Criança São Paulo consiga inspirar cada vez mais famílias na busca por sua autonomia e na construção de uma sociedade com menos desigualdade social. Estes são parceiros que compartilham desta crença conosco:

Parceiros Investidores

OVO

36


Pessoa Jurídica 3 Corações Acampamento MM Água Crystal Fonte Del Rey Alfredo A0 AMAI Chocolates Amani Institute Apis 3 Arte Aplicada Asser Limpeza Atados Ateliê de Criações Beevee Bettina Vaz Guimarães Blue Gardênia Cactus Decoração Cara de Casa Casa Leão Cassolari Cabeleireiro Catupiry Cecília Echenique Competition Conair Cortés Cozeria CPZ geradores Cris Barros CTEEP Cube Ads Disney DM9DDB Dorchester Collection

Doroteia Presentes Entreposto Epice Escola de Atores Wolf Maya Escola Pinguim Espaço Body B Espaço Gardens Esposas-Rotary Clube SP Pinheiros Etoiles Fit Flower School FM Pantallon Found It Fundação Vunesp G2 Som e luz Glória Brasil Godere Artesanal GRAACC Guaspari Hilti Hotel Recanto da Cachoeira Hospital São Luiz Gonzaga Horas da Vida Instituto Quintessa Instituto Rocha Brasil ITACI Johnson & Johnson JPArt KML comunicações La Pastina La Rouge Belle 37

Lica Cinelli Spa Livea Social Luvidarte Madors Magnum Tur Mameg Max Abdo Bistrô MD4 Locações MIS – Museu da Imagem e do Som Misasi Comunicação Moment Festas Monsanto MS Consultoria Contábil My Yoga Nautica O Polen Odete Moura OXFAM Paróquia Santa Cecília Pinheiro Neto Advogados Polishop Ponta dos Ganchos Resort Porcelana Schmidt Power Graphics Punto e Filo Quitutaria Gastronomia Ráscal Restaurante OAZI Roberta Carvalho Roncador Hamburgueria Sandro Barros


PARCEIROS Pessoa Jurídica São Bento Cabeleireiro Santa Casa de Misericórdia de SP Segurança 90° Snack Mix Spezzato Stiebler & Bucciarelli Photography Suunto Swatch TAM

Tania Zoi Thrive TIVIT Tora Brasil Trix Trosseau Trya Twins Produções Cinematográficas Txai Resorts

Vera Monfort Vivara VUNESP Whitehall Zanatta Zeferino Zêlo

Pessoa Física

Adolfo Bobrow Adriana Rodrigues Quintas Alfredo Machlup Aline Lorenzon Ana Carolina Hanna Pantani Ana Carolina Pasquini Simao Ana Lucia Coser Ana Lúcia Gabino Ana Mariana T. P. de Lima Barbosa André Levy André Luiz Roque André Malzoni Langhi André Wongtschowski Andrea G. Barreto Andrea Gonçalves da Silva Andrea Naves Volpe

Ângela Ribeiro Anita Luiza Besson M. Abreu Antônio A. da Silva Pinto Antônio Carlos Rosset Filho Antônio Penteado Mendonça Arnaldo Sérgio Patricio Barbara Signori Barbara Munhoz Bianca Hoegaerden Bruna Puoli Bruno Del Ducca Bruno Massera Camila Alves Camilla Barreto Carl Christian Ott Carolina Bonfanti Gouveia Nacle 38

Carolina Delamuta Carolina Oliva Avancine Carolina Tavares Araújo Barros Carolynna Carvalho de C. Cunha Cecilia Ivanisk Oliveira Célia Almeida Celia Meneses Chica Sachs Christiane Miranda Claudia Oliveira Claudia Stada Quelhas Patricio Claudia Teixeira Levy Wiszniewiecki Claudio Sachs Cleide Rodrigues Quintas Constança Nardy Cristiane Barbosa Santos


Cristiane Endo Cristiane Haddad Cristiano Schenardi Daniel Romitelli Dall Acqua Daniela Gallucci Tarneuad David Feffer Diana Amato Diogo Figueiredo Dirceu Delamuta Filho Edite C. G. Witkowsk Eduardo Carneiro Eliane Nóbrega Sobral Ezequiel Grin Fabiana Hanna Rached Fabio Melo Família Simões Fernanda Barbosa Fernanda Martins Fernanda Nardy Fernanda Portieri Fernanda Raimo Fernanda Xavier Fernando Hideki Takey Fernando Simões Flavia Passos Cardillo Flavia Sanches Francisca Mendonça Wiszniewiecki Gabriela Brescancini Raposo de Melo Gabriela Coser Gabriela Siciliano Georges Louis Martens Georges Louis Martens Filho Gil Bernardes

Giovanna Brogi Gustavo Amorin Gustavo Brandileone Gustavo Gomes Borges Haissa Cardarelli Helena Campos Hélio Miranda da Silva Henri Stad Henrique Vitali Marangoni Herika Kawata Ilaria G Affricano Inez Oliveira Isabel Sachs Isabela Peronti João André Guillaumon Neto Johanna Freire José Ulysses Maia Juliana Ligabue Juliana Rangel Cardim de Araújo Juliana Siqueira de Sá Juliano Marconi Junia Faria Ziegelmeyer Karen Sacconi Karla Cunha Karla Mansur Katia Almeida Kim Machlup Laura Lee Mazaferro Leila Okumura Leo Arruda Leonardo Lopes Pereira Leticia Pina Barakat Lia Vidigal 39

Ligia Passos Cardillo Lilia Cunha Lilian Keila Lívia Lenci Luana Ferreira Pires Schrappe Lucia Stecca Luciana Corrêa de Oliveira Luciana Leo Luciana Lopes Luciana Melão Luciana Soares Loureiro Luciana Tieme Luciano Hirata Lucila P. Garbelini Lucineide Francisca de Carvalho Luís Felipe Q Bertoncello Luísa Heilbrun Luiza Hoffman Luiza Madeira Maísa Araújo Marcos Henrique Bedendo Marcos Vidigal Filho Maria Araújo Maria Augusta F. Mackeldey Maria Beatriz Franco Maria Carolina Papa Pagano Maria Christina Camargo Cury Maria Ducineia Clemente Maria Eduarda Leitao Canabarro Maria Eugênia Nardy Maria Fernanda Antoneli Maria Inez Cunha Maria Letizia Beer


PARCEIROS Pessoa Física Maria Tereza Nunes Pereira Mariana G. Barbosa Mariana Maciel Mariana Tassinari Mariângela Garbelini Marina Mendonça Maristela Pati Correa Marly Galli Prado Mauricio De Goes Mauro Barbosa de Oliveira Maxime Tarneuad Mayra Carbone Meiriele Santos Miguel Silverio da Silva Netto Mila Mayer Milton Borrelli Monica Seoane Morris Safdie Natalia Godoy Natalia Pincetti Nataly Pereira Neide Miranda da Silva Uyenabo Nicole Morihama Nina Maria Jamra Tsukumo Noberto Pacheco

Oscar Nestarez Paola Linhares Patrícia Alvarez Paul Andre Reiter Paula Camara Baptista Paula Raimo Paulo Gartner Priscila Costa Pires Rafael G. de Lima Raphael Gutierrez Raul Bastos Regina Bicudo Regina Figueira Renata Brunetti Renata Lane Renata Leme da Fonseca Thompson Renata Villas Boas Renato Ribeiro do Vale Ricardo Simon Rosa Ricardo Xavier Oliveira Neto Roberta Maria de Paiva Azevedo Roberta Niemeyer Roberto Jabra Sawaya Roberto Cortez Alvez Roberto Klabin

40

Rodrigo Naito Ronaldo Kun Rosimeire da Silva Nunes Selma Coelho Silvia Simone Anspach Solange Soares Chatagnier Stefan Sachs Tais Primo Tania Zahar Teca Vilmar Thais Diniz Thiago Ojea Valéria Brasil Valeria K. A. Mattedi Vania Schoemberner Vasco Carvalho Oliveira Junior Vera Lucia La Pastina Vera Setubal Victor Colette Fernandes Victor Moura Victoria Kohen Viviane Valverde Wilson Ramos Neto Zequinha Mendonça


A desesperança dá lugar à AUTOESTIMA, a renda dobra, a doença é controlada e as famílias descobrem que são capazes de serem AGENTES DE MUDANÇA de suas vidas.

41


DEMONTRAÇÃO FINANCEIRA O Saúde Criança São Paulo tem suas demonstrações financeiras anuais auditadas pela Parker Randall, apresentadas em formato resumido abaixo: Associação Saúde Criança São Paulo Balanço patrimonial Em reais Ativo CIRCULANTE Caixa e equivalentes de caixa Contas a receber Estoque Outros ativos Total circulante NÃO CIRCULANTE Imobilizado Intangível Total não circulante Total do ativo

2015

2014

Variação

710.521 140.196 4.005 854.722

313.500 171.344 61.431 4.005 550.280

397.021 (31.148) (61.431) 304.442

44.854 270 45.124

37.119 37.119

7.735 270 8.005

899.846

587.399

312.447

Associação Saúde Criança São Paulo Demonstração do superávit

RECEITAS DAS ATIVIDADES ASSISTENCIAIS Atividades de assistência social Doações de pessoas jurídicas e físicas Eventos Total das receitas das atividades assistenciais Custos das atividades assistenciais Resultado bruto DESPESAS DAS ATIVIDADES ASSISTENCIAIS Gerais e administrativas Outras, líquidas Total das despesas das atividades assistenciais Resultado operacional Resultado financeiro Superávit do exercício

2015

2014

Variação

122.774 995.563 168.500 1.286.837 (639.532) 647.305

250.501 302.276 171.062 723.839 (376.216) 347.623

(127.727) 693.287 (2.562) 562.998 (263.316) 299.682

(320.602) (67.994) (388.596)

(208.510) (208.510)

(112.092) (67.994) (180.086)

258.709

139.113

119.596

29.800

8.222

21.578

288.509

147.335

141.174

42

Passivo e patrimônio social CIRCULANTE Contas a pagar Salários e encargos sociais Serviços a prestar Total circulante

2015

2014

Variação

10.108 52.119 206.656 268.883 268.883

14.606 230.339 244.945 244.945

10.108 37.513 (23.683) 23.938 23.938

PATRIMÔNIO SOCIAL Patrimônio social Superávit acumulado Total patrimônio social

342.454 288.509 630.963

195.119 147.335 342.454

147.335 141.174 288.509

Total do passivo e do patrimônio social

899.846

587.399

312.447


EQUIPE EQUIPE

DIRETORIA

Aline Telis Amanda Nascimento Beatriz Maciel Fernanda Quintas Flávia Almeida Flávia Puorto Helena Matar Ivone Nascimento Jéssica Bocalon Jordana Costa Letícia Tavares Mariana Angelini Mônica Rosa Natália Cavechini Natália Grossi Nataly Pereira Vera Oliveira Verônica Martens

André Teixeira Levy Wiszniewiecki – Presidente Fernanda Gracioso Barbosa – Vice-Presidente Marina Franco Mendonça – Vice-Presidente CONSELHO FISCAL

Claudia Passos Sachs Kim Machlup Vasco Carvalho Oliveira Neto CONSELHO CONSULTIVO

Maristela Pati Corrêa Mark Kennedy Lund Maure Roder Pessanha Morris Safdie Renata Carvalho Beltrão Cavalcanti Biselli Vera Regina Gaensly Cordeiro

43


Associação Saúde Criança São Paulo Rua Fortunato, 123 – Santa Cecília, São Paulo-SP +55 11 3459 1885 saopaulo@saudecrianca.org.br saudecriancasaopaulo SaudeCriancaSaoPaulo www.saudecrianca.org.br/saopaulo 44

Relatório Anual 2015  
Relatório Anual 2015  
Advertisement