Page 1

Car osami g@s, Peço l i cença a vocês par ai ni ci ar uma comuni cação mai sr egul arent r e nós,de f or maaquepossamosi nf or marospassos do t r abal ho par a enf r ent arest al egi sl ação sobr e açougues e f i ambr er i as, que t r az t ant asdi f i cul dadespar aodesenvol vi ment o dosempr eendi ment osdevocês.Ecl ar ot er uma comuni cação em mão dupl a,i st o é, quet ambém f i quemai sf áci lpar avocêsse comuni car em comi go. Nest asemana,t i vemosumar euni ãomui t o pr ovei t osa e com gr ande par t i ci pação de pr opr i et ár i osde açouguese mer cadosem Par obé. Mai s uma vez f i cou cl ar o que, apesardaboavont ade,sequerost écni cos daVi gi l ânci aSani t ár i adoEst adodomi nam bem oqueanoval egi sl ação,expr essano Decr et o Est adual 53. 304/ 2016 e nas por t ar i as segui nt es,exi ge em t er mos de i nst al ações e manusei o de pr odut os. Mesmo assi m,a f or çat ar ef a coor denada pel oMi ni st ér i oPúbl i cocont i nuaagi ndo.

Al i ás,porcont adoal er t adepr opr i et ár i osna r euni ão de Par obé, conver sei nest a qui nt af ei r a,di a 12,com o novo secr et ár i o daAgr i cul t ur a,Odaci rKl ei n,queai ndanão t i nha conheci ment o dos pr obl emas que est ãoocor r endo,masquepr omet euest udar ocasoevol t araf al arcomi go.Pedipr essae i nf or meique t emosa expect at i va de que a sua past a possa aj udarnum acor do par a que a f or çat ar ef a suspenda asaçõespel o menosporum t empopar aquepossam ser negoci ados aj ust es na l egi sl ação. Nat ur al ment e,vouf i carat ent opar aquenão demor e. Nospr óxi mosdi ast ambém vamost eruma r euni ãocom ospr opr i et ár i osdemer cadose açougues em Cachoei r i nha.Vamos t ent ar mobi l i zál ospar af or t al eceressal ut a. Também quer oi nf or marque os t r abal hos da Subcomi ssão que cr i amos na Comi ssão de Saúde par a t r at ar do t ema est ão em andament o.Vocêsser ão i nf or madosde t odas as r euni ões que vamos f azer .Quem puder par t i ci par ,ser á mui t o bemvi ndo.Mas quer o al er t arqueapel ei anãovaiserf áci leque,com cer t eza,t emos que nos pr epar arpar af azer uma gr ande Audi ênci a Públ i ca aqui na Assembl ei a Legi sl at i va,especi al ment e,se as coi sasnãoser esol ver em. Bom, esse é nosso pr i mei r o comuni cado. Vamos t r abal har par at ent ar sol uci onar , da mel hormanei r apossí vel ,essegr avepr obl ema queat r apal haosempr eendi ment osdevocês. For t eabr aço Tar ci si o Zi mmer mann – Deput ado Est adual

Pagina carta1 teste  
Pagina carta1 teste  
Advertisement