Page 1

AGOSTO 2017

Informativo mensal - Sindirepa-RJ

PARCERIA SENAI E SINDIREPA RJ FORTALECE AS OFICINAS DE REPARAÇÃO INDEPENDENTE

Eduardo Eugenio – Presidente da Firjan, Celso Mattos – Presidente do Sindirepa e Alexandre dos Reis Diretor do Senai – oficializam a abertura da Unidade Automotiva Senai - Jacarepaguá

Uma parceria entre o SENAI e o Sindirepa RJ, atenderá às demandas de formação profissional de todo o segmento, não somente no atendimento de pósvenda, mas principalmente atendendo todos os proprietários de veículos automotores. A inauguração, em 16 de agosto, reuniu atores da cadeia automobilística fluminense. Em seus 800m2, o Centro de Treinamento oferece equipamentos tecnológicos, voltados para sistemas eletroeletrônicos e mecânicos, e oficinas para as aulas práticas. Entre os mais de 20 cursos disponibilizados, estão o técnico de Manutenção Automotiva, instalador de acessórios automotivos, mecânico de ar-condicionado,

técnico de motores Ciclo Otto, metrologia aplicada à área automotiva e instalação e manutenção de sistemas de Gás Natural Veicular (GNV) de 5ª geração. Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira, presidente do Sistema FIRJAN, destacou o crescimento, maior que a média nacional, do setor automobilístico no estado do Rio, demandando mais profissionais qualificados. “A inauguração do Centro ajudará a suprir essa necessidade. As empresas poderão dispor de toda a expertise do SENAI em capacitação, assim como de seus laboratórios e bibliotecas”, informou. Um dos impulsionadores desse aumento, segundo Celso Mattos, presidente

do Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos e Acessórios do Estado do Rio de Janeiro (Sindirepa), é a maior procura por manutenção nos veículos e instalação de GNV “em épocas de crise, quando a venda de automóveis e motocicletas diminui o setor de reparação continua o seu caminho, por vezes sempre crescendo, diferente de qualquer outro setor, isso só demonstra a importância do setor automotivo, sem falar nas instalações de GNV que crescem de forma surpreendente a cada dia” frisa Mattos. As empresas de reparação de veículos independentes, são responsáveis pela maioria dos reparos no estado do Rio de Janeiro, segundo o Presidente do Sindirepa, “Fica latente a necessidade de escolas de qualificação automotiva, a procura por cursos técnicos do setor é enorme, algumas vagas estão completamente lotadas, nosso setor, de reparação independente é responsável por mais de 75% de todos os reparos em nosso estado, a nível nacional esse número bate os 80%”. Matéria completa no site.

PARCEIROS

Confira a matéria completa

Acesse pelo aplicativo QRCode


SEGURANÇA

SINDICATO

GNV – SINDIREPA E INMETRO UNIDOS PELA SEGURANÇA

O Presidente do Sindirepa RJ – Celso Mattos, esteve no dia 01/08/2017 reunido com o Presidente do Inmetro, cobrando medidas urgentes para acabar com a ilegalidade de instaladoras clandestinas, consumidores estão procurando preços baratos e somente as instaladoras ilegais são capazes de ofe-

recer, medidas como o fim da aceitação de nota fiscal de papel foi uma excelente conquista. Segundo o presidente do sindicato “Toda e qualquer explosão de cilindros está ligado à ilegalidade e o Sindirepa não medirá esforços em cobrar punição aos responsáveis, estarei pessoalmente verificando os recentes casos

e pedindo apurações, não sossegarei enquanto os responsáveis não forem punidos, somente assim moralizamos todo o setor e traremos segurança para sociedade” argumenta Mattos. Lembra ainda que “O GNV é o combustível mais seguro que existe, contudo o consumidor tem que saber que não

existe o precinho, se encontrar, pode ter certeza que trata-se de empresa ilegal, com cilindro fruto de incêndio ou sinistro, na maioria das vezes oriundos de seguradoras que não se preocupam em dar o destino final dessa importante peça que compõe o equipamento do GNV” finaliza Celso Mattos.

FÓRUM DE SEGURANÇA E FOMENTO DO GNV A tarde de 9 de julho marcou o início da retomada sobre o incentivo ao Programa GNV no Rio de Janeiro, capitaneado pelo Sindcomb através do diretor GNV, Gustavo Sobral de Almeida em parceria com o Sindirepa RJ através do seu presidente Celso Mattos. O encontro reuniu lideranças da ANP, da

distribuidora CEG, da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), de fornecedores como MAT e ASPRO, e da ASSINSP-RJ, em torno de uma pauta de sete itens. Cada agente levou responsabilidades em sua área de atuação. E não foram poucas. Vamos à pauta:

EDUCAÇÃO NO GNV A ideia é retomar a distribuição de informativos aos clientes e frentistas dos postos de combustíveis, como também nos Organismos de Inspeção, nas convertedoras e no reteste. Gustavo Sobral informou já ter em mãos o material explicativo para distribuição aos consumidores sobre segurança durante o abastecimento e o treinamento dos fren-

tistas. O presidente do Sindirepa-RJ, Celso Mattos, anunciou a realização, no mês de outubro, do curso de Qualificação para GNV 5ª Geração no SENAI, com 140 horas para alunos iniciantes, e com 60 horas para profissionais experientes, com instalação dos cilindros. O Sindcomb solicitou um módulo para frentistas no treinamento

de 60 horas. Maria Cristina Silva, gerente de Soluções de Mobilidade da CEG, informou que o CT Gás da Petrobras possui convênio com o Senai. Confira os sete itens da matéria:

SINDIREPA DENUNCIARÁ TOKIO MARINE AO MINISTÉRIO PÚBLICO A seguradora Tókio Marine foi notificada a se pronunciar sobre a imposição de refaturamento de 12%, conforme e-mail encaminhado para oficinas do Rio de Janeiro. Tal seguradora não retornou nossos contatos, não nos deixando outra alternativa ao reunirmos com o Ministério Público para

formularmos a equivalência de contratos, estamos avançando na denúncia e dialogando outras oportunidades que foram apresentadas para resolver outros impasses. Segundo palavras do Presidente do Sindirepa, “a nossa linha de atuação sempre foi em dialogar, não exitaremos em to-

mar decisões mais enérgicas se assim for necessário”. Dessa forma fica evidente que o sindicato seguiu a linha do dialogo, contudo ao não ter nenhum retorno foi obrigado a agir de forma mais efetiva, abrindo também espaço para outras ações que foram até propostas em reunião com o MP.

COLISÃO

CÂMARA DE COLISÃO DO SINDICATO UNIDA EM PROL DA CATEGORIA Em reunião realizada em agosto, no SENAI Tijuca, os empresários de Colisão (Funilaria e Pintura) do sindicato demonstram que estão unidos, e que quando necessário, medidas enérgicas podem ser adotadas. A diretoria do sindicato é detentora de grande apoio - quase unânime entre seus associados, liderados pelo presidente Celso Mattos. “Esse apoio sempre existiu e sempre existirá. As conversas paralelas fazem parte do cenário e são uma tentativa de enfraquecer o setor, uma covardia e vergonha que não merece a nossa atenção. Contudo, tenho em meus filiados e diretoria a força necessária para mantermos a união do setor”, afirmou o presidente. Nessa retomada de reuniões, foi apresentado o trabalho do SEBRAE que, com maestria e precisão, demonstrou o cenário e comprovou algumas teses que o sindicato já tinha certeza, a queda de algumas grandes seguradoras e a retomada de pequenas e antigas seguradoras. Ficou evidenciado entre associados que é necessário o reajuste anual de mão de obra, o acerto do custo administrativo e custo fiscal, o reajuste

das atividades acessórias em negociação exclusiva com o sindicato e não individual, ponto pacificado e questão fechada entre os presentes. Levantou-se a possibilidade ou eminência de possíveis retaliações momento em que o presidente do sindicato pediu a palavra, segundo Mattos “Não podemos negar que isso não aconteça, até mesmo pelo simples fato de já me sentir retaliado por algumas seguradoras, mas esse não é o pensamento da diretoria das seguradoras, e sim algo feito por funcionários de escalão inferior, dos quais tomam de forma pessoal, não sabendo separar as instituições das empresas. Essas atitudes podem ser repreendidas, notificadas e, em último caso, o sindicato poderá ingressar com o pedido de ajustamento de conduta via Ministério Público. Tenho certeza que isso não será necessário, devido a excelente relação com todas as diretorias e presidências das seguradoras que sempre mantive” enfatizou Mattos. Ademais, ficaram acertados alguns ajustes e ações com maior vigor dos empresários, coordenadas no sindicato e que podem causar mudanças imediatas. Presidente - Celso Mattos Vice-presidente - Luiz Alexandre S. de Abreu Marcio Rodrigues Paschoal

EXPEDIENTE

Redação: Insight Trade e Colaboradores

Acesse pelo aplicativo QRCode

Sindicato da Industria de Reparação de Veículos e Acessórios do Estado do Rio de Janeiro Rua Santa Luzia, 685 - 8o andar - Sl. 820 - Centro - Rio de Janeiro - RJ, CEP 20030-041 Tel.: (21) 2517-2180 www.sindirepa.org.br

www.facebook.com/sindirepaoficial

Reportagens - Sindirepa-RJ Conselho Editorial - Carla Nórcia Impressão 3.000 unidades exemplares na base territorial do Sindirepa-RJ no estado do Rio de Janeiro

Projeto Gráfico, marketing e comercial Insight Trade Amanda Castro Camila Alves Carla Nórcia Felipe Luppi Marcela Leite marketing@insighttrade.com.br www.insighttrade.com.br


SINCOPEÇAS E SINDIREPA

LEVAM VOCÊ PARA VISITAR AS FEIRAS AAPEX E SEMA SHOW Venha participar desse time exclusivo com empresários do setor PASSAGEM ÁEREA IDA E VOLTA* JANTAR DE BOAS VINDAS 5 NOITES DE HOSPEDAGEM INGRESSOS E TRASLADOS PARA AS FEIRAS TRASLADO DE CHEGADA E SAÍDA VISITA À OFICINAS E VAREJOS AUTOMOTIVOS

E MUITO MAIS EM VEGAS! PACOTES A PARTIR DE 6X - U$443

Abra o aplicativo QRCode e saiba tudo sobre as Missões Empresariais marketing@insighttrade.com.br Saiba mais: (11) 99138-5083

*Saídas de São Paulo e Rio de Janeiro

Realização:

Sindirepa Organização:

Sindirepa RJ News - Agosto 2017  
Sindirepa RJ News - Agosto 2017  
Advertisement