Page 1

Revista Panorama Uma Publicação anual do Instituto Nossa Senhora Auxiliadora - SP Ano III – Número 3 - 2015

Concretismo, Neoconcretismo, Entrevista:

Manifesto

A importância do ato de ler e o futuro

Concretista e Poesia

do livro

Concreta

Memória: Eduardo Galeano e as veias abertas da América Latina Explorando o universo das

Histórias em Quadrinhos

ESPECIAL: Bicentenário de Dom Bosco Conexão Dom Bosco 200 anos de Salesianidade no mundo Diversos eventos marcam o bicentenário de Dom Bosco


SUMÁRIO

Editorial .............................................................................................................. 3 Entrevista ........................................................................................................... 4 Café com Letras ................................................................................................. 6 Histórias em Quadrinhos .................................................................................. 13 Artigos: ............................................................................................................. 22 Espaço aberto .................................................................................................. 43 Arte................................................................................................................... 66 NEA – Projetos Anuais ..................................................................................... 70 Cantinho Pastoral ............................................................................................. 78 Especial: Bicentenário de Dom Bosco ............................................................. 79 Esporte ............................................................................................................. 86 Brincando e Aprendendo .................................................................................. 88 Memória ......................................................................................................... 123 Ficha Técnica ................................................................................................. 126


Editorial O mundo atual impõe aos educadores e aos jovens a tarefa de absorver as novas tecnologias, sem as quais qualquer atividade profissional e até mesmo a vida cotidiana tornam-se inviáveis. As perspectivas que se abrem nos mais diversos campos do saber implicam um modelo educacional permanentemente aberto ao novo, ao dinâmico, ao interativo – atento a uma realidade que se transforma a cada momento. A absorção do novo, contudo, não pode prescindir de uma sólida formação, de uma compreensão lúcida das novas realidades e do domínio de equipamentos básicos para a vida: a competência linguística, o raciocínio lógico e matemático, a consciência do meio ambiente, a visão histórica e a formação ética e para a cidadania, além do domínio dos modernos recursos tecnológicos, passaporte privilegiado para o mundo futuro. Visando todos esses aspectos educacionais estamos lançando a Revista Panorama nº3, que como sempre traz assuntos muito interessantes e diversificados. Os artigos apresentados descrevem os projetos desenvolvidos ao longo do ano, dos quais ressalto, “ A importância do ato de Ler” elaborado a partir de um árduo trabalho dos alunos do 9º ano nas aulas de Técnica de Redação; o Dossiê: “ Conexão Dom Bosco – 200 anos de Salesianidade no Mundo”, atividade interdisciplinar que propiciou aos estudantes envolvidos a oportunidade de refletir sobre a relação entre o trabalho pedagógico e o carisma da Instituição. No projeto “ Arte concreta e outras modernidades”, a exploração dos recursos visuais do Concretismo pode demonstrar o quanto a arte é capaz de retratar o pensamento do homem no contexto social e político da época em que vive. Vale lembrar que, além de poder contar com as tecnologias disponíveis no mundo moderno, a revista contou ainda com o esforço e a dedicação de alunos e professores. O resultado foi sensacional! Espero que aproveitem a leitura! 3


Entrevista O mercado editorial no século XXI Nos últimos anos, o mercado editorial tem passado por uma série de transformações que afetam de forma significativa as práticas de leitura em nossas escolas. Para discutir algumas questões acerca desse tema, alunos do 9º ano do Ensino Fundamental do Instituto Nossa Senhora Auxiliadora entrevistaram no dia 19 de junho de 2015 o Sr. José Xavier Cortez, atual presidente da Editora Cortez e o diretor comercial, o Sr. Antonio Erivan Gomes. Cortez, que veio ainda muito jovem de Currais Novos – RN, preside essa editora que é conhecida atualmente por produzir uma grande variedade de livros infanto-juvenis e educacionais, traduzidos para vários idiomas. Localizada próximo a Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, a pequena livraria Cortez e Moraes, aberta em 1968, em plena ditadura militar, foi aos poucos aproveitando as oportunidades até transformar-se em uma editora de grande prestígio no mundo da promoção da cultura.

Segundo os entrevistados, as transformações no mercado editorial são decorrentes principalmente da fusão entre editoras, que diminui a diversidade de livros e autores e consequentemente de editores. “ Livreiros e editores têm seu papel modificado em função dessas uniões. Um exemplo disso é o caso da Ed. 4


Abril Educação que foi incorporada à Saraiva Educação, impactando de forma significativa o mercado brasileiro”, disse Erivan. Conforme apontam as pesquisas realizadas recentemente nos EUA, os consumidores têm preferência por livros eletrônicos, especialmente o público mais jovem. Porém, segundo os entrevistados, há ainda uma forte tendência à aquisição de livros impressos. Eles destacaram a importância dos títulos no campo digital, que além de despertar o interesse do leitor, distinguem e classificam o material. Uma das dificuldades encontradas na venda e consumo dos livros impressos é o preço fixo de capa. “Cada editora dá o seu preço. O que determina esse valor é a utilização dos diferentes insumos necessários para produção dos livros, como por exemplo o tipo de papel. E essa diferença na qualidade dos insumos é o que determina a diferença de preço. ”, disse Cortez. Os livros têm um papel fundamental na construção do conhecimento e na formação do caráter de cada indivíduo. No Brasil, atualmente, há um grande esforço por parte das editoras para que as pessoas adquiram o hábito da leitura e na opinião do Sr. Cortez esse incentivo deve começar na infância. Com essa atividade, os alunos do 9º ano puderam refletir sobre questões relacionadas ao mundo editorial, o que despertou o interesse de alguns para outras possibilidades no percurso profissional. Professora Silvana e alunos do 9º ano.

5


Café com Letras Dicas de leituras infanto-juvenil com as respectivas capas e pequenas intervenções artísticas. Título da obra: Elixir Autor: Hilary Duff Editora: iD

Li este livro porque minha irmã me indicou. A história é sobre Clea, uma menina que viveu nos holofotes, pois era filha de renomado cirurgião que desapareceu em uma missão humanitária. A personagem que mais me impressionou foi Clea Raymond porque ela parece muito corajosa. Com 17 anos, Clea Raymond sentia de perto o brilho dos holofotes desde que nasceu. Era filha de um renomado cirurgião. Ela se tornou uma talentosa fotojornalista, refugiando-se em um mundo que a permite viajar para diversos lugares exóticos. No entanto, após seu pai ter desaparecido em uma missão humanitária, Clea começa a perceber imagens sinistras e obscuras em suas fotos revelando um belo e jovem rapaz que ela nunca vira antes. Quando o destino faz com que ela se encontre com esse homem, ela fica espantada com a conexão forte e instantânea que sente. Conforme se aproximam e se envolvem no mistério do desaparecimento do pai de Clea, eles descobrem a verdade 6


secular por trás dessa intensa ligação. Divididos por um arriscado triângulo amoroso e assombrados por um poderoso segredo que afeta seus destinos, eles embarcam em uma corrida para desvendar o passado, salvar suas vidas e preservar seu futuro. Recomendo este livro pois é misterioso, com romance e aventura. Eu gosto disso! (Amanda Santos Gil 6º Ano A)

Título da obra: O Pintor da Lua Autora: Miriam Leite da Costa Portela Ilustrador: José Claudio Canato Editora: Brasiliense

Os motivos que me levaram a ler este livro foram a capa, que é muito bonita e o título do livro que é muito interessante. O assunto da história é o interesse de um menino pela a Lua. A personagem que mais me impressionou foi o menino Zeca, porque ele gostava muito de estudar sobre a Lua. Já conhecia todas as luas descobertas por Galileu Galilei e também sobre as viagens espaciais do homem à Lua. Zeca era um menino curioso e apaixonado pela a Lua. Ele estudava tudo sobre as primeiras descobertas dos grandes cientistas, como Galileu Galilei, e também sobre as viagens espaciais do homem à Lua. Um dia, ele resolveu 7


descobrir os mistérios da Lua e acabou se tornando amigo dela. Descobriu que a Lua estava triste porque queria ser colorida. Ele a pintou e ela ficou feliz. Seria um sonho ou realidade? Recomendo este livro porque é uma história curta, porém muito bonita e as ilustrações parecem pinturas de quadro. Essa história me faz pensar em como é legal a gente estudar e pesquisar sobre assuntos que gostamos. (Tamires Gil da Silva – 6º ano A)

8


Título da obra: Spike Autora: Gisele Martins Neis Editora: Ediouro

Os motivos que me levaram a ler este livro foram o título do livro e a capa, que me chamou a atenção pois aparecia um cachorro da raça labrador, da cor preta. O assunto da história é a escolha de um cachorro chamado Spike por uma família que veio de outra cidade a procura de um cão. A personagem que mais me impressionou foi Spike porque ele é o personagem principal da história e passa por várias coisas. Spike foi acolhido pela família Neis ainda filhote e eles já sabiam desde o momento em que foram buscá-lo em São Paulo, que aquele cachorro era especial. As aventuras desse cãozinho fofo e rechonchudo começaram na longa viagem de volta para casa... Spike foi carinhosamente apelidado de Neguinho por causa dos seus pelos negros e brilhantes. Seu jeito estabanado, seu temperamento dócil e amigo, sua inteligência e seu companheirismo logo nos cativam. Ele vai aprontando várias peripécias e bagunçando muito desde o início. Recomendo este livro pois é uma história viciante, que mostra várias coisas que acontecem com Spike, e que você só vai descobrindo ao ler cada página. É um livro sobre um cão e esses livros chamam bastante atenção das pessoas.

9


Essa história me fez pensar em meu cachorro, que morreu em 2013 por causa de um tumor. Ele tinha muitas características iguais as desse cão da história que li. (Guilherme Haddad - 6º ano A) Futebol “A bola conta sua história” Autor: Sérgio Vieira Brandão Editora: Ciranda Cultural

Li este livro porque gosto muito de futebol e queria saber como esse esporte foi criado e conhecer sua história e como foram fundados os principais clubes brasileiros. O livro fala sobre o futebol e fatos marcantes desse esporte. Fala sobre Pelé e outros craques. Explica a origem do futebol e a história da bola. Conta também a história da Copa do mundo. Mostra alguns craques do momento, que fazem do futebol algo mais que especial. O que mais me chamou a atenção foi Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, porque esse craque quebra a ordem cronológica. Ele deve ser citado antes de qualquer um. Primeiro ele, os demais vêm depois, mesmo que tenham vindo antes. Foi o jogador mais jovem a marcar um gol em copas do Mundo. Pelé fez mais de 1200 gols em sua carreira. O livro também traz caricaturas dos melhores jogadores do mundo, recordes mundiais de gols e curiosidades sobre os sistemas táticos. Recomendo este livro pois aprendi muito sobre futebol. 10


Essa história me fez pensar que eu um dia posso ser um jogador de futebol famoso como Neymar e outros jogadores do mundo, para dar um pouco de dinheiro para a minha família. (Matheus Terceiro Daniel – 6º ano B) Título da obra: Judy Moody Quer a Fama Autor (res): Mega McDonald Editora: SALAMANDRA

Os motivos que me levaram a ler este livro foram o mínimo de suspense que ele contém e as aventuras que ele traz. O assunto da história é uma menina que faz tudo o que pode para conseguir a fama. A personagem que mais me impressionou foi Chiclete, porque ele irrita a sua irmã Judy Moody. Ele também é muito brincalhão. Eu me comparo a ele, porque irrito a minha irmã e também sou muito brincalhona. Chiclete recebeu este apelido porque é muito grudado na sua irmã. Judy é uma garota comum que adora aventuras. Ela encontra Jéssica, sua colega de classe, usando uma tiara, Judy Moody fica curiosa para saber porque Jéssica está usando aquela tiara. Decide perguntar para ela. Jéssica entrega-lhe um jornal. Na primeira folha dele estava escrito ‘’ GAROTA DA CIDADE É A NOVA RAINHA DA ORTOGRAFIA”. Judy também queria a fama 11


e decide estudar a ortografia; mas, não gosta muito disso e esquece de estudar. Seu pai decide fazer uma venda de garagem. Ele esquece um pouco disso e aproveita para perguntar aos filhos como foi o dia na escola. Chiclete diz que aprendeu sobre a história de George Washington e conta sobre a história da cerejeira que ele tinha. Nessa mesma hora, Judy decide pegar o caroço de sua cereja e amassar com um martelo escreve as inicias G e W no caroço e decide colocá-lo em uma caixinha de vidro. Por cinquenta centavos, as pessoas poderiam olhar o caroço de cereja legitimo da cerejeira de George Washington, de 1743; mas as coisas não acontecem exatamente como Judy queria. Recomendo este livro porque gosto bastante dos livros da Megan McDonald, pois têm bastante aventura. Essa história me fez pensar que a inveja não faz você ter a fama. Para você ter fama é preciso se dedicar e fazer o bem, pois o mal vai fazer com que as pessoas não gostem de você. (Caroline Paixão 6 º ano B)

12


Histórias em Quadrinhos Mafalda e Garfield - Trabalhos realizados durante as aulas de Espanhol explorando o universo das HQs e nos idiomas espanhol e inglês.

MAFALDA E GARFIELD VISITAM O INSA Ao falar a respeito de histórias em quadrinhos, voltamos um pouco a nossa infância. Momentos aqueles que hoje trazem muitas saudades, aquelas rodas de leituras nas calçadas, praças e parques. Atualmente as histórias em quadrinhos e gibis não têm mais tanta procura. As crianças de hoje vivem voltadas para seus jogos de videogames e mundo digital. Bom, nasceram numa era digital então, faz parte deles. Mas porque não resgatar esse olhar para as coisas mais simples? Pensando assim nós, professoras Maria Aparecida Alonso Marini (Espanhol) e Priscila M Gardelli Trindade (Inglês), resolvemos mostrar um pouquinho para os alunos dos 6.º anos, como nos divertíamos antigamente. Através de um passeio à exposição da Mafalda inserimos os alunos na nossa infância e ele ficaram fascinados! Foi um passeio maravilhoso e muito produtivo.

13


Depois durante as aulas encorajamos os alunos a escreverem tirinhas e montar suas próprias histórias. Nas aulas de espanhol eles trabalharam a personagem Mafalda e nas aulas de inglês o personagem Garfield. Mafalda foi uma tirinha escrita e desenhada pelo cartunista argentino Quino. As histórias apresentam uma menina chamada Mafalda, muito preocupada com a humanidade e a paz mundial. Garfield é uma das mais famosas personagens de HQ. Suas histórias são publicadas em 2570 jornais de todo o mundo. O gato foi criado nos Estados Unidos por Jim Davis e leva o nome do avô de seu criador, James Garfield Davis, que por sua vez recebeu esse nome por inspiração no nome do presidente americano James Garfield. A tira ironiza pessoas que transformam animais de estimação em “pessoas”, mostrando um gato que anda em duas patas, pensa como homem (inclusive, odeia a segunda-feira) e enfrenta problemas humanos, como a dieta. Aprecie agora alguns dos trabalhos desenvolvidos durante as aulas de Espanhol e Inglês !!

14


15


16


17


Mafalda foi uma tira escrita e desenhada pelo cartunista argentino Quino. As histĂłrias, apresentando uma menina (Mafalda) preocupada com a Humanidade e a paz mundial que se rebela com o estado atual do mundo, apareceram de 1964 a 1973, usufruindo de uma altĂ­ssima popularidade na AmĂŠrica Latina e Europa. Mafalda foi muitas vezes comparada ao personagem Charlie Brown, de Charles Schulz, principalmente por Umberto Eco em 1968

18


19


20


O gato Garfield é estrela de uma das tirinhas mais famosas da história, sendo publicado em 2570 jornais de todo o mundo. Os outros personagens principais são Odie, um cão estúpido, e Jon Arbuckle, um cartunista, dono dos dois. Garfield é criação de Jim Davis, que tirou o nome de seu avô James Garfield Davis (que por sua vez teve seu nome inspirado pelo presidente americano James Garfield).

21


Artigos: Alimentação saudável O aumento da expectativa de vida das pessoas traz uma crescente preocupação referente às questões que envolvem qualidade de vida e longevidade. A alimentação saudável é uma grande aliada para se viver mais e melhor. Quem tem preocupação com a saúde não tem como esquecer de caprichar nas escolhas dos alimentos. Assim, refletir sobre alimentação é indispensável. Vivemos atualmente um momento de transição em relação aos nossos hábitos alimentares. Deixamos de consumir alimentos naturais e somos bombardeados

por

alimentos

industrializados,

com

conservantes,

aromatizantes, agrotóxico e outras substâncias químicas. No entanto, a matériaprima necessária para que o nosso organismo funcione adequadamente são os nutrientes, que, de maneira equivocada, estão sendo esquecidos na alimentação moderna. Precisamos consumir uma quantidade ideal de vegetais e frutas para ajudar o nosso corpo excretar tudo o que não presta. Mas, esses alimentos são minorias na mesa da população. Isso aumenta o risco de contrair doenças. Considerando que a escola é um espaço de reflexão e formação e, cientes da nossa responsabilidade, resolvemos desenvolver um projeto que levasse nossos alunos a se apropriarem de conhecimentos, que lhes propiciasse condições para fazer escolhas alimentares mais saudáveis e conscientes. A alimentação saudável não é só salada com peito de frango grelhado. Existe uma combinação deliciosa de alimentos. Basta estar aberto para conhecer mais sobre eles e ter vontade de fazer uma mudança de comportamento alimentar.Com esse objetivo, desenvolvemos com os alunos dos sétimos anos A e B um projeto sobre alimentação.

22


Nosso trabalho se dividiu em três etapas. Inicialmente, conversamos com os alunos sobre seus hábitos alimentares. Depois, realizamos um trabalho de pesquisa sobre alimentação, que deveria terminar com a elaboração de um cardápio pautado pela qualidade nutricional dos alimentos e sua funcionalidade. Dando sequência, convidamos os pais para uma palestra na qual os temas abordados foram: alimentação funcional, aproveitamento de partes dos alimentos habitualmente descartadas e café da manhã associado ao bom rendimento escolar. Na sequência, os alunos preparam receitas saudáveis, gravaram o modo de preparo em um vídeo e apresentaram os pratos para uma competição de Masterchef INSA Natural.

23


Durante o desenvolvimento do nosso trabalho, fomos construindo alguns aprendizados, os quais reproduziremos aqui. A partir da pesquisa e da palestra, deixaremos aqui as seguintes recomendações. 1)

Aumente e varie o consumo de frutas, legumes e verduras. Elas são ricas em vitaminas, minerais e fibras. As vitaminas e minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. E as fibras regulam o funcionamento intestinal, dão sensação de saciedade, e podem atuar prevenindo várias doenças.

2)

Coma feijão pelo menos 1 vez ao dia. Varie os tipos de feijões usados e as formas de preparo. Use também outros tipos de leguminosas como soja, grão-de-bico, lentilha, etc. Coma feijão com arroz na proporção de 1 para 2. Esse prato brasileiro é uma combinação completa de proteínas e bom para a saúde!

3)

Reduza o consumo de sal. Tire o saleiro da mesa. O sódio é essencial para o bom funcionamento do organismo, mas o excesso pode levar à hipertensão e outras doenças. Evite temperos prontos, alimentos enlatados e embutidos. Use ervas frescas para realçar o sabor.

4)

Reduza o consumo de alimentos gordurosos, como carnes com gordura aparente, salsicha, mortadela, frituras e salgadinhos, para no máximo 1 vez por semana. Prefira os alimentos cozidos ou assados, leite e iogurte desnatados e queijos brancos.

5)

Faça pelo menos 4 refeições por dia: café da manhã, almoço, jantar e os lanches! Não pule as refeições. Para lanche e sobremesa prefira frutas.

24


6)

Mantenha o seu peso dentro dos limites saudáveis – veja se seu IMC (Índice de Massa Corpórea) está entre 18,5 a 24,9kg/m². O IMC mostra se seu peso está adequado para a sua altura.

7)

Consuma com moderação alimentos ricos em açúcar, como doces, bolos e biscoitos. Prefira os cereais integrais.

8)

Aprecie sua refeição e coma devagar. Faça de sua refeição um ponto de encontro com a família. Não se alimente assistindo TV ou lendo livros e revistas. Reserve um tempo do seu dia para as refeições fazendo delas, momentos de muito prazer!

9)

Beba água! Muita água! 60% do nosso corpo é formado por água! Portanto, beba em média 2 litros de água (6-8 copos) por dia. Consuma com moderação bebidas alcoólicas e refrigerantes. 1ml de álcool fornece 7kcal! Prefira sucos de fruta fresca ou polpa congelada.

10) Seja ativo! Acumule pelo menos 30 minutos de atividade física todos os dias. Caminhe pelo seu bairro, suba escadas, jogue bola, dance, enfim, mexa-se! Após a apresentação das receitas dos nossos “chefes” e seus vídeos maravilhosos, tivemos a difícil missão de escolher entre tantas receitas algumas que reproduziremos para que toda a nossa comunidade possa saborear.

25


Mousse de gelatina de morango Ingredientes: 1 pacote de gelatina zero açúcar sabor morango 1 copo de iogurte desnatado 400 ml água

Modo de preparo: Para o preparo da gelatina, dissolva todo o conteúdo do pacote em 200ml de água fervente. Em seguida, adicione 200ml de água gelada. Despeje 1/3 em cada taça e leve à geladeira até ficar consistente. Coloque o restante da gelatina em um pote e também ponha na geladeira até ficar consistente. Para o preparo do mousse, coloque todo o copo de iogurte desnatado dentro do liquidificador junto com a gelatina que você colocou no pote. Bata até perceber que não ficou nenhum resíduo ou pelota. Em seguida, despeje todo o conteúdo do liquidificador por cima da gelatina que foi colocada na taça, que deve estar bem consistente. Coloque na geladeira por duas horas. Se quiser, quando estiver pronto, enfeite as taças com morangos. Bom apetite!

26


Suco da casca do abacaxiđ&#x;?? Ingredientes: 1litro de ĂĄgua Cascas de um abacaxi

Modo de preparo: Lave todas cascas para retirar todas as impurezas. Depois coloqueas na ĂĄgua fervente para tirar a acidez. Em seguida, coloque todas as cascas no liquidificador e acrescente um litro de ĂĄgua. Bata atĂŠ ver

Frango xadrez đ&#x;?— que ficou sem nenhum pedaço de casca. Coe o suco e coloque na Ingredientes: geladeira. Sirva bem gelado. 1 Quilo de peito de frango Tempero caseiro 2 colheres de sopa de azeite PimentĂŁo verde, amarelo, vermelho 2 cebolas mĂŠdias 200ml Molho shoyu Amido de milho atĂŠ dar o ponto (aproximadamente 1 colher de sopa) 50 ml de ĂĄgua

Modo de preparo: Tempere o frango com o tempero caseiro e reserve-o. Em seguida, coloque o azeite e o alho na frigideira. Acrescente os pimentĂľes cortados em cubos e frite-os atĂŠ ficarem dourado. Reserve-o. Repita o mesmo processo com as cebolas cortadas em cubos. Frite o frango. Coloque os pimentĂľes e vĂĄ fritando atĂŠ perceber que cozinhou bem. Despeje o molho shoyu em um recipiente e misture com as duas colheres de amido de milho. Ponha tambĂŠm 50ml de ĂĄgua. Despeje no frango e vĂĄ mexendo para espalhar em todo o frango. Ponha em uma travessa e sirva.

27


Salada de Quinoa Ingredientes: 2 pepinos picados 2 tomates picados 150g de quinoa cozida 1 ou 2 limões espremidos Azeite Sal

Modo de fazer: Em uma tigela, coloque a quinoa, os pepinos picados e os tomates.

Salada de frutas natural

Misture bem. Em seguida, tempere com o suco dos limões, azeite e Ingredientes: sal. Decore com alface, rodelas de cenoura e pedaços de pepino. 12 uvas sem semente Bom apetite. 2 maçãs picadas 1 mamão picado 2 bananas picadas 2 laranjas espremidas

Vitamina de banana com mel Modo de fazer: Ingredientes: Misture todos os ingredientes da salada de frutas e sirva gelada. 2 bananas descascadas e picadas 5 colheres de chá de mel 1 copo de leite (250ml) 1 copo de gelo (250ml)

Modo de fazer: Bata todos os ingredientes no liquidificador. Sirva em seguida.

28


Para finalizar, o trabalho, os alunos integrantes das equipes vencedoras ganharam sorvetes, graciosamente cedido pela sorveteria Nat Fruit Ice Sorveteria Natural. Os prêmios foram entregues do dia 24/09/15 numa confraternização com todos os alunos participantes.

Nosso agradecimento especial ao Senhor Andrew, proprietário da Nat Fruit Ice, pela parceria na nossa confraternização. Parabéns a todos os alunos envolvidos no projeto! (Professoras: Katiane Costa Paiva Simone e Sibele Registro)

29


Contribuição dos cientistas para o desenvolvimento do conhecimento da humanidade Este ano, a turma do 9.º Ano começou muito empenhada, motivada a aprender cada vez mais, curiosos e participativos. E como a disciplina de Ciências é bem dinâmica e desafiadora, eles se envolveram bastante nos assuntos que deram início às atividades do ano letivo. Iniciamos com um panorama geral da Ciência, que foi construída com a determinação e pesquisa de diversos cientistas, incansáveis em suas propostas de encontrar novas respostas às questões que os afligiam em sua época, contribuindo, assim, para o desenvolvimento da Ciência e da humanidade. Esse panorama é necessário para que o aluno de 9.º Ano compreenda que a disciplina de Ciências se dividirá no Ensino Médio em três importantes disciplinas: Biologia, Física e Química. A disciplina de Ciências é ministrada à turma pela Prof.ª MSc. Irene L. Ramos. O desafio pessoal que a professora assume é demonstrar de maneira suave e instigante de onde surgiram as concepções científicas, em que momento houve a bifurcação das áreas do conhecimento, qual é a estrutura e o foco de cada uma dessas disciplinas e, ainda qual é sua aplicação e contribuição no atual mundo tecnológico e inovador, inclusive nas diversas atuações profissionais. Dessa maneira foi-se desvendando um viés entre a História e o conhecimento científico, pontuando os acontecimentos relevantes que modificaram o mundo e contribuíram de forma fundamental com a evolução da humanidade. Em uma ordem cronológica, pontuaram-se as mais importantes contribuições dos cientistas ao desenvolvimento do mundo, separando-se os conhecimentos químicos, físicos e biológicos, porém, demonstrando sua interligação constante. Vídeos, imagens, exemplos, citações de experimentos, curiosidades sobre a vida dos cientistas, correlação com os fatos históricos, menções de fatos curiosos e engraçados, modelos de invenções, textos científicos, enfim, tudo o que foi apresentado aos alunos os motivou a querer saber mais e mais! E foi esse interesse que motivou o Projeto Cientistas. 30


A proposta principal foi motivar a pesquisa e a interação entre os alunos. Como a professora possui um grande acervo de livros paradidáticos gentilmente cedidos nos últimos anos pelas Editoras parceiras do INSA, foi feita uma seleção dos livros que mencionavam nomes de cientistas relevantes que deram base ao projeto. Alguns desses exemplares estão ilustrados a seguir:

Os alunos foram divididos em duplas por afinidade de interesse, escolheram democraticamente o livro paradidático e receberam as instruções sobre as atividades: - realizar a leitura do livro; - confeccionar uma análise do livro seguindo o roteiro proposto por escrito; - preparar cartazes e apresentações multimídia sobre o livro; - apresentar um seminário sobre o livro estudado; - montar um painel expositivo com os cartazes confeccionados. Como foi orientado, cada dupla destacou o resumo do livro, os nomes dos cientistas citados no livro, sua época de atuação, suas contribuições à Ciência e à humanidade, frases ou invenções de destaque, opinião da dupla, bibliografia.

31


O resultado foi surpreendente – algumas apresentações contaram com a presença do Prof. Eduardo, professor de Física do Ensino Médio, que ficou impressionado com a motivação dos alunos pelas Ciências.

Os próprios alunos, em posterior reflexão, comentaram sobre a satisfação em realizar um trabalho interativo e investigativo a respeito da História das Ciências, e que isso os motivou a estudar com outro olhar os conteúdos durante o ano.

32


33


O grupo do Ettore e do Gabriel registrou seu depoimento: Eu, Gabriel, e meu amigo Ettore fizemos um trabalho de Ciências sobre um livro que a professora passou pra gente. Nós lemos e apresentamos sobre um livro chamado "80 Invenções que mudaram o mundo". Nós não falamos sobre todos, né? Pois são muitos!!! Apresentamos de uma forma diferente para chamar mais atenção da classe e falamos sobre vários cientistas e suas contribuições. Chamamos a atenção mostrando que quase todos os cientistas estão nos EUA, França, Inglaterra ou Alemanha, mas apenas um está no Brasil: Roberto Landell de Moura que criou o rádio e conseguiu transmitir a voz humana por ele. O livro é interessante e fala cronologicamente de oitenta invenções que a autora escolheu. E percebemos que todos as invenções mostradas no livro ainda são utilizadas em nosso dia-a-dia!!! Aqui está o link da apresentação que fizemos no Prezi: https://prezi.com/nrz_dkbb5fuo/80-invencoes-que-mudaram-o-mundo/

Esse é o grande presente que a Educação proporciona a todos nós: diversificar atividades permite um envolvimento maior de todos a favor de um novo desafio que a disciplina impõe ao aprendizado e à vida, pois o que se aprende efetivamente fica registrado em nós para colocarmos em prática em nossas atividades futuras. É o cotidiano escolar transformando os olhares e promovendo ações para o amadurecimento e evolução de cada aluno, como propõe as Ciências há tantos séculos! Parabéns, queridos alunos do 9.º Ano! Vocês se superaram neste excelente trabalho! Sucesso a todos! Prof.ª Irene Ramos

34


Literatura: O valor da adaptação dos clássicos No Brasil, a educação muitas vezes não é levada a sério, seja pelos alunos ou pelos seus governantes. A evasão escolar é cada vez mais frequente e o interesse pelo conteúdo ensinado é muito carente. Com isso, não há aquela sede por aprendizado, a apreciação à literatura e às artes em geral. Uma maneira de incentivar e mostrar a importância da leitura é simplificar o que é apresentado para que a leitura de livros clássicos seja mais atraente. Assim, os estudantes conseguem interpretar o que estão lendo e são cada vez mais atraídos pelos livros, amadurecendo seu intelecto e tornando-se aptos a ler as versões originais no futuro. Afinal, além de instigá-los, essa adaptação dará uma base aos estudantes, desde cedo, que terão a oportunidade que muitos não têm de contatar e se familiarizar com a língua portuguesa e a cultura brasileira, vendo seu valor. Isso facilita ainda o estudo dos movimentos literários, uma vez que ao conseguir entender o que leem, suas características tornam-se mais perceptíveis. Portanto, a adaptação de obras clássicas traria não só benefícios para o contato de alunos com a nossa cultura, mas também os atrairia para a apreciação e

interpretação

corretas

das

obras,

assumindo-se que futuramente também leriam as obras originais. Mesmo porque, a essência não mudaria, sendo que haveria apenas algumas substituições para que a compreensão fosse maior, preservando a intenção dos autores. Por Camila Campos, 3ª série E.M. 35


Biofísica, como ferramenta de aprendizagem A biofísica é a ciência que busca o entendimento de fenômenos biológicos através de aplicações de teorias físicas. Dentre os vários campos passíveis de estudos podemos elencar a biofísica da visão, principalmente pela sua importância, já que uma das principais formas de interação do homem com o mundo acontece através da percepção de radiação luminosa, e, através da biofísica podemos compreender o funcionamento do globo ocular e suas partes, a formação da imagem pelo cérebro e ainda os possíveis defeitos da visão como a miopia ou a hipermetropia. Apesar de aparentemente distante do currículo do ensino médio, podemos utilizar a biofísica como parte integrante do ensino médio em um momento interdisciplinar da Física e da Biologia, que são vistas pelos alunos como disciplinas estanques, dificultando seu aprendizado e correlação com fenômenos do cotidiano.

http://www.fotoselentes.blogspot.com.br/

Em uma abordagem que busca oferecer oportunidade aos alunos de cumprirem competências e habilidades citadas nos Parâmetros Curriculares Nacionais – PCN´s, necessárias para a investigação e compreensão de fenômenos ligados ao cotidiano, levamos à sala de aula (especificamente para o 2° ano do ensino médio) uma proposta de apresentação de uma série de

36


seminários acerca exatamente do sistema visual humano. As apresentações foram divididas por temas, e cada grupo foi responsável por determinado problema do sistema visual, tendo que necessariamente apresentar o sistema ocular e seu funcionamento, a descrição da doença que lhe foi competida e sua possível causa e solução e ainda, relacionar os aspectos biológicos e físicos envolvidos tanto na formação inicial da imagem como na descrição da doença visual citada pelo grupo em questão. O objetivo maior nessa tarefa foi mostrar aos alunos as relações estabelecidas entre os temas abordados em sala de aula, como por exemplo, a refração e a reflexão da luz e a aplicação desses conceitos no entendimento de fenômenos do cotidiano, exemplificados na utilização de lentes corretivas em óculos. Quando o aluno tem a possibilidade de estabelecer uma coesão entre disciplinas como a Física e a Biologia, o processo de ensino-aprendizagem pode ser facilitado e essa ligação entre as disciplinas envolvidas pode até se transformar em fator motivador e mediador do processo.

37


Projeto de Orientação Profissional no INSA Poucas pessoas já passaram por um processo de Orientação Profissional na vida e, menos pessoas ainda, sabem realmente qual a importância disso para uma escolha profissional consciente. Quando falo sobre escolha profissional consciente, quero me referir à escolha pensada, à escolha baseada em autoconhecimento e conhecimento da realidade socioprofissional, isso implica na observação de si mesmo e do mundo.

Palestra Motivacional - Bruno Tirolo, Engenheiro, professor de matemática no INSA para os alunos chineses.

A Orientação Profissional já foi inserida no contexto escolar há muito tempo, porém no contexto de uma Orientação Educacional na qual se aplicavam “Testes Vocacionais” para “traçar” o perfil e interesse dos alunos. Era uma questão de achar a pessoa certa para o lugar certo, como até hoje acontece na área de Recursos Humanos das empresas. Muitas pessoas ainda veem dessa maneira. Normalmente, quando um jovem está muito confuso em relação à escolha da profissão, ouvimos falar “por que você não faz um teste vocacional?”. Não é por acaso que temos muitos deles até mesmo na internet. É necessário diferenciar. Os testes da internet não possuem nenhum embasamento teórico ou cientifico; já testes Vocacionais, que são aplicados somente por psicólogos, tem um embasamento teórico e científico e são revistos constantemente para serem atualizados.

38


Palestra em parceria com a Anhembi Morumbi sobre Escolha Profissional

O caso, é que um processo de Orientação Profissional vai muito além da aplicação de testes. Os testes são importantes para o autoconhecimento, mas eles não podem definir a escolha de ninguém. Por isso, um dos pontos que precisa ser trabalhado nesse processo é o próprio ato de fazer escolhas, que, vamos combinar, não é nada simples. Claro que algumas escolhas são mais fáceis de fazer do que outras; por exemplo, consigo administrar bem ao optar por um prato de comida dentre várias possibilidades em um restaurante “a la carte”. Consigo lidar melhor com essa escolha, pois ela é cotidiana, assim eu não preciso pensar tanto nas consequências e nas perdas que terei, pois elas são menos importantes e duradouras para mim. O mesmo não ocorre com a escolha da profissão, que muitos dizem ser “uma escolha para o resto da vida”, embora saibamos que o mundo profissional está em constante mudança, que as carreiras estão cada vez mais interligadas e que a transição entre áreas de trabalho é muito mais simples hoje do que já foi um dia. Mesmo com essa maior flexibilidade entre as carreiras, o jovem vem carregado por este pensamento, o que torna a hora da escolha realmente difícil. Alguns podem pensar ou dizer, “no

39


meu tempo não era assim”; mas não havia tantas opções, tantas informações, tantas possibilidades... É realmente maravilhoso ter a liberdade para escolher algo, mas, ao mesmo tempo, isso traz uma confusão enorme, pois, entre tantas alternativas, escolher uma que tenha que dar certo para o resto da vida é um grande dilema.

Palestra sobre profissões na área de Administração e Negócios, com Silvio Hamaue, professor da Universidade Anhembi Morumbi.

A escolha é um dos aspectos mais importantes trabalhados em um processo de Orientação Profissional, porém, antes de chegarmos neste ponto, é preciso passar por vários outros. O primeiro seria a fase de autoconhecimento: saber quem sou, o que gosto, quais as minhas características, minhas habilidades

e

minha

história.

Responder

a

esse

questionamento

é

importantíssimo para a escolha autêntica, duradoura, que me trará prazer e, provavelmente, sucesso. Em segundo lugar, mas, não menos importante, vem a questão da informação.

A pessoa tem que ter informações sobre cursos,

profissões, carreiras e mercado de trabalho. Este item parece simples, mas não é, pois diante de tanta informação, os jovens sentem-se confusos, tanto em relação à fonte, ou seja, onde buscar essas informações, quanto em relação à confiabilidade. Mas apenas conhecer as profissões não é suficiente, é preciso relacionar todo esse conhecimento e fazer uma escolha no final. Para isso, ainda são trabalhados temas como: identidade, influências sociais na escolha (família, amigos, escola, mídia), dificuldades no processo de escolha, sentimentos e emoções, projeção de futuro (que tipo de vida quer ter, quais são seus sonhos e objetivos), planejamento pessoal/ profissional. Pensando nesses aspectos, no ano de 2013, alguns professores e a coordenação perceberam que muitos alunos saiam do 3º ano do Ensino Médio

40


sem nenhuma ideia do que fazer no ano seguinte. Muitos tentavam ajudar, mas, com a quantidade de tarefas a serem realizadas na escola, não havia um espaço para essa questão específica.

Como a quantidade de pessoas com essa

demanda foi grande, pensou-se em trabalhar a questão para todos, e a partir disso, foi estabelecida como uma das disciplinas da grade curricular para o ano de 2014 a disciplina Orientação Profissional. A disciplina é ministrada na escola desde o 9º ano do Ensino Fundamental II até o 3º ano do Ensino Médio, em uma aula semanal. Pensou-se em iniciar o processo no 9º ano, justamente para serem trabalhadas as questões relacionadas à primeira escolha que terão na escola, como fazer um curso técnico ou um Ensino Médio regular. Nessa série, o conteúdo das aulas é focado principalmente no autoconhecimento, na busca por informações e no desenvolvimento da observação de si e do mundo. A mesma linha é seguida até a 3ª série do Ensino Médio, na qual o objetivo principal é trabalhar o desenvolvimento pessoal/ profissional do aluno, tanto relacionado às informações quanto ao desenvolvimento de competências importantes para o mercado de trabalho.

Feira do Estudante CIEE - 2015

41


O projeto vem sendo implementado desde então com o auxílio de toda a escola, familiares e parceiros (Instituições de Ensino Superior). E, além da sala de aula, a proposta é que os alunos tenham contato com vivências profissionais, assim é composto também por ciclos de palestras, nos quais profissionais de diferentes áreas contam sua trajetória profissional e como elaboraram seu processo pessoal de escolhas. Além disso, há atividades que ocorrem fora do espaço escolar como visitas à Instituições de Ensino Superior, Feiras do Estudante e Empresas. As palestras com profissionais são fundamentais para o projeto, pois elas auxiliam cada aluno a se identificar com as áreas profissionais e buscar referenciais e modelos a seguir. Para estas palestras, nossos principais parceiros são os pais e familiares dos alunos e os próprios ex-alunos da escola. Este movimento também aproxima os pais da escolha profissional dos filhos, fator indispensável ao processo. Diversos estudos da área apontam que a família é um dos pontos mais importantes na escolha profissional dos jovens. Esse projeto do Instituto Nossa Senhora Auxiliadora vem colaborar com o objetivo da escola como um todo, que é auxiliar na formação integral da pessoa, desenvolvendo seus valores, potenciais, habilidades, criticidade e consciência de sua identidade. É importante desenvolver o potencial para a escolha, para que possam escolher algo que interesse, impulsione, cative e, finalmente, que possam amar. “Para ter sucesso, é necessário amar o que faz. Caso contrário, levando em conta apenas o lado racional, você simplesmente desiste. É o que acontece com a maioria das pessoas” - Steve Jobs Professora Anne Prado, responsável pela disciplina de Orientação Profissional, formada em Psicologia com formação em Coaching e pósgraduação em Orientação Profissional e de Carreira e que acima de tudo, “ama o que faz”.

42


Espaรงo aberto O cotidiano no INSA Maternal:

43


Infantil 2 Ao longo do ano é realizado com as turmas do infantil 2 o projeto Alfabeto, que utiliza o livro paradidático “Palavras, muitas palavras...” da autora Ruth Rocha, como apoio e complemento. Esse trabalho tem sido um instrumento de conhecimento e estímulo para os nossos alunos, que são apresentados ao maravilhoso mundo das letras e palavras de forma lúdica e enriquecedora. Sinopse do livro Cada letra do alfabeto é a primeira letra de muitas palavras que todos gostam e conhecem. Com muita graça e muita rima, todas as letras do alfabeto se apresentam para as crianças e os desenhos fazem com que elas fiquem ainda mais amigas das letras.

Professoras: Patrícia Reis e Stephanie Villegas

44


Integral D “A Bíblia é a palavra de Deus semeada no meio do povo” No mês de setembro comemoramos o mês da bíblia; os alunos do Integral D tiveram a oportunidade de conhecer e analisar, por meio da leitura de passagens bíblicas, os ensinamentos da palavra de Deus. O estudo foi enriquecido com a chegada de uma nova bíblia para a Capela do colégio e os alunos foram convidados a participar de um momento solene para marcar essa data. Leandro Siqueira Silva e Clara Gonçalves Petrini, do 4° ano B, tiveram o prazer de segurar a Vela e a Bíblia nesse momento de emoção e de devoção entre a turma.

Profªs Tamara e Camila.

45


PASSEIO AO MUSEU DA IMIGRAÇÃO No início deste ano, alunos do 5º ano realizaram um estudo sobre a imigração no Brasil colônia. Essa atividade permitiu que os estudantes pudessem compreender a relação existente entre imigração e escravidão e analisar os motivos que levaram muitas pessoas a deixar sua pátria e migrar para o nosso país. O estudo foi finalizado com a revista ao “Museu da Imigração”, local de passagem,

onde

os

imigrantes

eram

cadastrados

e

posteriormente

encaminhados para trabalharem em lavouras de café ou cana-de-açúcar. A visitação foi muito proveitosa, pudemos visualizar e estudar objetos e documentos daquela época. Todo esse trabalho nos ajudou a entendermos um pouco melhor nossas próprias origens, as circunstâncias de nossa colonização e os motivos da existência de diferentes raças em nosso país. Alunos do 5º ano A e B. Professoras: Mônica Lucia Dala Pria Soares e Patricia Thomaz.

46


47


48


Visita do Autor No dia 18 de junho, os alunos dos terceiros anos, receberam a visita da autora Patrícia Viviane da Cunha, autora do livro Friozinho na Barriga. Nós tivemos o prazer de recebê-la para uma tarde de autógrafos, sessão de fotos e conversa dirigida sobre o livro. Os alunos adoraram o encontro.

49


50


Visita a SABESP Os alunos dos 4º anos A e B elaboraram durante o 2º semestre, um trabalho sobre a água, tema atual, crítico e desafiador. Por meio de debates em sala, estudos do meio, visita à rede de tratamento da SABESP em Cotia, eles puderam vivenciar todo o processo de tratamento da água. Para encerrar o projeto os alunos fizeram uma apresentação no dia 29/09/2015, em forma de Sarau, tentando transmitir aos seus pais e familiares a consciência que todos nós devemos ter de que a água é um recurso natural com características muito especiais, indispensável à vida do homem e dos demais seres vivos.

51


52


53


54


Projeto Bonecos As turmas do infantil 3 realizaram um trabalho intitulado “Projeto Bonecos”. O projeto foi iniciado a partir da leitura do livro Grande ou Pequena, de Beatriz Meirelles. Para promover a identidade da criança, os alunos confeccionaram um boneco em tamanho real com suas principais características físicas, além de um portfólio com dados biográficos, registros e produções de cada um. O projeto desenvolveu nos alunos o conceito de medidas, o desenvolvimento de habilidades e percepção espacial: constância de forma e tamanho, percepção de forma no espaço, discriminação visual e coordenação motora visual, o respeito às diferenças e às características individuais, além do senso de cuidado e responsabilidades com o próximo. As diferentes etapas deste projeto trouxeram muitas descobertas e conhecimento para os alunos do infantil 3.

Fotos do projeto:

55


ATIVIDADE: BRINCANDO TAMBÉM APRENDE O NOME A construção da identidade se dá por meio das interações da criança com o seu meio social. As atividades realizadas ajudam não só a reconhecer seu próprio nome como também conhecer a história e seu significado, identificar o nome dos colegas e as letras, compreender que as letras formam outras palavras, realizar atividades lúdicas que explorem o traçado das letras. Atividade de identificação do nome: O professor sorteia o nome mostrando para a sala, cada criança identifica o seu. Em seguida espalha-se os nomes pela quadra e pede-se para as crianças procurarem o próprio nome e o nome do aluno. Também desenvolvemos a roda de conversa, a chamada diária de cada nome e a leitura da listagem dos nomes no cartaz. Infantil 1 A e B Professoras: Flávia e Patrícia G.

56


UMA FESTA PARA SEU ALFABETO O curso Integral, oferecido pelo INSA no período matutino do colégio tem como objetivo proporcionar atividades e entretenimento para nossos alunos de Educação Infantil e Ensino Fundamental I que necessitam passar o dia todo em nossas dependências. A turma do Integral C é constituída por alunos dos 1º e 2º anos do Ensino Fundamental I. Durante as aulas desenvolvemos projetos que englobam assuntos

como

arte,

valores,

respeito

mútuo,

datas

comemorativas,

experiências, atividades lúdicas como a retomada de brincadeiras antigas, realização de tarefas etc. Alguns projetos são desenvolvidos para complementar o trabalho pedagógico do curso regular, como, por exemplo, o livro de atividades “Uma Festa para Seu Alfabeto”, elaborado pela professora que utilizou como apoio o livro paradidático solicitado na lista de materiais “O Aniversário do Seu Alfabeto”. As atividades foram estruturadas para instigar os alunos da turma a revisar e complementar seus aprendizados em relação às propriedades das letras do alfabeto.

Além disso, juntamente com o projeto foi inserida a

participação da mascote do “Seu Alfabeto” que participa das atividades realizadas durante o final de semana de um aluno da turma que é sorteado a cada sexta-feira. Dessa forma, promovemos a interação entre a família de cada aluno da turma com atividades lúdicas e de lazer. Essa participação é registrada por fotografia, desenho, escrita, colagem etc, sendo compartilhada posteriormente com toda a turma do Integral. Ademais, o encerramento do projeto culminará em uma festa de aniversário para o “Seu Alfabeto”, planejada pelas crianças da turma e que contará com a elaboração de uma deliciosa receita de brigadeiros, realizada pelos alunos da turma. Observe a criatividade e felicidade na participação de alguns alunos que já tiveram a oportunidade de levar a mascote para casa! Professora Marília Peres

57


58


Sarau - "TERRA PLANETA ÁGUA"

No dia 29/09/15 os alunos do Fundamental I (do 2° aos 5° anos) apresentaram um Sarau cujo tema era a água. Foi um trabalho realizado durante todo o ano letivo, com passeios, músicas, poesias e outros trabalhos direcionados sobre esse tema tão discutido atualmente. Os alunos e Professoras arrasaram na apresentação, que contou com a colaboração das Professoras de inglês (Priscila), música (Rosana) e dança educativa (Greice). PARABÉNS PELA APRESENTAÇÃO!!!!!!!

59


60


61


,

62


MATERNAL Projeto Chapeuzinho Vermelho Esse projeto tem como objetivo, despertar o prazer em ouvir histórias, fazendo com que os alunos tenham contato com o livro, preparando a criança para a aprendizagem de leitura oral e escrita, de maneira lúdica e criativa, estimulando a criatividade e imaginação, tão importante nessa faixa etária, além de desenvolver a expressão oral e corporal, trabalhar com quantidades, através de receitas e ensinar a importância de não contar mentiras e não desobedecer aos pais. História: Chapeuzinho Vermelho é uma menina que mora em uma casa na floresta. Quando a vovó fica doente, sua mãe pede que ela leve biscoitos para a vovó e alerta sobre o perigo de se desviar do caminho. Chapeuzinho Vermelho desobedece sua mãe e entra na floresta, onde encontra um lobo e conta para onde está indo. O lobo, que foi mais rápido, chega à casa da vovó e devora a velhinha. Chapeuzinho Vermelho chega em seguida e entra na casa sem saber o que havia acontecido. O lobo finge ser a vovó de Chapeuzinho e tenta devorar a menina também. Um lenhador que estava ali por perto, ouve os gritos da menina, e vai ajudá-la. Ele tira a vovozinha de dentro do lobo e todos ficam felizes. Com esse projeto foi possível desenvolver a oralidade e ampliar o vocabulário dos alunos por meio da leitura da história. Pudemos ainda refletir sobre alguns valores como o cuidado que se deve ter no relacionamento com estranhos e a obediência aos pais. Além disso, a turma pode também preparar e degustar os deliciosos biscoitos da vovó.

63


Integral A e B Projeto “O Mundinho de Boas Atitudes” O Projeto Mundinho de Boas Atitudes, foi baseado na leitura do livro com o mesmo título. A exploração de cada página, possibilitou às turmas do integral A e B, a construção de conhecimentos significativos sobre diversos temas. Um dos objetivos era levar a criança a perceber a importância do respeito a si própria e das boas atitudes com os amigos, desenvolvendo nelas hábitos importantes para a vida cotidiana, tornando-as mais amáveis com os outros. Além disso, incentivar a leitura, desenvolver a linguagem oral ampliando o vocabulário, e valorizando o diálogo como forma de vida. Essa leitura propiciou meios para que a

criança

desenvolvesse

senso

crítico.

Incentivou o convívio grupal, criando ambiente em que ela se expressasse por meio de desenhos. Fez com que prestassem atenção nas regras de convivência e pensassem sobre o respeito mútuo. Ao término do projeto cada criança produziu seu próprio livro.

64


1º anos A / B / C Toda criança precisa de um momento em que ela possa se transportar para o mundo do faz-de-conta. E nada mais mágico do que a hora do conto, ainda mais para as crianças nesta faixa etária. Aproveitamos que setembro é o mês da Bíblia, e juntamente com toda a Salesianidade envolvida, realizamos uma “contação bíblica” da passagem do evangelho: “O filho pródigo”. Nessa “contação”, usamos como recurso, o uso de fantoches. Os puderam participar interagindo com o personagem, refletindo sobre o valor do perdão e amor entre pais e filhos.

65


CAPA

Arte Na história da arte, os movimentos artísticos sucedem-se e propõem sempre algo novo, abrindo possibilidades para novas manifestações. Porém,

alguns

movimentos

adotam

posições contrárias aos anteriores, e fazem com que haja uma ruptura de ideias, ao invés de dar uma continuidade. No entanto, essa postura não chega a ser algo negativo, pois demonstra propósitos firmes por parte dos artistas, e faz da arte algo dinâmico e imprevisível. No Brasil, houve uma sequência de inovações artísticas a partir do meio da década de 1910. Em 1917, Anita Malfatti inova com uma produção nacional moderna e sintonizada com o mundo; em 1922, com a Semana

de

Arte

Moderna

inicia-se

formalmente a busca por uma identidade artística nacional. Outros tantos movimentos culturais também levaram o Brasil aos poucos a estar entre os produtores de cultura moderna e conectada com o mundo. Na década de 50, o Brasil já exibia esse novo conceito de arte em alguns importantes museus como o Museu de Arte de São Paulo (MASP), e os Museus de Arte Moderna (MAM) de São Paulo e do Rio de Janeiro. Além disso, promovia uma das mostras mundiais mais importantes nas artes plásticas, a Bienal Internacional de São Paulo.

66


Entre os movimentos que causaram forte impacto nas artes visuais brasileira, estava o Concretismo ou Abstração Geométrica. A primeira exposição de Arte Concreta aconteceu em 1952, no MAM paulista, quando o grupo Ruptura, liderado por Waldemar Cordeiro (19251973), rompeu definitivamente com a figuração e propôs uma arte voltada à razão em prioridade à emoção, mais matemática e precisa que poética. Era a representação de figuras geométricas em composições precisas e equilibradas, baseando-se na ideia de que a obra de arte era um fim em si mesmo, não era representação da mera realidade. Fizeram

parte

do

Ruptura

artistas

estrangeiros e brasileiros, entre eles: Lothar Charoux (1912- 1987), Waldemar Cordeiro, Geraldo de Barros (1923- 1998) e Luiz Sacilotto (19242003). No Brasil, essas ideias concretistas foram se infiltrando por meio do trabalho do arquiteto, artista, escultor e designer gráfico suíço Max Bill (1908- 1994). Ele foi aluno da escola de Bauhaus (escola alemã de arquitetura, arte e design, fechada pelo nazismo em 1933) e quis retomar e propagar as ideias lá desenvolvidas, fundando e dirigindo a Escola Superior da Forma, em Ulm (Alemanha). Essa escola foi um centro de criação, manifestação e divulgação de novas tendências artísticas.

67


A proposta de Max Bill e sua produção, tiveram uma grande influência na arte brasileira. Ele realizou uma exposição no Museu de Artes de São Paulo em 1950 e, no ano seguinte, participou da primeira Bienal Internacional de São Paulo, na qual levou o prêmio de melhor escultura com a obra “ Unidade Tripartida”. Para ele, a obra de arte deveria ser organizada de forma clara e precisa, com rigor matemático. A pintura não deveria conter excessos, somente as formas e as cores essenciais para sua composição. Essas ideias encontraram aceitação imediata por parte do grupo de artistas nos anos 50, pois o Brasil vivia uma época de novos e arrojados projetos idealizados pelo então presidente Juscelino Kubistchek, como a construção de Brasília. Os grupos, Frente e Ruptura, uniram-se, em 1956, para organizar a Exposição Nacional de Arte Concreta no Museu de Arte Moderna de São Paulo. Além de esculturas e pinturas a mostra também apresentava cartazes com poemas concretos de Haroldo e Augusto de Campos, Ferreira Gullar e Décio Pignatari.

68


No ano seguinte, a mesma exposição foi montada no Rio de Janeiro, recebendo grande cobertura da imprensa, causando repercussão positiva no meio artístico. Além de propor uma arte totalmente avessa ao figurativismo, a arte concreta foi inovadora ao utilizar materiais industrializados na confecção de suas obras, como pistola de tinta, aglomerado de madeira, metais, entre outros materiais. No fim dos anos ’50, alguns artistas opuseram-se a linha racionalista do concretismo e buscaram uma nova forma de representação mais voltada para as sensações. Era o fim da arte concreta e o início do neoconcretismo, mais uma vez um novo movimento surgia para contradizer o anterior. Podemos citar alguns artistas neoconcretos: Lygia Clark, Helio Oiticica, Ligia Pape, e tantos outros que deixaram um legado cultural e artístico de tamanha qualidade visual e sensorial, capaz de ser vanguarda ontem, hoje e sempre.

Mascaras criação de Lygia Clack

69


NEA – Projetos Anuais Neste ano, o grupo que compõe o NEA - Núcleo de Educação Ambiental do INSA – está bem mais engajado e criativo e tem desenvolvido projetos que trazem um grande estímulo às questões ambientais vividas no cotidiano INSA. Para quem ainda não conhece, o projeto ambiental NEA foi criado em 2007 pela professora MSc. Irene L. Ramos que o coordena ativamente até hoje. Desde então, tem promovido ações socioambientais com um grupo de alunos voluntários de 6.º Ano a 3.º EM, que se inscrevem no início do ano e, democraticamente, votam nos projetos a serem desenvolvidos no decorrer do ano. Atualmente, o Núcleo conta com a parceria da Prof.ª MSc. Sibele Registro e com o apoio do auxiliar de laboratório William A. Silvio, ex-aluno do INSA e graduando em Engenharia Elétrica. Porém, no primeiro semestre ainda contou com a dedicada e esmerada parceria do auxiliar e licenciando em Química pela USP, Gabriel Henrique M. Esteves, ao qual reiteramos aqui nossa imensa gratidão por todo empenho, carinho e profissionalismo que sempre dedicou ao nosso grupo! Neste ano, o grupo de alunos voluntários do NEA é composto pelos queridos: Alexandre H. F. Lopes (1.º EM), Ana Beatriz B. Santos (8.º B), Cristina Chen (9.º A), Diego F. de Oliveira (8.º A), Eduardo M. Cintra (7.º B), Ettore Enrique M. Silva (9.º A), Fernanda L. Godoy (2.º EM), Gabriel Cichy Silva (1.º EM), Gabriela M. Macena (9.º A), Henrique A. Macadura (9.º A), Isabela L. Zafra (1.º EM), Isabella M. S. Araujo (7.º B), Isabella R. Romão (7.º B), Jasmin Chao (6.º A), Letícia Ingrid B. Santos (2.º EM), Lucas Okutani de Almeida (9.º A), Matheus de Carvalho C. Santos (2.º EM), Rafael Chen (8.º A) e Rhannya M. Porto (9.º A).

70


As nossas atividades de 2015 iniciaram com o planejamento das ações a serem desenvolvidas neste ano, que serão destacadas a seguir. Entretanto, como proposta das professoras coordenadoras e com o apoio sempre fundamental de nossa diretora, Prof.ª Laura Léo Ferreira, pretende-se ampliar as ações promovendo uma pesquisa de formato científico com toda a comunidade educativa, para futura submissão a publicação em revistas da área. É o NEA crescendo com um olhar também acadêmico, em busca de uma importante valorização para tornar-se referência para outros projetos. As atividades desenvolvidas

neste ano serão destacadas a seguir. Atividades - 2015: - Campanhas de reciclagem - óleo, pilhas, baterias e lacre: o grupo discutiu as dificuldades da participação mais ampla dos alunos nas campanhas e, assim, redefiniu estratégias. Decidimos reorganizar o layout das chamadas para as coletas, trocando os cartazes dos coletores e criando um novo modelo de coletor de lacres. O coletor, criado pelo grupo e construído pelo Sr. Toninho, responsável pela manutenção do colégio, foi um sucesso!

71


Estamos arrecadando ainda mais os lacres, com uma participação ativa e animada dos alunos, especialmente os do período da tarde. Aproveitamos para agradecer a participação de todos e reiterar que, em breve, completaremos nossa meta de arrecadação para a troca pela 1.ª cadeira de rodas.

72


- Parceria nas campanhas de reciclagem de óleo, pilhas e baterias: a pedido do NEA, a diretora Laura concordou em renovar o investimento com a parceria com as empresas que retiram as pilhas e baterias coletadas no INSA e as reciclam corretamente dentro das normas ambientais oficiais, enviando de volta os laudos do descarte correto. Com relação ao óleo, ainda produzimos o sabão que já é famoso na comunidade, porém, estamos firmando parceria com uma empresa que coleta o óleo o transforma em sabão ou biodiesel. O NEA decidiu promover essa parceria devido ao volume maior de óleo recebido, o que já demonstra uma nova cultura da comunidade educativa que se ampliou às famílias de nossos alunos.

73


Que ótimo! Que tal participar ainda mais? Nossas campanhas continuam durante todo o ano! - Horta comunitária do INSA: o NEA novamente preparou o solo dos canteiros e plantou diversas mudas (couve, alface, escarola, salsinha, pimentão, tomate-cereja, berinjela, ervas medicinais) – que são colhidas e renovadas durante o ano e doadas à comunidade. Nossa horta é sempre visitada pelos alunos do infantil e demais visitantes que veem conhecer o INSA. Nossa meta é identificar as plantas com placas feitas de material reciclável, dando um novo charme à horta, além de informar e incentivar o aprendizado.

74


- O NEA na Festa Junina: como já é tradição, o NEA teve sua participação ativa na Festa Junina do INSA. Os brindes confeccionados pelo grupo do NEA tinham sempre o modelo ecologicamente correto. Este ano criamos o “Jogo de Dados”, muito apreciado principalmente pelas crianças. Novamente, o dinheiro arrecadado foi reservado para saídas ecológicas como atividade-prêmio aos alunos participantes do NEA.

Novidade – apoio jornalístico: como o NEA cresce a cada ano, é necessário registrar suas ações de forma mais atuante. Então, a convite da Prof.ª Irene, os alunos Gabriela e Ettore aceitaram o desafio de fazer parte do grupo e, ainda, com seu olhar apurado, registrar o cotidiano do NEA. Esse trabalho está resultando em um novo formato de campanhas – um filme de curta duração

75


apresentado simultaneamente a todas as turmas, nos três períodos, juntamente com um questionário sobre os hábitos de descarte dos resíduos sólidos da comunidade. Gabriela e Ettore deixaram seu recado: Morar na cidade pode ser sinônimo de perder o contato com o meio ambiente para muitos cidadãos, por isso cada vez mais procuramos um sítio para passar o feriado e descarregar as energias debaixo de uma árvore, pois o contato com a natureza ainda é uma das formas que muitas pessoas encontram para relaxar o corpo e a alma. No último encontro do NEA plantamos algumas mudas no canteiro do colégio e para muitos de nós foi a primeira experiência de contato com a terra. Com risadas e encantos, alguns disseram que era muito divertido poder plantar. Mas outros ficaram receosos de ter a chance de encontrar uma minhoca no meio do plantio. De forma geral, a maioria se sentiu mais “leve” ao final da atividade e saíram de uma forma mais radiante. Fazer simples atividades que nos fazem entrar em contato com a Mãe Natureza acabam despertando na maioria de nós um sentimento da infância: o encantamento por coisas novas e a curiosidade. - Camiseta do NEA – já foi decidido o novo logo do NEA por concurso e votação internos, além de definir a cor da camiseta que já está pintada pelos alunos. Será a nossa nova marca para as ações ambientais. - Mostra cultural: o grupo está preparando um corredor ecológico, onde serão expostos: uma linha do tempo e um vídeo-documentário com as ações do NEA em todos esses anos, um painel com os resultados da campanha de resíduos, além de um “eco jogo” interativo para os visitantes da Mostra poderem se divertir aprendendo. - Saídas ambientais: os momentos especiais mais esperados pelo grupo já estão planejados e, dessa vez, optou-se por passeios mais curtos e, se possível, uma visita ao Projeto Tamar de Ubatuba. - Final de ano: para as atividades comemorativas do Natal, vamos manter as campanhas de arrecadação de brinquedos, livros e gibis para encaminhar à Pastoral que os doa às Instituições infantis. A proposta de confraternização

76


votada neste ano será com o próprio grupo, em um “eco almoço”, se possível, em um local especial, pois esses alunos incríveis que formam o NEA merecem! Neste ano tivemos um incentivo especial da Irmã Zilá, sensível amante da natureza e entusiasta das ações promovidas pelo Papa Francisco. Ela nos presenteou com a Carta encíclica escrita pelo Papa, cujo título é “Laudato Si’ – sobre o cuidado da casa comum”, nosso planeta. No documento ele reforça os objetivos de suas sábias palavras e ações: O objetivo não é recolher informações ou satisfazer nossa curiosidade, mas tomar dolorosa consciência, ousar transformar em sofrimento pessoal aquilo que acontece com o mundo e, assim, reconhecer a contribuição que cada um pode lhe dar. [...] É preciso revigorar a consciência de que somos uma única família humana. Não há fronteiras nem barreiras políticas ou sociais que permitam isolar-nos e, por isso mesmo, também não há espaço para a globalização da indiferença. Maravilhoso, não? Uma incrível alma humana alertando a todos nós que ações conjuntas e solidárias fazem toda a diferença!

Quero novamente reiterar meu orgulho e agradecimento a cada um dos alunos que fazem parte deste grupo tão especial que compõe o NEA! Com vocês o INSA fica mais bonito, mais alegre, mais humano, com um olhar ambiental que se amplia em ações reais, ainda mais fortalecidas e maduras, em prol de uma real mudança de atitudes. Isso me faz relembrar Mahatma Gandhi, líder pacifista hindu, que nos alertou: “Seja você a mudança que quer ver no mundo. ” Muitíssimo obrigada, queridos voluntários do NEA: vocês SEMPRE fazem a diferença para a construção de um mundo melhor para todos nós do INSA! Com muito carinho Prof.ª Irene L. Ramos

77


Cantinho Pastoral A pastoral do INSA neste ano tivemos vários eventos em prol da construção de uma sociedade melhor. Sendo Bons cristãos e honestos cidadãos. Encontros com 5º Anos de Pastoral Páscoa doação de ovos para crianças da Associação São José Operário Celebração da Páscoa Encontros de Pastoral Acampabosco Dias das crianças na Associação com a participação dos alunos do 2ºE.M Visita a Casa de Senhoras da Missão Belém Missa do Bicentenário de D. Bosco

78


DOSSIÊ

Especial: Bicentenário de Dom Bosco

Projeto Conexão Dom Bosco: 200 Anos de Salesianidade Prof. Irrael B. C. Melo Jr. O ano de 2015 certamente é um marco para os salesianos de todo o mundo, já que nele comemoramos 200 anos do nascimento de São João Bosco, o fundador da Congregação Salesiana que é, atualmente, a maior instituição missionária da Igreja Católica. Trata-se de uma data emblemática para a Família Salesiana em todo o mundo, que de acordo com os últimos levantamentos, está presente em cerca de 131 países, nos cinco continentes. Sem contar os milhões de jovens

que

são

diariamente

assistidos nas casas salesianas (escolas, paróquias, obras sociais e universidades), essa numerosa família conta com mais de 400 mil membros

distribuídos

em

diferentes grupos que possuem como inspiração o Sistema Preventivo e o Carisma de Dom Bosco. Como parte das comemorações e homenagens ao nosso patrono, desenvolvemos aqui no INSA com os alunos das turmas 7ºA e 7ºB o projeto intitulado: “Conexão Dom Bosco: 200 anos de Salesianidade”. O objetivo principal dessa iniciativa é conectar os nossos alunos com pessoas de diferentes

79


partes do mundo que também tiveram a oportunidade de terem suas vidas impactadas pelos princípios de base cristã desenvolvidos por Dom Bosco há tanto tempo atrás e que ainda permanecem vivos nos dias de hoje. Com o uso da tecnologia e a intermediação da internet, nos últimos meses, nossos alunos estão trabalhando para reunir depoimentos em nível internacional sobre a influência e importância do espírito salesiano na vida das pessoas. Além disso, inserido no projeto há competências e habilidades que estão sendo utilizadas e aprimoradas por meio de um trabalho interdisciplinar que vem sendo conduzido pelas disciplinas História, Geografia, Inglês, Espanhol e Matemática. A seguir apresentamos o que vem sendo desenvolvido por cada um dos professores participantes do projeto: Durante as aulas de História, os estudantes têm recebido as instruções gerais sobre o projeto. As metas, etapas a serem realizadas e objetivos também são apresentados e debatidos nesses momentos. Além dessa parte mais técnica do trabalho, os alunos ainda estão experimentando o trabalho de pesquisa que normalmente é realizado pelos

historiadores,

que

estão

buscando em diferentes fontes as informações necessárias para revisitar a história da salesianidade e ainda os elementos e contextos nos quais essa obra tem sido implantada no decurso de quase dois séculos em diferentes regiões do planeta.

Prof. Irrael B. C. Melo Jr.

80


Em Geografia os alunos trabalharam com o uso dos diversos recursos de busca na internet como, o Google, Google Maps, Baidu, Bing e outros. Com o uso dessas ferramentas buscaram as escolas e seus endereços, assim como, sites e formas de contato. Após esta fase da pesquisa foi trabalhado a organização e a sistematização cartográfica dos dados. Os alunos também pesquisaram os diferentes contextos históricos e geográficos dos países e continentes e foram provocados a refletir sobre a importância das escolas e missões salesianas nas diferentes conjunturas. Prof. Henderson Rocha

O projeto Conexão Dom Bosco veio para ampliar tudo aquilo que trabalhamos em sala de aula. Através do desenvolvimento das cartas para as escolas salesianas em Inglês e também a montagem das falas para o vídeo, os alunos puderam pôr em pratica tudo aquilo que já tinham como base de inglês e também ampliar de forma gratificante o vocabulário de cada um. Agora, eles irão iniciar a etapa do contato direto com esses alunos via Facebook e Skype. É isso aí, nosso projeto está caminhando a todo vapor e os alunos super empolgados!

Profª. Priscila Gardelli

As aulas de Matemática têm sido essenciais para o desenvolvimento do projeto, já que a leitura e construção de gráficos, o cálculo de distâncias, a utilização de escalas e os fusos horários são imprescindíveis para que os alunos possam se situar e organizar os dados que estão sendo recolhidos. Profª. Liliane Feola

81


Por meio desse projeto os alunos do 7ºA e 7ºB tiveram a oportunidade de aplicar conhecimentos preexistentes, ampliar vocabulário e desenvolver a escrita e a fala na elaboração do e-mail e dos vídeos para as escolas de língua espanhola. Na próxima etapa terão o contato direto com esse idioma, através de vídeos e conversas via Facebook e Skype. A animação e a empolgação em vivenciar novas experiências é contagiante! Profª. Cida Alonso Marini

Todo

esse

memorável trabalho terá seu ápice na grande exposição produzida pelos estudantes sob

a

orientação

dos

professores no dia 7 de novembro no Espaço São Francisco de Sales. Nesse dia

será

lançado

e

apresentado o livro digital em formato iBook (plataforma iOS) que posteriormente poderá ser baixado em qualquer iPad. A maior parte das informações e materiais desenvolvidos também estão sendo gradativamente disponibilizados em nossos endereços na internet:

Blog: www.conexaodombosco.blogspot.com Página do Facebook: www.facebook.com/ConexaoDomBosco Canal do YouTube: http://bit.ly/youtubeconexaodb

82


INSA comemora o Bicentenรกrio do nascimento de Dom Bosco

83


84


Esporte “Olhares sobre o Museu do Futebol” O Museu do Futebol visto pelos alunos do Ensino Médio No dia 12/08/2015, nossos alunos do Ensino Médio, visitaram o Museu do Futebol, localizado no Estádio do Pacaembu (Paulo Machado de Carvalho). A visita tinha como objetivo, relacionar a visão que nossos alunos têm do Futebol de hoje, com o conhecimento da história antiga.

O museu, que conta com excelente estrutura, expõe a Arte Moderna e Antiga. Conta às histórias do Futebol desde a sua invenção até as últimas Copas do Mundo. Principais nomes da modalidade, do contexto histórico político e social do Brasil e do Mundo são citados. Nossos alunos pouco sabiam sobre o passado desse Esporte. Conheciam sobre acontecimentos mais recentes como as Copas do Mundo de 2006, 2010 e 2014.

85


O deslumbramento era nítido na expressão dos jovens quando tiveram acesso às informações antigas, Copas e jogadores que fizeram a história do Futebol. Participaram também de um jogo virtual de cobranças de penalidades, que media a velocidade dos chutes, o que causou uma diversão geral. Mas acima de tudo, aprenderam que o Esporte caminha junto com a Cultura e a História Mundial.

86


Brincando e Aprendendo Cruzadinhas, caça-palavras... realizado pelos estudantes do 9º ano com orientação da profa. Rosa de Matemática. Quando iniciamos a aprendizagem em matemática, começamos a somar, e, com o tempo aprendemos outras operações. A matemática é uma ciência muito extensa e complexa, possui várias áreas como álgebra, que nos ensina a resolver equações de primeiro e segundo grau e geometria. Existem também teoremas como o de Pitágoras. Em geometria, trabalhamos com os ângulos e triângulos entre tantas outras formas. Quando aprendemos raízes descobrimos que há apenas uma raiz que tem valor zero. Encontre as palavras destacadas acima no caça palavras abaixo.

ELABORADO POR: JOÃO VITOR

87


Caça Palavra: Dom Bosco 

Ache as palavras em negrito do texto abaixo:

Em 1835, com 20 anos, entrou para o seminário. Tornou-se PADRE seis anos depois, em 5 de junho de 1841, quando passou a ser chamado de DOM BOSCO. Logo começou seu trabalho com meninos de rua, evangelizando-os e ensinando a eles uma profissão. A EDUCAÇÃO é permanente. Vendo os frutos desse trabalho, muitos colaboradores se juntaram a ele para trabalhar na missão de evangelizar e dar um futuro a JUVENTUDE desamparada. Em 1855, Dom Bosco

deu

o

nome

de SALESIANOS a

seus

colaboradores.

Maria

MAZZARELLO, juntamente com sua amiga Petronilla, fundou uma oficina de costura para meninas. O projeto deu certo e logo em 1863 a organização passou a acolher meninas órfãs com muito AMOR. Dom Bosco tinha certeza de que o maior número possível de CRISTÃOS devia unir forças para o bem do próximo, principalmente dos jovens pobres. As Voluntárias de Dom Bosco são uma instituição secular. Compõe-se de mulheres que professam os votos religiosos, mas permanecem com seus familiares e se entregam às mais diversas BRINCADEIRAS PASTORAIS, conforme as necessidades das igrejas locais.

88


ELABORAÇÃO: LARISSA E RHANNYA

89


Caテァa aos alimentos Nesta caテァa palavras, divirta-se procurando o nome de 10 alimentos.

ELABORADO POR MARCO ANTテ年IO

90


Poliedros Os poliedros são figuras que fazem parte da geometria espacial, ou seja, possuem três dimensões (comprimento, largura e altura), formados de vértices, arestas e faces. As faces do poliedro são formadas por polígonos (figura plana composta de n lado) e as arestas e os vértices correspondem aos lados e aos vértices dos polígonos. O Teorema ou Relação de Euler é válido somente para poliedros convexos. Os poliedros regulares que possuem todas as faces congruentes e de cada vértice parte o mesmo número de arestas e são compostos de polígonos regulares, ou seja, cada um com o mesmo número de lados. Alguns exemplos são: Tetraedro, Octaedro, Icosaedro.

91


Encontre as palavras em destaque do texto acima no quadro abaixo

ELABORADO POR PEDRO OMAR E VITOR SILVA.

92


ELABORADO POR ENZO E GABRIELA MIRANDA

Contando e pintando

ELABORADO POR JULIA E LUANNA

93


TROQUE

OS

SÍMBOLOS

PELAS

LETRAS

E

RECEBA

UMA

MENSAGEM ESPECIAL DE DOM BOSCO:

ELABORADO POR GABRIELLA SEPPE E ANA LUIZA

SUBSTITUA OS SÍMBOLOS DAS RESPOSTAS PELAS LETRAS:

1) Famoso teorema que se aplica em triângulos retângulos? ;£x∆%β≤∆÷ 2)

Qual é o matemático que recebeu inúmeros prêmios e honrarias incluindo Prêmio Nobel de Física? }£Ω÷X}Ω

3)

Qual é o matemático que criou o princípio da inércia, o princípio fundamental da dinâmica, princípio da ação e reação e a lei da gravitação universal?

94


Ω}∑XβΩ 4)

A relação criada pelo matemático suíço Leonhard ______ possui extrema importância no cálculo do número de arestas, vértices e faces de qualquer poliedro convexo e alguns não convexos. }µ±}≤

5)

Qual foi o matemático que é considerado o pai da geometria? }µ≥±£&}÷

6)

Qual foi o matemático considerado o “Príncipe da Matemática”? %∆µ÷÷

7)

Qual foi o matemático considerado “o maior matemático da antiguidade”? ∆≤≠µ£+}&}÷

8)

Qual foi o matemático chamado de “o fundador da filosofia moderna” e “o pai da matemática moderna”? &}÷≥∆≤X}÷ ELABORADO POR LUCAS OKUTANI E VICTOR HUGO

95


ELABORADO POR VITTORIA E MARINA

96


Palavras Cruzadas - Verticais 1)

É uma ave quase totalmente vermelha, muito comum nas florestas brasileiras e tem uma colega de cor azulada.

2)

É um mamífero que vive apenas na Austrália. Ele é conhecido por sua aparência pouco comum e pelos seus saltos... que são realmente muito altos!

3)

Esse animal é um réptil, da família das tartarugas, que possui uma carapaça muito forte e pernas grossas. Ele possui uma coloração avermelhada na cabeça e nas patas.

4)

É um inseto odiado pela maioria das pessoas... Ele costuma se esconder em lugares escuros e úmidos (como o esgoto), sua aparição pode gerar gritos e calafrios até nos mais corajosos.

5)

É um parasita causado por um verme... sua infecção é uma das mais comuns no mundo, costuma se alojar no intestino.

6)

É uma formiga da fauna americana que é conhecida por sua cor avermelhada e por ser carnívora. Uma mordida dessa formiga pode lhe causar um grande dor! É uma das mais importantes pragas agrícolas.

7)

É um animal que pode mudar de cor, se adaptando aos ambientes ao seu redor.

8)

É uma ave marinha e excelente nadadora. Ela adora lugares frios, onde costuma morar. É regularmente caçada por tubarões como forma de alimento.

97


Horizontais 1)

É um inseto de oito pernas, que constrói teias.

2)

É um réptil muito parecido com os crocodilos, ele é conhecido pelo seu tamanho e seu número de dentes.

3)

É uma espécie de cobra, muito venenosa. Que é facilmente reconhecida, por possuir uma espécie de chocalho na ponta de seu rabo.

4)

É um animal que vive em regiões marítimas... se aloja tanto nos corais como em baixo da areia e terra. Ele possui “pinças” que ele utiliza para sua proteção e alimentação.

5)

É uma ave que se alimenta principalmente de animais mortos. E quando não os encontra, se alimenta de roedores.

6)

É um peixe que habita geralmente regiões frias, sobe riachos para desovar... é um dos principais alimentos dos ursos e é utilizado na culinária japonesa.

7)

É um mamífero herbívoro que vive na África, ele é conhecido pelo seu torso em forma de barril e sua grande boca. Ele costuma ficar boa parte do tempo na água, e é muito agressivo.

8)

É um mamífero primata que habita as florestas tropicais da África, ele compartilha 99% de seu DNA com os humanos e pode chegar até os 5 metros de altura.

98


CRIAÇÃO: JOAQUIM E VITOR VISINI

Decifrando com Dom Bosco!!!

ELABORADO POR ANA BEATRIZ E HELOISA.

99


ELABORADO POR: ANA CAROLINA E ETTORE

100


JOGO DE PALAVRAS Forme os nomes de escritores internacionais e nacionais de acordo com a letra inicial de cada sĂ­mbolo:

ELABORADO POR BEATRIZ TADIM E ISABELLY

101


Você sabe o que se comemorou no dia 16 de agosto de 2015? Descubra o nome dessa comemoração seguindo as instruções:

Jogo dos 7 erros ENCONTRE AS SETE DIFERENÇAS ENTRE OS QUADROS ABAIXO:

102


ENCONTRE AS SETE DIFERENÇAS NUMÉRICAS ENTRE OS DOIS QUADROS ABAIXO:

ELABORADO POR URIEL E LUIZ FELIPE

103


LABIRINTO Ajude Dom Bosco a encontrar a Bíblia, as crianças e saírem na escola.

ELABORADO POR BRENO E CAMMYLA

104


AJUDE DOM BOSCO A ENCONTRAR O MENINO:

ELABORADO POR LETÍCIA, MANOELA E SANNA

105


LIGUE OS PONTOS E DESCUBRA O SANTO QUE IRÁ SURGIR:

ELABORADO POR ANDRÉ E CAIO.

106


LIGUE OS PONTOS E DESCUBRA UM IMPORTANTE SANTO DA IGREJA CATÓLICA:

ELABORADO POR ISABELLA E CRISTINA

107


108


RESPOSTAS Gabarito da Cruzadinha por Joao Vitor

109


Resposta Caça Palavra – Dom Bosco:

110


Resposta Caรงa aos Alimentos por Marco Antonio

111


Resposta Poliedros:

112


Resposta de Resolva as Operaçþes por Enzo e Gabriela Miranda:

Resposta de Contando e pintando por Julia e Luanna:

113


Resposta para “Troque os símbolos”:

Respostas de “Substitua os Símbolos” por Lucas Okutani e Vitor Hugo: 1) Pitágoras 2) Einstein 3) Newton 4) Euler 5) Euclides 6) Gauss 7) Arquimedes 8) Descartes

114


RESPOSTAS

115


Resposta Palavra Cruzada por Joaquim e Vitor Visini

Resposta de Decifrando Dom Bosco: Quem quer ser amado deve demonstrar que ama.

116


RESPOSTAS:

117


Resposta de “Jogo das Palavras” 1) John Green. 1) Veronica Roth. 2) Thalita. 3) Ziraldo. 4) Isabela Freitas.

Respostas de “Comemoração”:

Respostas de “Jogo dos 7 erros”:

118


Resposta de “Diferença Numérica”:

119


Resposta de “Labirinto”:

Resposta de “Labirinto” por Letícia, Manoela e Sanna:

120


121


Memória O escritor Eduardo Galeano morreu, aos 74 anos, em 13 de abril de 2015. O autor de As Veias Abertas da América Latina estava em sua casa, em Montevidéu. Ele lutava contra um câncer no mediastino (região da cavidade torácica) que havia entrado em metástase.

Eduardo Galeano (1940-2015)

Nascido em Montevidéu em 1940, Galeano começou cedo no jornalismo e na literatura — aos 14 anos, já vendia charges para jornais uruguaios. Famoso pela multiplicidade (escreveu livros de História, ficção e ensaios), denunciou a opressão no continente latino em As Veias Abertas da América Latina, traduzido para dezenas de idiomas; é referência no assunto até hoje. Em Montevidéu, foi chefe de redação do semanário Marcha e diretor do jornal Época, carreira encerrada pelo golpe militar no Uruguai. Em 1973, foi preso pela ditadura e exilou-se na Argentina para fugir da prisão. Lá, chegou a lançar livros, mas teve a vida novamente dificultada pelo golpe militar liderado pelo general Jorge Videla, em 1976. Para fugir dos esquadrões da morte, refugia-se

122


na Espanha, de onde sai apenas em 1985, quando da redemocratização do Uruguai — e nunca mais deixa a Capital. Multipremiado, recebeu o prêmio Casa de Las Américas em 1975 e 1978, e o prêmio Aloa, promovido pelas casas editoras dinamarquesas, em 1993. A trilogia Memória do fogo foi premiada pelo Ministério da Cultura do Uruguai e recebeu o American Book Award (Washington University, EUA) em 1989. Em 1999, Galeano foi o primeiro autor homenageado com o prêmio à Liberdade Cultural, da Lannan Foundation (Novo México). É autor de De pernas pro ar, Dias e noites de amor e de guerra, Futebol ao sol e à sombra, O livro dos abraços, Memória do fogo (a qual integram Os nascimentos, As caras e as máscaras e O século do vento), Mulheres, As palavras andantes, Vagamundo, As veias abertas da América Latina e Os filhos dos dias.

Escultura “Mão”, obra do arquiteto Oscar Niemeyer (1907-2012), para o Memorial da América Latina (SP). Baseada na obra “As veias abertas da América Latina”

Apesar de sempre ser badalado por As Veias Abertas da América Latina, Galeano revelou-se cético diante da própria obra. – Depois de tantos anos, já não me sinto mais ligado a esse texto – disse o escritor em 2014, em Brasília, durante a 2ª Bienal do Livro e da Leitura.

123


– O tempo passou e descobri diferentes maneiras de conhecer e de me aprofundar na realidade. Considero uma etapa superada. Se eu relesse a obra hoje, cairia desmaiado, não iria aguentar – completou, em tom de brincadeira. – Para mim, essa prosa da esquerda tradicional é extremamente árida, e meu físico já não a tolera. Um caso de amor com o futebol Apaixonado por futebol, Galeano falava com ardor da seleção celeste. É uma religião nacional. A única que não tem ateu. Somos poucos: 3,5 milhões. É menos gente do que um bairro de São Paulo. É um país minúsculo. Mas todos futebolizados. Temos um dever de gratidão com o futebol. O Uruguai foi colocado no mapa mundial a partir do bicampeonato olímpico de 1924 e 1928, pelo futebol. Ninguém nos conhecia. A loucura era tanta que, em tempos de Copa, Galeano pendurava uma placa com os dizeres "Cerrado por fútbol" ("fechado por futebol"), na porta de casa, entre as bandeiras do Uruguai e do Nacional, seu time do coração. Galeano deixa a esposa, Helena Villagra, com quem era casado desde 1976, e os filhos Claudio, Florencia e Verónica.

“Os cientistas dizem que somos feitos de átomos, mas um passarinho me diz que somos feitos de histórias”. Eduardo Galeano

124


Ficha Técnica REVISTA PANORAMA - Ano III - Número 03 - 2015 DIREÇÃO Laura Léo Alves Ferreira

COORDENAÇÃO DO PROJETO André Luiz Poiato

Equipe Editorial André Luiz Poiato Eliseu dos Santos Silva Samuel de Sousa Coelho

COORDENAÇÃO Adriana Maria Santini Ferreira André Luiz Poiato Arethuza Testa Frazili Lilian Neisser Maria de Lourdes dos Reis Costa

125


ALUNOS MATERNAL DAVID

B.

CORDEIRO

DE

MELO

MAGALHÃES GABRIEL ELIASQUEVITCH SICCHIERI GABRIEL SIMENO TEODORO GIULIA DE OLIVEIRA SANTOS HAIDAR ALI EL ZEIN ISABELLA RENTES VIEIRA LUCAS CONTRI ABRANCHES DE FARIA MARIA CLARA MAGALHÃES DA SILVA MOHAMED HASSAN AWALI SOPHIA YE JULIO CÉSAR LOURENÇO MARTINEZ FERNANDA RODRIGUES GUERREIRO ARAUJO LAUREN VICTORIA CRESPO DE LIMA NICOLE SAYURI OHNO AHMAD ISSA ZEIN EDDINE EDUARDO LOPES MARQUES

126


EDUCAÇÃO INFANTIL 1º ANO A CAIO

MARQUES

DA

1º ANO B CRUZ

DE

BRENO PEREIRA DOS SANTOS

OLIVEIRA

CAIQUE XIA

CATARINA MAGALHÃES MACEDO

EMILY ZI XIN CHEN

CLARA BARRETO DE JESUS

HENRIQUE

FERNANDA GARCEZ ANDRADE

PETRILLO

ISABELA JIMENES LINS

LARA CANO FREITAS

LARISSA GHOBAR

LIVIA CHEN

LÍVIA REY ZANATA

MIGUEL DE OLIVEIRA COSTA

MANUELLA

F.

CHAMISO

DO

MANSUR

MOREIRA

PIETRA CHAMALI RICARDO

NASCIMENTO

RAFAEL SILVIANO MAGRINI REIS

MIGUEL COURA PEDROSO

REBECCA CRISTINA DE SOUZA FELIX

SABRINA MORENO OYAFUSO

RICARDO NANNI MARTINEZ

SERENA HASSAN HOJEIJ

SOFIA REY ZANATA

TEODORO

MOTA

PEREIRA

DE

SUYANE ZHAO CHEN

OLIVEIRA

HELENA SHANSHAN YE

WILLIAN SUN

ANGELA JIN ZHOU

KEVIN ZHANG VIVIENE NICOLE ZHONG KEVIN ZHANG LIVIA BENIGNI DE MORAIS

127


2º ANO A

2º ANO B

ADONIS DENG ADRYAN

F.

ADAM GOMES

MARTINS

B.

CORDEIRO

DE

MELO

MAGALHÃES

ALCANTARA

ANA LUIZA VASCONCELOS CHEBAT

BEATRIZ MARTINS ARRAIS

ANNA LUISA MAGALHÃES DA SILVA

DANIEL QUEIROZ FERNANDES

BERNARDO F. ARREBOLA ZURLO DA

DANIELA REIS RANA

CRUZ

DAVI VASQUES DA SILVA

BRENO COLUCCI DOMANICO

FABIO GAMBERA DE SOUZA

BRUNO ISAQUE TONIATO

GABRIELLA RIBEIRO BRITES

DAVI COELHO ANDRADE

GIOVANNI CASALETTI

EMILY BEATRIZ LOPES OCHUDA

GIULIA GUIMARÃES CAMARGO DAS

FERNANDO LOPES MARQUES

NEVES

GUILHERME SILVA MARTINEZ

JOÃO MARCELO FAVARATO

IASMINE ZOZ MARTINS DE ARAUJO

LEONARDO GARDELLI TRINDADE

JULIA DIAS LIMA

MARIANA RIBEIRO BRITES

LAURA COSTA BRASILIANO DA SILVA

NICOLAS SANTANA FLORENTINO

LIANA G. MAGALHÃES DE BARROS

NICOLE SHAOEN CHIEN

TEIXEIRA

PEDRO PESSOA ALEXANDRE

LUCAS FANG

PEDRO WAKAI PRADO

LUCCAS AMBROZIO FERNANDES

RAFAELLA MEDINA BELLASALMA

MARIANA LUCIA MANZONI SALVIANO

VINÍCIUS FORNAROLLI LOPES DOS

RAFAELLA BEZERRA PULINO

SANTOS

VICKY ZI HANG JIANG

YUDI FERNANDES DE BARROS

VINICIUS DE ALVARENGA CHONG

FATIMA AWALI

HENRIQUE VOLPI MESQUITA

EMILY JI LUCAS TOFFOLI DE OLIVEIRA FATIMA AWALI

128


3º ANO A

3º ANO B

AGATHA CAPRISTI

ANA GABRIELA LASDOWSKY LIMA

ANA WU

ARTHUR YUKIO JOMORI FERREIRA

BIANCA ABREU MACARI

CAUÊ SCHEIBEL BRAGA

BRUNO ZURLO NEPOMUCENO

EMILLY JIN CHEN

CAMILA MAIQUE ANDRADE

EVELYN ZHU

CARLOS

EDUARDO

DOS

SANTOS

FRANCISCO MENDES DA ROCHA

DUARTE

GIOVANA PIETRA DE SOUZA PEREIRA

DAVI DI MÔNACO

GUILHERME PAES LANDIM

ELVIS WANG

JOÃO GUILHERME D. DA COSTA

FERNANDO LI

MIRANDA

GABRIEL RIGOTTI MORENO CAMILLO

LEONARDO ALMEIDA SOARES PINTO

GABRIELA ZANARDI TCHOLAKIAN

LUCAS CAPALBO STUCCHI

GUILHERME GALHARDO QUIARATO

LUCAS SHUZHE QIU

GUILHERME MATHEUS DO COUTO

MARCELO MARTINS DA SILVA FILHO

GUSTAVO OKUTANI DE ALMEIDA

MARCOS RYUU UCHIYAMA

GUSTAVO TEIXEIRA LIMA

MARIA JULIA SOUSA LEAL

JIMMY ZHANG

MATHEUS YUHAO LU

JULIA GOBETTI ROSALINO

MAYTÊ DE SOUZA E SILVA

LUCAS CHEN

REGINA YUN TONG ZHOU

MANUELLA CRESPO DE OLIVEIRA

THAÍS SILVA CAMPOS

MARIA SOPHIA MANSUR MOREIRA

YASMIN SODRÉ ZIBORDI

PETRILLO

ZHICHAO ZHANG

MARIANA MARTINS BASTOS IROLDI DA

LEVI NTETE MAINDOMBE

SILVA

SIMIN CHEN

NICOLE RENTES VIEIRA

SAMUEL CHEN

JIMMY FENG GABRIEL DE SOUZA RAMOS BARBOSA

129


3ยบ ANO C DANIEL PENG EIKE JIN JIA HUI SUN JIMMY FENG JULIA LIN KEVIN XU LUCAS HEJUN YE PEDRO AUGUSTO REIS SILVA SANTOS RAFAEL JI ZHICHAO ZHANG ISAQUE JIAN KAI WANG

130


ENSINO FUNDAMENTAL I 1º ANO A

1º ANO B

AIMÉE AMENDOLA GARCIA

ANA JULIA JATOBÁ JUCÁ NERI

ÂNGELA YASHI SUN

ANA LUISA FERNANDES FREITAS

BRUNO PEDROSO DE MORAIS E

CAIO MAGALHÃES MACEDO

SILVA

CAUE SANTOS CONTE

CAUÊ FERNANDES MARCONDES

DANIEL XINHAO YE

MAYA

EDUARDO RAO

DIEGO GUERRETTA COSTA

FELIPE DE SOUZA REIS

EDUARDA FONSECA MENIS

GABRIELA ABEL DAL´ÓLIO

GABRIEL LAGO LOPES TORRES

GABRIELLA VALERO SANCHEZ DE

GIOVANA ZIYI ZHANG

OLIVEIRA

GUILHERME PRADOS RIBEIRO

GIULIA GARCIA STEFANELLI

HELOÍSA COSTA DA SILVA

GIULIA OCTAVIANO MOREIRA

ISABELA BORGES DERMONI DIAS

GUSTAVO

JÚLIA MIDORI OHNO

LIMA

KAREN XIA

HENRIQUE ZINUO CHEN

KARIMA BASSEM CHOKR

JOÃO PAULO FORMENTON

KARINA ROCHI

KENY KA HEE LAU

LARA DIAS DOS SANTOS COLI

MANUELA

LUANA

G.

MAGALHÃES

DE

LEMOS

LARA

SALGUEIRO

OLIVEIRA

ROSALEN

BARROS TEIXEIRA

NIKOLAS DE ASSIS MARQUES

MARIA EDUARDA MAGALHÃES

MELO DE PAULA

RYAN RODRIGUES DIAS AVELINO

NÍVEA MOTTA FRANCISCO

SOFIA DE SOUZA REIS

YUAN WEI YE

SOPHIA MAYUMI YOSHIZUMI

YUSHAN WANG (CAROLINA) GUERCHOM NTETE MAINDOMBE

131


1º ANO C ALANNA RODRIGUES SILVA ARTHUR

FERREIRA

ZANETIC

VIDULIC BEATRIZ PINA FERNANDES CELINA CHEN FELIPE EPITÁCIO LOPES OCHUDA GIOVANNA MARTINS ARRAIS GUSTAVO ZHU JOÃO PABLO SOARES CAMPOS SILVA JOHAN FIGUEIREDO NEGRISOLI JÚLIA DE CÁSSIA BENFICA ROCHA JULIANA XINYI JIN LAÍS

AVELINO

BATISTA

DOS

SANTOS LUANA QIU MATEUS ROSMANINHO OLIVEIRA NATHALIA SANTOS FEITOSA PIETRO DOS SANTOS ALMEIDA SARA HUANG VINICIUS RICELLI THOMAZ WILLIAM WENHAO YE ZHIHONG DONG VITORIA PRISCILA KELLY ALVES DULES

132


2º ANO A

2º ANO B

ANA CAROLINA MOREIRA DINIZ

ANA CAROLINE DE LIMA COSTA

CAMILA GARCEZ ANDRADE

ANA

CAMILA YE

MORISHIGE

CESAR MORENO OYAFUSO

ARTHUR DAMIN

FELIPE CHEN

CAIO ELIASQUEVITCH SICCHIERI

FELIPE LOYOLA DA SILVA

EDUARDO DIAS LIMA

GABRIELLA RIVELLI ROMÃO

EDUARDO ONISHI GANDOLPHO

GUSTAVO DA MATA

ENRICO DELIACOLI VAZ DE LIMA

ISABELA MASSELLI RODRIGUES

GABRIEL QUAIATTO FERNANDES

DE SOUZA

GIOVANNA GUIMARÃES CAMARGO

ISABELLA DE PAULA BARSSUGLIO

DAS NEVES

LAZZARETTI

GUILHERMO VITORATO PAIVA

JOÃO

LUCAS

ZURLO

LUIZA

KAORI

TURQUI

HENRIQUE GABRIEL DOS SANTOS DE

NEPOMUCENO

SOUZA

LUANA HUANG

JÚLIA AMBROZIO FERNANDES

MARIA

EDUARDA

PETRIZZO

JULIA NAJAR

MATOS

KELLY SHAO YU CHIEN

MATEUS CAPALBO STUCCHI

LAIS BRANCO PEREIRA

MATHEUS GAJEWSKI DE MELO

LAURA VIOLA

STEPHANIE WU

LEONARDO MOURA DE SOUSA

VINICIUS SOUZA BORGES DA

LÍVIA DIAS GOULARTE

SILVA

LUCAS ABRÃO TREVISAN

WENYUE HUANG (Camila)

MICHELE JI

GUILHERMO VITORATO PAIVA

RAFAELA

ZHIBO ZHANG

BOASSALY

BRUNO FILIPE PIRES SIMÕES

RAFAELA DELL'ANGELO PASSOS

CRISTINA

RAYAN GHOBAR SOFIA DOS SANTOS

133

RIBEIRO


3º ANO A

3º ANO B

ALI BASSEM CHOKR

AISHA XU

ANA BEATRIZ DENG

ÂNGELA MARIA MENDES DA ROCHA

ANA CAROLINA FEITOSA DA SILVA

ÂNGELA OLIVEIRA DI MONACO

ANNA CLARA F. CHAMISO DO NASCIMENTO

BEATRIZ FERNANDES MENDONÇA

ANNE CRISTINA DENG

EDSON ZHU

DAVI BUENO SILVA

EDUARDO MONTEIRO SILVA

DIEGO ZE YUN ZHOU

EMILY YINUO CHEN

ENZO GABRIEL PEREIRA DE FARIAS

ENRICO MOREIRA VEIGA ZILET

IGOR OLIVEIRA BORRIELLO

GABRIELA FERNANDES DE ABREU

ISABELLA ABEL DARIN

GEOVANNA RUFINO BUENO

JINGHAO JI

HELENA FANHANI FAZANI

JOAQUIM ANTONIO IERVOLINO CUNHA

JAMILLY CHENG

JULIA GOMES SARTORI

KAROLINE OLIVEIRA SOARES SOUZA

LEONARDO DOS SANTOS GUERRA

LEO LIU

LEONARDO NOVAIS LIMA CORREIA

LISA JI

LETÍCIA BUENO CARRANO

LUCAS MACHADO ROSSI

LORENA SANTANA FLORENTINO

MANUEL EDUARDO MARGUTI D´ARAÚJO

LUCAS ARAUJO MACADURA

MARIANA WU

LUCAS FANHANI FAZANI

MATEUS DUARTE DA COSTA MIRANDA

MARIA LUIZA PIFFER TENÓRIO DOS SANTOS

PHILIPPE PENG WEI ZHAO

RAFAEL NANNI MARTINEZ

QIYU YE (celina)

RAFAEL VIOLA

RAFAEL SIMENO TEODORO

RAFAELA BARRETO INADA

RAFAEL SOUSA LEAL

RAFAELA MACHADO SANTOS

SOPHIA MARIA DA SILVA ARAÚJO

STEPHANIE SODRÉ ZIBORDI

TALES LIMA NEVES

SUELLEN DE SOUZA LIRA

ZHI QIANG WANG (PEDRO)

YI YING YANG

GUSTAVO ZHAO CHEN

ÂNGELA OLIVEIRA DI MONACO

QIAN ZHENG

SOFIA LIU

JUNJIE ZHEN (PEDRO)

134


4º ANO A

4º ANO B

BRUNO MIZUMOTO DE AGUIAR E

ANA LAURA FORMENTON

SILVA

BEATRIZ CHIQUINI DONAIRE

BRUNO PORTELA CHIALASTRI

BINGSONG WU (WILLIAN) BRUNA CARVALHO RODRIGUES

DAVI BUDIN PINA

CLARA GONÇALVES PETRINI

DENIS CARVALHO PASTORE

ENZO COSTA VERGINI

FADEL ABBAS FARHAT

ERIC HONG TA CHIEN

GABRIELA YE

ERICK WU

GABRIELLY TRUJILLO SIERRA

ESTHER MARIA ALMEIDA DE ARAUJO

GUSTAVO TRINDADE PIRES

GABRIEL SILVA ALENCAR

GUSTAVO ZHAO CHEN

GABRIELA DE JESUS OLIVEIRA

JAD HASSAN HOJEIJ

GIOVANNA CORIOLANO DIAS

JOHNATAN

PIMENTEL

GUILHERME DE POLLI CARDOSO DOS

RAMOS

BELLO

SANTOS

JULIANA WU

HENRIQUE VALENTE NOGUEIRA JOÃO GABRIEL FERREIRA DE SOUZA

LUCAS HONG

KAROLINA ZHANG

MARCOS ZHAN

LEANDRO SIQUEIRA SILVA

MARIA EDUARDA DIB XAVIER

LUCAS TIBALDI FERNANDES

PÉROLA FERNANDES BANDEIRA

LUCIANA CHEN

PIETRO VITOR PEZZENTE

LUIZA TORRES DA MOTA FERNANDES

STELLA MARIA MOURA SILVA

MARCO SALVADOR SILVIO

STEPHANY JIANG JIA

MICHELE ZHAO

TAINAH LISBOA GUIMARÃES

NATAN BENZONI MARTINS

VICKY PENG HUI ZHAO

PIETRO DE OLIVEIRA PETRILLO

YGOR FERNANDES DE BARROS

RAFAEL VASCONCELOS CHEBAT

YING XIAO JING

RAPHAEL MARTINS DA SILVEIRA SAMYR COUTO OLIVEIRA

PEIXIANG XU (Henrique)

VICTOR MATHEUS JACCOUD FARIA

135


5º ANO A

5º ANO B

BRUNO NOGUEIRA BURIAN

AMANDA ALVES MACEDO

CAMILA DA MATA

ANTONIO CARLOS DE SOUZA FILHO

CHEN JIAYANG

CRISTINA ZHAO

GABRIEL ARAKAKI SILVA

FABIO KENJI IWAMATSU

GIOVANNA MARTINS DE OLIVEIRA

FELIPE GONÇALVES DE ARAUJO

GUSTAVO DE PAULA ANDRADE

FELIPE RAMPAZZO RIBEIRO

GUSTAVO RAMOS DE OLIVEIRA

FRED DAI

HENRIQUE FURLANI CIPOLLA

GIOVANE MIGLIATI MARTINO

HONGXIN YE (Lucas)

GUSTAVO BITTENCOURT BRAGA

IGOR PEREIRA DOS SANTOS

LETÍCIA SILVEIRA DE QUEIROZ

JULIA COSTA BRASILIANO DA SILVA

LUANA REIS RANA

LEANDRO HENRIQUE BARBOZA

LUCIANO REIS MASSARO

SANTOS

MANOELLA

LIVIA

AVELINO

BATISTA

DOS

DE

PAULA

BARSSUGLIO LAZZARETTI

SANTOS

MARIA EDUARDA LIMA CARDOSO

MICHELLE HALI CORREIA

MARIA LUIZA GAYER DE ALMEIDA

NATHANY BARBOSA SANTOS

OSCAR LIN

PEDRO NAJAR NETO

PEDRO

ROBERTA VEIGA COURA

SANTANA

SOPHIA CRISTINA OLIVEIRA SILVA

RAFAEL RAMPAZZO RIBEIRO

THEO YOKOTE SAITO

RICHARD CONDE LAGO

THIAGO PERRONE CLEMENTINO

SANDRA CICALA DE ANDRADE

YIXIAO SHU

SANTOS

LUCAS WEI LIANG YE

SERGIO GABRIEL GIL DA SILVA

HENRIQUE

XU NAN NAN (Viviane) YUTING ZHANG

136

DA

SILVA


ENSINO FUNDAMENTAL II 6º ANO A

6º ANO B

AMANDA SANTOS GIL

ALEXANDRE CESAR MAIOLI FILHO

ANTÔNIO OLIVEIRA SERRANO NETO

ANDRÉ ABREU SOUZA

BRUNO LIN

BEATRIZ CRISTINA DE GASPARI PINTO

DAIANE YU

BEATRIZ JOMORI BARBOSA JESUÍNO

DANILO INFANTOSI

BEATRIZ PASCALE DOMINGUES

ESTHER CIRILO ALVES DA SILVA

BIANCA LEONE

GABRIELLY STHEFANY ALVES SILVA

CARLOS ARMANDO MUNHOZ VILELA

GUILHERME CAUÃ PEREIRA DE FARIAS

CAROLINA SILVA SASSATI

GUILHERME HADDAD GERSOSIMO

CAROLINE PAIXÃO MACIEL DA SILVA

GUSTAVO MARIANO RIBEIRO

CECÍLIA DE FARIA SANTOS

HENRIQUE BARI RODRIGUES

DELMIRO CARRILHO PAES DE LIRA

ISABELA FARIA GALINDO

EDUARDO FELIPE ZARDO

JASMIN CHAO

FABIO AUGUSTO MARCELO

JIEK YE

FERNANDA SANTOS GIL

JOÃO VITOR GARDELLI TRINDADE

GUILHERME PAZINATO

LETÍCIA RENTES ESCOBAR

HUI JIE ZHANG

LUCAS ABES SALLES

JESSICA MATOS BARRETO

MARCELO HASHIMOTO BENEDICTO

JOSÉ GABRIEL LEITE TAMIARANA

MARIA CLARA TORRES RAMOS

LARA ZANELLI RIZZOLI SERRA

MARIANA BENFICA ROCHA

MATHEUS TERCEIRO DANIEL

MELISSA FONTES MELONE

MEITING HE

ROBERTA RODRIGUES DE OLIVEIRA

PEDRO HENRIQUE PERES RIBEIRO

SAMUEL YI JIE ZHENG

PEDRO HENRIQUE VISINI DE ARAUJO

TAMIRES GIL DA SILVA

ROBERTA FRANCO MACHADO

THIAGO BRASILEIRO DE PAULA

ROBSON ZHAN

VINICIUS COSTA DA SILVA

SABRINA PEREIRA DA SILVA

VITÓRIA LIMA DE SOUZA

VINICIUS MOURA DE SOUSA

WENBO LI (felipe)

WENXIN JIN (alina)

YZA MARIA TEIXEIRA VICENTE

XUYAN JI

FERNANDA GUEDES FERNANDES

TINGTING YE (júlia)

MARIANA VELASCO

137


7º ANO A

7º ANO B

AMANDA QUEIROZ FERNANDES

ANA CAROLINA MORETTO FERNANDES

ANA YE ZHENG

ANA LUIZA GONÇALVES PETRINI

CAIO ARAUJO AULUCCI

ARTUR ZENG YIQIN

DAVI FERREIRA JOFRE

BEATRIZ CHILIANI BRISOLLA SERENO

FERNANDA FENG

CESARE PASCALE DOMINGUES

GABRIELA VIANA NOGUEIRA

EDUARDO MIRANDA CINTRA

GIOVANNA CRESPO LOCCI

ENZO YOKOTE SABANAI

GIOVANNA

MARIA

DA

SILVA

FABIO LIN SHUANGFEI XIAOCHUN

ARAÚJO

GABRIEL AUGUSTO MARAIA FAJOLLI

GUILHERME LOPES ZAFRA

ISABELLA MARTINS SANTOS ARAUJO

GUILHERME SOUZA SIQUEIRA

ISABELLA RIVELLI ROMÃO

HASSAN BASSEM CHOKR

JOSUE WEIJIE WU

ISABELE NUNES DO NASCIMENTO

LARA MOREIRA VEIGA ZILET

ISABELLA VIEIRA BANDEIRA

LUCAS BUENO CARRANO

JÚLIA DELIACOLI VAZ DE LIMA

MARIANA SHANG CHEN

JULIANA TOLEDO DE FREITAS

MATHEUS

LARA TOLEDO DE FREITAS

OLIVEIRA

LETHICIA DE SOUZA DOS SANTOS

PEDRO

MANUELA AUGUSTO FERREIRA

LOURENÇO

SIMONETTI

PEDRO HENRIQUE PEREIRA SANTOS

MARCELA BARRETO INADA

RAQUEL VALENTE NOGUEIRA

MARIA

SAMARA MORENO DA SILVA

FERNANDA

BORGES

ANTONIO

HENRIQUE

MARCHI

DEL

COMUNE

SOARES

VICENTE CARRIERI MARIN

NICOLE MEDEIROS FERREIRA

YASMIN RODRIGUES SILVA

PEIYAO XU (nike)

AIRTON JAIR HUASUPOMA GUZMAN

PIETRA MOURA PONCHIROLLI

ZAMARA THAIS HUASUPOMA

RAISSA CAETANO DE OLIVEIRA THIAGO VICTOR PEREIRA AMARAL YONGHENG JIN (leonardo) HAO QIANG ZHENG (bruno)

138

DE


8º ANO A

8º ANO B

AIRTON JAIR HUASUPOMA GUZMAN

ADRIANO XAVIER CINTRA

ANA CECÍLIA PAIXÃO MACIEL DA SILVA

ANA BEATRIZ BARBOSA SANTOS

ARTHUR PORTO DOS SANTOS COSTA

ANDRESSA GONSALEZ MARIANO

BEATRIZ SILVEIRA DE QUEIROZ

ANNA BEATRIZ MORALES CARRIJO

BRUNO ALMEIDA SILVA

BRUNA SOUSA FRANCO

DIEGO FERNANDO DE OLIVEIRA

BRUNO GARROUX RIBEIRO

ESTHER MARCOS

CHANGWEI FENG (gina)

FELIPE SANTIAGO DOS SANTOS

DIOGO ABBUD HAMADI

FERNANDA TOKUO ROSA

GABRIEL AFFONSO SILVEIRA

GABRIEL AUGUSTO TOLEDO RAMOS

GABRIEL SHIGUEO FERREIRA KAZIHARA

GABRIELA MONTEIRO FOJO

GABRIELA FERNANDES CAZALLI

GUILHERME AMARO MENEZES

GIOVANNA ROSSI SIMÕES

GUILHERME DEMEIS

GUSTAVO DE CARVALHO MENEZES

IARA SALOMÃO PASSOLI

RODRIGUES

LEILA VILLA MARIN GAZOLA

ISIS BRANCO PEREIRA

LÍVIA BEATRIZ CORREA

LAURA PIRES DE SANTIS

LUCAS CARVALHO SOLA

LUCAS CAMPOS LEITE

LUIZA CAMPOS LEITE

MARINA CARRILHO PAES DE LIRA

MATHEUS RYOJI TERANISHI

MARY EDUARDA FARIA

PAOLA CARVALHO MÃO CHEIA

MAYARA FRANCIELLY DA SILVA

RAFAEL CHEN

MIRELLA MOLESSANI SERILLO

RIDA HASSAN HOJEIJ

PABLLO DA SILVA CRAVO

THIAGO ARAUJO AULUCCI

PEDRO GUILHERME MACHADO SANTOS

THIAGO RUAN DE JESUS SOUZA

PEIXUAN XU (Alina)

VITOR SILVA SASSATI

PIETRO

WILLY INOCÊNCIO ZEH

LAZZARETTI

ZEYI LIU (LUCAS)

RAYAN BASSEM CHOKR

HAO YUE ZHENG (maurício)

VICTOR PERRONE CLEMENTINO

DE

PAULA

YUNYING WU (julia) SOFIA CRISTINA TINGAS

139

BARSSUGLIO


9º ANO A ALEXANDRE MATHIAS FILHO

JOAQUIM MACKIN GONÇALVES

ANA BEATRIZ TIEMI ARAKI BUENO

JÚLIA CHIARADIA DE CARVALHO

ANA CAROLINA FERNANDES SOUZA

LARISSA MEDEIROS PEPES

ANA LUIZA JALIL FAUZA

LETÍCIA MILENE BEZERRA SILVA

ANDRE BUENO DE MORAES

LUANA CARVALHO RODRIGUES

BARBARA MARIA DE MELO PERSIOTTO

LUCAS OKUTANI DE ALMEIDA

BEATRIZ SOARES CAMPOS SILVA

LUIZ FELLIPE BEZERRA PULINO

BEATRIZ TADIM CARVALHO

MARCO

BRENO CESAR DE SOUZA FERREIRA

FERNANDES

CAIO HENRIQUE DEL BIANCO VILLARI

MARINA TRENTO GOMES

CAMMYLA EDUARDA MONTEIRO DA

MATEUS RAMPAZZO RIBEIRO

SILVA

NATALIA MARIA MELO DA SILVA

CAROLINA MIRANDA MACENA

NUONUO RAO (Manoela)

CRISTINA CHEN

PEDRO OMAR VAZ DE

ENZO ORLANDI GOMES

ESTEVES

ETTORE ENRIQUE MEDEIROS DA SILVA

RHANNYA MOREIRA PORTO

GABRIEL HASHIMOTO BENEDICTO

SHANG NA MAO (SANNA)

GABRIELA MIRANDA MACENA

STEPHANIE

GABRIELLA SEPPE GOMES

SANTOS

GIOVANNI ABRÃO TREVISAN

URIEL MANSUR LIMA DA SILVA

GIULIA MINGUZZI ROSSET

VICTOR HUGO VALBONESE MARINHO

GUSTAVO MATIAS

VITOR AUGUSTO DA SILVA

HELOISA

ROBERTA

DEISIS

ANTÔNIO

VIÉGAS

OLIVEIRA

DE

OLIVEIRA

OLIVEIRA

VITOR AUGUSTO VISINI DE ARAUJO

NASCIMENTO

VITTORIA SILVEIRA AZEVEDO E SILVA

ISABELLA TESTA FRAZILI

YASMIN

ISABELLY PEREIRA MARTINS

SIMONETTI

JOÃO VITOR DO ESPIRITO SANTO

BRUNO FACHINI PASCHOAL

140

AUGUSTO

FERREIRA


ENSINO MÉDIO 1º ANO A ALEXANDRE HENRIQUE FERREIRA LOPES

JAMILE PAES LEME CARDOSO

ANA CAROLINA MEADO PINTO

JOÃO VITOR VICENTE SANTANA

ANDRE ZENG YI MING

JUAN VOLPI SAMPAIO

ANDREZA VIEIRA RAMOS

LARA HASSAN HOJEIJ

BEATRIZ SANTOS DE MEDEIROS CRUZ

LARISSA VITORATO FREIXEDA

BRUNA LADEIRA MORENO

LIVIA MARIA MATOS

CAMILA CRISTINA BARROS SILVA

LORENA FELIX QUATROCHI

DIEGO INFANTOSI

LUIZ GUSTAVO SINOPOLI COUTINHO

ESTELA TSAO CHUN LAI

LUIZA DE ABREU FERNANDES

FABIANA GENISTRETTI COSTABILE

NÁDIA CARNEIRO DA SILVA

GABRIELA RODRIGUES CAPRISTI

RAFAEL VRAGNAZ MACHADO

GIOVANA ARAUJO PEREIRA

RAFAELA MARTINS SANTOS ARAUJO

GIOVANA BONALDO DOS SANTOS

ROBERTA MASTROBUONO CARACCIOLO

GIULIA AKEMI YOSHIZUMI

VERONICA COSTA PEDRO

GIULIA ARRUDA BIANCHINI

VITOR DE MOURA SOUSA SOARES

GIULIA GABRIELE SILVA BIRAL

YAGO CREPALDI PESSOA

HENDRIX VALENÇA SOUZA

YAN CHEN

HENRIQUE ARAÚJO MACADURA

YASMIN BUSTAMANTE AFONSO

HIGO RAMOS DE OLIVEIRA

ZHUOQI ZHOU

ISABELA LOPES ZAFRA

YE MIAO MIAO

141


2º ANO A ALANNA RIBEIRO DE SOUSA ALI

AHMED

SULIMAN

LUCAS ADAM

GON

CASEMIRO

DOMINGUES

ELDOMA

LUCAS GRAMANI TEIXEIRA

AMANDA AMARAL FERRARO

LUCIANO FAN

DANIEL AZEVEDO ZIBORDI

MARCUS

DENER

HENDERSON

DO

VINÍCIUS

SEVERINI

LAZARINI

NASCIMENTO

MARIA ISABEL FERNANDES DE

FÁTIMA ALI EL ZEIN

ASSIZ

FELIPE

CAVALCANTE

TANIOKU

CATTIN FELIPE

MATHEUS DE CARVALHO COSTA SANTOS

ONISHI

DOS

SANTOS

MELISSA DELLA VOLPI RODRIGUES

SOARES

NATHALIA COUTO OLIVEIRA

FERNANDA LUCAS DE GODOY

PALOMA MUNHOZ VILELA

GABRIEL CICHY SILVA

PEDRO

GABRIEL XAVIER DEIENO

VILLARI

GIOVANNA C. F. A. VILAS BOAS

RAFAELA SILVA SASSATI

GIOVANNA OSTORERO EGYDIO

REBECA HALI CORREIA

GIULIA DE SOUZA TAVARES

REINE SLEIMAN

HEBIN SUN

RENNZO

ISADORA LICASTRO LORENTI

SEGANTINI

JOSÉ LUIS CHOHFI AURICCHIO

RICARDO DI VENERE LEITE

KEIM

RITA DE CÁSSIA HIROMI TAMADA

JÚLIA DELL' ANGELO PASSOS

VINICIUS CARVALHO

JULIENE NUNES DO NASCIMENTO

WANG XIAOQIAN

LETÍCIA INGRID BARBOSA SANTOS

ZHAO YING XIAN

GABRIEL

DEL

GIOVANNI

DE

BIANCO

ASSIS

YASMIN LACERDA RODRIGUES

142


3º ANO A BEATRIZ DA SILVA SALES

MARIANA FACHINI PASCHOAL

CAMILA CAMPOS LEITE

MATHEUS TORRES SILVA

CAROLINA

DOS

SANTOS

MONIQUE

RODRIGUES

DOS

FERREIRA

SANTOS

FELIPE SOUZA GUIMARÃES

MURILO HENRIQUE RAVANHOLI

FERNANDO

ZANOTTO

DE

BARROS

CAMARGO

NATALY AKEMI ARAKI BUENO

GABRIELA SANTOS ARAUJO

NATHALIA ROSSI SIMÕES

GIOVANA DE OLIVEIRA TORRES

OSMAR JATOBÁ NETO

JOÃO PEDRO DE SENA

PALOMA STEFANELLI CARRARA

LARA ALVES MATOS

RENATO MENEZES HYPOLITO

LEONARDO ABBUD HAMADI

THALIA

LETÍCIA NUNES LIMA

TAVARES

LUCAS BAHIA SILVA

THAMYS SANTOS SOARES

LUCAS BUDIN

VINÍCIUS LINDÓRIO DE FARIA

LUCAS GARROUX RIBEIRO

RIBEIRO

CRISTINA

DINIZ

IGOR ALVES DE ARAUJO DIAS

143

Revista panorama 2015  
Advertisement