Page 1

ORIGAMI

Plasticidade do papel


ORIGAMI

Arte tradicional e secular japonesa de dobrar papel criando representações de determinados seres e objetos com dobras geométricas de uma só peça de papel, sem cortá-la ou colá-la.


Construir... Com o intuito de mostrar o produto que pode oferecer, a Tecnicromo - Artes Gráficas, Lda., publica este catálogo com características próprias - uma obra que tem como objetivo demonstrar que qualidade e inovação são importantes para o Cliente e para a empresa.

Construir é o principal lema que se defende, por isso surgiu a ideia da representação com base em origamis - arte de trabalhar o papel aproveitando a sua característica principal: a plasticidade.

Na construção de cada origami percebe-se organização, complexidade, sensibilidade e técnica. Cada dobra que dobra e volta a dobrar confere ao produto final perfeição e originalidade, nunca esquecendo proporcionalidade, forma e objetividade.

Esta brilhante relação origami/artes gráficas desenvolve a imaginação, a procura de novas formas e é um salto qualitativo na procura de competitividade no mercado tão apertado como o que estamos inseridos.


Competitividade...


...Inovação


Offset... A impressão litográfica consistia na utilização de uma pedra calcária lisa e plana - onde se desenhava a imagem, invertida, com um lápis à base de graxa - que era humedecida para que as áreas onde se encontrava o desenho, por serem gordurosas, repelissem a água. Ao aplicar-se a tinta, que tem afinidade com a base gordurosa do lápis e repelência com a água, esta concentra-se na imagem. Este processo de impressão foi o grande impulsionador da impressão offset atual. O processo offset convencional ainda utiliza o principio básico de afinidade entre a tinta e a imagem. As áreas de imagem de uma chapa de impressão offset são lipófilas, ou seja, atraem substâncias gordurosas como é o caso da tinta utilizada neste processo. Por outro lado, as áreas onde não existe imagem, sendo hidrófilas, atraem a solução da molha: constituída por uma grande parte de água.

...o processo


Papel...


...o suporte O papel existe há quase 2000 anos e, ao longo do tempo, veio a estabelecer-se, indubitavelmente, como o meio de comunicação mais eficaz e versátil existente. Até na atual era digital, com uma vasta gama de meios alternativos à escolha, não existe, perante o conjunto único de qualidades práticas e estéticas do papel, um meio que esteja à sua altura entre as alternativas eletrónicas.


Tinta... Tinta é uma substância química que pode ser líquida ou sólida. É essencialmente utilizada para escrever, desenhar pintar ou imprimir. Muito antes de Guntenberg inventar os tipos móveis, já os chineses conheciam bem as técnicas para a fabricação de tintas. Uma das mais antigas é a chamada tinta da china: feita com a mistura das cinzas do pinheiro negro com cola ou gelatina. Para que as tintas fornecessem um brilho intenso, os impressores usavam óleo de linhaça, de amêndoa e uma base de resinas. Mas foi com a descoberta de pigmentos, derivados do alcatrão de hulha, que a utilização de cores se tornou possível. Novas técnicas de impressão foram inventadas e esta mudança tecnológica maciça trouxe o desenvolvimento das tintas, em especial as sintéticas, que veio facilitar a secagem. Mais recentemente, o fabrico de tintas ecológicas veio completar o ciclo de proteção ambiental.

...as cores


Acabamento...


Desde a invenção da impressão mecânica que o acabamento das obras literárias - o grande veículo de comunicação na época - teve um papel importante: gravações em relevo, estampagens, etc. Também nos nossos dias a apresentação de qualquer produto requer um tratamento especial, sofisticado e criativo para que se aproxime do consumidor. Desde o simples folheto, brochura, revista, livro, embalagem, à mais variada forma de apresentação que designers e clientes exigem acabamentos particulares, como por exemplo: verniz de proteção mate/brilhante, plasticização mate/brilhante, verniz especial reservado com apresentação muito diversificada. A forma como os produtos se apresentam é diversa, tendo como apoio: cortantes e vincos. Para maior requinte e personalização são também utilizados relevo seco e estampagem que conferem um cunho muito interessante a qualquer obra impressa.

...o requinte


Plasticidade...

Folhas de papel quadradas e sem qualquer corte são a base da construção dos origamis


...o Origami Tendo como princípio básico a simplicidade, o Origami é a

utilização de uma folha de papel com a forma de quadrado

arte de dobrar papel.

com dobras consecutivas sem cortes ou colagens.

Teve origem na corte japonesa há mais de mil anos e

Com o desenvolvimento deste processo algumas inovações

apresentava-se como sendo um passatempo pedagógico,

foram introduzidas na sua construção, quebrando as regras,

engraçado e atraente.

tornando possível a criação de novos modelos simples e originais.

A palavra “ori” tem origem no verbo “oru” que significa dobrar, a palavra “kami” significa papel. Quando agrupadas

Sendo um processo organizado, complexo e ao mesmo

(orikami) o “k” passa para “g” tomando a forma de Origami.

tempo simples no resultado, tem atualmente uma forte contribuição no desenvolvimento intelectual da criança

Recentemente, o Origami é muito divulgado entre as

exigindo concentração, criatividade, destreza manual e

crianças, jovens e idosos mantendo a sua tradição.

acuidade visual.

Hoje, esta arte já não é exclusivamente japonesa pois,

A construção de objetos ou animais a partir de uma folha

existem muito adeptos em todo o mundo.

de papel e suas respetivas dobras confere ao Origami uma

A construção do Origami tem regras básicas que consistem na

componente de diversão.


Atividade...


Os principais produtos são: Impressos comerciais Documentos de transporte Faturas | Guias de remessa | Guias de transporte | Recibos Cartões | Envelopes | Folhas de carta Catálogos | Brochuras | Desdobráveis | Flyers | Cartazes | Postais Revistas | Boletins | Relatórios | Livros Etiquetas | Rótulos Embalagens em cartolina Calendários | Plannings Toalhetes

...impressão offset e digital


Empresa...

Temos como principais objetivos: o crescimento da nossa posição no mercado das Artes Gráficas; a contribuição para a realização dos projetos dos nossos clientes; a criação de soluções tecnológicas personalizadas e geradoras de vantagens competitivas, como a proteção do meio ambiente e a qualidade humana e profissional dos nossos colaboradores e sermos reconhecidos nacional e internacionalmente como “benchmark” da atividade de relacionamento com clientes em termos de eficiência operacional, liderando o setor das Artes Gráficas, destacando-nos pela excelência dos produtos e serviços prestados e pelo enfoque na satisfação e desenvolvimento profissional dos colaboradores, gerando o devido retorno para a organização. Para alcançarmos estes objetivos definimos seis valores base que serão o nosso enfoque a longo prazo: Qualidade e Rigor - criando valores que permitam melhorar continuamente o desempenho e a orientação para o mercado de forma a promover a satisfação e fidelização dos clientes; Credibilidade e Excelência - assumindo responsabilidades respeitadoras dos princípios de desenvolvimento económico, social e ambiental sustentável; Competência e Ambição - gerando a motivação dos Recursos Humanos criadora de condições para o sucesso da Organização.


...miss達o, vis達o e valores


O papel é o suporte de comunicação mais natural, renovável e reciclável.

Rua Bouça dos Estilhadouros, 165/171 4445-044 Alfena | Valongo | Portugal Tel.: + 351 229 673 131 Fax: + 351 229 680 743 Tlm.: + 351 918 616 948 GPS N 41°.13967’ W 8°.32466’

www.tecnicromo.pt

Origami - Paper plasticity  

Graphic arts

Advertisement